Você está na página 1de 22

MOMENTO PEDAGÓGICO

PALESTRANTE: IR. RITA BEZERRA DE FRANÇA FERREIRA


PEDAGOGA
DIRETORA E PROFESSORA DA EBD NA CONGREGAÇÃO CIDADE SANTA-
SETOR XX
APOIO PEDAGÓGICO SETORIAL
►ACOLHIMENTO

►OBJETIVOS

►ESTRUTURA DA REVISTA

►PLANEJAMENTO

►DICAS PEDAGÓGICAS

►RECURSOS PEDAGÓGICOS

►SUGESTÕES DE DINÂMICAS

►SUGESTÕES DE LIVROS

►CONCLUSÃO

►REFERÊNCIAS
OBJETIVOS:

• SOCIALIZAR COM OS PROFESSORES AS MAIS VARIADAS FORMAS DE DINAMIZAR SUAS AULAS


CONSIDERANDO AS ESPECIFICIDADES DO SEU PÚBLICO-ALVO (ADOLESCENTES);
• SUGERIR ESTRATÉGIAS ADEQUADAS , PARA ESSA FAIXA ETÁRIA, A SEREM TRABALHADAS.
ESTRUTURA DA REVISTA
CADA LIÇÃO É COMPOSTA POR:
• PERIODICIDADE: TRIMESTRAL
• TEXTO BÍBLICO- (BASE PARA O COMENTÁRIO DA LIÇÃO)
• OBJETIVOS- (META)
• SINTETIZANDO- (SÍNTESE/RESUMO)
• A AULA VAI COMEÇAR- (ATIVIDADES PARA INICIAR A AULA DE FORMA DINÂMICA E CRIATIVA)
• SUBSÍDIOS 1 E 2- (AUXÍLIOS SUPLEMENTARES COM INFORMAÇÕES ADICIONAIS A RESPEITO DO TEXTO BÍBLICO
DA LIÇÃO/COMPREENSÃO MELHOR A RESPEITO DA PALAVRA DE DEUS)
• BÍBLIA EM FOCO- O ESTUDO FOI DIVIDIDO EM QUATRO TÓPICOS, UTILIZANDO UMA LINGUAGEM MAIS DIRETA.
• AÇÃO TÓPICO-
NESTA SEÇÃO VOCÊ VAI ENCONTRAR UM BOX COM ALGUMA AÇÃO QUE DEVERÁ SOLICITAR AO ALUNO NAQUELE
MOMENTO. EM GERAL SÃO PERGUNTAS. O OBJETIVO É TORNAR O ENSINO MAIS DINÂMICO E PARTICIPATIVO.
• PARA CONCLUIR
O OBJETIVO DESTA SEÇÃO É AUXILIAR VOCÊ NO ENCERRAMENTO DA AULA.
• É HORA DA REVISÃO
NESTA SEÇÃO VOCÊ VAI ENCONTRAR AS RESPOSTAS DAS QUESTÕES PROPOSTAS NA REVISTA DO ALUNO.
PLANEJAMENTO
DICAS PEDAGÓGICAS: PODEMOS APONTAR ALGUMAS SUGESTÕES DE MÉTODOS DE ENSINO
CONSIDERANDO TULER (2002, P. 88-102) E COELHO FILHO (2008) QUE PODERÃO SER ÚTEIS À NOSSA
ESPECIFICAÇÃO DE ESPAÇO:

PAINEL
EXPOSIÇÃO ORAL OU DIVISÃO DE PEQUENOS DEBATE COM PESSOAS CONVIDADAS QUE SÃO
PRELEÇÃO GRUPOS AUTORIDADES NO ASSUNTO
DEBATE OU DISCUSSÃO PERGUNTAS E RESPOSTAS ENTREVISTA
COM PERGUNTAS BEM ELABORADAS
ANTECIPADAMENTE PELO GRUPO.
FÓRUM DE PERGUNTAS ESTUDO DE CASOS ESTUDO DIRIGIDO
TEM UM COORDENADOR E UM SECRETÁRIO ANÁLISE DE UMA SITUAÇÃO REAL ROTEIRO-MEDIAÇÃO- PESQUISA
GINCANA TEATRO DINÂMICAS: JOGOS
RECURSOS DIDÁTICOS:DE ACORDO COM SANTOS (2016, P. 9-13) ALGUNS RECURSOS QUE
PODEM AUXILIAR O PROFESSOR NA ESCOLA DOMINICAL:

