Você está na página 1de 12

M.T.M. s.r.l.

Via La Morra, 1
12062 - Cherasco (Cn) - Italy
Tel. +39 0172 48681
Fax +39 0172 488237

- Manual do instalador -

TA01Z026P del 06.07.2006


2

INDICE

1.1. CARACTERÍSTICAS GERAIS


1. APRESENTAÇÃO

1.2. DESCRIÇÃO DOS COMPONENTES


1.2.1. GERENCIADOR DE CONTROLE
1.2.2. ATUADOR DE CONTROLE DO FLUXO DE GÃS
1.2.3. CHICOTE

2.1. OPERAÇÕES PRELIMINARES


2. INSTALAÇÃO DO SISTEMA

2.2. FIXAÇÃO DO GERENCIADOR


2.3. MONTAGEM DO ATUADOR DE CONTROLE DO FLUXO DE GÃS
2.4. CONEXÃO DO GERENCIADOR
2.4.1. CONECTOR DE 4 POLOS PARA CONEXÃO AO PC OU AO CONECTOR DE AUTO PARAMETIZAÇÃO
2.4.2. CHICOTE 12 POLOS
2.4.2.1. Conector de 4 vias para o atuador de controle de STEP
2.4.2.2. Alimentação do gerenciador
2.4.2.3. Habilitação do gerenciador
2.4.2.4. Sinal Giro Motor (RPM)
2.4.2.3. Sinal TPS
2.4.2.5. Sinal Sonda Lambda
2.5. MONTAGEM DO MISTURADOR
2.6. MONTAGEM DO REDUTOR
2.7. MONTAGEM CHAVE COMUTADORA

3.1. CONTROLES PRELIMINARES


3. PARAMETRIZAÇÃO DO SISTEMA

3.2. AMBIENTE DE CONFIGURAÇÃO E PARAMETRIZAÇÃO


3.2.1. INTERPRETAÇÃO LEITURA LEDS NO GERENCIADOR
3.3. PRIMEIRA AQUISIÇÃO E AUTO-CONFIGURAÇÃO DOS SINAIS
3.4. PARAMETRIZAÇÃO EMULAÇÃO LAMBDA
3.4.1. EMULAÇÃO LAMBDA COM SINAL ONDA QUADRADA
3.4.2. EMULAÇÃO LAMBDA FIXA
3.4.2.1. Emulação Lambda Fixa a massa
3.4.2.. Emulação Lambda Fixa a circuito aberto
3.4.3. ANOMALIA LAMBDA
3

