Você está na página 1de 74

Universidade Federal de Pelotas

Bacharelado Letras Tradução Inglês-Português


Disciplina: Introdução à Terminologia Profa. Arlene Koglin

SEMINÁRIO I
TGT x TCT e muito exercício
de imaginação...

Alunas: Jéssica de Souza, Marina Dias e Romina


TGT x TCT
FIRST THINGS FIRST...

Eugen Wuster (foto


cortesia do Museu do
Esperanto Internacional,
Viena, AT)
ONOMASIOLÓGICO E SEMASIOLÓGICO

Que tipo de dicionário seria


mais eficaz?
ONOMASIOLÓGICO E SEMASIOLÓGICO

Que tipo de dicionário seria mais eficaz?

Se você conhecesse a
palavra que procura?
ONOMASIOLÓGICO E SEMASIOLÓGICO

E Se….
você não soubesse a
palavra ou o termo mas
conhecesse só o conceito ou
parte dele?
PERCURSOS
ONOMASIOLÓGICO E SEMASIOLÓGICO
PERCURSOS
ONOMASIOLÓGICO E SEMASIOLÓGICO

ENUNCIADOR

INTERPRETANTE
PERCURSOS
ONOMASIOLÓGICO E SEMASIOLÓGICO

PONTO DE
PARTIDA?
PERCURSOS
ONOMASIOLÓGICO E SEMASIOLÓGICO
DITO

Querer
dizer

B.Pottier
PERCURSOS
ONOMASIOLÓGICO E SEMASIOLÓGICO
DITO

Mundo referencial

Mundo referencial
CONCEITUALIZA

INTENÇÃO
Mundo referencial

B.Pottier
PERCURSOS
ONOMASIOLÓGICO E SEMASIOLÓGICO

DITO!!

INTENÇÃO

Do ENUNCIADOR, AQUELE
QUE FORMULA
B.Pottier
PERCURSOS
ONOMASIOLÓGICO E SEMASIOLÓGICO

DITO!!

QUIZ
ONOMASIOLÓGICO!

INTENÇÃO

Enunciador, aquele que


formula
B.Pottier
PERCURSOS
ONOMASIOLÓGICO E SEMASIOLÓGICO

DITO!!

INTENÇÃO

Enunciador, aquele que


formula
B.Pottier
PERCURSOS
ONOMASIOLÓGICO E SEMASIOLÓGICO

DITO!!

INTENÇÃO

Enunciador, aquele que


formula
B.Pottier
PERCURSOS
ONOMASIOLÓGICO E SEMASIOLÓGICO

DITO!!

INTENÇÃO
Enunciador, aquele que
formula

B.Pottier
PERCURSOS
ONOMASIOLÓGICO E SEMASIOLÓGICO

DITO!!

CAVALO

INTENÇÃO

B.Pottier
PERCURSOS
ONOMASIOLÓGICO E SEMASIOLÓGICO

DITO!!

INTENÇÃO

B.Pottier
PERCURSOS
ONOMASIOLÓGICO E SEMASIOLÓGICO

CAVALO

FORMA
Conceito > Compreensão
PERCURSOS
ONOMASIOLÓGICO E SEMASIOLÓGICO

COMPREENSÃO

Percurso do
INTERPRETANTE

DISCURSO
PERCURSOS
ONOMASIOLÓGICO E SEMASIOLÓGICO
PERCURSOS
ONOMASIOLÓGICO E SEMASIOLÓGICO

O carro acaba
foto < carro > (x) de chegar a
do mundo < rodoviária > (y) Rodoviária
referencial < x]chegar[y >

transformação
em signos encadeamento
e em esquemas de palavras e
do português Idéias

referencial conceitual língua discurso


PERCURSOS
ONOMASIOLÓGICO E SEMASIOLÓGICO

Conceito

Conceito
TGT x TCT
FIRST THINGS FIRST...

Eugen Wuster (foto


cortesia do Museu do
Esperanto Internacional,
Viena, AT)
“The Machine Tool”
“The Machine Tool”

★Dicionário
Sistemático
(1967/1968)
★ Por quê?
“The Machine Tool”
ANÁLISE
“The Machine Tool”
ANÁLISE
“The Machine Tool”
ANÁLISE
“The Machine Tool”
ANÁLISE
“The Machine Tool”
ANÁLISE
“The Machine Tool”
ANÁLISE
“The Machine Tool”
ANÁLISE
“The Machine Tool”
ANÁLISE
“The Machine Tool”
COMO ERAM OS
D.E.s ANTES DESSE
TRABALHO DE
WUSTER?
“The Machine Tool”
COMO ERAM OS D.E.s ANTES
DESSE TRABALHO DE WUSTER?

