Você está na página 1de 5

O SURGIMENTO DA ARTE O SURGIMENTO DA ARTE

PALEOLÍTICO 30.000 a.C. PALEOLÍTICO 30.000 a.C.

Pintura rupestre “Bizão” mão em negativo Pintura rupestre “Bizão” mão em negativo

Vênus de Willendorf Vênus de Willendorf

Pintura Rupestre Pintura Rupestre


Nas cavernas, como a Gruta de Lascaux na França, encontramos as Nas cavernas, como a Gruta de Lascaux na França, encontramos as
primeiras pinturas realizadas pelo homem. São ursos, cavalos, primeiras pinturas realizadas pelo homem. São ursos, cavalos,
veados, bisões, etc. Os materiais utilizados eram: carvão, vegetais e veados, bisões, etc. Os materiais utilizados eram: carvão, vegetais e
sangue de animal. Misturavam esses materiais com gordura animal sangue de animal. Misturavam esses materiais com gordura animal
e o aplicavam com dedos ou pincéis feitos de pelos e ossos de e o aplicavam com dedos ou pincéis feitos de pelos e ossos de
animais. animais.
O tema das pinturas girava em torno da caça. O tema das pinturas girava em torno da caça.
O desenho era associado à magia, por isso, não utilizavam muitos O desenho era associado à magia, por isso, não utilizavam muitos
detalhes. O homem primitivo acreditava que sua alma ficaria presa detalhes. O homem primitivo acreditava que sua alma ficaria presa
ao desenho e que tudo o que era desenhado, acabava acontecendo. ao desenho e que tudo o que era desenhado, acabava acontecendo.
Essas pinturas são também conhecidas como pintura rupestre. Essas pinturas são também conhecidas como pintura rupestre.
Na escultura, destacam-se as esculturas de figuras femininas Na escultura, destacam-se as esculturas de figuras femininas
esculpidas em pedra ou marfim com formas bastante avantajadas: esculpidas em pedra ou marfim com formas bastante avantajadas:
seios, quadris e ventres enormes. Essas esculturas são chamadas de seios, quadris e ventres enormes. Essas esculturas são chamadas de
Vênus e simbolizam a fertilidade. Vênus e simbolizam a fertilidade.
EGITO As maiores pirâmides são as de Gizé, medem em torno de 60
metros de altura e são chamadas de Queóps, Quéfrem e
As artes no Egito Antigo estavam muito relacionadas com a vida Miquerinos.
religiosa. A maioria das estátuas, pinturas, monumentos e obras A esfinge era um ser mitológico protetor das pirâmides. Seu corpo
arquitetônicas estavam ligados, direta ou indiretamente, aos temas era de leão e a cabeça humana.
religiosos. Os egípcios eram politeístas e acreditavam na vida após a Nerfretite, esposa de Akenaton inventou a maquiagem.
morte. Cleópatra, ficou conhecida por sua trágica morte ao se deixar picar
por uma serpente para não ser capturada pelo inimigo.
Tutankamon, o faraó menino, teve sua tumba descoberta nos
anos 40, é considerado a maior descoberta da história.
Na pintura era utilizada a lei da frontalidade (olhos e tronco de
frente, membros e cabeça de lado), e o faraó, como figura principal,
era sempre desenhado maior que os demais.
As mulheres eram representadas na cor vermelha e os homens na
O faraó era considerado o Deus na terra, seu corpo era cor ocre.
mumificado após a morte, colocado em um sarcófago e levado até
sua pirâmide, juntamente com seu tesouro e pertences pessoais.
Os egípcios se destacaram na arquitetura por suas construções
monumentais. A pirâmide era projetada para proteger o faraó, por
isso, possuía labirintos com corredores estreitos e baixos e suas
paredes decoradas com hieróglifos (escrita egípcia).

Ank Olho de Hórus Escaravelho Tyet Gato


(eternidade) (clarividência) (proteção dos mortos) (fertilidade)

Hieróglifos

Interior da pirâmide esfinge


Apresenta mais ornamentos em seu capitel, corno folhas de acanto.

