Você está na página 1de 48

US8358467B2 - Durable anti-reflection

coatings - Patentes do Google


Revestimentos anti-reflexo duráveis baixar PDF

Info
Número de publicação
US8358467B2
US8358467B2 US13247334 US201113247334A US8358467B2 US 8358467
B2 US8358467 B2 EUA 8358467B2 US 13247334 US13247334 US 13247334 US
201113247334 AUS201113247334 A US 201113247334A US 8358467
B2 US8358467 B2 US 8358467B2
Autoridade
NOS
Conceder status
Conceder
Tipo de patente
Palavras-chave da arte anterior
Revestimento
camada de revestimento
índice de refração
camada
sílica
Data da arte prévia
2009-10-09
Status jurídico (o status legal é uma suposição e não é uma conclusão legal. O Google
não realizou uma análise legal e não faz nenhuma representação quanto à precisão do
status listado.)
Ativo
Número de aplicação
US13247334
Outras versões
US20120019915A1 ( pt) )
Inventor
Yan Yan
Anand Kaygee
Satyabrata Raychaudhuri
Destinatário atual (os destinatários listados podem ser imprecisos. O Google não
realizou uma análise jurídica e não faz nenhuma representação ou garantia quanto à
precisão da lista.)
Yazaki Corp
Responsável Original
Yazaki Corp
Data de prioridade (a data de prioridade é uma suposição e não é uma conclusão legal.
O Google não realizou uma análise legal e não faz nenhuma representação quanto à
precisão da data listada.)
2009-10-09
Data para arquivamento
2011-09-28
Data de publicação
2013-01-22
Data de concessão
2013-01-22

Links
 USPTO
 Atribuição de USPTO
 Espacenet
 Dossiê Global
 Discutir

Imagens


Classificações

o G - FÍSICA
o G02 - ÓTICA
o G02B - ELEMENTOS ÓPTICOS , SISTEMAS OU APARELHOS
o G02B1 / 00 - Elementos ópticos caracterizados pelo material de que são
feitos
o G02B1 / 10 - Revestimentos ópticos produzidos por aplicação ou
tratamento de superfície de elementos ópticos
o G02B1 / 11 - Revestimentos anti-reflexo
o G02B1 / 111 - Revestimentos anti-reflexo usando camadas
compreendendo materiais orgânicos

o B - EXECUÇÃO DE OPERAÇÕES; TRANSPORTE
o B32 - PRODUTOS LAYERED
o B32B - PRODUTOS LAYERADOS, POR EXEMPLO : PRODUTOS
DE CONSTRUÇÃO DE STRATA DE PLANO OU NÃO PLANO, POR
EXEMPLO , CELULAR OU FAVO DE MEL
o B32B33 / 00 - Produtos em camadas caracterizados por propriedades
particulares ou características particulares da superfície, por exemplo,
revestimentos de superfície específicos; Produtos em camadas
concebidos para fins específicos não abrangidos por outra classe única

o C - QUÍMICA; METALURGIA
o C03 - VIDRO; MINERAL OU SLAG WOOL
o C03C - COMPOSIÇÃO QUÍMICA DE VIDROS, VIDRAÇAS OU
ESMALTES VITREOSOS; TRATAMENTO DE SUPERFÍCIE DO
VIDRO; TRATAMENTO SUPERFICIAL DE FIBRAS OU
FILAMENTOS DE VIDRO, MINERAIS OU SÉRIES; JUNTANDO
VIDRO A VIDRO OU OUTROS MATERIAIS
o C03C17 / 00 - Tratamento de superfície de vidro, não sob a forma de
fibras ou filamentos, por revestimento
o C03C17 / 34 - Tratamento de superfície de vidro, não na forma de fibras
ou filamentos, revestindo pelo menos dois revestimentos com diferentes
composições
o C03C17 / 42 - Tratamento de superfície de vidro, não na forma de fibras
ou filamentos, revestindo pelo menos dois revestimentos com diferentes
composições pelo menos um revestimento de um material orgânico e
pelo menos um revestimento não metálico

o C - QUÍMICA; METALURGIA
o C08 - COMPOSTOS MACROMOLECULARES ORGÂNICOS; SUA
PREPARAÇÃO OU TRABALHO QUÍMICO; COMPOSIÇÕES
BASEADAS NESTE
o C08J - TRABALHO; PROCESSOS GERAIS DE
COMPOSIÇÃO; TRATAMENTO PÓS NÃO COBERTO PELAS
SUBCLASSES C08B, C08C, C08F, C08G
o C08J7 / 00 - Tratamento químico ou revestimento de artigos moldados
feitos de substâncias macromoleculares
o C08J7 / 04 - Revestimento
o C08J7 / 042 - Revestimento com duas ou mais camadas, onde pelo
menos uma camada de uma composição contém um aglutinante de
polímero
o C08J7 / 045 - Revestimento com duas ou mais camadas, em que pelo
menos uma camada de uma composio cont um ligante de polero com
pelo menos uma camada de material inorgico e pelo menos uma camada
de uma composio contendo um aglutinante de polero

o B - EXECUÇÃO DE OPERAÇÕES; TRANSPORTE
o B32 - PRODUTOS LAYERED
o B32B - PRODUTOS LAYERADOS, POR EXEMPLO : PRODUTOS
DE CONSTRUÇÃO DE STRATA DE PLANO OU NÃO PLANO, POR
EXEMPLO , CELULAR OU FAVO DE MEL
o B32B2307 / 00 - Propriedades das camadas ou laminado
o B32B2307 / 40 - Propriedades das camadas ou laminado com
propriedades ópticas particulares

o B - EXECUÇÃO DE OPERAÇÕES; TRANSPORTE
o B32 - PRODUTOS LAYERED
o B32B - PRODUTOS LAYERADOS, POR EXEMPLO : PRODUTOS
DE CONSTRUÇÃO DE STRATA DE PLANO OU NÃO PLANO, POR
EXEMPLO , CELULAR OU FAVO DE MEL
o B32B2307 / 00 - Propriedades das camadas ou laminado
o B32B2307 / 40 - Propriedades das camadas ou laminado com
propriedades ópticas particulares
o B32B2307 / 418 - Refração

o C - QUÍMICA; METALURGIA
o C03 - VIDRO; MINERAL OU SLAG WOOL
o C03C - COMPOSIÇÃO QUÍMICA DE VIDROS, VIDRAÇAS OU
ESMALTES VITREOSOS; TRATAMENTO DE SUPERFÍCIE DO
VIDRO; TRATAMENTO SUPERFICIAL DE FIBRAS OU
FILAMENTOS DE VIDRO, MINERAIS OU SÉRIES; JUNTANDO
VIDRO A VIDRO OU OUTROS MATERIAIS
o C03C2217 / 00 - Revestimentos em vidro
o C03C2217 / 70 - Propriedades dos revestimentos
o C03C2217 / 73 - Revestimentos antirreflexo com características
específicas

o C - QUÍMICA; METALURGIA
o C03 - VIDRO; MINERAL OU SLAG WOOL
o C03C - COMPOSIÇÃO QUÍMICA DE VIDROS, VIDRAÇAS OU
ESMALTES VITREOSOS; TRATAMENTO DE SUPERFÍCIE DO
VIDRO; TRATAMENTO SUPERFICIAL DE FIBRAS OU
FILAMENTOS DE VIDRO, MINERAIS OU SÉRIES; JUNTANDO
VIDRO A VIDRO OU OUTROS MATERIAIS
o C03C2217 / 00 - Revestimentos em vidro
o C03C2217 / 70 - Propriedades dos revestimentos
o C03C2217 / 76 - Revestimentos hidrofóbicos e oleofóbicos

Abstrato
Um artigo compreendendo um substrato e um revestimento anti-reflexo, e métodos para
depositar o revestimento, são divulgados. O revestimento compreende (a) uma primeira
camada de revestimento tendo um elevado índice de refracção depositado no
substrato; (b) uma camada de revestimento de epóxido-epóxido depositada na camada
de revestimento de alto índice de refração, compreendendo um componente de sílica
inorgânica e um componente organossilicato orgânico, e (c) uma camada de
revestimento de sílica consistindo essencialmente de sílica, depositada diretamente
sobre o epóxido camada de revestimento de sílica. O revestimento anti-reflexo
compreende opcionalmente uma pilha de camadas de revestimento, entre a primeira
camada de revestimento de elevado índice de refracção e a camada de revestimento de
epóxido-sílica, tendo alternado um baixo índice de refracção e um elevado índice de
refracção. As composições da camada de revestimento individual, os índices de refração
e as espessuras são cuidadosamente controladas, de modo que a refletância é
minimizada através de interferência destrutiva na faixa de comprimentos de onda da luz
visível de 400 a 700 nm. O revestimento depositado resultante proporciona excelente
durabilidade mecânica, química e ambiental.

Descrição
Esta aplicação é uma continuação do PCT / US2010 / 052080, arquivado em 8 de
outubro de 2010; que reivindica a prioridade do Pedido Provisório dos EUA Nos. 61 /
250.206, arquivado em 9 de outubro de 2009. O conteúdo dos requerimentos
identificados acima é aqui incorporado por referência em sua totalidade.

CAMPO TÉCNICO

Esta invenção refere-se geralmente a artigos compreendendo um substrato e um


revestimento anti-reflexo depositado no substrato, e um processo para depositar o
revestimento anti-reflexo sobre o substrato. Mais particularmente, este invento refere-se
a um revestimento anti-reflexo possuindo durabilidade mecânica, química e ambiental
melhorada, e um processo para depositar este revestimento sobre substratos
transparentes tais como painéis poliméricos ou de vidro e lentes oftálmicas.

ANTECEDENTES DA INVENÇÃO

Revestimentos antirreflexo (AR) em artigos transparentes reduzem a reflectância da luz


visível dos artigos e aumentam a transmissão de tal luz para os artigos ou através
deles. Quando os artigos são utilizados como placas de cobertura para instrumentos de
exibição, esses revestimentos melhoram o brilho, o contraste e a legibilidade das
informações exibidas, para uma variedade de condições de iluminação. Artigos ópticos,
como lentes oftálmicas, freqüentemente são revestidos com revestimentos antirreflexo
para diminuir o nível de luz refletida e, assim, aumentar a visibilidade e minimizar a
fadiga ocular.

Revestimentos anti-reflexo (AR) de vários tipos e desenhos são bem conhecidos e


usados em uma variedade de aplicações. Alguns tipos de revestimentos AR
compreendem uma única camada com índice de refracção inferior ao do substrato, ou
uma pilha de camadas com índices de refracção altos e baixos alternados. Esses
revestimentos, apesar de eficazes na redução da refletividade, não fornecem
durabilidade satisfatória para esforços mecânicos particularmente severos, como
arranhões ou abrasões, exposição a produtos químicos agressivos, como ácidos ou
bases, e condições ambientais de temperatura, umidade, insolação ou exposição à luz
UV.

Alguns revestimentos anti-reflexo compreendem uma única camada de revestimento ou


película de material tendo um índice de refracção inferior ao do material de substrato
transparente.Teoricamente, um revestimento de camada única com um índice de
refração igual à raiz quadrada do índice de refração do substrato fornece refletância zero
em um comprimento de onda de luz igual a quatro vezes a espessura do revestimento. O
fluoreto de magnésio (MgF 2 ) e fluoropolímeros são materiais de revestimento comuns
de camada única, pois seus índices de refração relativamente baixos (<1.40) podem
fornecer desempenho antirreflexo razoável em um substrato de vidro ou polímero com
índice de refração maior que cerca de 1,50. O dióxido de silício (sílica) também é usado
como um revestimento AR de camada única, embora forneça apenas um desempenho
antirreflexo moderado, porque seu índice de refração (cerca de 1,46) tende a ser mais
próximo do dos materiais de substrato transparentes comuns.

Outros revestimentos antirreflexo compreendem uma pilha multicamadas com altos e


baixos índices de refração relativos alternados, cuidadosamente controlados e
alternados, que quando combinados com espessuras prescritas de cada camada, resultam
em interferência destrutiva da luz refletida e redução significativamente maior na
refletividade sobre o comprimento de onda visível faixa de 400 a 700 nanômetros
(nm). Revestimentos deste tipo podem compreender, por exemplo, camadas alternadas
de dióxido de titânio (titânia) como as camadas de alto índice de refracção, e sílica
como as camadas de baixo índice de refracção.

Alguns revestimentos de camada única e multicamada AR contêm nanopartículas (como


sílica) em uma ou mais camadas de revestimento, o que pode melhorar as propriedades
antiabrasão e antirreflexo. Estas nanopartículas, no entanto, tendem a aumentar a
refletância global do artigo revestido em todo o espectro visível, criando ao mesmo
tempo uma aparência de superfície de acabamento fosco. Esse acabamento fosco é
inaceitável para certas aplicações, como lentes oftálmicas.

Embora vários revestimentos anti-reflexo de camada única e multi-camada tenham sido


geralmente eficazes no fornecimento das propriedades ópticas desejadas, os
revestimentos não são considerados como totalmente satisfatórios para utilização em
muitas aplicações. Por exemplo, alguns dos revestimentos apresentam baixa resistência
a danos mecânicos, seja pela força abrasiva aplicada, que causa arranhões no
revestimento ou remoção de revestimento da superfície, ou por tensões causadas por
coeficientes de expansão térmica incompatíveis de materiais de revestimento e
substrato, que provoca micro-cracking ou crazing do revestimento. Outros
revestimentos, particularmente aqueles para os quais todas as camadas são depositadas
por técnicas como deposição de feixes de elétrons, sputtering de plasma reativo e
deposição assistida por íons, apresentam baixa durabilidade após exposição prolongada
a produtos químicos ou ambientais, o que os torna menos que ideais para longo prazo.
uso do consumidor, por exemplo, em aplicações de lentes oftálmicas.

Por conseguinte, deve ser apreciado que existe uma necessidade de revestimentos anti-
reflexo melhorados e de um processo melhorado para depositar tais revestimentos em
substratos tais como painéis transparentes poliméricos e de vidro, e lentes oftálmicas
poliméricas, em que os revestimentos depositados proporcionam uma combinação
satisfatória de baixa refletância na faixa de comprimento de onda visível e altos níveis
de durabilidade mecânica, química e ambiental. A presente invenção preenche esta
necessidade e fornece outras vantagens relacionadas.

SUMARIO DA INVENÇÃO

A presente invenção é dirigida a um artigo compreendendo um substrato e um


revestimento anti-reflexo depositado em pelo menos uma superfície principal do
substrato. O revestimento anti-reflexo compreende três camadas de revestimento, (a)
uma primeira camada de revestimento com alto índice de refração depositada sobre o
substrato; (b) uma camada de revestimento de epóxido-sílica depositada na camada de
revestimento de alto índice, compreendendo um componente de dióxido de silício
(SiO2) e um componente de organo-silicato tendo a fórmula molecular R a SiO (4-a) / 2 ,
rede reticulada contínua, em que R é um grupo orgânico que forma ligações químicas
estáveis com silício, e a é um número inteiro entre 1 e 3; e (c) uma camada de
revestimento de sílica depositada directamente na camada de revestimento de epóxido-
sílica, consistindo essencialmente em dióxido de silício (SiO2), em que a camada de
revestimento de sílica é a camada mais exterior do revestimento anti-reflexo.
Numa forma de realização preferida, o revestimento anti-reflexo do artigo da presente
invenção compreende ainda uma pilha de camadas de revestimento alternando um baixo
índice de refracção e um elevado índice de refracção, depositadas na primeira camada
de revestimento, de tal modo que as camadas alternadas estão entre o substrato e a
camada de revestimento de epóxido-sílica.

A presente inveno tamb dirigida a um processo para preparar o artigo compreendendo


um substrato e um revestimento anti-reflexo depositado em pelo menos uma das suas
superfies principais. O processo compreende os passos de: (a) aplicar uma composição
de revestimento sobre o substrato para depositar a primeira camada de revestimento
com alto índice de refracção; (b) aplicar uma composi�o de revestimento de
ep�ido-s�ica sobre a primeira camada de revestimento para depositar a camada de
revestimento de ep�ido-s�ica; (c) aplicar uma composio de revestimento de sica
directamente na camada de epido-sica para depositar a camada de revestimento de sica,
em que a camada de revestimento de sica a camada mais externa do revestimento anti-
reflexo; e (d) curar cada camada depositada após cada etapa de depósito.

