Você está na página 1de 31

MODULO 1:

AULA 1: ALIMENTOS QUE AUMENTAM A BARRIGA


PRIMEIRO: AÇÚCAR: onde tem açúcar? Todos os açúcares: mascavo, branco,
cristal, demerara, e os açúcares escondidos:
Sacarose: O tipo mais comum de açúcar, a sacarose é formada por uma
molécula de glicose (que é processada no pâncreas) e uma de frutose
(metabolizada no fígado).
FRUTOSE: O segundo tipo de açúcar mais encontrado, está presente nas frutas
e em diversos tipos de açúcares industrializados. Quando está na fruta in natura, é
o tipo de açúcar mais saudável que existe. No entanto, está presente também nos
sucos de fruta industrializados e no xarope de milho e, nesses casos, pode causar
resistência à insulina quando consumido em excesso.
MALTODEXTRINA: Esse é um tipo de açúcar com altíssimo índice glicêmico. Isso
quer dizer que é metabolizado de forma rápida, o que causa picos de insulina no
organismo e, então, problemas como ganho de peso e diabetes.
LACTOSE: Açúcar presente no leite e benéfico ao organismo, se consumido com
moderação. No entanto, deve ser evitado por quem tem intolerância à lactose.
DEXTROSE: É o mesmo que glicose, ou seja, a forma mais simples do açúcar.
Também causa picos de insulina no sangue, que pode levar a problemas
metabólicos.
XAROPE DE MILHO: É um líquido doce e pegajoso, feito a partir do amido de
milho e composto por glicose. É muito utilizado em confeitaria, para receitas de
bolos, caramelos, geleias, sorvetes, entre outras.
XAROPE DE MALTE: É um tipo de açúcar muito utilizado, especialmente nos
Estados Unidos, para produzir cervejas caseiras.
AÇÚCAR INVERTIDO: A sacarose é composta de glicose e frutose. Quando esse
açúcar é misturado com água, ocorre a hidrólise, que separa os dois componentes
e resulta no açúcar invertido. Ele é usado em bolos e biscoitos.
TRIGO:

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 2
Aula 2: VEJA COMO O AÇÚCAR ATUA NO ORGANISMO
FÍGADO: Armazena a glicose. O excesso retido é transformado em gordura, o
que resulta em ganho de peso, aumento de barriga, resistência à insulina e
colesterol.
PÂNCREAS: Órgão responsável por liberar insulina, em excesso também
favorece o ganho de peso.
DENTES: Bactérias se alimentam de açúcar e produzem ácido que destrói os
dentes, provocando cáries.
CÉREBRO: Na presença do açúcar, deflagra sinais nervosos e libera serotonina,
o hormônio do prazer, e causa dependência ao sabor doce.

ALIMENTOS SALGADOS QUE CONTÊM AÇÚCAR:

• AMENDOIM JAPONÊS
• CALDO DE CARNE INDUSTRIALIZADO
• CALDO DE GALINHA INDUSTRIALIZADO
• CAMARÃO EMPANADO CONGELADO
• KETCHUP
• ERVILHA EM CONSERVA
• FRANGO TEMPERADO CONGELADO
• LASANHA CONGELADA
• MACARRÃO INSTANTÂNEO
• MAIONESE
• MILHO EM CONSERVA
• MOLHO DE TOMATE INDUSTRIALIZADO
• MOLHO PARA SALADA INDUSTRIALIZADO
• MOLHO SHOYU
• MOSTARDA
• PATÊ DE PRESUNTO
• PEITO DE PERU DEFUMADO
• SALGADINHO DE QUEIJO
• SOPA PRONTA
• TORTA DE FRANGO CONGELADA

Para reduzir o consumo de açúcar não tem mistério: Comece analisando bem
os rótulos, evite acrescentar açúcar e adoçantes nas bebidas e prefira sempre
alimentos naturais ou preparados somente com ingredientes de qualidade e
certificados

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 3
MODULO 2:
AULA 1: ALIMENTOS FERMENTADOS OU QUE FERMENTAM NO INTESTINO

Dieta FODMAP para combater gases e má digestão


A dieta Fodmap é baseada na retirada de alimentos que são mal absorvidos e
sofrem fermentação pela flora intestinal, causando sintomas como má digestão,
excesso de gases, diarreia, inchaço abdominal, cólicas e prisão de ventre, sendo útil
especialmente em casos de síndrome do intestino irritável.
Alguns exemplos desses alimentos são cenoura, beterraba, maçã, manga,
massas e mel, mas os sintomas variam de uma pessoa para outra, devendo-se estar
atento para identificar qual alimento é a causa da má digestão.

