Você está na página 1de 6

Lista II – 2as fases – Geigrafia do Brasil:Geopolítica, Humana e

questões ambientais; Geral: População e Urbanização

1. (Ufpr 2017) Poderíamos assim, grosseiramente – e como sugestão para um debate –,


reconhecer a existência de quatro Brasis: uma Região Concentrada, formada pelo Sudeste e
pelo Sul, o Brasil do Nordeste, o Centro-Oeste e a Amazônia.
SANTOS, Milton; SILVEIRA, María Laura. Brasil. Território e Sociedade no início do século 21.
Rio de Janeiro: Record, 2001, p. 268.

Por que o autor do texto faz distinção entre esses quatro Brasis? Justifique sua resposta,
apontando diferenças entre as regiões brasileiras citadas.

2. (Fuvest 2017) Analise o mapa.

a) Cite uma região brasileira que teve grande crescimento populacional no período indicado e
explique dois fatores que levaram a esse crescimento.
b) O elevado crescimento em algumas áreas, no período representado no mapa, significa a
reversão da tendência histórica de concentração populacional no país? Justifique sua
resposta.

3. (Fuvest 2015) Segundo o IBGE, aglomerado subnormal “é um conjunto constituído de, no


mínimo, 51 unidades habitacionais (barracos, casas, etc.) carentes, em sua maioria, de
serviços públicos essenciais. O conceito de aglomerado subnormal foi utilizado pela primeira
vez no Censo Demográfico 1991. Possui certo grau de generalização, de forma a abarcar a
diversidade de assentamentos existentes no País, conhecidos como: favela, invasão, grota,
baixada, comunidade, vila, ressaca, mocambo, palafita, entre outros”.
Aglomerados subnormais. IBGE, 2011. Adaptado.

Com base no texto e no mapa,


a) identifique duas características dos aglomerados subnormais, sendo uma relativa à questão
fundiária e outra ao padrão de urbanização;
b) explique a concentração espacial dos aglomerados subnormais na região Sudeste e o
processo que levou a essa concentração.

4. (Fuvest 2017) O planeta Terra pode ser considerado um sistema, isto é, um conjunto de
elementos que podem se relacionar e que constituem as partes de um todo. O sistema Terra é
formado por subsistemas, cuja interação compõe a superfície terrestre, conforme representado
nas figuras pelas letras A, B, C e D.
a) Aponte duas relações entre os subsistemas A e B que contribuem para o processo de
desertificação no nordeste do Brasil.
b) Considerando o avanço do agronegócio na região centro-oeste do Brasil, qual seria um
possível impacto no subsistema C? Justifique.

5. (Ufu 2017) Um sítio, em Ibimirim, no sertão de Pernambuco, foi abandonado. O agricultor,


que já plantou tomate, milho e cebola no lote, não se conforma. “Não dá para plantar mais
nada. Aqui está inutilizado pra gente”, observa Marlos Robson Dávila. A ameaça que degrada
os solos e avança pelas terras secas do semiárido é a salinização.
Disponível em: <http://g1.globo.com/jornal-nacional/> Acesso em: 25 de abr. 2017.

A respeito desse tema, responda:

a) Como a atividade agrícola contribui para ocorrência desse processo no semiárido


nordestino?
b) Por que grande parte dos solos dos ambientais áridos e semiáridos são naturalmente
propensos ao processo de salinização?

6. (Pucrj 2015)

Diferentemente do que aparenta a exuberância de sua flora, a Floresta Amazônica possui um


solo pobre em nutrientes.
a) Explique como o processo de lixiviação reduz a concentração de nutrientes no solo
amazônico.
b) Relacione a cor turva das águas de muitos rios amazônicos ao processo explicado no tópico
anterior.

7. (Ufu 2016) A Alemanha disse que poderá receber até 500 mil refugiados por ano nos
próximos anos, mas voltou a pedir que outros países também recebam imigrantes e refugiados,
diante da pior crise desde a Segunda Guerra Mundial. Sigmar Gabriel, vice-chanceler alemão
(equivalente ao cargo de vice-primeiro-ministro), disse que a economia alemã é forte e, assim,
o país poderia aceitar um número desproporcional de imigrantes.

Disponível em:
<http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2015/09/150908_europa_refugiados_hb> Acesso em:
17 de fev. 2016.
A partir do texto e de seus conhecimentos sobre o assunto, responda:

a) Por que a Alemanha está disposta a receber grandes levas de refugiados oriundos do norte
da África e do Oriente Médio?
b) Por que, ao contrário da Alemanha, alguns países da Europa, como Hungria, Irlanda e
Dinamarca, estão impondo restrições para a entrada de imigrantes?

8. (Ufu 2016) A urbanização corresponde ao processo de transformação dos espaços rurais


em espaços urbanos, com o crescimento das cidades e das práticas inerentes a elas, como as
atividades industriais e comerciais. O urbano não se restringe à cidade, mas é principalmente
nela que ele se materializa, fato que associa o processo de urbanização ao crescimento das
cidades em relação ao campo.

Disponível em: <http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/geografia/urbanizacao.htm> Acesso em:


18 de fev. 2016.

