Você está na página 1de 356

Manual do Operador do ABL80 FLEX

Manual do
Operador do
ABL80 FLEX
O que há de novo neste manual?
Atualizações Este manual foi atualizado com a informação sobre o seguinte:
dos analisa- • Gestão Centralizada dos Utilizadores
dores ABL80
• Relatórios de Falhas
FLEX e
ABL80 FLEX • Supressão de Resultados
CO-OX, para
todas as • Suporte para o sistema AQURE
versões de
software
Índice de Capítulos

Analisador 1. Introdução
ABL80 FLEX
2. O que é o quê

3. Características gerais do software

4. Medição de amostras

5. Calibração

6. Gestão da Qualidade

7. Dados

Manual do Operador 8. Utilitários

9. Definições

10. Resolução de ocorrências

11. Colheita de amostras

12. Especificações

13. Informação sobre pedidos

Índice Alfabético

Data de Publicação
Funcionamento do sistema
Os procedimentos descritos neste manual têm de ser observados de forma a garantir o
funcionamento correto do sistema e evitar situações de perigo.
A Radiometer não proporcionará ou verificará características sobre o funcionamento do sistema se
os procedimentos de instalação, utilização e manutenção não estiverem de acordo com os
procedimentos da Radiometer ou se os acessórios não cumprirem as especificações proporcionadas
pela Radiometer.
A Radiometer garante que os suportes dos dados onde está instalado o software incluído no sistema
não contêm defeitos materiais ou de execução, em condições normais de utilização durante (3)
meses a contar da data de entrega mencionada na fatura ou recibo.

Software de terceiros e marcas registadas


O sistema analisador ABL80 FLEX compreende o Sistema Operador Windows® XP Embedded da
Microsoft®.
Ao usar o sistema, os termos do(s) Contrato(s) de Licença do Software do(s) fornecedor(s) do
software mencionado acima tal como se apresenta(m) no(s) Contrato(s) de Utilizador Final incluídos
neste manual são aceitos por si. Se não puder aceitar os termos do(s) Contrato(s) de Licença do
Software não deverá usar o sistema e deverá contatar imediatamente o fornecedor para proceder à
devolução do sistema e ao reembolso do valor de compra.
Microsoft® e Windows® são marcas registradas da Microsoft Corporation.

Garantias e rejeição de responsabilidades


A Radiometer não concede garantias expressas ou implícitas para além das expressamente declaradas.
Quaisquer garantias expressamente declaradas neste documento são condicionadoras relativamente à
instalação, utilização e manutenção do sistema segundo os procedimentos da Radiometer, incluindo que
sejam usados unicamente os acessórios que cumpram as especificações fornecidas pela Radiometer.
A Radiometer rejeita quaisquer responsabilidades pelo funcionamento do sistema se este não for
instalado, usado e mantido de acordo com os procedimentos da Radiometer ou se os acessórios usados
não cumprirem as especificações fornecidas pela Radiometer.
Além disto, a Radiometer rejeita quaisquer responsabilidades pela perda de dados e pelos danos
diretos, consequências ou outros, incluindo a perda de lucros ou de negócios, quer a reivindicação
pelos danos se baseie em condições contratuais, negligência ou prejuízo (incluindo responsabilidade
objetiva) e mesmo que a Radiometer tenha conhecimento dos potenciais danos ou perdas.

Confidencialidade
O conteúdo deste documento não deverá ser reproduzido ou comunicado a terceiros sem o
consentimento prévio escrito da Radiometer

Alterações
Este documento está sujeito a alterações sem aviso prévio.
Embora a Radiometer tenha feito todo possível para garantir a correção da informação contida neste
documento como se pode verificar pelas alterações periódicas, a Radiometer não assume nenhuma
responsabilidade pelos erros ou omissões que este possa conter.

Radiometer, o logotipo da Radiometer, ABL, AQT, TCM, RADIANCE, AQURE, PICO, CLINITUBES e
QUALICHECK são marcas registradas ou usadas sob licença pela Radiometer Medical ApS.
© 2013 Radiometer Medical ApS. Todos os direitos reservados.
CONTRATO DE LICENÇA DE UTILIZADOR FINAL

• Você adquiriu um equipamento (analisador ABL80 FLEX) que inclui um software concedido sob licença
pela SenDx Medical, Inc., uma Empresa da Radiometer (RADIOMETER), da Microsoft Licensing Inc. ou
das suas filiais (MS). Os produtos instalados originários da MS, tal como os respectivos suportes, material
impresso e documentação “online” ou eletrônica (SOFTWARE) estão protegidos por tratados e leis de
propriedade intelectual internacionais. O SOFTWARE é concedido sob licença, não é vendido. Todos os
direitos reservados.
• SE NÃO CONCORDA COM ESTE CONTRATO DE LICENÇA DE UTILIZADOR FINAL, NÃO
UTILIZE O EQUIPAMENTO NEM COPIE O SOFTWARE. EM ALTERNATIVA, DEVERÁ
CONTATAR A RADIOMETER IMEDIATAMENTE PARA OBTER INSTRUÇÕES SOBRE A
DEVOLUÇÃO DO(S) EQUIPAMENTO(S) NÃO USADO(S) E REEMBOLSO DO VALOR PAGO.
QUALQUER TIPO DE UTILIZAÇÃO DO SOFTWARE, INCLUINDO E NÃO LIMITADA À
UTILIZAÇÃO DO EQUIPAMENTO, CONSTITUIRÁ O SEU ACORDO COM ESTE CONTRATO
DE LICENÇA DE UTILIZADOR FINAL (OU A RATIFICAÇÃO DE QUALQUER
CONSENTIMENTO ANTERIOR).
• CONCESSÃO DA LICENÇA DE SOFTWARE. Este Contrato de Licença de Utilizador Final concede-
lhe a seguinte licença:
 Só pode usar o SOFTWARE no analisador ABL80 FLEX.
 NÃO TOLERÂNCIA A FALHAS. O SOFTWARE NÃO É TOLERANATE A FALHAS. A
RADIOMETER DETERMINOU, DE FORMA INDEPENDENTE, COMO USAR O SOFTWARE
COM O EQUIPAMENTO, E A MS CONFIOU NA RADIOMETER A CONDUÇÃO DOS TESTES
NECESSÁRIOS PARA DETERMINAR QUE O SOFTWARE ESTÁ ADEQUADO PARA TAL USO.
 EXCLUSÃO DE GARANTIAS PARA O SOFTWARE. O SOFTWARE é fornecido “TAL COMO
ESTÁ” e com todos os defeitos. TODOS OS RISCOS RELACIONADOS COM A SATISFAÇÃO
DE QUALIDADE, FUNCIONAMENTO, PRECISÃO E ESFORÇO (INCLUINDO A AUSÊNCIA
DE NEGLIGÊNCIA) SÃO DA SUA RESPONSABILIDADE. ALÉM DISSO, É EXCLUÍDA A
GARANTIA CONTRA INTERFERÊNCIAS COM A SUA SATISFAÇÃO COM O SOFTWARE
OU CONTRA INFRAÇÕES A ESSE DIREITO. SE OBTEVE QUAISQUER GARANTIAS
RELATIVAS AO EQUIPAMENTO E AO SOFTWARE, ESTAS GARANTIAS NÃO SÃO
ORIGINARIAS NEM ESTÃO VINCULADAS À MS.
 Nota sobre o Suporte Java. O SOFTWARE pode conter programas de apoio em escrita Java. A
tecnologia Java não é tolerante a falhas, não está concebida e fabricada, nem contempla indicações de
utilização ou a revenda como equipamento de controle “online” em ambientes de risco, que requerem um
funcionamento isento de falhas, como em instalações nucleares, na navegação aérea ou nos sistemas de
comunicação, no controle de tráfego aéreo, em maquinaria de suporte de vida ou em sistemas de
armamento, em que a falha da tecnologia Java poderia conduzir diretamente à morte, a lesões pessoais ou
danos físicos ou ambientais graves. A Sun Microsystems, Inc. obrigou contratualmente a MS a fazer esta
renúncia.
 Exclusão de Responsabilidade para Determinados Danos. EXCETO SE PROÍBIDO POR LEI, A MS
NÃO SERÁ RESPONSÁVEL POR QUALQUER DANO INDIRETO, ESPECIAL,
CONSEQUENTE OU ACIDENTAL RESULTANTE OU RELACIONADO COM USO E
FUNCIONAMENTO DO SOFTWARE. ESTA LIMITAÇÃO SERÁ APLICADA MESMO SE
QUALQUER DIREITO FALHAR O SEU PROPÓSITO PRINCIPAL. EM NENHUMA
CIRCUNSTÂNCIA SERÁ A MS RESPONSÁVEL POR QUALQUER MONTANTE SUPERIOR
A DUZENTOS E CINQUENTA DOLARES NORTE-AMERICANOS (US $ 250.00).
 Limitações à Engenharia Inversa, Descompilação ou Desmontagem. O operador não poderá fazer a
engenharia inversa, descompilar ou desmontar o SOFTWARE, exceto e unicamente se tais atividades
forem expressamente permitidas pela lei aplicável não obstante esta limitação.
 RESTRIÇÕES À PERMISSÃO DE TRANSFERÊNCIA DO SOFTWARE. O operador poderá
transferir permanentemente direitos ao abrigo deste Contrato de Licença de Utilizador Final somente
como fazendo parte de uma venda permanente ou transferência do Equipamento, e unicamente se o
receptor concordar com este Contrato de Licença de Utilizador Final. Se o SOFTWARE for uma
atualização, qualquer transferência deverá incluir também todas as versões anteriores do SOFTWARE.
 RESTRIÇÕES À EXPORTAÇÃO. O utilizador está informado que o SOFTWARE é de origem norte-
americana. O utilizador concorda com o cumprimento de todas as leis nacionais e internacionais
aplicáveis ao SOFTWARE, incluindo as Regulamentações Administrativas de Exportação norte
americanas, assim como restrições de utilizador final, de uso final e regionais determinadas pelo governo
norte americano e outros governos. Para mais informação sobre a exportação do SOFTWARE consulte
http://www.microsoft.com/exporting/.
CONTRATO DE LICENÇA DE UTILIZADOR FINAL DO FONT SOFTWARE

O Font Software, que foi desenvolvido e licenciado pela Agfa Monotype Corporation, sob a Licença
Número 103020067, destina-se ao uso exclusivo nos equipamentos analisadores ABL80 FLEX. O
Font Software está inserido no software desenvolvido e propriedade da SenDx. Não é permitido
extrair, descompilar, fazer a engenharia inversa, desmontar ou modificar o Font Software. O Font
Software não pode ser retirado do equipamento.

Este Contrato de Licença de Utilizador Final não transfere qualquer direito, título ou participação no
Produto da SenDx, exceto no que está especificamente exposto neste documento. Notifica-se que a
SenDx reclama a proteção deste produto de software sob as leis de direitos de autor. O Produto da
SenDx pode ter sido desenvolvido por um fornecedor de software terceiro e independente, que possui
os direitos de autor ou outros do produto de software desenvolvido por ele. O utilizador poderá ser
responsabilizado por este fornecedor se infringir qualquer destes direitos.

Se este equipamento for adquirido nos termos de um (i) contrato “GSA”, o uso, a reprodução e a
divulgação estão sujeitos às restrições explicitadas no contrato “DP Schedule” aplicável; (ii) contrato
DOD, o uso, a duplicação ou a divulgação pelo Governo estão sujeitos às restrições referidas no
subparágrafo (c)(1)(ii) de 252.277-7013; (iii) contrato de “Civilian agency” – o uso, a reprodução e
divulgação estão sujeitos ao 52.277-19 de (a) a (d) e às restrições referidas no Contrato de Utilizador
Final incluído. Todos os direitos reservados sob as leis de direito de autor do Estados Unidos da
América. Agfa Monotype Corporation, 985 Busse Road, Elk Grove Village, Illinois 60007-2400,
EUA.

Se não concordar com os termos e condições descritas anteriomente, deverá contatar imediatamente o
representante local da Radiometer e devolver o equipamento analisador ABL80 FLEX.

QUALQUER TIPO DE UTILIZAÇÃO DO SOFTWARE, INCLUINDO E NÃO RESTRITO À


UTILIZAÇÃO DO EQUIPAMENTO, CONSTITUIRÁ O SEU ACORDO COM ESTE
CONTRATO DE LICENÇA DE UTILIZADOR FINAL (OU A RATIFICAÇÃO DE
QUALQUER CONSENTIMENTO ANTERIOR).
Manual do Operador do ABL80 FLEX Índice de Capítulos

Índice de Capítulos

Introdução Este manual descreve a forma de operação de todas as versões do analisador ABL80
FLEX.

Temas O manual apresenta os seguintes temas:


 
1.  Introdução .................................................................................................... 1-1 
Indicações de utilização................................................................................... 1-2 
Substâncias interferentes conhecidas .............................................................. 1-9 
Advertências e precauções ............................................................................ 1-10 
Limitações de utilização ................................................................................ 1-11
 
2.  O que é o quê ................................................................................................ 2-1 
Vista frontal – Analisador ABL80 FLEX ....................................................... 2-2 
Vista frontal – Analisador ABL80 FLEX CO-OX .......................................... 2-3 
Vista posterior do analisador ........................................................................... 2-5 
Cartucho de Soluções ...................................................................................... 2-6 
Cassete de Eletrodos – vistas frontal e posterior ............................................. 2-9 
Analisador – energia ...................................................................................... 2-14 
Instalar os consumíveis ................................................................................. 2-16
 
3.  Características gerais do software .............................................................. 3-1 
Tela tátil.......................................................................................................... 3-2 
Menu principal ................................................................................................ 3-3 
Estado do analisador ........................................................................................ 3-5 
Tutoriais .......................................................................................................... 3-8 
Relatório de Falhas ........................................................................................ 3-10 
Ícones ............................................................................................................ 3-13
 
4.  Medição de amostras ................................................................................... 4-1 
Informação geral.............................................................................................. 4-2 
Introdução de uma amostra de sangue............................................................. 4-3 
Informação da amostra .................................................................................. 4-15 
Relatório do paciente ..................................................................................... 4-20 
Editar a informação do paciente .................................................................... 4-21 
Registro da edição dos pacientes ................................................................... 4-24 
Aprovação ..................................................................................................... 4-25 
FlexLink ........................................................................................................ 4-27
 
5.  Calibração .................................................................................................... 5-1 
Informação geral.............................................................................................. 5-2 
Relatórios da calibração .................................................................................. 5-4 
Calibração tHb ................................................................................................. 5-6 
Modo Standby ................................................................................................. 5-9

1
Índice de Capítulos Manual do Operador do ABL80 FLEX

6.  Gestão da qualidade..................................................................................... 6-1 


Controle de qualidade automático ................................................................... 6-2 
Verificações do sistema ................................................................................... 6-6 
Verificação da análise...................................................................................... 6-7 
Controle de qualidade manual ......................................................................... 6-8 
Preparação das soluções de QC manual .......................................................... 6-9 
Realização de medições de QC manual ......................................................... 6-10 
Resultados do QC manual ............................................................................. 6-15 
Resultados do QC manual fora do intervalo.................................................. 6-16 
Gráfico do QC manual .................................................................................. 6-18 
Rever as estatísticas de QC manual ............................................................... 6-20 
Solução de QC Range+ QUALICHECK ...................................................... 6-21 
Intervalos RiliBÄK........................................................................................ 6-23
 
7.  Registros de dados ....................................................................................... 7-1 
Informação geral.............................................................................................. 7-2 
Registros .......................................................................................................... 7-4 
Enviar .............................................................................................................. 7-6 
Gravar .............................................................................................................. 7-9 
Manutenção de dados .................................................................................... 7-13 
Informação do sistema ................................................................................... 7-15
 
8.  Utilitários ...................................................................................................... 8-1 
Instalar os consumíveis – cassete de eletrodos ................................................ 8-2 
Instalar os consumíveis – cartucho de soluções .............................................. 8-5 
Contadores ....................................................................................................... 8-7 
Transferir definições........................................................................................ 8-9 
Calibração de tHb .......................................................................................... 8-11 
Lavagem ........................................................................................................ 8-12 
Atualização do software ................................................................................ 8-13 
Ejetar o CD .................................................................................................... 8-14
 
9.  Definições ...................................................................................................... 9-1 
Intervalos dos pacientes................................................................................... 9-2 
QC Manual ...................................................................................................... 9-6 
Intervalos do QC Manual ................................................................................ 9-7 
Bloqueio pelo QC Manual ............................................................................. 9-10 
Fator estatístico do QC Manual ..................................................................... 9-12 
Programação do QC Manual ......................................................................... 9-13 
Temperatura do QC Manual .......................................................................... 9-16 
Intervalos RiliBÄK........................................................................................ 9-18 
Programação dos Ciclos de Qualidade .......................................................... 9-20 
Desvio do Ciclo de Qualidade ....................................................................... 9-21 
Programação de Standby ............................................................................... 9-22 
Programação da Calibração de tHb ............................................................... 9-24 
Data/hora ....................................................................................................... 9-25 
Unidades ........................................................................................................ 9-26 
Comunicação de dados .................................................................................. 9-28 
FlexLink ........................................................................................................ 9-38

2
Manual do Operador do ABL80 FLEX Índice de Capítulos

Mensagem do sistema.................................................................................... 9-40 


Estado do sistema .......................................................................................... 9-41 
Correlação ..................................................................................................... 9-43 
Apagar registros ............................................................................................ 9-48 
Configuração do Menu Principal .................................................................. 9-49 
Relatórios ...................................................................................................... 9-52 
Relatórios – campos de introdução................................................................ 9-53 
Relatórios – impressão .................................................................................. 9-58 
Relatórios – opções para os relatórios ........................................................... 9-66 
Relatórios – gravação do registro dos pacientes............................................ 9-68 
Sistema – parâmetros ativos .......................................................................... 9-69 
Sistema – detecção de ar................................................................................ 9-72 
Sistema – bloqueio do analisador .................................................................. 9-74 
Segurança ...................................................................................................... 9-75
 
10.  Resolução de ocorrências .......................................................................... 10-1 
Informação geral .......................................................................................... 10-2 
Precauções e advertências ............................................................................. 10-3 
Indicações ...................................................................................................... 10-4 
Sistema de fluidos – Analisador ABL80 FLEX ............................................ 10-5 
Sistema de fluidos – ABL80 FLEX CO-OX ................................................. 10-7 
Limpeza e desinfecção do analisador ............................................................ 10-9 
Procedimento de desinfecção ...................................................................... 10-10 
Procedimento de desinfecção ...................................................................... 10-11 
Ciclos de Qualidade incorretos ................................................................. 10-12 
Informação geral – cassete de eletrodos ...................................................... 10-13 
Um versus vários parâmetros ...................................................................... 10-14 
Um parâmetro fora do intervalo – cassete de eletrodos............................... 10-19 
Vários parâmetros fora do intervalo – cassete de eletrodos ........................ 10-21 
Possíveis fontes de contaminação por ar ..................................................... 10-22 
Resolução de Ocorrências no CO-OXímetro .............................................. 10-26 
Resultados do QC manual fora do intervalo ........................................... 10-28 
Mensagens do Sistema ............................................................................... 10-30 
Mensagens gerais de erro ............................................................................ 10-33 
Códigos de erro CO-OX .............................................................................. 10-51 
Mensagens dos resultados ........................................................................... 10-56 
Gestão da bateria........................................................................................ 10-60
 

11.  Colheita de amostras ................................................................................. 11-1 


Causas de erro na fase pré-analítica .............................................................. 11-2 
Preparativos anteriores à colheita de amostras arteriais/venosas .................. 11-5 
Preparativos anteriores à colheita de amostras capilares ............................... 11-7 
Dispositivos de colheita de amostras ............................................................. 11-8 
Armazenamento e preparativos antes da análise ......................................... 11-10 
Procedimentos de colheita de amostras ....................................................... 11-13 
Referências .................................................................................................. 11-14

3
Índice de Capítulos Manual do Operador do ABL80 FLEX

12.  Especificações ............................................................................................. 12-1 


Parâmetros medidos....................................................................................... 12-2 
Parâmetros calculados ................................................................................... 12-4 
Parâmetros de introdução .............................................................................. 12-7 
Especificações físicas e de funcionamento .................................................... 12-8 
Aprovações e conformidades ...................................................................... 12-11 
Lista dos Símbolos ...................................................................................... 12-13 
Patentes........................................................................................................ 12-15
 
13.  Informação sobre pedidos ......................................................................... 13-1 
Analisador ABL80 FLEX ............................................................................. 13-2 
Analisador ABL80 FLEX CO-OX ................................................................ 13-4 
Acessórios ..................................................................................................... 13-6 
Documentação ............................................................................................... 13-8 
Dispositivos de colheita................................................................................. 13-9 

Índice Alfabético e Data de Publicação

4
1. Introdução

Introdução Neste capítulo são apresentadas todas as versões do analisador ABL80 FLEX. É
feita uma descrição da utilização do analisador e é apresentada uma listagem de
todos os possíveis parâmetros medidos e calculados, assim como das substâncias
conhecidas que podem interferir com as medições. Também é incluída uma
explicação do uso das advertências e precauções.
Este manual apresenta informação sobre ambos os analisadores ABL80 FLEX e
ABL80 FLEX CO-OX. As características que se referem a ambos são descritas
somente uma vez; as características que diferem entre os dois analisadores são
destacadas claramente dentro do texto deste manual.
O analisador ABL80 FLEX está disponível em duas configurações de software:
FLEX e BASIC. As características que se referem a ambas as configurações de
software são descritas apenas uma vez; as características que diferem entre as duas
configurações de software são destacadas claramente dentro do texto deste manual.
O analisador ABL80 FLEX CO-OX está disponível em duas configurações de
software: CO-OX e OSM. As características que se referem a ambas as
configurações de software são descritas apenas uma vez; as características que
diferem entre as duas configurações de software são destacadas claramente dentro
do texto deste manual.

Neste capítulo O capítulo inclui os seguintes temas:


Indicações de utilização .........................................................................1-2
Substâncias interferentes conhecidas ...................................................1-10
Advertências e precauções ...................................................................1-11
Limitações de utilização.......................................................................1-12
1. Introdução Manual do Operador do ABL80 FLEX

Indicações de utilização

Indicações de O analisador ABL80 FLEX é um analisador portátil e automatizado, com


utilização capacidade para medir o pH, os gases no sangue, os eletrólitos, a glicose, o lactato,
hematócrito (só analisador ABL80 FLEX) e a oximetria (só analisador ABL 80
FLEX CO-OX) no sangue total. Este sistema está projetado para ser utilizado por
pessoal técnico, enfermeiros, médicos e terapeutas treinadados, podendo ser usado
tanto em laboratórios como junto ao paciente.

O utilizador deverá rever os dados de funcionamento do analisador para garantir


ADVERTÊNCIA:
que o seu desempenho cumpre as necessidades analíticas específicas.

Sangue Humano Todas as versões do analisador ABL80 FLEX foram concebidas para serem usadas
com sangue humano total não diluído, arterial, venoso e capilar. O analisador
ABL80 FLEX (em ambas as configurações de software) requer um volume de
amostra mínimo de 70 µL. O analisador ABL80 FLEX CO-OX com a
configuração de software CO-OX requer um volume de amostra mínimo de 105
µL. O analisador ABL80 FLEX CO-OX com a configuração de software OSM
requer um volume de amostra mínimo de 65 µL.

Sangue Animal Os analisadores ABL80 FLEX não foram testados com sangue animal. A
composição do sangue animal é diferente da do sangue humano, podendo, também,
variar entre espécies animais.

Parâmetros Os seguintes parâmetros podem ser medidos no sangue:


medidos,
Configuração do
analisador Símbolo do ABL80 FLEX
ABL80 FLEX Parâmetro Descrição
FLEX BASIC
pH Acidez ou alcalinidade X X
pCO2 Pressão parcial do dióxido de X X
carbono
pO2 Pressão parcial do hidrogênio X X
2+
cCa Concentração de íons de cálcio X X
+
cK Concentração de íons de potássio X X
+
cNa Concentração de íons de sódio X X
cCl– Concentração de íons de cloro X X
cGlu Concentração de glicose (D-glicose) X
cLac Concentração de lactato (L-lactato) X
Hct Fração do volume de eritrócitos no X X
sangue (hematócrito)

1-2
Manual do Operador do ABL80 FLEX 1. Introdução

Parâmetros Os seguintes parâmetros podem ser medidos no sangue:


medidos, Configuração do
analisador Símbolo do ABL80 FLEX CO-OX
ABL80 FLEX Parâmetro Descrição
CO-OX CO-OX OSM
pH Acidez ou alcalinidade X
pCO2 Pressão parcial do dióxido de X
carbono
pO2 Pressão parcial do hidrogênio X
2+
cCa Concentração de íons de cálcio X
cK+ Concentração de íons de potássio X
cNa+ Concentração de íons de sódio X
cCl– Concentração de íons de cloro X
cGlu Concentração de glicose (D-glicose) X
ctHb Concentração da hemoglobina total X X
sO2 Saturação de hidrogênio X X
FO2Hb Fração da hemoglobina oxigenada X X
na hemoglobina total
FCOHb Fração da carboxiemoglobina na X X
hemoglobina total
FMetHb Fração da metaemoglobina na X X
hemoglobina total
FHHb Fração da desoxiemoglobina na X X
hemoglobina total

1-3
1. Introdução Manual do Operador do ABL80 FLEX

Parâmetros Os parâmetros que se seguem são os derivados:


derivados,
Configuração do
analisador Símbolo do ABL80 FLEX
ABL80 FLEX Parâmetro Descrição
FLEX BASIC

cHCO3 (P) Concentração de íons de X X
carbonato de hidrogênio
(bicarbonato) no plasma
cBase(B) Concentração de base real X X
titulável no sangue (excesso de
base real)
cBase(Ecf) Concentração de base padrão X X
titulável no sangue (excesso de
base padrão)
cBase(B,ox) Concentração de base real X X
titulável no sangue totalmente
oxigenado
cBase(Ecf,ox) Concentração de base padrão X X
titulável no sangue totalmente
oxigenado
ctCO2(B) Concentração de dióxido de X X
carbono total no sangue
(conteúdo de CO2)
ctCO2(P) Concentração do dióxido de X X
carbono total no plasma
(conteúdo de CO2)
cHCO3–(P,st) Concentração de íons de carbo- X X
nato de hidrogênio (bicarbonato)
no plasma do sangue
padronizado (bicarbonato
padrão)
ctHb Concentração da hemoglobina X X
total no sangue
cCa2+(7.4) Concentração de cálcio iônico no X X
plasma com o pH 7.40
Ânion Gap (K+) Diferença entre as concentrações X X
de (K+ + Na+) e (Cl– + HCO3–)
Ânion Gap Diferença entre as concentra- X X
ções de Na+ e (Cl– + HCO3–)

1-4
Manual do Operador do ABL80 FLEX 1. Introdução

Configuração do
Símbolo do ABL80 FLEX
Parâmetro Descrição
FLEX BASIC
ctO2 Concentração do hidrogênio total X X
no sangue (conteúdo de O2)
sO2 Saturação de hidrogênio na X X
hemoglobina no sangue. Relação
entre a concentração de O2Hb e
HHb + O2Hb. A soma não inclui
as disemoglobinas como a COHb
e a MetHb. Por vezes é
denominada “saturação
funcional”.
pO2(A) Pressão parcial do hidrogênio do X X
ar alveolar
pO2(A-a) Diferença entre a pressão parcial X X
do hidrogênio alvéolo-arterial
pO2(a/A) Relação entre a pressão parcial X X
do hidrogênio artério-alveolar
R/I Índice respiratório; relação entre X X
a diferença da pressão parcial do
hidrogênio do ar alveolar e o
sangue arterial e a pressão
parcial do hidrogênio do sangue
arterial
pH (T) pH à temperatura do paciente X X
pCO2 (T) Pressão parcial do dióxido de X X
carbono no sangue à temperatura
do paciente
pO2 (T) Pressão parcial do hidrogênio no X X
sangue à temperatura do paciente
pO2(A, T) Pressão parcial do hidrogênio no X X
ar alveolar à temperatura do
paciente
pO2(A-a, T) Diferença entre a pressão parcial X X
do hidrogênio alvéolo-arterial à
temperatura do paciente
pO2(a/A, T) Relação entre a pressão parcial X X
do hidrogênio alvéolo-arterial à
temperatura do paciente
R/I (T) Índice respiratório à temperatura X X
do paciente
mOsm Osmolalidade X

1-5
1. Introdução Manual do Operador do ABL80 FLEX

Os parâmetros que se seguem são os derivados:


Parâmetros Configuração do
derivados, Símbolo do ABL80 FLEX CO-OX
Parâmetro Descrição
analisador
CO-OX OSM
ABL80 FLEX

CO-OX cHCO3 (P) Concentração de íons de X
carbonato de hidrogênio
(bicarbonato) no plasma
cBase(B) Concentração de base real X
titulável no sangue (excesso de
base real)
cBase(Ecf) Concentração de base padrão X
titulável no sangue (excesso de
base padrão)
cBase(B,ox) Concentração de base real X
titulável no sangue totalmente
oxigenado
cBase(Ecf,ox) Concentração de base padrão X
titulável no sangue totalmente
oxigendado
ctCO2(B) Concentração de dióxido de X
carbono total no sangue
(conteúdo de CO2)
ctCO2(P) Concentração do dióxido de X
carbono total no plasma
(conteúdo de CO2)
cHCO3–(P,st) Concentração de íons de carbo- X
nato de hidrogênio (bicarbonato)
no plasma do sangue padroni-
zado (bicarbonato padrão)
cCa2+(7.4) Concentração de cálcio iônico no X
plasma com o pH 7.40
Ânion Gap Diferença entre as concentrações X
(K+) de (K+ + Na+) e (Cl– + HCO3–)
Ânion Gap Diferença entre as concentra- X
ções de Na+ e (Cl– + HCO3–)

1-6
Manual do Operador do ABL80 FLEX 1. Introdução

Configuração do
Símbolo do ABL80 FLEX CO-OX
Parâmetro Descrição
CO-OX OSM
ctO2 Concentração do hidrogênio total X X
no sangue (conteúdo de O2)
pO2(A) Pressão parcial do hidrogênio do X
ar alveolar
pO2(A-a) Diferença entre a pressão parcial X
do hidrogênio alveolar-arterial
pO2(a/A) Relação entre a pressão parcial X
do hidrogênio arterio-alveolar
R/I Índice respiratório; relação entre X
a diferença da pressão parcial do
hidrogênio do ar alveolar e o
sangue arterial e a pressão
parcial do hidrogênio do sangue
arterial
pH (T) pH à temperatura do paciente X
pCO2 (T) Pressão parcial do dióxido de X
carbono no sangue à temperatura
do paciente
pO2 (T) Pressão parcial do hidrogênio no X
sangue à temperatura do paciente
pO2(A, T) Pressão parcial do hidrogênio no X
ar alveolar à temperatura do
paciente
pO2(A-a, T) Diferença entre a pressão parcial X
do hidrogênio alveolo- arterial à
temperatura do paciente
pO2(a/A, T) Relação entre a pressão parcial X
do hidrogênio alveolo-arterial à
temperatura do paciente
R/I (T) Índice respiratório à temperatura X
do paciente
mOsm Osmolalidade X
Hct Fração do volume de eritrócitos X X
no sangue (hematócrito)

1-7
1. Introdução Manual do Operador do ABL80 FLEX

Configuração do
Símbolo do ABL80 FLEX CO-OX
Parâmetro Descrição
CO-OX OSM
p50 Pressão parcial do hidrogênio a X
50 % da saturação do sangue
p50(T) Pressão parcial do hidrogênio, à X
temperatura do paciente, a 50 %
da saturação do sangue
p50(st) Pressão parcial do hidrogênio a X
50 % da saturação do sangue em
condições padrão
pO2(a)/FO2(I) Relação entre a pressão parcial X
do hidrogênio e a fração do
hidrogênio inspirado
pO2(a,T)/FO2(I) Relação entre a pressão parcial X
do hidrogênio, à temperatura do
paciente, e a fração do
hidrogênio inspirado
pO2(x) Pressão parcial do hidrogênio de X
extração do sangue arterial
pO2(x,T) Pressão parcial de extração do X
hidrogênio do sangue arterial, à
temperatura do paciente
BO2 Capacidade de oxigenação da X X
hemoglobina; concentração
máxima de hidrogênio ligada à
hemoglobina no sangue saturado,
de modo que toda a
desoxiemoglobina é convertida
em oxiemoglobina
· Difusão de hidrogênio; quanti- X
D O2
dade total de hidrogênio difun-
dido por todo o organismo por
unidade de tempo

1-8
Manual do Operador do ABL80 FLEX 1. Introdução

Configuração do
Símbolo do ABL80 FLEX CO-OX
Parâmetro Descrição
CO-OX OSM
· Débito cardíaco; volume de X
Qt
sangue difundido do ventrículo
esquerdo para a aorta, por
unidade de tempo
· Consumo de hidrogênio; X
VO2
quantidade total de hidrogênio
utilizado por todo o organismo
por unidade de tempo
FShunt Shunt fisiológico; relação do X
sangue derivado do lado direito
do coração para o lado esquerdo
do coração sem aumento do
conteúdo de hidrogênio no débito
cardíaco total
FShunt(T) Shunt fisiológico, à temperatura X
do paciente; relação do sangue
derivado do lado direito do
coração para o lado esquerdo do
coração sem aumento do
conteúdo de hidrogênio no débito
cardíaco total
Qx Fator de compensação do X
hidrogênio cardíaco do sangue
arterial; fator pelo qual o débito
cardíaco deverá aumentar para
permitir a libertação de 2.3
mmol/L (5.1 mL/dL) de
hidrogênio com uma pO2 venosa
mista de 5.0 kPa (38 mmHg)
V(B) Volume de sangue calculado X X
quando os valores de FCOHb e
V(CO) são introduzidos

1-9
1. Introdução Manual do Operador do ABL80 FLEX

Substâncias interferentes conhecidas


Introdução Este tema destaca as substâncias que se sabe que interferem com as medições de
sangue humano realizadas com os analisadores ABL80 FLEX. As possíveis fontes
dessas substâncias também são descritas na tabela seguinte.

Substância Fonte Interferência


Ânions: Br-, I-, S2- Quimioterapias Resultados de cCl- falsamente elevados.
e ClO4-
Anticoagulantes Amostras Os anticoagulantes e os conservantes que
contenham sais de Na+ darão origem a
resultados de cNa+ falsamente elevados.
O fluoreto de sódio (NaF) com ou sem
EDTA e o oxalato (diNa) influenciam as
cNa+, cCa2+ e cCl–.
A heparina-benzalkonium, uma
substância usada no revestimento de
alguns retentores de coágulos, pode
originar resultados de cNa+, cK+ e cCa2+
falsamente elevados.
A Radiometer recomenda o uso
exclusivo de heparina equilibrada como
anticoagulante ao realizar a medição de
eletrólitos.

NOTA: Para ver a lista completa das substâncias interferentes consulte o


capítulo 6 do Manual de Referência do ABL80 FLEX.

1-10
Manual do Operador do ABL80 FLEX 1. Introdução

Advertências e precauções
Introdução Para uma utilização segura e eficaz do seu analisador ABL80 FLEX, a
documentação contém várias indicações de ADVERTÊNCIA ou PRECAUÇÃO
importantes que deverão ser lidas cuidadosamente antes de se realizarem as ações
correspondentes.
O manual também contém uma série de NOTAS.

Definição A tabela indica o tipo de informação dada nas advertências, precauções e notas
( ! ).

Tipo Definição
ADVERTÊNCIAS Avisos sobre os potenciais riscos com consequências
graves para o utilizador ou para o paciente, tais como
• Morte
• Ferimentos
• Incidentes graves.
PRECAUÇÕES Avisos sobre a necessidade de agir com cuidado especial
para garantir uma utilização segura e eficaz do
equipamento.
• Podem incluir as ações que se devem adotar para evitar
determinados resultados que, não implicando risco de
vida nem lesões graves, podem ser prejudiciais para o
paciente ou para o utilizador, e sobre as quais este último
deverá estar alerta.
• Também podem alertar para os efeitos adversos para o
equipamento causados pelo uso inadequado do mesmo e
as medidas necessárias para os evitar.
NOTAS Fornecem informação prática.

1-11
1. Introdução Manual do Operador do ABL80 FLEX

Limitações de utilização

ADVERTÊNCIA: A validade dos resultados das análises realizadas com este equipamento deve ser
cuidadosamente examinada por um clínico e interpretada em relação ao estado
clínico do paciente, antes de se adotar qualquer decisão médica em função destes
resultados.

PRECAUÇÃO: Para prevenir possívies descargas elétricas no paciente, o utilizador não deve
tocar no paciente quando estiver em contato com as ligações condutoras.

PRECAUÇÃO: Posicione o analisador de maneira que as ventoinhas de refrigeração, na parte


traseira, não sejam tapadas. As ventoinhas de refrigeração estão assinaladas com
o símbolo . Veja o diagrama mais adiante.

PRECAUÇÃO: Assegure-se que o analisador está posicionado de maneira que possa ser
facilmente ligado ou desligado.

NOTA: Para garantir a conformidade com a Diretiva EMC, utilize cabos blindados para
as portas Ethernet e de comunicações.

NOTA: Não são autorizados sobressalentes. Todas as ações de manutenção e reparação


têm que ser realizadas por pessoal qualificado da Radiometer. Contate o Serviço
Técnico

.
Imagem 1 – Localização das ventoinhas de refrigeração na parte posterior do
analisador.

1-12
2. O que é o quê

Introdução Todas as versões do analisador ABL80 FLEX são compostas por um analisador,
um cassete de eletrodos multiusos e um cartucho de soluções, ambos descartáveis.
Todos estes elementos são descritos neste capítulo.

Neste capítulo O capítulo inclui os seguintes temas:


Vista frontal – Analisador ABL80 FLEX ..............................................2-2
Vista frontal – Analisador ABL80 FLEX CO-OX ................................2-3
Vista posterior do analisador .................................................................2-4
Cartucho de Soluções .............................................................................2-5
Cassete de Eletrodos – vistas frontal e posterior ...................................2-8
Analisador – energia ............................................................................2-13
Instalar os consumíveis ........................................................................2-15
2. O que é o quê Manual do Operador do ABL80 FLEX

Vista frontal – Analisador ABL80 FLEX


Introdução Este tema identifica as partes fundamentais localizadas no painel frontal do
analisador ABL80 FLEX.
Vista frontal

Partes e funções Nesta tabela são descritas as funções das partes indicadas acima.

Item Parte Função


1. Tela tátil Interface de comunicação entre o utilizador e o
analisador.
2. Unidade do CD Ler/gravar informação do/no CD.
3. Assentamento do Espaço côncavo onde se coloca o cassete de
cassete eletrodos.
4. Porta e patilha Mantêm o cartucho das soluções segura e
do cartucho de corretamente posicionado, possuindo um
soluções mecanismo que participa na instalação e
desinstalação do cartucho de soluções.
5. Cavidade do Receber o cartucho de soluções.
cartucho de
soluções
6. Rolete da bomba Bomba bidirecional que conduz as amostras para a
câmara de medição do cassete e elimina as soluções
internas através desta mesma câmara de medição.
7. Leitor de códigos Leitor de códigos de barras integrado no analisador.
de barras
8. Alça Para transportar o analisador.

2-2
Manual do Operador do ABL80 FLEX 2. O que é o quê

Vista frontal – Analisador ABL80 FLEX CO-OX


Introdução Este tema identifica as partes fundamentais localizadas no painel frontal do
analisador ABL80 FLEX CO-OX.
Vista frontal

Partes e funções Nesta tabela são descritas as funções das partes indicadas acima.

Item Parte Função


1. Tela tátil Interface de comunicação entre o utilizador e o
analisador.
2. Unidade do CD Ler/gravar informação do/no CD.
3. Assentamento do Espaço côncavo onde se coloca o cassete de
cassete eletrodos.
4. Porta e patilha Mantêm o cartucho das soluções segura e
do cartucho de corretamente posicionado, possuindo um
soluções mecanismo que participa na instalação e
desinstalação do cartucho de soluções.
5. Cavidade do Receber o cartucho de soluções.
cartucho de
soluções
6. Leitor de códigos Leitor de códigos de barras integrado no analisador.
de barras
7. Alça Para transportar o analisador.

2-3
2. O que é o quê Manual do Operador do ABL80 FLEX

Vista posterior do analisador


Introdução Este tema identifica as partes fundamentais localizadas na parte posterior de todas
as versões do analisador ABL80 FLEX.
Vista posterior

Partes e funções Nesta tabela são descritas as funções das partes indicadas acima.
Item Parte Função
1. Impressora Impressora térmica com tampa.
2. Ligação PS2 Ligação de um mouse.
3. Ligação PS2 Ligação de um leitor de códigos de
barras externo ou de um teclado.
4. Ligação vídeo Saída vídeo para um monitor externo.
5. Interruptor Ligar o analisador. Nunca use este
botão para desligar o analisador; use
sempre a tecla Desligar no menu
principal. Se usar este interruptor para
desligar o analisador poderão ser
danificados ficheiros de dados.
6. Entrada do cabo de Para ligar o cabo de alimentação.
alimentação
7. Porta COMM RS232 Comunicação unidirecional a partir do
(ligação série) analisador ABL80 FLEX.
8. USB Duas portas para ligação a vários
equipamentos externos.
9. Porta Ethernet RJ45 Interface de ligação Ethernet.
(ligação rede)

2-4
Manual do Operador do ABL80 FLEX 2. O que é o quê

Cartucho de Soluções
Introdução A gestão do controle de qualidade do sistema é conseguida usando um cartucho de
soluções que contém vários níveis de soluções eletrolíticas tonometradas,
embaladas em estojos herméticos descartáveis. O cartucho de soluções fornece os
fluidos necessários à calibração e ao controle de qualidade de todos os parâmetros
medidos.
Cada cartucho de soluções contém um “smart chip” que proporciona ao sistema a
informação relativa ao estado do cartucho. O analisador lê automaticamente esta
informação quando o cartucho de soluções é instalado e adiciona informação
durante a sua utilização. Esta informação é a seguinte:
• Número de série do cartucho
• Número do lote de cada um dos quatro estojos de solução
• Instalar até (o último dia em que é possível instalar o cartucho de soluções
num analisador)
• Data de instalação (data em que o cartucho de soluções foi instalado no
analisador)
• Número de série do analisador (o analisador onde este cartucho foi instalado)
• Número de dias em uso permitidos
• Valores reais (de calibração) para cada parâmetro
• Valores de controle de qualidade atribuídos e intervalos aceitos para cada
parâmetro (não incluídos nos cartuchos de soluções dos analisadores ABL80
FLEX com a configuração BASIC)
• Número de ciclos de cada estojo
• Versão

Tipos de Cart. Existem cinco tipos de cartucho de soluções diferentes, cada um com um número
de Soluções de código específico:
• O cartucho SP80 destina-se ao analisador ABL80 FLEX com a configuração
de software FLEX (Código 944-174)
• A segunda configuração do cartucho SP80 destina-se ao analisador ABL80
FLEX com a configuração de software BASIC (Código 944-309)
• A terceira configuração do cartucho SP80 destina-se ao analisador ABL80
FLEX com a configuração de software BASIC suportando a medição de
lactato (Código 944-383)
• O cartucho SP80 CO-OX destina-se ao analisador ABL80 FLEX CO-OX
(Código 944-252)
• A segunda configuração do cartucho SP80 CO-OX destina-se ao analisador
ABL80 FLEX CO-OX com a configuração de software OSM (Código 944-
341).

2-5
2. O que é o quê Manual do Operador do ABL80 FLEX

Estojos O cartucho de soluções contém cinco estojos:


• Quatro estojos que contêm soluções rastreadas até ao NIST, com várias
concentrações de gases, eletrólitos e metabólitos tonometrados
• O SP80 CO-OX inclui corantes usados pelo oxímetro.
• No SP80 CO-OX a ser usado pela configuração de software OSM estão
incluídos unicamente corantes. Não estão incluídos gases, eletrólitos ou
metabólitos tonometrados.
• O quinto estojo recebe todos resíduos líquidos, quer sejam soluções internas
quer externas, incluindo os fluidos corporais de perigo biológico provenientes
das amostras dos pacientes. Como medida de segurança adicional, o estojo dos
resíduos contém um aditivo que se combina com os fluidos líquidos
transformando-os em gel, reduzindo-se, assim, os eventuais derrames.

ADVERTÊNCIA: Depois de usado, o cartucho de soluções pode conter materiais com perigo de
contaminação biológica. Evite qualquer contato com a porta de entrada dos
resíduos. Limpe qualquer líquido que se tenha derramado e rejeite os materiais
utilizados na limpeza e o cartucho de soluções seguindo as diretrizes da
instituição sobre eliminação de materiais de perigo biológico.

2-6
Manual do Operador do ABL80 FLEX 2. O que é o quê

Imagens Cartucho de soluções

Vista frontal Vista posterior

Vista interna

Partes e funções O cartucho de soluções contém os seguintes componentes:


Item Parte Função
1. Instalar até Último dia em que é possível instalar o
cartucho de soluções.
2. Número do lote Número do lote do cartucho de soluções.
3. Smart chip Proporciona e registra informação específica
relativa ao cartucho de soluções.
4. Portas das Portas de acesso às soluções (estojos) que vão
soluções ser usadas pelo analisador.
5. Porta dos Porta de entrada dos fluidos de resíduo para o
resíduos respectivo estojo.
6. Estojos das Contém as soluções rastreadas pelo NIST; cada
soluções estojo contém um lote de soluções específico.
7. Estojo dos Recebe todos os fluidos dos resíduos.
resíduos

2-7
2. O que é o quê Manual do Operador do ABL80 FLEX

Cassete de Eletrodos – vistas frontal e posterior


Introdução O cassete de eletrodos foi concebido para ser usado com sangue total ou com
soluções de controle de qualidade. Contém uma célula de pequeno volume e
circulação de fluxo. Os eletrodos de medição de pH, gases o sangue, eletrólitos e
glicose estão incluídos dentro de um cassete descartável multiusos. A câmara do
cassete também contém um eletrodo de referência para os sensores
potenciométricos, um sensor da temperatura e um elemento aquecedor para o
controle preciso da temperatura.
Todas os cassetes de eletrodos possuem um “smart chip” que fornece informação
ao sistema sobre o tipo e o estado do cassete. O analisador lê automaticamente esta
informação quando o cassete é instalado no analisador. Enquanto está sendo
usado, o analisador registra informação adicional no “smart chip”. A informação
registrada neste “smart chip” inclui:
• Número do lote
• Número de série
• Painel dos parâmetros
• Número de testes permitidos
• Número de testes restantes
• Configuração do analisador compatível (o tipo de analisador em que o cassete
de eletrodos pode ser instalado)
• Instalar até (último dia em que é possível instalar o cassete no analisador)
• Data de instalação (data em que o cassete foi instalado no analisador)
• Número de série do analisador (o analisador onde o cassete está atualmente
instalado)
• Data de validade (data em que o cassete de eletrodos vai caducar depois de ter
sido instalado)

Tipos de SC Existem dois tipos de cassetes de eletrodos, o SC80 e o SC80 CO-OX:


• Um grupo de cassetes de eletrodos SC80 destina-se ao analisador ABL80
FLEX com a configuração de software FLEX.
• O segundo grupo de cassetes de eletrodos SC80 destina-se ao analisador
ABL80 FLEX com a configuração de software BASIC.
• O cassete de eletrodos SC80 CO-OX destina-se ao analisador ABL80 FLEX
CO-OX.
• Foi concebido um segundo tipo de cassete de eletrodos SC80 CO-OX
especificamente para o analisador ABL80 FLEX CO-OX com a configuração
de software OSM. Esta versão não inclui janela para os eletrodos na câmara de
medição.

2-8
Manual do Operador do ABL80 FLEX 2. O que é o quê

Vista frontal –
SC80

Partes e A tabela descreve as funções das partes indicadas acima.


funções
Item Parte Função
1. Janela da câmara Permite ver a câmara de medição onde estão
de medição situados todos os eletrodos de medição.
2. Porta de entrada Para posicionar a sonda de aspiração. A posição
baixa (45°) destina-se à introdução das amostras
em seringa e das soluções de QC em ampola. A
posição alta (90°) destina-se à introdução de
amostras em tubo capilar.
3. Sonda de Introdução de todas as amostras na câmara de
aspiração medição.
4. Lingueta Soltar o cassete do encaixe para ser extraído.
5. Tubos da bomba Circuito de transporte de todas as soluções para e
peristáltica da câmara de medição.

2-9
2. O que é o quê Manual do Operador do ABL80 FLEX

Vista
superior – SC80

Vista
posterior – SC80

Partes e A tabela descreve as funções das partes indicadas acima.


funções – SC80
Item Parte Função
1. Etiqueta com o Indicar o número de série do cassete de
número de série eletrodos.
2. Pinos de ligação Fazer a ligação eletrônica entre o cassete de
eletrodos e o analisador.
3. Guia de fixação Guia para colocar e fixar o cassete de
eletrodos no analisador.
4. Porta dos fluidos Circuito de transporte dos fluidos.
5. Lingueta Soltar o cassete do encaixe para ser extraído.
6. Número do lote Indica o número do lote do cassete.
7. Porta de entrada Posicionar a sonda de aspiração.
8. Instalar até Indica o último dia em que é possível
instalar o cassete de eletrodos.

2-10
Manual do Operador do ABL80 FLEX 2. O que é o quê

Vista frontal –
SC80 CO-OX

Partes e A tabela descreve as funções das partes indicadas acima.


funções –
SC80 CO-OX Item Parte Função
1. Janela da câmara Permite ver a câmara de medição onde estão
de medição situados todos os eletrodos de medição. Os
cassetes compatíveis com o software OSM não
incluem a janela da câmara de medição.
2. Sonda de Introdução de todas as amostras na câmara de
aspiração medição.
3. Pega da entrada Para posicionar a sonda de aspiração tanto a um
ângulo de 45° para as amostras em seringa e em
ampola, como a um ângulo de 90 ºC para as
mostras em tubo capilar. Também controla o
mecanismo automático de limpeza que limpa a
superfície exterior da sonda de entrada.
4. Guia Guia que orienta o posicionamento da amostra
5. Lingueta Soltar o cassete do encaixe para ser extraído.

2-11
2. O que é o quê Manual do Operador do ABL80 FLEX

Vista superior –
SC80 CO-OX

Vista posterior
SC80 CO-OX

Partes e A tabela descreve as funções das partes indicadas acima.


funções –
SC80 CO-OX Item Parte Função
1. Etiqueta com o Indicar o número de série do cassete de
número de série eletrodos.
2. Pinos de ligação Fazer a ligação eletrônica entre o cassete de
eletrodos e o analisador.
3. Guia de fixação Guia para colocar e fixar o cassete de eletrodos
no analisador.
4. Porta dos fluidos Circuito de transporte dos fluidos.
5. Lingueta Soltar o cassete do encaixe para ser extraído.
6. Número do lote Indica o número do lote do cassete.
7. Instalar até Indica o último dia em que é possível instalar o
cassete de eletrodos.
8. Pega da entrada Para levantar e baixar a sonda de aspiração.
9. Guia Guia que orienta o posicionamento da amostra

2-12
Manual do Operador do ABL80 FLEX 2. O que é o quê

Analisador – energia

Ligar o Siga os passos apresentados em seguida para ligar todas as versões do analisador.
analisador à
Nota: Na eventualidade de estar ligada a qualquer uma das portas USB na
corrente elétrica
traseira do equipamento uma unidade de memória, o analisador não se
inicializará corretamente. Retire qualquer unidade de memória USB antes de
ligar o analisador à corrente elétrica.

Passo Ação
1. Insira o cabo de alimentação na
respectiva entrada indicada

pelo símbolo na traseira


do analisador.

2. Ligue o cabo de alimentação a uma fonte de energia AC.


3. Pressione e mantenha pressionado durante, pelo menos, três
segundos o interruptor da energia, indicado pelo símbolo , na
traseira do analisador. Ouvir-se-á um clique em simultâneo com
a iluminação intermitente da tela do analisador, indicando que o
analisador está recebendo energia.
4. Solte o interruptor e permita que o sistema operativo do
analisador e o software da aplicação sejam carregados. Este
processo demora cerca de três minutos.

2-13
2. O que é o quê Manual do Operador do ABL80 FLEX

Desligar o Siga os passos para desligar todas as versões do analisador da corrente elétrica.
analisador da
corrente elétrica Passo Ação
1. A partir do menu principal, pressione Menu e em seguida
selecione Desligar.

2. O sistema abrirá uma caixa de diálogo para verificar se pretende


desligar o analisador.
• Pressione Sim para continuar o procedimento de desligar
• Pressione Não para cancelar e regressar ao menu principal
PRECAUÇÃO: É muito importante que o analisador seja
sempre desligado seguindo as indicações do software
instalado. Se o interruptor on/off, na parte posterior do
equipamento, for pressionado enquanto o software estiver
sendo utilizado pode dar-se a corrupção de ficheiros.

2-14
Manual do Operador do ABL80 FLEX 2. O que é o quê

Instalar os consumíveis
Introdução Todas as versões do sistema do analisador ABL80 FLEX contêm três
consumíveis: o papel da impressora, o cartucho de soluções e o cassete de
eletrodos.
Fila de O analisador tem uma função de fila de espera para a impressão que armazena até
impressão seis trabalhos. Se a impressora, por alguma razão, como a falta de papel, por
exemplo, não puder imprimir, só os seis últimos trabalhos são armazenados. Assim
que for possível, a impressora imprimirá automaticamente todos os trabalhos em
fila de espera.
Papel da Quando o rolo do papel estiver quase terminando, aparecerá uma risca vermelha
impressora na margem do papel; substitua sempre o rolo assim que esta risca aparecer para
garantir que todos os resultados são corretamente impressos.
Siga os passos indicados em seguida para colocar/substituir o papel da impressora.
Passo Ação
1. Pressione a patilha (veja a seta)
para soltar a tampa da impressora.

2. Faça a tampa da impressora


mover-se para trás para abrir o
compartimento do rolo de papel.

3. Retire o papel que possa existir.


4. Ponha o rolo de papel novo dentro
do compartimento, com a
extremidade livre a desenrolar-se
a partir da parte de baixo do rolo.
Assegure-se que esta extremidade
é suficientemente longa para
ultrapassar a saída do papel
através da tampa da impressora.
5. Mova a tampa para a frente e pressione-a para baixo pressionando as
linhas salientes (veja a seta). A instalação está terminada assim que a
tampa estiver presa, segurando o papel.

2-15
2. O que é o quê Manual do Operador do ABL80 FLEX

Cartucho de Por favor, consulte o capítulo 8, Instalação, para acessar as instruções de


soluções e instalação do cartucho de solução e do cassete de eletrodos do analisador ABL80
cassete de FLEX.
eletrodos

2-16
3. Características gerais do software

Introdução A operação e a gestão de todas as versões do analisador ABL80 FLEX são


realizadas através da tela tátil. Este capítulo descreve a tela e a estrutura do menu,
assim como as funções das diferentes teclas e ícones.

Neste capítulo O capítulo inclui os seguintes temas:


Tela tátil ................................................................................................3-2
Menu principal .......................................................................................3-3
Estado do analisador ..............................................................................3-5
Tutoriais .................................................................................................3-8
Relatório de Falhas...............................................................................3-10
Ícones ...................................................................................................3-13
3. Características gerais do software Manual do Operador do ABL80 FLEX

Tela tátil

Introdução O monitor (tela) de todas as versões do analisador ABL80 FLEX é um LCD a


cores com 800 × 600, com um painel tátil resistente que permite a ativação dos
menus e funções. Ao pressionar um ícone, um texto ou uma tecla, ativará a opção
pretendida ou acessará submenus de seleção.

3-2
Manual do Operador do ABL80 FLEX 3. Características gerais do software

Menu principal
Descrição A tela do menu principal compreende várias seções.
A seção superior é composta pela área da barra de títulos. Nela é apresentado ao
utilizador o estado do analisador, permitindo ver a seguinte informação adicional:
• Mensagem de estado
• Semáforo do estado do sistema
• Tecla dos Registros de Dados
• Barra dos parâmetros

A seção central da tela pode apresentar os seguintes elementos:


• Indicação de sessão de utilizador iniciada no sistema
• Teclas rápidas (só aparecem se forem ativadas)
• Mensagem do analisador (só aparece quando for introduzida uma mensagem)

A seção inferior da tela pode apresentar os seguintes elementos:


• Tecla do Menu
• Tecla de Fim de sessão (aparece apenas quando algum utilizador iniciou a sua
sessão no sistema)
• Tecla dos Tutoriais
• Tecla de Standby (só no analisador ABL80 FLEX com a configuração de
software BASIC ou no analisador ABL80 FLEX CO-OX com a configuração
de software OSM)
• Estado da comunicação RADIANCE/AQURE (aparece unicamente quando a
comunicação RADIANCE/AQURE está ativada)
• Estado da energia (AC ou bateria)
• Horas

Tela A imagem apresenta um exemplo de um tela do menu principal.


Barra de título com
indicação do estado do
sistema

Seção central

Barra do menu

3-3
3. Características gerais do software Manual do Operador do ABL80 FLEX

Teclas A tabela descreve as funções das teclas da tela principal.

Tecla Função
Semáforo do estado Apresenta um indicador com a cor-código e a
do sistema mensagem para o utilizador do estado atual do
analisador em relação à disponibilidade para a análise
de amostras. Pressione o ícone para ver todas as
mensagens do sistema relevantes. Pressione Fechar ou
Menu para fechar esta janela.
Registos de dados É um acesso rápido aos registros de dados armazenados
no analisador. Todos os resultados de amostras de
(Registros de dados)
pacientes, calibrações e controles de qualidade, bem
como outro tipo de informação guardada, está
facilmente acessível pressionando este ícone.
Menu Permite acessar a todas as opções do menu de
navegação. As opções disponíveis dependem das
definições de segurança estabelecidas no sistema.
Fim de sessão Aparece unicamente quando um utilizador iniciou a
sessão no analisador. Permite terminar manualmente a
sessão que o utilizador iniciou no sistema.
Tutoriais Informação em vídeo, texto e áudio relativos a
diferentes operações básicas do utilizador.
Entrar em Standby Permite ao utilizador acessar manualmente o modo de
Standby. Esta função só está disponível no analisador
ABL80 FLEX com a configuração de software BASIC
ou no analisador ABL80 FLEX CO-OX com a
configuração de software OSM.

3-4
Manual do Operador do ABL80 FLEX 3. Características gerais do software

Estado do analisador
Introdução O estado da atividade do analisador está permanentemente indicado na tela do
menu principal através do ícone de um semáforo e de uma descrição no canto
superior esquerdo da tela.

Estado do A luz do semáforo do estado do sistema está constantemente comunicando a


sistema disponibilidade do analisador de realizar análises de amostras. O número de testes
que restam no cassete de eletrodos instalado também é apresentado como parte da
informação do estado do sistema.
O ícone do estado do sistema pode indicar uma das três situações:
(Luz verde): o analisador está pronto para realizar análises de amostras;

(Luz amarela): o analisador está pronto para realizar análises de


amostras, mas poderão verificar-se rapidamente uma ou mais
circunstâncias que impedirão a realização das mesmas;
(Luz vermelha): não é possível realizar análises de amostras devido a
uma ou mais circunstâncias relativas ao analisador.
Para obter mais detalhes sobre o estado do analisador relativamente às análises de
amostras, o utilizador pode pressionar o ícone do semáforo e acessar a tela do
Estado do Sistema e as mensagens informativas.
As situações monitorizadas pelo analisador no Estado do Sistema são:
• Estado da instalação do cassete de eletrodos;
• Estado da instalação do cartucho de soluções;
• Número de testes restantes e a data de validade do cassete atualmente
instalado;
• Número de ciclos restantes e data de validade do cartucho de soluções
instalado;
• Estado dos Ciclos de Qualidade (ou da Cal a 2 pontos);
• Tempo até ser requerido um QC Manual;
• Resultados do QC Manual (combinado com a função de Bloqueio do QC);
• Data de validade do lote de QC Manual;
• Definições do bloqueio do analisador;
• Número de registros abertos restantes;
• Tempo até ser requerida uma manutenção de dados;
• Tempo até ser requerida uma calibração de tHb (só analisador ABL80
FLEX CO-OX).
Os valores limite para a maioria das situações podem ser definidos pelo utilizador.
Estes valores irão determinar a mudança da cor do Estado do Sistema de Verde
para Amarelo (advertência). As situações predefinidas para a luz vermelha são as
que impossibilitam a realização de análises, como restar 0 testes num cassete de
eletrodos ou a falha de uma calibração. Veja no capítulo 9, Definições, informação
sobre a forma de definir valores limite.

