Você está na página 1de 25

12/02/2020 SEI/STF - 0463916 - Contrato

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL

CONTRATO N. 55/2017
CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE APOIO
OPERACIONAL NA ÁREA DE SEGURANÇA PESSOAL
PRIVADA ARMADA EM BRASÍLIA/DF, QUE ENTRE SI
CELEBRAM A UNIÃO, POR INTERMÉDIO DO SUPREMO
TRIBUNAL FEDERAL, E A EMPRESA ESPARTA SEGURANÇA
LTDA. (Pregão Eletrônico N. 71/2017 – Processo Administrativo
Eletrônico n. 005787/2017).

A UNIÃO, por intermédio do SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, sediado na Praça dos


Três Poderes, em Brasília - Distrito Federal, CNPJ 00.531.640/0001-28, neste ato representado pelo seu
Diretor-Geral, Senhor. Eduardo Silva Toledo, RG 3.690.902 -SSP/GO e CPF 891.130.551-00, no uso das
atribuições que lhe confere o Regulamento da Secretaria do Supremo Tribunal Federal, doravante
denominado CONTRATANTE, e a empresa ESPARTA SEGURANÇA LTDA, com sede no SAAN
Quadra 03 nº 270, Bloco A Administrativo, Brasília - DF, CNPJ 37.162.435/0006-57, telefone (61) 3403-
6565/ 3363-7547, neste ato representada por seu Representante Legal, Senhor Edson Martins de
Almeida, RG 250.954 SSP/DF e CPF 068.223.391-91, email: comercialdf@espartaseguranca.com.br
, doravante denominada CONTRATADA, celebram o presente Contrato observando-se as normas
constantes nas Leis n. 8.666/1993 e 10.520/2002 e no Decreto 3.555/2000, o contido no Processo
Administrativo Eletrônico n. 005787/2017 e mediante as cláusulas a seguir enumeradas.

DO OBJETO

CLÁUSULA PRIMEIRA – O objeto do presente Contrato é a prestação de serviços de


apoio operacional na área de segurança pessoal privada armada em Brasília/DF, observados o Edital de
licitação, o Termo de Referência e a proposta da CONTRATADA, os quais, independentemente de
transcrição, são partes integrantes deste instrumento, naquilo que não o contrarie.

DO REGIME DE EXECUÇÃO

https://sei.stf.jus.br/controlador.php?acao=documento_imprimir_web&acao_origem=arvore_visualizar&id_documento=494591&infra_sistema=1… 1/20
12/02/2020 SEI/STF - 0463916 - Contrato

CLÁUSULA SEGUNDA – O objeto do presente instrumento será executado por


empreitada por preço unitário, em conformidade com o disposto na Lei 8.666/1993.

DAS OBRIGAÇÕES DAS PARTES

CLÁUSULA TERCEIRA – Constituem obrigações do CONTRATANTE:


a) prestar à CONTRATADA as informações e os esclarecimentos necessários ao
cumprimento do objeto deste Contrato;
b) permitir, durante a vigência do Contrato, o acesso dos representantes ou empregados da
CONTRATADA ao local de prestação dos serviços, desde que devidamente identificados;
c) acompanhar e fiscalizar a execução dos serviços por meio de servidor especialmente
designado, que anotará em registro próprio todas as ocorrências relacionadas com a execução, sob os
aspectos quantitativo e qualitativo, comunicando as ocorrências de quaisquer fatos que exijam medidas
corretivas por parte da CONTRATADA;
d) atestar a execução do objeto deste Contrato por meio do setor competente;
e) efetuar o pagamento à CONTRATADA de acordo com as condições estabelecidas neste
Contrato;
f) solicitar, por meio da gestão do Contrato, por amostragem, aos empregados terceirizados
que verifiquem se as contribuições previdenciárias estão ou não sendo recolhidas em seus nomes. O
objetivo é que todos os empregados tenham tido seus extratos avaliados ao final de um ano - sem que isso
signifique que a análise não possa ser realizada mais de uma vez para um mesmo empregado;
g) solicitar, por meio da gestão do Contrato, por amostragem, aos empregados terceirizados
extratos da conta do FGTS, para fins de verificação se os depósitos foram realizados pela Contratada. O
objetivo é que todos os empregados tenham tido seus extratos avaliados ao final de um ano - sem que isso
signifique que a análise não possa ser realizada mais de uma vez para um mesmo empregado;
h) solicitar, mensalmente, Certidão de Regularidade do FGTS;
i) aferir, por meio de sistema eletrônico, as horas de prestação de serviços dos postos de
trabalho, para fins de pagamento;
i.1) em caso de falha no sistema eletrônico de ponto, o Gestor poderá utilizar de outros
meios de comprovação, tais como: relatório do sistema de controle de acesso de visitantes, imagens do
CFTV, registro no livro de terceirizados/servidores, relatório de ocorrência do plantonista, dentre outros
meios legais;
i.2) o pagamento dos serviços fica condicionado a emissão, pelo STF, do Relatório de
Faturamento, extraído do Sistema de Gestão de Postos de Trabalho – SGPT, sendo remuneradas à
adjudicatária somente as horas de trabalho que efetivamente constarem nesse documento, salvo
justificativas apresentadas pelo Gestor deste Contrato;
j) proceder à estimativa do quantitativo de horas suplementares e dar a autorização para a
realização dos serviços em horas suplementares;
k) realizar e supervisionar o controle de frequência dos profissionais da CONTRATADA;
l) designar gestor para acompanhamento e fiscalização do objeto deste Contrato;
m) disponibilizar local apropriado para a instalação de armários individuais para os
empregados.

CLÁUSULA QUARTA – Constituem obrigações da CONTRATADA:


a) iniciar a prestação dos serviços a partir do dia 14/11/2017 ou a contar da assinatura deste
Contrato, ocorrendo, assim, a rescisão antecipada do atual contrato;

https://sei.stf.jus.br/controlador.php?acao=documento_imprimir_web&acao_origem=arvore_visualizar&id_documento=494591&infra_sistema=1… 2/20
12/02/2020 SEI/STF - 0463916 - Contrato

b) responsabilizar-se, em relação aos seus profissionais, por todas as despesas decorrentes


da execução dos serviços contratados, tais como:
b.1) salários;
b.2) taxas, impostos e contribuições;
b.3) indenizações;
b.4) fundo social e odontológico;
b.5) auxílio-saúde;
b.6) auxílio-alimentação;
b.7) auxílio-transporte;
b.8) fundo para indenização decorrente de aposentadoria por invalidez por doença;
b.9) uniforme completo para os postos de Segurança Pessoal Privada e Supervisão
(masculino e feminino);
b.10) equipamentos;
b.11) crachá; e
b.12) outras que porventura venham a ser criadas e exigidas pelo Governo ou por
Convenção Coletiva de Trabalho;
c) recrutar e selecionar profissionais para os postos de trabalho de segurança pessoal
privada armada, devendo observar os requisitos técnicos estabelecidos no item 5 do Termo de Referência;
d) orientar os profissionais alocados nos postos de trabalho à necessidade de observar os
seguintes requisitos:
d.1) conduzir-se com urbanidade e educação, tratando a todos com respeito, procurando,
quando solicitado, atender ao público e aos servidores do CONTRATANTE com atenção e presteza;
d.2) não permanecer em grupos conversando com visitantes, colegas ou funcionários,
durante o horário de trabalho, sobre assuntos diversos da atividade exercida no posto;
d.3) utilizar o telefone do posto, se houver, exclusivamente para serviço. As chamadas
externas realizadas em caráter particular serão cobradas em conta telefônica, devendo ser pagas até o 5º
dia útil, a contar da notificação;
d.4) apresentar-se devidamente asseados, barbeados, unhas e cabelos cortados, além da boa
apresentação dos uniformes;
d.5) portar em lugar visível, acima da linha de cintura, o crachá de identificação
confeccionado pelo CONTRATANTE;
d.6) realizar vistoria regular do posto de trabalho, a fim de verificar a existência de objetos
abandonados e, caso algo encontrado algo considerado suspeito, adotar as providências preventivas de
segurança recomendadas pelo CONTRATANTE;
d.7) cumprir, rigorosamente, os horários e escalas de serviço;
d.8) evitar ocorrência de sujeiras dentro e em torno dos postos de trabalho
(guaritas/recepções), bem como a utilização de objetos estranhos ao cumprimento do serviço;
d.9) orientar o profissional reserva, quando da substituição, acerca de todos os
procedimentos existentes no posto;
d.10) não interferir em assuntos para os quais não seja convocado;
d.11) assumir o posto de trabalho no devido horário, e de posse dos acessórios necessários
para o bom desempenho do trabalho;
d.12) informar de imediato à central de monitoramento ou à supervisão da CONTRATADA,
todas as anormalidades identificadas nos meios eletrônicos de segurança instalados, que possam ou não
comprometer os serviços;

https://sei.stf.jus.br/controlador.php?acao=documento_imprimir_web&acao_origem=arvore_visualizar&id_documento=494591&infra_sistema=1… 3/20
12/02/2020 SEI/STF - 0463916 - Contrato

d.13) ao chegar ao posto, receber e passar o serviço, citando todas as situações encontradas,
bem como as ordens e orientações recebidas;
d.14) conhecer as obrigações do(s) posto(s) que ocupa, assim como a perfeita utilização dos
equipamentos que fazem parte do(s) posto(s) colocados à disposição para o serviço;
d.15) entrar em áreas reservadas somente em caso de emergências, ou quando devidamente
autorizado;
d.16) levar ao conhecimento do preposto, imediatamente, qualquer informação considerada
importante;
d.17) adotar todas as providências ao seu alcance, para sanar irregularidades ou agir em
casos emergenciais;
d.18) não abordar autoridades ou outros, para tratar de assuntos particulares ou de serviço;
d.19) manter atualizada a documentação utilizada no posto;
d.20) manter o devido zelo com todo o patrimônio colocado à sua disposição, para o
serviço;
d.21) levar ao conhecimento do supervisor, imediatamente, qualquer informação
considerada importante;
d.22) conferir e passar para o substituto a relação de objetos sob sua guarda, tais como
móveis, veículos, armamento etc;
d.23) não ausentar-se do posto antes da chegada da devida substituição;
d.24) abster-se da execução de quaisquer outras atividades alheias aos objetos avençados
neste Contrato;
d.25) evitar tratar de assuntos de serviços ou outros, de caráter reservado, com pessoas
estranhas ou desconhecidas;
d.26) adotar todos os demais cuidados e precauções, indispensáveis ao manuseio do
armamento, de acordo com as orientações e determinações previstas em Leis e normas, nos treinamentos e
nos manuais pertinentes;
d.27) manter-se sempre com postura correta e ereta, evitando relaxamento ou
demonstrações de fadiga;
d.28) respeitar o preposto designado pela CONTRATADA, para acompanhamento dos
serviços, encaminhando-lhe todas as questões relativas ao seu vínculo funcional;
d.29) portar a arma somente no coldre, mantendo atenção para que o fecho de segurança do
coldre permaneça sempre travado;
d.30) procurar, em casos de dificuldades, buscar orientação do preposto, repassando-lhe o
problema;
d.31) não participar, no âmbito do local de prestação dos serviços, de grupos de
manifestações ou reivindicações, evitando espalhar boatos ou tecer comentários desrespeitosos;
d.32) utilizar arma somente em legítima defesa, própria ou de terceiros, na salvaguarda do
patrimônio, após esgotados todos os meios para solução de eventual problema;
d.33) comunicar, com antecedência, ao fiscal ou ao preposto da necessidade de faltar ao
serviço, por motivo de saúde ou força maior;
d.34) nunca brincar com a arma, manuseá-la desnecessariamente ou entregar a outras
pessoas, mesmo que qualificadas;
d.35) nunca repassar a arma carregada, devendo desmuniciá-la antes de entregá-la ao
substituto;
d.36) acompanhar as autoridades em eventos externos, sempre que solicitado, devendo
manter à discrição inerente as atividades desempenhadas;
d.37) desempenhar atividades correlatas;
https://sei.stf.jus.br/controlador.php?acao=documento_imprimir_web&acao_origem=arvore_visualizar&id_documento=494591&infra_sistema=1… 4/20
12/02/2020 SEI/STF - 0463916 - Contrato