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 4
Lista de alimentos FODMAP

Os alimentos Fodmap são sempre carboidratos e são classificados em 5 grupos,


como mostrado na tabela a seguir:

Tipo de Fodmap Alimentos Naturais


Alimentos industrializados
alimentos com xarope de milho,
néctar de agave e xarope de
maçã, pera, manga,
Monossacarídeos frutose: como mel artificial,
aspargos, cereja, melancia,
(frutose) biscoitos, refrigerantes,
sucos de fruta, ervilha
sucos prontos, geleias,
pó para bolos, etc.
Leite de vaca, leite de cabra, cream cheese, sorvete, iogurte e
Dissacarídeos (lactose) leite de ovelha, nata, queijo outros alimentos que contenham
ricota e cottage leite
Cebola, alho, alho-poró,
trigo, cuscuz, centeio, caqui,
farinha de trigo, massas em geral
lancia, chicória,
com trigo, bolos, biscoitos, ketchup,
Fruto-oligossacarídeos dente-de-leão, alcachofra,
maionese, mostarda, carnes
(fructans ou FOS) beterraba, aspargos,
processadas: como salsicha,
cenoura vermelha, quiabo,
nuggets, presunto e mortadela
chicória com folhas
vermelhas, couve
Lentilha, grão-de-bico,
Galacto-oligossacarídeos grãos enlatados, feijão, produtos que contenham esses
(GOS) ervilha, grãos integrais alimentos
de soja
maçã, damasco, pêssego,
Galacto-oligossacarídeos nectarina, pera, ameixa, adoçantes como xilitol, manitol,
(GOS) cereja, abacate, amora, sorbitol, produtos com glicerina
lichia, couve-flor, cogumelos

Assim, além de conhecer os alimentos naturalmente ricos em fodmaps, é


importante estar atento à lista de ingredientes dos alimentos industrializados, que
sempre está presente no rótulo dos alimentos.

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 5
Como fazer a Dieta Fodmap

Para fazer essa dieta, deve-se retirar os alimentos ricos em Fodmap por um
período de 6 a 8 semanas, estando atento para identificar melhoria nos sintomas
de desconforto intestinal. Caso não ocorra melhora nos sintomas, a dieta pode ser
interrompida após as 8 semanas e deve-se buscar um novo tratamento.
Caso os sintomas melhorem, após as 8 semanas deve-se reintroduzir os
alimentos lentamente, começando por 1 grupo de cada vez. Por exemplo, inicia-se
introduzindo as frutas ricas em Fodmaps, como maçã, pera e melancia, observando
se os sintomas intestinais reaparecem.
Essa reintrodução lenta dos alimentos é importante para que seja possível
identificar os alimentos que causam mal-estar abdominal, os quais deverão sempre
ser consumidos apenas em pequenas quantidades, não fazendo parte da rotina
alimentar normal.

AULA 2: OUTRAS FORMAS PARA ELIMINAR GASES

Existem várias formas de eliminar os gases intestinais presos, porém uma das
mais simples e práticas consiste em tomar um chá de funcho com erva-cidreira,
erva-doce e caminhar durante alguns minutos, pois desta forma é possível
estimular o funcionamento do intestino, eliminando os gases de forma natural,
enquanto caminha.

Nos casos em que não é possível eliminar os gases apenas com o uso deste chá,
pode ser necessário utilizar massagens abdominais para evitar o acúmulo excessivo
de gases que pode provocar dores muito agudas, que podem até ser confundidas
com infarto.

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 6
Algumas excelentes estratégias para eliminar os gases presos são:

1. Pressionar o abdômen para soltar gases:


Para se livrar rapidamente dos gases intestinais uma boa forma consiste em
comprimir o abdômen. Para isso, deve-se deitar de barriga para cima e dobrar os
joelhos em cima da barriga, pressionando, como mostra a imagem abaixo. Esta
também é uma ótima opção para eliminar gases em bebês e crianças, pois não
apresenta qualquer tipo de risco para saúde.

2. Fazer uma massagem para soltar gases:


Outra alternativa muito eficiente é fazer uma massagem abdominal, com
movimentos circulares suaves, na direção de cima para baixo, como se estivesse
empurrando os gases para fora do corpo, seguindo a direção das setas que mostra
a segunda imagem.

3. Tomar chás contra gases:


Tomar o chá de erva-cidreira com funcho ao longo do dia, também é uma boa
opção porque ele possui propriedade antiespasmódica que, além de eliminar os
gases, ajuda a diminuir a dor em forma de pontada na região abdominal. Além
disso, a água presente no chá ajuda a hidratar o bolo fecal, o que contribui para
soltar o intestino. O chá de carqueja também é uma boa opção, assim como o de
gengibre. Veja como preparar cada receita e mais exemplos de remédios caseiros
para gases.

4. Tomar suco laxante para soltar o intestino:


Tomar um copo de suco de mamão com iogurte natural, ameixa e aveia, pela
manhã é uma boa estratégia para começar bem o dia, e conseguir combater o
intestino preso. Basta preparar o suco batendo os ingredientes no liquidificador e
tomar a seguir, sem adoçar.

Suco verde:
1 limão verde
3 folhas de couve
1 col. De chá de gengibre ralado
1 copo de agua
3 folhas de hortelã
1 fatia de mamão papaia ou ameixa seca 2 a 3 unidades.
Bater e coa.
Depois coloca o psyllium
1 col. De sopa rasa de psyllium. Ou chia: 2 col. De chá.

