Você está na página 1de 108

Introdução

Método das Diferenças Finitas


Método dos Momentos

Eletromagnetismo Computacional
Métodos Numéricos

Sérgio Antenor de Carvalho1

1 Departamento de Engenharia de Teleinformática


Centro de Tecnologia
Universidade Federal do Ceará

2010

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Tópicos

1 Introdução

2 Método das Diferenças Finitas

3 Método dos Momentos

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Tópicos

1 Introdução

2 Método das Diferenças Finitas

3 Método dos Momentos

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Tópicos

1 Introdução

2 Método das Diferenças Finitas

3 Método dos Momentos

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Introdução

ao longo do curso consideramos várias abordagens


analíticas para resolver os problemas de EM
delas obtemos soluções na forma fechada
solução na forma de uma equação algébrica explícita
os valores dos parâmetros do problema podem ser
substituídos
uma análise paramétrica pode ser realizada
algumas das soluções foram obtidas assumindo certas
situações simplificadoras, por exemplo:
no capacitor de placas paralelas desprezamos os efeitos
das bordas
no cabo coaxial também desprezamos os efeitos das
bordas

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Introdução

ao longo do curso consideramos várias abordagens


analíticas para resolver os problemas de EM
delas obtemos soluções na forma fechada
solução na forma de uma equação algébrica explícita
os valores dos parâmetros do problema podem ser
substituídos
uma análise paramétrica pode ser realizada
algumas das soluções foram obtidas assumindo certas
situações simplificadoras, por exemplo:
no capacitor de placas paralelas desprezamos os efeitos
das bordas
no cabo coaxial também desprezamos os efeitos das
bordas

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Introdução

ao longo do curso consideramos várias abordagens


analíticas para resolver os problemas de EM
delas obtemos soluções na forma fechada
solução na forma de uma equação algébrica explícita
os valores dos parâmetros do problema podem ser
substituídos
uma análise paramétrica pode ser realizada
algumas das soluções foram obtidas assumindo certas
situações simplificadoras, por exemplo:
no capacitor de placas paralelas desprezamos os efeitos
das bordas
no cabo coaxial também desprezamos os efeitos das
bordas

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Introdução

ao longo do curso consideramos várias abordagens


analíticas para resolver os problemas de EM
delas obtemos soluções na forma fechada
solução na forma de uma equação algébrica explícita
os valores dos parâmetros do problema podem ser
substituídos
uma análise paramétrica pode ser realizada
algumas das soluções foram obtidas assumindo certas
situações simplificadoras, por exemplo:
no capacitor de placas paralelas desprezamos os efeitos
das bordas
no cabo coaxial também desprezamos os efeitos das
bordas

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Introdução

ao longo do curso consideramos várias abordagens


analíticas para resolver os problemas de EM
delas obtemos soluções na forma fechada
solução na forma de uma equação algébrica explícita
os valores dos parâmetros do problema podem ser
substituídos
uma análise paramétrica pode ser realizada
algumas das soluções foram obtidas assumindo certas
situações simplificadoras, por exemplo:
no capacitor de placas paralelas desprezamos os efeitos
das bordas
no cabo coaxial também desprezamos os efeitos das
bordas

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Introdução

ao longo do curso consideramos várias abordagens


analíticas para resolver os problemas de EM
delas obtemos soluções na forma fechada
solução na forma de uma equação algébrica explícita
os valores dos parâmetros do problema podem ser
substituídos
uma análise paramétrica pode ser realizada
algumas das soluções foram obtidas assumindo certas
situações simplificadoras, por exemplo:
no capacitor de placas paralelas desprezamos os efeitos
das bordas
no cabo coaxial também desprezamos os efeitos das
bordas

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Introdução

ao longo do curso consideramos várias abordagens


analíticas para resolver os problemas de EM
delas obtemos soluções na forma fechada
solução na forma de uma equação algébrica explícita
os valores dos parâmetros do problema podem ser
substituídos
uma análise paramétrica pode ser realizada
algumas das soluções foram obtidas assumindo certas
situações simplificadoras, por exemplo:
no capacitor de placas paralelas desprezamos os efeitos
das bordas
no cabo coaxial também desprezamos os efeitos das
bordas

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Introdução

ao longo do curso consideramos várias abordagens


analíticas para resolver os problemas de EM
delas obtemos soluções na forma fechada
solução na forma de uma equação algébrica explícita
os valores dos parâmetros do problema podem ser
substituídos
uma análise paramétrica pode ser realizada
algumas das soluções foram obtidas assumindo certas
situações simplificadoras, por exemplo:
no capacitor de placas paralelas desprezamos os efeitos
das bordas
no cabo coaxial também desprezamos os efeitos das
bordas

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Introdução

ao longo do curso consideramos várias abordagens


analíticas para resolver os problemas de EM
delas obtemos soluções na forma fechada
solução na forma de uma equação algébrica explícita
os valores dos parâmetros do problema podem ser
substituídos
uma análise paramétrica pode ser realizada
algumas das soluções foram obtidas assumindo certas
situações simplificadoras, por exemplo:
no capacitor de placas paralelas desprezamos os efeitos
das bordas
no cabo coaxial também desprezamos os efeitos das
bordas

