Você está na página 1de 8

Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio

CEUNSP

Salto
2011
Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio
CEUNSP

Relatório: Física II

Experiência: Calor Específico

Submetido: Prof.º: Claudio Sartori

Elaborado pelo aluno: Alex Silveira de Campos Nº: Adaptação RGM: 084066

Turma:

Colaboradores:

Data da realização: 16/05/2011

Data da entrega: 08/06/2011


1. Objetivos
Determinar o calor específico dos metais, alumínio, aço e latão, utilizando
a teoria da troca de calor

2. Teoria
Ver item 6 - Formulas

3. Procedimentos experimentais
 Medir a massa das amostras dadas e do calorímetro.
 Colocar certo volume de água, em ml, para aquecimento.
 Medir a temperatura ambiente.
 Medir a temperatura da água após o aquecimento.
 Colocar a amostra com água dentro do calorímetro.
 Depois de um período de estabilização, medir a temperatura de equilíbrio
térmico.
 Medir a temperatura da água em ebulição.
 Repetir o processo quatro vezes para cada amostra

3.1 Materiais Utilizados


 Conjunto para experimento de troca de calor (Calorímetro).
 Aquecedor Elétrico.
 Termômetro.
 Haste metálica com garra.
 Tarugos: Alumínio, Aço, Latão.
 Cronometro
4- Massa e Temperatura das amostras

Material Massa m(g) Θ (°C)

Alumínio 20 23

Aço 64 23

Latão 75 23

5- Dados experimentais obtidos e cálculos


Metal Medida i m0a(g) 0a(°C) E(°C) cm(cal/(g°C))
Al 1 150 65 60 0,986842105
2 200 76 72 0,8000000
3 250 72 68 1,086956522
4 300 71 68 0,97826087
Latão 1 150 69 64 0,238095238
2 200 60 57 0,228571429
3 250 55 53 0,215053763
4 300 51 49 0,296296296
Aço 1 150 55 51 0,323275862
2 200 67 64 0,19047619
3 250 59 56 0,294117647
4 300 63 60 0,315789474

6- Fórmulas
Legendas
m 0a massa inicial da água
mm massa do metal
q 0m temperatura inicial do metal (igual à temperatura ambiente)
q0a temperatura inicial da água
qE temperatura de equilíbrio termodinâmico
c a (cal/(g°C)) calor específico da água
cm calor específico do metal

metal m m(g)
Al 20
Latão 75
Aço 64
Medida
q0m 22 Metal i m 0a (g) q0a(°C) qE(°C)
c a (cal/(g°C)) 1 1 150 65 60
2 200 76 72
Al
3 250 72 68
4 300 71 68
1 150 69 64
2 200 60 57
Latão
3 250 55 53
4 300 51 49
1 150 55 51
2 200 67 64
Aço
3 250 59 56

7- Apresentação dos resultados:

Resultados Média Desvio Erro


padrão associado
populaciona à média
l
Alumínio 0,963015 0,103363 0,051681
Latão 0,244504 0,031003 0,15501
Aço 0,280915 0,053301 0,026651
8-Conclusão
O calorímetro permite obter resultados com exatidão
melhor que 2% para medida do calor específico da água e melhor
que 3% para calor específico de sólidos. A medida da condutividade
térmica mesmo para bons condutores, é bastante difícil devido a
dificuldade em se evitar gradientes de temperaturas, tanto na quanto
no gelo fundente. Por isso dificilmente pode-se obter resultados com
acurácia melhor que 10%.

8- Referências
HALLIDAY, D. et al. Fundamentos de Física 2: Gravitação, Ondas e
Termodinâmica. 6º Edição.

Rio de Janeiro: LTC Editora, 2002.

FERENCE, M. JR. et al. Curso de física: Calor. São Paulo: Editora


Edgard Blücher.

Software Wolfram Research, INC (2003). MATHEMATICA 5.0

http://www.sbfisica.org.br/rbef/pdf/vol17a15.pdf