Você está na página 1de 15

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA

CENTRO DE CIÊNCIAS, TECNOLOGIA E SAÚDE


CURSO: LICENCIATURA EM FÍSICA
PROFESSOR: RAFAEL DE BRITO CANDIDO GOMES
DISCIPLINA: INTRODUÇÃO A INFORMÁTICA
ALUNO: JAYNE MARTINS SOARES

Fichamento das aulas

ARARUNA- PB
2020
➢ Aula 1- Introdução a informática

➢ A importância da informática
➢ Conceito de informações segundo o google
➢ Notícia, conhecimentos
➢ Segundo Wikipédia
➢ PESPI E COCA COLA
➢ O que é computação?
➢ Dados, informações, processamentos
➢ Diferença de dados e informações
➢ O que é informática?
➢ Informações, automática, informática
➢ Tipos de computadores
➢ Grandes- Mainframes, Clusters
➢ Médios- Servidores, Pc gamer
➢ Pequeno- Desktop, Notebooks, tablets
➢ Sistema Operacional
➢ Hardware, Software, Peopleware, Sistema Computacional
➢ Hardware
➢ Unidade Central, Memória, Dispositivo de entrada e saída
➢ Memória
➢ Local de armazenamento de dados
➢ Acesso direto do processador
➢ Dispositivo de entrada/saída
➢ Mouse, teclado, microfone
➢ Impressora, monitor, placa de vídeo, placa de som
➢ Placa de rede, hard-disk, impressora multifuncional
➢ Software
➢ Software de sistema
➢ Software de programação
➢ Aplicativo ou programação
➢ Peopleware

➢ Aula 2- Representação de dados pelo computador

➢ Representação numérica
➢ Como o computador apresenta os números
➢ Representação de binária
➢ O computador representa o n° da base binária
➢ Representa n° inteiros
➢ Representa n° reais
➢ Representação de binária de n° inteiro
➢ Sistema posicional-decimal
➢ De dois em dois- Binário
➢ Símbolo- 0 e 1
➢ Divisão por 2
➢ Utilização da tabela - Potência, passo e pontuação
➢ Saber a quantidade de n° representados é dado por:
➢ 2^b-1, onde b é o n° de bits disponível
➢ 2 bytes= 26 bits
➢ 2^16 -1= 65535
➢ Saber a quantidade de bits é representado por
➢ nb~ log2n

➢ Aula 3 Representação de dados pelo computador - Textos.

➢ - Como é representado os textos?


➢ - Sistema de codificação

➢ *ASCII- American
➢ Standard code for informativo Inter charge.
➢ (Código Americano padrão para troca de informações) *
➢ Serve para representar textos no computador e transmissão de informações.
➢ Reserva os 33 códigos para caracteres de controle.

➢ - UNICODE - Código Universal.
➢ - UTF-8 - Formato de transformação de Unicode para a palavra de 8 bits.
➢ Representação de todos os sistemas de escritas existente pelo mundo dos
computadores.
➢ Transformação de todo alfabeto em palavras de 0 e 1.

➢ Aula 4: representação do som

O que é som?

➢ Som é uma onda de pressão contínua no espaço


➢ O meio mais comum propagação de onda é o ar
➢ Uma música, com essa do exemplo Ode a Felicidade da famosa 9° sinfonia de
Beethoven, composta por ações de diversos instrumentos

Amostragem
➢ Os computadores são capazes de capital som e transformar impulsos elétricos.
➢ Apesar disso o computador sempre irá pegar uma qualidade definida de pontos de
onda.
➢ Isso é o processo de amostragem.
➢ Sempre iremos escolher uma quantidade fixa de amostra por segundo, isso nos dá a
frequência.
➢ Codificação do som
➢ Feito isso língua precisamos transformar esses pulsos domingo que pode ser um pinto
da Honda, em números. Geralmente utilizamos a representação em números inteiros.
➢ A maioria dos casos de áudio vivo sim trabalhamos com 16 bits.