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Introdução

quando as complexidades do problema e/ou das fórmulas


teóricas tornam as soluções analíticas intratáveis usamos
os métodos não analíticos
métodos gráficos
métodos experimentais
métodos analógicos
métodos numéricos
usaremos os métodos numéricos para solucionar e
analisar os problemas no nosso curso
estudaremos dois métodos
método das diferenças finitas
método dos momentos

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Introdução

quando as complexidades do problema e/ou das fórmulas


teóricas tornam as soluções analíticas intratáveis usamos
os métodos não analíticos
métodos gráficos
métodos experimentais
métodos analógicos
métodos numéricos
usaremos os métodos numéricos para solucionar e
analisar os problemas no nosso curso
estudaremos dois métodos
método das diferenças finitas
método dos momentos

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Introdução

quando as complexidades do problema e/ou das fórmulas


teóricas tornam as soluções analíticas intratáveis usamos
os métodos não analíticos
métodos gráficos
métodos experimentais
métodos analógicos
métodos numéricos
usaremos os métodos numéricos para solucionar e
analisar os problemas no nosso curso
estudaremos dois métodos
método das diferenças finitas
método dos momentos

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Introdução

quando as complexidades do problema e/ou das fórmulas


teóricas tornam as soluções analíticas intratáveis usamos
os métodos não analíticos
métodos gráficos
métodos experimentais
métodos analógicos
métodos numéricos
usaremos os métodos numéricos para solucionar e
analisar os problemas no nosso curso
estudaremos dois métodos
método das diferenças finitas
método dos momentos

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Introdução

quando as complexidades do problema e/ou das fórmulas


teóricas tornam as soluções analíticas intratáveis usamos
os métodos não analíticos
métodos gráficos
métodos experimentais
métodos analógicos
métodos numéricos
usaremos os métodos numéricos para solucionar e
analisar os problemas no nosso curso
estudaremos dois métodos
método das diferenças finitas
método dos momentos

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Introdução

quando as complexidades do problema e/ou das fórmulas


teóricas tornam as soluções analíticas intratáveis usamos
os métodos não analíticos
métodos gráficos
métodos experimentais
métodos analógicos
métodos numéricos
usaremos os métodos numéricos para solucionar e
analisar os problemas no nosso curso
estudaremos dois métodos
método das diferenças finitas
método dos momentos

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Introdução

quando as complexidades do problema e/ou das fórmulas


teóricas tornam as soluções analíticas intratáveis usamos
os métodos não analíticos
métodos gráficos
métodos experimentais
métodos analógicos
métodos numéricos
usaremos os métodos numéricos para solucionar e
analisar os problemas no nosso curso
estudaremos dois métodos
método das diferenças finitas
método dos momentos

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Introdução

quando as complexidades do problema e/ou das fórmulas


teóricas tornam as soluções analíticas intratáveis usamos
os métodos não analíticos
métodos gráficos
métodos experimentais
métodos analógicos
métodos numéricos
usaremos os métodos numéricos para solucionar e
analisar os problemas no nosso curso
estudaremos dois métodos
método das diferenças finitas
método dos momentos

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Introdução

quando as complexidades do problema e/ou das fórmulas


teóricas tornam as soluções analíticas intratáveis usamos
os métodos não analíticos
métodos gráficos
métodos experimentais
métodos analógicos
métodos numéricos
usaremos os métodos numéricos para solucionar e
analisar os problemas no nosso curso
estudaremos dois métodos
método das diferenças finitas
método dos momentos

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas

é uma técnica numérica simples em que são aproximadas


as derivadas de uma função e/ou parâmetro
consideremos uma função f (x) e as seguintes expansões
em série de Taylor

h2 00 h3 000
f (x + h) = f (x) + h f 0 (x) + f (x) + f (x) + · · ·
2 3!
h2 00 h3 000
f (x − h) = f (x) − h f 0 (x) + f (x) − f (x) + · · ·
2 3!
subtraindo a 1a expansão da 2a obtemos

f (x + h) − f (x − h) X f (2i+1) (x) 2i
f 0 (x) = + h
2h (2i + 1)!
i=1

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas

é uma técnica numérica simples em que são aproximadas


as derivadas de uma função e/ou parâmetro
consideremos uma função f (x) e as seguintes expansões
em série de Taylor

h2 00 h3 000
f (x + h) = f (x) + h f 0 (x) + f (x) + f (x) + · · ·
2 3!
h2 00 h3 000
f (x − h) = f (x) − h f 0 (x) + f (x) − f (x) + · · ·
2 3!
subtraindo a 1a expansão da 2a obtemos

f (x + h) − f (x − h) X f (2i+1) (x) 2i
f 0 (x) = + h
2h (2i + 1)!
i=1

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas

é uma técnica numérica simples em que são aproximadas


as derivadas de uma função e/ou parâmetro
consideremos uma função f (x) e as seguintes expansões
em série de Taylor

h2 00 h3 000
f (x + h) = f (x) + h f 0 (x) + f (x) + f (x) + · · ·
2 3!
h2 00 h3 000
f (x − h) = f (x) − h f 0 (x) + f (x) − f (x) + · · ·
2 3!
subtraindo a 1a expansão da 2a obtemos

f (x + h) − f (x − h) X f (2i+1) (x) 2i
f 0 (x) = + h
2h (2i + 1)!
i=1

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas

é uma técnica numérica simples em que são aproximadas


as derivadas de uma função e/ou parâmetro
consideremos uma função f (x) e as seguintes expansões
em série de Taylor

