Você está na página 1de 129

IGREJA HOLANDESA DE IFÁ-ORIXÁ

Texto de Ifá

Todos os textos de Ifá deste site são baseados em fontes otodoxas. A verão poética,
entretanto é minha própria.

Já que ninguém pode soprar o vento, ter direitos autoriais da Terra, ou reinvidicar
a posse dos céus, eu não terei direitos na Sabedoria da natureza, que fala através
desses versos.

Deixo meu texto livre para cópia e distribuição, mas gostaria de ter um crédito
como: “Original, arranjo de Jaap Verduijn, ou algo similar.

A coleção está crescendo lentamente, mas considerando o grande número de


textos que tenho obtido, levarei um longo tempo para colocá-los aqui.

O sistema de adivinhação de Ifá, mais do que qualquer coisa, já é uma religião de


Ifá-Orixá, em si mesma, outorgando um sentido maior de mudança em minha vida.

Eu considero Ifá, exatamente como um espelho ou uma janela para a alma.

As coisas que vemos lá não são todas agradáveis, mas podemos mudar o que não
gostamos: os textos de Ifá nos orientam o caminho.

Jaap Verduijn

OS OLHOS DO CAMINHO DOS DEZESSEIS BÚZIOS

1. OGBE MEJI (Ejiogbe)

“Quando lavamos nosso rosto, quando lavamos nosso nariz,


nós terminamos abaixo de nosso queixo” era lançado para Orunmilá, no dia
estava indo receber o poder de Oludumare.
Orunmilá fez sacrifício, e Oludumare
deu autoridade (poder) para ele: “tudo o que Orunmilá dissesse
se tornaria verdade e viria a acontecer.”
Este é o motivo pelo qual, a partir daí, nós dizemos:
“Ashé”

Orunmilá diz que isto deve ser feito pouco a pouco,


eu digo que é pouco a pouco que nós comemos a cabeça do rato,
que é pouco a pouco que nós comemos a cabeça do peixe.
O primeiro que viesse ver de (lagune) e
receber a cabeça da vaca
era o mais importante, em tempos passados, em Ifé.
Nós não somos tão altos como o elefante,
nem somos tão poderosos como o búfalo
as roupas que nós usamos em nossos corpos
não são tão bonitas como as roupas que nós usamos por fora (para sair)
O rei não é tão grande como Oni
O colar de cauris não é tão longo como o de Yemideregbe
Yemideregbe é que nos chamamos Olokum
Orunmilá diz que nós mediremos o comprimento e a largura
com a mão e nós alcançaremos mais alto do que a cabeça
e a palma jovem alcança mais alto que a mais velha.
A floresta não é tão densa que não possamos ver a árvore Iroko,
E a música não é tão baixa que seja abafada pelo som do (gong)

Esclarecimento: um rato e um peixe, para qualquer um deles, temos permissão para


adicionar caracóis, noz de cola e água fresca.

OGBE – IWORI

Ifá estava lançando para Ogbe, no dia


em que ele foi visitar Iwori.
Eles falaram-lhe para sacrificar 3 cabras machos
3 galos, o pano que cobria seu corpo
e um rato do bosque, que seriam colocados
atrás de Esu. Por que Ogbe sacrificaria ?
Em geral, para retonar a prosperidade, seria seguro
que a riqueza e a abundância não fugiria dele.
Ogbe sacrificou, e a riqueza veio até ele.

Ifá diz que a pessoa para quem este Odu cair


poderá sempre conduzir o sacrifício para
qualquer tarefa (setor), resultando em bom final.
Isto não vem por si próprio, nós devemos sacrificar.
E Ifá diz que se alguém está considerando fazer uma viagem,
o melhor sacrifício é querer fazer uma viagem proveitosa,
muito proveitosa realmente.

Ebó: 3 cabras machos, 3 galos, a roupa que a pessoa esta vestindo


e um rato do bosque, que será colocado atrás de Esú

2. OYEKU MEJI

Orunmilá diz que ele criará algo grandioso;


Eu digo que Ifá criará algo grandioso
e Ifá criou “Fazenda”.
Orunmilá diz que ele criará algo grandioso;
Eu digo que Ifá criará algo grandioso
e Ifá criou “Mercado”.
Orunmilá diz que ele criará algo grandioso;
Eu digo que Ifá criará algo grandioso
e Ifá criou “Guerra”.
Orunmilá diz que ele criará algo grandioso;
Eu digo que Ifá criará algo grandioso
e Ifá criou “Estrada”.
Orunmilá diz que ele criará algo grandioso;
Eu digo que Ifá criará algo grandioso
e Ifá criou “Casa”.
O último que Ifá criou foi “Casa”.
Após ter feito tudo isto, Orunmilá partiu
para a casa de Olokum, para ler Ifá lá,
onde ele permaneceu por dezesseis anos.
Em sua viagem de retorno para casa, o primeiro filho
que ele visitou foi “Guerra”, que recebeu seu pai
com comida e bebida.
Por isso, Orunmilá desejou aliviar seus intestinos,
mas “Guerra” disse que não poderia aliviar seus intestinos
na casa de “Guerra”.
O segundo filho que Orunmilá visitou foi “Mercado”,
que recebeu seu pai com comida e bebida.
Por isso, Orunmilá desejou aliviar seus intestinos,
mas “Mercado” disse que ele não poderia aliviar seus intestinos
na casa de “Mercado”.
O terceiro filho que Orunmilá visitou foi “Fazenda”,
que recebeu seu pai com comida e bebida.
Por isso, Orunmilá desejou aliviar seus intestinos,
mas “Fazenda” disse que não poderia aliviar seus intestinos
na casa de “Fazenda”.
O quarto filho que Orunmilá visitou foi “Estrada”,
Que recebeu seu pai com comida e bebida.
Por isso, Orunmilá desejou aliviar seus intestinos,
mas “Estrada disse que ele não poderia aliviar seus intestinos
em casa de “Estrada”.
O último filho que Orunmilá visitou era sua criança mais jovem, “Casa”,
que tão logo viu seu pai, abateu uma cabra, cozinhando
uma grande quantidade de comida, purê delicioso de inhames,
e convidou todos seus amigos para entreter seu pai retornado.
Quando Orunmilá tinha comido e bebido à exaustão,
ele desejou aliviar seus intestinos, e “Casa” abriu um quarto e disse:
“Minha casa é sua casa. Meu pai tem permissão para aliviar seus intestinos
em qualquer lugar que queira neste quarto”
Depois que Orunmilá tinha aliviado seus intestinos,
ele fechou a porta do quarto atrás de si.
Não muito mais tarde, Orunmilá novamente desejou aliviar os intestinos
e “Casa” abriu outro quarto, que Orunmilá após ter aliviado seus intestinos,
também fechou novamente.
Por isso, Orunmilá falou com “Casa” para abrir e limpar o primeiro
quarto, e quando “Casa” entrou encontrou o quarto cheio de dinheiro.
Por isso, “Casa” abriu o segundo quarto, encontrando um fardo
de valiosas contas e pedras preciosas.
Então, Orunmilá falou que, doravante todo lucro feito por “Fazenda”,
“Estrada”, “Mercado” e “Guerra” seriam para beneficiar “Casa”.
“Ifá diz que se um visitante vier nos ver, nós
teremos muito cuidado e atenção com ele.
Deste modo, sua bondade e favor não passarão
por nós, e esse visitante nos conduzirá a abundância”.

Ah sim! ouçam bem, não seguiremos adiante


tendo oferecido uma quantia ou objeto
determinado; não chamamos a maldade sobre
nossas próprias cabeças, nós chegamos até aqui,
somente depois de termos feito uma boa oferenda.
Para quem nós sacrificamos e o quê ?
Considerem isto a parte, e enquanto vocês
estiverem considerando,
tenham cuidado para não esquecer as Yamis.
Nós sacrificaremos contra o rompimento dos tabus,
nós pergutamos o que e para quem e não procedemos
até que tenham sacrificado, bobo!
Uma vez tendo sacrificado, equilibramos então
o propósito do que se seguirá, mesmo não sendo
imediatamente claro. Mas isto não importa. Isto virá.
Morte por contaminação é o que nos ameaça,
o estrago das coisas que estão nos ameaçando.
Nós devemos evitar não fazendo a coisa errada,
voluntária e involuntariamente, conhecendo ou
não conhecendo, para que nem um nem outro
sejam uma desculpa: nós devemos
evitar de fazer a coisa errada. Nós devemos evitar
de quebrar um tabú.
Então: nós fizemos uma oferenda agora ?
Bom! Então temos permissão para proceder, mas
pelo caminho. Você viu porque Ifá está dizendo
todas essas coisas ?
Provavelmente, não. Então deixe-me falar-lhe.

“Vamos agora contemplar o caso de


Eri, a árvore-noz. Eri está quebrando,
sim, Eri suporta e sofre, sim, Eri levanta-se cedo
e exuberante”
Orunmilá estava lançando para ele mesmo, no dia
em que ele esposaria “Sono Rebelde”
Eri suportava, sim, Eri sofria, sim,
pela manhã, ele casaria, sim.
Cabeça, que também tem nome de “Ori”,
carregava uma boa fortuna de criança,
trazia a abundância celeste da criança, sim.

“Vamos agora considerar o caso de “Galho Curto”


que se agitava para caçar o orvalho distante,
dois pés combatendo um atalho estreito.”
...lançava para “Case-me ou enterre-me, no dia
em que minhas roupas estiverem prontas”, quando
retornando do céu para a terra, tranquilamente,
sorrateiramente.
Agora senta-se calmamente, roupa vermelha “Calico”,
tudo o que vocês tem a fazer é sacrifício,
e eles não pegarão vocês.
Calico fugiu para ver o que ela poderia encontrar.
Palma ofereceu todas as coisas que vocês precisam, Calico.
Suavemente ela fez o sacrifício desejado.
Agora os panos vermelhos da Morte não os seguirão
para o céu: sacrificando para uma longa vida,
que é exatamento o que Awo fez.
Tenha cuidado, não toque, sacrifício
para imunidade, isto é o que Awo fez.

“Vamos agora considerar o caso de “Torrão de Terra”.


Preste atenção a sua palavra, nós não podemos
trazê-la de volta. “Torrão de Terra” partiu-se no solo,
e a cabana da fazenda ficou atenta, mas nunca
prendeu o ladrão, aquele é o nome que nós damos
para hiena parada (stopped hyena?).
...lançava para Alapa, o sobrevivente, criança de...........
“Ele que saúda o Awo”. A pessoa que não
reconhece isto, assusta as paredes,
aquela nota de bolso (pock marked), nunca andará
num caminho tortuoso, proprietário de documento
de assassínio é Alapa, nosso visitante, vestido de mortalha.
Quem viverá o bastante para andar num caminho tortuoso ?
Palavras fortes estas, covarde !

“Vamos agora fazer uma consideração


do caso de Antilope, também chamado........
“Quem não tem beleza não tem valor”.
Ela usava ferramentas de ferreiro
como um amuleto contra o caçador
Criança de martelo. é assim que nós chamamos
a bigorna, como uma jóia próxima ao pescoço
dela, gradualmente tirou seu vestido, até que
ficou uma agulha fina e a agulha despiu-se até nada......
Então: isto é o que nós chamamos velho !
Valente é nossa canção !
Oferecer para uma longa vida é o que
o Awo fez, oferecendo para sobreviver.
Eri quebrou, Eri sofreu, a coroa de Eri o tinha deixado.
Pela manhã eu terei casado !
Boa força antiga, ah sim !
Criança de Orunmilá, Ifá diz
que ele não me apoiaria.

“Vamos agora considerar a “Cor Vermelha


de Cobre” que vemos como fogo.” ...lançava para
“Amanhecendo, outro aspécto da escuridão dos céus,
brilhará no mundo como um rei da luz”.
A bananeira (banana tree) virá para o mundo
já com crianças implícitas: isto é,
dos céus que eu tenho carregado
minha cabaça de boa fortuna.
Ori carrega o doce desenvolvimento da criança.