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 7
Se mesmo ao seguir estas orientações, ainda se continuar com gases presos
pode-se fazer um clister em casa para eliminar as fezes e juntamente os gases. Para
isso deve-se comprar óleo de coco e comprar forminhas de gelo em forma de
palito. Derrame o óleo na forma e coloque congelar. A noite introduza um
supositório pelo ânus e deite, que depois de alguns minutos poderá já provocar a
eliminação de uma grande quantidade de fezes, o que limpa o intestino e elimina
completamente os gases presos, trazendo alívio dos sintomas de forma rápida e
eficiente. Em alguns casos só será eliminado de pela manhã.

COMO ELIMINAR OS GASES NA GRAVIDEZ:

O acúmulo de gases associado à prisão de ventre é uma situação comum no


final da gravidez. Nesse caso, o que a grávida pode fazer, além das técnicas
indicadas anteriormente, é fazer um micro clister em casa. Além disso, praticar
exercícios leves e optar pelo consumo de frutas laxantes também é uma ótima
opção para eliminar os gases e acabar com as dores que eles provocam.
Comer uma menor quantidade de alimentos de cada vez, e sempre preferir
tomar 1 limão espremido em 1 copo de água muito quente antes das 3 principais
refeições além de diminuir muito o apetite ajuda a alcalinizar o sangue. Essa pode
ser uma boa estratégia para consumir menos açúcares e carboidratos.
Manter o corpo ativo, praticando exercícios diariamente, ou pelo menos, 3
vezes por semana, e mantendo atividades que promovem a contração muscular,
como jardinagem pode ser uma boa solução para evitar ficar muito tempo parada,
somente sentada ou deitada, porque isso também prejudica a digestão e favorece
o acumulo de gases.

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 8
AULA 3: O QUE PODE CAUSAR GASES EM EXCESSO
Os gases são constantemente produzidos e naturalmente eliminados, mas,
quando há o consumo de alimentos que causam gases e prisão de ventre ao mesmo
tempo, eles podem se acumular no intestino, deixando a barriga dura, inchada,
causando desconforto e distensão abdominal. Quando isso acontece, deve-se
evitar comer alimentos que causam gases e investir nos que sejam ricos em fibras,
além de beber bastante água para facilitar a eliminação das fezes e,
consequentemente, os gases.

OS GASES INTESTINAIS SÃO PRODUZIDOS EM MAIOR QUANTIDADE NAS


SEGUINTES SITUAÇÕES:

Má mastigação:
Quando os alimentos ainda não foram totalmente digeridos e acabam
fermentando por mais tempo no tubo digestivo, o que é diretamente influenciado
pelas bactérias que povoam naturalmente o trato intestinal do indivíduo. Comer
mais carboidratos do que o habitual, como pode acontecer depois de ir num rodízio
de pizza ou de massas, pode provocar o aumento dos gases intestinais e causar dor
em forma de pontada no abdômen e deixar a barriga distendida.

Prisão de ventre:
Se a pessoa sofre com prisão de ventre, as fezes endurecidas podem piorar o
quadro, porque bloqueiam a saída dos gases. Dessa forma o ideal é conseguir
empurrar as fezes para fora o quanto antes e eliminar as bolhas de gases que ainda
estão dentro do intestino. Remédios, chás e alimentos ricos em fibras e água
podem ser usados, mas em alguns casos, um clister ou lavagem intestinal pode ser
uma boa solução.

Excesso de fibras e pouca água:


Comer mais fibras na alimentação é bom mas para que ela cumpra seu objetivo
e facilitar a eliminação das fezes, é necessário beber bastante água, para que o bolo
fecal fique mais macio e possa deslizar com facilidade pelo intestino. Comer muita
fibra, mas não ingerir líquidos de forma suficiente, faz com que os alimentos
permaneçam mais tempo no intestino, tendo mais tempo para fermentar,
formando mais gases e desconforto abdominal. Alguns exemplos de alimentos
ricos em fibra são mamão, aveia, cereais integrais, frutas com casca, legumes e
verduras.

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 9
CERTAS DOENÇAS:

Situações como Doença celíaca, síndrome do intestino irritável, intolerância à


lactose, sensibilidade ao glúten, ou ao leite, hipotireoidismo e outras alterações
intestinais também podem causar distensão abdominal e excesso de gases. Essas
alterações podem ser diagnosticadas em qualquer fase da vida, e por isso uma
consulta médica com um gastroenterologista pode ser útil, quando o excesso de
gases é frequente e incomoda as atividades diárias. Testes e exames podem ser
solicitados para avaliar os hábitos e a saúde do trato digestório, mas uma consulta
com um nutricionista também pode ser útil para saber como adequar a
alimentação em cada fase da vida.

COMO SABER SE TENHO GASES EM EXCESSO?

O corpo está constantemente produzindo gases, que são naturalmente


eliminados ao sentar no vaso sanitário para urinar ou defecar, e ao caminhar ou
contrair o abdômen. Na maioria das vezes os gases não têm um cheiro muito forte,
e é normal soltar gases, cerca de 20 vezes, por dia. O que pode caracterizar um
excesso de gases é a frequência com que eles são eliminados e o cheiro mais
intenso, que podem indicar que a saúde intestinal não é adequada e precisa de
uma avaliação médica.