h2 00 h3 000
f (x + h) = f (x) + h f 0 (x) + f (x) + f (x) + · · ·
2 3!
h2 00 h3 000
f (x − h) = f (x) − h f 0 (x) + f (x) − f (x) + · · ·
2 3!
subtraindo a 1a expansão da 2a obtemos

f (x + h) − f (x − h) X f (2i+1) (x) 2i
f 0 (x) = + h
2h (2i + 1)!
i=1

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas

é uma técnica numérica simples em que são aproximadas


as derivadas de uma função e/ou parâmetro
consideremos uma função f (x) e as seguintes expansões
em série de Taylor

h2 00 h3 000
f (x + h) = f (x) + h f 0 (x) + f (x) + f (x) + · · ·
2 3!
h2 00 h3 000
f (x − h) = f (x) − h f 0 (x) + f (x) − f (x) + · · ·
2 3!
subtraindo a 1a expansão da 2a obtemos

f (x + h) − f (x − h) X f (2i+1) (x) 2i
f 0 (x) = + h
2h (2i + 1)!
i=1

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas

é uma técnica numérica simples em que são aproximadas


as derivadas de uma função e/ou parâmetro
consideremos uma função f (x) e as seguintes expansões
em série de Taylor

h2 00 h3 000
f (x + h) = f (x) + h f 0 (x) + f (x) + f (x) + · · ·
2 3!
h2 00 h3 000
f (x − h) = f (x) − h f 0 (x) + f (x) − f (x) + · · ·
2 3!
subtraindo a 1a expansão da 2a obtemos

f (x + h) − f (x − h) X f (2i+1) (x) 2i
f 0 (x) = + h
2h (2i + 1)!
i=1

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas

é uma técnica numérica simples em que são aproximadas


as derivadas de uma função e/ou parâmetro
consideremos uma função f (x) e as seguintes expansões
em série de Taylor

h2 00 h3 000
f (x + h) = f (x) + h f 0 (x) + f (x) + f (x) + · · ·
2 3!
h2 00 h3 000
f (x − h) = f (x) − h f 0 (x) + f (x) − f (x) + · · ·
2 3!
somando a 1a expansão da 2a obtemos

f (x + h) − 2 f (x) + f (x − h) X f (2i+2) (x) 2i


f 00 (x) = + h
h2 (2i + 2)!
i=1

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas

é uma técnica numérica simples em que são aproximadas


as derivadas de uma função e/ou parâmetro
consideremos uma função f (x) e as seguintes expansões
em série de Taylor

h2 00 h3 000
f (x + h) = f (x) + h f 0 (x) + f (x) + f (x) + · · ·
2 3!
h2 00 h3 000
f (x − h) = f (x) − h f 0 (x) + f (x) − f (x) + · · ·
2 3!
somando a 1a expansão da 2a obtemos

f (x + h) − 2 f (x) + f (x − h) X f (2i+2) (x) 2i


f 00 (x) = + h
h2 (2i + 2)!
i=1

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas

é uma técnica numérica simples em que são aproximadas


as derivadas de uma função e/ou parâmetro
consideremos uma função f (x) e as seguintes expansões
em série de Taylor

h2 00 h3 000
f (x + h) = f (x) + h f 0 (x) + f (x) + f (x) + · · ·
2 3!
h2 00 h3 000
f (x − h) = f (x) − h f 0 (x) + f (x) − f (x) + · · ·
2 3!
somando a 1a expansão da 2a obtemos

f (x + h) − 2 f (x) + f (x − h) X f (2i+2) (x) 2i


f 00 (x) = + h
h2 (2i + 2)!
i=1

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas

é uma técnica numérica simples em que são aproximadas


as derivadas de uma função e/ou parâmetro
consideremos uma função f (x) e as seguintes expansões
em série de Taylor

h2 00 h3 000
f (x + h) = f (x) + h f 0 (x) + f (x) + f (x) + · · ·
2 3!
h2 00 h3 000
f (x − h) = f (x) − h f 0 (x) + f (x) − f (x) + · · ·
2 3!
somando a 1a expansão da 2a obtemos

f (x + h) − 2 f (x) + f (x − h) X f (2i+2) (x) 2i


f 00 (x) = + h
h2 (2i + 2)!
i=1

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas

é uma técnica numérica simples em que são aproximadas


as derivadas de uma função e/ou parâmetro
consideremos uma função f (x) e as seguintes expansões
em série de Taylor

h2 00 h3 000
f (x + h) = f (x) + h f 0 (x) + f (x) + f (x) + · · ·
2 3!
h2 00 h3 000
f (x − h) = f (x) − h f 0 (x) + f (x) − f (x) + · · ·
2 3!
somando a 1a expansão da 2a obtemos

f (x + h) − 2 f (x) + f (x − h) X f (2i+2) (x) 2i


f 00 (x) = + h
h2 (2i + 2)!
i=1

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas

é uma técnica numérica simples em que são aproximadas


as derivadas de uma função e/ou parâmetro
consideremos uma função f (x) e as seguintes expansões
em série de Taylor

h2 00 h3 000
f (x + h) = f (x) + h f 0 (x) + f (x) + f (x) + · · ·
2 3!
h2 00 h3 000
f (x − h) = f (x) − h f 0 (x) + f (x) − f (x) + · · ·
2 3!
somando a 1a expansão da 2a obtemos

f (x + h) − 2 f (x) + f (x − h) X f (2i+2) (x) 2i


f 00 (x) = + h
h2 (2i + 2)!
i=1

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


das expansões anteriores temos as fórmulas das
derivadas da função f (x)
f (x + h) − f (x − h)
f 0 (x) ≈
2h
f (x + h) − 2 f (x) + f (x − h)
f 00 (x) ≈
h2
que é mais precisa quanto
menor for o passo h
se for uma função de duas
variáveis, f (x, y ), como
aplicamos as fórmulas?

