Você está na página 1de 13

INOSAhow ID do documento: 1152 - Vers ão: 7 Impresso: 2017-12-20 por Gjest Paragominas

Status do documento: Aprovado por Cicero Viana (06/12/2017)


INS 18.002 - Regulamento de Trânsito
Autor: João Quadros
Data de aprovação: 06/12/2017 16:29
Aprovado por: Cicero Viana

1. OBJETIVO

Normatizar as diretrizes relacionadas às regras de trânsito a serem seguidas na HYDRO PARAGOMINAS.

02. APLICAÇÃO

Todos os empregados, próprios e contratados, que trafeguem nas áreas de acesso e internas da HYDRO PARAGOMINAS.

03. REFERÊNCIAS

CTB Código de Trânsito Brasileiro.


NHC-GP03-03-4 Gerenciamento de Tráfego
Código de Conduta Hydro

04. CONCEITOS E DEFINIÇÕES

Batedor: Veículo destinado ao acompanhamento e sinalização da movimentação de equipamentos móveis, semimóveis e veículos leves durante
a locomoção em condições especiais.

• CNH: Carteira Nacional de Habilitação.

• Condutor: Pessoa que conduz veículo leve.

• Cones: Dispositivos cônicos destinados à sinalização.

• Contratadas: Empresas prestadoras de serviços nas áreas da .

• Credencial: Autorização para conduzir veículos leves na mina e/ou operar equipamentos móveis e semimóveis.

• EPI: Equipamento de Proteção Individual.

• Operador: Pessoa que opera equipamentos móveis e semimóveis.

• Ponto cego: Pontos não visíveis pelo operador em relação à área externa do operador na manobra de equipamentos móveis e semimóveis.

• Sinaleiro/Auxiliar de mina: Pessoa ou dispositivo destinado a orientar/ sinalizar o equipamento.

• HSE: Saúde, Segurança e Meio Ambiente.

• Treinamento Teórico: Instruções didáticas do Manual de trafego nas minas a céu aberto.

• Veículos leves: São considerados veículos leves, em relação aos equipamentos fora-de-estrada, os veículos de apoio à operação,
manutenção, transporte de pessoal e materiais, tais como: gol, pick-up.

• Veículos próprios: Veículos da Hydro Paragominas.

• Veículos de terceiros: Veículos locados, de empresas contratadas, de empresas coligadas/controladas, de fornecedores, de visitantes e de
taxistas.

• Vias de acesso: Vias destinadas ao fluxo contínuo de veículos e equipamentos.

• Advertência: Comunicação de infração, através de sua chefia imediata;

• CRLV: Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo;

• CTB: Código de Trânsito Brasileiro;

• Manual do Motorista: Documento de orientação destinado a todos os condutores de veículos, máquinas e equipamentos automotores,
próprios ou de terceiros, na área da Hydro Paragominas, elaborado de acordo com o presente procedimento e com base no CTB;

• Infração de Trânsito: Inobservância de qualquer preceito estabelecido neste regulamento e no caso de acidente de trânsito, o da legislação
de trânsito aplicável.

• Infração Média: É a infração que oferece risco a pessoas e/ ou ao patrimônio;

• Infração Grave: É a infração praticada por imperícia, imprudência ou negligência, que pode provocar ou provoca lesão com pessoas e/ ou
prejuízos ao patrimônio e ao meio ambiente;

Página 1 de 13
INOSAhow ID do documento: 1152 - Vers ão: 7 Impresso: 2017-12-20 por Gjest Paragominas

Status do documento: Aprovado por Cicero Viana (06/12/2017)


INS 18.002 - Regulamento de Trânsito
Autor: João Quadros
Data de aprovação: 06/12/2017 16:29
Aprovado por: Cicero Viana

• Infração Gravíssima: É a infração praticada, por imperícia, imprudência ou negligência, que pode provocar ou provoca, acidentes mais
grave, com pessoas e/ ou prejuízos, de grande porte, ao patrimônio das pessoas, das empresas e/ ou ao meio ambiente;

05. DIRETRIZES

5.1 Os motoristas em trânsito, na área interna da Hydro Paragominas, na condução de veículos de qualquer natureza, obedecerão, além das
disposições contidas no CTB Código de Trânsito Brasileiro, àquelas estipuladas neste Regulamento.

5.2 A fiscalização do trânsito interna é de competência da Supervisão de Segurança Empresarial e da Gerência de Saúde e Segurança
Ocupacional Hydro Paragominas, ressalvada a competência das autoridades de trânsito e policiais nos casos de acidentes.

5.3 Este Regulamento de Trânsito Interno se aplica indistintamente a todos os condutores de veículos, máquinas e equipamentos, empregados
próprios e contratados / subcontratados da HYDRO PARAGOMINAS, além de parceiros comerciais.