d.38) auxiliar nas atividades de prevenção e combate a incêndios, ou outros sinistros,


visando à segurança de pessoas, de instalações e do patrimônio;
d.39) promover o recolhimento de quaisquer objetos e/ou valores encontrados nas
dependências do CONTRATANTE, providenciando imediata remessa ao setor de fiscalização, com o
devido registro;
d.40) informar-se das possíveis ocorrências no plantão anterior;
e) contratar, sob sua inteira responsabilidade, os profissionais a serem alocados nos postos
de trabalho mediante seleção procedida por exame psicotécnico realizado por profissional habilitado, de
acordo com as condições constantes do item 5.1 do Termo de Referência;
f) proceder a avaliação técnica e psicológica de todos os profissionais a serem alocados nos
postos de trabalho, com vistas a aprovação do CONTRATANTE;
g) manter os profissionais, quando em horário de funcionamento dos postos de trabalho,
obrigatoriamente uniformizados de forma condizente com o serviço a executar;
h) entregar ao gestor do contrato, na data da entrega da nota fiscal, relação nominal dos
profissionais alocados nos postos de trabalho, bem como cópia da folha de pagamento do mês anterior à
execução do serviço e das guias de recolhimento de INSS e FGTS específicas do Contrato, contendo a
relação de empregados por tomador de serviço, acompanhadas dos respectivos comprovantes do efetivo
recolhimento. Na hipótese de guias retificadoras, estas também deverão ser apresentadas,
independentemente de quantas forem;
i) entregar ao gestor do Contrato, na data da entrega da nota fiscal, comprovante de
pagamento, do mês do adimplemento da obrigação, referente aos auxílio-alimentação e, quando cabível,
auxílio-transporte dos profissionais alocados nos postos de trabalho;
j) fornecer, junto com a nota fiscal/fatura, cópia do relatório do ponto eletrônico dos seus
empregados, emitido por equipamento que atenda as regras editadas pelo Ministério do Trabalho;
j.1) o relatório também deverá ser fornecido por meio magnético;
k) suprir toda e qualquer falta no posto de trabalho por outro profissional que atenda aos
requisitos técnicos exigidos, quando solicitado pelo CONTRATANTE. O substituto deverá cumprir os
mesmos requisitos exigidos para o preenchimento do posto de trabalho, sendo que a CONTRATADA se
obriga a:
k.1) manter nas dependência as do CONTRATANTE cadastro dos profissionais,
atualizado, de forma que o CONTRATANTE possa verificar, a qualquer tempo, a conformidade dos
requisitos exigidos para o preenchimento do posto de trabalho a ser ocupado;
k.2) remunerar o profissional substituto com o salário devido ao profissional substituído,
recolhendo-se os encargos correspondentes e previstos contratualmente;
k.3) preencher o posto vago após autorização do CONTRATANTE, sob pena de glosa do
valor correspondente ao período em que o posto de trabalho permaneceu desocupado;
l) cumprir rigorosamente toda a legislação aplicável à execução dos serviços contratados,
como também aquelas referentes à segurança e à medicina do trabalho, inclusive fornecer equipamentos
apropriados a proteção dos profissionais expostos a condições climáticas adversas;
m) substituir, a pedido do CONTRATANTE, o empregado ausente, em suas faltas ao
serviço e em seus afastamentos legais, pois não poderá haver interrupção dos serviços contratados, sendo
que no caso de falta do profissional em qualquer posto de trabalho não suprido por outro profissional será
descontado, do faturamento mensal, o valor correspondente ao número de horas não trabalhadas;
m.1) em caso de afastamento por motivo de férias, a CONTRATADA deverá comunicar
formalmente ao CONTRATANTE, em até 30 (trinta) dias, para avaliar a necessidade de substituição;
n) acatar a fiscalização do CONTRATANTE levada a efeito por pessoa devidamente
credenciada para tal fim, e cuja solicitação atender-se-á imediatamente, comunicando-o de quaisquer
irregularidades detectadas durante a execução dos serviços;
o) efetuar o pagamento dos salários dos profissionais via depósito bancário na conta do
trabalhador, de modo a possibilitar a conferência do pagamento por parte do CONTRATANTE;
https://sei.stf.jus.br/controlador.php?acao=documento_imprimir_web&acao_origem=arvore_visualizar&id_documento=494591&infra_sistema=1… 5/20
12/02/2020 SEI/STF - 0463916 - Contrato

p) manter os profissionais capacitados e atualizados de acordo com a necessidade dos


serviços realizados nos postos de trabalho, arcando com todo e qualquer custo do treinamento;
p.1) disponibilizar aos profissionais ocupantes dos postos de trabalho, periodicamente,
cursos de aperfeiçoamento e material informativo, tais como apostilas, revistas e DVD’s sobre
procedimentos educativos e específicos da área de segurança pessoal privada;
q) providenciar, no prazo de até 60 (sessenta) dias, a contar do início da prestação dos
serviços, junto ao INSS, senha para todos os empregados com o objetivo de acessar o Extrato de
Informações Previdenciárias pela internet;
r) autorizar, no momento da assinatura do Contrato, o STF a fazer o desconto na fatura e o
pagamento direto dos salários bem como das contribuições previdenciárias e do FGTS, quando estes não
forem honrados pela CONTRATADA, até o momento da regularização, sem prejuízo das sanções
cabíveis;
s) viabilizar a emissão do cartão cidadão pela Caixa Econômica Federal para todos os
empregados do presente Contrato;
t) oferecer todos os meios necessários aos seus empregados para a obtenção de extratos de
recolhimentos sempre que solicitado pelo CONTRATANTE;
u) apresentar ao CONTRATANTE, no prazo máximo de 3 (três) dias, a contar da
solicitação formal do CONTRATANTE, o comprovante das transferências/movimentações/extratos
bancários referente às obrigações trabalhistas;
v) não ocupar postos de trabalho com empregados que sejam cônjuges, companheiros ou
parentes em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive, de ocupantes de cargos de
chefia, direção e de assessoramento ou de membros vinculados ao CONTRATANTE, inclusive na função
de preposto;
w) responsabilizar-se por todo e qualquer dano que, por dolo ou culpa, os seus profissionais
causarem a terceiros ou ao CONTRATANTE, devendo ser descontado, no primeiro pagamento
subsequente à ocorrência, o valor correspondente aos prejuízos causados, conforme o caso;
x) instruir os seus profissionais, quanto à prevenção de acidentes e incêndios nas
dependências do CONTRATANTE;
y) apresentar ao CONTRATANTE toda a Legislação Federal e Distrital atualizada
existente ou que venha a ser criada regulamentando as atividades contratadas, bem como fornecer, quando
da assinatura do Contrato e quando de sua prorrogação, o acordo ou convenção coletiva registrado no
Ministério do Trabalho e Emprego;
z) entregar, sempre que solicitado, à unidade fiscalizadora do contrato, cópias dos
comprovantes de pagamento de salário e de fornecimento de auxílio-alimentação e auxílio-transporte aos
profissionais, nos quais deverão constar nome e matrícula do profissional, data da entrega, bem como a
quantidade e o valor dos vales e o mês de competência e, ainda, assinatura do profissional atestando o
recebimento, cuja comprovação deverá ocorrer em até 2 (dois) dias úteis após a solicitação do
CONTRATANTE;
aa) apresentar previamente a relação dos profissionais contratados para os serviços, com a
respectiva avaliação individual, a qual deverá atender as exigências estabelecidas no Termo de Referência;
ab) apresentar, no ato da alocação nos postos de trabalho, exames de condicionamento
físico dos profissionais realizados nos últimos 6 (seis) meses, sem que isso implique acréscimo nos preços
contratados;
ac) qualificar os profissionais reservas, antes de assumirem os postos de trabalho, visando
dar-lhes condições de executar as atividades em conformidade com as peculiaridades do
CONTRATANTE;
ad) designar profissionais nos postos de trabalho de segurança pessoal privada armada
devidamente treinados e especializados, conforme programa do Curso de Extensão em Segurança Pessoal
Privada – CSPP, estabelecido no Anexo VII da Portaria n. 3.233/2012-DG/DPF (cf. art. 24 do Decreto n.
89.056/1983), sem que isso implique acréscimo nos preços contratados;

https://sei.stf.jus.br/controlador.php?acao=documento_imprimir_web&acao_origem=arvore_visualizar&id_documento=494591&infra_sistema=1… 6/20
12/02/2020 SEI/STF - 0463916 - Contrato

ad.1) os conhecimentos teórico/práticos exigidos no Anexo VII da Portaria n. 3.233/2012-