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


das expansões anteriores temos as fórmulas das
derivadas da função f (x)
f (x + h) − f (x − h)
f 0 (x) ≈
2h
f (x + h) − 2 f (x) + f (x − h)
f 00 (x) ≈
h2
que é mais precisa quanto
menor for o passo h
se for uma função de duas
variáveis, f (x, y ), como
aplicamos as fórmulas?

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


das expansões anteriores temos as fórmulas das
derivadas da função f (x)
f (x + h) − f (x − h)
f 0 (x) ≈
2h
f (x + h) − 2 f (x) + f (x − h)
f 00 (x) ≈
h2
que é mais precisa quanto
menor for o passo h
se for uma função de duas
variáveis, f (x, y ), como
aplicamos as fórmulas?

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


das expansões anteriores temos as fórmulas das
derivadas da função f (x)
f (x + h) − f (x − h)
f 0 (x) ≈
2h
f (x + h) − 2 f (x) + f (x − h)
f 00 (x) ≈
h2
que é mais precisa quanto
menor for o passo h
se for uma função de duas
variáveis, f (x, y ), como
aplicamos as fórmulas?

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


das expansões anteriores temos as fórmulas das
derivadas da função f (x)
f (x + h) − f (x − h)
f 0 (x) ≈
2h
f (x + h) − 2 f (x) + f (x − h)
f 00 (x) ≈
h2
que é mais precisa quanto
menor for o passo h
se for uma função de duas
variáveis, f (x, y ), como
aplicamos as fórmulas?

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

consideremos a região mostrada na figura


temos valores desconhecidos do potencial em cinco
pontos

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

consideremos a região mostrada na figura


temos valores desconhecidos do potencial em cinco
pontos

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

consideremos a região mostrada na figura


temos valores desconhecidos do potencial em cinco
pontos

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

se a região é livre de cargas e é homogênea temos


~ =0e∇·E
∇·D ~ =0
a partir destas equações temos

∂Ex ∂Ey
+ =0
∂x ∂y
aproximamos as derivadas
usando as expressões

∂Ex E1 − E0
=
∂x a h

∂Ey E2 − E0
=
∂y b h
Carvalho Eletromagnetismo Computacional
Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

se a região é livre de cargas e é homogênea temos


~ =0e∇·E
∇·D ~ =0
a partir destas equações temos

∂Ex ∂Ey
+ =0
∂x ∂y
aproximamos as derivadas
usando as expressões

∂Ex E1 − E0
=
∂x a h

∂Ey E2 − E0
=
∂y b h
Carvalho Eletromagnetismo Computacional
Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

se a região é livre de cargas e é homogênea temos


~ =0e∇·E
∇·D ~ =0
a partir destas equações temos

∂Ex ∂Ey
+ =0
∂x ∂y
aproximamos as derivadas
usando as expressões

∂Ex E1 − E0
=
∂x a h

∂Ey E2 − E0
=
∂y b h
Carvalho Eletromagnetismo Computacional
Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

se a região é livre de cargas e é homogênea temos


~ =0e∇·E
∇·D ~ =0
a partir destas equações temos

∂Ex ∂Ey
+ =0
∂x ∂y
aproximamos as derivadas
usando as expressões

∂Ex E1 − E0
=
∂x a h

∂Ey E2 − E0
=
∂y b h
Carvalho Eletromagnetismo Computacional
Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

se a região é livre de cargas e é homogênea temos


~ =0e∇·E
∇·D ~ =0
a partir destas equações temos

∂Ex ∂Ey
+ =0
∂x ∂y
aproximamos as derivadas
usando as expressões

∂Ex E1 − E0
=
∂x a h

∂Ey E2 − E0
=
∂y b h
Carvalho Eletromagnetismo Computacional
Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

se a região é livre de cargas e é homogênea temos


~ =0e∇·E
∇·D ~ =0
a partir destas equações temos

∂Ex ∂Ey
+ =0
∂x ∂y
aproximamos as derivadas
usando as expressões

∂Ex E1 − E0
=
∂x a h

∂Ey E2 − E0
=
∂y b h
Carvalho Eletromagnetismo Computacional
Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

se a região é livre de cargas e é homogênea temos


~ =0e∇·E
∇·D ~ =0
a partir destas equações temos

∂Ex ∂Ey
+ =0
∂x ∂y
aproximamos as derivadas
usando as expressões

∂Ex E1 − E0
=
∂x a h

∂Ey E2 − E0
=
∂y b h
Carvalho Eletromagnetismo Computacional
Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

se a região é livre de cargas e é homogênea temos


~ =0e∇·E
∇·D ~ =0
a partir destas equações temos

∂Ex ∂Ey
+ =0
∂x ∂y
aproximamos as derivadas
usando as expressões

∂Ex E1 − E0
=
∂x a h

∂Ey E2 − E0
=
∂y b h
Carvalho Eletromagnetismo Computacional
Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