excelente qualidade de controle - possibilidade de parametri-


da carburação. zação e ajuste através do softwa-
1. APRESENTAÇÃO

A aprovação de re PC que permite comunicar-se


Compatibilidade Eletromagnética em tempo real com o gerenciador,
(EMC), permitiu a homologação possibilitando um fino controle do
do sistema, confirmando a valida- funcionamento do sistema, bem
de da estratégia de projeto e exe- como uma calibragem direciona-
cução. da, detalhada e dedicada.
Na fig. 1 estão representados
os componentes eletrônicos e elé- 1.2.2. ATUADOR DE
1.1. CARACTERÍSTICAS tricos do sistema, que compreen- CONTROLE DO
GERAIS dem: FLUXO DE GÀS
- o gerenciador eletrônico;
A BRC desenvolveu este siste- - o atuador de controle do fluxo O controle da quantidade de
ma observando dois importantes de gás STEP; carburante enviada ao motor é
aspectos: rapidez de instalação e - o chicote. realizada pelo atuador STEP, um
facilidade de parametrização. motorzinho passo a passo de uso
O sistema Just G3 fabricado 1.2. DESCRIÇÃO DOS comum na área automotiva, ao
com gerenciador de controle COMPONENTES DO qual vem acoplado um atuador
lambda, se aplica a qualquer tipo SISTEMA cilíndrico cujo o curso controla o
de motor dotado de sonda lamb- fluxo do gás no conduto.
da, convertido a gás com um tradi- 1.2.1. GERENCIADOR O sistema de regulagem é con-
cional sistema BRC (glp ou GNV CONTROLADOR trolado a cada instante e em
indiferentemente). Just G3 é tempo real pelo gerenciador, que
capaz de efetuar a emulação da O gerenciador Just G3 faz um controla a operação, variando
sonda lambda, mas não gerencia controle da carburação do tipo conforme a resposta da sonda
o nível nem a comutação, para “paralelo” (o gás vem gerenciado lambda, ou as condições de fun-
isso será necessário instalar tam- independentemente do controle cionamento do veículo. São tam-
bém uma chave comutadora do motor à gasolina, adquirindo do bém gerenciáveis, via software, as
WMTM. módulo original as informações posições de reset a sonda fria, os
O gerenciador do sistema é relativas ao regime do motor parâmetros de estequiometria, o
dotado de um micro-controlador sobre a sonda lambda e a posição funcionamento em cut-off, ao
de notável desempenho e poten- da borboleta). mínimo, em regime normal e a
cialidade, que permite submeter o O gerenciador, com micro-con- plena carga.
sistema às provas de emissões de trolador, possibilita ao atuador A extrema rapidez de decisão
poluentes, testemunhando a STEP a regulagem relativa à do sistema digital e a sua flexibili-
quantidade de combustível para dade garantem uma fácil e eficien-
obter uma carburação perfeita, te regulagem para a manutenção
seja sob o aspecto da poluição e constante da relação estequiomé-
do consumo, quanto da dirigibili- trica correta em cada modelo de
dade, e isso independentemente veiculo e de motor. O atuador é
das condições externas (tempera- projetado para o funcionamento
tura, etc.) e da composição do perfeito seja com GNV ou com
carburante. GLP.
A parametrização e regulagem
em função do sistema, baseada 1.2.3. CHICOTE
em procedimento de auto-configu-
ração, apresenta duas possibilida- O chicote do gerenciador JUST
des de “aprouch”: G3 permite a conexão ao atuador
- configuração e regulagem em STEP e a conexão aos sinais elé-
função do sistema baseado tricos necessários ao funciona-
somente na indicação visual for- mento.
necida pelos três leds presentes
Fig. 1 - Vista dos elementos do conjunto
Just G3. na centralina.
4

poderão evitar sucessivos inconve- bobina.


