Você está na página 1de 34

Marcos 1.

21-28
Marcos 1.21Eles foram para Cafarnaum e, assim que
chegou o sábado, Jesus entrou na sinagoga e começou a
ensinar. 22Todos ficavam maravilhados com o seu ensino,
porque lhes ensinava como alguém que tem autoridade e
não como os mestres da lei. 23Justamente naquela hora,
na sinagoga, um homem possesso de um espírito imundo
gritou: 24"O que queres conosco, Jesus de Nazaré? Vieste
para nos destruir? Sei quem tu és: o Santo de Deus! "
25"Cale-se e saia dele! ", repreendeu-o Jesus. 26O espírito
imundo sacudiu o homem violentamente e saiu dele
gritando. 27Todos ficaram tão admirados que perguntavam
uns aos outros: "O que é isto? Um novo ensino — e com
autoridade! Até aos espíritos imundos ele dá ordens, e eles
lhe obedecem! " 28As notícias a seu respeito se
espalharam rapidamente por toda a região da Galiléia
Lucas 4.31-37
Lucas 4. 31Então ele desceu a Cafarnaum, cidade da
Galiléia, e, no sábado, começou a ensinar o povo. 32Todos
ficavam maravilhados com o seu ensino, porque falava com
autoridade. 33Na sinagoga havia um homem possesso de
um demônio, de um espírito imundo. Ele gritou com toda a
força: 34"Ah! que queres conosco, Jesus de Nazaré? Vieste
para nos destruir? Sei quem tu és: o Santo de Deus! "
35Jesus o repreendeu, e disse: "Cale-se e saia dele! "
Então o demônio jogou o homem no chão diante de todos,
e saiu dele sem o ferir. 36Todos ficaram admirados, e
diziam uns aos outros: "Que palavra é esta? Até aos
espíritos imundos ele dá ordens com autoridade e poder, e
eles saem! " 37E a sua fama se espalhava por toda a
região circunvizinha.
01. Além do
PG, onde
você
costuma
estudar a
palavra de
Deus?
Sinagoga

• É o local de culto da religião judaica. Tem


como objeto central a Arca da Torá. Os
serviços religiosos da sinagoga são
realizados todos os dias, desde que se
forme um quórum, sendo que algumas
vezes o culto envolve leituras da Torá,
cujos rolos são retirados da Arca (heikhal)
e transportados até o púlpito (Tebá)
• Remonta o
tempo do
cativeiro
babilônico,
devido a
inexistência
de templo.
Iniciou-se em
casas privadas
Jesus tinha o costume de ir à
sinagoga
• Ele foi a Nazaré, onde
havia sido criado, e no
dia de sábado entrou
na sinagoga, como era
seu costume. E
levantou-se para ler.
(Lc 4.16).

• “sempre ensinei nas


sinagogas e no templo,
onde todos os judeus
se reúnem” (João
18.20).
Oséias 4.6

• Meu povo foi destruído por falta de


conhecimento. Uma vez que vocês
rejeitaram o conhecimento, eu
também os rejeito como meus
sacerdotes; uma vez que vocês
ignoraram a lei do seu Deus, eu
também ignorarei seus filhos.
1 Timóteo 4.13

• Até a minha chegada, dedique-se


à leitura pública da Escritura, à
exortação e ao ensino.
02. O que
mais lhe
surpreende
nas palavras
de Jesus?
Ele sempre falava com simplicidade
para os simples
• Naquela ocasião Jesus disse: "Eu te louvo,
Pai, Senhor dos céus e da terra, porque
escondeste estas coisas dos sábios e
cultos, e as revelaste aos pequeninos.
(Mateus 11.25).
03. O que
levou as
pessoas a
ficarem
admiradas
com o
ensino de
Jesus na
sinagoga?
Ele falava a verdade

• “De fato, por esta razão nasci e para isto


vim ao mundo: para testemunhar da
verdade. Todos os que são da verdade me
ouvem.” (João 18.37).
Ele falava sobre assuntos de grande
importância
Vida, morte e eternidade

• "Ai de vocês, mestres da lei e fariseus,


hipócritas! Vocês dão o dízimo da hortelã,
do endro e do cominho, mas têm
negligenciado os preceitos mais
importantes da lei: a justiça, a
misericórdia e a fidelidade. Vocês devem
praticar estas coisas, sem omitir aquelas.”
(Mateus 23.23)
Fazia uso constante de ilustrações

• Ele lhes ensinava muitas coisas por


parábolas, dizendo em seu ensino:
"Ouçam! O semeador saiu a semear...
(Marcos 4.2-3)
Ele falava como o Amigo dos seres
humanos preocupado com o bem estar
eterno
• “Eles devoram as casas das viúvas, e, para
disfarçar, fazem longas orações. Esses
receberão condenação mais severa!”
(Marcos 12.40).
A sua mensagem vinha do coração
e da mente do Pai
• "Tenho muitas
coisas para dizer e
julgar a respeito de
vocês. Pois aquele
que me enviou
merece confiança, e
digo ao mundo
aquilo que dele
ouvi“ (João 8.26).
04. Como o

mal
se apresenta diante
de você?
Sobre o mal, podemos falar:
• O que devemos resistir
– “Não se deixem vencer pelo mal, mas vençam o mal com o
bem.” (Romanos 12.21)
• O que domina a vida das pessoas
– O Senhor viu que a perversidade do homem tinha aumentado na
terra e que toda a inclinação dos pensamentos do seu coração
era sempre e somente para o mal. (Gn 6.5)
• É com algo que não devemos nos aproximar
– Afaste-se do mal e faça o bem; busque a paz com perseverança.
(Sl 34.14)
• Esta na natureza do ser humano
– Pois o que faço não é o bem que desejo, mas o mal que não
quero fazer, esse eu continuo fazendo. (Romano 7.19).
O mal do mundo é...
Od
inhe
A ignorância iro
A distração
A pobreza ça O egoísmo
en

