Você está na página 1de 19

GABARITO DAS

AUTOATIVIDADES

ANATOMORFOFISIOLOGIA
DO SISTEMA DIGESTÓRIO,
ENDÓCRINO, URINÁRIO E
REPRODUTOR
Prof. Fábio Rodrigo Mesquita Borges
Prof. Anderson Savaris Ribas
2019
ANATOMORFOFISIOLOGIA DO SISTEMA DIGESTÓRIO,
ENDÓCRINO, URINÁRIO E REPRODUTOR

UNIDADE 1

1 Ao ingerir alimentos, você, literalmente, deixa de respirar por breves


segundos. Isso decorre em virtude de tanto o alimento, quanto o ar,
usarem uma estrutura do sistema digestório em comum. Sendo assim,
assinale a resposta a seguir que corresponde a estrutura em comum
utilizada durante o processo de respiração e o processo de deglutição
do alimento:

a) ( ) Esôfago.
b) ( ) Traqueia.
c) ( ) Estômago.
d) (x) Faringe.
e) ( ) Laringe.

2 Conforme citado na questão anterior, ao ingerir o alimento, cessamos


por breves momentos o processo respiratório. Com base nesta infor-
mação, descreva como ocorrem as fases voluntária e involuntária da
deglutição envolvidas no processo de ingestão de alimento.

R.: Fase oral (voluntária): essa fase voluntária tem como principal estrutura a língua
que é capaz de empurrar o alimento do seu ápice para trás, levando o bolo alimentar
a ser pressionado contra o palato duro; desta forma, o bolo alimentar é forçado em
direção a faringe, onde ocorre a estimulação de receptores táteis que começarão o
processo de deglutição.
Fase faríngea (involuntária): uma vez que o bolo alimentar estimula os receptores
faríngeos, acontece uma sequência de eventos que ocorrem muito rapidamente
(menos de um segundo) e que culminam com a inibição, de maneira reflexa, da res-
piração.
Fase esofagiana (involuntária): por último, esta fase leva o bolo alimentar do esôfa-
go ao estômago através de movimentos peristálticos, muito rapidamente, fazendo
com que o bolo alimentar percorra todo o esôfago em menos de dez segundos.

3 O pH salivar encontra-se próximo da neutralidade (7,0), entretanto,
ao chegar no estômago o bolo alimentar sofre ação do ácido clorídrico
secretado neste órgão, objetivando diversas funções associadas a este
órgão. As células responsáveis pela secreção ácida no estômago são:

2
ANATOMORFOFISIOLOGIA DO SISTEMA DIGESTÓRIO,
ENDÓCRINO, URINÁRIO E REPRODUTOR
a) ( ) Células enterocromafins.
b) (x) Células parietais ou oxínticas.
c) ( ) Células secretagogas.
d) ( ) Células Epiteliais.
e) ( ) Nenhuma das alternativas acima.

4 O intestino delgado é responsável pela maior parte da absorção de


nossos nutrientes. Essa função destinada ao intestino delgado se deve
à presença de células do epitélio intestinal modificadas que possuem
especializações capazes de aumentar em milhares de vezes a capaci-
dade absortiva deste órgão. Estas especializações celulares são deno-
minadas:

a) ( ) Macrovilosidades.
b) ( ) Vilosidades.
c) (x) Microvilosidades.
d) ( ) Criptas de Liberkühn.
e) ( ) Nenhuma das respostas acima.

5 “Cerca de 1.500 mililitros de quimo passam, normalmente, pela vál-


vula ileocecal para o intestino grosso a cada dia. Grande parte da água
e dos eletrólitos, nesse quimo, é absorvida no cólon, sobrando menos
de 100 mililitros de líquido para serem excretados nas fezes. Além dis-
so, praticamente todos íons são absorvidos, e apenas de 1 a 5 mEq de
íons sódio e cloreto são eliminados nas fezes” (GUYTON, A. C.; HALL, J.
E. Tratado de fisiologia médica. 12. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009).

Este texto esclarece que grande parte da absorção de íons e água que
percorrem o nosso tubo digestório ocorre em nosso intestino grosso.
Grande parte desta absorção dá-se no cólon. Assinale a alternativa que
contempla as diferentes divisões anatômicas do cólon:

a) ( ) Cólon lateral, cólon descendente, cólon sigmoide e cólon ascendente.


b) ( ) Cólon cecóide, cólon transverso, colón lateral e cólon sigmoide.
c) (x) Cólon transverso, cólon ascendente, cólon descendente e cólon sigmoide.
d) ( ) Cólon transverso, cólon duodenal, cólon descendente e cólon sigmoide.
e) ( ) Nenhuma das alternativas acima.