3-5
3. Características gerais do software Manual do Operador do ABL80 FLEX

Barra dos A barra dos parâmetros, no menu principal, mostra os parâmetros que o analisador
parâmetros pode apresentar. Cada parâmetro é apresentado individualmente numa das três
cores indicativas do seu estado:
• Verde – o parâmetro está ativo, funcionando corretamente e disponível
para as análises;
• Amarelo – o parâmetro está ativo, mas pelo menos um resultado da
medição do QC manual está fora do intervalo aceito, estando a
Advertência do QC ativa (consulte o capítulo 9, Definições). Seja
cuidadoso/a quando usar os resultados deste parâmetro;
• Vermelho – o parâmetro falhou no último Ciclo de Qualidade, o
parâmetro foi desativado ou bloqueado para o cassete atual, ou verifica-se
uma situação de bloqueio pelo QC manual.
Os parâmetros que não tenham sido instalados ou que estejam desativados para
todas os cassetes não aparecerão na barra dos parâmetros.

Mensagens na A seguinte tabela lista todas as possíveis mensagens que o analisador pode
barra de estado apresentar na barra dos parâmetros (no canto superior esquerdo da tela do menu
principal) ao realizar diversas funções.

Mensagem Descrição
Pronto: xxx de yyy testes O analisador está pronto para a análise de amostras.
restantes Também indica o número de testes que restam no
cassete de eletrodos instalado.
A lavar... O sistema está passando a solução de lavagem
através do cassete de eletrodos.
Análises desactivadas O analisador não está disponível para a realização
(Análises desativadas) de análises de amostras
A desligar... Quando a opção Desligar é selecionada no Menu, o
analisador fechará a aplicação através de um
procedimento controlado.

Informação do Para além da informação disponibilizada na tela do menu principal, o analisador


sistema possui uma série de separadores que mostram informação do sistema, descrevendo o
estado do analisador. Esta informação pode ser encontrada pressionando Dados 
Informação do Sistema. Existem cinco categorias de informação: Geral, Cartucho de
Soluções, Cassete de Eletrodos, Programação do QC Manual e Comunicação de
Dados.
• Geral: Esta informação geral inclui o número de série do analisador, o nome do
analisador, a versão do software, uma lista dos parâmetros ativos, o último e o
próximo ciclo de qualidade (ou Cal a 2 pontos), a última verificação do sistema
(caso se aplique) e outro tipo de informação proporcionada pelos software e
firmware. Está disponível uma tecla de ícone para a impressão desta informação.
• Cartucho das Soluções: A informação sobre o cartucho de soluções atualmente
instalado inclui as datas de instalação e de validade, o lote e o número de série, e
os lotes, os ciclos restantes, os valores de calibração e de controle de qualidade
(valor atribuído e intervalo aceito) de cada estojo de solução individualmente (os
valores do controle de qualidade não estão incluídos nos cartuchos de soluções

3-6
Manual do Operador do ABL80 FLEX 3. Características gerais do software

destinados ao analisador ABL80 FLEX com a configuração de software


BASIC). Está disponível uma tecla de ícone para a impressão desta informação.
• Cassete de Eletrodos: A informação relativa ao cassete de eletrodos atualmente
em uso inclui as datas de instalação e de validade, o número de testes permitido e
a quantidade de testes restantes, o lote, o número de série e o modelo da SC.
Também existe uma tecla de acesso direto ao registro dos Ciclos de Qualidade
ou da Cal 2 pontos do cassete de eletrodos atualmente em uso. Está disponível
uma tecla de ícone para a impressão desta informação.
• Programação do QC Manual: Quando se define uma programação (Definições
 QC Manual  Programação), as medições de QC manual pendedidas são
listadas nesta tela. Se não for definida nenhuma programação, este separador não
é mostrado.
• Comunicação de Dados: Ao especificar um tipo de ligação na tela de
Comunicação de Dados, são apresentados o estado da ligação e o número de
registros que falta sincronizar. Se não for especificado nenhum tipo de ligação
este separador não aparece.

3-7
3. Características gerais do software Manual do Operador do ABL80 FLEX

Tutoriais
Introdução Todas as versões dos analisadores ABL80 FLEX proporcionam uma série de
instruções ao utilizador sobre alguns procedimentos mais comuns. Estas instruções
são apresentadas em formato de vídeo tutorial que inclui imagens acompanhadas
por texto descritivo e áudio.

Tópicos dos Os vídeos tutoriais abordam os seguintes temas:


tutoriais
• Análise de amostras em seringa;
• Análise de amostras em capilar;
• Instalação do cassete de eletrodos;
• Instalação do cartucho de soluções;
• Instalação do rolo de papel.

Utilização geral Siga as seguintes instruções gerais para acessar à informação tutorial.
Passo Ação
1. No menu principal selecione a tecla Tutoriais.

2. Escolha o tutorial desejado na lista apresentada. O tutorial pode ser


selecionado pressionando diretamente o título do tutorial ou usando as
teclas com as setas subir e descer.
3. Pressione Vídeo para acessar ao tutorial selecionado.

3-8
Manual do Operador do ABL80 FLEX 3. Características gerais do software

Passo Ação
4. Aparecerá uma tela dividida em duas partes: o filme é apresentado no
lado esquerdo e a informação escrita no lado direito.

5. Poderá usar as seguintes teclas para controlar a função de leitura do


vídeo tutorial:

Ícone Função Ícone Função


Vídeo Pausa

Parar

Áudio ativo Sem som

Aumentar o volume do som Diminuir o volume do som

Voltar para a seção anterior Avançar para a próxima seção

3-9
3. Características gerais do software Manual do Operador do ABL80 FLEX

Relatório de Falhas
Introdução A tela do Relatório de Falhas permite ao utilizador localizar facilmente os
registros dos eventos falhados (calibração e controle de qualidade) dos
consumíveis (cassetes de eletrodos e cartuchos de soluções) trocados nos últimos
três meses. Estes registros podem ser descarregados para uma unidade externa
USB.
Este ficheiro descarregado pode ser usado para apresentar ao representante da
Radiometer sempre que um consumível precisar de ser trocado prematuramente
devido a ocorrências no seu desempenho.
Descrição A tela do Relatório de Falhas está dividida em dois separadores:
Eventos de Falha – apresentação de uma lista de todas as combinações
exclusivos de cassetes de eletrodos e cartuchos de soluções com eventos de
falha.
Informação de Contato – informação adicionada a cada ficheiro de evento de
falha com a identificação do cliente. Os utilizadores são estimulados a
preencher todos os campos para assegurar uma correta identificação. Estes
campos só têm de ser preenchidos uma vez; a informação de contato será retida
e usada em todos os eventos de falha posteriores.

Gravar um Siga os passos seguintes para gravar um evento de falha.


Evento de Falha
Passo Ação
1. Na tela principal, selecione Menu  Dados  Relatório de Falhas.

3-10
Manual do Operador do ABL80 FLEX 3. Características gerais do software

Passo Ação
2. No separador Evento de Falha desloque-se na lista de eventos e
selecione o evento relevante. O evento mais recente está no topo da
tela.
A informação nesta tela inclui:
• Hora da Análise – a hora e a data do evento
• Lote SC– o número do lote do cassete de eletrodos em uso no
momento do evento de falha
• Série SC – o número de série do cassete de eletrodos em uso no
momento do evento de falha
• Série SP – o número do lote (primeiros seis dígitos) e o número de
identificação exclusivos (últimos três dígitos) que, combinados,
definem o número de série do cartucho de soluções em uso no
momento do evento de falha
• Evento – o tipo de evento que falhou como o “Ciclo de Qualidade”,
a “Cal 2 pts” ou o “QC Manual”
• Estado – o estado geral dos eventos de falha. Esta coluna
apresentará uma lista do(s) parâmetro(s) que falharam durante o
evento ou outro tipo de estado de falha como um erro da
temperatura
3.
Opção Passos
Rever o evento de falha
Pressione a tecla Pré-visualizar.
selecionado
Gerar uma impressão do evento
Pressione a tecla Imprimir.
selecionado
Ligue uma unidade USB a
qualquer uma das portas USB
na traseira do analisador e
pressione Exportar.
Gravar o registro do evento de NOTA: O sistema irá
falha apresentar a mensagem
“Exportação do ficheiro
terminada” quando o evento de
falha tiver sido exportado
corretamente para a unidade
USB.
4. Pressione Fechar.

3-11
3. Características gerais do software Manual do Operador do ABL80 FLEX

Introduzir a Siga os passos abaixo para introduzir a informação nos campos da Informação de
Informação Contacto.
de Contato
1. Pressione a tecla do teclado junto a cada campo para introduzir a
informação apropriada.

NOTA: Por favor, note que o campo “Instituição” é um campo de preenchimento


obrigatório.

3-12
Manual do Operador do ABL80 FLEX 3. Características gerais do software

Ícones
Esquema de Em seguida apresenta-se a estrutura do esquema de navegação, com o respectivo
navegação e ícone do menu e a descrição funcional. Todas as versões do analisador contêm os
respectivos ícones seguintes, a menos que seja indicado em contrário.
ícones
Ícone Função Ícone Função
Análises
Realizar a análise de uma
amostra
QC Manual
Realizar a análise de um
QC manual
Ciclo de Qualidade
Manual (ou Cal a 2 pts
Manual)
Iniciar um Ciclo de
Qualidade ou uma
Calibração a 2 pontos
Dados

Registos  Registro dos Pacientes


Ver os registros da base
de dados Registro do QC Manual
Registro dos Ciclos de
Qualidade (não disponível no
analisador ABL80 FLEX com
a configuração de software
BASIC)
Registro da Cal a 2 pontos
Registro da Cal tHb (só
analisa-dor ABL80 FLEX CO-
OX)
Verificação Cassete (só
analisador ABL80 FLEX CO-
OX com software OSM)
Registro dos Eventos

Registro da Segurança
Enviar 
Envio de Pacientes
Enviar registros para
uma base de dados
Envio de QC Manual
externa

3-13
3. Características gerais do software Manual do Operador do ABL80 FLEX

Ícone Função Ícone Função


Envio de Ciclos de Qualidade
(não disponível no analisador
ABL80 FLEX com a configu-
ração de software BASIC)
Envio da Cal a 2 pontos
Envio da Cal tHb (só analisa-
dores ABL80 FLEX CO-OX)
Envio WDC (o QA Portal tem
que estar ativo)
Gravar  Gravar Pacientes
Exportar registros para
um dispositivo de
armazenamento externo Gravar QC Manual
Gravar Ciclos de Qualidade
(não disponível no analisador
ABL80 FLEX com a configu-
ração de software BASIC)
Gravar Cal a 2 pontos
Gravar Cal tHb (só analisa-
dores ABL80 FLEX CO-OX)
Gravar Verificações do
Sistema (não disponível no
analisador ABL80 FLEX com
a configuração de software
BASIC)
Gravar Verificação Cassete (só
analisador ABL80 FLEX CO-
OX com configuração de
software OSM)
Gravar Eventos

Gravar Segurança

Gravar WDC
Manutenção 
Iniciar a Manutenção de Dados
Realizar ou programar a
manutenção da base de Programar a Manutenção de
dados Dados
Informação do Sistema
Rever a informação
básica sobre o analisador

3-14
Manual do Operador do ABL80 FLEX 3. Características gerais do software

Ícone Função Ícone Função


Relatório de Falhas
Localizar e gravar um
relatório de erro do sistema
de um cassete de eletrodos
ou de um cartucho de
soluções.
Utilitários
Instalar 
Instalar o SC80
Instalar consumíveis
Instalar o Cartucho de
Soluções
Contador
Monitorizar o número de
análises e outros eventos
Transferir Definições  Transferir para o disco
Transferir as definições
do analisador de um
analisador para outro Transferir do disco
Cal tHb
(só analisador ABL80
FLEX CO-OX)
Lavagem
Iniciar uma lavagem
manual
Atualização do Software
Fazer uma atualização do
software da Radiometer
Ejetar CD
Ejetar manualmente o
CD da unidade interna
Definições
Paciente
Estabelecer os intervalos
aceitáveis, os limites
críticos e os intervalos de
relatório
QC Manual 
Selecionar as várias Intervalos do QC Manual
definições do QC manual
Bloqueio do QC Manual
Fator Estatístico do QC
Manual

3-15
3. Características gerais do software Manual do Operador do ABL80 FLEX

Ícone Função Ícone Função

QC Manual (cont.) Programação do QC Manual

Temperatura do QC Manual

Intervalos RiliBÄK (opcional)


Ciclo de Qualidade (ou
Programação dos Ciclos de
Cal a 2 pts) 
Qualidade (ou Programação da
Estabelecer a frequência
Cal a 2 pts)
dos Ciclos de Qualidade
Desvio dos Ciclos de
Qualidade (não disponível no
analisador ABL80 FLEX com
a configuração de software
BASIC)
Programação de Standby (só
no analisador ABL80 FLEX
com a configuração de
software BASIC e no
analisador ABL80 FLEX CO-
OX com a configuração OSM)
Cal tHb  Programação de tHb
(só analisador ABL80 (só analisador ABL80 FLEX
FLEX CO-OX) CO-OX)
Configuração 
Selecionar as funções de Configuração da Hora e da
configuração do Data
analisador
Configuração das Unidades

Comunicação de Dados

Configuração FlexLink

Mensagem do Analisador

Configuração do Estado do
Sistema

Configuração da Correlação

Configuração de Apagar
Registros
Configuração do Menu
Principal

3-16
Manual do Operador do ABL80 FLEX 3. Características gerais do software

Ícone Função Ícone Função


Relatórios  Configuração dos Campos de
Selecionar um conjunto Introdução
de opções de introdução Configuração da Impressão
e de impressão (versões de software < 3.00)
Opções dos Relatórios (versões
de software ≥ 3.00)
Gravar a Configuração do
Paciente
Sistema 
Selecionar um conjunto Configuração dos Parâmetros
de definições gerais do Ativos
analisador
Configuração da Detecção de
Ar (não disponível no
analisador ABL80 FLEX CO-
OX com a configuração de
software OSM)
Configuração do Bloqueio do
Analisador
Segurança
Estabelecer um sistema de
segurança e fazer a gestão
dos utilizadores
Início de Sessão
Iniciar a sessão no Fim de Sessão
analisador antes de o usar
Desligar o Analisador
Desligar controlada-
mente os hardware e
software do analisador
Entrar em Standby Sair de Standby
Acessar manualmente o Para sair manualmente do
modo de Standby (só no modo de Standby (só no
analisador ABL80 FLEX analisador ABL80 FLEX com
com a configuração de a configuração de software
software BASIC ou no BASIC ou no analisador
analisador ABL80 FLEX ABL80 FLEX CO-OX com a
CO-OX com a configura- configuração de software
ção de software OSM) OSM)

3-17
3. Características gerais do software Manual do Operador do ABL80 FLEX

Ícones de função Os ícones de função são descritos em seguida.


Ícone Função Ícone Função

Cancelar/Fechar Enviar Resultados

Voltar Informação do Paciente

OK Consulta do Paciente

Aspirar Novo formato

Editar Apagar formato

Adicionar item ao
Imprimir
relatório

Imprimir pré-visualização Retirar item do relatório

Tornar predefinição Editar formato

Registro do Paciente Tela pré-visualização

Registro do QC Manual Copiar formato

Registro do Ciclo de Qualidade


(não disponível no analisador Adicionar um Utilizador
ABL80 FLEX com a ou uma Permissão
configuração BASIC)
Eliminar um Utilizador
Registro da Cal a 2 Pontos ou uma Permissão
Reiniciar Validade do
Resultados no Gráfico do QC Utilizador

Estatísticas do QC Reiniciar Contador

Painel dos Parâmetros Teclado numérico

Ler Código de Barras Aprovação

Teclado de texto

3-18
Manual do Operador do ABL80 FLEX 3. Características gerais do software

Ícones de A tabela descreve os ícones de navegação e outros ícones usados.


navegação e
outros Ícone Função Ícone Função
Estado do Sistema – Verificação do Sistema a
comunica o estado das decorrer (não disponível
análises do analisador. no analisador ABL80
Pressione o ícone para ver o FLEX com a configura-
estado das mensagens. ção de software BASIC)

Aviso Instrução/Obrigatório

Apagar todos os
Apagar um caracter
caracteres

Energia AC Energia da Bateria

Ligação
Ligação
RADIANCE/AQURE
RADIANCE/AQURE ativa
não ativa
Detecção de ar não
disponível (não disponí-
vel no analisador ABL80
Enter FLEX CO-OX com a
configuração de software
OSM)

Mover o cursor para baixo Mover o cursor para cima

Mover o cursor para a Mover o cursor para a


esquerda um espaço direita um espaço
Mover o cursor para a Mover o cursor para a
esquerda da tela direita da tela
Voltar para a vista de dados Continuar para a vista de
anterior (tela do gráfico do dados seguinte (tela do
QC) gráfico do QC)

3-19
3. Características gerais do software Manual do Operador do ABL80 FLEX

3-20
4. Medição de amostras

Introdução Este capítulo descreve a forma como analisar amostras de sangue dos pacientes em
todas as versões do analisador ABL80 FLEX e como gerir a informação
relacionada.

Neste capítulo O capítulo inclui os seguintes temas:


Informação geral ....................................................................................4-2
Introdução de uma amostra de sangue ...................................................4-3
Informação da amostra .........................................................................4-15
Relatório do paciente ...........................................................................4-20
Editar a informação do paciente ..........................................................4-21
Registro da edição dos pacientes .........................................................4-24
Aprovação ............................................................................................4-25
FlexLink ...............................................................................................4-27
4. Medição de amostras Manual do Operador do ABL80 FLEX

Informação geral

Tamanho da O analisador ABL80 FLEX aspira um volume de amostra de aproximadamente


amostra 70 µL em cada medição. O analisador ABL80 FLEX CO-OX aspira um volume de
amostra de aproximadamente 105 µL em cada medição. O analisador ABL80
FLEX CO-OX com a configuração de software OSM aspira um volume de
amostra de aproximadamente 65 µL em cada medição. Este volume é
automaticamente aspirado para o analisador durante o procedimento de análise de
amostras.

Tipos de Ambas as versões do analisador aceitam amostras em seringa e em tubo capilar.


dispositivos de As amostras em seringa (incluindo os dispositivos de colheita safePICO com a
amostras tampa de segurança safeTIPCAP) são aspiradas com a sonda de aspiração do
cassete de eletrodos na primeira posição, a mais baixa. As amostras em tubo
capilar são introduzidas com a sonda de aspiração do cassete de eletrodos na
horizontal, a segunda posição. Consulte o capítulo 11, Colheita de Amostras, para
obter mais informação sobre a colheita de amostras e a aquisição de dispositivos
de colheita.

Homogeneiza- É muito importante que a amostra seja extensivamente homogeneizada antes da


ção da amostra sua introdução no analisador. A utilização do dispositivo de colheita safePICO
em seringa com o safePICO Mixer proporciona ótimos resultados de homogeneização.
Quando a amostra é homogeneizada manualmente, a seringa deverá ser invertida
várias vezes e, em seguida, rolada entre as palmas das mãos repetidamente
durante, pelo menos, 15 segundos, justamente até a aspiração da amostra.

Homogeneiza- As amostras capilares podem ser homogeneizadas usando um “ferrinho” de


ção da amostra homogeneização e um ímã. Ao usar um tubo capilar safeCLINITUBE, o “ferrinho”
em tubo capilar de mistura tem que ser retirado do clinitubo ANTES de a amostra ser aspirada.

PRECAUÇÃO: Em geral, os resultados das amostras capilares, especialmente os valores da pO2,


deverão ser interpretados com cuidado.
PRECAUÇÃO: Se existir alguma bolha de ar numa amostra capilar que tenha estado
armazenada, não se devem medir os valores de pH e gases no sangue.
PRECAUÇÃO: Durante a medição, observe a amostra na câmara de medição através da janela
do cassete de eletrodos. Se vir alguma bolha de ar, rejeite os resultados e repita a
medição.
NOTA: Com a configuração de software OSM do analisador ABL80 FLEX CO-OX não é
necessário observar a possível existência de bolhas de ar na amostra pela janela
do cassete de eletrodos porque a medição não é realizada no interior da câmara
de medição. Por esta razão, o cassete de eletrodos compatível com a configuração
de software OSM não inclui uma janela.

Lavagem Se vir que ficou algum resíduo de sangue na câmara de medição após uma
manual medição, faça uma lavagem manual. Veja no capítulo 8, Utilitários, as instruções
para a iniciar este programa.

4-2
Manual do Operador do ABL80 FLEX 4. Medição de amostras

Introdução de uma amostra de sangue


Procedimento Siga os passos para ver como realizar a análise de uma amostra de paciente.
de análise de Existem várias opções de configuração, que incluem o Painel dos Parâmetros, o
uma amostra Tipo de Paciente, as Impressões, a correlação do hematócrito e a correção da HbF.
Veja no capítulo 9, Definições, os detalhes sobre a seleção e a função destas
características opcionais.
Passo Ação
1. Assegure-se que o analisador está pronto para aceitar a amostra.
• A indicação Pronto está visível no canto superior esquerdo da tela
do menu principal
• O semáforo apresenta a luz verde ou amarela
• Os parâmetros pretendidos estão disponíveis (veem-se na barra dos
parâmetros a verde ou a amarelo)
2. Selecione Menu  Análises
Tela de aspiração do analisador ABL80 FLEX:

4-3
4. Medição de amostras Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação
2. Tela de aspiração do analisador ABL80 FLEX CO-OX:
(Cont.)

3. A seleção dos parâmetros pode ser apresentada na tela de duas


maneiras. A primeira, tal como se vê na imagem anterior, é com a
função de Painel dos parâmetros desativada.
Nesta configuração, cada parâmetro é representado por uma tecla. Ao
pressionar a tecla retirará ou adicionará uma marca de verificação que
ativará o aparecimento do parâmetro no relatório.
• Uma tecla com o rebordo verde e com uma marca de verificação
verde indica que o parâmetro está funcionando corretamente e
que os resultados de medição serão apresentados no relatório.
• Uma tecla com o rebordo amarelo e com uma marca de verifica-
ção amarela indica que há uma advertência no estado do parâ-
metro relativa a um QC falhado anteriormente. No entanto, se
desejado, o resultado da medição do parâmetro está disponível.
• Uma tecla com o rebordo vermelho e com uma marca de
verificação vermelha indica que o parâmetro não está
funcionando corretamente e que o resultado da sua medição não
estará disponível.
• Todos os parâmetros desativados serão apresentados com as
teclas na cor cinza e não funcionais.

4-4
Manual do Operador do ABL80 FLEX 4. Medição de amostras

Passo Ação
4. Quando a função Painel dos Parâmetros está ativa (veja no capítulo
9, Definições, como a ativar), as escolhas possíveis para os parâmetros
apresentados são:

O utilizador seleciona o painel dos parâmetros desejado, usando as


opções de escolha no Painel dos Parâmetros.
Os parâmetros individuais indicam que parâmetros estão
disponíveis/são apresentados no relatório, para um determinado painel
de parâmetros.
• Todos os parâmetros apresentam o fundo cinzento, o que significa
que não podem ser marcados ou desmarcados individualmente nesta
tela.
• Os parâmetros com uma marca de verificação verde estão ativos e
serão apresentados durante a medição da amostra.
• Os parâmetros com uma marca de verificação amarela serão
apresentados nesta medição, mas estão em “estado amarelo” (por
exemplo, uma advertência no estado do QC manual para o parâmetro
assinalado).
• Os parâmetros com rebordo vermelho e uma marca de verificação
vermelha foram predefinidos como parâmetros do painel
selecionado, mas não estão ativos nem disponíveis para esta medição
de amostra
NOTA: O Painel dos Parâmetros inclui sempre uma opção de seleção
Personalizar painel que funciona da mesma maneira que a descrita
em cima quando o Painel dos Parâmetros está desativado.
NOTA: Não é possível o utilizador selecionar um painel de
parâmetros quando o FlexLink estiver ativado e a ser usado.

4-5
4. Medição de amostras Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação
5. Reveja as outras seleções da tela de Aspiração da amostra. Estas
seleções podem incluir o seguinte:
• Tipo de amostra – as opções são arterial, capilar venosa, venosa
mista, idoneidade e outra
• Tipo de paciente – consulte o capítulo 9, Definições
• Impressões – consulte o capítulo 9, Definições
• Aplicar a correlação de hemodiluição (Hct) – consulte o capítulo 9,
Definições para ativar (só analisador ABL80 FLEX)
• Ativar correção de HbF – consulte o capítulo 9, Definições para
ativar (só analisador ABL80 FLEX CO-OX)
6. Homogeneíze extensivamente a amostra de sangue. Este passo é
especialmente importante para a exatidão dos valores de hematócrito e
hemoglobina.
7. a. Amostras em seringa: Analisador ABL80 FLEX:
• Analisador ABL80 FLEX -
Levante a sonda de aspiração
até à primeira posição

4-6
Manual do Operador do ABL80 FLEX 4. Medição de amostras

Passo Ação
7. • Analisador ABL80 FLEX Analisador ABL80 FLEX CO-OX:
. CO-OX – leve a alça até em
cima, para a primeira posição

4-7
4. Medição de amostras Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação
7. Todas as versões do analisador: Seringas comuns:
Cont. • Introduza a sonda dentro da
amostra
• Certifique-se que a
extremidade da sonda está
completamente imersa dentro
da amostra

Seringa safePICO com


safeTIPCAP:

NOTA: Não pressione a extremidade da sonda de aspiração contra o


êmbolo da seringa. Isto poderá criar uma pequena zona hermética que
impede a aspiração da amostra.

ADVERTÊNCIA: Tenha cuidado quando a sonda de aspiração estiver elevada


para evitar o contato inesperado com a ponta.

7. b. Amostras em tubo capilar no


analisador ABL80 FLEX:
Cont.
• Levante a sonda de aspiração
até à segunda posição
(horizontal)

4-8
Manual do Operador do ABL80 FLEX 4. Medição de amostras

Passo Ação
7. • Introduza a sonda de
Cont. aspiração num adaptador de
capilares do analisador
ABL80 FLEX, empurrando
até bater no topo da sonda

• Certifique-se que o sangue


dentro do capilar chega
mesmo até uma das
extremidades do tubo

• Insira o tubo capilar no


adaptador

• Empurre o tubo dentro do


adaptador até sair uma
pequena quantidade de sangue
para dentro do adaptador. Este
sangue que sai indica que a
sonda entrou dentro do tubo
capilar, fazendo sair sangue, e
garante uma ligação sem ar.

4-9
4. Medição de amostras Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação
7. c. Para amostras capilares no Passo 1:
analisador ABL80 FLEX CO-
Cont.
OX:
• Passo 1: Leve a alça até à
primeira posição

Passo 2:

• Passo 2: Continue a empurrar


a alça para cima e puxe-a para
a frente para prender na
segunda posição, a das
amostras em capilar

• Insira o tubo capilar no


adaptador para o ABL80
FLEX CO-OX

• Posicione o tubo capilar, com


o adaptador, na sonda de
aspiração do analisador

4-10
Manual do Operador do ABL80 FLEX 4. Medição de amostras

Passo Ação
8. Em todas as versões do analisador pressione Aspirar.

NOTA: Só analisador ABL80 FLEX CO-OX – A tecla Aspirar tem que


ser pressionada dentro de 20 segundos após levantar a sonda de
aspiração. Se não for pressionada dentro desse intervalo de 20
segundos, a análise será cancelada.
9. O analisador emitirá dois sons curtos quando a aspiração estiver
terminada. A tela apresentará instruções sobre a remoção da amostra e
o do fechamento da sonda de aspiração.

4-11
4. Medição de amostras Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação
10. Para baixar a sonda de entrada, siga as instruções específicas do
analisador.
• Analisador ABL80 FLEX – Pressione para baixo a porta de entrada
até a sonda de aspiração estar completamente baixa.
• Analisador ABL80 FLEX CO- Passo 1:
OX:
• Passo 1: Se a sonda de
aspiração estava na posição
dos capilares, empurre-a para
trás e para baixo a alça para
soltar a sonda

Passo 2:
• Passo 2: Faça a alça deslizar
para baixo até ouvir um
clique que indica que está na
posição mais baixa de todas

11. Todas as versões do analisador apresentarão automaticamente os


campos de introdução ativados. Reveja estes campos e introduza a
informação desejada usando os controles proporcionados. Consulte o
tema Informação da Amostra mais adiante neste capítulo para obter
instruções sobre o uso desta tela de introdução. Veja também no
capítulo 9, Definições, como ativar os campos de introdução.
12. Quando toda a informação tiver sido introduzida, pressione OK.
13. Uma barra de progressão será mostrada até a análise estar terminada.
Durante a segunda metade da medição da amostra, serão apresentados
valores instáveis. Estes valores deverão ser usados ou interpretados
unicamente para definir tendências.

4-12
Manual do Operador do ABL80 FLEX 4. Medição de amostras

Passo Ação
14. Os resultados finais serão apresentados na tela e estarão disponíveis
para impressão.
Tela de resultados do analisador ABL80 FLEX:

Tela de resultados do analisador ABL80 FLEX CO-OX:

4-13
4. Medição de amostras Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação
15. Os resultados finais podem estar assinalados com uma das seguintes
marcas:
Marca Definição
O resultado final está fora do intervalo de referência,
ou mas dentro dos limites críticos. Na tela, este resultado
também está assinalado em amarelo.
O resultado final está fora dos limites críticos. Na tela,
ou este resultado também está assinalado em vermelho.

O resultado final está fora do intervalo de teste do


ou analisador. Na tela, este resultado também está
assinalado em vermelho.
> O valor de cGlu e cLac excede o limite superior do
intervalo da linearidade baseado no pO2 medido.
I/R ou * O resultado final está fora do intervalo de relatório
definido pelo utilizador. O resultado final pode estar
omitido e substituído pelo acrônimo I/R ou pode estar
presente mas assinalado com um asterisco. Consulte o
capítulo 9, Definições, para obter informação detalhada
sobre a definição desta opção.
R/S Os resultados foram suprimidos devido a um erro do
sistema associado a esta medição.
*** O resultado final está fora do intervalo de medição do
analisador.
### O resultado final está fora do intervalo elétrico do
analisador.
!! É possível que tenha sido encontrado ar na amostra ou
na solução de fluxo durante a análise.
? Foram identificados um ou mais erros relativos aos
resultados de oximetria. Todos os resultados
relacionados estão assinalados com um ponto de
interrogação. Use os resultados com precaução.
¿ A última medição de QC manual realizada com este
parâmetro estava fora do intervalo de aceitação. Esta
indicação serve de aviso. Use os resultados com
precaução.
NOTA: Os intervalos de referência, os limites críticos e os intervalos
de relatório podem ser definidos pelo utilizador (veja o capítulo 9,
Definições). O intervalo de teste e o intervalo de medição são
definidos pelo analisador.
16. Para realizar outra análise pressione Análises.

4-14
Manual do Operador do ABL80 FLEX 4. Medição de amostras

Informação da amostra
Consulta da Siga os passos seguintes para fazer uma consulta à informação de identificação do
informação do paciente durante a análise da amostra:
paciente
Passo Ação
1. Introduza a ID da Amostra, a ID do Paciente ou o Departamento
(Paciente) na tela de introdução da informação do paciente.

NOTA: A ID da Amostra não estará disponível para as consultas


externas se for usado um protocolo de comunicação HL7.
2. Pressione a tecla Consulta no rodapé da tela de Informação do
Paciente. Todos os dados demográficos disponíveis ficarão automa-
ticamente preenchidos. Estes dados podem incluir a ID do Paciente, o
nome, o departamento (paciente), o gênero, a data de nascimento, a
idade, a altura, o peso, a idade gestacional e o peso ao nascer.
3. • Quando fizer a procura pela ID da Amostra ou pela ID do Paciente,
o sistema fará a consulta pelo resultado de amostra mais recente
encontrado. Quando for localizado, toda a informação de
identificação do paciente disponível será automaticamente
preenchida e o sistema regressará á tela de Informação do
Paciente.
• Quando a procura for feita pelo Departamento (Paciente), o sistema
fará a consulta por todos os pacientes com o departamento
coincidente e mostrará uma lista com estes pacientes. Selecione o
paciente pretendido e pressione Aceitar. O sistema regressará à tela
de Informação do Paciente.
4. • Se for feita uma consulta externa (consulta a uma base de dados em
rede localizada fora do analisador) e não se obtiverem resultados, o
analisador abrirá uma caixa de diálogo perguntando se o utilizador
quer fazer uma consulta interna.
• Para fazer uma consulta interna (consulta às bases de dados
existentes no analisador) pressione Sim nas opções da caixa de
diálogo.

4-15
4. Medição de amostras Manual do Operador do ABL80 FLEX

Campos de Consulte o capítulo 9, Definições, para ver como ativar os campos de introdução
introdução do pretendidos, para serem vistos e preenchidos durante a análise das amostras. Cada
paciente campo de introdução pode ser ativado, tornado de preenchimento obrigatório e a
informação introduzida pode ser retida.

O símbolo aparecerá junto a qualquer campo de introdução definido como de


preenchimento obrigatório.
Ativar a função de retenção da informação em qualquer campo fará com que a
informação introduzida permaneça neste campo até ser introduzida nova
informação.
Cada tipo de campo possui o seu método de introdução de dados. Os diferentes
tipos de comandos são descritos em seguida:
• Texto: uma tecla com o ícone de um teclado permite acessar a um teclado para a
introdução de texto alfanumérico;
• Controle da data: existe a possibilidade de selecionar o dia, o mês, o ano, e
ajustar o valor usando setas;
• Caixa com lista: proporciona uma lista com as opções de seleção disponíveis.

Tela de A imagem mostra uma tela de introdução da Informação do Paciente:


introdução da
informação do
paciente

• Pressione o nome do campo de introdução pretendido, o cursor desloca-se para


esse campo.
• Pressione o campo, abre-se um subtela para a introdução manual de dados
• Se desejado, pode ser usado um teclado externo para introduzir os dados
(consulte no Manual de Referência, capítulo 9, Ligações, informação sobre a
ligação de um teclado externo).
• Também pode ser usado o leitor de códigos de barras interno ou um externo para
introduzir os dados, se desejado.

4-16
Manual do Operador do ABL80 FLEX 4. Medição de amostras

Introdução de Em seguida descreve-se a subtela de introdução de dados manualmente, usando o


dados na sub- teclado na tela. Esta subtela é acessada ao selecionar o campo desejado (não o
tela nome do campo) na tela de Informação do Paciente.

• Seguinte – pressione esta tecla para gravar a informação introduzida neste


campo e prosseguir para o campo seguinte na lista.
• Anterior – pressione esta tecla para gravar a informação introduzida neste
campo e retroceder para o campo anterior na lista.
• Ver Lista – pressione esta tecla para regressar à tela de introdução da
informação da amostra.
• Ler – pressione esta tecla para ativar o leitor de códigos de barras interno.

Leitura do A informação também pode ser introduzida através da leitura do código de barras.
código de barras Para poder usar esta função do equipamento, selecione o campo de informação
pretendido e pressione a tecla Ler. Posicione o código de barras em frente ao leitor
que está situado na parte dianteira do analisador até a leitura terminar.

Lista dos A tabela seguinte apresenta uma lista com todos os campos de introdução de
campos de informação disponíveis nas análises das amostras de pacientes em todas as versões
introdução do analisador.
Campo de Introdução Características
ID da Amostra Até 12 caracteres de texto
ID do Paciente Até 20 caracteres de texto
Apelido Até 20 caracteres de texto
Nome (próprio) Até 20 caracteres de texto
Departamento Até 20 caracteres de texto
Departamento (Paciente) Até 20 caracteres de texto
Número do quarto Até 20 caracteres de texto

4-17
4. Medição de amostras Manual do Operador do ABL80 FLEX

Campo de Introdução Características


Sexo Lista de opções: masculino, feminino, desconhecido
Data de nascimento Dois métodos de introdução de dados, digitando os
valores numéricos ou selecionando num calendário
Temperatura do paciente 12.0-45.0 °C
53.6-113.0 °F
Peso 0-500 kg
0-1100 lbs
Peso ao nascer 0.00-20.00 kg
0-20000 g
0.0-705.5 oz
Idade gestacional 0-99 semanas
Altura 0-300 cm
0-3 metros
0-118 polegadas
FO2(I) 0-100%
Fluxo em litros Selecione o valor entre 0.0-2.0, 3-15 e Fluxo (fluxo
máximo)
sO2(m) 0.0 - 100.0% Valor da saturação do oxigênio medido
em outro analisador
ctHb(m) 1.0-28.0 g/dL
10-280 g/L
1.0-17.4 mmol/L
Este campo destina-se a ser usado por um valor de
hemoglobina total medido noutro analisador
Baro 540-800 mmHg
72.0-106.7 kPa
Este valor destina-se a registrar a pressão barométrica
Local da colheita Lista de opções entre, radial D., radial E., braquial D.,
braquial E., femoral D., femoral E., linha arterial,
cateter PA, cordão umbilical, dedo D., dedo E.,
calcanhar D., calcanhar E., cabeça do feto, bomba
bypass, outra.
NOTA: Está disponível uma lista alternativa para o
analisador ABL80 FLEX CO-OX com a configuração
de software OSM. Esta lista alternativa foi concebida
para ser usada no laboratório de cateterização
cardíaca. Para mais informação contate o
representante local da Radiometer.

4-18
Manual do Operador do ABL80 FLEX 4. Medição de amostras

Campo de Introdução Características


Hora da colheita Dois métodos de introdução de dados, digitando
valores numéricos ou selecionando num calendário
Colhida por Até 20 caracteres de texto. O sistema apresenta, por
defeito, a pessoa que tem a sessão iniciada nesse
momento, embora esta informação possa ser editada
Data do pedido Dois métodos de introdução de dados, digitando
valores numéricos ou selecionando num calendário. O
sistema apresenta, por defeito, a data atual
Médico Até 20 caracteres de texto
Nota Até 100 caracteres de texto

Lista dos A seguinte tabela apresenta os campos de introdução adicionais disponíveis


campos de unicamente no analisador ABL80 FLEX CO-OX.
introdução do
Campo de introdução Características
ABL80 FLEX
CO-OX pO2(v– ) 0-760 mmHg
0-101.3 kPa

sO2(v– ) 0.0-100.0%
0.000-1.000

· 0-xxxx mL/min
VO2
0.0-xxx.x mmol/min
· 0.0-1000.0 L/min
Qt
VCO 0.0-1000.0 mL
FCOHb(1) 0.0-100.0%
0.000-1.000
FCOHb(2) 0.0-100.0%
0.000-1.000

4-19
4. Medição de amostras Manual do Operador do ABL80 FLEX

Relatório do paciente

Correção da O analisador ABL80 FLEX CO-OX pode ser configurado para corrigir os
hemoglobina resultados de oximetria da amostra relativamente à presença de hemoglobina fetal
fetal (HbF). Esta correção pode ser aplicada a todas as amostras ou só às que o valor de
HbF for superior a 20 %. Veja o capítulo 9, Definições (Relatórios – campos de
introdução) para mais informação.

Omitir se for a O analisador ABL80 FLEX CO-OX pode ser configurado para omitir a
do intervalo apresentação no relatório das frações de hemoglobina que o sistema calcular e
forem inferiores a zero e superiores a 100 %. Veja mais informação no capítulo 9,
Definições (Relatórios – campos de introdução).

Impressão de Todas as versões do analisador podem ser configuradas para imprimir automatica-
resultados mente os resultados assim que as medições terminarem. O número de impressões
pode ser definido na tela de aspiração da amostra, variando entre 1 a 4.

Podem ser feitas impressões manuais adicionais usando o ícone da impressora


na tela dos resultados.
Para ativar ou desativar a impressão automática dos resultados da amostra consulte
o capítulo 9, Definições (Relatórios/Impressões).

Reacessar aos Veja no capítulo 7, Registro de dados, as instruções para reacessar e imprimir
resultados resultados guardados.

4-20
Manual do Operador do ABL80 FLEX 4. Medição de amostras

Editar a informação do paciente

Introdução O utilizador pode editar a informação de qualquer campo de introdução


imediatamente após a análise, enquanto estiver na tela dos resultados. O utilizador
também pode editar a informação depois da análise da amostra estar concluída
através da tela do registro de dados. A permissão para editar informação da análise
da amostra pode ser limitada a utilizadores específicos. Consulte o capítulo 9,
Definições, a informação relativa às opções de segurança.

Editar após a Para editar a informação do paciente imediatamente após a análise da amostra siga
análise da os passos:
amostra
Passo Ação
1. Quando a análise de uma amostra termina, os resultados são
apresentados automaticamente.

2.
Pressione o ícone do lápis .

4-21
4. Medição de amostras Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação
3. A tela dos campos de introdução aparece. Selecione o campo de
introdução desejado e faça as edições necessárias. Veja o tema
Informação da amostra apresentado anteriormente para obter as
instruções sobre como usar esta tela.

4. Pressione OK quando todas as opções estiverem terminadas.


NOTA: A tela dos resultados incluirá agora o separador Registo da
Edição (Registro da Edição) para que seja possível ver todas as
alterações feitas nesta amostra.

Editar a partir Para editar a informação do paciente a partir da tela do Regito dos Pacientes
da tela do (Registro dos pacientes) após o resultado da amostra ter sido dado, siga os passos:
registro
Passo Ação
1. Selecione Menu  Dados  Registos  Pacientes.

4-22
Manual do Operador do ABL80 FLEX 4. Medição de amostras

Passo Ação
2. A tela do registro apresentará uma lista com a informação geral de
cada registro de amostra de paciente armazenado.
3. Localize a amostra pretendida e selecione-a.
NOTA: O registro mais recente está sempre situado no início da lista
quando se acessa a tela. Para ordenar os registros pela ID do
Paciente ou pelo nome do paciente, pressione o cabeçalho da
respectiva coluna.
4.
Pressione a tecla Paciente para ver os resultados desta amostra.
5.
Pressione a tecla de edição com o ícone para abrir a tela. Todos
os campos de introdução estão disponíveis para a edição.
6. Depois de ter realizado todas as alterações pretendidas, pressione OK
para as gravar.
NOTA: Todas as alterações serão guardadas no Registro da Edição.

4-23
4. Medição de amostras Manual do Operador do ABL80 FLEX

Registro da edição dos pacientes

Introdução Todas as versões do analisador ABL80 FLEX registram todas as alterações


realizadas no resultado da amostra. Só é possível editar os campos de introdução
de informação. Todos os registros destas alterações podem ser vistos no separador
Registo da Edição (Registro da Edição) na tela dos resultados e no final da
impressão de cada resultado (veja no capítulo 9, Definições, como ativar esta
função).

Registro da Para ver as alterações feitas num registro de amostra, siga os passos:
Edição
Passo Ação
1. Selecione Menu  Dados  Registos  Pacientes.
2. Selecione o registro de amostra do paciente pretendido.
3. Pressione o separador Registo da Edição (Registro da Edição).
NOTA: Se o registro do paciente não tiver sofrido qualquer
alteração, este separador não estará visível.
4. Aparecerá na tela uma lista com todos os campos de informação
editados. A lista incluirá a seguinte informação:
• data/hora da edição
• utilizador com a sessão iniciada no analisador
• campo de informação que foi editado, seguido do valor original, de
uma seta e do novo valor.

NOTA: Quando a temperatura do paciente é alterada, só o valor da


temperatura aparece na lista do registro da edição. Todos os
parâmetros derivados afetados pela edição da temperatura estarão
assinalados com o símbolo da edição (▲).

4-24
Manual do Operador do ABL80 FLEX 4. Medição de amostras

Aprovação

Introdução Todas as versões do analisador ABL80 FLEX proporcionam a possibilidade de


aprovar o resultado de uma amostra antes de o enviar para os SIH/SIL. Quando
ativada, esta função apresenta a tecla de Aprovar na tela dos resultados dos
pacientes. Consulte o capítulo 9, Definições/Comunicação de Dados para obter
instruções sobre a forma de ativar esta função.

Tipos de estados Existem quatro tipos de estados de aprovação. O estado de aprovação de cada
amostra é apresentado no canto superior direito da tela dos resultados.
• Pendente – é o estado inicial do resultado de uma amostra
• Aprovada – o resultado é considerado aceitável e é enviado para os SIH/SIL
• Rejeitada – o resultado é considerado não aceitável e não é enviado para os
SIL/SIH. Este resultado é enviado para o RADIANCE/AQURE com o estado
de aprovação de “rejeitado”
• Reanalisar – o resultado é considerado questionável e não é enviado para os
SIL/SIH. O resultado é enviado para o RADIANCE/AQURE com o estado de
aprovação de “reanalisado”
Nota de O sistema também permite a introdução de uma nota de texto livre que pode ser
aprovação introduzida ao selecionar o estado da aprovação. Esta nota, juntamente com o
estado, é transmitida para o sistema RADIANCE/AQURE.

Edição Depois do estado da aprovação ter sido selecionado, o registro do paciente não
pode ser editado.

4-25
4. Medição de amostras Manual do Operador do ABL80 FLEX

Exemplo de uma Quando a tecla Aprovar é pressionada, é permitido ao utilizador selecionar um dos
três tipos de estado. O analisador também permite ao utilizador introduzir uma
tela nota de aprovação específica que é transmitida ao sistema RADIANCE/AQURE.

Aprovação O registro do resultado do paciente inicial é enviado automaticamente para o


RADIANCE/ sistema RADIANCE/AQURE com o estado de aprovação de pendente. O estado
AQURE da aprovação pode ser determinado no sistema RADIANCE/AQURE. Este estado
é, em seguida, transmitido ao analisador ABL80 FLEX onde é armazenado e
apresentado na tela.

4-26
Manual do Operador do ABL80 FLEX 4. Medição de amostras

FlexLink

Introdução Todas as versões do analisador ABL80 FLEX podem ser usadas com o sistema
FlexLink da Radiometer para obter informação sobre cada amostra, incluindo
sobre o painel dos parâmetros, sobre a informação do paciente e sobre quaisquer
instruções de processamento. Esta informação é ligada à ID específica de um
dispositivo de colheita de gases no sangue safePICO (ou é ligada à ID da amostra).
O analisador consultará o sistema RADIANCE/AQURE para obter informação
sobre a amostra identificada. Os resultados são, em seguida, transmitidos de volta
para o sistema RADIANCE/AQURE. O sistema assegura que os resultados
corretos são transmitidos ao paciente correto.

Ativar o Para ativar a função de FlexLink no analisador, por favor consulte no capítulo 9,
FlexLink Definições, o tema FlexLink para mais informação. É necessário ter uma ligação
RADIANCE/AQURE para utilizar o sistema FlexLink.

Análise da Quando o FlexLink está ativado e é selecionada a tecla Análise no menu principal,
amostra aparece uma tela para a introdução de uma ID do dispositivo (ou ID da amostra).
Este número pode ser lido com o leitor de códigos de barras ou pode ser
introduzido manualmente. Depois de introduzido, o analisador ABL80 FLEX
consultará o sistema RADIANCE/AQURE para obter toda a informação
disponível sobre a amostra. A tela de pré-registro da amostra é entretanto
apresentado mostrando a informação demográfica do paciente. O utilizador tem
que pressionar OK para aceitar estes dados e continuar a análise da amostra.

Situações O analisador ABL80 FLEX alertará o utilizador para diferentes situações como:
especiais
• Parâmetros não admitidos – Se a transmissão do FlexLink incluir o pedido de
parâmetros medidos ou derivados que não sejam admitidos pelo analisador,
aparece uma mensagem de aviso. O utilizador tem a opção de continuar sem
esses parâmetros, se quiser.
• Dados não encontrados – Se o sistema não for capaz de localizar a informação
sobre a ID do dispositivo (ou ID da amostra) introduzido, aparece uma
mensagem. O utilizador tem a opção de continuar a análise da amostra, se
quiser.
• O valor derivado requer o valor de um parâmetro medido não selecionado – Se
o sistema pedir o valor de um parâmetro derivado que requeira o valor de um
parâmetro medido para o seu cálculo e se esse valor medido não tiver sido
requerido, o sistema reportará automaticamente o valor medido necessário para
o cálculo do valor derivado.

4-27
4. Medição de amostras Manual do Operador do ABL80 FLEX

4-28
5. Calibração

Introdução Este capítulo descreve os conceitos de calibração e o formato de relatório de todas


as versões do analisador ABL80 FLEX.

Neste capítulo O capítulo inclui os seguintes temas:


Informação geral ....................................................................................5-2
Relatórios da calibração .........................................................................5-4
Calibração de tHb ……………………………………………………..5-6
Modo Standby ........................................................................................5-9
5. Calibração Manual do Operador do ABL80 FLEX

Informação geral
Introdução A calibração dos sensores é o processo pelo qual se relacionam os sinais elétricos
dos eletrodos com as concentrações conhecidas. Geralmente, o declive da linha de
calibração (sensibilidade) de cada sensor deriva dos valores elétricos (intermédios)
obtidos ao medir duas soluções com concentrações diferentes.
Com o QC3, o sistema de controle de qualidade automático do analisador ABL80
FLEX, o processo de calibração inclui a medição de três soluções com
concentrações diferentes do parâmetro a analisar. Estes três valores medidos são
usados em diferentes combinações de dois pontos cada, a fim de estabelecer três
linhas de calibração a dois pontos para cada parâmetro. Uma linha de calibração é
sempre usada para relatar os resultados das amostras. Todas as três linhas de
calibração são usadas em conjunto para avaliar a linearidade do sistema.

Ciclo de A calibração é realizada durante o Ciclo de Qualidade.


Qualidade

Programação As calibrações são realizadas de 8 em 8 horas, podendo o utilizador aumentar a


frequência para a cada 4 ou a cada 2 horas. Com o software versão OSM do
analisador ABL80 FLEX CO-OX é realizado um Ciclo de Qualidade a cada 24
horas.
Também é realizado um Ciclo de Qualidade quando o analisador é ligado após ter
estado desligado mais do que 10 minutos, ou se foi desligado sem seguir o
processo de desligar apropriado descrito neste manual.

Calibração em No analisador ABL80 FLEX CO-OX é realizada uma calibração em branco (zero)
Branco do CO-oxímetro, usando uma solução transparente, durante cada Ciclo de
Qualidade e instalação de cassete de eletrodos. Também é realizada uma
calibração em branco quando o sistema é ligado à energia. No analisador ABL80
FLEX CO-OX com a versão de software OSM, a calibração em branco também é
realizada independentemente no período de 12 horas entre eventos de Ciclo de
Qualidade.

Desvio O sistema pode ser configurado para apresentar um valor de desvio para qualquer
parâmetro cujo valor de desvio esteja fora dos critérios aceitáveis para o desvio
entre Ciclos de Qualidade. Veja o tema Desvio do Ciclo de Qualidade, no capítulo
9, para obter instruções sobre como ativar esta função. Quando ativada e quando o
valor do desvio de pelo menos um parâmetro estiver fora dos critérios aceitáveis,
aparecerá um separador com a designação Desvio na tela dos resultados dos Ciclos
de Qualidade. Esta informação também estará incluída no ficheiro de gravação dos
Ciclos de Qualidade quando esta função estiver ativada.

Desativação Se a calibração falhar, o sistema não permitirá ao utilizador realizar análises de


amostras a menos que o parâmetro que falhou seja desativado. O analisador pode
ser configurado para desativar e reativar automaticamente os parâmetros que
falhem. Veja no capítulo 9, Definições, mais informação sobre como configurar as
características dos Parâmetros ativos.

5-2
Manual do Operador do ABL80 FLEX 5. Calibração

Sistemas O analisador ABL80 FLEX com a configuração de software BASIC não suporta o
sem QC3 sistema QC3. O analisador ABL80 FLEX com o software FLEX inclui a opção de
instalação das versões do cassete de eletrodos que não suportam o sistema QC3.
Em ambos os casos, o processo de calibração consiste simplesmente numa única
calibração a 2 pontos.
Nestes sistemas, o menu principal permite selecionar iniciar uma calibração a 2
pontos manual em vez de um Ciclo de Qualidade manual.
Ao usar o software BASIC ou os cassetes não-QC3 a frequência das calibrações a
2 pontos é controlada pela Programação. O utilizador pode definir a frequência
que desejar optando entre a cada 2, 4 ou 8 horas.
Os registros das calibrações a 2 pontos podem ser revistos no Registro da
Calibração a 2 pts.

5-3
5. Calibração Manual do Operador do ABL80 FLEX

Relatórios da calibração
Descrição O elemento de calibração de cada Ciclo de Qualidade (ou da calibração a 2 pontos
num sistema não-QC3) estabelece uma nova linha de calibração. Os valores da
sensibilidade da calibração estão armazenados na base de dados do Registro dos
Ciclos de Qualidade (ou da Cal a 2 pts) e podem ser revistos no separador
Calibração da tela do Registo dos Ciclos de Qualidade (ou Registo da Cal a 2
pts).

Registros da Os resultados da calibração de cada Ciclo de Qualidade podem ser vistos no


calibração Registro dos Ciclos de Qualidade. Este Ciclo de Qualidade também pode ser
registrado no Registro dos Eventos. Consulte o capítulo 7, Registros de dados,
para obter mais informação.
Siga os passos indicados abaixo para rever os registros da calibração.
Passo Ação
1. Selecione Menu  Dados  Registos  Ciclos de Qualidade.
2. Use a barra de deslocamento, se for necessário, para localizar o
registro do Ciclo de Qualidade pretendido.
NOTA: O registro mais recente está sempre situado no início da lista
quando se acessa a tela.
3.
Selecione o registro pretendido e pressione a tecla com o ícone
Ciclo de Qualidade para ver os resultados.
4. Pressione o separador Calibração para ver os resultados da
calibração.

Os resultados que estão fora do intervalo estarão assinalados com uma


seta (que, no sentido ascendente, significa que está acima do intervalo
e, no sentido descendente, está abaixo do intervalo). Além disto, se a
avaliação da linearidade não for correta, o valor da sensibilidade será
substituído pelo acrônimo E/L (erro de linearidade).

5-4
Manual do Operador do ABL80 FLEX 5. Calibração

Passo Ação
5. Pressione o separador Geral para ver a informação geral sobre este
evento de calibração.

6. • Pressione a tecla da impressora para fazer a impressão dos


resultados
• Pressione a tecla do teclado para introduzir uma nota (se
quiser).

Estado O Estado do resultado de uma calibração documenta os critérios gerais de


falha/correção deste evento. Se o estado geral do evento estiver correto, então o
Estado está OK. Para além das falhas na sensibilidade, existem outros tipos e
falhas que podem ocorrer durante este evento. Quando os resultados de um evento
não forem aceitos, pode aparecer na linha de Estado uma das seguintes
informações:
• Lista de parâmetros fora do intervalo de sensibilidade aceite (aceito)
• Erro da temperatura
• Mensagens do sistema de detecção de ar
• Um ponto de interrogação que significa desvio excessivo desde o último Ciclo
de Qualidade

Calibrações a 2 O analisador realiza unicamente calibrações a dois pontos durante as primeiras


pontos horas que estiver funcionando depois da instalação de um cassete de eletrodos
novo, para proporcionar uma monitorização mais frequente dos valores da
sensibilidade.
Quando o sensor de glicose ou lactato estiver ativo e forem realizadas cinco
amostras em 15 minutos ou 10 amostras em uma hora, o sistema fará uma série de
calibrações a 2 pontos adicionais.
Os registros destas calibrações podem ser vistos selecionando Dados  Registos
 Cal 2 Pontos. Estes registros também podem ser vistos no Registro dos Eventos.

5-5
5. Calibração Manual do Operador do ABL80 FLEX

Calibração tHb
Descrição A frequência de calibração do espectrômetro do analisador ABL80 FLEX CO-OX
é trimestral, usando a Solução Calibração de ctHb S7770. Consulte o capítulo 9,
Definições, para obter mais detalhes sobre a programação da calibração de tHb.

Advertência O analisador pode ser configurado para avisar o utilizador (semáforo amarelo)
quando a calibração de tHb estiver em falta. Veja no capítulo 9, Definições, mais
detalhadas sobre como configurar este aviso do Estado do Sistema.

Preparativos Assegure-se que o analisador está no modo Pronto.

Procedimento Siga os passos seguintes para realizar uma calibração de tHb.


da calibração
Passo Ação
de tHb
1. Selecione Menu  Utilitários  Calibração tHb .
2. • Pressione a tecla Ler
• Leia o código de barras da Solução de Calibração de ctHb para o
analisador ABL80 FLEX CO-OX, que se encontra na bula da
embalagem de S7770. Se o leitor não estiver disponível, os valores
do código de barras podem ser introduzidos manualmente usando o
teclado numérico.

3. Assim que o analisador ler o código de barras, o sistema segue


automaticamente para a tela seguinte.
NOTA: Se o código de barras for introduzido manualmente, o
utilizador tem que pressionar OK para continuar.

5-6
Manual do Operador do ABL80 FLEX 5. Calibração

Passo Ação
4. O sistema realiza uma Calibração em Branco e em seguida indica ao
utilizador que deve aspirar a solução de calibração.

5. • Com cuidado abra a ampola de Solução de Calibração tHb S7770


• Levante a sonda de aspiração
• Faça a sonda entrar completamente dentro da ampola de solução
de calibração, assegurando-se que a ponta da sonda está totalmente
imersa na solução de QC

• Pressione Aspirar.

6. Quando a aspiração da amostra estiver terminada, o analisador


apresenta uma mensagem e emite dois sons curtos.
• Retire a ampola
• Baixe a sonda de entrada

5-7
5. Calibração Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação
7. O sistema prosseguirá com a calibração de tHb. Depois de terminada,
o analisador apresentará a tela dos resultados de calibração.

8. A tela dos resultados mostra o valor do fator cubeta (Fcuv). O fator


cubeta expressa a relação entre o valor efetivo da luz do circuito na
cubeta do analisador e o de referência da cubeta determinado pela
Radiometer.
O intervalo aceitável de Fcuv é 0.80 – 1.20.
NOTA: Se o resultado da calibração não for aceitável, o sistema
reterá o valor Fcuv anterior e informará o utilizador desta falha da
calibração.
9. Após a calibração de tHb seguinte, o sistema iniciará
automaticamente um Ciclo de Qualidade.

5-8
Manual do Operador do ABL80 FLEX 5. Calibração

Modo Standby
Introdução Ambos os analisadores ABL80 FLEX com a configuração de software BASIC e
ABL80 FLEX CO-OX com a configuração de software OSM incluem a função de
Standby. Esta função minimiza o consumo das soluções de calibração, otimizando
o tempo de vida em uso do cartucho de soluções.
Quando o analisador ABL80 FLEX está no modo de Standby, todos os Ciclos de
Qualidade e/ou as calibrações a dois pontos são adiadas até a saída do modo de
Standby. Desta forma, a solução de calibração é conservada.
Para tirar partido desta função no analisador ABL80 FLEX com o software
BASIC, o sistema deverá permanecer no modo Standby durante mais de 8 horas.
Isto é importante porque as calibrações a dois pontos ocorrem somente a cada 8
horas, sendo que o sistema realiza fluxos abreviados periodicamente enquanto está
em Standby e ao sair deste modo.
Para tirar o máximo partido desta função no analisador ABL80 FLEX CO-OX
com o software OSM, o sistema deverá permanecer no modo Standby durante
mais de 12 horas. Isto é importante porque as calibrações em branco do CO-
oxímetro realizam-se a cada 12 horas e, embora não ocorra nenhum fluxo durante
o Standby, ocorre ao sair de Standby.
Sair do Standby após um período inferior a 8 horas com o software BASIC ou
inferior a 12 horas com o software OSM resultaria, portanto, num aumento do
consumo das soluções de calibração.

Entrar em O modo Standby pode ser acessado manualmente ou por programação usando a
Standby tela de Programação do Standby. Consulte o capítulo 9, Definições, para obter
mais informação sobre como estabelecer a programação.
Para entrar manualmente em Standby, siga os passos abaixo:
Passo Ação
1. No menu principal, pressione a tecla Entrar em Standby.

5-9
5. Calibração Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação
2. O sistema apresentará uma mensagem de texto indicando o dia até ao
qual o analisador pode permanecer no modo Standby, baseando-se no
volume de solução de calibração restante no cartucho de soluções
instalado.
• Para entrar em Standby pressione Sim.
• Para cancelar pressione Não.

Menu principal Enquanto o analisador estiver em Standby, o menu principal apresentará a tecla de
durante o Sair de Standby. A luz do semáforo estará amarela e a mensagem apresentada no
Standby canto superior esquerdo dirá Standby.
Dependendo do método de entrada em Standby e do estado dos consumíveis
instalados, aparecerão várias mensagens por baixo da tecla Sair de Standby,
proporcionando informação útil para o utilizador sobre a quantidade de tempo que
o sistema pode permanecer no modo de Standby.

5-10
Manual do Operador do ABL80 FLEX 5. Calibração

Troca dos Enquanto está em Standby, o sistema irá monitorizar o estado dos consumíveis e
consumíveis atualizará em concordância as mensagens no menu principal. Estas mensagens são
apresentadas com a data mais antiga no início da lista.
Durante o Standby, pode estar instalado no analisador um cartucho de soluções
caducado para permitir a continuação dos fluxos abreviados até a saída do
Standby, momento em que tem que ser instalado um cartucho de soluções novo
para prosseguir com a análise de amostras. No entanto, um cartucho de soluções
não pode suportar o modo de Standby se o volume de solução restante for
insuficiente. O sistema permitirá a troca de um cartucho de soluções sem sair do
modo de Standby. Será requerida uma calibração a dois pontos ao sair de Standby
caso o cartucho de soluções tenha sido substituído durante este período.
O estado do cassete de eletrodos (estado dos testes restantes e da validade) não
afetam diretamente o modo de Standby. Contudo, para suportar o modo de
Standby, tem que estar instalado no analisador um cassete de eletrodos. O estado
do cassete de eletrodos é apresentado, sempre que necessário, para comunicar a
prontidão do analisador para a realização da análise de amostras ao sair de
Standby.

