Você está na página 1de 16

EXTENSIVO FUVEST 12/MARÇO/2011

SIMULADO CICLO 1 (11) 5575-0522 www.alferescoc.com.br

NOME:____________________Turma:______ 01. (FUVEST) Um senhor feudal construiu um fosso,


circundado por muros, em volta de seu castelo, conforme
Prezados alunos: a planta abaixo, com uma ponte para atravessá-lo. Em
um certo dia, ele deu uma volta completa no muro
Esta prova contém 90 TESTES (múltipla externo, atravessou a ponte e deu uma volta completa no
escolha) no estilo da FUVEST. muro interno. Esse trajeto foi completado em 5320
passos. No dia seguinte, ele deu duas voltas completas no
Verifique antes de começar a prova se a sua muro externo, atravessou a ponte e deu uma volta
completa no muro interno, completando esse novo trajeto
prova está legível, se não está faltando nenhuma
em 8120 passos. Pode-se concluir que a largura L do
questão ou se a impressão tem alguma falha que fosso, em passos, é:
impede a leitura correta dos enunciados. Caso isto
ocorra, solicite ao fiscal de prova para trocá-la.

Sempre antes de resolver um problema


leia-o pelo menos uma vez, e em seguida resolva-o
com uma segunda leitura. Não se esqueça de fazer
uma terceira leitura para que não haja confusão na
hora da resposta final de tal forma que ocorra
marcação errada ou ainda resposta secundária.

Nós, do ALFERES COC, consideramos


importante que:

1. VOCÊ PARTICIPE DE TODOS OS


SIMULADOS.
a) 36 b) 40 c) 44 d) 48 e) 50

2. VOCÊ JAMAIS COLE. 02. Observe este trecho de molécula de RNA


3. VOCÊ JAMAIS SAIA DA PROVA ANTES QUE
ESTA ACABE OU QUE A TENHA GABARITADO.

TEMPO MÍNIMO = TEMPO MÁXIMO.


4. “O ÚNICO CONCORRENTE À MINHA VAGA
SOU EU MESMO. NINGUÉM TIRA O QUE É
MEU, A NÃO SER QUE EU NÃO FAÇA A MINHA
PARTE. Pois se eu fizer todas as minhas
obrigações, terei a recompensa máxima de ser
aprovado na faculdade e no curso
de minha escolha.”

DESEJAMOS A VOCÊS UMA EXCELENTE PROVA

A função química decorrente da ligação entre a ribose e o


fosfato denomina-se:
a) éter b) cetona c) álcool
d) éster e) ácido carboxílico

03. Em cavernas asiáticas há vestígios de fogueiras


feitas há 500 mil anos. Aliás, a possibilidade de usar o
fogo diferencia o ser humano de outros animais.
Sociedades primitivas podem ter tomado contato com o
fogo que ocorria naturalmente por ação de um raio, por
exemplo. Em primeiro lugar, a humanidade aprendeu a
controlar e alimentar essa importante fonte de energia,
que a própria natureza oferecia. Posteriormente, o fogo foi
produzido atritando-se dois pedaços de madeira.

1
EXTENSIVO FUVEST 12/MARÇO/2011

SIMULADO CICLO 1 (11) 5575-0522 www.alferescoc.com.br

Do ponto de vista químico, o fogo foi o grande a) a política nuclear desenvolvida pelo Irã
responsável pela possibilidade de produzir alterações na b) a pretensão americana de instalar bases militares na Colômbia
matéria. c) a reconstrução do Haiti
d) a expansão da Petrobrás em outros países latinos
Dentre as transformações provocadas pelo fogo, e) os confiltos comerciais que envolvem a retaliação
identifique aquelas que são químicas. brasileira a produtos dos Estados Unidos
I. Os humanos podiam aproveitar a luz e o calor da
queima da lenha.
II. As carnes, churrasqueadas em um braseiro,
06. “Em 1917, Félix d’Hérelle então no Instituto Pasteur
melhoravam de consistência e sabor e podiam ser de Paris, inoculou placas de ágar com fezes de pacientes
conservadas por mais tempo. com disenteria e observou manchas translúcidas após o
III. Obtinha-se sal aquecendo e evaporando a água do mar. crescimento das bactérias. Félix d’Hérelle descreveu as
IV. O metal fundido, ao ser derramado no interior do estruturas responsáveis pela lise das bactérias com a
molde (de pedra), tomava sua forma após o resfriamento expressão bacteriófagos, o que significa “o que come
e a solidificação. bactérias“. Essas estruturas medem em geral entre 20 e
200 nm (nanômetros) e possuem morfologia diversa,
São transformações químicas o que se apresenta em apenas embora mais frequentemente se apresentem icosaédricos
a) I e II. b) I e III. c) I e IV. com cauda, ou ainda sejam filamentosos, e só se
d) II e IV. e) III e IV. desenvolvem em culturas celulares.”
(modificado de O potencial terapêutico dos bacteriófagos.
Laurimar Fiorentin Méd. Vet., Ph.D., Pesquisador da
04. EMBRAPA Suínos e Aves)
Darwin e a Febre no jardim proibido Sabendo que 1 nanômetro é igual a 1x10-6 mm, a
estrutura em discussão é:
Provavelmente, a rejeição dos historiadores à Biologia se a) um vírus, mede entre 2 x 10-5 e 2 x 10-4 nm, e é
explica pelos usos abusivos do darwinismo social, assim como classificado no Reino Monera
da Sociobiologia. Esses saberes foram tantas vezes cúmplices b) uma enzima, e mede entre 2 x 10-5 e 2 x 10-4 mm
da defesa de discriminações e perseguições cruéis contra c) um vírus, mede entre 2 x 10-5 e 2 x 10-4 mm e não é
alguns grupos sociais, apontados como biologicamente classificado em nenhum dos cinco reinos
inferiores. Os efeitos desastrosos nos deixaram certamente d) uma bactéria, mede entre 2 x 10-5 e 2 x 10-4 nm e é
“calejados”. Por isso, insisto, não se trata de aplicar a Biologia classificada no reino Monera
ao conhecimento histórico. Negar as diferenças entre as duas e) um vírus, mede entre 2 x 10-5 e 2 x 10-4 mm e não é
áreas não nos levaria a um instigante diálogo, mas a um classificado em nenhum dos cinco reinos
monólogo entediante e/ou perigoso.
Apesar desses riscos, há zonas de contato estimulantes. História
e Biologia evolutiva partilham uma decisiva reflexão sobre o
07. A taxa anual de desmatamento na Amazônia é
tempo, na qual emerge a importância do acontecimento e da calculada com dados de satélite, pelo Instituto Nacional de
criação. Também rejeitam a ideia de um fim determinado desde Pesquisas Espaciais (INPE), de 1° de agosto de um ano a
o início e do progresso linear em direção a ele, a precisão de 31 de julho do ano seguinte. No mês de julho de 2008, foi
considerar o jogo das probabilidades entre o acaso e a registrado que o desmatamento acumulado nos últimos 12
necessidade, além da impossibilidade das previsões, mesmo que meses havia sido 64% maior do que no ano anterior,
prognósticos sejam possíveis. quando o INPE registrou 4.974 km2 de floresta desmatada.
Regina Horta Duarte. Revista de História da Ciência da Nesses mesmos 12 meses acumulados, somente o estado
Biblioteca Nacional. de Mato Grosso, foi responsável por, aproximadamente,
quinta-feira, 23 de dezembro de 2010 56% da área total desmatada na Amazônia.
Jornal O Estado de São Paulo. Disponível em:
Considerando as informações do texto e os seus <http://www.estadao.com.br>.
conhecimentos, assinale a alternativa INCORRETA sobre Acesso em: 30 ago. 2008 (adaptado).
as relações entre história e biologia
a) a tentativa de separar história e biologia pode ter De acordo com os dados, a área desmatada sob a
origem no mau uso que se fez da aproximação das duas responsabilidade do estado do Mato Grosso, em julho de
disciplinas. 2008, foi:
b) se fizermos uma analise profunda veremos que história a) inferior a 2.500 km2
e biologia praticamente não apresentam diferenças b) superior a 2.500 km2 e inferior a 3.000 km2
enquanto ciências evolutivas. c) superior a 3.000 km2 e inferior a 3.900 km2
c) a reflexão sobre o tempo é o maior ponto de contato d) superior a 3.900 km2 e inferior a 4.700 km2
entre história e biologia. e) superior a 4.700 km2
d) a aproximação entre as duas disciplinas permite
perceber construir hipóteses e derrubar mitos como os 08. Entre 1961 e 1973, um total de 57.939 norte-
das previsões que buscam um fim previamente americanos morreram no conflito da Indochina, a mais
determinado para tudo. longa e custosa guerra externa na história dos Estados
e) a leitura desse texto nos mostra a importância de Unidos. A Força Aérea dos EUA jogou sobre o Vietnã uma
relacionar os conhecimentos que aparentemente são tão tonelagem de bombas mais de três vezes superior ao que
distantes no dia a dia escolar. foi jogado na Alemanha durante a Segunda Guerra.
KEYLOR, William R. "The twentieth-century world"; an
05. Recentemente Hilary Clinton, Secretária de Estado do international history. New York: Oxford University Press,
governo Barak Obama, esteve no Brasil em visita 1996. p. 375.
diplomática, procurando reforçar a necessidade de diálogo
entre os dois países, no sentido de superar alguns pontos
de atrito, dentre os quais NÃO se pode destacar