5.4 Não será permitido o trânsito de bicicletas, motocicletas e semelhantes na HYDRO PARAGOMINAS.

5.5 Não será permitido o trânsito de veículos na Hydro Paragominas:

Com pneus lisos e sem condições de uso;


Com faróis queimados e iluminação interna ou externa deficiente;
Sem equipamentos de segurança ou inoperante;
Sem pára-choques e pára-lamas;
Sem os espelhos retrovisores interno (quando aplicável) e externo;
Com uso de pneus direcionais recapados;

5.6 Não é permitido o uso de Carteira de habilitação provisoria e tambem que esteja fora do prazo de validade, a mesma deve ser expedida por
órgão competente.

5.7 Não é permitido o trânsito interno de motoristas não habilitados, com Carteira Nacional de Habilitação vencida ou com habilitação diferente
para o tipo de veículo ou equipamento que estiver dirigindo / operando.

5.8 É obrigatório transitar com os faróis acessos dentro da área da HYDRO PARAGOMINAS.

5.9 Todos os condutores, passageiros/usuários têm direito de recusa de tarefa se tiverem em situação de risco grave eminente na condução,
utilização de veículos ou em viagens pela Hydro Paragominas;

5.10 Cabe a área responsável pelo setor de transporte da unidade definir um plano de redução de frequência de viagens e translados com o
objetivo de minimizar a exposição ao risco.

5.11 É proibído manter os veículos ligados enquanto estacionados, sem a presença do condutor.

5.12 É obrigatório trafegar com veículo tracionado (4x4) em estradas não pavimentadas, com excessão ao acesso da área de expansão (CMD,
alojamentos, captação de água, ARAS).

5.13 Todos os incidentes envolvendo colisão entre veículos deverão ser reportados de imediato ao CCO e avaliados pela GEHSE e GAINF.

5.14 O uso de película deve estar em conformidade com a Resolução 254/2007 do CONTRAN;

• Transmitância luminosa para vidros traseiros, mínimo de 28%;


• Transmitância luminosa para parabrisa dianteiro e vidros laterais, mínimo de 70% e limite de 75%;

ATENÇÃO:

Os condutores devem manter a velocidade controlada, devendo adequar-se as condições adversas da estrada e devido ao grande fluxo de
circulação de veículos, pontos-cegos, animais e falhas na pista de circulação.

6. EQUIPAMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA VEÍCULOS

Aplica-se a todos os veículos com capacidade de até 5 passageiros, veículos de carga, minivans, vans, micro-ônibus, ônibus e automóveis com
capacidade de até 12 passageiros para as áreas de prospecção mineral, sejam eles próprios, arrendados (leasing) ou alugados pela Hydro
Paragominas, bem como aos veículos de prestadores de serviço habituais e permanentes e aos veículos das cooperativas de táxis contratadas
a serviço da Hydro Paragominas.

Página 2 de 13
INOSAhow ID do documento: 1152 - Vers ão: 7 Impresso: 2017-12-20 por Gjest Paragominas

Status do documento: Aprovado por Cicero Viana (06/12/2017)


INS 18.002 - Regulamento de Trânsito
Autor: João Quadros
Data de aprovação: 06/12/2017 16:29
Aprovado por: Cicero Viana

Nota: Não se aplica a veículos particulares de empregados Hydro Paragominas ou empregados de prestadores de serviço.

6.1. Automóveis com Capacidade até 5 Passageiros e Minivans

Os automóveis com capacidade até 5 passageiros e minivans devem atender aos seguintes requisitos:

• Cinto de segurança para todos os ocupantes do veículo nos bancos dianteiros e traseiros (não é permitida a utilização de presilhas);
• Encosto de cabeça para todos os ocupantes do veículo nos bancos dianteiros e traseiros;
• Airbag para ocupantes dos bancos dianteiros;
• Possuir sistema de freios com dispositivo antibloqueio (Anti-lock Breaking System ABS) nas quatro rodas; extintor de incêndio PQS ou
ABC.
• Luz suplementar de freio (brake-light) montada em posição elevada na traseira do veículo;
• Vidro dianteiro laminado.
• Podendo ser de qualquer cor, exceto vermelho.

6.2. Vans, Veículos de Carga, Microônibus e Ônibus

As vans, veículos de carga, microônibus e ônibus devem atender aos seguintes requisitos:

• Cinto de segurança obrigatório para todos os ocupantes de veículos de carga, ônibus, microônibus e vans. (não é permitida a utilização de
presilhas)
• Encosto de cabeça para os todos ocupantes do veículo;
• Sistema de freios com dispositivo antibloqueio (ABS) em todas as rodas, exceto para ônibus e microônibus;
• Extintor de incêndio tipo ABC;
• Luz suplementar de freio (brake-light) montada em posição elevada na traseira do veículo;
• Vidro dianteiro laminado;
• Alerta sonoro de ré acoplado ao sistema de acionamento de marcha à ré;
• Veiculo de carga : deve possuir Airbag para todos os ocupantes dos bancos dianteiros ;
• Grade de proteção do vidro traseiro/isolamento de carga (para os veículos de carga do tipo caminhonetes);
• Vans e Veículos de Carga podendo ser de qualquer cor, exceto vermelho