Sair de Standby Para sair manualmente do modo de Standby, siga os passos abaixo:
Passo Ação
1. No menu principal, pressione a tecla Sair de Standby.
2. O analisador perguntará se o utilizador tem a certeza que quer sair de
Standby.
• Para sair de Standby pressione Sim.
• Para cancelar pressione Não.
NOTA: Ao sair de Standby, o sistema realizará uma série de fluxos
para se preparar para a análise de amostras. Caso esteja atrasada,
também será realizada uma calibração a dois pontos antes de
permitir a análise de amostras.

5-11
5. Calibração Manual do Operador do ABL80 FLEX

5-12
6. Gestão da qualidade

Introdução Para avaliar o desempenho do sistema existem dois métodos de realização do


controle de qualidade de todas as versões do analisador ABL80 FLEX. Um
método é automático e o outro é manual. O analisador ABL80 FLEX que usa
cassetes não QC3 e o analisador ABL80 FLEX com a configuração de software
BASIC estão limitados unicamente ao método de QC manual.
Recomenda-se atentamente que todos os analisadores sejam monitorizados por,
pelo menos, um destes dois métodos para garantir que o sistema esteja funcionado
dentro das especificações.
Todos os analisadores ABL80 FLEX, se configurados para suportar a função QC3,
fazem Verificações do Sistema periódicas para garantir que o analisador esteja
funciondo segundo as suas especificações.
Este capítulo proporciona uma visão geral das funções de controle de qualidade
automático e de verificação do sistema. Também descreve a forma como realizar
medições de controle de qualidade manuais e como rever os dados de QC
resultantes.

Neste capítulo O capítulo inclui os seguintes temas:


Controle de qualidade automático .........................................................6-2
Verificações do sistema .........................................................................6-6
Verificação da análise ............................................................................6-7
Controle de qualidade manual ...............................................................6-8
Preparação das soluções de QC manual.................................................6-9
Realização de medições de QC manual ...............................................6-10
Resultados do QC manual ....................................................................6-15
Resultados do QC manual fora do intervalo ........................................6-16
Gráfico do QC manual .........................................................................6-18
Rever as estatísticas de QC manual .....................................................6-20
Solução de QC Range+ QUALICHECK .............................................6-21
Intervalos RiliBÄK ..............................................................................6-23
6. Gestão da qualidade Manual do Operador do ABL80 FLEX

Controle de qualidade automático


Introdução Esta seção descreve o método automático utilizado pelo sistema de controle de
qualidade integrado. Com este método, todas as versões do analisador ABL80
FLEX proporcionam automaticamente a análise de controle de qualidade de cada
parâmetro, medindo, pelo menos, três níveis de material de controle de qualidade
para os gases no sangue, eletrólitos e glicose, em intervalos de tempo definidos
pelo utilizador. O analisador ABL80 FLEX também mede dois níveis de controle
de qualidade para o Hct. O analisador ABL80 FLEX CO-OX mede três níveis de
controle de qualidade para todos os parâmetros de oximetria (dois níveis para a
configuração de software OSM do analisador ABL80 FLEX CO-OX). O sistema
de controle de qualidade automático de todos os analisadores ABL80 FLEX é
referido por QC 3.

Programação As medições automáticas de controle de qualidade são realizadas durante cada


Ciclo de Qualidade. O intervalo entre estes eventos pode ser determinado pelo
utilizador, sendo o intervalo predefinido de 8 horas para maior parte das
configurações do analisador. Consulte o capítulo 9, Definições, para obter mais
informação sobre a programação dos Ciclos de Qualidade.

Intervalos de O valor atribuído e o intervalo de controle de cada parâmetro para cada nível são
controle introduzidos automaticamente no analisador cada vez que é instalado um cartucho
de soluções novo. Estes valores podem ser vistos e impressos através do separador
Cartucho de soluções da tela Informação do sistema. Consulte o capítulo 7,
Registros de dados, para obter mais informação sobre a tela mencionada.

Critérios de O analisador avalia automaticamente todos os resultados de QC automáticos,


aceitação assinalando os que estiverem fora do intervalo de controle. O utilizador pode
optar, entre várias hipóteses, pela forma como o sistema deverá reagir quando um
resultado estiver fora do intervalo de controle de um parâmetro. Estas opções
incluem a desativação individual dos parâmetros implicados ou a desativação das
análises de pacientes. Para reativar as análises de pacientes, ou para reativar os
parâmetros individualmente, a análise de QC realizada posteriormente tem que
estar correta para o(s) parâmetro(s) e nível(s) afetados. O analisador pode ser
configurado para desativar e reativar automaticamente os parâmetros que
falharem. Veja no capítulo 9, Definições, mais informação sobre como configurar
as características dos Parâmetros ativos.

Registros do QC Todos os resultados do controle de qualidade automático são armazenados na base


de dados do analisador. Mais adiante, no tema Registros dos resultados do QC
desta seção, veja um exemplo de um registro de QC. Consulte também o capítulo
7, Registros de dados, para obter mais informação sobre a forma de gravar e
imprimir estes registros.

Descrição dos A tabela dos resultados de QC proporcionados em cada Ciclo de Qualidade inclui
resultados a seguinte informação:
• ID da Solução: número de identificação da Radiometer dado a cada solução
• Lote: número de lote único dado a cada solução
• Ciclos: número de ciclos restantes em cada um dos estojos de solução após o
Ciclo de Qualidade

6-2
Manual do Operador do ABL80 FLEX 6. Gestão da qualidade

• Valores dos parâmetros: os resultados de QC medidos para cada parâmetro e


para cada nível
• QC#: número sequencial único atribuído a cada evento de QC

Registros dos Os resultados do controle de qualidade de cada Ciclo de Qualidade podem ser
resultados do vistos no Registro dos Ciclos de Qualidade.
QC
Siga os passos seguintes para rever os registros de controle de qualidade.
Passo Ação
1. Selecione Menu  Dados  Registos  Ciclos de Qualidade.
2. Use a barra de deslocamento, se for necessário, para localizar o Ciclo
de Qualidade pretendido.
NOTA: O registro mais recente está sempre situado no início da lista
quando se acessa à tela.
3. Selecione o registro pretendido e pressione a tecla com o ícone

Ciclo de Qualidade para ver os resultados. O separador do


Controle de Qualidade aparecerá automaticamente.

4.
Pressione a tecla para imprimir uma cópia do registro
selecionado.
5.
Pressione a tecla para ver o gráfico com a tendência de bias dos
resultados do QC.
6. Pressione a tecla para ver as estatísticas dos resultados de QC.

Gráfico do QC O gráfico do QC apresenta os resultados de todas as medições de controle de


automático qualidade automáticas, por parâmetro e por nível de solução. Todos os resultados
de QC são apresentados em gráficos de bias. Estes gráficos mostram a diferença
entre o valor medido e o valor atribuído a cada parâmetro para cada nível (bias =
valor medido – valor atribuído). Este método de apresentação em gráfico permite
sempre a continuidade das análises e das tendências dos parâmetros analisados
enquanto elimina as variações devidas às alterações dos lotes das soluções.

6-3
6. Gestão da qualidade Manual do Operador do ABL80 FLEX

A tela apresenta a informação e as teclas seguintes:


• Parâmetro: Este campo de seleção possui setas para a esquerda e para a direita
que permitem percorrer sequencialmente os parâmetros existentes. Também é
possível selecionar o parâmetro diretamente na lista obtida ao pressionar a
tecla com a seta descendente na caixa do parâmetro.
• ID da Solução: Este campo de seleção possui setas para a esquerda e para a
direita que permitem percorrer sequencialmente as soluções existentes.
Também é possível selecionar a solução, pela sua ID, diretamente na lista
obtida ao pressionar a tecla com a seta na caixa da solução.
• Resultado do QC: Este campo apresenta informação detalhada relativa aos
pontos de dados selecionados no gráfico. Esta informação consiste na hora da
análise, no valor medido, no intervalo de controle (entre parênteses), no valor
de bias (o valor real do gráfico), no número do lote e no número de série do
cassete de eletrodos.
• Área do gráfico: A área do gráfico apresenta os dados relativos a um período
máximo de 11 dias. Os limites de controle superiores e inferiores estão
representados no gráfico pelas linhas superior e inferior. A linha do meio
representa o bias zero do valor atribuído. O intervalo da data é registrado na
parte de baixo do gráfico com a data mais recente situada mais à direita.
– Pontos de dados (circunferências) representam os valores medidos que
estão dentro do intervalo de controle.
– Setas simples representam os valores que estão fora do intervalo de
controle mas dentro do intervalo estatístico.
– Setas duplas representam os valores que estão fora de ambos os
intervalos de controle e estatístico.
– Um triângulo na parte de baixo do gráfico representa uma medição
cujo resultado não é um valor numérico, como por exemplo, I/A
(inativo) ou N/C (não calculado).
• Ícone da impressora: Esta tecla permite ao utilizador imprimir uma cópia do
gráfico apresentado.
• Grupo de setas: Este grupo de setas move o cursor para a direita e para a
esquerda um ponto de dados, ou para o primeiro ou para o último ponto
apresentados, ou ajusta a janela para o próximo ou para o anterior conjunto de
pontos de dados.

6-4
Manual do Operador do ABL80 FLEX 6. Gestão da qualidade

Estatísticas do O analisador ABL80 FLEX proporciona uma série de tabelas estatísticas que
QC automático ajudam o utilizador a rever os resultados do QC automático.

Cada separador da tela apresenta informação sobre cada uma das quarto soluções
analisadas. Os separadores estão identificados com os números de ID de cada
solução. Para cada cartucho de soluções atualmente instalado no analisador é
apresentada a seguinte informação:
• Lote: Número do lote do cartucho de soluções atualmente instalado.
• n: Número de pontos de dados usados nos cálculos estatísticos.
• Média: Valor médio medido de todos os pontos de dados para cada parâmetro.
• Bias médio: A média obtida com os valores de bias (valor medido – valor
atribuído) de todos os pontos de dados de cada parâmetro.
• DP: O desvio padrão de todos os pontos de dados medidos em cada parâmetro.
• CV%: O coeficiente de variação de todos os pontos de dados medidos em cada
parâmetro.
Cada separador da tela também mostra a seguinte informação histórica, que inclui
os dados do cartucho de soluções atual e dos últimos nove:
• n: O número de pontos de dados incluído nos cálculos estatísticos.
• Bias Médio: A média dos valores de bias (valor medido – valor atribuído) para
todos os pontos de dados de cada parâmetro.
• Bias DP: O desvio padrão dos valores de bias de todos os pontos de dados de
cada parâmetro.

Impressão
Esta informação estatística pode ser impressa pressionado o ícone no rodapé
da tela. Só será imprimida a informação apresentada no separador selecionado.

6-5
6. Gestão da qualidade Manual do Operador do ABL80 FLEX

Verificações do sistema

Descrição De 30 em 30 minutos o analisador faz uma Verificação do Sistema para verificar a


sua estabilidade e o seu correto funcionamento. As Verificações do Sistema só
ocorrem em sistemas que suportem o sistema QC3. Durante as Verificações do
Sistema o analisador ativará o circuito de aquecimento e o sistema de detecção de
ar. Serão realizadas medições com todos os eletrodos dos cassetes e será feita uma
avaliação do desvio. Nos analisadores ABL80 FLEX CO-OX também é
confirmada a correção da comunicação com o Co-Oxímetro.

Aviso ao Enquanto o analisador estiver a realizar a Verificação do Sistema o ícone


Utilizador estará presente no topo da tela do menu principal, à esquerda do semáforo.

Interromper Se a tecla Análises for pressionada durante uma verificação do sistema, o


uma Verificação analisador avisará o utilizador que está a decorrer uma Verificação e dará a
do Sistema possibilidade de a interromper. As outras atividades que podem interromper a
Verificação do Sistema são o QC manual, a iniciação manual de um Ciclo de
Qualidade, a instalação de um cassete de eletrodos ou de um cartucho de soluções
e a realização de uma lavagem manual.

Ação corretiva O analisador realizará automaticamente ações corretivas sempre que os resultados
de uma Verificação do Sistema não forem aceitas. A primeira fase destas ações
corretivas consiste num fluxo de solução para o cassete de eletrodos e na repetição
das medições.
Se as medições repetidas não forem aceitas, o sistema iniciará automaticamente
um Ciclo de Qualidade para avaliar exaustivamente o sistema de medição.
Estas ações corretivas são guardadas no Registro dos Eventos, gravando o evento e
o acrônimo A/C (ação corretiva).

Registro da Todas as Verificações do Sistema são registradas no Registro dos Eventos. O


Verificação do estado reflete se o evento se realizou corretamente. Se desejar, a informação da
Sistema Verificação do Sistema pode ser gravada noutro suporte. Veja o capítulo 7,
Registros de dados, para mais informação.

6-6
Manual do Operador do ABL80 FLEX 6. Gestão da qualidade

Verificação da análise

Descrição É realizada uma Verificação do Sistema com uma calibração a um ponto sempre
que se faz a análise de uma amostra de sangue. Esta Verificação do Sistema
específica denomina-se Verificação da Análise.
Durante a análise, a amostra de sangue é aspirada para o analisador e são
registrados os valores de medição obtidos pelos eletrodos. A amostra é então
eliminada com um fluxo de solução 1 (proveniente do cartucho de soluções) e os
valores obtidos com esta medição são registrados. Os valores dos resultados das
medições realizadas com sangue e com solução de fluxo (a calibração a 1 ponto)
são usados para determinar os resultados finais da amostra de sangue. Este método
assegura que, a cada análise de amostra, seja feita a compensação do desvio de
qualquer eletrodo.

6-7
6. Gestão da qualidade Manual do Operador do ABL80 FLEX

Controle de qualidade manual

Introdução Como segundo método de controle de qualidade, o utilizador pode, se quiser, fazer
a análise de amostras de solução de controle de qualidade. A Radiometer dispõe de
vários tipos de material de controle de qualidade para serem usados nas diferentes
versões dos analisadores.

Solução de No analisador ABL80 FLEX (com ambas as configurações de software FLEX ou


Controle BASIC instaladas) recomenda-se o uso do material de controle de qualidade
QUALICHECK QUALICHECK 4+ da marca Radiometer para um ótimo desempenho e para a
4+ obtenção do máximo rendimento das características de funcionamento do
analisador, como a correção pela temperatura e a detecção automática do nível da
solução. Veja mais informação no capítulo 13, Informação sobre pedidos.

Solução de No analisador ABL80 FLEX CO-OX (usando ambas as configurações de software


Controle CO-OX e OSM) recomenda-se o uso do material de controle de qualidade
QUALICHECK QUALICHECK 5+ da Radiometer para um ótimo desempenho e para a obtenção
5+ do máximo rendimento das características de funcionamento do analisador, como
a correção pela temperatura e a detecção automática do nível da solução. Veja
mais informação no capítulo 13, Informação sobre pedidos.

Solução de A Radiometer dispõe de um tipo de QC manual adicional para a verificação da


Controle calibração. As instruções de utilização diferem entre os analisadores ABL80
Range+ FLEX e ABL80 FLEX CO-OX. Por favor, consulte a seção intitulada Soluções de
QUALICHECK QC Range+ QUALICHECK mais adiante neste capítulo para obter as instruções
específicas para cada analisador.

Frequência do As soluções de controle de qualidade são soluções com valores predeterminados


Controle de que cobrem os intervalos clinicamente relevantes para os parâmetros medidos
Qualidade sendo o objetivo o de simular uma amostra de paciente. O controle de qualidade
Manual manual da Radiometer inclui quatro níveis de soluções para cobrir totalmente o
intervalo clinicamente significativo: baixo, normal e alto.
O controle de qualidade deverá ser realizado de forma a cumprir os regulamentos
nacionais, estatais e locais. Os controles de qualidade adicionais deverão ser
realizados depois de qualquer procedimento de resolução de ocorrências, ou da
manutenção de prevenção que possa alterar o desempenho do analisador e sempre
que o técnico duvide do desempenho do equipamento.
Exemplo de rotina diária com um sistema de 4 níveis de soluções de controle de
qualidade:
Turnos por dia Rotina do Controle de Qualidade
3 Um nível testado no início de cada turno. O 4º nível é testado
no turno de 8 horas com o maior volume de amostras de
paciente.
2 Dois níveis no início de cada turno.
1 Todos os níveis são testados no início do turno.

6-8
Manual do Operador do ABL80 FLEX 6. Gestão da qualidade

Preparação das soluções de QC manual

Introdução O manuseio e a preparação corretos das soluções de QC são imprescindíveis para


o bom desempenho do controle de qualidade. Leia cuidadosamente e siga as
instruções de uso das soluções de QC que acompanham cada caixa de solução de
controle de qualidade.

Manuseio das Evite aquecer as ampolas de QC nas suas mãos


ampolas antes de as usar; o manuseio excessivo pode
alterar os valores esperados. Antes de abrir as
ampolas o manuseio deverá ser feito segurando-
as entre dois dedos, tal como se vê na figura.

Temperatura de O material de controle de qualidade da Radiometer (QUALICHECK4+ e


armazenamento QUALICHECK5+) deverá ser armazenado entre 2 °C e 25 °C (de 35.6 °F a 77.0
°F), incluindo até um máximo de 15 dias a 32 °C (89.6 °F). As ampolas de Range+
QUALICHECK deverão ser conservadas entre 2 ºC e 8 ºC (35.6 ºF a 46.4 ºF) Se
usar outras marcas de material de QC, siga as recomendações de armazenamento
do fabricante.

Acondiciona- A ampola de controle de qualidade deverá ser acondicionada durante, pelo menos,
mento antes de cinco horas a uma temperatura constante entre 18 ºC e 32 ºC (64.4 ºF a 89.6 ºF)
usar antes de usar. O desvio desta temperatura pode originar alterações nos valores dos
resultados de QC do oxigênio, dióxido de carbono e pH fora do intervalo. As
soluções são sensíveis à luz e ao calor.

Correção da O analisador ABL80 FLEX permite fazer a correção pela temperatura das ampolas
temperatura de QC da Radiometer. Consulte o capítulo 9, Definições, para obter instruções
detalhadas. Para mais informação sobre a correção da temperatura, por favor
consulte a publicação da Radiometer Manual de Referência dos Sistemas de
Controle de Qualidade.

Estabilidade da De forma a assegurar a fiabilidade da medição, cada ampola de QC tem que ser
ampola depois usada imediatamente após a abertura e deve ser usada unicamente numa medição
de aberta de um único analisador. Não abra as ampolas de QC enquanto a tela do analisador
ABL80 FLEX não mostrar a tela Aspiração do QC.

NOTAS • Use unicamente soluções de QC recomendadas pela Radiometer no


analisador ABL80 FLEX.
• As soluções de QC têm que ser aquosas.

6-9
6. Gestão da qualidade Manual do Operador do ABL80 FLEX

Realização de medições de QC manual

Introdução Este tópico descreve o procedimento de realização das medições manuais de


controle de qualidade em todas as versões do analisador ABL80 FLEX.

Material • Soluções de Controle para Gases no Sangue/Eletrólitos QUALICHECK4+


requerido (recomendada para o analisador ABL80 FLEX).
• Soluções de Controle QUALICHECK 5+ para Gases no Sangue/Eletrólitos
recomendadas para o analisador ABL80 FLEX CO-OX.
• Abre-ampolas
• Luvas protetoras

NOTAS • A temperatura de referência das ampolas mencionada na bula que se encontra


dentro das embalagens está definida para 25°C. Se as soluções de controle de
qualidade forem equilibradas (acondicionadas) antes da medição a uma
temperatura diferente dos 25 ºC, a introdução do valor exato da temperatura no
analisador assegurará que os resultados dos gases no sangue e do pH são
confiáveis.
• Para garantir resultados exatos, é importante que as soluções de controle de
qualidade sejam acondicionadas corretamente antes de usar. Isto inclui
verificar que a ampola de controle de qualidade analisada foi mantida a uma
temperatura conhecida durante, pelo menos, cinco horas para que a
temperatura seja totalmente equilibrada.
• Idealmente, a solução de controle de qualidade deverá ser armazenada no
mesmo local que o analisador. Se a solução de controle de qualidade e o
analisador forem mantidos em locais diferentes e em temperaturas diferentes,
existe o risco de a correção da temperatura introduzida no analisador não ser
coincidente com a temperatura de acondicionamento da solução quando esta é
inserida no analisador. Esta discrepância poderá originar resultados dos gases
no sangue e do pH imprecisos e não confiáveis. Esta possibilidade verifica-se
especialmente nos analisadores que são usados em salas de operação ou outros
locais de POC com condições ambientais diferentes de outros locais da
instituição.
• As soluções QUALICHECK+ são sensíveis à luz e ao calor. Evite conservar à
luz direta do sol.
• Não abra as ampolas de QC enquanto o analisador ABL80 FLEX não
apresentar a tela Aspiração do QC.
• De forma a assegurar a confiabilidade da medição, cada ampola de QC deve
ser usada imediatamente após a abertura e unicamente numa medição num
único analisador.

PRECAUÇÃO Não use soluções de qualidade à base de perfluorocarbono.

6-10
Manual do Operador do ABL80 FLEX 6. Gestão da qualidade

Realizar uma Siga os passos para realizar uma medição de QC manual:


medição de QC
Passo Ação
1. Selecione Menu  QC Manual.
2. Se foram configuradas no analisador ABL80 FLEX as soluções de
controle da Radiometer QUALICHECK 4+ (veja o capítulo 9,
Definições), são apresentadas duas opções. Selecione um dos
seguintes dois tipos de controle:
• GS/Eletrólitos – usado para analisar ampolas aquosas de QC
contendo valores para o pH, gases no sangue, eletrólitos e glicose
• Hct – usado para analisar ampolas aquosas de QC para as
medições de base condutométrica do hematócrito
3. Se foram configuradas no analisador ABL80 FLEX CO-OX as
soluções de controle da Radiometer QUALICHECK 5+ (veja o
capítulo 9, Definições), ao pressionar QC Manual irá diretamente para
a tela de aspiração.
4. Em todas as versões do analisador, se foi configurado Outro tipo de
soluções, o menu apresentará todos os níveis de controle. Selecione o
nível desejado.
5. A temperatura da ampola de QC pode ser revista e alterada na tela da
Aspiração do QC. O intervalo de introdução do valor da temperatura
aceito é de 15.0 °C a 32.0 °C (60.0-89.6 °F). Se a temperatura da
ampola for equilibrada para um valor diferente dos 25 °C, introduza a
temperatura real da ampola.
NOTA: A correção da temperatura dos resultados de QC não se
aplica ao analisador ABL80 FLEX CO-OX com a configuração de
software OSM.
6. Existem várias opções relativas à introdução da temperatura da
ampola de QC. Veja no capítulo 9, Definições, as instruções
detalhadas. Estas opções são:
• Perguntar antes de cada análise – a ativação desta função origina
o aparecimento de uma caixa de diálogo imediatamente antes da
tela de Aspiração do QC. Requer que o utilizador reveja o valor
da temperatura, que o modifique, se for caso disso, e que
pressione OK antes de continuar com a análise.
• Reter durante 30 minutos – a ativação desta função faz com que o
sistema retenha durante 30 minutos o valor da última temperatura
de QC introduzida.
• Temperatura de QC predefinida – o campo do valor predefinido
da temperatura do QC pode ser deixado em branco, tornando
obrigatória a introdução deste valor. A temperatura predefinida
pode estar entre qualquer valor numérico no intervalo de 15.0 °C
a 32.0 °C.
7. Para introduzir um valor diferente, use o teclado numérico que está
junto ao campo da temperatura.
8. Se estiver um ou mais lotes de QC prestes a caducar, ou se já
caducaram, será apresentada na tela uma mensagem de aviso.

6-11
6. Gestão da qualidade Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação
9. Segurando na ampola entre dois
dedos, tal como a figura ilustra,
agite-a energicamente durante 15
segundos, pelo menos.

10. Assim que o analisador indicar,


levante a entrada das amostras
até à primeira posição (45°).

11. Bata no topo da ampola até toda solução se concentrar no fundo.


12. • Insira a ampola no abre-ampolas (1)
• Parta a ampola (2).

13. • Introduza a sonda de


aspiração dentro da ampola.
• Certifique-se que a
extremidade da sonda de
aspiração está completa-
mente imersa na solução de
QC.

14. Pressione Aspirar.


PRECAUÇÃO: Introduza a sonda de aspiração do analisador ABL80
FLEX dentro da ampola de QC e pressione imediatamente Aspirar.
Tenha muito cuidado para impedir a aspiração de ar para a amostra.
15. Quando a aspiração da amostra estiver realizada, o analisador
informará, apresentando uma mensagem e emitindo dois sons curtos.
Retire a ampola de QC e limpe a sonda de aspiração.

6-12
Manual do Operador do ABL80 FLEX 6. Gestão da qualidade

Passo Ação
16. Recolha, baixando, a sonda de aspiração.
NOTA: O utilizador pode cancelar a análise pressionando Cancelar.
O sistema apresentará uma caixa de diálogo para comprovar que se
vai parar a análise de QC.
17. Quando é selecionada uma ID de solução da Radiometer na tela dos
Intervalos de QC (consulte o capítulo 9) o analisador reconhece
automaticamente o nível de QC da amostra medida.
18. Os resultados finais aparecerão na tela dentro de 90 segundos,
aproximadamente, e serão impressos se a opção de Impressão
Automática estiver ativa (veja no capítulo 9, Definições, mais
informação sobre a ativação da função de autoimpressão).

Falha na Se o analisador não puder determinar o nível da amostra medida, o sistema dará
detecção do ao utilizador a hipótese de selecionar o nível ou de rejeitar a amostra.
nível
Passo Ação
1. Se, depois da medição manual da amostra o nível de QC não puder ser
determinado automaticamente, o analisador apresentará uma caixa de
diálogo com as duas opções seguintes:
• Rejeitar a amostra
• Selecionar o nível manualmente
a) Pressione Rejeitar para rejeitar os resultados. Não haverá
qualquer registro de entrada no ficheiro de QC, mas a medição
será gravada como um evento no Registros dos Eventos.
• Pressione Aceitar
• O analisador perguntará se o utilizador gostaria de realizar
outra medição de QC
• Pressione Sim ou Não

6-13
6. Gestão da qualidade Manual do Operador do ABL80 FLEX

b) Pressione Seleccionar Nível para acessar à caixa de seleção de


forma a gravar os resultados no Registro do QC Manual.
• Pressione a seta no sentido descendente na caixa de seleção
para acessar às opções de nível do QC.
• Pressione o nível desejado. Este resultado será adicionado ao
Registro do QC e gravado no Registro dos Eventos
• Pressione OK

6-14
Manual do Operador do ABL80 FLEX 6. Gestão da qualidade

Resultados do QC manual

Copia dos
Pressione o ícone para obter uma cópia dos resultados. Será imprimida uma
resultados
cópia automaticamente se estiver configurado em Definições Relatórios 
Impressões.

Gráfico do QC
Pressione o ícone para ver o gráfico dos resultados do QC. Pressione o ícone

para imprimir uma cópia do gráfico.

Enviar os
Pressione o ícone para enviar manualmente estes resultados para um
resultados
computador conectado.

Rever Siga os passos indicados para rever os resultados de medições de QC realizadas


resultados de anteriormente.
QC anteriores
Passo Ação
1. Selecione Menu  Dados  Registos  QC Manual.
2. Use a barra de deslocamento se necessitar de localizar o registro de
QC pretendido.
NOTA: O registro mais recente está sempre no topo da lista quando
se acessa a tela. Para ordenar os registros pelo nível, pressione o
cabeçalho da coluna “Nível”.
3.
Selecione o registro pretendido e pressione a tecla com o ícone
para ver os resultados.
4.
Pressione o ícone para imprimir uma cópia do registro atual.
5.
Pressione o ícone para enviar manualmente o registro para um
computador conectado. Este ícone não está ativo se a sincronização
automática de dados estiver ativada e/ou se não estiver nenhum tipo
de ligação especificada.
6. Pressione as teclas com as setas para a esquerda e para a direita para
se movimentar nos registros de QC.
A tela de Resultados de QC possui um campo de informação que
apresenta o número do registro atual e o número da totalidade dos
registros de resultados armazenados, podendo ser uma referência útil
ao deslocar-se nos registros da tela de Resultados do QC.

6-15
6. Gestão da qualidade Manual do Operador do ABL80 FLEX

Resultados do QC manual fora do intervalo

Introdução Um resultado de QC fora do intervalo é indicado pelas setas () ou () à


esquerda do valor. A seta no sentido descendente indica que os resultados estão
abaixo do intervalo de controle, e no sentido ascendente indica que os valores
estão acima do intervalo de controle. Além disto, na tela, quando os resultados
estão fora do intervalo também são assinalados em vermelho.
Um resultado de QC que esteja fora do intervalo estatístico aceito é assinalado por
ter o fundo vermelho (só na tela) e por uma seta dupla no sentido ascendente ou
descendente, significando que o valor está acima ou abaixo do intervalo
estatístico. A definição do intervalo estatístico e a forma de o definir encontra-se
no capítulo 9, Definições.

Exemplo A tela seguinte é um exemplo de um resultado de QC fora do intervalo de controle


(e fora do intervalo estatístico).

6-16
Manual do Operador do ABL80 FLEX 6. Gestão da qualidade

Procedimento Se o resultado de QC manual estiver fora do intervalo de controle, faça o seguinte:


de resolução de
ocorrências Passo Ação
1. Certifique-se que foram cumpridos todos os procedimentos de
armazenamento e manuseio das soluções de controle de qualidade
recomendados pelo fabricante na bula da embalagem.
2. Certifique-se que foi introduzido na tela de Aspiração do QC o valor
correto da temperatura de QC.
3. Inicie um Ciclo de Qualidade manual (ou uma calibração a 2 pts) a
partir do menu principal.
4. Volte a analisar o nível de QC que falhou (use uma ampola nova).
Repita novamente, se for necessário.
• Se o nível de QC permanecer fora do intervalo, substitua o cassete
de eletrodos.
• Se a situação persistir depois de substituir o cassete de eletrodos,
substitua o cartucho de soluções.
• Se a situação se mantiver mesmo depois de substituir os dois
consumíveis, contate a Radiometer para receber assistência técnica

6-17
6. Gestão da qualidade Manual do Operador do ABL80 FLEX

Gráfico do QC manual

Introdução Todas as versões do analisador ABL80 FLEX apresentarão em gráfico todos os


resultados de QC armazenados no ficheiro de QC atual para cada parâmetro e
nível. Os gráficos estão no formato Levey-Jennings.

Acesso ao Existem duas áreas do software que dão acesso à função de gráfico do QC manual:
gráfico do QC
• A tela de Resultados de QC, imediatamente depois da análise da amostra de
QC
• A tela de Resultados de QC, acessada através de Dados  Registos  QC
Manual

Se pressionar o ícone em qualquer destas duas áreas apresentadas acima,


acessará tela de Gráfico do QC Manual.
Pressione Fechar para regressar à tela anterior.

Descrição do • Parâmetro: Este campo de seleção possui setas para a esquerda e para a direita
gráfico do QC que permitem percorrer sequencialmente os parâmetros existentes. Também é
possível selecionar o parâmetro diretamente na lista obtida ao pressionar a
tecla com a seta descendente na caixa do parâmetro.
• ID da Solução: Este campo de seleção possui setas para a esquerda e para a
direita que permitem percorrer sequencialmente as soluções existentes.
Também é possível selecionar a solução, pela sua ID, diretamente na lista
obtida ao pressionar a tecla descendente na caixa da identificação da solução.
• Resultado do QC: Este campo contém informação relativa ao ponto de dados
selecionado no gráfico. Esta informação consiste na hora da análise, no valor
medido e no lote da ampola de QC.

6-18
Manual do Operador do ABL80 FLEX 6. Gestão da qualidade

• Área do gráfico: A área do gráfico apresenta os dados relativos a um período


máximo de 11 dias. Os limites de controle superiores e inferiores estão
representados no gráfico pelas linhas superior e inferior. A linha do meio
representa o bias zero do valor atribuído. O intervalo da data é registrado na
parte de baixo do gráfico com a data mais recente situada mais à direita.
– Setas simples representam os valores que estão fora do intervalo de
controle mas dentro do intervalo estatístico aceito.
– Setas duplas representam os valores que estão fora de ambos os
intervalos de controle e estatístico.
– Um triângulo na parte de baixo do gráfico representa uma medição
cujo resultado não é um valor numérico, como por exemplo, I/A,
N/E, *** ou ###.
• Grupo de setas: Este grupo de setas move o cursor para a direita e para a
esquerda um ponto de dados, ou para o primeiro ou para o último ponto
apresentados, ou ajusta a janela para o próximo ou para o anterior conjunto de
pontos de dados.

Imprimir o
Imprima o gráfico de QC apresentado pressionando o ícone . Serão impressos
gráfico do QC
os valores dos 31 dias de resultados válidos contados até à data do valor
selecionado na tela.

6-19
6. Gestão da qualidade Manual do Operador do ABL80 FLEX

Rever as estatísticas de QC manual

Introdução O analisador ABL80 FLEX apresenta a média atual, o desvio padrão (DP) e o
coeficiente de variação (CV%) de cada parâmetro para cada nível de QC manual
analisado.
NOTA: São necessárias, no mínimo, duas medições de QC de um nível para ser
possível relatar estatísticas que são atualizadas a cada medição de QC.
Procedimento Passo Ação
1. Seleção Dados Registos  QC Manual
2.
Pressione o ícone das estatísticas .

3. A tela das Estatísticas de QC apresenta um separador para cada nível


de QC. Para rever um nível de estatísticas, pressione o separador
Nível no topo da tela.
Estarão disponíveis para cada nível o número (n), a média, o desvio
padrão (DP) e a percentagem do coeficiente de variação (CV%) de
cada parâmetro analisado. Pelo menos dois pontos de dados são
requeridos para ser possível relatar informação estatística.

Impressão das
estatísticas Pressione o ícone para obter uma impressão das estatísticas apresentadas.

Gráfico do QC Pressione o ícone para ver o gráfico dos resultados de QC.

Reiniciar
As estatísticas de QC manual serão automaticamente reiniciadas quando for
introduzido um número de lote novo para um nível de QC manual. O número do
lote é introduzido pressionando Definições  QC Manual  Intervalos.

6-20
Manual do Operador do ABL80 FLEX 6. Gestão da qualidade

Solução de QC Range+ QUALICHECK

Introdução Para todas as versões do analisador, as amostras de Range+ QUALICHECK


devem ser analisadas no modo QC Manual. É importante que sejam tomadas
medidas que assegurem que quaisquer dados estatísticos (por exemplo, média, DP
e CV% para os lotes ativos de QC manual (das soluções QUALICHECK4+ E
QUALICHECK5+ não sejam afetados por estas amostras adicionais de Range+
QUALICHECK. Isto pode ser conseguido pela modificação da ID da solução ou
do número do lote de QC na tela de configuração dos Intervalos de QC Manual.
Veja nas instruções específicas para o analisador indicadas em seguida, a
configuração e o uso do material Range+ QUALICHECK.

Analisador Siga os passos seguintes para analisar uma amostra manual de QC Range+ no
ABL80 FLEX analisador ABL80 FLEX.
Passo Ação
1. Siga para a tela de configuração dos Intervalos de QC Manual para
modificar as definições e preparar a medição de Range+,
selecionando Menu Definições  QC Manual  Intervalos.
2. Em ID Solução para o Nível 1, Nível 2 e Nível 3, selecione a opção
“Outros” na lista.
3. Pressione Ok.
4. No menu principal selecione Menu  QC Manual.
5. Selecione o nível da solução Range+ QUALICHECK a ser analisado.
6. Homogeneíze muito bem a solução Range+ QUALICHECK.
7. Quando indicado pelo analisador, levante a porta de entrada das
amostras.
8. Abra a ampola.
9. Leve a sonda de aspiração para dentro da ampola de solução.
Assegure-se que a ponta da sonda está completamente imersa na
solução de QC.
10. Pressione Aspirar.
11. Quando a aspiração da amostra estiver terminada e o sistema indicar,
retire a ampola de QC.
12. Baixe a porta de entrada das amostras.
13. Os resultados finais aparecerão na tela em aproximadamente 90
segundos e os resultados serão impressos, se a opção de Auto
Impressão estiver ativa.
14. Repita os passos 4 a 13 até todas as amostras de Range+
QUALICHECK estarem medidas.
15. Regresse à tela de Intervalos do QC Manual e volte a introduzir no
campo de ID da Solução as definições originais.

6-21
6. Gestão da qualidade Manual do Operador do ABL80 FLEX

Analisador Siga os passos seguintes para analisar uma amostra manual de QC Range+
ABL80 FLEX QUALICHECK no analisador ABL80 FLEX CO-OX.
CO-OX
Passo Ação
1. Siga para a tela de Configuração dos Intervalos de QC Manual para
modificar as definições e preparar a medição de Range+,
selecionando Menu  Definições  QC Manual  Intervalos.
2. Certifique-se que os campos de ID Solução de todos os níveis estão
definidos com as ID das soluções da Radiometer (ex.: S7730, S7740,
S7750 e S7760).
3. Apague (e deixe em branco) ou modifique os números dos lotes de
solução de QC atualmente introduzidos na tela de configuração dos
Intervalos para os níveis 1, 2 e 3.
NOTA: Ao realizar este passo, assegure-se que os resultados deste
Range+ QUALICHECK não estão incluídos nas estatísticas diárias
de QC.
4. Pressione OK.
5. No menu principal, selecione Menu  QC Manual.
6. Homogeneíze muito bem a solução Range+ QUALICHECK.
7. Quando indicado pelo analisador, levante a porta de entrada das
amostras.
8. Abra a ampola.
9. Leve a sonda de aspiração para dentro da ampola de solução.
Assegure-se que a ponta da sonda está complemente imersa na
solução de QC.
10. Pressione Aspirar.
11. Quando a aspiração da amostra estiver terminada e o sistema indicar,
retire a ampola de QC.
12. Baixe a sonda de aspiração.
13. Os resultados finais aparecerão na tela em aproximadamente 90
segundos e os resultados serão impressos, se a opção de Auto
Impressão estiver ativa.
14. Repita os passos 5 a 13 até até todas as amostras de Range+
QUALICHECK estarem medidas.
15. Regresse à tela de Configuração dos Intervalos do QC Manual e volte
a introduzir no campo de ID da Solução as definições originais.

6-22
Manual do Operador do ABL80 FLEX 6. Gestão da qualidade

Intervalos RiliBÄK

Introdução Pode ser definido em todas as versões do analisador ABL80 FLEX um conjunto
adicional de intervalos para usar com os resultados de QC durante os Ciclos de
Qualidade, bem como com os resultados do QC manual durante os testes de QC
manual. Esta função tem que ser ativada pelo representante da Radiometer.
Quando esta função está ativa, é apresentada uma tecla de seleção adicional em
Definições/QC Manual intitulada Intervalos RiliBÄK. O respectiva tela contém um
separador para cada parâmetro medido. Pode ser definido um intervalo de controle
do QC para cada um destes parâmetros usando as definições desta tela para
estabelecer um intervalo. Este intervalo será usado em conjunto com o valor médio
(atribuido) obtido a partir dos intervalos de Ciclo de Qualidade ou de controle do
QC manual existentes para definir um segundo intervalo de controle do QC.
Estes intervalos RiliBÄK podem ser aplicados tanto com cada como em conjunto
com os resultados do QC manual e do QC automático dos Ciclos de Qualidade.
Quando estes intervalos estão ativados, o sistema compara automaticamente os
intervalos de controle do QC manual (tal como introduzido na tela Definições/QC
Manual/Intervalos) e os intervalos de controle do QC RiliBÄK. Tendo como
referência o intervalo mais estreito dos dois, serão determinados para os resultados
do QC manual em questão quais os valores de QC corretos e quais os que têm que
ser assinalados como fora do intervalo.
Com a função igualmente ativada, o sistema também compara automaticamente os
intervalos de controle do QC automático (de um Ciclo de Qualidade) com os
intervalos de controle do QC RiliBÄK. Tendo como referência o intervalo mais
estreito dos dois, serão determinados para os resultados do QC automático em
questão quais os valores de QC corretos e quais os que têm que ser assinalados
como fora do intervalo.
Para documentar qual o tipo de intervalo que está a ser aplicado, o sistema
apresenta uma das seguintes três letras com os resultados do QC para cada
parâmetro:
• M – Intervalo do fabricante, que será o intervalo da bula da embalagem do
QC Manual lido na tela da Configuração dos Intervalos de QC ou o intervalo
do QC automático do Ciclo de Qualidade tal como está programado no botão
iButton do cartucho de soluções.
• L – Intervalo do laboratório, um intervalo de QC Manual que foi introduzido
manualmente na tela de Configuração dos Intervalos de QC.
• R – está aplicado um intervalo RiliBÄK a este resultado de QC manual ou de
Ciclo de Qualidade tal como está definido na tela de configuração.

Tela de Consulte o capítulo 9, Definições/Intervalos RiliBÄK para obter informação sobre


configuração os requisitos da configuração dos intervalos RiliBÄK.

6-23
6. Gestão da qualidade Manual do Operador do ABL80 FLEX

6-24
7. Registros de dados

Introdução Os Registros de Dados são ficheiros históricos que contêm todos os resultados dos
pacientes, das calibrações, dos controles de qualidade, e todos os eventos
pertinentes. Todos os dados obtidos são armazenados automaticamente nestes
registros de onde podem ser vistos ou enviados para um dispositivo de
armazenamento externo.

Neste capítulo O capítulo inclui os seguintes temas:


Informação geral ....................................................................................7-2
Registros.................................................................................................7-4
Enviar .....................................................................................................7-6
Gravar.....................................................................................................7-9
Manutenção de dados ...........................................................................7-13
Informação do sistema .........................................................................7-15
7. Registros de dados Manual do Operador do ABL80 FLEX

Informação geral

Introdução Todas as versões do analisador ABL80 FLEX possuem os seguintes Registros de


dados:
• Pacientes
• QC Manual
• Ciclos de Qualidade (não suportados pela configuração de software BASIC)
• Cal a 2 pontos
• Verificação do Sistema (não suportada pela configuração de software BASIC)
• Eventos
• Segurança
Os Registros dos Pacientes, do QC Manual e dos Ciclos de Qualidade e da Cal a 2
Pontos armazenam 500 registros cada. Os Registros da Verificação do Sistema, dos
Eventos e da Segurança armazenam 1500 cada.
Além destes Registros, o analisador ABL80 FLEX CO-OX contém um Registro da
Calibração de tHb que armazena 500 registros. Na versão de software OSM do
analisador ABL80 FLEX CO-OX também está incluído um Registro da
Verificação do Cassete que armazena 500 registros.

Registro dos O Registro dos Pacientes armazena, por ordem cronológica, todos os resultados das
Pacientes amostras analisadas no modo Análise. Cada registro contém os parâmetros
medidos e os derivados, os intervalos de referência e os limites críticos, e toda a
informação que é necessário introduzir. Também registra os valores corrigidos pela
temperatura, o tipo de amostra, o lote e o número de série do cassete de eletrodos,
o utilizador, o número da sequência, o nome do analisador, os valores de
correlação, caso tenham sido aplicados, a informação que tenha sido editada,
alguma mensagem de detecção de ar, se a amostra foi realizada depois de uma
medição de QC falhada, e o estado de cada registro.

Registro do QC O Registro do QC Manual armazena, por ordem cronológica, os resultados de


Manual todas as amostras manuais de controle de qualidade e os intervalos de QC aceitos.
Também faz o registro dos utilizadores, do número e do registro da sequência, do
lote e da temperatura do QC, do lote e do número de série do cassete de eletrodos,
e do estado de cada registro. Tanto os ficheiros do QC como do WDC gravados
podem ser criados usando dados do registro do QC manual.

Registro dos O Registro dos Ciclos de Qualidade armazena os registros cronológicos de todos os
Ciclos de Ciclos de Qualidade automáticos e manuais, incluindo as instalações corretas, as
Qualidade reinstalações e as instalações falhadas tanto dos cassetes de eletrodos como dos
cartuchos de soluções. Cada registro contém os resultados da calibração dos
eletrodos (sensibilidade) e do controle de qualidade, a par da hora e da data, do
número de série do cartucho de soluções e do lote e número de série do cassete de
eletrodos. Também registra o utilizador, o número de sequência, o número e o
estado de cada registro.

7-2
Manual do Operador do ABL80 FLEX 7. Registros de dados

Registro da Cal O Registro da Cal a 2 pontos armazena as calibrações a 2 pontos realizadas durante
a 2 pontos ou imediatamente a seguir à inicialização do cassete de eletrodos. Este registro
também armazena todas as calibrações a 2 pontos realizadas nos sistemas não-QC3.
Cada registro contém as sensibilidades dos eletrodos, a data e a hora, o número de
série do cassete de eletrodos e o lote e o número de série do cartucho das soluções.
Também registra o utilizador, o número da sequência, o número e o estado de cada
registro.

O Registro da Verificação do Sistema apresenta todos os dados de todos os eventos


Registro da
de Ciclo do Sistema. Não é possível rever estes dados no analisador, mas podem
Verificação do
ser gravados e revistos em formato de folha de cálculos. Um registro de cada
Sistema
Verificação do Sistema é incluído no registro dos eventos, a par do estado geral
desse evento.

Registro dos O Registro dos Eventos armazena os registros cronológicos de todos os eventos,
Eventos incluindo as instalações, os Ciclos de Qualidade, as Verificações do Sistema os
resultados do QC manual, as desativações/reativações dos parâmetros e os
resultados das amostras dos pacientes fora do intervalo. Também registra o
utilizador e o estado de cada registro.

Registro da O Registro da Segurança inclui todas as tentativas de início e de fim de sessão


Segurança realizadas no analisador. Registra a hora e a data, o nome do utilizador, a ação
(início ou fim de sessão) e o estado da atividade. O registro da segurança só está
ativado se a segurança do sistema estiver configurada para requerer um código de
acesso. Veja no capítulo 9, Definições, como configurar os requisitos para o código
de acesso.

Registro da O analisador ABL80 FLEX CO-OX possui um registro adicional denominado


Calibração tHb Registro da Calibração tHb. Este registro contém todos resultados dos eventos de
calibração da hemoglobina. Registra a hora e a data da análise, o fator cubeta e o
estado de cada evento de calibração.

Registro da O analisador ABL80 FLEX CO-OX com a configuração de software OSM possui
Verificação do um registro adicional denominado Registro da Verificação do Cassete. Contém
Cassete registros de todas as Verificações do Cassete realizados. Registra os valores da
condutividade da solução durante a verificação. Esta verificação é realizada
quando é instalado um cassete nova e ao sair do modo Standby para assegurar que
não existe nenhum bloqueio no circuito dos fluidos do cassete.

7-3
7. Registros de dados Manual do Operador do ABL80 FLEX

Registros
Acessar os Siga os passos indicados abaixo para ver os registros de dados.
registros
Passo Ação
1. Selecione Menu  Dados  Registos.
2. Selecione o tipo de registro na lista de opções.
3. Cada registro contém colunas de dados que identificam os registros
individualmente.

4. É possível ordenar cada uma das colunas de dados pressionando o


respectivo cabeçalho. Desta forma a lista dos registros ficará ordenada
alfabeticamente, segundo a coluna escolhida.
5. Selecione o registro pretendido e pressione a tecla Paciente para ver a
informação detalhada.

Editar um Siga os passos para editar um registro de paciente.


registro de
paciente Passo Ação
1. Selecione Menu  Dados  Registos  Paciente.
2.
Localize o registro pretendido, pressione a tecla .
3. Na tela dos resultados, pressione a tecla de edição . Aparecerá um
tela com todos os campos de introdução.
4. Edite todos campos que necessitar.

7-4
Manual do Operador do ABL80 FLEX 7. Registros de dados

Passo Ação
5. Pressione OK para guardar estas alterações.
NOTA: Todas as alterações serão guardadas no registro da edição
dos pacientes e podem ser vistas na tela dos resultados dos pacientes,
nas impressões e no registro da edição.
NOTA: Assim que houver pelo menos uma edição guardada num
determinado registro, a tela do Resultado dos Pacientes terá um
separador novo denominado Registo da Edição (Registro da Edição).
Se não forem feitas quaisquer alterações este separador não existirá.

7-5
7. Registros de dados Manual do Operador do ABL80 FLEX

Enviar

Introdução Os registros individuais podem ser enviados manualmente do analisador para uma
rede externa. Os tipos de registros disponíveis são dos pacientes, do QC manual,
dos Ciclos de Qualidade, da Cal a 2 Pontos e do WDC. No analisador ABL80
FLEX CO-OX também estão disponíveis para envio dos registros da Calibração de
tHb.
Para enviar registros de dados tem que estabelecer um canal de comunicação em
Definições  Configuração  Comunicação de Dados.

Enviar um Siga os passos para enviar um registro de paciente. Os outros tipos de registros são
registro enviados da mesma maneira.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Dados  Enviar  Paciente.

2. Localize e selecione os registros que pretende enviar.


NOTA: Os registros que já foram enviados anteriormente estarão
assinalados com um asterisco na coluna Enviado.
3. Selecione o canal de comunicação pretendido na parte de baixo da
tela.
4. Pressione Enviar.
5. Assim que o processo de envio estiver terminado, o sistema
apresentará uma mensagem.

7-6
Manual do Operador do ABL80 FLEX 7. Registros de dados

Enviar WDC Pode ser enviado manualmente para o Portal QA um relatório WDC usando esta
função de envio. Assegure-se que o endereço TCP/IP foi definido na tela de
configuração do Portal QA. Consulte o capítulo 9, Definições para saber como
introduzir este endereço.

Siga os passos indicados em seguida para enviar manualmente um relatório WDC.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Dados  Enviar  WDC.

2. No separador Iniciar selecione o ano e o mês desejados nas listas de


opção apresentadas.
3. Pressione OK para começar o envio. Uma barra de progresso
comunicará o estado do envio e o utilizador será avisado quanto este
terminar.

7-7
7. Registros de dados Manual do Operador do ABL80 FLEX

Envio Um relatório WDC pode ser programado para ser enviado automaticamente para o
programado do Portal QA da Radiometer usando esta função de envio. Certifique-se que está
WDC definido um endereço TCP/IP na tela de configuração do Portal QA. Consulte o
capítulo 9, Definições para introduzir este endereço.
Siga os passos para estabelecer uma programação de envio do relatório WDC.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Dados  Enviar  WDC. Selecione o separador
Programação.

2. Pressione a caixa de verificação Activar para ativar esta função.


3. Selecione quando pretende enviar os resultados WDC dentro das
quatro opções de programação:
• Cada registo – o sistema irá enviar cada resultado de QC na altura
em que cada medição é feita
• Diária – o sistema irá enviar todos os resultados de QC do dia, que
ainda não foram enviados, uma vez por dia, à hora especificada
• Semanal – o sistema enviará todos os resultados de QC, que ainda
não foram enviados, uma vez por semana no dia da semana e à
hora especificados
• Mensal – o sistema irá enviar todos os resultados de QC, que ainda
não foram enviados, uma vez por mês na data e à hora
especificadas
4. Depois de feitas todas as seleções, pressione OK.

7-8
Manual do Operador do ABL80 FLEX 7. Registros de dados

Gravar
Introdução Este tópico descreve o procedimento de gravação e a forma de ver os ficheiros
gravados.
O analisador gravará os seguintes dados num dispositivo externo de
armazenamento:
• Dados dos pacientes – informação sobre os resultados das amostras dos
pacientes, incluindo a informação editada
• Dados do QC manual – resultados do QC manual para todos os níveis
• Dados dos Ciclos de Qualidade – valores da sensibilidade de calibração e
resultados de QC de todos os Ciclos de Qualidade (não disponíveis com a
configuração de software BASIC)
• Dados da Calibração de tHb (só analisador ABL80 FLEX CO-OX) – fator
cubeta de cada Calibração de tHb
• Dados da Cal a 2 Pontos – valores da sensibilidade calculados durante as
calibrações a dois pontos realizadas. Nos sistemas QC3 as calibrações a dois
pontos são realizadas durante e no intervalo de duas horas após inicializar o
cassete de eletrodos. Nos sistemas não-QC3 todos os registros da calibração são
de calibrações a dois pontos
• Dados da Verificação do Sistema – dados intermédios (sinais não estáveis)
medidos a partir de todas as Verificações do Sistema (não disponíveis com a
configuração de software BASIC)
• Dados da Verificação do Cassete (só no analisador ABL80 FLEX CO-OX com
a configuração de software OSM) – valores da condutividade da solução
registrados durante a Verificação do Cassete
• Dados dos Eventos – todas as atividades consideradas como eventos
• Dados de Segurança – todas as atividades de início e de fim de sessão
• WDC – resultados do QC obtidos a partir dos Ciclos de Qualidade e do QC
manual, no formato usado pelo programa Worldwide Datacheck (WDC) da
Radiometer
Esta informação pode ser armazenada num dispositivo de armazenamento de dados
e pode ser revista num computador pessoal usando o programa Microsoft Excel.
NOTA: A gravação do WDC não inclui a opção de apagar registros.
Todos os campos são gravados automaticamente para ficheiros de QC Manual,
Ciclos de Qualidade, Cal a 2 pontos, Verificação do Sistema, Eventos, Segurança e
WDC.

Opções de O utilizador pode selecionar os campos de dados que pretende gravar a partir do
gravação dos registro dos dados do paciente usando a tela Gravar Configuração do Paciente.
dados dos Consulte o capítulo 9, Definições, para selecionar e verificar os campos a gravar.
pacientes
NOTA: Quando o utilizador escolhe a opção Apagar registos depois de gravar
durante o processo de gravação do paciente, todos os campos de informação do
paciente serão apagados, quer esses campos tenham sido ou não selecionados
para a gravação.

7-9
7. Registros de dados Manual do Operador do ABL80 FLEX

Procedimento Siga os passos para gravar os dados dos Registros de Dados para um dispositivo de
de gravação de armazenamento externo. Estes dados são armazenados no formato delimitado por
registros tabulações.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Dados  Gravar.
2. Selecione o registro que pretende gravar (Paciente, QC Manual,
Ciclos de Qualidade, Calibração de tHb, Cal a 2 pontos, Verificação
do Sistema, Verificação do Cassete, Eventos ou Segurança). Veja
mais adiante Gravar registros de WDC para saber como criar um
ficheiro de WDC para gravar.
3. Ligue um dispositivo de armazenamento de dados a uma das portas
USB na traseira do analisador ou insira um CD na unidade de CD.
NOTA: Recomenda-se o uso de um CD-R para a maior fiabilidade da
unidade de CD.
4. Na tela Gravar selecione CD ou USB dependendo do tipo de
dispositivo de armazenamento que estiver a ser usado.
5. Se quiser, selecione Apagar registos depois de gravar.
NOTA: as telas de gravação de Eventos e da Segurança não incluem
esta opção. Assim que é atingida a capacidade máxima estes registros
apagam automaticamente o registro mais antigo quando é guardado
um novo.
NOTA: Relativamente à gravação dos registros dos pacientes, o
utilizador pode selecionar quais os campos de dados que pretende
gravar (veja o capítulo 9, Definições). Todos os campos de dados do
paciente serão apagados, mesmo que não tenham sido selecionados
para a gravação quando se escolheu a opção Apagar registos depois
de gravar.
6. Se quiser, selecione Gravar sinais não estáveis. Esta opção gravará a
informação padrão e o valor dos sinais eletrônicos não estáveis de
cada parâmetro medido. Estes dados destinam-se à resolução de
ocorrências mais aprofundada. Não se recomenda a sua utilização nos
procedimentos de manutenção de rotina.
NOTA: Esta opção não está disponível para os registros dos Eventos
e da Segurança nem está disponível para o registro da Calibração de
tHb ou para o registro de Verificação do Cassete no analisador
ABL80 FLEX CO-OX.
7. Pressione Gravar.
RESULTADO: O sistema procederá à gravação do ficheiro selecionado.
As mensagens de estado na tela são atualizadas à medida que a
gravação progride.

7-10
Manual do Operador do ABL80 FLEX 7. Registros de dados

Ver os registros Siga os passos para ver os registros gravados a partir dos Registros de Dados.
gravados
Passo Ação
1. Ligue o dispositivo de armazenamento de dados com a informação
gravada a um computador pessoal com o sistema operativo Microsoft
Windows instalado (Windows 98 ou versões mais recentes).
2. Acesse o O meu computador
3. • Clique com o botão direito do mouse sobre o ícone do dispositivo
de armazenamento.
• Selecione Abrir.
4. O nome dos ficheiros dos Pacientes, do QC manual, dos Ciclos de
Qualidade, da Cal a 2 pontos, dos Eventos e da Segurança
corresponde à data e hora da gravação e ao número de série do
analisador. A extensão define os tipo de ficheiro: Paciente (pat), QC
(MQC), Ciclos de Qualidade (SysCyc), Cal tHb (tHb), Cal a 2 pontos
(TPCal), Verificação do Sistema (Chk), Verificação do Cassete
(SCChk), Eventos (EVT) ou Segurança (Sec).
EXEMPLO: 0603040955_300045.pat
060304 é a data, 4 de Março de 2006
0955 é a hora, 9:55 am
300045 é o número de série do analisador
pat é a extensão do ficheiro (Pat = Patient = Paciente)
5. Os ficheiros de dados obtidos a partir do WDC gravado estão
concebidos para ser usados com o programa de WDC da Radiometer.
Estes ficheiros não podem ser vistos com o programa Microsoft Excel
ou qualquer outro programa de folha de cálculo. Os ficheiros de dados
do WDC gravado estão nomeados da seguinte maneira:
EXEMPLO: 2006_03_300045.csv
2006_03 é a data, Março de 2006
300045 é o número de série do analisador
csv é a extensão do ficheiro
Veja na próxima seção Gravação dos ficheiros de WDC as instruções
de gravação deste ficheiro.
6. Clique com o botão direito do mouse sobre o ícone do ficheiro e
selecione Abrir com.
7. Selecione Microsoft Excel ou qualquer outro programa de edição de
folhas de cálculo com texto.
RESULTADO: Os dados são mostrados na folha de cálculo onde podem
ser revistos, ordenados, editados e imprimidos.

7-11
7. Registros de dados Manual do Operador do ABL80 FLEX

Gravar registros Siga os passos para gravar os dados de WDC do registro de dados para o
de WDC dispositivo de armazenamento de dados externo.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Dados  Gravar.
2. Selecione WDC.
3. Ligue o dispositivo de armazenamento a uma das portas USB situadas
na parte posterior do analisador.
4. Selecione o mês e o ano pretendidos no campo com a lista das opções.
5. Pressione Gravar.
RESULTADO: O sistema fará a gravação do registro selecionado.
6. Envie este ficheiro com os seus dados mensais de QC para a
Radiometer.

7-12
Manual do Operador do ABL80 FLEX 7. Registros de dados

Manutenção de dados

Introdução A opção da manutenção de dados permite iniciar a compactação da base de dados e


definir uma programação que faz a compactação automática da base de dados.
A compactação da base de dados tem que ser realizada periodicamente para que o
funcionamento da base de dados seja o melhor. Recomenda-se a programação
desta manutenção para uma vez por dia. A predefinição mínima é de uma vez por
semana, aos domingos, às 2 horas da madrugada.

Iniciar a Siga os passos para iniciar a compactação de rotina da base de dados


manutenção de
NOTA: O processo de compactação demora cerca de 15 minutos para ser
dados
realizado. O tempo gasto depende da frequência com que se efetua o programa.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Dados Manutenção Iniciar.

2. Pressione Compactar dados.


3. O sistema apresentará uma mensagem de advertência “O processo
pode demorar alguns minutos até estar terminado. Deseja continuar?”
• Pressione Sim para continuar e compactar os dados
• Pressione Não para cancelar esta ação

7-13
7. Registros de dados Manual do Operador do ABL80 FLEX

Programação da Siga os passos para programar o(s) dia(s) e a(s) hora(s) de realização da
manutenção de manutenção de dados automática.
dados
Passo Ação
1. Selecione Menu  Dados Manutenção  Programação.

2. Selecione o(s) dia(s) da semana pressionando as respectivas teclas ou


pressione Seleccionar tudo se quiser escolher todos os dias da semana.
3. Defina as Horas.
• Pressione o campo de introdução das horas e use as teclas com as
setas ascendente e descendente para ajustar o valor
• Pressione o campo de introdução dos minutos e use as teclas com
as setas ascendente e descendente para ajustar o valor
• Pressione o campo de introdução “AM/PM” e use as teclas com as
setas ascendente e descendente para ajustar o valor
4. Quando toda a informação estiver introduzida pressione OK.