nientes e reclamações com conse-
2. INSTALAÇÃO DO

qüente perda de tempo do cliente A instalação do gerenciador


SISTEMA
usuário. dentro do habitáculo é permitido;
neste caso evitar locais pouco ven-
2.2. FIXAÇÃO DO tilados, por exemplo entre os esto-
GERENCIADOR famentos, tapetes etc.
Utilizar, para fixação, a aleta
O gerenciador Just G3 vem den- existente na própria caixa evitando
tro de um invólucro (semelhante ao outros sistemas de fixação que pos-
2.1. OPERAÇÕES utilizado nos Variadores de Avanço sam danificar o componente; verifi-
PRELIMINARES BRC), constituído por uma caixa e car finalmente que não vibre.
por uma tampa de plástico, robusto,
Antes de executar a instalação de dimensões bem reduzidas e 2.3. MONTAGEM DO
física do Sistema JUST G3, ou com um certo grau de hermeticida- ATUADOR DE CONTROLE
seja, antes de qualquer nova insta- de, próprio para instalação no com- DO FLUXO DE GÁS
lação, é aconselhável verificar o partimento do motor.
funcionamento do motor do veículo A proteção de borracha (presen- O atuador STEP deve ser mon-
à gasolina/álcool. te no chicote) para encaixe na tado em um ponto na mangueira de
Particularmente é necessário tampa garante uma boa hermetici- gás entre o redutor e o misturador.
verificar com atenção o sistema de dade. É aconselhável montá-lo o mais
ignição, o filtro de ar, o catalisador, Para uma correta instalação é próximo do misturador. Deve
com um multímetro ou com os ins- necessário seguir cuidadosamente também ser montado o mais ver-
trumentos que a BRC desenvolveu as seguintes indicações: tical possível, com o conector
especificamente para os instalado- - evitar a fixação do gerenciador para cima (fig. 2). Verificar que
res (Jolly, Diagnostic Box, ...), o próximo ao coletor de descarga: o não haja vibração excessiva e
correto comportamento dos diver- calor irradiado pode danificá-la até que o peso dele não flexione a
sos sinais que interessam à centra- determinada distância; é necessário mangueira.
lina Just G3 e aquela de comu- que entre o coletor de descarga e o
tação: positivo pós chave, rotação gerenciador exista algum anteparo 2.4. CONEXÃO DO
do motor, sonda lambda, TPS, ali- que impeça a propagação do calor; GERENCIADOR
mentação da memória do módulo - instalar o gerenciador em local
gasolina, positivo dos injetores, etc. do compartimento do motor prote- A conexão do gerenciador Just
Além disso é importante verificar gido da água; é importante fixá-lo G3 à chave comutadora, ao STEP
que o potencial de massa dos de modo que o chicote, com os e aos sinais elétricos necessários
diversos sinais seja estável, e coin- espaguetes, fique direcionado para têm que ser feito com o chicote
cida (a variação aceitável pode ser baixo evitando que eventual pre- próprio.
em torno de 10 mV) com aquele do sença de umidade, penetre no inte- Todas as conexões relativas
lugar onde se quer conectar a rior do conector. aos fios do chicote não dotados
massa da centralina Just G3. - evitar a instalação e/ou aproxi- de conectores devem ser efetua-
Outro aviso muito importante é mar o gerenciador dos cabos das das através de soldas a estanho
aquele de seguir cuidadosamente velas ou do cabo de alta tensão da bem feitas e adequadamente
as instruções fornecidas em anexo
aos produtos BRC e os esquemas Fig. 2
Posicionamento
para a instalação sugerida pela aconselhado para o
assistência, naturalmente depois de atuador Step.
.
ter verificado o modelo do veículo SIM
que se está convertendo, o ano de
fabricação, a sigla do motor, o tipo
de injeção e de ignição e então NÃO NÃO
confirmada a possibilidade de con-
versão.
São algumas ações simples que
requerem poucos minutos, mas que
5

isoladas. Evitar simplesmente Fig. 3


enrolar os fios ou usar conecto-
Gerenciador Just
G3 (vista lado
res grampos, de baixa confiabili- conectores)
dade.
As instruções que seguem são
de validade geral e são indispensá-
veis para uma boa compreensão
do sistema.

2.4.1. C O N E C TO R D E 4
POLOS PARA CONEXÃO AO PC Conector de 12 pólos para Conector de 4 Pólos para Trimmer para

OU AO CABO DE AUTO
conexão chicote conexão ao PC ou cabo de regulagem do
auto parametrização sinal Lambda
emulado
PARAMETRIZAÇÃO

Este conector é utilizado para a Fig. 4


Conexão para cabo
parametrização e regulagem em de auto
função do sistema. Como já dito (no parametrização
Just G3
§ 1.2.1.), esta operação pode ser
efetuada com ou sem PC.
- Para parametrização sem PC
inserir no conector 4 pólos o cabo
de auto-parametrização Just G3
indicado na fig. 4 como descrito no Cabo de auto

§ 3.
parametrização
Just G3

- Para parametrização com PC


conectar o gerenciador Just G3 ao
computador portátil, utilizando os
especificos cabos adaptadores e de
conexão indicada na figura 5. Fig. 5
Conexão
Cabo adaptador gerenciador Just
Para o uso do software de inter- G3 ao computador
portátil.
face Just G3 seguir as orientações
descritas no manual.

