Você está na página 1de 9

PE-1PBR-00220-0- Cópia Não-Controlada https://rjln202.petrobras.com.br/SINPEP/REST/PETROBRAS/SINP...

Código: PE-1PBR-00220 Versão: 0

Existe Revisão em
Andamento

MS - TRABALHOS EM ALTURA - ANDAIMES


Status: Ativo

Gestor do Padrão: SMS/IE&P/SG Data de Aprovação: 23/09/2016


Aprovador: SMS/IE&P Assinatura: Humberto Americano
Romanus

Tipo de Cópia Impressa:


Não Controlada

Cadastro

Validação

1. OBJETIVO

Estabelecer os requisitos mínimos de segurança na execução dos trabalhos de


montagem e desmontagem de andaimes.

2. APLICAÇÃO E ABRANGÊNCIA

Instalações do E&P.

3. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA E
COMPLEMENTARES
3.1. Documentos de referência

<Link inválido> PP-1E1-00209: Manual de Segurança

3.2. Documentos complementares

NR-18: Condições e meio ambiente de trabalho na indústria da construção


NR-34: Condições e meio ambiente de trabalho na indústria da construção e reparação naval
NR-35: Trabalho em altura

1 de 9 21/8/2017 14:59
PE-1PBR-00220-0- Cópia Não-Controlada https://rjln202.petrobras.com.br/SINPEP/REST/PETROBRAS/SINP...

NBR 5419: Proteção de estruturas contra descargas atmosféricas


NBR 6494: Segurança nos andaimes
<Link inválido> PP-1E1-00210: MS - Permissão para trabalho
<Link inválido> PP-1E1-00213: MS - Trabalhos em espaço confinado
<Link inválido> PP-1E1-00214: MS - Trabalhos em altura
<Link inválido> PP-1E1-00215: MS - Trabalhos em áreas com presença de H2 S
<Link inválido> PP-1E1-00217: MS - Trabalhos sobre o mar
<Link inválido> PP-1E1-00219: MS - Trabalhos em eletricidade
4. DEFINIÇÕES

4.1. Trabalho em altura - Toda atividade executada acima de 2 m do nível inferior, onde haja
risco de queda do trabalhador.

5. AUTORIDADE E
RESPONSABILIDADE

5.1. É responsabilidade do SMS/IE&P/SG a análise crítica deste padrão.


5.2. É responsabilidade das unidades operacionais do E&P, SUB e POÇOS cumprir as
diretrizes deste padrão.

6. DESCRIÇÃO

6.1. EPI
6.1.1. Nas atividades de montagem e desmontagem de andaimes é obrigatório o uso de cinto de
segurança tipo paraquedista, com duplo talabarte ou talabarte em "Y", que possua ganchos de
abertura mínima de 50 mm e dupla trava.
6.1.2. Em função do local e do trabalho a ser executado, o profissional de segurança deve
definir EPI complementar.

6.2. FERRAMENTAS
6.2.1. Antes da realização de qualquer trabalho, os equipamentos, ferramentas e acessórios a
serem utilizados devem ser inspecionados, de modo a garantir que estejam em perfeitas
condições de uso.
6.2.2. Durante a montagem, manutenção e desmontagem do andaime as ferramentas, peças e
acessórios devem ser acondicionados em cestas apropriadas, içados por meio de sistemas
específicos e mantidos amarrados ou no porta ferramentas durante a execução do trabalho.

6.3. MATERIAIS
6.3.1. Os tubos, braçadeiras, luvas, calços e sapatas devem estar em bom estado de
conservação e funcionamento, não devendo apresentar deformação, furo, solda corretiva,
corrosão acentuada ou pintura.
Nota: Exclusivamente para os tubos de liga de alumínio é permitida a pintura para evitar
processo de corrosão.
6.3.2. Os pisos de andaimes devem ser formados por pranchas, com rugosidade suficiente para
não permitir o escorregamento de calçados, mesmo quando úmidas, e possuir espessura

2 de 9 21/8/2017 14:59
PE-1PBR-00220-0- Cópia Não-Controlada https://rjln202.petrobras.com.br/SINPEP/REST/PETROBRAS/SINP...

compatível com as cargas a serem suportadas.