O substrato da presente invenção pode ser qualquer um dos vários materiais, formas e
tamanhos. Em formas de realização preferidas, o substrato é um polímero ou vidro
transparente, na forma de um painel plano ou curvo com duas superfícies principais, tal
como uma lente oftálmica. O artigo da presente invenção exibe reduzida refletividade
da luz dentro da faixa de comprimento de onda visível de 400 a 700 nm, juntamente
com excelente durabilidade sob severas condições mecânicas, químicas e ambientais,
sem sofrer danos físicos ao revestimento anti-reflexo e sem sofrer degradação das suas
propriedades anti-reflexivas.

BREVE DESCRIÇÃO DOS DESENHOS

FIG. 1 ï¿½uma vista esquem�ica em corte transversal, n� em escala, do artigo da


presente inven�o, compreendendo um substrato com um revestimento anti-reflexo
nele depositado.

FIG. 2 ï¿½uma vista esquem�ica em corte transversal, n� em escala, de um


substrato com um revestimento anti- reflexo nele depositado, como descrito nos
Exemplos 8 e 9.

FIG. 3 ï¿½um gr�ico da reflect�cia de uma lente oft�mica de pl�tico de alto


d�ice ao longo do intervalo de comprimento de onda de 400 a 700 nm, com e sem um
revestimento anti-reflexo depositado de acordo com a presente inven�o em ambas as
superf�ies principais, como descrito no Exemplo 8 .

FIG. 4 é um gráfico da reflectância de uma lente oftálmica plástica de alto índice sobre
o intervalo de comprimentos de onda visíveis de 400 a 700 nm, com um revestimento
anti-reflexo depositado como descrito no Exemplo 8, antes e depois dos testes de
durabilidade para exposição química ou ambiental.

FIG. 5 ï¿½uma vista esquem�ica em corte transversal, n� em escala, de um


substrato com um revestimento anti- reflexo nele depositado, como descrito no Exemplo
10.
FIG. 6 é um gráfico da reflectância de uma lente oftálmica de policarbonato no intervalo
de comprimento de onda de 400 a 700 nm, com e sem um revestimento anti-reflexo
depositado de acordo com a presente invenção em ambas as superfícies principais,
como descrito no Exemplo 10.

DESCRIÇÃO DETALHADA DA INVENÇÃO

A presente invenção é dirigida a um artigo que compreende um substrato e um


revestimento anti-reflexo (AR) depositado em pelo menos uma superfície principal do
substrato. O revestimento anti-reflexo compreende três camadas de revestimento, (a)
uma primeira camada de revestimento tendo uma alta índice de refracção depositado no
substrato; (b) uma camada de revestimento de epóxido-sílica depositada na camada de
revestimento de alto índice, compreendendo um componente de dióxido de silício
(SiO2) e um componente de organo-silicato tendo a fórmula molecular R a SiO (4-a) / 2 ,
rede reticulada contínua, em que R é um grupo orgânico que forma ligações químicas
estáveis com silício, e a é um número inteiro entre 1 e 3; e (c) uma camada de
revestimento de sílica depositada directamente na camada de revestimento de epóxido-
sílica, consistindo essencialmente em dióxido de silício (SiO2), em que a camada de
revestimento de sílica é a camada mais exterior do revestimento anti-reflexo.

Numa forma de realização preferida, o revestimento anti-reflexo do artigo da presente


invenção compreende ainda uma pilha de camadas de revestimento alternando um baixo
índice de refracção e um elevado índice de refracção, depositadas na primeira camada
de revestimento, de tal modo que as camadas alternadas estão entre a primeira camada
de revestimento de elevado índice de refracção e a camada de revestimento de epóxido-
sílica.

O revestimento anti-reflexo da presente invenção proporciona propriedades ópticas


comparáveis ou superiores a outros revestimentos conhecidos, juntamente com um
desempenho superior em termos de durabilidade mecânica, química e ambiental. Esta
combinação de propriedades ópticas e desempenho de durabilidade é alcançada através
da deposição de três camadas discretas de revestimento no substrato.

A primeira camada de revestimento depositada no substrato tem um alto índice de


refração. A função primária da primeira camada com alto índice de refração é fornecer
baixa refletância em uma ampla faixa de comprimento de onda do espectro visível de
luz quando combinada com camadas subseqüentes. Uma camada de revestimento de
epóxido de sílica é depositada na camada de revestimento de alto índice de
refração. Uma camada de revestimento de sílica é depositada diretamente na camada de
revestimento de epóxido-sílica. “Diretamente” significa que, após depositar e curar a
camada de revestimento de epóxido de sílica, nenhuma outra camada de revestimento é
depositada na camada de revestimento de sílica epóxido, antes de depositar a camada de
revestimento de sílica.

A camada de revestimento de epóxido-sílica e a camada de revestimento de sílica são


depositadas sequencialmente sobre o substrato, ou seja, a camada de revestimento de
sílica é depositada diretamente na camada de revestimento de epóxido-sílica, sem outras
camadas de revestimento entre elas, usando as composições aqui descritas. cada uma
das duas camadas de revestimento discretas. O baixo índice de refração da camada de
revestimento de epóxido-sílica e camada de revestimento de sílica, combinado com o
alto índice de refração da primeira camada, fornece baixa refletância em uma ampla
faixa de comprimento de onda visível. Além disso, a combinação da camada de
revestimento de sílica epóxido e a camada de revestimento de sílica colocada
diretamente sobre ela proporciona maior durabilidade mecânica, química e ambiental
em comparação com outros tipos de revestimentos antirreflexo e outras disposições de
camadas de revestimento em um Pilha AR.

Por exemplo, os inventores descobriram que quando o revestimento anti-reflexo


compreende as mesmas três camadas de revestimento acima, mas com as posições da
camada de revestimento de epóxido-sílica e a camada de revestimento de sílica
invertida, a durabilidade mecânica é substancialmente inferior à da camada de
revestimento de sílica. o revestimento AR inventado. Também, se uma ou outra camada
de revestimento de sílica epóxido ou a camada de revestimento de sílica é omitida da
pilha de revestimento anti-reflexo, a durabilidade mecânica é de novo substancialmente
inferior à do revestimento AR inventado. Além disso, se a camada de revestimento de
sílica é substituída por uma camada de revestimento diferente que também pode
compreender sílica, mas que está fora da definição da camada de revestimento de sílica
preferida da invenção, a durabilidade química do revestimento AR é substancialmente
inferior à da camada de sílica. o revestimento AR inventado. Finalmente, se a camada
de revestimento de epóxido-sílica é substituída por uma camada de revestimento
diferente que também pode compreender sílica e um componente orgânico, mas que
está fora da definição da camada de revestimento de epóxido de sílica preferida da
invenção, a durabilidade mecânica e química do revestimento AR é substancialmente
inferior aos do revestimento AR inventado.

A presente inveno tamb dirigida a um processo para preparar o artigo compreendendo


um substrato e um revestimento anti-reflexo depositado em pelo menos uma das suas
superfies principais. O processo compreende as etapas de: (a) aplicação de uma
composição de revestimento sobre um substrato para depositar uma primeira camada de
revestimento com alto índice de refração; (b) aplicar uma composi�o de revestimento
de ep�ido-s�ica sobre a primeira camada de revestimento para depositar uma
camada de revestimento de ep�ido-s�ica; (c) aplicar uma composio de
revestimento de sica directamente na camada de epido-sica para depositar uma camada
de revestimento de sica, em que a camada de revestimento de sica a camada mais
externa do revestimento anti- reflexo; e (d) curar cada camada depositada após cada
etapa de depósito.

O substrato da presente invenção pode ser qualquer um de vários materiais incluindo


metais, cerâmicas, vidros e polímeros. O substrato pode ser de várias formas e
tamanhos. Materiais particularmente adequados são substratos transmissores de luz, tais
como vidros transparentes e polímeros. Formas particularmente adequadas incluem
painéis planos ou curvos com duas superfícies principais.

O substrato pode ser um componente óptico transparente, tal como uma lente, prisma,
janela óptica, substrato de fotomáscara, película usada em montagens de fotomáscara e
semelhantes, que podem ser revestidos com o revestimento anti-reflexo da presente
invenção para proporcionar um efeito anti-reflexivo. propriedades. Um substrato
transparente pode também compreender uma placa de cobertura de um dispositivo de
exibição, como um display de emissão de campo, display de cristal líquido (LCD),
painel de display de plasma (PDP), display de eletroluminescência (ELD), tubo de raios
catódicos (CRTs), tubo de fluorescência mostrador, contador, relógio e afins, utilizados
no fabrico de televisores, assistentes digitais pessoais (PDA), telefones celulares,
painéis de instrumentos de veículos, painéis de instrumentos aeronáuticos, ecrãs de
projecção, jogos de mão e semelhantes.

O revestimento anti-reflexo da presente invenção é especialmente adequado para


aplicações que requerem resistência a altas solicitações mecânicas (como abrasão de lã
de aço), produtos químicos agressivos (como solução alcalina ou água quente) ou
exposição ambiental (como temperaturas superior a 100 ° C, ou exposição prolongada à
luz solar). Um exemplo de uma utilização particularmente adequada é como um
revestimento para lentes oftálmicas poliméricas.

Tal como utilizado nesta aplicação, "índice de refração baixo" refere-se a um índice de
refracção superior a cerca de 1,20 e inferior a 1,60, de preferência inferior a 1,55 e mais
preferencialmente inferior a 1,51, a um comprimento de onda de 510 nm. "Alto índice
de refração", como usado neste pedido, refere-se a índice de refracção inferior a cerca
de 2,40 e superior a 1,70, de preferência superior a 1,80, e mais preferencialmente
superior a 1,90, a um comprimento de onda de 510 nm.

"Sobre", como usado nesta aplicação, refere-se a +/− 10% do valor recitado.

Também, como utilizado nesta aplicação, "camada de revestimento" refere-se a uma


única película de material depositada sobre um substrato ou sobre outras camadas de
revestimento aplicando uma composição de revestimento. Alternativamente, a "camada
de revestimento" pode referir-se a múltiplas películas de material tendo um índice de
refracção elevado similar ou tendo um baixo índice refractivo semelhante, depositado
consecutivamente num substrato ou outras camadas de revestimento, aplicando uma ou
mais composições de revestimento semelhantes.

Com referência agora aos desenhos, e particularmente a FIG. 1 , é mostrado um


artigo 100 que inclui um substrato 110 e camadas de revestimento. O substrato pode ter
qualquer formato e pode ser plano ou ter curvaturas. De preferência, o substrato tem
duas superfícies principais que compreendem a maior parte da sua área superficial e
uma aresta em torno do seu perímetro inteiro. O substrato pode compreender polímero,
vidro, cerâmica, metal ou uma combinação destes materiais.

Numa forma de realização preferida, o substrato é um painel plano com duas superfícies
principais paralelas ou quase paralelas. O painel pode ter qualquer formato, isto é, oval,
rectangular, triangular, etc. Esta forma de realização é preferida para aplicações de
revestimento por imersão, uma vez que facilita uma espessura de revestimento uniforme
em ambas as superfícies principais. Noutra forma de realização preferida, o substrato é
um disco circular que pode ter um tipo de curvatura esférica, parabólica ou de outro
tipo, tal como uma lente. Esta forma de realização é preferida para aplicações de
revestimento rotativo.

Em formas de realização preferidas, o material de substrato compreende vidro ou


polímero. Os substratos de vidro podem compreender, como exemplos, vidros comuns à
base de sílica, tais como cal sodada, chumbo, borossilicato, aluminossilicato, borato de
chumbo, sílica fundida ou semelhantes, ou vidros isentos de sílica, tais como fluoreto,
germanato, fosfato ou gostar.Substratos polimicos podem compreender, como
exemplos, poli (metilo) metacrilato (PMMA), policarbonato (PC), poli (etileno
tereftalato) (PET), poliestireno, poli (dietilenoglicol-bis-alilcarbonato) (ADC) ou CR-39
Triacetilcelulose (TAC), poli (etileno-2,6-naftalato) (PEN), resinas de alto dice tal como
MR-10 ou semelhantes. Numa forma de realização especialmente preferida, o substrato
é uma lente oftálmica polimérica transparente.

No substrato 110 , opcionalmente depositado uma camada 120 , que pode compreender


uma camada de revestimento primio, camada de revestimento base ou camada de
revestimento dura. A camada opcional 120 pode tamb� consistir em duas ou mais
camadas de revestimento, por exemplo, uma camada de revestimento prim�io
depositada no substrato simples e uma camada de revestimento dura depositada no topo
do iniciador, ou uma camada de revestimento dura depositada no substrato nu; uma
camada de revestimento primário depositada no revestimento duro. Tais formulações de
revestimento primário, revestimento de base e revestimento duro estão comercialmente
disponíveis, por exemplo, da SDC Technologies Inc., Irvine, Califórnia, e Red Spot
Corporation, Evansville, Ind. As camadas de revestimento primário e de revestimento
duro podem ser depositadas por qualquer de vários métodos tais como revestimento por
imersão, revestimento por rotação, revestimento por rolo, revestimento por fluxo,
revestimento por menisco ou revestimento por pulverização, desde que o método resulte
num revestimento uniforme e liso. As espessuras das camadas de primário, revestimento
de base e revestimento rígido estão tipicamente na gama de 1 a 10 micrómetros, mais
preferivelmente na gama de 2 a 6 micrómetros. As formulações de primer e
revestimento duro podem ser da variedade curável por radiação LTV, curável por
radiação IV ou curável termicamente. Antes da deposição de um primário, revestimento
de base ou camada de revestimento duro, a superfície do artigo pode ser modificada por
qualquer uma de várias técnicas bem conhecidas, tais como descarga por efeito corona
ou corrosão química (particularmente utilizando uma solução de NaOH ou KOH).

No topo da camada opcional 120 , é depositado um revestimento anti-reflexo 130 , que


proporciona baixa reflectividade da luz sobre o intervalo de comprimento de onda
visível de cerca de 400 ou 450 nanómetros a cerca de 700 nanómetros (nm) e, mais
especificamente, proporciona a menor reflectividade de luz dentro do intervalo de
comprimentos de onda de cerca de 500 a cerca de 600 nm. A reflectância bilateral do
artigo que compreende o substrato com o revestimento anti-reflexo nele depositado,
entre cerca de 500 e cerca de 600 nm, está tipicamente entre 0 e cerca de 4%,
preferivelmente entre 0 e cerca de 2%. A curva de reflectância vs. comprimento de onda
entre 400 ou 450 e 700 nm pode assumir qualquer uma das várias formas que são bem
conhecidas. Como exemplos, a curva pode ser em forma de V ou em forma de U, com
um mínimo local entre cerca de 500 e 600 nm (conforme FIG. 3 e FIG. 4 ), ou a curva
pode ser em forma de W, com um máximo local entre cerca de 450 e cerca de 600 nm
(conforme FIG. 6 ). Para lentes oftálmicas, a curva em forma de W pode ser preferível,
uma vez que este comportamento de reflectância visível normalmente proporciona uma
tonalidade de cor verde, amarela ou neutra à reflectância, que são preferidas para
utilização oftálmica comercial.

Antes de depositar o revestimento anti-reflexo, a superfície do substrato, opcionalmente


pré-revestida com primer, revestimento de base e / ou camada de revestimento duro,
pode ser limpa para remover partículas de poeira transportadas pelo ar, sujeira, resíduo
do processo de fabricação ou qualquer outro material estranho na superfície através de
várias técnicas padrão, tais como limpeza com panos suaves, não abrasivos umedecidos
com um solvente, como etanol ou 2-propanol, ou por imersão do substrato em um
banho de limpeza detergente ultra-sônico e enxágüe com água ionizada. Após a
limpeza, o substrato pode então ser naturalmente seco ao ar ou seco sob um fluxo de ar,
aquecido ou não aquecido. Um fluxo de ar ionizado também pode ser aplicado para
reduzir o acúmulo de carga estática na superfície do substrato.