6.3. Requisitos para demais veículos que acessam as areas de mineração

Os veículos que acessam áreas de mineração devem atender também aos seguintes requisitos:

• Rádio de comunicação bidirecional, que possa ser sintonizado na faixa de comunicação com outros veículos automotores e equipamentos
móveis;
• Luz giroscópica no teto do veículo,
• Altura mínima das bandeirolas deverá ser de 2,0 m acima do teto do veículo;
• Adesivos refletivos (2 cores) de sinalização em todos os lados do veículo;
• Duas portas para cada linha de bancos;
• Alerta sonoro de ré acoplado ao sistema de acionamento de marcha à ré.
• Veículos com tração 4x4, podendo ser de qualquer cor nas áreas da mina e barragem, exceto vermelho.
• Extintor de incêndio tipo ABC;

6.4. Requistos de segurança para condições Off Road

• Ter pleno conhecimento do veículo (tração, itens de segurança, painel);


• Ter treinamento e experiência em condições Off Road;
• Saber avaliar as condições adversas (piso, vias, areia, cascalho, pedras, erosão, áreas alagadas, lama, chuva e etc.);
• Dirigir defensivamente;
• Evitar usar o freio de serviço;
• Use mais a redução de marchas (freio de caixa /freio motor);
• Mantenha seu foco na via;
• Não faça manobras ou freadas bruscas;
• Manter os pneus calibrados (26 libras máxima);
• Pneus 100% off road (MT - mud terrain);
• Reduzir a velocidade em condições adversas, 10 km/h para cada condição;
• Em descidas e subidas íngremes, use 1ª ou 2ª marcha reduzida;
• Inclinações máximas do veículo de 30°;
• Veículo sempre traçado em 4x4 em estradas de chão;
• Participar do teste prático em condições operacionais da Hydro Paragominas;

6.5 Requisitos para veículos que acessam a faixa do mineroduto e linha de transmissão

Página 3 de 13
INOSAhow ID do documento: 1152 - Vers ão: 7 Impresso: 2017-12-20 por Gjest Paragominas

Status do documento: Aprovado por Cicero Viana (06/12/2017)


INS 18.002 - Regulamento de Trânsito
Autor: João Quadros
Data de aprovação: 06/12/2017 16:29
Aprovado por: Cicero Viana

As caminhonetes que acessam a faixa do mineroduto e da linha de transmissão devem atender também aos seguintes requisitos:

• Rádio de comunicação bidirecional em pleno funcionamento, que possa ser sintonizado na faixa de comunicação com Hydro Paragominas;
• Veículos com tração 4x4, podendo ser de qualquer cor, exceto vermelho;
• Duas portas para cada linha de bancos;
• Encosto de cabeça para todos os ocupantes do veículo nos bancos dianteiros e traseiros;
• Barras de proteção laterais dimensionadas para sofrer deformação e assimilar o choque;
• Air-bag para ocupantes dos bancos dianteiros e sinalização indicadora que monitore a condição de funcionamento;
• Freios: os automóveis, minivans e caminhonetas devem possuir sistema de freio com dispositivo antibloqueio (Anti-lock Breaking System
ABS) nas quatro rodas;
• Extintor de incêndio tipo ABC;
• Brake-light (luz suplementar de freio) montada em posição elevada na traseira do veículo;
• Trafegar sempre com faróis acesos;
• Vidro dianteiro laminado;
• Proteção contra capotamento: os veículos do tipo caminhoneta (pick-up) devem possuir proteção contra capotamento (ROPS Roll Over
Protection System) interno e externo;
• Grade de proteção do vidro traseiro/isolamento de carga;
• Veículos com caçamba devem possuir grade de proteção do vidro traseiro.

7. REQUISITOS DE SEGURANÇA PARA CONDUTORES

Nota: Só poderão participar do treinamento para condução de veículos nas áreas da HYDRO PARAGOMINAS os condutores que estiverem com
sua habilitação definitiva, não sendo aceita a CNH provisória.

7.1 Todos os condutores para conduzir veículos leves devem ter uma liberação formal (FOR 18.025) do HSE/HYDRO PARAGOMINAS.

7.2 Os condutores que dirigem pick-up na faixa do mineroduto, linha de transmissão, barragens e operação de mina devem possuir certificado
de treinamento em off-road, com reciclagem a cada 05 (cinco) anos ou em freqüência inferior em casos excepcionais ou por determinação do
comitê de segurança HYDRO PARAGOMINAS.
OBS: O curso off-road não é obrigatório para condutores que trafeguem na área industrial ou que necessitem acessar área da
expansão (refeitório, ARAS, litoteca);

7.3 Independentes do treinamento e das autorizações referidas acima, a condução de qualquer veículo nas áreas de influência da Hydro
Paragominas, somente poderá ser feito por pessoas portadoras da CARTEIRA DE LIBERAÇÃO DE ATIVIDADES . A seleção deverá ser feita
buscando a maior restrição possível de pessoas, para que se tenha a redução da exposição ao risco;

7.4 O preposto das contratadas e/ou os Gerentes de área deverão selecionar os condutores de veículos dentro da área do empreendimento
seguindo as premissas pré-estabelecidas neste procedimento;

7.5 Deverá ser realizada uma avaliação formal teórica e prática, no qual os resultados deverão ser registrados;
Nota: A pontuação mínima para aprovação deverá ser nota 7,0.