6.3.2.1. É recomendado a utilização de pranchas metálicas ou de material não combustível.
Caso sejam utilizadas pranchas de madeira não é permitida sua montagem próxima ou em
contato com superfícies quentes de equipamentos.
6.3.2.2. Nos trabalhos a quente, é vedada a utilização de pisos de madeira sem proteção.
6.3.2.3. As pranchas de madeira, caso sejam utilizadas, devem ter espessura mínima de 2,5 cm
e estar isentas de nós, pintura, rachaduras ou outros defeitos capazes de diminuir sua
resistência, conforme NBR 6494.
6.3.2.4. No caso de instalações marítimas, as pranchas de madeira, caso sejam utilizadas,
devem ter espessura mínima de 3,8 cm, conforme NR-34.

6.4. MÉTODOS
6.4.1. Toda montagem e desmontagem de andaime deve ser precedida de autorização e
planejamento, conforme PP-1E1-00210.
6.4.1.1. Após verificar no local se todas as recomendações foram atendidas, através do
preenchimento da lista de verificação de pré-montagem/desmontagem (Anexo A), compete ao
operador da área rubricar na PT constituindo este ato a efetiva autorização para o início da
montagem/desmontagem.
Nota: Esta LV deve ser preenchida e assinada pelo operador da área em conjunto com o
requisitante ou executante.
6.4.1.2. As listas de verificação devem ser anexadas à PT.
6.4.2. Não é permitida a amarração ou ancoragem do andaime em cavaletes, tubulações,
equipamentos ou quaisquer dispositivos mecânicos que comprometam a estabilidade do
andaime e o funcionamento da instalação.
6.4.3. O acesso ao andaime em fase de montagem ou desmontagem deve ser interditado a
todos, com exceção da equipe envolvida na execução do serviço.
6.4.4. Durante a montagem e desmontagem do andaime deve estar visível placa ou etiqueta, na
cor vermelha, com o texto: “ANDAIME NÃO LIBERADO”.
6.4.5. O piso do andaime deve estar nivelado, sem aberturas e as pranchas fixadas nas suas
extremidades.
6.4.5.1. As pranchas não devem ter mais do que 20 cm de trecho em balanço na área de
trabalho.
6.4.5.2. Os andaimes com pisos situados a mais de 1 m de altura devem ser providos de
escadas ou rampas, sendo proibido o uso de braçadeiras como degraus.
6.4.6. Devem ser instalados rodapés e guarda-corpo duplo em todo o perímetro do andaime,
com exceção do trecho onde será realizado o trabalho.
6.4.6.1. As braçadeiras que estiverem próximas a passagens e rotas de fuga devem ser
protegidas eliminando os cantos vivos.
6.4.7. O andaime deve ser fixado à estrutura firme, estaiada ou ancorada, de modo a impedir o
seu deslocamento ou tombamento.
6.4.8. As torres de andaimes, quando não estaiadas, não devem exceder:

a. 4 vezes a menor dimensão da base de apoio, conforme NR-18, para instalações terrestres;
b. 3 vezes a menor dimensão da base de apoio, conforme NR-34, para instalações
marítimas.

6.4.9. Rotas de fuga, escadas, equipamentos de combate a incêndio e dispositivos de

3 de 9 21/8/2017 14:59
PE-1PBR-00220-0- Cópia Não-Controlada https://rjln202.petrobras.com.br/SINPEP/REST/PETROBRAS/SINP...

emergência não devem ser obstruídos pelo andaime.


6.4.9.1. Em caso de necessidade de montagem de andaime sobre escadas, vias de acesso ou
rotas de fuga, deve ser mantida, sempre que possível, uma altura mínima de 2 m para os tubos
e piso do andaime, utilizando placas de sinalização de segurança e advertência com o emprego
de fita zebrada envolvendo os tubos.
6.4.10. A movimentação vertical de componentes e acessórios para a montagem e
desmontagem de andaimes deve ser feita através de cordas ou sistemas próprios de içamento,
não sendo permitido lançar peças em queda livre.
6.4.11. Não é permitida a montagem ou desmontagem de andaimes sobre o mar
simultaneamente a operações de mergulho, quando realizados na mesma área de interferência.
6.4.12. Deve ser providenciado o aterramento de andaimes metálicos nas seguintes condições:

a. andaime localizado próximo a rede elétrica;


b. quando o trabalho a ser executado sobre o andaime necessitar do uso de ferramentas
elétricas, iluminação ou extensões de cabos elétricos;
c. andaimes montados em áreas abertas que possam atuar como pára-raios e que não
estejam localizados dentro do volume de proteção do Sistema de Proteção contra
Descargas Atmosféricas (SPDA) da instalação, conforme NBR 5419.

