Você está na página 1de 4

PMO

Morgana Magnus
Wagner

PMO (Project Management Office) que pode ser traduzido em português como
Escritório de Projetos é uma unidade organizacional que conduz, planeja, organiza,
controla e finaliza as atividades do projeto.
Dentro do contexto de uma organização voltada a projetos o PMO é importante
no projeto, pois integra e apoia as atividades de Gerenciamento de Projetos, tais como:
analisar dados, auxiliar na tomada de decisões, auxiliar no suporte a decisões
estratégicas, monitorar todos os prazos, orçamentos e progressos, coordenar os padrões
de qualidade, disponibilizar e manter uma metodologia de Gerenciamento de Projetos,
auxiliar na priorização de recursos, capacitar profissionais em gerenciamento e
identificar e dar suporte ao andamento de projetos com problemas, entre outras
atividades. Dessa forma retira a sobrecarga dos gerentes de projetos, pois torna-se um
centro de apoio onde as informações encontram-se centralizadas.
Para fazer a escolha do tipo, características e arquitetura do PMO a ser
implantado, deve ser considerada a estrutura organizacional da sua instituição, os
processos e a observação de como são realizadas as práticas de gestão de projetos
(maturidade), como se baseia a estrutura organizacional da empresa, a existência de
processos específicos de gestão da qualidade, dentre outros.
Os modelos mais comuns, conforme a literatura técnica, estão listados conforme
abaixo.

• Equipe de Projetos Autônoma (APT – Autonomous Project Team)

Esta configuração de PMO ocorre tipicamente em situações onde o projeto não tem
relacionamento estreito com o restante da organização e a empresa não tem muita
experiência em gerenciamento de projetos.
Nestes casos, as práticas de gerenciamento de projetos são derivadas da experiência do
gerente ou líder do projeto, não havendo um suporte por parte da organização.
Este tipo de escritório de projetos destina-se ao gerenciamento de um projeto ou
programa específico, onde toda a responsabilidade sobre (positivo ou negativo) o
mesmo, é da equipe do projeto.
Nestes casos, a estrutura APT é responsável por gerenciar todas as áreas de
conhecimento dos projetos, de forma centralizada.
Existem, sobretudo, pontos fundamentais para o sucesso de um APT. São eles:
• A experiência do gerente de projetos e a maturidade da equipe;
• Um sponsor (patrocinador) com poder ou influência para gerenciar fatores externos ao
projeto;

• Escritório de Suporte de Projetos ( PSO – Project Support Office )

Em um cenário mais moderno, o PSO nada mais é do que uma estrutura concorrente na
definição básica de PMO, funcionando como uma unidade de apoio operacional a figura
central do gestor de PMO.
De acordo com as melhores práticas hoje no mercado sob esse aspecto, é impossível
imaginar um PMO enquanto figura humana e institucional, sem a devida visão PSO.
Assim sendo, o PSO nada mais é do que uma extensão funcional do PMO. O serviço de
suporte ao PMO, tem como principais finalidades:

• O planejamento de projetos e cronograma;


• Prover recursos técnicos;
• Atuar na preparação e administração de contratos;
• Realizar serviços administrativos e financeiros;
• Administrar o escopo de mudanças;
• Definir ferramentas de gerenciamento do projeto;
• Efetuar medidas de avaliação dos projetos;
• Efetivar o gerenciamento da documentação de projetos;
• Auditar a situação dos projetos.

Existem alguns pontos-chave para o sucesso de implantação que devem ser observados:

Metodologia: processos baseados em atividades coerentes e detalhadas sobre como


fazer projetos.Esta metodologia deve ser compreendida e respeitada por todos os
integrantes das equipes de projetos;
Interfaces: em organizações de estruturas matriciais a comunicação em linhas
horizontais e verticais é de alta relevância ( Comunicação Cross );
Competência: pessoas preparadas para gerenciar e prestar suporte técnico;
Recursos técnicos: equipamentos (Hardware), ferramentas (softwares) e processos de
boa qualidade e viabilidade coorporativa.
Um PSO pode ser departamental ou corporativo, variando apenas sua colocação dentro
da estrutura organizacional da empresa, de acordo como essa se apresenta.
As imagens demonstram como pode ser o posicionamento do PMO na estrutura da
organização onde se deseja implantá-lo.

a. PSO de Abrangência Departamental

Acima, observamos que o PSO pode ocupar a funcionalidade de integrador do


planejamento estratégico na estrutura global da gestão de projetos (PMO).
O PMO e sua composição PSO, indiferente da posição que assume na estrutura
organizacional também pode ser caracterizado de duas formas:

• Consultivo: atua como um órgão consultivo provendo gerente de projetos das unidades
de negócio com treinamento, orientações sobre metodologias e técnicas e disseminando
melhores práticas;
• Executivo: atua como órgão central na alocação dos mais diversos recursos, com
competências específicas para a condução de projetos nas unidades de negócio.

• Centro em Excelência de Gestão de Projetos (PMCOE – Project Management


Center of Excellence)

Embora muitos confundam, o PMCOE não é a evolução do PMO. Possui relevância


específica na gestão de projetos e pode ser integrado a estrutura do PMO, assim como o
PSO.
O PMCOE é a referência de projetos na empresa, mas não assume a responsabilidade
pelos resultados dos projetos. Na prática, esse tipo de estrutura é recomendada para
empresas cujos projetos são de naturezas bem diversificadas.
O PMCOE assume como responsabilidade maior prover informações às partes
diretamente interessadas ao invés de comandar projetos. É como um núcleo de
conhecimentos, que dita e profere diretrizes básicas para a confecção do projeto desde
sua fase inicial, seguindo-o em todo o seu ciclo de vida até o seu encerramento.
Em suma, podemos admitir que trata-se de um Benchmarking referencial do estado da
arte na gestão de projetos

Fontes:
http://www.webartigos.com/articles/1205/1/O-Que-e-Um-Pmo-E-Suas-
Principais-Contribuicoes/pagina1.html#ixzz17YqPfEBl – Acesso em 08/12/10

http://www.ogerente.com.br/novo/artigos_ler.php?
canal=14&canallocal=46&canalsub2=148&id=182 – Acesso em 08/12/10