~ = −∇V aplicada na equação


a relação E
∂Ex ∂Ey
+ =0
∂x ∂y
leva a equação de Laplace
∂2V ∂2V
+ =0
∂x 2 ∂y 2
aproximando as derivadas de 2a ordem obtemos
∂V ∂V

∂ 2 V ∂x a − ∂x c

V1 − V0 − V0 + V3
= =
∂x 2 0 h h2

∂V ∂V
∂ 2 V ∂y b − ∂y d

V2 − V0 − V0 + V4
2
= =
∂y 0 h h2

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

~ = −∇V aplicada na equação


a relação E
∂Ex ∂Ey
+ =0
∂x ∂y
leva a equação de Laplace
∂2V ∂2V
+ =0
∂x 2 ∂y 2
aproximando as derivadas de 2a ordem obtemos
∂V ∂V

∂ 2 V ∂x a − ∂x c

V1 − V0 − V0 + V3
= =
∂x 2 0 h h2

∂V ∂V
∂ 2 V ∂y b − ∂y d

V2 − V0 − V0 + V4
2
= =
∂y 0 h h2

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

~ = −∇V aplicada na equação


a relação E
∂Ex ∂Ey
+ =0
∂x ∂y
leva a equação de Laplace
∂2V ∂2V
+ =0
∂x 2 ∂y 2
aproximando as derivadas de 2a ordem obtemos
∂V ∂V

∂ 2 V ∂x a − ∂x c

V1 − V0 − V0 + V3
= =
∂x 2 0 h h2

∂V ∂V
∂ 2 V ∂y b − ∂y d

V2 − V0 − V0 + V4
2
= =
∂y 0 h h2

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

~ = −∇V aplicada na equação


a relação E
∂Ex ∂Ey
+ =0
∂x ∂y
leva a equação de Laplace
∂2V ∂2V
+ =0
∂x 2 ∂y 2
aproximando as derivadas de 2a ordem obtemos
∂V ∂V

∂ 2 V ∂x a − ∂x c

V1 − V0 − V0 + V3
= =
∂x 2 0 h h2

∂V ∂V
∂ 2 V ∂y b − ∂y d

V2 − V0 − V0 + V4
2
= =
∂y 0 h h2

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

~ = −∇V aplicada na equação


a relação E
∂Ex ∂Ey
+ =0
∂x ∂y
leva a equação de Laplace
∂2V ∂2V
+ =0
∂x 2 ∂y 2
aproximando as derivadas de 2a ordem obtemos
∂V ∂V

∂ 2 V ∂x a − ∂x c

V1 − V0 − V0 + V3
= =
∂x 2 0 h h2

∂V ∂V
∂ 2 V ∂y b − ∂y d

V2 − V0 − V0 + V4
2
= =
∂y 0 h h2

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

~ = −∇V aplicada na equação


a relação E
∂Ex ∂Ey
+ =0
∂x ∂y
leva a equação de Laplace
∂2V ∂2V
+ =0
∂x 2 ∂y 2
aproximando as derivadas de 2a ordem obtemos
∂V ∂V

∂ 2 V ∂x a − ∂x c

V1 − V0 − V0 + V3
= =
∂x 2 0 h h2

∂V ∂V
∂ 2 V ∂y b − ∂y d

V2 − V0 − V0 + V4
2
= =
∂y 0 h h2

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

~ = −∇V aplicada na equação


a relação E
∂Ex ∂Ey
+ =0
∂x ∂y
leva a equação de Laplace
∂2V ∂2V
+ =0
∂x 2 ∂y 2
aproximando as derivadas de 2a ordem obtemos
∂V ∂V

∂ 2 V ∂x a − ∂x c

V1 − V0 − V0 + V3
= =
∂x 2 0 h h2

∂V ∂V
∂ 2 V ∂y b − ∂y d

V2 − V0 − V0 + V4
2
= =
∂y 0 h h2

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

na figura temos os potenciais nos pontos

∂ 2 V

V1 − V0 − V0 + V3
2

∂x 0 h2
∂ 2 V

V2 − V0 − V0 + V4
2

∂y 0 h2

que é mais precisa quanto


menor for o passo h
o potencial num ponto
é definido em termos dos
potenciais nos pontos
em torno deste

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

na figura temos os potenciais nos pontos

∂ 2 V

V1 − V0 − V0 + V3
2

∂x 0 h2
∂ 2 V

V2 − V0 − V0 + V4
2

∂y 0 h2

que é mais precisa quanto


menor for o passo h
o potencial num ponto
é definido em termos dos
potenciais nos pontos
em torno deste

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

na figura temos os potenciais nos pontos

∂ 2 V

V1 − V0 − V0 + V3
2

∂x 0 h2
∂ 2 V

V2 − V0 − V0 + V4
2

∂y 0 h2

que é mais precisa quanto


menor for o passo h
o potencial num ponto
é definido em termos dos
potenciais nos pontos
em torno deste

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

na figura temos os potenciais nos pontos

∂ 2 V

V1 − V0 − V0 + V3
2

∂x 0 h2
∂ 2 V

V2 − V0 − V0 + V4
2

∂y 0 h2

que é mais precisa quanto


menor for o passo h
o potencial num ponto
é definido em termos dos
potenciais nos pontos
em torno deste

