Você está na página 1de 2

PROPOSTA DE REDAÇÃO

INSTRUÇÕES PARA A REDAÇÃO

• O rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado.

•O texto definitivo deve ser escrito à tinta, na folha própria, em até 30 linhas.

• A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação ou do Caderno de


Questões terá o número de linhas copiadas .....desconsiderado para efeito de correção.

Receberá nota zero, em qualquer das situações expressas a seguir, a redação que:

• tiver até 7 (sete) linhas escritas, sendo considerada “texto insuficiente”.

• fugir ao tema ou que não atender ao tipo dissertativo-argumentativo.

• apresentar proposta de intervenção que desrespeite os direitos humanos.

• apresentar parte do texto deliberadamente desconectada do tema proposto

TEXTO. I

O que a leitura efetivamente possibilita?

O hábito da leitura oferece muitos benefícios, tanto para o corpo quanto para a mente. Entre
eles, melhora o funcionamento do cérebro, contribui para a construção do senso crítico e,
como diz a máxima popular, permite uma viagem ao mundo sem que o leitor saia do lugar.

Criar uma rotina de leitura ajuda no desenvolvimento pessoal, intelectual e profissional da


criança. Ler é um costume que aprimora as habilidades de comunicação.

Essa é uma das muitas competências que serão extremamente importantes para o
crescimento do jovem e para a manutenção de todas as relações constituídas ao longo de sua
vida.

TEXTO.II

A partir de quando se deve incentivar a leitura?

A 4ª edição da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil trouxe alguns dados alarmantes. O


brasileiro lê, em média, somente 2,43 livros inteiros por ano. Outro ponto relevante que o
levantamento indicou é que o gosto pela leitura está diretamente relacionado à uma
escolaridade mais elevada. Em outras palavras, pessoas que leem mais têm, geralmente,
acesso mais amplo ao conhecimento.

Ao se falar sobre o incentivo ao hábito da leitura, a figura da mãe foi apontada como bastante
importante para o desenvolvimento do gosto por livros. Especialistas indicam que, ainda que a
criança aprenda a ler por volta dos cinco anos de idade, é indicado que o costume seja
explorado antes de tal idade para despertar, de fato, o interesse deles.
Em outras palavras, a criança pode observar e replicar o comportamento dos pais e cuidadores
e, assim, pegar gosto pelos livros. Por isso, explore oportunidades lúdicas para incorporar a
leitura na rotina da criança e dê o exemplo. Além disso, quanto mais tarde o hábito de leitura
for implementado, menos eficientemente os benefícios descritos acima serão incorporados.
Assim, a verdade é que nunca é cedo demais para incentivar a imaginação das crianças.

Os pais podem contar histórias para seus filhos quando eles ainda forem bebês! Se estiverem
dando seus primeiros sinais de comunicação, que seja apenas balbuciando, já é possível
começar a contar as histórias. Nessa fase, só garanta que esses contos sejam mais curtos e
leves. Vá, gradativamente, aumentando a intensidade das emoções e o tamanho das
narrativas. Quando menos esperar, seus filhos vão devorar livros inteiros!
Disponível em: https://novosalunos.com.br/entenda-a-importancia-da-leitura-para-o-desenvolvimento-da-crianca/#:~:text=Viu
%20como%20criar%20o%20h%C3%A1bito,a%20aprimorarem%20suas%20habilidades%20comunicativas.

TEXTO.III

O QUE IMPEDE A PROPAGAÇÃO DA LEITURA

Estamos no campo das ideias e opiniões, não é possível afirmar com certeza. Parto, neste
texto, do princípio de que a razão da ideia recorrente do “livro caro” está ligada à
especificidade da mercadoria livro. Essa especificidade faz com que o livro seja percebido, no
mercado do consumo, como uma mercadoria especial, carregada de valores simbólicos, alguns
deles não mensuráveis em dinheiro ou com correspondente valor de troca. Compreender
essas especificidades ajuda a pensar melhor o mercado editorial, que considero estruturante
para a economia e para a democracia, permitindo traçar estratégias e políticas públicas que
superem a meta, talvez menos significativa do que se imagina, de baixar o preço do livro novo.

Ana Maria Machado- escritora infantil

PROPOSTA DE REDAÇÃO

A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos
construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em modalidade
escrita formal da língua portuguesa sobre o tema: “o problema da falta de incentivo à leitura
na infância na sociedade brasileira”, apresentando proposta de intervenção que respeite os
direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e
fatos para defesa de seu ponto de vista.

Você também pode gostar