● Entre 1906 e 1928


● Alfred Schlomann
● “illustrated technical
dictionaries in 6
languages” („Illustrierte
Technische
Wörterbücher in 6
Sprachen“)
“The Machine Tool”
COMO ERAM OS D.E.s ANTES
DESSE TRABALHO DE WUSTER?

À direita, detalhe “illustrated


technical dictionaries in 6
languages” (‘Illustrierte
Technische Wörterbücher in 6
Sprachen“)]
“The Machine Tool”
COMO ERAM OS D.E.s ANTES
DESSE TRABALHO DE WUSTER?

1938 1a edição
dicionário da IEC
[International
Electrotechnical
Commission (IEC)]
6 ISOs (1960s)
● ISO / R 1087 Vocabulário da Teoria da Terminologia

● ISO / R 704 e ISO / R 860 Princípios da Terminologia


● ISO / R 919 Diretrizes para Terminologia

● ISO / R 1149 Descreve os métodos da Lexicografia


Terminológica

● ISO R / 639 e ISO / R 1951 Símbolos para as línguas, países, autoridades e


símbolos para serem usados em vocabulários
6 ISOs
ISO 704 2000 DE ACORDO COM TGT?

— feito de um fino, longo pedaço de


EXEMPLO 1 grafite;
O objeto específico designado pela — o núcleo do grafite é envolto por
representação visual abaixo tem as um envólucro de madeira;
seguintes propriedades — o envólucro é amarelo;
específicas: — há uma borracha em uma das
pontas;
— Na outra ponta, o grafite e o
envólucro foram apontados;
— É usado para escrever e riscar..
6 ISOs ISO 704 2000 DE ACORDO COM TGT?

EXEMPLO 2
Objeto (representação visual): Conceito: Abstração baseada no Designação (termo):
conjunto de todos os lápis de Lápis de grafite
grafite

Categoria Propriedade Características


Nível de Abstração Concreto Concreta
Composição Feito de um fino, longo pedaço de Núcleo de grafite
grafite
Composição envólucro de madeira envolve o O núcleo do grafite é envolvido pela madeira
grafite
Cor A cor do envólucro é amarela Envólucro pode ser de qualquer cor
Composition Há uma borracha na ponta Pode haver uma borracha na ponta
6 ISOs ISO 704 2000 DE ACORDO COM TGT?

EXEMPLO 2
Objeto (representação visual): Conceito: Abstração baseada no Designação (termo):
conjunto de todos os lápis de Lápis de grafite
grafite

Categoria Propriedade Características


Formato O outro lado é apontado Um lado pode ser apontado
Uso O grafite e o envólucro são O grafite e o envólucro podem ser apontados
apontados para uso Para uso
Instrumento O grafite é um instrumento de O grafite é um instrumento de escrita
escrita
Função Usado para a escrita ou risco Envólucro pode ser de qualquer cor
Pode haver uma borracha na ponta
6 ISOs ISO 704 2000 DE ACORDO COM TGT?

Designação (termo):
EXEMPLO 3 Informação ESSENCIAL OU NAO?
Lápis de grafite
:
Nível de Abstração Concreta
Composição Núcleo de grafite

Composição O núcleo do grafite é envolvido pela


madeira
Cor O envólucro pode ser colorido
Composição Uma ponta pode ter uma borracha

Formato Um lado deve apontado


Uso Devem ser apontados para uso

Instrumento O grafite é um instrumento de


escrita
Função Usado para a escrita ou risco
6 ISOs ISO 704 2000 DE ACORDO COM TGT?

Designação (termo): Informação ESSENCIAL OU NAO?


EXEMPLO 3 Lápis de grafite
:
Nível de Abstração Concreta ESSENCIAL
Composição Núcleo de grafite ESSENCIAL

Composição O núcleo do grafite é envolvido pela ESSENCIAL


madeira
Cor O envólucro pode ser colorido NÃO ESSENCIAL
Composição Uma ponta pode ter uma borracha NÃO ESSENCIAL

Formato Um lado deve apontado NÃO ESSENCIAL


Uso Devem ser apontados para uso ESSENCIAL

Instrumento O grafite é um instrumento de ESSENCIAL


escrita
Função Usado para a escrita ou risco ESSENCIAL

â
6 ISOs ISO 704 2000 DE ACORDO COM TGT?