A
O sexo
er

m
di f

íd
ia
in

A religião
A
1 Pedro 5.8-9

• Sejam sóbrios e vigiem. O diabo, o inimigo


de vocês, anda ao redor como leão,
rugindo e procurando a quem possa
devorar. Resistam-lhe, permanecendo
firmes na fé, sabendo que os irmãos que
vocês têm em todo o mundo estão
passando pelos mesmos sofrimentos.
05. Como
você
reconhece a
autoridade e
divindade de
Jesus?
• para que ao nome de Jesus se dobre todo
joelho, no céu, na terra e debaixo da terra, (Fp
2.10)

• Então, Jesus aproximou-se deles e disse: “Foi-


me dada toda a autoridade no céu e na terra.”
(Mt 28.18).

• Depois ouvi todas as criaturas existentes no céu,


na terra, debaixo da terra e no mar, e tudo o
que neles há, que diziam: "Àquele que está
assentado no trono e ao Cordeiro sejam o
louvor, a honra, a glória e o poder,para todo o
sempre!“ Os quatro seres viventes disseram:
"Amém", e os anciãos prostraram-se e o
adoraram. (Ap 5.13-14).
Tiago 2.19

• Você crê que existe um só Deus?


Muito bem! Até mesmo os
demônios crêem — e tremem!
06. O que é
uma
possessão
demoníaca?
• É uma condição
na qual um ser,
distinto e
maligno,
estranha à
pessoa possessa,
assume o
controle sobre
ela
• Demônios  são anjos caídos que
operam continuamente o mal no mundo.
Foram criados bons, mas participaram de
uma rebelião no mundo angelical
– Pois Deus não poupou os anjos que pecaram,
mas os lançou no inferno, prendendo-os em
abismos tenebrosos a fim de serem
reservados para o juízo. (2Pe 2.4).

• Vamos ler: Is 14.12-15 e Ez 28.11-19


• Jesus e os demônio não tinham nada
haver um com o outro
• Jesus veio buscar e salvar o perdido
– “Pois o Filho do homem veio buscar e salvar o
que estava perdido” (Lc 19.10).
– Aquele que pratica o pecado é do diabo,
porque o diabo vem pecando desde o
princípio. Para isso o Filho de Deus se
manifestou: para destruir as obras do diabo.
(1 João 3.8)
• Satanás veio para roubar, matar e destruir
– “O ladrão vem apenas para furtar, matar e
destruir” (João 10.10).
Jesus não aceita reconhecimento
testemunho de demônios
• Sempre que os espíritos imundos o
viam, prostravam-se diante dele e
gritavam: "Tu és o Filho de Deus".
Mas ele lhes dava ordens severas
para que não dissessem quem ele
era. (Mc 3.11-12).
Paulo também rejeitou
• Essa moça seguia a Paulo e a nós,
gritando: "Estes homens são servos do
Deus Altíssimo e lhes anunciam o caminho
da salvação". Ela continuou fazendo isso
por muitos dias. Finalmente, Paulo ficou
indignado, voltou-se e disse ao espírito:
"Em nome de Jesus Cristo eu lhe ordeno
que saia dela!" No mesmo instante o
espírito a deixou. (Atos 16.17-18).
07. Você exalta
Deus na sua vida?
Como?
• Senhor, quero dar-te graças de todo o coração e
falar de todas as tuas maravilhas. Em ti quero
alegrar-me e exultar, e cantar louvores ao teu
nome, ó Altíssimo. (Sl 9.1-2).

• Por meio de Jesus, portanto, ofereçamos


continuamente a Deus um sacrifício de louvor,
que é fruto de lábios que confessam o seu
nome. (Hb 13.15).

• Então veio do trono uma voz, conclamando:


"Louvem o nosso Deus, todos vocês, seus
servos, vocês que o temem, tanto pequenos
como grandes! " (Ap 19.5).
08. Você se dedica a
falar às pessoas dos
feitos e dos
ensinamentos de Jesus
tal como se dedica a
outras atividades?
• E disse-lhes: "Vão pelo mundo todo e preguem
o evangelho a todas as pessoas. Quem crer e
for batizado será salvo, mas quem não crer será
condenado.” (Mc 16.15-16).

• “Como, pois, invocarão aquele em quem não


creram? E como crerão naquele de quem não
ouviram falar? E como ouvirão, se não houver
quem pregue? E como pregarão, se não forem
enviados? Como está escrito: "Como são belos
os pés dos que anunciam boas novas!“
(Romanos 10.14-15).

Você também pode gostar