DG/DPF deverão ser devidamente comprovados quando da assinatura do contrato, por meio de
certificados expedidos por empresa especializada, bem como de cópias autenticadas dos currículos dos
profissionais a serem alocados nos postos de trabalho;
ad.2) os profissionais designados deverão realizar curso de reciclagem com periodicidade
mínima de dois anos, conforme programa do Curso de Reciclagem em Segurança Pessoal Privada – RSPP,
estabelecido no Anexo VIII da Portaria n. 3.233/2012-DG/DPF, sem que isso implique acréscimo nos
preços contratados;
ae) sujeitar-se à ampla e irrestrita fiscalização por parte do CONTRATANTE para
acompanhamento da execução do contrato, prestando todos os esclarecimentos que lhes forem solicitados
e atendendo às reclamações formuladas;
af) acatar as exigências do CONTRATANTE quanto à execução dos serviços, horários de
turnos e, ainda, proceder à imediata correção das deficiências verificadas pelo CONTRATANTE, quanto
à execução dos serviços contratados;
ag) apresentar ao CONTRATANTE, sempre que solicitado, o controle de frequência dos
profissionais ocupantes dos respectivos postos de trabalho;
ah) relatar imediatamente ao CONTRATANTE toda e qualquer irregularidade, efetuando a
devida ocorrência e acrescentando todos os dados e circunstâncias considerados necessários ao
esclarecimento;
ai) manter pessoal devidamente identificado por meio do uso de crachás de identificação, de
acordo com os padrões de identificação do CONTRATANTE, sem que isso implique acréscimo nos
preços contratados. O STF fornecerá crachá ao profissional alocado no posto de trabalho, no momento do
preenchimento do posto. Na hipótese de extravio ou dano no crachá fornecido, a CONTRATADA deverá
fornecer ao CONTRATANTE o custo do crachá, no valor de R$ 11,71 (onze reais e setenta e um
centavos). Esse valor poderá sofrer atualização;
aj) fornecer armas, munições, coldre de cintura, colete balístico nível II e respectivos
acessórios aos profissionais ocupantes dos postos de trabalho, devendo comprovar que os profissionais
foram treinados de acordo com as exigências previstas no item 11.30 do Termo de Referência, devendo,
ainda:
aj.1) fornecer munição nova e original (vedado o fornecimento de munição recarregada),
devidamente embaladas em blíster inviolável, sendo exigida a exibição de cópia reprográfica da nota fiscal
de compra ao gestor do Contrato em até 5 (cinco) dias, a contar da assinatura do Contrato;
ak) apresentar ao CONTRATANTE relação de armas e cópias autenticadas dos respectivos
registros de arma e porte de arma, que serão utilizadas pelos profissionais alocados nos respectivos postos
de trabalho, em até 10 (dez) dias após a assinatura do contrato; declaração expedida pela Delegacia de
Controle de Segurança Privada da Polícia Federal, onde conste a quantidade de armas registradas da
CONTRATADA, que atenda às exigências contidas neste Termo de Referência, sendo vedado o uso de
revólver de percussão direta, com menos de seis câmaras e com cano inferior a 4 polegadas;
al) apresentar ao CONTRATANTE a listagem nominal dos empregados entregue ao
Sistema Nacional de Armas – SINARM, a ser renovada semestralmente;
am) recolher e guardar em local a ser designado pelo CONTRATANTE as armas que não
estiverem sendo utilizadas pelos vigilantes de serviço, sendo expressamente proibida a saída das armas
previstas no contrato, sem previa autorização do CONTRATANTE;
an) realizar, com periodicidade mínima trimestral, a limpeza e revisão do todo o
armamento, sem prejuízo de outras manutenções que eventualmente se façam necessárias ao bom
funcionamento dos equipamentos;
ao) manter à disposição efetivo para atender a eventuais acréscimos/cobertura de postos de
trabalho de Segurança Pessoal Privada, observadas as especificações constantes neste Termo de
Referência;
ap) efetuar a reposição imediata dos profissionais alocados nos postos de trabalho, no caso
de eventual ausência, não sendo permitida a prorrogação da jornada de trabalho (dobra);

https://sei.stf.jus.br/controlador.php?acao=documento_imprimir_web&acao_origem=arvore_visualizar&id_documento=494591&infra_sistema=1… 7/20
12/02/2020 SEI/STF - 0463916 - Contrato

aq) substituir qualquer profissional alocado no posto de trabalho, imediatamente após o


recebimento da correspondente notificação, sempre que seus serviços e/ou conduta forem julgados
insatisfatórios e/ou prejudiciais ao CONTRATANTE, à disciplina da Administração Pública e/ou ao
interesse do Serviço Público. Fica vedado o retorno do profissional substituído às dependências do
CONTRATANTE, para cobertura de licenças, dispensas, suspensão ou férias de outros profissionais;
ar) manter quadro de pessoal suficiente para atendimento dos serviços sem interrupção, seja
por motivo de férias, descanso semanal, licença, greve, falta ao serviço e demissão de empregados;
as) responsabilizar-se integralmente pelas despesas com todos os encargos e obrigações
sociais, trabalhistas e fiscais dos profissionais prestadores dos serviços, os quais não possuirão qualquer
relação de emprego com o CONTRATANTE;
at) tornar disponíveis aos profissionais a serem alocados nos postos de trabalho armários
individuais, tipo roupeiro com cadeado e/ou fechadura, para guarda de pertences, os quais deverão ser
instalados em local colocado à disposição pelo CONTRATANTE;
au) fornecer todo o material de consumo, tais como: caneta, lápis, borracha, régua,
prancheta, agenda, pasta, grampeador, sacador de grampo, blocos de rascunho, blocos de recados e outros
que se fizerem necessários ao bom andamento dos serviços;
av) fornecer, sempre que necessário, todos os livros e formulários de controle
aw) observar as Normas de Segurança e Medicina do Trabalho, bem como fornecer
produtos apropriados aos profissionais alocados nos postos de trabalho que estejam expostos a condições
climáticas adversas, tais como: protetor solar, capas de chuva, jaquetas contra frio ou correspondente ao
uniforme, sobretudo em lã fria na cor preta, e outros acessórios que se fizerem necessários;
ax) criar métodos de incentivo profissional visando à motivação do profissional no
desempenho de suas atividades;
ay) não permitir que os profissionais alocados nos postos de trabalho executem quaisquer
outras atividades, senão às relacionadas ao serviço de segurança pessoal e aquelas definidas no item 6 do
Termo de Referência, durante o horário em que estiverem prestando serviço;
az) responsabilizar-se pelo transporte de seu pessoal da residência até o local de prestação
de serviço, previamente designado, e vice-versa, por meios próprios, em casos de paralisação dos
transportes coletivos, independente de itinerário, percurso ou distância;
ba) responsabilizar-se pela segurança e pela manutenção da ordem nos locais dos postos
previstos pelo CONTRATANTE;
bb) não reproduzir, divulgar ou utilizar em benefício próprio, ou de terceiros, quaisquer
informações de que tenha tomado ciência em razão da execução dos serviços discriminados, sem o
consentimento, por escrito, do CONTRATANTE;
bc) indicar, quando da assinatura do contrato, preposto que tenha capacidade gerencial para
tratar de todos os assuntos previstos no instrumento contratual, de acordo com o art. 68 da Lei n.
8.666/1993, sem que isso implique acréscimo nos preços contratados;
bc.1) o preposto não poderá substituir profissional de posto de trabalho, nos casos de faltas
ou impedimentos;
bc.2) não substituir profissional de posto de trabalho pelo preposto, nos casos de faltas ou
impedimentos;
bc.3) o preposto deverá ficar residente nas instalações do CONTRATANTE em regime de
44 (quarenta e quatro) horas semanais, em horário a ser acordado com o gestor do Contrato;
bc.4) o preposto formalmente indicado deverá, dentre as atividades relacionadas no item 6.3
do Termo de Referência, proceder aos contatos com o representante da Administração, bem como deverá
prestar atendimento aos profissionais em serviço, tais como:
I. entregar contracheques, uniformes, auxílio-transporte e auxílio-alimentação;
II. acompanhar e controlar assinatura de folha de ponto;

https://sei.stf.jus.br/controlador.php?acao=documento_imprimir_web&acao_origem=arvore_visualizar&id_documento=494591&infra_sistema=1… 8/20
12/02/2020 SEI/STF - 0463916 - Contrato

III. desenvolver outras atividades administrativas de responsabilidade da contratada,


principalmente quanto ao controle de informações relativas ao seu faturamento mensal e emissão de
relatórios;
IV. atender às solicitações do CONTRATANTE;
bd) disponibilizar para o preposto todos os equipamentos, materiais e insumos necessários
para o desempenho das atividades nas dependências do CONTRATANTE;
be) não indicar como preposto profissional ocupante dos postos de trabalho;
bf) contratar seguro dos profissionais em serviço contra riscos de acidentes de trabalho,
responsabilizando-se, também, pelas prescrições e encargos trabalhistas, previdenciários, fiscais e
comerciais, resultantes da execução do Contrato;
bg) responsabilizar-se pelos danos causados ao patrimônio do CONTRATANTE ou de
terceiros, por culpa, dolo, negligência, imperícia ou imprudência de seus empregados, ficando obrigada a
promover o ressarcimento a preços atualizados, dentro de 30 (trinta) dias, a contar da comprovação da
responsabilidade. Caso não o faça dentro do prazo estipulado, o CONTRATANTE reserva-se o direito de
descontar o valor do ressarcimento da fatura do mês, sem prejuízo de denunciar o Contrato, de pleno
direito;
bg) não transferir a outrem, no todo ou em parte, o objeto do Contrato, sem prévia e
expressa anuência do CONTRATANTE, sob pena de rescisão contratual;
bh) entregar ao profissional o auxílio-transporte e o auxílio-alimentação até o último dia
útil do mês anterior ao da prestação dos serviços;
bi) identificar todos os equipamentos de sua propriedade, de forma a não serem
confundidos com similares de propriedade do CONTRATANTE;
bj) encaminhar relatórios de ocorrências, de irregularidades e das providências tomadas ou
a serem tomadas, que deverão ser apresentados pela CONTRATADA por meio eletrônico, conforme
procedimentos e rotinas de trabalho estabelecidas pelo CONTRATANTE;
bk) comparecer ao local designado, por meio do(s) preposto(s), para exame e
esclarecimentos de quaisquer ocorrências, sempre que solicitado pelo CONTRATANTE;
bl) retirar das instalações dos postos, ao término do Contrato, os empregados e eventual
sistema de monitoramento instalado, salvo acordo pré-estabelecido no decorrer do Contrato que vise outro
procedimento;
bm) manter sigilo, sob pena de responsabilidade civil, penal e administrativa, sobre todo e
qualquer assunto de interesse do CONTRATANTE ou de terceiros de que tomar conhecimento em razão
da execução do objeto do Contrato, devendo orientar seus empregados nesse sentido;
bn) cumprir as normas e regulamentos internos do CONTRATANTE, porém sem gerar
qualquer vínculo empregatício com o CONTRATANTE;
bo) manter em livro próprio o registro de todas as ocorrências, bem como lançar e manter
banco de dados atualizado com as informações do livro de ocorrência para confecção de relatório e
estatísticas diversas para apresentação, sempre que solicitado pelo CONTRATANTE;
bp) responsabilizar-se pelo eventual manuseio e pela guarda de cones, barreiras e/ou
sinalizadores, caso existentes no posto de serviço, devendo ressarcir à CONTRATADA quaisquer danos
e/ou prejuízos que porventura venham a ocorrer com o respectivo material;
bq) remunerar o profissional alocado em posto de trabalho para cobertura de outro
profissional com salário igual ao do profissional substituído, recolhendo os encargos correspondentes e
previstos contratualmente;
br) estar à disposição dos profissionais alocados nos postos de trabalho, sempre que
necessário, visando resolver os problemas relativos ao trabalho;
bs) instalar o Sistema de Registro Eletrônico de Ponto - SREP, disciplinado pela Portaria nº
1.510, de 21 de agosto de 2009 do Ministério de Estado do Trabalho e Emprego - MTE, para registrar e
controlar, diariamente, a assiduidade e a pontualidade dos profissionais nos postos de trabalho, sem ônus
para o CONTRATANTE;
https://sei.stf.jus.br/controlador.php?acao=documento_imprimir_web&acao_origem=arvore_visualizar&id_documento=494591&infra_sistema=1… 9/20
12/02/2020 SEI/STF - 0463916 - Contrato

