Você está na página 1de 9

PADRONIZAÇÃO PAD-11.

100

Simbologia

Macroprocesso: Expansão
Versão: 00
Vigência: 30-01-2019

SUMÁRIO

1 OBJETIVO..................................................................................................................... 1
2 APLICAÇÃO .................................................................................................................. 1
3 REFERÊNCIAS ............................................................................................................. 1
4 DEFINIÇÕES ................................................................................................................ 1
5 CONDIÇÕES GERAIS .................................................................................................. 2
6 CONDIÇÕES ESPECÍFICAS ........................................................................................ 2
7 VIGÊNCIA ..................................................................................................................... 8

1 OBJETIVO

Esta Padronização define a Simbologia empregada em Linha e Redes Aéreas de


Distribuição até 25kV na área de concessão da Companhia Estadual de Distribuição de
Energia Elétrica - CEEE-D.

2 APLICAÇÃO

Deve ser observada pelos usuários envolvidos nos procedimentos de projetos, obras,
manutenção e instalação da Divisão de Engenharia de Distribuição, Divisão de Suprimentos,
Gerências Regionais, fornecedores, empresas contratadas pela CEEE-D e empresas
contratadas por empreendedores.

3 REFERÊNCIAS

Constituem complemento desta Padronização os seguintes documentos:

a) NBR 12524/1991 Símbolos gráficos de usinas geradoras, subestações e linhas para


sistemas energéticos e para sistemas de telecomunicações - Simbologia;
b) NBR 5261/1981 Símbolos gráficos de eletricidade - Princípios gerais para desenhos de
símbolos gráficos - Simbologia.

4 DEFINIÇÕES

Para efeitos desta Padronização são adotados os documentos citados no item 3.

VÁLIDO SOMENTE PARA VISUALIZAÇÃO EM TELA


PAD-11.100 - Versão 00 Página 2/9

5 CONDIÇÕES GERAIS

Não se aplica

6 CONDIÇÕES ESPECÍFICAS

6.1 MAPEAMENTO

DESCRIÇÃO ESCALA 1:1000 ESCALA 1:5000


Rua existente

Rua projetada

Ponte

Túnel

Viaduto
Rodovia Estaduais - RS
Federais - BR RS ou BR

Estradas municipais secundárias

Via férrea
Cerca de arame
Muro
Linha telefônica

Rio, Arroio (sentido da corrente)

Lago

Açude

Canal

Terreno alagadiço

Praia

Mato

Morro

Valeta

VÁLIDO SOMENTE PARA VISUALIZAÇÃO EM TELA


PAD-11.100 - Versão 00 Página 3/9

Erosão

Parreiral

Barranco, Corte, Aterro

Testada de prédio

Praça

Igreja

Cemitério

Escola

6.2 PROJETO E CADASTRAMENTO

6.2.1 Postes

DESCRIÇÃO PROJETO CADASTRO


Poste ou contraposte de madeira,
circular

Poste de concreto circular

Poste de concreto ornamental

Poste de concreto duplo T

Poste de fibra

Poste de aço

Poste de aço ornamental

6.2.2 Condutores

DESCRIÇÃO PROJETO CADASTRO


Condutor primário
Condutor secundário

Cruzamento com ligação

Cruzamento sem ligação

VÁLIDO SOMENTE PARA VISUALIZAÇÃO EM TELA


PAD-11.100 - Versão 00 Página 4/9

Encabeçamento ou mudança de
bitola do condutor primário
Encabeçamento ou mudança de
bitola do condutor secundário
Encabeçamento de BT em
tangente
Seccionamento primário

Seccionamento secundário

Aterramento

Aterramento - Malha

6.2.3 Estaiamento

DESCRIÇÃO PROJETO CADASTRO


Estai de âncora normal – ea
Estai de âncora vertical – ev
Estai de poste a poste – epp
Estai de contra-poste – ecp
Estai de cruzeta – ec

Escora – e

Escora de subsolo simples ess


Escora de subsolo dupla esd
Sapata de pântano sp

6.2.4 Equipamento

DESCRIÇÃO PROJETO CADASTRO

Transformador CEEE-D

Transformador particular

Transformador CEEE-D em cabine

Transformador particular em cabine

Transformador CEEE-D em cabine


– Ramal subterrâneo

Transformador particular em cabine


– Ramal subterrâneo

VÁLIDO SOMENTE PARA VISUALIZAÇÃO EM TELA


PAD-11.100 - Versão 00 Página 5/9

Transformador CEEE-D em
plataforma

Transformador particular em
plataforma

Transformador particular em cabine


compartilhado

Transformador particular em cabine


compartilhado - Ramal subterrâneo

Transformador elevador/abaixador

Religador monofásico

Religador trifásico

Religador trifásico operação remota

Seccionalizador monofásico

Seccionalizador trifásico

Capacitor fixo

Capacitor automático

Regulador de tensão

Chave fusível repetidora

Chave fusível sem abertura em


carga
Chave fusível com abertura em
carga com ferramenta “LOAD
BUSTER”
Chave faca sem abertura em carga
Chave faca com abertura em carga
com ferramenta “LOAD BUSTER”
Chave faca tripolar sem abertura em
carga
Chave faca tripolar com abertura em
carga