2
EXTENSIVO FUVEST 12/MARÇO/2011

SIMULADO CICLO 1 (11) 5575-0522 www.alferescoc.com.br

Considerando-se a Guerra do Vietnã, é CORRETO afirmar que


a) o conflito foi motivado pela intenção do Governo norte-
americano de impedir a expansão do Comunismo no
Sudeste asiático. a) 50 km/h com sentido de A para B
b) os norte-americanos deram apoio decidido às ações de b) 30 km/h com sentido de A para B
seu Governo no Vietnã e manifestaram insatisfação c) 40 km/h com sentido de A para B
quando suas tropas foram retiradas de lá. d) 30 km/h com sentido de B para A
c) os vietnamitas que enfrentavam o exército dos EUA e) 50 km/h com sentido de B para A
lutavam em condições difíceis, pois não dispunham de
apoio externo.
d) a saída das tropas norte-americanas e a subseqüente 11. João está parado em um posto de gasolina quando
derrota das forças locais pró-Ocidente levaram à divisão vê o carro de seu amigo, passando por um ponto P, na
do Vietnã. estrada, a 60 km/h. Pretendendo alcançá-lo, João parte
e) o conflito foi rapidamente resolvido com vitória das com seu carro e passa pelo mesmo ponto P, depois de 4
tropas americanas e instalação de um governo aliado minutos, já a 80 km/h. Considere que ambos dirigem com
nesta península. velocidades constantes. Medindo o tempo, a partir de sua
passagem pelo ponto P, João deverá alcançar seu amigo,
aproximadamente, em
09. Assinale a alternativa incorreta sobre a divisão
a) 2 minutos b) 4 minutos c) 8 minutos
regional a seguir, levando em consideração aspectos d) 10 minutos e) 12 minutos
históricos e geográficos.

12. Um jovem, em uma praia do Nordeste, vê a Lua a


Leste, próxima ao mar.
Ele observa que a Lua
apresenta sua metade superior
iluminada, enquanto a metade
inferior permanece escura. Essa
mesma situação, vista do
espaço, a partir de um satélite
artificial da Terra, que se
encontra no prolongamento do
eixo que passa pelos pólos, está
esquematizada (parcialmente)
a) A região II teve colonização rarefeita até o século 19. na figura, onde J é a
No final do século 19, destacou-se o ciclo da borracha. A posição do jovem. Pode-
ocupação foi intensificada nas últimas décadas, com a se concluir que, nesse
transformação da região em pólo de atração migratória, momento, a direção dos
graves conflitos pela posse da terra, expansão da fronteira raios solares que se
agropecuária (pecuária extensiva e soja), exploração dirigem para a Terra é
ilegal de madeira nobre e mineração. melhor representada por
b) A região III apresenta colonização antiga e destacou-
se pelo ciclo da cana-de-açúcar. Principalmente a partir do
século 20, tornou-se zona de emigração devido às
problemas socioeconômicos. Hoje, apresenta núcleos de
prosperidade econômica vinculados à industrialização A seta curva indica o sentido
através de incentivos fiscais, turismo e fruticultura de rotação da Terra
irrigada.
c) A região I prosperou a partir dos ciclos do ouro (século a) A b) B c) C d) D e) E
18) e do café (século 19). Hoje é a região mais populosa
do país, além de concentrar a industrialização, o 13. Um alto-falante fixo emite um som cuja frequência
agronegócio de alta produtividade e o sistema financeiro F, expressa em Hz, varia em função do tempo t na forma
nacional. F(t) = 1000 + 200 t. Num determinado momento, o alto-
d) A divisão regional em complexos regionais destacada falante está emitindo um som com uma frequência
no mapa utiliza critérios históricos e socioeconômicos. F1=1080 Hz. Nesse mesmo instante, uma pessoa P,
e) A divisão regional em regiões administrativas parada a uma distância D=34m do alto-falante, está
destacada no mapa utiliza critérios físicos, históricos e ouvindo um som com uma frequência F2,
disparidades socioeconômicas. aproximadamente, igual a

10. Uma jovem viaja de uma cidade A para uma cidade


B, dirigindo um automóvel por uma estrada muito
estreita. Em um certo trecho, em que a estrada é reta e
horizontal, ela percebe que seu carro está entre dois
caminhões–tanque bidirecionais e iguais, como mostra a
figura. A jovem observa que os dois caminhões, um visto
através do espelho retrovisor plano, e o outro, através do
pára-brisa, parecem aproximar-se dela com a mesma Velocidade do som no ar ≈ 340 m/s
velocidade. Como o automóvel e o caminhão de trás estão a) 1040 Hz b) 1060 Hz c) 1080 Hz
viajando no mesmo sentido, com velocidades de 40km/h d) 1100 Hz e) 1110 Hz
e 50km/h, respectivamente, pode-se concluir que a
velocidade do caminhão que está à frente é

3
EXTENSIVO FUVEST 12/MARÇO/2011

SIMULADO CICLO 1 (11) 5575-0522 www.alferescoc.com.br

14. Desejando fotografar a imagem, refletida por um 17. A figura a seguir mostra um atleta de ginástica
espelho plano vertical, de uma bola, colocada no ponto P, olímpica no aparelho de argolas. O ginasta encontra-se
uma pequena máquina fotográfica é posicionada em O, parado na posição mostrada.
como indicado na figura, registrando uma foto. Para obter Assinale qual dentre as alternativas a seguir a que melhor
outra foto, em que a imagem refletida da bola apareça representa as forças que atuam sobre ele, desprezando-se
com diâmetro duas vezes menor, dentre as posições as forças do ar.
indicadas, a máquina poderá ser posicionada somente em

A figura, vista de cima, esquematiza a situação,


estando os pontos representados no plano horizontal
que passa pelo centro da bola.
a) B b) C c) A e B d) C e D e) A e D

15. No modelo clássico do átomo de hidrogênio, do físico


dinamarquês Niels Bohr, um elétron gira em torno de um
próton com uma velocidade constante de 2 × 106 m / s e
em órbita circular de raio igual a 5 × 10−11 m . Se o elétron 18. Um homem equilibra verticalmente um bloco,
possui massa 9 × 10 −31
kg , a força centrípeta sobre ela é de comprimindo-o contra uma parede, conforme ilustra a
figura a seguir. Assinale a alternativa que pode
a) 7,2 × 10−14 N. b) 3,6 × 10−14 N. representar as forças que sobre o bloco atuam:
c) 8,0 × 10−10 N. d) 7,2 × 10−8 N.
−8
e) 3,6 × 10 N.

16.

19.

Na figura anterior, a corda ideal suporta um homem


pendurado num ponto equidistante dos dois apoios ( A1 e

A 2 ), a uma certa altura do solo, formando um ângulo θ de


120° . O corpo M representado na figura pesa 80 N e é
A razão T/P entre as intensidades da tensão na corda
mantido em equilíbrio por meio da corda
G AB e pela ação
( T ) e do peso do homem ( P ) corresponde a: da força horizontal F de módulo 60 N . Considerando

a) 1 b) 1 c) 1 g = 10 m/s , a intensidade da tração na corda AB ,


2
4 2
d) 2 e) 3 suposta ideal, em N , é:
a) 60 b) 80 c) 100
d) 120 e) 140

4
EXTENSIVO FUVEST 12/MARÇO/2011

SIMULADO CICLO 1 (11) 5575-0522 www.alferescoc.com.br

Dado:
21. Em meados de 1803 John Dalton, um professor de
ciências inglês, propôs que a maioria das observações científicas
feitas até o século XVIII poderiam ser explicadas se os
pesquisadores da época admitissem a existência dos átomos.
Dalton fez as seguintes proposições:
1a) Toda a matéria é constituída por partículas fundamentais
denominadas átomos.
2a) Os átomos são indivisíveis e indestrutíveis.
3a) Todos os átomos que pertencem ao mesmo elemento
químico tem propriedades idênticas e átomos que pertençam a
elementos químicos diferentes têm propriedades diferentes.
4a) Uma alteração química ocorre quando os átomos
sofrem uma recombinação ou rearranjo.
5a) Os compostos químicos são formados por átomos de
elementos químicos diferentes em proporções fixas.
Baseando-se no texto anterior, observe os esquemas
dados a seguir e assinale a alternativa que NÃO está de
acordo com as proposições de Dalton.