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

na figura temos os potenciais nos pontos

∂ 2 V

V1 − V0 − V0 + V3
2

∂x 0 h2
∂ 2 V

V2 − V0 − V0 + V4
2

∂y 0 h2

que é mais precisa quanto


menor for o passo h
o potencial num ponto
é definido em termos dos
potenciais nos pontos
em torno deste

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

combinando as duas expressões obtemos

∂2V ∂2V V1 + V2 + V3 + V4 − 4 V0
+ ≈ =0
∂x 2 ∂y 2 h2
1
V0 ≈ (V1 + V2 + V3 + V4 )
4
que é mais precisa quanto
menor for o passo h

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

combinando as duas expressões obtemos

∂2V ∂2V V1 + V2 + V3 + V4 − 4 V0
+ ≈ =0
∂x 2 ∂y 2 h2
1
V0 ≈ (V1 + V2 + V3 + V4 )
4
que é mais precisa quanto
menor for o passo h

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

combinando as duas expressões obtemos

∂2V ∂2V V1 + V2 + V3 + V4 − 4 V0
+ ≈ =0
∂x 2 ∂y 2 h2
1
V0 ≈ (V1 + V2 + V3 + V4 )
4
que é mais precisa quanto
menor for o passo h

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


Cálculo de Potencial

combinando as duas expressões obtemos

∂2V ∂2V V1 + V2 + V3 + V4 − 4 V0
+ ≈ =0
∂x 2 ∂y 2 h2
1
V0 ≈ (V1 + V2 + V3 + V4 )
4
que é mais precisa quanto
menor for o passo h

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


o
Cálculo de Potencial - exemplo de aplicação n 1

dada a seção reta de uma calha quadrada com os lados e


base no potencial zero e o topo no potencial de 100 V ,
determine a distribuição de potencial na calha

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


o
Cálculo de Potencial - exemplo de aplicação n 1

dada a seção reta de uma calha quadrada com os lados e


base no potencial zero e o topo no potencial de 100 V ,
determine a distribuição de potencial na calha

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


o
Cálculo de Potencial - exemplo de aplicação n 1

usaremos o método iterativo


no primeiro passo fazemos todos os potenciais
desconhecidos iguais a zero depois aplicamos
1
V0 ≈ (V1 + V2 + V3 + V4 )
4

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


o
Cálculo de Potencial - exemplo de aplicação n 1

usaremos o método iterativo


no primeiro passo fazemos todos os potenciais
desconhecidos iguais a zero depois aplicamos
1
V0 ≈ (V1 + V2 + V3 + V4 )
4

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


o
Cálculo de Potencial - exemplo de aplicação n 1

usaremos o método iterativo


no primeiro passo fazemos todos os potenciais
desconhecidos iguais a zero depois aplicamos
1
V0 ≈ (V1 + V2 + V3 + V4 )
4

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


o
Cálculo de Potencial - exemplo de aplicação n 1

1a iteração
1
V0 ≈ (V1 + V2 + V3 + V4 )
4

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


o
Cálculo de Potencial - exemplo de aplicação n 1

1a iteração
1
V0 ≈ (V1 + V2 + V3 + V4 )
4

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


o
Cálculo de Potencial - exemplo de aplicação n 1

2a iteração
1
V0 ≈ (V1 + V2 + V3 + V4 )
4

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


o
Cálculo de Potencial - exemplo de aplicação n 1

2a iteração
1
V0 ≈ (V1 + V2 + V3 + V4 )
4

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


o
Cálculo de Potencial - exemplo de aplicação n 1

3a iteração
1
V0 ≈ (V1 + V2 + V3 + V4 )
4

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


o
Cálculo de Potencial - exemplo de aplicação n 1

3a iteração
1
V0 ≈ (V1 + V2 + V3 + V4 )
4

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


o
Cálculo de Potencial - exemplo de aplicação n 1

4a iteração
1
V0 ≈ (V1 + V2 + V3 + V4 )
4

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método das Diferenças Finitas


o
Cálculo de Potencial - exemplo de aplicação n 1

4a iteração
1
V0 ≈ (V1 + V2 + V3 + V4 )
4

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos

é uma técnica numérica para resolver equações integrais


e equações diferenciais
aqui aplicaremos o método dos momentos para resolver
equações integrais
equação integral é uma equação em que a incógnita está
na integral
exemplos
Z Z
~ = ρv dv ρv dv
E ~aR V =
v 4 π ε0 R 2 v 4πεr

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos

é uma técnica numérica para resolver equações integrais


e equações diferenciais
aqui aplicaremos o método dos momentos para resolver
equações integrais
equação integral é uma equação em que a incógnita está
na integral
exemplos
Z Z
~ = ρv dv ρv dv
E ~aR V =
v 4 π ε0 R 2 v 4πεr

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos

é uma técnica numérica para resolver equações integrais


e equações diferenciais
aqui aplicaremos o método dos momentos para resolver
equações integrais
equação integral é uma equação em que a incógnita está
na integral
exemplos
Z Z
~ = ρv dv ρv dv
E ~aR V =
v 4 π ε0 R 2 v 4πεr

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos

é uma técnica numérica para resolver equações integrais


e equações diferenciais
aqui aplicaremos o método dos momentos para resolver
equações integrais
equação integral é uma equação em que a incógnita está
na integral
exemplos
Z Z
~ = ρv dv ρv dv
E ~aR V =
v 4 π ε0 R 2 v 4πεr