“Vamos prestar atenção para “Espuma do Vinho


de Palma”, que parou no garganta”. ...lançpava Ifá
para Idosa que estava infinitamente inquieta,
loucamente, loucamente.
Babaluaye em sua cabeça febril.
“Aglomerando insetos na margem” estava çançanco
para Idosa, cujos pés o conduziam circulando
como contra o relógio (tempo).
“Cabeça obtusa girava” lançava par Idosa, cuja
parte de trás da cabeça se afinava e isto fazia
sua visão para atrás nublar, agitação, agitação, sim.
Morte negra esfregava em si mesma uma pasta
negra; morte vernelha esfregava em si mesma
pó de osun;
Se você não sabe como esfregar em si mesmo corretamente,
você está exposto ao sol
Eles disseram: “Matem o “Aleijado” e prenda-o
dentro de uma corda com um nó do “Corcunda”, ah sim !
Filho do Covarde, quem ouvirá secretamente essas
instruções, nas batidas de seu coração? ba-ti-da-ba-ti-da-ba-ti-da.
“O mais velho, pretendendo ser um homem corajoso,
não pode gaguejar como um covarde, não, não, não.
Idoso covarde não pode dar grandes passos, não, não...
a bebida do espírito mais velho fabricou o instrumento
de Oro silencioso; nosso rei não ordenou uma
mulher despir-se, só para se voltar sobre ela
e mandá-la embora....
palavras.....palavras....palavras.
Era o primeiro que lançava
para “Cabra Macho Preta”, marido de Cabra
“Fala Incoerente”, lançava paraCerneiro
marido de “Bleating Sheep”.
“Palavras como essas o fazem agradecer.” lançava
Ifá para “Grande Galo”, marido de “Franga Gorga”
“Palavras.....palavras....lançava para
“Proprietário Forte” de um retorno reto e seguro.
Eles disseram para ele: “Mate o “Aleijado”,
prendam o “Corcunda” com aquela corda, matem o
Corcunda e façam incapacitado de curar-se.
Ouvindo, “Filho Covarde” ouça a batida de seu
póprio coração ba-ti-da-ba-ti-da-ba-ti-da.
“Brava Idosa” não falaria frágeis palavras covardemente,
sua lingua não exageraria.
“Remédio do Espírito tinha posto um encantamento
em mim, o rei que ordenou despir-me no largo do mercado,
não rejeitava minha beleza.”....lançava para
“Minha Extraordinária Mãe”, no diaem que ela
introduziu no mundo muitas crianças.”
Ifá diz: Para onde nós vamos ?
“Este lugar é chamado Oro” eu respondo
“bom conhecimento sobre o valor de suas roupas”
As pessoas gritavam: “Vivas ao rei !”
“Diga-me, o que eles estão fazendo lá ?
“Eles dão nome as crianças na casa de
seus pais” alguém disse
“Bem, então, eu saudei o dono da criança,
naquela casa-forte, elogiando quem possui
crianças numerosas como pássaros e agora
eu seguirei meu caminho, para onde eu precisar ir.”
Aquela criança alcançou uma idade respeitável.
Antilope que viveu muito tempo,
fabricou um amuleto para “Criança Martelo”,
que tornou-se fino, fino,
mais fino que uma agulha

Ifá diz: “Hmm, nós chegamos novamente


em Oro, onde as pessoas são
determinadas a saudar seus chefes.”
Eu digo: O que vocês estão fazendo ?
“Alguém casou na casa de seus pais.”
“Eu saúdo você, dono de mulheres, por essa união,
e a noiva de quem a beleza é por outro lado, como palavras,
intocáveis elas são.
Agora é hora de ir-me.
Quando ela engravidar, sua criança
crescerá um homem belo
e corajoso, ah sim !
Novamente nós chegamos a Oro
Anel, escravo na noite
é o pássaro pintor: drip drip
fugindo da morte, “Abano de Rabo” foi para casa
de contaminação, então voltou
com “Você não teria esfregado em você mesmo com vermelho”
e Anel, circulando escapou para a “Fervura misturada agarrando em em mim”
e de lá para o local do dono dos cavalos,
onde não havia nada a preocupar, não, não, sim, sim.
Se você cumprimentar-me calmamente, não espere
entusiasmo; se você saudar-me indiferentemente,
eu reagirei casualmente; se eu cumprimentar você
com sentimento, você reagirá amavelmente.
Eu direi: “Olá Babá, oh sim,
saudações honrado cidadão mais velho”
você entendeu ?
Foi dito que partes iguais serão
postas congra cadaoutrom em batalha.
Isto nós dizemos. Ninguém poderá bater no outro.
Pai-inesperadamente-escolhe-nascimento (begat)
Começa o pai de mata-lo-enterra-lo
Eu-desejo-eu-sabia-a-razão é a ordem
que matou inesperadamente.
Eu o materei e o cortarei em pedaços,
Isto é o que eu farei, e eu
Mostrarei isto para meus amigos !

“Ifá fez todas as coisas certas” lançava para


Alaka na terra de Egba;
“Ele que mistrura os inhames, enquanto
era impedido por longos vestidos, de acordo
com o desejo de sua mulher, salvou sua cidade.”
Lançava para as pessoas de Ijesha.
Somente uma mulher fez seus maridos felizes.
Outrora, lá eram dois, demônio é o nome,
que nós damos a elas conspirações.
Outrora, três eram três, paz é casa
é perturbada, porque o mais novo sentia culpa;
Outrora, três eram quatro, existia doçura.....
Mas para quem ? Tente imaginar isto.
Se minha mãe não tivesse dado-me a você,
eu não estaria nessa situação agora;
Outrora, três eram cinco, uma palavra é suficiente
para mandar você empacotar;
Outrora, três eram seis e o primeiro que fica com ela
Próximo ao limite da da tenda do mercado.
“Isto depende do primeirto freguês.
Como as vendas irão hoje ?”
Outrora, haviam sete, eles as chamavam de feiticeiras,
porque sete é o número de “nossas mães”.
Vinte virgens, de qualquer modo, quarenta cachecóis de cabeça:
uma pessoa insegura não chamará meu pai pelo nome.
Pai do fogo estrondoso é diferente, pai
com batimento de asas de papagaio é diferente,
pai da chuva pingando no telhado
é diferente, batimento de tambor no caminho
para o cogumelo do pântano, convenceu
o espírito desorientado. Agarra a criança,
existe algo que nós precisamos, chicotes
para bater na pele de nossas (bata).
Veja, ele não veste calças, não veste ceroulas
como no dia em que ele nasceu,
folgadamente, folgadamente, do lado de fora,
seus interesses expostos
para todo tipo de clima
dançando a dança
do retorno da morte.
Entre o forro e o telhado
estava Attic, que espreitava,
ouvindo todas as coisas;
Casa no município deIgbore
na Abeokuta;
Alto remédio havia lá,
pendurado n os esteios,
perversamente elevados
Attic teve um colapso, um colapso e morrer
também uma coisa muito boa
era uma coisa muito boa.
O resultado disso foi falado por eles
na floresta de Staff, partidas e reunidas,
do tipo que as crianças usam como boneca.
Este consultará
Ifá, a respeito daquilo que amamos.
Bom, doutor, não deixe
que isto rompa a vida dos que amamos,
permita nossos amados, não seja levado por nós.
Orunmilá nos permite que nossos amados
não sejam rompidos.
Céu proibido
Brasa e chocalho
Você que sabe como lutar,
Esvazia paredes,
Estrala chocalhos
Muito obrigados
Mestre matador
Saudações
Assaltante mascarado
Obrigado, saudações
Guerreiro
Suavemente, suavemente, ah sim
Esta é a história de Oyeku Oyeku
Saudações para a estreita chance do sobrevivência
Saudações !
Ifá diz: “esta pessoa e sua cidade, ambas se arruinarão,
se quando vindo para casa, sacrifícios não fizerem !”

3. IWORI MEJI

Vamos todos cantar agora para Iwori-Meji,


Para sermos capazes de no próximo ano, desta vez,
vir junto, novamente Orunmilá,
para celebrar, tendo sobrevivido a todo um ano.

“Este é o formigueiro que eu vi


se transformou na imagem de um galho”
Quem espeta seu pé na lama?
Isto tem sido, continuamente repartido ao meio.
Pó de efun, uma vez inalado,
espeta (?) os cabelos de ambas as narinas
a sujeira da garganta
toca o solo
começa rolando adiante
saltando como bola”
Aqueles eram os primeiros que lançavam
Ifá para “Esperma
também Vitalidade” tornando-se
uma criança dos céus, não nossa, sim relamente.
Criança, você tem cor, você teve força
espiritual da vida: por que você não tornou-se,
então um ser humano ?
“Pais Expectantes, pais de Abiku
receberam a mensagem
que eles ofertariam
quatro ratos de arbusto, quatro galinhas
quatro vezes 20.000 cauris, juntos.
Eles ouviram e fizeram o sacrifício,
boa folha era devidamente preparada para eles
e energia veio dos céus
parou de ser absorvida da Terra
fazendo possível a gravidez.
Isto é como o ato tornando-se a criança
Não está tarde para vencer. Isto não está longe,
Antes vocês se regozijarão conosco,
dançando e louvando
nosso esplendido filho.
Agradecidamente, cantaram:
“Ashé ! agora não é mais o longo
escoar direto para Terra,
quando eu faço amor.
Eu terei um bebê
sangue não virá novamente
suas mãos e seus pés
serão brancos como efun,
quando eu fizer amor com ela
o resultado será poderoso”
Saudações ao oferecimento,
Saudações ao sacrifício
feito e aceito
na totalidade
e abundantemente eficaz
Saudações a todos !

4. ODI MEJI

Odi Meji representa a paz que resulta da complementação da expectativa. O odu é


também conhecido como “Selo”. Em todos os tipos de rituais de Ifá-Orishá, a concepção
de “selamento” é um elementos essencial: selar a cerimônia é a garantia de que esta será
manifestada.

Ao final da invocação, o sacerdote assopra a bandeja (opon), a esteira, ou


qualquer outro elemento com que ele tenha trabalhado e diz a palavra “to” (pronuncia-
se “toh”). Em yorubá significa “suficiente” ou “está terminado” ou “isto é exatamente
como será”, após a palavra ter sido pronunciada, o ritual ou invocação é fechado, tanto
que coisas ditas mais tarde não se fundem ao processo de invocação.

Como princípio metafísico Odi Meji é o selo de complementação como acontece na


Natureza. Mas: na Natureza o final (selamento) de alguma coisa, é sempre o início de
outra coisa, e isto é exatamente como em Ifá, o ponto para o ciclo do nascimento vida,
morte e renascimento.

Odi Meji aconselha o uso de mel para fazer coisas na vida com mais doçura: mel é
oferecido aos Espíritos, quando perguntamos a eles sobre “coisas doces”.

Odi Meji fala da maternidade e das responsabilidades ligadas às crianças. Quando


Odi Meji cai, o cliente frequentemente tem sonhos maus, e não raramente ee percebe
um aumento de pressão, ambos socialmente e emocionalmente.

Geralmente, Odi Meji pressupôem prosperidade e vida longa, especialmente quando


o cliente cultua Ifá. O cliente pode ascender para uma alta posição, mas será advertido
sobre as pessoas que querem promover sua queda.

Esta é uma advertência muito concreta: crianças de Odi Meji podem encontrar-se
trabalhando, muito duro, e muito bem sucedidamente, no início de suas vidas, só vendo
todas as coisas sendo trazidas para elas, bem mais tarde. Odi Megi sugere oferecimento
para Egum, e se alguém estiver viajando, um sacrifício para Ogum, é de ordem.

Crianças de Odi Meji tem um forte taboo (ewo?) contra a mentira e outras formas de
desonestidade. A principal instrução deste Odu é “permanecer atento, para não tornar-se
vítima da enganação e desonestidade dos outros.....e da própria”.

Quando Odu Meji vier com Irê, algumas das palavras-chave são: resistência que
conduzirá ao poder, reconhecimento do próprio destino, renovação, auto-confiança.

Quando Odi Meji vier com Ibi, algumas palavras-chave são: miséria, armadilha,
fraqueza e limitação da liberdade.

“O muito alto e poderoso Odi,


o muito, muito poderoso Odi.”

Eram os primeiros que lançavam Ifá


para Eji Odi no dia
em que foi ao mercado de Ejigbomekum,
no dia também, que ele lamentou,
porque não tinha esposa.
Eles instruíram Eji Odi a fazer sacrifício.
“Tudo certo, mas o quê ?” era a questão
Eles lhe disseram para oferecer
muito dinheiro, e se isto falhasse
a doçura do mel, acalmaria o “engano”
Eji Odi ouviu e fez o sacrifício.
Uma grande quantidade de dinheiro
ele levou ao Awo, e o Awo
fez um remédio para isto.
Tão logo Eji Odi chegou ao mercado
de Ejigbomekum, ele encontrou (accosted?) a Chefe
do Mercado de Mulheres, e desejou algum mel
para a garrafa de remédio que o Awo dera
dentro da abertura secreta dela;
Este método fez o “engano” interessante.
Ambos, se comprometeram, e Eji Odu
teve uma chance em sua vida. Então fez uma mulher.
O resultado desse estranho encontro foi
que a maior parte dos homens, chegando de longe,
queriam um encontro com a Chefe do Mercado.
de Mulheres. Ela fez todos eles felizes e eles
cantaram sonoramente:
“Líder do Mercado de Mulheres, vamos nós !
Doce mel, impeça-nos
de partir de seu mercado,
doce mel.”