Modificação no áudio

➢ Às vezes podemos fazer mudanças no áudio:


• Aumentar ou diminuir o volume.
• Equalização.
• Normalização.
• Som estéreo.
➢ som estéreo é uma tentativa de imitar o processo de captura de som pelo ouvido
humano.
➢ Fazendo a abertura de 2 canais de captura em
➢ Um para A direita.
• Um para a esquerda.
➢ Se realiza o processamento do áudio igual se fosse um único canal.
• Transformando em arquivo de áudio.
➢ O formato RW PCM.
• Coloca as amplitudes das amostras em ordem.
• preciso de mais informação para fazer distorções, como a quantidade de
canais, taxa de amostragem, formatação das amostras.
➢ O formato WAVE
• cabeçalho, Dona informações básicas de um arquivo de áudio.
• Desenvolvido pela Microsoft, para ser utilizado dentro de seus ambientes.
• Permite adicionar metadado, como autor vivo cantores, alguns entre outros.
➢ MP3
• UM dos formatos mais populares.
• realiza compreensão de dados
➢ FLAC
• Um formato que não realiza compreensão de dados
• o áudio tende ser parecido ao som que foi capturado.
• Representação de imagem
• Armazenando imagens
➢ É utilizado 2 técnicas diferentes.
• rasterizadores
• vetoriais
• Armazenando imagens rasterizadas
➢ Também conhecidos como bitmap.
➢ Utilizado para armazenar dados como fotos, imagens
➢ De forma semelhante ao áudio, imagens é dados analógicos.
➢ Guardamos a intensidade da luz.
➢ Mas ao invés de vária no tempo, o que muda é no espaço.
➢ As amostras são capturadas por escaneamento.
➢ Cada amostra é chamada de pixel.
• Resolução
➢ Quantidade de amostra para ser retiradas por uma unidade de espaço.
➢ Quanto maior a resolução, menor é percepção dos pixels pelo olho humano.
• Profundidade de cores
➢ Precisamos definir quantidades de bits para representar a intensidade das cores.
➢ Para o olho humano existe células específicas para captarem as cores.
➢ As cores primárias:
• verde, vermelho e azul
• RGB
➢ A mais comum é true-Color
• Utilize os 24 bits, 8 bits para cada componente de cor.
▪ Padrões
➢ O mais comum é o JPEG.
▪ Armazenamento de imagens vetoriais.
➢ Apresentam 2 desvantagens.
• Os arquivos são maiores.
• Redimensionamento é problemático.
➢ A imagem material é decomposta de formas geométricas.

Padrões

➢ JPEG e GIF não são adequados.


➢ O arquivo CAD é um exemplo de imagem vetorial.

Aula 5: Introdução à ciência da computação.

Hardware.

➢ Organização física dos computadores.


▪ Todo o conjunto dos circuitos eletrônicos que junto é capaz de realizar
o processamento, armazenamento é Transmissão de dados.
➢ Dividido em três partes:
• unidade central de processamento
• memória
• dispositivos de entrada e saída.
• Processador
➢ Unidade central de processamento.
▪ Local onde se realizam as operações gerente médica de lógicas, e
instruções de programas.
▪ Local onde realizamos operações sobre dados.
▪ É dividida em 2 parte
➢ Unidade central de processamento está encapsulada no mesmo chip.
➢ Este chip chamamos de processador.
➢ No processador também encontramos os Registradores.
▪ Unidade lógica e aritmética.
➢ Um circuito eletrônico que realiza operação aritmética simples e a operação lógica.
➢ As operações matemáticas:
▪ Aritmética com números inteiros.
▪ Operações lógicas como AND, OR, NOT
▪ Deslocamentos de bits.
➢ É conjunto no circuito responsável por gerar os sinais para controles as operações no
computador.
➢ São localizações de armazenamento rápido independente civil que mantém dados
temporariamente. Múltiplos Registradores são necessários para facilitar a operação da
CPU.