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 10
AULA 4: OUTROS ALIMENTOS QUE DÃO GASES
A lista dos vegetais crucíferos é composta pelos seguintes alimentos:

• Rúcula;
• Brócolis;
• Couve de Bruxelas;
• Couve-flor;
• Repolho;
• Couve chinesa;
• Couve-galega;

• FERMENTO QUÍMICO OU BIOLÓGICO

• LEGUMINOSAS: As leguminosas são grãos de vagens e alimentos muito


nutritivos. As leguminosas mais conhecidas são: o feijão, a lentilha, a
ervilha, a fava, o grão de bico e a soja. O feijão é um alimento usado
desde há muito tempo pelos povos astecas, maias e incas.

• TRIGO E CEVADA

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 11
MODULO 3: INTESTINO PRESO
Diminuição da motilidade intestinal é a principal causa, para acelerar:

1. Suco verde:
• Três folhas grandes de couve folha
• Uma maçã com casca
• Um limão espremido
• Três ou quatro folhas de hortelã
• Um copo grande de água

2. Kombu chá: iodo + colágeno: 2 col. De sopa da alga kombu picada ou um


pedaço de 15 cm por 10 cm + 1 copo de agua por 35 minutos em fogo baixo + 1 col.
De sopa de gengibre ralado. Bater no liquidificador com limão e tomar.
3. HCL: limão: o suco de 1 limão taiti após café, almoço e jantar.
4. Enzimas: abacaxi e papaia: papaia de manhã em jejum. Abacaxi 1 a 2 fatias
após almoço e jantar.
5. Psillium: 1 colher de chá em 1 copo de água. Antes das refeições.
6. Lactobacillus Reuteri: 5 bilhões por caps/ por dia: ao deitar.

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 12
MODULO 4: DEFICIÊNCIA HORMONAL
• Testosterona:
Tribulus terrestris: 500mg a 1000mg por dia + maca peruana: 500mg por dia +
mucuna pruriens: 400mg por dia + avena sativa: 50mg + Saw Palmetto: 50mg.

• Cortisol alto:
Stress: passiflora + melissa + L-triptofano: 500mg + B6: 50mg + Mg quelato:
100mg + vitamina C: 200mg.
Cloreto de magnésio: 1 saquinho de 33gramas em 1 litro de água, beber
durante o dia.

• GH:
Não comer carbo antes de dormir e depois dos exercícios. Aumenta a Insulina.

• Resistência à Insulina:
Excesso de carbos + açúcares.

• T3: LIVRE. Deve estar no quartil superior da faixa, para seu metabolismo
estar queimando gordura.

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 13
MODULO 5: CONTRAÇÃO ABDOMINAL E POSTURA
TÉCNICA

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 14
MODULO 6: VISUALIZAÇÃO

Modulação das respostas


musculares evocadas
pela estimulação
magnética transcraniana
durante a aquisição de
novas habilidades
motoras finas.

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 15
Seu cérebro distingue real de imaginário? Publicado em 30 de outubro de 2014
por David R. Hamilton PhD estudo do piano. Foram feitos scans do cérebro. As
digitalizações são de uma das minhas peças favoritas de pesquisa. Os voluntários
foram convidados a tocar uma seqüência simples de notas de piano (um acorde) a
cada dia durante cinco dias consecutivos. Seus cérebros eram escaneados todos os
dias na região conectada aos músculos dos dedos. Outro grupo de voluntários foi
solicitado a imaginar que as notas fossem tocadas, também tendo seus cérebros
escaneados a cada dia. As duas primeiras linhas da imagem mostram as mudanças
no cérebro daqueles que tocaram as notas. As duas filas intermediárias mostram
as mudanças naquelas que simplesmente imaginaram tocar as notas. Compare isso
com as duas linhas inferiores mostrando as regiões do cérebro do grupo de
controle, que não tocaram, nem imaginaram tocar piano.
Você pode ver claramente que as mudanças no cérebro em quem imaginou
tocar piano são as mesmas daquelas que tocaram piano. Realmente, seu cérebro
não distingue real de imaginário! É bem óbvio quando você pensa sobre isso. A
resposta ao estresse evoluiu nos seres humanos para nos dar a capacidade de lutar
ou fugir quando confrontados com o perigo. Produtos químicos, incluindo cortisol
e adrenalina, ajudam a impulsionar o corpo, empurrando o sangue para os
músculos principais para lhe dar força. Mas a mesma resposta ao estresse entra em
ação quando você imagina o perigo, produzindo também cortisol e adrenalina e