5. IROSUN MEJI

Irosum Meji adverte que só o procedimento cuidadoso pode ajudar a pessoa em


tempos de dificuldade, e uma vez que os problemas tenham sido superados, Irosun Meji
tende a trazer abundância. De qualquer modo: nada dura para sempre, nem abundância,
nem dificuldades.

Irosun Meji é conhecido como “Ressoando Osun”, Osun sendo a orishá que protege
o Ori do Awo. Agora, a cabeça ou Ori é o lugar onde está armazenada a consciência, a
memória, então certamente, Osum protege a percepção e o entendimento do passado,
Seguindo esta linha de raciocínio Irosun (Meji) representa a realidade fixada daquelas
coisas que j[á tenham acontecido. (Agora, como nota, gostaríamos de mencionar que, na
verdade, a realidade passada não está “fixada” em tudo: nós mudamos isto tudo, com
consequências interessantes, de forma que suas cabeças/Oris contenham um “passado”
diferente hoje, do que fizeram ontem. Nós só não percebemos isto !)

Ifá-Orishá reuniu muito valor para reconhecimento as sabedoria do passado: nós


somos o que somos, porque colocamos sobre nossos ombros tudo aquilo que veio antes de
nós.

Irosum Meji fala de necessidade de honrar e respeitar os Ancestrais, guardando


lembranças de suas realizações, e então podermos reconhecer o quanto elas contribuiram
para nossas próprias conscências. Esse processo inspira-nos a estabelecer nossa própria
posição de respeito e sucesso no mundo. Depois de tudo: aqueles que bem sucedidamente
aceitarem esse desafio serão os Ancestrais reverenciados no futuro.....!

Irosun Meji com Irê produz recompensas de atos e decisões corretas: uma
abundante colheita pode ser esperada. O cliente se tornará o depositário da generosidade
de outras pessoas. Paz e tranquilidade serão o resultado material, o bem-estar. Estar
calmo e esperar omentos e decisões corretas. Quando Irosun Meji vier com Irê, algumas
das palavras-chaves são: recompensa, abundância, paz, escolha correta

Irosun Meji como Ibi vê o cliente preso em ciclos e repetindo modelos de forma que
ele não pode escapar. Escolhas ruins ou ações erradas conduzem para mau resultado.
Carência e pobreza podem ser o resultado de tarefas erradas, ou emparelhando uma
totalidade de erros, movendo-se rapidamente. Algumas palavras-chaves para Irosun Meji
com Ibi são: repetição, escolhas erradas, pobreza, conflito.

“Aqueles que sentem bem


também agem bem, o bom Awo.”

...era o primeiro que lançava para Cabeça


no dia em que Ori desceu à Terra.
Eles falaram-lhe para fazer ebó.
Ori ouviu e fez o sacrifício
sendo o mesmo Ori,
que tinha vindo para Terra, temendo
que não haveria abundância para ele.
Osum foi a primeira que ouviu
E teve cuidado comigo,
você é aprimeira a quem eu contei o meu destino,
Ifá, me fez um homem rico na vida.
Ori, que pensou que ele nunca teria um esposa,
Osun, vocè é a primeira a quem eu contei o meu destino
Ifá permitiu-me ter uma boa mulher em minha vida.
Ori, que veio à Terra, pensando
que ele não teria irê.
Osun, isto é o que eu contei a você do meu destino
Ifá permitiu-me ter todo o irê em minha vida.

6. OWONRIN MEJI

Venham todos juntar-se ao meu redor agora,


vocês, clientes de adivinhação, para esta reunião
isto é para muitas pessoas aqui reunidas.
Owonrin fala, e Ifá explicará.

“Toda marca tribal reuniu-se agora,


alguns rostos aqui, tem trinta sulcos
horizontalmente: estes são chamados “abaja”.
Outros aqui tem vinte
em seus rostos: estes são chamados pequeno
e outros, entretanto, tem cinquenta linhas,
que nós chamamos woro-woro, verticais.”
Estes eram os primeiros que lançavam para Odunmbaku,
o filho de Ifá, sim, o próprio filho de Orunmila.
Eles disseram a seus clientes, que ele precisava sacrificar
cinco sacolas de cauris e um frango de cinco dedos,
por para fora, fechar a estrada
pego por Facão, e então peder de vista.
O sacrifício estava sendo aceito
Iku, a Morte, veio olhar;
e feliz Odunmbaku disse: “Bons Céus,
Facão pegou galinha, e sua estrada está bloqueada.
Este ano, eu não posso ir com você
então, é melhor no próximo ano, Morte !
Eu estou muito triste, mas você sabe: isto é a vida !”
Morte encolheu seus ombros, para tudo o que
nós dissemos sobre ele: ele é um companheiro honesto,
que nunca toma o que não lhe pertence.
As pessoas cantaram e dançaram
e sonoramente louvarem seus Ifá,
dizendo: “Este ano nós teríamos morrido,
mas Iku só tomou frango
e deixou-nos viver, ainda para ver outro ano”
Isto é o que Awo disse:
“Toda marca tribal reuniu-se agora,
alguns rosotos aqui tem trinta sulcos
horizontalmente: estes são chamados “abaja”
Outros aqui tem vinte
em seus rostos: estes são pequenos
e outros, entretanto, tem cinquenta linhas,
que nós chamamos woro-woro, verticais.”
Estes eram os primeiros que lançavam para Odunmbaku
o filho de Ifá, sim, o próprio filho de Orunmila.
Todos fazem sacrifício com Odunmbaku
um frango para Iku, para vivermos um pouco mais.”

7. OBARA MEJI

Obara Meji refere-se a incerteza e incapacidade de tomar decisões. Crianças de


Obará Meji, frequentemente fazem compras no impulso, e são, frequentemente vítimas
de pensamentos cheios de desejo. Eles possuem muita razão para pesar suas decisões,
que foram tomadas com pressa e no impulso.

Em geral, têm sucesso na vida. Crianças de Obara Meji fazem bem em alimentar
ou sacrificar para seus Oris.

Se o cliente está em negócios, ele sacrificaria para Orunmila, em geral, para ter
mais clientes; ele também cultuaria Orunmila. Frequentemente, o cliente está com
algum tipo de problema financeiro, e se isto não bastasse ele pode também encontrar-
se envolvido com inimigos, que investirão um ataque surpresa sobre ele, não só para
coisas materiais, mas também com respeito a sua vida. Sacrifício é importante aqui,
para o cliente constatar quem são seus inimigos e definir seus problemas no caminho
exato. Depois de tudo: nós só podemos resolver o problema, depois de termos idéia do
que exatamente ele é !

A principal instrução deste Odu é “pensar antes de agir”, especialmente quando


se referir a decisões. Quando sob influência deste Odu é importante que
cuidadosamente e ativamente, evitemos más decisões e enganos, que não possam ser
resgatados.

Quando Obara Meji vier com Irê algumas das palavras-chaves são: inspiração,
entusiasmo, síntese, transformação, o poder do mundo.
Quando Obara Meji vier com Ibi, algumas das palavras-chaves são: equívoco,
incompreensão, auto-engano, manipulação pelos outros, aborrecimentos.

Naqueles dias longínquos, as pessoas de Oroko eram amedrontadas


por ruídos horríveis e sobrenaturais, vindos de um formigueiro no bosque
Em algum lugar, naquele formigueiro, lá no caminho
algo estava se escondendo, disfarçadamente, fazendo ruídos,
resmungando e murmurando, distante, sonoramente, assustando
os viajantes, que gritavam aos brados:
“O que é isto naquele formigueiro, que resmunga e murmura ?
Se quiser matar, deixe vir e matar.
Mas se não quiser matar, deixe ficar quieto,
e deixe parar de resmungar e de murmurar também.”
As pessoas amendrontadas foram a seu rei, o “Onirese”
O “Onirese”, por sua vez, chamou Ifá para ajudá-lo.
Eles falaram ao rei para levar um axé, um axé na floresta, muito forte,
e levar uma enxada, um galho flexível, e entrar no bosque,
junto com suas pessoas, para destruir o formigueiro,
e lá foram eles, os heróis, cantando a canção do guerreiro:
“O que é isto naquele formigueiro, que resmunga e murmura ?
Se quiser matar, deixe vir e matar.
Mas se não quiser matar, deixe ficar quieto,
e deixe parar de resmungar e de murmurar também.”
Apesar deles estarem muito assustados, as pessoas de Oroko
seguindo a orientação do rei “Onirese”
foram cavando o formigueiro, descobrindo em seu fundo
uma cascavél que chocalhava, mesmo estando coberta pelo formigueiro
tinha produzido os sons que os amedrontavam, levando-os a chorar de medo:
“O que é isto naquele formigueiro que resmunga e murmura ?
se quiser matar, deixe vir e matar.
Mas se não quiser matar, deixe ficar quieto,
e deixe parar de resmungar e murmurar também.”
Então, o problema se resolveu, aquele era o jeito do problema.
A cascavél mostrou-se agora para as pessoas da aldeia,
tornando-se incapaz de matar um simples humano,
mas ainda não quis parar os sons de resmungos e murmúrios.
As pessoas de Oroko, tinham tido sons de cobra suficientes,
então a cascavél bateu para a morte, e voltou para casa novamente.
Eles cantaram (era o última vez) a canção que tinham cantado frequentemente:
“O que é isto naquele formigueiro que resmunga e murmura ?
se quiser matar, deixe vir e matar.
Mas se não quiser matar, deixe ficar quieto,
e deixe parar de resmungar e murmurar também.”

Ifá agora diz para todos nós que, ainda que nos sintamos ameaçados,
a ameaça é inteiramente irreal e nada existe lá para temer,
mas tema a si mesmo. Ainda que coisas desconhecidas possam assustar
a segunda vez que encaramos nossos medos,
eles simplesmente enfraquecem e vão embora.
8. OKANRAN MEJI

Oh, queridos ! O que está acontecendo ?


Vamos agora, louvar Okanran Meji !”
E fazer-lhes ver, com alguma chance,
o caminho ou estrada que Ifá toma
para, finalmente chegar aqui, neste lugar ?

“Você matou o rato, e Ifá não recebeu um pouco,


você matou o peixe, e Ifá não teve o sabor.
Como você desafia comer ekuru
na presença das “Idosas da Noite” ?”
Aquelas eram as primeiras idosas que lançavam Ifá
para “Galo” na “Estrada”, isto foi no dia
em que “Galo” foi ao poleiro na casa de Babalawo
“Você Bicador !” eles falaram a “Galo”
faça sacrifício, para você não ter
muitos problemas em seu caminho, os maus-olhados são muitos
e muitos invejam você: “ O que eu sacrificaria ?”
o galo perguntou ao Awo: “Um dos seus próprios !”
Um galo, e umas ovelhas, que você encontrará
lá, no lado seco da fazenda.
um machadinho e dez sacolas de cauris.”
O Galo ouvindo, fez o sacrifício
Mas em seu caminho, ao cercado do Babalawo
ele cruzou, inconscientemente, com um sinal (patch) na estrada
onde um mau remédio era esborrifado.
Então, quando ele ajoelhou, em frente ao santuário de Ifá
suas orações, repentinamente mudaram para maldições:
“Receba esta doença, isto é seu !”
“Eu desejo que receba.....” “Tudo foi como dito”
“Bons céus !” disse Galo
“O que eu estou dizendo ?! Isto não interessa !”
e então, os céus escureceram, e a Chuva,
a chuva que tinha ameaçado, caia, agora
sobre a cabeça de Galo, como ondas do oceano.
Isto chamou uma poção contrária, depois que
Galo, contente novamente, pode proferir as bênçãos.
“Mas primeiro ele falou toda a maldição”, as pessoas diziam
e o que, por favor fale-nos, era aquilo tudo ?
“Todas as palavras que eu falei antes que a chuva viesse, o
Galo respondeu, só em aparência eram maldosas, mas boas
as orelhas de Orunmilá, elas se tornaram benignas.” Agora, entretanto
a esposa de Galo e as crianças vinham ouvindo
as notícias que “Marido” (também Pai)
experimentou alguns problemas no cercado
e rapidamente vieram para sua assistência.
Tudo está bem quando termina bem. Crianças ouviram seu pai,
Explicar alegremente; “Isto é meu. O Galo.”
Não existe necessidade de aborrecimentos, pois Chuva
Transformou toda maldade em grande abundância
Estas são as palavras do Awô: “Você matou o rato
e não deu nada a Ifá, então você matou o peixe,
e Ifá não recebeu um pouco.
Como você desafia comer ekuru, na presença
dos “Idosas da “Noite”?
Isto era o que foi lançado para Galo, no dia
em que ele foi visitar o Awô. Agora, meus amigos,
vocês podem ver como é urgente o louvor.
Tendo dívidas Okanran, ele fez o trabalho ?
Você agora, deve fazer uma oferenda, sacrifício
qualquer, podendo ser necessário para sobreviver
Diga saudações ao Odu, este Odu
fará suas vidas irem bem.