Registradores

➢ Registradores de dados – Os computadores utilizam Registradores de dados para


armazenar os dados de entrada e o resultado das operações.
➢ Registrador de instruções – Local onde armazena as informações que serão
executadas pelo processador.
➢ Contador do programa – Isso serve para armazenar o endereço da instrução que está
sendo armazenada no registrador de instrução.

Processadores modernos

➢ Eles são compostos por vários núcleos, onde cada núcleo (chamado de core), é
processador simples como como acabamos de estudar.

Aula 06 barramentos:

➢ É o meio pelo qual os dados são transmitidos no computador.


➢ Não se pode conectar diretamente os dispositivos ao processador e a memória.
➢ Serial: Só tem uma linha de conexão de dados.
➢ Paralelo: Tem diversas linhas de conexão de dados, onde cada um deve ser transmitido por vez.
• Alguns tipos de controladores (Barramentos):
➢ AGP
➢ PCI
➢ PCI-e (evolução do PCI)
➢ USB
➢ ATA
➢ SATA

Aula 07 memória:

➢ Podem ser voláteis.


➢ Podem ser permanentes.

• Tipos de Memória:
➢ Registradores.
➢ Memória Cache
➢ Memória RAM
➢ Memória ROM

➢ Memória Principal.

➢ Espaço de Endereçamento.

Aula 8-Tecnologia da Informação e Comunicação

Revolução Industrial:

➢ Primeira Guerra Mundial.


➢ 3º Fase da Revolução Industrial.
➢ A Era da Informática.
➢ Troca e Acesso de Informações.
➢ Criação do WWW (World Wide Web).
➢ As mudanças que surgiram através da tecnologia.
➢ O Início da era digital.
➢ A tecnologia em Campina Grande no início dos anos 90.
➢ Um grande avanço para mais pessoas viverem no mundo conectado.
➢ As TCIs foram responsáveis por essas mudanças profundas na sociedade.
➢ As TCIs contribuíram para o aumento do acesso a Informação.

O Imigrante Digital:

➢ Nasceu antes da popularização da internet.


➢ Contém rastros culturais e sociais de antes da era digital.

O Nativo Digital:

➢ Já nasceram conectados.
➢ Mantém conectados para fazerem vários relacionamentos de dados.
➢ Aprendem rápidos.

Maneiras pela qual as TCIs ajudam de maneira importante na sala de aula:


➢ Aumentar o interesse do aluno com assunto.
➢ Integrar o ensino com uso das novas tecnologias.

Ferramentas que podem ser utilizadas para sala de aula:

• Linux Educacional.
• Lousa Digital.
• Jogos Eletrônicos.
• Internet.
• Redes Sociais.
• Apresentação de Slides.

Aula 9-Placa-Mãe

➢ É uma placa que permite conectar diversos dispositivos.


➢ Nela ficam os barramentos.
➢ Comunicação entre esses dispositivos, com a memória principal e o processador.
➢ Mapa de uma Placa-Mãe.
➢ Northbrigde e Southbrigde são chamados de chipset.
➢ É um conjunto de chips que controlam a comunicação dos dispositivos e o processador
e a memória.
➢ Northbrigde controla a comunicação entre o processador com a memória principal e o
barramento de placa vídeos e o que vem do barramento do Southbrigde.
➢ Precisa de sistema de refrigeramento.
➢ Southbrigde controla comunicação da BIOS, e os demais periféricos e dispositivos de
armazenamento.
➢ Refrigeração e Alimentação.
➢ Importante manter o computador em níveis ideais de temperatura para funcionamento.

Refrigeração:

➢ Pasta Térmica.
➢ Dissipador.
➢ Ventilador.
➢ Cooler de Ar.
➢ Cooler Líquido.
➢ Water Cooler.
➢ Cooler Heatpipe.