bt) concordar com eventuais alterações nos horários dos postos de trabalho, tendo em vista
a necessidade dos serviços do CONTRATANTE;
bu) executar os serviços contratados de acordo com os padrões de qualidade exigidos pelo
CONTRATANTE;
bv) comunicar o CONTRATANTE, por escrito, quando verificar condições inadequadas de
execução dos serviços ou a iminência de fatos que possam prejudicar a perfeita execução do Contrato;
bw) comunicar, por escrito, eventual atraso ou paralização dos serviços, apresentando
razões justificadoras que serão objeto de apreciação pelo CONTRATANTE;
bx) responder por qualquer tipo de atuação ou ação que venha sofrer em decorrência da
prestação de serviços, bem como pelos contratos de trabalho de seus empregados, mesmo nos casos que
envolvam eventuais decisões judiciais, assegurando ao CONTRATANTE o exercício do direito de
regresso e eximindo-o de qualquer solidariedade ou responsabilidade;
by) manter, durante toda da execução do contrato, as condições de habilitação e
qualificação exigidas para a contratação;
bz) responsabilizar-se por verificar a correta execução do serviço realizado pelos
profissionais;
ca) manter matriz, filial ou escritório no Distrito Federal, durante toda a vigência deste
Contrato, com condições adequadas para gerenciar a prestação dos serviços;
cb) fornecer, em até 5 (cinco) dias úteis, a contar da assinatura do Contrato, endereço da
matriz, filial ou escritório no Distrito Federal, bem como número de telefone comercial fixo, móvel, fax do
Distrito Federal e endereço eletrônico (e-mail), devendo atualizar todos os dados sempre que houver
alteração;
cc) comunicar, por escrito, eventual atraso ou paralisação dos serviços, apresentando razões
justificadoras que serão objeto de apreciação pelo CONTRATANTE;
cd) apresentar o plano de férias dos profissionais alocados nos postos de trabalho ao
CONTRATANTE para fins de avaliação, observada a necessidade de serviços do Tribunal.

DAS PRERROGATIVAS DO CONTRATANTE

CLÁUSULA QUINTA – Constituem prerrogativas do CONTRATANTE examinar as


carteiras de trabalho dos profissionais alocados nos postos de trabalho, para comprovar o registro de
função profissional, o valor do salário e as obrigações trabalhistas.

DO ACOMPANHAMENTO E DOS DOCUMENTOS PARA FISCALIZAÇÃO

CLÁUSULA SEXTA – O CONTRATANTE nomeará gestor titular e substituto para


executar a fiscalização do Contrato, sob os aspectos quantitativo e qualitativo. A existência e a atuação da
fiscalização em nada restringem a responsabilidade, única, integral e exclusiva da CONTRATADA, no
que concerne à execução do objeto contratado.
Parágrafo primeiro – Cabe ao gestor do contrato realizar mensalmente, por amostragem,
os seguintes exames relativos aos empregados terceirizados:
a) comprovação do recolhimento do INSS e do FGTS; e
b) verificação do pagamento de salário inclusive férias e 13º salário, auxílio-alimentação e,
quando cabível, auxílio-transporte.
Parágrafo segundo – O gestor comunicará à autoridade competente, por escrito, as
situações que impliquem atraso e descumprimento de cláusulas contratuais, para adoção dos
procedimentos necessários à aplicação das sanções contratuais cabíveis, as situações que impliquem

https://sei.stf.jus.br/controlador.php?acao=documento_imprimir_web&acao_origem=arvore_visualizar&id_documento=494591&infra_sistema=… 10/20
12/02/2020 SEI/STF - 0463916 - Contrato

alterações contratuais, para autorização e demais providências à celebração de termo aditivo, bem como as
situações que ultrapassarem a sua competência, para adoção das medidas cabíveis.

DO VALOR

CLÁUSULA SÉTIMA – O valor mensal estimado do presente Contrato é de R$


858.133,86 (oitocentos e cinquenta e oito mil, cento e trinta e três reais e oitenta e seis centavos) e o valor
estimado para o período é de R$ 25.744.015,73 (vinte e cinco milhões, setecentos e quarenta e quatro mil,
quinze reais e setenta e três centavos), observado o Anexo II ao Contrato.

DOS RECURSOS ORÇAMENTÁRIOS

CLÁUSULA OITAVA – A despesa decorrente deste Contrato correrá à conta dos recursos
consignados ao CONTRATANTE no Orçamento Geral da União, Programa de Trabalho:
02.061.0565.6359.5664 – Apreciação e Julgamento de Causas no Supremo Tribunal Federal, Natureza da
Despesa: 33.90.37 – Locação de Mão de Obra, tendo sido emitida as Notas de Empenho n.
2017NE001528 e 2017NE001529, datadas do dia 08/11/2017.

DA GARANTIA FINANCEIRA

CLÁUSULA NONA – A CONTRATADA prestará garantia de execução do Contrato no


valor de R$ 1.287.200,79 (um milhão, duzentos e oitenta e sete mil, duzentos reais e setenta e nove
centavos), na modalidade seguro-garantia, correspondente a 5% do valor total estimado para o período,
tendo como beneficiário o CONTRATANTE.
Parágrafo primeiro – A garantia deverá ser apresentada no prazo de até 30 (trinta) dias, a
contar da assinatura do Contrato.
Parágrafo segundo – A garantia assegurará, qualquer que seja a modalidade escolhida, o
pagamento de:
a) prejuízos advindos do não cumprimento do objeto do Contrato;
b) multas punitivas aplicadas pelo STF à CONTRATADA;
c) prejuízos diretos causados ao STF decorrentes de culpa ou dolo durante a execução do
Contrato;
d) obrigações trabalhistas e previdenciárias de qualquer natureza não adimplidas pela
CONTRATADA, quando couber;
e) prejuízos indiretos causados ao STF e prejuízos causados a terceiros, decorrentes de
culpa ou dolo durante a execução do Contrato.
Parágrafo terceiro – Caso a garantia prestada pela CONTRATADA seja nas modalidades
seguro-garantia ou fiança bancária, esta deverá prever, expressamente, cobertura indicada no parágrafo
anterior.
Parágrafo quarto – O número do Contrato garantido e/ou assegurado deverá constar dos
instrumentos de garantia ou seguro a serem apresentados pelo garantidor e/ou segurador.
Parágrafo quinto – Quando da abertura de processos para eventual aplicação de
penalidade, o CONTRATANTE deverá comunicar o fato à seguradora e/ou fiadora paralelamente às
comunicações de solicitação de defesa prévia ao CONTRATANTE.
Parágrafo sexto – A garantia prestada pela CONTRATADA deverá cobrir o período de
vigência do Contrato e mais 3 (três) meses após o término da vigência deste e somente será liberada ou
restituída, se houver saldo disponível, depois de expirada a sua cobertura, no prazo máximo de 90
(noventa) dias, ante a comprovação de que a empresa pagou todas as verbas rescisórias trabalhistas
decorrentes da contratação. Caso esse pagamento não ocorra até o fim do segundo mês após o
encerramento da vigência contratual, a garantia será utilizada para o pagamento dessas verbas trabalhistas
diretamente pela Administração.

https://sei.stf.jus.br/controlador.php?acao=documento_imprimir_web&acao_origem=arvore_visualizar&id_documento=494591&infra_sistema=… 11/20
12/02/2020 SEI/STF - 0463916 - Contrato

Parágrafo sétimo – Quando a garantia for apresentada em dinheiro, ela será atualizada
monetariamente, conforme os critérios estabelecidos pela instituição bancária em que for realizado o
depósito.
Parágrafo oitavo – Aditado o Contrato, prorrogado o prazo de sua vigência ou alterado o
seu valor, ou reduzido o valor da garantia em razão de aplicação de qualquer penalidade, fica a
CONTRATADA obrigada a apresentar, no prazo de 30 (trinta) dias, contados do evento que deu ensejo à
alteração, garantia complementar ou substituí-la, no mesmo percentual e modalidades constantes desta
cláusula.
Parágrafo nono – No caso de prorrogação do prazo contratual, a garantia será liberada
após a apresentação da nova garantia e da assinatura do termo aditivo ao Contrato.

DO RECEBIMENTO DO OBJETO

CLÁUSULA DEZ – O objeto deste Contrato será recebido por servidor formalmente
designado pelo CONTRATANTE, que procederá à conferência de sua conformidade com o Edital, o
Termo de Referência e o Contrato. Caso não haja qualquer impropriedade explícita, será atestado o
serviço.
Parágrafo primeiro – A execução completa do Contrato só acontecerá quando o
contratado comprovar o pagamento de todas as obrigações trabalhistas referente a mão de obra utilizada.
Parágrafo segundo – Caso sejam constatadas inadequações, falhas ou incorreções na
execução do objeto, a CONTRATADA fica obrigada a efetuar as correções necessárias, sem ônus para o
CONTRATANTE.
Parágrafo terceiro – O recebimento não exclui as responsabilidades civil e penal da
CONTRATADA.