ÁLBUM SERIADO CARTAZ MURAL


FLIPCHART QUADRO BRANCO PROJETOR E COMPUTADOR
SUGESTÕES DE DINÂMICAS:
• DINÂMICA 1- LIÇÃO 01: QUEDA E REDENÇÃO
• OBJETIVO: COMPREENDER O QUE É QUEDA E O QUE É REDENÇÃO
• MATERIAL: QUADRO
• ATIVIDADE:
PARA ABERTURA DO TRIMESTRE, SENTE-SE COM SEUS ALUNOS EM CÍRCULO E FAÇA UM COMENTÁRIO
GERAL A RESPEITO DO TEMA DO TRIMESTRE. DIGA QUE A QUEDA É TAMBÉM CONHECIDA COMO O PECADO
ORIGINAL, OU SEJA, O PECADO DE ADÃO E EVA. ELES PECARAM, CONTAMINANDO TODA A HUMANIDADE. MOSTRE NO
QUADRO OS RESULTADOS DA QUEDA E DISCUTA OS PONTOS COM OS ALUNOS. EM SEGUIDA, EXPLIQUE QUE
REDENÇÃO É O LIVRAMENTO QUE JESUS NOS OFERECEU AO MORRER EM NOSSO LUGAR. LEIA COM OS ALUNOS
ROMANOS 3.24 E EFÉSIOS 1.7. DEPOIS MOSTRE OS PONTOS DA REDENÇÃO E DISCUTA-OS COM SEUS ALUNOS.
QUEDA REDENÇÃO

ADÃO E EVA PECARAM E FORAM EXPULSOS DA RESGATE.


PRESENÇA DE DEUS.

PERDERAM A IMORTALIDADE FÍSICA. LIBERTAÇÃO.

FORAM DESTITUÍDOS DA GLÓRIA DE DEUS. A MORTE VICÁRIA DE JESUS EM NOSSO LUGAR.

DOR E SOFRIMENTO. VIDA ETERNA.

POR TELMA BUENO


REVISTA: ENSINADOR CRISTÃO
Dinâmica 02- lição 01: A Queda

Objetivo:
Introduzir o estudo sobre o pecado e suas
consequências.
Material:
02 alunos(01 aluno e uma aluna)
Frutas variadas
01 cartolina preta
Procedimento:
- Peçam para que o menino e a menina se posicionem diante da turma e falem que o casal representará Adão e Eva.
- Coloquem uma cesta com vários tipos de fruta diante deles.
- Leiam Gn 2. 15 a 17:
“E tomou o Senhor Deus o homem, e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar. E ordenou o Senhor Deus ao homem, dizendo:
De toda a árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia
em que dela comeres, certamente morrerás”.
- Falem: Lemos nestes versículos acerca da orientação de Deus sobre o que podiam ou não comer dos frutos do jardim.
Escolham 01 fruta e digam que ela vai representar a árvore do conhecimento do bem e do mal.
- Falem: Mas, Adão e Eva desobedeceram:
Leiam: “E viu a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento;
tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela”(Gênesis 3:6).
Neste momento, “Eva” deve comer parte da fruta proibida e depois passar para “Adão”.
- Falem: Qual foi o pecado?
Certamente vão falar que foi a desobediência.
- Entreguem a metade da cartolina preta para o menino e a outra parte para a menina e falem que representa o pecado.
- Depois, leiam: “Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a
todos os homens por isso que todos pecaram”(Romanos 5:12).
- Peçam para que o casal distribua pedaços de cartolina preta para todos os alunos, simbolizando que todos pecaram.
- Falem: Agora, temos um problema sério – o pecado e a morte.
“Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus, nosso Senhor”(Rm 6.33).
Por Sulamita Macedo.
DINÂMICA 03 - LIÇÃO 03 - A NATUREZA E A QUEDA (JUVENIS)

Dinâmica: Semeando na natureza

Objetivo:
Conscientizar os alunos a respeitar a natureza e
entendermos o mau uso que muitos estão fazendo dela.