Designação (termo): TERMINOLOGIA DOS INSTRUMENTOS


EXEMPLO 4
Lápis de grafite ESCRITA > INDÚSTRIA MATERIAIS DE
:
ESCRITÓRIO (STATIONARY)

INSTRUMENTO DE ESCRITA
â

Pincel atômico LÁPIS Caneta

LÁPIS GRAFITE LAPISEIRA


6 ISOs
Bancos de Dados (Análise 1)

Crop management
(Manejo de cultivo)

http://www.fao.org/faoterm/en/
BANCOS DE DADOS
(Análise 2)

Resistor

http://www.electropedia.org
Bancos de Dados ( Análise 3)

Crop management
(Manejo de cultivo)

http://www.btb.termiumplus.gc.ca
Bancos de Dados (4 análises)

Acoustic Wave

http://ecolexicon.ugr.es/en/index.htm
TCT APLICADA
6 PASSOS P/ ELABORAÇÃO DE
DICIONÁRIO ESPECIALIZADO
TCT APLICADA

6 PASSOS P/ ELABORAÇÃO DE
DICIONÁRIO ESPECIALIZADO

1 17- New Yor A B C poverty where a United Nations official recently visited to call
12- k Times attention to a lack of sewage and other basic services.
13
According to Census figures, blacks lag both Alabama whites
US

2 17- Anishinab A B C municipality, says Bradley. Service agreements over fire,


12- ek News water, police, and sewage have been in place between the
13 (press
partners since the 1950s. # It's important
CA release)

3 17- Internatio A B C cams to identify you! You are violating a health ordinance that
12- nal prohibits depositing untreated sewage on land or water!!! " it
13 Business
continues. # According to The
GB Times UK

4 17- IrishCentr A B C testing on the remains, which were found in what appeared to
12- al be a disused sewage system on the site earlier this year. This
13 is despite the government's claim
IE
TCT APLICADA

6 PASSOS P/ ELABORAÇÃO DE
DICIONÁRIO ESPECIALIZADO
TCT APLICADA

6 PASSOS P/ ELABORAÇÃO DE
DICIONÁRIO ESPECIALIZADO
1. ORGANIZAÇÃO DE CORPUS
2. ELABORAÇÃO DO MAPA CONCEITUAL
3. PREENCHIMENTO DA FICHA
TERMINOLÓGICA
ORGANIZAÇÃO DE CORPUS
ELABORAÇÃO DO MAPA CONCEITUAL
PREENCHIMENTO DA FICHA TERMINOLÓGICA
ORGANIZAÇÃO DE CORPUS
ELABORAÇÃO DO MAPA CONCEITUAL
PREENCHIMENTO FICHA TERMINOLÓGICA

1 17- New A B C poverty where a United Nations official recently visited to


12- York call attention to a lack of sewage and other basic services.
Termos candidatos 13 Times According to Census figures, blacks lag both Alabama whites
US

2 17- Anishina A B C municipality, says Bradley. Service agreements over fire,


12- bek water, police, and sewage have been in place between the
13 News partners since the 1950s. # It's important
CA (press
release)
Mapa conceitual
3 17- Internatio A B C cams to identify you! You are violating a health ordinance
12- nal that prohibits depositing untreated sewage on land or
13 Business
water!!! " it continues. # According to The
GB Times
UK

4 17- IrishCent A B C testing on the remains, which were found in what appeared
12- ral to be a disused sewage system on the site earlier this year.
13
This is despite the government's claim
IE
ORGANIZAÇÃO DE CORPUS
ELABORAÇÃO DO MAPA CONCEITUAL
PREENCHIMENTO DA FICHA TERMINOLÓGICA
ORGANIZAÇÃO DE CORPUS
ELABORAÇÃO DO MAPA CONCEITUAL
PREENCHIMENTO DA FICHA TERMINOLÓGICA
ORGANIZAÇÃO DE CORPUS
ELABORAÇÃO DO MAPA CONCEITUAL
PREENCHIMENTO DA FICHA TERMINOLÓGICA

Unidades Terminológicas

Preenchimento da ficha
Terminológica
ORGANIZAÇÃO DE CORPUS
ELABORAÇÃO DO MAPA CONCEITUAL
FICHA TERMINOLÓGICA
ORGANIZAÇÃO DE CORPUS
ELABORAÇÃO DO MAPA CONCEITUAL
PREENCHIMENTO DA FICHA TERMINOLÓGICA

Para quê? Para quem?

Redação da definição
1. REDAÇÃO DAS DEFINIÇÕES
2. ORGANIZAÇÃO DA MICROESTRUTURA
3. ORGANIZAÇÃO DA MACROESTRUTURA
REDAÇÃO DAS DEFINIÇÕES
ORGANIZAÇÃO DA MICROESTRUTURA
ORGANIZAÇÃO DA MACROESTRUTURA
REDAÇÃO DAS DEFINIÇÕES
ORGANIZAÇÃO DA MICROESTRUTURA
ORGANIZAÇÃO DA MACROESTRUTURA

Corpus

Base Definicional

Exemplo de
estratégia
para
organizacao
de corpora de
ELT
REDAÇÃO DAS DEFINIÇÕES
ORGANIZAÇÃO DA MICROESTRUTURA
ORGANIZAÇÃO DA MACROESTRUTURA

Verbete
(Informações Sistemáticas e Não
Sistemáticas)
REDAÇÃO DAS DEFINIÇÕES
ORGANIZAÇÃO DA MICROESTRUTURA
ORGANIZAÇÃO DA MACROESTRUTURA

Orientação TERMCAT (1990)


REDAÇÃO DAS DEFINIÇÕES
ORGANIZAÇÃO DA MICROESTRUTURA
ORGANIZAÇÃO DA MACROESTRUTURA

MAS NA REALIDADE....