3
ANATOMORFOFISIOLOGIA DO SISTEMA DIGESTÓRIO,
ENDÓCRINO, URINÁRIO E REPRODUTOR

TÓPICO 2

1 Analise a afirmativa e a justificativa da sentença a seguir:

Movimentos peristálticos são movimentos coordenados e exclusivos


da musculatura esquelética fazendo com que o bolo alimentar seja im-
pulsionado por todo o tubo esofágico em direção ao estômago, POIS es-
tes movimentos ocorrem em decorrência da contração da musculatura
esofágica posterior ao bolo alimentar, o que faz com que o mesmo seja
empurrado adiante.

Com base na sentença anterior, responda:


a) ( ) Afirmativa e justificativa estão corretas.
b) ( ) Afirmativa está correta e justificativa está errada.
c) (x) Afirmativa e justificativa estão erradas.
d) ( ) Afirmativa está errada e justificativa está correta.
e) ( ) Afirmativa e justificativa não possuem nenhuma correlação entre si.

2 O estômago, apesar de possuir um pH extremamente baixo, o que


impossibilita as ações de enzimas digestivas (com exceção da pepsina),
que devem possuir pH ótimo (neutro) para desenvolver a sua ação, pos-
sui diversas outras funções que visam facilitar o processo de digestão
e absorção de nutrientes. Com relação às funções do estômago, assina-
le a alternativa correta:

a) ( ) Secreção do hormônio colecistocinina (CCK).


b) ( ) Secreção de Vitamina B12.
c) (x) Secreção de H+.
d) ( ) Reabsorção de água.
e) ( ) Nenhuma das alternativas anteriores.

3 É sabido que fatores provenientes tanto do estômago quanto do


duodeno são capazes de promover a regulação da velocidade de esva-
ziamento gástrico. Com base nestas informações, relacione as colunas,
assinalando, posteriormente, a alternativa correta:

I- Fatores gástricos.
II- Fatores intestinais.

4
ANATOMORFOFISIOLOGIA DO SISTEMA DIGESTÓRIO,
ENDÓCRINO, URINÁRIO E REPRODUTOR
( ) Gastrina.
( ) CCK.
( ) Volume alimentar gástrico.
( ) Inibição por reflexos enterogástricos.

a) ( ) I, I, I e II.
b) ( ) II, II, I e I.
c) ( ) II, II, II e I.
d) (x) I, II, I e II.
e) ( ) I, I, II e II.

4 (IADES-UFBA, 2014) A doença celíaca (DC) é autoimune, sendo cau-


sada pela intolerância permanente ao glúten, principal fração protei-
ca presente no trigo, no centeio, na cevada e na aveia, e se expressa
por enteropatia mediada por linfócitos T em indivíduos geneticamente
predispostos. A forma clássica ou típica caracteriza-se pela presença
de diarreia crônica, em geral acompanhada de distensão abdominal e
perda de peso.

FONTE:<http://bit.ly/2ZdV25n>. Acesso em: 9 jul. 2019.

Com relação ao tratamento e prognóstico da DC, assinale a alternativa


correta.

a) ( ) As deficiências nutricionais decorrentes da má absorção de macro e


micronutrientes, por exemplo, deficiência de ferro, de ácido fólico, de vitamina B12
e de cálcio, são raras e corrigidas rapidamente com a exclusão do glúten da dieta.
b) (x) O tratamento da DC consiste em dieta sem glúten, devendo-se,
portanto, excluir da alimentação todos os alimentos que contenham
trigo, centeio, cevada e aveia, por toda a vida.
c) ( ) Deve-se verificar a intolerância à lactose e à sacarose, ocasionadas pela
deficiência na produção das dissacaridases, irreversíveis mesmo após a normalização
das vilosidades.
d) ( ) A dieta imposta na crise celíaca é restritiva, mas temporária, devendo haver a
inclusão gradativa do glúten à dieta com a remissão das manifestações clínicas.
e) ( ) O quadro de hipersensibilidade alimentar, que resulta em manifestações
alérgicas, deve ser considerado quando o indivíduo responde adequadamente à dieta
sem glúten e não apresenta negatividade nos exames sorológicos para DC.