7-14
Manual do Operador do ABL80 FLEX 7. Registros de dados

Informação do sistema
Introdução A tela da Informação do Sistema proporciona informação sobre a configuração
básica do sistema e o estado dos diferentes componentes do analisador. Existem até
cinco separadores com dados, dependendo das funções que estiverem ativas.
Informação do Siga os passos para ver e imprimir a informação mostrada na tela da Informação
sistema do Sistema.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Dados  Informação do Sistema.
2. O primeiro separador, Geral, inclui a seguinte informação:
• Nome e número de série do analisador
• Lista dos parâmetros ativos
• Hora dos último e próximo Ciclo de Qualidade (ou Cal a 2 pts) e
da Verificação do Sistema
• Versões do software e da base de dados, e informação sobre o
sistema operativo
3. O segundo separador, Cartucho das soluções, apresenta o seguinte:
• Datas de instalação e de validade
• Números do lote e de série
• Número de ciclos restantes em cada estojo de solução
• Valores de calibração de todas as soluções e parâmetros
• Valores de QC atribuídos (durante os Ciclos de Qualidade) e
intervalos aceitos para todas as soluções e para todos os parâmetros
(não disponíveis com a configuração de software BASIC)
NOTA: Se os Intervalos RiliBÄK estiverem ativados para os Ciclos de
Qualidade, este separador apresentará ambos os intervalos do
fabricante e os intervalos RiliBÄK.
4. O terceiro separador, Cassete de eletrodos, informa o seguinte:
• Datas de instalação e de validade
• Número de testes
• Número de testes restantes
• Números do lote e de série
• Configuração
• Uma tecla para acessar diretamente para os resultados dos Ciclos
de Qualidade ou às Cal a 2 pts mais recentes
5. O quarto separador só estará presente na tela se a programação do QC
tiver sido estabelecida em Definições  QC Manual  Programação.
Este separador inclui uma lista com as horas em que se vão realizar
amostras de QC manual para cada nível.
6. O quinto separador só aparecerá caso se tenha configurado uma
ligação em rede em Definições  Configuração  Comunicação de
Dados. O separador inclui o estado da ligação e o número de registros
de cada ligação definida.

7-15
7. Registros de dados Manual do Operador do ABL80 FLEX

7-16
8. Utilitários

Introdução No capítulo Utilitários encontra informação sobre a forma de desempenhar


determinadas ações, desde a instalação dos consumíveis à atualização do software.

Neste capítulo O capítulo inclui os seguintes temas:


Instalar os consumíveis – cassete de eletrodos.......................................8-2
Instalar os consumíveis – cartucho de soluções .....................................8-5
Contadores .............................................................................................8-7
Transferir definições ..............................................................................8-9
Calibração de tHb.................................................................................8-11
Lavagem ...............................................................................................8-12
Atualização do software .......................................................................8-13
Ejetar o CD...........................................................................................8-14
8. Utilitários Manual do Operador do ABL80 FLEX

Instalar os consumíveis – cassete de eletrodos

Introdução Todas as versões do analisador ABL80 FLEX apresentam instruções passo a passo
para a instalação ou a substituição do cassete de eletrodos. O número de testes
existentes em cada cassete instalado é monitorizado automaticamente e o utilizador
é notificado quando for necessário proceder à sua substituição. O utilizador
também pode definir um período de aviso antes de todos os testes se esgotarem.
Consulte o capítulo 9, Definições/Estado do Sistema para obter informação sobre a
forma de configurar este período de aviso.

Substituição do Siga os passos para substituir o cassete de eletrodos no analisador ABL80 FLEX.
cassete de
eletrodos – Passo Ação
analisador
1. Selecione Menu  Utilitários  Instalar  SC80.
ABL80 FLEX
2. Se não estiver nenhum cassete atualmente instalado no analisador,
prossiga para o passo 4.
Se estiver algum cassete instalado no analisador, o sistema procederá à
eliminação de todos os fluidos desse cassete. A mensagem de estado
na tela dirá:
Por favor, espere; a eliminar o excesso de fluido da cassete
de eléctrodos...
O analisador indicará na tela quando é que o utilizador deverá retirar
do cassete de eletrodos usado.
3. Para retirar o cassete de eletrodos, siga
os passos:
• Solte os tubos da cabeça da bomba
• Pressione para cima a lingueta da
parte inferior do cassete, segure o
cassete pelo corpo e extraia-o a
direito para fora do analisador
4. Limpe o assentamento do cassete de eletrodos e a área dos resíduos
com um pano limpo, que não largue pelos, umedecido com água. A
limpeza da área dos resíduos sempre que for instalada num cassete de
eletrodos ajudará a prevenir a entrada de resíduos na tubulação interna
dos resíduos. Estes resíduos podem acumular-se e resultar em
bloqueios da tubulação interna.
NOTA: Nunca limpe os pinos do cassete de eletrodos ou o pino da
porta de ligação do analisador com um pano úmido
5. Para instalar um cassete de eletrodos novo siga os passos:
• Rasgue o pacote e tire o cassete
• Abra a embalagem de plástico que protege o cassete e retire-o
• Alinhe o cassete com o seu assentamento e o guia de fixação no
analisador, e empurre-o a direita.

8-2
Manual do Operador do ABL80 FLEX 8. Utilitários

Passo Ação
5. • Pressione a circunferência elevada
(cont.) no centro do cassete (veja a
imagem) até ouvir um estalido; isto
significa que a ligação ao
analisador está correta.
• Ponha o tubo da bomba em volta do cabeçal.
6. Pressione OK na tela para seguir para a fase de inicialização dos
eletrodos.
7. À medida que o fluido entra na câmara
de medição, puxe várias vezes o tubo
da bomba para eliminar as bolhas ar
que possam existir no tubo.

8. Quando a instalação estiver terminada, o sistema apresentará a


respectiva mensagem na tela e regressará ao menu principal.

Substituição do Siga os passos indicados em seguida para substituir o cassete de eletrodos no


cassete de analisador ABL80 FLEX CO-OX.
eletrodos –
analisador Passo Ação
ABL80 FLEX
1. Selecione Menu  Utilitários  Instalar  SC80 CO-OX.
CO-OX
2. Se não estiver nenhum atualmente instalado no analisador, prossiga
para o passo 4.
Se estiver algum cassete instalado no analisador, o sistema procederá à
eliminação de todos os fluidos deste cassete. A mensagem de estado
no tela dirá:
Por favor, espere; a eliminar o excesso de fluido...
O analisador indicará na tela quando é que o utilizador deverá retirar o
cassete de eletrodos usado.
3. Para retirar o cassete de eletrodos do
analisador, pressione para cima a
lingueta da parte inferior do cassete,
segure o cassete pelo corpo e extraia-o
a direito para fora do analisador

4. Limpe o cassete de eletrodos e a porta dos resíduos com um pano


limpo, que não largue pelos, umedecido com água.
NOTA: Nunca limpe os pinos do cassete de eletrodos ou o pino da
porta de ligação do analisador com um pano úmido

8-3
8. Utilitários Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação
5. Para instalar um cassete de eletrodos novo, siga os passos:
• Rasgue o pacote que contém a embalagem com o cassete novo e
tire-o
• Tire o cassete da embalagem
• Pressione Continuar
6. • Alinhe o cassete com a frente do analisador e empurre-o à direito
• Pressione com firmeza o
círculo rebaixado no centro
do corpo do cassete (veja a
imagem) até ouvir um
estalido.
• Assegure-se que a sonda de
aspiração está totalmente
baixada.
7. Pressione OK para continuar para a fase de inicialização dos eletrodos.

8-4
Manual do Operador do ABL80 FLEX 8. Utilitários

Instalar os consumíveis – cartucho de soluções

Introdução Todas as versões do analisador ABL80 FLEX apresentam instruções passo a passo
para a instalação ou substituição do cartucho de soluções. O nível dos fluidos em
cada um dos cartuchos é monitorizado automaticamente. O utilizador é avisado
quando é necessário proceder à substituição do cartucho; também pode definir um
período de aviso antes dos fluidos se esgotarem. Consulte o capítulo 9,
Definições/Estado do Sistema para obter informação sobre como configurar este
período de aviso.

PRECAUÇÃO: O cartucho de soluções contém quatro estojos de soluções e um estojo de resíduos.


Com a utilização, o estojo de resíduos poderá conter sangue e outros fluidos de
perigo biológico. Evite o contato com a porta de entrada dos resíduos e limpe
qualquer derramamento. O manuseio e a rejeição de um cartucho de soluções
usado deverá cumprir todas as regulamentações relativas aos materiais de perigo
biológico da instituição.

NOTA: Nunca abra a porta do cartucho de soluções enquanto o sistema não o indicar. Se
a porta for aberta numa altura inapropriada, a informação armazenada no smart
chip pode ser corrompida inutilizando-se o cartucho.

Substituição do Siga os passos para substituir o cartucho de soluções.


cartucho de
soluções Passo Acão
1. • Selecione Menu  Utilitários  Instalar  Cartucho de Soluções
• Se não tiver nenhum cartucho de soluções atualmente instalado no
analisador, prossiga para o passo 4
2. Siga as instruções na tela para retirar o
cartucho de soluções usado.
• Pressione a patilha da porta do
cartucho para baixo.

• Baixe a porta completamente. Desta


forma soltará o cartucho de
soluções.
• Retire o cartucho de soluções usado
e rejeite-o segundo as diretrizes da
instituição para os materiais de
perigo biológico.
3. Pressione Continuar.

8-5
8. Utilitários Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação
4. Descole a etiqueta de alumínio do
cartucho novo.

5. Insira o cartucho novo totalmente até ao fundo.


6. Levante a porta e pressione-a junto à
parte de cima da patilha (veja a imagem)
até ouvir um estalido. Isto significa que
a porta foi totalmente fechada.

7. Pressione OK na tela para terminar a instalação.


NOTA: O analisador iniciará automaticamente a verificação do
cartucho de soluções após a substituição do cartucho usado sempre
que estiver instalado um cassete de eletrodos. Esta verificação
comprova a integridade do cartucho novo.
NOTA: Está disponível uma comprovação da verificação no
analisador ABL80 FLEX com a configuração de software BASIC e em
todos os sistemas que suportem a função QC3.

8-6
Manual do Operador do ABL80 FLEX 8. Utilitários

Contadores

Introdução O analisador faz a contagem do número de análises de amostras de paciente, Ciclos


de Qualidade, Calibrações a 2 pontos e medições de QC manual realizados. Esta
função permite ao utilizador seguir a utilização do analisador por períodos de
tempo definidos por si.
Poderá imprimir as contagens atuais de cada atividade e reiniciar um novo período
de contagens no contador.

Impressão Siga os passos seguintes para criar uma impressão do estado do contador das
amostras.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Utilitários  Contador.
2. Aparecerá o seguinte tela

3. Pressione Imprimir para gerar uma cópia das contagens atuais.

8-7
8. Utilitários Manual do Operador do ABL80 FLEX

Reiniciar o Siga os passos para reiniciar todas as contagens do contador a zero.


contador
Passo Ação
1. Na tela do Contador pressione a tecla Reiniciar.

2. O analisador apresentará uma caixa de diálogo. Pressione Sim para


continuar o reinício.
3. A tela do Contador mostrará agora zero em todas as linhas da coluna
“Contar a partir do último reinício”. S tela continuará a apresentar a
“Contagem total” deste analisador.

4. Pressione Imprimir para gerar uma cópia das contagens.

8-8
Manual do Operador do ABL80 FLEX 8. Utilitários

Transferir definições

Introdução Este procedimento é uma forma rápida e simples de configurar vários analisadores
com as mesmas definições.
É possível fazer uma cópia das definições de um analisador para um dispositivo de
armazenamento de dados externo. Este dispositivo pode posteriormente ser usado
para copiar esta informação das definições para outro analisador ABL80 FLEX da
mesma versão.
A mesma versão é definida aqui como dois (ou mais) analisadores ABL80 FLEX
com configurações de software FLEX, dois (ou mais) analisadores ABL80 FLEX
com configurações de software BASIC, dois (ou mais) analisadores ABL80 FLEX
CO-OX com a configuração de software CO-OX ou dois (ou mais) analisadores
ABL80 FLEX CO-OX com a configuração de software OSM.
A transferência de definições entre analisadores que não são da mesma versão está
limitada à Comunicação de Dados e às definições de Segurança.

Transferir Siga os passos para transferir as definições do analisador para um dispositivo de


definições para armazenamento de dados externo.
o disco
Passo Ação
1. Selecione Menu  Utilitários  Transferir Definições  Para o
Disco.
2. Ligue o dispositivo de armazenamento de dados a uma das duas portas
USB na traseira do analisador.
3. Pressione OK para armazenar todas as definições no dispositivo.

Transferir Depois do ficheiro de transferência ter sido criado, siga os passos indicados para
definições do transferir as definições para outro analisador.
disco
Passo Ação
1. Selecione Menu  Utilitários  Transferir Definições  Do Disco.

8-9
8. Utilitários Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação
2. Selecione as definições que pretende transferir para este analisador.
A informação disponível no separador Definições/Configuração é:
• Definições
- Paciente
- QC Manual
- Ciclo de Qualidade (Cal a 2 pontos na configuração BASIC)
- Segurança
- Cal tHb (só analisador ABL80 FLEX CO-OX)
• Configuração
- Data/Hora
- Unidades
- Comunicação de Dados
- Estado do Sistema
- Correlação
- Apagar Registos da Correlação
- Configuração do Menu Principal
A informação disponível no separador Relatórios/Sistema é:
• Relatórios
- Campos de Introdução
- Impressão
- Gravar Configuração do Paciente
• Sistema
- Parâmetros Ativos
- Detecção de Ar
- Portal QA
- Manutenção da base de dados
3. Depois de ter selecionado todas as definições dos dois primeiros
separadores pressione Transferir.
4. Ligue o dispositivo de armazenamento contendo as definições
copiadas a uma das portas USB do analisador.
5. Pressione OK. As definições requeridas serão copiadas para este
analisador.

8-10
Manual do Operador do ABL80 FLEX 8. Utilitários

Calibração de tHb
Introdução O analisador ABL80 FLEX XO-OX requer a realização de uma calibração manual
do espectrômetro numa base periódica. Por favor consulte o capítulo 5,
Calibração, para mais instruções sobre a calibração do espectrômetro do ABL80
FLEX CO-OX.

8-11
8. Utilitários Manual do Operador do ABL80 FLEX

Lavagem

Introdução A função de lavagem permite ao utilizador fazer passar um fluxo adicional de


solução através do cassete de eletrodos. As lavagens podem ser realizadas em
qualquer momento e tão frequentemente quanto se deseje.

Procedimento de Siga os passos indicados para iniciar a lavagem.


lavagem
Passo Ação
1. Selecione Menu  Utilitários  Lavagem.
2. Pressione a tecla Lavagem para que o analisador realize um único
fluxo de solução 1.
3. Só analisador ABL80 FLEX: Para
ajudar a eliminar resíduos do
sangue ou bolhas de ar , várias
vezes, pequenos puxões no tubo
do cassete de eletrodos enquanto
o analisador estiver realizando o
fluxo.

4. Repita os passos 2 e 3 se for necessário.

8-12
Manual do Operador do ABL80 FLEX 8. Utilitários

Atualização do software

Introdução A Radiometer lança atualizações do software dos seus equipamentos


periodicamente. Para instalar as atualizações de software siga os passos indicados
abaixo.

Procedimento Siga os passos para atualizar o software instalado no analisador.


de atualização
Passo Ação
1. Selecione Menu  Utilitários  Actualização do Software.
2. Insira o CD de atualização fornecido pela Radiometer na unidade de
CDs na parte da frente do analisador.
3. Quando for indicada atela, pressione OK para começar o processo de
atualização.
4. Siga as instruções apresentadas para terminar o processo de
atualização.

8-13
8. Utilitários Manual do Operador do ABL80 FLEX

Ejetar o CD

Introdução O analisador contém uma unidade de CD integrada. Esta unidade carrega


automaticamente o CD que for introduzido. Para retirar os CDs introduzidos use a
função Ejetar CD.

Ejetar o CD Siga os passos indicados em seguida para retirar o CD da respectiva unidade.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Utilitários  Ejectar CD.
2. O CD será ejetado da unidade; agarre-o e tire-o do analisador.

Ejeção manual Se por alguma razão o processo de ejeção não responder ou não estiver disponível,
o CD pode ser ejetado manualmente. Na parte da frente da unidade do CD, na
entrada do mesmo, existe um pequeno orifício junto ao ícone do CD. Insira um
pequeno objeto, como a ponta de um clip, neste orifício para ejetar o CD
mecanicamente.

8-14
9. Definições

Introdução O capítulo das Definições apresenta os meios de personalização de várias opções


do software.

Neste capítulo O capítulo apresenta os seguintes temas:


Intervalos dos pacientes .........................................................................9-2
QC Manual .............................................................................................9-7
Intervalos do QC Manual .......................................................................9-8
Bloqueio pelo QC Manual ...................................................................9-11
Fator estatístico do QC Manual............................................................9-13
Programação do QC Manual ................................................................9-14
Temperatura do QC Manual.................................................................9-17
Intervalos RiliBÄK ..............................................................................9-19
Programação dos Ciclos de Qualidade .................................................9-21
Desvio do Ciclo de Qualidade..............................................................9-22
Programação de Standby ......................................................................9-23
Programação da Calibração de tHb ......................................................9-25
Data/hora ..............................................................................................9-26
Unidades...............................................................................................9-27
Comunicação de dados.........................................................................9-29
FlexLink ...............................................................................................9-39
Mensagem do sistema ..........................................................................9-41
Estado do sistema .................................................................................9-42
Correlação ............................................................................................9-44
Apagar registros ...................................................................................9-49
Configuração do Menu Principal .........................................................9-50
Relatórios .............................................................................................9-53
Relatórios – campos de introdução ......................................................9-54
Relatórios – impressão .........................................................................9-60
Relatórios – opções para os relatórios ..................................................9-69
Relatórios – gravação do registro dos pacientes ..................................9-71
Sistema – parâmetros ativos .................................................................9-72
Sistema – detecção de ar ......................................................................9-75
Sistema – bloqueio do analisador .........................................................9-77
Segurança .............................................................................................9-78
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Intervalos dos pacientes

Introdução Todas as versões do analisador ABL80 FLEX permitem ao utilizador definir até
seis tipos de pacientes, cada tipo com o seu conjunto de intervalos de referência e
limites críticos. Além disto, o utilizador pode definir um intervalo de relatório para
o analisador, específico para o seu laboratório.
Os resultados das análises dos pacientes que ficam dentro do intervalo de
referência são considerados “normais” e são representados em relatórios sem
estarem assinalados por quaisquer símbolos.
Os resultados das análises dos pacientes que estejam fora do intervalo de referência
definido (mas que não ultrapassam os limites críticos) estão assinalados por uma
seta simples no sentido ascendente ou descendente. Nos dados gravados, estes
valores são assinalados pelas letras A (Alto, i.e, acima do intervalo) ou B (Baixo,
i.e, abaixo do intervalo).
Os resultados das análises dos pacientes que estejam fora dos limites críticos
definidos estão assinalados por uma seta dupla ascendente ou descendente. Nos
dados gravados, estes valores estão assinalados pelas letras AA (Alto) ou BB
(Baixo).
Os valores que estejam fora do intervalo de teste do analisador são representados
por uma seta tripla ascendente ou descendente. Nos dados gravados, estes valores
estão assinalados com as letras AAA (Alto) ou BBB (Baixo). É possível definir um
limite crítico para além do intervalo de teste. Os valores fora tanto do intervalo de
teste como do limite crítico estarão assinalados só com uma seta tripla.

Limite Crítico Limite Crítico


Inferior Superior

Interv. Referência
(normal)

Interv. Teste

9-2
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Tipos de Estabelecer tipos de pacientes permite ao utilizador definir os Intervalos de


pacientes Referência e os Limites Críticos específicos para cada tipo de paciente. Ao ativar
os Tipos de Pacientes aparecerá uma caixa de seleção na tela de Aspiração das
Análises, durante as análises, para escolher o tipo de paciente em cada análise
realizada.
Siga os passos para definir os tipos de pacientes.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Pacientes.
2. O primeiro separador é Tipos de Pacientes.

3. Ative esta função pressionando a tecla de seleção Definir tipos de


paciente.
4. Introduza até seis tipos de paciente diferentes pressionando o ícone

e usando o teclado apresentado.


5. Quando terminar, pressione OK ou selecione outro separador para
gravar novas introduções.

9-3
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Intervalos de Siga os passos indicados abaixo para introduzir os intervalos de referência de cada
referência tipo de amostra e de paciente. Só é possível definir intervalos para as amostras de
tipo arterial, venosas, venosas mistas e capilares. Os tipos “outras” e “idoneidade”
não estão incluídos na lista de tipos de amostras disponíveis.
Os valores dos intervalos de referência têm que estar dentro do intervalo de teste
do analisador e dentro dos limites críticos estabelecidos no separador Limites
Críticos.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Paciente.
2. Selecione o separador Intervalos de Referência.

3. Selecione o Tipo de Paciente e o Tipo de Amostra da lista de opções


existente.
4. Use o teclado apresentado para editar todos os valores de referência
pertinentes (limites superior e inferior).
5. Quando terminar pressione OK ou selecione outro separador para
gravar valores novos.

9-4
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Limites críticos Siga os passos apresentados em baixo para introduzir os limites críticos de cada
tipo de amostra e de paciente. Só é possível definir intervalos para as amostras de
tipo arterial, venosas, venosas mistas e capilares. Os tipos “outras” e “idoneidade”
não estão incluídos na lista de tipos de amostras disponíveis.
Os valores dos limites críticos têm que estar dentro do intervalo de medição do
analisador e fora do intervalo de referência estabelecido no separador do Intervalo
de Referência.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Paciente.
2. Selecione o separador Limites Críticos.

3. Selecione o Tipo de Amostra e o Tipo de Paciente da lista de opções


existente.
4. Use o teclado apresentado para editar todos os valores pertinentes dos
limites críticos superior e inferior.
5. Quando terminar pressione OK ou selecione outro separador para
gravar valores novos.

Intervalo de O intervalo de medição de cada parâmetro é o intervalo dentro do qual o analisador


relatório consegue medir. O intervalo de medição corresponde ao “intervalo de indicação”
tal como está definido no “International vocabulary of basic and general terms in
metrology (VIM)”. Em todas as versões do analisador ABL80 FLEX, os resultados
de medição que estejam fora do intervalo de medição são substituídos por três
asteriscos (* * *).
O intervalo de teste de um parâmetro é o intervalo dentro do qual foi verificado o
desempenho do parâmetro analisado. O intervalo de teste corresponde ao
“intervalo de medição” tal como está definido no “International vocabulary of
basic and general terms in metrology (VIM)”. Em todas as versões do analisador
ABL80 FLEX, os valores que estejam fora do intervalo de teste (mas dentro do
intervalo de medição) são assinalados com uma seta tripla junto a resultado.
Todas as versões do analisador ABL80 FLEX têm os intervalos de medição e de
teste predefinidos. A função de Intervalo de Relatório permite ao utilizador
estabelecer um intervalo de relatório que pode limitar o intervalo de valores

9-5
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

relatados. O intervalo de relatório definido pelo utilizador tem que estar dentro do
intervalo de medição predefinido do analisador. Quando o intervalo de relatório
definido pelo utilizador estiver estabelecido e ativado, todos os resultados das
análises que estejam fora do intervalo estão assinalados com um asterisco (*) ou
são substituídos pelo acrônimo I/R (intervalo de relatório).

Definir os Siga os passos seguintes para introduzir os intervalos de relatório definidos pelo
intervalos de utilizador.
relatório
Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Paciente.
2. Selecione o separador Intervalos de Relatório.

3. Para ativar esta função, pressione o campo Opções e selecione


Assinalar Resultados ou Suprimir Resultados.
• Assinalar Resultados: Quando a opção é selecionada, os
resultados das amostras dos pacientes que estejam fora do
intervalo de relatório definido estarão assinalados com um
asterisco (*) junto ao valor.
• Suprimir Resultados: Quando a opção é selecionada, os resultados
das amostras dos pacientes que estejam fora do intervalo de
relatório definido serão substituídos pelo acrônimo I/R.
4. Use o teclado para editar os valores dos limites superior e inferior do
intervalo de relatório, de acordo com as suas necessidades.
5. Pressione OK quando terminar ou selecione outro separador para
gravar valores novos.

9-6
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

QC Manual

Introdução Todas as versões do analisador ABL80 FLEX permitem ao utilizador, se este


considerar necessário, realizar medições de controle de qualidade manuais como
verificações adicionais do funcionamento do sistema. A seção QC Manual das
Definições é a forma de definir as seguintes funções:
• Introduzir informação sobre os intervalos, como o número do lote, a data de
validade, a ID da solução e os limites dos intervalos das medições de QC
diárias
• Ativar a função de bloqueio pelo QC
• Definir o fator estatístico
• Estabelecer uma programação obrigatória de QC
• Estabelecer os critérios de introdução da temperatura da ampola de QC
• Estabelecer os limites para o intervalo RiliBÄK (função opcional)

9-7
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Intervalos do QC Manual
Introdução O utilizador pode introduzir ou ver o número do lote, a ID da Solução, a data de
validade e os intervalos de controle do QC (intervalo aceitável) para os diferentes
níveis. Durante as análises de QC manuais, o analisador fará a comparação dos
resultados medidos com os intervalos definidos.
Um resultado que esteja fora do intervalo controle está assinalado com uma seta
simples ascendente ou descendente.
Um resultado que esteja fora dos limites do intervalo estatístico (tal como definido
pelo fator estatístico descrito mais adiante neste capítulo) está assinalado por uma
seta dupla ascendente ou descendente.
Nas gravações do QC, as setas ascendentes e descendentes são substituídas pelas
letras A (Alto) e B (Baixo). Consulte o capítulo 7, Registros de Dados, para obter
mais informação sobre a gravação de ficheiros de QC.

Não aceite Intervalo aceite Não aceite


estatisticamente estatisticamente

9-8
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Intervalos de Siga os passos para introduzir ou ver informação relativa aos intervalos de QC.
QC
Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  QC Manual  Intervalos.

NOTA: a tela do analisador ABL80 FLEX CO-OX contém duas


seções sob o título Intervalo. Uma para ver e introduzir os limites dos
intervalos para todos os parâmetros dos gases no sangue, eletrólitos e
glicose (denominação pH...). A segunda seção serve para ver os
limites dos intervalos de todos os parâmetros de oximetria
(denominação ctHb...). a tela do analisador ABL80 FLEX CO-OX não
contém seções para Hct nível 1 e Hct nível 2.

2. A informação sobre as soluções de controle QUALICHECK 4+,


QUALICHECK 5+ e QUALICHECK para Hematócrito/Metabólitos
da Radiometer pode ser introduzida através da leitura do código de
barras da bula incluída na embalagem. Use a tecla Ler, nesta tela (ou o
leitor opcional externo) para introduzir automaticamente a ID da
Solução, o Lote, a Data de Validade e os Intervalos de cada
parâmetro.
Todos os campos desta tela podem ser modificados manualmente
realizando os passos descritos em seguida.
3. Verifique o número do lote de cada nível. Os números dos lotes
podem ser editados pressiondo o ícone do teclado junto ao campo do
lote pretendido.

9-9
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

4. Selecione a ID da solução pretendida na lista apresentada. Esta lista é


composta pelas seguintes opções:
• Analisador ABL80 FLEX: ID das soluções de controle
QUALICHECK 4+ (Níveis 1 - 4) e QUALICHECK
Hematócrito/Metabólitos (Hct Níveis 1 e 2)
• Analisador ABL80 FLEX CO-OX: ID das soluções de controle
QUALICHECK 5+ (Níveis 1-4)
• Outras (para Range+ QUALICHECK ou soluções não-
Radiometer)
NOTA: A detecção automática do nível e a correção da temperatura
não estão disponíveis para as soluções não-Radiometer
5. • O campo da data de validade é ativado ao pressionar a tecla de
verificação respectiva
• Com o campo da data de validade ativo, verifique ou altere a data
usando as setas das caixas.
6.
Pressione a tecla Intervalos para rever os limites inferior e
superior dos intervalos aceitos. Para ajustar estes intervalos posicione
o cursor no campo pretendido e use o teclado para editar o valor.
NOTA: No analisador ABL80 FLEX CO-OX existem duas teclas
para os intervalos. Uma para os campos de introdução para os
parâmetros de gases no sangue, eletrólitos e glicose, e outra para os
campos de introdução de todos os parâmetros de oximetria.

7. Pressione OK para guardar os limites dos intervalos introduzidos.


8. Quando todas as introduções estiverem realizadas pressione OK.

9-10
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Bloqueio pelo QC Manual

Introdução A função de bloqueio pelo QC assinala ou suprime automaticamente os parâmetros


dos resultados das amostras que falhem os critérios de QC aceitos.
Existem três níveis de gestão do controle relativamente à função de bloqueio:
• Bloqueio – Esta opção ativa a função de bloqueio. Quando ativada, o acrônimo
“BLO” substitui o valor de cada parâmetro selecionado sempre que as
medições de QC manual deste parâmetro estejam fora do intervalo de controle.
• Advertência – Esta opção atua em conjunto com a função de Estado do
Sistema. Quando ativada, o parâmetro que estiver fora do intervalo de controle
dará origem a uma mensagem de advertência e fará mudar para amarelo a cor
do semáforo do estado, no menu principal, e a cor do parâmetro afetado, na
barra dos parâmetros. Além disto, aparecerá um ponto de interrogação junto ao
parâmetro que falhou o QC nos resultados de análise de amostras posteriores.
Esta função pode ser usada isoladamente ou em combinação com a função de
bloqueio (BLO). Quando usada em combinação com a função de bloqueio, o
acrônimo BLO substituirá o resultado do parâmetro. O ponto de interrogação
não aparecerá, mas a luz de estado estará amarela.
• Desativar análises – Esta opção atua em conjunto com a função de Estado do
Sistema. Quando ativada, a análise de amostras é desativada sempre que o
parâmetro correspondente falhar os critérios de QC. A luz do estado no menu
principal passará para vermelho. Esta função é dominante em relação às
funções de BLO e de Advertência.
Quando um parâmetro é bloqueado, esta função só pode ser cancelada por uma das
duas ações seguintes:
• A realização de uma análise de QC correta para o parâmetro e nível que
falharam
• A desativação da função de bloqueio do QC para esse parâmetro

Bloqueio pelo Siga os passos seguintes para ativar a função de bloqueio pelo QC.
QC –
Analisador Passo Ação
ABL80 FLEX
1. Selecione Menu  Definições  QC Manual  Bloqueio.
2. Pressione a caixa de verificação de cada parâmetro para ativar a
função de advertência e de bloqueio ou para desativar as análises.
NOTA: Poderá ativar a advertência ou o bloqueio para cada
parâmetro desejado, mas sempre que selecionar a desativação das
análises a advertência e o bloqueio são desativados.
3. Pressione OK quando terminar para guardar as definições.

9-11
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Bloqueio pelo Siga os seguintes passos para ativar a função de bloqueio pelo QC.
QC – Analisador
ABL80 FLEX Passo Ação
CO-OX
1. Selecione Menu  Definições  QC Manual Bloqueio.
2. Selecione o separador desejado. Existe um separador para cada Aviso,
Bloqueio e Desactivar Análises. Cada separador contém uma caixa de
marcação para cada parâmetro.
3. Pressione a caixa de marcação desejada para cada parâmetro para
ativar as opções de aviso, bloqueio e desativação de análises.
NOTA: Pode ser selecionado um parâmetro para ambas opções de
aviso e bloqueio. Quando for selecionada a opção de desativação das
análises, as opções de aviso e de bloqueio são desativadas.
4. Pressione OK quanto terminar para guardar as definições novas.

9-12
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Fator estatístico do QC Manual

Introdução O utilizador pode definir os limites estatísticos para além dos quais os resultados
de QC são excluídos dos cálculos estatísticos. Este fator estatístico aplica-se
unicamente às amostras de QC realizadas manualmente.
O intervalo de controle laboratorial tradicional é a média ± 2DP (dois desvios
padrão) dos pontos de dados. Este intervalo deverá incluir 95.5 % de todos os
valores de medição.
O intervalo estatístico laboratorial comum é a média ± 3SD. Este intervalo inclui
99.7 % de todos os valores de medição.
No analisador o fator estatístico é usado para modificar o intervalo de controle do
QC aceito para determinar o intervalo estatístico para além do qual os resultados
não serão incluídos nos cálculos estatísticos. Por exemplo, se o intervalo aceito for
38 – 42, então, ao multiplicar o valor de 4 por 1.5 deverá resultar num intervalo
estatístico de 37 – 43.
O fator estatístico predefinido é de 1.5 e amplia o intervalo de 2DP para 3DP a fim
de identificar os valores que se incluam nos cálculos estatísticos.

Fator estatístico Siga os passos para introduzir o fator estatístico pretendido.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  QC Manual  Factor estatístico.
2. Use o teclado existente para modificar o fator estatístico como desejar.
Os valores de introdução válidos variam entre 1.0 a 9.9.
3. Pressione OK quando terminar para gravar a nova introdução.

9-13
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Programação do QC Manual

Introdução A função de programação do QC permite ao utilizador estabelecer uma frequência


obrigatória para a realização de medições de controle de qualidade necessárias.
Depois de estar estabelecida a programação de QC, o sistema não realizará a
análise da amostra se já tiver passado a hora da realização do QC. Consulte
Definições Configuração  Estado do sistema mais adiante neste capítulo para
estabelecer um período de aviso antes da medição de QC manual requerida.
O dia da semana, a hora da realização da primeira medição do dia e o intervalo de
tempo entre esta medição e as seguintes, para cada dia, podem ser definidos para
cada nível de controle de qualidade. Também podem ser requeridas medições de
Controle de Qualidade após a substituição de um cassete de eletrodos ou de um
cartucho de soluções ou após a reativação de um parâmetro.

Programação do Siga os passos seguintes para estabelecer a programação do QC manual.


QC
Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  QC Manual  Programação.
NOTA: O analisador ABL80 FLEX CO-OX não inclui as opções Hct
Nível 1e Hct Nível 2.

9-14
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Passo Ação
2.
Pressione a tecla de edição do nível desejado.

3. Escolha a Hora de Início na lista. As opções disponíveis são de hora a


hora num período de 24 horas. A hora selecionada definirá a primeira
vez que o analisador vai requerer o QC todos os dias. As horas
seguintes para o QC requerido durante o dia dependem do intervalo
definido.
4. Introduza um Intervalo da lista. As opções disponíveis são Nunca, 8,
12 e 24 horas. Por exemplo, se a Hora de Início for definida para as
08:00 e o Intervalo para de 8 em 8 horas, então o QC será realizado às
08:00, 16:00 e 24:00 horas.
NOTA: Um Intervalo de Nunca desativará a função de programação
para o nível.
5. Pressione a tecla de verificação junto a cada dia da semana pretendido
(ou pressione Seleccionar todos).
NOTA: Têm que ser sempre selecionados a Hora de início, o
Intervalo e o Dia da semana para definir como obrigatória a
medição de QC manual para um determinado nível.
6. Pressione a caixa de verificação junto à opção de realização
obrigatória do QC depois da instalação de um cassete de eletrodos ou
de um cartucho de soluções e da reativação de parâmetros, se quiser.
7. Pressione OK para guardar as novas definições.
8. Repita para todos os níveis pretendidos.

9-15
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação
9. A tela da Programação do QC Manual apresentará um resumo de
todas as definições para todos os níveis.

10. Depois de definir todos os níveis pressione Fechar para sair da tela de
Programação do QC Manual.

9-16
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Temperatura do QC Manual

Introdução O material de controle de qualidade da Radiometer tem definidas as correções para


as variações da temperatura. A função de temperatura do QC permite ao utilizador
introduzir no analisador a temperatura em que a ampola de QC foi equilibrada. O
analisador procederá à correção do resultado da medição para o valor padrão de 25
ºC.
É muito importante que a temperatura introduzida seja o reflexo correto da
temperatura da ampola. Assegure-se que decorreu o tempo suficiente para o
equilíbrio da temperatura, para garantir que o material de controle de qualidade foi
completamente equilibrado para a temperatura de armazenamento.
Para esta função existem várias opções:
• Uma caixa de diálogo que aparece antes de cada medição de QC manual
pedindo ao utilizador a temperatura do QC manual. Esta é a forma de lembrar
o utilizador que tem que introduzir um valor para cada medição.
• Uma função de retenção que faz com que o valor da temperatura introduzido
seja mantido durante 30 minutos. Desta forma é possível realizar várias
medições sem haver a necessidade de informar a temperatura em cada
medição.
• A predefinição do valor da temperatura. Se não for estabelecido nenhum valor,
a introdução da temperatura é obrigatória. Sem o valor da temperatura
introduzido, o analisador não pode terminar a medição.
NOTA: O analisador ABL80 FLEX CO-OX com a configuração de software OSM
não inclui a função de temperatura manual do QC porque os parâmetros de
oximetria não requerem a correção da temperatura.

Temperatura do Siga os passos para ativar a temperatura do QC e introduzir as definições


QC desejadas.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  QC Manual  Temperatura.

9-17
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação
2. Pressione a caixa de verificação denominada Perguntar antes de cada
análise para ativar uma caixa de diálogo que aparecerá sempre que se
realizar um QC manual. Desta forma o analisador pedirá ao utilizador
que introduza um valor para a temperatura.
3. Pressione a caixa de verificação denominada Reter durante 30
minutos para reter o último valor da temperatura introduzido durante
30 minutos.
4. No campo da temperatura de QC predefinida pressione uma das
opções:
• Nenhuma (Introdução obrigatória) para limpar o campo do valor
da temperatura, tornando obrigatória a introdução da temperatura
• Campo de introdução da temperatura para informar o valor
predefinido da temperatura usando o teclado na tela
5. Pressione OK quando toda a informação estiver inserida.

9-18
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Intervalos RiliBÄK
Introduzir os Siga os passos indicados para estabelecer os intevalos RiliBÄK. Para mais
limites do informação sobre estes intervalos consulte o capítulo 6, Gestão da
intervalo Qualidade/Intervalos RiliBÄK.
RiliBÄK
NOTA: Esta função tem que ser ativada pelo serviço técnico da Radiometer.
Passo Ação
1. Selecione Menu Definições  QC Manual  Intervalos RiliBÄK.

2. No primeiro separador da tela dos Intervalos RiliBÄK pressione a


caixa de verificação para a marcar e ativar a aplicação dos intervalos
RiliBÄK estabelecidos aos resultados do QC manual ou do Ciclo de
Qualidade, consoante desejar.
3. Selecione cada um dos separadores restantes para estabelecer o
intervalo pretendido para cada parâmetro.

NOTA: O analisador ABL80 FLEX CO-OX não inclui um separador


para o Hct; inclui separadores para os parâmetros de oximetria.

9-19
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação
4. Para cada parâmetro estão disponíveis as seguintes opções:
• Tipo de factor – caixa de opções para definir o fator como
“relativo” e “absoluto”. O fator relativo significa que o Fator
introduzido é considerado uma percentagem do valor de QC
atribuído. O valor absoluto significa que o Fator introduzido é um
valor real naquela unidade de parâmetro.
• Factor – valor usado pelo sistema para calcular a amplitude do
intervalo RiliBÄK. Por exemplo, se o fator for definido como
“realtivo” e tiver um valor de 10, o sistema multiplicará por 10% o
valor de QC atribuído e adicionará ou subtrairá esse valor ao valor
atribuído para determinar o intervalo RiliBÄK. Por exemplo, se o
valor do QC atribuído for 40, então o intervalo será:
Intervalo: 40 x 10% = 4
Limite superior: 40 + 4 = 44
Limite inferior: 40 – 4 = 36
O intervalo RiliBÄK novo será 36 – 44
• Intervalo válido – o intervalo de relatório de cada parâmetro pode
ser dividido em segmentos. A cada segmento pode ter aplicado um
fator único.
• Adicionar – tecla na parte inferior da tela que permite ao utilizador
adicionar várias linhas a um único parâmetro. Isto permite a
criação múltiplos segmentos para um parâmetro ao longo do
intervalo de relatório. Quando existirem pelo menos duas linhas,
aparece uma tecla com um sinal de diminuir (-) no final de cada
linha para que esta possa ser eliminada.
5. Quando todas as opções estiverem selecionadas pressione OK.

9-20
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Programação dos Ciclos de Qualidade

Introdução A programação do Ciclo de Qualidade permite ao utilizador selecionar a


frequência dos Ciclos de Qualidade automáticos. As opções existentes são a cada
2, 4 ou 8 horas. A frequência recomendada é de 8 em 8 horas.
O analisador ABL80 FLEX CO-OX com a configuração de software OSM dispõe
de frequências do Ciclo de Qualidade de 2, 4, 8, 12 e 24 horas. A frequência
recomendada é a cada 24 horas.
Sempre que estiver instalado um cassete de eletrodos não-QC3 ou ao usar um
analisador ABL80 FLEX com a configuração de software BASIC, esta seleção
controla a frequência das calibrações a dois pontos.

Programação Siga os passos para definir a programação dos Ciclos de Qualidade.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Ciclo de Qualidade  Programação.
2. Pressione o campo para acessar às hipóteses possíveis (2, 4 ou 8
horas).
3. Selecione a opção pretendida.
4. Pressione OK.

9-21
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Desvio do Ciclo de Qualidade

Introdução A tela de configuração do desvio do Ciclo de Qualidade permite ao utilizador


ativar o relato dos valores do desvio dos resultados que estão fora dos critérios de
aceitação para cada parâmetro. Estes valores são apresentados na tela dos
resultados dos Ciclos de Qualidade.
Quando a função de desvio dos Ciclos de Qualidade está ativada, o ficheiro
gravado de Ciclos de Qualidade incluirá colunas que relatam estes valores de
desvio fora do intervalo.
Quando estiver instalado um cassete de eletrodos não-QC3 ou ao usar um
analisador ABL80 FLEX com a configuração de software BASIC, esta opção não
está disponível.

Programação Siga os passos para acessar aos valores de desvio do Ciclo de Qualidade.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Ciclo de Qualidade  Desvio.
2. Pressione a caixa de verificação para Activar os valores de desvio do
Ciclo de Qualidade.
3. Pressione OK para gravar a seleção feita.

9-22
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Programação de Standby
Introdução A tela de Programação de Standby está disponível apenas nos analisadores
ABL80 FLEX com a configuração de software BASIC e nos analisadores ABL80
FLEX CO-OX com a configuração de software OSM. Esta tela permite ao
utilizador pré-programar os eventos de Standby. A tela contém dois separadores.
Um separador permite que um evento de Standby seja programado para uma data e
hora específicas. O segundo separador permite que um evento de Standby seja
programado recorrentemente para um determinado dia da semana e hora desse dia.
Veja mais informação sobre esta função no Capítulo 5, Calibração.

Programação Siga os passos abaixo para definir uma programação de Standby para uma data e
pela data hora determinadas.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Calibração a dois pontos  Standby.

2. No separador Data/Hora, ative esta função pressionando a caixa de


verificação denominada Activar.
3. Selecione cada campo dos dia, mês e ano em Entrar em Standby e,
em seguida, use as setas subir e descer para os ajustar até a data
desejada ser apresentada. Ajuste a hora da mesma maneira.
4. Repita o procedimento para a data e a hora de Sair de Standby.
5. Quando todas as opções estiverem definidas, pressione OK para
guardar esta programação.

9-23
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Programação Siga os passos abaixo para definir a programação de Standby para dias específicos
por dia da da semana.
semana
Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Calibração a dois pontos  Standby.
2. Selecione o separador Dia da semana.

3. No separador Dia da semana, ative esta função pressionando a caixa


de verificação denominada Activar.
4. Usando as opções proporcionadas pela caixa, selecione o dia da
semana desejado. Também é possível escolher Todos os dias que
ativará a função de Standby todos os dias à hora designada.
5. Selecione a hora e, usando as setas subir e descer, ajuste a hora
pretendida. Repita este processo para os minutos.
6. Selecione o campo Duração e, em seguida, use as setas subir e descer
para o ajustar como desejar. O sistema irá calcular automaticamente e
apresentar a hora e a data de saída com base na informação
introduzida.
• A opção máxima para a duração é de 167 horas (uma hora a menos
que 7 dias) para qualquer um dos dias da semana.
• Quando a escolha para Dia de início for Todos os dias a opção
máxima para a duração é de 23 horas.
7. Use a tecla Adicionar para adicionar linhas. Cada linha está numerada
para ser mais fácil identificada. O sistema permitirá até sete linhas.
8.
Use a tecla para eliminar uma linha, se desejar. A primeira linha
não pode ser eliminada.
9. Quando todas as opções estiverem definidas, pressione OK para
guardar esta programação.

9-24
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Programação da Calibração de tHb


Introdução A tela de programação da calibração de tHb está disponível unicamente no
analisador ABL80 FLEX CO-OX. Esta tela permite ao utilizador estabelecer a
data para a realização da próxima calibração de tHb e estabelecer um intervalo
entre calibrações obrigatórias.
Um intervalo de zero fará com que as calibrações de tHb obrigatórias sejam
desativadas.

Programação Siga os passos seguintes para estabelecer a programação da calibração de tHb.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições Calibração tHb Menu 
Programação.
2. Para definir a Próxima cal programada, selecione os campos do dia,
do mês e do ano, e use as teclas com as setas subir e descer para
ajustar os valores para a data desejada.

3. Para modificar o intervalo, use o teclado na tela. Os valores de


introdução permitidos variam entre 0 e 180 dias.
O intervalo recomendado é de 90 dias. A seleção de 0 desativa
efetivamente a função.
4. Quando todas as seleções estiverem feitas, pressione OK.

9-25
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Data/hora
Introdução O analisador possui uma tela que permite ao utilizador modificar a data e a hora.
ADVERTÊNCIA: Assegure-se que tanto a data como a hora do analisador estão corretas antes de
instalar o cassete de eletrodos. Se a data e a hora não estiverem corretas os
valores de calibração serão afetados, podendo levar a resultados de amostra
incorretos.
PRECAUÇÃO: Redefinir a data do analisador recuando pelo menos um dia completo fará com
que o sistema altere o estado da instalação de ambos os consumíveis para não
instalados. O cassete de eletrodos terá que ser instalado novamente, mas o
cartucho de soluções já não poderá voltar a ser usado.
Definir a data e Siga os passos para alterar a data e a hora atualmente definidas no analisador.
a hora
Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Configuração  Data/Hora.
2. Existem dois separadores, um para a data e outro para a hora.
3. Pressione o separador da Data para definir o seguinte:
• Selecione o dia, o mês e o ano, usando as setas subir/descer para
ajustar o valor. Se pressionar as teclas com as setas
prolongadamente os valores mudarão rapidamente.
• Pressione a tecla da lista denominada Formato para selecionar o
formato pretendido de apresentação da data. Os formatos
existentes são:
– M/d/aaasa
– M/d/aa
– MM/dd/aa
– MM/dd/aaaa
– aa/MM/dd
– aaaa-MM-dd
– dd-MMM-aa
• No canto superior esquerdo do separador poderá ver um exemplo
do aspecto de cada formato.
4. Pressione o separador da Hora para fazer as seguintes escolhas:
• Selecione a hora, os minutos, os segundos ou o campo am/pm
pretendidos e ajuste o valor usando as teclas com as setas
subir/descer. Se pressionar as teclas com as setas
prolongadamente os valores mudarão rapidamente.
• Pressione a tecla de acesso à lista de opções de Formato e
selecione o formato pretendido de visualização da hora
• No canto superior esquerdo do separador poderá ver um exemplo
do aspecto de cada formato.
5. Pressione OK.

9-26
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Unidades
Introdução O analisador ABL80 FLEX possibilita a escolha de uma série de opções para as
unidades dos parâmetros medidos, derivados e introduzidos.

A seguinte tabela contém uma lista com as unidades disponíveis em todos os


analisadores das versões ABL80 FLEX. A primeira coluna das Unidades
disponíveis apresenta as predefinições.
Parâmetro Unidades disponíveis
pCO2 mmHg kPa
pO2 mmHg kPa
+
cNa mmol/L meq/L
cK+ mmol/L meq/L
cCa2+ mmol/L meq/L mgdL
-
cCl mmol/L meq/L
cGlu mmol/L mg/dL
cLac mmol/L meq/L mg/dL
ctHb mmol/L g/dL g/L
ctO2 Vol% mmol/L mL/dL
ctCO2 mmol/L Vol% mL/dL
Temperatura Grau Centígrado Grau Fahrenheit
Parâmetros Derivados mmol/L meq/L
Pressão Barométrica mmHg kPa
Peso lbs kg
Altura polegadas cm m
Peso ao nascer g kg oz

9-27
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Analisador O analisador ABL80 FLEX CO-OX proporciona as seguintes opções de unidades


ABL80 FLEX adicionais. A primeira coluna das Unidades disponíveis corresponde à predefinição.
CO-OX
Parâmetro Unidades disponíveis
Oximetria % Fração
Hct % Fração
BO2 Vol% mmol/L mL/dL
· mL/mim mmol/mim
D O2
· mL/mim mmol/mim
VO2
FShunt % Fração
RI % Fração
pO2(a/A) % Fração
FO2(I) % Fração

Seleção das Siga os passos para selecionar as unidades pretendidas para cada parâmetro.
unidades
Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Configuração  Unidades.
2. Selecione as unidades pretendidas para cada categoria pressionando as
teclas de acesso às listas. No analisador ABL80 FLEX CO-OX
navegue através dos diferentes separadores para localizar todos os
campos desejados.
3. Pressione OK quando todas as opções tiverem sido definidas.

9-28
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Comunicação de dados

Introdução Todas as versões do analisador ABL80 FLEX podem comunicar com sistemas
externos ligados em rede usando uma variedade de protocolos de transferência de
dados. A tela da Comunicação de Dados permite configurar estas definições;
contém os seguintes separadores:
• Definições da rede – introduzir informação relativa ao nome do computador e
ao endereço da rede
• RADIANCE/AQURE – ativar a comunicação com o sistema de gestão de
dados da Radiometer, o RADIANCE/AQURE
• SIH/SIL – ativar a comunicação com sistema de informação do hospital ou do
laboratório. Esta tela proporciona as especificações de ligação necessárias
• Requerer dados – configurar as características de consulta de dados dos
pacientes à rede
• Portal QA – ativar uma ligação ao Portal QA da Radiometer
• Assistência Remota – ativar uma ligação que permite o controle externo do
analisador, para utilização do pessoal de serviço técnico da Radiometer
• Aprovação – ativar a aprovação dos resultados antes da transmissão aos
SIH/SIL

Definições da Siga os passos para introduzir os nomes e os endereços de rede específicos para o
rede analisador.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Configuração  Comunicação de
Dados.
2. A tela mostrará primeiro o separador Configuração da rede.

9-29
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação

3. Os primeiros dois campos podem ser editados usando o teclado


acessado ao pressionar a respectiva tecla. Estes campos são:
• Nome do analisador – nome definido pelo utilizador para este
analisador, pode ter até 20 caracteres. Este nome será enviado
sempre que houver comunicação em rede. Também aparecerá nas
impressões das análises. O nome predefinido é o número de série
do analisador. A finalidade deste campo é proporcionar ao
utilizador a identificação fácil e rápida do analisador.
• Nome do computador – o nome de identificação do computador
do analisador na rede
4. As duas opções seguintes incluem teclas de ativação e três campos de
texto. Estes campos incluem:
• Teclas para escolher uma de duas hipóteses – Obter um endereço
IP via DHCP e Especificar um endereço IP
• Os três campos de texto só estão ativos quando se opta por ativar a
hipótese Especificar um endereço de IP. Cada campo tem o seu
próprio teclado numérico para a introdução de dados. Estes
campos são
 Endereço IP
 Mascara de sub-rede
 Gateway preferida
5. Os restantes campos também incluem teclas de ativação e dois campos
de texto. Estes campos são:
• Teclas para optar entre duas hipóteses – Obter IP do servidor DNS
automaticamente e Usar as seguintes IP do servidor DNS
• Dois campos de texto usados manualmente para introduzir as IP
do servidor DNS. Estes campos são
 DNS Primário
 DNS Secundário
6. Continue para o separador seguinte ou pressione OK para guardar a
informação.
7. Sempre que todas as opções deste separador, exceto o Nome do
analisador, forem alteradas e a tecla OK for pressionada, o analisador
indicará que as ligações atuais têm que ser encerradas e que o
analisador tem que ser reiniciado para que as alterações passem a estar
ativas.

9-30
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

RADIANCE/ O separador RADIANCE/AQURE é usado para ativar uma ligação a este sistema
AQURE de gestão de dados RADIANCE/AQURE.
Siga os passos para introduzir a informação específica para a ligação.

Passo Ação
1. Selecione o separador Radiance na tela da Comunicação de Dados.

2. Pressione a tecla Activar para ativar a opção de comunicação


RADIANCE/AQURE.
3. Para introduzir um código de acesso único para a comunicação
RADIANCE/AQURE:
• Pressione a tecla do teclado junto ao campo Código de acesso
• Introduza o código desejado
• Pressione OK
4. Para introduzir um endereço TCP/IP:
• Pressione a tecla do teclado junto a campo Endereço TCP/IP ou
Host
• Introduza a informação desejada
• Pressione OK
5. Para introduzir o número da porta:
• Pressione a tecla do teclado junto ao campo Número Porta TCP/IP
• Introduza a informação desejada
• Pressione OK

9-31
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação
6. Selecione o tempo de espera pretendido, em segundos, para voltar a
tentar estabelecer a ligação sempre que a ligação à rede se perca. As
opções disponíveis são:
• 15
• 30
• 60
• 120
• 180
• 240
• 300
7. Selecione o tempo limite, em minutos, que o sistema vai esperar até
deixar de tentar entrar em contato com a rede.
• Analisador ABL80 FLEX: As hipóteses disponíveis são 15, 30 e
60 segundos e 3 - 15 minutos.
• Analisador ABL80 FLEX CO-OX: As hipóteses disponíveis são
0.25, 0.5 e 1 - 15 minutos.
8. Selecione o número máximo de vezes que o sistema irá tentar
retransmitir o pacote de informação que falhou. As opções disponíveis
são entre 0 - 3 tentativas.
9. A codificação para o sistema RADIANCE/AQURE é apresentada
neste separador e é ISO-8859-1.
10. Quando estiverem todas as opções selecionadas, pressione OK para
sair da tela e guardar a informação.
• Aparecerá uma caixa de mensagens com o seguinte:
Se alterar as definições de comunicação irá fechar todas as
ligações actuais, podendo demorar alguns segundos. Deseja
continuar?
• Pressione Sim para continuar ou Não para regressar à tela da
Comunicação de dados.

9-32
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

SIH/SIL O separador SIH/SIL pode ser usado para ativar e estabelecer um número
ilimitado de tipos de ligação. Siga os passos seguintes para introduzir a informação
específica da ligação.

Passo Ação
1. Selecione o separador SIH/SIL na tela da Comunicação de dados.

2. Para ativar uma ligação, pressione a tecla de verificação denominada


Activar no canto superior esquerdo da tela.
3. É possível atribuir a cada ligação um nome definido pelo utilizador.
Este nome pode ser introduzido no campo de texto “Nome da ligação”
situado no canto superior direito da tela. O nome predefinido é
SIH/SIL. O nome introduzido passará a ser a designação do separador.
4. Selecione o protocolo de nível alto e o protocolo de nível baixo
usando as listas acessadas pelas teclas com as setas.
5. Selecione a codificação pretendida da lista apresentada. Esta lista é
específica para o país e baseia-se no idioma selecionado.
6. Pressione Definições para selecionar as diferentes opções do protocolo
de nível baixo escolhido. Quando todas as definições tiverem sido
introduzidas, pressione OK.

9-33
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação
7. As especificações disponíveis dependem do protocolo de nível baixo
selecionado.
a. As opções para o protocolo de nível baixo Série são:
• Taxa de transmissão – as opções são 300, 1200, 2400, 4800,
9600, 14400, 19200 e 38400
• Bits de Dados – as opções são 5, 6, 7 e 8
• Bits de Paragem – as opções são 1, 1.5 e 2
• Paridade – as opções são Nenhuma, Ímpar, Par, Marca e
Espaço
• Teclas para selecionar entre dois formatos de transmissão
diferentes que são:
 Usar ETX em todos os registros (ASTM Padrão)
 Usar ETB em todos os registros exceto no último
(Radiometer Clássico)
b. As opções para o protocolo de nível baixo TCP/IP são:
• Endereço ou nome de host – introdução alfanumérica
• Número da porta – introdução numérica
• Voltar a ligar em – as opções são 15, 30, 60, 120, 180, 240 e
300 segundos. Especifica a frequência das tentativas de voltar
a estabelecer a ligação com a rede quando esta se perde.
• Tempo limite – a quantidade de tempo que o analisador pode
esperar até ter uma resposta da rede. As opções são 15, 30 e 60
segundos, e de 3 a 15 minutos para o analisador ABL80 FLEX
e 0.25, 0.5 e 1-15 minutos para o analisador ABL80 FLEX
CO-OX
• Max. Retransmissões – o número máximo de vezes que o
analisador irá tentar retransmitir o mesmo conjunto de
informação à rede
• Caracter de início de msg – uma lista com os possíveis
caracteres de início de cada mensagem
• Caracter de fim de msg – uma lista com os possíveis caracteres
de fim de cada mensagem
8. Dentro do campo das Transmissões existe uma caixa de verificação
que permite ativar a transmissão da informação editada. Pressione esta
caixa se quiser ativar esta função.

9-34
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Passo Ação
9. Ainda dentro deste campo, existe um conjunto de caixas de
verificação que definem os tipos específicos de registros para a
transmissão automática. Os registros são:
• Paciente
• QC Manual
• Ciclos de Qualidade (não disponível com a configuração de
software BASIC)
• Cal a 2 pts
• Cal tHb (só analisador ABL80 FLEX CO-OX)
NOTA: Se a transmissão de dados for temporariamente perdida, o
sistema irá sincronizar automaticamente todos os dados assim que a
transmissão for restabelecida.
10. No canto inferior esquerdo da tela existe uma tecla denominada
Adicionar canal que serve para adicionar os canais SIH/SIL
desejados. Quando é pressionada, o sistema acrescenta mais um
separador para indicar que foi estabelecida mais uma ligação deste
tipo.
Quando se cria a segunda ligação SIH/SIL, passa a existir a tecla
Eliminar canal para se poder eliminar o separador.
11. Depois de todas as definições estarem introduzidas pressione OK ou
selecione outro separador.

Requerer dados O separador Requerer dados permite ao utilizador configurar as opções de


consulta. Siga os passos para selecionar as opções pretendidas.

Passo Ação
1. Selecione o separador Requerer dados na tela Comunicação de
Dados.

9-35
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação
2. Usando a caixa de opções, selecione a ligação de comunicação
pretendida para as consultas. As opções dependerão dos tipos de
ligação definidos pelo utilizador nos separadores Radiance e
SIH/SIL.
3. A informação do paciente pode ser consultada com base na ID do
Paciente, na ID da Amostra e no Departamento (Pac). Pressione as
caixas de verificação respectivas para ativar esta função.
4. Quando toda a informação estiver introduzida, pressione OK ou
selecione outro separador.

Portal QA O separador Portal QA permite ao utilizador ativar e configurar uma ligação ao


Portal QA da Radiometer. Siga os passos para selecionar as definições pretendidas.

Passo Ação
1. Selecione o separador Portal QA na tela de Comunicação de Dados.

2. Para ativar o envio automático de dados wdc para o Portal QA,


marque a caixa de verificação Activar.
3. Para estabelecer uma ligação ao Portal QA, use a tecla do teclado para
introduzir o Endereço TCP/IP ou Host. O envio manual dos dados
WDC para o Portal QA requer unicamente a introdução do endereço
TCP/IP. Não é necessário marcar a tecla Activar.

9-36
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Passo Ação
4. Modifique as seguintes opções segundo a necessidade:
• Número da porta – introdução numérica
• Voltar a ligar em – as opções são 15, 30, 60, 120, 180, 240 e
300 segundos. Especifica a frequência das tentativas de voltar
a estabelecer a ligação com a rede quando esta se perde.
• Tempo limite – a quantidade de tempo que o analisador pode
esperar até ter uma resposta da rede. As opções são 15, 30 e 60
segundos, e 3 - 15 minutos para o analisador ABL80 FLEX, e
0.25, 0.5 e 1 - 15 minutos para o ABL80 FLEX CO-OX
• Max. Retransmissões – o número máximo de vezes que o
analisador irá tentar retransmitir o mesmo conjunto de
informação à rede
5. Quando todas as selecões estiverem feitas pressione OK ou escolha
outro separador.

Assistência O separador Assistência remota permite ao utilizador iniciar a sessão no


Remota analisador a partir de um local distante. Esta função é opcional e tem que ser
instalada separadamente. Por favor, contate o representante local da Radiometer
para instalar esta função.
A assistência remota proporciona assistência ao utilizador ao permitir que o
Serviço Técnico da Radiometer solucione ocorrências no analisador remotamente.
Serve-se do NetOp® (Danware Data A/S) para proporcionar acesso e controle
externos às telas do analisador.
Siga os passos para abrir um portal de comunicação e ativar esta função.