Antes de depositar o revestimento anti-reflexo, a superfície do substrato, opcionalmente


pré-revestida com primário, revestimento base e / ou camada (s) de revestimento duro,
também pode ser modificada por ataque químico ou por descarga de coroa. Esta
modificao da superfie pode aumentar a ades entre o revestimento anti-reflexo e o
substrato ou primio / camada de base / camada de revestimento duro depositados no
substrato.

O revestimento anti-reflexo 130 engloba três ou quatro camadas: uma camada de


revestimento 140 tendo um elevado índice de refracção, uma camada opcional 150 ,
uma camada de revestimento de epóxido-sílica 160 e uma camada de revestimento de
sílica 170 que é depositada directamente no topo do camada de revestimento de epóxido
de sílica. “Diretamente” significa que, depois de depositar e curar as camadas de
revestimento de epóxido-sílica, nenhuma outra camada de revestimento é depositada na
camada de revestimento de epóxido-sílica, antes de depositar a camada de revestimento
de sílica.

A camada de revestimento 140 é uma camada de revestimento tendo um elevado índice


de refracção, isto é, um índice de refracção superior a 1,70, de preferência superior a
1,80 e mais preferencialmente superior a 1,90, a um comprimento de onda de 510 nm.

A camada de revestimento 140 pode ser constituída por qualquer um dos vários


materiais conhecidos tipicamente empregues como camada (s) de índice elevado numa
pilha de revestimento anti-reflexo do tipo de interferência. Exemplos de tais materiais
incluem titânia (TiO2), zircónia (ZrO2), alumina (Al2O3), pentóxido de tântalo
(Ta2O5) e semelhantes. A camada de elevado índice de refracção pode ser depositada
por qualquer uma de várias técnicas conhecidas incluindo deposição sob vácuo,
pulverização catódica ou por aplicação de uma composição de revestimento líquida
através de revestimento por imersão, revestimento rotativo, etc.

De um modo preferido, a camada de elevado índice de refracção é depositada por


aplicação de uma composição de revestimento líquida. Um método para depositar um
revestimento aplicando uma composição de revestimento líquida é o método de
revestimento sol-gel. Neste método, um composto organometálico ou alcóxido de metal
numa solução de solvente é hidrolisado e condensado na presença de água e um
catalisador, para formar um filme de óxido no substrato. O filme pode então ser curado
por aplicação de calor, radiação IR, radiação UV, etc., que conduz as reações de
condensação à conclusão e também torna o revestimento mais denso. Qualquer um dos
vários compostos organometálicos conhecidos ou alcóxidos metálicos pode ser utilizado
como precursor para o revestimento de óxido. Estes precursores podem também ter
grupos funcionais orgânicos adicionais, tais como grupos epoxi, para proporcionar
ligações de reticulação orgânica dentro do revestimento, melhorando assim a sua
adesão, propriedades mecânicas e compatibilidade com camadas de revestimento
depositadas no topo. O solvente é geralmente um ou mais álcoois. O catalisador é
geralmente um ácido inorgânico, como HCl ou HNO 3 .
Numa forma de realização preferida, a camada de revestimento 140 compreende TiO2,
que é formado depositando e curando uma composição de revestimento compreendendo
(a) um alcóxido de titânio, tal como o isopropóxido de titânio (IV); (b) um alcóxido de
silício epoxi-funcional, tal como (3-glicidoxipropil) trimetoxissilano; (c) um alcóxido
de silício não epoxi-funcional, tal como ortossilicato de tetrametilo, ortossilicato de
tetraetilo, ou uma sua combinação; (d) um agente de cura compateis com molulas com
funcionalidade epoxi, tais como anidrido hexa-hidroftico ou ido metilenossuccico; (e)
um ácido tal como ácido nítrico, ácido clorídrico ou uma combinação destes; (f) um
solvente, tal como cool etico, 1-metoxi-2-propanol ou uma sua combinao; e (g) ua.

A camada opcional 150 compreende uma pilha de camadas de revestimento possuindo


um baixo índice de refracção e um elevado índice de refracção alternados. A
camada 150 pode ter tantas camadas de revestimento alternadas quantas as consideradas
apropriadas para a aplicação; isso geralmente é determinado pelos requisitos de
desempenho óptico. Camadas de revestimento mais alternadas normalmente resultam
em menor refletância. No entanto, geralmente há um limite prático para o número de
camadas de revestimento. À medida que a pilha se acumula, a adesão entre camadas
pode ser reduzida. O custo também pode ser um fator na decisão do número ótimo de
camadas de revestimento. Em geral, a camada opcional 150 , se presente, tem um total
entre 2 e 12 camadas de revestimento alternadas.

Numa forma de realização da presente invenção, a camada opcional 150 está


ausente.Nesta forma de realização, o revestimento anti-reflexo 130 consiste em três
camadas de revestimento: camada de revestimento de índice de refracção
elevada 140 , camada de revestimento de epóxido e sílica 160 , e camada de
revestimento de sílica 170 .

Noutra forma de realizao, a camada 150 compreende duas camadas de revestimento,


tendo a primeira camada de revestimento um baixo dice de refraco, que depositada
sobre a camada 140 de revestimento com um elevado dice de refraco, e a segunda
camada de revestimento com um elevado dice de refraco. Nesta forma de realização, o
revestimento anti-reflexo 130consiste em cinco camadas de revestimento: camada de
revestimento de índice de refracção elevada 140 , camada 150 consistindo de uma pilha
de duas camadas de revestimento, camada de revestimento de epóxido e sílica 160 e
camada de revestimento de sílica 170 .

As camadas de revestimento de elevado índice de refracção dentro da camada 150 pode


ser constituída por qualquer um dos vários materiais de elevado índice conhecidos, tais
como o TiO 2 , ZrO 2 , Al 2 O 3 , Ta 2 O 5 , e semelhantes, e pode ser depositado por
qualquer de várias técnicas incluindo deposição a vácuo, pulverização catódica ou por
métodos de revestimento líquido. Tipicamente, as camadas de revestimento com
elevado índice de refracção dentro da camada 150 são semelhantes quanto ao método de
composição e deposição à camada de revestimento com índice de refracção
elevado 140.. De preferência, as camadas de revestimento de alto índice de refracção
são depositadas por aplicação de uma composição de revestimento líquida, mais
preferivelmente uma composição de revestimento do tipo sol-gel.

As camadas de revestimento com baixo índice de refracção dentro da


camada 150 podem ser constituídas por qualquer um dos vários materiais conhecidos
tipicamente empregues como camada (s) de baixo índice de refracção numa pilha de
revestimento anti-reflexo do tipo de interferência. Tais materiais podem incluir sílica
(SiO 2 ), fluoreto de magnésio (MgF 2 ), polímeros fluorados, fluoropolímeros
modificado com silicone, e semelhantes. As camadas de revestimento de baixo índice de
refracção podem ser depositadas por deposição a vácuo, pulverização ou, de
preferência, por aplicação de uma composição de revestimento líquida. Numa forma de
realiza�o, as camadas de baixo �dice de refrac�o compreendem s�ica
depositada por aplica�o de uma composi�o de revestimento do tipo sol-gel.

Numa forma de realização preferida, as camadas de revestimento numa camada


de 150 possuindo um índice de refracção elevado compreendem de TiO 2 , e as camadas
de revestimento dentro da camada 150 que tem um índice de refracção baixo
compreender SiO 2 .

Mais preferencialmente, as camadas de revestimento numa camada


de 150 compreendendo SiO 2 são depositadas através da aplicação e cura de uma
composição de revestimento compreendendo (a) um alcóxido de silício, tais como
ortossilicato de tetrametilo, orto-silicato de tetraetilo, ou uma mistura dos mesmos; (b)
um ácido tal como ácido nítrico, ácido clorídrico ou uma combinação destes; (c) um
solvente tal como álcool etílico, 1-metoxi-2-propanol, ou uma sua combinação; e (d)
água, e as camadas de revestimento compreendendo TiO 2 dentro da camada 150são
depositados aplicando e curando uma composição de revestimento compreendendo (a)
um alcóxido de titânio tal como o isopropóxido de titânio (IV), propóxido de titânio,
etóxido de titânio e semelhantes; (b) um ácido tal como ácido nítrico, ácido clorídrico e
similares, (c) um solvente de álcool; e (d) ua.

Em outra forma de realização preferida, a camada de revestimento 140 e as camadas de


revestimento de alto índice de refracção dentro da camada 150 compreendem de TiO 2 ,
e são depositadas através da aplicação e cura de uma composição de revestimento
compreendendo (a) de titânio (IV); (b) (3-glicidoxipropil) -trimetoxisilano; (c)
ortossilicato de tetrametilo, ortossilicato de tetraetilo ou uma combinao destes; (d)
anidrido hexa-hidroftálico ou ácido metilenossuccínico; (e) ácido nítrico, ácido
clorídrico ou uma combinação destes; (f) cool etico, 1-metoxi-2-propanol ou uma sua
combinao; e (g) ua.

Camada de revestimento de elevado índice de refracção 140 e todas as camadas de


revestimento dentro da camada opcional 150 podem ser depositadas utilizando qualquer
técnica conhecida adequada, através da qual cada espessura da camada de revestimento
pode ser cuidadosamente controlada. Métodos tais como revestimento por imersão ou
revestimento por centrifugação pode ser especialmente apropriado para aplicação das
composições de revestimento do tipo sol-gel de base líquida, para depositar os TiO 2 e
SiO 2 camadas de revestimento.

Em outra forma de realização preferida da presente invenção, a camada de


revestimento 140 compreende um TiO 2 camada de revestimento, enquanto a camada
opcional 150 está ausente. Em outra forma de realização preferida, a camada de
revestimento 140 compreende um TiO 2 camada de revestimento, e a camada
opcional 150 compreende uma SiO 2 camada de revestimento ter um índice de refracção
baixo, e um TiO 2 camada de revestimento tendo um índice de refracção elevado.
A camada de revestimento epóxido-sílica 160 é uma camada de revestimento com baixo
índice de refração, compreendendo dois componentes moleculares, (a) dióxido de silício
(SiO 2 ) e (b) organo-silicato tendo a fórmula molecular R a SiO (4-a) / 2 , numa rede
reticulada contínua, em que R é um grupo orgânico que forma ligações químicas
estáveis com silício, e a é um número inteiro entre 1 e 3. A camada de revestimento de
epóxido-sílica 160 é depositada através de um processo de revestimento à base de
líquido , aplicando uma composi�o de revestimento de ep�ido-s�ica
compreendendo (a) alc�ido de sil�io com funcionalidade epoxi, (b) alc�ido de
sil�io n� funcionalizado com epoxi, (c) um agente de cura compat�el com
mol�ulas com funcionalidade epoxi, (d) �ido, (e) ) solvente e (f) ua.

Os alcóxidos de silício podem ser geralmente descritos como compostos que contêm
silício e um ou mais grupos alcoxi. Exemplos adequados de um alcóxido de silício com
funcionalidade epoxi incluem 2- (3,4-epoxiciclohexil) etiltrietoxissilano,
epoxiciclohexil) etiltrimetoxisilano, 5,6-epoxihexiltrietoxissilano, (3-glicidoxipropil)
dimetiletoxisilano, (3-glicidoxipropil) metilditietoxisilano, glicidoxipropil)
metildimetoxisilano, ( 3-glicidoxipropil) trimetoxissilano,
glicidoximetiltrimetoxissilano, 3-glicidoxipropiltrietoxisilano, suas misturas e
semelhantes. Numa forma de realização preferida da invenção, o alcóxido de silício com
funcionalidade epoxi é (3-glicidoxipropil) trimetoxissilano. A quantidade de alcóxido de
silício com funcionalidade epoxi na composição de revestimento de epóxido-sílica, em
fração de peso relativa ao peso total de todos os componentes na composição,entre
0,0001 e 0,01, preferivelmente entre 0,0005 e 0,005, e mais preferencialmente entre
0,001 e 0,002.

Todos os intervalos subsequentes para os componentes da composição de revestimento


de epóxido-sílica são também proporcionados em fracção de peso em relação ao peso
total de todos os componentes na composição, a menos que especificado de outro modo.

Exemplos adequados de um alcóxido de silício não epoxi-funcional incluem


acetoxipropiltrimetoxissilano; (3-acriloxipropil) trimetoxissilano; aliltrimetoxissilano;
3-aminopropiltrimetoxissilano; 3-aminopropiltris (metoxietoxietoxi) silano; 3-
aminopropilmetildietoxissilano; 3-aminopropildimetiletoxisilano; 3-
aminopropiltrietoxissilano; 3- (N-alilamino) propiltrimetoxissilano; N- (2-aminoetil) -3-
aminopropiltrimetoxissilano; 2-cianoetiltrietoxissilano; 3-cianopropiltrimetoxissilano;
(heptadecafluoro-1,1,2,2-tetra-hidrododecil) trietoxissilano; 3-
mercaptopropiltrimetoxissilano; (3-metacriloxipropil) trimetoxissilano; (3-
metacriloxipropil) trietoxissilano; metacriloximetiltrimetoxissilano;
metacriloximetiltrietoxissilano; tetraetoxissilano (ortossilicato de tetraetilo);
tetrametoxissilano (ortossilicato de tetrametilo); (tridecafluoro-1,1,2,2-tetra-hidro-
octilo) trietoxissilano; (3,3,3-trifluoropropil) trimetoxissilano; viniltrimetoxissilano;
viniltrietoxissilano; suas misturas; e similar.Numa forma de realização desta invenção, o
alcóxido de silício não epoxi-funcional é seleccionado do grupo que consiste em
tetrametoxisilano, tetraetoxisilano e uma combinação dos dois. Noutra forma de
realização, o alcóxido de silício não epoxi-funcional consiste em tetrametoxisilano. A
quantidade de alcóxido de silício não epóxi-funcional na composição de revestimento
de epóxido-sílica está entre 0,004 e 0,4, preferivelmente entre 0,01 e 0,1, e mais
preferivelmente entre 0,03 e 0,05.
O agente de cura na composição de epóxido-sílica pode ser qualquer agente de cura que
seja compatível com moléculas funcionais de epoxi. Por exemplo, o agente de cura pode
ser um anidrido, um ácido carboxílico, suas misturas e semelhantes. Exemplos
adequados de anidridos são anidrido acético, anidrido acrílico, anidrido cíclico, anidrido
hexahidroftálico, anidrido metacrílico, anidrido propiónico, suas misturas e
semelhantes. Componentes de ido carboxico adequados incluem ido acico, ido acrico,
ido fmico, ido fumico, ido maleico, ido metacrico, ido propiico, ido metilsuccico,
misturas destes e semelhantes. Numa forma de realização da invenção, o agente de cura
é selecionado do grupo que consiste em ácido metilenossuccínico e anidrido hexa-
hidroftálico. Noutra forma de realização, o agente de cura é o anidrido hexa-
hidroftálico.Ainda noutra forma de realização, o agente de cura é o ácido
metilenossuccínico. A quantidade de agente de cura na composição de revestimento de
epóxido-sílica está entre 0,0001 e 0,01, preferivelmente entre 0,0005 e 0,005, e mais
preferencialmente entre 0,001 e 0,003.