5 O intestino grosso, além de secretar muco para promover a proteção


da parede intestinal, também possui a finalidade de proporcionar meio
adesivo para o material fecal. Entretanto, no que tange a formação das
fezes, as principais atividades do intestino grosso consistem na reab-
sorção de água e de eletrólitos do quimo.
5
ANATOMORFOFISIOLOGIA DO SISTEMA DIGESTÓRIO,
ENDÓCRINO, URINÁRIO E REPRODUTOR
Os movimentos peristálticos do intestino grosso, também denomina-
dos movimentos de massa, são decorrentes da estimulação reflexa. Os
reflexos relacionados a estes movimentos são denominados:

a) ( ) Reflexo gastrocólico e reflexo intestinal.


b) ( ) Reflexo gastrocólico e reflexo mesocólico.
c) (x) Reflexo gastrocólico e duodenocólico.
d) ( ) Reflexo gastrocólico e reflexo vagal.
e) ( ) Nenhuma das alternativas anteriores.

TÓPICO 3

1 O sistema nervoso é dividido para fins didáticos em Sistema Nervoso


Central (SNC) e Sistema Nervoso Autônomo ou Neurovegetativo (SNA).
A participação tanto do SNC, quanto do SNA é fundamental no que se
refere ao processo de liberação de secreções, digestão e de absorção
de nutrientes. Tendo em vista que o estímulo ao peristaltismo e a se-
creção de substâncias encontra-se, principalmente, sob regulação do
SNA, porção parassimpática, o neurotransmissor associado a estas se-
creções é a(o):

a) ( ) Noradrenalina.
b) ( ) Neuropeptídeo Y.
c) ( ) Glutamato.
d) (x) Acetilcolina.
e) ( ) Nenhuma das alternativas acima.

2 O meio ácido, presente na luz estomacal, é de extrema importância


para a destruição de patógenos e secreção de fator intrínseco, o que
ocasiona a redução de pH e inatividade de diversas enzimas digestó-
rias, ENTRETANTO, o meio ácido estomacal possibilita a conversão do
pepsinogênio, forma inativa da enzima pepsina em sua forma ativa,
fundamental para a digestão proteica.

a) ( ) Afirmativa e justificativa estão erradas.


b) ( ) Afirmativa correta e justificativa errada.
c) ( ) Afirmativa errada e justificativa correta.
d) (x) Afirmativa e justificativa estão corretas.
e) ( ) Afirmativa e justificativa não possuem relação entre si.

6
ANATOMORFOFISIOLOGIA DO SISTEMA DIGESTÓRIO,
ENDÓCRINO, URINÁRIO E REPRODUTOR
3 (ENEM, 2018) Para serem absorvidos pelas células do intestino hu-
mano, os lipídios ingeridos precisam ser primeiramente emulsificados.
Nessa etapa da digestão, torna-se necessária a ação dos ácidos bilia-
res, visto que os lipídios apresentam uma natureza apoiar e são insolú-
veis em água. Estes ácidos atuam no processo de modo a:

FONTE: <http://bit.ly/2yZMBA3>. Acesso em: 9 jul. 2019.

a) ( ) Hidrolisar os lipídios.
b) (x) Agir como detergentes.
c) ( ) Tornar os lipídios anfifílicos.
d) ( ) Promover a secreção de lipases.
e) ( ) Estimular o trânsito intestinal dos lipídios.

4 O processo de digestão e absorção dos macronutrientes, presentes


em nossa dieta, constitui-se em uma série complexa e coordenada de
eventos, que, em última instância, visam “quebrar” moléculas maiores
em moléculas menores e, assim, possibilitar a absorção destas pelos
enterócitos. Com relação ao processo de absorção, analise as afirmati-
vas abaixo, assinalando, posteriormente, a afirmativa correta:

I- A ptialina possui secreção pancreática e é responsável pela digestão de carboi-


dratos.
II- O processo de emulsificação de gorduras é realizado pela bile, e possui como
finalidade reduzir o tamanho das moléculas de gordura e facilitar a ação da enzima
lipase pancreática.
III- A produção de HCl estomacal é realizada pelas células enterocromafins, que,
com consumo de ATP pela bomba de NA+/ K+ATPase, promovem a liberação deste
ácido para a luz do órgão.
IV- A quebra (degradação) da lactose, maltose e sacarose respectivamente, pelas
enzimas lactase, maltase e sacarase, permite a absorção destas substâncias, princi-
palmente na forma de glicose.