A partir do texto e de seus conhecimentos sobre o assunto, faça o que se pede.

a) Diferencie o processo de urbanização ocorrido nos países desenvolvidos e nos emergentes.


b) A formação de metrópoles é considerada um fator comum na urbanização dos países
desenvolvidos e nos emergentes. Nesse sentido, explique como ocorreu tal processo nesses
dois grupos de países.
Gabarito:

Resposta da questão 1:
A classificação regional proposta por Milton Santos usa como critério o meio técnico-científico-
informacional, ou seja, a informação e as finanças estão irradiadas de maneiras desiguais pelo
território brasileiro, determinado “quatro brasis”. A Região Amazônica apresenta baixas
densidades técnicas e demográficas; a Região Nordeste apresenta uma periferização das
atividades econômicas; A Região Centro-Oeste apresenta uma agricultura globalizada, isto é,
moderna, mecanizada e produtiva; a Região Concentrada é a que concentra maior população,
atividades produtivas mais expressivas, maior modernização, e maior fluxo de informações.

Resposta da questão 2:
a) A região Norte teve grande crescimento populacional. Entre os fatores, a maior taxa de
fecundidade do país, além da atração de fluxos migratórios provenientes de regiões como
Nordeste e Sul associada à expansão da fronteira agropecuária através do agronegócio
(pecuária de corte e soja) e de assentamentos de reforma agrária.
b) O crescimento demográfico mais acelerado na Amazônia Legal faz com que a região tenha
um pequeno aumento do porcentual da população absoluta. O Norte apresenta cerca de 8%
da população do país. O Centro-Oeste apresenta cerca de 7% do total populacional. Todavia,
grande parte da concentração ainda concentra-se no Sudeste, com 42% da população do
país. Além da histórica concentração na faixa litorânea.

Resposta da questão 3:
a) A maioria dos aglomerados subnormais (favelas) se expandiram em terrenos públicos
(municipais e estaduais) de maneira ilegal ou informal, isto é, sem título de propriedade. A
urbanização foi desordenada e não contou com planejamento urbano. Existe carência de
saneamento básico (água potável, coleta de lixo e rede coletora de esgotos), luz elétrica,
pavimentação e calçamento. Muitas habitações são precárias e construídas com o método
da autoconstrução. Também são precários os serviços de educação, saúde e segurança
pública.

b) A região Sudeste é a mais populosa do país, o que explica em parte a concentração de


aglomerados subnormais. A urbanização da região foi marcada pela profunda desigualdade
social, especulação imobiliária, investimento insuficiente em moradias populares, atração
migratória e planejamento insuficiente, resultando na proliferação de aglomerados subnormais.
Os maiores estão nas regiões metropolitanas: São Paulo, Campinas, Baixada Santista, Rio de
Janeiro, Belo Horizonte, Ipatinga (Vale do Aço) e Vitória.

Resposta da questão 4:
a) Alterações promovidas pela sociedade nos subsistemas A (atmosfera) e B (litosfera)
podem levar a desertificação. Por exemplo, o desmatamento e o uso incorreto do solo sem
práticas de conservação levam a redução da evapotranspiração e das chuvas, além da
intensificação dos processos erosivos.
b) O desmatamento do Cerrado (avanço do agronegócio) leva ao aumento da erosão do solo, o
material erodido é transportado causando o assoreamento (acúmulo de partículas minerais) no
leito dos rios (C – hidrosfera). O uso indiscriminado de agrotóxicos também contamina os rios
com prejuízo para a biodiversidade, além do envenenamento de trabalhadores e consumidores.

Resposta da questão 5:
a) A água é o principal meio de aporte de sais ao solo e sua aplicação por meio da irrigação
resulta na adição de sais que se acumulam após a água evaporar.
b) A salinização é a concentração progressiva de sais causada pela evapotranspiração do solo
que é superior a infiltração da água.

Resposta da questão 6:
a) A lixiviação é a lavagem do solo pela água com a remoção de nutrientes. Na região
amazônica, este fenômeno é intenso devido aos altos índices pluviométricos do clima
equatorial. Assim, a maioria dos solos da região é pobre em nutrientes minerais.
b) A lixiviação e a erosão do solo (desgaste da superfície com remoção de partículas minerais
e matéria orgânica) levam compostos orgânicos e sedimentos para os rios. Os rios que
recebem grande quantidade de sedimentos apresentam coloração mais turva.

Resposta da questão 7:
a) Com um longo histórico de baixas taxas de natalidade e elevada expectativa de vida, a
Alemanha passa por um processo preocupante de envelhecimento de sua população e,
dessa forma, vê no fluxo imigratório a possibilidade de suprir a demanda de mão de obra e
mercado consumidor em declínio no país.

b) Alguns países impõem restrições aos imigrantes dentre outros motivos porque são países
cuja economia tem um traço maior de fragilidade e, os imigrantes representam elevados custos
para o Estado já pouco capitalizado. Soma-se a isso a forte resistência cultural seja pela
xenofobia, pelo receio do desemprego ou pelo medo da aculturação.

Resposta da questão 8:
a) Nos países desenvolvidos a urbanização ocorreu em paralelo ao desenvolvimento das
indústrias e, portanto, de forma lenta, gradativa e ampliada espacialmente o que permitiu
que as cidades desenvolvessem a infraestrutura necessária para o montante de população
que agregavam. Nos países emergentes a urbanização foi alavancada pela industrialização,
que espacialmente concentrada, gerou fluxos populacionais direcionados somente para as
grandes cidades que, incapazes de absorvê-los, constrói grandes cinturões de
marginalização.

b) Nos países desenvolvidos as metrópoles se constituem de forma gradativa ampliando a


oferta de equipamentos urbanos por meio de planejamento, ao passo que nos emergentes, a
urbanização focada sobre as grandes cidades – metropolização – gera inchaço populacional
frente à disponibilidade dos equipamentos urbanos criando hipertrofia.

Você também pode gostar