Chave “ONMI-RUPTER”

VÁLIDO SOMENTE PARA VISUALIZAÇÃO EM TELA


PAD-11.100 - Versão 00 Página 6/9

Chave a gás

Chave a gás operação remota

Chave a óleo

Chave a vácuo

Chave a vácuo - operação remota

Chave tripolar de abertura em carga


com câmera de extinção a gás SF6

Para-raios de MT

Para-raios de BT

Descarregador de chifres

Corta-circuito de BT

6.2.5 Acessórios

DESCRIÇÃO PROJETO CADASTRO


Iluminação pública
Relé fotoelétrico
Relé fotoelétrico de comando em
grupo
Árvore

6.2.6 Ramais de Ligação

DESCRIÇÃO PROJETO CADASTRO


Ramal de ligação primário aéreo
Ramal de ligação primário
subterrâneo
Ramal de ligação secundário aéreo
Ramal de ligação secundário
subterrâneo
Mufla primária
Mufla secundária

VÁLIDO SOMENTE PARA VISUALIZAÇÃO EM TELA


PAD-11.100 - Versão 00 Página 7/9

6.2.7 Estruturas de Transmissão

DESCRIÇÃO PROJETO CADASTRO


Metálica
Circuito duplo
Ancoragem duplo
Metálica
Circuito duplo
Suspensão duplo
Metálica
Circuito simples
Ancoragem simples
Metálica
Circuito simples
Suspensão simples
Metálica
Outros
Ancoragem simples rotação
Metálica
Outros
Pórtico metálico fictício
Concreto
Circuito duplo
Ancoragem duplo
Concreto
Circuito duplo
Suspensão duplo
Concreto
Circuito simples
Ancoragem simples
Concreto
Circuito simples
Suspensão simples
Concreto
Outros
Ancoragem simples
rotação
Concreto
Outros
Pórtico concreto fictício
Concreto
Circuito Duplo
Duplo T Ancoragem Duplo
Concreto
Circuito Duplo
Duplo T Suspensão Duplo
Concreto
Circuito simples
Duplo T Ancoragem Simples
Concreto
Circuito simples
Duplo T Suspensão Simples

VÁLIDO SOMENTE PARA VISUALIZAÇÃO EM TELA


PAD-11.100 - Versão 00 Página 8/9

Madeira
Circuito duplo
Ancoragem duplo
Madeira
Circuito duplo
Suspensão duplo
Madeira
Circuito simples
Ancoragem Simples
Madeira
Circuito simples
Suspensão simples
Madeira
Outros
Ancoragem simples de rotação
Madeira
Outros
Pórtico madeira fictício
Fibra
Circuito duplo
Ancoragem duplo
Fibra
Circuito duplo
Suspensão duplo
Fibra
Circuito simples
Ancoragem Simples
Fibra
Circuito simples
Suspensão simples

7 VIGÊNCIA
7
7.1 Esta Padronização passa a vigorar a partir de 30-01-2019.

7.2 A partir da sua vigência, esta Padronização revoga o STD-00.001 de 07-12-1982.


.
7.3 Responsáveis pela elaboração da Padronização:

Nome Órgão
Gilberto Davi Nunes Filho DED/DPCD
Rosane Sarkis Amarante Vasconcellos DED/DPCD

7.4 Esta Padronização é aprovada por:

Sergio Fabbrin Appel


Chefe da Divisão de Engenharia de Distribuição

Em: 30-01-2019
VÁLIDO SOMENTE PARA VISUALIZAÇÃO EM TELA
PAD-11.100 - Versão 00 Página 9/9

Documento original junto ao Órgão de origem.


Arquivo eletrônico contido na Nota EI n.º 100001041366.

Controle de Revisões
Versão Revisão Vigência Código Alterações
0.0 - 07-12-1982 STD-00.001 Versão inicial
00 0 30-01-2019 PAD-11.002 Versão inicial

VÁLIDO SOMENTE PARA VISUALIZAÇÃO EM TELA