São verdadeiras as afirmativas:


a) ( ) Apenas I e II.
b) ( ) Apenas I e III.
c) ( ) Apenas II e III.
d) (x) Apenas II e IV.
e) ( ) Todas as afirmativas estão corretas.

7
ANATOMORFOFISIOLOGIA DO SISTEMA DIGESTÓRIO,
ENDÓCRINO, URINÁRIO E REPRODUTOR
5 Os processos associados à fome e ao apetite são excelentes regula-
dores no que se refere ao contexto de fornecermos o suprimento nu-
tricional adequado às necessidades diárias de nosso organismo. Estes
processos são determinantes para a ativação da fase cefálica e fase
oral da digestão. Explique os estímulos envolvidos em cada uma delas
e o que as diferencia.

R.: A ativação da fase cefálica da digestão pode se dar por diversos estímulos: ol-
fatório, cognitivos (antecipação e pensamento sobre o consumo da comida), visuais
e, até mesmo, estímulos auditivos como ouvir alguém dizendo que o jantar está
na mesa. Outra fase envolvida na digestão do alimento é a fase oral, que possui
muitas características indistinguíveis da fase cefálica, sendo a única diferença que
a comida está em contato com o trato gastrointestinal, ou seja, se encontra na boca,
promovendo a expressão de estímulos mecânicos e químicos (mastigação e sabor).

8
ANATOMORFOFISIOLOGIA DO SISTEMA DIGESTÓRIO,
ENDÓCRINO, URINÁRIO E REPRODUTOR

UNIDADE 2

TÓPICO 1

1 A endometriose é uma doença grave que acomete milhões de mulhe-


res no Brasil e no mundo, podendo afetar diretamente a qualidade de
vida destas mulheres ocasionando dor e infertilidade. A endometrio-
se corresponde à infiltração do tecido endometrial para outros locais,
como, por exemplo, nos ovários. O útero, além do endométrio é com-
posto pelos seguintes tecidos:

a) (x) Miométrio e Perimétrio.


b) ( ) Miométrio e Serométrio.
c) ( ) Perimétrio e Lactífero.
d) ( ) Miométrio e Fáscil.
e) ( ) Nenhuma das alternativas anteriores.

2 A produção de espermatozoides nos testículos ocorre nos ductos se-


miníferos contorcidos, que se unem aos ductos retos, formando uma
rede testicular. Posteriormente, estes ductos retos desembocam em
dúctulos eferentes, culminado com a chegada dos espermatozoides a
uma estrutura de cerca de 45cm, responsável pela condução destes à
uretra durante a excitação sexual e a ejaculação. Esta estrutura é o (a):

a) ( ) Próstata.
b) ( ) Vesícula seminal.
c) ( ) Epidídimo.
d) (x) Ducto deferente.
e) ( ) Nenhuma das alternativas anteriores.

3 Estas glândulas localizam-se na base da bexiga e secretam um líquido


viscoso de característica alcalina; este líquido possui frutose, essencial
para a manutenção e motilidade espermática. Estas glândulas são as:

a) ( ) Glândulas bulbouretrais.
b) (x) Glândulas seminais.
c) ( ) Glândulas de Cooper.
d) ( ) Glândulas espermáticas.
e) ( ) Nenhuma das alternativas anteriores.

9
ANATOMORFOFISIOLOGIA DO SISTEMA DIGESTÓRIO,
ENDÓCRINO, URINÁRIO E REPRODUTOR
4 As afirmativas a seguir correspondem às funções dos néfrons. As-
sinale a afirmativa que relaciona corretamente as diferentes funções
exercidas por estas estruturas.

São funções dos néfrons:


I- Filtração glomerular.
II- Secreção tubular de substâncias.
III- Reabsorção tubular de substâncias.
IV-Síntese de substâncias.

Estão corretas as afirmativas:


a) ( ) Apenas I, II e IV.
b) ( ) Apenas II e IV.
c) (x) Apenas I, II e III.
d) ( ) Apenas I, II e IV.
e) ( ) Todas as afirmativas estão corretas.