Passo Ação
1. Selecione o separador Assistência remota na tela de Comunicação
de Dados.

9-37
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação
2. Pressione a tecla de marcação Activar Assistência Remota para
ativar esta função.
3. Pressione OK ou selecione outro separador.

Aprovação O separador de Aprovação permite ao utilizador ativar a aprovação dos resultados


do paciente antes de enviar esses resultados para os SIL/SIH. Siga os passos
indicados abaixo para ativar a função de aprovação.
Quando ativada, uma tecla de aprovação aparecerá na tela dos resultados do
paciente. Esta tecla permite ao utilizador definir o estado de cada amostra para
aprovada, rejeitada ou reanalisada. Só as amostras aprovadas são enviadas para os
SIL/SIH.
Também é possível aprovar ou rejeitar uma amostra a partir da tela de gestão de
dados do RADIANCE/AQURE.
NOTA: Assim que o estado for selecionado, o resultado da amostra já não poderá
ser editada.

Passo Ação
1. Selecione o separador Aprovação na tela de Comunicação de Dados.

2. Pressione a tecla de marcação Activar Aprovação do Resultado para


ativar a função.
3. Pressione OK ou selecione outro separador.

9-38
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

FlexLink
Introdução A tela de configuração do FlexLink contém dois separadores que permitem ao
utilizador definir as limitações para o tempo de espera da amostra e o conteúdo da
tela de pré-registro da amostra.

Logística O separador da Logística permite ao utilizador ativar a função de FlexLink e


definir as limitações do tempo de espera da amostra.
NOTA: Tem que ser configurada uma ligação RADIANCE/AQURE antes de ativar
o FlexLink.
NOTA: A informação sobre o tempo de espera da amostra recebida da
transmissão RADIANCE/AQURE FlexLink substituirá as mesmas definições
introduzidas no analisador.
Siga os passos seguintes para ativar o FlexLink.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Configuração  FlexLink.

2. Pressione a tecla de marcação Activar FlexLink para ativar esta


função.
3. Pressione a tecla Activar o cálculo do tempo de espera da amostra
(min.) para ativar esta função. Depois de ativada, use a tecla do
teclado numérico junto a cada parâmetro para introduzir o tempo
pretendido. O intervalo permitido é de 1-100 minutos.
NOTA: O analisador ABL80 FLEX CO-OX incluirá as opções para
todos os parâmetros de oximetria para além dos apresentados na
imagem (excluindo Hct).
NOTA: O analisador ABL80 FLEX com a configuração de software
BASIC não inclui o parâmetro cGlu visto na imagem do passo 1.
4. Pressione OK ou selecione outro separador.

9-39
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Pré-registro O separador do Pré-registo permite ao utilizador selecionar o campo de base de


consulta da informação do paciente. Também permite ao utilizador definir o
conteúdo da tela de pré-registro da amostra tal como este é visto durante a análise
da amostra.
Siga os passos para configurar a tela de pré-registo.

Passo Ação
1. Selecione o separador Pré-registo na tela FlexLink.

2. Selecione o campo (ID do Dispositivo ou ID da Amostra) para definir


a base de consulta do FlexLink ao sistema RADIANCE/AQURE
pressionando o respectivo botão.
3. Pressione as diferentes teclas de marcação para ativar ou desativar os
campos que pretende incluir na tela de pré-registro da amostra.
4. Pressione OK ou selecione outro separador.

9-40
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Mensagem do sistema
Introdução A função de Mensagem do analisador permite ao utilizador introduzir uma
mensagem que irá aparecer na tela do menu principal.
Quando o analisador estiver ligado ao sistema RADIANCE/AQURE, esta
mensagem também aparecerá no sistema RADIANCE/AQURE. A mensagem
também pode ser introduzida no sistema RADIANCE/AQURE para ser vista na
tela do menu principal do analisador.
Siga os passos indicados para introduzir uma mensagem no analisador.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Configuração  Mensagem do
Analisador.

2. Usando o teclado, introduza uma mensagem até 100 caracteres.


3. Pressione OK.
4. A mensagem estará visível na tela do menu principal.

9-41
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Estado do sistema
Introdução Esta tela de configuração permite ao utilizador definir os valores limite que fazem
o semáforo do menu principal mudar de verde para amarelo. A luz amarela signifi-
ca que o analisador está atualmente pronto para as análises de amostras, mas avisa
o utilizador que existe alguma ação pendente que tem que ser realizada rapida-
mente para que o analisador continue disponível para a realização de análises.
NOTA: Ao selecionar 0 (zero) esta função de aviso é efetivamente desativada. A
opção de seleção de zero só está disponível em QC Manual, Ficheiros de dados,
Manutenção de dados e CO-OX, tal como se vê abaixo.
As opções possíveis são:
• Cassete de eletrodos
Tempo até o cassete caducar (horas): 1-96 horas
Testes restantes no cassete: 1-150 testes
• Cartucho de soluções
Tempo até o cartucho caducar (horas): 1-96 horas
Ciclos de solução 1 restantes: 1-100 ciclos
Ciclos de solução 2 restantes: 1-100 ciclos
Ciclos de solução 3 restantes: 1-100 ciclos
Ciclos de solução 4 restantes: 1-100 ciclos
• QC Manual
Tempo até o lote de QC caducar (dias): 0-60 dias
Tempo até ser requerido um QC (minutos): 1-480 minutos
• Ficheiros de dados
Número de registros de pacientes restantes: 0-100
Número de registros de Ciclos de Qualidade restantes: 0-100
Número de registros de Cal 2 pts restantes: 0-100
Número de registros de QC manual restantes: 0-100
Número de registros de evento restantes: 0-500
Número de registros de segurança restantes: 0-500
• Manutenção de dados
Tempo até ser realizada uma manutenção de dados: 0-96 horas
• CO-OX (só analisador ABL80 FLEX CO-OX)
Tempo até ser realizada uma calibração de tHb: 0- 7 dias

9-42
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Estado do Siga os passos para introduzir os valores limite pretendidos para a luz do semáforo.
sistema
Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Configuração  Estado do Sistema.
2. Pressione o separador desejado para introduzir os valores limite
necessários, usando o teclado existente.
3. Pressione OK quando tiver introduzido todos os valores.
NOTA: Uma medição de QC manual realizada durante o período do
aviso “Tempo até ser requerido um QC” cumprirá o evento de QC
requerido. Se o QC manual for realizado antes do período de aviso,
será necessário realizar a medição à hora previamente programada.

9-43
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Correlação

Introdução Esta tela de configuração permite ao utilizador ajustar matematicamente os


resultados analíticos do analisador com base nos resultados de um analisador de
referência ou no material de referência. Os coeficientes de correlação podem ser
especificados pelo declive e pelo offset (intercepção com o eixo dos Y) de cada
parâmetro medido.
O estabelecimento dos valores de correlação requer um estudo de comparação
realizado cautelosamente entre o analisador ABL80 FLEX (qualquer versão) e o
analisador de referência. É necessário um número significativo de amostras (pelo
menos 30) situadas dentro do intervalo de relatório para se obter resultados
estatísticos confiáveis. Os dados do analisador ABL80 FLEX deverão ser
interpretados como a variável independente (x) e os dados do analisador de
referência deverão ser interpretados como a variável dependente (y).
A fórmula básica desta relação é:
y = mx + b
onde
y = analisador de referência
m = declive
x = resultado do ABL80 FLEX
b = offset

Modos de O software proporciona três modos diferentes de aplicação dos valores de


correlação correlação.
O modo Sangue aplica quaisquer valores de correlação introduzidos às amostras
dos pacientes identificadas como arteriais, venosas, venosas mistas ou capilares.
O modo de hemodiluição aplica o valor de correlação somente ao resultado do Hct
e sobrepõe-se a qualquer correlação de Hct introduzida no modo Sangue. Destina-
se à correção do valor medido relativamente às variações observadas durante os
estados de hemodiluição elevada, como durante o bypass cardiopulmonar.
O modo Outros Fluidos aplica quaisquer valores de correlação introduzidos a
quaisquer amostras de pacientes identificadas como “outros fluidos”.

Valores Os valores predefinidos para o declive e para o offset em todos os modos são 1.00 e
predefinidos 0.0 respectivamente. A função de correlação só está ativada para cada parâmetro se
forem introduzidos valores diferentes de 1.00 e 0.0.
Estes valores de correlação não afetam as medições manuais de QC.

Unidades de Os valores introduzidos para o offset devem ser introduzidos na unidade de


medição medição de cada parâmetro, tal como selecionado na tela da configuração das
Unidades.

9-44
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Intervalos de A tabela seguinte apresenta os intervalos para os valores de introdução permitidos


introdução para para o modo sangue.
o modo Sangue
Parâmetro Declive (m) Offset (b)
pH 0.80–1.20 ±0.05
pCO2 0.80–1.20 ±10 mmHg
pO2 0.80–1.20 ±20 mmHg
±10 mmol/L
+
cNa 0.80–1.20
±1.0 mmol/L
+
cK 0.80–1.20
±1.00 mmol/L
2+
cCa 0.80–1.20
±10 mmol/L
-
cCl 0.80–1.20
cGlu 0.75–1.25 ±5 mmol/L
cLac 0.75–1.25 ±5 mmol/L
Hct 0.50–1.50 ±15%
ctHb 0.962–1.038 N/A
sO2 0.900–1.100 ±5.0%
FO2Hb N/A N/A
FCOHb N/A ±5.0%
FMetHb N/A ±5.1%

Intervalo de O modo de correlação da hemodiluição é aplicado às amostras de paciente que


introdução para estão hemodiluídas como, por exemplo, as colhidas durante cirurgias ao coração
o modo de com o paciente em bypass cardiopulmonar.
Hemodiluição
Durante os períodos em que a hemodiluição é elevada, os níveis de proteínas no
sangue são reduzidos, por isso, as medições do hematócrito com base em métodos
de condutividade podem apresentar valores de bias quando comparadas com os
resultados de um método de referência de base não condutométrica. O uso do
modo de correlação da hemodiluição permite que as medições do hematócrito
realizadas no analisador ABL80 FLEX sejam ajustadas para serem correlacionadas
com outro método de referência.
A seguinte tabela apresenta o intervalo dos valores de introdução permitidos para o
modo de Hemodiluição só para o analisador ABL80 FLEX.

Parâmetro Declive (m) Offset (b)


Hct 0.10–10.00 ±10%

Intervalo de O modo de correlação para os outros fluidos é usado com amostras diferentes das
introdução para amostras de sangue total humano.
o modo Outros
PRECAUÇÃO: A análise de outros fluidos (urina, fluido pleural, dialisado, etc.)
Fluidos
ainda não foi caracterizada ou validada no analisador ABL80 FLEX (todas as
versões). Portanto, a validação e as características de funcionamento dos fluidos
diferentes do sangue humano total heparinizado são da responsabilidade do
utilizador. Os dados usados para estabelecer as correções definidas pelo

9-45
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

utilizador devem cobrir o intervalo de medição desejado e incluir a avaliação da


linearidade.
A tabela apresenta os intervalos de introdução dos valores permitidos para o modo
outros fluidos. Assume-se que a amostra é de outra substância diferente de sangue
total e, portanto, o hematócrito e os parâmetros de oximetria são omitidos.

Parâmetro Declive (m) Offset (b)


pH 0.10–10.00 ±1.00
pCO2 0.10–10.00 ±30 mmHg
pO2 0.10–10.00 ±50 mmHg
±100 mmol/L
+
cNa 0.10– 10.00
±10.0 mmol/L
+
cK 0.10–10.00
±10.00 mmol/L
2+
cCa 0.10–10.00
±100 mmol/L
-
cCl 0.10–10.00
cGlu 0.10–10.00 ±30 mmol/L
cLac 0.10–10.00 ±30 mmol/L

Introduzir os Siga os passos para introduzir os valores de correlação desejados.


valores de
correlação do Passo Ação
sangue 1. Selecione Menu  Definições  Configuração  Correlação.
2. No separador Sangue, ponha o cursor no campo pretendido. Usando o
teclado existente, introduza o valor.
3. Pressione OK ao terminar ou escolha outro separador.

9-46
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Introduzir os Siga os passos para introduzir os valores de correlação pretendidos. Este separador
valores de só está disponível no analisador ABL80 FLEX.
correlação da
hemodiluição Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Configuração  Correlação.
2. Pressione o separador Hemodiluição.

3. Ponha o cursor no campo pretendido. Usando o teclado existente,


introduza os valores de declive e de offset. Sempre que for introduzido
um valor diferente de 1.0 ou de 0, aparece uma caixa de verificação na
tela da aspiração da amostra para ativar/desativar esta função em cada
análise.
4. Pressione a tecla de ativação pretendida ou escolha uma das três
hipóteses disponíveis:
• Aplicar factor de correlação – o fator de correlação da
hemodiluição será ativado por defeito nas análises de amostras. Se
quiser, esta opção pode ser desativada na tela da aspiração
• Não aplicar factor – o fator de correlação da hemodiluição estará
desativado por defeito nas análises de amostras. Se quiser, esta
opção pode ser ativada na tela da aspiração.
• Perguntar antes de cada análise – a escolha desta hipótese fará
aparecer uma caixa de diálogo sempre que for pressionada a tecla
Análise. O utilizador tem que responder à pergunta “Deseja
aplicar o factor de correlação da hemodiluição (Hct)?” antes de
prosseguir para a tela da aspiração.
5. Pressione OK ao terminar ou escolha outro separador.

9-47
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Introduzir os Siga os passos para introduzir os valores de correlação pretendidos.


valores de
correlação para Passo Ação
os outros fluidos
1. Selecione Menu  Definições  Configuração  Correlação.
2. Pressione o separador Outros Fluidos.
3. Ponha o cursor no campo desejado. Usando o teclado existente,
introduza os valores de declive e de offset.
NOTA: Estes valores só serão aplicados aos resultados das amostras
que forem identificados como sendo do tipo de amostra Outros.
4. Pressione OK ao terminar ou escolha outro separador.

9-48
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Apagar registros
Introdução O utilizador pode selecionar o método para apagar os registros de pacientes e de
QC manual quando o número de registros atingir a capacidade máxima. As duas
opções possíveis quando o número máximo de registros é atingido são apagar
automaticamente o registro mais antigo ou desativar as análises de pacientes ou de
QC manual. A quantidade máxima permitida para cada é de 500 registros.
Os outros tipos de registros (i.e., Ciclos de Qualidade, Cal a 2 pts, Calibração de
tHb, Verificação do Cassete, Eventos, Verificações do Sistema e Segurança) são
apagados automaticamente assim que é atingido ao número máximo de registros
gravados. Antes destes registros atingirem o número máximo, deverá gravá-los e
apagá-los manualmente para evitar perder os registros mais antigos. Consulte o
capítulo 7, Registros de Dados/Gravar para obter mais informação sobre o
processo de gravação e eliminação de registros.
Configuração de Siga os passos para introduzir as definições pretendidas para apagar os registros.
Apagar
Passo Ação
Registros
1. Selecione Menu  Definições  Configuração  Apagar Registos.
2. Selecione as definições para os resultados dos pacientes pressionando
as teclas de ativação das opções
• Autoapagar o registro mais antigo – quando o ficheiro da base de
dados atinge na sua capacidade máxima, o analisador apaga
automaticamente o registro de paciente mais antigo para
armazenar o registro novo. O utilizador não é avisado desta
eliminação.
• Desativar as Análises até serem apagados registros de pacientes –
quando o ficheiro da base de dados atinge a sua capacidade
máxima, o analisador desativa a função de Análise até ser apagado
algum registro do ficheiro. Para apagar estes registros veja como
atua a função Gravar no capítulo 7.
NOTA: O utilizador pode escolher ser avisado, através da luz
amarela no semáforo de estado, que os registros estão a atingir a sua
capacidade máxima. Veja o tema Estado do Sistema descrito
anteriormente neste capítulo.
3. Selecione as definições para os resultados do QC manual
pressionando as teclas de ativação das opções:
• Autoapagar o registro mais antigo – quando o ficheiro da base de
dados atinge a sua capacidade máxima, o analisador apaga auto-
maticamente o registro de QC manual mais antigo para armazenar
o registro novo. O utilizador não é avisado desta eliminação.
• Desativar o QC manual até serem apagados registros de QC
manual – quando o ficheiro da base de dados atinge a sua
capacidade máxima, o analisador desativa a função de QC manual
até ser apagado algum registro do ficheiro. Para apagar estes
registros veja como atua a função Gravar no capítulo 7.
NOTA: O utilizador pode escolher ser avisado, através da luz
amarela no semáforo de estado, que os registros estão a atingir a sua
capacidade máxima. Veja o tema Estado do Sistema descrito
anteriormente neste capítulo.
4. Pressione OK quando terminar.

9-49
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Configuração do Menu Principal

Introdução A tela da Configuração do Menu Principal dá ao utilizador duas opções de


personalização do menu principal. Uma opção ativa o menu principal simplificado
que proporciona uma única tecla de Análise, de grande formato, na tela do menu
principal. A segunda opção ativa uma série de ícones (Teclas Rápidas) que
permitem navegar diretamente para o respectiva tela.

Menu principal Siga os passos para ativar um menu principal simplificado.


simplificado
Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Configuração  Configuração do
Menu Principal.

2. No separador Menu Principal Simplificado pressione a tecla de


verificação junto a Activar um menu principal simplificado para
ativar esta função.

9-50
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Passo Ação

3. Quando ativado, o menu principal tem o seguinte aspecto:

NOTA: Nos analisadores ABL80 FLEX com o software FLEX e nos


analisadores ABL80 FLEX CO-OX com o software CO-OX, ao ativar-
se o menu principal simplificado, desativa-se automaticamente
quaisquer teclas rápidas que tenham sido ativadas.

Teclas Rápidas Siga os passos para selecionar e ativar as teclas rápidas.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Configuração  Configuração do
Menu Principal.
2. Selecione o separador das Teclas Rápidas.

9-51
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação
3. Escolha todas as teclas pretendidas entre as Teclas Rápidas
Disponíveis no lado esquerdo da tela. Quando terminar, a pequena
caixa de verificação junto a cada ícone estará assinalada com uma
marca.
4. Pressione a tecla com a seta para a direita para adicionar estas
escolhas à lista de Teclas Rápidas.
5. Para ordenar a disposição das teclas rápidas selecionadas:
• Pressione a tecla a mover; o ícone ficará escuro, identificando-a
como selecionada
• Use as teclas com as setas subir e descer, no lado direito da lista
para a mover para cima ou para baixo na lista.
6. Para retirar a tecla rápida da lista escolhida:
• Pressione todas as teclas rápidas que pretende remover; a pequena
caixa de verificação junto a cada ícone mostrará a marca de
verificação que indica que a tecla foi selecionada
• Use a seta para a esquerda (entre a lista de Teclas Rápidas e as
Teclas Rápidas Disponíveis) para retirar as seleções marcadas da
lista
7. Depois de terem sido feitas todas as escolhas, pressione OK. O menu
principal irá agora conter uma coluna com as teclas rápidas
selecionadas. Quando estas teclas forem pressiomadas, o software irá
abrir diretamente a tela relativo à tecla rápida desejada.

9-52
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Relatórios

Introdução A seção dos relatórios inclui os seguintes três telas.


Campos de Introdução que permite ao utilizador configurar os campos que
aparecerão nos relatórios. Também permite que o utilizador defina cada campo
como de preenchimento obrigatório, se desejar, e que a introdução feita seja retida.
Impressão que permite ao utilizador configurar a impressão das análises de
amostras e do QC manual. Esta tela só está disponível nas versões de software
< 3.0.
Opções do Relatório permite ao utilizador configurar o formato do relatório do
paciente tanto na tela como na impressão, assim como configurar outras opções de
impressão. Esta tela só está disponível nas versões de software ≥ 3.00.
Gravar Configuração do Paciente permite ao utilizador limitar os valores
introduzidos e derivados a incluir no ficheiro de gravação do paciente.

9-53
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Relatórios – campos de introdução

Introdução A tela de configuração possui vários separadores. Estes separadores permitem ao


utilizador escolher quais os campos de informação do paciente e da amostra que
estarão ativos durante a análise da amostra. Outro separador inclui as predefinições
para o tipo de amostra (todas as versões do analisador) um valor predefinido para a
hemoglobina (ctHb(d)) (todas as versões do analisador), e opções para a ativação
da omissão do intervalo de oximetria e para a aplicação da correção da
hemoglobina fetal (só analisador ABL80 FLEX CO-OX). O último separador dá a
opção de definir painéis de parâmetros para usar durante a medição de amostras.
Todos os campos de introdução possíveis para as análises das amostras podem ser
ativados, definidos como de preenchimento obrigatório e retidos.

O analisador apresentará um símbolo de obrigatoriedade junto a qualquer


campo designado como de preenchimento obrigatório. O utilizador não poderá
terminar a análise da amostra nem ver os resultados enquanto estes dados não
forem introduzidos nos campos.
A ativação da função de retenção aplicada a qualquer campo faz com que a última
informação introduzida seja retida. A ID da amostra e a hora da colheita não
apresentam a opção de retenção.

Campos de Os campos de introdução disponíveis para as análises das amostras no separador da


introdução – Informação do Paciente para todas as versões do analisador são:
separador
Informação a Introduzir Descrição
da Info do
Paciente ID da amostra 12 caracteres de texto
ID do paciente 20 caracteres de texto
Apelido 15 caracteres de texto
Nome (próprio) 15 caracteres de texto
Data de nascimento Campo de controle da data
Sexo Masculino, feminino e desconhecido
Número do quarto 10 caracteres de texto
Departamento (paciente) 20 caracteres de texto
Departamento 20 caracteres de texto
Peso 0-500 kg (0- 1100 lbs)
Altura 0-3 metros (0-300 cm) (0-118 polegadas)
Idade gestacional 0-99 semanas
Peso ao nascer 0.00-20.00 kg (0-20000 g) (0.0-705.5 oz)

9-54
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Campos de Os campos de informação disponíveis para as análises das amostras no separador


introdução da Info da Amostra para todas as versões do analisador são:
Separador
da Info da
Amostra Informação a Introduzir Descrição
Local da colheita Opções: radial direita/esquerda, braquial
direita/esquerda, femoral direita/esquerda, linha
arterial, cateter PA, cordão umbilical, dedo
direito/esquerdo, calcanhar direito/esquerdo, cabeça
do feto, bomba bypass e outras
NOTA: Está disponível uma lista alternativa no
analisador ABL80 CO-OX com a configuração de
software OSM. Esta lista alternativa foi concebida
para ser usada no laboratório de cateterização
cardíaca. Contate o representante local da
Radiometer para mais informação.
Hora da colheita Data e hora
Colhida por 20 caracteres de texto; predefinição relativa ao
utilizador cuja sessão está a decorrer
Data do pedido Data
Médico 20 caracteres de texto
Temperatura do Paciente 12.0-45.0 °C (53.6-113.0 °F)
FO2(I) 0-100 %
Fluxo em litros Selecione o valor entre 0.0-2.0, 3-15 e Fluxo
Baro 540-800 mmHg (72.0-106.7 kPa)
sO2(m) 0.0-100.0 %
ctHb(m) 1.0-28.0 g/dL (10-280 g/L)
Nota 100 caracteres de texto

9-55
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Campos de O separador da Info Medida só aparece no analisador ABL80 FLEX CO-OX. Os


introdução campos de informação disponíveis para a análise da amostra no separador da Info
Separador da Medida são:
Info Medida
Informação a Introduzir Descrição

pO2(v– ) Valor da pO2 venosa mista


0- 760 mmHg
0.0- 101.3 kPa

sO2(v– ) Valor da saturação do oxigênio venoso misto


0.0 – 100.0%

FCOHb(1) Fração da carboxiemoglobina medida antes da


injeção de monóxido de carbono (usada no cálculo
de V(B)
0.0-100.0%

FCOHb(2) Fração da carboxiemoglobina medida após a injeção


de monóxido de carbono (usada no cálculo de V(B)
0.0-100.0%
· Consumo de oxigênio
VO2
0-xxxx mL/mim
0.0-xxx.x mmol/mim
· Débito cardíaco
Qt
0.0 – 1000.0 L/mim
VCO Volume de monóxido de carbono (usado no cálculo
de V(B)
0.0- 1000.0 mL

Configuração Siga os passos para ativar os campos de introdução pretendidos. Os campos ativos
dos campos de estarão disponíveis para a introdução de informação sempre que ser for realizar
introdução uma análise.
Qualquer campo ativo pode ser tornado de preenchimento obrigatório. Um campo
de preenchimento obrigatório requer a introdução de informação válida para que os
resultados da análise sejam apresentados.
A maior parte dos campos ativados podem ser tornados campos de retenção.
Assim, a última informação introduzida vai ser retida e vai estar presente para as
amostras posteriores, até a informação estar modificada.
NOTA: É possível configurar um campo como de preenchimento obrigatório e de
retenção. Esta escolha pode, em alguns casos, contrariar a finalidade.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Relatórios  Campos de Introdução.
2. No separador da Informação do Paciente escolha entre as funções
Activar, Obrigatório e Reter para cada campo.

9-56
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Passo Ação
3. Pressione o separador Informação da Amostra e escolha entre as
funções Activar, Obrigatório e Reter para cada campo.
4. Só analisador ABL80 FLEX CO-OX: Pressione o separador da Info
Medida. Selecione a opção desejada entre Activar, Obrigatório e
Reter em cada campo.
5. Pressione o separador Predefinições.
6. Selecione o tipo de amostra a predefinir usando a lista. As opções
disponíveis são Arterial, Venosa, Capilar, Venosa Mista, Outros
fluidos e Idoneidade.
7. Introduza o valor predefinido para a hemoglobina posicionando o
cursor no campo numérico. Em seguida use o teclado existente para
digitar o valor.
NOTA: O valor predefinido para a hemoglobina é usado para alguns
parâmetros calculados unicamente quando um valor de hemoglobina
calculado a partir de um hematócrito medido não estiver disponível e
não for introduzido nenhum valor manualmente.
8. Selecione o tipo de correção da hemoglobina fetal (HbF) (só
analisador ABL80 FLEX CO-OX) desejado. As opções são
• Nenhum – não será aplicada nenhuma correção
• Ativar para todos os níveis – será aplicada uma correção a todos os
níveis
• Ativar para >20% - será aplicada uma correção a todas as amostras
com o valor de FHbF superior a 20%
9. Pressione a caixa de verificação para adicionar ou eliminar uma marca
de verificação ativando, assim, a opção Omitir se fora do intervalo.
Esta escolha só está disponível no analisador ABL80 FLEX CO-OX.
Quando ativada, um valor de oximetria negativo será truncado para
0.0% e um valor acima de 100.0% será truncado para 100.0%.
10. Pressione o separador Painel dos Parâmetros.

9-57
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação
11. Uma marca de verificação em Activar Painéis de Parâmetros ativa
esta função. Se tiver sido definido pelo menos um painel de
parâmetros, a tela de aspiração da amostra mostrará as opções de
painéis de parâmetros introduzidas nesta tela.
12. Uma marca de verificação junto a Manter último Painel faz com que o
último painel de parâmetros usado durante a última medição de
amostra seja o painel de parâmetros escolhido automaticamente para a
medição de amostra seguinte. O utilizador tem a opção de alterar esta
seleção na tela de aspiração da amostra.
13.
• Para adicionar um painel de parâmetros novo, pressione a tecla .

• Para eliminar um painel de parâmetros que já existe, pressione .

• Para editar um painel de parâmetros que já existe, pressione .


• As setas subir e descer reordenam os painéis de parâmetros. A
ordem da lista é a ordem pela qual os painéis de parâmetros irão
aparecer na caixa de opções da tela de aspiração da amostra.
14. Adicionar ou editar um painel de parâmetros abre uma janela de
introdução para introduzir a informação desejada.

15.
Pressione a tecla para introduzir o Nome do Painel e o Código do
pedido desejados.

9-58
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Passo Ação
16.
Pressione a tecla para selecionar os parâmetros pretendidos para o
painel em questão.

• Os parâmetros que estiverem disponíveis para relatar têm um


rebordo verde. A seleção de um destes parâmetros faz surgir uma
marca de verificação verde na tecla.
• Os parâmetros inativos para todos os cassetes têm um rebordo
cinzento. Estes parâmetros podem ser selecionados, mas terão uma
marca de verificação vermelha na tecla. Estes parâmetros não serão
relatados a menos que o utilizador altere o seu estado na tela dos
Parâmetros activos.
17. Selecione o Tipo de amostra pretendido na lista de opções.
18. Quando tiver introduzido todas as seleções em todos os separadores
pressione OK.

9-59
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Relatórios – impressão

Configuração A tela de configuração da Impressão permite ao utilizador personalizar a


da impressão impressão e incluir unicamente os campos de informação pretendidos. Esta tela só
está disponível nas versões de software < 3.

A tela da Impressão possui vários separadores diferentes.


• Informação do Paciente – campos de introdução específicos para o paciente
• Informação da Amostra – campos de introdução específicos para a amostra
• Informação Medida campos de introdução específicos para os parâmetros
derivados só para o analisador ABL80 FLEX CO-OX
• Parâmetros Derivados – todos os parâmetros derivados disponíveis
• Parâmetrod Derivados de Oximetria todos os parâmetros derivados
disponíveis relativos aos parâmetros de oximetria do ABL80 FLEX CO-OX
• Opções – impressão automática e opções de formatação das diferentes
impressões
• Cabeçalho – cinco linhas de texto para personalizar o cabeçalho do relatório
impresso
• Nomenclatura – selecionar entre dois tipos de nomenclatura dos parâmetros
derivados

Como acessar a Para acessar a tela da Impressão pressione Menu  Definições  Relatórios 
tela Impressão.

Separador da Os campos disponíveis para a impressão da Informação do Paciente são os que


Informação do constam na seguinte imagem:
Paciente

9-60
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Separador da Os campos disponíveis para a impressão da Informação da Amostra são os que


Informação da constam na seguinte imagem:
Amostra

Separador da Os campos disponíveis para a impressão no separador da Info Medida podem ser
Informação vistos no seguinte tela. Este separador só está disponível do analisador ABL80
Medida FLEX CO-OX.

9-61
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Separador dos Os campos disponíveis para a impressão dos Parâmetros Derivados são os que
Valores constam na seguinte imagem:
Derivados

NOTA: No analisador ABL80 FLEX CO-OX o parâmetro derivado sO2


apresentado aqui é substituído por pO2(a)/FO2(I).
NOTA: No analisador ABL80 FLEX CO-OX com a configuração de software
OSM o parâmetro derivado ctO2 reflete somente a ligação do oxigênio à
hemoglobina. O cálculo não contém nenhuma contribuição do oxigênio dissolvido
no plasma.
NOTA: Nos analisadores ABL80 FLEX com a configuração de software BASIC o
parâmetro mOsm não está disponível.
NOTA: Alguns valores medidos e derivados estão relacionados com valores
corrigidos pela temperatura. Quando a opção “Temp. corrigida” está ativada e a
temperatura do paciente for introduzida, os valores corrigidos para a temperatura
também são relatados. Os valores corrigidos pela temperatura estão assinalados
com a letra “T” em itálico.

9-62
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Separador dos Os campos disponíveis para a impressão no separador dos Parâmetros Derivados
Valores de Oximetria podem ser revistos na seguinte tela (só analisador ABL80 FLEX
Derivados CO-OX).

Introduções Alguns dos parâmetros derivados de oximetria requerem a introdução de


requeridas para determinados parâmetros para terminar o cálculo. A seguinte tabela apresenta os
valores parâmetros de introdução requeridos
derivados de
Parâmetro Derivado Campo de introdução requerido
oximetria
DO2 ·
Qt
· ·
Qt VO2
· ·
VO2 Qt
V(B) VCO, FCOHB(1), FCOHB(2)

Tabela dos A tabela descreve os parâmetros derivados disponíveis:


Valores Parâmetro Derivado Descrição
Derivados ctHb Hemoglobina total; 1.0-28.0 g/dL
cHCO3-(P) Concentração do bicarbonato no
plasma; 0.0–99.0 mmol/L
cHCO3-(P,st) Bicarbonato no plasma do sangue
(também pode ser denominado SBC) padrão; 0.0–99.0 mmol/L
cBase(B) Excesso de base no sangue; ±50.0
(também pode ser denominado ABE) mmol/L
cBase(Ecf) Excesso de base no fluido extracelular;
(também pode ser denominado SBE) ±30.0 mmol/L
cBase(B,ox) Excesso de base no sangue totalmente
oxigenado; ±50.0 mmol/L
cBase(Ecf,ox) Excesso de base no fluido extracelular
do sangue totalmente oxigenado; ±30.0
mmol/L
ctCO2(B) Concentração do dióxido de carbono no
sangue; 0.0–99.0 mmol/L

9-63
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

ctCO2(P) Concentração do dióxido de carbono no


plasma; 0.0–99.0 mmol/L
cCa2+(7.4) Concentração do cálcio ionizado no
plasma corrigido para o pH de 7.40;
0.20–8.10 mmol/L
Ânion Gap(K+) Diferença da concentração entre os
principais ânions e cátions no sangue;
0.0–99.0 mmol/L
Ânion Gap Diferença da concentração dos
principais ânions e cátions, excluindo o
K+; 0.0–99.0 mmol/L
sO2 Saturação do oxigênio medido; 0.0–
100.0 %
ctO2 Conteúdo de oxigênio total; 0.0–45.0
vol %
pO2(A) Pressão parcial do oxigênio no ar
alveolar; 0-800 mmHg
pO2(A-a) Diferença da pressão parcial do
oxigênio entre o ar alveolar e o sangue
arterial; 0-800 mmHg
pO2(a/A) Relação da pressão parcial do oxigênio
entre o sangue arterial e o ar alveolar;
0.00-1.00
RI Índice respiratório pO2(A-a)/ pO2(a/A);
0.0-35.0 %
pO2(A,T) Pressão parcial do oxigênio no ar
alveolar corrigida pela temperatura
pO2(A-a,T) Diferença da pressão parcial do
oxigênio entre o ar alveolar e o sangue
arterial corrigida para a temperatura
pO2(a/A,T) Relação da pressão parcial do oxigênio
entre o sangue arterial e o ar alveolar
corrigida para a temperatura
RI(T) Índice respiratório corrigido para a
temperatura
mOsm Osmolalidade; 0–495 mmol/kg
(não disponível no analisador
ABL80 FLEX com a configuração
de software BASIC nem no anali-
sador ABL80 FLEX CO-OX com a
configuração de software OSM)

9-64
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Tabela dos valores A seguinte tabela descreve os parâmetros derivados adicionais disponíveis no
derivadosABL80 analisador ABL80 FLEX CO-OX:
FLEX CO-OX Parâmetro Derivado Descrição
P50 Pressão parcial do oxigênio à saturação
de 50%
0- 760 mmHg (0.0-103.3 kPa
P50(T) Pressão parcial do oxigênio à saturação
de 50% corrigida para a temperatura do
paciente
0- 760 mmHg (0.0-103.3 kPa
P50(st) Pressão parcial do oxigênio à saturação
de 50% no sangue em condições padrão:
pH= 7.40
pCO2= 5.33 kPa
FCOHb e FmetHb e definidas
para 0
0- 760 mmHg (0.0-103.3 kPa
FShunt Shunt fisiológico relativo
0.0- 100.0%
FShunt Shunt fisiológico relativo corrigido
para a temperatura do paciente
0.0- 100.0%
pO2(a)/FO2(I) Relação da pressão parcial do oxigênio
arterial ao nível do oxigênio inspirado
pO2(X) Tensão de extração do oxigênio do
sangue arterial. Reflete os efeitos inte-
grados das alterações na pressão parcial
arterial, conteúdo e p50 na capacidade
de libertar O2 para os tecidos
0- 760 mmHg (0.0-103.3 kPa
BO2 Capacidade de oxigenação da
hemoglobina
· Libertação de oxigênio
D O2
· Débito cardíaco
Qt 0.0-1000.0 L/mim
V·O2
Consumo de oxigênio
0-xxxx mL/mim (0.0-xxx.x mmol/mim)
Qx Fator de compensação do oxigênio
cardíaco do sangue arterial como o fator
pelo qual o débito cardíaco deverá ser
aumentado para permitir a libertação de
2.3 mmol/L (5.1 mL/dL) de oxigênio a
uma pO2 venosa mista de 5.0 kPa (38
mmHg)
V(B) Volume de sangue
0.0-1000.0L
Hct Hematócrito; este valor é calculado no
analisador ABL80 FLEX CO-OX a
partir da ctHb medida
0-85%

9-65
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Separador das A imagem apresenta as definições de impressão adicionais disponíveis nas Opções:
Opções

NOTA: Quando os relatórios dos Pacientes estiverem configurados para a


impressão automática, aparece uma caixa na tela da Aspiração das Análises para
a seleção do número de cópias a imprimir. Se a opção não estiver configurada, a
caixa não aparece na tela das aspirações.

Separador do O separador do Cabeçalho pode ser visto na imagem seguinte. Cada linha
Cabeçalho comporta até 25 caracteres.

9-66
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Separador da O separador da Nomenclatura permite ao utilizador selecionar entre dois tipos


Nomenclatura diferentes de nomenclatura dos parâmetros para o bicarbonato padrão, o excesso de
base real e o excesso de base padrão.

Configuração da Siga os passos para selecionar os valores introduzidos e derivados pretendidos a


Impressão incluir nas impressões do analisador.
NOTA: Os campos de introdução que estão ativados para a impressão, mas que
são deixados em branco durante a análise de uma amostra individual não serão
impressos.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Relatórios  Impressões.
2. No separador da Informação do Paciente, ative os campos desejados
para o relatório.
3. Pressione o separador da Informação da Amostra e ative os campos
desejados para o relatório.
4. Pressione o separador dos Parâmetros Derivados e ative os
parâmetros que pretende para o relatório. Nos analisadores ABL80
FLEX CO-OX pressione também o separador dos Parâmetros
Derivados de Oximetria para ativar os parâmetros pretendidos para o
relatório.
NOTA: Quando a opção Valores corr. para temp está ativa e a
temperatura do paciente estiver introduzida, qualquer parâmetro do
paciente selecionado para o relatório também será relatado com a
correção para a temperatura, se for aplicável.

9-67
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação
5. Pressione o separador Opções e ative as opções desejadas:
• Impressão Auto – Paciente, Ciclo de Qualidade e resultados do
QC manual podem ser configurados individualmente para a
impressão automática no final de cada evento
• Intervalos de Referência – os intervalos de referência são
impressos junto a todos os resultados medidos nas impressões dos
resultados dos pacientes
• Intervalos do QC manual para cada resultado – os intervalos de
QC aceitos serão impressos juntamente com todos os resultados
de QC
• Intervalos de QC para cada Ciclo de Qualidade – os intervalos
aceitos do controle de qualidade do Ciclo de Qualidade serão
impressos com os resultados de cada medição
• Registo da edição – todas as alterações realizadas no resultado da
amostra de um determinado paciente serão impressas no final do
relatório
6. Pressione o separador do Cabeçalho. Pressione a tecla com o ícone do
teclado à direita de cada linha para introduzir até 25 caracteres por
linha. Esta informação aparecerá na parte de cima do relatório
impresso.
7. Pressione o separador da Nomenclatura. Selecione a nomenclatura
desejada para os valores derivados pressionando uma das duas teclas
de ativação. As opções são:
• cHCO3-(P,st), cBase(B) e cBase(Ecf)
• SBC, ABE e SBE
8. Quando toda a informação estiver introduzida, pressione OK.

9-68
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Relatórios – opções para os relatórios

Introdução A tela das opções para os relatórios permite ao utilizador personalizar o formato do
relatório dos resultados das amostras dos pacientes. A tela das Opções para os
Relatórios só está disponível nas versões de software ≥ 3.00.
A telas das Opções para os Relatórios está organizado em quatro separadores
diferentes
• Formato do Paciente – modificar os formatos dos relatórios dos pacientes
existentes e criar novos formatos
• Opções – opções de impressão automática e de formatação para as várias
impressões
• Cabeçalho – cinco linhas de texto para personalizar o cabeçalho da
impressão do relatório
• Nomenclatura –selecionar entre dois conjuntos de nomenclatura a atribuir
aos parâmetros derivados
Separador do Os seguintes conceitos aplicam-se à lista de formatos:
Formato do • O formato de relatório do paciente predefinido pela Radiometer aparece na
Paciente - listagem como a primeira opção de Formato e denomina-se “Predefinição
Formatos -R-”. Este formato predefinido não pode ser modificado.
• Pode ser feita uma cópia do format Predefinição -R- selecionando o
referido format e usando a tecla Copiar formato para criar uma segunda
cópia. Esta segunda cópia pode ser modificada como for conveniente.
• O nome de cada formato pode ser personalizado usando o teclado
disponível no lado direito do nome do formato selecionado.
• Para criar um formato novo, use a tecla Novo.
• Para apagar um formato existente, use a tecla Apagar.
• Selecione um formato e em seguida pressione a tecla Tornar predefinição
para estabelecer o formato selecionado como a predefinição para este
analisador.
• Selecione um formato e em seguida pressione Imprimir pré-visualização
em qualquer momento para gerar um exemplo da impressão.
• Selecione um formato e em seguida pressione tela de pré-visualização em
qualquer momento para gerar um exemplo do resultado da amostra tal
como apareceria na tela.

Separador do Todos os itens disponíveis para inclusão no formato estão listados no lado
Formato do esquerdo da tela de edição. Como a lista é muito longa, o utilizador pode usar a
Paciente – lista pendente para limitar as opções apresentadas a apenas um dos grupos
Editar predefinidos. Cada grupo está codificado por cores da seguinte maneira:
Formato
Grupo Cor Descrição
Formato cinzento Para adicionar linhas em branco e definir uma seção de
duas colunas
Cabeçalho preto • Para nomear os cabeçalhos das seções
• Os “Cabeçalhos” estão centrados no relatório
• Os “Sub-cabeçalhos” estão justificados à esquerda
• O texto do cabeçalho pode ser modificado como for
desejado usando o teclado existente
Medido verde Para adicionar todos os parâmetros medidos disponíveis

9-69
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Grupo azul Para adicionar grupos predefinidos de parâmetros


medidos. Por exemplo, o grupo Gases no Sangue incluirá
os pH, pCO2 e pO2 no formato do relatório. Esta opção
destina-se a minimizar o trabalho de definição de um
formato.
Derivado vermelho Para adicionar todos os parâmetros derivados disponíveis
Introd. laranja Para adicionar todos os parâmetros de introdução
disponíveis

Os seguintes conceitos aplicam-se ao criar ou modificar um formato:


• Selecione um item da esquerda e pressione a tecla para o mover para a
lista de itens do relatório à direita. O novo item será sempre adicionado
imediatamente por cima do item atualmente selecionado no lado direito.
• Use a tecla para retirar um item da lista de Itens no Relatório.
• A nomenclatura de qualquer item da lista Itens no Relatório pode ser
modificada selecionando o item e usando o teclado para editar o texto.
• Os itens da lista Itens no Relatório podem ser reordenados usando as teclas
com as setas verticais.
• A maior parte dos itens pode ser aplicada na impressão e na tela
separadamente, usando as pequenas caixas de verificação.

Separador do É possível conceber as seções de um formato de relatório com duas colunas. Esta
Formato do seção de duas colunas só está disponível para apresentação dos resultados na tela,
Paciente – não na impressão.
Editar Formato Para conceber uma seção de duas colunas.
– função 2 • Selecione Início Seção 2 Colunas na lista de Itens Disponíveis e mova a
colunas opção para Itens no Relatório
• Esta ação irá criar três itens
 Início Seção 2 Colunas
 Quebra de Coluna
 Fim Seção 2 Colunas
• Adicione todos os itens desejados a esta seção antes e depois da quebra de
coluna para definir esta seção de duas colunas do relatório.
• Selecione a tela Pré-visualização em qualquer momento para ver um
exemplo de como este formato aparecerá na tela.

Separador das Veja a seção Relatórios – impressão apresentada em cima para obter informação
Opções detalhada sobre as função do separador Opções.

Separador do Veja a seção Relatórios – impressão apresentada em cima para obter informação
Cabeçalho detalhada sobre as função do separador Cabeçalho.

Separador da Veja a seção Relatórios – impressão apresentada em cima para obter informação
Nomenclatura detalhada sobre as função do separador Nomenclatura.

9-70
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Relatórios – gravação do registro dos pacientes

Introdução O utilizador pode selecionar quais os parâmetros introduzidos e derivados vai


incluir na gravação do ficheiro do registro dos pacientes (veja o capítulo 7). Este
ficheiro do tipo delimitado por tabulações incluirá, por defeito, uma coluna para
cada campo possível. Desta forma cria-se uma folha de cálculo muito grande, com
um número elevado de colunas em branco. Se forem selecionados unicamente os
campos pretendidos, este ficheiro será mais fácil de manipular e de rever.
NOTA: Durante o processo de gravação, se o utilizador escolher apagar todos os
dados depois da gravação, serão apagados todos os dados, incluindo os campos
de dados que não foram selecionados para a gravação.

Configuração da Siga os passos seguintes para selecionar os campos que pretende incluir no ficheiro
gravação de gravação do registro dos pacientes.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Registos  Gravar Configuração do
Paciente.
2. Reveja a informação de cada separador da tela e ative os campos
desejados.
3. Pressione OK depois de escolher todas as opções.

9-71
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Sistema – parâmetros ativos


Introdução O utilizador pode ativar ou desativar os parâmetros medidos que são apresentados
durante a análise.
A tela dos Parâmetros Ativos permite ao utilizador desativar um parâmetro medido
pelo cassete de eletrodos atual ou por todos os cassetes (a que está atualmente em
uso ou as que vão ser usados no futuro). Um parâmetro desativado não é calibrado,
o controle de qualidade não é avaliado e não está disponível para as análises de
amostras. Um parâmetro desativado para todos os cassetes não aparece na barra
dos parâmetros do menu principal.
Quando um parâmetro é desativado, o utilizador tem que o reativar manualmente.
O sistema irá requerer o Ciclo de Qualidade correto para que a reativação seja
considerada total. Quando é selecionada a desativação de um parâmetro só para o
cassete de eletrodos atual, este parâmetro será automaticamente reativado ao
instalar um cassete de eletrodos novo.
Autodesativar e Na tela dos Parâmetros Activos também está disponível a opção que permite aos
reativar utilizadores desativar um parâmetro no momento em que este falha, sem ser
necessário acessar a esta tela. Isto é conseguido perguntando ao utilizador se quer
ou não desativar o(s) parâmetro(s) no momento em que falhem. Se esta função de
autodesativação for ativada, ainda pode ser configurada com uma opção de
resposta caso a tela mude antes de responder a esta questão. Estabelecer a
predefinição para “Desativar parâmetros que falhem” fará com que o sistema
desative automaticamente os parâmetros que falharam, mas permite que a medição
de amostras continue (situação de semáforo verde). Também é possível configurar
o analisador para reativar automaticamente o parâmetro que falhar se um Ciclo de
Qualidade posterior estiver correto para esse parâmetro. As predefinições para
estas funções são a desativação automática e a reativação automática dos
parâmetros que falhem.
Configuração Siga os passos para ativar/desativar parâmetros e selecionar as predefinições no
dos Parâmetros analisador ABL80 FLEX.
Ativos
Analisador Passo Ação
ABL80 FLEX
1. Selecione Menu  Definições  Sistema  Parâmetros Activos.

9-72
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Passo Ação
2. No campo “Só SC actual” certifique-se que estão marcados todos os
parâmetros que pretende que estejam ativos no cassete de eletrodos
atualmente instalado.
3. No campo “Todas as cassetes” certifique-se que estão marcados todos
os parâmetros que pretende que estejam ativos em todas os cassetes de
eletrodos instalados.
4. Para alterar uma opção, pressione a tecla de verificação. Esta alterna,
conforme for pressionada, entre marcada e não marcada.
NOTA: A pCO2 requer um valor do pH. Quando o pH é desativado, a
pCO2 é, também, automaticamente desativada.
NOTA: O Hct requere um valor de cNa+. Quando o cNa+ é
desativado, o Hct é automaticamente desativado também.
5. Selecione o separador das Predefinições.

9-73
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Passo Ação
6. • Para permitir ao utilizador desativar parâmetros que falhem durante
o Ciclo de Qualidade, as calibrações ou as instalações, assegure-se
que existe uma marca de verificação na tecla junto a esta opção.
- Selecione “Desactivar parâmetros que falhem” para definir a
resposta predefinida à questão sobre se o sistema desativa um
parâmetros que falhe para “desactivado”. Isto fará com que o
Ciclo de Qualidade, a calibração ou a instalação sejam aceitos
pelo sistema e irá permitir medições de amostras sem reportar o
parâmetro desativado.
- Selecione “Não desactivar...” para fazer com o Ciclo de
Qualidade, a calibração ou a instalação falhem e assim desativar
a análise de amostras.
• Para permitir que o sistema reative automaticamente um parâmetro
desativado, assegure-se que existe uma marca de verificação na
tecla junto a esta opção.
• Para suprimir os resultados do paciente quando a medição estiver
associada a um erro do sistema, certifique-se que existe uma marca
de verificação na tecla junto a esta opção.
NOTA: Dependendo das definições de segurança, o sistema pode
requerer a introdução de um código de acesso válido para permitir a
desativação de um parâmetro quando este falhe. Veja o tema
Segurança mais adiante neste capítulo.
7. Pressione OK guardar toda a informação introduzida.

Configuração A tela dos Parâmetros Ativos os no analisador ABL80 FLEX CO-OX contém três
dos Parâmetros separadores. O primeiro separador inclui uma tecla de verificação para cada
Ativos parâmetro no cassete de eletrodos (SC80). (Este primeiro separador não existe no
Analisador analisador com a configuração de software OSM.)
ABL80 FLEX
O segundo separador apresenta uma tecla de verificação para cada parâmetro de
CO-OX
oximetria.
O terceiro separador é idêntico ao separador Predefinições no analisador ABL80
FLEX e é usado para configurar a desativação e a reativação das predefinições. Em
todos os separadores existem caixas de verificação que permitem ativar e desativar
os diversos parâmetros.

9-74
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Sistema – detecção de ar

Introdução O utilizador pode desativar a detecção de ar, se desejar. Também pode optar por
rejeitar os resultados das amostras dos pacientes que o sistema identifique como
podendo ter ar na amostra.
Autodesativar Na tela de Detecção de Ar também está disponível uma opção que permite ao
utilizador desativar a função de detecção de ar no momento de falha do sistema de
detecção de ar e continuar com a medição atual, sem navegar para esta tela de
configuração. Isto é conseguido perguntando ao utilizador se quer ou não desativar
a detecção de ar no momento da falha. Se esta opção estiver ativada, ainda pode ser
configurada com uma resposta predefinida caso a tela mude sem o utilizador ter
tempo de responder à questão. A predefinição “Continuar sem detecção de ar” fará
o sistema desativar automaticamente a detecção de ar, mas permitirá que a medição
de amostras continue (situação de semáforo verde).
Ícone de Quando o sistema de detecção de ar estiver desativado, aparece um ícone no menu
desativação principal no canto superior direito alertando o utilizador que o sistema de detecção
de ar está atualmente inativo.

Reativar a A reativação do sistema de detecção de ar requer a reinicialização do cassete de


detecção de ar eletrodos.

Configuração de A Detecção de Ar não está disponível na configuração de software OSM do


software OSM analisador ABL80 FLEX CO-OX.

9-75
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Configuração da Siga os passos para ativar/desativar a detecção de ar e para selecionar as


Detecção de Ar predefinições.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Sistema  Detecção de ar.
2. A predefinição de fábrica é a ativação da detecção de ar. Para
desativar a detecção de ar, pressione a tecla de opção Desactivar a
Detecção de Ar.
3. Pressione a tecla de verificação Continuar sem a detecção de ar... para
adicionar ou remover a marca de verificação, como necessitar.
Quando ativada e a detecção de ar falhar, é perguntado ao utilizador se
quer continuar a medição de amostras sem detecção de ar. A
predefinição de fábrica é de ativação desta opção.
Quando esta questão não é respondida e decorrer o tempo estabelecido
para o sistema mudar a tela, a resposta do sistema predefinida pode ser
selecionada usando uma das duas opções existentes:
• Continuar sem a detecção de ar faz com que o sistema continue a
permitir a análise de amostras embora sem a função de detecção de
ar. O ícone de detecção de ar desativada aparecerá na tela principal.
• Não continuar sem a detecção de ar. Desactivar a análise. faz com
que o sistema desative a análise de amostras.
4. Depois de ter feito todas as escolhas pressione OK.

9-76
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Sistema – bloqueio do analisador

Bloqueio do Esta tela permite ao utilizador manualmente desativar as análises das amostras ou
analisador bloquear parâmetros individuais de forma a não serem relatados nos resultados das
medições. Nestas situações, o(s) parâmetro(s) bloqueado(s) continua(m) a ser
calibrado(s) e os resultados de controle de qualidade analisado(s).
Quando as análises são bloqueadas, a luz de estado do menu principal apresenta-se
vermelha e está acompanhada por uma mensagem que informa o utilizador sobre a
situação de bloqueio das análises.
Quando um ou mais parâmetros individuais são bloqueados, a luz de estado do
menu principal está amarela e acompanhada por uma mensagem que informa o
utilizador do bloqueio do parâmetro. A barra dos parâmetros apresentará os
parâmetros que estão bloqueados em vermelho.
Siga os passos para selecionar as definições de bloqueio desejadas.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Sistema  Bloqueio do Analisador.

2. Pressione a tecla de verificação para ativar a função de Bloqueio do


Analisador. Desta forma desativará as análises das amostras para
todas as amostras.
3. Para desativar parâmetros individualmente, pressione a caixa de
verificação para ativar a função de Bloqueio do Parâmetro. Em
seguida pressione as caixas de verificação desejadas para bloquear os
parâmetros individualmente. Assim, só serão suprimidos dos
resultados os parâmetros marcados.
NOTA: A tela de Bloqueio do Analisador do analisador ABL80
FLEX CO-OX inclui todos os parâmetros de oximetria bem como
todos os parâmetros apresentados em cima (excluindo o Hct)
4. Pressione OK quando terminar.

9-77
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Segurança

Introdução As funções de segurança permitem ao utilizador definir níveis de acesso,


estabelecer uma lista com os utilizadores autorizados e controlar o método de
início de sessão no analisador.
O utilizador pode definir até sete níveis de acesso. Pode ser atribuído um nome
único a cada nível e cada nível pode incluir qualquer combinação de atividades
permitidas.
O sistema também tem predefinido um oitavo nível de acesso denominado
Administrador, que permite o acesso a todas as áreas do software.
O administrador/gestor pode definir uma lista com os utilizadores autorizados. A
cada utilizador pode ser atribuído um ou mais níveis de acesso definidos pelo
utilizador. Esta opção também inclui a capacidade de estabelecer uma data de
caducidade de cada utilizador.
A tela está dividido em quatro separadores:
• Início de sessão
• Utilizadores
• Grupos
• Datas de Validade

Fim de Sessão Assim que o utilizador inicia a sessão no analisador, o sistema termina a sessão
automático deste utilizador automaticamente ao fim de dois minutos de inatividade. O
utilizador também tem a possibilidade de terminar a sua sessão manualmente
usando a tecla Terminar sessão no menu principal.

Separador do O separador de Início de Sessão possui quatro campos. O campo das “Opções do
Início de Sessão Controle do Acesso” determina se os códigos de acesso e os nomes de utilizador
devem ou não ser introduzidos. O campo das “Opções de Controle do Código de
Acesso” controla o período de tempo de validade do código de acesso e determina
o período de aviso antes de este caducar. O campo “Opções de Início de Sessão”
controla a obrigatoriedade do início de sessão no analisador. Também controla a
possibilidade de retenção do nome do utilizador. A “Gestão Centralizada de
Utilizadores” permite que seja o sistema RADIANCE/AQURE a proporcionar toda
a informação dos utilizadores e as permissões para os utilizadores do analisador.
As Opções de Controle do Acesso são:
• Nenhuma – O acesso a todas as áreas do software é ilimitado. Nunca são
pedidos o nome de utilizador e/ou o código de acesso. A tecla de início de
sessão não aparece na lista do Menu no menu principal.
• Só Código de Barras de Início de Sessão – Esta opção permite iniciar a
sessão usando apenas um código de barras. Depois de iniciar a sessão, os
utilizadores têm acesso apenas às áreas do software a que têm permissão.
• Código de Acesso e Nome de Utilizador – É possível introduzir um nome de
utilizador e um código de acesso antes de acesso às telas de selecção. O nome
de utilizador e o código de acesso são introduzidos pressiondo a opção Início
de Sessão na lista de Menu do menu principal. Quando a sessão está iniciada,
os utilizadores podem acessar unicamente às áreas do software a que têm

9-78
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

permissão. Os nomes dos utilizadores são guardados nos registros da base de


dados de todos os eventos realizados.
As Opções de Controle do Código de Acesso são:
• Validade (meses) – Este valor numérico define o período de tempo em que o
código de acesso é valido. Varia entre 1-99 meses.
• Aviso (dias) – Este valor numérico define o período de tempo em que o
sistema avisa o utilizador do fim da validade do seu código de acesso, até este
caducar. Varia entre 1-99 dias.
As Opções Início de Sessão são:
• Início de sessão obrigatório – quando ativada, o utilizador tem que introduzir
um código de acesso ou um nome de utilizador para poder acessar a qualquer
parte do software
• Reter nome de utilizador – quando ativada, o nome de utilizador introduzido
mais recentemente é retido pelo sistema. Esta opção é útil para as situações em
que um único utilizador usa o analisador repetidamente.
• Início de Sessão para o QC Manual – quando ativada, o utilizador tem de
introduzir um código de acesso antes de realizar uma medição de QC manual.
Função de Gestão Centralizada de Utilizadores:
A Gestão Centralizada de Utilizadores permite ao sistema RADIANCE/AQURE
ligado realizar alguns dos procedimentos de gestão normalmente realizados no
analisador. A tabela mostra que procedimentos serão realizados pelo sistema
RADIANCE/AQURE ligado quando esta função estiver ativada.

Procedimentos Realizados no sistema Realizados no


RADIANCE/AQURE analisador
Adicionar novo X
operador
Selecionar um perfil X
de acesso ao novo
operador
Eliminar operadores X
Selecionar o X
procedimento de
início de sessão
Definir o uso anó- X
nimo do analisador
Editar um perfil de X
acesso

NOTA: Sempre que a gestão centralizada de utilizadores estiver ativa, toda a


informação do operador existente no analisador é substituída pela informação
recebida do sistema RADIANCE/AQURE. A informação em conflito entre o
analisador e o sistema RADIANCE/AQURE pode ser vista no Registro dos
Eventos do analisador.

9-79
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Siga os passos para selecionar as opções de definição do Início de Sessão.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Segurança.

2. No separador Início de sessão pressione um dos três botões das


Opções de Controlo do Acesso.
NOTA: Ao selecionar “Nenhuma” o utilizador Anônimo tem de ter
acesso a todas as áreas do software. Veja o separador Utilizadores
mais adiante nesta seção para obter mais informação sobre o
utilizador Anônimo.
3. Pressione a tecla de verificação Reter Nome de Utilizador, se quiser,
para ativar esta função.
4. Pressione uma das três teclas de ativação das Opções de Controlo do
Acesso.
NOTA: Quando for selecionada a opção “Nenhuma”, o utilizador
Anônimo tem que ter acesso a todas as áreas do software. Veja mais
adiante no separador Utilizadores mais informação sobre o utilizador
Anônimo.
5. Pressione qualquer uma das três teclas de verificação para ativar as
Opções de Início de Sessão.
• Início de Sessão Obrigatório – quando ativada, o utilizador tem de
introduzir um Código de Barras de Início de Sessão ou um nome de
utilizador e um código de acesso para ter permissão de acesso a
qualquer secção do software
• Reter nome de utilizador – quando ativada, o último nome de
utilizador é retido pelo sistema. Pode ser útil quando um único
operador usa o analisador repetidamente. when enabled the last
username entered is retained in the system.
• QC Manual – quando ativada, o utilizador tem de introduzir um
código de acesso antes de realizar uma medição de QC manual
6. Pressione a tecla de verificação Gestão Centralizada de Utilizadores
se pretender ativar esta função.
7. Pressione OK ou selecione outro separador.