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos

é uma técnica numérica para resolver equações integrais


e equações diferenciais
aqui aplicaremos o método dos momentos para resolver
equações integrais
equação integral é uma equação em que a incógnita está
na integral
exemplos
Z Z
~ = ρv dv ρv dv
E ~aR V =
v 4 π ε0 R 2 v 4πεr

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos

aplicaremos uma técnica de integração numérica que é


um caso particular do método dos momentos
consideremos um fio condutor fino de raio a e
comprimento L (L  a)

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos

aplicaremos uma técnica de integração numérica que é


um caso particular do método dos momentos
consideremos um fio condutor fino de raio a e
comprimento L (L  a)

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos

aplicaremos uma técnica de integração numérica que é


um caso particular do método dos momentos
consideremos um fio condutor fino de raio a e
comprimento L (L  a)

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos


em um ponto qualquer do fio temos
Z Z L
ρv dv ρl dl
V = → V0 =
v 4πεr 0 4 π ε0 r

em um ponto fixo yk , o ponto de amostragem temos


Z L
1 ρl (y ) dy
V0 =
4 π ε0 0 |yk − y |

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos


em um ponto qualquer do fio temos
Z Z L
ρv dv ρl dl
V = → V0 =
v 4πεr 0 4 π ε0 r

em um ponto fixo yk , o ponto de amostragem temos


Z L
1 ρl (y ) dy
V0 =
4 π ε0 0 |yk − y |

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos


em um ponto qualquer do fio temos
Z Z L
ρv dv ρl dl
V = → V0 =
v 4πεr 0 4 π ε0 r

em um ponto fixo yk , o ponto de amostragem temos


Z L
1 ρl (y ) dy
V0 =
4 π ε0 0 |yk − y |

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos


em um ponto qualquer do fio temos
Z Z L
ρv dv ρl dl
V = → V0 =
v 4πεr 0 4 π ε0 r

em um ponto fixo yk , o ponto de amostragem temos


Z L
1 ρl (y ) dy
V0 =
4 π ε0 0 |yk − y |

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos


em um ponto qualquer do fio temos
Z Z L
ρv dv ρl dl
V = → V0 =
v 4πεr 0 4 π ε0 r

em um ponto fixo yk , o ponto de amostragem temos


Z L
1 ρl (y ) dy
V0 =
4 π ε0 0 |yk − y |

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos

do cálculo sabemos que integração, em uma dimensão, é


determinar uma área
se δy é pequeno, a integração de
Z L Z L
1 ρl (y ) dy 1
V0 = = f (y ) dy
4 π ε0 0 |yk − y | 4 π ε0 0

no intervalo 0 < y < L será


Z L N
X
f (y ) dy = f (y1 ) ∆y +f (y2 ) ∆y +· · ·+f (yN ) ∆y = f (yk ) ∆y
0 k =1

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos

do cálculo sabemos que integração, em uma dimensão, é


determinar uma área
se δy é pequeno, a integração de
Z L Z L
1 ρl (y ) dy 1
V0 = = f (y ) dy
4 π ε0 0 |yk − y | 4 π ε0 0

no intervalo 0 < y < L será


Z L N
X
f (y ) dy = f (y1 ) ∆y +f (y2 ) ∆y +· · ·+f (yN ) ∆y = f (yk ) ∆y
0 k =1

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos

do cálculo sabemos que integração, em uma dimensão, é


determinar uma área
se δy é pequeno, a integração de
Z L Z L
1 ρl (y ) dy 1
V0 = = f (y ) dy
4 π ε0 0 |yk − y | 4 π ε0 0

no intervalo 0 < y < L será


Z L N
X
f (y ) dy = f (y1 ) ∆y +f (y2 ) ∆y +· · ·+f (yN ) ∆y = f (yk ) ∆y
0 k =1

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos

do cálculo sabemos que integração, em uma dimensão, é


determinar uma área
se δy é pequeno, a integração de
Z L Z L
1 ρl (y ) dy 1
V0 = = f (y ) dy
4 π ε0 0 |yk − y | 4 π ε0 0

no intervalo 0 < y < L será


Z L N
X
f (y ) dy = f (y1 ) ∆y +f (y2 ) ∆y +· · ·+f (yN ) ∆y = f (yk ) ∆y
0 k =1

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos

do cálculo sabemos que integração, em uma dimensão, é


determinar uma área
se δy é pequeno, a integração de
Z L Z L
1 ρl (y ) dy 1
V0 = = f (y ) dy
4 π ε0 0 |yk − y | 4 π ε0 0

no intervalo 0 < y < L será


Z L N
X
f (y ) dy = f (y1 ) ∆y +f (y2 ) ∆y +· · ·+f (yN ) ∆y = f (yk ) ∆y
0 k =1

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos

do cálculo sabemos que integração, em uma dimensão, é


determinar uma área
se δy é pequeno, a integração de
Z L Z L
1 ρl (y ) dy 1
V0 = = f (y ) dy
4 π ε0 0 |yk − y | 4 π ε0 0

no intervalo 0 < y < L será


Z L N
X
f (y ) dy = f (y1 ) ∆y +f (y2 ) ∆y +· · ·+f (yN ) ∆y = f (yk ) ∆y
0 k =1

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos

aplicando
Z L N
X
f (y ) dy = f (y1 ) ∆y +f (y2 ) ∆y +· · ·+f (yN ) ∆y = f (yk ) ∆y
0 k =1