9. OGUNDA MEJI

Orunmilá diz que entrando


numa sala com porta baixa,
nós, automaticamente, reverenciamos
Ifá, a questão é:
“Quem dentre os deuses
acompanha seus seguidores,
em todas as jornadas, sem
nunca retornar ?”
Shango replicou que ele acompanha
seus seguidores, em todas as jornadas, sem
nunca retornar.
Eles perguntaram a Sango: “Mas e se
após uma longa jornada, andando e andando,
você chegar a Kossô, casa de seus pais;
e eles cozinharem sopa de feijão
e fuzerem pudim de inhame
e derem-lhe kola e um galo ?”
Shango disse: “Após tal satisfação,
eu retorno para casa.”
Então, Shango tinha falado
que ele poderia não acompanhar seus seguidores
numa jornada distante, sem retornar.

Orunmila diz que entrando


numa sala com porta baixa
nós, automaticamente, reverenciamos.
Ifá, a questão é:
“Quem dentre os deuses
acompanha seus seguidores
em todas as jornadas, sem
nunca retornar ?”
Oya replicou que ela acompanhava
seus seguidores, em todas as jornadas, sem
nunca retornar.
Eles perguntaram a ela: “Mas, e se
após uma longa jornada, andando e andando,
você chegasse a Ira, casa de seus pais,
e eles abatessem um grande animal
e colocassem uma porção de pudim de milho,
em sua frente ?
Oya disse: “Após tal satisfação
eu retorno para casa.”
Então, Oya tinha falado
que ela não poderia acompanhar seus seguidores,
numa jornada distante, sem retornar.

Orunmila diz que, entrando


numa sala de porta baixa
nós, automaticamente, reverenciamos.
Ifá, a questão é:
“Quem dentre os deuses
acompanha seus seguidores,
em todas as jornadas, sem
nunca retornar ?”
Obatala replicou, que ele acompanhava
seus seguidores, em todas as jornadas, sem
nunca retornar.
Eles perguntaram a Obatala: “Mas, e se
após uma lonfa jornada, andando e andando,
você chegasse a Ifon, casa de seus pais
e eles abatessem uma galinha com ovos
e desse-lhe duzentos caracóis
junto com verduras e melão ?”
Obatala diz: “Após tal satisfação
eu retorno para casa.”
Então, Obatala tinha falado
que ele não poderia acompanhar seus seguidores
numa jornada distante, sem retornar.

Orunmila diz que, entrando


numa sala de porta baixa,
nós, automaticamente reverenciamos.
Ifá, a questâo é:
“Quem dentre os deuses
acompanha seus seguidores,
em todas as jornadas, sem
nunca retornar ?
Eshu replicou que ele acompanhava
seus seguidores, em todas as jornadas, sem
nunca retornar.
Eles perguntaram a Eshu: “Mas, e se
após uma longa jornada, andando e andando,
você chegasse a Ketu, casa de seus pais,
e eles lhe dessem um galo
e uma porção de oleo de palma ?”
Eshu disse: “Após tal satisfação
eu retorno para casa.”
Então, Eshu tinha falado
que ele não poderia acompanhar seus seguidores
numa jornada distante, sem retornar.

Orunmila diz que, entrando


numa sala de porta baixa
nós, automaticamente, reverenciamos.
Ifá, a questão é:
“Quem dentre os deuses
acompanha seus seguidores
em todas as jornadas, sem
nunca retornar ?”
Ogum replicou que ele acompanhava
seus seguidores, em todas as jornadas, sem
nunca retornar.
Eles pergutaram a Ogum: “Mas, e se
após uma longa jornada, andando e andando,
você chegasse a Ire, casa de seus pais,
e eles lhe dessem feijôes fritos e um cão,
também uma galinha, cerveja de milho e vinho de plama ?”
Ogum disse: “Após tal satisfação
eu canto meu cântico Ijala
alto e alegremente, em todo caminho de casa.
Então, Ogum tinha falado
que ele não poderia acompanhar seus seguidores,
numa jornada distante, sem retornar.

Orunmila diz que, entrando


numa sala de porta baixa
nós, automaticamente, reverenciamos.
Ifá, a questão é:
“Quem dentre os deuses
acompanha seus seguidores
em todas as jornadas, sem
nunca retornar ?”
Osun replicou que ela acompanhava
seus seguidores, em todas as jornadas, sem
nunca retornar.
Eles perguntaram a Osun: “Mas, e se
após uma longa jornada, andando e andando,
você chegasse a Ijumu, terra de seus pais,
e eles lhe dessem pudim de farinha
com verduras e cerveja de milho ?”
Osun disse: “Após tal satisfação
eu retorno para casa.”
Então, Osun tinha falado
que ela não poderia acompanhar seus seguidores
numa jornada distante, sem retornar.

Orunmila diz que, entrando


numa sala de porta baixa
nós, automaticamente, reverenciamos.
Ifá, a questão é:
“Quem dentre os deuses
acompanha seus seguidores
em todas as jornadas, sem
nunca retornar ?”
Orunmila replicou que ele acompanhava
seus seguidores, em todas as jornadas, sem
nunca retornar.
Eles pergutaram a Orunmila: “Mas, e se
após uma longa jornada, , andando e andando,
você chegasse a Igeti, terra de seus pais,
e eles lhe dessem dois ratos espertos, dois peixes
de nado belíssimo, duas galinhas com fígado gordo;
duas cabras pesadas e grávidas; dois bezerros com chifres grandes;
se eles fizessem pudim de inhame para você;
se eles lhe dessem boa bebida, cerveja de milho
e atare (?), e dessem a você boa kola ?”
Orunmila disse: “Após tal satisfação
eu retorno para casa.
Então, Orunmila tinha falado
que ele não poderia acompanhar seus seguidores
numa jornada distante, sem retornar.

O Awo estava espantado


Eles não poderiam proferir uma palavra, pois
eles não entenderiam a parábola.
Ifá, eu confesso meu desolamento
por favor, cubra-me de sabedoria.
Ifá, vocè é o líder.
Eu sou o seguidor.
Você é o sábio que ensina
sábias coisas como um pai.
Ifá, a questão é:
“Quem dentre os deuses
acompanha seus seguidores,
em todas as jornadas, sem
nunca retornar ?
Ifá disse: “Este é Ori, Ori sozinho,
que acompanha seus seguidores,
em todas as jornadas, sem
nunca retornar.
Quando eu tenho dinheiro, é meu Ori que eu louvo.
Meu Ori, este é você
Quando eu tenho crianças, é meu Ori que eu louvo.
Meu Ori este é você.
Todas as coisas boas que eu tenho na Terra
é meu Ori que eu louvo
Meu Ori, este é você.
Você, que não esquece seus seguidores.
Você que abençoa seus seguidores mais
rapidamente que outros deuses
Os deuses não abençoam o ser humano
sem o consentimento de seu Ori
Ori, eu saúdo você
Você que permite crianças nascerem vivas.
Quem oferecer e for aceito por seu Ori,
tem razão para dançar e regozijar.
Ifá diz que está pessoas oferecerá
para seu Ori: “O oferecimento é
oito pombos e dezesseis vezes quatro mil cauris.
E Ifá diz que se essa pessoa sacrificar
para seu Ori, regularmente,
sua vida será boa.

10. OSA MEJI

Osa Meji traz os “Ventos da Mudança”: este é o elemento do caos ocasional, no


sistema que regula nosso ambiente. Mudanças chocantes em nosso sistema natural
podem parecer desleais e desonestas, mas elas são simplesmente, os movimentos não
compreendidos da Terra, rumo ao mais profundo e ao mais alto.

A Terra se revolve e se transforma: terremotos, furacões, enchetes e erupções,


são a Terra se transformando. Alguns tipos de desassossego, de qualquer maneira, são
o resultado do abuso humano à ecologia. A Terra, então, atua através de fases de
desassossego, onde a Natureza parece limpar sua crosta, para dar a tudo isso, um novo
início. Comparado ao nosso corpo, quando através de uma febre, luta contra infecções.

O folclore deste Odu fala de Ajé: espíritos elementais que são descritos em Ifá
como sete espécies de pássaros místicos, que moram na árvore Iroko. Ambos, homens
e mulheres chamam por Ajé para abundância. As Ajés eram também, as guardiãs do
poder feminino, e podiam ser muito sórdidas e corruptas rumo ao abuso feminino.
Alguns outros nomes usadas para as Ajés são: “As Mães”, “As Feiticeiras”, As Idosas da
Noite”.

Osa Meji indica a falta de coragem e a tendência para correr para longe. Crianças
de Osa Meji viajam bastante. Elas podem ser bons administradores de negócios de
outras pessoas: porque já que se assutam facilmente, não correm grandes riscos.

O cliente para quem Osa Meji cair será confrontado com súbita mudança em seu
trabalho e relações. Ajuda espiritual é necessária contra maus sonhos e “As Idosas da
Noite”, que fazem dormir com dificuldade. Sacrifício para “As Idosas da Noite”. Ifá diz
que o cliente tem inimigos que, atualmente querem feri-lo. Sacrifício para Shango para
maior poder e energia e para vitória contra os inimigos.

Crianças de Osa Meji tendem a concentrar problemas, e querer quebrá-los ou sair


para fora deles. Fixe-se no que está fazendo ! Uma instrução importante para este Odu
é ter paciência em seus relacionamentos.

Advertência: Quando Osa Meji cai existe um risco real de doença mental, irritabilidade,
síndrome de strees, e esse tipo de coisas. Uma visita ao médico é sempre boa idéia.

Quando Osa Meji vier com Irê, alguma palavras-chaves são: força de reação, bom
direcionamento das forças, regeneração.

Quando Osa Meji vier com Ibi, algumas das palavras-chaves são: perigo, falta de
defesa, compulsão, traição e estupidez.
(Os textos de Osa Meji são lidos somente por sacertdotes, após terem colocado
óleo de palma em suas línguas, para esfriar este Odu.)

“Osa é rico, faz bastante barullho,


o som de seu sino se estende pela Terra.”