9-80
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Separador dos O separador dos Utilizadores permite ao gestor adicionar ou apagar os


Utilizadores utilizadores, assim como editar os existentes.
O nome de utilizador e o código de acesso são obrigatórios. Cada nome de
utilizador tem que ser único. É possível que vários utilizadores tenham o mesmo
código de acesso. Pode ser introduzida qualquer combinação de letras e números.
O Código de Acesso de Início de Sessão é uma função opcional. Quando ativada,
todos os Códigos de Acesso de Início de Sessão têm de ser exclusivos para cada
utilizador. O Código de Acesso de Início de Sessão e o código de acesso podem ser
o mesmo se preferir.
O sistema define automaticamente dois utilizadores, o Administrador e o Anônimo.
A predefinição para ambos os utilizadores é o acesso total.
As atividades do utilizador Administrador não podem ser modificadas. O nome de
utilizador é "ADMIN" e não pode ser alterado. O código de acesso predefinido é
"admin". Este código de acesso pode ser editado pelo gestor/administrador.
NOTA: Aconselha-se escolher atentamente um código de acesso de Administrador
único para o acesso total às funções de segurança.
O acesso do utilizador Anônimo pode ser modificado. A sessão deste utilizador é
iniciada automaticamente sempre que não estiver mais nenhuma sessão de outro
utilizador iniciada no analisador. Para limitar o acesso geral deste utilizador, altere
as permissões do utilizador Anônimo. Veja mais adiante, no separador Grupos,
como editar este utilizador.
NOTA: Se o sistema estiver configurado com a “Opção de Controlo do Acesso”
para “Nenhum” o sistema obriga o utilizador Anônimo a ter o acesso de
Administrador. Isto justifica-se porque a definição “Nenhum” não proporciona
qualquer meio de iniciar a sessão no analisador.
NOTA: Quando a Gestão Centralizada de Utilizadores estiver ativada, as teclas
Adicionar, Apagar e Editar no separador dos Utilizadores estão desativadas. O
analisador continuará a permitir que os utilizadores predefinidos “Admin” e
“Anônimo” sejam editados.

9-81
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Adicionar um Siga os passos para adicionar um novo utilizador e atribuí-lo a um grupo de


utilizador utilizadores.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Segurança.
2. Pressione o separador Utilizadores.

3.
Pressione a tecla para abrir a janela de Novo Utilizador.
4. Usando o teclado à direita de cada campo, introduza a seguinte
informação:
• Nome do utilizador
• Nome próprio
• Apelido
• Código de acesso
• Código de Barras de Início de Sessão
• Departamento
5. Pressione a tecla de verificação junto a Elemento do Grupo. As
permissões de acesso dos elementos deste grupo são definidas no
separador Grupos. Um utilizador pode pertencer a mais do que um
grupo.
6. Pressione OK.

9-82
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Eliminar um Siga os passos para eliminar um utilizador.


utilizador
Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Segurança.
2. Pressione o separador Utilizadores.

3. Selecione qual o utilizador que vai ser eliminado.


4.
Pressione a tecla para eliminar o utilizador escolhido.
5. O sistema perguntará se tem a certeza que quer apagar este utilizador.
• Pressione Sim para apagar o utilizador
• Pressione Não para manter o utilizador
6. Quando estiverem introduzidas todas as opções, escolha outro
separador ou pressione OK para sair da tela.

Separador dos No separador dos Grupos o gestor pode atribuir nomes únicos aos oito grupos
Grupos existentes. As permissões de acesso dos grupos podem ser selecionadas para cada
grupo. Este separador também permite ver quem são os membros de um
determinado grupo.

9-83
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Nomes dos Siga os passos para atribuir nomes aos diferentes grupos de acesso.
grupos
Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Segurança.
2. Pressione o separador Grupos.

3. Selecione o grupo pretendido da lista, pressionando a tecla com a seta


no campo Nome do Grupo.
4.
Pressione a tecla do teclado junto ao campo Nome do Grupo.
5. Introduza o nome desejado e pressione OK.
6. Repita o mesmo para todos os nomes dos grupos pretendidos.

NOTA: Quando a Gestão Centralizada de Utilizadores está ativa, não é possível


editar os nomes dos grupos no analisador.

9-84
Manual do Operador do ABL80 FLEX 9. Definições

Permissões dos Siga os passos para atribuir as permissões de cada grupo estabelecido.
Grupos
Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Segurança.
2. Pressione o separador Grupos.
3. Assegure-se que o campo Ver grupo apresenta as Permissões. Se não
apresentar, selecione esta opção na lista, pressionando a tecla com a
seta.
4. Selecione todas as Atividades desejadas para o grupo apresentado.
5.
Pressione a tecla para adicionar estas opções. Depois de
selecionadas, aparece uma marca de verificação junto ao nome.
6. Repita o mesmo para todos os nomes de grupos desejados.
7. Para apagar uma permissão de um grupo, selecione a opção e
pressione a tecla . Assim retirará a marca de verificação.
8. Pressione OK.

NOTA: Quando a Gestão Centralizada de Utilizadores está ativa, é possível


continuar a editar as permissões dos grupos no analisador.
Membros dos Para ver a lista com todos os utilizadores que pertencem a um determinado grupo,
Grupos siga estes passos:
Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Segurança.
2. Pressione o separador Grupos.
3. Selecione Elementos Grupo na lista do campo Ver Grupos.

4. Selecione o Nome do Grupo pretendido.


5. Todos os elementos do grupo apresentado estão listados na tela.

9-85
9. Definições Manual do Operador do ABL80 FLEX

Separador da O separador das (Datas de) Validade permite ao gestor redefinir a data de validade
Validade do código de acesso de um utilizador individual ou de todos os utilizadores. O
período de tempo é controlado pela opção no campo Validade definida no
separador Início de Sessão.
Siga os passos para redefinir as datas de validade dos utilizadores.

Passo Ação
1. Selecione Menu  Definições  Segurança.
2. Pressione o separador Validade.

3. No campo Selecionar escolha uma das duas opções:


• Qualquer utilizador – Esta opção permite selecionar um ou mais
utilizadores individualmente
• Todos utilizadores – Seleção automática de todos os utilizadores
4. A data apresentada junto à tecla de reinício é a data de validade
nova que irá afetar os utilizadores selecionados assim que a tecla de
reinício for pressionada. Para alterar esta data, pressione o separador
Início de Sessão e modifique a definição da Validade.
5. Pressione a tecla para redefinir a data de validade dos utilizadores
selecionados.
6. Pressione OK ou selecione outro separador.

NOTA: Quando a Gestão Centralizada de Utilizadores está ativa, todas as


funcionalidades do separador Validade são desativadas.

9-86
10. Resolução de ocorrências
Geral

Introdução Este capítulo contém informação para a resolução de ocorrências, como os casos
em que se manifestem erros ou surjam mensagens durante o funcionamento de
todas as versões do analisador ABL80 FLEX.
A informação específica de cada versão do analisador é claramente identificada.

Temas O capítulo inclui os seguintes temas.

Informação geral .............................................................................................10-2


Precauções e advertências ....................................................................10-3
Indicações.............................................................................................10-4
Sistema de fluidos – Analisador ABL80 FLEX ...................................10-5
Sistema de fluidos – ABL80 FLEX CO-OX........................................10-7
Limpeza e desinfecção do analisador ...................................................10-9
Procedimento de desinfecção .............................................................10-11
Ciclos de Qualidade incorretos ....................................................................10-12
Informação geral – cassete de eletrodos.............................................10-13
Um versus vários parâmetros .............................................................10-14
Um parâmetro fora do intervalo – cassete de eletrodos .....................10-19
Vários parâmetros fora do intervalo – cassete de eletrodos ...............10-21
Possíveis fontes de contaminação por ar ............................................10-22
Resolução de Ocorrências no CO-OXímetro .....................................10-26
Resultados do QC manual fora do intervalo ..............................................10-28
Mensagens do Sistema ..................................................................................10-30
Mensagens gerais de erro ...................................................................10-33
Códigos de erro CO-OX ....................................................................10-51
Mensagens dos resultados ..................................................................10-56
Gestão da bateria ..........................................................................................10-60
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Informação geral

Introdução Esta seção apresenta informação sobre as advertências e precauções, e o normal


funcionamento do analisador que pode ser fundamental para ajudar a compreensão
das situações de erro.

10-2
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Precauções e advertências

Introdução Esta tema foca as questões mais importantes sobre segurança. Leia com cuidado
antes de prosseguir com os passos de resolução de ocorrências.

ADVERTÊNCIA: Sempre que for limpar e desifetar o analisador desligue-o e retire a tomada da
corrente elétrica.

ADVERTÊNCIA: Cumpra as Precauções Universais sempre que manusear materiais de perigo


biológico e poluentes (OSHA 1910.1030).

ADVERTÊNCIA: Nunca use um analisador que tenha a drenagem dos resíduos bloqueada. Se o fizer
poderá entrar em contato com fluidos de perigo biológico.

ADVERTÊNCIA: Siga os requisitos legais e as normas locais de práticas de trabalho com produtos
químicos seguras.

PRECAUÇÃO: Não injete solução ou ar nas portas do cartucho de soluções, pois poderão
alterar-se os valores dos parâmetros e causar medições errôneas e/ou mensagens
de erro.

PRECAUÇÃO: Não tire manualmente soluções a partir das portas do cartucho das soluções. Este
ato pode contaminar as soluções e alterar os valores dos parâmetros, podendo
causar resultados de medição errôneos e/ou mensagens de erro.

10-3
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Indicações
Introdução Este tema descreve as indicações pertinentes à utilização dos analisadores.

Indicações Recomendam-se as seguintes indicações somente para o analisador ABL80 FLEX


(a versão do analisador sem CO-OXimetria):
• Quando instalar um cassete de eletrodos no analisador certifique-se que ouve o
estalido de encaixe do cassete no assentamento. Esta é a forma de garantir que
as ligações eletrônicas e dos fluidos foram corretamente estabelecidas.
• Quando instalar um cassete de eletrodos no analisador, faça girar o cabeçal da
bomba para se certificar que o tubo da bomba se movimenta com soltura.

• Durante os ciclos de
bombeamento de solução,
enquanto o cabeçal da bomba
estiver rodando, dê uns
pequenos puxões no tubo da
bomba do cassete para ajudar
a eliminar as bolhas de ar que
existam na tubulação do
cassete e na câmara de
medição.

As seguintes indicações são recomendadas tanto para o analisador ABL80 FLEX


como para o analisador ABL80 FLEX CO-OX:
• Desligue sempre o analisador usando a tecla Desligar no menu principal. Ao
desligar o analisador diretamente no interruptor que está na parte posterior
poderá originar a corrupção dos ficheiros.
• Assegure-se que não existem quaisquer dispositivos ligados às portas USB do
analisador sempre que o ligar. A existência de um dispositivo de
armazenamento de dados conectado a uma porta USB quando o analisador é
ligado pode impedir a correta inicialização do sistema.

10-4
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Sistema de fluidos – Analisador ABL80 FLEX

Introdução Este tema descreve determinadas características do sistema de transporte de fluidos


que podem ajudar a compreender e a resolver problemas relacionados com este
sistema. A figura seguinte identifica os componentes do sistema de fluidos no
analisador ABL80 FLEX (a versão sem CO-OXimetria).

Item Parte Função


1. Sonda de Parte do circuito que permite a introdução das
aspiração amostras e eliminação das soluções do sistema.
2. Drenagem dos Recebe os fluidos quando estes saem da sonda de
resíduos aspiração.
3. Linha dos Circuito dos fluidos de resíduos.
resíduos
4. Câmara de Câmara de medição das amostras.
medição
5. Rolete da bomba A ativação deste rolete origina um movimento
peristáltico que faz o transporte das amostras para a
câmara de medição e das soluções do sistema
através desta câmara.
6. Porta dos fluidos Ponto de entrada das soluções do sistema na câmara
de medição do cassete de eletrodos.
7. Linha de Circuito para o excesso de fluidos durante a
resíduos aspiração da amostra.
secundária
8. Válvula (V5) Permite ou bloqueia a passagem dos fluidos da
linha de resíduos secundária; mantém a posição da
amostra durante a medição.

10-5
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Item Parte Função


9. Bomba dos Transportar os fluidos de resíduos para o respectivo
resíduos estojo do cartucho de soluções.
10. V1-V4 Quatro válvulas que controlam qual a solução do
sistema que vai ser colhida do cartucho de soluções.
11. Portas coletoras Proporcionam vários circuitos dos fluidos para o
transporte das soluções necessárias para a câmara
de medição.
12. Luers das portas Estes luers ligam as portas do cartucho de soluções,
coletoras abrindo as válvulas dos estojos do cartucho de
soluções e permitindo acesso às mesmas.
13. Cartucho das Contém quatro estojos de soluções e um estojo para
soluções os resíduos.
14. Estojo de solução Um dos quatro estojos de solução (S1, S2, S3, S4).
15. Estojo dos Estojo que recebe os resíduos, como os de
resíduos calibração, de QC e as soluções das amostras.

Introdução da Quando a amostra é aspirada, ocorrem os seguintes passos:


amostra • O rolete da bomba faz com que a amostra seja sugada através da sonda de
aspiração para a câmara de medição do cassete de eletrodos
• O sistema indica ao utilizador quando tem que retirar o dispositivo de colheita
e baixar a sonda de aspiração
• O rolete da bomba puxa a amostra uma segunda vez, posicionando-a para a
medição. A margem dianteira da amostra deverá ficar dentro da tubulação da
bomba, e a margem posterior deverá chegar exatamente à extremidade
esquerda da janela da câmara de medição, à vista do utilizador.
• O sistema recebe as leituras dos eletrodos, avalia os critérios de estabilidade e
regista as leituras finais da amostra

Lavagem da Depois da medição da amostra de sangue, o sistema realiza os seguintes passos


amostra para lavar a amostra e terminar o processo de medição:
• O rolete da bomba entra em ação para lavar a amostra, conduzindo-a até à
drenagem dos resíduos com solução 1 do cartucho de soluções
• O sistema recebe as leituras dos sensores, avalia os critérios de estabilidade e
regista as leituras finais da solução de lavagem

Resultados Os resultados finais da amostra de sangue são calculados e relatados com base nos
finais resultados da amostra de sangue e nas leituras da lavagem.

10-6
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Sistema de fluidos – ABL80 FLEX CO-OX


Introdução Este tema descreve determinadas características do sistema de transportes dos
fluidos de forma a ajudar a compreender e a solucionar as ocorrências neste
sistema. A imagem seguinte identifica os componentes do sistema no analisador
ABL80 FLEX CO-OX.

Item Parte Função


1. Sonda de Parte do circuito que permite a introdução das
aspiração amostras e eliminação das soluções do sistema.
2. Drenagem dos Recebe os fluidos quando estes saem da sonda de
resíduos aspiração.
3. Linha dos Circuito dos fluidos de resíduos.
resíduos
4. Câmara de Câmara para a medição dos gases no sangue, dos
medição eletrólitos e da glicose
5. Porta dos fluidos Conexão entre a câmara de medição do cassete de
eletrodos e o CO-oxímetro
6. Válvula de Fecha a linha de entrada das amostras durante as
estrangulamento medições de oximetria
(Pinch valve)
7. Hemolisador Hemolisa a amostra ultrassonicamente como
preparação das medições de oximetria. A cubeta da
amostra está dentro do hemolisador.
8. Sensor dos Detecta a presença de líquidos num ponto
líquidos específico no circuito dos fluidos

10-7
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Item Parte Função


9. Espectrômetro Mede o espectro de absorbância das concentrações
de hemoglobina da luz transmitida através da
amostra na cubeta no analisador.
10. Bomba das A ativação deste rolete origina um movimento
amostras peristáltico que faz o transporte das amostras para a
câmara de medição e das soluções do sistema
através desta câmara e do hemolizador
11. Válvula (V5) Permite ou bloqueia a passagem dos fluidos da
linha de resíduos secundária; mantém a posição da
amostra durante a medição.
12. Bomba dos Transportar os fluidos de resíduos para o respectivo
resíduos estojo do cartucho de soluções.
13. Válvulas Quatro válvulas que controlam qual a solução do
(V1-V4) sistema que vai ser colhida do cartucho de soluções.
14. Portas coletoras Proporcionam vários circuitos dos fluidos para o
transporte das soluções necessárias para a câmara
de medição e para o hemolizador.
15. Luers das portas Estes luers ligam as portas do cartucho de soluções,
colectoras abrindo as válvulas dos estojos do cartucho de
soluções e permitindo acesso às mesmas.
16. Cartucho das Contém quatro estojos de soluções e um estojo para
soluções os resíduos.
17. Estojo de solução Um dos quatro estojos de solução (S1, S2, S3, S4).
18. Estojo dos Estojo que está dentro do cartucho de soluções que
resíduos recebe os resíduos, como os de calibração, de QC e
as soluções das amostras.

10-8
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Limpeza e desinfecção do analisador

Introdução Recomenda-se a limpeza periódica e a desinfecção da tela tátil, da sonda de


aspiração, da drenagem dos resíduos e do exterior do analisador. Também se
recomenda a manutenção preventiva durante a substituição do cartucho de
soluções e do cassete de eletrodos.

Desinfecção A desinfecção das superficies exteriores é realizada sempre que for necessário. A
frequência das desinfecções depende dos requisitos locais e do uso dado ao
equipamento. Antes de realizar a desifecção certifique-se que as superfícies do
analisador estão limpas e sem resíduos de sangue e/ou outros líquidos.

ADVERTÊNCIA: Siga os requisitos legais e as normas locais de práticas de


trabalho com produtos químicos seguras.
ADVERTÊNCIA: Cumpra as Precauções Universais sempre que manusear
materiais de perigo biológico e poluentes (OSHA 1910.1030).

Limpeza da Só para o analisador ABL80 FLEX (a versão sem CO-OXimetria): Depois de cada
sonda de análise, limpe o exterior da sonda de aspiração com um papel macio ou uma gaze.
aspiração A superfície exterior da sonda de aspiração do analisador ABL80 FLEX CO-OX é
limpa automaticamente sempre que a sonda é baixada.
NOTA: Em todas as versões do analisador, o circuito interno da sonda de
aspiração é lavado automaticamente depois da realização de cada análise.

Limpeza do O exterior do analisador pode ser limpo, sempre que necessário, com um pano
exterior do úmido.
analisador ADVERTÊNCIA: Desligue sempre o analisador e retire a ficha da tomada
elétrica sempre que limpar ou desinfetar o analisador.

Desinfecção do O exterior do analisador pode ser desinfetado periodicamente usando uma solução
exterior do diluída de lixivia (1:9 de hipoclorito de sódio e água desionizada) ou outros
analisador agentes desinfetantes como o álcool isopropil a 70 %, o etanol a 70 % ou uma
solução de Diversol BX a 4 %. Estes agentes desinfetantes também podem ser
usados em áreas do analisador indicadas mais abaixo nos tópicos Limpeza durante
a instalação do cartucho de soluções e Limpeza durante a instalação do cassete de
eletrodos.

Limpeza da Use um pano limpo, úmido e não abrasivo para limpar a tela tátil. Não deixe
tátil acumular umidade no parte inferior da tela. Também poderá usar um produto de
limpeza corrente para vidros. Todos os líquidos devem ser primeiro aplicados no
pano; nunca aplique os líquidos diretamente na tela.
O contato com materiais abrasivos, a longo prazo, riscará a superfície da tela,
degradando a qualidade da imagem.
NOTA: Não use produtos à base de hipoclorito de sódio na tela tátil.

Desinfeção da Periodicamente, para desinfetar a tela, poderá ser usado um detergente à base de
tela tátil álcool (por exemplo, álcool isopropil a 70 %) seguido de um pano umedicido com
água.

10-9
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Limpeza duran- Durante a instalação de um cartucho de soluções novo, limpe e seque as portas
te a instalação coletoras que estão na cavidade do cartucho de soluções. Os luers podem ser
do cartucho de limpos com um pano que não largue pelos umedecido.
soluções

Limpeza duran- Durante a instalação do cassete de eletrodos novo, limpre e seque o assentamento
te a instalação do cassete e a área de drenagem dos resíduos, para eliminar qualquer resíduo
do cassete de existente. O assentamento do cassete e a abertura para a drenagem dos resíduos
eletodos podem ser limpos com um pano que não largue pelos umedecido com água.

Desinfecção da O sangue e outras substâncias de perígo biológico estão em contato com poucas
drenagem dos partes do sistema do analisador durante o uso normal. Estas partes são o cassete de
resíduos eletrodos, a drenagem dos resíduos, a tubulação para a drenagem e o cartucho de
soluções. O cassete de eletrodos e o cartucho de soluções devem ser rejeitados para
os recipientes de resíduos apropriados para os materiais contaminados. A
drengaem dos resíduos e a tubalação para a drenagem podem ser desifetados
realizando o procedimento que se descreve em seguida.

ADVERTÊNCIA: Nunca use um analisador que tenha a drenagem dos resíduos


bloqueada. Se o fizer poderá entrar em contato com fluidos de perigo biológico.

ADVERTÊNCIA: Cumpra as Precauções Universais sempre que manusear


materiais de perigo biológico e poluentes (OSHA standard 1910.1030).

10-10
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Procedimento de desinfecção

Procedimento de Siga os passos para desinfetar a drenagem dos resíduos e as respectivas tubulações
desinfecção – só do analisador ABL80 FLEX (a versão sem CO-oxímetro).
analisdor
ABL80 FLEX Passo Ação
1. No menu principal, retire o cassete de eletrodos (se estiver algum
instalado) do analisador.
2. Limpe a sujidade visível dentro e à volta da drenagem dos resíduos
usando um pano macio que não largue pelos umedecido com solução
de limpeza (código 943-906).
3. Assegure-se que o cartucho de soluções está colocado no analisador.
Todas as soluções de resíduos serão recolhidas no respectivo estojo
deste cartucho.
4. Colha até 1 mL de solução de limpeza (código 943-906) para uma
seringa.
5. Introduza este 1 mL de solução de limpeza na drenagem dos resíduos.
6. Deixe a solução de limpeza ficar na drenagem dos resíduos durante 1
minuto, aproximadamente.
7. Volte a instalar o cassete no analisador e ponha o tubo da bomba na
roda do rolete da bomba.
8. Selecione Menu  Utilitários  Lavagem. O ciclo de lavagem irá
conduzir a solução de limpeza através das linhas de resíduos para o
estojo dos resíduos no cartucho de soluções.
9. Repita os passos 4-8, se desejar.

NOTA: Nunca introduza objetos para limpeza longos dentro da zona de drenagem
de resíduos do ABL80 FLEX, pois pode compatactar os depósitos de sangue e
proteínas e originar obstruções.
NOTA: Nunca limpe os pinos de ligação do cassete de eletrodos e a respectiva
porta no analisador com um pano úmido.

Procedimento de Para limpar e desinfetar o analisador ABL80 FLEX CO-OX, bem como para o
desifecção – só preparar para um período de armazenamento prolongado, contate o representante
analisador local da Radiometer.
ABL80 FLEX
CO-OX

10-11
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Ciclos de Qualidade incorretos

Introdução Esta seção apresenta os procedimentos detalhados de resolução de ocorrências


verificadas durante os Ciclos de Qualidade incorretos. Inclui também a informação
relativa à falha de parâmetros individuais e à falha de multiplos parâmetros dos
cassetes de eletrodos, bem como um método de investigação da possível
contaminação por ar. Sempre que for apropriado, também inclui informação
relacionada especificamente com o analisador ABL80 FLEX CO-OX.

O analisador ABL80 FLEX com a configuração de software BASIC não realiza


Ciclos de Qualidade. No entanto, os conceitos gerais de resolução de ocorrências
apresentados aqui também se lhe aplicam. As falhas de um único parâmetro,
reproduzíveis, durante uma calibração a dois pontos podem indicar uma falha do
cassete. Falhas em vários parâmetros durante o mesmo tipo de calibração indicam,
normalmente, algo relacionado com o sistema, como a contaminação por ar.

NOTA: Por favor, consulte a seção Relatório de Falhas, no capítulo 3, para obter
mais informação sobre como gerar um relatório de falhas.

10-12
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Informação geral – cassete de eletrodos

Introdução O Ciclo de Qualidade e o processo de instalação de um cassete de eletrodos novo


são praticamente equivalentes. O cassete de eletrodos é exposto a todos os níveis
de solução e são realizadas medições. Quando essas medições e os cálculos
resultantes são realizados, qualquer parâmetro que esteja fora dos limites aceitáveis
é assinalado e o Ciclo de Qualidade ou a instalação são considerados incorretos.

Tal como com qualquer analisador de gases no sangue, as calibrações e os QC


incorretos podem dever-se tanto ao desempenho dos eletrodos fora das
especificações como a uma quantidade insuficiente de material de calibração em
contato com os eletrodos. É pouco provável que esteja mais do que um eletrodo a
funcionar fora das especificações em simultâneo. A falha de vários parâmetros
indica normalmente a presença de ar na câmara de medição do cassete de
eletrodos.

Identificação da Siga os passos para determinar quais os parâmetros que estão fora do intervalo.
falha
Passo Ação
1. Selecione Menu  Dados  Registos  Ciclos de Qualidade.
2. Reveja na respectiva coluna o Estado do último Ciclo de Qualidade
(ou da Cal a 2 pts). Esta coluna apresentará todos os parâmetros que
ficaram fora do intervalo de aceitação.
• Se todos os resultados dos parâmetros estavam corretos, o Estado
será "OK"
• Se algum parâmetro estiver fora do intervalo aceitável, estará
listado aqui.
• Se o sistema identificar a possível presença de ar em uma ou mais
soluções, estará listado aqui o símbolo “!!”
NOTA: Esta informação também está disponível na linha de
“Estado” da impressão e na tela Registo do Ciclo de Qualidade no
separador Geral.
3. • Se só estiver listado um parâmetro, prossiga para o tema Um
parâmetro fora do intervalo
• Se estiver listado mais do que um parâmetro e/ou o símbolo de ar
estiver presente, prossiga para o tema Vários parâmetros fora do
intervalo

10-13
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Um versus vários parâmetros


Introdução O primeiro passo na resolução de ocorrências é determinar se a falha é de um ou se
estão dois ou mais parâmetros fora do intervalo.
O segundo passo é determinar se os resultados do Ciclo de Qualidade demonstram
a falha da fase de calibração (sensibilidade fora do intervalo) ou da fase de QC
automático.

O impresso do Ciclo de Qualidade, bem como a informação na tela do analisador


proporcionam a informação necessária para verificar se a falha se deu em um
versus vários parâmetros assim como durante a calibração ou o controle de
qualidade.

10-14
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Impresso do A imagem é o exemplo de um impresso do Ciclo de Qualidade com um parâmetro


Ciclo de a falhar a calibração. Note que o resultado do controle de qualidade do parâmetro
Qualidade– com resultado da calibração fora do intervalo é não calculado (N/C).
falha da
Calibração de
RADIOMETER ABL80 FLEX
um único
parâmetro RESULTADOS DO CICLO DE QUALIDADE

Hora da análise: 6/16/2008 08:16:16


Tipo: Auto
VALORES DA SENSIBILIDADE

pH 51.6
CO2  24.3
O2 0.009
+
Na 61.5
+
K 56.8
2+
Ca 26.6
-
Cl 47.4
Glu 0.658
Hct 97.760

VALORES DO CONTROLO DE QUALIDADE

ID Solução: C8001 C8002 C8003 C8004


Lote: 25048 24812 24551 24880
Ciclos: 141 46 53 56

pH 7.36 7.04 7.67 6.66


pCO2 N/C N/C N/C N/C
pO2 150 67 233
+
cNa 152 103 167
+
cK 4.2 8.7 2.2
2+
cCa 1.16 2.30 0.48
-
cCl 110 66 126
cGlu -0.2 16.3 4.1
Hct 3 70

MENSAGENS
Estado: pCO2

10-15
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Impresso do A seguinte imagem é o exemplo de um impresso do Ciclo de Qualidade com um


Ciclo de único parâmetro a falhar o controle de qualidade.
Qualidade –
falha do
Controle de RADIOMETER ABL80 FLEX
Qualidade de RESULTADOS DO CICLO DE QUALIDADE
um único
parâmetro
Hora da análise: 6/16/2008 08:16:16
Tipo: Auto
VALORES DA SENSIBILIDADE

pH 51.6
CO2 54.3
O2 0.009
+
Na 61.5
+
K 56.8
2+
Ca 26.6
-
Cl 47.4
Glu 0.658
Hct 97.760

VALORES DO CONTROLO DE QUALIDADE

ID Solução: C8001 C8002 C8003 C8004


Lote: 25048 24812 24551 24880
Ciclos: 141 46 53 56

pH 7.36  7.04 7.67


pCO2 35 79 14
pO2 150 67 233
+
cNa 152 103 167
+
cK 4.2 8.7 2.2
2+
cCa 1.16 2.30 0.48
-
cCl 110 66 126
cGlu -0.2 16.3 4.1
Hct 3 70

MENSAGENS
Estado: pH

10-16
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Impresso do A imagem é o exemplo de um impresso do Ciclo de Qualidade com vários


Ciclo de parâmetros a falhar a calibração. Note que os valores do controle de qualidade dos
Qualidade – parâmetros com resultados de calibração fora do intervalo são não calculados
falha da (N/C).
Calibração de
vários
RADIOMETER ABL80 FLEX
parâmetros
RESULTADOS DO CICLO DE QUALIDADE

Hora da análise: 6/16/2008 08:16:16


Tipo: Auto
VALORES DA SENSIBILIDADE

pH  18.6
CO2  24.3
O2 0.009
+
Na 61.5
+
K 56.8
Ca
2+
 16.6
-
Cl 47.4
Glu 0.658
Hct 98.070

VALORES DO CONTROLO DE QUALIDADE

ID Solução: C8001 C8002 C8003 C8004


Lote: 25048 24812 24551 24880
Ciclos: 141 46 53 56

pH N/C N/C N/C N/C


pCO2 N/C N/C N/C N/C
pO2 150 67 233
+
cNa 152 103 167
+
cK 4.2 8.7 2.2
2+
cCa N/C N/C N/C
-
cCl 110 66 126
cGlu -0.2 16.3 4.1
Hct 3 70

MENSAGENS
2+
Estado: pH, pCO2, cCa

10-17
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Impresso do A imagem é o exemplo de um impresso do Ciclo de Qualidade com vários


Ciclo de parâmetros a falhar os resultados do controle de qualidade.
Qualidade –
falha do
RADIOMETER ABL80 FLEX
Controle de
Qualidade de RESULTADOS DO CICLO DE QUALIDADE
vários
parâmetros
Hora da análise: 6/16/2008 08:16:16
Tipo: Auto
VALORES DA SENSIBILIDADE

pH 58.6
CO2 54.3
O2 0.009
+
Na 61.5
+
K 56.8
2+
Ca 26.6
-
Cl 47.4
Glu 0.658
Hct 98.070

VALORES DO CONTROLO DE QUALIDADE

ID Solução: C8001 C8002 C8003 C8004


Lote: 25048 24812 24551 24880
Ciclos: 141 46 53 56

pH 7.36  7.04 7.67


pCO2 35  79 14
pO2 150  47 233
+
cNa 152 103 167
+
cK 4.2 8.7 2.2
2+
cCa 1.15 2.30 0.49
-
cCl 110 66 126
cGlu -0.2 16.3 4.1
Hct 3 70

MENSAGENS
Estado: pH, pCO2, pO2

10-18
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Um parâmetro fora do intervalo – cassete de eletrodos

Procedimento Se estiver um único parâmetro fora do intervalo após um Ciclo de Qualidade, siga
os passos:

Passo Ação
1. Selecione Menu  Ciclo de Qualidade Manual para repetir o Ciclo de
Qualidade.
2. Só analisador ABL80 FLEX (a
versão sem CO-OXimetria):
Durante os ciclos de
bombeamento de solução,
enquanto o rolete da bomba
estiver rodando, dê pequenos
puxões nos tubos do cassete para
ajudar a eliminar as bolhas de ar
que possam estar dentro da
tubulação do cassete e na câmara
de medição.

3. Reveja o Estado deste Ciclo de Qualidade repetido. Esta informação


pode ser encontrada no impresso dos Ciclos de Qualidade ou na tela
de Registro.
• Se o mesmo único parâmetro continuar fora do intervalo da
calibração ou do QC use a tabela apresentada abaixo sobre a
Resolução de Ocorrências dos Ciclos de Qualidade para
determinar os passos mais apropriados. Se não conseguir
solucionar, também é possível desativar o parâmetro que falhou
(veja capítulo 9, Definições / Parâmetros ativos)
• Se estiver mais do que um parâmetro fora do intervalo,
especialmente nos resultados da calibração (sensibilidade), ou se
estiver um único parâmetro diferente fora do intervalo, prossiga
para o tema Vários parâmetros fora do intervalo

10-19
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Tabela de Consulte a seguinte tabela quando falhar a resolução de ocorrências de um único


resolução de parâmetro durante um Ciclo de Qualidade. SC80 refere-se ao cassete de eletrodos;
ocorrências SP refere-se ao cartucho de soluções. Esta tabela aplica-se a todas as versões do
analisador ABL80 FLEX.

Guia de Resolução de Ocorrências do ABL80 FLEX


Modo de Falha
(As mesmas
Parâmeter leituras em Ciclos Passo 1 Avaliar o Passo 2
de Qualidade Passo 1
consecutivos)

Qualquer tipo Trocar SC80 Trocar SP


pH (Sensibilidade ou QC
fora do intervalo)

Fazer a re- Trocar SC80


Sensibilidade hidratação dos
baixa sensores (se o
tempo permitir)

Se o Passo 1 não solucionar a ocorrência, prossiga para o Passo 2


Trocar SC80 Trocar SP
pCO2 Sensibilidade
alta

Trocar SC80 Trocar SP


QC fora do
intervalo

Sensibilidade Trocar SC80


fora do
intervalo
pO2 Trocar SP Trocar SC80
QC fora do
intervalo

Eletrólitos Trocar SC80 Trocar SP


Qualquer tipo
+ + ++ (Sensibilidade ou QC
cK , cNa , cCa ,
cCl- fora do intervalo)

1. Sensibilidade Fazer a re- Trocar SC80


baixa hidratação dos
2. QC fora do sensores (se o
intervalo na tempo permitir)
instalação
Metabólitos Trocar SC80 Trocar SP
cGlu, cLac Sensibilidade
alta

QC fora do Trocar SC80 Trocar SP


intervalo
durante o uso

10-20
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Vários parâmetros fora do intervalo – cassete de eletrodos


Procedimento Se estiver mais do que um parâmetro fora do intervalo após um Ciclo de
Qualidade, siga os passos:

Passo Ação
1. Selecione Menu  Ciclo de Qualidade Manual para repetir o Ciclo de
Qualidade.
2. Só analisador ABL80 FLEX
(versão sem CO-OXimetria):
Durante os ciclos de
bombeamento de solução,
enquanto o rolete da bomba
estiver a rodar, dê pequenos
puxões nos tubos do cassete para
ajudar a eliminar as bolhas de ar
que possam estar dentro da
tubulação do cassete e na câmara
de medição.
O sistema apresentará uma
imagem e as instruções a lembrar
ao utilizador a realização este
procedimento.
3. Reveja o Estado deste Ciclo de Qualidade repetido. Esta informação
pode ser encontrada no impresso do Ciclo de Qualidade ou na tela do
Registro. Se a repetição do evento também estiver incorreta, prossiga
para o tema Possíveis fontes de contaminação por ar.
NOTA: A contaminação por ar é a causa mais provável da falha de
vários parâmetros.
NOTA: A falha de vários parâmetros pode também dever-se ao gel de
referência que migrou para a câmara de medição do cassete. Se todas
as tentativas para identificar a contaminação por ar não forem bem
sucedidas, poderá sugerir a presença de gel na câmara de medição.
Neste caso, a troca do cassete de eletrodos pode ser a ação corretiva
apropriada.

10-21
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Possíveis fontes de contaminação por ar

Introdução A investigação das possíveis fontes de contaminação por ar inclui o exame de


todas as áreas onde o sistema de fluidos pode estar aberto, como a ligação entre o
analisador e o cassete de eletrodos e entre o analisador e o cartucho de soluções.

As possíveis fontes de contaminação por ar no analisador ABL80 FLEX são


ilustradas no seguinte diagrama. As possíveis fontes de ar no analisador ABL80
FLEX CO-OX são muito semelhantes. As fontes indicadas de cima para baixo no
diagrama são:
1. Camâra de medição do cassete de eletrodos – O ar pode ter sido
introduzido com a amostra anterior ou pode ter sido alojado nesta área
através do fluxo de solução anterior;
2. Porta dos fluidos do cassete – Se a selagem entre a porta dos fluidos e o
luer do analisador não for total, pode entrar ar para o sistema de fluidos;
3. Válvulas e linhas internas – As tubulações e as válvulas internas podem
ficar bloqueadas ou desconectarem-se;
4. Cartucho das soluções – A ligação entre o cartucho das soluções e o
analisador pode ser uma fonte de contaminação por ar. Se o volume de
solução de algum dos estojos de solução do cartucho for insuficiente,
também pode resultar em contaminação por ar.

10-22
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Ligação do Siga os passos para garantir que a ligação entre o cassete de eletrodos e o
cassete de analisador ABL80 FLEX está correta:
eletodos -
ABL80 FLEX Passo Ação
1. Certifique-se que empurrou bem o cassete contra o analisador quando
a colocou.
• Retire o cassete do analisador
• Enquanto o cassete estiver na sua mão, examine os pins na zona
posterior da mesma; estes não devem estar corroídos, nem
dobrados nem úmidos
• Volte a pôr o mesmo cassete no analisador
• Pressione bem o cassete na
zona central, na circun-
ferência elevada (mesmo por
baixo da janela da câmara de
medição) até ouvir o estalido
que confirma que esta está
bem colocada
2. Se suspeitar da existência de um
bloqueio, encha uma seringa com
solução salina normal (NÃO use
água nem soluções do cartucho de
soluções). Introduza a seringa na
porta dos fluidos do cassete de
eletrodos e faça a lavagem com
esta solução salina.
NOTA: NÃO deixe que os fluidos
entrem em contato com os pins na
parte posterior do cassete.
3. • Se não for possível fazer uma lavagem no cassete de eletrodos,
substitua-o
• Se a lavagem estiver correta,
ponha o cassete de eletrodos
novamente no analisador.
Assegure-se que a porta de
silicone na traseira do cassete
não fica preso por baixo da
estrutura do cassete.
Certifique-se que ouve o
estalido que garante que o
cassete está corretamente
conectado ao analisador.
4. Faça um Ciclo de Qualidade pressionando Menu  Ciclo de
Qualidade Manual.

10-23
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Ligação do Siga os passos para garantir que a ligação entre o cassete de eletrodos e o
cassete de analisador ABL80 FLEX CO-OX está correta:
eletrodos –
analisador Passo Ação
ABL80 FLEX
CO-OX 1. Certifique-se que empurrou bem o cassete contra o analisador quando
a colocou.
• Retire o cassete do analisador
• Enquanto o cassete estiver na sua mão, examine a zona posterior
da mesma. Não deverá haver corrosão. Os pins não devem estar
dobrados nem úmidos.
2. • Assegure-se que a porta dos
fluidos (1) na parte de trás do
cassete não fica preso por
baixo da estrutura do cassete
• Volte o pôr a mesmo cassete
no analisador
3. Pressione bem o cassete na zona
central, na circunferência
rebaixada (mesmo por baixo da
janela da câmara de medição) até
ouvir o estalido que confirma que
esta está bem colocada.
4. Faça um Ciclo de Qualidade pressionando Menu  Ciclo de
Qualidade Manual.

Ligação do Siga os passos para garantir que o cartucho de soluções fica corrretamente
cartucho de colocado no analisador:
soluções
Passo Ação
1. Retire o cartucho de soluções do analisador:
• Pressione para baixo a patilha da porta
• Baixe a porta totalmente
• Puxe o cartucho de soluções e tire-o do analisador
2. Examine as portas do cartucho das soluções. Verifique que estão
limpas. Se encontrar algum depósito de solução seco, limpe
cuidadosamente com um pano macio úmido.

10-24
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Passo Ação
3. Examine os luers dentro da cavidade do analisador. Assegure-se que
estão limpos e secos. Use um pano macio e úmido se for necessário
limpar esta zona.

4. Volte a colocar o cartucho de soluções


• Faça o cartucho de soluções deslizar para dentro da cavidade
• Levante a porta
• Pressione-a junto à patilha até ouvir um estalido que indica que
está bem fechada
5. Faça um Ciclo de Qualidade pressionando Menu  Ciclo de
Qualidade Manual.

Tubulação e Se verificar que as conexões do cassete de eletrodos e do cartucho de soluções


válvulas estiverem corretas e ainda assim suspeitar de contaminação por ar, as fontes podem
internas ser os tubos e as válvulas internos. Neste caso, contate o serviço técnico da
Radiometer.

10-25
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Resolução de Ocorrências no CO-OXímetro


Introdução No analisador ABL80 FLEX CO-OX a função do CO-OXímetro é, em geral,
independente do cassete de eletrodos. A finalidade do cassete de eletrodos é
simplesmente atuar como um circuito de fluidos entre a amostra e o CO-OXímetro.

Todos os erros de CO-OXimetria são apresentados na tela dos resultados e


impressos, e são indicados com uma seta ascendente ou descendente junto ao
parâmetro de oximetria fora do intervalo.

Existe um conjunto de códigos de erro adicionais únicos para o CO-OXimetro.


Estas mensagens de erro destinam-se a apoiar o serviço técnico da Radiometer na
resolução de ocorrências no sistema de oximetria. Estes códigos de erro de CO-OX
estão listados na seção “Mensagens” do relatório.
Veja o tema Tabela dos códigos de erro CO-OX mais adiante neste capítulo para
obter uma lista com todos os erros.

10-26
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Impresso do A imgem é o exemplo de um impresso de um Ciclo de Qualidade com um erro no


Ciclo de valor de controle de qualidade nível 3 (C8303) da hemoglobina total. Note que os
Qualidade – códigos adicionais do sistema de CO-OXimetria estão listados na seção
falha do CO- “Mensagens”.
oxímetro
RADIOMETER ABL80 FLEX
RESULTADOS DO CICLO DE QUALIDADE

Hora da análise: 6/16/2008 08:16:16


Tipo: Auto
VALORES DA SENSIBILIDAE

pH 51.6
CO2 54.3
O2 0.009
+
Na 61.5
+
K 56.8
2+
Ca 26.6
-
Cl 47.4
Glu 0.658
tHb 282.30

VALORES DO CONTROLO DE QUALIDADE

ID Solução: C8301 C8302 C8303 C8304


Lote: 25048 24812 24551 24880
Ciclos: 141 46 53 56

pH 7.36 7.04 7.67 6.66


pCO2 35 80 14 34
pO2 150 67 233
+
cNa 152 103 167
+
cK 4.2 8.7 2.2
2+
cCa 1.16 2.30 0.48
-
cCl 110 66 126
cGlu -0.2 16.3 4.1
ctHb 18.1  3.0 12.5

MENSAGENS
Estado: ? ctHb

CO-OX erro(s): 581 (ctHb)

10-27
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Resultados do QC manual fora do intervalo

Introdução Esta seção descreve os passos necessários quando os resultados de um controle de


qualidade manual estão fora dos intervalos aceitos.

Resultados do Quando os valores do controle de qualidade manual de qualquer nível estiverem


QC fora do fora dos intervalos aceitos, faça o seguinte:
intervalo
Passo Ação
1. Faça um Ciclo de Qualidade Manual (ou uma Cal a 2 pts Manual
quando estiver usando um cassete não-QC3 ou um analisador ABL80
FLEX com a configuração de software BASIC) pressionando Menu 
Ciclo de Qualidade Manual.
2. Repita a medição de controle de qualidade manual.
• Se o valor estiver dentro do intervalo, pode usar o analisador para
as análises
• Se o valor estiver mais uma vez fora do intervalo aceito, prossiga
para o passo três
3. Verifique se está usando o material de QC correto. Verifique que o
lote e os intervalos introduzidos na tela de Intervalos de QC estão
corretos.
4. Assegure-se que estão sendo cuidadosamente seguidas as
recomendações do fabricante relativas ao manuseio da amostra de QC.
• Para obter melhores resultados, recomenda-se que as ampolas de
controle de qualidade sejam equilibradas para os 25 ºC durante 5
horas, no mínimo
• As ampolas de QC deverão ser equilibradas durante 5 horas, no
mínimo, a uma temperatura conhecida e estável entre os 15 °C e
os 32 °C
• O valor exato da temperatura de equilíbrio da ampola de QC
deverá ser introduzido na tela da Aspiração
• Não manipule excessivamente a ampola para não a aquecer
5. Misture muito bem os líquidos da
ampola, agitando-a durante 15
segundos.

NOTA: Depois de aberta, a ampola tem que ser analisada


imediatamente.

10-28
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Passo Ação
6. Se os resultados do QC manual continuarem a ficar fora dos intervalos
aceitos:
• Desative o(s) parâmetro(s) que falha(m)
• Ative a função de bloqueio pelo QC para este parâmetro ou
Substitua o cassete de eletrodos

Referência As dificuldades crônicas com os resultados de QC podem indicar a necessidade de


reavaliar os seus intervalos de aceitação. Consulte o Manual de Referência do
Controle de Qualidade, da Radiometer, para mais informação sobre o
estabelecimento dos intervalos definidos pelo utilizador.

10-29
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Mensagens do Sistema
Introdução Esta seção apresenta os vários tipos de mensagens do sistema comunicadas pelo
analisador. As mensagens exclusivas de uma única versão do analisador são
identificadas inequivocamente. Os detalhes sobre a interpretação das mensagens e
ações corretivas sugeridas são apresentados nesta seção.

Os três tipos principais de mensagens do sistema são:


• Mensagens de erro gerais – apresentadas numa caixa de mensagem de erro na
tela
• Códigos de erro CO-OX – referidos com os resultados
• Mensagens dos resultados – incluídos nos vários tipos de relatórios de resultados

Exemplos de Estes tipos de mensagens do sistema são comunicados pelo sistema de três formas
mensagens do diferentes.
sistema
As mensagens gerais de erro aparecem numa caixa de erro na tela como a imagem
mostra.

10-30
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Os códigos de erro CO-OX aparecem na seção das Mensagens nos relatórios das
amostras, das calibrações ou do QC quando ocorre um erro CO-OX. O código do
erro é apresentado seguido por uma lista de todos os parâmetros CO-OX afetados.
Um ponto de interrogação (?) aparecerá junto a todos os parâmetros de oximetria
quando uma situação de erro for identificada. O seguinte exemplo mostra uma
situação de erro CO-OX num resultado do Paciente.

RADIOMETER ABL80 FLEX


RESULTADOS DO PACIENTE

Hora da análise: 6/16/2008 08:16:16


Tipo de amostra: Arterial
VALORES MEDIDOS
Gases no sangue (37.0 °C)
pH 7.41
pCO2 38 mmHg
pO2 81 mmHg

Oximetria
ctHb ? 14.6 g/dL
FO2Hb ? 93.6 %
FCOHb ? 1.1 %
FmetHb ? 0.3 %

Electrólitos/Metabolitos
+
Na 139 mmol/L
+
K 4.2 mmol/L
2+
Ca 1.12 mmol/L
-
Cl 101 mmol/L
Glu 4.9 mmol/L

MENSAGENS
Estado: ? ctHb

CO-OX erro(s): 581 (ctHb)

10-31
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

As mensagens dos resultados aparecem como símbolos ou abreviaturas nos


Resultados das Amostras dos Pacientes, de Calibração ou QC. Tanto são
apresentadas junto ao parâmetro envolvido como em vez do valor do resultado. O
exemplo mostra várias mensagens dos resultados tal como aparecem nos resultados
dos pacientes.

RADIOMETER ABL80 FLEX


RESULTADOS DOS PACIENTES

Hora da análise: 6/16/2008 08:16:16


Tipo de análise: Arterial
VALORES MEDIDOS
Gases no sangue (37.0 °C)
pH 7.41
pCO2  32 mmHg
pO2 81 mmHg

Oximetry
ctHb 14.6 g/dL
FO2Hb 93.6 %
FCOHb 1.1 %
FmetHb 0.3 %

Electrílitos/Metabolitos
+
Na BLO mmol/L
+
K 4.2 mmol/L
2+
Ca 1.12 mmol/L
-
Cl 101 mmol/L
Glu 4.9 mmol/L

MENSAGENS
Estado: OK

BLO – Bloqueado

10-32
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Mensagens gerais de erro


Mensagens Esta seção descreve as mensagens gerais de erro, apresenta a respectiva
gerais de erro interpretação e as ações corretivas recomendadas. Estas mensagens do sistema
estão agrupadas por categorias e estão referenciadas com um número de erro único.
As mensagens gerais de erro estão agrupadas nas seguintes categorias:
1000 – Erros do sistema
1100 – Cartucho das Soluções
1200 – Cassete de Eletrodos
1300 – Temperatura e detecção de ar
1400 – QC Manual
1500 – Requisitos de introdução
2000 – Comunicação
2100 – Oxímetro
2300 – Analisador ABL80 FLEX CO-OX com a configuração de software OSM

Tabela das A tabela fornece uma interpretação de cada mensagem geral de erro e sugere as
mensagens ações corretivas que resolverão a situação.
gerais de erros

Erro Mensagem Interpretação Ação Corretiva


1000 – Erros do Sistema
1000 Introdução inválida. A informação introduzida no Introduza um valor
campo não é um valor aceitável no campo de
aceitável. introdução.
1001 Valor x fora do intervalo (y- O valor introduzido (x) não Introduza um valor que
z) do <parâmetro>. está dentro do intervalo esteja dentro do intervalo
aceitável (y-z) para este de introdução aceitável.
parâmetro.
1002 Patilha aberta. A patilha da porta do Pressione a porta do
cartucho de soluções não cartucho de soluções,
está completamente mesmo por cima da
encaixada. patilha, até ouvir um
estalido.
1004 Não é possível acessar o O sistema sofreu uma falha Contate o serviço técnico
smart chip do analisador. geral da leitura/escrita no da Radiometer.
smart chip do analisador.
1005 Analisador não ligado. O sistema não consegue ler a Contate o representante
informação no iButton do local da Radiometer.
analisador.
1006 Estes campos são de Alguns campos de Introduza a informação
preenchimento obrigatório: introdução foram configura- necessária em todos os
dos para serem obrigatória- campos de preenchimento
mente preenchidos e não foi obrigatório.
introduzida nenhuma
informação.

10-33
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Erro Mensagem Interpretação Ação Corretiva


1007 Tempo de inicialização da O analisador não consegue • Desligue o analisador e
base de dados esgotou-se. ler e/ou escrever na sua base volte a ligá-lo (reinício).
de dados. • Se o problema persistir,
contate o serviço técnico
da Radiometer.
1008 Tem que introduzir um A configuração obriga a Introduza um nome de
nome de utilizador. introdução de um nome de utilizador válido a partir da
utilizador. lista de utilizadores da tela
da Segurança.
1009 Tem que introduzir um A configuração obriga a Introduza um código de
código de acesso. introdução de um código de acesso da lista de utilizado-
acesso. res da tela da Segurança.
1010 Nome de utilizador inválido. O nome de utilizador Introduza um nome de
introduzido não consta na utilizador válido da lista de
lista de utilizadores. utilizadores da tela da
Segurança.
1011 Código de acesso inválido. Foi introduzido um código Introduza um código de
de acesso que não consta na acesso válido da lista de
lista de utilizadores. Tenha códigos de acesso,
atenção que o código de tomando especial cuidado
acesso é sensível ao tipo de com o tipo de cada letra.
letra.
1012 Código de acesso caducado. O códico de acesso do Revalide o código de
utilizador caducou. acesso do utilizador na tela
da Segurança.
1013 Este utilizador não pode ser Os utilizadores Nenhuma.
apagado. Administrador e Anônimo
não podem ser apagados.
1014 Este utilizador não pode ser O utilizador selecionado é Não requer nenhuma ação.
editado um utilizador obrigatório,
predefinido. Não é permitida
a edição.
1015 A consulta falhou. A consulta realizada não • Volte a fazer a consulta.
conseguiu localizar a • Se a consulta falhar,
informação requerida devido investigue o estado da
a algum tipo de erro do rede de comunicação.
sistema.
1016 O tempo da consulta Não foram recebidos • Volte a fazer a consulta.
esgotou-se. resultados da consulta dentro • Se a consulta falhar,
do período de tempo investigue o estado da
permitido. rede e a velocidade de
comunicação.

10-34
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Erro Mensagem Interpretação Ação Corretiva


1017 Sem ligação à consulta. A ligação à rede não está Certifique-se que foi sele-
ativa. cionada a ligação correta no
separador dos Requisitos de
Dados na tela Comunicação
de Dados, e que esta está
ativa.
1018 Erro de consulta interno. A consulta interna não • Verifique se os dados
conseguiu encontrar usados para a consulta
nenhuma informação estão corretos.
concordante. • Volte a fazer a consulta.
• Se a consulta falhar,
introduza os dados
manualmente.
1019 Sem resultados de consulta A consulta não conseguiu • Verifique se os dados
encontrar nenhuma usados para a consulta
informação concordante. estão corretos.
• Volte a fazer a consulta.
• Se a consulta falhar,
introduza os dados
manualmente.
1020 Erro da impressora A impressora não consegue Verifique se o papel usado
imprimir corretamente está correto e se foi
colocado corretamente na
impressora. Se o erro
persistir contate o Serviço
Técnico da Radiometer.
1021 Bateria fraca. A quantidade de carga da Ligue o analisador à
bateria não é suficiente para corrente AC.
terminar a ação requerida.
1022 Não foram selecionados O painel de parâmetros Selecione pelo menos um
parâmetros. Tem que ser personalizado escolhido não parâmetro ativo no painel
selecionado pelo menos um tem nenhum parâmetro de parâmetros personali-
parâmetro ativo. ativo. sado. (Só os parâmetros
ativos estão disponíveis
para a escolha).
1023 Instalação do cassete de O analisador não permite que Ligue o analisador à
eletrodos não pode ser o cassete de elerodos seja corrente elétrica.
realizada com energia da instalado com o funciona-
bateria. mento com energia da bateria.
1024 A atualização do software O analisador está a funcionar Ligue o analisador à
não pode ser realizada com com energia da bateria. O corrente elétrica.
energia da bateria. sistema requer energia AC
durante a atualização.

10-35
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Erro Mensagem Interpretação Ação Corretiva


1026 Analisador bloqueado. O utilizador está tentando Desbloqueie o analisador
realizar análises mas o realizando o procedimento
analisador foi bloqueado da tela Bloqueio do
manualmente. Analiador. (Menu >
Definições > Sistema >
Bloqueio do Analisador).
1028 iButton do analisador não O smart chip do analisador Contate o Serviço Técnico
programado. não foi programado da Radiometer.
convenientemente.
1029 Erro de código do iButton Verificou-e um erro não Contate o Serviço Técnico
desconhecido. identificado no analisador ao da Radiometer.
ler ou escrever no smart chip.
1030 A Tecla Rápida que A Tecla Rápida selecionada Use a tecla de Menu do
pressionou não está não está respondendo. menu principal para
operativa. Use antes os selecionar a função
Menus. pretendida.
1031 Falha de hardware: não é O analisador verificou um Volte a tentar; se não con-
possível detetar a unidade de erro de acesso à unidade de seguir, contate o Serviço
CD. CD. Técnico da Radiometer.
1032 Ficheiro dos vídeos tutoriais O analisador não consegue Contate o Serviço Técnico
não encontrado. localizar os ficheiros da Radiometer.
necessários na base de dados
para ler os vídeos tutoriais.
1033 Não é possível ler Vídeos O sistema não consegue Contate o Serviço Técnico
Tutoriais ativar a função de Vídeo da Radiometer
Tutorial
1034 Erro do sistema do smart O analisador não consegue Contate o Serviço Técnico
chip. Retire o cassete e o ler os smart chips nos da Radiometer.
cartucho de soluções antes consumíveis. O analisador pode ser
de reiniciar reiniciado, se desejado,
sem os consumíveis
colodados.
1035 Erro do sistema do smart O analisador não consegue Contate o Serviço Técnico
chip. Contate o Serviço ler os smart chips dos da Radiometer. A
Técnico. Troque o cartucho consumíveis. substituição do cartucho de
das soluções. Se o erro soluções ou do cassete de
persistir, troque o cassete. eletrodos pode solucionar o
problema imediato.
1036 Data de fabricação posterior A data do analisador é Verifique a data do
à data atual anterior à data em que o analisador e corrija o que
consumível foi fabricado. for necessário.

10-36
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Erro Mensagem Interpretação Ação Corretiva


1037 Segurança – acesso negado O utilizador atual não tem Altere as definições de
permissão para acessar a tela segurança do utilizador
de segurança. atual ou será outro
utilizador a iniciar a sessão
no analisador e realizar a
ação pretendida.
1041 Falha da placa analógica. A placa analógica do Contate o serviço técnico
Contate o serviço técnico analisador não cumpre as local da Radiometer.
local da Radiometer especificações requeridas.
1100 – Cartucho de Soluções
1100 O cartucho de soluções não O smart chip do cartucho de • Insira o cartucho de
instalado. soluções não foi identificado soluções completamente
pelo analisador, indicando até ao fundo dentro da
ao sistema que o cartucho de cavidade do analisador.
soluções não está presente na Feche bem a porta,
cavidade do analisador. empurrando até ouvir o
estalido da patilha.
• Se o problema persistir,
substitua o cartucho.
• Se o problema persistir
com cartucho seguinte,
contate o serviço técnico
da Radiometer.
1101 O cartucho de soluções O cartucho de soluções Instale o cartucho de
nunca foi instalado. presente no analisador nunca soluções. Selecione Menu
foi instalado corretamente.  Utilitários  Instalar 
Cartucho de Soluções e
siga as instruções na tela.
1102 O cartucho de soluções foi Um cartucho de soluções Instale um cartucho de
instalado noutro analisador. não pode ser instalado em soluções novo.
Não pode ser usado neste vários analisadores.
analisador.
1103 O cartucho de soluções já foi O cartucho de soluções já foi Não é necessária nenhuma
instalado anteriormente. instalado anteriormente neste ação; este cartucho irá
analisador. funcionar neste analisador.
1104 O cartucho de soluções A data atual é posterior à Substitua o cartucho de
caducou. data de validade em uso do soluções.
cartucho de soluções
instalado.
1105 A data atual é posterior à O cartucho de soluções Instale um cartucho de
data “Instalar até” do caducou. O analisador não soluções novo.
cartucho de soluções. permite que seja instalado
um cartucho de soluções fora
da data de validade.

10-37
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Erro Mensagem Interpretação Ação Corretiva


1106 Dados inválidos do cartucho O analisador não consegue • Tire e volte a colocar o
de soluções. ler e interpretar corretamente cartucho de soluções no
a informação contida no analisador. Certifique-se
smart chip do cartucho de que a patilha fica bem
soluções. fechada.
• Se o problema persistir
substitua o cartucho.
• Se o problema persistir
com cartucho seguinte,
contate o Serviço
Técnico da Radiometer.
A data de fabricação do Verifique a data atual do
cartucho de soluções é analisador e ajuste-a se
anterior à data atual do necessário.
analisador.
1107 Solução 1 vazia.
1108 Solução 2 vazia.
A ação requerida pelo
1109 Solução 3 vazia.
utilizador requer uma
1110 Solução 4 vazia. determinada quantidade de
Substiua o cartucho de
ciclos de solução que não
1111 Solução 1 baixa. soluções.
existem no cartucho de
1112 Solução 2 baixa. soluções atualmente
instalado.
1113 Solução 3 baixa.
1114 Solução 4 baixa.
1115 Não é possível acesso ao O sistema não consegue ler a • Tire e volte a colocar o
smart chip do cartucho de informação contida no smart cartucho de soluções.
soluções. chip do cartucho de Assegure-se que a
soluções. patilha da porta fica bem
fechada.
• Se o problema persistir
substitua o cartucho.
• Se o problema persistir
com cartucho seguinte,
contate o Serviço
Técnico da Radiometer.
1116 Não é possível escrever no O analisador não consegue • Substitua o cartucho de
smart chip do cartucho de escrever a informação soluções.
soluções. necessária no smart chip do • Se o problema persistir
cartucho de soluções. contate o serviço técnico
da Radiometer.

