Você está na página 1de 2

Instituto Federal de Educação Tecnológica da Bahia

Curso de Engenharia Civil


GAL101 - Geometria Analı́tica e Álgebra Linear

Primeira Lista de Exercı́cios - Matrizes


Professor: Josaphat Ricardo R. Gouveia Jr. Data: 03/06/2019
Aluno: Matrı́cula: 2 0

1. Sejam 4. Dadas as matrizes


       
1 2 3 −2 0 1 cos(θ) sin(θ) 1
A= ,B= , A= ,X=
2 1 −1 3 0 1 − sin(θ) cos(θ) 1

−1
 e  
  −1
C =  2  , D = 2 −1 , Z= .
1
4
  Determine os valores do parâmetro θ ∈ R
1 0  
de modo que AX = Z.
1 0
E =  3 −1  e F = .
0 1
4 2 5. Sendo as matrizes M = [mij ]2×3 , N =
Calcule, quando possı́vel [nij ]a×b , P = [pij ]c×4 , Q = [qij ]d×e , é pos-
sı́ı́vel determinar M + N , N × P e P − Q
a. A + B se:
b. B + F
a. b − a = c − d
c. A.C
b. a = b = c = d = e − 1
d. C.A
c. b = a + 1, c = d = e = 4
e. E t + (−A)
d. a × b = 6, a + 1 = b = c = d = e − 1
f. C.D + 2E − At a+c
e. b = c = d = 2
g. C t .E − 3D
h. E.F + At − B t 6. Determine o valor de x para que o produto
das matrizes
2. Dadas as matrizes  
−2 x

a + 2b 2a − b
 A=
A= 3 1
2c + d c − 2d
e  
e 1 −1
B=
 
9 −2 0 1
B= .
4 7
seja uma matriz simétrica.
Determine os parâmetros a, b, c e d de
modo que A = B. 7. Uma matriz quadrada M é simétrica
quando M t = M . Uma matriz quadrada
3. Dadas as matrizes
N é antisimétrica quando N t = −N . Se
 
a A é uma matriz quadrada, mostre que:
 
X =  2  , Y = −1 b 2
a) B = A + At é uma matriz simétrica.
1
b) C = A − At é uma matriz antisimé-
e 
3
 trica.
Z =  2 . 8. Sejam A e B matrizes simétricas de mesma
1 ordem. Mostre que se AB é uma matriz si-
Determine os parâmetros a e b tais que métrica se, e somente se, A e B comutam,
Y X = 0 e Y Z = 1. isto é, AB = BA.
Instituto Federal de Educação Tecnológica da Bahia
Curso de Engenharia Civil
GAL101 - Geometria Analı́tica e Álgebra Linear

9. Dada a matriz 16. Mostre que as matrizes


 
2 1 
1 2

A=
1 2 A= 3 4 
Determine as matrizes B de modo que −2 0
AB − BA = 02×2 , se possı́vel.
e  
10. Mostre que as matrizes 1 2
  U =  0 −2 
1 2 3 0 0
A= 3 2 0 
−1 −1 −1 são equivalentes, indicando a sequência de
operações elementares de linhas utilizada
e
para reduzir a matriz A a matriz B.
 
−2 −1 −6
B= 3 2 9 
17. Dada a matriz
−1 −1 −4  
comutam, isto é, AB = BA. 2 2 −1 6 4
 4 4 1 10 13 
A= .
11. Mostre que a matriz  2 2 5 2 14 
6 6 0 20 19
 
2 −2 −4
A =  −1 3 4  Encontre uma matriz R na forma escalo-
1 −2 −3 nada, linha equivalente a matriz A, indi-
é idempotente, isto é, A2 = A. cando a sequência de operações elementa-
res de linhas utilizada.
12. Dada a matriz
18. Sabendo que o posto linha (ou coluna) de
 
1 2 2
A =  2 1 2 . uma matriz A ∈ Rm×n é o número de
2 2 1 linhas (ou colunas) linearmente indepen-
dentes, ou seja, o número de linhas (ou
Mostre que A2 − 4A − 5I3 = 03 , onde 03 é
colunas) não nulas da matriz linha redu-
a matriz nula de ordem 3 e I3 é a matriz
zida a forma escada de A. Determine o
identidade de ordem 3.
posto da matriz A dada por:
13. Sejam A e B matrizes quadradas de  
1 2 1
mesma ordem. Qual a condição que de-  3 8 4 
vemos ter para que (A + B)(A − B) = A=  1 4 2 .

A2 − B 2 ?
1 1 1
 
14. Dadas as matrizes A = x 4 −2 e
B = 2 −3 5 , encontre um valor 19. Determine o posto linha da matriz A dada
para x tal que AB t = 0. por:
 
15. Mostre que as matrizes 1 2 1 2 0
  A =  3 4 4 5 1 ,
2 1 −1
1 0 2 1 1
A= 1 3 2 
4 2 1 e também o posto linha da matriz At .
e
20. Dê exemplos, se possı́vel, de matrizes sa-
 
1 3 2
U =  0 −5 −5  tisfazendo as condições dadas abaixo, onde
0 0 3 P (A) é o posto da matriz A.
são equivalentes, indicando a sequência de a) A2×3 , P (A) = 2
operações elementares de linhas utilizada
b) C3×2 , P (C) = 3
para reduzir a matriz A a matriz triangu-
lar superior U . c) J3 , P (J) = 2

Você também pode gostar