Os templos também possuíam frisos e frontões, que eram


ricamente decorados. Os gregos tratavam os monumentos como
grandes esculturas, construídas com as mesmas normas de simetria
e proporções ideais.
Teatro de Epidauro, 55 degraus dividido em duas ordens. Chegava a
acomodar cerca de 14.000 espectadores tornou-se famoso por sua
acústica perfeita.

GRÉCIA

ESCULTURA: A BELEZA DO CORPO


Os gregos introduziram o nu na arte. As proporções ideais das
estátuas representavam a perfeição do corpo e da mente. Eles
buscavam a união entre a paixão e a razão por meio da
representação artística da forma humana

ARQUITETURA PARA OS DEUSES


A arquitetura grega era ligada basicamente aos templos,
construídos com pedras sobre plataformas de dois ou três degraus
com muitas colunas para garantir a sustentação do teto. O espaço Discóbulo (Míron)
interno era pequeno, destinado às imagens de deuses e sacerdotes.
Colunas Gregas
As colunas que sustentavam os templos eram formadas por três
partes: base, fuste e capitel, e apresentavam diferentes formas,
caracterizando três estilos gregos: dórico, jônico e coríntio:
• Coluna dórica: é a mais comum. Caracteriza-se pela coluna
apoiada diretamente sobre a plataforma do templo. Seu capitel é
sóbrio e ausente de enfeites;
• Coluna jônica: Seu fuste é menos volumoso e seu capitel
possui volutas laterais;
• Coluna coríntia: É basicamente igual à jônica.
dispostos nos prédios públicos de toda a Europa, era uma forma de
reafirmar uma presença política a milhares de quilômetros de
Roma.

PINTURA
Em Pompéia, veremos o luxo das casas com suas paredes
decoradas, mosaicos diversos e utensílios domésticos.
O Mosaico foi muito utilizado na decoração dos muros e pisos da
arquitetura em geral. As pinturas eram classificadas em estilos:
•recobrir as paredes de uma sala com uma camada de gesso
pintado; que dava impressão de placas de mármore.
•painéis que criavam a ilusão de janelas abertas por onde eram
vistas paisagens com animais, aves e pessoas.
•representações fiéis da realidade.
•um painel de fundo vermelho, tendo ao centro uma pintura,
imitando um cenário teatral.

Arte Romana Coluna de Trajano Coliseu


Arte Romana
ARQUITETURA
Os construtores romanos não só desenvolveram o arco e a abóbada, ARQUITETURA
como foram pioneiros no uso do concreto. Como exemplo de Os construtores romanos não só desenvolveram o arco e a abóbada,
arquitetura romana, podemos citar o Coliseu e o Panteão como foram pioneiros no uso do concreto. Como exemplo de
arquitetura romana, podemos citar o Coliseu e o Panteão
ESCULTURA
Por serem realistas e práticos, suas esculturas são uma ESCULTURA
representação fiel das pessoas. Ou seja, em lugar de mostrar a Por serem realistas e práticos, suas esculturas são uma
beleza ideal, como os gregos, eles retrataram a realidade, feia ou representação fiel das pessoas. Ou seja, em lugar de mostrar a
bonita. Na escultura de relevos, com que decoravam seus arcos beleza ideal, como os gregos, eles retrataram a realidade, feia ou
triunfais os romanos superaram em muito os gregos. A produção bonita. Na escultura de relevos, com que decoravam seus arcos
em série de bustos de imperadores, políticos e lideres militares, triunfais os romanos superaram em muito os gregos. A produção
em série de bustos de imperadores, políticos e lideres militares,
dispostos nos prédios públicos de toda a Europa, era uma forma de
reafirmar uma presença política a milhares de quilômetros de
Roma.

PINTURA
Em Pompéia, veremos o luxo das casas com suas paredes
decoradas, mosaicos diversos e utensílios domésticos.
O Mosaico foi muito utilizado na decoração dos muros e pisos da
arquitetura em geral. As pinturas eram classificadas em estilos:
•recobrir as paredes de uma sala com uma camada de gesso
pintado; que dava impressão de placas de mármore.
•painéis que criavam a ilusão de janelas abertas por onde eram
vistas paisagens com animais, aves e pessoas.
•representações fiéis da realidade.
•um painel de fundo vermelho, tendo ao centro uma pintura,
imitando um cenário teatral.

Coluna de Trajano Coliseu

Você também pode gostar