Você está na página 1de 2

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

SECRETARIA DE ESTADO DE POLÍCIA CIVIL 30

021a.Delegacia de Polícia
Avenida Dos Democráticos, 1322, Manguinhos, Rio De Janeiro - RJ CEP: 21050-000, TEL.:
2334-7440 / 2334-7445

DECISÃO DO FLAGRANTE

Controle Interno: 031450-1021/2021 Procedimento: 021-02504/2021

Data: 25/03/2021 às 15:26

21ª DP - CENTRAL DE FLAGRANTES DA 21ª DP, 22ª DP, 23ª DP, 24ª DP, 37ª DP, 44ª DP, e DAIRJ

PLANTÃO DO DIA 25/03/2021 - 021-02504/2021

Aos vinte e cinco dias de março de 2021, na 21ª DP - Bonsucesso, Central de Flagrantes, foi apresentado
pela polícia militar (cognição coercitiva) o nacional IGOR PAULINO DOS SANTOS, visto que hoje,
segundo consta dos autos, os policiais o flagraram durante uma tentativa de roubo de carga.

O policial militar MAURÍLIO LUIZ PEREIRA declarou:

“Que na data de hoje 25/03/2021, por volta das 8:15, estava em operação por determinação do chefe da
seção P2 tendo em vista combater roubo de cargas na localidade; quando receberam informe de possíveis
roubos na localidade e na companhia do companheiro de farda SD MAGNO, RG 105.424, seguiram para
a Rua FIGUEIRA DE LIMA, altura do número 19, RIACHUELO e visualizaram um nacional de cor
branca , estatura mediana, usando uma camisa branca com camisa cinza por baixo (2ª pele) e uma
bermuda, a bordo de uma YAMAHA/FAZER, de cor vermelha, com dois faróis de led abaixo do tanque
na parte da frente, abordando um veículo FIAT-FIORINO de cor branca, prestadora de serviço da
SOUZA CRUZ; que em ato contínuo, o nacional, posteriormente identificado como IGOR PAULINO
DOS SANTOS, RG 21769817-4, veio em sentido oposto numa motocicleta YAMAHA YBR/FACTOR,
150cc, de cor preta, sem placa; que pode perceber que o mesmo se comunicava com o indivíduo que
abordou a FIORINO; que IGOR se aproximou em auxílio a abordagem que estava sendo feita a
FIORINO; que, imediatamente, o depoente e seu companheiro de farda abordaram a dupla, momento em
que o sujeito da moto vermelha empreendeu fuga por cima da calçada, quase atropelando pedestres; que
logrou êxito em capturar IGOR que estava na moto preta e deu voz de prisão ao mesmo; que depois fez
consulta na base policial da motocicleta conduzida por IGOR e descobriu que sua placa verdadeira é
LMV6C81, em nome de IGOR; que diante disso apresenta IGOR, a motocicleta, a autoridade policial. E
NADA MAIS DISSE NEM LHE FOI PERGUNTADO.”

O policial militar MAGNO POLILA ROSSI asseverou:

“Que na data de hoje 25/03/2021, por volta das 8:15, estava estacionado na RUA FILGUEIRAS LIMA,
número 08, em frente a banca de jornal, efetuando entrega de cigarros da empresa SOUZA CRUZ a
bordo de uma FIORINO de cor branca, placa FKG3407, quando foi abordado por um indivíduo de cor
parda bem clara quase branco, não sabendo dizer a altura porque estava sentado na moto, usando uma
camisa branca e uma bermuda, pilotando uma YAMAHA/FAZER de cor vermelha, sem placa, o qual
bateu no vidro e disse: "PERDEU, PERDEU, NÃO ABRE O CARRO AGORA PORQUE ESTÁ
CHEGANDO OUTRO CARRO AÍ, E SE BLOQUEAR EU VOU TE ESTOURAR"; que neste
momento se aproximou outro nacional de cor preta, vindo numa motocicleta preta em sentido oposto,
dando apoio a ação; que imediatamente policiais se aproximaram e abordaram a dupla, quando o
indivíduo que pilotava a motocicleta vermelha subiu a calçada e conseguiu escapar da ação dos policiais.
Todavia, os policiais conseguiram capturar o indivíduo de cor preta; que neste momento o declarante não
possui dúvidas em reconhecer o nacional IGOR, PAULINO DOS SANTOS, RG 21769817-4, como
sendo o indivíduo da moto preta que dava apoio a abordagem. E NADA MAIS DISSE NEM LHE FOI
Data da impressão: 25/03/2021 Página 01/02
Controle Interno: 031450-1021/2021 Procedimento: 021-02504/2021
31

