Você está na página 1de 8

IMPACTO ETERNO /// DESAFIO IMPACTO ETERNO /// DESAFIO IMPACT

COMO ORAR
EM TEMPOS
DE CRISE
L I V E V I N I C I U S & E M I S O U S A

FACILITANDO O ESTUDO DA BÍBLIA 1


Hoje o Brasil e o mundo vivem um período de muitas crises. Uma pandemia afetando a saú-
de e economia mundial. Crise racial e social. O Brasil vive um crise política. Pessoas enfren-
tando o luto, o desespero, a angústia com o amanhã. Nesses períodos de grande pressão,
que aumentam a cada dia, nosso coração deve estar pronto para responder ao Senhor e
discernir o que Ele está fazendo na terra.

As circunstâncias e o mundo podem nos levar a pergunta, citada várias vezes na Bíblia:
“Onde está o seu Deus?”
(Salmos 79:10; 42:3; 115:2)

A resposta da igreja deve continuar sendo a confiança e apego à soberania do Deus Criador.
Ele continua assentado num alto e sublime trono nas alturas, governando e regendo todas
as coisas.

“Por que questionam as nações: “Onde está o seu Deus?” Nosso Deus está nos céus; tudo o que
deseja, Ele tem o poder de realizar.” (Sl 115:2-3)

Para respondermos a pergunta: “Como orar em tempos de crise?”, vamos estabelecer


alguns entendimentos importantes nos quais nossa mente precisa estar firmada:

01 - A CRISE FAZ PARTE DA HISTÓRIA DE DEUS!

• Deus é Soberano e nada acontece fora da sua permissão. Ele tem um único plano que
não será frustrado. Mesmo o caos não abala o seu governo.
• Manter o pensamento na certeza de que desde acontecimentos a nível global aos de ní-
vel pessoal, Ele é Soberano.
• Sua soberania é a sua liberdade de agir como quiser. Sua soberania está baseada em um
plano traçado desde a fundação dos tempos e não há nada fora Dele mesmo que possa
frustrar Seus planos.
• Deus não tem prazer no sofrimento da humanidade, mas Ele está comprometido com
seu próprio caráter e plano e Ele usa os meios menos doloridos possíveis para conduzir
a Terra à consumação da sua vontade.
• A melhor notícia que poderíamos receber em tempos de abalo é que: Deus é soberano e
reina. Por quê? Porque assim, tudo que Ele é - bom , justo, fiel, misericordioso, compas-
sivo, amoroso, poderoso, sábio e uma lista infindável de características gloriosas - regem
o seu governo.

FACILITANDO O ESTUDO DA BÍBLIA 2


[…] eu sou Deus, e não há outro; eu sou Deus, e não há outro semelhante a mim. Desde
o princípio anuncio o que há de acontecer e desde a antiguidade revelo as coisas que
ainda não sucederam. Eu digo: o meu conselho permanecerá em pé, e farei toda a minha
vontade (Is 46.9-10).

Ainda que entristeça alguém, terá compaixão segundo a grandeza das suas misericór-
dias. Porque não aflige nem entristece de bom grado os filhos dos homens.
Lamentações 3.32-33:

• Diante desse fato sobre seu governo, pode-se afirmar que Deus não trabalha com plano
B. Ele tem um único plano. Nosso Deus tem uma história bem maior do que aquilo que
podemos enxergar aqui e agora.

02 - A BÍBLIA É A NARRATIVA DA
HISTÓRIA DE DEUS

• A Bíblia é a palavra de Deus! (2 Pedro 1:20-21; 2 Timóteo 3:16; João 17:17)


• Logo, ela deve ser o fator que direciona e rege nossa resposta em tempos de crise.
• Nós devemos perguntar: “Senhor, o que tua palavra diz que deve ser minha resposta?”.
Mais do que nunca precisamos entender a timeline de Deus nas Escrituras.