Exemplos adequados de solvente na composi�o de revestimento de ep�ido-s�ica


incluem metanol, etanol, etanol de grau reagente, propanol, isopropanol, butanol,
isobutanol, butanol secund�io, butanol terci�io, ciclo-hexanol, pentanol, octanol,
decanol, �er di-n-but�ico, etileno éter dimetílico de glicol, éter dimetílico de
propilenoglicol, éter metilico de propilenoglicol, éter metilico de dipropilenoglicol, éter
metil tripropilenoglicol, éter dimetílico de dipropilenoglicol, éter dimetílico de
tripropilenoglicol, éter butílico de etilenoglicol, éter butílico de dietilenoglicol, éter
etilenoglicol dibutílico, etileno éter glicolmetílico, éter etílico de dietilenoglicol, éter
dimetílico de dietilenoglicol, éter etilenoglicol etílico, éter dietílico de etilenoglicol,
etilenoglicol, dietilenoglicol, trietilenoglicol, propilenoglicol, dipropilenoglicol,
tripropilenoglicol,butileno glicol, dibutilenoglicol, tributilenoglicol, tetrahidrofurano,
dioxano, acetona, álcool diacetona, metil etil cetona, ciclohexanona, metil isobutil
cetona, acetato de etila, acetato de n-propila, acetato de n-butila, acetato de t-butila, éter
monometílico de propilenoglicol acetato, acetato de er dipropilenoglicol-metico, 1-
metoxi-2-propanol, 3-etoxipropionato de etilo, 2-propoxietanol, acetato de etilenoglicol
etico-er, misturas destes e semelhantes. A quantidade do solvente na composição de
revestimento de epóxido-sílica está entre 0,7 e 0,999, preferivelmente entre 0,8 e 0,98 e,
mais preferencialmente, entre 0,87 e 0,95.acetato de éter monometílico de propileno
glicol, acetato de éter dipropilenoglicol-metílico, 1-metoxi-2-propanol, 3-
etoxipropionato de etilo, 2-propoxietanol, etilenoglicol acetato de éter etílico, suas
misturas e semelhantes. A quantidade do solvente na composição de revestimento de
epóxido-sílica está entre 0,7 e 0,999, preferivelmente entre 0,8 e 0,98 e, mais
preferencialmente, entre 0,87 e 0,95.acetato de éter monometílico de propileno glicol,
acetato de éter dipropilenoglicol-metílico, 1-metoxi-2-propanol, 3-etoxipropionato de
etilo, 2-propoxietanol, etilenoglicol acetato de éter etílico, suas misturas e semelhantes.
A quantidade do solvente na composição de revestimento de epóxido-sílica está entre
0,7 e 0,999, preferivelmente entre 0,8 e 0,98 e, mais preferencialmente, entre 0,87 e
0,95.

Numa forma de realização da invenção, o solvente é seleccionado do grupo que consiste


em etanol de grau reagente, 1-metoxi-2-propanol e a combinação dos dois. Numa
concretização preferida, o solvente é uma mistura de etanol de grau reagente e 1-
metoxi-2-propanol, com uma fracção em peso de etanol de grau reagente relativamente
ao peso total de solvente entre 0,2 e 1,0, preferencialmente entre 0,4 e 0,9 e mais
preferivelmente entre 0,4 e 0,6.
O ácido inorgânico útil para preparar a composição de revestimento de epóxido-sílica
pode ser qualquer ácido que possa catalisar as reacções de hidrólise e polimerização do
alcóxido de silício com funcionalidade epoxi e do alcóxido de silício não funcional com
epoxi. Ácidos inorgânicos adequados são ácido clorídrico, ácido nítrico, ácido sulfúrico,
ácido fluorídrico, suas misturas e semelhantes. Numa forma de realização da invenção,
o ácido inorgânico é ácido nítrico. A quantidade de ido inorgico na composio de
revestimento de epido-sica entre 0,0004 e 0,04, de um modo preferido, entre 0,001 e
0,01 e, de um modo mais preferido, entre 0,002 e 0,006.

A fracção em peso de água na composição de revestimento de epóxido-sílica está entre


0,005 e 0,10, preferivelmente entre 0,01 e 0,08 e, mais preferencialmente, entre 0,02 e
0,06.

A quantidade relativa de cada componente da composição de revestimento de epóxido-


sílica, ou seja, alcóxido de silício epoxi-funcional, alcóxido de silício não epoxi-
funcional, agente de cura, solvente, ácido inorgânico e água, é controlada de tal forma
que quando o epóxido-sílica a composição de revestimento é depositada para formar a
camada de revestimento 160 , a camada tem um índice de refracção inferior a 1,60, de
preferência inferior a 1,55 e mais preferencialmente inferior a 1,51, a um comprimento
de onda de cerca de 510 nm. A preparação da composição de revestimento de epóxido-
sílica é demonstrada a título de exemplo no EXEMPLO 1, abaixo. Esta camada de
revestimento de epóxido-sílica é depositada no topo da camada de revestimento 140 , ou
no topo da camada opcional 150 , utilizando qualquer técnica adequada vulgarmente
conhecida na indústria, tal como o revestimento por imersão ou por rotação, pelo qual a
sua espessura pode ser cuidadosamente controlada.

A camada de revestimento de epóxido-sílica é composta por dois componentes


moleculares em uma rede reticulada contínua. Os dois componentes moleculares
compreendem o silício e o oxigênio. Um dos componentes moleculares é o dióxido de
silício inorgânico, como SiO 2 . O outro componente molecular é o organo-silicato, que
é um componente molecular com constituintes orgânicos e inorgânicos, e é descrito pela
fórmula molecular 
R a SiO (4-a) / 2 
na qual R é um grupo orgânico que forma ligações químicas estáveis. com silício na
camada de revestimento depositada, e a é um número inteiro de 1 a 3.

Rs são independentemente seleccionados do grupo que consiste em: alquilo, alquenilo,


alcarilo, cicloalquilo, arilo, cicloalquilo, cicloalquenilo, heteroarilo, heterocíclico,
cicloalquilarilo, cicloalcenilarilo, alcicloalquilarilo, alcicloalquenilarilo e arilalcarilo,
em que um ou mais hidrogénios são opcionalmente substituídos por um grupo funcional
de epoxi, ciano, alcoxi, halogéneo, hidroxi, ariloxi, amino, amida, metacrilato,
metacriloxi, mercapto, carbonilo, uretano, pirrole, éster alquílico, éster arílico, carboxi,
sulfonato, aminoacilo, acilamino, fosfonato, isotiourónio, tiourónio ou imidazole. Os
grupos funcionais preferidos são epoxi, ciano, alcoxi, ariloxi, halogéneo, amino,
metacriloxi e mercapto.

Numa forma de realização mais preferida, os grupos funcionais são epoxi. Os grupos
funcionais epóxi fornecem ligações especialmente fortes ao silício, melhorando as
propriedades mecânicas da camada de revestimento de sílica epóxido e todo o
revestimento anti-reflexo. Os grupos epoxi também proporcionam flexibilidade à
camada de revestimento de epóxido-sílica, o que ajuda a neutralizar os efeitos de
incompatibilidade de expansão térmica do material de substrato e camadas de
revestimento de óxido inorgânico, que podem causar falha de rachamento ou de
craqueamento do revestimento sob tensão de ciclos de temperatura. Grupos funcionais
epóxi são também altamente resistentes a danos químicos, assim a camada de
revestimento de epóxido-sílica contribui também para a durabilidade química
melhorada do revestimento anti-reflexo. Os grupos epóxi também facilitam a cura
rápida da camada de revestimento com aplicação de calor,na presença de um agente de
cura compatível com moléculas funcionais epoxi.

O inorgânico de dióxido de silício (SiO 2 ) componente da camada de revestimento de


epóxido-sílica é o produto da reacção de hidrolisado e condensado de um alcóxido de
silício não-epoxi-funcional. Numa forma de realiza�o, o alc�ido de sil�io n�
funcionalizado com epoxi �seleccionado do grupo que consiste em
tetrametoxissilano, tetraetoxissilano, tetra-n-propoxissilano, tetra-iso-propoxissilano,
tetra-n-butoxissilano, tetra-sec-butoxissilano, tetra-tert. -butoxissilano e
tetrafenoxissilano. Numa forma de realização preferida, o alcóxido de silício é
seleccionado do grupo que consiste em tetrametoxisilano, tetraetoxisilano e uma
combinação dos dois.

O componente organo-silicato da camada de revestimento de epóxido-sílica é o produto


de reacção hidrolisado, condensado e curado de um alcóxido de silício funcional,
incluindo um alcóxido de silício com funcionalidade epoxi e um alcóxido de silício não
funcional com epoxi. Exemplos adequados de alcóxidos de silício funcionais incluem 2-
(3,4-epoxiciclohexil) etiltrietoxissilano, 2- (3,4-epoxiciclohexil) etiltrimetoxisilano, 5,6-
epoxihexiltrietoxissilano, (3-glicidoxipropil) dimetiletoxisilano, (3-glicidoxipropil)
metildietoxissilano, glicidoxipropilo ) metildimetoxisilano, (3-glicidoxipropil)
trimetoxissilano, glicidoximetiltrimetoxissilano, 3-glicidoxipropiltrietoxissilano, 3-
cianopropiltrimetoxissilano, suas misturas e semelhantes. Numa forma de realização
preferida da invenção, o alcóxido de silício com funcionalidade epoxi é (3-
glicidoxipropil) trimetoxissilano.

A razão entre o componente inorgânico de SiO 2 e o componente organo-silicato


orgânico na camada de revestimento de epóxido-sílica não é particularmente limitada,
mas está geralmente entre 1: 1 e 100: 1 em termos de razão molar de SiO 2 inorgânico :
organo- componente de silicato. De preferência, esta razão está entre 6: 1 e 60: 1, e mais
preferencialmente, esta proporção está entre 14: 1 e 24: 1. Numa forma de realização,
esta proporção é de cerca de 19: 1.

A percentagem em peso de SiO inorgânico dois componente na camada de revestimento


de epóxido-sílica é tipicamente maior do que 50 e menos do que 100, de preferência
entre 60 e 95, mais preferencialmente entre 80 e 90. A percentagem em peso do
componente orgânico de organo-silicato no A camada de revestimento de epóxido-sílica
é tipicamente maior que 0 e menor que 50, preferivelmente entre 0 e 20, e mais
preferencialmente entre 2 e 8.

A camada de revestimento de epóxido-sílica pode adicionalmente compreender um


componente endurecedor. O endurecedor é geralmente da mesma estrutura molecular
que o agente de cura na composição de revestimento de epóxido-sílica. O endurecedor
liga-se aos grupos orgânicos no componente organo-silicato do revestimento e torna-se
parte da rede contínua do revestimento. Tipicamente, a percentagem em peso de
endurecedor na camada de revestimento de epóxido-sílica está entre 0 e 20,
preferivelmente entre 4 e 14, e mais preferencialmente entre 6 e 12.

A camada de revestimento de sílica 170 dentro do revestimento anti-reflexo 130 é uma


camada de revestimento com baixo índice de refracção, compreendendo dióxido de
silício. Numa forma de realização da presente invenção, a camada de
revestimento 170 é depositada aplicando e curando uma composição compreendendo
um alcóxido de silício tal como ortossilicato de tetrametilo; um ácido inorgânico tal
como ácido nítrico, um solvente tal como álcool etílico, 1-metoxi-2-propanol, ou uma
sua mistura; e água.

Numa forma de realizao preferida, a camada de revestimento 170 depositada por aplicao


e cura de uma composio compreendendo (a) um alcido de silio seleccionado do grupo
consistindo de ortossilicato de tetraetilo, ortossilicato de tetrametilo ou uma sua
combinao; (b) ácido clorídrico, ácido nítrico ou uma combinação destes; (c) cool etico,
1-metoxi-2-propanol ou uma sua combinao; e (d) ua; em que a composição de
revestimento não contém nenhum outro alcóxido de silício.

A camada de revestimento de sílica, que é depositada directamente sobre a camada de


revestimento de epóxido-sílica, constituído essencialmente por sílica (dióxido de silício,
ou seja, SiO 2) na forma de uma rede contínua. Tipicamente, a sílica na camada de
revestimento de sílica é o produto da reacção hidrolisada e condensada de um dióxido
de silício não epóxi-funcional. Numa forma de realiza�o, o alc�ido de sil�io
n� funcionalizado com epoxi �seleccionado do grupo que consiste em
tetrametoxissilano, tetraetoxissilano, tetra-n-propoxissilano, tetra-iso-propoxissilano,
tetra-n-butoxissilano, tetra-sec-butoxissilano, tetra-tert. -butoxissilano e
tetrafenoxissilano. Numa forma de realização preferida, o alcóxido de silício é
seleccionado do grupo que consiste em tetrametoxisilano, tetraetoxisilano e uma
combinação dos dois.

Numa forma de realização especialmente preferida, a sílica na camada de revestimento


de sílica é o produto da reacção de um alcóxido de silício de tetrametoxisilano (TMOS).
O TMOS é um alcóxido de silício altamente reativo devido aos quatro grupos curtos de
metoxi ligados a cada átomo de silício. A reatividade dos alcóxidos de silício
geralmente diminui com o comprimento das cadeias alcoxi, e o grupo metoxi tem a
menor cadeia possível de um átomo de carbono. A hidrólise e condensação de TMOS
pode ser substancialmente mais longe através de catálise ácida e posterior cura térmica,
em comparação com as reações de outros alcóxidos. Isto proporciona uma camada de
revestimento de sílica mais dura, mais rígida e mais densa, o que melhora as
propriedades de durabilidade de toda a pilha de revestimento anti-reflexo.

Para conseguir a melhoria desejada na durabilidade do revestimento anti-reflexo, a


camada de revestimento de sílica 170 está essencialmente isenta de componente
orgânico na rede de sílica. Grupos orgânicos tendem a suavizar uma camada de
revestimento e aumentar sua flexibilidade; estas características são desejáveis para a
camada de revestimento de sílica epóxido, para melhorar a adesão entre camadas,
reduzir a incompatibilidade térmica e melhorar a resistência química. Contudo, para o
revestimento AR conseguir uma excelente durabilidade mecânica e, especialmente,
resistência a tensões mecânicas severas, tais como o ensaio de abrasão de lã de aço, a
camada de revestimento de sílica mais externa na presente invenção é uma camada de
revestimento dura e rígida. A presença de grupos orgânicos reduz essas propriedades.

Além disso, a camada de revestimento de sílica 170 é essencialmente isenta de outros


materiais inorgânicos, tais como metais ou óxidos de metal. A presença de espécies
metálicas inaceitavelmente reduz a transmitância e, desse modo, estraga as propriedades
anti-reflexivas do revestimento. Os óxidos metálicos alteram o índice de refração da
camada de revestimento, afetando também de forma prejudicial as propriedades
ópticas. As impurezas de óxidos metálicos também alteram a estrutura da rede contínua,
de tal forma que as propriedades mecânicas serão afetadas desfavoravelmente.

A camada de revestimento 170 é depositada directamente no topo da camada de


revestimento de sílica epóxido 160 , utilizando qualquer técnica adequada vulgarmente
conhecida na indústria, tal como revestimento por imersão ou por rotação, pelo qual a
sua espessura pode ser cuidadosamente controlada.

No topo do revestimento anti-reflexo 130 , é opcionalmente depositada uma camada


hidrofóbica 180. Esta camada hidrofóbica é depositada aplicando e opcionalmente
curando uma composição de tratamento hidrofóbica. Qualquer um dos vários
tratamentos hidrofóbicos conhecidos ou às vezes referidos, anti-incrustantes pode ser
usado. Numa forma de realiza�o, o tratamento hidrof�ico �conseguido utilizando
uma composi�o compreendendo um organossilano tal como 1H, 1H, 2H, 2H, -fluoro-
deciltrietoxi-silano; um catalisador ido tal como ido clorrico; um primeiro solvente, tal
como ua desionizada; um segundo solvente, tal como etilenoglicol; e um terceiro
solvente tal como 2-propanol, por um processo tal como revelado na Pat. U.S. No.
6,395,331 de Yan et al., Cujo conteúdo é aqui incorporado por referência. A camada
hidrofóbica fornece a pilha de revestimento com características de repelência de
umidade, anti-manchas e anti-impressão digital. Camada hidrofóbica 180é depositado
usando qualquer técnica adequada, como revestimento por imersão ou revestimento por
rotação. A espessura da camada hidrofóbica varia tipicamente de algumas camadas
moleculares (isto é, <1 nm) a cerca de 10 nm.