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 16
empurrando o sangue pelo corpo. A mesma química é produzida
independentemente de o perigo ser real ou imaginário. O que tudo isso significa na
vida real? Isso significa que o que você imagina estar acontecendo está realmente
acontecendo no que diz respeito ao seu cérebro. No começo deste ano, falei em
uma conferência corporativa, algo que gosto de fazer ao compartilhar a ciência que
dá credibilidade extra às estratégias de auto-aperfeiçoamento. Sally Gunnell falou
primeiro. Ela ganhou a medalha de ouro olímpica de 1992 nos 400m com barreiras.
Sally explicou que ganhar o ouro era 70% mental. Depois de não ganhar no
campeonato mundial de 1991, ela começou a praticar a visualização. Ela fazia isso
todos os dias, imaginando sprinting (correndo), hurdling (barreiras), e até mesmo
ter a força para segurar na reta em casa. Visualizando assim, seu cérebro teria
sofrido mudanças que melhoraram seus músculos, dando a seu corpo a capacidade
de fazer o que estava imaginando. Você pode aplicar a mesma técnica em sua
própria vida para melhorar sua habilidade em esportes e até mesmo em
reabilitação após uma doença ou lesão, se necessário. Vários estudos sobre
pacientes com AVC, por exemplo, mostraram que a visualização acelera a
recuperação. Mesmo se você imaginar comer, o cérebro pensa que você está
comendo e há evidências que sugerem que ele ativará os sinais "Estou cheio"
depois. Em um experimento simples, os cientistas mostraram que, se uma pessoa
imaginasse comer, se imaginasse as sensações completas de mastigação e
deglutição tão claramente quanto pudesse, teria menos apetite por mais comida
depois, assim como o mesmo aconteceria se você tivesse realmente comido. Isto
tem implicações óbvias para estratégias de perda de peso.
Pessoas de todo o mundo também usam a visualização para se imaginarem
curadas ou curadas de doenças e enfermidades. A estratégia envolve se concentrar
em bem-estar, em vez de doença. Você pode até usar a visualização para lhe dar
confiança extra. Você pode se imaginar em uma situação em que normalmente
estaria faltando, mas veja-se agindo com confiança, transmitindo a linguagem
corporal da confiança. Seja o que for que você aplique a visualização, você tem mais
capacidade de moldar seus circuitos cerebrais e a fisiologia e saúde do seu corpo
do que a maioria das pessoas pensam.

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 17
ebook Barriga Magra
Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 18
Tudo na Mente

Os experimentos de Pavlov, nos quais os cães salivam em antecipação à


comida, refletem nossa própria experiência imaginada; isto é, pensar no consumo
futuro de chocolate aumenta nosso desejo por ele e nossa motivação para obtê-
lo. Depois de várias mordidas, no entanto, nosso apetite geralmente diminui e a
oferta de uma segunda barra é menos atraente do que a primeira. Morewedge et
al. (p. 1530 ) mostram que a diminuição da resposta hedônica também pode ser
induzida por ter imaginado comer a primeira barra de chocolate. Em comparações
de sujeitos que imaginaram o consumo repetitivo de doces ou queijos, eles
observaram uma queda específica na quantidade consumida quando os
participantes foram realmente oferecidos os alimentos previamente imaginados
para comer.
O condicionamento clássico (ou condicionamento pavloviano
ou condicionamento respondente) é um processo que descreve a gênese e a
modificação de alguns comportamentos com base nos efeitos do
binômio estímulo-resposta sobre o sistema nervoso central dos seres vivos. O
termo condicionamento clássico encontra-se historicamente vinculado a Ivan
Pavlov (1849-1936)

Experimento de Pavlov

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 19
Abstrato

O consumo de um alimento tipicamente leva a uma diminuição em sua ingestão


subsequente por meio da habituação - uma diminuição na capacidade de resposta
à comida e motivação para obtê-la. Demonstramos que a habituação a um item
alimentar pode ocorrer mesmo quando seu consumo é meramente
imaginado. Cinco experimentos mostraram que as pessoas que repetidamente
imaginaram comer um alimento (como queijo) muitas vezes consumiram menos
alimentos imaginários do que as pessoas que repetidamente imaginaram comer
aquela comida menos vezes, imaginaram comer um alimento diferente (como
doce), ou fizeram Não imagine comer uma comida. Eles o fizeram porque
desejavam comê-lo menos, não porque o considerassem menos palatável. Esses
resultados sugerem que apenas a representação mental pode gerar habituação a
um estímulo.
A neurociência tem provado que o cérebro tem o que se chama de
neuroplasticidade, ou seja, é possível criar novos caminhos neuronais. Isso quer
dizer que podemos treinar a nossa mente e direcionar os nossos pensamentos para
ativar determinadas áreas do cérebro, despertar a capacidade de pensar de
maneira diferente, colocar nosso corpo sob o comando de uma nova mente,
desenvolver nossa capacidade criativa a serviço da reeducação do nosso cérebro.
Assim como também podemos silenciar outros caminhos neurais sabotadores. Um
estudo daWashington University School of Medicine constatou que pessoas bem-
sucedidas têm as áreas do cérebro da motivação, perseverança e confiança
ativadas. Outro estudo da Universidade de Michigan mostrou que pessoas

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 20
vencedoras tem a habilidade de focar a atenção no que estão fazendo e na meta a
ser conquistada. Essas pessoas têm áreas do cérebro mais ativadas do que outras,
como por exemplo o córtex anterior ativo. Essa região funciona como um alarme
que avisa ao cérebro quando estamos nos distanciando do objetivo no qual
estamos focados.
A mente “molda” o cérebro. Uma pesquisa com voluntários que treinaram uma
sequência simples de uma música no piano evidenciou um aumento da área
cerebral responsável por esse tipo de aprendizado. Interessante, mas até aí, qual a
novidade? A surpresa foi que o outro grupo de voluntários que tinham apenas que
“imaginar” a mesma sequência da música também tiveram a mesma área do
cérebro estimulada sem, no entanto, terem praticado no piano. Esses resultados
foram evidenciados através da análise por ressonância nuclear magnética
funcional, que mostrou o mesmo estímulo cerebral tanto no grupo que treinou no
piano quanto no que apenas imaginou. Ou seja, parece que é indiferente se você
fez ou pensou estar fazendo, pois, os circuitos neurais são ativados igualmente.