5 Os néfrons constituem-se na unidade morfofuncional do rim, e são


estruturas fundamentais para o processo de formação da urina. O rim
humano possui cerca de 1,2 milhão de néfrons, sendo que estes se
distribuem uniformemente por todo o rim. Este órgão pode ser dividido
em duas regiões que possuem ambas os néfrons; uma região mediana
e outra periférica. Estas regiões são denominadas:

a) ( ) Medula e sínfise renal.


b) (x) Medula e córtex renal.
c) ( ) Mediana e periférica do rim.
d) ( ) Mediastino e córtex renal.
e) ( ) Nenhuma das alternativas anteriores.

TÓPICO 2

1 O néfron é a unidade morfofuncional do rim, ou seja, é a estrutu-


ra que se relaciona diretamente a sua forma e função. Esta estrutura
estende-se pelas regiões corticais e medulares deste órgão e um in-
divíduo adulto possui cerca de 1 milhão de néfrons. O néfron possui
diferentes estruturas, sendo as que constituem a porção tubular do
néfron as seguintes:

a) ( ) Glomérulo, Túbulo contornado proximal, Cápsula glomerular, Alça de Henle e


Ducto coletor.
b) ( ) Glómerulo, Cápsula glomerular, Túbulo contornado proximal e Alça de Henle.
10
ANATOMORFOFISIOLOGIA DO SISTEMA DIGESTÓRIO,
ENDÓCRINO, URINÁRIO E REPRODUTOR
c) (x) Capilares peritubulares, Túbulo contornado proximal, Alça de Henle,
Túbulo contornado distal e Ducto coletor.
d) ( ) Nenhuma das respostas anteriores.

2 A urina é formada após a realização de diferentes processos que en-


volvem a sua formação no néfron. Após a sua formação, a urina flui pe-
los cálices urinários (maiores e menores), passa pelos ureteres, chega
até a bexiga, onde, quando acumulada, sofre processo de eliminação
pela uretra chegando ao meio externo corporal. Estes processos de for-
mação da urina são:

a) ( ) Eliminação, Filtração e Secreção.


b) (x) Filtração, Reabsorção e Secreção.
c) ( ) Filtração, Formação e Secreção.
d) ( ) Filtração, Excreção e Reabsorção.
e) ( ) Nenhuma das alternativas anteriores.

3 O hormônio antidiurético (ADH) participa ativamente do controle do


equilíbrio hidroeletrolítico do indivíduo. Inúmeras situações podem al-
terar a sua produção e liberação hipotalâmica, entre as quais a ingesta
de Na+ e álcool. Com relação a ação do ADH, assinale a alternativa cor-
reta:

a) ( ) Participa da reabsorção de sódio no túbulo proximal.


b) ( ) Promove a reabsorção de água na alça de Henle (ramo ascendente).
c) ( ) Promove a reabsorção de água na alça de Henle (ramo descendente).
d) (x) Promove a reabsorção de água no ducto coletor.
e) ( ) Nenhuma das alternativas anteriores.

4 O sistema renina – angiotensina – aldosterona é ativado em situações


em que ocorre a redução da pressão arterial ou a diminuição do fluxo
sanguíneo renal. Esta ativação em cascata, de inúmeras substâncias,
promove a formação do peptídeo Angiotensina II. Com relação a An-
giotensina II, analise as afirmativas abaixo, assinalando a alternativa
correta:

I- É formado pela ação da enzima ECA pulmonar que converte Angiotensinogênio


em Angiotensina II.
II- Estimula a produção de aldosterona pela glândula suprarrenal.
III- Promove vasoconstrição.
IV-Inibe a liberação de ADH pelo eixo hipotálamo-hipófise.

11
ANATOMORFOFISIOLOGIA DO SISTEMA DIGESTÓRIO,
ENDÓCRINO, URINÁRIO E REPRODUTOR
Estão corretas as afirmativas:
a) ( ) Apenas I, II e III.
b) ( ) Apenas II, III e IV.
c) (x) Apenas II e III.
d) ( ) Apenas III e IV.
e) ( ) Todas as afirmativas estão corretas.