Numa forma de realização da invenção, as camadas dentro do revestimento anti-


reflexo 130são depositados no artigo por revestimento rotativo. Na técnica de
revestimento por rotação, o artigo é fixado firmemente na superfície de um mandril
rotativo por aplicação de vácuo. Um volume predeterminado da composição de
revestimento líquida é distribuído na superfície do artigo, enquanto está a ser rodado,
tipicamente a velocidades superiores a 500 rpm. A composio de revestimento forma
assim uma fina camada ou pelula na superfie do artigo e pode ser parcialmente seca
durante a fiao. O artigo pode então ser curado termicamente no mandril, por exemplo,
por fluxo de ar quente de uma pistola de calor. Alternativamente, o artigo pode ser
removido do aparelho de revestimento por rotação e curado, por exemplo, num forno.
Tipicamente, apenas uma superfície principal do artigo é revestida pela técnica de
revestimento por rotação durante cada sequência de revestimento anti-reflexo.

Para todas as técnicas de revestimento adequadas, a reflectância do revestimento anti-


reflexo do tipo interferente destrutivo depende do índice de refração e da espessura de
cada camada. Índices de refração e espessuras apropriados para cada camada de
revestimento, que fornecerão as propriedades antirreflexo desejadas no revestimento,
podem ser determinados usando uma aplicação de software de computador comercial
para design de pilha de revestimento tal como FILMSTAR (FTG Software Associates,
Princeton, NJ).

A composição da solução de revestimento afeta seu índice de refração e sua espessura


depositada. A velocidade a que o artigo é rodado e a viscosidade da composição
também afetam a espessura da camada de revestimento depositada. A espessura da
camada de revestimento diminui à medida que a velocidade de rotação aumenta e a
viscosidade da composição diminui. A velocidade de rotação do dispositivo de
revestimento por rotação para cada camada da pilha de revestimento anti-reflexo que
produz a reflectância desejada pode ser determinada empiricamente preparando um
número de revestimentos, cada um tendo uma camada de revestimento anti-reflexo
depositada a uma velocidade de rotação diferente. e então medindo a propriedade anti-
reflexiva de cada revestimento. As velocidades de rotação para cada camada que produz
a melhor propriedade antirreflexo global são então selecionadas para produzir o
revestimento anti-reflexo.

A gama de espessuras para cada camada de revestimento de alto índice 140 , camada de


revestimento de sílica epóxido 160 e camada de revestimento de sílica 170 é
tipicamente de cerca de 10 a cerca de 200 nm.

Numa forma de realização, a espessura da camada de revestimento de índice


elevado 140 está entre cerca de 20 e cerca de 40 nm, a espessura da camada de
revestimento de sílica epóxido 160 está entre cerca de 55 e cerca de 75 nm e a espessura
da camada de revestimento de sílica 170 está entre cerca de 40 e cerca de 60 nm. Nesta
forma de realização, a camada opcional 150 está ausente.

Noutra concretização, a espessura da camada de revestimento de índice


elevado 140 está entre cerca de 30 e cerca de 50 nm, a espessura da camada de
revestimento de sílica epóxido 160está entre cerca de 60 e cerca de 80 nm e a espessura
da camada de revestimento de sílica 170 está entre cerca de 20 e cerca de 40 nm. Nesta
forma de realização, a soma das espessuras do revestimento 160 e da camada de
revestimento 170 está entre cerca de 90 nm e cerca de 110 nm. Também nesta forma de
realização, a camada opcional 150 está presente e consiste numa camada de
revestimento de baixo índice de refracção e uma camada de revestimento de alto índice
de refracção. Nesta forma de realização, a camada de revestimento com um índice de
refracção baixo dentro da camada 150tem uma espessura entre cerca de 10 e cerca de 30
nm, e a camada de revestimento com um elevado índice de refracção dentro da
camada 150tem uma espessura entre cerca de 45 e cerca de 65 nm.

Cada camada de revestimento depositada dentro do revestimento anti-reflexo da


presente invenção é termicamente curada por tratamento térmico sob condições
seleccionadas de temperatura e tempo que não degradam fisicamente ou quimicamente
o revestimento e / ou o artigo. Por exemplo, se o substrato for um polímero e a sua
temperatura de deformação térmica for excedida durante o processo de revestimento, o
artigo pode deformar, tornando-o inútil para fins comerciais. A temperaturas muito mais
altas do que a temperatura de deformação a quente, o artigo pode até mesmo se
decompor quimicamente, embora essa degradação física ou química possa ser evitada
pelo encurtamento do tempo de tratamento térmico. Assim, os efeitos negativos das
temperaturas mais altas do tratamento térmico podem ser evitados pelo encurtamento do
tempo do processo. As temperaturas de tratamento térmico e duração de tempo que
produzem as melhores condições de cura,e, consequentemente, as melhores
propriedades de revestimento, tais como durabilidade mecânica, química e ambiental,
evitando a degradação do substrato, podem ser determinadas empiricamente.

Este revestimento anti-reflexo 130 também proporciona uma durabilidade mecânica,


química e ambiental melhorada ao artigo da presente invenção. Estas propriedades
melhoradas são realizadas quando as camadas de revestimento são depositadas no
substrato em certas sequências, aplicando as composições de revestimento aqui
descritas. As propriedades melhoradas são manifestadas pela ausência de qualquer dano
detectável ao revestimento após a exposição, ou uma redução na quantidade de dano
detectável ao revestimento após a exposição, quando comparado a outros tipos
conhecidos de revestimentos anti-reflexo ou a configurações de revestimento camadas
fora do âmbito da invenção.

Danos detectáveis podem estar na forma de, por exemplo, delaminação do revestimento,
perda de aderência do revestimento ao substrato, remoção parcial do revestimento,
pontos, orifícios ou outros defeitos visíveis no revestimento, ou desempenho óptico
reduzido como determinada, por exemplo, pela anise da reflectcia do artigo sobre o
intervalo de comprimentos de onda visel de 400-700 nm, utilizando um instrumento tal
como um espectrofotetro modelo ULTRASCAN XE fabricado por Hunter Associates
Laboratory, Inc. (Reston, Va.).

As propriedades melhoradas incluem uma resistência significativamente melhorada à


exposição ambiental. Por exemplo, o artigo da presente invenção mostra uma resistência
melhorada à exposição a altas temperaturas. Com o revestimento antirreflexo
depositado, o artigo normalmente mostra resistência a temperaturas superiores a 100 °
C, freqüentemente apresenta resistência a temperaturas superiores a 115 ° C, e pode
mostrar resistência a temperaturas de pelo menos 130 ° C, quando exposto por até 30
minutos.

Outro exemplo de propriedades ambientais aprimoradas é mostrado pela resistência do


artigo ao intemperismo, quando submetido a testes em um equipamento de
intemperismo como o Modelo CXWA Sunshine Carbon Arc WEATHER-OMETER®
fabricado pela Atlas Material Testing Technology LLC, Chicago, Ill. O artigo mostra
resistência melhorada à exposição combinada à luz solar simulada, alta temperatura e
umidade, a temperaturas de até 60 ° C para tempos de exposição de até 120 horas.

As propriedades melhoradas também incluem resistência à exposição química. Por


exemplo, o artigo com o revestimento anti-reflexo mostra resistência melhorada à
exposição a água quente a uma temperatura de até 90 ° C, quando exposta por até 90
minutos. Além disso, o artigo mostra uma resistência melhorada à exposição a uma
solução 0,1 N de hidróxido de sódio (NaOH). O artigo tipicamente resiste à exposição
em temperatura ambiente a uma solução de NaOH por até 30 minutos.

As propriedades aprimoradas também incluem resistência a danos mecânicos. Tais


danos podem ocorrer espontaneamente, devido a tensões durante os processos de
revestimento e cura, ou podem ocorrer como resultado de testes de avaliação. Um teste
típico é realizado aplicando-se lã de aço ao artigo com uma determinada força em um
movimento alternativo para um determinado número de ciclos. O artigo com o
revestimento anti-reflexo mostrou resistência melhorada tanto às tensões dos processos
de revestimento e cura, como à aplicação de lã de aço (tipo 0000) com uma força de até
1 kg para até 10 ciclos.

A substância e o método da presente invenção podem ser melhor compreendidos por


referência aos seguintes exemplos ilustrativos:

EXEMPLOS Exemplo 1 Preparação de uma composição de revestimento epóxido-sílica


(OS)

Um índice de refracção baixo, composição de revestimento de epóxido-sílica, designada


como a composição “OS”, foi preparada como se segue:

Num recipiente de plástico fechado, cerca de 368,2 gramas de etanol do tipo reagente
(Fisher Chemical Co., catálogo No. A995-4), cerca de 77,5 gramas de água desionizada,
cerca de 8,6 gramas de ácido nítrico (cerca de 70% em peso de HNO3) .) (Fisher
Chemical Co., nº de catálogo A200-500) e cerca de 1,0 gramas de acetato de sódio
(Sigma Aldrich, nº de catálogo 470899) foram misturados usando uma placa de agitação
magnética, durante cerca de 30 minutos a cerca de 350 rpm e a 65 ° C., para formar uma
primeira mistura. Então, cerca de 81,8 gramas de ortossilicato de tetrametilo (um
alcóxido de silício não epoxi-funcional, Sigma Aldrich, nº de catálogo 218472) foram
adicionados à primeira mistura, para formar uma segunda mistura. A segunda mistura
foi agitada durante cerca de 2 horas, a cerca de 350 rpm e a 65. Em seguida, cerca de
497,3 gramas de etanol de grau reagente e 865,5 gramas de 1-metoxi-2-propanol (Sigma
Aldrich, catogo n 484407) foram adicionados à segunda mistura, para formar uma
terceira mistura. A terceira mistura foi agitada durante cerca de 2 horas, a cerca de 350
rpm e à temperatura ambiente.

Uma quarta mistura foi preparada por agitação de uma mistura separada contendo cerca
de 2,4 gramas de (3-glicidoxipropil) trimetoxissilano (um alcóxido de silício com
funcionalidade epoxi, Sigma Aldrich, nº de catálogo 440167), cerca de 3,31 gramas de
ácido metilenossuccínico (Sigma Aldrich, catálogo nº 129204) e cerca de 10,8 gramas
de etanol de grau reagente. A quarta mistura foi misturada durante cerca de 10 minutos
a cerca de 300 rpm e a 45 ° C. Adicionou-se cerca de 1,1 gramas de água desionizada à
quarta mistura para formar uma quinta mistura e esta quinta mistura foi agitada durante
cerca de 60 minutos 300 rpm e a 45 ° C. Depois, cerca de 35,8 gramas de etanol de grau
reagente e cerca de 46,6 gramas de 1-metoxi-2-propanol foram adicionados à quinta
mistura, para formar uma sexta mistura. A sexta mistura foi agitada durante cerca de 2
horas, a cerca de 350 rpm e à temperatura ambiente.

A sexta mistura foi adicionada ao recipiente contendo a terceira mistura para formar
uma sétima mistura. Depois da sétima mistura ter sido agitada durante cerca de 15
horas, a cerca de 300 rpm e à temperatura ambiente, foi filtrada através de um filtro de
0,2 µm, para formar a composição de revestimento OS.

Exemplo 2 Preparação de uma composição de revestimento de sílica com baixo índice


de refração (DS2)

Esta composição de revestimento de sílica de baixo índice de refração, designada como


a composição “DS2”, foi preparada como se segue:
Num recipiente de plástico fechado, cerca de 199,7 gramas de etanol de grau reagente,
cerca de 46,0 gramas de água desionizada, cerca de 5,1 gramas de ácido nítrico (70%
em peso) e cerca de 0,6 gramas de acetato de sódio foram misturados durante cerca de
30 minutos 350 rpm e a 65 ° C, para formar uma primeira mistura. Então, cerca de 48,6
gramas de ortossilicato de tetrametilo (um alcóxido de silício) foram adicionados à
primeira mistura, para formar uma segunda mistura. A segunda mistura foi agitada
durante cerca de 2 horas, a cerca de 350 rpm e a 65 ° C. Em seguida, cerca de 684,9
gramas de etanol de grau reagente e 1015,1 gramas de 1-metoxi-2-propanol foram
adicionados à segunda mistura, para formar uma terceira mistura. Depois de agitar a
terceira mistura durante cerca de 15 horas a cerca de 350 rpm e à temperatura ambiente,
filtrou-se através de um filtro de 0,2 µm, para formar a composição de revestimento de
DS2.

Exemplo 3 Preparação de uma composição de revestimento de titânia com alto índice de


refração (HT1)

A preparação desta composição de revestimento com elevado índice de refracção,


designada por composição “HT1”, foi descrita em detalhe no pedido de patente US
2008/0003373 A1 a Yan et ai, cujo conteúdo é incorporado por referência.

Num recipiente de plástico fechado, misturaram-se cerca de 317,1 gramas de etanol do


tipo reagente, cerca de 5,9 gramas de ácido clorídrico (cerca de 36% em peso de HC1)
(Fisher Chemical, nº de catálogo A508-500) e cerca de 5,7 gramas de água desionizada.
cerca de 5 minutos utilizando um agitador magnico, a cerca de 200 rpm e temperatura
ambiente, para formar uma primeira mistura. Então, cerca de 106,4 gramas de
isopropóxido de titânio (IV) (Sigma Aldrich, nº de catálogo 205273) foram adicionados
à primeira mistura, para formar uma segunda mistura, e esta segunda mistura foi agitada
durante cerca de 60 minutos, a cerca de 200 rpm e temperatura ambiente. Em seguida,
cerca de 1552,5 gramas de etanol de grau reagente, cerca de 2,1 gramas de ácido
clorídrico e cerca de 10,4 gramas de água desionizada foram adicionados à segunda
mistura, para formar uma terceira mistura.

Preparou-se uma quarta mistura agitando uma mistura contendo cerca de 1,34 gramas
de (3-glicidoxipropil) trimetoxissilano, um alcóxido de silício com funcionalidade
epoxi, cerca de 1,70 gramas de ácido metilenossuccínico (um agente de cura), cerca de
1,58 gramas de ortossilicato de tetrametilo (um alcóxido de silício epoxi-funcional,
cerca de 1,98 gramas de 1-metoxi-2-propanol, cerca de 1,4 gramas de água e cerca de
32 gramas de etanol de grau reagente durante cerca de 1 hora, a cerca de 250 rpm e à
temperatura ambiente.

Uma quinta mistura foi preparada adicionando a quarta mistura à terceira mistura. Após
a quinta mistura ter sido agitada durante cerca de 5 horas, a cerca de 200 rpm e à
temperatura ambiente, foi filtrada através de um filtro de 0,2 µm, para formar a
composição de revestimento de HT1.

Exemplo 4 Preparação de uma composição de revestimento hidrofóbico (HP)

A preparação de uma composição de revestimento hidrofóbica usada para depositar uma


camada hidrofóbica foi descrita em detalhe na Pat. No. 6.395.331 de Yan et al. A
composição de revestimento hidrofóbica, referida como a composição "HP", foi
preparada num procedimento de dois passos. Primeiro, num recipiente de plástico, cerca
de 38,5 gramas de 2-propanol (Fisher Chemical, catálogo nº A416-4), cerca de 2,8
gramas de água desionizada, cerca de 0,7 grama de ácido clorídrico (36% em peso) e
cerca de 0,4 gramas de 1H, 1H, 2H, 2H, -fluorodeciltrietoxissilano (Sigma Aldrich, nº
de catálogo 658758) foram misturados em conjunto, para formar uma primeira mistura.
Esta primeira mistura foi agitada durante cerca de 2 horas a cerca de 250 rpm, à
temperatura ambiente. A primeira mistura foi então misturada com cerca de 0,1 grama
de 1H, 1H, 2H, 2H, -fluoro-deciltrietoxissilano, cerca de 495,3 gramas de água
desionizada, cerca de 418,3 gramas de 2-propanol,e cerca de 44 gramas de etilenoglicol
(Sigma Aldrich, catlogo n 293237), para formar uma segunda mistura. A segunda
mistura foi agitada a cerca de 250 rpm durante cerca de 1 hora e depois filtrada através
de um filtro de 0,2 µm para produzir a composição de revestimento hidrofóbico “HP”.

Exemplo 5 Preparação de uma composição de revestimento de titânia com alto índice de


refração (HT3)

A preparação de uma composição semelhante para o revestimento de alto índice de


refracção, designada como composição “HT3”, foi descrita em detalhe no pedido de
patente US 2008/0003373 A1 para Yan et al.