20. Uma questão sempre intrigou os filósofos e os


cientistas: a constituição elementar da matéria. Certamente
você já ouviu falar que a fórmula da água é H2O. Essa
fórmula representa a substância cujas moléculas são
formadas por dois átomos do elemento químico hidrogênio
e um átomo do elemento químico oxigênio. A fórmula O3
representa a substância cujas moléculas são formadas por
três átomos do elemento oxigênio.
No modelo a seguir, átomos estão representados por
figuras geométricas. Nele, figuras iguais representam
átomos de um mesmo elemento químico.

22. "O espaço entre as moléculas atômicas está ocupado


por partículas de carga negativa". Esta é uma afirmação
feita por:
Com base nos dados fornecidos, pode-se afirmar que no a) Dalton; b) Thomson; c) Rutherford;
modelo representado existem: d) Richter; e) Proust.
a) elementos: 3
átomos: 4
moléculas: 20
23. Ao resumir as características de cada um dos
sucessivos modelos do átomo de hidrogênio, um
substâncias: 6
estudante elaborou o seguinte resumo:
b) elementos: 2
átomos: 6 MODELO ATÔMICO: Dalton
moléculas: 20 CARACTERÍSTICAS: átomos maciços e indivisíveis.
substâncias: 4
c) elementos: 20 MODELO ATÔMICO: Thomson
átomos: 3 CARACTERÍSTICAS: elétron, de carga negativa, incrustado
moléculas: 4 em uma esfera de carga positiva. A carga positiva está
substâncias: 6 distribuída, homogeneamente, por toda a esfera.
d) elementos: 20
MODELO ATÔMICO: Rutherford
átomos: 4
CARACTERÍSTICAS: elétron, de carga negativa, em órbita
moléculas: 3
em torno de um núcleo central, de carga positiva. Não há
substâncias: 6
restrição quanto aos valores dos raios das órbitas e das
e) elementos: 3
energias do elétron.
átomos: 20
moléculas: 6
O número de ERROS cometidos pelo estudante é:
substâncias: 4
a) 0 b) 1 c) 2 d) 3 e) 4

5
EXTENSIVO FUVEST 12/MARÇO/2011

SIMULADO CICLO 1 (11) 5575-0522 www.alferescoc.com.br

Texto para as questões 25 a 27.


24. Em 1909, Ernest Rutherford, Hans Geiger e Ernest
Marsden realizaram, no próprio laboratório do professor A massa e o volume dos materiais A, B e C foram
Ernest Rutherford, uma série de experiências que determinados a 30°C; amostras sólidas dos três materiais
envolveram a interação de partículas alfa com diversos foram aquecidas, mantendo a temperatura controlada a
materiais como papel, mica e ouro. partir 0°C durante todo este processo de aquecimento. Os
A pedido do Professor Ernest Rutherford seus alunos gráficos representam os resultados obtidos.
avançados Geiger e Marsden realizaram experimentos
mais detalhados sobre o espalhamento de partículas alfa
(α) por uma fina lâmina de ouro de 0,01 mm. Eles usaram 25. A massa da amostra de um dos três materiais,
um aparelho no qual as partículas alfa podiam se medida na temperatura de 30°C, é de 50 g.
detectadas em um anteparo móvel revestido de sulfeto de
zinco (ZnS). Observe o esquema do aparelho e das
observações da experiência na figura a seguir.

Com base nessas informações e no exame das figuras I e


II, é correto afirmar que a amostra:
a) Somente pode ser constituída do material A.
b) Somente pode ser constituída do material B.
c) Somente pode ser constituída do material C.
d) Não pode ser constituída do material A.
e) Pode ser constituída por qualquer um dos três materiais.

26. Considere as figuras a seguir:


Antes da experiência, Rutherford acreditava, baseado no
modelo de Thomson, que não existia uma alta
concentração de carga na placa de ouro e por isso não
seriam exercidas forças sobre as partículas alfa e
conseqüentemente não haveria espalhamento dessas
partículas quando elas fossem bombardeadas sobre a
placa. Ele esperava que a maioria das partículas alfa
atravessasse a lâmina sem espalhamento ou que algumas
delas sofressem pequenos desvios. Porém, após a
experiência, Rutherford chegou à conclusão que:
a) para acontecerem deflexões muito acentuadas a ponto
de inverter a direção e o sentido das partículas alfa,
lembrando que o modelo de Thomson não era conhecido
na época, deveriam existir repulsões muito fortes.
b) para acontecerem deflexões muito acentuadas a ponto
de inverter a direção e o sentido das partículas alfa, Com base nas informações disponíveis sobre os materiais
lembrando que o modelo de Thomson não fala em A, B e C, e sabendo-se que eles não interagem entre si, a
repulsões, não deveriam existir elétrons. Ele conclui que o figura que melhor representa uma mistura dos três
modelo de Thomson deveria estar incorreto. materiais, a 30°C, é a:
c) para acontecerem deflexões muito acentuadas a ponto a) I b) II c) III d) IV e) V
de inverter a direção e o sentido das partículas alfa,
lembrando que o modelo de Thomson fala em repulsões,
deveriam existir partículas com grande massa e carga 27. A massa e o volume da amostra de um dos três
nula. Ele conclui que deveriam existir nêutrons no núcleo materiais foram determinados a 30°C, encontrando-se os
do átomo. valores de 25 g e 50 mL, respectivamente.
d) para acontecerem deflexões muito acentuadas a ponto
de inverter a direção e o sentido das partículas alfa,
lembrando que o modelo de Thomson não fala em
repulsões, deveriam existir repulsões muito fortes. Ele
conclui que o modelo de Thomson deveria estar incorreto.
e) para acontecerem deflexões muito acentuadas a ponto
de inverter a direção e o sentido das partículas alfa,
lembrando que o modelo de Thomson não fala em
repulsões, deveriam existir repulsões muito fortes. Ele
conclui que o modelo de Thomson deveria estar correto.

6
EXTENSIVO FUVEST 12/MARÇO/2011

SIMULADO CICLO 1 (11) 5575-0522 www.alferescoc.com.br

Com base nesta informação e nas figuras I e II é


INCORRETO afirmar com relação à amostra:
32. (UNESP) Para todo número real 'a', o número '-a'
a) O seu ponto de ebulição é de 60°C. chama-se oposto de 'a' e para todo número real 'a', a ≠ 0 , o
b) É constituída do material mais denso entre os três. número 1/a chama-se inverso de a. Assim sendo, ao
c) Durante a determinação da massa e do volume, ela se determinarmos todos os números reais x, x ≠ 1 , tais que o
encontrava no estado líquido. inverso do oposto de (1 − x ) seja igual a x + 3 , encontramos
d) A 80°C, ela será um gás.
a) apenas 1 valor para x
e) É constituída do material C.
b) apenas 2 valores distintos para x
c) apenas 3 valores distintos para x
28. Assinale a opção que contém a afirmação ERRADA d) nenhum valor para x
relativa à curva de resfriamento apresentada a seguir. e) infinitos valores para x