DO PAGAMENTO

CLÁUSULA ONZE – O pagamento será efetuado mensalmente mediante crédito em conta


corrente da CONTRATADA, por ordem bancária, em até 10 (dez) dias úteis, a contar do recebimento da
nota fiscal/fatura e do controle de ponto eletrônico de seus empregados, quando mantidas as mesmas
condições iniciais de habilitação e caso não haja fato impeditivo para o qual tenha concorrido a
CONTRATADA, devendo apresentar ainda:
a) Certificado de Regularidade do FGTS – CRF, comprovando regularidade com o FGTS;
b) Certidão Conjunta Negativa de Débitos Relativos aos Tributos Federais e à Dívida Ativa
da União, expedida pela Secretaria da Receita Federal, contemplando comprovação de regularidade
perante a Seguridade Social;
c) Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas – CNDT, expedida pela Justiça do Trabalho,
comprovando a inexistência de débitos inadimplidos perante a Justiça do Trabalho;
d) prova de regularidade com as Fazendas Estadual e Municipal do domicílio ou sede da
CONTRATADA;
e) resumo discriminado de faturamento, incluindo o quantitativo e o número de horas de
funcionamento dos postos de trabalho;
f) demonstrativo de férias e licenças concedidas, indicando se houve ou não a ocupação dos
postos de trabalho, referentes ao mês anterior da prestação dos serviços;
g) relatório do ponto eletrônico de seus empregados, emitido por equipamento que atenda
as regras editadas pelo Ministério do Trabalho;
h) nota fiscal de remessa e comprovante de entrega (ou outro documento equivalente,
assinado pelo STF, pela CONTRATADA e, quando for o caso, pelo ocupante do posto) referente aos
https://sei.stf.jus.br/controlador.php?acao=documento_imprimir_web&acao_origem=arvore_visualizar&id_documento=494591&infra_sistema=… 12/20
12/02/2020 SEI/STF - 0463916 - Contrato

equipamentos.
Parágrafo primeiro – O pagamento dos serviços fica condicionado ao recebimento, pelo
STF, do Relatório de Faturamento, extraído do Sistema de Registro Eletrônico de Ponto – SREP, sendo
remuneradas à Adjudicatária somente as horas de trabalho que efetivamente constarem nesse documento,
salvo justificativas apresentadas pelo Gestor do Contrato.
Parágrafo segundo – Nas residências particulares, caso não seja autorizada a instalação de
máquina de ponto, somente poderá ser utilizado o SREP disponível para celulares.
Parágrafo terceiro – Os custos com os benefícios referentes ao Fundo Social e
odontológico e Auxílio-Saúde serão ressarcidos mediante a efetiva comprovação dos gastos com a
apresentação de contratos coletivos de Plano de Saúde e/ou Odontológico, firmados com operadoras de
Plano de Saúde e/ou Odontológico, autorizadas a funcionar pela Agência Nacional de Saúde Suplementar
ou a comprovação do repasse conforme previsto em convenção coletiva de trabalho, acompanhados da
relação nominal mensal dos profissionais ocupantes dos postos de trabalho beneficiários dos respectivos
planos. Os custos a serem ressarcidos serão realizados com base na cotação apresentada pela Adjudicatária
quando da licitação.
Parágrafo quarto – Os custos com o benefício referente ao Fundo para Indenização
Decorrente de Aposentadoria por Invalidez por Doença serão ressarcidos mediante a efetiva comprovação
da aposentadoria do funcionário ocupante do posto de trabalho, emitida pelo INSS, acompanhado do
respectivo recibo, conforme previsto em Convecção Coletiva de Trabalho. Os custos a serem ressarcidos
serão realizados com base na cotação apresentada pela Adjudicatária quando da licitação.
Parágrafo quinto – Caso a CONTRATADA realize o desconto do Vale Refeição no
contracheque do empregado, caso estabelecido em Convenção Coletiva de Trabalho da Categoria, os
valores pagos a mais pelo STF serão glosados.
Parágrafo sexto – O pagamento relativo aos uniformes para os postos de Segurança
Pessoal Privada e Supervisão (masculino e feminino) será realizado até o valor da cotação apresentada
pela Adjudicatária quando da licitação.
Parágrafo sétimo – O ressarcimento relativo aos equipamentos (sistema de comodato) será
pago mensalmente com base na cotação apresentada pela Adjudicatária quando da licitação.
Parágrafo oitavo – O pagamento referente aos valores gastos com Fundo Social e
Odontológico, Auxílio-Saúde, Fundo para Indenização Decorrente de Aposentadoria por Invalidez por
Doença, Uniformes para os postos de Segurança Pessoal Privada e Supervisão (masculino e feminino) e
Equipamentos serão pagos à Adjudicatária mediante ressarcimento.
Parágrafo nono – A CONTRATADA não poderá apresentar nota fiscal/fatura com CNPJ
diverso do qualificado no preâmbulo do Contrato.
Parágrafo dez – As notas fiscais/faturas apresentadas em desacordo com o estabelecido no
Edital, na nota de empenho, neste Contrato ou quando observada qualquer circunstância que desaconselhe
o pagamento será devolvida à CONTRATADA e, nesse caso, o prazo previsto nesta Cláusula será
interrompido. A contagem do prazo previsto para pagamento será iniciada a partir da respectiva
regularização.
Parágrafo onze – No caso de falta do profissional em qualquer posto de trabalho, não
suprido por outro profissional, será descontado do faturamento mensal o valor correspondente ao número
de horas não trabalhadas.
Parágrafo doze – Por ocasião da liquidação e pagamento dos serviços faturados pela
CONTRATADA, o CONTRATANTE efetuará a retenção dos impostos, observando o disposto na
Instrução Normativa 1.234, de 11 de janeiro de 2012, da Secretaria da Receita Federal. O ato de retenção
observará as competências atribuídas ao substituto tributário, nos termos da legislação tributária.
Parágrafo treze – Da mesma forma, por ocasião da liquidação e pagamento dos serviços
faturados pela Adjudicatária, o STF também efetuará o contingenciamento de encargos sociais trabalhistas
relativos a 13° salário, férias e abono de férias, impacto sobre férias e 13º salário, e multa do FGTS por
dispensa sem justa causa, observado o Anexo IV deste edital.

https://sei.stf.jus.br/controlador.php?acao=documento_imprimir_web&acao_origem=arvore_visualizar&id_documento=494591&infra_sistema=… 13/20
12/02/2020 SEI/STF - 0463916 - Contrato

Parágrafo quatorze – No último mês de vigência contratual, a CONTRATADA deverá


apresentar planilha com as ocorrências de falta, férias dos profissionais alocados e não substituídos e
postos de trabalho não ocupados referente ao mês anterior e ao mês do faturamento.
Parágrafo quinze – Acerca do componente de custo relativo ao aviso prévio, o
CONTRATANTE somente indenizará a CONTRATADA, por ocasião do último pagamento, caso não a
comunique quanto à prorrogação do Contrato, no prazo de 35 (trinta e cinco) dias antes do seu término.
Parágrafo dezesseis – O valor do aviso prévio de término de vigência do Contrato
corresponderá a 7 (sete) dias não trabalhados, o que será representado pelo percentual de 23,33% (7/30 x
100), a ser aplicado sobre a remuneração do profissional alocado no respectivo posto de trabalho,
observada a legislação trabalhista. Sobre esse valor incidirá o percentual dos demais componentes e
tributos.
Parágrafo dezessete – O pagamento dos serviços prestados no último mês de vigência
contratual somente ocorrerá após a comprovação do cumprimento das obrigações trabalhistas (pagamento
do salário referente ao último mês de vigência do Contrato e quitação relativa à rescisão do Contrato de
trabalho entre empregado e empregador), por parte da CONTRATADA.
Parágrafo dezoito – Nenhum pagamento será efetuado à CONTRATADA enquanto
pendente de liquidação qualquer obrigação. Esse fato não será gerador de direito a reajustamento de
preços ou à atualização monetária.
Parágrafo dezenove – O Supremo Tribunal Federal disponibiliza na internet informações
sobre pagamentos realizados e tributos recolhidos de seus fornecedores. Acesse www.stf.jus.br, clique em
<acesso a informação>, depois em <transparência> e <dados diários da despesa>.

DA ATUALIZAÇÃO MONETÁRIA

CLÁUSULA DOZE – Ocorrendo atraso no pagamento, e desde que não tenha concorrido
de alguma forma a CONTRATADA, haverá incidência de atualização monetária sobre o valor devido,
pela variação acumulada do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA/IBGE), ocorrida
entre a data final prevista para pagamento e a data de sua efetiva realização.

DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS

CLÁUSULA TREZE – Nos termos do art. 7º da Lei n. 10.520/02, ficará impedida de


licitar e contratar com a União, Estados, Distrito Federal ou Municípios e será descredenciada no SICAF
ou nos sistemas de cadastramento de fornecedores a que se refere o inciso XIV do art. 4º da mesma Lei,
pelo prazo de até 5 (cinco) anos, sem prejuízo das multas previstas neste Edital e das demais penalidades
legais, a licitante que:
a) não assinar o Contrato, quando convocada dentro do prazo de validade de sua proposta;
b) apresentar documentação falsa;
c) deixar de entregar os documentos exigidos para o certame;
d) retardar, falhar ou fraudar a execução da obrigação assumida;
e) não mantiver a proposta;
f) comportar-se de modo inidôneo ou cometer fraude fiscal.

CLÁUSULA QUATORZE – A CONTRATADA ficará sujeita, sem prejuízo das


responsabilidades civil e criminal, assegurada a prévia e ampla defesa, às seguintes penalidades:
a) advertência;
b) multa de:
b.1) 0,1% sobre o valor unitário mensal contratado, nos casos de a CONTRATADA:
https://sei.stf.jus.br/controlador.php?acao=documento_imprimir_web&acao_origem=arvore_visualizar&id_documento=494591&infra_sistema=… 14/20
12/02/2020 SEI/STF - 0463916 - Contrato

permitir a presença de profissional alocado no posto de trabalho não-uniformizado, com uniforme manchado,
b.1.1)
sujo, mal apresentado, bem como sem portar o crachá, aplicada por profissional e por ocorrência;
deixar de registrar e controlar, diariamente, a assiduidade e a pontualidade do pessoal, aplicada por
b.1.2)
profissional e por dia;
b.1.3) recusar-se a executar serviço determinado pela fiscalização, aplicada por serviço e por dia;
deixar de cumprir determinação formal ou instrução complementar do órgão fiscalizador, aplicada por
b.1.4)
ocorrência;
deixar de cumprir quaisquer dos itens do Contrato e anexos não-previstos nesta tabela de multas, aplicada por
b.1.5)
ocorrência e por dia;

b.2) por atraso de salários (A), inclusive férias (B) e 13º salário (C), auxílio-transporte (D)
e/ou auxílio-alimentação (E) nas datas avençadas, calculados aplicando-se a fórmula a seguir:

