Você está na página 1de 7

CMEI DARCY RODRIGUES CARDOSO

ANEXO

PROPOSTAS DE INTERAÇÃO FAMÍLIA E ESCOLA


NO PERÍODO DE 19 A 23 DE ABRIL DE 2021, DE FORMA REMOTA.
TURNO MATUTINO

CONHECENDO
AS
VOGAIS
Caderno de Vivências - Vogais
Queridas Famílias,
Fomos todos pegos de surpresa pelo novo decreto do Governador, suspendendo as
aulas presenciais novamente. Nós, da Educação Infantil, estávamos com muito zelo
preparando a volta presencial das nossas crianças, respeitando todos os protocolos de
saúde. No entanto, em vista desse novo e repentino aumento de casos de Covid e suas
variantes, precisamos, novamente, pensar na segurança de todos, nos reinventar e
propormos atividades para as crianças, que ao mesmo tempo encantem e eduquem,
inclusive sanando as lacunas de aprendizagem que ficaram do ano passado.
Pensando nisso, sugerimos um pequeno roteiro para facilitar a vida dos
senhores, bem como melhorar o aprendizado das bases que a Educação Infantil oferece
ao processo de Alfabetização. Como já falei nos áudios anteriormente, precisamos
trabalhar diariamente com as crianças as seguintes atividades:
I. Alguma ATIVIDADE FÍSICA: Pode ser uma brincadeira tipo: Morto x Vivo, estátua,
etc... A Tia Darlene, professora de Educação Física dará mais dicas nesse sentido.
Uma outra boa fonte, é o canal do Prof. Robson Furlan:
https://www.youtube.com/user/furlanz1
II. LEITURA EM VOLTA ALTA
a. Com a prática da Leitura dialogada, conforme explicado no áudio anterior.
Consiste em uma conversa com a criança sobre cada parte da história lida. Esse
processo melhora várias habilidades que a criança precisa ter para
desempenhar bem em todo o seu processo escolar. Para maiores informações
sugiro verificar o site do MEC no endereço:
http://alfabetizacao.mec.gov.br/contapramim
III. MEMORIZAÇÃO: Para trabalharmos uma habilidade chamada: memória auditiva de
curto prazo, bem como o ritmo nas crianças (muito importante para a fluência na
leitura no futuro), trabalhamos a memorização de pequenas quadrinhas
IV. JOGOS DE CONSCIÊNCIA FONOLÓGICA: São brincadeiras simples que as
crianças farão ao longo do ano, instruídas pelas professoras.
a. Um exemplo que os senhores podem fazer em casa é a brincadeira cumulativa:
Por exemplo: Eu vou ao mercado: O adulto fala: “Eu vou ao mercado e compro
uma panela”, a criança: “eu vou ao mercado e compro uma panela e um lápis”,
o adulto: “eu vou ao mercado e compro, uma panela, um lápis e um caderno”, a
criança: “eu vou ao mercado e compro, uma panela, um lápis, um caderno e um
copo”... Assim por diante. Ganha quem falar a maior lista
V. BRINCANDO COM OS SONS DAS LETRAS: Nessa brincadeira, fazemos um
“teatro” dos sons das letras para enfatizar para as crianças que cada letra tem seu
“sonzinho” (fonema), e futuramente que cada “sonzinho” tem uma representação:
Letra (grafema). Eu mesma vou enviar um vídeo para os senhores saberem como
fazer com as crianças
a. Essa é uma atividade que pode ser feita em vários momentos durante o dia, em
meio aos cuidados com a criança. Por exemplo, durante o banho, a alimentação,
as brincadeiras, depois da contação de histórias, etc.
VI. BRINCADEIRA DE GRAFAR AS LETRAS: Por fim temos as atividades onde as
crianças vão aprendendo a escrever as letras. Essas atividades são importantes
para a criança ir ganhando o domínio da escrita e vão, desde de identificação visual
até a escrita da letra em um prato com areia, açúcar ou fubá.
OBS. As sugestões acima não precisam ser gravadas todos os dias, mas servem de guia para
uma rotina diária!
Semana de 19/04 a 23/04
Vogais I, O e U
Vivência 10: Letra I - leia o poema para a criança
A Iguana (Poema) FIALHO, Teresa.
“A iguana com certeza
é prima do dinossauro.

Se alimentando de insetos Sua cabeça é bem chata


Vive no meio do mato Tem bocão de jacaré
Tem uma língua comprida É verdinha como um sapo
Se parece com um lagarto. No galho ela fica em pé.”

Repita com a professora os sons (fonemas) da letra “I”.


Responsáveis: Mostre a criança figuras que tenham os sons da letra
“I” conforme os exemplos abaixo. Também mostre a forma da letra
“I” pronunciando seus sons com as crianças. Você pode utilizar:
lápis, gravetos, palitos.

✓ /I/: IGREJA, IGUANA, ILHA, IOIÔ


✓ /IN/: INDÍO, ÍMÃ
Use a criatividade e construa a oca do índio como quiser. Ouça a
música dos “Indiozinhos” disponível em
https://www.youtube.com/watch?v=tHMWHviO4Qw enquanto
constrói sua oca. Você pode utilizar gravetos e folhas, palitos,
copos, etc.