33. (FEI) A equação x2 − x + c = 0 possui duas raízes reais


“r” e “s” tais que r = 2 s ; então o valor de 9 c é:
a) −1 b) 1 c) 2 d) 3 e) 4

34. (FUVEST) Num bolão, sete amigos ganharam vinte e


um milhões, sessenta e três mil e quarenta e dois reais. O
prêmio foi dividido em sete partes iguais. Logo, o que
cada um recebeu, em reais, foi:
a) 3.009.006,00 b) 3.009.006,50
a) A curva pode representar o resfriamento de uma c) 3.090.006,00 d) 3.090.006,50
substância sólida, que apresenta uma única forma cristalina. e) 3.900.060,50
b) A curva pode representar o resfriamento de um líquido
constituído por uma substância pura.
c) A curva pode representar o resfriamento de uma mistura 35. (FUVEST) No segmento AC , toma-se um ponto B
azeotrópica. AB BC BC
d) A curva pode representar o resfriamento de uma mistura de forma que =2 . Então, o valor de é:
AC AB AB
eutética.
e) A curva pode representar o resfriamento de uma mistura 1 3 −1
a) b) c) 5 −1
líquida de duas substâncias que são completamente 2 2
miscíveis no estado sólido.
5 −1 5 −1
d) e)
2 3
29. O sangue apresenta cor vermelha devido à
hemoglobina. Na molécula da hemoglobina está presente
o íon de um elemento químico responsável, em grande 36. (FUVEST) As soluções da equação
parte, por esta cor. A quantidade total deste elemento no
x − a x + a 2. a + 1 ( 4
)
+ =
( )
corpo de um ser humano adulto é da ordem de quatro , onde a≠ 0, são:
gramas. Esta quantidade é suficiente para fazer um x+a x−a x2 − a2
pequeno objeto como, por exemplo, um prego. −a a −a a
A hemoglobina é responsável pelo transporte do oxigênio a) e b) e
dos pulmões para as células, onde é realizada a oxidação 2 4 4 4
dos carboidratos. Nesta reação há a liberação de um gás −1 1 1 1
c) e d) − e
que é absorvido pelo sangue que o carrega até os 2a 2a a 2a
pulmões, onde é trocado por oxigênio, reiniciando o ciclo.
1 1
O elemento químico presente no íon citado e o gás liberado e) − e
na oxidação dos carboidratos são, respectivamente: a a
a) Cobre e gás oxigênio.
b) Cobre e gás carbônico. 37. Uma fazenda estende-se por dois municípios A e B.
c) Ferro e gás carbônico.
A parte da fazenda que está em A ocupa 8% da área
d) Ferro e gás oxigênio.
desse município. A parte da fazenda que está em B ocupa
e) Cálcio e gás amônia.
1% da área desse município.
Sabendo-se que a área do município B é dez vezes a área
30. (MACK) As x pessoas de um grupo deveriam do município A, a razão entre a área da parte da fazenda
contribuir com quantias iguais a fim de arrecadar que está em A e a área total da fazenda é igual a
R$15.000,00, entretanto 10 delas deixaram de fazê-lo, 1 2 3 4 5
a) b) c) d) e)
ocasionando, para as demais, um acréscimo de R$ 50,00 9 9 9 9 9
nas respectivas contribuições. Então x vale.
a) 60 b) 80 c) 95 d) 115 e) 120
38. Um comerciante comprou um produto com 25% de
desconto sobre o preço do catálogo. Ele deseja marcar o
31. (UFRS) Um grupo de estudantes dedicado à preço de venda de modo que, dando um desconto de 25%
confecção de produtos de artesanato gasta R$ 15,00 em sobre esse preço, ainda consiga um lucro de 30% sobre o
material, por unidade produzida, além disso, tem um custo. A porcentagem sobre o preço do catálogo que ele
gasto fixo de R$ 600,00. Cada unidade será vendida por deve usar para marcar o preço de venda é
R$ 85,00. Quantas unidades terão de vender para a) 110% b) 120% c) 130%
obterem um lucro de R$ 800,00? d) 135% e) 140%

a) 7 b) 10 c) 12 d) 15 e) 20

7
EXTENSIVO FUVEST 12/MARÇO/2011

SIMULADO CICLO 1 (11) 5575-0522 www.alferescoc.com.br

39. Cássia aplicou o capital de R$ 15.000,00 a juros 43. (UFSC - adaptada) Assinale a(s) proposição(ões)
composto, pelo período de 10 meses e à taxa de 2% a.m. CORRETA(S).
(ao mês). Considerando a aproximação (1,02)
5
= 1,1 , I. Os acentos gráficos em corrupião, lá e baldeação são
justificados pela mesma regra.
Cássia computou o valor aproximado do montante a ser II. São classificadas como oxítonas: corrupião, poder e
recebido ao final da aplicação. Esse valor é: conduzi-lo.
a) R$ 18.750,00. b) R$ 17.150,00. III. As palavras beira, aérea e tédio possuem a mesma
c) R$ 17.250,00. d) R$ 18.150,00. classificação quanto à posição da sílaba tônica.
e) R$ 16.500,00. IV. Os acentos gráficos dos vocábulos você, protegê-los e
contém seguem as regras de acentuação das oxítonas.
40. Leia o texto e responda o exercício abaixo V. Em idade, ainda e fluido temos três palavras com o
mesmo número de sílabas.
Se você quer construir um navio, não peça às pessoas que VI. As palavras gratuito, debaixo e implicou são
consigam madeira, não dê a elas tarefas e trabalhos. Fale, trissílabas.
antes, a elas, longamente, sobre a grandeza e a a) I, II, III, IV e VI b) I, II, IV e VI
imensidão do mar. c) II, III, IV, V e VI d) II, III, IV e VI
(Saint-Exupéry) e) III, IV e VI

No texto apresentado, Saint-Exupéry defende 44. Observe a tira.


a) a motivação das pessoas para fazer seu trabalho.
b) a posição de que aquele que manda não precisa saber
fazer.
c) a delegação de tarefas, sem demasiadas explicações.
d) o esclarecimento das tarefas a serem realizadas.
e) o planejamento estratégico na elaboração de um
trabalho.

41. Leia o texto para responder a questão abaixo.


EU TE AMO
(Tom Jobim e Chico Buarque)
No título do texto – Uma ideia radical demais – aparece a
Ah, se já perdemos a noção da hora, palavra ideia e, destacada no 2.° parágrafo, a palavra
Se juntos já jogamos tudo fora, constrói. Tendo como base as informações da tira,
Me conta agora como hei de partir… conclui-se que
Se, ao te conhecer, dei pra sonhar, fiz tantos desvarios, a) nenhuma das duas palavras contém ditongo, por isso a
Rompi com o mundo, queimei meus navios, regra do acordo descrita não se aplica a elas.
Me diz pra onde é que inda posso ir… b) ambas as palavras estão corretamente grafadas, tendo
[…] como referência o novo acordo ortográfico.
Se entornastes a nossa sorte pelo chão, c) nenhuma das palavras deve receber acento agudo no
Se na bagunça do teu coração ditongo aberto, pois elas são oxítonas.
Meu sangue errou de veia e se perdeu… d) ambas as palavras deveriam receber acento, pois este
[…] deve estar presente nos ditongos das paroxítonas,
Como, se nos amamos como dois pagãos, conforme o novo acordo ortográfico.
Teus seios inda estão nas minhas mãos, e) houve troca no acento, pois a primeira, por ser oxítona,
Me explica com que cara eu vou sair… é que deveria ser acentuada conforme o novo acordo
Não, acho que estás só fazendo de conta, ortográfico.
Te dei meus olhos pra tomares conta,
Agora conta como hei de partir… Texto para a próxima questão.

Neste texto, em que predomina a linguagem culta e Leveza


literária, ocorre também a seguinte marca da linguagem
coloquial: Leve é o pássaro
a) emprego de “hei” no lugar de “tenho” e a sombra voante
b) falta de concordância quanto à pessoa nas formas mais leve
verbais estás, tomares e conta. E a cascata área
c) emprego de verbos predominantemente na 2ª pessoa de sua garganta
do singular. mais leve
d) redundância semântica, pelo emprego repetido da
palavra “conta” na última estrofe. E o que lembra, ouvindo-se
e) emprego das palavras bagunça e cara. deslizar seu canto
mais leve
42. Identifique a alternativa em que um dos vocábulos, E o desejo rápido
segundo o Acordo Ortográfico, recebeu indevidamente desse antigo instante
acento gráfico: mais leve
a) céu – réu – véu;
b) chapéu – ilhéu – incréu; E a fuga invisível
c) mói – herói – jóia; do amargo passante
d) anéis – fiéis – réis; mais leve.
e) anzóis – faróis – lençóis. (Cecília Meireles)