Estavam lançando para Odu, no dia


em que ela desceu para a Terra, e também
para Ogum e Obatalá, dentre os quais
Odu era a única mulher.
“O que acontecerá quando chegarmos a Terra ?”
Olodumare responde:
“Tudo o que vocês quiserem alcançar na vida,
eu darei a vocês, poder para realizar, e para
o mundo tornar-se um bom lugar.”
Ogum marchou em frente, Obatala o seguiu
e Odu ficou mais atrás.
Vindo atrás, ela disse:
“Oh! Criador, lá embaixo, Ogum terá
o poder da guerra. Ele tem um (machete?),
ele tem uma arma, ele tem todas as coisas
de que necessita para lutar.
Obatala também, tem todas as qualificações
para alcançar todas as metas que escolher.
O que, então, sobreou para mim, só uma
mulher entre eles ? O que farei ?”
Olodumare falou: “O poder da maternidade
que conserva a Terra intacta, pertence a você.
O poder dos pássaros pertence a você
Eu lhe darei uma grande (calabash?)
sentida com essas coisas.”
Odu retrucou: “Você sabe como usá-las?”
Odu replicou: “Se os humanos não me ouvirem,
não pedirem meus conselhos, então eu lutarei.
Se as pessoas me perguntarem sobre dinheiro e crianças,
eu serei suave para elas, contanto que
elas não sejam indelicadas,
caso isso aconteça, eu levarei tudo de volta.”
“Esta bem para mim” o Criador disse:
“mas use seu poder com moderação, e não
com violência, ou eu o tomarei de você, de volta.”
Desde esse tempo, o Odu mulher
tem o poder de sempre dizer o que elas quiserem,
e na ausência das mulheres
os homens não podem fazer nada.
Odu veio para Terra.
Em todos os rituais sagrados de Egungum,
ela entrava livremente, também nos rituais de Oro.
Todos os lugares em que os Espíritos eram cultuados
a mulher mostrava-se.
Há! Uma mais velha estava exageranmdo, e Odu
sentiu vegonha
Ifá era consultado por elas, a parte
“Hey, você !” Ifá disse
“Terá de acalmar-se !”
“Por que eu faria isso ?”
“Porque o poder que lhes tem sido dado”
explicou o Awo,” manda que as pessoas não descubram tudo sobre ele.”
“Elas não perceberão”, replicou Odu, pois ninguém viu
como o Criador, deu-me esse poder !”
“Sacrifício, de qualquer maneira”, aconselha o Awo.
“Não !” replicou Odu.
“Ninguém levará meu poder de mim. Eles não o conhecem.”
Então, ela pôs uma vestimenta de máscara
e saiu pela abertura.
Não havia nada que ela não fizesse, naqueles dias.
Obatalá foi a Ifá, e disse:
“Hey ! O Crador deu-me autoridade sobre a Terra,
mas esta mulher energética, leva tudo exageradamente.
Não existe um lugar onde ela não tenha ido.”
Ifá confortou Obatalá:
“Ninguém pode arrancar o mundo de suas mãos.
O mundo não será arruinado. Sacrifício de caracóis,
um chicote e oito peças de dinheiro.”
Quando Obatala sacrificou, Orunmila disse:
Não se preocupe: o culto retornará a você.”
Nsse meio-tempo, Odu dizia:
“Não olhem ! e as pessoas calmamente olhavam
e ficavam cegas.
“Vamos morar juntos” ela disse para Obatala
“desse modo, você poderá ver todas as coisas que eu faço.”
Obatala sacrificou caracois para seu Ori,
E então, bebeu o líquido das conchas.
“Você quer um pouco Odu ?”
Ela bebeu e seu estomago acalmou.
“Oh ! eu tenho descoberto comidas deliciosas,
líquido de caracóis é doce, líquido de caracóis é doce !”
E, então Obatala deu a ela,
todos os caracóis que ela desejou.
“Mas, você tem todas as coisas, voc~e faz todas as coisas ?”
“Eu compartilharei tudo com você” disse Odu
E, então, quando ela foi cultuar Egungum,
Dizendo que estava assustada, Obatala foi com ela.
No culto sagrado, ela colocou a vestimenta,
mas não conseguia produzir o som dos Egungns.
Mais tarde, Obatala juntou um rosto coberto, à vestimenta
tomou o chicote, e falou com a voz de Egungum.
Ele foi para o lado de fora.
“Hey ! Há !, as pessoas diziam. “Esta é
verdadeiramente, uma aparência do outro mundo !”
Ele assustou Odu. “Hey ! quem pôs
aquela vestimenta tão rapidamente ? Quem falou
com aquela voz irreconhecível ?”
Então, o homem conquistou a mulher
através dainteligência.
Obatala foi de um lado para outro, da cidade como Egungum.
Vendo que ele não estava em casa,
e reconhecendo sua vestimenta,
Odu parou onde estava, e enviou seu Pássaro,
indo pousar na máscara, em seu ombro.
Após aquele momento, tudo o que Egungum faria
Seria pelo poder dos Pássaros.
Quando Obatala, como Egungum, tinha feito de tudo,
Ele veio para casa, pôs o chicote no chão, e saudou Odu.
“Você pode ter Egungum” , ela disse,
“Nunca mais uma mulher ousará colocar a vestimenta,
mas o uso do poder será de nssa propriedade,
e quando você for, eu dançarei por você.”
“A partir de agora, somente os homens irão com Egungum
mas ninguém, nem criança, nem idoso
ousará zombar das mulheres,
o poder delas é muito grande.
As mulheres dão vida, através do nascimento
E isto, de modo algum, os homens podem querer fazer
As mulheres precisam ajudá-los, ou eles confundirão.
Então, eles cantaram juntos, e Obatala disse:
“Todas as semanas, todas as pessoas devem louvar as mulheres
para o mundo ser pacífico !
Curvem seus joelhos, curvem seus joelhos para as mulheres.
para que elas conduzam este mundo !
Mulheres são a sabedoria da Terra !
Mulheres tem nos trazido para este mundo !
Tenham respeito pelas mulheres !”

11. IKA MEJI

Ika é conhecido como “O Controlador”. Controlando o mal, a violência e atos


covardes que prejudicam a integridade pessoal e perturbam a harmonia e o equilíbrio de
sua natureza. Rste Odum contém uma advertência contra a covardia, especialmente
quando tal covardia leva a usar pragas e maldições para prejudicar outras pessoas.

Tais pragas e maldições, não são necessariamente, em forma de palavras


ritualísticas: existem muitos mais tipos de pragas e maldições como: bisbilhotice,
tagarelice, mexerico, mentiras, malevolência e necessidade de compaixão. A diminuição
de seu sentimento e respeito próprios é uma forma de auto-praguejar-se. O Odu
adverte contra esse tipo de procedimento, que ao final, bloqueia a apreciação do próprio
valor pelo indivíduo.

Na Àfrica, este Odu é ligado com os ventos quentes que trazem doenças
contagiosas e epidêmicas, e o descontrole destruidos com que ele nos atinge. A melhor
proteção contra esse descontrole destrutivo é a manutenção de disciplina espiritual
estabilizante, parte do que, são alguns tipos de pessoas, famílias ou grupos de porteção.
Muitas vilas yorubanas realizam, anualmente, festivais, que visam proteger a área
contra os resultados negativos de Ika Meji.
Ika Meji signifuca muitos aborrecimentos, e pede prudência. O sacrifício correto
torna possível controlar tais coisas. Ciranças de Ika Meji são, usualmente, cercadas por
pessoas que se alegram ferindo os outros, ou que sentem prazer, vendo outras pessoas
sofrerem. Elas serão constantemente guardadas, porque não contam com família ou
amigos para ajudá-las. Sacrifício e alimento para o Ori é necessário para fazer a escolha
certa.

Se este Odu aparecer normal (não Ita), ele diz que é um bom tempo para
concepção. Alguém sempre clareará sua mente, que o que se colhe é o que se tinha
plantado. O cliente não pode confiar em suas crianças e possue problemas financeiros.
Fazendo o sacrifício certo para Ifá e Ogum, resultará em muitas oportunidades
produtivas e férteis

A instrução para este Odu é ser cuidadoso contra possíveis perigos em todas as
coisas que realizar. Você naõ pode contar com amigos e família.

Ifá diz que todas essas posses dos indíviduos


devem ser divididas, do começo ao fim, ao meio, em dois,
em geral, para não se soltarem ambas as metades,
que significa soltar tudo.
Ifá diz que todas essas posses dos indivíduos
devem ser divididas, do começo ao fim, em favor
do sacrifício, porque para sses indivíduos
o Ikin era batido, o Opele era jogado
em favor de suas vidas, para que
uma cabra pudesse ser sacrificada, agora.
“A praia, gradualmente, retorna para o mar, molhada;
o mar, gradualmente retorna para a praia, chorando.”
Eram uns, que lançavam para “Dono das
Águas Quentes” e também lançavam para “Dona das Àguas Frias.”
Ambos perguntaram o que deveriam fazer
para ter uma boa visa abundante.
A instrução do Awo, para ambos, foi fazer sacrifício
Oshum ofertou água fria,
Omulu ofertou água quente.
Quando Omulu apanhou a criança,
ele mergulhou nas águas quentes,
e nós dissemos: “Isto tem febre !”
Então, Oshun que estava dando óleo de palma
e tudo o que ela queria era diferente,. Esfriou
a criança na água fria. Nós dissemos:
“Há ! Olorum fez isto ! Quando nós formos até Oshun
ela fará a criança soltar a febre.”
Este era o tempo em que as pessoas começavam
a venerar esses dois deuses.
As pessoas dançavam e regozijavam
louvando seu Awo, que por sua vez, louvava Ifá
enquanto Ifá louvava Olodumare, porque
seu Awo tinha falado a verdade.
“A praia, gradualmente, retorna para o mar, molhada;
o mar, gradualmente retorna para a praia, chorando.”
Eram uns que lançavam para “Dono das Àguas Quentes”
E também lançavam para “Dona das Àguas Frias”,
Quando ambos vieram do céu para a Terra.
“Como conhecemos o “Dono das Àguas Quentes ?”
Ele é quem chamamos Omulu.
Como nós conhecenos a Dona das Àguas Frias ?”
Ela é quem chamamos Oshum.
Aye, era quando Ifá dizia
que o sacrificio que seria feito por nós
era também quente, muitíssimo quente.
Sacrifício, em frente quentura, mata-nos.

“Levantem-se !” o Awo lançava para Gato,


quando ele estava negociando, todos os dias, mas via
seu lucro escorrer pelos seus dedos.
Eles falaram-lhe para ofertar seis agulhas
seis pombos e doze mil cauris.
Gato ouviu e fez o sacrifício.
Desde então, nada mais escorreu através
das garras de Gato, nada mais. Ifá diz:
Aqui, é o indivíduo que vê
tudo escorrendo para longe de si;
ele precisa sascrificar, então aquelas coisas
nunca mais sumirão dele.

12. OTURUPON MEJI

Agora chegamos até este texto de Oturupon Meji,


tudo o que nós ouvimos e para o que eu canto agora,
virem suas costas em direção a este Odu, pois
eu, Agboju Odebunmi não falerei além disso,
a menos que este cliente e todos os outros que estão
presentes tenham dado às costas sobre nós
e fechados seus olhos, pois não é permitido
a eles, ver este Odu.

Agora façamos um sacrifício para Saúde !


“As boas ações do “Pássaro de Bico Estridente” (Hornbill Bird),
queimou em suas costas, e desde que não tenha sido
tal bondade, qualquer uma a mais,
fixando seus olhos no milagre e
no assombramento sobre “Pássaro de Bico Estridente”.
Lançava pra “Morte capturou Dono,”
ambos adoradores do Ogum Negro,
e o Awo da “Alvorada Matinal”.
Ele disse: “O que é isto ?”
Eles disseram: “Façam sacrifiício, meus amigos
para que vocês não encontrem problemas.”
Isto é dos céus que a plama do mal (palm weevil?)
trouxe o seu adversário para o mundo.”
Eles disseram: Agora, vá e fale isto:
“Idoso que quebrou o óleo de palma (keg?)”
Este é Obatala, ele que
cobrindo tudo, fez tudo certo.....
“Esta é uma guerra invadindo, um conflito secreto
que vai uma jarda (medida), atrás do crânio
que é a casa secreta de Iponri,
a casa secreta de Iponri, é isto.”
Lançando para “Ela veio a ele no Benefício da Noite”
concubinas do palácio dos reis (oba‟s), até a
aurora brilhando claramente,
então, vimos honra, riqueza e saúde abundante:
este é como odu obtendo para ela o nome Odu.
Agora retornando (não tenham medo !),
aquele cão-macho acasalou com Noite, e consequentemente,
tornou-se marido de sua mãe, pois sua mãe: era ela.
Nós dissemos:Ifá tinha vindo, oh Ifá venha !
Ifá agora, escureceu a luz, então o cão
pode moprder e mostrar seus dentes.
Este acasalamento acontecia melhor na escurdão.
Fora, misteriosamente placenta da noite !
Mal e maldade retornem para fora de mim !
Oh sim, agora podem aqueles que voltaram deles, atrás de nós
e Odu ronda em nosso redor e em nossos rostos, mais uma vez.
O cão-macho acalmou-se com a Noite:
todas as mulheres são as mesmas para ele, todas as mulheres,
e então, ele é o marido de sua Mãe !
Este é o lado oculto, proibido de Oturupon.
Permita aqueles que querem louvar este Odu ssgrado
esperar após a escuridão tenha caído, morrer a luz
até que a louvação tenha sindo propriamente terminada.
e se isto acontecer à tarde, feche seus olhos,
e vire-se, para o Odu ficar em suas costas
Quando venerando Ifá por cânticos Odu
desde o início ao final, quando você chegar
ao trecho pertencente a este Odu
Oturupon-os-gêmeos, tenha alguma kola
Alguma noz de cola, atrás de você, em suas costas,
e diga: “Agora, vá para fora, todas as coisas más,
retornem, e assita o Cão tendo sua Mãe”
E então, as coisas más não sairão
e se você agora deixar tudo de você mesmo e dos outros
em paz e na calma, as coisas más
deixarão você em paz.
Saudações a oferta,
que é dada e aceita
e nós todos sobreviveremos.