7.6 A avaliação deverá ter como conteúdo mínimo: os riscos de tráfego (pontos críticos, meios de comunicação, áreas proibidas de acesso) na
área específica da operação da Hydro Paragominas; a sinalização; e as regras de segurança de tráfego;

7.7 A validade da Carteira de Liberação de Atividades deverá ser de 05 (cinco) anos de acordo com a validade da CNH

7.8 Caso o fucionário seja reprovado no teste prático de direção, o memso só poderá refazer o teste mediante autorização formal do Gerente
Geral responsável pelo mesmo.

7.9 O HSE/Hydro Paragominas emitirá o crachá ou carteira de autorização para tráfego ou condução de veículos contendo as seguintes
informações (anexo I):
• Fotografia 3x4;
• Nome;
• Matrícula;
• Gerência;
• Empresa e área;
• Tipo de veículo / equipamento autorizado;
• Assinaturas do HSE/Hydro Paragominas;
• Data de emissão e validade

Página 4 de 13
INOSAhow ID do documento: 1152 - Vers ão: 7 Impresso: 2017-12-20 por Gjest Paragominas

Status do documento: Aprovado por Cicero Viana (06/12/2017)


INS 18.002 - Regulamento de Trânsito
Autor: João Quadros
Data de aprovação: 06/12/2017 16:29
Aprovado por: Cicero Viana

7.10 Todos os condutores com carteira de liberação devem se submeter a exames médicos periódico para avaliação das condições necessárias
para condução de veículos ou equipamentos conforme definido pela avaliação médica contida no PCMSO da empresa.

7.11 Para condução de veículos ou operação de equipamentos móveis e semimóveis, o condutor não deve estar sob a influência de drogas
(incluindo álcool) ou medicação que possa prejudicar a habilidade para dirigir seguramente ou causar violação de limites legais ou exigências
aplicáveis;

7.12 É obrigatório que os condutores que estiverem sob efeito de medicação prescrita, devem buscar conselho de seu próprio médico ou do
médico de sua organização com respeito ao potencial de efeito adverso à sua habilidade de dirigir com segurança;

7.13 É recomendável que os condutores em viagens de longas distâncias devem observar pausas de pelo menos 15 minutos a cada 200 km
percorridos e/ou a cada 2 horas dirigindo;

7.14 Aos condutores, que de forma regular dirigem veículos a serviço da empresa, é recomendável cumprir com um mínimo de oito horas de
sono entre jornadas de trabalho;

7.15 A utilização de veículos, deve ser precedida de uma rotina de verificação diária com auxílio de um check-list para avaliação das condições
dos veículos (FOR 18.026);

7.16 Durante a condução de veículos é proibido à utilização de aparelho de telefonia celular , aparelhos de imagem (DVD e TV) e som com fone
de ouvido. A utilização destes é permitida com o veículo parado em locais seguros;

7.17 Todos os condutores devem respeitar os limites de velocidade definido nas áreas de influência da HYDRO PARAGOMINAS e de acordo com
a sinalização local existente;

7.18 Todos os condutores, passageiros/usuários, funcionários ou terceirizados devem ter conhecimento dos telefones úteis de emergência
(CCO) e das pessoas de contato para comunicação no caso de acidentes e incidentes;

7.19 Todos os acidentes e incidentes devem ser reportados. Os acidentes com lesões, sem lesões, impessoais, quase-acidentes envolvendo
funcionários, contratados e/ou público externo e/ou acidentes com multas de trânsito devem ser comunicados para o SESMT/Hydro;

Página 5 de 13
INOSAhow ID do documento: 1152 - Vers ão: 7 Impresso: 2017-12-20 por Gjest Paragominas

Status do documento: Aprovado por Cicero Viana (06/12/2017)


INS 18.002 - Regulamento de Trânsito
Autor: João Quadros
Data de aprovação: 06/12/2017 16:29
Aprovado por: Cicero Viana

7.20 Todos os condutores e passageiros, próprios e/ou terceirizados, devem fazer uso do cinto de segurança enquanto na condução e
deslocamentos a serviço dos empreendimentos qualquer que seja o veículo;

7.21 Todos os condutores são responsáveis para que os passageiros façam uso dos cintos de segurança;

7.22 Na recusa do passageiro em fazer o uso do cinto, o motorista deverá aplicar um cartao PARE para este passageiro e só iniciar a
movinetação do veículo após o uso correto do cinto de segurança;

7.23 É recomendável para grupos (mais de 2 pessoas), funcionários ou terceiros, quando em viagens em atividades ou eventos oficiais
patrocinados ou a serviços pela Hydro deve ser delegado um responsável para garantir o cumprimento dos padrões de segurança durante os
percursos;

7.24 É recomendável que viagens e/ou traslados com a utilização de veículos não sejam realizadas em condições adversas de intempéries;

7.25 É proibido o transporte de pessoas junto com ferramentas e materiais no mesmo compartimento sem uma separação física;

7.26 Todos os veículos devem obrigatoriamente ter um programa de manutenção preventiva e um processo formal de inspeção de manutenção.
Seguindo os procedimentos da gerência de Infraestutura Hydro;

7.27 Atender a Instrução Normativa de Segurança INS 18 - 002 para utilização de veículos leves do Setor de Transporte da Hydro.