6.4.13. Para a montagem ou desmontagem de andaime próximo à rede elétrica devem ser
atendidas as distâncias de segurança estabelecidas no PP-1E1-00219.
6.4.14. Ao término da montagem do andaime, o emitente da PT deve preencher a lista de
verificação de pós-montagem (Anexo B) em conjunto com o requisitante ou executante.
6.4.15. Para a liberação do andaime, o supervisor da montagem e o profissional de segurança
devem certificar-se que o andaime está corretamente montado e que atende às especificações
do trabalho a ser executado.
6.4.15.1. O supervisor da montagem deve fixar placa ou etiqueta, na cor verde, com o texto
“ANDAIME LIBERADO”, com a data de sua liberação e com o nome e assinatura do
supervisor de montagem e do profissional de segurança.
6.4.16. Os serviços de montagem ou desmontagem de andaimes devem ser realizados por, no
mínimo, duas pessoas.
6.4.17. O acesso ao andaime deve ser feito de maneira segura. Sempre que possível esse acesso
deve ser feito por meio de escada metálica que ultrapasse o nível da plataforma do andaime.
6.4.18. Os solados das botas dos executantes devem estar isentos de resíduos de óleo ou graxa.
6.4.19. Os andaimes devem ser dimensionados e construídos de modo a suportar com
segurança as cargas de trabalho a que estarão sujeitos.
6.4.19.1. Antes de instalar qualquer equipamento de içar material, o ponto de aplicação da
carga deve ser escolhido de modo a não comprometer a estabilidade e segurança do andaime.
6.4.20. Não é permitido armazenar sobras ou empilhar materiais sobre os andaimes.
6.4.21. Não é permitido o deslocamento das estruturas dos andaimes com trabalhadores ou
ferramentas sobre os mesmos.
6.4.22. O trabalho de montagem e desmontagem de andaime deve ser realizado com
velocidade do vento inferior a 21,6 nós (40 km/h).
6.4.23. No planejamento do trabalho de montagem/desmontagem de andaimes sobre o mar
devem ser consideradas as condições de vento e mar para a descida do bote de resgate,
realização do resgate e retorno à instalação.
6.4.24. A medição da velocidade do vento deve ser feita no local de execução do trabalho.

4 de 9 21/8/2017 14:59
PE-1PBR-00220-0- Cópia Não-Controlada https://rjln202.petrobras.com.br/SINPEP/REST/PETROBRAS/SINP...

6.4.25. Nas unidades marítimas, andaimes multidirecionais e andaimes com tubos de liga de
alumínio podem ser utilizados respeitados os requisitos da NR-34.
Nota: O dimensionamento dos tubos de liga de alumínio deve estar conforme calculado em
projeto.
6.4.26. A utilização de andaimes já montados na instalação deve ser precedida por uma
inspeção, com o preenchimento da lista de verificação de pós-montagem (modelo apresentado
no Anexo B), que deve ser anexada à PT do trabalho a ser executado.
Nota: Esta LV deve ser preenchida e assinada pelo operador da área em conjunto com o
requisitante ou executante.
6.4.26.1. Caso constatada alguma anomalia no andaime durante o preenchimento da LV,
devem ser tomadas as ações necessárias e a etiqueta atualizada após nova liberação.
6.4.26.2. Decorridos 6 meses da montagem o andaime deverá ser desmontado ou revisado,
trocado componentes quando for o caso, para garantir outros 6 meses de utilização.
Nota: Quando não forem usados tubos de aço galvanizado (ex: liga de alumínio) prazos
menores devem ser estabelecidos em função das orientações do fabricante, ou na ausência
destas, inspeção realizada pela unidade.