Este tornou-se um espaço lamentável,


O cântico tem se tornado um (dirge?)
Quando os olhos são dois, eles assistem os fatos desdobrar-se,
Quando as pernas são duas, elas andam com passos fortes e pesados.
Duas nádegas juntas sentam na esteira.
Uma mão não pode aplaudir, e uma
perna não pode andar rápido no caminho.
Como pode alguém recusar-se a responder o chamado
das pessoas com grandes responsabilidades ? Sim,
nós estamos sendo chamados, diferentemente, eu estou
sendo questionado a tocar os sinos dos finados
e cumprimentar aqueles que se foram antes de mim.
Eu toquei os sinos dos finados e cumprimentei
aqueles que foram antes de mim.
Eu estou sendo questionado a tocar os sinos dos finados
e agradar aqueles que levantam atrás de nós.
Então, eu toquei e agradei aqueles que levantam atrás de nós.
Eles perguntaram: “Quem são aqueles que foram antes de mim ?”
Eu digo que os ancestrais de nossos pais são
aqueles que foram antes de mim.
Eles pergutaram: “Quem são aqueles atrás de nós ?”
Eu digo que aqueles são os Orishás da casa de nosos pais,
que estão atrás de nós. Quando o Etíope
engoliu Alapandede construiu este ninho, que está
suspenso no ar, e nunca foi tocado pelo mar
ou pelo céu, olhando para Olodumare
nos céus, olhando para os homens na Terra.
Era Atangegere que lançava para Odusola
criança de Arannase, que morreu quando Odusola
era ainda bebê. Sem conhecimento de
como lançava Ifá, sem conhecimento de
como marvaca Odu, sem nunca ter estado
no festival de Ifá em Ilê Ifé, Odusola quebrou e rompeu
quando todo material ritualístico era reunido
dentro do rasgão, dizendo que ele não sabia
se era para oferecer primeiro água. Todos ancestrais
disseream e fizeram deste ritual, um sucesso para nós,
ancestrais dos céus, falem-me se é gin,
que será oferecido primeiro.....Eu não sei,
ancestrais dos céus, disseram e fizeram deste ritual,
um sucesso para mim, se esta é a noz de cola
que será oferecida primeiro......Eu não sei.
Ancestrais dos céus, descem e fazem deste ritual
um sucesso para mim, ancestrais dos céus.

Nota de Head Honcho: Tenha muito cuidado com este texto. Se ele for falado alto e
cheio de poder, antes de você perceber o que está acontecendo, você pode,
repentinamente, encontrar-se montado(subindo) com a ajuda de Egum. Esta é uma
invocação completamente eficaz, que não tem habilidade para tudo, sendo um Elegum
ou um “cavalo” tanto de Orishá como de Egum, tende a tornar-se um tipo de (woozi?)
quando vocalizar o texto. O mais sensível dentre vocês irá subir verticalmente como um
foguete – risos.

13. OTURA MEJI

Otura Meji diz que aqueles que encaram seus medos, eventualmente encontrarão
a paz. Neste sentido, Otura Meji é a paz ou conhecimento interior, a certeza interior do
ser, no caminho otimista do destino. Esta é a espécie de paz que traz calma pessoal e
tranquilidade, que reforça o vínculo familiar e reune a comunidade em torno de uma
justiça social.

Este Odu também representa a fonte da consciência mística através da meditação.


As história a cerca de Otura Meji contém o nascimento do Cristianismo e do Islamismo,
a energia deste Odu parece ser a inspiração das religiôes líderes, que se empenharam
pela paz e justiçca....depois de tudo: é como todas as religiôes se iniciando, e se
extravazando ao final. Otura Meji enfatiza a necessidade de jejum e meditação como
parte da disciplina religiosa.

O Odu fala de paz interior, da vida livre de todos os medos e desassossegos.


Crianças de Otura Meji são joviais e de caráter suave; fequentemente são solicitadas
para trabalhos comerciais. Elas farão ebó regular ou adimu para Eshu.

Quando Otura Meji aparecer na adivinhaão, o cliente tem inimigos que tem
influenciado seu caráter, e m direção ao rebaixamento. Se ele é pobre, ou não tem
esposa ou não tem boas relações com a família, ele fará rapidamente um sacrifício para
Ogum, Yemanja e Ifá. Isto conduzirá a vitória sobre os inimigos, lucrará bom dinheiro,
e terá bons relacionamentos e crianças. A declaração geral que este Odu faz é que
confusões e dúvidas serão seguidas por claridade e abundância. Este é um bom tempo
para ter sucesso em negócios e relacionamentos.

“Bocas impacientes, bocas escorregadias;


o mal trazido pela boca
é o pior tipo de mal
esta é a boca de Chatterbox (coversa de caixa)
esta é a boca daqueles que conversam à-toa,
que matará aquele que conversa à-toa,
esta é a boca impaciente que mata
Chatterbox, Blabbermouth.”
Aqueles eram uns
que lançavam Ifá para “Esquilo”,
que construiu sua casa, ao longo, do lado da estrada.
Eles instruiram Esquilo a ficar alerta,
muito mais alerta, sobre sua incapacidade
de guardar fechada sua minúscula armadilha, sobre
sua inaptidão de guardar segredo absoluto.
Eles disseram para ele não falar coisa alguma,
qualquer que ele soubesse, imediatamente para os outros.
Esquilo, claro, não prestou atenção ao aviso, e
um certo tempo depois, a mulher de Esquilo
deu à luz os gêmeos, ibejis,
o que agradou Esquilo, profundamente.
Ele imediatamente, anunciou:
“Agora, ouçam isto ! Agora ouçam isto “
Esquilo tem gêmeos ! Sua casa
se torna cheia de vida ! Todos aqueles que
ouviram, venham e vejam
os gêmeos de Esquilo !”
Quando as pessoas ouviram essas palavras
deram um passo, ao lado do caminho,
e no ninho de Esquilo, foram procurar por ele.
Enquanto buscavam o ninho de Esquilo
encontram suas duas crianças.
Eles tomaram as jovens crias de casa,
puseram-nas sobre mistura de inhames (yams?)
e fizeram uma sopa com as crianças de Esquilo,
escorregando gargantas abaixo, das pessoas
para seus estômagos. Yummie !!! (?)
Ifá diz que nós não aclamaremos
nossa boa sorte para o alto,
não falaemos algo secreto, pois
o silêncio ajuda-nos a guardar o que é nosso.
Isto é exatamento o que o Awo disse:
“Bocas impacientes, bocas escorregadias;
o mal trazido pela boca
é o pior tipo de mal,
esta é a boca de Chatterbox (conversa de caixa)
que, eventualmente mata Chatterbox,
esta é aboca daqueles que conversam à-toa
que matará aqueles que conversam à-toa,
esta é a boca impaciente que mata,
Chatterbox, Blabbermouth.”

“Como água corre sobre o caminho,


também corremos o caminho através de Eri-rio.”
Lançava para “Musselina com longo vestido”
no dia em que “Musselina com longo vestido”
estava se empenhando a seguir o caminho dos Imortais.
Instruiu Musselina a fazer ebó.
Musselina ouviu e fez o ebó.
Daquele dia em diante, foi bem e fácil
para “Musselina de longo vestido”.
Ifá diz que esta pessoas
levará uma vida de devoção, em geral,
receberá bênçãos !
O ebó é: quatro pombos, dois pedaços de musselina rezado em contas (prayer-beads ?),
um pote de óleo de palma, uma chapa (plate) branca, e uma boa quantidade de cauris,
para serem reunidas pelo Awo.
Tudo para Obatala.

14. IRETE MEJI

“Otewori, não pendure a própria hora


pois a prosperidade virá a té você !”

Eram uns que lançavam para Otewori, no dia


em que ele decidiu tomar sua própria vida.
Em tempos muito remotos, de yore,
Otewori tinha a mais triste vida da Terra,
Então, ele foi procurar uma árvore alta,
amarrou uma corda em volta de um galho,
e enforcou-se.
A corda quebrou com um estalo, e
Otewori sentiu-se cair, batendo sua cabeça,
contra uma raiz dura, ficando inconsciente,
e sonhou um sonho de após vida,
que então, claramente, tinham recusado levá-lo.
Havia (nós estamos até em seus sonhos)
o porteiro no céu, que
empurrou Otewori para o lado, severamente, dizendo
que este apressado cliente estava longe, longe a antecipado.
Outro Morto, que tinha vivido sua vida na Terra,
e completado a extensão de seus dias,
disse como demorou na vida, e não
tinha recebido, de início, grande prosperidade e abundância.
Então, Otewori decidiu voltar, e tendo chegado
na terra ensolarada onde morava
consultou o Awo, que disse:
“Otewori não pendure a si próprio
pois a prosperidade virá até você !”
Ifá diz que esta é uma pessoa muito infeliz
que se acerca da Morte,
mas não encontrará o “Austero Ceifador”, ainda
pois saúde e felicidade estão em seu caminho.

15. OSHE MEJI

Oshe Meji representa a vitória da beleza sobre a negatividade. Ela é considerada


uma das chaves da abundância. Um dos aspectos de Oshe Meji é a remoção do
(hexing) e da opressão, através do poder da palavra, e por fazerem a coisa certa, no
tempo certo e no caminho certo. Oshe Meji fala de vitória sobre os inimigos e
dificuldades. Este é um tempo de instabilidades e mudanças em negócios e
relacionamentos, senso positivo, bom tempo para dinheiro e amor !

Quando o sacrifício correto for feito e quando olharem para a saúde com cuidado,
crianças de Oshe Meji, frequentemente alcançam vida longa. Elas reforçaram suas
crenças e dedicação a Ifá-Orisha e também trabalharão no reforço de suas auto-
confianças. Sacrifício para coisas boas ´pode ser feito para Oshum.

No normal (não Ita), a adivinhação de Oshe Meji diz que o cliente tem muitos
inimigos, que podem dominados atráves de sacrifício para Shango e Orunmila. A
principal instrução desse Odu é: esteja consciente de que o que você deseja se
materializará ! Então, deseje com cuidado ! O desejo de crescimento espiritual
conduzirá a abundância. Sacrificio é necessário, porque a vida que evita sacrifício, naõ
pode ser prazeirosa.

Quando Oshe Meji vier com Ire algumas das palavras chaves são: mudanças em
direção aos ideais, crises controladas, complemento, harmonia interior.

Quamdo Oshe Meji vier com Ibi, algumas das palavras chaves são: catástrofes,
crises, estagnação e perdas de poder e energia.

“Esta é uma pessoa gananciosa,


que morde largos pedaços”
“Meus olhos estâo infeccionados,
e eu não posso ver, e
“Água de Alface Impaciente”
eram os priemriros que lançavam para
“Não posso ver, não posso pegar”,
no dia em que ele foi para Ibadan.
Ele poderia contar em ter paz ?
“Claro, meu amigo, o Awo disse:
“tão extenso quanto o seu sacifício !”
“Sacrifício ?” “Eu ?” “Esqueça isso, amigo !”
Os resultados são compeltamente declarados:
de todas as direções, problemas virão ao seu caminho,
foi exatamente o quie o Awo disse !
“Esta é uma pessoa gananciosa
que toma largos pedaços”
“Meus olhos estão infeccionados, e
“Água de Alface Impaciente”
fez adivinhação para “Repudiado”,
também conhecido como
“Não posso ver, não posso agarrar”
Agora, se nós quisermos a nossa paz
nós descasaremos. Isto é simples !
Naqueles mesmos dias, tudo aquilo se abateu
sobre as pessoas de Ibadan, que enchendo a cidade,
não puderam descansar mais.
Triste e também mau, a próxima vez será melhor.
Saudações ao sacrifício, em geral
para sermos capazes de relaxar.
Permita-nos esta possibilidade !

16. OFUM MEJI

Ofum Meji é também conhecido como “O Doador”. Neste Odu, o universo doa-nos
as bênçãos que resultam de nossas buscas por transformação e esclarecimento. Toda
tentativa em direção ao crescimento espiritual poderá trazer resultados positivos,
igualmente, se for o vislumbrar para nós de coisas que NÃO fizemos.

Ofum Meji fala de riqueza material, mas também pede paciência e compromisso,
em outras palavras: o Odu fala de dar e tomar. Com o sacrifício correto, o sucesso é
quase garantido. Quando este Odu é lançado para mulher jovem, ela tem boa chance de
gravidez e nascimento. Crianças de Odu Meji são generosas, e se não forem ricas no
aspecto monetário, elas tendem a ser muito ricas em sabedoria. Elas não podem viver
em salas abafadas, por conta de serem propensas a absorverem problemas. A maior
parte das crianças de Ofum Meji são afetadas por problemas respiratórios.

A aparição de Ofum Meji sugere sacrifícios para as “Idosas da Noite” e para


Olokum. São bondosos para com estrangeiros e parentes, especialmente com aqueles
que são pobres. Quando o cliente quer empreender uma jornada, o sacrificio devido
como prescrição por Ifá, determinará que tudo irá bem. A principal instrução para este
Odu é tomar cuidado com doenças e saúde frágil.

Quando Ofun Meji vier com Irê, algumas palavras-chaves são: boa direção de
poder, defesa, tenacidade, liberdade, saúde e entendimentos.