Então Ele lhes ponderou: “Quando começa a entardecer, dizeis: ‘Haverá bom tempo, pois
o céu está avermelhado’. Ou, pela manhã, dizeis: ‘Hoje haverá tempestade, porque o céu
está de um vermelho nublado’. Sabeis, com certeza, discernir os aspectos do céu, mas não
podeis interpretar os sinais dos tempos?
(Mateus 16:2-3)

• Desde Gênesis a Apocalipse, a Bíblia conta uma única história, expressa uma única vonta-
de e manifesta um único Deus e Senhor. Todos os acontecimentos e narrativas apontam
para sua vontade e caráter e tudo que Ele decidiu que aconteceria, acontecerá.
• Desde a criação, incluindo a queda, o desejo e ação de redenção culminarão em um mo-
mento de consumação. A consumação de um reino pleno e vindouro e de uma eternida-
de gloriosa para aqueles que edificarem suas vidas Nele.
• É tempo de nos voltarmos para as Escrituras e mergulharmos no compromisso de discer-
nir e entender os tempos. Como também de buscar o conhecimento de Deus. Ele é quem
guardará nossa esperança e livrará o coração da Igreja da ofensa

FACILITANDO O ESTUDO DA BÍBLIA 3


03 - PRECISAMOS COOPERAR COM PLANO DE
DEUS NA TERRA EM TEMPOS DE CRISE.

• A Bíblia conta a história de homens, profetas e representantes de Deus, que cooperaram


com o que Deus estava fazendo na terra e na história do seu povo.
• Isaías, Neemias, Moisés, Joel, Davi, Abraão,toda a galeria dos heróis da fé em Hebreus 11
e muitos outros. Todos eles entenderam qual era a vontade de Deus, confiaram nas suas
promessas e obedeceram.
• Vamos olhar para a postura de Neemias diante da crise em que ele encontrou seu povo.
• A fim de contextualizar, a história narrada no livro de Neemias retrata o cenário de ruína
e caos que ele encontra em Jerusalém após um longo período de cativeiro na babilônia.
A cidade estava destruída e os muros que protegiam a cidade assolados. Além disso, o
povo carecia de uma edificação espiritual e estava sofrendo.

E disseram-me: Os restantes, que ficaram do cativeiro, lá na província estão em grande


miséria e desprezo; e o muro de Jerusalém fendido e as suas portas queimadas a fogo.
Neemias 1:3

APRENDENDO A RESPONDER
À CRISE COM NEEMIAS
3 AÇÕES IMEDIATAS

01 - VOLTAR-SE AO SENHOR COM JEJUM E ORAÇÃO. (NE 1:6-11)


No versículo 4 fala que Neemias chora e lamenta. Ele canaliza sua dor e indignação para o
lugar de clamor, intercessão e transforma sua indignação em lamento diante do Senhor.

E sucedeu que, ouvindo eu estas palavras, assentei-me e chorei, e lamentei por alguns
dias; e estive jejuando e orando perante o Deus dos céus.
Neemias 1:4

02 - RECONHECER E ABRAÇAR A SOBERANIA DE DEUS. (NE 1:4-:5)


Assim que Neemias ouve as más notícias, sua primeira ação oficial é orar. Ele se volta para
Deus, primeiramente reconhecendo sua soberania, seu caráter, e suas promessas. Ele inicia
o diálogo com o Senhor falando sobre quem Deus era e não sobre as circunstâncias.

“E disse: Ah! Senhor Deus dos céus, Deus grande e terrível! Que guarda a aliança e a be-

FACILITANDO O ESTUDO DA BÍBLIA 4


nignidade para com aqueles que o amam e guardam os seus mandamentos;”
Neemias 1:5

03 - SE ARREPENDER DO SEU PECADO E DO PECADO DO SEU POVO.