Num recipiente de pltico fechado, cerca de 373,6 gramas de etanol de grau reagente,
cerca de 11,5 gramas de ido clorrico (cerca de 36% em peso de HCl) e cerca de 5,3
gramas de ua desionizada foram misturados durante cerca de 5 minutos utilizando um
agitador magnico a cerca de 200 rpm e à temperatura ambiente, para formar uma
primeira mistura. Então, cerca de 141,5 gramas de isopropóxido de titânio (IV) foram
adicionados à primeira mistura, para formar uma segunda mistura, e esta segunda
mistura foi agitada durante cerca de 60 minutos, a cerca de 200 rpm e à temperatura
ambiente. Depois, cerca de 656,4 gramas de etanol de grau reagente, cerca de 6,2
gramas de ácido clorídrico e cerca de 20,8 gramas de água desionizada foram
adicionados à segunda mistura, para formar uma terceira mistura.

Preparou-se uma quarta mistura agitando uma mistura contendo cerca de 1,8 gramas de
(3-glicidoxipropil) trimetoxissilano, cerca de 2,4 gramas de ácido metilenossuccínico,
cerca de 2,3 gramas de ortossilicato de tetrametilo, cerca de 2,7 gramas de 1-metoxi-2-
propanol, cerca de 2,0 gramas de água desionizada, e cerca de 42,6 gramas de etanol de
grau reagente durante cerca de 1 hora, a cerca de 250 rpm e à temperatura ambiente.

Uma quinta mistura foi preparada combinando a quarta mistura e a terceira mistura, e
adicionando mais 731,0 gramas de etanol de grau reagente. Depois da quinta mistura ter
sido agitada durante cerca de 5 horas, a cerca de 200 rpm e à temperatura ambiente, foi
filtrada através de um filtro de 0,2 µm, para formar a composição de revestimento HT3.

Exemplo 6 Preparação de uma composição com baixo índice de refração de sílica (LS2)

Esta composição de revestimento de sílica com baixo índice de refracção é designada


por composição “LS2”. A preparação da composição de LS2 é descrita em detalhe na
Pat. U.S. No. 5.856.018 de Chen et ai, cujo conteúdo é aqui incorporado por referência.
A composio de revestimento de LS2 foi preparada como se segue: Num recipiente de
pltico, cerca de 28,3 gramas de etanol de grau reagente, cerca de 52,6 gramas de
ortossilicato de tetraetilo (Sigma Aldrich, nde catogo 131903), cerca de 2,6 gramas de
ido clorrico (36% em peso) e cerca de 15,3 gramas de água desionizada foram
misturados durante cerca de 30 minutos, a cerca de 200 rpm e à temperatura ambiente,
para formar uma primeira mistura. Então, cerca de 901,2 gramas de etanol de grau
reagente foram adicionados à primeira mistura, para formar uma segunda mistura.
Depois da segunda mistura ter sido agitada durante cerca de 5 horas, a cerca de 200 rpm
e à temperatura ambiente,foi filtrado através de um filtro de 0,2 μm, para formar a
composição de revestimento LS2.

Exemplo 7 Preparação de uma composição de revestimento de polissiloxano de baixo


índice de refração (DXS)

Esta composio de revestimento de polissiloxano de baixo dice de refraco designada


como a composio "DXS". A composio de DXS foi preparada como se segue: Num
recipiente, cerca de 151 gramas de uma composio de revestimento termicamente curel
comprada de SDC Technologies, Inc., Irvine, Calif. Sob um nero de catogo MP-1154D,
cerca de 277 gramas de 1-metoxi-2 propanol e cerca de 1572 gramas de 2-propanol
foram combinados para formar uma mistura. Esta mistura foi agitada a cerca de 250
rpm durante cerca de 60 minutos, em condições ambientes. A mistura foi então filtrada
através de um filtro de 10 µm, para formar a composição de revestimento DXS.

Exemplo 8 Revestimento AR numa lente oftálmica de plástico de alto índice (invenção)

Um revestimento anti-reflexo consistindo em três camadas discretas de revestimento foi


depositado em um lado de uma lente oftálmica plástica de alto índice da Seiko Epson,
por um processo convencional de revestimento por rotação, usando o sistema de
revestimento de lentes Stratum Gerber Coburn.

Antes da deposição do revestimento AR, a lente foi limpa com um pano de sala limpa
umedecido com etanol e, em seguida, seca por sopro com ar comprimido e, em seguida,
corona tratado por cerca de 10 segundos.

Uma primeira camada de revestimento foi depositada na superfície da lente utilizando a


composição HT1 descrita no Exemplo 3. A composição foi aplicada distribuindo
manualmente 0,5 a 1,0 ml de composição sobre a superfície, durante uma duração
inferior a dois segundos, enquanto a lente foi rodada. a uma velocidade de cerca de
3500 rpm. Após a distribuição da composição, a rotação da lente foi continuada durante
cerca de 15 segundos adicionais. Esta primeira camada de revestimento foi curada a
cerca de 120 ° C durante cerca de 30 minutos num forno. A superfície com a primeira
camada de revestimento depositada sobre ela foi então tratada por tratamento corona
durante cerca de 10 segundos.

Uma segunda camada de revestimento foi então depositada no topo da camada HT1
usando a composição OS descrita no Exemplo 1. A composição foi aplicada
distribuindo manualmente 0,5 a 1,0 ml de composição sobre a superfície, ao longo de
uma duração inferior a dois segundos, enquanto a a lente foi rodada a uma velocidade
de cerca de 1200 rpm. Após a distribuição da composição, a rotação da lente foi
continuada durante cerca de 15 segundos adicionais. Esta segunda camada de
revestimento foi curada a cerca de 120 ° C durante cerca de 30 minutos num forno. A
superfície da lente com a primeira e segunda camadas de revestimento depositadas
sobre ela foi então tratada por tratamento corona durante cerca de 10 segundos.
Uma terceira camada de revestimento foi então depositada no topo da camada de OS
utilizando a composição de DS2 descrita no Exemplo 2. A composição foi aplicada
distribuindo manualmente 0,5 a 1,0 ml de composição sobre a superfície, durante uma
duração inferior a dois segundos, enquanto a lente foi rodada a uma velocidade de cerca
de 2700 rpm. Após a distribuição da composição, a rotação da lente foi continuada
durante cerca de 15 segundos adicionais. Esta terceira camada foi curada a cerca de 100
° C durante cerca de 30 minutos num forno.

Finalmente, uma camada hidrofóbica foi depositada na camada DS2 utilizando a


composição de revestimento hidrofóbica descrita no Exemplo 4. A composição líquida
foi aplicada mergulhando manualmente a lente na composição durante cerca de 10
segundos. A camada de revestimento hidrofóbica foi curada por aquecimento durante
cerca de 6 horas a cerca de 100 ° C num forno.

O revestimento AR depositado neste exemplo é representado esquematicamente FIG. 2 ,


depositado sobre um substrato compreendendo uma lente oftálmica de alto índice de
refracção. As espessuras e os índices de refracção de cada camada de revestimento
foram determinados utilizando um elipsómetro espectroscópico fabricado por JA
Woollam Co., Inc. (Lincoln, Nebr.) Sob o nome de catálogo VASE®. A camada do
revestimento depositada utilizando a composição HT1 produziu um índice de refracção
de cerca de 2,0. A espessura desta camada foi de cerca de 24 nm. A camada seguinte do
revestimento, depositada usando a composição OS, produziu um índice de refração de
cerca de 1,50. A espessura desta camada foi de cerca de 65 nm. A camada seguinte do
revestimento, depositada utilizando a composição DS2, produziu um índice de refracção
de cerca de 1,46. A espessura desta camada foi de cerca de 48 nm.A reflectância de uma
lente revestida em ambas as superfícies principais no intervalo de comprimento de onda
de 400 a 700 nm foi medida utilizando o espectrofotómetro Hunter Ultrascan XE. As
propriedades anti-reflexivas do revestimento são mostradas em FIG. 3 .

A durabilidade mecânica, química e ambiental do revestimento foi avaliada como


descrito no Exemplo 17. O revestimento AR aplicado como descrito neste exemplo
numa lente de alto índice passou em todos os testes de durabilidade. Além disso, como
mostrado FIG. 4 , as propriedades ópticas (ou seja, refletância) das lentes revestidas não
foram degradadas por exposição química ou ambiental durante os testes.

Exemplo 9 Revestimento AR em uma lente oftálmica de policarbonato (Invenção)

Um revestimento anti-reflexo foi depositado como descrito no Exemplo 8, excepto que


o revestimento foi depositado na superfície de uma lente oftálmica de policarbonato
(PC). A lente foi adquirida à Essilor Corporation sob a marca registada AIRWEAR® e,
conforme adquirida, tinha um revestimento duro em ambas as superfícies principais.

Depois de depositar o revestimento AR, uma camada hidrofóbica de HP foi depositada


na superfície como também descrito no Exemplo 8. O revestimento AR depositado
neste exemplo é representado esquematicamente também em FIG. 2 , depositado num
substrato compreendendo uma lente oftálmica de PC. Uma lente de PC com o
revestimento AR aplicado a ambas as superfícies principais, conforme descrito neste
exemplo, apresentou baixa (<2%) refletância de luz dentro da faixa de comprimento de
onda de 500 a 600 nm, ou seja, suas propriedades ópticas foram semelhantes às do
índice alto. lente com o revestimento AR aplicado como descrito no Exemplo 8.
A durabilidade mecânica, química e ambiental do revestimento foi avaliada como
descrito no Exemplo 17. O revestimento AR aplicado como descrito neste exemplo
numa lente oftálmica de policarbonato passou em todos os testes de durabilidade.

Exemplo 10 Revestimento AR em uma lente de policarbonato (Invenção)

Um revestimento anti-reflexo consistindo de cinco camadas discretas de revestimento


foi depositado em um lado de uma lente oftálmica de policarbonato Essilor
AIRWEAR® (PC), por um processo convencional de revestimento por rotação, usando
o sistema de revestimento de lentes Stratum Gerber Coburn.

A lente foi preparada para a deposição do revestimento anti-reflexo, esfregando com um


pano de sala limpa embebido em etanol, em seguida, soprando com ar comprimido e,
em seguida, tratando a superfície por cerca de 10 segundos.

Uma primeira camada de revestimento foi depositada na superfície da lente utilizando a


composição HT3 descrita no Exemplo 5. A composição foi aplicada distribuindo
manualmente 0,5 a 1,0 ml de composição sobre a superfície, durante um período
inferior a dois segundos, enquanto a lente era rodada uma velocidade de cerca de 3500
rpm. Após a distribuição da composição, a rotação da lente foi continuada durante cerca
de 15 segundos adicionais. Esta primeira camada de revestimento foi curada a cerca de
125 ° C durante cerca de 5 minutos num forno. A superfície com a primeira camada de
revestimento depositada foi então tratada com corona durante cerca de 6 segundos.

Uma segunda camada de revestimento foi então depositada na superfície da lente


utilizando a composição de DS2 descrita no Exemplo 2, de um modo semelhante ao da
primeira camada de revestimento, excepto que a lente foi rodada a uma velocidade de
3000 rpm durante a deposição. Esta segunda camada de revestimento foi curada a cerca
de 125 ° C durante cerca de 5 minutos num forno. A superfície com a primeira e
segunda camadas de revestimento depositadas sobre ela foi então tratada com corona
durante cerca de 6 segundos.

Uma terceira camada de revestimento foi então depositada na superfície da lente


utilizando a composição HT3, de um modo semelhante ao da primeira camada de
revestimento, excepto que a lente foi rodada a uma velocidade de 1600 rpm durante a
deposição. Esta terceira camada de revestimento foi curada a cerca de 125 ° C durante
cerca de 5 minutos numa estufa e a superfície com a primeira, segunda e terceira
camadas de revestimento depositadas foi então tratada com corona durante cerca de 6
segundos.

Uma quarta camada de revestimento foi então depositada na superfície da lente


utilizando a composição OS descrita no Exemplo 1, de um modo semelhante ao da
primeira camada de revestimento, excepto que a lente foi rodada a uma velocidade de
1800 rpm durante a deposição. Esta quarta camada de revestimento foi curada a cerca
de 120 ° C durante cerca de 30 minutos numa estufa e a superfície com a primeira,
segunda, terceira e quarta camadas de revestimento nele depositadas foi então tratada
com corona durante cerca de 10 segundos.

Uma quinta camada de revestimento foi então depositada na superfície da lente


utilizando a composição DS2, de um modo semelhante ao da primeira camada de
revestimento, excepto que a lente foi rodada a uma velocidade de 1000 rpm durante a
deposição. Esta quinta camada de revestimento foi curada a cerca de 120 ° C durante
cerca de 30 minutos num forno.

Finalmente, uma camada hidrofóbica foi depositada no topo da quinta camada de


revestimento usando a composição de revestimento hidrofóbica descrita no Exemplo 4.
A composição líquida foi aplicada mergulhando manualmente a lente na composição
durante cerca de 10 segundos. A camada de revestimento hidrofóbica foi curada
mantendo-se à temperatura ambiente durante cerca de 1 hora, depois por aquecimento
durante cerca de 4 horas a cerca de 110 ° C num forno.

O revestimento AR depositado neste exemplo é representado esquematicamente FIG. 5 ,


depositado em uma lente oftálmica de policarbonato. A reflectância de uma lente
revestida em ambas as superfícies principais no intervalo de comprimentos de onda de
400 a 700 nm foi medida utilizando o espectrofotómetro Hunter Ultrascan XE. As
propriedades anti-reflexivas do revestimento são mostradas em FIG. 6 . A durabilidade
mecânica, química e ambiental do revestimento AR aplicado como descrito neste
exemplo numa lente oftálmica de PC foi avaliada como descrito no Exemplo 17. O
revestimento AR passou em todos os testes de durabilidade.

Exemplo 11 Revestimento AR em lentes de plástico e policarbonato de alto índice


(comparativo)

Revestimentos anti-reflexos foram depositados numa lente oftmica de alto dice de pltico
Seiko Epson e numa lente oftmica de policarbonato Essilor AIRWEARda maneira
descrita no Exemplo 8, excepto que a ordem da segunda e terceira camadas de
revestimento foi invertida. Ou seja, primeiro a camada HT1 foi depositada, depois a
camada DS2 foi depositada e depois a camada OS foi depositada. A camada hidrofóbica
do HP foi depositada após a camada OS.

A durabilidade mecânica, química e ambiental dos revestimentos foi avaliada como


descrito no Exemplo 17. O revestimento AR aplicado como descrito neste exemplo
numa lente de alto índice falhou no teste de abrasão de lã de aço. Nenhum outro teste de
durabilidade foi realizado nesta lente de alto índice. O revestimento AR aplicado
conforme descrito neste exemplo em uma lente de policarbonato também falhou no teste
de abrasão de lã de aço. Esses resultados indicaram que o revestimento AR apresentou
durabilidade mecânica inferior.

Exemplo 12 Revestimento AR em uma lente plástica de alto índice (comparativo)

Um revestimento antirreflexo foi depositado numa lente oftmica de alto dice de pltico
Seiko Epson do modo descrito no Exemplo 8, excepto que a camada de revestimento de
OS (epido e sica) foi omitida. Ou seja, primeiro a camada HT1 foi depositada e depois a
camada DS2 foi depositada. A camada hidrofóbica HP foi depositada após a camada
DS2.

O revestimento AR aplicado como descrito neste exemplo em uma lente de alto índice
mostrou uma fissura inicial após a cura das camadas AR foi concluída, indicando que o
revestimento AR tinha propriedades mecânicas inferiores. Outros testes de durabilidade,
como descrito no Exemplo 17, não foram conduzidos no revestimento preparado neste
exemplo, uma vez que a sua condição anterior ao teste já era inaceitável.

Exemplo 13 Revestimento AR em Lente de Policarbonato (Comparativo)

Um revestimento antirreflexo foi depositado numa lente oftálmica de policarbonato


Essilor AIRWEAR® do modo descrito no Exemplo 9, com a excepção de a camada
superior de revestimento de sílica DS2 ter sido omitida. Ou seja, primeiro a camada
HT1 foi depositada, e então a camada de epóxido-sílica OS foi depositada. A camada
hidrofóbica HP foi depositada após a camada OS.