COMUNICAÇÃO MENTE-CORPO

Realidade e Imaginação, o cérebro não consegue diferenciar realidade de


imaginação. Quando entramos em contato com o mundo externo, tornando real
aquele momento em nossa percepção ocorre a cisão sujeito/objeto, ou seja,
percebo a realidade-objeto separado da minha consciência ao mesmo tempo que
guardo a sensação de ser o sujeito observando. Estamos a todo instante
mensurando as coisas ao nosso redor. A consciência utiliza a interface cerebral a
disposição para identificar-se com o cérebro em cada mensuração quântica
realizada.
Estímulos diversos chegam ao cérebro dando oportunidade para co-criarmos a
realidade. Esses estímulos necessitam da luz refletida sobre os objetos para que
haja a percepção do mesmo armazenando-os para posterior aprendizado, ou seja,
a memória. Há uma região cerebral, determinada pelas avaliações dinâmicas de
mapeamento cerebral, denominada hipocampo com plena atividade nesse
processo. Essa área do hipocampo recebe as primeiras impressões dos estímulos
externos e guarda uma interconexão bem próxima com o córtex cerebral
responsável pelas atividades somestésicas e motoras, que determinam nossas
ações.

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 21
As informações advindas das diversas interações sociais que o ser humano
vivência em seu dia a dia alimentam o córtex cerebral e o hipocampo. Uma
palavra mal interpretada, uma dúvida sobre sua conduta pessoal, um vizinho que
chega e não lhe cumprimenta, um chefe com extrema soberba disfere ordens e
mais ordens, contas que chegam e dinheiro que falta para pagá-las, a indiferença
das pessoas que o cercam, a violência verbal e não verbal do transito das cidades
hodiernas, a impaciência dos transeuntes, as palavras e gestos impensados contra
as pessoas que amamos diante de uma contrariedade, irritabilidade no
comportamento diário, preocupações diversas no setor familiar como a educação
dos filhos, ou seja, o viver de cada um de nós no dia a dia.
Esses contatos e interações sociais alimentam nosso psiquismo e nosso
cérebro. Todas essas impressões e vibrações vivenciadas pelo ser humano requer
uma gama de energias que qualificam cada experiência. Nossas células nervosas
estimuladas por todo esse conteúdo vibracional dessas experiências fazem tocar
um acorde especifico em nosso corpo, utilizando-se de moléculas especificas
chamadas de substâncias informacionais: hormônios, neurotransmissores,
peptídeos, etc. Essas substâncias, por sua vez, estimulam o núcleo da célula a
produzirem, por intermédio do DNA, o RNA mensageiro que irá até o citoplasma
para sintetizar a proteína especifica para a finalidade em questão. Chegamos assim
em uma comunicação entre mente-corpo-gene.

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 22
O estímulo percorre então este percurso estabelecendo uma comunicação
entre mente e cérebro (mente-cérebro), depois continua a comunicação entre
cérebro e corpo (cérebro-corpo) que por fim chega à célula que se comunica com
o gene (célula-gene). Os trabalhos de neurocientistas mostram que o tempo para
o estimulo percorrer o percurso mente-cérebro, cérebro-corpo e célula-gene leva
cerca de 120minutos e que o tempo da informação percorrer célula-gene dura
cerca de 20 minutos.
A mente, através de nossos pensamentos, estimula o cérebro que se comunica
com o corpo que atua na célula e chega nos genes estimulando-os a produzirem
suas proteínas especificas para exercerem suas funções específicas.

CONCLUSÃO:
Meditação, contemplação, oração, sono reparador, terapias energéticas,
exercícios físicos relaxantes e a medicina funcional ganham um novo aliado em
busca da compreensão da saúde. Tranquilizar a mente, serenidade, calma,
benevolência, caridade, gratidão, perdão, humildade, equilíbrio, fraternidade,
indulgência, esperança, compreensão, valores diversos esquecidos ou
adormecidos, irão fazer tocar um acorde diferente, onde essas informações, agora
com um novo teor vibracional, chegarão até as células fazendo-as produzirem as
proteínas adequadas para funções adequadas promovendo nossa saúde. Agora,
como aprender a ter os estímulos corretor para a auto-cura de modo que eles
atuem em nossos genes?

