Você está na página 1de 5

05 – AULA REMOTA (SÍNCRONA) HITÓRIA 2º -

PROFESSORA CLEUSA/2021. ANTIGO REGIME E

ILUMINISMO 

“O Estado sou eu” Luís XIV 

QUESTÕES SOBRE O ANTIGO REGIME E O ILUMINISMO 


1 - O Iluminismo, movimento intelectual do século VIII, representou o (a):
a) afirmação das ideias revolucionárias da burguesia. 
b) renascer do pensamento clássico greco-romano. 
c) revolução ideológica da aristocracia. 
d) expansão do pensamento religioso protestante. 
e) fortalecimento do Estado absolutista. 

2 - Assinale a alternativa que apresenta um princípio filosófico do Século das


Luzes:
a) Crença na razão como fonte para a crítica social e política. 
b) Defesa do ideal monárquico para a garantia da unidade política. 
c) Ideia do Direito Divino dos Reis para legitimar o Absolutismo. 
d) Ideia de indivisibilidade do Estado em poderes independentes. 

3 - O Marquês de Pombal, ministro do rei D. José I (1750-1777), foi o


responsável por uma série de reformas  na economia, educação e
administração do Estado e do império português, inspiradas na filosofia
iluminista  e na política econômica do mercantilismo, cabendo a ele a expulsão
dos padres jesuítas da Companhia de  Jesus dos domínios de Portugal. O
Marquês de Pombal foi um dos representantes do chamado: 
a) Despotismo Esclarecido. b) Socialismo Utópico. c) Socialismo Científico.
d) Liberalismo. e) Parlamentarismo Monárquico. 

4 - Os déspotas esclarecidos procuravam modificar os métodos e objetivos de


ação do Estado. Em geral,  apresentavam-se apenas como "os primeiros
servidores do próprio Estado”. Entre as manifestações do  despotismo
esclarecido, pode-se incluir:  
a) a adoção da fraseologia dos filósofos iluministas para a modernização
de seus respectivos Estados.
b) seu sucesso em países onde a burguesia era muito forte e atuante. 
c) a durabilidade e coerência de suas reformas implantadas nos países da
Europa Ocidental.
d) a adaptação̧ de princípios novos a Estados com condições socioeconômicos
e políticas bastante  avançadas. 
e) a destruição da religião revelada e da autoridade da Igreja através de
precoces ideias de materialismo histórico. 

5 - A importância histórica de John Locke, como precursor do movimento


chamado de ilustração, está no fato de ter: 
a) Elaborado o Ato de Navegação, que deu à Inglaterra o domínio dos mares. 
b) Defendido os princípios do absolutismo monárquico. 
c) Participado da revolta de Cromwell contra o despotismo dos Tudor. 
d) Formulado a teoria dos direitos naturais do homem. 
e) Combatido a influencia da burguesia na vida política. 

6 - Assinale a alternativa em que aparecem as principais ideias de Jean


Jacques Rousseau em sua obra O  CONTRATO SOCIAL. 
a) Cada homem é inimigo do outro, está em guerra com o próximo e por esta
razão cria o Estado para sua  própria defesa e proteção. 
b) O Estado é uma realidade em si e é necessário conservá-lo, reforçá-lo e
eventualmente reformá-lo,  reconhecendo uma única finalidade: sua
prosperidade e grandeza. 
c) O governante deve dar um bom exemplo para que os súditos o sigam.
Através da educação e de rituais,  os homens de capacidade aprenderiam e
transmitiriam os valores do passado. 
d) Que as classes dirigentes tremam ante a ideia de uma revolução! Os
trabalhadores devem proclamar  abertamente que seu objetivo é a derrubada
violenta da ordem social tradicional.
e) A única esperança de garantir os direitos de cada indivíduo é a
organização da sociedade civil, cedendo  todos os direitos à comunidade,
para que seja politicamente justo o que a maioria decidir.
7 - Sobre Adam Smith, assinale a afirmativa INCORRETA: 
a) escreveu a obra "A Riqueza das Nações". 
b) propunha uma sociedade igualitária a partir da análise científica da
História. 
c) era contrário ao mercantilismo. 
d) é considerado o pai do liberalismo econômico. 
e) defendia o trabalho como a única fonte geradora de riquezas. 
8 - "Os filósofos adulam os monarcas e os monarcas adulam os filósofos".
Assim se refere o historiador  Jean Touchard à forma de Estado europeu que
floresceu na segunda metade do século XVIII. Os "reis  filósofos", temendo
revoluções sociais, introduziram reformas inspiradas nos ideais iluministas.
Estas  observações se aplicam: 
a) às Monarquias Constitucionais.  b) ao Despotismo Esclarecido. 
c) às Monarquias Parlamentares.  d) ao Regime Social-Democrático.
e) aos Principados ítalo-germânicos. 