6.5. MÃO DE OBRA


6.5.1. O supervisor da atividade deve orientar os executantes quanto aos riscos envolvidos e os
cuidados a serem adotados.
6.5.2. A montagem e a desmontagem dos andaimes devem ser realizadas por profissional
capacitado, atendendo à NR-35, à NR-18 nas instalações terrestres e à NR-34 nas instalações
marítimas.

6.6. CONDIÇÕES ESPECÍFICAS


6.6.1. Condições específicas não previstas neste padrão devem ser encaminhadas ao
SMS/IE&P/SG para avaliação da pertinência de sua inclusão no Manual de Segurança.
6.6.2. Trabalhos em altura de montagem/desmontagem de andaimes devem ser
complementados pelo PP-1E1-00214, onde aplicável.
6.6.3. Os trabalhos de montagem e desmontagem de andaime devem ser caracterizados como
trabalho em altura conforme definição do item 4.1 deste padrão.
6.6.3.1. Os trabalhos realizados sobre a plataforma dos andaimes podem não ser classificados
como trabalho em altura, se atendidas as seguintes condições:
a. Os andaimes tenham sido montados em conformidade com os requisitos da NR-34 para
instalações marítimas e NR-18 para instalações terrestres;
b. As escadas de acesso ao andaime devem possuir proteção contra queda para alturas acima
de 2m;
c. Os andaimes tenham sido avaliados e liberados para a execução do trabalho, após inspeção
conjunta do profissional de segurança e do supervisor de montagem;
d. Tenha sido constatado que o risco de queda está controlado.
6.6.3.2. O profissional de segurança da instalação deve verificar se os itens acima foram
atendidos.

6.7. CONDIÇÕES ESPECIAIS DE TRABALHO


6.7.1. A montagem e desmontagem de andaime no interior de espaços confinados também
deve atender o PP-1E1-00213.
6.7.2. A montagem e desmontagem de andaime em áreas com presença de H2S também deve

5 de 9 21/8/2017 14:59
PE-1PBR-00220-0- Cópia Não-Controlada https://rjln202.petrobras.com.br/SINPEP/REST/PETROBRAS/SINP...

atender o PP-1E1-00215.
6.7.3. A montagem e desmontagem de andaime sobre o mar também deve atender o
PP-1E1-00217.

7. REGISTROS

Não aplicável.

8. ANEXOS

8.1. Anexo A

PP-1E1-00229_Anexo A - Lista de Verificação (pré-montagem ou desmontagem)_rev J.docx

8.2. Anexo B

PP-1E1-00229_Anexo B - Lista de Verificação (pós-montagem ou utilização)_rev J.docx

Sumário de Revisões
SUMÁRIO DE REVISÕES
REV. Data DESCRIÇÃO E/OU ITENS ATINGIDOS
0 25/05/2017 [25/05/2017 11:20:27] - Criado a partir da
migração do Padrão PP-1E1-00229-J na base SINPEP
E&P.

Data limite para análise:


24/07/2019

Análise crítica: O conteúdo do padrão permanece válido.


Entretanto o mesmo passará por revisão bienal conforme cronograma do SMS/IE&P/SG até
31/03/2018.
Responsável pela análise crítica: EDSON DIAS DA COSTA
Data da análise crítica: 24/07/2017

LISTA DE DISTRIBUIÇÃO

ELETRÔNICA

EXP, EXP/SMSO, EXP/SMSO/CSEG, LIBRA, LIBRA/SMSCL, LIBRA/SMSCL/CSEG, LMS/OMD,


LMS/OMD/DESC, LMS/OMD/IMAN, LMS/OMD/IMAN/CICN, LMS/OMD/IMAN/CPPROG, LMS/OMD
/SPPO, LMS/US-LOG, LMS/US-LOG/SMS, LMS/US-SOEP, LMS/US-SOEP/SMS, POCOS,
POCOS/SMS, POCOS/SMS/SEG-MAC, POCOS/SMS/SEG-MAC/CSEG-SF, POCOS/SMS/SEG-MAC
/CSEG-SP, POCOS/SMS/SEG-RIOSAN, POCOS/SMS/SEG-RIOSAN/CSEG-RIO, POCOS/SMS
/SEG-RIOSAN/CSEG-SAN, SMS, SMS/ICEA, SMS/ICEA/AGS, SMS/ICEA/IAC, SMS/ICEA/IAE,
SMS/IDP&T, SMS/IDP&T/SG, SMS/IE&P, SMS/IE&P/AC, SMS/IE&P/SG, SMS/IE&P/SG/HO,
SMS/IE&P/SG/SP, SUB/EQSB, SUB/EQSB/SMS, SUB/OPSUB, SUB/OPSUB/SMS, TAR/CPT,
TAR/CPT/SMS, TAR/CPT/SMS/CSEG-BAES, TAR/CPT/SMS/CSEG-RNCE, TAR/CPT