Material Didático:
- Copos descartáveis pequenos (tipo cafezinho) com
sementes variadas, um copo para cada tipo de semente(Ex.:
melancia, abóbora, maracujá, laranja, melão, mamão,
tomate, graviola, etc.). É importante que a quantidade de
semente não seja menor que a quantidade de alunos, por
isso dois alunos podem receber a mesma semente. Nunca
mais do que isso.
01 vasilha com areia
Atividade Didática:
- Distribua com os alunos os copos com sementes variadas e solicite para que eles retirem de cada copo a sua semente e
coloque-a nas mãos. Em seguida cada semente deve ser plantada na vasilha com areia.
- Leia Gl 6.7 “... tudo o que o homem semear, isso também ceifará”.
- Agora diga: Ninguém planta laranja e vai colher mamão. É a semente que você usa que determina a espécie do fruto que
você colherá. Isso é muito importante, porque muitas pessoas ao ignorar esse princípio se frustram esperando colheita de
semente que elas nunca plantaram antes. Como se a colheita fosse uma questão de sorte. O que nasce sem esforço no
campo é capim navalha, mato, espinhos... Mas o fruto saudável, precisa ser plantado e cultivado. E o que Paulo está falando
aos Gálatas é que nossa colheita vai refletir o tipo de semente que temos usado. O que significa isso na prática? Toda
pessoa é livre para semear, mas não é livre para colher. É livre para semear o que quiser, quando quiser, o que quiser, mas,
após a semeadura, será obrigado a colher a o que semeou e onde semeou. Fale ainda: Hoje vocês semearam nesta vasilha
uma boa semente, mas não é isso que vem ocorrendo no mundo. O homem em seu estado de pecado tem destruído a
natureza com acúmulo de lixo, contaminação dos recursos naturais, contaminação da água, do solo e dos alimentos por
metais pesados, e o resultado desta má semeadura é: terremotos, as cheias ou inundações, os tsunamis ou maremotos, as
avalanches, os deslizamentos de terra, as secas, as tempestades (tornados, tufões e furacões), os incêndios e as vagas de
frio e/ou de calor, etc.
Para finalizar pergunte:
- Você está satisfeito com aquilo que tem semeado na natureza? Por que?
- Existe algo que você está semeando na natureza que não deveria ser semeado?
- Você já foi alvo de uma triste colheita na natureza por ter feito uma semeadura errada?

Por escriba Digital


SUGESTÕES DE LIVROS

• UMA PEDAGOGIA PARA UMA EDUCAÇÃO- PR.CÉSAR MOISÉS;


• TEOLOGIA DA EDUCAÇÃO CRISTÃ- PR.CLAUDIONOR DE ANDRADE;
• MANUAL DA ESCOLA DOMINICAL- PR. ANTONIO GILBERTO;
• DESAFIOS DA ESCOLA DOMINICAL- PR. LÉCIO DORNAS;
• REVISTA: ENSINADOR CRISTÃO;
• ENCICLOPÉDIA DA ESCOLA DOMINICAL.
CONCLUSÃO

• DIANTE DO EXPOSTO, QUE POSSAMOS TOMAR NOVOS CAMINHOS E ASSIM AS DEVIDAS POSTURAS
OBJETIVANDO A MELHORIA DAS NOSSAS AULAS, SUPERANDO NOSSOS OBSTÁCULOS E CAMINHANDO
PARA REALIZAÇÃO DE UMA MINISTRAÇÃO COM EXCELÊNCIA, CARREGANDO CONOSCO A
RESPONSABILIDADE DE EXERCER O NOSSO MAGISTÉRIO COM O DEVIDO ESMERO DO QUAL ELE É DIGNO.
(RM 12.7).
REFERÊNCIAS

• COELHO FILHO, Isaltino Gomes. Uma visão do processo de ensino na ebd: em busca de uma
metodologia funcional. 2008
• TULER, Marcos. Manual do professor da escola dominical. CPAD: Rio de Janeiro. 200
• HTTP://EBDNORONHA.BLOGSPOT.COM/2015/06/DINAMICA-DA-LICAO-01-QUEDA-JUVENIS.HTML
• HTTP://EUVOUPRAEBD.BLOGSPOT.COM/2015/07/DINAMICA-DA-LICAO-03-NATUREZA-E-
QUEDA.HTML#IXZZ3GKHXSLBB

Você também pode gostar