Você está na página 1de 4

LEIS CÓSMICAS

visite o site Deus Mãe:


http://www.geocities.com/akay333/

Apenas um Ensaio de Akay de Nataraja @ 2006

Apresento apenas uma descrição sumária de algumas das infinitas leis que regulam a criação. Tenho intenção
de algum dia ter condições de parar para escrever mais sobre isto. Sou Matemático e não Advogado mas
acredito que cada Ser Humano pode desenvolver o conhecimento mais sublime da Criação.

A criação é uma grande empresa constituída de inúmeros departamentos. A engrenagem que a movimenta
são as Leis Cósmicas. Existem livros publicados sobre isto, mas são confusos e perdem-se na
intelectualidade. Apresento aqui parte do ensaio que realizo sob inspiração do Eterno.

Ao contrário da justiça do planeta terra, o Tribunal Cósmico é pleno e abrangente. Todo ato dentro do
cosmo é julgado, ou seja não apenas os “maus atos” mas todos. Existem as Quéries e os Senhores do
Carma que atuam respectivamente como advogados de defesa e advogados de acusação. Além deste
Julgamento Universal, que ocorre de modo regular e sistemático, existe o Juizo de Consciência que cada
Ser tem a oportunidade de fazer de Si mesmo.

Há três níveis evidentes nos padrões comportamentais humanos: Nível da Ignorância, Nível da Paixão,
Nível da Bondade. Os seres que estão estagnados no nível da ignorância são empurrados para evoluir pela
Lei do Medo, os seres do nível da paixão são empurrados pela Lei da Dor, e os seres no nível da bondade
são empurrados pela Lei da Necessidade. Em cada um destes níveis há propensão de acomodação pois o
indivíduo quer permanecer sempre em uma Zona de Conforto. Entretanto A Lei do Movimento não
permite que exista algo parado dentro da Criação.

As Leis do Medo, da Dor e da Necessidade promovem de acordo com o nível de cada indivíduo,
sociedade, religião, etc a Evolução ou Involução do mesmo. A Terra é uma Espaçonave, assim como o
Corpo Humano também o é. Nada pode ficar Parado. Ou Evolui ou Involui, ambos sentidos levam a
Deus, Fonte Primordial. Entretanto não queira nem saber o Preço da Involução. É claro que a Lei do
Amor promove as demais Leis com o intuito que todos optem pela Evolução diante do empurrão.
Entretanto, muitos preferem valer-se da Lei do Livre Arbítrio, esquecendo que esta tão famosa Lei é
anulada pela Lei da Necessidade. A Lei da Necessidade é a única lei que revoga todas as demais Leis
Cósmicas.

A ilusão do Livre Arbítrio é conseqüência da ignorância do Ser ao julgar a ponta de um iceberg como
sendo o Iceberg inteiro. Não existe o acaso absoluto, pois o caos é apenas parte de uma ordem maior. A
Ordem Universal é Onipresente e inclui toda ordem e desordem concebida pela mente humana. Isto já é
provado matematicamente e exemplificado pela geometria fractal. No plano manifesto, toda liberdade
tem um grau e um domínio de validade.

O mais rebelde dos seres ainda está subordinado às Leis Cósmicas. Os “demônios” podem até rejeitar,
negar e bater o pé, mas eles trabalham para o Eterno. É preciso estar conectado com o Eterno para
compreender isto, a própria onipresença do Eterno na criação facilita esta compreensão. As religiões em
geral se perderam na Moralidade tanto quanto os Profanos se perderam na Imoralidade. Desse modo é
difícil, por um lado, para uma mente religiosa compreender a Unidade da Criação pois optam por criar
um duelo entre o bem e o mal; e por outro lado é difícil para uma mente profana a compreensão da
unidade pois optam por colocar o bem e o mal em pé de igualdade.

Só existe duelo quando há ignorância. O Ser transcendido prevê os conflitos potenciais com antecedência
e os contorna com o uso da Sabedoria. Só existe duelo quando se está identificado com a dualidade. Estes
irmãos que articulam a Energia Marginal do Senhor, retornarão ao Criador como todos os Seres, a
diferença entre o retorno dos Evoluídos e dos Involuídos é que os primeiros retornam como Energia
Lapidada, e os segundos retornam como Energia Bruta.

