Você está na página 1de 6

Magistratura Trabalhista

Rodada 1
Direito do Trabalho
Contrato por prazo determinado_parte 1 / trabalho temporário

1 ► 2018/ Inédita
A respeito do contrato de trabalho intermitente, julgue o item a
seguir:
Recebida a convocação, o empregado terá o prazo de um dia para
responder ao chamado, presumindo-se, no silêncio, a recusa que
descaracterizará a subordinação para fins de contrato de trabalho
intermitente.

2► 2018/ Inédita.
Considerando-se o disposto na Lei 6.019/74 e respectivas alterações
legislativas, julgue o item a seguir:

Prestação de serviço a terceiros consiste na prestação de trabalho


temporário por pessoa física contratada por uma empresa de trabalho
temporário que a coloca à disposição de uma empresa tomadora de
serviços, para atender à necessidade de substituição transitória de
pessoal permanente ou à demanda complementar de serviços.

3► 2018/Inédita.
Considerando o disposto na CLT e na jurisprudência do TST, julgue o item
a seguir: O estabelecimento de salário convencional diverso para
empregados em contrato de experiência viola o princípio da isonomia.

4 ►2018/ Inédita.
Com base no que dispõe a CLT e a jurisprudência do TST, julgue o item a
seguir: A ausência de anotação do contrato de experiência na CTPS do
empregado implica na transformação o contrato por prazo a termo em
contrato por prazo indeterminado.

5 ►2018/Inédita.
A respeito do contrato por prazo determinado, julgue o item a seguir: Não
se admite a contratação de empregado doméstico por prazo determinado
em razão da ausência de previsão legal.

1
Este curso apostilado está protegido nos termos da Lei 9.610/98.
6 ► 2017/ TST/ Juiz do Trabalho Substituto (Adaptada)

Situação hipotética: Heráclito foi contratado pela empresa X, por


contrato de prazo determinado de dezoito meses, com termo
prefixado, para execução de serviço de natureza transitória, com
remuneração mensal de R$ 2.000,00 (dois mil reais).
Com base na situação hipotética apresentada acima, julgue o item a
seguir: Heráclito não poderá se desligar do contrato a termo prefixado,
sem cláusula assecuratória do direito recíproco de rescisão antecipada,
mesmo no caso de ter sido tratado por seu coordenador com rigor
excessivo, sem indenizar o empregador dos prejuízos que resultarem
desse fato, limitado ao maior salário que tiver recebido.

7► 2017/ TST/ Juiz do Trabalho Substituto (Adaptada)

Situação hipotética: Heráclito foi contratado pela empresa X, por


contrato de prazo determinado de dezoito meses, com termo
prefixado, para execução de serviço de natureza transitória, com
remuneração mensal de R$ 2.000,00 (dois mil reais).

Com base na situação hipotética apresentada acima, julgue o item a


seguir: Heráclito, após o término do contrato de dezoito meses, poderá
ser novamente contratado por novo contrato a prazo determinado, com
fundamento em atividade empresarial transitória, mesmo antes do prazo
de seis meses, pois o término do primeiro contrato ocorreu por expiração
do termo prefixado.

8► 2017/ TST/ Juiz do Trabalho Substituto (Adaptada)

Situação hipotética: Heráclito foi contratado pela empresa X, por


contrato de prazo determinado de dezoito meses, com termo
prefixado, para execução de serviço de natureza transitória, com
remuneração mensal de R$ 2.000,00 (dois mil reais).

Com base na situação hipotética apresentada acima, julgue o item a


seguir: Se Heráclito desligar-se imotivadamente do contrato por prazo
determinado, com ou sem cláusula assecuratória do direito recíproco de
rescisão antecipada, deverá indenizar o empregador do valor
correspondente à remuneração a que teria direito até o termo do contrato.

9 ► 2017/ TST/ Juiz do Trabalho Substituto (Adaptada)

Situação hipotética: Heráclito foi contratado pela empresa X, por


contrato de prazo determinado de dezoito meses, com termo

2
Este curso apostilado está protegido nos termos da Lei 9.610/98.
prefixado, para execução de serviço de natureza transitória, com
remuneração mensal de R$ 2.000,00 (dois mil reais).
Com base na situação hipotética apresentada acima, julgue o item a
seguir:

Se no contrato por prazo determinado houve cláusula assecuratória do


direito recíproco de rescisão antecipada, o empregador que resolver
desligar o empregado deverá conceder aviso-prévio, observada a
proporcionalidade com o tempo de serviço, mas se o desligamento partir
do empregado, deverá indenizar o empregador dos prejuízos que
resultarem deste fato, que não poderá exceder ao valor do aviso-prévio
que teria direito.