5 (FUVEST, 1998) O hormônio ADH atua sobre os túbulos renais


promovendo absorção de água do filtrado glomerular. A deficiência na
secreção desse hormônio faz com que a pessoa produza:

FONTE: <https://brainly.com.br/tarefa/11208215>. Acesso em: 28 jun. 2019.

a) ( ) muita urina, com alta concentração de excreções.


b) (x) muita urina, com baixa concentração de excreções.
c) ( ) pouca urina, com alta concentração de excreções.
d) ( ) pouca urina, com baixa concentração de excreções.
e) ( ) quantidade normal de urina, com alta concentração de excreções.

TÓPICO 3

1 Até, aproximadamente, os 40 primeiros dias do desenvolvimento em-


brionário, não é possível determinar o sexo do futuro bebê. Isso ocor-
re, pois, tanto as gônadas femininas quanto masculinas apresentam
estrutura semelhante e possuem capacidade de se transformarem em
ambos os tecidos gonadais. A presença de um fator específico é o que
determina a diferenciação sexual do bebê e a diferenciação das gôna-
das. Este fator é o (a):

a) ( ) Fator de necrose tumoral.


b) (x) Fator determinador de testículos.
c) ( ) Fator ligante de testosterona.
d) ( ) Interleucina 6.
e) ( ) Nenhuma das respostas acima.

2 Os ovócitos primários formados durante o período embrionário, en-


contram-se em parada meiótica até a maturação sexual da menina, que
ocorre durante a puberdade. Quando a mulher entra na puberdade, es-
tas células retornam ao seu processo de divisão celular, formando es-
truturas chamadas folículos primários.

12
ANATOMORFOFISIOLOGIA DO SISTEMA DIGESTÓRIO,
ENDÓCRINO, URINÁRIO E REPRODUTOR
O crescimento e diferenciação destes folículos primários em secundá-
rios (folículo de Graaf) é dependente do hormônio:

a) ( ) LH.
b) (x) FSH.
c) ( ) GH.
d) ( ) GnRH.
e) ( ) Testosterona.

3 (SEDUC-CE, 2018) Em relação ao sistema reprodutor humano mascu-


lino e feminino, é correto afirmar que:

FONTE: <http://bit.ly/30gXBVG2>. Acesso em: 12 jul. 2019.

a) ( ) O maior pico do hormônio folículo-estimulante – FSH – dispara a ruptura


do folículo maduro e a liberação do óvulo, estimulando as células foliculares a
transformarem-se em corpo lúteo.
b) ( ) Os métodos para prevenir a ovulação, assim como as pílulas anticoncepcionais,
interferem no ciclo ovariano de forma que um óvulo fértil é produzido, mas não é
liberado.
c) (x) As células de Leydig estão localizadas no tecido entre os túbulos
seminíferos e produzem o hormônio sexual masculino testosterona.
d) ( ) A temperatura ótima para a espermatogênese em humanos é levemente mais
alta do que a temperatura corporal normal.
e) ( ) Nenhuma das respostas acima.

4 (IF-SC, 2015) Durante a vida intrauterina, nos testículos humanos, as


células diploides, denominadas células germinativas primordiais, pas-
sam a sofrer sucessivas divisões mitóticas, dando origem a várias es-
permatogônias. As espermatogônias permanecem em repouso nos tú-
bulos seminíferos dos testículos e, na puberdade, aumentam de número
e sofrem maturação que continua até a velhice. As espermatogônias
por mitose dão origem a espermatócitos primários. O espermatócito
primário sofre uma divisão meiótica (meiose I) em dois espermatócitos
secundários; cada um desses espermatócitos secundários divide-se em
duas espermátides na meiose II. Essas diferenciam-se, através de um
processo chamado espermiogênese, em espermatozoides. Esse proces-
so relacionado à reprodução humana denomina-se _________________.
Assinale a alternativa que CORRETAMENTE preenche a lacuna do texto
acima.

FONTE: < http://bit.ly/30fe1Oc >. Acesso em: 12 jul. 2019.

13
ANATOMORFOFISIOLOGIA DO SISTEMA DIGESTÓRIO,
ENDÓCRINO, URINÁRIO E REPRODUTOR
a) ( ) Ovogênese.
b) ( ) Espermograma.
c) (x) Espermatogênese.
d) ( ) Oligospermia.
e) ( ) Protandria.