LEI DAS POLARIDADES

No plano manifesto, ocorre o fenômeno da polaridade. Quanto mais material mais polarizado, ou seja
mais dividido ou dualizado. O positivo e o negativo, o feminino e o masculino, etc. O Eterno é imanente e
transcendente. Por sua natureza transcendental, o Eterno não é limitado ao mundo das dualidades. Por sua
imanência O Eterno se manifesta como feminino tanto quanto masculino. As dualidades das energias
estão na criação para serem compreendidas e transcendidas. Cada ser possui dentro de si ambas energias,
ambos os polos. A ignorância do ser o faz manifestar apenas uma das energias e ainda assim de modo
distorcido e apegado.

No mundo da ignorância, o amor e o ódio são apenas expressões polarizadas e corrompidas da mesma
Energia do Amor Divino. No mundo da ignorância, o amor e a sabedoria existem como energias distintas
e diferentes, enquanto no Eterno, Amor e Sabedoria são sinônimos. Tolice é amor sem sabedoria.
Crueldade é sabedoria sem amor. Portanto no nível Transcendental, ambos são idênticos. Portanto os
seres humanos têm em sua maioria baseados seus relacionamentos sobre as energias da tolice e da
crueldade. Saber realcionar-se é uma Arte Transcendental. Enquanto não se aprende esta arte, só existe
ilusão.

LEI DOS CICLOS

A humanidade está no final de um grande ciclo que privilegiou o masculino. Surgirá um novo grande
ciclo que resgatará o poder e a força do feminino. E depois deste novo grande ciclo, a humanidade, caso
ainda exista, alcançará o nível da Transcendência onde os indivíduos não mais serão caracterizados por
seus órgãos genitais.

O ser humano tem vivido de modo polarizado, oscilando entre o Profano e o Religioso. Ainda são raros
os que conheceram o Sagrado. Há uma tendência de classificar tudo em apenas duas categorias: O Bem e
o Mal, o Certo e o Errado, o Moral e o Imoral. Assim procedendo, os indivíduos oscilam entre o Profano
e o Religioso. Entretanto, o Sábio consegue discernir o Mal no Bem e o Bem no Mal.

A Mãe Natureza exemplifica isto com a Flor de Lótus que desabotoa sua linda flor na superfície do lago
enquanto finca suas raízes no lodo do leito do lago. O Sagrado pode ser alcançado quando se conecta com
o Eterno. O Eterno não está nos extremos. Alegria e Tristeza são estados polarizados. O Sagrado está no
Ponto do Meio. O Sagrado é Vivaz e Sereno.

Estas fases vivenciada pelos Seres na Criação é um bom exemplo da Lei dos Ciclos. O ciclo da Versão,
Inversão e Reversão são vivenciados pelas criaturas até que as mesmas tenham alcançado o pleno
aprendizado. A Jornada é feita de pequenos e grandes ciclos. A libertação de um pequeno ciclo somente é
possível quando um equilíbrio e compreensão mínimos são alcançados. Há diversos fatores quantitativos
e qualitativos que influenciam o tamanho de um ciclo grande ou pequeno. Um indivíduo que fica
esperando pelo grande ciclo evolutivo da Humanidade ou da sua Família é não tem sabedoria pois investir
no seu próprio grande ciclo é mais rápido e eficiente. Quanto maior a ignorância maior é a necessidade de
se sentir parte de um grande rebanho. A pirâmide evolutiva é um funil. Quanto mais alto o grau de
consciência menos seres compartilhando aquele grau, entretanto paradoxalmente mais conectado com
todos os seres pois a qualidade da conexão prevalece sobre a quantidade. O Amor Divino alcança a todos,
mesmo os que não queiram ser alcançados.

A Lei dos Ciclos pode também ser chamada de Lei do Retorno pois no processo de Crescimento
espiritual ou Queda Involutiva, os Seres são reavaliados para confirmarem o nível que progrediram ou
regrediram. Ao contrário da justiça em vigência na Terra, o Cosmo não condena ninguém à Prisão
Pérpetua.

LEI DO AUXÍLIO

Auxiliar requer Sabedoria e portanto Reflexão: Há necessidade? Qual o meu interesse inconsciente,
subconsciente e semi-consciente ? Quais as conseqüências para quem doa e para quem recebe ? Nenhum
destes três critérios é exclusivamente determinante para a realização do auxílio. São raros os que
conseguem auxiliar de modo altruísta. Em geral estas boas ações estão eivadas de interesses
subconscientes e inconscientes.

É comum acontecer que as pessoas auxiliem com o propósito de se beneficiarem. As "amizades" são em
geral contaminadas pelo interesse. Através do auxílio, pessoas compram outras pessoas. Através do
auxílio, pessoas escondem suas próprias misérias. Através do auxílio, pessoas matam a Alma de outras
pessoas.

