Você está na página 1de 2

Dança

Cia. Repentistas do Corpo estreia “ReverberÁfrica”, com temporada on-line e


gratuita, a partir de 21 de abril

A Cia. Repentistas do Corpo completa vinte anos de existência em 2021 e estreia seu
primeiro trabalho on-line, “ReverberÁfrica”, no dia 21 de abril de 2021, quarta-feira, às
21h. A temporada virtual segue nos dias 23 e 24 de abril, sexta e sábado, às 21h e
nos dias 25, 28 e 30 de abril, domingo, quarta e sexta, às 18h. O espetáculo de dança
contemporânea, música, poesia e videoarte será transmitido gratuitamente pelo Canal
da Cia. Repentistas do Corpo no YouTube.

O trabalho investiga as conexões sensoriais e imateriais entre Brasil e África, através


de um mergulho nas memórias afetivas, nas sonoridades e nos movimentos que
habitam no universo particular de cada intérprete-criador, independentemente da cor
da pele e seus matizes.

Desde os primórdios, o som do tambor carrega em si a ideia de um coração que


explode e desperta as energias pulsantes da mãe-África com a força motriz que se
mantem nos corpos e segue expandindo tudo à sua volta. Nesse sentido a trilha
sonora, composta por Cesar Assolant, reverbera a sonoridade dos elementos e das
forças da natureza aliando o toque dos tambores à sua técnica apurada e exuberante
de violonista brasileiro. Os elegantes figurinos assinados por Lu Grecco são inspirados
em referências da relação Brasil-África, de maneira revisitada e contemporânea.

A pesquisa audiovisual de linguagem realizada pelo artista Giuliano VJ Scan utiliza


diferentes recursos para compor, de maneira poética, a ligação entre os imaginários
dos dois continentes separados pelo mar. No entanto, o elo cultural resiste e se
sobrepõe à geografia para traduzir na potência dos movimentos, nas sensações e
gestos dos corpos, nas músicas, poesias e nas imagens, a imperiosa necessidade de
reconexão entre o homem, a natureza e suas origens, respeitando os ritmos naturais
da vida.

Esses corpos únicos, distintos entre si, impregnados de afetos e memórias, forjados
pela mistura racial brasileira e de suas artes, descortinarão as semelhanças, as
identidades e o reconhecimento de que a brasilidade é maravilhosamente
indissociável da matriz africana, sugerindo uma reflexão: “Que África reverbera em
você?”

“A ideia deste espetáculo já existe há, pelo menos, dez anos e o desejo principal não
mudou...Transformar em arte as influências culturais que recebemos da África,
partindo do ponto de vista de cada intérprete criador do trabalho, independentemente
de raça ou gênero. O caminho escolhido foi olhar para si mesmo, respeitar o outro e
se reconectar com a natureza”, comenta Sérgio Rocha.

O projeto foi contemplado pelo Edital ProAC LAB nº 37 e realizado com recursos da
Lei Aldir Blanc.

Sobre Repentistas do Corpo

A Cia. Repentistas do Corpo, fundada em 2001, é formada por artistas do cenário da


dança contemporânea brasileira que trazem significativa bagagem artística e cultural
associada à proposta de pesquisa consistente e inovadora. A linha de investigação
prática é a interdisciplinaridade entre a dança contemporânea, o teatro, a música e a
percussão corporal em movimento buscando os possíveis pontos de convergência
entre estas áreas e a sua abordagem conjunta. A inspiração vem de diferentes
manifestações da cultura brasileira e suas identidades; especialmente a literatura, a
música e as festas, além do contexto histórico onde estão inseridas. Desta forma, a
Cia. busca novos significados para sua dança e afirma sua maneira de estar no
mundo: sempre em movimento, com um corpo brasileiro.

Entre os trabalhos realizados ao longo de vinte anos de existência, estão: “Cordel


Encorpado” (2001), “Nessa Onda Que Eu Vou” (2002), “Corpoemas (2004)”, “Lado B”
(2007), “Carnaval em Sampa” (2008), “WC Feminino” (2010), “Cordel Encorpado e
Revisado” (2012), “Sambabembom” (2012), “Tupiliques – O Espetáculo” (2014),
“Corpos Brasileiros” (2017), “Olhares Alheios” (2019) e “Um Olhar Muda Tudo” (2019).

Link com imagens:


https://drive.google.com/drive/folders/14FfL9ikuYSmfM_1PA5L2sok0b08dfSo_?
usp=sharing

Ficha Técnica 
Concepção e direção geral: Sérgio Rocha. Assistente de direção: Cláudia Christ.
Intérpretes criadores: Carlos Antônio dos Santos, Cláudia Christ, Marcela Miyashita
e Sérgio Rocha. Trilha sonora: Cesar Assolant. Figurinos: Lu Grecco. Direção de
arte e edição: Giuliano VJ Scan. Captação de imagens: Giuliano Vj Scan e Rogério
Queiroz Percussão corporal e Djembê: Sérgio Rocha. Fragmentos poéticos:
Carlos Antônio dos Santos. Canto à capela: Sérgio Rocha Vozes em off: Carlos
Antônio dos Santos, Cláudia Christ e Marcela Miyashita. Assessoria de imprensa:
Alex Olobardi. Programador visual: Giuliano Vj Scan. Serviço de transmissão: Ten
Lives. Produção executiva: Rocha Christ Produções Artísticas. Agradecimentos:
Mônica Maciel, Zulmira Cícera de Araújo e a todos os artistas, coletivos, grupos,
companhias, movimentos, cooperativas, associações, sindicatos e parlamentares que
se uniram e lutaram para viabilizar a Lei Aldir Blanc.

Serviço
Transmissão On-line.
Estreia: 21 de abril de 2021. Quarta-feira, às 21h.
Temporada: 23 e 24/4. Sexta e sábado, às 21h. 25, 28 e 30/4. Domingo, quarta e
sexta, às 18h.
Classificação: Livre.
Duração: 30 minutos.
Ingresso: Grátis.
Transmissão: Canal YouTube da Cia. Repentistas do Corpo.
Link para o Canal: https://www.youtube.com/Repentistasdocorpo

Você também pode gostar