6 de 9 21/8/2017 14:59
PE-1PBR-00220-0- Cópia Não-Controlada https://rjln202.petrobras.com.br/SINPEP/REST/PETROBRAS/SINP...

/SMS/CSEG-SEAL, UO-AM, UO-AM/ATP-U, UO-AM/ATP-U/BOGPM, UO-AM/ATP-U/CM,


UO-AM/ATP-U/OPM, UO-AM/ENGPO, UO-AM/ENGPO/EMI, UO-AM/SMS, UO-AM/SMS/CSEG,
UO-BA, UO-BA/APPF, UO-BA/APPF/MI, UO-BA/APPF/OP-MNT, UO-BA/APPF/OPF-CAN,
UO-BA/APPF/OPF-CATU, UO-BA/APPF/SEG, UO-BA/ATP-N, UO-BA/ATP-N/MI, UO-BA/ATP-
N/OP-AR, UO-BA/ATP-N/OP-BA, UO-BA/ATP-N/OP-FBM, UO-BA/ATP-N/SEG, UO-BA/ATP-S,
UO-BA/ATP-S/MI, UO-BA/ATP-S/OP-AG, UO-BA/ATP-S/OP-CAN, UO-BA/ATP-S/OP-MG,
UO-BA/ATP-S/SEG, UO-BA/ENGP, UO-BA/ENGP/EIPA, UO-BA/ENGP/EMI, UO-BA/ENGP/SOPEO,
UO-BA/PRDC/CM-N, UO-BA/PRDC/CM-S, UO-BA/SMS, UO-BA/SMS/CSEG, UO-BA/SOP,
UO-BA/SOP/OM, UO-BC, UO-BC/APMF, UO-BC/APMF/EIS, UO-BC/APMF/MI, UO-BC/APMF
/OP-P32-P47, UO-BC/APMF/OP-P65, UO-BC/ATP-AB, UO-BC/ATP-AB/EEIS, UO-BC/ATP-AB/MI,
UO-BC/ATP-AB/MI/CGM, UO-BC/ATP-AB/OP-P25, UO-BC/ATP-AB/OP-P27, UO-BC/ATP-
AB/OP-P31, UO-BC/ATP-C-S, UO-BC/ATP-C-S/EEIS, UO-BC/ATP-C-S/MI, UO-BC/ATP-
C-S/MI/CGM, UO-BC/ATP-C-S/OP-EN, UO-BC/ATP-C-S/OP-FPF-RJ-RO, UO-BC/ATP-C-S/OP-
P7-P15, UO-BC/ATP-C-S/OP-P8, UO-BC/ATP-MRL, UO-BC/ATP-MRL/EEIS, UO-BC/ATP-MRL/MI,
UO-BC/ATP-MRL/MI/CGM, UO-BC/ATP-MRL/OP-P18, UO-BC/ATP-MRL/OP-P19, UO-BC/ATP-
MRL/OP-P20, UO-BC/ATP-MRL/OP-P26, UO-BC/ATP-MRL/OP-P33, UO-BC/ATP-MRL/OP-P35,
UO-BC/ATP-MRL/OP-P37, UO-BC/ATP-N, UO-BC/ATP-N/EEIS, UO-BC/ATP-N/MI, UO-BC/ATP-
N/MI/CGM, UO-BC/ATP-N/OP-CH1, UO-BC/ATP-N/OP-CH2, UO-BC/ATP-N/OP-NA, UO-BC/ATP-
N/OP-P9-P12, UO-BC/ATP-N/OP-PM, UO-BC/ATP-NE, UO-BC/ATP-NE/EEIS, UO-BC/ATP-NE/MI,