Contaminações freqüêntes nos auxílios: sensação de poder; manipulação do ego de quem recebe a
doação; suborno e chantagem disfarçados; produção de dependência.
A Lei do Auxílio é servir altruisticamente movido exclusivamente pelo Amor Divino e não por amor ou
interesse egóico e momentâneo. Quando se decide realizar um ato de auxílio em um momento específico
e desconectado de Deus, já há algo contaminando a ação. Devemos aprender na terra a servir a cada
segundo de nossa existência. Isto requer o comando do Eterno pois o ego entronizado e rebelado não
aceita servir incondicionalmente.

A Lei do Auxílio inclui um parágrafo único Fundamental: Só o Eterno sabe quem pode receber o auxílio.
Por este motivo, em geral as pessoas agem inadequadamente pois estando desconectadas do Eterno, elas
se julgam capazes de discernir exatamente quem merece ou precisa do auxílio. Raros são os que já
descobriram a importância e necessidade de se pedir permissão ao Eterno a fim de prestar um auxílio. Ao
quebrar esta regra você será integralmente responsabilizado pelas conseqüências negativas de seu ato.

No plano manifesto, cada ser é uma célula do Corpo do Eterno, ou seja através de nossas mãos o Eterno
age. Devemos estar sempre servindo, entretanto este serviço será um ato do Eterno apenas se estivermos
conectados. A conexão com o Eterno é interna. A humanidade tem sido iludida pela Ciência e pela
Religião. Ambas deveriam ser valiosos instrumentos de auxílio para esta conexão. Mas a Ciência e a
Religião estão totalmente degradadas pela arrogância do falso poder. Quando o Ser Humano passar pela
purificação, haverá uma Nova Ciência e uma Nova Religião. Ambas verdadeiramente integradas e
integrais. Hoje o que vemos são fragmentos desconexos.

LEI DO MOVIMENTO

Nada está parado dentro da criação. Tudo se movimenta e qualquer coisa que queira ficar parada será
inevitavelmente empurrada. Observar esta lei é crucial para se evitar vários desconfortos. É melhor
decidir se mover antes de ser empurrado. As pessoas que conseguiram uma conquista na vida familiar,
profissional, intelectual etc devem despertar para isto pois existe tendência de estagnação após uma
conquista. No cosmo toda Zona de Conforto é permitida dentro de limitações prescritas pela sabedoria
universal. Quando o indivíduo se aproxima do tempo limite permitido na zona de conforto, leis cósmicas
maiores são acionadas para destruir o conforto e desse estimular o indivíduo a prosseguir a jornada rumo
a novos aprendizados.

No Cosmo há vários tipos de movimentos, os quais envolvem Vibração, Fluxo e Refluxo, Ritmo. Tudo
vibra. Tudo flui ou reflui, tudo tem cadência. Observe de um ponto de vista mais abrangente sua jornada e
você terá a sabedoria de saber quando agir e como agir. Às vezes uma breve espera pode ser a salvação
pois devemos deixar a Lei do Movimento agir até o ponto ideal para nossa interpelação. Outras vezes a
ação imediata é necessária para não perder o bonde do Movimento.
Existe uma técnica que pode livrar um ser de situações dolorosas. Quando você percebe que no nível em
que você está, um grande “pêndulo” vem de encontro a você para lhe bater e machucar, então ascenda seu
nível consciencial para esferas superiores. Aguarde um tempo enquanto o pêndulo faz sua batida e após
isto retorne para a ação normal onde você estava, lembrando de ficar sempre alerta para o novo retorno do
pêndulo pois ele se movimenta com ritmo. Aprendendo a antecipar os ritmos dos eventos que acontecem
ao seu redor, você será uma pessoa sábia. Observe com atenção tudo e você aprenderá a discernir o tempo
de cada energia, seu ciclo e o que a põe em movimento.

Estas características aqui descritas sobre a Lei do Movimento estão muito associadas à Lei das Causas e
Efeitos. A percepção de uma das leis facilita a percepção da outra.

LEI DA CORRESPONDÊNCIA

No plano manifesto tudo é simétrico. A Lei da Correspondência estabelece simetria vertical, exemplo:
Luz e Trevas, enquanto que a Lei da Polaridade estabelece simetria horizontal, exemplo: Bem e Mal.
Todo plano manifesto é permeado por três níveis existenciais: Inconsciência Total, Ignorância e
Consciência Total. A humanidade está quase integralmente mergulhada na Ignorância. Raros seres
humanos já alcançaram o terceiro nível.

Interesses relacionados