O GETerm (UFSCar, SP)


constatou que…
Será que a TCT veio para substituir a TGT ?
Será que não há lugar para aplicar a TGT
ainda hoje?
Em que situações deve-se recorrer a TCT?
E em quais deve-se aplicar a TGT?
Vamos traçar um comparativo?

Pontos
TGT x TCT
Norteadores SEMASIOLÓGICA sistema conceitual sinônimos
Como NOÇÃO ordem sistematica “ideias pelas palavras”
Pensamos IDEIA SIGNIFICANTE (“ palavra” )
os termos? ORDEM ALFABÉTICA HIERARQUIA DE SENTIDOS
Qual o COGNITIVA Função Social FORMA
ponto de antônimos
partida de analogia UNIVOCIDADE Conteúdo/ Tópicos
busca?
Unidades Terminológicas CONCEITO
Normalizadora Abordagem Linguística
“Palavras pelas ideias” Variação Conceitual
onomasiológica TERMO
Vamos traçar um comparativo? RESPOSTA

TGT x TCT
onomasiológica SEMASIOLÓGICA
“Palavras pelas ideias” “ideias pelas palavras”
CONCEITO,NOÇÃO FORMA
IDEIA SIGNIFICANTE(“palavra”)
sistema conceitual
ORDEM SISTEMÁTICA Ordem Alfabética
HIERARQUIA DE SENTIDOS
sinônimos antônimos analogia
Conteúdo/ Tópicos
TERMO Unidades Terminológicas
COGNITIVA
Função Social
Normalizadora UNIVOCIDADE Abordagem Linguística Variação Conceitual
O QUE FICA???
Referências
Bibliográficas
ALMEIDA, G.M.B.Teoria Comunicativa da Terminologia e a sua Prática

DESMET, I. A Análise do Sentido em Terminologia: Teoria e Prática da Definição Terminológica

BABINI. Maurizio. Do conceito à palavra: os dicionários onomasiológicos. Disponível em:


<http://cienciaecultura.bvs.br/pdf/cic/v58n2/a15v58n2.pdf>. Acesso em 16 dez 2017.

BRENES, Patricia. Who is Who in Terminology: Eugen Wüster (1898-1977). Disponível em:
<http://inmyownterms.com/terminology-eugen-wuster-1898-1977/>. Acesso em 08 dez 2017.

FRALEX. The free dictionary. Disponível em: <https://www.freethesaurus.com/bulky>. Acesso em 16 dez 2017.

INFOTERM. History of Infoterm. Disponível em: <http://www.infoterm.info/about_us/history_of_infoterm.php> Acesso em 15 dez 2017.

IEC. Electropedia: The World's Online Electrotechnical Vocabulary. Disponível em: <http://www.electropedia.org/>. Acesso em 08
dez 2017.
Referências
Bibliográficas
ISO. ISO/TC 37 “Terminology and other language resources”. Disponível em:
<http://www.infoterm.info/pdf/activities/Standing_document_02_50_years_ISO_TC_37.pdf>. Acesso em 15 dez 2017.

ISO. Terminology work — Principles and methods. Second edition 2000-11-15. Disponível em:
<https://edisciplinas.usp.br/mod/resource/view.php?id=1329910>. Acesso em 15 dez 2017.

SCHMITZ, Klaus-Dirk. Applied Principles of Terminology Work. Disponível em:


<http://www.termnet.org/downloads/english/events/tss2009/TSS2009_KDS_TerminologyWork.pdf>. Acesso em 15 dez 2017.

OCTOPUS, Logical. Visuwords. Disponível em: <https://visuwords.com/>. Acesso em 08 dez 2017.

VOGT, Carlos. Editorial. Disponível em: <http://cienciaecultura.bvs.br/pdf/cic/v58n2/a01v58n2.pdf>. Acesso em 08 dez 2017.

Tribute to the founder of terminology. Language Today. August 1998. Disponível em:
<http://www.gel.org.br/estudoslinguisticos/volumes/32/htm/mesaredo/mr004.htm>. Acesso em 08 dez 2017.

Você também pode gostar