Alimentação Elétrica:

➢ Serve para alimentação elétrica dos componentes do computador.


➢ Permite a transformação da corrente alternada para corrente continua.

Características importante da fonte:

➢ Potência.
➢ Fator de Correção.
➢ Conectores.
➢ Refrigeração.

Dispositivos de Armazenamento:

➢ Disco Rígido.
➢ CD, DVD e Blu-ray.
➢ Memória Flash.
➢ HD SSD.
➢ Periféricos.
➢ Teclado.
➢ Monitor.
➢ Impressora.

Aula 10 – software

➢ Software é um conjunto de instruções ou programas que executam uma determinada tarefa.


➢ Esse conjunto de instruções é chamado de algoritmos.
➢ O software é classificado em três tipos: Software de sistemas; Software de programação;
aplicativos ou programas.
➢ Software de sistemas: Promove uma função básica ao computador.
➢ Software de programação: Prove recursos para se fazer outro programa.
➢ Aplicativos ou Programas: São programas de uso geral.
➢ Software Proprietário: O usuário é controlado pelos desenvolvedores do programa.
➢ Software livre: O usuário tem o controle sobre o programa.
➢ As 4 liberdades essenciais:
➢ Liberdade 0: Executar o programa para qualquer proposito
➢ Liberdade 1: Estudar como o programa funciona, e adaptá-lo às suas necessidades.
➢ Liberdade 2: Redistribuir cópias do programa para que você possa ajudar o próximo.
➢ Liberdade 3: Distribuir cópias de suas versões modificados a outros.
➢ Software de domínio público: Programas que não são protegidos pelo copyright.
➢ Software protegido pelo copyleft: Programas que utilizam o conceito do copyleft.
➢ Este conceito permite que o usuário possa redistribuir o programa sem qualquer tipo de restrição.
➢ Software protegido pelo GPL: Programas que utilizam as regras estabelecidas pela licença GPL.
➢ GPL- GNU General Public License – Licença de uso público geral.
➢ Existem 3 versões da GPL, sendo a versão GPLv3, que é de 2006.
➢ Software de sistemas: Programas que possibilitam uma funcionalidade básica aos computadores.
➢ Os mais comuns são: Os drives de dispositivos; Sistema Operacional; Servidores.

AULA 11 – SISTEMAS OPERACIONAIS

➢ Sistema Operacional é uma interface entre o hardware de um computador e o usuário, que facilita
a execução de outros programas e o acesso aos recursos de hardware e software.
➢ Objetivos do sistema operacional: uso eficiente do hardware; facilidade de uso dos recursos.
➢ Evolução dos Sistemas operacionais:
➢ Sistemas em lote
➢ Sistemas de compartilhamento de tempo
➢ Sistemas pessoais
➢ Sistemas paralelos
➢ Sistemas distribuídos
➢ Sistemas de tempo real
➢ Componentes: Interface com usuário; gerenciador de memória; gerenciador de processos;
gerenciador de dispositivos; gerenciador de arquivos.
➢ Os Sistemas Operacionais mais comuns são:
➢ Windows
➢ Windows XP
➢ Windows Vista
➢ Windows 7
➢ Windows 8
➢ Windows 10
➢ Unix
➢ BSD
➢ FreeBSD
➢ OpenBSD
➢ LINUX

➢ Um pouco sobre o criador do LINUX

➢ Linus Benedict Travalds, nasceu em 1969, em Helsinque, Finlândia.

➢ Formou em Ciências da computação.

➢ Evolução do LINUX

➢ 1991 – Lançamento do LINUX

➢ 1993 – Primeiras distribuições (SLACKWARE)

➢ 1998 – As primeiras grandes empresas de informática investem no desenvolvimento do LINUX.

➢ 2007 – A LINUX FOUNDATIONS é criada

➢ 2010 – Nos Estados Unidos O ANDROID que é um sistema operacional para celular baseado no
LINUX se torna o mais vendido.