5 Com relação ao sistema reprodutor masculino e feminino, assinale


Verdadeiro ou Falso, marcando posteriormente a alternativa correta:

I- O corpo lúteo produz estradiol e progesterona a fim de manter a gravidez, caso


esta ocorra.
II- O aumento da concentração de LH, no 14º dia do ciclo menstrual promove a
liberação do óvulo para dentro da tuba uterina.
III- As células de Leydig nos túbulos seminíferos secretam ABP (proteína ligante do
androgênio).
IV- A produção de testosterona nos túbulos seminíferos depende da participação
do hormônio FSH.
V- A fase proliferativa do crescimento endometrial é dependente do hormônio es-
tradiol.

Estão corretas as afirmativas:


a) ( ) Apenas I e II.
b) ( ) Apenas I, II, III e IV.
c) ( ) Apenas I, II, III e V.
d) (x) Apenas I, II, IV e V.
e) ( ) Todas as alternativas estão corretas.

UNIDADE 3

TÓPICO 1

1 No sistema endócrino, glândulas e estruturas sintetizam hormônios.


Analise as alternativas a seguir e assinale a que descreve corretamen-
te a local de produção dos respectivos hormônios.

14
ANATOMORFOFISIOLOGIA DO SISTEMA DIGESTÓRIO,
ENDÓCRINO, URINÁRIO E REPRODUTOR
a) ( ) Hipotálamo-vasopressina; hipófise-ocitocina e GH; suprarrenal-testosterona
e ocitocina; pâncreas, glucagon e T3/T4; ovários-estrogênio.
b) ( ) Hipotálamo-ocitocina, prolactina e vasopressina; hipófise-GH; Suprarrenal-
testosterona; pâncreas - glucagon e insulina; ovários - estrogênio.
c) ( ) Hipotálamo-glucagon e GH; hipófise-prolactina; suprarrenal-testosterona e
vasopressina; pâncreas-adrenalina e insulina; ovários-estrogênio.
d) (x) Hipotálamo-vasopressina; hipófise-GH; suprarrenal-testosterona;
pâncreas-insulina; ovários-estrogênio.
e) ( ) Hipotálamo-ocitocina e ADH; hipófise-prolactina e GH; suprarrenal-
testosterona; pâncreas- insulina; ovários-glucagon.

2 Em nosso organismo temos várias glândulas endócrinas distribuídas


na cabeça, pescoço e tronco. Dentre as glândulas vistas em nosso es-
tudo há duas que diferem das demais, pois uma está fora dessas es-
truturas citadas e a outra só está presente nas mulheres grávidas. A
alternativa que cita corretamente o nome dessas glândulas é:

a) ( ) Timo e ovários.
b) ( ) Timo e placenta.
c) (x) Testículos e placenta.
d) ( ) Ovários e testículos.
e) ( ) Rins e Placenta.

3 Os diversos sistemas corporais trabalham em conjunto para manter


a homeostase do nosso organismo, sendo que cada um deles tem uma
função específica. Qual é a função do sistema endócrino neste contex-
to?

R.: O sistema endócrino atua em sinergismo com o sistema nervoso, com a função
de controlar e coordenar as funções dos demais sistemas. Essa ação é realizada
através de hormônios que sinalizam ao sistema qual a atividade que deverá ser exe-
cutada.

TÓPICO 2

1 Os sistemas celulares do corpo dos heterotróficos pluricelulares (ani-


mais) dispõem de dois sistemas de sinalização para integração dos sis-
temas corporais. São eles:

15
ANATOMORFOFISIOLOGIA DO SISTEMA DIGESTÓRIO,
ENDÓCRINO, URINÁRIO E REPRODUTOR
a) ( ) Sistema circulatório e respiratório.
b) ( ) Sistema circulatório e excretor.
c) (x) Sistema nervoso e endócrino.
d) ( ) Sistema respiratório e nervoso.
e) ( ) Sistema locomotor e endócrino.

2 A estrutura que é a reguladora do sistema endócrino em nosso orga-


nismo é:

a) (x) Hipófise.
b) ( ) Tiroide.
c) ( ) Pineal.
d) ( ) Timo.
e) ( ) Paratireoide.

3 Qual é a glândula em nosso organismo que tem funções endócrinas


e exócrinas?

a) ( ) Tireoide.
b) (x) Pâncreas.
c) ( ) Ovário.
d) ( ) Hipófise.
e) ( ) Hipotálamo.