7.28 É recomendável que os veículos leves tenham um sistema de comunicação eficiente para traslados na área de influência do
empreendimento;

7.29 O transporte de produtos e/ou cargas perigosas deverá atender às disposições do Código de Trânsito Brasileiro (Decreto 4.097 de
23/01/2002 Regulamentos para os transportes Rodoviários e Ferroviário de Produtos Perigosos).

7.30 É recomendável que todos os veículos que se deslocam sentido Hydro- Paragominas ou sentido Paragominas - Belém possuam rotograma
para orientação dos condutores. Os rotogramas serão revisados no mínimo anualmente ou sempre que houver uma modificação nas condições
consideradas.

8. DO PEDESTRE

O pedestre deve obedecer às leis e códigos, observando sempre as seguintes situações nas vias:

• Atravessar somente na faixa de pedestres nas vias de circulação;


• Olhar para os dois lados antes de atravessar uma via;
• Aguardar a passagem do veículo ou que ele pare;
• Olhar atentamente para os lados ao descer de um carro ou ônibus e esperar sempre que o veículo saia para então atravessar a via na faixa
de pedestre.

9. PLANO DE GERENCIAMENTO DE VIAGENS

9.1 Cabe ao setor de Transporte definir a utilização de motorista profissional para deslocamentos fora da Unidade de Trabalho levando em
consideração os aspectos como a distância dos trajetos, as condições de circulação no perímetro da HYDRO PARAGOMINAS, as condições
das estradas de acesso, a qualificação dos motoristas profissionais e as normas corporativas da Hydro.

9.2 O setor de transporte devera realizar estudos com identificação e monitoramento dos riscos associados ao número de viagens, rotas,
cruzamentos de sua gerencia, para garantir que a exposição geral seja reduzida e elaboração de um programa para redução da freqüência das
viagens de sua equipe.

9.3 É proibida a movimentação a trabalho em veículos nos horários das 20:00 às 5:00 h da manhã para viagens intermunicipais. Em caso de
extrema necessidade o Gerente Geral responsável pela viagem deverá justificar para a sua diretoria.

10. PREFERÊNCIA DE TRÁFEGO

10.1 Têm prioridade e preferência de tráfego na área interna da Hydro, em situação de urgência e ou emergência, os seguintes veículos pela
ordem:

a)Veículos do corpo de bombeiros e ambulâncias;

b)Veículos da Segurança Empresarial;

c)Veículos da Segurança do Trabalho;

d) Veículos e equipamentos pesados (guindastes, tratores, pás-carregadeira e similares), caso sejam necessários para o apoio da prestação de

Página 6 de 13
INOSAhow ID do documento: 1152 - Vers ão: 7 Impresso: 2017-12-20 por Gjest Paragominas

Status do documento: Aprovado por Cicero Viana (06/12/2017)


INS 18.002 - Regulamento de Trânsito
Autor: João Quadros
Data de aprovação: 06/12/2017 16:29
Aprovado por: Cicero Viana

socorro;

e) Outros veículos necessários à prestação do socorro.

10.2 Têm prioridade e preferência de tráfego na área interna da Hydro Paragominas, em situação de normalidade, os seguintes veículos pela
ordem:

a) Veículos e equipamentos pesados (guindastes, tratores, pás-carregadeiras e similares);

b) Veículos da Segurança do Trabalho;

c) Veículos do corpo de bombeiros e ambulâncias;

d) Veículos da Segurança Empresarial;

e) Veículos de órgãos oficiais, quando em serviço;

f) Veículos de transporte coletivo de passageiros;

g) Outros veículos próprios da Hydro Paragominas;

h) Demais veículos.

10.3 Os veículos citados no item 10.01 quando em serviços de urgência e emergência, além da prioridade de trânsito, gozam de livre
estacionamento.

11. VELOCIDADES PERMITIDAS

A seguir, listam-se as velocidades máximas permitidas para cada local.

OBS: Estas velocidades deverão ser menores se as pistas apresentarem condições adversas, tais como: lama, poeira, buracos, trechos
escorregadios, etc.

- Estrada não pavimentadas (ex: acesso linha de transmissão, mineroduto, barragens, lavra e etc):

Para todos os veículos (Caminhão, Ônibus e Veículos leves) a velocidade de 60 Km/h.