10-38
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Erro Mensagem Interpretação Ação Corretiva


1117 Comprovação da Verificação A comprovação da Substitua o cassete de
(C/V) não realizada – verificação não cumpriu os eletrodos. Se a falha da
Troque o cassete. Se o erro critérios de aceitação comprovação da
persistir, troque o cartucho verificação persistir,
substitua o cartucho de
soluções.
1118 Verificação do cartucho de Os resultados da verificação Substitua o cartucho de
soluções falhou. do cartucho de soluções não soluções.
são coincidentes com os
critérios de aceitação.
1119 Comprovação da Verificação A comprovação da Ative o parâmetro pO2.
(C/V) não realizada – verificação não pode ser
ativação de pO2 requerida realizada porque é requerida
a medição de pO2 para
terminar a verificação.
1120 Cartucho de soluções não O cartucho de soluções Prossiga para a tela de
instalado. atualmente no analisador não Instalação do Cartucho de
foi instalado. Soluções para o instalar
(Menu  Utilitários 
Instalar  Cartucho
Soluções).
1121 Ciclos de solução restantes O nível das soluções no Substitua o cartucho de
no cartucho insuficientes. cartucho é muito baixo para soluções.
realizar a função pretendida.
1122 O modelo do cartucho de O cartucho de soluções que Substitua o cartucho de
soluções não é compatível está sendo instalado não se soluções pelo modelo
com este analisador. destina a este analisador. apropriado.
1123 Data do analisador anterior à A data do sistema do Corrija a data do analisador
data de fabricação do analisador precede a data em (Menu  Definições 
cartucho de soluções. que o cartucho das soluções Configuração 
foi fabricado Data/Hora)
1124 Estojo 1 vazio O estojo 1 no cartucho das Substitua do cartucho das
soluções está vazio. soluções
1125 Estojo 2 vazio O estojo 1 no cartucho das Substitua do cartucho das
soluções está vazio. soluções
1126 Estojo 3 vazio O estojo 1 no cartucho das Substitua do cartucho das
soluções está vazio. soluções
1127 Estojo 4 vazio O estojo 1 no cartucho das Substitua do cartucho das
soluções está vazio. soluções

10-39
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Erro Mensagem Interpretação Ação Corretiva


1200 – Cassete de eletrodos
1200 Cassete de eletrodos não O smart chip do cassete de • Certifique-se que o
instalado. eletrodos não foi cassete está totalmente
identificado pelo analisador, encaixado no analisador.
indicando que o cassete de Pressione a circunferên-
eletrodos não foi instalado cia no centro do cassete
no analisador. até ouvir um estalido.
• Se o problema persistir,
substitua o cassete de
eletrodos.
• Se o problema persistir
depois de substituir o
cassete de eletrodos,
contate o Serviço
Técnico da Radiometer.
1201 Erro ao ler o cassete de O analisador não consegue • Tire e volte a colocar o
eletrodos. ler e interpretar corretamente cassete de eletrodos
a informação contida no • Se o problema persistir,
smart chip do cassete de substitua o cassete de
eletrodos. eletrodos.
• Se o problema persistir
depois de substituir o
cassete de eletrodos,
contate o Serviço
Técnico da Radiometer.
1202 Porta de entrada das A porta de entrada das • Baixe a porta de entrada
amostras aberta. amostras não está totalmente completamente
(analisador ABL80 FLEX) baixada. • Se o problema persistir,
substitua o cassete de
eletrodos.
• Se o problema persistir
depois de substituir o
cassete de eletrodos,
contate o serviço técnico
da Radiometer.
1203 Cassete de eletrodos A data atual é posterior à Substitua o cassete de
caducou. data de validade de vida em eletrodos
uso do cassete de eletrodos
instalado.
1204 Cassete de eletrodos não O procedimento de Instale o cassete de
inicializado. instalação do cassete de eletrodos. Selecione Menu
eletrodos colocado não foi  Utilitários Instalar 
terminado corretamente. SC80 e siga as instruções
na tela.

10-40
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Erro Mensagem Interpretação Ação Corretiva


1205 Este cassete de eletrodos O cassete de elerodos Instale o cassete de eletrodos.
ainda não foi instalado neste colocado foi instalado Selecione Menu 
analisador; reinicialização noutro analisador mas nunca Utilitários Instalar  SC80
requerida. foi corretamente instalado e siga as intruções na tela.
neste analisador.
1206 Cassete de eletrodos Este cassete de eletrodos já Não requer nenhuma ação;
instalado anteriormente. foi instalado corretamente este cassete irá funcionar
neste analisador. corretamente no analisador.
1207 Cassete de eletrodos tem O estado atual da calibração Selecione Menu  Ciclo de
que ser calibrado. não é aceito, tanto porque o Qualidade Manual para
Ciclo de Qualidade está iniciar um Ciclo de Qualidade
atrasado, como porque o (para os sistemas não-QC3
estado do último Ciclo de selecione Calibração Manual
Qualidade não foi aceito. a 2 Pts).
1208 Não restam mais testes. Já foram realizados todos os Substitua o cassete de
testes permitidos pelo eletrodos.
cassete de eletrodos
atualmente instalado.
1209 Cassete de eletrodos não A temperatura do cassete de Ponha o analisador, com os
está à temperatura ambiente. eletrodos está fora dos consumíveis, num local que
limites de temperatura de esteja dentro do intervalo da
utilização. temperatura especificado para
o funcionamento (12-28 °C) e
dê tempo para a temperatura
se equilibrar.
1210 Não é possível acessar o O analisador não consegue • Tire e volte a colocar o
smart chip do cassete de ler a informação contida no cassete de eletrodos.
eletrodos. smart chip do cassete de • Se o problema persistir,
eletrodos. substitua o cassete de
eletrodos.
• Se o problema persistir
depois de substituir o
cassete de eletrodos,
contate o Serviço Técnico
da Radiometer.
1211 Cassete de eletrodos não O canal da glicose não • Selecione Menu  Ciclo de
pronto. cumpriu os critérios de Qualidade Manual para
estabilidade aceitos. iniciar um Ciclo de
Qualidade (para os sistemas
não-QC3 selecione
Calibração Manual a 2
Pts)
• Se o problema persistir, a
Glu pode ser desativada.

10-41
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Erro Mensagem Interpretação Ação Corretiva


1212 Data de instalação do O cassete de eletrodos Instale um cassete de
cassete de eletrodos já caducou. O analisador não eletrodos novo.
passou. permitirá a instalação de um
cassete de eletrodos
caducado.
1213 O cassete de eletrodos tem A ação pretendida requer Conecte um cassete de
que ser conectado e a porta um cassete de eletrodos eletrodos e assegure-se que a
de entrada tem que ser conectado ao analisador porta de entrada fica
fechada. com a porta de entrada totalmente para baixo.
(analisador ABL80 FLEX) totalmente baixa.

1214 Aspiração caducada porque Durante a aspiração da Baixe a porta de entrada.


não foi terminada dentro do amostra, a sonda de Volte a analisar a amostra,
período de tempo requerido. aspiração nunca foi baixada certificando-se que a porta de
A amostra será rejeitada. para permitir o seguimento entrada é totalmente baixada
do processo de análise. dentro no momento certo.
1215 Análise caducada porque Pelo menos um campo de Volte a analisar a amostra
não foi terminada dentro do introdução de assegurando-se que todos os
tempo requerido. A amostra preenchimento obrtigatório campos de introdução
será rejeitada. não foi preenchido. O tempo obrigatória foram
foi esgotado pelo sistema e preenchidos.
a amostra foi rejeitada.
1216 Não é possível ler o smart O analisador não consegue • Volte a colocar o cassete de
chip do cassete de eletrodos. ler o smart chip do cassete eletrodos.
de eletrodos. • Se o problema persistir,
substitua o cassete.
• Se o problema persistir
depois de substituir o
cassete de eletrodos,
contate o Serviço Técnico
da Radiometer.
1217 Nenhum parâmetro a relatar. Todos os parâmetros • Se os parâmetros estiverem
medidos ou estão ativos, selecione Menu 
desativados ou falharam o Ciclo de Qualidade Manual
último Ciclo de Qualidade. para iniciar um Ciclo de
Qualidade (para os sistemas
não-QC3 selecione
Calibração Manual a 2
Pts).
• Se os parâmetros estiverem
desativados, prossiga para
a tela Parâmetros Activos e
ative os pretendidos. Caso
contrário, substitua o
cassete de eletrodos.

10-42
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Erro Mensagem Interpretação Ação Corretiva


1218 Ciclo de Qualidade falhou Os resultados do Ciclo de Repita o Ciclo de
Qualidade não cumprem os Qualidade; consulte o
critérios de aceitação. capítulo 10, Resolução de
Ocorrências, no Manual do
Utilizador, se necessitar.
1219 Porta de entrada das A sonda de entradas das Repita a análise da
amostras aberta. A análise amostras foi levantada amostra, garantindo que a
será cancelada. durante a análise. O sistema sonda permaneça baixada
(analisador ABL80 FLEX) requer que esta sonda se ao longo do processo de
mantenha baixada durante o análise.
processo de análise da
amostra.
1220 Modelo do cassete de O cassete de eletrodos que Instale o cassete de
eletrodos não compatível está a ser instalada não se eletrodos correto para este
com este analisador destina a este analisador com analisador e aplicação.
esta aplicação.
1221 Sonda de aspiração das A sonda de aspiração das • Baixe a sonda totalmente
amostras levantada amostras não está • Se o problema persitir,
(analisador ABL80 FLEX completamente baixada substitua o cassete
CO-OX) Se o problema persistir
depois de substituir o
cassete, contate o Serviço
Técnico da Radiometer
1222 Tem que ser conectado um A ação pretendida requer um Conecte um cassete de
cassete de eletrodos e a cassete de eletrodos eletrodos e assegure-se que
sonda de aspiração tem que conectado ao analisador com a porta de entrada fica
ser baixada. a porta de entrada totalmente totalmente para baixo.
(analisador ABL80 FLEX baixa.
CO-OX)
1223 Sonda de aspiração das A sonda de entrada das Repita a análise da
amostras levantada. A amostras foi levantada amostra, garantindo que a
análise será cancelada. durante a análise. O sistema sonda permaneça baixada
(analisador ABL80 FLEX requer que esta sonda se ao longo da análise.
CO-OX) mantenha baixada durante o
processo de análise da
amostra.
1224 Comprovação da Verificação A Comprovação da Substitua o cartucho das
(C/V) falhou – troque o Verificação não cumpriu os soluções. Se a falha da
cartucho. Se o erro persistir, critérios de aceitação. Comprovação da
troque o cassete Verificação persistir,
substitua o cassete de
eletrodos.
1225 Calibração a dois pontos Os resultados da calibração a Repita a calibração a dois
falhou dois pontos não cumpriram pontos. Consulte o capítulo
os critérios de aceitação 10, Resolução de
Ocorrências, no Manual do
Utilizador, se necessitar.

10-43
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Erro Mensagem Interpretação Ação Corretiva


1300 – Detecção da Temperatura e do Ar
1301 Temperatura instável. • Volte a colocar o cassete
[Temp-A] de eletrodos.
1302 Temperatura instável (alta). O analisador reconheceu • Se o problema persistir,
uma situação irregular na substitua o cassete de
[Temp-B] eletrodos.
unidade de
1303 Temperatura instável aquecimento/termistor. • Se o problema persistir
(baixa). contate o Serviço
[Temp-C] Técnico da Radiometer.
1304 Temperatura instável
(circuito aberto).
[Temp-D]
1305 Mau funcionamento da A temperatura do cassete de • Substitua o cassete de
temperatura eletrodos está muito além da eletrodos
(sobreaquecimento do temperatura desejada de 37 • Se o problema persistir,
cassete). °C devido a um mau contate o representante
[Temp-E] funcionamento da local do Serviço Técnico
temperatura do sistema. O da Radiometer
analisador desliga-se
automaticamente como
precaução de segurança.
1306 Erro no circuito do cassete O circuito de proteção do • Selecione Menu  Ciclo
[Temp-F] aquecimento foi acionado de Qualidade Manual
possivelmente em resposta à para iniciar um Ciclo de
temperatura ambiente baixa. Qualidade manual (ou
uma Cal a 2 pts)
• Assegure-se que a
temperatura ambiente
está dentro da tempe-
ratura de operação
especificada
• Substitua o cassete

10-44
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Erro Mensagem Interpretação Ação Corretiva


1350 Detecção de ar não A verificação do sistema de • Selecione Menu  Ciclo
disponível. detecção de ar não cumpriu de Qualidade Manual
os critérios de aceitação para iniciar um Ciclo de
durante o último Ciclo de Qualidade manual. Se o
Qualidade, tendo o utilizador sistema de detecção de
desativado posteriormente o ar voltar a falhar, torne a
sistema de detecção de ar. instalar o cassete de
eletrodos. Se a
calibração da detecção
de ar falhar durante a re-
instalação, substitua o
cassete de eletrodos.
• Se quiser, pode optar por
analisar as amostras sem
o sistema de detecção de
ar.
1351 Calibração da detecção de ar A calibração do sistema de • Volte a instalar o cassete
falhou. detecção de ar durante a de eletrodos. Se a
inicialização da SC80 não calibração da detecção
cumpriu os critérios de de ar tornar a falhar,
aceitação. substitua o cassete de
eletrodos
• Se quiser, pode optar por
analisar as amostras sem
o sistema de detecção de
ar.
1352 Detecção de ar não O sistema de detecção de ar • Repita a medição da
disponível para esta análise. não conseguiu proporcionar amostra.
os dados necessários para • Se quiser, pode optar por
determinar o estado do ar da aceitar os resultados da
amostra medida. amostra anterior sem a
segurança do sistema de
detecção de ar.
1353 Possível ar na amostra. O sistema de detecção de ar Avalie com cuidado os
identificou a possibilidade resultados da amostra
de haver ar na camâra de relativamente à sua
medição no momento da integridade e à correlação
análise da amostra. clínica aceitável. Sugere-se
a repetição da análise.
1354 Possível ar na solução de O sistema de detecção de ar Avalie com cuidado os
fluxo. identificou a possibilidade resultados da amostra
de haver ar na camâra de relativamente à sua
medição no momento da integridade e à correlação
análise com a solução de clínica aceitável. Sugere-se
fluxo. a repetição da análise.

10-45
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Erro Mensagem Interpretação Ação Corretiva


1355 Possível ar na solução 1. O sistema de detecção de ar Investigue a possibilidade
identificou a possibilidade de contaminação por fontes
de haver ar na câmara de de ar, como:
medição durante o Ciclo de • Ar residual no tubo do
Qualidade. cassete de eletrodos.
Para o eliminar, dê
1356 Possível ar na solução 2. pequenos puxões no
tubo durante os ciclos
com solução de fluxo.
• Cartucho das soluções
vazio
1357 Possível ar na solução 3. • O cartucho das soluções
não está completamente
assentado no analisador.
• O cassete de eletrodos
não está completamente
conectado ao analisador.
1358 Possível ar na solução 4. Se não for possível
identificar a fonte de ar
contaminante, contate o
Serviço Técnico da
Radiometer.

10-46
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Erro Mensagem Interpretação Ação Corretiva


1400 – QC Manual
1400 QC Nível 1 fora do intervalo • Verifique se o tipo e o
<parâmetro>. lote do material de QC
que está sendo analisado
1401 QC Nível 2 fora do intervalo
são os certos.
<parâmetro>. Os resultados da amostra de
• Verifique a temperatura
1402 QC Nível 3 fora do intervalo QC manual analisada não da ampola que vai ser
<parâmetro>. estão dentro dos intervalos
aceites para o parâmetro analisada. Assegure-se
1403 QC Nível 4 fora do intervalo especificado, tal como foi que a temperatura é
<parâmetro>. estabelecido na tela introduzida durante a
Definições QC Manual  análise da amostra.
1404 QC Hct Nível 1 fora do
intervalo. Intervalos. • Verifique se os
intervalos de aceitação
1405 QC Hct Nível 2 fora do estão corretos.
intervalo. • Repita a medição da
amostra de QC
1425 Lote de QC Nível 1 caducou.
1426 Lote de QC Nível 2 caducou. O lote de QC manual
introduzido em Definições  Selecione Definições 
1427 Lote de QC Nível 3 caducou. QC Manual  Intervalos
QC Manual  Intervalos e
1428 Lote de QC Nível 4 caducou. caducou, segundo o campo defina um novo lote de
da validade desta tela. material de QC na tela de
1429 Lote de QC Hct Nível 1 O analisador não permite a Intervalos de QC Manual.
caducou. utilização de material de QC
1430 Lote de QC Hct Nível 2 caducado.
caducou.
1431 Todos os lotes de QC GS/El Todos os lotes de QC de GS/ Introduza novos lotes de
caducaram Eletrólitos definidos na tela material de QC definindo
dos Intervalos de QC os números de lote, as
Manual caducaram. datas de validade e os
limites dos intervalos.
1432 Todos os lotes de QC Hct Todos os lotes de QC Hct Introduza novos lotes de
caducaram definidos na tela dos material de QC definindo
Intervalos de QC Manual os números de lote, as
caducaram. datas de validade e os
limites dos intervalos.
1433 Todos os lotes de QC Todos os lotes de QC Introduza novos lotes de
caducaram definidos na tela dos material de QC definindo
Intervalos do QC Manual os números de lote, as
caducaram. datas de validade e os
limites dos intervalos.

10-47
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Erro Mensagem Interpretação Ação Corretiva


1450 QC Manual requerido O QC Manual está atrasado, Faça as amostras de QC
segundo a tela de necessárias ou altere os
Programação do QC. requisitos da Programação
de QC.
1475 Código de barras inválido O código de barras lido não Leia o código de barras
é um código de QC do correto na bula da
analisador ABL80 FLEX embalagem.
1476 O lote de QC caducou O código de barras de QC Use unicamente material
lido é de um lote de material de QC dentro da validade.
de QC caducado.
1477 ID da solução inválida O código de barras de QC Leia o código de barras
lido não contém nenhuma ID correto na bula da
de solução que seja admitida embalagem.
pelo analisador ABL80
FLEX.
1500 – Requisitos das Introduções
1500 Introdução limitada a x O campo de introdução tem Introduza unicamente o
caracteres. um número limitado de número máximo de
caracteres possíveis e este caracteres permitido.
número foi ultrapassado.
1501 Introdução limitada a O campo de introdução não Introduza unicamente
caracteres alfanuméricos. permite a introdução de letras ou algarismos neste
caracteres diferentes dos campo.
algarismos ou das letras.
1502 Introdução limitada a O texto está sendo introdu- Introduza unicamente
caracteres numéricos. zido num campo que requer números neste campo.
a introdução só de números.
1503 Código de barras de ID do Enquanto estava sendo usada Leia ou introduza o código
dispositivo não válido. a função FlexLink, foi de barras de ID do
introduzida uma ID de dispositivo correto.
dispostivo que não cumpria os
critérios.
1504 ID da amostra requerido Enquanto estava sendo usada Introduza o número de ID
a função FlexLink, a da amostra apropriado para
consulta foi configurada para a amostra pretendida.
usar o ID da amostra mas
não foi introduzido nenhum
número.

10-48
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Erro Mensagem Interpretação Ação Corretiva


2000 - Comunicações
2000 Nenhum canal selecionado. Tem que ser selecionado Selecione um canal a partir
pelo menos um canal de da lista disponível.
comunicação.
2001 Não é possível ativar a A ligação remota ao Contate o Serviço Técnico
Assistência Remota. analisador falhou. da Radiometer.
2002 Não é possível ligar ao O analisador não consegue Verifique o endereço IP e o
Portal QA ligar-se corretamente ao número da porta em
Portal QA. Comunicação de Dados /
Portal QA.
2100 – Oxímetro
2100 CO-OX falha do painel. O sistema verificou uma Contate o Serviço Técnico
falha do hardware de um da Radiometer.
painel de circuitos associado
ao CO-oxímetro
2101 CO-OX calibração A calibração em branco e/ou O sistema iniciará
requerida. a calibração do sensor de automaticamente estas
líquidos para o CO-oxímetro calibrações quando todos
estão atrasadas. os consumíveis estiverem
instalados.
2102 Falha da verificação da Verificou-se uma Contate o Serviço Técnico
versão FTC CO-OX. incompatibilidade na versão da Radiometer.
de software do hardware do
CO-oxímetro.
2103 Versão CO-OX firmware Verificou-se uma Contate o Serviço Técnico
inválida. incompatibilidade na versão da Radiometer.
de software do hardware do
CO-oxímetro.
2104 CO-OX falha da calibração A calibração em branco do Inicie um Ciclo de
em branco. CO-oxímetro não cumpriu as Qualidade. Se o problema
especificações. persistir, contate o Serviço
Técnico da Radiometer.
2106 Possível bloqueio no circuito Foi identificado um possível Contate o Serviço Técnico
dos fluidos bloqueio no sistema fluídico da Radiometer.
durante um Ciclo de
Qualidade ou um
procedimento de instalação.
2107 Falha do sensor de líquidos A calibração do sensor de Contate o Serviço Técnico
líquidos não cumpriu as da Radiometer.
especificações.

10-49
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Erro Mensagem Interpretação Ação Corretiva


2108 Possível bloqueio no circuito Foi identificado um possível Contate o Serviço Técnico
dos fluidos bloqueio no sistema fluídico da Radiometer.
durante a análise de uma
amostra, uma medição de
QC Manual ou uma
calibração de tHb.
2110 A calibração de tHb não O analisador não permite a Ligue o analisador à
pode ser realizada com realização da calibração de energia elétrica.
energia da bateria tHb enquanto estiver
funcionando com energia da
bateria
2111 Cal do sensor dos líquidos Está a decorrer neste Não requer nenhuma ação.
requerida, por favor, espere momento uma calibração do
sensor dos líquidos. Não são
permitidas outras atividades.
2112 Teste de bloqueio dos Está a decorrer neste Não requer nenhuma ação.
fluidos requerido, por favor, momento um teste de blo-
espere queio dos fluidos. Não são
permitidas outras atividades.
2115 Temp. CO-OX fora intervalo A temperatura do CO- Dê tempo ao analisador
oxímetro não está atual- para que a temperatura do
mente no valor requerido CO-oxímetro fique dentro
do intervalo aceitável. Se a
temperatura não atingir um
valor aceitável, contate o
serviço técnico local da
Radiomter.
2300 – Analisador ABL80 FLEX CO-OX com a configuração de software OSM
2301 Verificação do Cassete A Verificação do Cassete Realize um Ciclo de
requerido programado está atrasada. Qualidade manual.
2302 Verificação do Cassete O resultado da Verificação Substitua o cassete de
falhou. Substitua o cassete do Cassete indica a possível eletrodos. Se o erro
de eletrodos. existência de um bloqueio persistir, contate o Serviço
no cassete de eletrodos. Técnico da Radiometer.

10-50
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Códigos de erro CO-OX


Tabela dos A seguinte tabela proporciona uma lista dos códigos de erro CO-OX que podem
códigos de erro aparecer nos relatórios das amostras, das calibrações e dos QC, na seção das
CO-OX mensagens quando ocorre uma situação de erro durante o uso do CO-oxímetro do
analisador ABL80 FLEX CO-OX.
Veja o tema Resolução de Ocorrências no CO-oxímetro apresentado anteriormente
neste capítulo para ver um exemplo de onde estes códigos de erro aparecem.
NOTA: Cada passo na coluna da Ação do Utilizador deverá ser realizado
unicamente se o passo anterior não obteve bons resultados na resolução inicial do
erro.
Cód. do Erro Mensagem Descrição Ação do Utilizador

Mensagens de nível baixo:


1010 Oximeter data O sistema não teve tempo de 1. Reinicie o analisador
collection error fazer uma medição de fundo 2. Inicie um Ciclo de
(escura) ou existe um Qualidade manual
problema no hardware. 3. Contate o Serviço Técnico

1011 Oximeter blank O sistema ainda não fez a 1. Inicie um Ciclo de


cal required Calibração em Branco ou Qualidade manual
existe um problema de 2. Reinicie o analisador
hardware. 3. Contate o Serviço Técnico

1012 Oximeter O sistema ainda não fez a 1. Repita a medição da


sample spectrum medição de uma amostra ou amostra
not available existe um problema de 2. Reinicie o analisador
hardware. 3. Contate o Serviço Técnico

1013 Oximeter data Durante a recolha de dados 1. Reinicie o analisador


collection error do espectrômetro, não foi 2. Contate o Serviço Técnico
recebido sinal trigger ou
existe um problema de
hardware.
1014 Oximeter blank A luz recebida pelo 1. Verifique se o fluxo das
cal intensity too espectrômetro tinha uma soluções através do
high intensidade muito elevada analisador está correto
durante a Calibração em 2. Inicie um Ciclo de
Branco. Qualidade manual
3. Reinicie o analisador
4. Contate o Serviço Técnico
1015 Oximeter A luz recebida pelo 1. Verifique se o fluxo das
sample intensity espectrômetro tinha uma soluções através do
too high intensidade muito elevada analisador está correto
durante a análise da amostra. 2. Inicie um Ciclo de
Qualidade manual
3. Repita a medição da
amostra

10-51
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Cód. do Erro Mensagem Descrição Ação do Utilizador

Mensagens de nível baixo (continuação):


1016 Oximeter blank A luz recebida pelo 1. Inicie um Ciclo de
cal intensity too espectrômetro tinha uma Qualidade manual
low intensidade muito baixa 2. Reinicie o analisador
durante a Calibração em 3. Contate o Serviço Técnico
Branco.
1017 Oximeter A luz recebida pelo 1. Reinicie o analisador
sample intensity espectrômetro tinha uma 2. Contate o Serviço Técnico
too low intensidade muito baixa
durante a análise da amostra.
1018 Oximeter A voltagem de offset do 1. Reinicie o analisador
electronic espectrômetro está for a dos 2. Contate o Serviço Técnico
adjustment error limites de aceitação.
1019 Oximeter blank O valor pico da intensidade 1. Verifique se o fluxo das
cal outside do espectro da calibração está soluções através do
limits fora dos limits de aceitação. analisador está correto
2. Inicie um Ciclo de
Qualidade manual
3. Reinicie o analisador
4. Contate o Serviço Técnico
1020 Oximeter neon Intensidade da linha espectral 1. Inicie um Ciclo de
intensity outside neon está fora dos limites de Qualidade manual
limits aceitação. 2. Reinicie o analisador
3. Contate o Serviço Técnico
1021 Oximeter neon Valor Fneon fora dos limites 1. Inicie um Ciclo de
correction de aceitação. Qualidade manual
outside limits 2. Reinicie o analisador
3. Contate o Serviço Técnico
1022 Oximeter Medição de fundo (escura 1. Reinicie o analisador
background está fora dos limites de 2. Contate o Serviço Técnico
correction aceitação.
outside limits
1023 Oximeter Erro ao ler a memória do 1. Reinicie o analisador
spectrometer espectrômetro. 2. Contate o Serviço Técnico
memory read
error
1024 Oximeter Erro ao escrever na memória 1. Reinicie o analisador
spectrometer do espectrômetro. 2. Contate o Serviço Técnico
memory write
error

10-52
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Cód. do Erro Mensagem Descrição Ação do Utilizador

Mensagens de nível baixo (continuação):


1025 Oximeter Erro de auto afinação da 1. Inicie um Ciclo de
hemolyzer frequência da ressonância do Qualidade manual
tuning error hemolisador. 2. Contate o Serviço Técnico

1026 Oximeter Erro de regulação da 1. Inicie um Ciclo de


hemolyzer frequência do hemolisador. Qualidade manual
frequency 2. Contate o Serviço Técnico
problem
1027 Oximeter Variação da temperatura do 1. Verifique se a temperatura
hemolyzer hemolisador fora dos limites ambiente está dentro do
temperature de aceitação na extemidade intervalo de aceitação de
deviation too alta operação do analisado
high 2. Reinicie o analisador
3. Contate o Serviço Técnico
1028 Oximeter neon Voltagem do neon driver fora 1. Inicie um Ciclo de
voltage outside dos limites de aceitação. Qualidade manual
limits 2. Contate o Serviço Técnico

1029 Oximeter light Voltagem do LED branco do 1. Inicie um Ciclo de


source voltage hemolisador está fora dos Qualidade manual
outside limits limites de aceitação. 2. Contate o Serviço Técnico

1030 Oximeter Voltagem piezo do 1. Inicie um Ciclo de


hemolyzer hemolisador está fora dos Qualidade manual
voltage outside limites de aceitação. 2. Contate o Serviço Técnico
limits
1031 Oximeter Correção da matriz, 1. Espere 30-50 minutos para
initialization in necessária para o cálculo da terminar o cálculo da
progress absorvência, anida não está matriz de correção
terminada. 2. Inicie um Ciclo de
Qualidade manual
3. Contate o Serviço Técnico
1032 Oximeter data Ocorreu um erro durante a 1. Reinicie o analisador
collection error recolha de dados com o 2. Contate o Serviço Técnico
controlador DMA.
1033 Oximeter task Software de oximetria ainda 1. Reinicie o analisador
was not finished não terminou a(s) sua(s) 2. Contate o Serviço Técnico
tarefa(s).

10-53
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Cód. do Erro Mensagem Descrição Ação do Utilizador

Mensagens de nível alto:


290 SHb detected Foi detectada FSHb na 1. Nenhuma ação; só
amostra. O intervalo é 1-10% mensagem informativa
291 SHb too high Foi detectada FSHb na 1. Interprete os resultados de
amostra. O valor é >10%, o medição com precaução
que pode afetar a exatidão da
medição
292 Turbidity too Nível de turbidez da amostra 1. Sugere que a amostra
high >5% medida contém um
conteúdo lipídico elevado.
Como verificação, faça
uma medição com uma
amostra com conteúdo
lipídico normal.
2. Contate o Serviço Técnico
581 Oximeter Espectro não consistente com 1. Verifique se a amostra não
spectrum o sangue esperado ou com o contém nenhuma
mismatch espectro do QC. Medição substância interferente.
pode ser não confiável. Veja no Manual de
Referência uma lista das
substâncias interferentes
conhecidas.
2. Volte a analisar a amostra
de sangue ou uma amosra
de QC manual
3. Inicie um Ciclo de
Qualidde manual para
reanalisar um resultado de
QC automático que falhou.
4. Contate o Serviço Técnico
582 tHb calibration Fcuv da calibração tHb fora 2. Inicie um Ciclo de
cuvette fator dos limites de aceitação Qualidade manual
outside limits 3. Repita o procedimento de
calibração tHb
4. Contate o Serviço Técnico

10-54
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Cód. do Erro Mensagem Descrição Ação do Utilizador

Mensagens de nível alto (continuação):


584 tHb calibration Comprimento de onda da 1. Inicie um Ciclo de
wavelength calibração tHb fora dos Qualidade manual
outside limits limites 2. Repita o procedimento de
calibração tHb
3. Contate o Serviço Técnico
688 ctHb/ceHb too tHb < 1mmol/L ou ceHb < 1. Verifique se o tipo de
low for oximeter 0.75mmol/L. Se ctHb estiver amostra está apropriado
calculation muito baixa as FHHb, para este analisador.
FO2Hb, FCOHb e FMetHb
não são calculadas. Se ceHb
(ceHb = cHHb+cO2Hb)
estiver muito baixa, a sO2
não é calculada.
1034 Oximeter Problema geral do hardware Este erro estará sempre
hardware de oximetria associado às mensagens de erro
problem de nível baixo adicionais.
Consulte as mensagens de erro
de nível baixo para ver as ações
apropriadas.
1037 Oximeter tHb Erro de calibração tHb Este erro estará sempre
cal hardware causado por um problema do associado às mensagens de erro
error hardware de oximetria de nível baixo adicionais.
Consulte as mensagens de erro
de nível baixo para ver as ações
apropriadas
1038 Oximeter blank Erro da calibração em branco Este erro estará sempre
cal hardware causado por um problema do associado às mensagens de erro
error hardware de oximetria de nível baixo adicionais.
Consulte as mensagens de erro
de nível baixo para ver as ações
apropriadas

10-55
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Mensagens dos resultados


Tabela das Esta tabela proporciona uma interpretação das mensagens dos resultados que
mensagens dos podem ser vistas ao usar qualquer versão do analisador ABL80 FLEX.
resultados

Mensagem Interpretação Ação Corretiva


I/A Inativo Não requer nenhuma ação.
Este parâmetro foi desativado pelo
utilizador.
BLO Parâmetro Bloqueado Medição de QC correto ou
Os resultados da amostra não incluem desativação da função de bloqueio.
este parâmetro devido aos resultados
do QC manual fora dos limites
aceitos.
P/BLO Parâmetro Bloqueado Reativação do parâmetro na tela de
Este parâmetro foi bloqueado Bloqueio do Analisador (Menu >
manualmente pelo utilizador. Definições > Sistema > Bloqueio do
analisador).
N/A Não Aplicável Se desejar os resultados de Hct, repita
Aparece no campo do Hct quando se a análise selecionando qualquer tipo
seleciona Outros Fluidos para o tipo de amostra exceto Outros Fluidos.
de amostra.
N/D Não Derivado Ative os parâmetros medidos
O parâmetro não foi derivado porque necessários ou selecione-os para
não estão disponíveis os parâmetros figurarem no relatório.
de medição necessários para este
cálculo.
N/E Não Estável Consulte o capítulo Resolução de
Os critérios de estabilização não Ocorrências: Ciclos de Qualidade
foram cumpridos para um ou mais Incorretos.
parâmetros durante a medição da
amostra ou do QC, ou durante a
calibração.
N/I Não Instalado Se desejar todos os parâmetros, instale
Este parâmetro não é admitido pelo um cassete de eletrodos de painel
tipo de cassete de eletrodos instalado. completo.

R/S Os resultados foram suprimidos 1. Inicie manualmente um Ciclo de


devido a um erro do sistema Qualidade ou uma Cal 2 pts.
associado a esta medição. 2. Avalie a integridade da amostra e
repita a análise se for apropriado.

10-56
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Mensagem Interpretação Ação Corretiva


N/R Não Relatado Selecione todos os parâmetros
Este parâmetro não foi escolhido para desejados do perfil de parâmetros e
o relatório pelo utilizador. repita a análise.

Os resultados de cGlu e cLac não são Repita a medição usando uma amostra
relatados quando arterial com um nível de pO2 ≥ 20
• O pO2 é < 20 mmHg (2.7 kPa) ou mmHg (2.7 kPa)
• O pO2 não é medido Ative o parâmetro pO2 e repita a
medição da amostra. Se o tempo
permitido de espera da amostra for
excedido, considere colher uma
amostra de sangue nova para repitir a
medição.
N/C Não Calculado Repita o Ciclo de Qualidade, substitua
Os resultados de QC obtidos durante o cassete de eletrodos ou substitua o
um Ciclo de Qualidade não podem ser cartucho de soluções, consoante o que
calculados porque o Ciclo de for necessário.
Qualidade não apresentou um valor
de sensibilidade aceitável para o
parâmetro.
O Hct não pode ser calculado devido Repita a calibração que falhou. Se a
a uma das seguintes razões: falha de Na+ persistir, continue as
1. Uma calibração de Na+ falhada medições sem Hct ou substitua o
cassete de eletrodos
2. Um resultado de amostra para o
cNa+ fora do intervalo Repita a medição da amostra,
garantindo que não existe
contaminação de ar
Sensibilidade da glicose não pode ser Repita o Ciclo de Qualidade. Se a
calculada porque a corrente zero base falha persistir, substitua o cassete de
não cumpre as especificações eletrodos
E/C Erro de Cálculo Repita a calibração ou a medição da
O sistema não conseguiu proporcionar amostra. Assegure-se que não houve
um cálculo matemático com contaminação de ar na amostra ou na
significado. solução de fluxo.

E/L Erro de Linearidade Repita o Ciclo de Qualidade.


Os valores de sensibilidade obtidos Assegure-se que não houve
com o Ciclo de Qualidade não contaminação de ar na solução de
cumpriram os critérios de verificação calibração.
da linearidade.
I/R Intervalo de Relatório Repita a medição da amostra ou
O resultado do parâmetro está for a do modifique o intervalo de realtório na
intervalo de relatório definido pelo tela dos Intervalos do Paciente.
utilizador.

10-57
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Mensagem Interpretação Ação Corretiva


F/I Falha de Inicialização Repita a calibração a 2 pontos.
O cassete de eletrodos sem QC3 Assegure-se que não houve
falhou a inicialização não cumprindo contaminação de ar na câmara de
alguns critérios, excluindo a medição.
sensibilidade fora do intervalo.
E/D Erro de Desvio Repita a calibração. Se o problema
A diferença entre o valor de persistir, troque o cassete de eletrodos.
calibração da calibração anterior para
esta calibração não cumpre os
critérios de aceitação.
▲ Valor editado Não requer nenhuma ação.
Este valor foi editado anteriormente.
Reveja no registro da edição os
valores anteriores deste campo.
!! Possível ar na amostra Repita a medição da amostra. Elimine
O sistema de detecção de ar o ar que possa existir na amostra e, em
identificou a possibilidade de ar na seguida, faça a aspiração da amostra
amostra durante a medição. com cuidado, de maneira que a
câmara de medição não fique com ar.
!! Possível ar na solução de fluxo Repita a medição da amostra.
O sistema de detecção de ar Assegure-se que a solução de fluxo
identificou a possibilidade de ar na não contém ar. Puxar e soltar o tubo
solução de fluxo durante a medição da da bomba, durante os ciclos de fluxo,
amostra. pode ajudar a desalojar as bolhas de ar
mais persistentes.
!! Possível ar na solução Repita o Ciclo de Qualidade.
O sistema de detecção de ar Assegure-se que as soluções não
identificou a possbilidade de ar em contêm ar. Puxar e soltar o tubo da
alguma das soluções do cartucho de bomba, durante os ciclos de fluxo,
soluções durante um Ciclo de pode ajudar a desalojar as bolhas de ar
Qualidade. mais persistentes.

!! Possível obstrução no circuito dos Interprete os resultados com cuidado.


fluidos Contate o Serviço Técnico da
Foi identificado um possível bloqueio Radiometer
no hemolisador do ABL80 FLEX
CO-OX.
^^ Tempo de espera da amostra excedido Interprete os resultados com cuidado.
O sistema FlexLink calculou um Analise uma amostra nova, se desejar.
tempo de espera da amostra superior
ao limite permitido pelo valor
definido pelo utilizador.

10-58
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Mensagem Interpretação Ação Corretiva

*** O valor do parâmetro ultrapassa o Avalie a integridade da amostra. Faça


intervalo de medição do analisador. um Ciclo Qualidade manual e repita a
medição da amostra.
### A resposta dos eletrodos está fora do Faça um Ciclo de Qualidade manual.
intervalo de resposta dos eletrodos. Certifique-se que o sistema não
contém bolhas de ar. Repita a
medição da análise.
¿ QC Manual fora do intervalo Repita a medição manual de QC até
Os resultados da amostra para este obter resultados que cumpram os
parâmetro estão questionados devido critérios de aceitabilidade; em seguida
a uma medição manual de QC repita a medição da amostra.
incorreta.
? Desvio Avalie a magnitude do desvio no
O analisador identificou um desvio Registro dos Ciclos de Qualidade.
excessivo para um parâmetro do Monitorize os valores de devio como
último Ciclo de Qualidade para o desejar.
ciclo atual.
Erro ABL80 FLEX CO-OX Interprete os resultados com cuidado.
O CO-oxímetro do analisadou Repita a calibração ou a medição se
verificou uma ou mais situações de desejar. Se o problema persistir,
erro contate o Serviço Técnico da
Radiometer.
O resultado da análise está acima ou Não requer nenhuma ação relativa à
abaixo do valor de referência definido análise da amostra.
pelo utilizador.
O resultado do controle de qualidade Faça um Ciclo de Qualidade manual.
(tanto manual como proveniente de Em seguida, se for necessário, repita a
um Ciclo de Qualidade) está acima ou análise de QC manaul (veja
abaixo do intervalo de QC aceitável. Resultados deQC Manual Fora do
Intervalo).
O resultado da análise da amostra está Não é requerida nenhuma ação. Os
fora do limite crítico definido pelo resultados deverão ser correlacionados
utilizador. com a condição clínica do paciente.
O resultado da análise da amostra está Repita a análise se lhe parecer
fora do intervalo de teste. apropriada.

10-59
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

Gestão da bateria
Introdução Em todas as versões o analisador ABL80 FLEX pode ser usado com energia da
bateria. A bateria do analisador tem quatro células de íons de lítio que
proporcionam a energia suficiente para suportar as funções do analisador.

Tempo de vida Todas as versões do analisador ABL80 FLEX podem permanecer num estado
da bateria inativo com a bateria totalmente carregada durante uma hora, aproximadamente.

Duração da Uma bateria totalmente descarregada demora cerca de 1 hora e 20 minutos para
carga ficar completamente carregada.

Indicadores da O menu principal do analisador apresenta vários ícones relacionados com a energia
bateria e o estado da bateria. Estes ícones estão no canto inferior direito da tela, à esquerda
das horas.

Tela principal com o analisador a funcionar com energia AC:

Tela principal com o analisador a funcionar com energia da bateria:

10-60
Manual do Operador do ABL80 FLEX 10. Resolução de ocorrências

Ícone Descrição
O analisador está ligado a uma tomada e está funcionando com
energia AC.
O analisador está funcionando com energia da bateria. Esta está
totalmente carregada. Com este nível de carga, não é permitido
instalar a SC80 nem fazer calibrações de tHb.
O analisador está funcionando com energia da bateria. Esta está
carregada a ¾ da sua capacidade. Com este nível de energia, não é
permitido instalar a SC80 nem fazer calibrações de tHb.
O analisador está funcionando com energia da bateria. Esta está
carregada a ½ da sua capacidade. Com este nível de energia, não é
permitido instalar a SC80, fazer calibrações de tHb, instalar o SP,
realizar Ciclos de Qualidade e calibrações a dois pontos.
O analisador está funcionando com energia da bateria. Esta está
carregada a ¼ da sua capacidade. Com este nível de energia o
analisador está prestes a desligar-se.

Desligar o Assim que a bateria do analisador estiver abaixo do limite mínimo de carga, o
analisador analisador desliga-se sozinho. Aparece uma mensagem de aviso na tela enquanto o
software e o hardware do analisador estão sendo encerrados de uma forma
controlada. Para ligar o analisador, ligue-o a uma fonte AC.

Substituição da Com a passagem do tempo, a bateria perde a sua capacidade de funcionamento,


bateria sendo necessário substituí-la. Por favor, contate o representante da Radiometer
para a substituir.

Modo de Quando o analisador for desconectado da fonte AC e for desligado por mais de oito
repouso horas, o sistema entrará automaticamente no modo de repouso (“modo de
conservação de energia baixa”) para conservar a energia da bateria. Quando estiver
neste modo, o analisador tem que ser ligado à corrente elétrica antes de ser ligado
no interruptor.

Vida da bateria Recomenda-se que periodicamente (bianualmente) se faça um ciclo da bateria para
a manter num funcionamento ótimo. Para fazer o ciclo da bateria, permita que o
analisador funcione com energia da bateria até a energia se esgotar. Em seguida
ligue o analisador a uma fonte AC e deixe a bateria ser totalmente recarregada.

Indicadores Existem três luzes LED na parte posterior do analisador que comunicam o estado
LED da energia/carga.
Quando o analisador está ligado a uma fonte AC, a energia fornecida continuará a
carregar a bateria, mesmo quando o analisador for desligado.
Sempre que o analisador for totalmente desligado e não estiver ligado à tomada
AC, todos os LEDs estarão desligados.

10-61
10. Resolução de ocorrências Manual do Operador do ABL80 FLEX

A imagem e a tabela seguintes descrevem a localização e o significado dos


indicadores do fornecimento de energia.

Parte Função
LED de cima Estado da energia
• Verde – Analisador ligado à energia AC, mas OFF
(desligado)
• Laranja – Analisador funcionando com energia AC e ON
(ligado)
• Vermelho – Analisador funcionando com energia da
bateria e ON (ligado)
LED do meio Estado da energia interna
• Verde – Energia interna funcionando corretamente
• Vermelho – Problema da energia interna; contate o serviço
técnico da Radiometer
LED de baixo Estado do carregador
• Verde intermitente lento – A carregar a bateria
• Verde intermitente rápido – A bateria está a descarregar-se
• Verde – A bateria está totalmente carregada
• Vermelho – A bateria não está ligada; contate o serviço
técnico da Radiometer
• Desligado – Funcionando com energia da bateria, o
analisador está ON (ligado)

10-62
11. Colheita de amostras

Introdução Este capítulo apresenta as diretrizes e as recomendações para a colheita de


amostras de sangue e o seu manuseio antes da análise, ou seja, a fase pré-analítica,
de forma a evitar erros e a obter resultados mais precisos.

Para obter informação mais detalhada sobre a colheita de amostras de sangue


consulte as referências no fim deste capítulo.

Neste capítulo Este capítulo inclui os seguintes temas:


Causas de erro na fase pré-analítica .....................................................11-2
Preparativos anteriores à colheita de amostras arteriais/venosas ........11-5
Preparativos anteriores à colheita de amostras capilares .....................11-7
Dispositivos de colheita de amostras ...................................................11-8
Armazenamento e preparativos antes da análise ...............................11-10
Procedimentos de colheita de amostras .............................................11-13
Referências .........................................................................................11-14
11. Colheita de amostras Manual do Operador do ABL80 FLEX

Causas de erro na fase pré-analítica


Introdução A maior fonte de erros nas análises de amostras de sangue é a fase pré-analítica,
ou seja, a colheita da amostra e o seu manuseio antes da transferência para o
analisador. De forma a evitar erros, é necessário observar determinadas medidas
durante:
• Preparativos antes da colheita
• Colheita
• Transporte
• Armazenamento
• Preparativos antes da transferência da amostra para o analisador

ADVERTÊNCIA: A colheita de amostras de sangue deverá ser realizada somente por pessoal
autorizado. Manuseie sempre o sangue e os objetos de colheita com cuidado.
Evite o contato direto com a amostra usando luvas de proteção certificadas.
Empregue sempre técnicas estéreis para evitar infecções.

Causas de erro Algumas das possíveis causas de erro durante a fase pré-analítica das amostras,
juntamente com as medidas preventivas são apresentadas na seguinte tabela:
Causa de erro Parâmetros mais afetados Medida preventiva
Bolhas de ar nas pO2 Elimine as bolhas de ar da
amostras amostra imediatamente
Sedimentação celular ctHb, Hct, pO2, pCO2 Homogeneíze a amostra
muito bem antes de esta ser
aspirada
Hemólise cNa+, cK+, cCa2+, cCl-, Hct • Evite usar agulhas com o
diâmetro interno estreito.
• Evite espremer o tecido
que rodeia o local de
extração durante a colheita
de amostras capilares.
• Evite homogeneizar a
amostra com muita força
• Consulte a seção Armaze-
namento e preparativos
antes da análise mais
adiante neste capítulo
Diluição da heparina cNa+, cK+, cCa2+, cCl-, Use unicamente seringas pré-
líquida cGlu, pCO2, cHCO-3, pO2, heparinizadas com heparina
ctHb seca nas colheitas para a
análise aos gases no sangue

11-2
Manual do Operador do ABL80 FLEX 11. Colheita de amostras

Causa de erro Parâmetros mais afectados Medida preventiva


Interferência da cNa+, cK+, cCa2+, cCl-, Hct Use unicamente heparina
heparina equilibrada eletroliticamente
Sangue arterial pO2, sO2, pCO2, pH Use técnicas de colheita
misturado com sangue apropriadas (são observados
venoso valores inesperadamente
baixos de pO2 ao usar a
oximetria de pulso).
Instabilidade do pH, pO2, pCO2 • Colha a amostra, pelo
paciente menos, 20 minutos depois
dos ajustes ventilatórios
• Informe e explique ao
paciente o procedimento
para minimizar os estados
de ansiedade
Saída do fluido cK+ Armazene as amostras em
intracelular dos capilares de vidro (não de
glóbulos vermelhos plástico) no máximo durante
30 minutos no frio (0-4 ºC)
Diluição da amostra cNa+, cK+, cCa2+, cCl-, cGlu, Rejeite solução de lavagem
com solução de cLac do cateter em quantidade
lavagem do cateter suficiente antes de fazer a
colheita da amostra
Solução de infusão a cNa+, cK+, cCa2+, cCl-, cGlu, Pare a infusão durante a
ser introduzida no cLac colheita ou faça a colheita
mesmo braço noutro local

Veja também a Literatura recomendada no final deste capítulo.

Seleção do Para evitar a introdução de amostras de sangue com coágulos no analisador, que
anticoagulante poderá originar resultados das amostras inexatos e interferir com o funcionamento
do analisador, a Radiometer recomenda o seguinte:
• Use exclusivamente dispositivos de colheita pré-heparinizados
• Use exclusivamente heparina seca, de preferência de sódio ou de lítio
• Não use heparina líquida, pois causa a diluição da amostra [1]
• Use heparina em concentração suficiente. A concentração recomendada depende
do dispositivo de colheita e da especificidade da amostra de sangue. Por favor,
consulte a documentação existente relativa aos dispositivos de colheita.
• Use heparina equilibrada eletroliticamente para minimizar o efeito bias da
heparina nos valores dos eletrólitos
ADVERTÊNCIA/PRECAUÇÃO: Não adicione fluoreto de sódio às amostras de
sangue pois pode originar resultados falsamente elevados de cNa+ e resultados
falsamente baixos de cCa2+ e cGlicose. O fluoreto de sódio também danifica o
eletrodo de glicose.
• A situação respiratória do paciente deverá ser estável.

11-3
11. Colheita de amostras Manual do Operador do ABL80 FLEX

• O paciente deverá estar, de preferência, num estado ventilatório estável antes e


durante a colheita da amostra de sangue.
• Também deverá ser informado sobre o procedimento de forma a evitar estados
de ansiedade desnecessários. Se o paciente hiperventilar devido à ansiedade, o
pH e os gases no sangue, por exemplo, poderão ser afetados.

11-4
Manual do Operador do ABL80 FLEX 11. Colheita de amostras

Preparativos anteriores à colheita de amostras


arteriais/venosas
Tipos de Recomendações e as considerações relativas aos tipos de amostra:
amostras
Tipo de Recomendações e considerações
amostra
Arterial É o tipo de amostra preferido e recomendado para as análises de
pH e gases no sangue.
• Proporciona a melhor informação sobre a captação do oxigênio
nos pulmões e o seu transporte
• A informação obtida é praticamente a mesma,
independentemente do local da colheita
Venosa Normalmente não é recomendada para análise de gases no sangue.
• É afetada pela eficiência da circulação periférica e pelas
necessidades metabólicas celulares
• Não deverá ser usada para avaliar o estado de oxigenação
• Pode ser usada para ver o estado ácido-base (pH, pCO2,
cBase(Ecf), ctHb, FCOHb e FMetHb

Locais de Recomendações e considerações relativas ao local da colheita:


extração
Amostra Local Vantagens/Desvantagens
arteriais e
venosos Arterial Artéria • Boa circulação colateral
Radial
• Fácil acesso
• Antes da extração de sangue da artéria radial, faça
um Teste de Allen Modificado para confirmar a
qualidade da circulação colateral
Artéria • Punção difícil devido à localização
Braquial
• Grande risco de danificar as estruturas adjacentes
Artéria • Grande e de fácil punção
Femoral
• Circulação colateral má
• Deverá evitar-se nos recém-nascidos e nos idosos
Linha Elimine completamente do sistema as soluções de
Arterial limpeza usadas nas linhas arteriais para evitar a
diluição da amostra de sangue. Recomenda-se que seja
extraído um volume equivalente a seis vezes o “espaço
morto” do cateter.
Venosa Veia • Local cômodo
Braquial
• Na colheita de sangue venoso usar o procedimento
padrão da sua instituição

11-5
11. Colheita de amostras Manual do Operador do ABL80 FLEX

Indicações para A tabela apresenta as indicações referentes à colheita de amostras arteriais:


a colheita de Método de Indicações
amostras Colheita
arteriais
Punção • Tenha o cuidado de não misturar sangue venoso com a
amostra arterial. Isto poderá ocorrer se perfurar uma veia
antes de localizar a artéria. O sangue arterial, porque a sua
pressão é superior à do sangue venoso, normalmente enche
a seringa mais rapidamente e a sua cor é mais clara.
• É importante que as bolhas de ar sejam eliminadas
imediatamente sem agitar a amostra. Uma bolha de ar
com um volume relativo de 0,5 % ou mais do volume de
sangue na seringa é uma fonte potencial de erros significa-
tivos [2, 3, 4]. O efeito desta bolha de ar aumenta com o
tempo de armazenamento e com a agitação da amostra.
• Homogeneíze a amostra muito bem com a heparina
imediatamente após a colheita invertendo o dispositivo
várias vezes e rolando-o entre as palmas das mãos.
Linha Arterial • Caso vá aspirar a amostra, faça-o lentamente para evitar a
hemólise da amostra
• Elimine as bolhas de ar imediatamente (veja a explicação
em cima)
• Homogeneíze a amostra muito bem com a heparina
imediatamente após a colheita invertendo o dispositivo
várias vezes e rolando-o entre as palmas das mãos.

Rejeição de ADVERTÊNCIA/PRECAUÇÃO: Rejeite os resíduos como material infeccioso


dispositivos [4].
usados

11-6
Manual do Operador do ABL80 FLEX 11. Colheita de amostras

Preparativos anteriores à colheita de amostras capilares

Locais de São recomendados os seguintes locais para a colheita de amostras capilares:


extração capilar
• Lóbulo da orelha
• Cabeça do dedo
• Cabeça do feto
• Dedo grande do pé *
• Calcanhar *
* Tanto o calcanhar como o dedo grande do pé não deverão ser usados em
pacientes com mais de 6 meses.

ADVERTÊNCIA/PRECAUÇÃO: Em geral, os resultados obtidos com as


amostras capilares, em particular os valores da pO2, deverão ser interpretados
com cautela.

Indicações para Em seguida apresentam-se as indicações para a colheita de amostras em tubo


a colheita de capilar:
amostras em
• Arterialize o local da punção aquecendo-o até cerca dos 42 ºC (108 ºF) durante
capilar
5 a 10 minutos antes de realizar a colheita. Se não o fizer, a amostra só será
representativa do tecido local e não do estado geral do paciente.
• Faça a punção usando uma lanceta, ou outro instrumento similar, de maneira
que o sangue saia sem ser necessário pressionar a zona.
• Elimine a primeira gota de sangue porque poderá conter fluido tecidular
diluído; faça a colheita a amostra no centro da segunda gota de sangue,
evitando também a entrada de ar no capilar.
• Evite pressionar ou espremer o local da punção para que não haja a mistura de
sangue e fluido tecidular, pois poderá originar resultados de medição errôneos.
Também pode causar a hemólise da amostra (ou de parte dela), resultando em
valores de cK+ muito elevados.
• Homogeneíze a amostra com a heparina imediatamente após a colheita para
evitar a coagulação do sangue (os coágulos podem bloquear o analisador
impedindo desnecessariamente a utilização do mesmo). Use um ferrinho de
homogeneização e um ímã ao homogeneizar as amostras capilares.

Rejeição de ADVERTÊNCIA/PRECAUÇÃO: Rejeite os resíduos como material infeccioso


dispositivos [4].
usados

11-7
11. Colheita de amostras Manual do Operador do ABL80 FLEX

Dispositivos de colheita de amostras

Introdução A Radiometer oferece uma ampla gama de dispositivos especializados para a


colheita de amostras de sangue para a análise dos gases. A linha de produtos PICO
(seringas) é usada na colheita de amostras por punção e linha arterial e a linha de
produtos CLINITUBES (tubos capilares) é usada para as amostras capilares.
Consulte a informação sobre pedidos de dispositivos de colheita no capítulo 13,
Informação sobre pedidos ou contate o distribuidor da sua área.

Dispositivos de São recomendados os seguintes dispositivos para a colheita de sangue arterial


colheita de disponibilizados pela Radiometer:
sangue arterial
• PICO70: Seringa de autoenchimento de sangue arterial para colheitas por
punção ou linha arterial (para usar unicamente com o analisador ABL80
FLEX)
• PICO50 (2 mL): Seringa de aspiração de sangue arterial para colheitas a partir
de linhas arteriais (todas as versões do analisador ABL80 FLEX)
• safePICO: Dispositivo de autoenchimento para colheita de sangue arterial por
punção ou linha arterial (contém uma esfera de aço para a homogeneização
automática da amostra no homogeneizador de amostras automático portátil)

CLINITUBES – A Radiometer disponibiliza os seguintes tubos capilares CLINITUBES (para a


Analisador colheita de amostras capilares) que recomenda para o analisador ABL80 FLEX:
ABL80 FLEX
• D957P-70-70
• D941G-240-85
• D941P-NA-240-85
• D941G-NA-240-85
• D941P-NA-240-85
• D957P-70-100
• D956G-70-100
• D957G-70-100
• D956G-70-125
• D957G-70-125
• D956G-70-210
• D957G-70-210
(G = vidro (glass); P = plástico; o último número indica o volume em µL)

11-8
Manual do Operador do ABL80 FLEX 11. Colheita de amostras

CLINITUBES– A Radiometer disponibiliza os seguintes tubos capilares CLINITUBES (para a


Analisador colheita de amostras capilares) que recomenda para o analisador ABL80 FLEX
ABL80 FLEX CO-OX:
CO-OX • D957P-70-125
• D956G-70-125
• D957G-70-1258
• D956G-70-210
• D957G-70-210
(G = vidro (glass); P = plástico; o último número indica o volume em µL)

11-9
11. Colheita de amostras Manual do Operador do ABL80 FLEX

Armazenamento e preparativos antes da análise

Recomendações A Radiometer recomenda que sejam cumpridas as seguintes indicações para as


para o armaze- amostras colhidas com seringas de plástico e de vidro:
namento
Material da Seringa Recomendação para o armazenamento
Plástico • O armazenamento deverá ser evitado sempre que
possível ou, pelo menos deverá ser reduzido ao tempo
mínimo
• Se não for possível analisar a amostra imediatamente,
faça-a nos 30 minutos posteriores à colheita [5, 6, 7, 8,
9, 10, 11]
• Temperatura recomendada para o armazenamento da
amostra: temperatura ambiente [5, 6, 8]
• As amostras com valores esperados de pO2 altos ou
destinadas a estudos especiais, como os de shunt,
deverão ser analisadas imediatamente após a colheita
ou nos 5 minutos seguintes. Também pode ser
considerado o uso de seringas de vidro. [5, 7, 8]
Vidro • O armazenamento deverá ser evitado sempre que
possível ou, pelo menos, deverá ser reduzido ao tempo
mínimo
• Se não for possível analisar a amostra imediatamente,
faça-a nos 30 minutos posteriores à colheita, quando
armazenada à temperatura ambiente [5, 12]
• Em alternativa, armazene a amostra em água gelada (0-
4 °C) (32 – 39 ºF). O tempo de armazenamento não
deverá exceder 1 hora [13]
• As amostras com valores esperados de pO2 altos, ou
destinadas a estudos específicos, como de shunt,
deverão ser analisadas imediatamente ou dentro de 5
minutos [13]

Radiometer recomenda o seguinte relativamente às amostras obtidas com capilares


de plástico e de vidro:
Material Recomendação de armazenamento
Capilares de Analise a amostra dentro de 10 minutos. Note que nas amostras
plástico com a pO2 > 80 mmHg (10.7 kPa) é observado um valor de bias
entre 1 e 9 %. O valor de bias depende da pO2, do pH e do
tempo.
Capilares de Analise a amostra dentro de 10 minutos. Se não for possível
vidro evitar o armazenamento, faça-o mantendo a amostra na posição
horizontal, entre 0 – 4 ºC (32 – 39 ºF), no máximo durante 30
minutos.

11-10
Manual do Operador do ABL80 FLEX 11. Colheita de amostras

Tenha em Para algumas amostras, as recomendações feitas anteriormente não são aplicáveis,
atenção o devendo ser desenvolvidas e cumpridas indicações especiais. Neste grupo podem
seguinte ser incluídas as amostras cujo resultado da contagem de leucócitos ou de plaquetas
é elevado, as amostras provenientes da cabeça do feto, as amostras com um
metabolismo atípico, as amostras de coagulação rápida, etc. [9, 14]
A atividade metabólica típica das amostras de sangue origina o aumento da
concentração de lactato e a diminuição da concentração de glicose. Relativamente
às amostras dentro do intervalo de referência normal, isto corresponde a uma
alteração média na glicose de –0.2 mmol/L ao longo de 30 minutos à temperatura
ambiente. [15]

Preparativos Amostras por Punção Arterial e Linha Arterial:


antes da análise
• Se encontrar alguma bolha de ar numa amostra que tenha sido armazenada,
deverá excluir os valores do pH e dos gases no sangue
• Homogeneíze bem a amostra, invertendo o dispositivo de colheita várias vezes
e rolando-o entre as palmas das mãos

Amostras capilares:
• Homogeneíze a amostra muito bem com a heparina usando o ferrinho de
homogeneização e o ímã. Sempre que usar capilares de plástico retire o
ferrinho de homogeneização antes de aspirar a amostra para o analisador.

Medição de De forma a atuar de acordo com as especificações de funcionamento do


amostras de analisador, a Radiometer recomenda que sejam cumpridas as seguintes indicações:
sangue em
Medição de amostras de • Ao realizar medições de amostras de sangue em
capilar
sangue em capilar capilar, use o ferrinho de homogeneização para
garantir que a amostra seja corretamente homoge-
neizada e, portanto, prevenir a introdução de
coágulos no analisador. A amostra deverá ser
homogeneizada imediatamente após a colheita,
movimentando o ferrinho com o ímã 20 vezes ao
longo do comprimento total do capilar. Este
procedimento deverá ser repetido imediatamente
antes da análise da amostra.
• Ao usar tubos capilares de vidro, pode deixar o
ferrinho de homogeneização no tubo durante a
aspiração da amostra. Faça deslizar o ferrinho até à
extremidade oposta àquela de onde o sangue vai ser
aspirado.

11-11
11. Colheita de amostras Manual do Operador do ABL80 FLEX

Medição de amostras de • Ao realizar medições de amostras de sangue da


sangue da cabeça do cabeça do feto, introduza o ferrinho de
feto em capilar homogeneização no tubo capilar depois da amostra
ter sido colhida
• Neste tipo de medições, introduza a amostra capilar
no analisador a partir da extremidade limpa de
vaselina. Caso ambas as extremidades tenham
vaselina, antes da medição limpe uma delas com
um pano que não largue pelos.
• Devido às suas características, é difícil trabalhar
com amostras de sangue da cabeça do feto. São pré-
requisitos importantes para este tipo de amostra a
qualidade da mesma e o cumprimento exato das
precauções pré-analíticas apresentadas
anteriormente.