A durabilidade mecânica, química e ambiental do revestimento foi avaliada como


descrito no Exemplo 17. O revestimento AR aplicado como descrito neste exemplo
numa lente de policarbonato falhou no teste de abrasão de lã de aço, indicando que o
revestimento AR tinha durabilidade mecânica inferior.

Exemplo 14 Revestimento AR em Lente de Policarbonato (Comparativo)

Um revestimento antirrefletivo de três camadas foi depositado em uma lente oftálmica


de policarbonato Essilor AIRWEAR® da maneira descrita no Exemplo 9, exceto que a
composição de revestimento DS2 usada para depositar a terceira camada de
revestimento foi substituída pelo revestimento de baixo índice de refração “LS2”
composição descrita no Exemplo 6. Isto é, primeiro a camada HT1 foi depositada,
depois a camada OS foi depositada e depois a camada LS2 foi depositada em vez da
camada DS2. A camada hidrofóbica HP foi depositada após a camada de LS2.

A durabilidade mecânica, química e ambiental do revestimento foi avaliada como


descrito no Exemplo 17. O revestimento AR aplicado como descrito neste exemplo em
uma lente de policarbonato foi aprovado na avaliação inicial de fissura, mas falhou tanto
nos testes de água quente como de exposição alcalina, indicando que o revestimento AR
tinha durabilidade química e ambiental inferior. Testes adicionais de durabilidade nesta
lente não foram realizados.

Exemplo 15 Revestimento AR em Lentes de Plástico de Alto Índice (Comparativo)

Um revestimento antirreflexo de três camadas foi depositado numa lente oftálmica de


plástico de alto índice da maneira descrita no Exemplo 8, excepto que a composição de
revestimento OS utilizada para depositar a segunda camada de revestimento foi
substituída pelo polisiloxano de baixo índice de refracção “DXS”. composição de
revestimento descrita no Exemplo 7. Isto é, primeiro a camada HT1 foi depositada,
depois a camada DXS foi depositada em vez da camada OS, e depois a camada DS2 foi
depositada. A camada hidrofóbica HP foi depositada após a camada DS2.

A durabilidade mecânica, química e ambiental do revestimento foi avaliada como


descrito no Exemplo 17. O revestimento AR aplicado como descrito neste exemplo em
uma lente plástica de alto índice falhou no teste de abrasão de lã de aço e no teste de
exposição de álcali, indicando que o O revestimento AR apresentou durabilidade
mecânica e química inferior.

Exemplo 16 Lentes revestidas comerciais (comparativo)


As lentes oftálmicas comerciais com revestimentos anti-reflexo, fabricadas por várias
empresas, foram adquiridas de um distribuidor óptico (Walman Optical, Minneapolis,
Minn.). As empresas e os produtos específicos adquiridos incluíram a Essilor
International (nomes de produtos ALIZE® e CRIZAL®), a Sola International
(TEFLON®), a iCoat Company LLC (VIVIX), a Hoya Corporation (HILUX e o
revestimento SUPER HIVISION no CR-39 Lens), e produtos ópticos Seiko
(revestimento SUPER SV na lente de alto índice 1.67).

A durabilidade mecânica, química e ambiental dos revestimentos em lentes comerciais


foi avaliada como descrito no Exemplo 17. Todos os revestimentos comerciais testados
falharam nos testes de exposição a alta temperatura e água quente, e todos, exceto um
revestimento comercial testado, falharam no teste de exposição alcalina. Estes
resultados indicaram que os revestimentos em lentes comerciais tinham durabilidade
ambiental e química inferior.

Exemplo 17 Avaliação de propriedades de revestimento de lentes

Os revestimentos anti-reflexo em lentes oftálmicas, preparados como descrito nos


Exemplos 8 a 16, foram testados quanto à sua durabilidade mecânica, química e
ambiental, como descrito neste exemplo. Os resultados de todos os testes de
durabilidade em lentes com revestimento anti-reflexo são mostrados na Tabela 1.

Enlouquecimento: Todas as lentes com revestimento anti-reflexo foram examinadas,


antes de qualquer teste mecânico, químico ou ambiental, usando um microscópio óptico
de pesquisa (modelo BX51, Olympus Corporation, Tóquio, Japão) com ampliação de
até 500x. Os revestimentos anti-reflexo foram avaliados quanto à aparência de
enlouquecimento em uma base de aprovação / reprovação. Se qualquer fissura for
visível até 500 ×, o revestimento foi considerado como tendo falhado.

Teste de lã de aço: Os revestimentos de lentes foram testados quanto à resistência à


abrasão mecânica por lã de aço. Cada lente revestida foi cortada em tiras
aproximadamente retangulares de 13 × 35 mm e montadas individualmente em um
aparelho de teste de abrasão (Modelo 553-M, Yasuda Seiki Seisakusho Ltd,
Nishinomiya, Japão). Uma almofada de lã de aço do tipo 0000 foi enrolada em torno de
uma cabeça cilíndrica de 15 mm de diâmetro, a qual foi então fixada ao braço recíproco
do aparelho de teste. A cabeça foi esfregada linearmente para frente e para trás ao longo
do comprimento das tiras de corte por 10 ciclos, com uma distância de varredura de 30
mm a uma velocidade de 38 ciclos / minuto, sob uma carga de 1 kg. A lente foi então
examinada sob um microscópio óptico com ampliações de até 50 × e sob uma luz de
alta intensidade.Determinou-se que o revestimento da lente passou ou falhou no teste
com base na comparação com um padrão da indústria. Um revestimento mostrando
nenhum dano ou leve abrasão foi julgado ter passado. Um revestimento mostrando
abrasão moderada a pesada ou remoção de revestimento foi considerado falhado.

Teste de aderência de hachura: Lentes com revestimento AR, mas sem a camada
superior hidrofóbica, foram preparadas para teste, inscrevendo um arranjo de hachura
quadrada de 10 × 10 na superfície da lente, usando um modelo de faca de laboratório e
hachura cruzada. Cada seção da matriz tinha cerca de 1 mm quadrado. A adesão na área
quadrada foi testada pressionando firmemente uma fita de celofane (Tipo CT405AP,
Nichiban Co. Ltd., Tóquio, Japão) na área hachurada e depois removendo-a em um
movimento rápido, repetindo a seqüência de aplicação da fita e remoção duas vezes
Mais. Um revestimento mostrando qualquer delaminação ou remoção de revestimento
(maior que 5% da área revestida), ou outro dano visível em ampliação de até 50x ou sob
uma luz de alta intensidade, foi considerado como tendo falhado.

Todas as amostras de lentes revestidas usadas para os testes de exposição a Alta


Temperatura, Água Quente, Intemperismo e Alcalóide, descritas abaixo, foram
submetidas a testes de adesão cruzada, como descrito acima, tanto antes quanto depois
da exposição.

Teste de alta temperatura: Os revestimentos de lentes sem uma camada hidrofóbica


foram testados quanto à resistência ao calor colocando as lentes em um forno de
laboratório padrão (Modelo DN65, Yamato Scientific Co., Tóquio, Japão) por 30
minutos a 100 ° C. Cada lente foi então examinado sob um microscópio óptico em
ampliações de até 50 × e sob uma luz de alta intensidade, e testado para adesão hachura.
Determinou-se que o revestimento da lente passou ou falhou no teste com base na
aparência do revestimento. Um revestimento mostrando delaminação ou remoção
parcial (maior que 5% da área revestida), fissuras ou rachaduras na área hachurada ou
outra área do cristalino foi considerada falhada. Um revestimento mostrando nenhum
dano visível foi considerado como tendo passado. Os revestimentos que passaram no
teste de 100 ° C foram re-testados acima de 100 ° C em incrementos de 10 ° C.até que a
temperatura máxima de passagem fosse determinada.

Teste de água quente: Os revestimentos de lentes sem uma camada hidrofóbica foram
testados quanto à resistência à água quente por imersão das lentes em água corrente
aquecida a 90 ° C por 90 minutos. Cada lente foi então examinada sob um microscópio
óptico em ampliações de até 50 × e sob uma luz de alta intensidade, e testada para a
adesão em hachuras. Os critérios de aprovação ou reprovação foram os descritos para o
teste de alta temperatura.

Teste de Resistência: Os revestimentos de lentes sem uma camada hidrofóbica foram


testados para resistir ao desgaste usando um Modelo CXWA Sunshine Carbon Arc
WEATHER-OMETER® fabricado pela Atlas Material Testing Technology LLC,
Chicago, Ill. As lentes revestidas foram colocadas dentro da câmara de intemperismo e
expostas ao lâmpada de arco de carbono por 120 horas a 60 ° C. Durante este período,
cada hora de exposição incluiu 45 minutos de exposição seca e 15 minutos com
exposição a spray de água. Testes de adesão hachura e observação microscópica e visual
foram conduzidos em intervalos de 40 horas. Os critérios de aprovação ou reprovação
foram os descritos para o teste de alta temperatura.

Teste de álcali: Os revestimentos de lentes sem camada hidrofóbica foram testados


quanto à resistência a álcalis por imersão das lentes revestidas em uma solução aquosa
de NaOH 0,1 N por 30 minutos, à temperatura ambiente (20 ° C). Após a exposição, as
lentes foram submetidas a testes de adesão cruzada e observadas ao microscópio óptico
em ampliações de até 50 × e sob luz de alta intensidade. Os critérios de aprovação ou
reprovação foram os descritos para o teste de alta temperatura.
TABELA 1
Lã de
Crazing Alto Quente Intemperismo Alcalino
aço
Lente Revestida (Arco de (NaOH
Ex. (Antes (1 kg, Temperatura agua
com AR carbono) 0,1N,
(Substrato # - 10 (100 ° C, 30 (90 ° C, RT, 30
# Testes) (60 ° C, 120 h)
Camadas) ciclos) min) 90 min) min)
(Invenção)
HI - HT1 / OS /
8 Passar Passar Passar* Passar Passar Passar
DS2
PC - HT1 / OS /
9 Passar Passar Passar* Passar Passar Passar
DS2
PC - HT3 / DS2 /
10 Passar Passar Passar* Passar Passar Passar
HT3 / OS / DS2
(Comparativo)
PC - HT1 / DS2 /
11 Passar Falhou Passar Passar Passar Passar
OS
HI - HT1 / DS2 / Não Não
11 Passar Falhou Não testado Não testado
OS testado testado
Não Não Não
HI - HT1 / DS2 12 Falhou Não testado Não testado
testado testado testado
PC - HT1 / OS 13 Passar Falhou Passar Passar Passar Passar
PC - HT1 / OS / Não
14 Passar Não testado Falhou Não testado Falhou
LS2 testado
HI - HT1 / DXS /
15 Passar Falhou Passar Passar Passar Falhou
DS2
Essilor ALIZE ® 16 Passar Passar Falhou Falhou Passar Falhou
Essilor CRIZAL
16 Passar Passar Falhou Falhou Passar Passar
®
Sola TEFLON ® 16 Passar Passar Falhou Falhou Passar Falhou
iCoat VIVIX 16 Passar Passar Falhou Falhou Passar Falhou
Hoya HILUX 16 Passar Passar Falhou Falhou Passar Falhou
Hoya SUPER
HIVISÃO (CR- 16 Passar Passar Falhou Falhou Passar Falhou
39)
Seiko SUPER SV
16 Passar Passar Falhou Falhou Passar Falhou
(HI, 1.67)
#
 HI = lente plástica de alto índice; PC = lente de policarbonato;
* Teste de alta temperatura passado em até 130 ° C.

Reclamações ( 23 )
1. Artigo compreendendo um substrato e um revestimento anti-reflexo depositado em
pelo menos uma superfície principal do substrato, compreendendo o referido
revestimento anti-reflexo:
(a) uma primeira camada de revestimento tendo um elevado índice de refracção
depositado no substrato;
(b) uma camada de revestimento de epóxido-epóxido depositada na primeira camada de
revestimento, em que a camada de revestimento de epóxido-sílica compreende um
componente de dióxido de silício e um componente de organo-silicato tendo a fórmula
molecular R a SiO (4-a) / 2 . uma rede reticulada contínua, em que R é um grupo orgânico
que forma ligações químicas estáveis com silício, e a é um número inteiro entre 1 e 3; e
(c) uma camada de revestimento de sílica depositada directamente na camada de
revestimento de epóxido-sílica, consistindo essencialmente em dióxido de silício; em
que a camada de revestimento de sílica é a camada mais externa do revestimento anti-
reflexo.
2. O artigo de reivindicação 1 , em que o revestimento anti-reflexo compreende ainda
uma pilha de camadas de revestimento alternando um baixo índice de refracção e um
elevado índice de refracção, depositadas na primeira camada de revestimento, de tal
modo que as camadas alternadas estão entre o substrato e a camada de revestimento de
epóxido-sílica.
3. O artigo de reivindicação 2 , em que a pilha de camadas de revestimento consiste
numa camada de revestimento única com um baixo índice de refracção e uma camada
de revestimento única com um elevado índice de refracção.
4. O artigo de reivindicação 2 , em que o baixo índice de refracção é um índice de
refracção inferior a cerca de 1,60 a um comprimento de onda de 510 nm.
5. O artigo de reivindicação 2 , em que a camada ou camadas de revestimento com
baixo índice de refração compreende sílica.
6. O artigo de reivindicação 1 , em que o elevado índice de refracção é um índice de
refracção superior a cerca de 1,70 a um comprimento de onda de 510 nm.
7. O artigo de reivindicação 1 , em que a primeira camada de revestimento compreende
titânia.
8. O artigo de reivindicação 1 , em que o substrato compreende um polímero ou vidro
transparente.
9. O artigo de reivindicação 1 compreendendo ainda uma camada de revestimento
primário, uma camada de revestimento dura, ou a sua combinação, entre o substrato e o
revestimento anti-reflexo.
10. O artigo de reivindicação 1 compreendendo ainda uma camada de revestimento
hidrofóbico depositado no topo da camada de revestimento de sílica mais externa.
11. Um processo para preparar o artigo de reivindicação 1 , compreendendo as etapas
de:
aplicar uma primeira composi�o de revestimento no substrato para depositar a
primeira camada de revestimento;
aplicar uma composi�o de revestimento de ep�ido-s�ica sobre a primeira
camada de revestimento para depositar a camada de revestimento de ep�ido-s�ica;
aplicar uma composi�o de revestimento de s�ica directamente na camada de
revestimento de ep�ido-s�ica para depositar a camada de revestimento de s�ica,
em que a camada de revestimento de s�ica �a camada mais externa do
revestimento anti-reflex�; e
curando cada camada depositada após cada etapa de depósito.
12. O processo de alegação 11 compreendendo ainda, antes de depositar a camada de
revestimento de sica epido, um passo de deposio de uma pilha de camadas de
revestimento alternando um baixo dice de refraco e um elevado dice de refraco sobre a
primeira camada de revestimento, em que o baixo dice de refraco um dice de refraco
inferior de cerca de 1,60 a um comprimento de onda de 510 nm.
13. O processo de reivindicação 12 , em que a pilha de camadas de revestimento
consiste numa camada de revestimento com um baixo índice de refracção e uma camada
de revestimento com um elevado índice de refracção.
14. O processo de reivindicação 12 , em que a camada de revestimento possuindo o
revestimento de baixo índice de refracção é preparada por aplicação de uma composição
de revestimento de baixo índice de refracção compreendendo um alcóxido de silício,
água, um ácido e um solvente.
15. O processo de alegação 14 , em que a composio de revestimento com baixo dice de
refraco compreende
a) Alcóxido de silício seleccionado do grupo que consiste em ortossilicato de
tetrametilo, ortossilicato de tetraetilo ou a sua combinação,
b) ácido nítrico, ácido clorídrico ou a sua combinação,
(c) álcool etílico, 1-metoxi-2-propanol, ou a combinação destes, e
(d) água, em que a composição de revestimento não contém nenhum outro alcóxido de
silício.
16. O processo de alegação 11 , em que as camadas de epóxido-sílica e revestimento de
sílica têm um índice de refracção inferior a cerca de 1,60 a um comprimento de onda de
510 nm.
17. O processo de alegação 16 , em que a composição de revestimento de epóxido-sílica
compreende
(a) ortossilicato de tetrametilo, ortossilicato de tetraetilo ou uma combinação destes,
(b) (3-glicidoxipropil) trimetoxissilano,
c) ácido metilenossuccínico,
d) ácido nítrico, ácido clorídrico ou a sua combinação,
e) álcool etílico, 1-metoxi-2-propanol ou a combinação destes, e
(f) água.
18. O processo de alegação 11 , em que a composição de revestimento de epóxido-sílica
compreende um alcóxido de silício não epoxi-funcional, um alcóxido de silício com
funcionalidade epoxi, um agente de cura compatível com moléculas com funcionalidade
epoxi, ácido, solvente e água.
19. O processo de alegação 11 , em que a composição de revestimento de sílica
compreende
a) Alcóxido de silício seleccionado do grupo que consiste em ortossilicato de
tetrametilo, ortossilicato de tetraetilo ou a sua combinação,
b) ácido nítrico, ácido clorídrico ou a sua combinação,
(c) álcool etílico, 1-metoxi-2-propanol, ou a combinação destes, e
(d) ua;
em que a composição de revestimento não contém nenhum outro alcóxido de silício.
20. O processo de alegação 11 , em que a primeira composição de revestimento
compreende um alcóxido de titânio, um alcóxido de silício com funcionalidade epoxi,
um alcóxido de silício não funcional com epoxi, um agente de cura, água, um ácido e
um solvente.
21. O processo como definido em reivindicação 20 , em que a primeira composição de
revestimento compreende
a) isopropóxido de titânio (IV),
(b) (3-glicidoxipropil) trimetoxissilano,
(c) ortossilicato de tetrametilo, ortossilicato de tetraetilo ou uma combinao destes,
d) anidrido hexa-hidroftálico, ácido metilenossuccínico ou uma combinação destes
e) ácido nítrico, ácido clorídrico ou uma combinação destes,
f) álcool etílico, 1-metoxi-2-propanol ou uma combinação destes, e
(g) gua.
22. O processo de alegação 11 , em que cada camada de revestimento é depositada por
revestimento rotativo ou por revestimento por imersão e a cura é conseguida por
tratamento térmico.
23. O processo de alegação 11 , em que o substrato compreende um material polimérico
transparente ou vidro.
US13247334 2009-10-09 2011-09-28 Revestimentos anti-reflexo
duráveis Active US8358467B2 ( en )