➢ Programas ou Aplicativos: Programas com uma funcionalidade especifica.

➢ Jogos de computadores; navegadores de internet; player de música, vídeo; planilhas eletrônicas,


e outros.

Aula 12(história da educação)

Provocação inicial

➢ ” por que não temos hoje, um Homero, um Vergílio, um Shakespeare, um Newton, um


Da’ Vince, um Dante?”
➢ Como faz para ser um grande gênio da humanidade?
➢ Estamos realmente educando as pessoas?

Ensino na pré-história

➢ Não existia escolas, as crianças eram preparadas uma vida em ambiente hostil, com a
caça, pesca e etc...
➢ Os xamãs (são meios que líderes) eram os responsáveis em ensinar a os jovens.

Ensino na história oriental

➢ Surgimento da escrita, início da civilização, surgimento da escola para a elite,


surgimento das cidades e estados, civilização egípcia, chinesa.
➢ Início do ensino religioso e prático, como ensinar jovens a manusear o ferro e etc...
➢ Criação de livros que apresentam essa época: antigo testamento da Bíblia, o romance
dos três reinos da China, e a época de Gilgamesh.

Ensino na Grécia antiga

➢ Educação para uma vida prática e intelectual


➢ Educação na Esparta x Atenas e suas diferenças.
➢ Esparta: ensino para a guerra para os meninos, aos 7 anos eles eram separados de
suas mães e as meninas ficavam em casa para a prender sobre a vivência da mulher
espartana, os homens aos 13 anos a sobreviver e a lutar, depois fazem um teste de
sobrevivência àqueles que passavam se formavam como homem, pós isso esses
jovens entrariam na academia de Esparta onde aprenderiam até os 21 anos a arte
mais pura da luta, até os 36 anos estudavam depois disso se tornavam um pleno
cidadão espartano.
➢ Atenas: uso da Paideia: “a essência de toda a verdadeira educação ou Paideia é a que
dá ao homem o desejo e ânsia de tornar-se um cidadão perfeito e o ensina a mandar e
obedecer, tendo justiça com fundamento” – Platão.

Ensino na Roma antiga

➢ Ensino ligado para a política (Ensino leis e tradições)


➢ Ensino em graus e níveis (elementares, gramática e retórica)
➢ Ensino na idade média
➢ Ensino organizado pela igreja católica, com base no ensino grego e romano
➢ Trivium (gramática, retórica, lógica). Quachivium (aritmética, geométrica, astronomia,
música e medicina)
➢ Surgimento da universidade (a busca da verdade e da essência).

Ensino no Renascimento

➢ Resgate de valores da cultura greco-romana.


➢ O humanismo (onde o centro do conhecimento é o homem)

Ensino da modernidade

➢ Mudança culturais fortes (romantismo, positivismo, relativismo dialética, marxismo.


➢ Surgimento da escola como conhecemos, com um ensino rápido, voltado para a
disciplina.
➢ Mudança da universidade para o conhecimento específico de cada área.

Ensino Contemporâneo

➢ Massificar a educação, construção de escolas (criação e desenvolvimento do ensino


pleno)
➢ Ensino técnico e científico, para entendimento básico funcionamento do mundo.

Ensino digital.

➢ Aula 13(Apresentação dos trabalhos sobre memes)

Apresentação dos alunos sobre memes desde 2017 até 2020.

➢ Os memes foram apresentados e destacados por seu ano de criação e qual era o
“significado” do meme.
➢ Cada aluno escolheu entorno de 4 a 6 memes por ano, e mostrando o porquê do
meme naquela época.
➢ Com apresentação podemos ver a importância dos memes e que o fator humorístico
apresentado nos memes pode ajudar muitas pessoas que se encontram em um
momento difícil, como na própria pandemia.