8
EXTENSIVO FUVEST 12/MARÇO/2011

SIMULADO CICLO 1 (11) 5575-0522 www.alferescoc.com.br

O líder se assusta enquanto dorme. O povo ameaça o


45. Considere as informações abaixo e assinale a
líder? Não, pois se líder é aquele que guia o povo
alternativa incorreta. exatamente porque aderiu ao povo. O povo ameaça o
a) As palavras "sombra" e "voante" possuem a mesma líder? Não, pois se o povo escolheu o líder. O povo
quantidade de letras, mas não de fonemas. ameaça o líder? Não, pois o líder cuida do povo. O povo
b) Os vocábulos "invisível", "canto" e "fuga" são todos ameaça o líder?
formados através de processos de derivação. Sim, o povo ameaça o líder do povo. O líder revolve-se na
c) A palavra "área" possui, simultaneamente, um hiato e cama. De noite ele tem medo. Mas o pesadelo é um
um ditongo. pesadelo sem história. De noite, de olhos fechados, vê
d) A palavra "leveza" possui radical "LEV_", vogal caras quietas, uma cara atrás da outra. E nenhuma
temática "E" e sufixo "EZA". expressão nas caras. É só este o pesadelo, apenas isso.
e) No termo "invisível", "IN" é prefixo de negação, Mas cada noite, mal adormece, mais caras quietas vão se
enquanto na palavra "instante", "IN" é parte do radical. reunindo às outras, como na fotografia de uma multidão
em silêncio. Por quem é este silêncio? Pelo líder. É uma
Texto para a próxima questão. sucessão de caras iguais como na repetição monótona de
um rosto só. Nas caras não há senão a inexpressão. A
A BORBOLETA inexpressão ampliada como em fotografia ampliada. “. É
só isso. Mas o líder se cobre de suor diante da visão
Cada vez que o poeta cria uma borboleta, o leitor inócua de milhares de olhos vazios que não pestanejam.
exclama: "Olha uma borboleta!" O crítico ajusta os Durante o dia o discurso do líder é cada vez mais longo,
*nasóculos e, ante aquele pedaço esvoaçante de vida, ele adia cada vez mais o instante da chave de ouro.
murmura: - Ah!, sim, um lepidóptero... Ultimamente ataca, denuncia, denuncia, denuncia,
(Mário Quintana, "Caderno H".) esbraveja e quando, em apoteose, termina, vai para o
*nasóculos = óculos sem hastes, ajustáveis ao nariz. banheiro, fecha a porta e, uma vez sozinho, encosta-se à
porta fechada, enxuga a testa molhada com o lenço. Mas
46. Depreende-se desse fragmento que, para Mário tem sido inútil. De noite é sempre maior o número
Quintana, silencioso. Cada noite as caras aproximam-se um pouco
a) a crítica de poesia é meticulosa e exata quando acolhe mais. Cada noite ainda um pouco mais. Até que ele já lhes
e valoriza uma imagem poética. sente o calor do hálito. As caras inexpressivas respiram -
b) palavras como "borboleta" ou "lepidóptero" mostram o líder acorda num grito. Tenta explicar à mulher: sonhei
que há convêrgencia entre as linguagens da ciência e da que... sonhei que... Mas não tem o que contar. ¨Sonhou
poesia. que era um líder de pessoas vivas.
c) o leitor e o poeta relacionam-se de maneira antagônica (LISPECTOR, Clarice. "Para não esquecer".
com o fenômeno poético. São Paulo: Siciliano, 1992.)
d) o poeta e o crítico sabem reconhecer a poesia de uma
expressão como "pedaço esvoacante de vida". No segundo parágrafo do texto, há uma pergunta que se
e) uma imagem poética logo se converte, na visão de um repete - "O povo ameaça o líder?"
crítico, em um referente prosaico. Essa pergunta é respondida por uma série de negativas,
que culminam, contudo, em uma resposta afirmativa, no
início do terceiro parágrafo - "Sim, o povo ameaça o líder
47. É uma índia com um colar do povo." (ref. 5)
A tarde linda que não quer se pôr Todavia, esse jogo entre opostos não constitui
Dançam as ilhas sobre o mar contradição.
Sua cartilha tem o a de que cor? A justificativa que valida essa estrutura de argumentação
O que está acontecendo? está descrita em:
O mundo está ao contrário e ninguém reparou a) as negativas são possíveis, pois se vinculam a
O que está acontecendo? condições.
Eu estava em paz quando você chegou. b) as negativas são falsas, porque se baseiam em fatos
irrelevantes.
Gonçalves Dias? Casimiro de Abreu? Castro Alves? Não! c) a afirmativa é inverossímil, porque se reforça por uma
Estes versos são de Nando Reis, ex-Titãs. É possível repetição.
identificar nesse fragmento: d) a afirmativa é falaciosa, pois se estrutura em ironia.
I. Uma metáfora nos versos 1 e 2, entre índia / tarde. e) n.d.a.
II. As assonâncias, que estão marcadas em /a/, /o/ e /e/.
III. Comparação no verso 6.
IV. Rimas cruzadas e versos isométricos (mesmo número
49. O texto clariceano nos conta uma história de caráter
de sílabas poéticas) universal. Uma das estratégias para alcançar esse efeito
de universalidade está relacionada com a seguinte
Está(ão) correta(s) característica do texto:
a) apenas I e III. b) apenas III. a) ausência de foco narrativo
c) apenas II e IV. d) apenas I e II. b) indeterminação do contexto espacial
e) apenas IV. c) exploração das seqüências descritivas
d) especificação das circunstâncias temporais
e) uso de narrativa em primeira pessoa
48.
O LÍDER
50. Esse texto de Clarice Lispector nos leva à reflexão
O sono do líder é agitado. A mulher sacode-o até acordá- sobre a responsabilidade e a tensão inerentes ao papel do
lo do pesadelo. Estremunhado, ele se levanta, bebe um líder. Tal reflexão é desencadeada pela inquietação e pelo
gole de água. Diante do espelho refaz uma expressão de medo do personagem principal.
homem de meia-idade, alisa os cabelos das têmporas,
volta a se deitar. Adormece e a agitação recomeça. "Não,
não!" debate-se ele com a garganta seca.

9
EXTENSIVO FUVEST 12/MARÇO/2011

SIMULADO CICLO 1 (11) 5575-0522 www.alferescoc.com.br

O desconhecimento das origens desses sentimentos que


afligem o líder evidencia-se na seguinte passagem:
52.
a) "Durante o dia o discurso do líder é cada vez mais "Com uma linguagem composta unicamente de
longo," (ref. 3) [adjetivos
b) "Não, pois se o povo escolheu o líder." (ref. 1) Como decerto é a linguagem das plantas e dos
c) "Mas o pesadelo é um pesadelo sem história." (ref. 2) [animais."
d) "Até que ele já lhes sente o calor do hálito." (ref. 4)
e) “Um painel e cada vez com maior número de caras Referindo-se à linguagem das plantas e dos animais, o poeta
iguais (ref.5)” a) ironiza a idéia de que ela seja composta apenas por
adjetivos.
b) nega que ela seja composta apenas por adjetivos.
51. De gramática e de linguagem c) mostra que, em muitas situações, ela deve ser
composta de adjetivos.
E havia uma gramática que dizia assim: d) põe em dúvida o fato de que ela seja composta apenas
"Substantivo (concreto) é tudo quanto indica por adjetivos.
Pessoa, animal ou cousa: João, sabiá, caneta". e) indica a possibilidade de que ela seja composta apenas
Eu gosto é das cousas. As cousas, sim!... por adjetivos.
As pessoas atrapalham. Estão em toda parte.
[Multiplicam-se em excesso.
53. No poema, a relação entre as PESSOAS e as
As cousas são quietas. Bastam-se. Não se metem COUSAS é de
[com ninguém. a) contiguidade.
Uma pedra. Um armário. Um ovo. (Ovo, nem b) oposição.
[sempre, c) semelhança.
Ovo pode estar choco: é inquietante...) d) compatibilidade.
As cousas vivem metidas com as suas cousas. e) complementaridade.
E não exigem nada.
Apenas que não as tirem do lugar onde estão.
E João pode neste mesmo instante vir bater à 54. Nova Poética
[nossa porta.
Para quê? não importa: João vem! Vou lançar a teoria do poeta sórdido.
E há de estar triste ou alegre, reticente ou Poeta sórdido:
[falastrão. Aquele em cuja poesia há a marca suja da vida.
Amigo ou adverso... João só será definitivo Vai um sujeito,
Quando esticar a canela. Morre, João... Sai um sujeito de casa com a roupa de brim
Mas o bom, mesmo, são os adjetivos, [branco muito bem engomada,
Os puros adjetivos isentos de qualquer objeto. e na primeira esquina passa um caminhão,
Verde. Macio. Áspero. Rente. Escuro. Luminoso. salpica-lhe o paletó de uma nódoa de lama:
Sonoro. Lento. Eu sonho
Com uma linguagem composta unicamente de É a vida.
[adjetivos
Como decerto é a linguagem das plantas e dos O poema deve ser como a nódoa no brim:
[animais. Fazer o leitor satisfeito de si dar o desespero. (...)
Ainda mais:
Eu sonho com um poema Manuel Bandeira
Cujas palavras sumarentas escorram A característica modernista AUSENTE no poema de Manuel
Como a polpa de um fruto maduro em tua boca, Bandeira é:
Um poema que te mate de amor a) presença de elementos prosaicos.
Antes mesmo que tu saibas o misterioso sentido: b) liberdade formal e temática.
Basta provares o seu gosto... c) expressão da realidade urbana moderna.
(Mário Quintana) d) nacionalismo engajado.
e) aproximação da linguagem falada à literária.
Observe os pares de versos:
"Substantivo (concreto) é tudo quanto indica 55.
Pessoa, animal ou cousa: João, sabiá, caneta."
"Na macumba do Encantado
"Antes mesmo que tu saibas o misterioso Nego véio de santo fez mandinga
[sentido: No palacete de Botafogo
Basta provares o seu gosto..." Sangue de branca virou água
Foram vê estava morta."
Considerando-se o título e os sentidos propostos no
poema, é correto afirmar sobre os versos que Qual das afirmações a seguir, referentes ao texto anterior,
a) o primeiro par remete à idéia de gramática; o segundo, está incorreta?
idéia de linguagem. Neles predominam, respectivamente, a) Ausência de preconceitos contra os chamados
a função metalingüística e a apelativa. elementos "apoéticos".
b) ambos os pares remetem à idéia de gramática; b) Infração das normas de pontuação e eliminação de
portanto, neles predomina a função metalingüística. nexos sintáticos.
c) o primeiro par remete à idéia de gramática; o segundo, à idéia c) Enumeração caótica, ou seja, acúmulo de palavras sem
de linguagem. Nos dois pares, predomina a função referencial. ligação evidente entre elas.
d) ambos os pares remetem à idéia de linguagem. No primeiro, d) Busca de uma expressão mais coloquial, próxima do
a função é metalingüística; no segundo, referencial. modo de falar brasileiro.
e) o primeiro par remete à idéia de linguagem; o e) Incorporação do cotidiano, do prosaico, do grosseiro,
segundo, à idéia de gramática. Em ambos os pares, estão do vulgar.
presentes as funções apelativa e referencial.