Aplicações prioritárias (3)


Data Data para
Número de aplicação Título
prioritária arquivamento
US25020609 true 2009-10-09 2009-10-09
Revestimentos
PCT / US2010 /
2009-10-09 2010-10-08 anti-reflexo
052080 WO2011044519A3 ( en )
duráveis
Revestimentos
US13247334 US8358467B2 ( en ) 2009-10-09 2011-09-28 anti-reflexo
duráveis

Aplicações reivindicando prioridade (1)


Data Data para
Número de aplicação Título
prioritária arquivamento
Revestimentos anti-
US13247334 US8358467B2 ( en ) 2009-10-09 2011-09-28
reflexo duráveis

Aplicações parentais relacionadas (1)


Data Data para
Títul
Número de aplicação prioritári arquivament
o
a o
PCT / US2010 / Revestimento
2009-10-
052080 Continuação WO2011044519A3 (  2010-10-08 s anti-reflexo
09
pt ) duráveis

Publicações (2)
Número de Publicação Data de publicação
US20120019915A1 true US20120019915A1 ( en ) 2012-01-26
US8358467B2 true US8358467B2 ( en ) 2013-01-22

Família
ID = 43857423
Aplicativos familiares (1)
Data Data para
Número de aplicação Título
prioritária arquivamento
2009- Revestimentos anti-
US13247334 Ativo US8358467B2 ( pt ) 2011-09-28
10-09 reflexo duráveis

Status do país (2)


País Ligação
EUA ( 1 ) US8358467B2 ( en )
WO ( 1 ) WO2011044519A3 ( en )

Famílias Citando esta família (11)


* Citado pelo examinador, † Citado por terceiros
Data Data de
Número de publicação Responsável Título
prioritária publicação
Estrutura de
revestimento e
2011-12- 삼성 전자 주식회
KR101719733B1 ( en ) * 2017-03-27 formando
05 사 método para o
mesmo
Elemento
óptico com
2013-05- Carl Zeiss Vision
DE102013208310A1( en ) * 2014-11-06 revestimento
06 International Gmbh
de alta
difusividade
Processo para
preparar uma
solução de
2013-07- Revestimentos de revestimento
US9587142B2 ( pt ) 2017-03-07
23 folha de lótus, Inc. super-
hidrofóbica
opticamente
transparente
Insight Equity
2014-02- Revestimento
US20150226886A1( en ) * 2015-08-13 APX, LP (lente dba
12 Fácil-Limpo
Vision-Ease)
Revestimentos
2014-03-
US9840639B2 ( pt ) 2017-12-12 Innosense Llc hidrofílicos
27
antiembaçantes
EP3037851A1 ( en ) * 2014-12- 2016-06-29 ESSILOR Camada de
23 INTERNATIONAL adaptação para
(Compagnie projetos
* Citado pelo examinador, † Citado por terceiros
Data Data de
Número de publicação Responsável Título
prioritária publicação
antirreflexo em
lentes de vários
Générale d'Optique)
índices de
refração
Filme
composto com
super-anfifólio
auto-limpeza e
2015-05- 中国科学院 理化 reflexão de
CN106277839A ( en) * 2017-01-04
15 技术 研究所 redução de
desempenho e
método de
preparação de
filme composto
Janela de
cobertura que
protege o
painel de
exibição,
aparelho de
2015-12-
KR20170068823A ( en ) * 2017-06-20 삼성 전자 주식회 exibição
10 사 usando o
mesmo e
método para
produzir a
janela de
cobertura
Projetor de
vídeo para
projeção de
imagens e
2016-02- Sim2 Bv
WO2017145037A1 ( en ) * 2017-08-31 sistema de
22 International SRL
projeção de
vídeo para
projeção de
imagens
Plataforma de
2016-05-
WO2017196969A1 ( en ) * 2017-11-16 Z Biotech, Llc microarranjos
12
multivalentes
KR20180039219A ( en ) * 2016-10- 2018-04-18 삼성 디스플레이 Janela de
07 주식회사 cobertura para
dispositivo de
exibição e
dispositivo de
exibição que
compreende o
* Citado pelo examinador, † Citado por terceiros
Data Data de
Número de publicação Responsável Título
prioritária publicação
mesmo

Citações (12)
* Citado pelo examinador, † Citado por terceiros
Data Data de
Número de publicação Responsável Título
prioritária publicação
Produção de material
JPS61108636A ( en ) 1984-11-02 1986-05-27 Toray Ind Inc
composto antirreflexo
Sola
Revestimento anti-
US5719705A ( en )* 1995-06-07 1998-02-17 International,
reflexo anti-estático
Inc.
Hyung-Chul
US20020155265A1( pt ) 1998-02-19 2002-10-24 Filme antirreflexo
Choi
Painel frontal com
Sumitomo
uma camada anti-
Chemical
US6657691B2 ( pt ) 2000-06-16 2003-12-02 reflexiva com
Company,
composições
Limited
particulares
Composição de
Soutar Andrew
US20050245634A1( pt ) 2004-04-29 2005-11-03 revestimento curável
M
por UV
Composição de
Instituto de
revestimento
pesquisa de
US20060099407A1( pt ) 2004-11-11 2006-05-11 antirreflexo, filme
tecnologia
antirreflexo e método
industrial
de fabricação
Película anti-reflexo,
Fuji Photo placa polarizadora e
US7138185B2 ( pt ) 2002-07-05 2006-11-21
Film Co., Ltd. dispositivo de
visualização
Revestimento rápido,
termicamente curado,
Lente Vision-
US7144598B2 ( pt ) 2002-12-17 2006-12-05 verso resistente à água
Ease
e antirreflexo para
lentes oftálmicas
Composições de
revestimento
Corporação
US20080003373A1( pt ) 2005-05-11 2008-01-03 antirreflexo e métodos
Yazaki
para depositar tais
revestimentos
US20080213473A1( pt ) 2007-02-23 2008-09-04 Essilor Método para produzir
International um artigo óptico
(Compagnie revestido com uma
Generale antirreflexão ou um
* Citado pelo examinador, † Citado por terceiros
Data Data de
Número de publicação Responsável Título
prioritária publicação
revestimento reflexivo
com propriedades de
D'Optique)
adesão e resistência à
abrasão melhoradas
Método de fazer um
revestimento
antirreflexo de sílica,
Guardian
produto resultante e
US20090025777A1( pt ) 2007-07-26 2009-01-29 Industries
dispositivo
Corp.
fotovoltaico
compreendendo o
mesmo
Revestimento anti-
Universidade
US20090220774A1( pt ) 03/03/2008 2009-09-03 reflexo e seu método
de Keio
de produção

Citações de Patentes (12)


* Citado pelo examinador, † Citado por terceiros
Data Data de
Número de publicação Responsável Título
prioritária publicação
Produção de material
JPS61108636A ( en ) 1984-11-02 1986-05-27 Toray Ind Inc
composto antirreflexo
Sola
Revestimento anti-
US5719705A ( en )* 1995-06-07 1998-02-17 International,
reflexo anti-estático
Inc.
Hyung-Chul
US20020155265A1( pt ) 1998-02-19 2002-10-24 Filme antirreflexo
Choi
Painel frontal com
Sumitomo
uma camada anti-
Chemical
US6657691B2 ( pt ) 2000-06-16 2003-12-02 reflexiva com
Company,
composições
Limited
particulares
Película anti-reflexo,
Fuji Photo placa polarizadora e
US7138185B2 ( pt ) 2002-07-05 2006-11-21
Film Co., Ltd. dispositivo de
visualização
Revestimento rápido,
termicamente curado,
Lente Vision-
US7144598B2 ( pt ) 2002-12-17 2006-12-05 verso resistente à água
Ease
e antirreflexo para
lentes oftálmicas
Composição de
Soutar Andrew
US20050245634A1( pt ) 2004-04-29 2005-11-03 revestimento curável
M
por UV
* Citado pelo examinador, † Citado por terceiros
Data Data de
Número de publicação Responsável Título
prioritária publicação
Composição de
Instituto de
revestimento
pesquisa de
US20060099407A1( pt ) 2004-11-11 2006-05-11 antirreflexo, filme
tecnologia
antirreflexo e método
industrial
de fabricação
Composições de
revestimento
Corporação
US20080003373A1( pt ) 2005-05-11 2008-01-03 antirreflexo e métodos
Yazaki
para depositar tais
revestimentos
Método para produzir
um artigo óptico
Essilor
revestido com uma
International
antirreflexão ou um
US20080213473A1( pt ) 2007-02-23 2008-09-04 (Compagnie
revestimento reflexivo
Generale
com propriedades de
D'Optique)
adesão e resistência à
abrasão melhoradas
Método de fazer um
revestimento
antirreflexo de sílica,
Guardian
produto resultante e
US20090025777A1( pt ) 2007-07-26 2009-01-29 Industries
dispositivo
Corp.
fotovoltaico
compreendendo o
mesmo
Revestimento anti-
Universidade
US20090220774A1( pt ) 03/03/2008 2009-09-03 reflexo e seu método
de Keio
de produção

Citações Não Provenientes de Patentes (1)


* Citado pelo examinador, † Citado por terceiros
Título
Inglês Resumo de JP-61108636, 27 de maio de 1986. *

Também publicado como


Número de publicação Data de publicação Tipo
US20120019915A1 ( pt ) 2012-01-26 aplicação
WO2011044519A2 ( en ) 2011-04-14 aplicação
WO2011044519A3 ( en ) 2011-08-18 aplicação

Documentos semelhantes
Data de
Publicação Título
publicação
US5173368A ( en ) 1992-12-22 Revestimentos antirreflexo aplicados à solução
Composição do revestimento e artigos
US5744243A ( en ) 1998-04-28
preparados com as mesmas
Casacos duros de nanocompósitos resistentes a
US20030068486A1( en ) 2003-04-10
manchas e métodos para fazer
Lente com camada superficial resistente a
US20040047047A1( pt ) 2004-03-11
manchas
Composições de revestimento resistentes à
abrasão baseadas em hidrolisados de silano e
US20030165698A1( pt ) 2003-09-04
compostos de alumínio e correspondentes artigos
revestidos resistentes a abrasão e choque
Filme anti-reflexo e membros ópticos usando o
US20020105728A1( pt ) 2002-08-08
mesmo
Material transparente com revestimento
US4590117A ( en ) 1986-05-20
antirreflexo
Processo para fazer uma transparência óptica
US5948481A ( pt ) 1999-09-07
com revestimento antirreflexo difuso
Artigo óptico anti-reflexo e processo de
US4904525A ( pt ) 1990-02-27
produção do mesmo
Artigos de plástico com revestimentos
US5856018A ( pt ) 1999-01-05 antirreflexo multicamadas e processo sol-gel
para depositar tais revestimentos
Filme antirreflexo, dispositivo de exibição de
imagem com o mesmo meio de gravação óptica,
JP2005249982A ( en ) 2005-09-15
módulo de geração de energia solar e método
para a formação de filme antirreflexo
Material transparente com revestimento
EP0119331A1 ( pt ) 1984-09-26
antirreflexo
Artigo e processo ópticos anti-reflexo para a
EP0203730A2 ( pt ) 1986-12-03
preparação dos mesmos
Processo para produzir superfícies antirreflexo
WO2000010934A1 ( pt ) 2000-03-02
duráveis e artigos antirreflexo
JP2004272197A ( en ) 2004-09-30 Pilha antirreflexo
Agente de revestimento com baixo índice de
JP2002317152A ( en ) 2002-10-31
refração e filme preventivo de reflexão
US5972517A ( pt ) 1999-10-26 Filtro para dispositivo de exibição
JP2002277604A ( en ) 25/09/2002 Filme antirreflexo
Lente de plástico e método de fabricação de uma
US20060251884A1( pt ) 2006-11-09
lente de plástico
JP2004341052A ( en ) 2004-12-02 Elemento óptico
Método para fabricação de filmes anti-reflexo e
JP2009198748A ( en ) 2009-09-03
exibição de imagens
Agente anti-manchas, composição de
revestimento à prova de borrões, filme à prova
US20070243394A1( pt ) 2007-10-18
de borrões e artigo revestido com filme à prova
de borrões
Data de
Publicação Título
publicação
Processo para a preparação de artigos com
camada anti-embaçante por revestimento de
US20100304150A1( pt ) 2010-12-02
camadas e artigos revestidos com propriedades
aprimoradas de anti-neblina e durabilidade
Revestimento resistente e antirreflexo MAR de
US20040156983A1( pt ) 2004-08-12 revestimento traseiro, rápido e termicamente
curado para lentes oftálmicas
JP2004126532A ( en ) 2004-04-22 Membro óptico

Eventos Jurídicos
Encontro Código Título Descrição
Proprietário : YAZAKI CORPORATION, JAPAN

Texto de formato livre : CESSÃO DE INTERESSE


DE CEDÊNCIA, CEDÊNCIA: YAN, YONGAN,
2012-11-
COMO Tarefa KAYGEE, ANAND, RAYCHAUDHURI,
29
SATYABRATA, CARRETEL / QUADRO:
029377/0573

Data de vigência : 20121129
2016-07- Pagamento
FPAY Ano de pagamento da taxa : 4
15 de taxa
Texto original em Inglês:
US8358467B2 US13247334 US201113247334A US8358467B2 US
8358467 B2 US8358467 B2 US 8358467B2 US
13247334US13247334 US 13247334 US 201113247334
A US201113247334 A US 201113247334A US 8358467
B2 US8358467 B2 US 8358467B2
 Sugira uma tradução melhor