X = (10% (A+B+C+D+E)) x F x G/30 + R$ 400,00

Onde:
A, B, C, D, E = valor do item inadimplido, quando for o caso;
F = número de profissionais afetados;
G = número de dias em atraso;
R$ 400,00 = corresponde ao valor mínimo da multa. No caso de mais de uma ocorrência
dentro do mesmo mês, este valor será acrescido uma única vez;
b.3) 0,3% sobre o valor mensal contratado, nos casos de:
b.3.1) não manter preposto nas dependências do STF, no horário definido no Termo de Referência, aplicada por dia;
não manter matriz, filial ou escritório no Distrito Federal, durante a vigência do Contrato, com condições
b.3.2)
adequadas para gerenciar a prestação dos serviços, aplicada por dia;
não cumprir quaisquer dos itens do Contrato e anexos não-previstos nesta tabela de multas, após reincidência
b.3.3)
formalmente notificada pelo órgão fiscalizador, aplicada por ocorrência e por dia;

b.4) 0,07% ao dia sobre o valor mensal contratado, no caso de atraso injustificado para
atendimento dos prazos estabelecidos pela Administração para apresentação de documentos, assinatura ou
devolução de instrumentos contratuais e seus aditivos, se for o caso;
b.5) 1% ao dia sobre o valor mensal contratado, no caso de suspensão ou interrupção dos
serviços contratuais, salvo motivo de força maior ou caso fortuito, aplicada por posto de trabalho;
b.6) 2% sobre o valor mensal contratado, no caso de permitir situação que crie a
possibilidade de causar dano físico, lesão corporal ou consequência letal nas dependências do STF,
aplicada por ocorrência;
b.7) 0,07% ao dia sobre o valor total contratado, no caso de atraso para apresentação da
garantia contratual, limitada ao máximo de 2%. O atraso superior a 25 (vinte e cinco) dias poderá
configurar inexecução parcial da obrigação assumida;
b.8) 2% sobre o valor total contratado, no caso de não recolhimento das contribuições
sociais da Previdência Social e/ou não recolhimento do FGTS dos empregados, podendo configurar
inexecução parcial da obrigação assumida;
b.9) 5% sobre o valor total contratado, em caso de inexecução parcial da obrigação
assumida, podendo ensejar rescisão contratual;
b.10) 10% sobre o valor total contratado, em caso de inexecução total da obrigação
assumida, ensejando rescisão contratual;
https://sei.stf.jus.br/controlador.php?acao=documento_imprimir_web&acao_origem=arvore_visualizar&id_documento=494591&infra_sistema=… 15/20
12/02/2020 SEI/STF - 0463916 - Contrato

b.11) no caso de descumprimento de qualquer obrigação constante da planilha de custos


anexa ao Contrato ou à proposta, o valor da multa será igual ao dobro da vantagem auferida pela
Adjudicatária;
c) impedimento de licitar e contratar com a União, pelo prazo de até 5 (cinco) anos, nos
termos da Lei 10.520/02;
d) declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública, nos
termos da Lei n. 8.666/1993.
Parágrafo primeiro – O valor da multa, aplicada após o regular processo administrativo,
será descontado de pagamentos eventualmente devidos pelo CONTRATANTE à CONTRATADA ou
descontado da garantia contratual.
Parágrafo segundo – Caso a multa seja superior ao valor da garantia prestada, além da
perda desta, a Adjudicatária responderá pela sua diferença.
Parágrafo terceiro - A penalidade prevista na alínea ‘b” deste item poderá, a critério da
Administração, ser substituída pela penalidade de advertência, tendo em vista as circunstâncias da
inexecução contratual, garantida a prévia e ampla defesa, na forma da lei.
Parágrafo quarto – As sanções previstas nas alíneas "a", "c" e "d" poderão ser aplicadas,
cumulativamente ou não, à pena de multa.

DA VIGÊNCIA

CLÁUSULA QUINZE – O presente Contrato terá vigência de 30 (trinta) meses, a partir do


dia 14 de novembro de 2017, podendo ser prorrogado por igual período.

DA REPACTUAÇÃO

CLÁUSULA DEZESSEIS – Os preços contratados poderão ser repactuados, observado o


interregno mínimo de 12 (doze) meses, a contar da data do orçamento a que a proposta se referir, cabendo
à CONTRATADA apresentar o novo acordo, convenção ou dissídio coletivo de trabalho, após registro no
Ministério do Trabalho, documentação probatória do Fator Acidentário de Prevenção (FAP) e do Risco
Acidente de Trabalho (RAT), visando a análise e aprovação pelo STF.
Parágrafo primeiro – A planilha de formação de preços repactuada poderá ser apresentada
a critério da CONTRATADA.
Parágrafo segundo – A repactuação deverá ser solicitada antes do término da atual
vigência deste Contrato, sob pena de preclusão.
Parágrafo terceiro – Para os fins previstos nesta Cláusula, considera-se como data do
orçamento a que a proposta se referir, a data do início da vigência do acordo, convenção ou dissídio
coletivo de trabalho ou equivalente, que estipular o salário vigente à época da apresentação da proposta.
Parágrafo quarto – Nas repactuações subsequentes à primeira, a anualidade será contada a
partir da data do fato gerador que deu ensejo à última repactuação.
Parágrafo quinto – Quanto ao critério de enquadramento sindical para efeito de
repactuação, o CONTRATANTE verificará se o empregado pertence ou não à categoria diferenciada, e
procederá da seguinte forma:
a) se o empregado não pertencer à categoria diferenciada, o critério de enquadramento
sindical será o da atividade econômica preponderante do empregador, independentemente da função
desempenhada pelo trabalhador;
b) se o empregado pertencer à categoria diferenciada, será aplicada a convenção coletiva do
profissional integrante da categoria diferenciada, só fazendo jus aos benefícios da convenção coletiva de
sua categoria se a empresa contratada for representada por órgão de classe de sua categoria, caso contrário,
aplica-se a convenção coletiva referente à atividade econômica preponderante do empregador;
c) quando não for possível determinar a atividade preponderante do empregador em razão
da diversidade de áreas em que atua (normalmente situação das empresas de terceirização com locação de

https://sei.stf.jus.br/controlador.php?acao=documento_imprimir_web&acao_origem=arvore_visualizar&id_documento=494591&infra_sistema=… 16/20
12/02/2020 SEI/STF - 0463916 - Contrato

mão de obra), o enquadramento sindical deve ser feito pela atividade efetivamente exercida pelo
empregado.
Parágrafo sexto – Caberá à CONTRATADA, dentre outros documentos necessários à
repactuação, apresentar documentação atualizada comprovando o Fator Acidentário de Prevenção (FAP) a
ser aplicado. O STF repactuará o FAP para reduzi-lo, com efeitos retroativos, não se admitindo majoração
deste item.
Parágrafo sétimo – Não é admitida a inclusão, por ocasião da repactuação, de qualquer
item de custo não previsto nos componentes apresentados originariamente, exceto quando se tornarem
obrigatórios por força de instrumento legal, sentença normativa, acordo coletivo ou convenção coletiva.
Parágrafo oitavo – A proposta de repactuação dependerá de iniciativa da
CONTRATADA, observados os termos exigidos pelo caput desta Cláusula, e deverá ser apresentada
durante a vigência do Contrato, com a assinatura do termo de prorrogação de vigência contratual ou, se for
o caso, com o encerramento do ajuste, sob pena de preclusão do direito de repactuar.
Parágrafo nono – Nos casos em que o acordo coletivo ou a convenção coletiva da
categoria não houver sido homologado até a data da assinatura do termo de prorrogação da vigência do
Contrato, a CONTRATADA deve, sob pena de preclusão, ressalvar, no termo aditivo de prorrogação, o
seu direito a repactuar. A partir da ressalva, a formalização do pedido de repactuação deverá ocorrer até a
data da assinatura do termo de prorrogação subsequente.
Parágrafo dez – A inércia da CONTRATADA em ressalvar seu direito ou em solicitar a
repactuação, antes do prazo estipulado, implicará a preclusão do direito à repactuação.
Parágrafo onze – O CONTRATANTE não se vincula às disposições contidas em
Acordos, Convenções ou Dissídios Coletivos de Trabalho que tratem de pagamento de participação dos
trabalhos nos lucros ou resultados da empresa contratada, de matéria não trabalhista, ou que estabeleçam
direitos não previstos em lei, tais como valores ou índices obrigatórios de encargos sociais ou
previdenciários, bem como de preços para os insumos relacionados ao exercício da atividade.
Parágrafo doze – O CONTRATANTE não se vincula às disposições previstas nos
Acordos, Convenções ou Dissídios Coletivos de Trabalho que tratem de obrigações e direitos que somente
se aplicam aos contratos com a Administração Pública.

DO REAJUSTE

CLÁUSULA DEZESSETE – Os preços dos insumos contratados poderão ser reajustados,


após solicitação da CONTRATADA, mediante negociação entre as partes, tendo como limite máximo a
variação do IPCA/IBGE ocorrida nos últimos 12 (doze) meses, a contar da data da apresentação da
proposta ou do último reajuste.
Parágrafo primeiro – O referido reajuste somente poderá ocorrer mediante requerimento
da CONTRATADA contendo a demonstração da variação dos respectivos custos, devendo ser aferida
pelo STF, observando-se o limite máximo estabelecido nesta Cláusula.
Parágrafo segundo – Os efeitos financeiros do reajuste serão reconhecidos a partir das
datas definidas nesta Cláusula.
Parágrafo terceiro – O reajuste deverá ser solicitado antes do término da atual vigência do
Contrato, sob pena de preclusão.

DA ALTERAÇÃO E DA RESCISÃO

CLÁUSULA DEZOITO – Este Contrato poderá ser alterado, com as devidas


justificativas, nos termos do art. 65 da Lei 8.666/1993, mediante Termo Aditivo.
Parágrafo primeiro – Este Contrato poderá ser rescindido por inadimplemento de cláusula
estabelecida neste Contrato ou nos casos previstos no art. 78 da Lei 8.666/1993, e será rescindido nos

https://sei.stf.jus.br/controlador.php?acao=documento_imprimir_web&acao_origem=arvore_visualizar&id_documento=494591&infra_sistema=… 17/20
12/02/2020 SEI/STF - 0463916 - Contrato

casos de subcontratação total ou parcial do objeto. Assegurado o contraditório e a ampla defesa, após
notificação.
Parágrafo segundo – Nos casos em que a CONTRATADA sofrer processos de fusão,
cisão ou incorporação, será admitida a continuação desta contratação desde que a execução do Contrato
não seja afetada e que a CONTRATADA mantenha o fiel cumprimento dos termos contratuais e das
condições de habilitação.
Parágrafo terceiro – Ao CONTRATANTE é reconhecido o direito de rescisão
administrativa, nos termos do art. 79, inciso I, da Lei 8.666/1993, aplicando-se, no que couber, as
disposições dos parágrafos primeiro e segundo do mesmo artigo, bem como as do art. 80 da mesma Lei.

DO CONTINGENCIAMENTO DOS ENCARGOS TRABALHISTAS

CLÁUSULA DEZENOVE – Os encargos sociais trabalhistas serão contingenciados pelos


percentuais abaixo, incidentes sobre a remuneração mensal dos empregados alocados nos postos de
trabalho.

Encargos Sociais Percentuais

13º Salário 8,33%


Férias 8,33%
Subtotal 16,66%

Impacto sobre 13º Salário e Férias (Incidência do Grupo A, conforme o RAT) 6,07 %
Abono de Férias 2,78%
FGTS rescisões sem justa causa 3,60%

Percentual total dos encargos sociais a contingenciar 29,11 %

Parágrafo primeiro – A CONTRATADA solicitará autorização do CONTRATANTE


para efetuar transferência/movimentação dos valores referentes às despesas com o pagamento de eventuais
indenizações trabalhistas dos empregados que prestam os serviços contratados pelo CONTRATANTE,
ocorridas durante a vigência do Contrato. Para tanto, a CONTRATADA deverá apresentar ao
CONTRATANTE, com antecedência suficiente para análise, planilha indicando os nomes dos
profissionais a serem favorecidos, os documentos comprobatórios da ocorrência de indenizações
trabalhistas e seus respectivos prazos de vencimento.
Parágrafo segundo – A parcela correspondente ao Aviso Prévio Trabalhado será liberada
no término do Contrato juntamente com o saldo remanescente na conta vinculada, após a comprovação da
quitação de todos os encargos trabalhistas e previdenciários relativos ao serviço contratado.

