Você está na página 1de 4

ARTE

SABEMOS QUE OS POVOS INDÍGENAS NOS


DEIXARAM UM GRANDE LEGADO EM
TERMOS DE ARTE, CORES, FORMAS E
EXPRESSÕES ARTÍSTICAS, COM
PREDOMINÂNCIA DO USO DE GRAFISMOS
GEOMÉTRICOS SEQUENCIAIS.

ARTE INDÍGENA

1- No espaço em branco de cada faixa, continue desenhando com o mesmo desenho geométrico, até o final
de cada faixa. Pinte com o lápis de cor da sua preferência.
Capriche!!!
Todas as suas atividades são importantes para que a professora possa avaliá-lo.
______________________________________________________________________________________
2- Faça o desenho abaixo no seu caderno de desenho retratando um pouco da arte indígena. Faça-o em
tamaho grande.
Portugueses e indígenas: encontro ou desencontro de culturas?

Quando ouvimos falar da colonização portuguesa na América, lembramos logo da “Descoberta


do Brasil”. Pensamos: será que o Brasil foi realmente descoberto pelos portugueses? Antes da chegada dos
portugueses não existiam povos e sociedades habitando a nossa terra?
Mas é lógico que existiam habitantes no “Novo Mundo”: eram os diferentes povos indígenas, considerados
os povoadores da região.
Os indígenas que habitavam o Brasil naquela época viviam da caça, da pesca e da agricultura de
milho, amendoim, feijão, abóbora, bata-doce e principalmente mandioca. Esta agricultura era praticada de
forma bem rudimentar, pois utilizavam a técnica da coivara (derrubada de mata e queimada para limpar o
solo para o plantio). Os índios domesticavam animais de pequeno porte como, por exemplo, porco do mato
e capivara. As tribos indígenas possuíam uma relação baseada em regras sociais, políticas e religiosas. O
contato entre as tribos acontecia em momentos de guerras, casamentos, cerimônias de enterro e também no
momento de estabelecer alianças contra um inimigo comum. Os índios faziam objetos utilizando as
matérias-primas da natureza. Vale lembrar que índio respeita muito o meio ambiente, retirando dele
somente o necessário para a sua sobrevivência. Desta madeira, construíam canoas, arcos e flechas e suas
habitações (ocas). A palha era utilizada para fazer cestos, esteiras, redes e outros objetos. A cerâmica
também era muito utilizada para fazer potes, panelas e utensílios domésticos em geral. Penas e peles de
animais serviam para fazer roupas ou enfeites para as cerimônias das tribos. O urucum era muito usado
para fazer pinturas no corpo.
O processo que promoveu o primeiro contato entre portugueses e indígenas foi um encontro de
culturas? Ou uma conquista, um “desencontro de culturas”?
A colonização portuguesa teve como principais características a submissão e o extermínio de
milhões de indígenas. O processo de colonização portuguesa no Brasil teve um caráter semelhante a outras
colonizações europeias, como a colonização espanhola, que conquistou e exterminou os povos indígenas.
A Coroa portuguesa, durante as Grandes Navegações (XV-XVI), tinha como principais objetivos a
expansão comercial e a busca de produtos para comercializar na Europa (obtenção do lucro). Existiam
outros motivos, porém focaremos esses dois.
Em 1500, os primeiros portugueses que desembarcaram no “Novo Mundo” (América) tomaram
posse das terras, logo em seguida tiveram os primeiros contatos com os indígenas, designados pelos
portugueses de “selvagens”. Alguns historiadores chamaram o primeiro contato entre portugueses e
indígenas de “encontro de culturas” (como uma tentativa de amenizar e adocicar as péssimas relações que
foram mantidas), mas percebemos que o início do processo de colonização portuguesa foi um “desencontro
de culturas”, que mais correspondeu ao processo de extermínio e submissão dos indígenas – tanto por meio
dos conflitos com os portugueses quanto pelas doenças trazidas por estes, como a gripe, a tuberculose e a
sífilis. 
No século XVI, poucos empreendimentos foram efetivados no território colonial. As principais
realizações portuguesas, utilizando a mão de obra indígena escravizada, foram: nomear algumas
localidades no litoral, confirmar a existência do pau-brasil e construir algumas feitorias.
Quando os portugueses começam a explorar o pau-brasil das matas, começam a escravizar muitos
indígenas ou a utilizar o escambo. Davam espelhos, apitos, colares e chocalhos para os indígenas em troca
de seu trabalho. Interessados nas terras, os portugueses usaram a violência contra os índios. Para tomar as
terras, chegavam a matar os nativos ou até mesmo transmitir doenças a eles para dizimar tribos e tomar as
terras. Esse comportamento violento seguiu-se por séculos, resultando no pequeno número de índios de
hoje.
Os portugueses achavam-se superiores aos indígenas e, portanto, deveriam dominá-los e colocá-los
ao seu serviço. A cultura indígena era considera pelo europeu como sendo inferior e grosseira. Dentro
desta visão, acreditavam que sua função era convertê-los ao cristianismo e fazer os índios seguirem a
cultura europeia. Foi assim, que aos poucos, os índios foram perdendo sua cultura e também sua
identidade.
O “desencontro de culturas” promovido pelos primeiros contatos entre europeus e indígenas
ganhou nova força a partir de 1516, quando Dom Emanuel I, rei de Portugal, enviou navios ao novo
território para efetivar o povoamento e a exploração. Os indígenas resistiram à tentativa de submissão e
extermínio, expulsando rapidamente os portugueses. Até o ano de 1530, a ocupação portuguesa ainda era
bastante tímida – somente no ano de 1531, o monarca português Dom João III enviou Martin Afonso de
Souza ao Brasil, nomeando-o capitão-mor da esquadra e das terras coloniais, visando efetivar a exploração
mineral e vegetal da região e a distribuição das sesmarias (lotes de terras).
A submissão e o extermínio dos indígenas pelos europeus estavam apenas começando na história do Brasil,
entretanto não devemos esquecer a resistência que os povos indígenas empreenderam.

ATIVIDADE: COPIE AS PERGUNTAS E RESPONDA EM SEU CADERNO

1- Quais são as principais características da colonização portuguesa no Brasil?


2- Quais eram os principais objetivos das Grandes Navegações nos séculos XV e XVI?
3- Escreva com foi o processo de colonização portuguesa no Brasil em relação ao
“desencontro de culturas”.
4- Fale sobre as principais realizações portuguesas no século XVI.
5- Ainda sobre o “desencontro de culturas”, o que ocorreu quando D. Emanuel, rei de
Portugal enviou navios ao novo território?