10► 2017/ TST/ Juiz do Trabalho Substituto (Adaptada)

Situação hipotética: Heráclito foi contratado pela empresa X, por


contrato de prazo determinado de dezoito meses, com termo
prefixado, para execução de serviço de natureza transitória, com
remuneração mensal de R$ 2.000,00 (dois mil reais).

Com base na situação hipotética apresentada acima, julgue o item a


seguir:

Se o desligamento imotivado feito por Heráclito no contrato a termo e sem


cláusula assecuratória do direito recíproco de rescisão antecipada, após
cinco meses de prestação de trabalho, resultou prejuízos para o
empregador na ordem de R$ 26.000,00 (vinte e seis mil reais), deverá
indenizá-lo no valor de R$ 13.000,00 (treze mil reais)

11 ► 2017 / TRT24 / Analista Judiciário


A empresa Ajax Produções contratou os serviços de dois operadores de
som para atender à necessidade transitória de substituição de seu
pessoal regular e permanente, optando pelo regime de trabalho
temporário. Conforme legislação que regula o trabalho temporário, o
contrato entre a empresa de trabalho temporário e a empresa tomadora
ou cliente, com relação a um mesmo empregado, não poderá exceder de
um ano, sujeito a apenas uma prorrogação por igual período.

12 ► 2017 / TRT24 / Analista Judiciário


A empresa Ajax Produções contratou os serviços de dois operadores de
som para atender à necessidade transitória de substituição de seu
pessoal regular e permanente, optando pelo regime de trabalho
temporário. Conforme legislação que regula o trabalho temporário entre
a empresa de trabalho temporário e a empresa tomadora ou cliente
deverá haver obrigatoriamente contrato escrito, mas entre a empresa de

3
Este curso apostilado está protegido nos termos da Lei 9.610/98.
trabalho temporário e cada um dos assalariados colocados à disposição de
uma empresa tomadora o contrato poderá ser verbal.

13 ► 2017 / TRT24 / Analista Judiciário


A empresa Ajax Produções contratou os serviços de dois operadores de
som para atender à necessidade transitória de substituição de seu
pessoal regular e permanente, optando pelo regime de trabalho
temporário. Conforme legislação que regula o trabalho temporário fica
assegurada ao trabalhador temporário remuneração equivalente à
percebida pelos empregados de mesma categoria da empresa tomadora
ou cliente, calculada à base horária, garantida, em qualquer hipótese, a
percepção do salário mínimo regional.

14 ► 2017 / TRT24 / Analista Judiciário


A empresa Ajax Produções contratou os serviços de dois operadores de
som para atender à necessidade transitória de substituição de seu
pessoal regular e permanente, optando pelo regime de trabalho
temporário. Conforme legislação que regula o trabalho temporário no
caso de falência da empresa de trabalho temporário, a empresa tomadora
ou cliente é subsidiariamente responsável pela remuneração, indenização
trabalhista e recolhimento das contribuições previdenciárias, no tocante
ao tempo em que o trabalhador esteve sob suas ordens.

15 ► 2017 / TRT24 / Analista Judiciário


A empresa Ajax Produções contratou os serviços de dois operadores de
som para atender à necessidade transitória de substituição de seu
pessoal regular e permanente, optando pelo regime de trabalho
temporário. Conforme legislação que regula o trabalho temporário, a
empresa de trabalho temporário poderá cobrar do trabalhador a
importância máxima de 2% sobre o valor do primeiro salário a título de
mediação, bem como efetuar os descontos previstos em Lei.

16► Inédita
A terceirização através de empresa prestadora de serviços e o trabalho
temporário através de empresa específica foram diferenciados em seus
termos e requisitos com a edição da Lei nº 13.429/17, que alterou a Lei
nº. 6.019/74.

17 ► Inédita
O contrato temporário e o de prestação de serviços podem ser pactuados
tanto para atividades meio quanto atividades fim.

4
Este curso apostilado está protegido nos termos da Lei 9.610/98.
18 ► Inédita
No contrato de prestação de serviços, a Lei nº 13.429/17, que alterou a
Lei nº 6019/74, permitiu a quarterização de serviços.