10
EXTENSIVO FUVEST 12/MARÇO/2011

SIMULADO CICLO 1 (11) 5575-0522 www.alferescoc.com.br

Read the text and answer questions 56 and 57. The data showed that having a second-degree
relative (aunt, uncle or grandparent) or third-degree
Mother's diet sows seeds of diabetes in the womb relative (cousin) with the condition increased a person’s
risk, regardless of environmental factors. And having an
07 March 2011 by Andy Coghlan immediate family member raised a person’s risk more
Pregnant mothers with unbalanced diets may than four times.
be more likely to bear children at risk of adult type 2 Other studies have strengthened the hypothesis by
diabetes, a study in mice suggests. identifying at least two versions of a gene that produces a
The experiments show that poor diet can lead collagen protein and appears closely linked to sciatica and
to abnormal development of the pancreatic beta cells - disk herniation.
which make insulin, the hormone vital for regulating
blood sugar levels. This can trigger diabetes in
adulthood as the cells "wear out" sooner than usual,
58. According to the text,
says Susan Ozanne of the University of Cambridge, co- a) the closer the relative, the less likely the person will
leader of the team. develop back pain.
Female mice fed a low-protein diet carried b) development of back pain appears to have a genetic
fetuses with reduced production of a protein called component.
Hnf4a in their beta cells. The researchers proved that c) genetics has nothing to do with back pain.
this was caused by chemical "epigenetic" changes to d) one can infer that back pain is irreversible.
parts of the gene that codes for Hnf4a, making it less e) back pain can solely be explained by environmental
active than it should be. As a result, the beta cells factors.
"aged" prematurely even in the womb, so were
relatively "old" in the newborn pups. 59. The plural form of the word analysis is:
Ozanne says that similar ageing effects have a) analyses.
been identified in beta cells from people with type 2 b) analysa.
diabetes, but she adds that her team have yet to prove c) analyzes.
this is linked to poor maternal diet in humans. d) analyzis.
e) analysum.
56. According to the text,
a) perhaps mothers who have diabetes may blame their Read the quote and answer question 60.
kids for it.
b) kids who have diabetes will have to deal with it the rest Eighty percent of married men cheat in America. The rest
of their lives. cheat in Europe.
c) surprisingly, a kid´s bad diet may cause diabetes in the Jackie Mason
mother. US comedian (1934 - )
d) mothers who have a balanced diet may make their kids
diabetic. 60. The quote can be read as:
e) due to their mother´s bad diet, kids may suffer from a) most single men cheat.
diabetes. b) most married men don´t cheat.
c) no married men cheat.
57. The word likely has the following synonym: d) all married men cheat.
a) proportional. b) preference. e) some married men cheat.
c) probable. d) similar.
e) odd. 61. "Para nós, a autoridade não é necessária à
organização social; ao contrário, acreditamos que ela é
Read the text and answer questions 58 and 59. sua parasita, que impede sua evolução e utiliza seu poder
em proveito próprio de uma certa classe que explora e
March 7, 2011 oprime as outras. Enquanto houver harmonia de
interesses em uma coletividade, enquanto ninguém quiser
The Claim: Back Pain Runs in Families ou puder explorar os outros, não haverá marcas de
By ANAHAD O’CONNOR autoridade; mas, quando surgirem lutas internas e a
THE FACTS coletividade se dividir em vencedores e vencidos, então a
autoridade aparecerá, autoridade que, naturalmente,
Heavy lifting, overuse and middle age are some of estará a serviço dos interesses dos mais fortes e servirá
the most familiar risk factors for lower back pain. But for para confirmar, perpetuar e reforçar sua vitória."
many people, predicting a lifetime of lumbar trouble could (Enrico Malatesta. Textos escolhidos. Porto Alegre: LPM,
be as simple as consulting the family tree. 1984, p. 25)
A growing number of studies are finding that
chronic back pain has a strong genetic component. In the O fragmento acima defende postura
past, researchers who looked at families with multiple a) humanista: acredita na harmonia entre os homens e
back patients had trouble ruling out the environmental opõe-se a qualquer tipo de conflito social.
factors that relatives often share, like similar lifestyles and b) anarquista: rejeita a necessidade da autoridade e a vê
careers, or habits like smoking and lack of exercise. Now, como instrumento de poder e de dominação.
however, studies have shown a clear connection. c) autoritária: concebe a autoridade como natural e exclui
In one large analysis published in February in The qualquer tentativa de utilizá-la na vida em comunidade.
Journal of Bone and Joint Surgery, researchers at the d) socialista: critica a autoridade exercida pela classe
University of Utah used records from a large health and dominante e defende o poder nas mãos dos
genealogic database to study more than a million Utah trabalhadores.
residents. As they scoured the data, they focused on e) liberal: celebra o valor universal da liberdade e recusa
people with herniated or degenerating disks — diagnoses a imposição da vontade de uns sobre outros.
that commonly result in chronic pain.

11
EXTENSIVO FUVEST 12/MARÇO/2011

SIMULADO CICLO 1 (11) 5575-0522 www.alferescoc.com.br

Tomando por base o texto é INCORRETO afirmar que:


62. Observe o mapa a seguir. a) A formação dos blocos econômicos mundiais não
proporcionou um crescimento equitativo para todos os
países membros.
b) A divisão internacional do trabalho influencia no
intercâmbio do comércio mundial.
c) Os países do capitalismo central estabelecem trocas
desiguais com o mundo periférico, principalmente, pelo
domínio científico-tecnológico.
d) Os centros de poder, que compõem a nova ordem
mundial, possuem um ator hegemônico, qual seja: os
Estados Unidos, que controlam e comandam todos os
demais países, evidenciando a monopolaridade da nova
ordem mundial.
e) n.d.a.

65. Observe a figura a seguir.

Considere as seguintes afirmações em relação à região


destacada no mapa.
I. Ela foi alvo dos únicos ataques com artefatos nucleares
contra seres humanos registrados na história.
II. Ela foi cenário de importante conflito da Guerra Fria,
no início dos anos 50, envolvendo os EUA.
III. Ela foi palco da maior derrota militar sofrida pelos
EUA, apesar do enorme poder de fogo utilizado contra a
população local.

Quais estão corretas?


a) Apenas I. b) Apenas III.
c) Apenas II. d) Apenas I e II.
e) Apenas II e III.

63. As novas idéias divulgadas pela Glasnost e pela


Perestroika transformaram significativamente as relações
entre países componentes do então bloco soviético e as
relações internacionais no mundo atual. Acerca desses
acontecimentos, julgue os itens e marque a alternativa Estas marcas estão cada vez mais presentes na vida das
correta cidades. Elas representam:
a) a mundialização do capital.
a) O grande desenvolvimento tecnológico da ex-União das b) o poderio da robótica.
Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) foi um dos c) a vulgarização da internet.
principais motivos das reformas que ocorreram no plano d) o fortalecimento do mercado interno.
econômico com a Perestroika. e) a expansão do agronegócio.
b) Estas reformas propiciaram à URSS a saída da crise na
qual o país se encontrava.
c) A economia de mercado que se instalou após a queda 66. Analise a figura a seguir e assinale a opção que
do bloco socialista provocou rápido desenvolvimento corresponde, respectivamente, às coordenadas
industrial, aumento do mercado de trabalho e melhoria geográficas dos pontos X e Z.
nas condições de vida, principalmente da população russa.
d) Uma conquista importante para as ex-repúblicas
soviéticas que se tornaram independentes foi a
manutenção do partido comunista no poder.
e) A dinâmica das reformas políticas e econômicas do
período Gorbatchev na URSS favoreceu a reestruturação
externa em busca de redução dos arsenais nucleares.

64. Os conflitos mundiais da atualidade ocorrem,


também, em função do domínio dos fluxos do comércio
internacional, onde o intercâmbio entre países do
capitalismo central e periférico são extremamente
desiguais.