TÓPICO 1

1 A tireoide é uma das maiores glândulas endócrinas do corpo. Ela é


uma estrutura de dois lobos localizada no pescoço (em frente à tra-
queia) e produz hormônios. Sobre os hormônios da tireoide e sua fisio-
logia, analise as assertivas a seguir e assinale a única assertiva correta:

a) ( ) Os hormônios tireoidianos são produzidos a partir de uma coloide (gel) das


células tireoidianas. Esse gel é ativo e para se tornarem hormônios tireoidianos é
necessário adicionar sódio, provindo da bomba de sódio e potássio.
b) ( ) A função dos hormônios tireoidianos é regular a velocidade da taxa metabólica,
crescimento e o desenvolvimento sexual.
c) (x) Os hormônios tireoidianos (T3 e T4) agem em todos os tecidos do
corpo. Por ser um hormônio genérico as alterações da produção/liberação
desses hormônios podem resultar em sérios problemas na vida adulta,
mas as consequências são severas na infância.

16
ANATOMORFOFISIOLOGIA DO SISTEMA DIGESTÓRIO,
ENDÓCRINO, URINÁRIO E REPRODUTOR
d) ( ) A ação na célula está relacionada ao hormônio T4, pois o T3 recebe mais um
iodo, se tornando a tireoglobulina que irá atingir os tireotrofos nos tecidos periféricos.
e) ( ) Os hormônios tireoidianos são produzidos pelo hipotálamo, liberados na tireoide
e regulados pela hipófise. O teste do pezinho tem como objetivo detectar doenças
metabólicas como o hipotireoidismo congênito, doença causadora de vários problemas
somente na vida adulta.

2 Durante o exercício a demanda por energia é enorme e a maioria dos


sistemas corporais utiliza lipídeos como fonte prioritária de energia,
porém podem utilizar glicose como é o caso do músculo estriado esque-
lético. Considerando os mecanismos regulatórios envolvidos na manu-
tenção dos níveis glicêmicos analise as assertivas abaixo e assinale a
única alternativa correta:

I- As concentrações de glicose são mantidas, principalmente, por dois hormônios


produzidos pela porção endócrina do pâncreas: a insulina e o glucagon.
II- A insulina e o glucagon estão presentes a todo momento na circulação sendo
que a insulina é o hormônio que transporta a glicose para dentro da célula
III- Os níveis normais de glicose se mantêm em torno de 85mg/dl. Quando se
exercita há uma queda da significativa de glicose par em torno de 35mg/dl. Esse fato
é extremamente utilizado na atualidade, pois com a queda dos níveis de glicose o
combustível que passa ser usado em maior quantidade são os lipídios.
IV- O glucagon é o hormônio que estimula a degradação dos tecidos de reserva e
mantém os níveis de glicose no estado não alimentado.

É correto o que se afirma em:


a) (x) I, II e IV.
b) ( ) II e III e IV.
c) ( ) III, I e II.
d) ( ) IV e I.
e) ( ) I, II, III e IV.

3 Para identificar doenças que afetam a tireoide, existem diversos exa-


mes que podem ser solicitados pelo médico, que avaliam o seu tama-
nho, a presença de tumores e a quantidade de hormônios que refletem
o funcionamento adequado desta glândula. Alguns dos exames mais
comuns são a dosagem de TSH, T4 livre ou ultrassom da tireoide, que
identificam, mais facilmente, alterações frequentes  como hipotireoi-
dismo, hipertireoidismo ou nódulos da tireoide. Segue um exame onde
estão apresentados os valores dos hormônios (TSH e T4) do paciente e
os valores de referência:

17
ANATOMORFOFISIOLOGIA DO SISTEMA DIGESTÓRIO,
ENDÓCRINO, URINÁRIO E REPRODUTOR
FIGURA – RESULTADO DE EXAME HORMONAL

FONTE: O autor

Analisando o exame, a atividade tireoidiana está normal ou alterada? Caso esteja


alterada indique qual é a patologia e os sinais e sintomas do paciente.

R.: Está alterada, há um hipotireoidismo. O sinais e sintomas são: sonolência, fraque-


za, dificuldade de concentração, aumento de peso, frio, diminuição da frequência
cardíaca e pressão arterial, queda de cabelos e unhas fracas.

4 Se você fizer um lanche e comer 5 bolachas recheadas de chocolate,


uma lata de Coca-Cola tradicional e um pastel assado de banana com
leite condensado qual hormônio estará em alta?

R.: Insulina.

18