2.4.2. CHICOTE 12 PÓLOS


Cabo conexão PC-Fly Gás

O chicote de 12 pólos (fig. 6)


Computador
portátil

apresenta de um lado um conector


principal de 12 vias ao qual conver-
gem dois chicotes.
Um deles é dedicado ao conec-
tor para a conexão ao atuador
Step. Fig. 6
Chicote gerenciador
Um segundo chicote, contem os
Marrom
+12 V Pós chave
Verde
eletroválvula Gás Just G3
fios necessários para a ligação do
Preto
Massa
Cinza
gerenciador.
Sinal rpm
Branco/Violeta Sinal TPS
Amarelo Entrada sinal Lambda
Azul

2.4.2.1. Conector de 4 vias


Saída sinal Lambda

para o atuador STEP


Conector para STEP

O cabo multipolar de 4 fios liga-


do no conector a 4 vias (fig. 7)
conecta o gerenciador ao motor de
passo que tem a função de contro-
6

lar o fluxo de gás (§ 1.2.2.). alguns décimos de Volt, conectando - de um sinal proveniente do
o negativo em ponto desfavorável “negativo da bobina de ignição”.
2.4.2.2. Alimentação do há risco de interpretar erroneamente O fio CINZA deve ser ligado a
Gerenciador o sinal da sonda lambda. um sinal pulsante de freqüência
proporcional à velocidade de
O Gerenciador é alimentado 2.4.2.3. Alimentação do rotação do motor. Pode ser:
conectando o fio Marrom (+12V gerenciador - de um sinal de onda quadra-
Pós chave) e Preto (massa motor). da encontrado no módulo de
A conexão do fio Marrom absor- A alimentação do gerenciador injeção ou módulo de ignição,
ve pouquíssima corrente, portanto Just G3 é fornecida pela chave de desde que de amplitude suficien-
pode ser ligado em qualquer positi- comutação através do fio verde te. Pode ser também no fio direto
vo pós chave. (habilitação eletro-válvulas). do contagiro ou o fio que conec-
O importante é verificar que não O fio Verde é conectado em ta o módulo central ao módulo
seja um ponto da instalação elé- paralelo ao fio verde do gerencia- de potencia da ignição;
trica sujeito a fortes quedas de dor de controle (fig. 7). - de um sinal proveniente do
tensão. Por exemplo, em determi- “negativo da bobina de ignição”.
nados veículos evitar o uso do 2.4.2.4. Sinal de Rotação do
positivo da bobina de ignição ou o motor (rpm) 2.4.2.5. Sinal TPS
positivo dos injetores, porque são
precedidos de resistência que bai- O fio CINZA deve ser ligado a O fio BRANCO/VIOLETA é
xam o potencial em vários Volt. um sinal pulsante de freqüência conectado ao potenciômetro pro-
É aconselhável proteger a ali- proporcional à velocidade de porcional à posição da borboleta
mentação neste fio com um fusí- rotação do motor. Pode ser: (sinal TPS), quando existente.
vel, o usual de 7,5 A é mais que - de um sinal de onda quadrada Em veículos sem TPS isolar o
suficiente. encontrado no módulo de injeção fio BRANCO/VIOLETA.
É importante que o fio Preto ou módulo de ignição, desde que
seja conectado à massa motor, de amplitude suficiente. Pode ser O sinal TPS pode ser direto
não ao negativo da bateria ou a também no fio direto do contagiro (sinal em tensão crescente propor-
outras partes da carroceria. Visto ou o fio que conecta o módulo cen- cional a abertura da borboleta), ou
que de um ponto a outro da massa tral ao módulo de potencia da invertido (sinal em tensão decres-
do veículo o potencial pode variar ignição; cente ao aumentar a abertura da

Fig. 7
Esquema geral de
conexão sistema
Just G3
Motor Step

Chave de comutação
BRC

Marrom
7.5A +12 V Pós chave
Eletroválvula GLP
Verde

Preto
Massa Motor

Branco/Violeta
Sinal TPS (onde presente)
Eletroválvula
Cinza Redutor
Sinal RPM

Amarelo No esquema é
ilustrada uma
Azul instalação a GLP
Uma instalação de
GNV é análoga.
Sonda Lambda Multiválvula Europa
"
7

borboleta). Pode também ser do Fig. 8


Captação sinal
tipo analógico (que varia a continui- Sonda Lambda pelo
dade ao variar a posição da borbo- Gerenciador Just
G3
leta) ou do tipo ON/OFF (que assu-
me somente um valor mínimo e um
valor máximo).
O gerenciador Just G3 é capaz Azul