VALE REGISTRAR O MOMENTO


Vivência 11: Letra O
Repita com a professora os sons (fonemas) da letra “O”.
Responsáveis: Mostrem figuras que tenham os sons da letra “O”.
Sugestão:
✓ /Ô/: OVELHA, OLHO e OUVIDO
✓ /Ó/: ÓCULOS e OCA
✓ /ON/: ONÇA e ÔNIBUS
Agora brinque de advinha. Com a quadrinha:

“Está na onda,
no ônibus e olho
está nos óculos
no oceano e ovo”

✓ Responsáveis: Desenhe a letra “O” no formato abaixo e peça para a criança


preenchê-la com bolinhas de papel. Você pode utilizar encartes, revistas, jornais,
ou outro papel que tiver na sua casa.

VALE REGISTRAR O MOMENTO


Vivência 12: Letra U
Ouça a música “O Ursinho de Pelúcia” do Toquinho,
disponível no link: https://youtu.be/VmrEqMmpcZU

O Ursinho de Pelúcia – Toquinho De monociclo, sou acrobata.


Sou mais de frio do que de calor
E não preciso de cobertor. Sou urso amigo de coração.
Se entro de férias vou hibernar Amigo urso, não.
E quando sou branco, sou urso Não sou daninho,
polar.
Não tenho astúcia.
Danço no circo numa só pata,
Sou só um ursinho de pelúcia

Repita com a professora os sons (fonemas) da letra “U”.


Responsáveis: Mostre a criança figuras que tenham os sons da letra “U”
conforme os exemplos abaixo pronunciando seus sons com as crianças.

✓ /U/: URSO, URUBU, UVA


✓ /UN/: UM (1), UNHA, UNICÓRNIO

Agora faça a forma da letra “U” no chão para seu ursinho de pelúcia (ou outro
brinquedo) passar em cima. Você pode utilizar giz, corda, gravetos, folhas, etc.
para fazer o caminho.

VALE REGISTRAR O MOMENTO


Vivência 13: Arte
Dia 19 de abril é o dia do índio. Você sabia que existiam
índios pelo brasil que tinham alguns costumes bem
diferentes dos nossos costumes atuais? Os índios
tinham o costume de viver sem as roupas que usamos e
utilizavam outros meios para vestir seu corpo como as
tangas, que cobriam as partes íntimas e que eram feitas
com materiais da natureza. Ainda existe tribos indígenas
que continuam com suas tradições como as de pintar o
corpo com tintas extraídas das plantas e usar adornos
como pulseiras, colares, brincos, cocares feitos com dentes de animais. Feitos
de penas coloridas de aves, etc.
No município de Cariacica também teve tribo indígena. Veja o vídeo e aprenda
sobre a lenda do pássaro de fogo que conta sobre o monte Moxuara e Mestre
Álvaro. Link vídeo lenda: https://www.youtube.com/watch?v=c6qdFmii0eo&t=11s

Hoje iremos utilizar os padrões que você aprendeu na aula anterior para fazer
uma linda pintura corporal, tornando-se personagem desta lenda do nosso
município. Faça uma pintura bem bonita que você poderia utilizar para se enfeitar
para participar de uma festa indígena.
Você pode também fazer uma tinta caseira com colorau e açafrão, ou usar
beterraba e carvão para fazer essa pintura no corpo e utilizar um pedaço de
barbante para colar ou amarrar materiais da natureza (folhas, grãos, gravetos...).
Use sua criatividade!

VALE REGISTRAR O MOMENTO


Vivência 14: EDUCAÇÃO FÍSICA
Olá crianças e famílias!
Vocês sabiam que os povos indígenas
possuem práticas corporais (brincadeiras,
danças, esportes) que são característicos de
cada grupo indígena? Isso é tão importante
que os diferentes indígenas se reuniram e
criaram um evento chamado Jogos Mundiais
dos Povos Indígenas. O primeiro mundial foi
em 2015, mas antes, no Brasil, já
aconteciam jogos entre as etnias nacionais.
No evento existem 16 modalidades
esportivas (arremesso de lança, arco e flecha, natação, corrida, canoagem,
corrida com tora, etc). Hoje nós vamos vivenciar uma dessas práticas.
✓ CABO DE FORÇA:
Tradicional em várias etnias o objetivo é medir a
força, mas para nós o objetivo é conhecer e
brincar. Criança, chame um familiar para fazer
com você. Vamos precisar de uma corda ou
toalha ou lençol com uma marcação ou fita
amarrada no meio. No chão faça uma marcação
para dividir o lado de cada um dos dois
participantes. Um em cada extremidade, ao
sinal, deve puxar e tentar fazer com que a fita
não passe para o outro lado da linha.

Assista o vídeo do nosso amigo Kali para conhecer melhor esse esporte. Cabo
de Força: https://www.youtube.com/watch?v=vc0inLdjo9g

VALE REGISTRAR O MOMENTO

Você também pode gostar