Você está na página 1de 3

Herpes genital é uma infecção sexualmente transmissível de alta prevalência,

causada pelo vírus do herpes simples (HSV), que provoca lesões na pele e nas
mucosas dos órgãos genitais masculinos e femininos.

Herpes genital é uma doença sexualmente transmissível de alta prevalência,


causada pelo vírus do herpes simples (HSV), que provoca lesões na pele e nas
mucosas dos órgãos genitais masculinos e femininos. Uma vez dentro de um
organismo, dificilmente esse vírus será eliminado, porque se aproveita do material
fornecido pelas células do hospedeiro para sua replicação. Além disso, como se
esconde dentro das raízes nervosas, o sistema imunológico não tem acesso a ele.

Existem dois tipos de HSV:

1) O tipo 1, responsável pelo herpes facial, manifesta-se principalmente na região


da boca, nariz e olhos;

2) O tipo 2, que acomete principalmente a região genital, ânus e nádegas.

O período de incubação varia de dez a quinze dias após a relação sexual com o/a
portador/a do vírus, que pode ser transmitido mesmo na ausência das lesões
cutâneas ou quando elas já estão cicatrizadas.

Herpes genital na gravidez pode provocar abortamento espontâneo, uma vez que
existe a transmissão vertical do vírus. E mais: herpes congênito é uma doença
extremamente grave e letal.

SINTOMAS DO HERPES GENITAL

No início, a infecção pode causar

Ardor;

Coceira (prurido);

Formigamento;

Gânglios inflamados.

Em seguida surgem as bolhas características do herpes. São pequenas vesículas


que se distribuem em forma de buquê nos genitais masculinos e femininos. Às
vezes, elas estão presentes dentro do meato uretral ou, por contiguidade, podem
atingir a região anal e perianal, de onde se disseminam se o sistema imunológico
estiver debilitado.

TRATAMENTO DO HERPES GENITAL

O aciclovir é a principal droga usada para o tratamento do herpes genital. Ele


necessita da ação enzimática do vírus para destruí-lo ou impedir que mantenha
sua cadeia de replicação. No entanto, quando o vírus está recolhido no gânglio
neural, esse remédio não faz efeito.

Perguntas
O herpes genital é uma doença sexualmente transmissível causada pelo Herpes
simplex, um tipo:

a) de bactéria.

b) de vírus.

c) de protozoário.

d) de fungo.

e) de animal.

O herpes genital é uma doença causada pelo Herpes simplex e transmitida,


principalmente, por via sexual . A respeito dessa DST, marque a alternativa
incorreta:

a) O herpes genital é uma doença viral e, portanto, não pode ser tratada com
antibióticos.

b) Os sintomas do herpes genital podem reaparecer em situações de estresse.

c) No herpes genital, ocorre o aparecimento de bolhas na região genital.

d) Se tratado adequadamente, o herpes genital apresenta cura na maioria dos


casos.

e) O herpes genital pode ser classificado em primário ou recorrente.

O herpes genital é uma doença muito contagiosa, sendo assim, recomendam-se


algumas medidas de proteção para evitar a contaminação. Analise as alternativas
a seguir e marque aquela que não representa uma forma de evitar o contágio:

a) Não tenha contato direto com as lesões do herpes genital.

b) Nunca fure as bolhas formadas no herpes genital.

c) Nunca tenha relações sexuais sem o uso de pelo menos um método


contraceptivo, como a camisinha ou o DIU.

d) Faça o pré-natal adequado para evitar a transmissão na hora do parto.

e) Lave bem as mãos.

Apesar de ser uma doença sem cura, o herpes genital possui tratamento que
melhora a qualidade de vida do paciente. Observe as alternativas a seguir e
marque aquela que indica o melhor tratamento para essa DST.

a) O herpes genital é tratado com antibióticos, que diminuem os efeitos da


doença.

b) O herpes genital não possui tratamento específico, sendo recomendado apenas


repouso quando os sintomas surgem.

c) O herpes genital é tratado com anti-inflamatórios, que matam o vírus e ativam


o sistema imunológico.

d) O herpes genital é tratado com o uso de complexos vitamínicos, que aumentam


a imunidade do paciente.

e) O herpes genital é tratado com medicamentos antivirais, que diminuem a


replicação do vírus.

Você também pode gostar