obtemos
ρ1 ∆ ρ2 ∆
4 π ε0 V0 = + +
|yk − y1 | |yk − y2 |
ρN ∆
··· +
|yk − yN |

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos

aplicando
Z L N
X
f (y ) dy = f (y1 ) ∆y +f (y2 ) ∆y +· · ·+f (yN ) ∆y = f (yk ) ∆y
0 k =1

obtemos
ρ1 ∆ ρ2 ∆
4 π ε0 V0 = + +
|yk − y1 | |yk − y2 |
ρN ∆
··· +
|yk − yN |

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos

aplicando
Z L N
X
f (y ) dy = f (y1 ) ∆y +f (y2 ) ∆y +· · ·+f (yN ) ∆y = f (yk ) ∆y
0 k =1

obtemos
ρ1 ∆ ρ2 ∆
4 π ε0 V0 = + +
|yk − y1 | |yk − y2 |
ρN ∆
··· +
|yk − yN |

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos

aplicando
Z L N
X
f (y ) dy = f (y1 ) ∆y +f (y2 ) ∆y +· · ·+f (yN ) ∆y = f (yk ) ∆y
0 k =1

obtemos
ρ1 ∆ ρ2 ∆
4 π ε0 V0 = + +
|yk − y1 | |yk − y2 |
ρN ∆
··· +
|yk − yN |

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos


como temos N pontos, aplicando
ρ1 ∆ ρ2 ∆ ρN ∆
4 π ε0 V0 = + +· · ·+
|yk − y1 | |yk − y2 | |yk − yN |
para cada ponto obtemos o sistema de equações lineares
ρ1 ∆ ρ2 ∆ ρN ∆
4 π ε0 V0 = + + ···
|y1 − y1 | |y1 − y2 | |y1 − yN |
ρ1 ∆ ρ2 ∆ ρN ∆
4 π ε0 V0 = + + ···
|y2 − y1 | |y2 − y2 | |y2 − yN |
..
.
ρ1 ∆ ρ2 ∆ ρN ∆
4 π ε0 V0 = + + ···
|yN − y1 | |yN − y2 | |yN − yN |

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos


como temos N pontos, aplicando
ρ1 ∆ ρ2 ∆ ρN ∆
4 π ε0 V0 = + +· · ·+
|yk − y1 | |yk − y2 | |yk − yN |
para cada ponto obtemos o sistema de equações lineares
ρ1 ∆ ρ2 ∆ ρN ∆
4 π ε0 V0 = + + ···
|y1 − y1 | |y1 − y2 | |y1 − yN |
ρ1 ∆ ρ2 ∆ ρN ∆
4 π ε0 V0 = + + ···
|y2 − y1 | |y2 − y2 | |y2 − yN |
..
.
ρ1 ∆ ρ2 ∆ ρN ∆
4 π ε0 V0 = + + ···
|yN − y1 | |yN − y2 | |yN − yN |

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos


como temos N pontos, aplicando
ρ1 ∆ ρ2 ∆ ρN ∆
4 π ε0 V0 = + +· · ·+
|yk − y1 | |yk − y2 | |yk − yN |
para cada ponto obtemos o sistema de equações lineares
ρ1 ∆ ρ2 ∆ ρN ∆
4 π ε0 V0 = + + ···
|y1 − y1 | |y1 − y2 | |y1 − yN |
ρ1 ∆ ρ2 ∆ ρN ∆
4 π ε0 V0 = + + ···
|y2 − y1 | |y2 − y2 | |y2 − yN |
..
.
ρ1 ∆ ρ2 ∆ ρN ∆
4 π ε0 V0 = + + ···
|yN − y1 | |yN − y2 | |yN − yN |

Carvalho Eletromagnetismo Computacional


Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos


escrevendo na forma matricial
[A][ρ] = [B]
em que
 
A11 A12 ··· A1N ∆

 A21 A22 ··· A2N  Ann = 2 ln a
[A] =  ,
 
.. ..
 . .  Amn = |ym∆
−yn |
AN1 AN2 · · · ANN
   
1 ρ1
 1   ρ2 
[B] = 4 π ε0 V0  .  [ρ] = 
   
. .. 
 .   . 
1 ρN
Carvalho Eletromagnetismo Computacional
Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos


escrevendo na forma matricial
[A][ρ] = [B]
em que
 
A11 A12 ··· A1N ∆

 A21 A22 ··· A2N  Ann = 2 ln a
[A] =  ,
 
.. ..
 . .  Amn = |ym∆
−yn |
AN1 AN2 · · · ANN
   
1 ρ1
 1   ρ2 
[B] = 4 π ε0 V0  .  [ρ] = 
   
. .. 
 .   . 
1 ρN
Carvalho Eletromagnetismo Computacional
Introdução
Método das Diferenças Finitas
Método dos Momentos

Método dos Momentos


escrevendo na forma matricial
[A][ρ] = [B]
em que
 
A11 A12 ··· A1N ∆

 A21 A22 ··· A2N  Ann = 2 ln a
[A] =  ,
 
.. ..
 . .  Amn = |ym∆
−yn |
AN1 AN2 · · · ANN
   
1 ρ1
 1   ρ2 
[B] = 4 π ε0 V0  .  [ρ] = 
   
. .. 
 .   . 
1 ρN
Carvalho Eletromagnetismo Computacional