- Na Estrada asfaltada de acesso a área da Mina:

• Caminhão com Carga: 70 Km/ h;


• Ônibus e Caminhão sem Carga: 80 Km/ h;
• Veiculo Leve: 90 Km/ h.

- Área Industrial:

Obedecer à sinalização existente no local ou quando não sinalizado deverá ser observado o máximo de 40 km/h, e ou conforme a
sinalização.

Dentro da área da Mina a velocidade máxima permita será de 50 km/h para veículos leves e equipamentos móveis 40 km/h .

12. INFRAÇÕES

12.1 Considera-se "Infração de Trânsito" na área interna da Hydro Paragominas a inobservância de qualquer preceito estabelecido neste
Regulamento e no caso de acidente de trânsito, o da legislação de trânsito aplicável. Não será permitido retirar o veículo do local do acidente.
Caso seja retirado do local do sinistro, o motorista será responsabilizado pelo ocorrido, visto que a perícia local (HSE) não poderá ser realizada.

12.2 As Infrações de Trânsito serão registradas pela Supervisão de Segurança Empresarial através de uma ocorrência interna.

12.2.1 As infrações registradas pela Supervisão de Segurança Empresarial, serão informadas ao Gerente da Área e ao Gerente de Saúde e
Segurança, citando os envolvidos para que o Gerente da Área as comunique e adote medidas conforme a tabela de penalidades.

13. PENALIDADES

13.1 Pistas monitoradas por Radar na estrada asfaltada, logo as pessoas que não obedecerem aos limites de velocidade estarão sujeita as
penalidades descritas neste procedimento,

Página 7 de 13
INOSAhow ID do documento: 1152 - Vers ão: 7 Impresso: 2017-12-20 por Gjest Paragominas

Status do documento: Aprovado por Cicero Viana (06/12/2017)


INS 18.002 - Regulamento de Trânsito
Autor: João Quadros
Data de aprovação: 06/12/2017 16:29
Aprovado por: Cicero Viana

13.2 Para efeitos de registro constituem faltas sujeitas a penalidades, as infrações relacionadas na "Tabela de Infrações".

13.3 O infrator deste Regulamento está sujeito a penalidades, observando-se a classificação e a frequência da infração, conforme a "Tabela de
Infrações".

13.4 A aplicação das penalidades previstas neste Regulamento não exime o infrator das sanções administrativas, civis e penais cabíveis, além
da aplicação de medidas disciplinares como advertência, suspensão e demissão.

13.5 Para a aplicação das medidas disciplinares acima referidas será avaliada a gravidade e/ou reincidência da conduta infratora.

13.6 A aplicação das penalidades previstas neste Regulamento não exime o infrator das sanções administrativas, civis e penais cabíveis.

13.7 A acumulação de infrações, para efeito de penalidade, ocorrerá em relação às faltas registradas independentemente de seu grau de
classificação.

13.6 Quando o infrator cometer, simultaneamente, duas ou mais infrações, serão consideradas para efeito de registro, todas as infrações
cometidas até aquele momento conforme descrito na "Tabela de Infrações".

13.8 Decorridos 12 (doze) meses da data do registro da última infração e não tendo sido registrada nova infração neste período, será feita nova
contagem de faltas posteriores em cada um dos grupos da Tabela de Infrações.

13.9 A responsabilidade pelo não uso do cinto de segurança será do motorista, sendo penalidade aplicável.

Nota:
1) Notificações por excesso de velocidade na estrada de acesso à Mineração - Será feito o recolhimento da carteira de tráfego e entrega no
setor de Segurança do Trabalho. O condutor será orientado a deixar o veículo no estacionamento externo da MPSA até que pessoa habilitada da
mesma gerência venha apanha-lo. O acesso desse empregado ocorrerá pela catraca de pedestre, seguindo o fluxo de controle de acesso.

2) Notificações por excesso de velocidade no interior da MPSA - Além do recolhimento da carteira de tráfego, o veículo ficará no local da Blitz
até que outra pessoa habilitada da mesma gerência venha busca-lo.

3) O condutor passará pelo treinamento de Reciclagem em Acidente Zero, com equipe do SESMT Hydro.

Tabelas de Infrações:

Página 8 de 13
INOSAhow ID do documento: 1152 - Vers ão: 7 Impresso: 2017-12-20 por Gjest Paragominas

Status do documento: Aprovado por Cicero Viana (06/12/2017)


INS 18.002 - Regulamento de Trânsito
Autor: João Quadros
Data de aprovação: 06/12/2017 16:29
Aprovado por: Cicero Viana

Página 9 de 13
INOSAhow ID do documento: 1152 - Vers ão: 7 Impresso: 2017-12-20 por Gjest Paragominas

Status do documento: Aprovado por Cicero Viana (06/12/2017)


INS 18.002 - Regulamento de Trânsito
Autor: João Quadros
Data de aprovação: 06/12/2017 16:29
Aprovado por: Cicero Viana

14. ACIDENTES DE TRÂNSITO

14.1 Na ocorrência de acidentes de trânsito na área da Hydro Paragominas, os fatos deverão ser imediatamente informados a Supervisão de
Segurança Empresarial que efetuará o seu registro através de uma ocorrência, e será responsável, se necessário, pela comunicação do
acidente às autoridades policial e de trânsito.

