Você está na página 1de 5

A IMPORTÂNCIA DO FONOAUDIÓLOGO NA ESCOLA.

A Fonoaudiologia é a ciência que tem como objeto de estudo a comunicação


humana, em todas as suas dimensões. Seu campo de ação envolve o desenvolvimento,
as dificuldades e o aperfeiçoamento das habilidades comunicativas.

Introdução

A Lei Federal no 6.965/1981 regulamenta a profissão de fonoaudiólogo,


definindo-o como “o profissional com graduação plena em Fonoaudiologia, que atua em
pesquisa, prevenção, avaliação e terapia fonoaudiológica na área da comunicação oral e
escrita, voz e audição, bem como em aperfeiçoamento dos padrões de fala e da voz”.

A atuação do fonoaudiólogo que trabalha em escolas difere do profissional que


atua em clínica e hospitais. Na escola, o fonoaudiólogo atua de forma preventiva,
enquanto que em clínicas e em hospitais essa atuação é terapêutica. Não compete ao
fonoaudiólogo que trabalha em escolas realizar terapia fonoaudiológica. Porém, a
triagem fonoaudiológica deve ter um caráter complementar ao trabalho fonoaudiológico
existente, visando caracterizar o perfil da comunidade escolar.

O fonoaudiólogo comete infração ética ao executar a triagem e encaminhar o


paciente a si mesmo em consultório particular. Artigo 7 do Código de Ética, consiste em
infração ética: IV – “agenciar, aliciar ou desviar, por qualquer meio, cliente para si ou
para terceiros.”

A fonoaudiologia escolar atua tanto na escola comum quanto em escolas


especiais.

A atuação do profissional dessa área é ampla e de grande importância no processo


educacional, além do acompanhamento com os alunos é realizado um trabalho com os
educadores, no sentido de utilizar técnicas que os auxiliem de uma maneira diferenciada
na prática, assim são capazes de detectar possíveis distúrbios e fazer o devido
encaminhamento.

O fonoaudiólogo vai atuar com a equipe multiprofissional, que envolve:


professores, psicólogos, orientadores pedagógicos e educacionais desenvolvendo o
papel de Assessor.

O assessor tem a função de transmitir os conhecimentos específicos da sua área


para os demais do grupo, utilizando diversos recursos, através de palestras, pequenos
cursos e programas de treinamento.

O fonoaudiólogo junto com a equipe poderá:

 Disponibilizar e discutir informações/conhecimentos a respeito dos aspectos


concernentes à Fonoaudiologia que beneficiem o educador e o aluno
 Prestar assessoria fonoaudiológica e dar suporte à equipe escolar discutindo e
elegendo estratégias que favoreçam o trabalho com alunos que apresentam
dificuldades de fala, linguagem oral e escrita, voz e audição;
 Contribuir para a inclusão efetiva dos alunos com necessidades educacionais
especiais, de modo especial promovendo a acessibilidade na comunicação;
 Realizar ações promotoras de saúde que resultem no desenvolvimento dos
alunos e na saúde da equipe escolar, no que se refere à linguagem oral, escrita,
audição, motricidade orofacial e voz;
 Orientar as famílias ou os cuidadores em relação ao desenvolvimento das
crianças;
 Participar de reuniões com a equipe multiprofissional para acompanhamento
sistemático e contínuo das ações desenvolvidas com os educandos, equipes
escolares, pais ou responsáveis.
 Estimular a aprendizagem, a linguagem, as habilidades auditivas e/ou visuais
em sala de aula junto à equipe e junto com o professor.

Por isso, faz-se necessário o fonoaudiólogo educacional em escolas pois trará


diversos benefícios com relação ao auxílio do desenvolvimento da fala, linguagem oral,
escrita, voz e audição do corpo discente. Havendo grande evolução no rendimento dos
alunos, junto com a equipe educacional.
Objetivos

Promover a saúde fonoaudiológica, estimulando a comunicação assim como os


aspectos nela envolvidos proporcionando melhor qualidade de vida aos alunos. Tendo
como foco os processos de desenvolvimento da linguagem oral, escrita , saúde vocal e
auditiva, desenvolvimento adequado de OFAS e SSMO em prol do melhor
desenvolvimento psicomotor do aluno.

Objetivos Específicos:

 Facilitar o processo de aprendizagem.


 Aplicar metodologias de ensino.
 Criação e planejamento de situações de uso da comunicação que sejam
estimuladoras para o desenvolvimento da linguagem oral e de seus padrões de
pronúncia.

Público Envolvido:

 Alunos
 Pais e responsáveis
 Corpo Escolar

Metodologia

A metodologia do trabalho fonoaudiológico com os alunos tem o seguinte


objetivo:

 Triagem
 Estimulação;
 Atividade de inclusão nas salas.

A metodologia do trabalho fonoaudiológico com os responsáveis tem o


seguinte objetivo:
Realizar orientações a respeito de possíveis dificuldades encontradas nos alunos,
mobilizando-os para que busquem recursos externos quando necessários. Orientações
em relação aos cuidados com a alimentação, respiração, hábitos orais e estímulos de
fala. Leitura, palestras, oficinas, rodas de conversa e participação nas reuniões.

A metodologia do trabalho fonoaudiológico com o corpo escolar tem o


seguinte objetivo:

O fonoaudiólogo cuida também do professor. Esse cuidado pode ocorrer quando


promove orientações em relação a cuidados que podem melhorar o uso da voz, evitando
ou diminuindo os problemas vocais tão comuns entre os professores, assim como
aprimora suas habilidades didáticas por meio do desenvolvimento de estratégias mais
eficazes de comunicação com os alunos.

Triagens auditivas e vocais, oficinas, treinamentos e palestras.

Material:

 Sala;
 Lápis;
 Canetinhas;
 Computador;
 Livros infantis;
 Brinquedos;
 Jogos;
 Folhas;
 Formas geométricas;
 Figuras lúdicas;
 Desenhos.

Financeiro:

Valor a combinar diante do fechamento do contrato.


Bárbara Albuquerque Lima
Fonoaudióloga
barbaralbuquerquefono@gmail.com
(85) 998183924
NIFO- Núcleo Integrado de Fonoaudiologia
Av. Bezerra de Menezes, 2071
São Gerardo - Fortaleza, CE