UO-BC/ATP-NE/MI/CGM, UO-BC/ATP-NE/OP-CRP-VM, UO-BC/ATP-NE/OP-GP, UO-BC/ATP-NE/OP-
P61-P63, UO-BC/ATP-NE/OP-PG, UO-BC/ATP-PS, UO-BC/IPP, UO-BC/OPM, UO-BC/OPM/EPIM,
UO-BC/OPM/IEQ, UO-BC/OPM/MEDSE, UO-BC/OPM/SPPO, UO-BC/PCM, UO-BC/PCM/CM-AB-
C-S-PMF, UO-BC/PCM/CM-AB-C-S-PMF/CCM-AB, UO-BC/PCM/CM-AB-C-S-PMF/CCM-C-S,
UO-BC/PCM/CM-AB-C-S-PMF/CCM-PMF, UO-BC/PCM/CM-MRL, UO-BC/PCM/CM-MRL/CCM-MRL,
UO-BC/PCM/CM-N-NE, UO-BC/PCM/CM-N-NE/CCM-N, UO-BC/PCM/CM-N-NE/CCM-NE,
UO-BC/PCM/PIPCM, UO-BC/PCM/PPROG, UO-BC/PCM/PPROG/CPPROG-I, UO-BC/PCM/PPROG
/CPPROG-II, UO-BC/PCM/PROJM, UO-BC/PCM/UMS-I, UO-BC/PCM/UMS-I/COUMS-I, UO-BC/PCM
/UMS-I/COUMS-II, UO-BC/PCM/UMS-I/COUMS-III, UO-BC/PCM/UMS-II, UO-BC/PCM/UMS-II
/COUMS-IV, UO-BC/PCM/UMS-II/COUMS-V, UO-BC/PCM/UMS-II/COUMS-VI, UO-BC/PG/CONF,
UO-BC/SMS, UO-BC/SMS/CTEL, UO-BC/SMS/SEG, UO-BC/SMS/SEG/CSEG-I, UO-BC/SMS
/SEG/CSEG-II, UO-BC/SMS/SEG/CSEG-III, UO-BC/SMS/SEG/CSEG-IV, UO-BC/SMS
/SEG/CSEG-V, UO-BC/SMS/SEG/CSEG-VI, UO-BS, UO-BS/APMF, UO-BS/APMF/EIS,
UO-BS/ATP-C, UO-BS/ATP-C/EEIS, UO-BS/ATP-C/MI, UO-BS/ATP-C/OP-FPSO-CAR, UO-BS/ATP-
C/OP-FPSO-CIB, UO-BS/ATP-C/OP-FPSO-CMB, UO-BS/ATP-C/OP-FPSO-CPY, UO-BS/ATP-
C/OP-FPSO-CSP, UO-BS/ATP-C/OP-PLLP, UO-BS/ATP-C/OP-TLD, UO-BS/ATP-N/EEIS, UO-BS/ATP-
N/ISUP, UO-BS/ATP-N/MI, UO-BS/ATP-N/OP-PMLZ, UO-BS/ATP-N/OP-PMXL, UO-BS/ATP-
N/OP-URG, UO-BS/ENGP, UO-BS/ENGP/EDEA, UO-BS/ENGP/EDEA/CMI, UO-BS/ENGP/EES,
UO-BS/ENGP/EPIM, UO-BS/ENGP/PPROG, UO-BS/ENGP/PPROG/CSCM, UO-BS/ENGP/SOPEO,
UO-BS/PG/CONF, UO-BS/SMS, UO-BS/SMS/SEG, UO-BS/SMS/SEG/CSEG-I, UO-BS/SMS
/SEG/CSEG-II, UO-BS/SMS/SEG/CSEG-III, UO-ES, UO-ES/APMF, UO-ES/APMF/EIS, UO-ES/APMF