Aula 14 - impactos das redes sociais na sala de aula

➢ Redes sociais são compostas por pessoas e ou organizações que compartilham


valores e objetos.
➢ Seres humanos são sociáveis que compartilham experiências e eventos, estabelecem
laços, se ligando a pessoas que tenham os mesmos gostos.
➢ Sistema de comunicações: primeiro aos correios até os telefones.
➢ E-mail: correio eletrônico surgido antes da própria internet
➢ Classmate.com: para ajudar os colegas, por contata dos livros de fotos do fim de ano
chegando até ter 50 milhões de usuários
➢ Sixdegrees: primeiro a usar o conceito de conexão chamado de seis graus de conexão,
modelo usado por muitas redes sociais
➢ My space: serviço de blog, personalização e interatividade tendo um grande sucesso
comerciais.
➢ 4chan: onde podia compartilhar imagem board no anonimato tendo o envolvimento em
diversas polemicas.
➢ LinkedIn: concção de pessoas procurando emprego com empresas funcionando como
uma análise de currículo, interagindo com profissionais.
➢ Orkut: primeira rede social a popularizar o conceito de vida virtual, popular no brasil e
na índia. Impulsionando novas redes sociais.
➢ Facebook: maior rede social do mundo, que permite gestos como curtidas.
➢ Instagram: compartilhamento de fotos, aplicação de feitos, de vídeos, lives e envios de
mensagens.
➢ Twitter: popular e com base sólida de usuários, assuntos mais comentados no
momento na internet.
➢ Youtube: compartilhamento digital de vídeos, criar conteúdo próprios, conteúdos
educacionais, mas apresenta controle de conteúdo ilegais.
➢ Tinder: conhecer pessoas baseado na sua localização geralmente encontros
românticos e baseado apenas nas fotos do perfil.

Aula 15 – impactos das redes sociais na sala de aula

➢ Os riscos: cyberbullying – violência constante usando os meios digitais, como


constrangimentos podendo levar até o suicídio. Sexting – envio de mensagens de
texto, fotos ou vídeos de contexto sexual causando danos morais irreparáveis e pode
ser considerado crime. Dependência do uso de tecnologias – uso constante, sempre
conectado.
➢ Consequências: isolamento, timidez, alteração de sono, transtorno de ansiedade, fobia
social, depressão podendo chegar ao suicídio.
➢ As vantagens: maior interação professor e aluno, incentiva a curiosidade,
acompanhamento do processo e realizações de atividades.
➢ Redes sociais para sala de aula: google classroom – distribuição de atividades, maior
interação.
Aula 16: inteligência artificial

A inteligência artificial é um sistema que tenta reproduzir o comportamento inteligente do ser


humano cuja as tarefas são repetitivas. Das definições de IA temos sistemas que pensam
como os seres humanos, sistemas que pensam racionalmente, sistemas que atuam como
seres humanos, umas das formas que é apresenta a inteligência artificial é o sistema de
reconhecimento de fala e o sistema de reconhecimento de texto que é utilizado em diversos
sites, ao se pensar de forma humana se tem a modelagem cognitiva, que reúne modelos
computacionais de IA para entender o funcionamento dos processos da mente humana, já o
pensamento racional se utiliza da elaboração do pensamento correto, e dentro desse
pensamento racional se tem o pensamento agente, que é o pensamento que simplesmente
age em relação as informações que ele recebe da forma mais racional possível buscando o
melhor resultado. A IA é utilizado em diversas áreas de estudos.
A história da inteligência artificial se é estudada a mais de 2000 anos, e o termo Inteligência
Artificial surgiu nos anos 50 e era um estudo experimental e teórico. O primeiro experimento
feito com IA foi um programa que simulava uma psicóloga virtual chamada Elisa, também foi
feito os programas de tradução automática.