12
EXTENSIVO FUVEST 12/MARÇO/2011

SIMULADO CICLO 1 (11) 5575-0522 www.alferescoc.com.br

soldagem do Sul ao Sudeste reflete a descentralização


X Z
industrial recente e a implantação de infraestruturas
técnicas que a sustentam”.
a) 60o de Latitude Norte 30o de Latitude Norte
a) Sudeste.
15o de Longitude Leste 90o de Longitude Oeste
b) Centro-Sul.
b) 15o de Latitude Norte 90o de Latitude Norte c) Nordeste.
60o de Longitude Leste 30o de Longitude Oeste d) Concentrada.
e) Sul.
c) 60o de Latitude Sul 30o de Latitude Sul
15o de Longitude Oeste 90o de Longitude Leste 70. Selecione a alternativa com argumentos favoráveis à
d) o
15 de Latitude Sul o
90 de Latitude Sul criação de novos estados ou territórios federais.
60o de Longitude Oeste 30o de Longitude Leste I - Promoção do desenvolvimento econômico e social.
II - Autonomia política.
e) 60o de Latitude Norte 30o de Latitude Sul III - Aumento dos gastos públicos burocráticos.
15o de Longitude Oeste 90o de Longitude Leste IV - Melhoria das condições de segurança em zonas
fronteiriças pouco habitadas.
a) I, II e IV.
67. Enquanto na cidade 1 são 18 horas, na cidade 2 b) I, II, III e IV.
são 16 horas do mesmo dia. A indicação correta da c) II e IV.
longitude da cidade 2 em relação à cidade 1 é d) III e IV.
a) 1200 Oeste. e) I e IV.
b) 750 Oeste.
c) 300 Leste. 71. (UNESP) O Brasil foi dividido em quinze quinhões,
d) 600 Leste. por uma série de linhas paralelas ao equador que iam do
e) 150 Oeste. litoral ao meridiano de Tordesilhas, sendo os quinhões
entregues (...) [a] um grupo diversificado, no qual havia
68. Analise a figura e os itens a seguir. gente da pequena nobreza, burocratas e comerciantes,
tendo em comum suas ligações com a Coroa. (B. Fausto,
História do Brasil.)

No texto, o historiador refere-se às


a) câmaras setoriais.
b) sesmarias.
c) capitanias hereditárias.
d) colônias de povoamento.
e) controladorias.

72. ...Esta terra, senhor, nela não podemos saber que


aja ouro nem prata, nem coisa alguma de metal ou ferro,
nem lho vimos (...) o melhor fruto que dela se pode tirar
me parece será salvar esta gente. E esta deve ser a
principal semente que Vossa Alteza em ela deve lançar.
(...), pois o desejo que tinha de tudo vos dizer, mo fez por
assim pelo miúdo.
I. Os pontos A e B localizam-se no hemisfério ocidental. Beijo as mãos de Vossa Alteza.
II. Os pontos B e C localizam-se no hemisfério boreal. Deste Porto Seguro, da Vossa Ilha de Vera Cruz, hoje,
III. Devido ao fuso horário, numa viagem do ponto A para Sexta-feira, primeiro dia de maio de 1500.
o D, será necessário adiantar o relógio na chegada.
IV. Devido à latitude, as temperaturas são mais elevadas Esses trechos da carta do escrivão Pero Vaz de Caminha
no ponto A quando comparadas às temperaturas dos apresentam elementos que nos indicam alguns objetivos
pontos B e C. das grandes navegações. Dentre esses objetivos,
V. É possível que o ponto A esteja no território de um país podemos destacar:
da América do Sul. a) acabar com a circulação de mercadorias baseada no
bulionismo, em decorrência da escassez de metais
Estão corretos os itens. preciosos na Europa Ocidental.
a) II, III e IV. b) a conquista de terras para a obtenção de riquezas,
b) I, III e V. através da renda sobre a terra, defendida pelos teóricos
c) II, III e IV. fisiocratas da época.
d) I, II, IV e V. c) a obtenção de novos mercados de matéria-prima e a
e) I, II, III, IV e V. política do laissez faire para a ampliação do fornecimento
de produtos manufaturados.
d) a emigração do excedente populacional europeu,
69. Conforme a divisão regional do professor Milton decorrente da descentralização política e investimento de
Santos, selecione a região que apresenta as seguintes capitais na periferia do sistema capitalista.
características descritas no texto a seguir. e) a busca de metais preciosos, a catequese dos nativos e
o fortalecimento do Estado português.
“A região caracteriza-se pela densidade do
sistema de relações que intensifica os fluxos de
mercadorias, capitais e informações. O seu núcleo é a
metrópole paulista, que desempenha funções de cidade
global e reforça o comando sobre o território nacional. A

13
EXTENSIVO FUVEST 12/MARÇO/2011

SIMULADO CICLO 1 (11) 5575-0522 www.alferescoc.com.br

O texto remete diretamente


73. Enquanto os portugueses escutavam a missa com
a) às disputas entre países europeus, decorrentes do
muito "prazer e devoção", a praia encheu-se de nativos. Tratado de Tordesilhas.
Eles sentavam-se lá surpresos com a complexidade do b) aos esforços dos cartógrafos para mapear com precisão
ritual que observavam ao longe. Quando D. Henrique as novas descobertas.
acabou a pregação, os indígenas se ergueram e c) ao duplo papel da marinha da Inglaterra, ao mesmo
começaram a soprar conchas e buzinas, saltando e tempo mercantil e corsária.
dançando (...) d) à competição entre os países europeus retardatários na
Náufragos Degredados e Traficantes corrida pelos descobrimentos.
(Eduardo Bueno) e) à aliança das duas Coroas ibéricas na exploração
marítima.
Este contato amistoso entre brancos e índios foi
preservado:
a) pela Igreja, que sempre respeitou a cultura indígena no 76. No século XIV. “o peso das infelicidades”, numa crise
decurso da catequese. de grandes proporções. atinge a Europa Ocidental,
b) até o início da colonização quando o índio, vitimado por abalando profundamente os pilares do feudalismo. São
doenças, escravidão e extermínio, passou a ser descrito efeitos dessa crise, EXCETO:
como sendo selvagem, indolente e canibal. a) enfraquecimento do poder aristocrático como
c) pelos colonos que escravizaram somente o africano na decorrência da queda dos rendimentos senhoriais.
atividade produtiva de exportação. b) redução da produção agrícola devido à dizimação da
d) em todos os períodos da História Colonial Brasileira, população rural atingida pela peste negra,
passando a figura do índio para o imaginário social como c) ampliação do poder temporal do Papado num mundo
"o bom selvagem e forte colaborador da colonização". caótico e vazio de autoridades leigas.
e) sobretudo pelo governo colonial, que tomou várias d) expansão do comercio a longa distância, para suprir as
medidas para impedir o genocídio e a escravidão. carências da sociedade européia.
e) revoltas populares nos campos e cidades como e
conseqüência do aprofundamento da exploração
74. "Ó mar salgado, quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos, quantas mães choraram, 77. São fatores que contribuíram para o pioneirismo
Quantos filhos em vão rezaram! português na época das grandes navegações no século XV,
Quantas noivas ficaram por casar, EXCETO:
Para que fosses nosso, ó mar! a) centralização administrativa durante a dinastia de Avis,
permitindo a aliança
Valeu a pena? Tudo vale a pena entre monarquia e burguesia.
Se a alma não é pequena. b) ausência de guerras, ao contrário da Espanha ainda
Quem quer passar além do Bojador lutando pela expulsão
Tem que passar além da dor dos mouros da península.
Deus ao mar o perigo e o abismo deu, c) adoção do mercantilismo pelo Estado Absolutista
Mas nele é que espelhou o céu!" conciliando interesses
("Mensagem", Fernando Pessoa) burgueses e fortalecendo o Estado.
d) política portuguesa de cooperação com as potências
Sobre a expansão marítima européia do início da Idade européias, neutralizando a disputa colonialista.
Moderna, analise as seguintes proposições: e) posição geográfica de Portugal, banhado em toda a
I. As navegações portuguesas se constituíram em um costa oeste pelo Oceano Atlântico.
evento isolado, uma vez que não tiveram a concorrência
de nenhum outro povo europeu naquele momento.
II. O sacrifício dos navegantes portugueses foi bastante
78. Leia o texto a seguir:
recompensado, já que Portugal se tornou a nação
hegemônica da Europa por longo tempo. Ora se há coisa que se deve temer, depois de ofender a
III. Da expansão marítimo-comercial portuguesa fazem Deus, não quero dizer que não seja a morte. Não quero
parte a conquista da rota oriental para as Índias e a entrar em disputa com Sócrates e os acadêmicos; a morte
conquista do Brasil. não é má em si, a morte não deve ser temida. Digo que
essa espécie de morte por naufrágio, ou então nada mais,
Assinale a alternativa correta. é de ser temida. Pois, como diz a sentença de Homero,
a) Todas as proposições estão corretas. coisa triste, aborrecida e desnaturada é morrer no mar.
b) Apenas a proposição I está correta. Fonte: Adaptado de RABELAIS, F. "Gargântua e
c) Apenas a proposição II está correta. Pantagruel". 2. vols. Tradução de David Jardim Jr. BH/RJ,
d) Apenas a proposição III está correta. Vila Rica, 1991. Livro IV. Cap. XXI.
e) Apenas as proposições I e III estão corretas.
Com base no texto é correto afirmar que:
a) A morte natural ou em terra era a coisa mais triste e
75. (FUVEST) "Os cosmógrafos e navegadores de aborrecida que a morte no mar.
Portugal e Espanha procuram situar estas costas e ilhas b) O encontro com a morte no mar suscitava muito pavor.
da maneira mais conveniente aos seus propósitos. Os c) Os navegadores seguiam a sentença de Homero, ou
espanhóis situam-nas mais para o Oriente, de forma a seja, feliz daquele que encontra a sepultura nas águas
parecer que pertencem ao Imperador (Carlos V); os marítimas.
portugueses, por sua vez, situam-nas mais para o d) A morte por naufrágio não era vista como uma morte
Ocidente, pois deste modo entrariam em sua jurisdição." desnaturada.
Carta de Robert Thorne, comerciante inglês, ao rei e) A "boa morte" era aquela que ocorria no mar.
Henrique VIII, em 1527.

