Você está na página 1de 2

EMPREENDEDORISMO 2011.

1 – RESUMO DO ALUNO – AULA 04

PANORAMA DO EMPREENDEDORISMO NO BRASIL - AS ENTIDADES


BRASILEIRAS NO AMBIENTE EMPREENDEDOR.

As entidades brasileiras no ambiente empreendedor: Anprotec, Sebrae,


Finep, as Fap’s, a Endeavor, a Ashoka, os Business Angels, os fundos
de capital semente, os fundos Venture Capital.

As entidades brasileiras no ambiente empreendedor

1. Universidades – o Empreendedorismo passou a ter nas universidades


um ponto de apoio muito importante, pois ministram cursos na área para
seus alunos e porque mantêm as incubadoras de empresas e as
empresas juniores.
2. Incubadoras e empresas juniores – são locais onde as idéias dos
empreendedores, traduzidas em planos de negócios, são transformadas em
empresas e onde são realizados trabalhos de apoio aos micro e pequenos
empreendedores (área da Consultoria).
3. Anprotec - Associação Nacional das Entidades Promotoras de
Empreendimentos Inovadores – trata-se de uma entidade sem fins lucrativos
que agrega as incubadoras e parques tecnológicos brasileiros -
http://www.anprotec.org.br/

4. FINEP – Financiadora de Estudos e Projetos – é um órgão do governo


federal subordinado ao Ministério de Ciência e Tecnologia e que tem a missão
de promover e financiar a inovação e a pesquisa cientifica e tecnológica.
Conheça o Programa PRIME – Programa Primeira Empresa Inovadora para a
criação de novas empresas de base tecnológica no site
http://www.FINEP.gov.br/.
5. CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – é
um órgão do governo federal ligado ao Ministério de Ciência e Tecnologia e
que tem diversos programas de apoio ao desenvolvimento cientifico e
tecnológico do país - http://www.cnpq.br/

6. SEBRAE – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas -


talvez seja a entidade de apoio ao Empreendedorismo mais conhecida do
grande público brasileiro, pois patrocina programas de televisão para divulgar
casos de sucesso de empreendedores brasileiros e difundir boas práticas de
gestão - http://www.sebrae.com.br/
7. FAP – Fundações de Amparo à Pesquisa – são organizações criadas em
cada Unidade da Federação com o objetivo de apoiar a pesquisa com a
concessão de verbas para projetos de caráter cientifico e o desenvolvimento de
áreas de especialização de interesse cada estado. No caso do Estado do Rio
de Janeiro temos a FAPERJ cujo site está em http://www.faperj.br/
8. ENDEAVOR – “O Instituto Empreender Endeavor é uma organização sem
fins lucrativos, que tem como missão promover o desenvolvimento sustentável
do Brasil, por meio do apoio a empreendedores inovadores e do incentivo à
cultura empreendedora, gerando postos de trabalho e renda” é o que
estabelece seu site e que corresponde exatamente à prática desenvolvida pelo
instituto – www.endeavor.org.br
9. ASHOKA – A Ashoka é uma organização mundial, sem fins lucrativos,
pioneira no trabalho e apoio aos empreendedores sociais - pessoas com idéias
criativas e inovadoras capazes de provocar transformações com amplo impacto
social - http://www.ashoka.org.br/
10. Business Angels ou Anjos de Negócios – são pessoas com recursos
financeiros disponíveis para investimento em projetos que lhes parecem
promissores.Suas características são: apoiar empresas nascentes com
recursos financeiros e com sua experiência no aconselhamento do
empreendedor.

11. Fundos de Venture Capital – são fundos de investimento que aplicam seus
recursos na aquisição de parte dos capitais sociais de empresas que tenham
alto potencial de crescimento.

12. Fundos de Capital Semente – são fundos com finalidade de investimento


em empresas nascentes que precisam de aporte de capital para realizar planos
de desenvolvimento, ganhando mais mercado ou desenvolvendo novos
produtos e serviços.