Quando Ofun Meji vier com Ibi, algumas palavras-chaves são: fraqueza,
obssessão, direção errada de poder, dominação pelos outros, doenças, inconsequência e
ignorâmcia.

“Quando uma perna vai adiante


a outra, obrigatoriamente, a segue.
Se o pai comanda
a criança segue atrás dele.
Se, entretanto, a criança anda à frente
então, ela será honrada como maior
do que era seu pai.”
Ofun, outrora, era o primeiro de todos os Odus
mas ele chegou tarde a Ifé-Ondaiye:
outros vieram antes dele, porque em seu caminho
ele tinha bebido uma grande quantidade de vinho de palma,
até se saciar, com avidez e com muita sede.
Finalmente, chegando na Terra, Ofun encontrou
Ejiogbe tendo tomado seu lugar.
Ejiogbe era o primeiro dentre os Odus
Ofun estava louco e completamente desapontado.
Os outros diziam: “Você era o nosso líder,
sempre na frente, e nós pensamos
que quando chegasemos aqui, encontraríamos você,
tendo, como sempre, vindo antes.
Então, nós simplesmente, tomamos o lugar
no grau que julgamos nosso.”
Quando as pessoas de Ifé confirmaram,
após terem ouvido isto, com seriedade:
“Quando uma perna vai adiante
a outra, obrigatóriamente, a segue.
Se o pai comanda
a criança segue atrás dele.
Se, entretanto, a criança anda à frente
Então, ela será honrada como maior
do que era seu pai.”

ÀMÚLU ODÙ

Ogbe-Oyeku

Ifá diz: “Boa Sorte” para a pessoa a quem Ogbe-Oyeku aparece.


Ifá canta confirmando isto e diz:
Ogbe-Oyeku é o pai da combinação Odu Ifá
Trabalho duro traz sucesso
Pedra sobre pedra não tem parte facil
Divina para Orunmila
Quem descansará e comerá Obi Abata.

Criança de Orunmila – um Babalawo


consultava Ifá, quando ele estava em desejo de criança
Ifá assegurou-lhe que ele teria saúde, esposa, criança e prosperidade
mas para oferecer 16 eku Ifá
16 galinhas maduras
uma cabra fêmea
200 obi abata
200 oke owo.
Ele tinha falado para oferecer os 200 obi abata para Ifá
um pedaço todas as manhãs por 200 dias
Criança de Orunmila, Babalawo, fez o ebó
e ele começou a colher todo ire depois
Akapo, o Babalawo disse:
Então, Ifá abençoa melhor quando ele está descansado,
Ifá diz para quem Ogbe Oyeku vier
precisa oferecer obi abata para Ifá constantemente,
para boa sorte e bênçãos contínuas.

Ogbe-Odi

“Ogbedi, o firme,
Ogbedi, o muito forte
Encubra isto e não permita os pontos (sinais ) aguentem
Tome cuidado com o que eles não aguentam.”

Estavam uns lançando para “Grande Besta”, que quis


pedir a “Gafanhoto” para ajudá-lo em sua fazenda.
O mesmo, por ser avizinhado, era um dever para Gafanhoto.
E ele pediu ao Lobo, e pediu ao Cão;
e pediu a Hiena, e pediu ao Caçador,
e pediu à Cobra e também à Bengala,
e ao Fogo também ele pediu.
Ele pediu para Chuva, pediu a Corrente de Vento,
e por último, ele pediu à minúscula Gota de Orvalho.
“Grande Besta” tinha sido advertido
para sacrificar antes, e para ele foi falado
para permanecer longe de problemas,
e “Grande Besta” tinha solemente prometido,
mas ele vem de uma família difícil.
“Grande Besta” começou uma fazenda,
e quando o tempo da colheira veio,
ele foi até Gafanhoto e disse:
“Amigo, ajude-me ! Venha, dentro de sete dias
e faça seu dever de vizinho !”
Gafanhoto respondeu: “Certo, mas veja:
Eu tenho um inimigo, e se você quiser
que eu vá ajudá-lo em sua fazenda,
então não a convide. Ela é Galinha.
Não peça a ela para realizar
seu dever de boa vizinhança !”
”Grande Besta” declarou: “O que ? Aquele
com sinal no bico ? Eu não a convidarei,
pois não existe nada que ela possa fazer.”
Assim dito, “Grande Besta”
imediatamente, foi até Galinha
e saudou-a como segue:
“Mãe de muitas galinhas,
por favor, ajude-me em minha fazenda,
em sete dias, a partir de agora !”
Galinha disse: “Oh, sim, eu estarei lá,
mas por favor, você pedirá a Lobo
para ir também ?
“Grande Besta” acalmou-a dizendo:
“Aquele com as gengivas negras ?”
“Eu não preciso dele, o que ele pode fazer ?”
Isto sendo, “Grande Besta”
imediatamente, foi até Lobo
e saudou-o como segue:
”Saudações, passo silencioso,
marido de muitas galinhas !”
Positivamente tocado, Lobo disse:
“Obrigado” e então, Besta perguntou
se Lobo viria ajudá-lo também.
Lobo disse: “Meu amigo, claro,
Eu o ajudarei, mas há um pequeno,
muito pequeno problema.
Agora, que você me pede por esta ajuda de vizinhos
eu devo confessar que Cão não é um amigo para mim !”
“Grande Besta”, imediatamente disse:
“Aquele Cão é um sem-valor. Aquele animal de pele vermelha
não pode fazer nada por mim.
Eu não o convidarei, só aos mais fortes:
Se ele aparecer, eu não o deixarei ficar !”
Assim, a “Grande Besta”,
imediatamente foi até Cão, e saudou-o assim:
“Saudações, amigo Cão,
grande filho de muitos latidos !”
Cão perguntou: “O que posso fazer ?”
Besta disse: Venha, dentro de sete dias
e ajude-me com minha colheita.”
Cão respondeu: “Claro, isto não é nada.
Eu só quero pedir a você que não convide
minha inimiga Hiena, porque nós não somos bons amigos !”
”Grande Besta” disse alegremente:
“Aquela com joelhos nos punhos ?
Ela é desnecessária. Não, não se preocupe.
Ela não será minha convidada !”
Desta forma, “Grande Besta”
imediatamente, foi até Hiena,
e saudou-a com isto:
“Você rápido e bonito animal !”
Hiena acenou: “Obrigado !”
e “Grande Besta” falor:
“Eu preciso de sua ajuda, meu vizinho
para ajudar em minha fazenda.”
Hiena prometeu: “Claro, eu estarei lá,
mas por favor, faça-me um pequeno favor,
e não convide o Caçador,
ele não gosta muito de mim !”
“Grande Besta” então, suavemente disse:
“Aquele companheiro com aquela sacola ?
Por que eu iria pedir a ele ?
Ele não sabe como trabalhar !”
Isto sendo dito, “Grande Besta”
imediatamente, foi a Caçador,
e saudou-o, polidamente:
O Caçador disse: “Obrigado !
O que eu posso fazer por você ?
“Grande Besta contou para ele
sobre o dever da vizinhança,
e o Caçador disse: “É verdade,
eu irei ajudá-lo, mas então não convide
aquele magrelo horroroso, você sabe
aquela terrível Cobra !”
“Claro que não !” Grande Besta disse:
Por que eu convidaria Cobra ?
ela não pode trabalhar, só rastejar !”
Assim que disse isto, Grande Besta
Imediatamente foi a Cobra,
e saudou-a como segue:
“Saudações, oh! animal sagrado !”
e Cobra disse agradavelmente:
“Obrigado, e eu irei honrar seu pedido. Somente
ela disse, por favor, não convide Bengala.
Eu irei se ela não for !”
“Oh, não, Grande Besta disse reanimadamente:
“Aquela uma longa e fina ? Ela não pode ajudar-me,
então ela não estará ma lista.”
Dizendo isto, Grande Besta
imediatamente, foi ate Bengala,
e saudou-a polidamente:
“Saudações, amiga Bengala,
matadora de muitas Cobras,
que nunca come sua presa !”
“Isto é certo !” disse Bengala
“Eu agradeço a gentileza !‟
Quando perguntado, disse:
“Claro, meu amigo, eu irei.
Há um problema, entretanto,
eu não gosto muito de Fogo,
e eu ficarei muito trsite, se Fogo também vier !”
Grande Besta disse: “Quem ? Aquele vermelho ?
Eu também não gosto dele, ele faz meu corpo
aquecer, sim, aquecer muito.
Não, não eu não o convidarei !”
Assim sendo, Grande Besta,
imediatamente, foi até Fogo,
e saudou-o como segue:
“Você que destoi com calor !”
Fogo disse: “Meu amigo, obrigado !
O que posso fazer por você ?”
Grande Besta pediu: “Vir e ajudar-me
e fazer seu dever de vizinho “
Fogo respondeu; “Eu irei, mas não
se Chuva for também !”
“Oh, não, estava Grande Besta respondendo:
“Aquela com muitos pés ?
Ela não pode ajudar-me
Não se preocupe, ela não irá !”
Assim dizendo, Grande Besta
imediatamente, foi até Chuva
e saudou-a: “Poderosa inundação !”
“Esta sou eu”, disse Chuva
“O que posso fazer por vo9cê ?”
“Poe favor, venha e ajude-me, amiga, daqui a sete dias !”
“Bem, claro !” prometeu Chuva,
mas não se Corrente de Vento for também !”
“Isto seria o fim para mim !”
Grande Besta disse calmamente:
“Aquela seca miserável ? Eu não a convidarei,
pois ela não terá utilidade !”
Assim dito, Grande Besta
imediatamente, foi até Corrente de Vento,
e saudou-a como segue:
“Oh, Conquistadora de enchentes !”
Então, Corrente de Vento, disse:
“Claro, eu ajudarei você !”
e que Olodumare nos abençoe, além desses sete dias !”
Isto foi tudo que Corrente de Vento disse !
E então, Grande Besta foi visitar
a Gota de Orvalho, não sabendo
que esta força suave, estava em seu sacrifício,
e que este faria sua oferenda válida.
“Querida Gota de Orvalho, a criança
do grande e agradável molhado !”
Grande Besta disse e Gota de Orvalho respondeu:
“Obrigado” e estava pedindo para ir e ajudar Grande Besta
“Eu irei” disse Orvalho
e Olodumare poderá salvar-nos !”
Mas como Corrente de Vento
ela não fala de inimigos !
E então, o grande dia chegou !
Gafanhoto era o primeiro,
saudado por Grande Besta
“Você que salta lindamente !”
Gafanhoto respondeu: “Obrigado !”
e sentou-se no chão. Mas então,
bem aflita, Galinha entrou !
“Galinha, mãe de muitas outras !”
Grande Besta disse, saudando-a,
mas Gafanhoto disse inquieto:
“Eu estaria com problemas agora !”
Galinha teve pensamentos diferentes:
“Minhas preces foram respondidas !”
até o Lobo aparecer e ser saudado por Grande Besta:
“Saudações a você, passo silencioso,
marido de muitas galinhas !”
E Lobo olhando para Galinha, disse :
“Este será um dia agradável !”
Mas então, o Cão chegou, e olhando para Lobo disse :
“ O jantar será servido !” e então Hiena entrou
e disse o mesmo que Lobo, que bajulando com muito medo,
moveu-se rapídamente, pelo chão.
Havia mais para vir, porque agora Caçador entrava,
carregando sua grande arma, enquanto olhava para Hiena:
“ Eu devo agora agradecer a Ogum”, disse o Caçador devotadamente,
“pois este será, certamente um dia muito agradável !”
Então, Cobra chegou, e Caçador tentou esconder-se.
“Bons Céus ! Eu estou mortalemente assustada com aquele Caçador !”
Cobra olhou para Caçador, faminta, mas então, veio Bengala.
Ela olhou para Cobra e pensou; “ eu a golpearei impiedosamente”,
mas Fogo chegando, olhou feliz para Bengala.
O próximo foi Chuva, que tinha por Fogo enorme preocupação,
e então, a Corrente de Vento chegou, que não tinha inimigo.
Então, todos levantaram-se e foram para a fazenda,
pois eles estavam aqui para trabalhar,
como Grande Besta havia mencionado.
Eles foram: Gafanhoto, Galinha, Lobo, Cão, Hiena, Caçador, Cobra e Bengala, então Fogo,
então veio Chuva, então Corrente de Vento e a Gota de Orvalho era a última.
Não havia comida, porém e após horas de trabalho,
Galinha tomou um pedaço de Gafanhoto,
e Lobo, um pedaço de Galinha;
Cão também tomou um pedaço de Lobo;
Hiena tomou um grande pedaço de Cão;
O Caçador mirou se rifle e atirou em Hiena;
ele próprio sentiu o veneno quente de Cobra;
e a pobre Cobra, por sua vez, foi golpeada por Bengala.
Então, Fogo declarou fogo para Bengala, e Chuva extingiu Fogo
Então Chuva, foi morta por Corrente de Vento.
A única que sobrou foi a suave e gentil Gota de Orvalho,
e Orvalho estava muito chocada.
Então, Orvalho mandou sobre eles, frescamente
suaves e gentis Gotas trazendo paz sobre a grande fazenda do anfitrião,
resfriando todas as vítimas, e mais:
Orvalho trouxe-os de volta a vida,
também, restaurando a paz entre os vizinhos.
OGBE-IROSUN

“Ariyewe terá crianças;


Ariyewe terá crinaças;
Orunmila é quem tomou Ariyewe por esposa,
Ariyewe terá crianças !”
Este é Ifá que estava lançando para Orunmila,
no dia em que ele quis casar-se com Ariyewe.
Ifá disse que esta é a mulher de Ifá,
se ela não se desse a Ifá, ela morreria.
E Ifá disse que havia uma mulher
que traria muitas crianças, mas só
se ela sacrificasse devidamente.
“Ariyewe terá crianças;
Ariyewe terá crianças;
Orunmila foi quem tomou Ariyewe
por esposa, Ariyewe terá crianças !”
Ifá disse que havia uma mulher
que queria crianças, e havia
uma mulher que é a esposa de Ifá,
ela terá crianças, se ela dirigir
o sacrificio e cinco galinhas e dez mil cauris.,
Depois, tendo feito este sacrifício, ela começara
limpando a casa de Ifá; então, coisas
melhorarão, consideravelmente, para ela.