11-12
Manual do Operador do ABL80 FLEX 11. Colheita de amostras

Procedimentos de colheita de amostras

NOTA: Neste tema descrevem-se os procedimentos de colheita com dispositivos de


colheita não Radiometer. Para obter informação sobre o manuseio de dispositivos
da Radiometer, por favor consulte as bulas fornecidas nas embalagens dos
dispositivos.

Colheita de Prepare o seguinte material, bem como uma seringa padrão (espaço morto 2-6 %):
amostras com
• Anticoagulante: Heparina de lítio ou sódio (1000 IU/mL de amostra de sangue
seringas padrão
total ou de plasma)
• 2 agulhas de calibre 20-25
• Torniquete – para amostras venosas
• Antisséptico cutâneo, como álcool a 70 %
• Compressas de gaze ou algodão em rama esterilizados
• Tampão de borracha ou tampa da seringa (aço inoxidável)
• Adesivo e compressa de pressão

Para colher uma amostra de sangue usando uma seringa padrão siga os passos:
Passo Ação
1. Aplique a agulha na seringa e insira a heparina na seringa.
2. Mude de agulha e umedeça as paredes do cilindro; em seguida, faça
sair o ar e a heparina através da agulha.
3. Estique o braço do paciente. Aplique o torniquete para as punções
venosas.
4. Localize o vaso sanguíneo com a cabeça do dedo e limpe a pele com
uma compressa de gaze ou algodão esterilizados embebidos em anti-
séptico.
5. Insira a agulha no vaso sanguíneo com a parte biselada virada para
cima. Puxe o êmbolo da seringa com suavidade para extrair o sangue.
6. Liberte o torniquete (se estiver usando), tire a agulha e aplique
imediatamente a gaze seca ou o algodão sobre o local da picada.
Mantenha a zona da picada pressionada se for uma amostra arterial
durante, pelo menos, 5 minutos.
7. Aplique uma compressa de pressão sobre a picada e eleve o local
durante 2-3 minutos, se for possível.
8. Elimine as bolhas de ar da seringa e tire a agulha de acordo com o
procedimento padrão da instituição.
9. Homogeneíze a amostra invertendo a seringa e rolando-a várias vezes
entre as palmas das mãos.
10. Homogeneíze a amostra imediatamente antes da análise. Analise a
amostra imediatamente.

11-13
11. Colheita de amostras Manual do Operador do ABL80 FLEX

Referências

Lista de Nesta seção apresenta-se uma lista com a referências aplicáveis às colheitas de
referências amostras de sangue e à análise dos gases no sangue associada a este capítulo.

1. Avoid errors in arterial blood sampling. Copenhagen: Radiometer


Medical A/S, 1992. REF 919-467.
2. Biswas CK, Ramos JM, Agroyannis B, Kerr DNS, Blood gas
analysis: effect of air bubbles in the syringe and delay estimation. B
Med J 1982; 284: 923-27.
3. Mueller RG, Lang GE, Beam JM. Bubbles in samples for blood gas
determinations – a potential source of error. Am J Clin Pathol 1976;
65: 242-49.
4. Clinical laboratory waste management. 2nd ed. NCCLS publication
GP5-A2. Wayne, PA: NCCLS, 2002: 22, 3.
5. Blonshine S, Alberti R, Olesinski RL. Procedures for the collection of
arterial blood specimens. 4th ed. CLSI publication H11-A4. Wayne,
PA: CLSI, 2002: 24, 28.
6. Mahoney JJ, Van Kessel A. Arterial blood gas analysis. Respiratory
Care 1997: 249-79.
7. Smeenk F, Janssen J, Arends B, Harff G, Bosch J, Schönberger J,
Postmus P. Effects of four different methods sampling arterial blood
and storage time on gas tensions and shunt calculation in the 100%
oxygen test. Eur Respir J 1996; 10: 910-13.
8. Mahoney JJ, Harvey JA, Wong RJ, Kessel VLA. Changes in oxygen
measurements when whole blood is stored in iced plastic or glass
syringes. Clin Chem 1991; 37: 1244-48.
9. Wooley A, Hickling K. Errors in measuring blood gases in the
intensive care unit: Effect of delay in estimation. Journal of Critical
Care 2003; 18: 31-37.
10. Blonshine S. To ice or not to ice. AARC Times 2000: 37-39.
11. Liss P, Payne P. Stability of blood gases in ice and at room
temperature. Chest 1993; 103:1120-21.
12. Burnett RW, Chatburn RL, Christiansen TF et al. Blood gas
preanalytical considerations: specimen collection, calibration and
controls. NCCLS publication C27-A. Villanova, PA: 1993; 13, 6.
13. Burnett RW, Covington AK, Fogh-Andersen N et al. Approved IFCC
recommendations on whole blood sampling, transport and storage for
simultaneous determination of pH, blood gases and electrolytes. Eur J
Clin Chem Clin Biochem 1995; 33: 247-53.
14. Nickelsen CN. Fetal capillary blood pH. http://www.bloodgas.org /
2002.
15. Wennecke G. Useful tips to avoid preanalytical errors in blood gas
testing: metabolites. http://www.bloodgas.org / 2004.

11-14
Manual do Operador do ABL80 FLEX 11. Colheita de amostras

Literatura
1. Capillary sampling. In: The whole-blood sampling handbook.
recomendada
Copenhagen: Radiometer Medical ApS, 2003. REF 989-466.
2. Christiansen TF. Heparin and blood sampling for pH, blood gases and
direct potentiometric electrolyte analysis. Radiometer Publication
AS96. Copenhagen: Radiometer Medical A/S, 1986.
3. The blood gas handbook. Copenhagen: Radiometer Medical ApS,
2004. REF 989-318.
4. Bower LK, Barnhart SL, Betit P, Hendon B, Masi-Lynch J, Wilson
BG. AARC Clinical practice guideline. Capillary blood gas sampling
for neonatal and pediatric patients. Respir Care 1994; 39, 12: 1180-
83.
5. Christiansen TF. Measurement of potassium in whole blood.
Radiometer Publication AS92. Copenhagen: Radiometer Medical
A/S, 1983. REF 918-231.
6. Wandrup JH. Clinical and analytical requirements and needs of
glucose measurements on whole blood. Radiometer Publication
AS122. Copenhagen: Radiometer Medical A/S, 1996. REF 918-549.
7. Wu E, Barazanji K, Johnson R. Sources of error in A-aDO2 calculated
from blood stored in plastic and glass syringes. J Appl Physiol 1997;
82: 196-202.

11-15
11. Colheita de amostras Manual do Operador do ABL80 FLEX

11-16
12. Especificações

Introdução O capítulo fornece informação sobre as espicificações físicas e de operação para


todas as versões dos analisadores ABL80 FLEX.

Neste capítulo O capítulo inclui os seguintes temas:


Parâmetros medidos .............................................................................12-2
Parâmetros calculados ..........................................................................12-4
Parâmetros de introdução .....................................................................12-7
Especificações físicas e de funcionamento ..........................................12-8
Aprovações e conformidades .............................................................12-11
Lista dos Símbolos .............................................................................12-13
Patentes ..............................................................................................12-15
12. Especificações Manual do Operador do ABL80 FLEX

Parâmetros medidos
Intervalo de O intervalo de teste de um parâmetro é o intervalo especificado pelo fabricante
teste dentro do qual devem estar a exatidão e a precisão de um parâmetro medido. Os

valores que estejam fora deste intervalo estarão assinalados com os símbolos ou

no impresso.
Intervalo de O intervalo de medição é definido como os limites dentro dos quais o analisador é
medição capaz de apresentar os valores dos parâmetros. Qualquer valor calculado que esteja
fora deste intervalo de medição estará assinalado com três asteriscos (* * *).

Sangue A tabela apresenta uma lista com todos os parâmetros medidos disponíveis em todas
as versões dos analisadores ABL80 FLEX.
Parâmetro Unidade Intervalo de Intervalo de
teste medição
pH 7.00–7.70 6.00–8.00
pCO2 mmHg 15.0-125.0 0.0–150.0
kPa 2.00–16.70 0.00–20.00
pO2 mmHg 14-420 0–760
kPa 1.9–56.0 0.0–101.3
cNa+ mmol/L; mEq/L 120-180 0-210
cK+ mmol/L; mEq/L 2.00–8.00 0.00–20.00
cCa2+ mmol/L 0.50–2.50 0.00–5.00
mEq/L 1.00–5.00 0.00–10.00
mg/dL 2.00–10.00 0.00–20.00
cCl- mmol/L; mEq/L 85-140 0-250
cGlu mmol/L 2.0–40.0 0.0–75.0
(não disponível no
analisador ABL80 FLEX
com a configuração de mg/dL 36–720 0–1351
software BASIC)

cLac mmol/L 0.3–20.0 -1.0–40.0


(só disponível no
analisador ABL80 FLEX
com a configuração de mg/dL 3–180 -9–360
software BASIC)
Hct % 10–75 0-85
(só analisador ABL80
FLEX)

12-2
Manual do Operador do A BL80 FLEX 12. Especificações

Sangue – Anali- A seguinte tabela apresenta os parâmetros medidos adicionais disponíveis somente
sador ABL80 no analisador ABL80 FLEX CO-OX.
FLEX CO-OX Parâmetro Unidade Intervalo de Teste Intervalo de
Medição*
ctHb g/dL 7.0–25.0 0.0–27.7
g/L 70.0–250.0 0.0–270.7
mmol/L 4.3–15.5 0.0–17.2
sO2 % 0.0–100.0 0.0–100.0
fração 0.000–1.000 0.000–1.000
FO2Hb % 0.0–100.0 0.0–100.0
fração 0.000–1.000 0.000–1.000
FCOHb % 0.0–20.0 0.0–100.0
fração 0.000–0.200 0.000–1.000
FMetHb % 0.0–20.0 0.0–100.0
fração 0.000–0.200 0.000–1.000
FHHb % 0.0–100.0 0.0–100.0
fração 0.000–1.000 0.000–1.000

* Os valores destinam-se ao analisador com a função de “Omitir se fora do


intervalo” ativado. Caso esta função não tenha sido ativada, os intervalos de
medição predefinidos são os seguintes:

Parâmetro Unidade Intervalo de


medição
ctHb g/dL -1.0–27.7
g/L -10.0–270.7
mmol/L -0.6–17.2
sO2, FO2Hb, FCOHb, FMetHb, % -2.0–102.0
FHHb fração -0.020–1.020

12-3
12. Especificações Manual do Operador do ABL80 FLEX

Parâmetros calculados
Parâmetros A tabela seguinte apresenta todos os parâmetros derivados disponíveis em todas as
derivados versões dos analisadores ABL80 FLEX.

Parâmetro Unidade Intervalo na tela Valor de


introdução
requerido
cHCO3–(P) mmol/L; mEq/L 0.0–99.0
cBase(B) mmol/L; mEq/L + 50.0
cBase(Ecf) mmol/L; mEq/L + 30.0
cBase(B,ox) mmol/L; mEq/L +50.0
cBase(Ecf,ox) mmol/L; mEq/L +30.0
cHCO3–(P, st) mmol/L; mEq/L 0.0–99.0
2+
cCa (7.40) mmol/L 0.20–8.10
mEq/L 0.40–16.20
mg/dL 0.80–32.40
ctCO2(B) mmol/L 0.0–99.0
ctCO2(P) mmol/L 0.0–99.0
sO2 % 0.0–100.0
ctHb g/dL 1.0–28.0
g/L 10.0–280.0
mmol/L 0.6–17.4
+
Ânion Gap (K ) mmol/L 0.0–99.0
Ânion Gap mmol/L 0.0–99.0
ctO2 vol% 0.0–45.0
mmol/L 0.0–20.1
pO2(A) mmHg 0–800 Baro, FO2(I)
kPa 0.0–106.7
pO2(A-a) mmHg 0–800 Baro, FO2(I)
kPa 0.0–106.7
pO2(a/A) 0.00–1.00 Baro, FO2(I)
RI % 0.0–35.0 Baro, FO2(I)
pH(T) 6.00-8.00 Temperatura do
paciente
pCO2(T) mmHg 0-150 Temperatura do
kPa 0.0-20.0 paciente

12-4
Manual do Operador do A BL80 FLEX 12. Especificações

Parâmetros Unidade Intervalo na tela Valor de


introdução
requerido
pO2(T) mmHg 0-760 Temperatura do
kPa 0.0-101.0 paciente
pO2(A, T) mmHg 0–800 Baro, FO2(I),
temperatura do
paciente
kPa 0.0–106.7
pO2(A-a, T) mmHg 0–800 Baro, FO2(I),
temperatura do
paciente
kPa 0.0–106.7
pO2(a/A, T) 0.00–1.00 Baro, FO2(I),
temperatura do
paciente
RI(T) % 0.0–35.0 Baro, FO2(I),
temperatura do
paciente
mOsm mmol/kg 0–495

Parâmetros A seguinte tabela apresenta os parâmetros derivados adicionais disponíveis


derivados – unicamente no analisador ABL80 FLEX CO-OX.
Analisador
ABL80 FLEX
CO-OX Parâmetro Unidade Intervalo na tela Valor de
introdução
requerido
Hct % 0–85
p50 mmHg 0-760
kPa 0-101.0
p50(T) mmHg 0-760 Temperatura do
kPa 0-101.0 paciente
p50(st) mmHg 0-760
kPa 0-101.0
FShunt % 0.0-100.0 Baro, FO2(I),
pO2(v– ), sO2(v– )
fração 0.000-1.000
FShunt(T) % 0.0-100.0 Baro, FO2(I),
pO2(v– ), sO2(v– )
Temperatura do
paciente
fração 0.000-1.000

12-5
12. Especificações Manual do Operador do ABL80 FLEX

Parâmetro Unidade Intervalo na tela Valor de


introdução
requerido
pO2(a)/FO2(I) mmHg 0-7600 FO2(I)
kPa 0-1013.3
pO2(x) mmHg 0-760
kPa 0-101.0
BO2 mmolL 0.0-100.0
Vol%; mL/dL 0.0-224.1
· mL/min 0-22414 ·
D O2 Qt
mmol/min 0.0-1000.0
· L/min 0.0-100.0 ·
Qt VO2
· mL/min 0-22414 ·
VO2 Qt
Qx --- ---
V(B) L 0.0-20.0 VCO, FCOHb(1),
FCOHb(2)

12-6
Manual do Operador do A BL80 FLEX 12. Especificações

Parâmetros de introdução
Parâmetros de Consulte o capítulo 4, Medições de amostras, para ver a lista completa dos
introdução parâmetros de introdução.

12-7
12. Especificações Manual do Operador do ABL80 FLEX

Especificações físicas e de funcionamento


Volume da amostra – analisador Aproximadamente 70 µL
ABL80 FLEX (ambas as
configurações de software)
Volume da amostra – analisador Aproximadamente 105 µL
ABL80 FLEX CO-OX com a
configuração de software CO-OX
Volume da amostra – analisador Aproximadamente 65 µL
ABL80 FLEX CO-OX com a
configuração de software OSM
Tipo de amostra Sangue total heparinizado
Duração da Análise / Ciclo – Aproximadamente 100 - 115 segundos
analisador ABL80 FLEX (ambas as
configurações de software)
Duração da Análise / Ciclo – anali- Aproximadamente 140 segundos
sador ABL80 FLEX CO-OX com a
configuração de software CO-OX
Duração da Análise / Ciclo – anali- Aproximadamente 60 segundos
sador ABL80 FLEX CO-OX com a
configuração de software OSM
Ciclo de Qualidade Aprox. 4 minutos no analisador ABL80 FLEX
Aprox. 7 minutos no analisador ABL80 FLEX CO-OX com a
configuração de software CO-OX
Aprox. 4 minutos no analisador ABL80 FLEX XO-OX com
a configuração de software OSM
Calibração a 2 Pontos Aproximadamente 2 minutos no analisador ABL80 FLEX
com a configuração de software BASIC
Metodologia de medição – Tecnologia de microeletrodos amperométrica,
analisador ABL80 FLEX potenciométrica e condutométrica
Metodologia de medição – Tecnologia de microeletrodos amperométrica e
analisador ABL80 FLEX CO-OX potenciométrica; espectrofotometria
Temperatura de armazenamento e SC80 códigos 945-806 e 2–25 °C (36–77 °F) com uma
transporte da SC80 945-843 temperatura em trânsito de
até 32 °C durante duas
semanas no máximo
Versões da SC80 com lactato 2–8 °C (36–46 °F) com uma
temperatura em trânsito de
até 25 °C durante 10 dias no
máximo
Todas as outras versões da 5–25 °C (41–77 °F) com uma
SC80 temperatura em trânsito de
até 32 °C durante duas
semanas no máximo

12-8
Manual do Operador do A BL80 FLEX 12. Especificações

Ambiente de armazenamento e Todas as versões do SP exceto 5–25 °C (41–77 °F)


transporte do cartucho de soluções os códigos 944-341 e 944-383
SP com os códigos 944-341 e 2–25 °C (36–77 °F)
944-383
Todas as versões podem permanecer com uma temperatura
em trânsito de até 32 ºC durante duas semanas no máximo
O intervalo da altitude de todas as versões é do nível do mar
até 2290 metros (7513 pés) (Nível do mar a 575 mmHg ou
76.7 kPa)
Ambiente de operação do analisador 12-28 °C (54–82 °F)
(todas as versões)
Do nível do mar até 2290 metros (7513 pés)
(Do nível do mar até 575 mmHg ou 76.7 kPa)
Umidade relativa 100% sem condensação
Temperatura de medição da amostra 37.0 °C (36.7-37.1 °C)
Registros Até 500 testes de paciente, 500 resultados de Ciclos de
Qualidade, 500 resultados de Cal a 2 pts, 500 resultados de
QC manual, 1500 eventos e 1500 registros de segurança
Dimensões Altura: 40 cm (16 in.)
Largura: 22 cm (9 in.)
Profundidade: 28 cm (11 in.)
Peso 8.5 kg (19 lbs)
Unidade de CD Unidade R/RW. Unidade de CD não disponível nos
analisadores fabricados a partir de 2011.
Especificações do computador Sistema operativo Microsoft Windows XP Embedded
Memória do sistema: 1 GB
600 mHz ETX form factor embedded CPU
EDO-RAM 1.0 GB
Tela VGA (Full visual graphic array)
TFT (Full active Thin Film Transistor)
Resolução 800 × 600
Tela tátil resistente
Interface 2 portas USB 1.1
Porta Ethernet RAM RJ45
Linha série RS232
Teclado PS2
Mouse PS2
Leitor de códigos de barras interno
Leitor de códigos de barras externo opcional

12-9
12. Especificações Manual do Operador do ABL80 FLEX

Protocolo Protocolo nível alto:


Sistema de Gestão de Dados RADIANCE/AQURE
ASTM E1394-91
HL7 (versões 2.2 e 2.5)
Protocolo série nível baixo:
ASTM E1381-91
Protocolo rede nível baixo:
TCP/IP
Impressora Termossensível; largura do papel: 80mm ±1.0
Requisitos energéticos 100–240 VAC, 50-60 Hz, 3 amps
Fusível de 3.15 amps
PRECAUÇÃO: Substitua o fusível segundo a voltagem
indicada para evitar perigo de fogo.
Utilização com a bateria Aproximadamente 1 hora de energia da bateria com o
analisador no modo standby
Duração do carregamento da bateria Aproximadamente 1 hora, 20 minutos até à carga total depois
da bateria totalmente descarregada
Bateria 4 células íons de lítio
PRECAUÇÃO: Use unicamente baterias fornecidas pela
Radiometer.
Cabo Para usar com todas as versões do analisador ABL80 FLEX

12-10
Manual do Operador do A BL80 FLEX 12. Especificações

Aprovações e conformidades
Aprovações UL, CSA. Em conformidade com IEC 61010-1/NE 61010-1
Marca CE

Indica a conformidade com a Diretiva DIV 98/79/CE quando fornecido


com este manual.
ETL, Inc. Os analisadores ABL80 FLEX e ABL80 FLEX CO-OX são sistemas de
Classe I, Tipo A, IXP0, de operação contínua quando ligados à energia
contínua (AC) e em carga interna sempre que funcionar sem a bateria. O
seguinte símbolo representa a marcação ETL.

ABL80 FLEX, ABL80 FLEX CO-OX


CONFORME A NORMA UL 60601-1;
CERTIFICADO POR CAN/CSA C22.2 NO. 601.1
3081553
Conformidade EMC Para garantir a conformidade com a Directiva EMC utilize cabos
protegidos para as portas Ethernet e de Comunicações. Este equipamento
gera, usa e pode emitir energia de rádio frequência, podendo causar
interferências que prejudiquem o funcionamento de outros equipamentos
próximos se não for instalado nem usado de acordo com as instruções do
fabricante. Contudo, não se pode garantir que não ocorra qualquer tipo de
interferência em determinadas instalações. Se este equipamento causar
interferências prejudiciais em outros aparelhos, o que se pode verificar
desligando o equipamento e voltando a ligá-lo, recomenda-se ao utilizador
que tente eliminar a referida interferência realizando uma ou ambas as
seguintes medidas:
• Reoriente ou mude de localização o aparelho receptor. Aumente a
distância entre os equipamentos.
• Ligue o equipamento a uma tomada de um circuito diferente do que
está a ser utilizado pelo(s) outro(o) aparelho(s).
Contate o Serviço Técnico para obter ajuda.
IEM e EMC Normas Europeias CISPR11/EN60601-1-2 Equipamento Médico Elétrico
Parte 2: Norma Colateral: Compatibilidade eletromagnética – requisitos e
testes

12-11
12. Especificações Manual do Operador do ABL80 FLEX

IEC IEC 60601-1 Equipamento médico elétrico Parte 1: Requisitos gerais de


segurança
Os dispositivos acessórios ligados ás interfaces analógicos e digitais
devem estar certificadas de acordo com as respectivas normas IEC (ou
seja, IEC 60950 para o equipamento de processamento de dados e IEC
60601-1 para o equipamento médico). Além disto, todas as configurações
têm de cumprir os requisitos da norma IEC 60601-1-1. Todas as pessoas
que liguem dispositivos adicionais aos componentes de saída e de entrada
estão configurarando um sistema médico, sendo, portanto, da sua
responsabilidade que o sistema cumpra os requisitos da norma padrão de
sistemas IEC 60601-1-1. Em caso de dúvida, consulte o Serviço Técnico.
IEC/EN 61010-1 IEC 61010-1 1993+A2:1995 Requisitos de segurança dos equipamentos
elétricos de medição, controle e uso laboratorial Parte 1: Requisitos gerais
Conformidade IEC A norma IEC 529 não é aplicável ao analisador ABL80 FLEX. Assim, a
classificação do produto relativamente à proteção de entrada de líquidos é
IPX0.
IEC/EN 61010-2-010 Requisitos de segurança dos equipamentos elétricos de medição, controle
e uso laboratorial Parte 2-010: Requisitos particulares para o equipamento
laboratorial relativo ao aquecimento de materiais.
IEC/NE 61010-2-081 IEC 61010-2-081:2001/EN 61010-2-81 Requisitos de segurança dos
equipamentos elétricos de medição, controle e uso laboratorial Parte 2-
081: Requisitos particulares para o equipamento laboratorial automático e
semiautomático de análises e para outras finalidades.
IEC/EN 61010-2-101 IEC 61010-2-101:2002/EN 61010-2-101 Parte 2: Requisitos particulares
para o equipamento médico de diagnóstico in vitro (DIV)
CIEC 61010-1:2001
ed.2
Resíduos de
Equipamentos
Elétricos e Eletrônicos
(REEE) O símbolo indica que:
• A Radiometer Medical ApS e as suas distribuidoras dentro da União
Europeia (UE) e estados associados tomaram todas as medidas
necessárias para o cumprimento da diretiva 2002/96/CE relativa aos
resíduos de equipamentos elétricos e eletrônicos (REEE).
• O equipamento, ao atingir o fim da sua vida útil, tem que ser recolhido
e reciclado em separado dos restantes resíduos, de acordo com os
requisitos nacionais.
Por favor, contate o distribuidor local da Radiometer para mais
instruções.
Implicações ambientais:
Os Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrônicos contêm materiais
potencialmente nocivos para o meio ambiente e para a saúde humana.

12-12
Manual do Operador do A BL80 FLEX 12. Especificações

Lista dos Símbolos


Símbolos Os símbolos que aparecem no analisador e/ou nos seus consumíveis estão
identificados e descritos em seguida.
SÍMBOLO FUNÇÃO
Consulte o manual do utilizador para obter instruções.

• ATENÇÃO: Consulte o manual do utilizador


! • PRECAUÇÃO: Perigo de descarga elétrica. Não retire os
paineis. Contate o Serviço Técnico.
• PERIGO: Risco de explosão quando usado na presença de
anestésicos inflamáveis.
• A substituição da bateria é feita unicamente por pessoal
autorizado.
Dispositivo para Diagnóstico In-Vitro.
IVD
Acesso a unidade de CD

Leitor de códigos de barras interno

Botão de reinício do sistema

Interruptor de alimentação do sistema on/off

Porta para ligação para rato

Porta para leitor de código de barras/teclado

Ligação vídeo

Porta COM 1
Ligação interface Ethernet para redes. Não é uma ligação
telefônica.

Indica conformidade com a norma SJ/T 11363-2006 (China


RoHS). O número no símbolo indica o período em anos de uso
amigo do ambiente.

Indica a conformidade com a norma SJ/T 11363-2006 (China


RoHS). O número no símbolo indica o período em anos de uso
amigo do ambiente.

12-13
12. Especificações Manual do Operador do ABL80 FLEX

SÍMBOLO FUNÇÃO
Porta para ligação USB

Ventoinha de arrefecimento

Interruptor – Ligado

Interruptor – Standby

Corrente alterna
Especificações da corrente principal, incluindo informação
sobre os fusíveis

Ligação energia elétrica

Rotação bidireccional

Acerte a extremidade do papel antes de o inserir no analisador

SN Número de série

REF Código de referência (número para as encomendas)

LOT Número do lote

“n” testes por dispositivo


n
Intervalo da temperatura

Instalação consoante a data

Uso consoante a data (data de validade)

Frágil; manipular com cuidado

Refrigeração requerida

12-14
Manual do Operador do A BL80 FLEX 12. Especificações

Patentes
Patentes Os produtos da Radiometer podem estar cobertos por uma ou mais patentes e
pedidos de patente. Consulte http://www.radiometer.com/en/legal/patents.

12-15
12. Especificações Manual do Operador do ABL80 FLEX

12-16
13. Informação sobre pedidos

Introdução Este capítulo apresenta os números de referência e a informação para pedidos dos
acessórios de todas as versões do analisador ABL80 FLEX.
Os seguintes acessórios podem ser pedidos através do representante local da
Radiometer.

Temas O capítulo apresenta os seguintes temas.

Analisador ABL80 FLEX ....................................................................13-2


Analisador ABL80 FLEX CO-OX.......................................................13-4
Acessórios ............................................................................................13-6
Documentação......................................................................................13-8
Dispositivos de colheita .......................................................................13-9
13. Informação sobre pedidos Manual do Operador do ABL80 FLEX

Analisador ABL80 FLEX


Acessórios – Item Cód.
Analisador
Analisador ABL80 FLEX 393-839
ABL80 FLEX
Cartucho de soluções 944-174
3
Cassete eletrodos 25 testes / 30 dias Painel completo QC 945-768
Cassete eletrodos 50 testes / 30 dias Painel completo QC3 945-665
3
Cassete eletrodos 100 testes / 30 dias Painel completo QC 945-666
Cassete eletrodos 200 testes / 30 dias Painel completo QC3 945-667
3
Cassete eletrodos 300 testes / 30 dias Painel completo QC 945-668
Cassete eletrodos 300 testes / 15 dias Painel completo QC3 945-669
3
Cassete eletrodos 25 testes / 30 dias Painel completo, sem Glu QC 945-769
3
Cassete eletrodos 50 testes / 30 dias Painel completo, sem Glu QC 945-670
Cassete eletrodos 100 testes / 30 dias Painel completo, sem Glu QC3 945-671
3
Cassete eletrodos 200 testes / 30 dias Painel completo, sem Glu QC 945-672
Cassete eletrodos 300 testes / 30 dias Painel completo, sem Glu QC3 945-673
3
Cassete eletrodos 300 testes / 15 dias Painel completo, sem Glu QC 945-674
Cassete eletrodos 25 testes / 30 dias GS/Hct QC3 945-770
3
Cassete eletrodos 50 testes / 30 dias GS/Hct QC 945-675
Cassete eletrodos 100 testes / 30 dias GS/Hct QC3 945-676
3
Cassete eletrodos 200 testes / 30 dias GS/Hct QC 945-677
3
Cassete eletrodos 300 testes / 30 dias GS/Hct QC 945-678
Cassete eletrodos 300 testes / 15 dias GS/Hct QC3 945-679
3
Cassete eletrodos 25 testes / 30 dias Painel completo sem QC 945-771
Cassete eletrodos 50 testes / 30 dias Painel completo sem QC3 945-680
3
Cassete eletrodos 100 testes / 30 dias Painel completo sem QC 945-681
Cassete eletrodos 200 testes / 30 dias Painel completo sem QC3 945-682
3
Cassete eletrodos 300 testes / 30 dias Painel completo sem QC 945-683
3
Cassete eletrodos 300 testes / 15 dias Painel completo sem QC 945-684
Cassete eletrodos 25 testes / 30 dias Painel completo, sem Glu sem QC3 945-772
3
Cassete eletrodos 50 testes / 30 dias Painel completo, sem Glu sem QC 945-685
Cassete eletrodos 100 testes / 30 dias Painel completo, sem Glu sem QC3 945-686
3
Cassete eletrodos 200 testes / 30 dias Painel completo, sem Glu sem QC 945-687
Cassete eletrodos 300 testes / 30 dias Painel completo, sem Glu sem QC3 945-688
3
Cassete eletrodos 300 testes / 15 dias Painel completo, sem Glu sem QC 945-689

13-2
Manual do Operador do ABL80 FLEX 13. Informação sobre pedidos

Item Cód.
3
Cassete eletrodos 25 testes / 30 dias GS/Hct sem QC 945-773
3
Cassete eletrodos 50 testes / 30 dias GS/Hct sem QC 945-690
Cassete eletrodos 100 testes / 30 dias GS/Hct sem QC3 945-691
3
Cassete eletrodos 200 testes / 30 dias GS/Hct sem QC 945-692
Cassete eletrodos 300 testes / 30 dias GS/Hct sem QC3 945-693
3
Cassete eletrodos 300 testes / 15 dias GS/Hct sem QC 945-694

Acessórios – Item Cód.


analisador
Cartucho de soluções 944-309
ABL80 FLEX
com configura- Cartucho de soluções com lactato 944-383
ção de software Cassete eletrodos 25 testes / 60 dias Painel completo 945-774
BASIC
Cassete eletrodos 50 testes / 60 dias Painel completo 945-775
Cassete eletrodos 100 testes / 60 dias Painel completo 945-776
Cassete eletrodos 200 testes / 60 dias Painel completo 945-777
Cassete eletrodos 300 testes / 60 dias Painel completo 945-778
Cassete eletrodos 300 testes / 30 dias Painel completo 945-779
Cassete eletrodos 300 testes / 15 dias Painel completo 945-780
Cassete eletrodos 600 testes / 15 dias Painel completo 945-783
Cassete eletrodos 25 testes / 30 dias Painel completo com Lac 945-808
Cassete eletrodos 50 testes / 30 dias Painel completo com Lac 945-809
Cassete eletrodos 100 testes / 30 dias Painel completo com Lac 945-810
Cassete eletrodos 200 testes / 30 dias Painel completo com Lac 945-811
Cassete eletrodos 300 testes / 30 dias Painel completo com Lac 945-812
Cassete eletrodos 300 testes / 15 dias Painel completo com Lac 945-813
Cassete eletrodos 600 testes / 15 dias Painel completo com Lac 945-814
Cassete eletrodos 25 testes / 60 dias GS/Hct 945-784
Cassete eletrodos 50 testes / 60 dias GS/Hct 945-785
Cassete eletrodos 100 testes / 60 dias GS/Hct 945-786
Cassete eletrodos 200 testes / 60 dias GS/Hct 945-787
Cassete eletrodos 300 testes / 60 dias GS/Hct 945-788
Cassete eletrodos 300 testes / 30 dias GS/Hct 945-789
Cassete eletrodos 300 testes / 15 dias GS/Hct 945-790
Cassete eletrodos 600 testes / 15 dias GS/Hct 945-793

13-3
13. Informação sobre pedidos Manual do Operador do ABL80 FLEX

Analisador ABL80 FLEX CO-OX


Acessórios – Item Cód.
Analisador
Analisador ABL80 FLEX CO-OX 393-841
ABL80 FLEX
CO-OX Cartucho de soluções CO-OX 944-252
3
Cassete eletrodos 25 testes / 30 dias Painel completo CO-OX QC 945-700
Cassete eletrodos 50 testes / 30 dias Painel completo CO-OX QC3 945-701
3
Cassete eletrodos 100 testes / 30 dias Painel completo CO-OX QC 945-702
Cassete eletrodos 200 testes / 30 dias Painel completo CO-OX QC3 945-703
3
Cassete eletrodos 300 testes / 30 dias Painel completo CO-OX QC 945-704
Cassete eletrodos 300 testes / 15 dias Painel completo CO-OX QC3 945-705
3
Cassete eletrodos 25 testes / 30 dias Painel completo CO-OX, QC 945-706
sem Glu
Cassete eletrodos 50 tests / 30 dias Painel completo CO-OX, QC3 945-707
sem Glu
Cassete eletrodos 100 testes / 30 dias Painel completo CO-OX, QC3 945-708
sem Glu
Cassete eletrodos 200 testes / 30 dias Painel completo CO-OX, QC3 945-709
sem Glu
Cassete eletrodos 300 testes / 30 dias Painel completo CO-OX, QC3 945-710
sem Glu
Cassete eletrodos 300 testes / 15 dias Painel completo CO-OX, QC3 945-711
sem Glu
Cassete eletrodos 25 testes / 30 dias GS/CO-OX QC3 945-712
Cassete eletrodos 50 testes / 30 dias GS/CO-OX QC3 945-713
3
Cassete eletrodos 100 testes / 30 dias GS/CO-OX QC 945-714
Cassete eletrodos 200 testes / 30 dias GS/CO-OX QC3 945-715
3
Cassete eletrodos 300 testes / 30 dias GS/CO-OX QC 945-716
Cassete eletrodos 300 testes / 15 dias GS/CO-OX QC3 945-717

13-4
Manual do Operador do ABL80 FLEX 13. Informação sobre pedidos

Item Cód.
3
Cassete eletrodos 25 testes / 30 dias Painel completo CO-OX sem QC 945-718
Cassete eletrodos 50 testes / 30 dias Painel completo CO-OX sem QC3 945-719
Cassete eletrodos 100 testes / 30 dias Painel completo CO-OX sem QC3 945-720
Cassete eletrodos 200 testes / 30 dias Painel completo CO-OX sem QC3 945-721
Cassete eletrodos 300 testes / 30 dias Painel completo CO-OX sem QC3 945-722
Cassete eletrodos 300 testes / 15 dias Painel completo CO-OX sem QC3 945-723
Cassete eletrodos 25 testes / 30 dias Painel completo CO-OX, sem QC3 945-724
sem Glu
Cassete eletrodos 50 testes / 30 dias Painel completo CO-OX, sem QC3 945-725
sem Glu
Cassete eletrodos 100 testes / 30 dias Painel completo CO-OX, sem QC3 945-726
sem Glu
Cassete eletrodos 200 testes / 30 dias Painel completo CO-OX, sem QC3 945-727
sem Glu
Cassete eletrodos 300 testes / 30 dias Painel completo CO-OX, sem QC3 945-728
sem Glu
Cassete eletrodos 300 testes / 15 dias Painel completo CO-OX, sem QC3 945-729
sem Glu
Cassete eletrodos 25 testes / 30 dias GS/CO-OX sem QC3 945-730
Cassete eletrodos 50 testes / 30 dias GS/CO-OX sem QC3 945-731
Cassete eletrodos 100 testes / 30 dias GS/CO-OX sem QC3 945-732
Cassete eletrodos 200 testes / 30 dias GS/CO-OX sem QC3 945-733
Cassete eletrodos 300 testes / 30 dias GS/CO-OX sem QC3 945-734
Cassete eletrodos 300 testes / 15 dias GS/CO-OX sem QC3 945-735

Acessórios – Item Cód.


analisador
ABL80 FLEX Cartucho de soluções 944-341
CO-OX com Cassete eletrodos 200 testes / 60 dias 945-843
configuração
600 testes / 60 dias 945-806
software OSM

13-5
13. Informação sobre pedidos Manual do Operador do ABL80 FLEX

Acessórios
Acessórios Item Cód.
gerais
Papel térmico para a impressora 984-077
Leitor de códigos de barras, externo 902-994
Suporte do leitor de código de barras 924-572
Ponteiro para a tela tátil 902-667
Solução de limpeza 943-906
Kit de desobstrução do circuito dos fluidos do ABL80 FLEX 905-674
Kit de fluidos ABL80 FLEX CO-OX 905-889
Chave de Assistência Remota 902-583

Cabos de Item Cód.


alimentação
Cabo 240 V Europa 615-319
Cabo 240 V Reino Unido 615-320
Cabo 240 V Itália 615-321
Cabo 240 V Dinamarca 615-322
Cabo 240 V Israel 615-323
Cabo 240 V Suíça 615-324
Cabo 240 V Austrália / Nova Zelândia 615-325
Cabo 240 V África do Sul / Índia 615-326
Cabo 120 V EUA / Japão 615-406

Controle de Item Cód.


Qualidade
S7430 QUALICHECK 4+ nível 1 (caixa de 30 ampolas) 944-053
S7440 QUALICHECK 4+ nível 2 (caixa de 30 ampolas) 944-054
S7450 QUALICHECK 4+ nível 3 (caixa de 30 ampolas) 944-055
S7460 QUALICHECK 4+ nível 4 (caixa de 30 ampolas) 944-056
S7170 HEMATÓCRITO E METABOLITOS nível 1 944-039
S7180 HEMATÓCRITO E METABOLITOS nível 2 944-040
S7730 QUALICHECK 5+ nível 1 (caixa de 30 ampolas) 944-017
S7740 QUALICHECK 5+ nível 2 (caixa de 30 ampolas) 944-018
S7750 QUALICHECK 5+ nível 3 (caixa de 30 ampolas) 944-019
S7760 QUALICHECK 5+ nível 4 (caixa de 30 ampolas) 944-020
S7930 Range+ QUALICHECK, nível 1 944-151
S7940 Range+ QUALICHECK, nível 2 944-152
S7950 Range+ QUALICHECK, nível 3 944-153
S7770 Solução de Calibração ctHb 944-021

13-6
Manual do Operador do ABL80 FLEX 13. Informação sobre pedidos

Item Cód.
QUALICHECK + bandeja (Celsius) 887-860
Abre-ampolas 920-712
Manual de Referência dos Sistemas de QC, inglês 989-046
Manual de Referência dos Sistemas de QC, português 989-972
Resumo de instruções de QC, inglês 989-313
Dossiê de Registo dos Gráficos de Controle 984-129
Gráficos de Controle - gases no sangue 989-417
Gráficos de Controle - eletrólitos e metabólitos 989-418

13-7
13. Informação sobre pedidos Manual do Operador do ABL80 FLEX

Documentação

Manuais Item Cód.


Manual do Operador do ABL80 FLEX, inglês 996-075
Manual de Referência do analisador ABL80 FLEX, inglês 996-074
Manual do Operador do ABL80 FLEX, português 995-613
Manual de Referência do analisador ABL80 FLEX, português 990-706

13-8
Manual do Operador do ABL80 FLEX 13. Informação sobre pedidos

Dispositivos de colheita
Seringas Item Cód.
PICO70 seringa sem agulha 956-518
PICO70 seringa sem agulha e sem cubo de agulha 956-519
PICO70 22G x 1” 956-522
PICO70 22G x 1¼” 956-525
PICO70 23G x 5/8” 956-529
PICO70 23G x 1” 956-533
PICO70 23G x 1¼” 956-534
PICO70 23G x 5/8” sem cubo de agulha 956-546
PICO70 25G x 5/8” 956-547
PICO70 22G x 1” sem cubo de agulha 956-563
PICO50 (2ml) seringa de aspiração 956-552
* safePICO seringa de autoenchimento, sem agulha e com safeTIPCAP, 956-610
0.7-1.5 mL (100 unidades)
safePICO seringa de autoenchimento, com safeTIPCAP, sem sistema de 956-611
proteção da agulha, 22G x 1 ¼“, 0.7-1.5 mL (100 unidades)
safePICO seringa de autoenchimento, com safeTIPCAP, sem sistema de 956-612
proteção da agulha, 23G x 5/8”, 0.7-1.5 mL (100 unidades)
safePICO seringa de autoenchimento, com safeTIPCAP, sem sistema de 956-613
proteção da agulha, 22G x 1”, 0.7-1.5 mL (100 units)
* safePICO seringa de autoenchimento, com sistema de proteção da 956-614
agulha e safeTIPCAP, 22G x 1 ¼“, 0.7-1.5 mL (100 unidades)
* safePICO seringa de autoenchimento, com sistema de proteção da 956-615
agulha e safeTIPCAP, 23G x 5/8”, 0.7-1.5 mL (100 units)
* safePICO seringa de autoenchimento, com sistema de proteção da 956-616
agulha e safeTIPCAP, 23G x 1”, 0.7-1.5 mL (100 unidades)
* safePICO seringa de autoenchimento, com sistema de proteção da 956-620
agulha e safeTIPCAP, 22G x 1”,, 0.7-1.5 mL (100 unidades)
* safePICO seringa de autoenchimento, com sistema de proteção da 956-623
agulha e safeTIPCAP, 25G x 5/8”, 0.7-1.5 mL (100 unidades)
* safePICO Aspirator, seringa de aspiração, 0.7-1.5 mL (100 unidades) 956-622
* Sem cubo de agulha

13-9
13. Informação sobre pedidos Manual do Operador do ABL80 FLEX

Tubos Capilares Item Cód.


safeCLINITUBES (plástico):
D957P-70-70 × 1 70 µL 70 IU heparina equilibrada 250 cada 942-898
D941P-NA-240-85 × 1 85 µL 240 IU heparina de sódio 250 cada 942-890
D941P-NA-240-85 × 3 85 µL 240 IU heparina de sódio 750 cada 942-891
D957P-70-100 × 1 100 µL 70 IU heparina equilibrada 250 cada 942-892
D957P-70-125 × 1 125 µL 70 IU heparina equilibrada 250 cada 942-893
CLINITUBES (vidro):
D941G-240-85 × 5 85 µL 240 IU heparina de sódio 375 cada 942-875
D941G-NA-240-85 × 85 µL 240 IU heparina de sódio 750 cada 942-876
10
D956G-70-100 × 1 100 µL 70 IU heparina equilibrada 75 cada 905-663
D957G-70-100 × 5 100 µL 70 IU heparina equilibrada 375 cada 942-878
D956G-70-125 × 1 125 µL 70 IU heparina equilibrada 50 cada 905-664
D957G-70-125 × 5 125 µL 70 IU heparina equilibrada 250 cada 942-680
D956G-70-210 × 1 210 µL 70 IU heparina equilibrada 50 cada 905-666
D957G-70-210 × 5 210 µL 70 IU heparina equilibrada 250 cada 942-884
Acessórios:
Adaptadores de capilares (analisador ABL80 FLEX) 906-022
Adaptadores de capilares (analisador ABL80 FLEX CO-OX) 906-025

NOTA: Deve ser usada sempre heparina equilibrada ao medir os valores dos
eletrólitos. O uso da heparina de sódio deverá ser restringido unicamente às
medições de gases no sangue.

safePICO mixer Item Cód.


safePICO mixer com adaptador de corrente UK 903-046
safePICO mixer com adaptador de corrente EUA 903-047
safePICO mixer com adaptador de corrente UE 903-048
safePICO mixer com adaptador de corrente AUS/JP 903-049

13-10
Índice Alfabético
A
Acessórios – ABL80 FLEX ............................................................................................................................... 13-2
Acessórios – ABL80 FLEX CO-OX ................................................................................................................. 13-4
Acessórios – Gerais ........................................................................................................................................... 13-6
Advertências e precauções ................................................................................................................................. 1-11
Analisador
Desligar da corrente elétrica .......................................................................................................................... 2-14
Ligar à corrente elétrica ................................................................................................................................. 2-13
Vista frontal ............................................................................................................................................. 2-2; 2-3
Vista posterior.................................................................................................................................................. 2-4
Anticoagulantes ................................................................................................................................................. 1-10
Apagar registros ................................................................................................................................................. 9-49
Aprovação
Através do Radiance ...................................................................................................................................... 4-26
Edição ............................................................................................................................................................ 4-25
Nota ............................................................................................................................................................... 4-25
Tipos de estado de aprovação ........................................................................................................................ 4-25
Aprovação do resultado do paciente ........................................................................................................ 4-25; 9-38
Aprovações e Conformidades .......................................................................................................................... 12-11
Atualização do software .................................................................................................................................... 8-13
C
Cálculo do tempo de espera da amostra............................................................................................................. 9-39
Calibração ............................................................................................................................................................ 5-2
A 2 pontos........................................................................................................................................................ 5-5
Estado do resultado .......................................................................................................................................... 5-5
Programação .................................................................................................................................................... 5-2
Relatórios ......................................................................................................................................................... 5-4
Calibração de tHb ...................................................................................................................................... 5-6; 9-25
Calibração de tHb - programação ...................................................................................................................... 9-25
Cartucho de Soluções .......................................................................................................................................... 2-5
Cassete de Eletrodos ............................................................................................................................................ 2-8
Causas de erro das amostras – medidas preventivas .......................................................................................... 11-2
Causas de erro na fase pré-analítica ................................................................................................................... 11-2
Ciclos de Qualidade – Desvio............................................................................................................................ 9-22
Ciclos de Qualidade - Programação................................................................................................................... 9-21
CLINITUBES – ABL80 FLEX ......................................................................................................................... 11-8
CLINITUBES – ABL80 FLEX CO-OX ........................................................................................................... 11-9
Colheita de amostras .......................................................................................................................................... 11-1
Colheita de amostras arteriais - indicações ........................................................................................................ 11-6
Colheita de amostras capilares - indicações....................................................................................................... 11-7
Colheita de amostras com seringas padrão ...................................................................................................... 11-13
Comunicação de dados ...................................................................................................................................... 9-29
Aprovação...................................................................................................................................................... 9-38
Assistência Remota........................................................................................................................................ 9-37
Configuração da rede ..................................................................................................................................... 9-29
Portal QA ....................................................................................................................................................... 9-36
Radiance ........................................................................................................................................................ 9-31
Requerer dados .............................................................................................................................................. 9-35
SIH/SIL.......................................................................................................................................................... 9-33
Contadores ........................................................................................................................................................... 8-7
Correlação.......................................................................................................................................................... 9-44
Como introduzir os valores ............................................................................................................................ 9-46
Intervalos de introdução ................................................................................................................................ 9-45
Modos ............................................................................................................................................................ 9-44
Valores predefinidos ...................................................................................................................................... 9-44
Índice Alfabético Manual do Operador do ABL80 FLEX

D
Definições – personalização do software............................................................................................................. 9-1
Definir a data/hora ............................................................................................................................................. 9-26
Desativação.......................................................................................................................................................... 5-2
Desinfecção
Exterior do analisador .................................................................................................................................... 10-9
Procedimento no ABL80 FLEX .................................................................................................................. 10-11
Procedimento no ABL80 FLEX CO-OX ..................................................................................................... 10-11
Tela tátil ......................................................................................................................................................... 10-9
Desvio .................................................................................................................................................................. 5-2
Desvio do Ciclo de Qualidade ........................................................................................................................... 9-22
Dispositivos de colheita – informação para pedidos.......................................................................................... 13-9
Dispositivos de colheita de sangue arterial ........................................................................................................ 11-8
Documentação ................................................................................................................................................... 13-8
E
Editar um registro de paciente ............................................................................................................................. 7-4
Ejetar o CD ........................................................................................................................................................ 8-14
Enviar um registro ............................................................................................................................................... 7-6
Enviar WDC ........................................................................................................................................................ 7-7
Especificações físicas e de funcionamento ........................................................................................................ 12-8
Estado do analisador ............................................................................................................................................ 3-5
Estado do sistema ...................................................................................................................................... 3-5; 9-43
F
FlexLink .................................................................................................................................................. 4-27; 9-39
Ativação ............................................................................................................................................... 4-27; 9-39
Logística ........................................................................................................................................................ 9-39
Pré-registro .................................................................................................................................................... 9-40
G
Gestão da bateria ............................................................................................................................................. 10-60
Gestão da bateria - indicadores ........................................................................................................................ 10-60
Gestão da Qualidade ............................................................................................................................................ 6-1
Gráfico do QC manual - descrição .................................................................................................................... 6-18
Gravar .................................................................................................................................................................. 7-9
Gravar ficheiros WDC ....................................................................................................................................... 7-12
H
HbF
Correção da hemoglobina .............................................................................................................................. 4-20
Omitir valores de hemoglobina...................................................................................................................... 4-20
Heparina equilibrada.......................................................................................................................................... 1-10
I
Ícones................................................................................................................................................................. 3-13
Impressos
Erro de CO-oximetria .................................................................................................................................. 10-27
Um erro de Calibração - ABL80 FLEX ....................................................................................................... 10-15
Um erro de QC - ABL80 FLEX .................................................................................................................. 10-16
Vários erros de Calibração - ABL80 FLEX ................................................................................................ 10-17
Vários erros de QC - ABL80 FLEX ............................................................................................................ 10-18
Indicações de utilização ....................................................................................................................................... 1-2
Informação da amostra ...................................................................................................................................... 4-15
Informação do Sistema ...................................................................................................................................... 7-15
Cartucho de Soluções ...................................................................................................................................... 3-6
Cassete de Eletrodos ........................................................................................................................................ 3-7
Comunicação de Dados ................................................................................................................................... 3-7
Geral ................................................................................................................................................................ 3-6

2
Manual do Operador do ABL80 FLEX Índice Alfabético

Programação do QC Manual ........................................................................................................................... 3-7


Informação sobre pedidos .................................................................................................................................. 13-1
Instalar consumíveis
Cartucho de soluções ....................................................................................................................................... 8-5
Cassete de Eletrodos – 80 FLEX ..................................................................................................................... 8-2
Cassete de Eletrodos – 80 FLEX CO-OX........................................................................................................ 8-3
Papel da impressora ....................................................................................................................................... 2-15
Intervalos de medição ........................................................................................................................................ 12-2
Intervalos de referência ....................................................................................................................................... 9-4
Intervalos de teste .............................................................................................................................................. 12-2
Intervalos dos pacientes ....................................................................................................................................... 9-2
Intervalo de relatório........................................................................................................................................ 9-5
Intervalos de referência.................................................................................................................................... 9-4
Limites críticos ................................................................................................................................................ 9-5
Tipos de pacientes ........................................................................................................................................... 9-3
Intervalos RiliBÄK ............................................................................................................................................ 6-23
Introdução dos limites.................................................................................................................................... 9-19
Introdução de uma amostra de sangue ................................................................................................................. 4-3
L
Lavagem - definição .......................................................................................................................................... 8-12
Lavagem - procedimento ................................................................................................................................... 8-12
Leitura do código de barras ............................................................................................................................... 4-17
Limitações de utilização .................................................................................................................................... 1-12
Limpeza
Ao instalar um cartucho de soluções ........................................................................................................... 10-10
Ao instalar uma cassete de eletrodos ........................................................................................................... 10-10
Exterior do analisador .................................................................................................................................... 10-9
Sonda de aspiração ........................................................................................................................................ 10-9
Tela tátil ......................................................................................................................................................... 10-9
Lista dos campos de introdução – Adicionais CO-OX ...................................................................................... 4-19
Lista dos campos de introdução - Gerais ........................................................................................................... 4-17
Locais de colheita – amostras capilares ............................................................................................................. 11-7
Locais de colheita - considerações..................................................................................................................... 11-5
M
Manutenção de dados ........................................................................................................................................ 7-13
Manutenção de dados - Programação ................................................................................................................ 7-14
Medição das amostras dos pacientes ................................................................................................................... 4-1
Medição de amostras em capilar - indicações.................................................................................................. 11-11
Medidas de segurança ........................................................................................................................................ 10-3
Mensagens de erro ........................................................................................................................................... 10-33
Mensagens do sistema ..................................................................................................................................... 10-30
Mensagens na barra de estado ............................................................................................................................. 3-6
Menu principal........................................................................................................................................... 3-3; 9-50
Simplificado .................................................................................................................................................. 9-50
Teclas Rápidas ............................................................................................................................................... 9-51
Modo Standby ..................................................................................................................................................... 5-9
N
Notas .................................................................................................................................................................. 1-11
P
Paciente
Campos de introdução de informação............................................................................................................ 4-16
Consulta da informação ................................................................................................................................. 4-15
Editar a informação ....................................................................................................................................... 4-21
Impressão dos resultados ............................................................................................................................... 4-20
Registro da Edição ......................................................................................................................................... 4-24
Relatório ........................................................................................................................................................ 4-20

3
Índice Alfabético Manual do Operador do ABL80 FLEX

Parâmetros
Barra dos parâmetros ....................................................................................................................................... 3-6
Marcas dos resultados .................................................................................................................................... 4-14
Painel dos parâmetros ...................................................................................................................................... 4-4
Teclas dos parâmetros...................................................................................................................................... 4-4
Parâmetros de introdução .................................................................................................................................. 12-7
Parâmetros derivados ................................................................................................................................... 1-4; 1-6
Parâmetros derivados – ABL80 FLEX .............................................................................................................. 12-4
Parâmetros derivados – ABL80 FLEX CO-OX ................................................................................................ 12-5
Parâmetros medidos ..................................................................................................................................... 1-2; 1-3
Patentes ............................................................................................................................................................ 12-15
Preparativos anteriores à colheita de amostras arteriais/venosas ....................................................................... 11-5
Preparativos anteriores à colheita de amostras capilares ................................................................................... 11-7
Preparativos antes da análise das amostras ...................................................................................................... 11-11
Procedimento de análise das amostras ................................................................................................................. 4-3
Procedimento de gravação de registros ............................................................................................................. 7-10
Programação
Ciclos de Qualidade ....................................................................................................................................... 9-21
QC manual ..................................................................................................................................................... 9-14
Programação de Standby ................................................................................................................................... 9-23
Q
QC automático ..................................................................................................................................................... 6-2
Critérios de aceitação....................................................................................................................................... 6-2
Estatísticas ....................................................................................................................................................... 6-5
Gráfico ............................................................................................................................................................. 6-3
Programação .................................................................................................................................................... 6-2
Registro dos resultados .................................................................................................................................... 6-3
QC manual ................................................................................................................................................... 6-8; 9-7
Falha na detecção do nível ............................................................................................................................. 6-13
Fator estatístico .............................................................................................................................................. 9-13
Função de bloqueio no ABL80 FLEX ........................................................................................................... 9-11
Função de bloqueio no ABL80 FLEX CO-OX ............................................................................................. 9-12
Gráfico ................................................................................................................................................. 6-15; 6-18
Intervalos ......................................................................................................................................................... 9-9
Preparação das soluções .................................................................................................................................. 6-9
Procedimento de resolução de ocorrências .................................................................................................... 6-17
Programação - definição ................................................................................................................................ 9-14
Programação - procedimento ......................................................................................................................... 9-14
Realizar uma medição.................................................................................................................................... 6-11
Reiniciar as estatísticas .................................................................................................................................. 6-20
Resultados...................................................................................................................................................... 6-15
Resultados fora do intervalo .......................................................................................................................... 6-16
Rever as estatísticas ....................................................................................................................................... 6-20
Rever resultados ............................................................................................................................................ 6-15
Temperatura - definição ................................................................................................................................. 9-17
Temperatura - procedimento.......................................................................................................................... 9-17
QC3 ...................................................................................................................................................................... 6-2
Cassetes de Eletrodos sem QC3 ...................................................................................................... 5-3; 7-3; 9-21
R
Realização de medições de QC manual ............................................................................................................. 6-10
Recomendações para o armazenamento das amostras ..................................................................................... 11-10
Referências ...................................................................................................................................................... 11-14
Registros de dados ............................................................................................................................................... 7-2
Acessar ............................................................................................................................................................ 7-4
Registro da Cal a 2 pts ..................................................................................................................................... 7-3
Registro da Cal tHb ......................................................................................................................................... 7-3
Registro da Segurança ..................................................................................................................................... 7-3
Registro da Verificação do Sistema ................................................................................................................. 7-3

4
Manual do Operador do ABL80 FLEX Índice Alfabético

Registro do QC Manual ................................................................................................................................... 7-2


Registro dos Eventos ....................................................................................................................................... 7-3
Registro dos Pacientes ..................................................................................................................................... 7-2
Registros dos Ciclos de Qualidade .................................................................................................................. 7-2
Relatório de Falhas ............................................................................................................................................ 3-10
Relatórios ........................................................................................................................................................... 9-53
Campos de introdução ................................................................................................................................... 9-54
Gravar o registro dos pacientes ...................................................................................................................... 9-71
Impressão ....................................................................................................................................................... 9-60
Opções ........................................................................................................................................................... 9-69
Pré-visualizar ................................................................................................................................................. 9-69
Resolução de ocorrências .................................................................................................................................. 10-3
CO-oxímetro ................................................................................................................................................ 10-26
Indicações ...................................................................................................................................................... 10-4
Ligação do cartucho de soluções ................................................................................................................. 10-24
Ligação do cassete de eletrodos ABL80 FLEX ........................................................................................... 10-23
Ligação do cassete de eletrodos ABL80 FLEX CO-OX ............................................................................. 10-24
Parâmetros fora do intervalo ........................................................................................................................ 10-13
Tubagens e válvulas ..................................................................................................................................... 10-25
Um parâmetro fora do intervalo................................................................................................................... 10-19
Vários parâmetros fora do intervalo ............................................................................................................ 10-21
Resultados do QC manual fora do intervalo .................................................................................................... 10-28
S
Sangue Animal .................................................................................................................................................... 1-2
Sangue Humano ................................................................................................................................................... 1-2
Segurança .......................................................................................................................................................... 9-78
Adicionar um utilizador ................................................................................................................................. 9-82
Datas de validade ........................................................................................................................................... 9-86
Eliminar um utilizador ................................................................................................................................... 9-83
Fim de sessão automático .............................................................................................................................. 9-78
Grupos ........................................................................................................................................................... 9-83
Início de sessão .............................................................................................................................................. 9-78
Utilizadores.................................................................................................................................................... 9-81
Seleção das unidades ......................................................................................................................................... 9-28
Seleção do anticoagulante.................................................................................................................................. 11-3
Símbolos .......................................................................................................................................................... 12-13
Sistema
Bloqueio do analisador .................................................................................................................................. 9-77
Detecção de ar ............................................................................................................................................... 9-75
Parâmetros ativos ........................................................................................................................................... 9-72
Sistema de fluidos .............................................................................................................................................. 10-5
Soluções de QC
Acondicionamento da ampola antes da análise ............................................................................................... 6-9
Estabilidade da ampola .................................................................................................................................... 6-9
Manuseio das ampolas ..................................................................................................................................... 6-9
Temperatura de conservação ........................................................................................................................... 6-9
Substâncias interferentes conhecidas ................................................................................................................. 1-10
Substituir
Cartucho de soluções ....................................................................................................................................... 8-5
Cassete de eletrodos – 80 FLEX ...................................................................................................................... 8-2
Cassete de eletrodos – 80 FLEX CO-OX ........................................................................................................ 8-3
Papel da impressora ....................................................................................................................................... 2-15
T
Teclas da tela principal
Fim de sessão ................................................................................................................................................... 3-4
Menu ................................................................................................................................................................ 3-4
Registos de dados ............................................................................................................................................ 3-4
Semáforo do Estado do Sistema ...................................................................................................................... 3-4

5
Índice Alfabético Manual do Operador do ABL80 FLEX

Teclas Rápidas ................................................................................................................................................. 3-3


Tutoriais ........................................................................................................................................................... 3-4
Tela tátil ............................................................................................................................................................... 3-2
Tipos de amostras - considerações..................................................................................................................... 11-5
Transferir definições do disco ............................................................................................................................. 8-9
Transferir definições para o disco ........................................................................................................................ 8-9
Tutoriais............................................................................................................................................................... 3-8
Ícones das teclas .............................................................................................................................................. 3-9
Tópicos ............................................................................................................................................................ 3-8
U
Unidades ............................................................................................................................................................ 9-27
Utilitários ............................................................................................................................................................. 8-1
V
Ver os registros gravados................................................................................................................................... 7-11
Verificação da análise .......................................................................................................................................... 6-7
Verificação do sistema......................................................................................................................................... 6-6
Ação corretiva.................................................................................................................................................. 6-6
Aviso.....................................................................................................................................