Data: 25/03/2021 às 15:26

PERGUNTADO.”

Foi ouvida a vítima, LUIZ FELIPE AZEVEDO DOS SANTOS, que narrou:

“Que na data de hoje 25/03/2021, por volta das 8:15, estava em operação por determinação do chefe da
seção P2 tendo em vista combater roubo de cargas na localidade; quando receberam informe de possíveis
roubos na localidade e na companhia do companheiro de farda SGT MAURÍLIO, RG 85067, seguiram
para a Rua FIGUEIRA DE LIMA, altura do número 19, RIACHUELO e visualizaram um nacional de
cor branca , estatura mediana, usando uma camisa branca com camisa cinza por baixo (2ª pele) e uma
bermuda, a bordo de uma YAMAHA/FAZER, de cor vermelha, com dois faróis de led abaixo do tanque
na parte da frente, abordando um veículo FIAT-FIORINO de cor branca, prestadora de serviço da
SOUZA CRUZ; que em ato contínuo, o nacional, posteriormente identificado como IGOR PAULINO
DOS SANTOS, RG 21769817-4, veio em sentido oposto numa motocicleta YAMAHA YBR/FACTOR,
150cc, de cor preta, sem placa; que pode perceber que o mesmo se comunicava com o indivíduo que
abordou a FIORINO; que IGOR se aproximou em auxílio a abordagem que estava sendo feita a
FIORINO; que, imediatamente, o depoente e seu companheiro de farda abordaram a dupla, momento em
que o sujeito da moto vermelha empreendeu fuga por cima da calçada, quase atropelando pedestres; que
logrou êxito em capturar IGOR que estava na moto preta e deu voz de prisão ao mesmo; que depois fez
consulta na base policial da motocicleta conduzida por IGOR e descobriu que sua placa verdadeira é
LMV6C81, em nome de IGOR; que diante disso apresenta IGOR, a motocicleta, a autoridade policial. E
NADA MAIS DISSE NEM LHE FOI PERGUNTADO.”

Cônscio de seus direitos constitucionais, o investigado decidiu só se manifestar em juízo.

Pois bem. Tudo analisado, verificamos que o investigado, prontamente reconhecido pela vítima, tentou
praticar, com animus rem sib habendi, a subtração, mediante grave ameaça, a subtração da carga
transportada pela vítima.

Portanto, vislumbro a presença da denominada tipicidade híbrida, à luz do artigo 302, I do CPP e do
artigo 157, §2º, II do Código Penal, de sorte que, restando fundada suspeita, nos termos do artigo 304, §
1º, CPP, determino a lavratura de Auto de Prisão em Flagrante, nos seguintes termos:

1- Nota de culpa ao Acusado como incurso nas penas do artigo supracitado;


2- Comunique-se sua prisão à Justiça, ao Ministério Público, à Defensoria Pública e à Polinter;
3- Apreenda-se a arma, requisitando-se perícia;
4- Apreenda-se o caminhão e a carga, restituindo-os ao seu legítimo proprietário;
5- Encaminhe-se o investigado a exame de corpo de delito;
6- Anote-se PAC, vindo aos autos, FAC, BI e RVP;
7- Tudo cumprido, remeta-se o procedimento à Justiça, com os nossos cumprimentos.

MARIA MADALENA C. A. TOMELIN


Delegado(a) Adjunto(a) - 946.476-9

Data da impressão: 25/03/2021 Página 02/02

Você também pode gostar