DA LEGISLAÇÃO APLICÁVEL

CLÁUSULA VINTE – Aplicam-se à execução do presente Contrato a Lei 8.666/1993, e


demais normas legais pertinentes.

DO FORO

CLÁUSULA VINTE E UM – Para dirimir eventuais conflitos oriundos do presente


Contrato é competente o foro de Brasília - Distrito Federal.

https://sei.stf.jus.br/controlador.php?acao=documento_imprimir_web&acao_origem=arvore_visualizar&id_documento=494591&infra_sistema=… 18/20
12/02/2020 SEI/STF - 0463916 - Contrato

DA PUBLICIDADE

CLÁUSULA VINTE E DOIS – O extrato do presente Contrato será publicado no Diário


Oficial da União, Seção 3, conforme o disposto no art. 61, parágrafo único, da Lei N. 8.666/1993.

Brasília-DF.

ANEXO I AO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE


APOIO OPERACIONAL NA ÁREA DE SEGURANÇA PESSOAL
PRIVADA ARMADA EM BRASÍLIA-DF, QUE ENTRE SI
CELEBRAM A UNIÃO, POR INTERMÉDIO DO SUPREMO
TRIBUNAL FEDERAL, E A EMPRESA ESPARTA SEGURANÇA
LTDA. (Pregão Eletrônico N. 71/2017 – Processo Administrativo
Eletrônico n. 005787/2017).

AUTORIZAÇÃO

A empresa ESPARTA SEGURANCA LTDA, com sede no SAAN Quadra 03 nº 270,


Bloco A Administrativo, Brasília - DF, CNPJ 37.162.435/0006-57, telefone (61) 3403-6565 - 3363-
7547, neste ato representada por seu Representante Legal, Senhor. Edson Martins de Almeida, RG
250.954 SSP/DF e CPF 068.223.391-91, email: comercialdf@espartaseguranca.com.br, denominada
CONTRATADA, autoriza o STF a fazer o desconto na fatura e o pagamento direto dos salários e demais
verbas trabalhistas aos trabalhadores, quando houver falha no cumprimento dessas obrigações por parte da
CONTRATADA, até o momento da regularização, sem prejuízo das sanções cabíveis.

ANEXOS II, III, IV, V E IV (Documento SEI 0464590)

Documento assinado eletronicamente por Luciano Quadrado De Moraes, ASSESSOR CHEFE -


ASS. JURÍDICA, em 10/11/2017, às 13:50, conforme art. 1º, III, "b", da Lei 11.419/2006.

Documento assinado eletronicamente por EDSON MARTINS DE ALMEIDA, Usuário Externo,


em 13/11/2017, às 09:43, conforme art. 1º, III, "b", da Lei 11.419/2006.

Documento assinado eletronicamente por Eduardo Silva Toledo, DIRETOR-GERAL, em


13/11/2017, às 15:46, conforme art. 1º, III, "b", da Lei 11.419/2006.

A autenticidade do documento pode ser conferida no site


https://sistemas.stf.jus.br/sei/controlador_externo.php?
https://sei.stf.jus.br/controlador.php?acao=documento_imprimir_web&acao_origem=arvore_visualizar&id_documento=494591&infra_sistema=… 19/20
12/02/2020 SEI/STF - 0463916 - Contrato

acao=documento_conferir&id_orgao_acesso_externo=0 informando o código verificador 0463916 e o


código CRC 42853E52.

005787/2017 0463916v55

https://sei.stf.jus.br/controlador.php?acao=documento_imprimir_web&acao_origem=arvore_visualizar&id_documento=494591&infra_sistema=… 20/20
Supremo Tribunal Federal
ANEXO II AO CONTRATO Nº 55/2017, DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE
APOIO OPERACIONAL NA ÁREA DE SEGURANÇA PESSOAL PRIVADA

ARMADA EM BRASÍLIA-DF. PROCESSO Nº 005787/2017

PLANILHA ESTIMATIVA DE CUSTOS - A PARTIR DE 14 DE NOVEMBRO DE 2017 - CUMULATIVA


Convenção Coletiva de Trabalho: SINDESV-DF x SINDESP-DF 2016/2016
CBO - Classificação Brasileira de Ocupações: 5173-10 - Segurança Pessoal

MONTANTE "A" MONTANTE "B" Total unitário do


BDI
posto de trabalho
Calculado sobre o Total unitário para o período
Somatório somatório dos Quantidade de Quantidade de Total mensal Total estimado da
Carga Horária semanal do Posto Adicional de Adicional Encargos Total unitário Valor mensal do Valor do auxílio- Total unitário mensal do
Posto de Trabalho Adicional Montantes Montantes horas período de Valor da hora profissionais por posto estimado da contratação para o
de Trabalho Salário Periculosidade Feriados Sociais montante Auxílio- transporte mensal - montante posto de
Noturno "A" e "B" "A" e "B" 30 30 meses de trabalho Contratação período de 30 meses
(30%) Trabalhados "A" alimentação parte da empresa "B" trabalho

69,43% 16,68% meses


44 horas
8h às 18h 3.296,54 988,96 0,00 0,00 2.975,31 7.260,82 649,44 7,21 656,65 7.917,46 1.320,49 9.237,95 277.138,54 5.415 51,18 1 9.237,95 277.138,54
semanais
Segurança Pessoal
7h às 19h 3.296,54 988,96 0,00 65,47 3.020,77 7.371,75 480,48 0,00 480,48 7.852,23 1.309,61 9.161,83 274.854,97 5.460 50,34 38 348.149,63 10.444.488,86
Privada
12X36
19h às 7h 3.296,54 988,96 600,83 74,65 3.444,28 8.405,26 480,48 0,00 480,48 8.885,74 1.481,98 10.367,72 311.031,69 5.460 56,97 44 456.179,81 13.685.394,32

Supervisão 12X36 8h às 20h 3.296,54 988,96 0,00 65,47 3.020,77 7.371,75 480,48 0,00 480,48 7.852,23 1.309,61 9.161,83 274.854,97 5.460 50,34 2 18.323,66 549.709,94

Subtotal 1 30.409,57 2.098,09 32.507,66 85 831.891,06 24.956.731,66

I - FUNDO SOCIAL E ODONTOLÓGICO (R$ 10,00 mensal por profissional) - NÃO PODERÁ SER ALTERADO PELA CONTRATADA 850,00 25.500,00

II - AUXÍLIO-SAÚDE (R$ 140,00 mensal por profissional) - NÃO PODERÁ SER ALTERADO PELA CONTRATADA 11.900,00 357.000,00

III - FUNDO PARA INDENIZAÇÃO DECORRENTE DE APOSENTADORIA POR INVALIDEZ POR DOENÇA (R$ 14,00 mensal por profissional) - NÃO PODE SER ALTERADO PELA CONTRATADA 1.190,00 35.700,00

IV - UNIFORMES POSTO SEGURANÇA PESSOAL PRIVADA MASCULINO E FEMININO - Valor mensal máximo admitido, conforme Anexo V -Uniformes - PODERÁ SER ALTERADO PELA CONTRATADA Masculino 116,15 Feminino 145,51 10.859,03 325.770,85

V - UNIFORMES POSTO SUPERVISÃO MASCULINO E FEMININO - Valor mensal máximo admitido, conforme Anexo V -Uniformes - PODERÁ SER ALTERADO PELA CONTRATADA Masculino 81,65 Feminino 110,26 191,91 5.757,40

VI - EQUIPAMENTOS - Valor mensal máximo admitido: R$ 18,49 por profissional do posto de segurança pessoal privada - PODERÁ SER ALTERADO PELA CONTRATADA 1.251,86 37.555,82

Subtotal 2 26.242,80 787.284,07

TOTAL- Somatório do Subtotal 1 e Subtotal 2 858.133,86 25.744.015,73


ANEXO III AO CONTRATO Nº 55/2017, DE PRESTAÇÃO DE
SERVIÇOS DE APOIO OPERACIONAL NA ÁREA DE
SEGURANÇA PESSOAL PRIVADA ARMADA EM BRASÍLIA-DF.
PROCESSO Nº 005787/2017
PERCENTUAIS PARA CONTINGENCIAMENTO DE ENCARGOS TRABALHISTAS
MÁXIMOS DE ENCARGOS SOCIAIS PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DOS PERCENTUAIS

R A T /FAP (*)
Item Título Item
3% 0,874
Grupo "A" % Grupo "A" 36,42%
1 PREVIDÊNCIA SOCIAL 20,00% TÍTULO %
2 SESI / SESC 1,50% 13º SALÁRIO 8,33%
3 SENAI / SENAC 1,00% FÉRIAS 8,33%
4 INCRA 0,20% Subtotal 16,66%
5 SALÁRIO EDUCAÇÃO 2,50% INCIDÊNCIA GRUPO "A" (*) 6,07%
6 FGTS 8,00% ABONO DE FÉRIAS 2,78%
7 RISCO ACIDENTE DE TRABALHO AJUSTADO (**) 2,62% FGTS RECISÕES SEM JUSTA CAUSA 3,60%
8 SEBRAE 0,60% A CONTINGENCIAR 29,11%
Total do Grupo "A" 36,42%

Grupo B %
9 13º SALÁRIO 8,33% CÁLCULO DO BDI
10 FÉRIAS 8,33%
TRIBUTAÇÃO Cumulativa
11 ABONO DE FÉRIAS 2,78%
12 AUXÍLIO DOENÇA 1,39% DESCRIÇÃO %
13 LICENÇA PATERNIDADE 0,02% TAXA DE ADMINISTRAÇÃO A 5,00%
14 FALTAS LEGAIS 0,28% TAXA DE LUCRO BRUTO B 1,51%
15 ACIDENTE DO TRABALHO 0,03% TRIBUTOS: C 8,65%
Total do Grupo "B" 21,16% ISS 5,00%
COFINS 3,00%
Grupo C % PIS 0,65%
16 AVISO PRÉVIO INDENIZADO 0,42% TOTAL DO BDI 16,68%
17 AVISO PRÉVIO 0,04% Fórmula do BDI
18 INDENIZAÇÃO ADICIONAL 0,08%
19 FGTS RECISÕES SEM JUSTA CAUSA 3,60% Onde:
Total do Grupo "C" 4,14% A = Taxa de Despesas Administrativas;
B = Taxa do Lucro Bruto; e
Grupo D % C = Taxa dos Tributos
20 INCIDÊNCIA DE A SOBRE B 7,71% *Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta - lei 12.546/2011
Total do Grupo "D" 7,71%
Total dos Encargos Sociais 69,43%

Aviso Prévio ao término do contrato 23,33% da


remuneração mensal = ( 7 / 30) x 100

(*) Risco Acidente de Trabalho/Fator Acidentário de Prevenção


(**) Variação das alíquotas de 0,5% a 6% de RAT, devido a incidência do FAP
Supremo Tribunal Federal
ANEXO III AO CONTRATO Nº 55/2017, DE PRESTAÇÃO DE
SERVIÇOS DE APOIO OPERACIONAL NA ÁREA DE
SEGURANÇA PESSOAL PRIVADA ARMADA EM BRASÍLIA-
DF. PROCESSO Nº 005787/2017