de reconhecer automaticamente
cortar e isolar

(durante o procedimento de auto-


configuração) se o sinal é direto,
invertido ou ON-OFF. Amarelo
Sonda Lambda

2.4.2.5. Sinal Sonda Lambda


2.6. MONTAGEM DO
A sonda lambda fornece geral- REDUTOR
mente um sinal compreendido
entre 0 e 1 V. Esse sinal é geren- Seguir as normas de instalação,
ciado pelo Just através dos fios tendo o cuidado de fixar rigidamente
Amarelo e Azul. o redutor à carroceria e de orientá-lo
A conexão dos fios AMARELO de modo que as membranas sejam
E AZUL pode ser feita diretamente paralelas ao eixo longitudinal do veí-
na central de injeção, ou então pós culo. Atentar para que nenhuma
conector da sonda. parte do motor bata no redutor, seja
Se necessário emular o sinal ele funcionando livre ou quando está
sonda lambda, o esquema de sob esforço. Procurar sempre insta-
ligação é o da fig 7. lar o redutor e o misturador de modo
Se não necessário emular, usar a reduzir o comprimento do tubo de
como referencia fig. 8. gás.

Importante: não curtocircuitar 2.7. MONTAGEM CHAVE DE


o fio da sonda para massa, nem COMUTAÇÃO
para o positivo. Não aplicar
carga. Também para a chave de comu-
tação valem as recomendações de
Em caso de dúvida, o fio do caráter geral descritas nos parágra-
sinal sonda lambda pode ser facil- fos 2.1. e 2.2. Utilize sempre chave
mente identificado com o auxilio de de comutação BRC em nos siste-
um “Jolly” cód. 06LB00001086 liga- mas Just G3.
do a um “Diagnostic Box” cód.
06LB00001051.

Para sonda com sinal que osci-


la entre 0 e 1 V, utilizar Kit Just G3
cód. 06LB00001800.

Para sonda com sinal que osci-


la entre 0 e 5 V, utilizar Kit Just G3
cód. 06LB00001801.

2.5. MONTAGEM DO
MISTURADOR

Montar misturadores, sempre


conforme orientação da BRC.
8

dimento de primeira aquisição e 3.2.1. INTERPRETAÇÃO


auto configuração (par. 3.3), cuja
3. PARAMETRIZAÇÃO
LEITURA DOS LEDS NO
ultima fase (aquisição de reset do GERENCIADOS
DO SISTEMA
atuador Step) é executada com o
veículo funcionando a gás. O gerenciador Just G3 apresen-
ta-se numa caixa em material plás-
3.2. AMBIENTES DE tico semitransparente, isso permite
CONFIGURAÇÃO E a visualização dos três leds pre-
PARAMETRIZAÇÃO sentes na placa eletrônica interna
(fig. 9).
A parametrização e regulagem O gerenciador com micro contro- Os três leds (vermelho, amarelo
em funcionamento do sistema Just lador Just G3 foi desenvolvido de e verde) durante a parametrização
G3 podem ser executadas de duas forma a minimizar as regulagens e podem assumir diversas condições
formas: os ajustes necessários para funcio- de funcionamento (aceso, apaga-
- parametrização e regulagem namento do sistema. do, lampejante), para indicar espe-
em funcionamento do sistema base- A regulagem do sistema baseia- cíficas codificações das varias
ado somente na indicação visual se substancialmente em 2 fases dis- fases da parametrização.
fornecida pelos três leds presentes tintas: Na figura 10 vem descrita a
no gerenciador. - primeira aquisição e auto confi- legenda para interpretação das
- possibilidade de parametrização guração dos vários sinais utilizados mensagens fornecidas pelo geren-
e ajustes através de PC com softwa- pelo gerenciador (TPS, sinal de ciador.
re que permite a comunicação em rotação, sinal lambda) e aquisição
tempo real com o gerenciador da posição de reset do atuador 3.3. PRIMEIRA AQUISIÇÃO
eletrônico, permitindo um fino con- STEP; E AUTO-CONFIGURAÇÃO
trole do funcionamento do sistema, - parametrização emulação DOS SINAIS
alem disso uma parametrização sonda lambda (para instalações con-
cômoda, profunda e dedicada. forme fig. 7). Depois de executada todas as
Nos parágrafos seguintes serão
Fig. 9
descritos detalhadamente a primeira Caixa plástica
“A”
Vista “A” do gerenciador Just
Leds no
forma, enquanto que para a segun-
G3
translúcida gerenciador Just
LED
Led Amarelo G3
da, ver o manual específico.
{