14
EXTENSIVO FUVEST 12/MARÇO/2011

SIMULADO CICLO 1 (11) 5575-0522 www.alferescoc.com.br

79. Na Época Moderna, as narrativas de cronistas, 83. Grupos de populações naturais potencialmente
viajantes, missionários e naturalistas, representaram o capazes de se cruzar e de produzir descendência fértil
Novo Mundo ora como Paraíso ora como Inferno. pertencem, necessariamente:
Qual das afirmativas a seguir NÃO se encontra a) a gêneros diferentes
corretamente identificada com essa idéia? b) a famílias diferentes
a) No imaginário europeu sobre o Novo Mundo, havia c) à mesma comunidade
constantes referências à beleza e grandiosidade da d) à mesma sociedade
natureza, o que possibilitava lhe conferir quase sempre e) à mesma espécie
positividade e singularidade.
b) O Novo Mundo era visto como o lugar para a
concretização dos antigos mitos do Paraíso Terrestre e do
84. O colágeno em alimentos seria indicado para suprir
Eldorado, através dos quais a natureza exuberante deficiência em
garantia a promessa de riqueza.
c) Os homens que habitavam o Novo Mundo eram quase a) açúcares. b) proteínas.
sempre vistos como bárbaros, selvagens, inferiores e c) sais minerais. d) gorduras.
portadores de uma humanidade inviável. e) vitaminas.
d) A visão do Novo Mundo foi filtrada pelos relatos de
viagens fantásticas, de terras longínquas, de homens 85. A história da maioria dos municípios gaúchos
monstruosos que habitavam os confins do mundo coincide com a chegada dos primeiros portugueses,
conhecido até então no ocidente medieval. alemães, italianos e de outros povos. No entanto, através
e) Na percepção e representação do Novo Mundo, os dos vestígios materiais encontrados nas pesquisas
relatos orais dos primeiros descobridores ocuparam um arqueológicas, sabemos que outros povos, anteriores aos
lugar central por associá-lo exclusivamente ao Inferno. citados, protagonizaram a nossa história.
Diante da relevância do contexto e da vontade de
80. Sobre a expansão marítima ibérica da época dos valorizar o nosso povo nativo, "o índio", foi selecionada a
descobrimentos, é correto afirmar que: área temática CULTURA e as questões foram construídas
a) Fundamentou a expansão do capitalismo mercantil, com base na obra "Os Primeiros Habitantes do Rio Grande
acompanhado pelas missões. do Sul"
b) Ocorreu de maneira pacífica, com a colonização e (Custódio, L. A. B., organizador. Santa Cruz do Sul:
povoamento das Américas. EDUNISC; IPHAN, 2004).
c) Acabou com o comércio mediterrânico, concentrando-se
tão somente no Atlântico. "Nossos ancestrais, uma mistura de índios, brancos e
d) Fortaleceu as cidades-Estados italianas, tradicionais no negros, deixaram-nos um legado que, muitas vezes,
comércio mercantil. diferencia-nos. Nosso chimarrão nos identifica em
e) Concedeu cidadania aos súditos que emigrassem para qualquer parte do mundo. Ainda hoje, convivemos com
as colônias de além-mar. grupos indígenas, como os Kaingáng; ainda hoje, as três
raças se mesclam em nossos descendentes."

81. (UFMG) Em que alternativa as duas características O DNA presente nas mitocôndrias tem composição e
são comuns a todos os indivíduos do reino Monera? estrutura típicas desse tipo de ácido nucléico, portanto é
a) Ausência de núcleo e presença de clorofila. formado por
b) Ausência de carioteca e presença de síntese protéica. I. uma cadeia de nucleotídeos em que as bases
c) Incapacidade de síntese protéica e parasitas exclusivos. nitrogenadas interagem, formando ligações peptídicas.
d) Presença de um só tipo de ácido nucléico e ausência de II. duas cadeias polinucleotídicas paralelas e
clorofila. complementares entre si, através dos pareamentos de
e) Ausência de membrana plasmática e presença de DNA aminoácidos.
e RNA. III. nucleotídeos que são compostos por uma base
nitrogenada, uma pentose e um radical "fosfato".
82. Considere o esquema abaixo: Está(ão) correta(s)
a) apenas I. b) apenas II.
c) apenas III. d) apenas I e II.
e) apenas II e III.

Leia o texto para responder às questões de números


86 a 88.

Quitosana
Uma tinta capaz de "curar-se" de marcas e arranhões está
mais perto de se tornar realidade graças ao trabalho de
cientistas da Universidade do Mississipi. Eles usaram
moléculas de quitosana que confere aos caranguejos e
outros crustáceos a capacidade de autocura − para criar
um revestimento para materiais capaz de se restaurar
Os indivíduos I e II pertencem: quando exposto à luz do sol. Arranhões foram reparados
a) a espécies diferentes mas ao mesmo gênero depois de 30 minutos. As moléculas customizadas foram
b) a gêneros diferentes mas à mesma família adicionadas a um composto para vernizes chamado
c) ao mesmo gênero mas a famílias diferentes poliuretano, usado em diversos produtos como cortinas de
d) ao mesmo gênero do indivíduo III tecido, asas de avião e brinquedos infantis. (BBC Know
e) ao mesmo gênero e à mesma família do indivíduo III Ledge)

15
EXTENSIVO FUVEST 12/MARÇO/2011

SIMULADO CICLO 1 (11) 5575-0522 www.alferescoc.com.br

Nesse esquema:
86. A capacidade de autocura dos crustáceos, do ponto a) I representa os seres vivos em geral e II, somente os
de vista darwinista, é resultado produtores.
a) das altas taxas de mortalidade de indivíduos que b) I representa os consumidores e lI, os decompositores.
produzem quitosana. c) I representa os seres vivos em geral e II, apenas os
b) de alterações no seu código genético que surgiram para consumidores.
aperfeiçoá-los. d) I representa os produtores e lI, os decompositores.
c) do uso intenso de quitosana, que causa o e) I representa os consumidores e lI, os seres vivos em
aperfeiçoamento dos animais. geral.
d) da maior taxa de reprodução dos indivíduos que
apresentavam essa característica.
e) das mutações que aconteceram para aumentar a taxa
reprodutiva das espécies.

87. Dentre os átomos que formam a molécula de


quitosana estão o carbono e o nitrogênio. Antes de serem
incorporados na quitosana, esses átomos podem ter sido
absorvidos da atmosfera principalmente por
a) plantas e animais.
b) animais e fungos
c) bactérias e protozoários.
d) fungos e plantas.
e) plantas e bactérias.

88. A quitosana é um derivado de quitina, um polissacarídeo


a) exclusivo dos crustáceos.
b) exclusivo do exoesqueleto dos artrópodes.
c) presente apenas em grupos animais.
d) presente na parede celular de fungos.
e) de reserva energética das plantas.

89. Do ponto de vista ambiental, uma distinção


importante que se faz entre os combustíveis é serem
provenientes ou não de fontes renováveis. No caso dos
derivados de petróleo e do álcool de cana, essa distinção
se caracteriza
a) pelo maior ou menor tempo para se reciclar o
combustível utilizado, tempo muito maior no caso dos
derivados do petróleo.
b) pelo maior ou menor tempo para se reciclar o combustível
utilizado, tempo muito maior no caso do álcool.
c) pela diferença nas escalas de tempo de formação das
fontes, período geológico no caso do petróleo e anual no
da cana.
d) pelo tempo de combustão de uma mesma quantidade
de combustível, tempo muito maior para os derivados do
petróleo do que do álcool.
e) pelo tempo de produção de combustível, pois o refino
do petróleo leva dez vezes mais tempo do que a
destilação do fermento de cana.

90. A figura abaixo é um esquema simplificado do ciclo


do carbono na natureza:

16