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 23
Publicado em 23 de novembro de 2012 por David R. Hamilton PhD: Mulher em
balanças sendo pesadas.
Quando eu estava compilando histórias sobre visualização há alguns anos, uma
mulher enviou seu uso de visualização para perder peso. Ela começou a imaginar
seres do tipo pac man comendo todas as células de gordura das partes que ela
queria perder peso. Ela estava fazendo isso cinco vezes por dia. Ela começou a
perder peso, mas depois enfrentou um dilema. Ela disse: "A primeira parte do
corpo feminino a descer durante a perda de peso são os seios." Ela não queria isso.
Ela sempre foi orgulhosa nessa arena. Então, ela adaptou sua visualização para que,
quando os pac homens estivessem cheios, em vez de apenas explodirem, eles
percorressem o caminho e depositassem a gordura em seus seios. Parecia
funcionar mágica. Após 5 meses ela caiu 21 libras em peso e ganhou meio copo. Ela
disse: "É maravilhoso". E surpreendentemente, ela disse, ela não tinha nenhum
desejo por chocolate e outras coisas que ela estava comendo tanto.
Em um seminário na Suécia que eu ensinei, algumas das senhoras estavam
rindo com entusiasmo durante a sessão de abertura. Durante o feedback do grupo
sobre suas visualizações, perguntei o que tinha sido tão engraçado. Um deles disse
que eles criaram a MELHOR EVER visualização de perda de peso. Agora eu estava
intrigado, assim como o resto do grupo
Eles compartilhavam que se imaginavam como pirulitos e Brad Pitt os lambia.
E como ele fez, eles ficaram menores e menores. Eu vou deixar isso para a sua
imaginação! De muitas maneiras, o cérebro não faz distinção entre real e
imaginário. Se visualizarmos algo acontecendo, então o cérebro pode processá-lo

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 24
de algumas maneiras, como se estivesse realmente acontecendo. Claro, você não
vai se transformar em um pirulito, no caso de você estar pensando em
experimentar essa visualização, mas o simbolismo do volume de gordura ficando
menor e menor e menor é o que o cérebro pode processar como real. Eu me
deparei com muitas pessoas que usaram a visualização como parte de sua
estratégia de perda de peso. Parte da razão pela qual isso funciona, acredito, é que
o cérebro é levado a pensar que a gordura está diminuindo e assim altera
sutilmente nosso comportamento, desejos, motivação, assim como, talvez, até
mesmo como o corpo armazena gordura e onde está armazenado. Pesquisadores
da Universidade Carnegie Mellon podem ter uma outra nova maneira de usar a
visualização para controlar o peso. Eles pediram aos voluntários para imaginarem
comer antes de realmente comerem. O estudo envolveu 51 pessoas que foram
convidadas a imaginar comer 3 ou 30 unidades de um determinado alimento. A
comida em um de seus experimentos foi M & Ms. Um grupo de voluntários teve
que imaginar comer 3 M & Ms e eles também tiveram que imaginar colocar 30
moedas em uma máquina de lavar roupas. Outro grupo de voluntários teve que
fazer o contrário. Eles imaginaram comer 30 M & Ms, mas imaginaram colocar
apenas 3 moedas na máquina. Um terceiro grupo de voluntários imaginou colocar
33 moedas na máquina. A razão para as moedas em uma máquina foi porque os
músculos usados são semelhantes a levantar comida em sua boca e era importante
que todos os voluntários imaginassem o mesmo número de movimentos da mão.
Depois de fazer isso, eles foram convidados a comer alguns M & Ms de uma
tigela em preparação para o que lhes disseram que seria um "teste de sabor". Mas
não foi realmente um teste de sabor. Foi realmente para que os experimentadores
pudessem gravar secretamente quantos M & Ms eles comiam. Incrivelmente, eles
descobriram que aqueles que imaginavam comer mais M & Ms (30) comiam muito
menos da tigela do que os outros dois grupos. A conclusão do estudo foi que
imaginar comer os M & Ms suprime o apetite para comer mais deles, como se
tivéssemos comido fisicamente. Isso meio que faz sentido. É quase como se o
cérebro pensasse: "Ok, já tive o bastante. Estou cheio ", mesmo que a pessoa não
tenha realmente comido nada. Isso é conhecido como habituação.
Conforme comemos mais, depois de um certo ponto nosso apetite diminui,
caso contrário, continuamos a comer. É incrível que a mesma coisa aconteça
quando apenas imaginamos comer. Assim, se uma pessoa realmente imagina o
processo completo de comer - isto é, mastigar e engolir repetidamente a comida -
ela produz um efeito similar no cérebro para realmente comer a comida. Para o
cérebro, a diferença entre real e imaginário é uma linha fina. De fato, nas palavras
de Carey Morewedge, professor assistente da Carnegie Mellon University que
liderou o estudo, “a diferença entre imaginar e experimentar pode ser menor do
que se supunha anteriormente”. Pode ser que possamos imaginar comer uma
refeição, morder por mordida, antes de comer e, em seguida, descobrir que não
temos vontade de comer tanto e, portanto, a perda de peso é um efeito colateral
ebook Barriga Magra
Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 25
natural. Entretanto, a pesquisa ainda está em sua infância e ainda não há dados
sobre se a imaginação de comer afeta qualquer outro sistema do corpo, como o
açúcar no sangue, por exemplo, ou mesmo se nos faz comer muito menos do que
o corpo precisa. Há muitas perguntas ainda não respondidas, então aconselho a
não comer antes de comer sem primeiro falar com seu médico. Eu acho que isso é
apenas sensato. Em caso de dúvida, mostre-lhe este artigo. Mas certamente nos
mostra outro uso poderoso da mente. É certamente algo para se pensar ... ou
imaginar.