PLANILHA DE HORAS - Posto 44 horas semanais


AUXÍLIO-ALIMENTAÇÃO
14/11/2017 A 13/05/2020
Quantidade de
% de subsídio
Dias da Semana horas úteis por
Carga Horária semanal do PAT
mês Total Período
Período Posto de Trabalho Posto Valor Unitário Dias Úteis Total Mensal
Nº de Nº de Domingos Nº de 44 horas 30 meses
de Trabalho
Segundas a Nº de Sextas Nº de Sábados Feriados 99%
Quintas e Feriados Forenses semanais
14/11/2017 10 2 2 3 0 106 SPP 44 HORAS 44 horas 32,00 31,68 615 19.483,20 649,44
dez-17 15 4 5 6 1 167 SPP 12X36 12x36 32,00 31,68 455 14.414,40 480,48
jan-18 18 4 4 5 0 194 SUPERVISÃO 12X36 12x36 32,00 31,68 455 14.414,40 480,48
fev-18 14 4 4 5 1 158
mar-18 15 4 5 5 2 167
abr-18 17 4 3 6 0 185
mai-18 17 4 4 6 0 185
jun-18 16 5 5 4 0 184
jul-18 18 4 4 5 0 194
ago-18 18 5 3 4 1 202 Planilha de Horas - Postos 12x36
set-18 16 3 5 6 0 168 Dias úteis por ano 182
out-18 19 3 4 4 1 195 Dias úteis no período contratado 455
nov-18 15 4 4 6 1 167 Horas trabalhadas no período contratado 5460
dez-18 16 4 4 6 1 176
jan-19 18 4 4 5 0 194
fev-19 16 4 4 4 0 176
mar-19 14 5 5 6 1 166
abr-19 16 3 4 5 2 168
mai-19 17 5 4 5 0 193
jun-19 15 4 5 6 0 167
jul-19 19 4 4 4 0 203
ago-19 17 5 5 3 1 193
set-19 17 4 3 6 0 185
out-19 18 4 3 5 1 194
nov-19 16 3 4 6 1 168
dez-19 17 4 4 5 1 185
jan-20 17 5 4 5 0 193
fev-20 14 4 5 5 1 158
mar-20 18 4 4 5 0 194
abr-20 15 3 4 6 2 159
13/05/2020 7 1 2 3 0 71
Total de dias úteis 495 120
Total 615
Total de horas anuais 5.415

AUXÍLIO-TRANSPORTE ▪ No posto de trabalho 12X36, em 1 semana o profissional trabalha 3 dias (36 horas) e na outra trabalha 4 dias (48 horas) e assim alternadamente.
30 meses (30 Dias úteis no Resultado (30 Dias Trabalhados Participação ▪ Um ano possui 52 semanas. Durante 26 semanas (metade de 52 semanas), o profissional locado no posto de trabalho 12X36 trabalhará 36 horas por semana,
Posto de trabalho Salário 6% * resultado
* salário) período meses /dias no período funcionário no ▪ Para as outras 26 semanas, o profissional trabalhará 48 horas por semana, totalizando 1.248 horas no período, assim, durante 1 ano o ocupante do posto de trabalho
SPP 44 HORAS 3.296,54 98.896,20 615 160,81 9,65 615 5.933,77 ▪ Como os 12 meses somam 182 dias úteis, para o período de 30 meses são considerados 455 dias úteis, calculados por regra de 3.
SPP 12X36 3.296,54 98.896,20 455 217,35 13,04 455 5.933,77 ▪ Para o valor Unitário do Vale Transporte, foi levado em consideração o preço praticado em Brasília, devendo a empresa aplicar o valor correspondente à sua
SUPERVISÃO 12X36 3.296,54 98.896,20 455 217,35 13,04 455 5.933,77 realidade, no entanto, deverá ser observada a metodologia de cálculo constante na planilha de formação de preços, cuja comprovação deverá ser comprovada quando
do encaminhamento da proposta vencedora.
Valor unitário Quantidade Dias úteis no Participação Participação Participação
Posto de trabalho Resultado
do vale diária período funcionário no empresa no empresa
SPP 44 HORAS 5,00 2 615 6.150,00 5.933,77 216,23 7,21
SPP 12X36 5,00 2 455 4.550,00 5.933,77 0,00 0,00
SUPERVISÃO 12X36 5,00 2 455 4.550,00 5.933,77 0,00 0,00
Supremo Tribunal Federal
ANEXO IV AO CONTRATO Nº 55/2017, DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE APOIO

OPERACIONAL NA ÁREA DE SEGURANÇA PESSOAL PRIVADA ARMADA EM BRASÍLIA-

DF. PROCESSO Nº 005787/2017

EQUIPAMENTOS E MATERIAIS - BENS DURÁVEIS

PRAZO DE
TAXA ANUAL DE VALOR UNITÁRIO TOTAL DO ITEM VALOR MENSAL POR
ITEM QUANT. DESCRIÇÃO VIDA ÚTIL
DEPRECIAÇÃO (R$) (R$) PROFISSIONAL (R$)
(anos)
● Pistola cal. 380, semi-automática, com carregador de 15 tiros, conforme
1 21 10 10% 3.400,00 71.400,00 7,17
especificações e condições constantes no termo de referência.
● Coldre para as pistolas constantes do item 1, conforme especificações e condições
2 21 10 10% 32,00 672,00 0,07
constantes no termo de referência.
● Munição para pistola .380, conforme especificações e condições constantes no
3 630 1 100% 4,07 2.564,10 2,57
termo de referência.
● Cinto sem furos, em cordura, fecho em velcro com passador e fivelas na cor preta,
4 21 conforme especificações e condições constantes no termo de referência. 5 20% 25,00 525,00 0,11

● Colete Balístico, modelo social, discreto, com proteção frontal, dorsal e lateral, com
placas individuais, Nível IIA, dentro das especificações NIJ 0101.04 ou superior, com
5 83 5 20% 254,00 21.082,00 4,23
fibras de aramida e polietileno, ou com material semelhante, com capa, conforme
descrição do termo de referência.
● Capa sobressalente para o colete balístico, conforme descrição do termo de
6 83 5 20% 42,00 3.486,00 0,70
referência.
● Lanterna de led tipo farol, com bateria com capacidade de recarregar mais de 500
7 21 vezes, conforme especificações e condições constantes no termo de referência. 5 20% 55,34 1.162,14 0,23

TOTAL MENSAL POR PROFISSIONAL 100.891,24 R$ 15,08

VALOR MENSAL
RESUMO PARA LANÇAMENTO NA PLANILHA MÁXIMO ADMITIDO
POR PROFISSIONAL
1) EQUIPAMENTOS E MATERIAIS - BENS DURÁVEIS R$ 15,08

MEMÓRIAS DE CÁLCULO
Equipamentos:
● Valor total do Item/quantidade de meses considerando a sua depreciação/quantidade de profissionais que utilizarão os equipamentos.
ANEXO VI AO CONTRATO Nº 55/2017, DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE APOIO OPERACIONAL NA ÁREA DE

SEGURANÇA PESSOAL PRIVADA ARMADA EM BRASÍLIA-DF. PROCESSO Nº 005787/2017

UNIFORME MASCULINO UNIFORME FEMININO

Total de
Total de Valor total para Valor total para o
Item Descrição do uniforme Valor unitário Valor Mensal Item peças Descrição do uniforme Valor unitário Valor Mensal
peças anuais o período período
anuais

Terno completo, conforme Blazer Feminino, conforme


1 2 especificação constante no Termo de R$ 270,00 R$ 45,00 R$ 1.350,00 1 2 especificação constante no Termo de R$ 100,00 R$ 16,67 R$ 500,00
Referência. Referência.
Camisa social masculina, conforme
Calça ou saia, conforme especificação
2 4 especificação constante no Termo de R$ 43,45 R$ 14,48 R$ 434,50 2 2 R$ 73,25 R$ 12,21 R$ 366,25
constante no Termo de Referência.
Referência.
Pares de meias sociais, conforme Calça para gestante, conforme
3 6 especificação constante no Termo de R$ 7,50 R$ 3,75 R$ 112,50 3 2 especificação constante no Termo de R$ 87,50 R$ 14,58 R$ 437,50
Referência. Referência.
Gravata social, conforme Blusa social manga longa e manga
4 2 especificação constante no Termo de R$ 17,00 R$ 2,83 R$ 85,00 4 4 3/4, conforme especificação constante R$ 78,75 R$ 26,25 R$ 787,50
Referência. no Termo de Referência.
Cinto social, conforme especificação Bata gestante, conforme especificação
5 1 R$ 30,00 R$ 2,50 R$ 75,00 5 2 R$ 94,33 R$ 15,72 R$ 471,65
constante no Termo de Referência. constante no Termo de Referência.
Par de sapatos, conforme Japona (exceto supervisores),
6 2 especificação constante no Termo de R$ 78,50 R$ 13,08 R$ 392,50 6 1 conforme especificação constante no R$ 79,00 R$ 6,58 R$ 197,50
Referência. Termo de Referência.
Japona (exceto supervisores),
7 1 conforme especificação constante no R$ 70,00 R$ 5,83 R$ 175,00 7 6 Meia-calça, conforme especificação R$ 15,00 R$ 7,50 R$ 225,00
Termo de Referência. constante no Termo de Referência.
Sobretudo (exceto supervisores), Par de sapatos, conforme
8 1 conforme especificação constante no R$ 330,00 R$ 27,50 R$ 825,00 8 2 especificação constante no Termo de R$ 104,00 R$ 17,33 R$ 520,00
Termo de Referência. Referência.
Capa de Segurança (chuva) com Capa de Segurança (chuva) com
capuz (exceto supervisores), conforme capuz (exceto supervisores), conforme
9 1 R$ 14,00 R$ 1,17 R$ 35,00 9 1 R$ 14,00 R$ 1,17 R$ 35,00
especificação constante no Termo de especificação constante no Termo de
Referência. Referência.
Sobretudo (exceto supervisores),
10 1 conforme especificação constante no R$ 330,00 R$ 27,50 R$ 825,00
Termo de Referência.
TOTAL UNITÁRIO PARA O PERÍODO R$ 116,15 R$ 3.484,50 TOTAL UNITÁRIO PARA O PERÍODO R$ 145,51 R$ 4.365,40

Uniformes dos Supervisores Média mensal do custo dos uniformes*


Mensal Anual Posto de segurança pessoal privada 130,83
Masculino (sem os itens 7, 8 e 9) R$ 81,65 R$ 2.449,50 Supervisão 95,96
Feminino (sem os itens 6, 9 e 10) R$ 110,26 R$ 3.307,90
* devido à diferença de valores entre os uniformes masculinos e femininos, previmos a ocupação com
50% de cada gênero.