3.1. CONTROLES
PRELIMINARES

Terminada a fase de instalação


Led Vermelho LED Verde

do sistema conforme descrito no


Capitulo 2, para poder funcionar e
regular o veículo a gás, é necessária Conexões elétricas
a configuração e parametrização do
sistema.
O primeiro passo, indispensá-
vel para evitar graves maus fun-
LED VERMELHO LED AMARELO LED VERDE
Apagado Apagado Apagado

cionamentos e situações de peri-


go, fazer sempre uma verificação
cuidadosa da instalação das par-
tes mecânicas (cilindro, redutor,
LED LED LED
VERMELHO AMARELO VERDE

misturador, atuador Step, tubos de


Lampejando Lampejando Lampejando

conexão, etc.) com o cilindro


vazio. O passo seguinte consiste
em introduzir alguns metros cúbi-
LED LED LED
VERMELHO AMARELO VERDE

cos de gás no cilindro, que podem


Fixo Fixo Fixo

ser utilizados para verificar estan-


Fig. 10
queidade ou para efetuar o proce- Legenda para interpretação dos leds do Gerenciador Just G3
9

conexões elétricas, proceder com a Fig. 11


Auto parametri-
parametrização do sistema seguindo zação
os pontos seguintes:
1. posicionar a tecla da chave
comutadora na posição forçado
a gasolina (geralmente no lado
da bomba de gasolina);
2. fazer o contato chave na posição Fig. 12
ON (os três leds do gerenciador Gerenciador Just
G3 com cabo de
se acendem, fig. 11); auto
3. partir o motor e aquecê-lo; parametrização
conectado
4. remover se inserida a tampa de
borracha do chicote sem desco-
nectar o conector 12 vias (fig.
12);
5. conectar o cabo de auto para-
metrização no gerenciador (fig.
12);
6. o led vermelho se acende (fig. Cabo auto
parametrização
13): o gerenciador adquire os
sinais de rotação e TPS ao míni- Protetor do
mo (se conectado); chicote

7. após a aquisição completada o


led vermelho começa a lampejar
Conexões elétricas
(fig. 14);
8. se acende o led amarelo (fig.
15): se o sinal TPS estiver
Fig. 13
conectado executar três acele- Aquisição sinal rpm
rações a fundo para a aquisição e TPS ao
do sinal TPS, caso contrário, mínimo (marcha
lenta)
esperar a passagem do sistema
ao ponto 10;
9. após a aquisição completada o
led amarelo começa a lampejar
(fig. 16) se o sinal de TPS estiver Fig. 14
Sinal rpm e TPS
conectado, caso contrario segue adquiridos, ao
ao ponto seguinte; mínimoi

10. os leds verde e vermelho (fig.


17) se acendem: estabilizar o
motor a 3000 rpm e comutar a
gás;
11. depois da comutação os três Fig. 15
Aquisição TPS
leds indicam o estado da carbu-
ração (Vermelho: rica, Amarelo:
estequiométrica, Verde: pobre).
Depois de cinco oscilações
lambda completas, a aquisição
da posição do motor de passo e
dos valores lambda termina. Fig. 16
TPS adquirido
12. se nesta fase se verifica um erro
o três led começam a lampejar
ao mesmo tempo (fig. 18);
13. se a aquisição termina correta-
mente os leds vermelho e verde
10

lampejam por alguns segundos Fig. 17


Aquisição do reset
(fig. 19); STEP e Sinal
14. em seguida todos se apagam Lambda
(fig. 20);
15. desligar o motor;
16. desconectar o cabo de auto
parametrização do gerenciador;
17. partir o motor, comutar a gás e Fig. 18
deixar em marcha lenta cerca de Erro de aquisição
do reset STEP
20 segundos;
18. se os três leds no gerenciador
começarem a lampejar sequen-
cialmente, correr de um lado
para outro, a carburação está
correta, caso contrário regular Fig. 19
na agulha de mínimo ou na sen- Conclusão da
Aquisição
sibilidade do redutor, até que a
sonda inicie a oscilação.