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 26
BÔNUS EXTRAS: NUTRIENTES COADJUVANTES
SUPLEMENTOS: Todos os nutrientes são necessária prescrição de um
nutricionista ou médico. Procure um profissional capacitado para obter as
fórmulas abaixo ou a suplementação conforme a avaliação do profissional.
Não me responsabilizo quanto a prescrição, efeitos, pois as fórmulas abaixo,
são sugestões para prescrição profissional e acompanhamento do mesmo. Ele
irá dizer quanto deve suplementar e por quanto tempo.

Sugestões de suplementos para a prescrição profissional conforme


diagnóstico e avaliação clínica e laboratorial do médico ou nutricionista:

FORMULA MODULADORA DE INSULINA

Composição de vitaminas, minerais e nutrientes que agem em conjunto para


atenuar a resposta glicêmica pós-prandial e a hiperglicemia de jejum por melhorar
a secreção e sensibilidade à insulina.

Cromo (Albion®) - 200 mcg Vanádio (quelado) - 100 mcg


Tocofemax (mix de tocoferóis) - 100 UI Zindo (Albion®) - 20 mcgManganês
(Albion®) - 5 mg
Magnésio (quelado) - 200 mg Ácido alfa-lipoico (quelado) - 200 mg
Gymnena silvestre (extrato 70% ácido Pomegranate
gimnêmico) - 100 mg (40% ácido elágico) - 150 mg
Green tea (95% polifenóis) - 200 mg

Sugestão posológica: tomar 1 dose, 2 vezes ao dia. Associar 3 cápsulas de


Super Ômega 3 TG Essential.

FÓRMULA FITOTERÁPICA MODULADORA DE GLICEMIA

Composição de fitoterápicos que agem em conjunto para atenuar a resposta


glicêmica pós-prandial e a hiperglicemia de jejum por melhorar a secreção e
sensibilidade à insulina.

Silimarina Gynostemma pentaphyllum


(extrato silibi 70%) - 200 mg (80% gypenosides) - 100 mg
Gymnena silvestre Pomegranate

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 27
(70% ácido gimnêmico) - 200 mg (40% ácido elágico) - 100 mg
Green tea
(95% polifenóis) - 200 mg

Sugestão posológica: Tomar 1 dose, 2 vezes por dia.

FÓRMULA MEGA PROBIÓTICOS

Fórmula com maior concentração de lactobacilos por dose para situações de


disbiose mais intensa. Associamos o FOS - um oligossacarídeo de origem vegetal
com ação prebiótica. Sua associação com os probióticos potencializa a eficácia
dos mesmos, pois aumenta sua replicação.

Lactobacillus Lactobacillus
Acidophillus - 5 x 109 UFC bulgaricus - 5 x 109 UFC
Lactobacillus Bifidobacterium
rhamnosus - 5 x 109 UFC bifidum - 5 x 109 UFC
Bifidobacterium Lactobacillus reuteri: 5 x 109 UFC
longum - 5 x 109 UFC FOS - 500 mg

Sugestão posológica: tomar 1 dose ao dia.

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 28
FÓRMULA PARA CONSTIPAÇÃO

Fornece uma mistura de fibras solúveis e insolúveis na razão adequada para


atuar na constipação de forma suave e sem causar irritação ao intestino. A
fórmula possui fibras que absorvem água no cólon, agindo como emoliente e
facilitando a passagem das fezes. A ótima fonte de fibras insolúveis aumenta o
volume das vezes e estimula naturalmente os movimentos peristálticos do
intestino.

Psyllium - 3 g Inulina - 1 g
Fibra de bambu - 2 g Base shake qsp - 1 dose

Sugestão posológica: misturar 1 dose em 1 copo d’água ou suco e tomar


imediatamente após o preparo, 2 vezes ao dia. Sugere-se também adicionar a
alimentos como iogurte, salada de frutas, cereais, smoothies e sopas.

POOL DE ENZIMAS DIGESTIVAS

Possui um blend rico de enzimas que atuam no processo de assimilação da


digestão, permitindo digerir os alimentos, absorver os nutrientes, eliminando
problemas de dispepsia. Possui as enzimas necessárias para metabolização de
carboidratos, proteínas e gorduras ao longo do trato gastrointestinal. Possui as
enzimas proteolíticas papaína, com anti-inflamatória, e a bromelina que também
atua como um anti-inflamatório, além de possuir propriedade antiedema.

Protease - 60 mg Alfa-amilase - 40 mg
Lipase - 30 mg Pancreatina - 100 mg
Pepsina - 50 mg Papaína - 50 mg
Bromelina - 100 mg

Sugestão posológica: tomar 1 a 3 cápsulas após as 2 principais refeições do


dia.

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 29
Aqui está a foto que gerou polêmica quando postei nos meus stories. Me
perguntaram o que eu fazia para manter o corpo e não ter barriga. Quando contei
que não fazia exercícios, a curiosidade aumentou, então foi dessa brincadeira que
resolvi revelar meus segredos.

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 30
Aqui está a foto da minha mãe com 65 anos e sem barriga.

ebook Barriga Magra


Copyright © 2019 by Gladia Bernardi. Todos os direitos desta edição são reservados ao Health Coaching International Institute 31

Você também pode gostar