9 - O movimento conhecido como Ilustração ou Iluminismo marcou uma


revolução intelectual, ocorrida na  sociedade europeia ao longo do século XVIII.
O Iluminismo, em seu âmbito intelectual, expressou a:
a) negação do humanismo renascentista baseado no experimentalismo, na
física e na matemática.
b) aceitação do dogmatismo católico e da escolástica medieval. 
c) defesa dos pressupostos políticos e das práticas econômicas do Estado do
Antigo Regime.
d) consolidação do racionalismo como fundamento do conhecimento
humano. 
e) supremacia da ideia de providência divina para a explicação dos fenômenos
naturais. 

10 - As ideias dos diversos filósofos do Iluminismo, que tanta importância


exercem nos movimentos sociais  dos séculos XVIII e XIX, têm como princípio
comum: 
a) a república como único regime político democrático. 
b) a razão como portadora do progresso e da felicidade.  
c) as classes populares como base do poder político. 
d) o calvinismo como justificativa de riqueza material. 
e) a igualdade social como alicerce do exercício da cidadania. 

11 - O Iluminismo representa a visão de mundo da intelectualidade do século


XVIII, NÃO podendo ser  apontado como parte do seu ideário: 
a) o combate às injustiças sociais e aos privilégios aristocráticos. 
b) o fortalecimento do Estado e o cerceamento das liberdades.  
c) o anticolonialismo e o repúdio declarado à escravidão. 
d) o triunfo da razão sobre a ignorância e a superstição. 
e) o anticlericalismo e a oposição à intolerância religiosa. 

12 - O Iluminismo que atingiu seu maior esplendor na França, no século XVIII,


tendo por representantes  Voltaire, Montesquieu, Rousseau, etc. Uma das suas
características foi a seguinte:
a) Defender os ensinamentos das Igrejas Católica e Protestante. 
b) Ensinar que o homem não é livre, mas marcado pelo determinismo
geográfico.
c) Combater o absolutismo real e pregar o liberalismo político. 
d) Pregar a censura para os espetáculos de circo e de teatro. 
e) Recomendar a pena de morte como maneira de coibir a criminalidade. 

13 - Características do Iluminismo, exceto: 


a) derrubada dos conceitos tradicionais, apoiada na ascensão da burguesia,
que pretendia a instalação de  uma sociedade de classes. 
b) revisão da Teoria do Direito Divino como ilegítima e irracional. 
c) crítica à Igreja, base de sustentação teórica e material do absolutismo. 
d) governo nacional seria o voltado para o povo e para a satisfação de seus
desejos. Envolvimento de  Locke, Voltaire e Rousseau. 
e) Teocentrismo, em coincidência com o ideal Barroco.
Something, nothing anything 

Nothing 
O termo nothing é traduzido como “nada”, e muitas vezes se confunde ao
termo anything,  mas é utilizado sem nenhum termo auxiliar no negativo,
mantendo a frase com o sentido  afirmativo. Veja alguns exemplos abaixo: 

“I’m sorry, but there is nothing I can do for you.” – “Me desculpe, mas não há
nada que eu  possa fazer por você.” 

“I have nothing to say on this subject.” – “Eu não tenho nada a dizer sobre esse
assunto.” 

“I need nothing from the drugstore, thanks.” – “Eu não preciso de nada da
farmácia,  obrigado.” 

Anything 
Já a palavra anything pode assumir três diferentes sentidos: “qualquer coisa”
com sentido  afirmativo, “alguma coisa” com sentido interrogativo, ou “nada”,
desde que acompanhada  por um termo auxiliar negativo. Confira os
exemplos: 

“I don’t need anything from the supermarket.” – “Eu não preciso


de nada do  supermercado.” 

“Is there anything I can do for you?” – “Posso fazer alguma coisa

por você?” “Do you have anything to drink?” – “Você tem

qualquer coisa para beber?” 

Something 
Para finalizar o post de hoje, o termo something é o mais simples dos três,
tendo o  sentido de “alguma coisa” ou “algo” em frases afirmativas. Também
pode ser usado na  forma interrogativa, quando se deseja oferecer algo a
alguém. Observe os exemplos  abaixo: 

“I need something new in my life.” – “Eu preciso de algo novo em

minha vida.” “Would you like something to eat?” – “Você quer algo

para comer?”

“He said something about going out tonight.” – “Ele disse alguma coisa
sobre sair esta  noite.” 

Você também pode gostar