14.2 Os veículos envolvidos no acidente só poderão ser retirados de suas posições após a liberação pela área de Segurança Empresarial, HSE
Hydro, pela autoridade policial ou de trânsito ou, quando for o caso, para prestação de socorro de urgência à vítima. O local do acidente deverá
ser preservado para se evitar a destruição de vestígios resultantes da ocorrência, até a liberação pela Gerência de Segurança Empresarial,
autoridade policial e/ou de trânsito.

14.3 Todo o acidente de trânsito que configure acidente de trabalho e que envolva empregados próprios e contratados / subcontratados da Hydro
Paragominas, empregados de empresas controladas e coligadas, além de parceiros comerciais (empregado da Hydro Paragominas e/ou
empregado de empresas fornecedoras da Hydro Paragominas) deverá ser imediatamente comunicado ao CCO, também, a unidade de
Segurança do Trabalho de lotação do empregado e/ou tomadora dos serviços contratados e ao Gestor de contrato.

14.4 Quaisquer ocorrência com veículos que afete as condições de tráfego na área interna da Hydro Paragominas deverá ser comunicada ao
Órgão de Segurança Empresarial que cuidará das providências para controle do trânsito local.

14.5 O codutor que se envolver em eventos de HSE deverá passar por reciclagem na INS 18-002 Regulamento de Trânsito.

15. ESTACIONAMENTO

15.1 Qualquer estacionamento de veículos nas áreas internas da planta deverá ser efetuado de ré;

15.2 Este estacionamento tem que ser feito levando em consideração a área de manobra de outros veículos, ou seja, não estacionar de modo
que atrapalhe a saída de frente;

15.3 Na área de lavra é proibido estacionar veículos a um raio de operação inferior a 100 metros de qualquer equipamento. Durante as
manutenções deverá haver comunicação prévia e autorização de aproximação concedida pelo operador;

15.4 O estacionamento de veículos ao longo das estradas e nas áreas comuns de circulação interna da planta só é permitido em caso de
emergência: defeito no veiculo, necessidade de socorrer pessoas ou equipamentos etc.

Página 10 de 13
INOSAhow ID do documento: 1152 - Vers ão: 7 Impresso: 2017-12-20 por Gjest Paragominas

Status do documento: Aprovado por Cicero Viana (06/12/2017)


INS 18.002 - Regulamento de Trânsito
Autor: João Quadros
Data de aprovação: 06/12/2017 16:29
Aprovado por: Cicero Viana

Neste caso, o motorista deve proceder como a seguir:

15.4.1 Encostar o veículo o mais à direita possível, manter aceso o pisca alerta e sinalizar, conforme regulamento Brasileiro de trânsito.

15.4.2 Avisar imediatamente a segurança patrimonial sobre o ocorrido.

15.4.3 Ao condutor compete providenciar o isolamento e reparo ou remoção do veículo imediatamente.

15.4.4 É proibido parar nas curvas e a menos de 25 m após curvas e lombadas.

15.5 Todos os equipamentos móveis (peso bruto acima de 3.500 ton.) estacionados sem a presença do condutor em seu interior, quando fora de
local destinado para este fim, deverão estar com os pneus calçados.

15.6 O calço deve ser padronizado conforme NBR 9735:2000 e apresentar as seguintes características e dimensões:

• Calço de borracha de alta durabilidade ou material equivalente, resistente e antiderrapante


• As dimensões do calço devem ter no mínimo 200 x 150 x 150 mm, a plataforma pode ser côncava ou reta.

Página 11 de 13
INOSAhow ID do documento: 1152 - Vers ão: 7 Impresso: 2017-12-20 por Gjest Paragominas

Status do documento: Aprovado por Cicero Viana (06/12/2017)


INS 18.002 - Regulamento de Trânsito
Autor: João Quadros
Data de aprovação: 06/12/2017 16:29
Aprovado por: Cicero Viana

16. ULTRAPASSAGEM

Os veículos só podem ser ultrapassados se claramente estiverem a uma velocidade inferior ao limite estabelecido, e em locais permitidos. Ou
quando o condutor do veículo da frente reduzir e sinalizar para que o veículo de trás o ultrapasse.
Obs: Antes de qualquer ultrapassagem, acionar seta e dar um sinal ao veículo da frente da ação.

17. VISTORIA

17.1 Quando da solicitação de selo/placa de trânsito livre, todo veículo estará sujeito à vistoria pela Segurança Empresarial / Identificação,
conforme padrão específico da área. O veículo que apresentar qualquer irregularidade não terá disponibilizado o selo de trânsito livre para acesso
a empresa.