ATENÇÃO! Se por engano o


cabo de auto-parametrização é
deixado inserido a parametri- Fig. 20
zação antes executada não pode Aquisição concluida

ser cancelada. Para acessar


novamente o ambiente de para-
metrização é necessário desco-
nectar o cabo e executar nova-
mente a parametrização comple-
ta, partindo do ponto 1. Fig. 21
Jump em posição
3.4. PARAMETRIZAÇÃO DA 2-3: emulação

EMULAÇÃO LAMBDA
lambda com sinal a
onda quadrada

Terminada a fase de primeira


aquisição e de auto configuração,
na seguinte partida o sistema já
está em condição de funcionar a
gás. “B” Trimmer

As parametrizações aqui descri-


tas são possíveis se o fio Azul do Vista “A” –Jump em posição 2-3 –
emulação lambda com sinal a
chicote Just G3 estiver conectado “A” Jump
onda quadrada

como na figura 7.
O gerenciador original vem com SINAL ONDA QUADRADA descrito no parágrafo 3.3.
uma configuração emulação de Para regular a riqueza do sinal
onda quadrada (fig. 21) com cerca Esta configuração (de default) emulado (percental de riqueza) é
de 50% de riqueza (fig. 22). se torna necessária nos veículos suficiente intervir no trimmer (fig.
Para modificar o tipo de emu- dotados de uma central de injeção 22). O trimmer permite uma regula-
lação Lambda, é necessário abrir a gasolina que requer um sinal lamb- gem linear compreendida entre o
tampa da caixa e mudar a posição da com um determinado tipo de 10% e o 90%. Na figura 22 é ilus-
do jump interno. Nos parágrafos mistura ar-carburante. trado como varia o sinal emulado
seguintes serão descritas as possí- Para emular o sinal lambda ao variar a posição do cursor no
veis configurações. com uma onda quadrada a 50% de Trimmer.
riqueza é suficiente instalar o
3.4.1. EMULAÇÃO LAMBDA COM gerenciador e configurá-lo como Entretanto, uma vez executada
11

a instalação, pode ser necessário VISTA “B” DA FIG. 21 SINAL EMULADO: FIO AZUL
regular uma segunda vez a riqueza
POSIÇÃO TRIMMER

V
do sinal emulado. Trimmer
Esta operação se torna neces- completa-
mente 1*
sária se o veículo funciona mal a em sentido

gasolina depois de ter funcionado


anti-horário:
10% de
t
por um certo tempo a gás e, em riqueza 0

particular serão notados:


V
- regime de mínimo (marcha
lenta) alterado,
Trimmer a
meio curso: 1*

- carburação a gasolina muito cerca de


50% de
rica ou muito pobre por vários riqueza
t
segundos (alguns sistemas de 0

injeção não conseguem mais reen- V


contrar o ponto normal de trabalho Trimmer
completa-
estequiométrico). mente 1*

- aceleração irregular do motor


em sentido
horário:
do mínimo até os 2.000-3.000 rpm. 90% de
t
riqueza 0

Para a regulagem é necessário


Fig. 22 -Sinal de onda quadrada para emulação Lambda em função da posição do Trimmer.
a utilização de um “Diagnostic Box” *Para gerenciador 0-5 V o sinal é análogo, o limite superior será de 5V ao invés de 1 V.
e de um “Jolly” conectados ao sinal
da sonda lambda. lambda retorna a trabalhar ao invés de fixa sobre “pobre”.
corretamente.
Para a regulagem seguir o pro- e - Repetir os pontos “c” e “d” com 3.4.2. EMULAÇÃO LAMBDA FIXA
cedimento: tempos de funcionamentos a
gás sempre mais longos (15 O gerenciador é capaz de
a - O motor deve funcionar bem a segundos, 30 segundos, 1-5- gerenciar o corte da sonda com
gasolina. Em particular ao 10-15 minutos), até atingir uma emulação fixa.
mínimo e o motor quente, o regulagem tal, que retornando Este tipo de emulação permite
sinal sonda lambda deve osci- a gasolina, se obtenha rapida- de direcionar ao “Recovery” algu-
lar regularmente na escala mente um bom funcionamento mas centrais de gasolina e de blo-
central do Diagnostic Box. Se do controle lambda. quear a auto-adaptatividade duran-
verificar algum problema conta- f - Aperfeiçoar a regulagem diri- te o funcionamento a gás.
tar o Serviço de Assistência gindo em estrada. Lembrar que A emulação pode ser direto a
Técnica BRC. o problema surge dirigindo por massa ou a circuito aberto.
b - Posicionar o trimmer de regula- longo trajeto à velocidade
gem do emulador próximo do constante, como em auto- 3.4.2.1. Emulação Lambda Fixa
meio do curso. estrada. Percorrer alguns quilô- direto a massa
c - Depois de ter comutado a gás metros a 100-130 km/h a gás,
manter o motor ao mínimo por depois comutar a gasolina e Nesta configuração durante o
5 - 10 segundos, depois reco- atuar sobre o trimmer como funcionamento a gás o fio Azul vem
mutar a gasolina. ilustrado no ponto “c”. posicionado a massa. O potencial
Se, nos primeiros segundos de neste fio é o mesmo retirado do fio
funcionamento com motor ao N.B. A parametrização ao míni- Preto do gerenciador Just G3.
mínimo e a gasolina, a carbu- mo é útil para aproximação fácil ao
ração aparece fixa em “pobre”, valor desejado. Para emular a sonda fixa direto
girar ligeiramente o trimmer em a massa é necessário:
sentido anti-horário. Se apare- - O ajuste na estrada é neces- a. desligar o veículo e o painel de
cer fixa sobre “rica”, girar ligei- sário para se ter a certeza que o instrumentos (se aceso);
ramente o trimmer em sentido problema foi eliminado. b. desconectar o chicote do
horário. - É ideal que, voltando a funcio- gerenciador Just G3;
d - Deixar funcionar o motor a nar a gasolina, a carburação fique c. retirar a tampa inferior e sacar
gasolina até que o controle alguns segundos fixa sobre “rica”, a placa eletrônica da caixa;
12

d. inserir o Jump entre 1 e 2 (fig. Fig. 23


Jump em posição
23); 1-2: emulação
e. recolocar a placa na caixa e lambda fixa à
massa
fechar a tampa;
f. reconectar o gerenciador;
g. partir o veículo e verificar o
bom funcionamento a gas e a
gasolina.

3.4.2.2. Emulação Lambda Fixa a


circuito aberto
Vista “A”
Jump em posição 1-2: emulação

Nesta configuração durante o


lambda fixa à massa
“A” Jump

funcionamento a gás o fio Azul


vem na posição de Circuito aberto. Fig. 24
Para emular a sonda a circuito Eliminar o Jump:
emulação lambda
aberto é necessário: fixa a circuito
a. desligar o veículo e o painel de aberto

instrumentos (se aceso);


b. desconectar o chicote do
gerenciador Just G3;
c. retirar a tampa inferior e sacar
a placa da caixa;
d. eliminar o Jump (fig. 24);
e. recolocar a placa na caixa e
fechar a tampa;
Vista “A”
Terminais sem Jump: emulação

f. reconectar o gerenciador;
lambda fixa a circuito aberto
“A” Jump

g. partir o veículo e verificar o


bom funcionamento a gás e a
gasolina.

3.4.3. ANOMALIA LAMBDA

O sistema Just G3 é capaz de


revelar um mau funcionamento da
sonda lambda, indicando tal ano-
malia com um lampejo simultâneo
dos três leds.
Se esta condição ocorre, o
motor de passo vai à posição de
reset (no controle lambda).
O sistema retorna a funcionar
normalmente depois de desligar e
religar o contato da chave de
ignição.

Você também pode gostar