/ISUP, UO-ES/APMF/MI, UO-ES/APMF/MI/CGM, UO-ES/APMF/OP-UTGSUL, UO-ES/APMG-ES/SEG,
UO-ES/ATP-GLF, UO-ES/ATP-GLF/EEIS, UO-ES/ATP-GLF/ISUP, UO-ES/ATP-GLF/MI, UO-ES/ATP-
GLF/OP-CMR-PER, UO-ES/ATP-GLF/OP-GLF, UO-ES/ATP-JUB-CHT/EEIS, UO-ES/ATP-JUB-CHT
/ISUP, UO-ES/ATP-JUB-CHT/ISUP/CSCM-MAR, UO-ES/ATP-JUB-CHT/MI, UO-ES/ATP-JUB-CHT
/OP-P-34, UO-ES/ATP-JUB-CHT/OP-P-57, UO-ES/ATP-JUB-CHT/OP-P58, UO-ES/ATP-JUB-CHT
/OP-PAF, UO-ES/ATP-NC, UO-ES/ATP-NC/CFA, UO-ES/ATP-NC/EE, UO-ES/ATP-NC/ISUP,
UO-ES/ATP-NC/MI, UO-ES/ATP-NC/OP-N, UO-ES/ATP-NC/OP-S, UO-ES/ENGP/EES, UO-ES/ENGP
/PPROG, UO-ES/ENGP/SOPEO, UO-ES/PG/CONF, UO-ES/SMS, UO-ES/SMS/SEG, UO-ES/SMS
/SEG/CSEG-I, UO-ES/SMS/SEG/CSEG-II, UO-ES/SMS/SEG/CSEG-III, UO-ES/SMS/SEG/CSEG-IV,
UO-ES/SOP, UO-ES/SOP/OM, UO-ES/SOP/SG/CMIO, UO-ES/SOP/SG/CSCM-TER, UO-RIO,
UO-RIO/APMF, UO-RIO/APMF/EIS, UO-RIO/APMF/MI, UO-RIO/APMF/OP-FSO-38, UO-RIO/APMF
/OP-PRA1, UO-RIO/ATP-ABL, UO-RIO/ATP-ABL/EEIS, UO-RIO/ATP-ABL/MI, UO-RIO/ATP-
ABL/MI/CGM, UO-RIO/ATP-ABL/OP-P50, UO-RIO/ATP-BRC, UO-RIO/ATP-BRC/EEIS, UO-RIO/ATP-
BRC/MI, UO-RIO/ATP-BRC/MI/CGM, UO-RIO/ATP-BRC/OP-P43, UO-RIO/ATP-BRC/OP-P48,
UO-RIO/ATP-MLL, UO-RIO/ATP-MLL/EEIS, UO-RIO/ATP-MLL/MI, UO-RIO/ATP-MLL/MI/CGM,
UO-RIO/ATP-MLL/OP-FPSO-NIT, UO-RIO/ATP-MLL/OP-P53, UO-RIO/ATP-MLS, UO-RIO/ATP-
MLS/EEIS, UO-RIO/ATP-MLS/MI, UO-RIO/ATP-MLS/MI/CGM, UO-RIO/ATP-MLS/OP-FPSO-MLS,
UO-RIO/ATP-MLS/OP-P40, UO-RIO/ATP-MLS/OP-P51, UO-RIO/ATP-MLS/OP-P56,
UO-RIO/ATP-RO, UO-RIO/ATP-RO/EEIS, UO-RIO/ATP-RO/MI, UO-RIO/ATP-RO/MI/CGM,
UO-RIO/ATP-RO/OP-FPSO-BR, UO-RIO/ATP-RO/OP-P52, UO-RIO/ATP-RO/OP-P54, UO-RIO/ATP-
RO/OP-P55, UO-RIO/ATP-RO/OP-P62, UO-RIO/ENGP/EISA, UO-RIO/IPP, UO-RIO/OPM,