19► 2016 / TRT1 / Juiz do Trabalho


Em relação aos contratos de trabalho por prazo determinado, de acordo
com o previsto na Constituição Federal, e no entendimento sumulado
pelo TST, é correto afirmar que rescindido, antecipada e imotivadamente,
o contrato de experiência pelo empregador é direito do empregado
receber o valor equivalente ao aviso prévio.

20► 2016 / TRT1 / Juiz do Trabalho


Em relação aos contratos de trabalho por prazo determinado, de acordo
com o previsto na Constituição Federal, e no entendimento sumulado
pelo TST, é correto afirmar que respeitado o prazo máximo de 90 dias, o
contrato de experiência pode ser renovado uma vez, desde que nenhum
dos períodos seja inferior a 30 dias.

21► 2016 / TRT1 / Juiz do Trabalho


Em relação aos contratos de trabalho por prazo determinado, de acordo
com o previsto na Constituição Federal, e no entendimento sumulado
pelo TST, é correto afirmar que ressalvada a hipótese do contrato de
experiência, o empregado submetido a contrato a prazo determinado que,
afastado por, pelo menos, 16 dias tenha percebido auxílio-doença
acidentário, possui garantia provisória de emprego de doze meses,
contados após a cessão do auxílio.

22► 2013 / TRT01 / Analista Judiciário


O trabalho temporário pode ser contratado para substituição do pessoal
regular e permanente da empresa ou em caso de serviços excepcionais
que não se inserem na atividade fim da empresa contratante.

23 ► 2013 / TRT02 / Juiz do Trabalho


O contrato por prazo determinado só será válido, segundo a norma
legal, em se tratando de serviço cuja natureza ou transitoriedade
justifique a predeterminação do prazo, de atividades empresariais de
caráter transitório ou de contrato de experiência.

24 ► 2012 / TRT18 / Juiz do Trabalho


Quanto ao contrato de experiência, o empregado poderá rescindir a
qualquer momento o contrato e não terá obrigação de indenizar o
empregador, pois há termo pré-assinalado para seu fim.

5
Este curso apostilado está protegido nos termos da Lei 9.610/98.
25 ► 2012 / TRT18 / Juiz do Trabalho
Quanto ao contrato de experiência, o empregador poderá romper
antecipadamente o contrato, desde que pague ao trabalhador a
integralidade da indenização fundiária acrescida de multa e lucros
cessantes no valor de 50%, conforme previsto na lei específica.

26 ► 2013 / TRT02 / Juiz do Trabalho

O contrato por prazo determinado só será válido, segundo a norma legal,


em se tratando de serviço cuja natureza não esteja vinculada à atividade-
fim do empregador.

27 ► 2014 / TRT18 / Juiz do Trabalho (adaptada)


Entre as modalidades de contrato de trabalho por prazo determinado
previstas pelo ordenamento jurídico está o contrato de trabalho por
pequeno prazo previsto pelo art. 14-A da Lei nº 5.889/1973 (Lei do
Trabalho Rural). Sobre essa modalidade de contrato, é correto afirmar que
o contrato de trabalho por pequeno prazo deverá ser formalizado, dentre
outros requisitos, mediante celebração de contrato escrito, em duas vias,
uma para cada parte, do qual conste, no mínimo, expressa autorização
em acordo coletivo ou convenção, identificação do produtor rural e do
imóvel rural onde o trabalho será realizado, indicação da respectiva
matrícula e identificação do trabalhador, com indicação do respectivo
Número de Inscrição do Trabalhador – NIT.

28 ► 2012 / TRT20 / Juiz do Trabalho


Sobre o contrato de trabalho por prazo determinado, de que cuida a Lei nº
9.601/88, as convenções e os acordos coletivos de trabalho, poderão
instituir contrato de trabalho por prazo determinado, de que trata o art.
443 da Consolidação das Leis do Trabalho, independentemente das
condições estabelecidas em seu §2º, para admissões que representem
acréscimo no número de empregados.

29► 2018 / CESPE 2018 / EMAP Analista Portuário – Área Jurídica


O contrato individual de trabalho poderá ser celebrado de forma tácita ou
expressa, verbal ou escrita; poderá ter prazo indeterminado ou
determinado; e poderá destinar-se à prestação de trabalho intermitente.

30► 2020/Inédita
É aplicável ao regime de trabalho temporário, disciplinado pela Lei n.º
6019/74, a garantia de estabilidade provisória à empregada gestante
prevista no art. 10, II, b, do Ato das Disposições Constitucionais
Transitórias.

6
Este curso apostilado está protegido nos termos da Lei 9.610/98.