Aula 17 – planilhas eletrônicas: fórmulas, funções e dados

➢ Coloca informações em forma de tabela


➢ Lógica de uma planilha: sua maior unidade se chama célula que é representada por
uma coluna geralmente usando letra. Na linha se usa números positivos começando
por um.
➢ Um conjunto de células forma uma planilha
➢ Podem ser organizadas em pastas
➢ Navegando uma planilha: informações na célula, acesso pelo endereço que se dá pela
coluna e linha.
➢ Os dados: são trabalhados os tipos, números que devem ter seu contexto.
➢ A formula: sempre começa com o símbolo de “=” e os elementos que vem depois deve
forma uma expressão na célula que estiver trabalhando.
➢ Expressões pode ter os elementos de números, referencias para outras células e
funções
➢ As expressões podem ser formadas por: soma >, subtração <, multiplicação <=, divisão
>=, exponenciação =, porcentagem <>.
➢ As células não podem se alto referenciar.
➢ Os resultados podem ser adicionados como elementos dentro das formulas.
➢ As funções são uma das mais importantes formulas
➢ Função de texto, podem unir, separar e cominar ou manipular blocas de textos.
=mudar(b2;1;0”sr.”)
➢ Data/hora cálculo de tempo intervalo entre datas e outras
➢ Matemática/ trigonometria operações aritméticas, valores de pi e aleatórios. = dias
(data antiga; data nova)
➢ Estatística como media, variância entre outras
➢ Logicas permite que outras funções possam combinar comparadas e retornando
valores como verdadeiro ou falso
➢ Gráficos permitem armazenar grandes volumes de dados, podem melhorar a
visualização desses dados. Exemplos colunas, em linhas, forma de pizza, dispersão e
histograma.

Aula 18- Padrão TCP/IP

➢ Arquiteturas de rede de computadores


➢ Métodos utilizados para comunicação de computadores dentro de rede
➢ Divisão por camadas e protocolos
➢ Modelo OSI
➢ TCP/IP
➢ Modelo OSI
➢ Open systems interconnection reference model
➢ Modelo referência geral
➢ Divide a arquitetura de rede em 7 camadas - Sistema A e B
➢ Camada Física
➢ Camada de Enlace
➢ Camada de Rede
➢ Camada Transporte
➢ Camada de Sessão
➢ Camada de Apresentação
➢ Camada de Aplicação
➢ O padrão TCP/IP
➢ O modelo TCP/IP não apresenta 2 das 7 camadas- Camadas de Apresentação e
Sessão
➢ RM/OSI, TCP/IP
➢ Apresenta limitação de comunicação com a arquitetura
➢ Se tornou padrão dentro da internet

Aula 19 dicas para apresentações

A AULA DEZENOVE FOI DIVIDIDA EM TRÊS PARTES.

➢ Primeira Parte:
➢ Dicas para uma boa apresentação:
➢ Roteiro
➢ Um tópico de cada vez
➢ O que não fazer em um slide
➢ O que fazer em um slide
➢ Figuras
➢ Antes da apresentação
➢ Durante a apresentação
➢ Estrutura da apresentação
➢ Apresentação da solução
➢ Avaliação
➢ Conclusão
➢ Slides extras.
➢ Segunda Parte;
➢ Como fazer uma pesquisa bibliográfica usando a internet:
➢ Por que fazer uma pesquisa bibliográfica
➢ Como fazer uma pesquisa bibliográfica na internet
➢ Sobre o Google
➢ Como fazer uma boa pesquisa no Google
➢ Outras formas de utilizar o Google
➢ Depois de feita a pesquisa, o que fazer.
➢ O Google Acadêmico
➢ Terceira Parte:
➢ Youtube- broadcast Youssef
➢ Origem
➢ O primeiro vídeo do youtube
➢ Como funciona
➢ Vídeo exemplo
➢ Youtube EDU (canais educacionais)
➢ Canais que recomendo
➢ Espaço para os alunos recomendarem canais.

Você também pode gostar