7 de 9 21/8/2017 14:59
PE-1PBR-00220-0- Cópia Não-Controlada https://rjln202.petrobras.com.br/SINPEP/REST/PETROBRAS/SINP...

UO-RIO/OPM/EMPIS, UO-RIO/OPM/EOO, UO-RIO/OPM/EPIM, UO-RIO/OPM/EPIM/CSEPIM,


UO-RIO/OPM/IEQ, UO-RIO/OPM/IEQ/CSIE, UO-RIO/OPM/SPPO, UO-RIO/PCM, UO-RIO/PCM/CM-I,
UO-RIO/PCM/CM-I/CCM-ABL-PMF, UO-RIO/PCM/CM-I/CCM-RO, UO-RIO/PCM/CM-II, UO-RIO/PCM
/CM-II/CCM-BRC-MLL, UO-RIO/PCM/CM-II/CCM-MLS, UO-RIO/PCM/PPROG, UO-RIO/PCM/PROJM,
UO-RIO/PCM/UMS, UO-RIO/PCM/UMS/COUMS-I, UO-RIO/PCM/UMS/COUMS-II, UO-RIO/PCM
/UMS/CSUMS, UO-RIO/PG/CONF, UO-RIO/SMS, UO-RIO/SMS/SEG, UO-RIO/SMS/SEG/CSEG-I,
UO-RIO/SMS/SEG/CSEG-II, UO-RIO/SMS/SEG/CSEG-III, UO-RIO/SMS/SEG/CSEG-IV,
UO-RIO/SMS/SEG/CSEG-V, UO-RNCE, UO-RNCE/ATP-ARG, UO-RNCE/ATP-ARG/CM,
UO-RNCE/ATP-ARG/MI, UO-RNCE/ATP-ARG/OP-ARG, UO-RNCE/ATP-ARG/OP-ET, UO-RNCE/ATP-
ARG/SEG, UO-RNCE/ATP-M, UO-RNCE/ATP-M/CM, UO-RNCE/ATP-M/MI, UO-RNCE/ATP-
M/OP-CE-M, UO-RNCE/ATP-M/OP-RN-M, UO-RNCE/ATP-M/SEG, UO-RNCE/ATP-MO,
UO-RNCE/ATP-MO/CM, UO-RNCE/ATP-MO/MI, UO-RNCE/ATP-MO/OP-CAM, UO-RNCE/ATP-
MO/OP-RFQ, UO-RNCE/ATP-MO/SEG, UO-RNCE/ENGP, UO-RNCE/ENGP/EIPA,
UO-RNCE/ENGP/EMI, UO-RNCE/ENGP/SOPEO, UO-RNCE/SMS, UO-RNCE/SMS/CSEG,
UO-RNCE/UTPF, UO-RNCE/UTPF/MIPF, UO-RNCE/UTPF/OPF, UO-RNCE/UTPF/SEG, UO-SEAL,
UO-SEAL/ATP-AL, UO-SEAL/ATP-AL/CM, UO-SEAL/ATP-AL/MI, UO-SEAL/ATP-AL/OP,
UO-SEAL/ATP-AL/OPF, UO-SEAL/ATP-AL/SEG, UO-SEAL/ATP-SM, UO-SEAL/ATP-SM/CM,
UO-SEAL/ATP-SM/MI, UO-SEAL/ATP-SM/OP-AP, UO-SEAL/ATP-SM/OP-AR, UO-SEAL/ATP-
SM/SEG, UO-SEAL/ATP-ST, UO-SEAL/ATP-ST/CM, UO-SEAL/ATP-ST/MI, UO-SEAL/ATP-ST/OP-CP,
UO-SEAL/ATP-ST/OP-SR, UO-SEAL/ATP-ST/SEG, UO-SEAL/ENGP, UO-SEAL/ENGP/EIPA,
UO-SEAL/ENGP/EMI, UO-SEAL/ENGP/SOPEO, UO-SEAL/SMS, UO-SEAL/SMS/CSEG,
UO-SEAL/SOP, UO-SEAL/SOP/OM, UO-SEAL/UTPF/MIPF, UO-SEAL/UTPF/OPF

Deve-se dar prioridade à consulta a padrões através do SINPEP, evitando a sua


impressão

IMPRESSA

DESTINATÁRIOS
01 - BXG8
02 - HS22
03 - Destinatário Excluído
04 - UTPF/OPF/CIC
05 - Destinatário Excluído
06 - Destinatário Excluído
07 - Destinatário Excluído
08 - Destinatário Excluído
09 - Destinatário Excluído
10 - SS-11 - Sala do Fiscal
11 - CXKK
12 - PCM-9 (sala do SUPROD)
13 - PCM-9 (sala do Supervisor de Operação)

Declarações

Aprovação

8 de 9 21/8/2017 14:59
PE-1PBR-00220-0- Cópia Não-Controlada https://rjln202.petrobras.com.br/SINPEP/REST/PETROBRAS/SINP...

Justificativas:

Publicado por: Humberto Americano Romanus/BRA/Petrobras Data de Aprovação: 23/09/2016

* * * ÚLTIMA FOLHA DO PADRÃO * * *

9 de 9 21/8/2017 14:59