(NE 1:6-7)
• Ele reconhece que o povo merecia juízo e castigo. Eles estavam longe de Deus e esque-
cidos de que eram o Seu povo particular. Eles pecaram e desobedeceram. Todavia, Ne-
emias relembra as promessas que Deus havia feito há muito tempo, ainda no tempo de
Moisés. Ele reconheceu seu pecado pessoal, o pecado da sua família e o pecado de todo
o povo de Israel e clamou por misericórdia.
• O pedido e clamor de Neemias também partiam do entendimento dessas promessas
de Deus sobre o povo de Israel. Ele sabia qual era o desejo de Deus: um povo santo,
escolhido e separado para Ele em meio às nações. E para que isso se cumprisse o povo
precisava se voltar novamente ao seu Criador.

e faço confissão pelos pecados dos filhos de Israel, que temos cometido contra ti; também
eu e a casa de meu pai temos pecado. De todo nos corrompemos contra ti, e não guar-
damos os mandamentos, nem os estatutos, nem os juízos, que ordenaste a Moisés, teu
servo. Neemias 1:6,7

• A crise é um tempo de purificação. Vemos isso também em Isaías (Isaías 6:1,5-6). No ano
em que o rei Uzias morreu (uma crise política para o povo), ele encontrou o Senhor, e
diante da visão de Deus, ele reconhece a sua impureza e a impureza do seu povo. Deus,
por causa da confissão, purifica Isaías com um brasa saída do seu altar.
• Tempos de crise sãoum momento de estarmos sensíveis para enxergar o que o Senhor
pode e quer nos purificar e maneira pessoal e global.

04 - OUVIR A VOZ DE DEUS E LOUVAR A SUA MAJESTADE EM MEIO A CRISE


(SALMOS 29)

“Dai ao Senhor a glória devida ao seu nome, adorai o Senhor na beleza da santidade. A
voz do Senhor ouve-se sobre as suas águas; o Deus da glória troveja; o Senhor está sobre
as muitas águas. A voz do Senhor é poderosa; a voz do Senhor é cheia de majestade.”

• Ouça a voz do Senhor no meio do abalo, há de haver um canto de glória a Deus mesmo
em meio a tempestade.

FACILITANDO O ESTUDO DA BÍBLIA 5


04 - O QUE VAI NOS SUSTENTAR EM MEIO A CRI-
SE É A ESPERANÇA VINDOURA.

• Em tempos de crise fica ressaltado o quanto governos e o sistema das nações são falhos.
A pressão extrai do homem longe de Deus sua corrupção, egoísmo e maldade e isso re-
flete seu modelo de governo.
• Isso provoca desesperança no coração da população, que se sente desamparada e sem
figuras nas quais possam confiar para o seu bem.
• Porém, é bom estarmos frustrados com os reinos terrenos e sistemas globais caídos, se
isso servir para provocar em nós o desejo pelo reino vindouro e esperança no lugar certo.
• Essa é nossa abençoada esperança - o aparecimento do reino que nunca terá fim. A con-
sumação do governo daquele de governa com justiça e retidão. (Tito 2:13)
• Essa esperança é como âncora na certeza que não são homens que podem salvar a
humanidade e não apenas para essa era que estamos vivos. Vivemos na espera de que
Cristo retorne à Terra, agora como Rei Soberano, destruirá os inimigos da sua vontade e
colocá-los como estrado para seus pés, e finalmente governe plenamente. Sua vontade
feita na Terra como é feita no céu.

05 - GLORIFICAÇÃO DA PREGAÇÃO DO
EVANGELHO

• A história registra que, em momentos de catástrofes, caos e pressão, à medida que tre-
vas aumentaram sobre a terra, ondas de salvação aconteceram.
• Crise é uma ocasião oportuna para que o coração dos homens seja despertado e receba
salvação.
• Nunca houve um período mais fácil a testemunhar de Jesus do que hoje. (Mike Bickle)

#PARA NÃO ESQUECER

A ORAÇÃO EM TEMPOS DE CRISE DEVE CONTER:


• Adoração
• Conhecimento dos planos e promessas de Deus
• Arrependimento
• Intercessão e lamento
• Clamor pela volta de Jesus
• Capacitação para pregar o evangelho

FACILITANDO O ESTUDO DA BÍBLIA 6


DICA DE LEITURA

A Resposta de Deus à
Crescente Crise
Mike Bickle

Editora Fhop Books

FACILITANDO O ESTUDO DA BÍBLIA 7


FACILITANDO O ESTUDO DA BÍBLIA 8