17.2 A vistoria pode ser feita a qualquer momento pela Segurança Empresarial e HSE local, em todos os veículos e equipamentos que estão
dentro da Hydro Paragominas ou que estão entrando/ saindo nas portarias. Quando o veículo apresentar irregularidades, será recolhido o selo/
placa de trânsito livre e o veículo será retirado de dentro da área da Hydro Paragominas para regularização e nova vistoria geral para devolução
do selo de acesso a empresa.

17.3 Os veículos e equipamentos automotores que não possuírem faróis/ lanternas, somente podem deslocar-se internamente sob orientação e
balizamento de trajeto de responsabilidade da área e com prévia comunicação a Segurança Empresarial.

17.4 A fiscalização de manutenção e condições de uso dos veículos e equipamentos automotores da Hydro Paragominas são de
responsabilidade do Gerente de área e/ou Gestor de contrato.

17.5 A vistoria dos veículos e equipamentos automotores de propriedade de Contratadas e Empreiteiras é de responsabilidade da Supervisão de
Segurança Empresarial e a fiscalização da manutenção e condições e uso são de responsabilidade do Gestor do Contrato. Qualquer alteração
identificada pelo Gestor do Contrato deve ser enviada à Segurança Empresarial.

17.6 Em caso de pane do veículo ou equipamento automotor ou ainda em caso de depósito de material no leito das vias, em emergência, cabe
ao condutor providenciar a sinalização de segurança adequada e informar, de imediato à Segurança Empresarial.

18. SINALIZAÇÃO

Página 12 de 13
INOSAhow ID do documento: 1152 - Vers ão: 7 Impresso: 2017-12-20 por Gjest Paragominas

Status do documento: Aprovado por Cicero Viana (06/12/2017)


INS 18.002 - Regulamento de Trânsito
Autor: João Quadros
Data de aprovação: 06/12/2017 16:29
Aprovado por: Cicero Viana

18. SINALIZAÇÃO

A unidade deverá possuir sinalização de trânsito conforme Código de trânsito Brasileiro, visando educar os condutores que circulam na Hydro
Paragominas, como por exemplo: placas educativas de trânsito, placas de regulamentação; assim como sinalização horizontal visando um
comportamento correto dos usuários das vias terrestres.

19. DIVULGAÇÃO/CONHECIMENTO DESTE REGULAMENTO

19.1 Todos os funcionários da Hydro Paragominas e de Contratadas que dirijam deverão ser treinados neste Regulamento e reciclados a cada
dois anos ou extraordinária.

19.2 É responsabilidade das gerencias de cada contratada e do departamento gerenciador da contratada, a providência para o treinamento de
seus funcionários neste Regulamento, em caso de eles terem que dirigir nessas áreas.

19.3 Há necessidade do registro formal deste treinamento junto à área de administração de pessoal da empresa do funcionário. O registro
deverá conter os nomes e assinaturas de todos os treinados.

20. BATEDOR

O veículo batedor deverá trafegar com: farol baixo aceso, giroflex e pisca alerta ligados, portando rádio de comunicação na faixa da operação de
mina (quando aplicável) e devidamente sinalizado / identificado.
Obedecer às sinalizações de trânsito e normas internas de segurança.
Estar apto física e psicologicamente para realizar a atividade.
O motorista do veículo, desconhecedor da área, deverá ser orientado pelo Batedor quanto às normas internas de circulação da Hydro
Paragominas no que tange a, no mínimo: uso obrigatório do cinto de segurança, tráfego com faróis baixos acesos, limites de velocidade,
distância de seguimento, preferência de tráfego e ultrapassagem.
Todo veículo que transporta produtos perigosos deverá ter identificação / sinalização de acordo com a classificação da ONU.

21. TREINAMENTO

Público Alvo: Supervisores/chefias imediatas e empregadas próprios e de contratadas envolvidos com veículos automotores.

Carga Horária: O Treinamento deverá ter duração mínima de 01 hora e 30 minutos, incluindo teste escrito.

Freqüência: Na implementação, na revisão deste procedimento, na admissão de novos empregados que tenham necessidade de condução de
veículos e de acordo com a necessidade da gerência.

O empregado que se envolver em evento de segurança durante uso/condução de veículos e equipamentos móveis deverá passar por
reciclagem desta INS.

22. RESPONSABILIDADE

Gerentes:

Garantir a implantação e o cumprimento deste procedimento por todos os empregados da Hydro Paragominas e das empresas contratadas e
subcontratadas em suas respectivas áreas de autorização;
Disponibilizar e gerir recursos materiais, financeiros e humanos, em sua área de responsabilidade para garantir o objetivo deste procedimento;

Supervisor / Chefia imediata:

Fornecer e manter os equipamentos apropriados para o trabalho;


Garantir o cumprimento deste procedimento por todos os empregados.

SESMT:

Garantir o processo de treinamento e reciclagem periódicos, para os empregados diretos e indiretos;

Empregado:

Conhecer e seguir esta instrução.

Página 13 de 13

Você também pode gostar