OGBE-OWONRIN

“Dobra ferro com a mão,


quebra a corda com o pé “
...estava lançando para Orunmila, no dia
em que o Irunmole acompanhou-o a Otufe.
Eles o instruiram a sacrificar, para evitar
acidentes no caminho, e para afastar Morte.
Orunmila ouviu e fez sacrificio
Ebo: três galos, seis mil cauris e uma faca.
Eles falaram para Orunmila guardar a faca
para seu próprio uso.
Ifá diz que esta pessoa está em perigo, ou
estará em perigo, em breve. Se esta pessoa
realizar uma viagem, ela estará
muito, muito alerta sobre acusação
por enganos de outras pessoas, como tráfico.
E Ifá diz para nos precavermos contra uma
enganação ou roubo, então prepare-se !
Esta pessoa é acompanhada por
espírito forte e poderoso, que a ajudará.
OGBE-OBARA

OGBE-OKANRAN

OGBE-OGUNDA

Kuloni que era chamado “Morrer hoje”


o awo da Terra, e Aragamago
o awo dos Céus, encontraram-se
e realizaram a adivinhação de Ifá um para o outro.
Aragamago informou Kuloni que o último
levaria consigo a responsabilidade mais pesada.
Kuloni fará ebo. Kuloni sonhou
sobre muitos assuntos a respeito de
Aragamago e falou-lhe
para fazer o mesmo ebo. Ele era:
rato do bosque, mil quatrocentos e três cauris, e igba ewo
ou mistura de inhames.

OGBE-OSA

OGBE-IKA

Oroyare lançava para Orunmila Abota


e eles disseram-lhe, então, para sacrificar uma cão
e uma esteira, porque seu Orishá
levantou no espaço atrás dele,
porque seu Orishá estava tentando, em vão
atrair sua atenção.
Ele recusou sacrificar
e o Orishá permaneceu inatendido.

OGBE-OTURUPON

Agberupon era um
que lançava para Banana,
e ele falou para Banana
fazer ebo, em geral
para proteger suas frutas maduras
Ebo: quatro cabras

OGBE-OTURA

“Desde o início, eu tenho sido seguidor de Ifá,


tenho sido criança de Oduduwa, desde o dia em que nasci,
então, limpo aquilo que eles dizem sobre mim,
que sempre no ventre, eu seria lavado.”
...lançava para Vermelho-vermelho Irosun, aprendiz de Orunmila
Ele pode tornar-se próspero ? Ofereça
Uma boa porção de Irosun, deixe abundante de frescura.
Este era o remédio que eles fizeram para ele.
Quem quer que estude Ifá
nunca morrerá na pobreza.
O lançamento de Ifá faz Irosun
vermelho, muito vermelho, notavelmente vermelho,
extremamente próspero.

OGBE-IRETE

Ifá diz que existe uma pessoa


que está sendo considerada para uma nova posição.
Ifá diz que esta pessoa é totalmente inadequada,
para esta espécie de trabalho, sta espécie de trabalho:
por conta de seu caráter, ele é
absolutamente inadequado para o trabalho.
Não é bom ter expectativa sobre ele,
ao contrário: em muitas vezes,
só se pode ter más expectativas,
desta pessoa, neste trabalho.
Ifá diz que esta pessoa
Não é nem estúpida, nem mal-educada
mas, infelizmente, incapaz de reflexão crítica
de seus próprios instintos e julgamentos.
Esta pessoa tem uma tendência à manipulação.
Ifá diz que esta pessoa, em particular,
não estará satisfeita com o que obtiver
mas, constantemente, se empenhará a obter mais.
No caminho, ela terá por quem esta posição
Será considerada, dirige todas suas energias
fazendo um bom trabalho, fora este;
esta pessoa usará a maior parte de suas energias
para coisas que nada tem a ver com a posição[
em que ela está sendo considerada.

OGBE-OFUN

Saudações ! Vamos agora louvar Ogbe-Ofun,


aquele para quem este odu é lançado,
e sobre empreender alguma coisa, ou
o Awo, sobre fazer algo por esta pessoa.
Rapidamente, esta pessoa oferecerá
uma roupa preta, rapidamente, rapidamente,
em geral para fazer com que tudo aconteça.
Se esta pessoa não fizer a oferenda,
então nós não prosseguiremos daqui.
Você espera para ver o que
os ikins de Ifá dizem, então ?
“Noz de palma cria, noz de palma destoi;
Eshu quebra, Eshu descarta,
alguma coisa está perdida,
não pode ser nunca mais
encontrada novamente
isto foi com o vento.”
...lançava Ifá para Obatala, no dia
em que ele foi para a guerra, acompanhado por
um, então chamado, empregado, que teria sido
melhor chamado um nascido solto,
que tinha prometido ser
intérprete de Obatala.
Eles disseram-lhe para ofertar
uma roupa preta, ele vestiu
e dez sacolas de cauris
“Oh ! mas eu não posso privar-me
de minha roupa preta !”
E então, apesar de eles prepararem
ewe (folha ou ovelha) para ele, ele perdeu
seu ajudante, e quando chegou no campo de guerra
suas mãos não estavam fortes o bastante
para conter o ataque. Este Obatala foi surrado
Bem, agora, isto era exatamente
O que o Awo tinha dito:
“Noz de palma cria, noz de palma destroi;
Eshu quebra, Eshu descarta;
alguma coisa será perdida,
e será escondida de você,
para sempre, levada pelo vento.”
...lançava para Obatala, no dia
em que ele não pode dividir algo preto.
“Oh, sim, isto era límpido e cristalino:
ele vestiu seu prejuízo em seu corpo
significando que Obatala
estava doente em sua cabeça, que era a razão
porque a roupa preta era pedida a ele.
Então, dê atenção, meu amigo: ele perdeu isto
porque ele não poderia dar aquilo !
Isto está claro, agora ? Bem ! Saudações !

OYEKU-OGBE

Ifá estva lançando para “Criança que não morre,


mas retorna a vida”, que é a criança
que está renascida em outra criança.
Eles disseram que ninguém viveria
tanto quanto ela. Eles disseram um carneiro
e vinte mil cauris é o sacrifício.
“Criança que não morre,
mas retorna a vida” é o nome
que nós damos ao caminho ou estrada que
nós andamamos tanto quanto elas, conduzindo
mais e mais adiante, Ifa fala
que a pessoa que sacrificar, em geral,
se tornará muito velha.

OYEKU-IWORI

OYEKU-ODI

Pekube, o Awo do “Pássaro Tecelão”


Lançava para “Pássaro Tecelão”, no dia
em que ela estava triste, porque ela era
estéril e porque ela não tinha criança.
Eles disseram que ela carregaria criança,
eles instruiram-na a sacrificar duas galinhas,
uma cabra e 20.000 cauris.
Ela ouviu e fez o sacrifício.
Ela carregou criança e alegrou-se, cantando:
“O Ifá de Pekube tornou-se verdade, Pekube.
Eu estou grávida, eu estou carregando criança, Pekube.”
Ifá diz que nós falaremos a pessoa
que está desejando criança, que ela deve sacrificar
e ela carregará criança.

OYEKU-IROSUN

OYEKU-OWONRIN

Oyin-sese lançava para Guluye


Foi dito a ele para oferecer uma peça de roupa
que estava usando ontem, porque ele tinha
insultado o pai de Guruje. Ebo:
uma peça de roupa e uma cabra, em geral,
para um insulto não levar a uma luta fatal.

OYEKU-OBARA

OYEKU-OKANRAN

OYEKU-O0GUNDA

“Hoje é o dia do mercado de Ewon,


amanhã é o dia do mercado de Owe.”
Estava lançando para Oyeku, no dia
em que as pessoas disseram que eles matariam-no,
dentro de quatro dias.
Ifá instruiu Oyeku a sacrificar um carneiro
para bênçãos de longa vida.
Oyeku ouviu e fez sacrifício
O dia previsto não veio, na verdade
O motim acerca da morte de Oyeku,
não veim na verdade.
Ifá diz que esta pessoa deverá ser muito cuidadosa
durante os próximos quatro dias, porque
todas as coisas e todas as pessoas estão conspirando
contra ela. Vamos adiar atividades
que não são urgentes, porque
se tentarmos fazer tudo certo agora
uma grande porção de miséria cairá sobre nós
Amanhão é outro dia,
e se nós não formos ao mercado de Ewon,
bem... nós podemos ir mais tarde ao mercado de Owe.

OYEKU-OSA

“Uma cabana com um pequenino buraco (dificuldade) redondo”.


Estava lançando para as pessoas de Ogere, no dia
em que elas estavam pedindo por abundância.
As pessoas de Ogere recusaram sacrificar
e elas permaneceram pobres para sempre.
O sacrifício é duzentas plamas de tâmara (ou de época-date)
quatro pombos e quarenta cauris.

OYEKU-IKA

OYEKU-OTURUPON

“Orunmila me perdoará,
o Perdão me perdoará.
Se água mata um ser humano
isto será perdoado.
Se um rei mata um ser humano
ele será perdoado.”
Orunmila !
Permita que eu seja perdoado nesta questão !
Pertmita que todas as pessoas da cidade perdoem-me
em consideração a esta questão, como chuva
em todas as casas e perdoado pela comunidade.
Dois galos e mil e duzentos cauris muito bem oferecidos
Ewe: grind tude-leaves (?) e mistura com yerosun de Ifá.
Coloque a mistura em dois pequenos cauris
embrulhe em algodão e fio de algodão e use
como um colar para proteção, até o perdão
ter sido recebido.

OYEKU-OTURA
OYEKU-IRETE

OYEKU-OSHE

“Não nos deixe morrer como amigo


em casa de estrangeiro;
não permita que morramos
na casa da lamentação”;
“Quando a morte vier, deixe-nos louvar
aqueles amigos de bravo caráter”;
“Um homem astuto nunca morrerá por dentro.”
“Penas melhoram a beleza do pássaro”
”Amigos de Afinjumaku
não morram, não façam maldades”:
estes eram uns que lançavam
para seres humanos, no dia
em que eles chamaram o Awo,
quando a cidade compeendeu que ninguém
podia resistir a Morte.
Este Odu fala da morte desta pessoa,
ou da morte de alguém muito próximo a ela.
Nós estaremos em paz com a morte,
se ela estiver próxima ou longe de nós.

K‟amateteku, o Awo da casa da alegria,


Aiteteku-ise, o Awo da casa da tristeza,
Bi-iku-ba-de-ka-yin-Oluwa-logo, o Awo de
Igboya ewa Alogbon-on-maku-ninu
Masile ninmeyeniyi, o Awo de
Afinju-maku-mase‟naje Oyekeseniyi
Eles lançavam para um sábio
que inqueriu o Awo sobre orientação
a respeito da Morte, dizendo:
“Por que Morte mata tantas pessoas e, por que
ninguém ainda a dominou ?”
O Awo disse a ele: “ Ifá tem dito
que Amuniwaye criou a Morte
para o bem-estar dos humanos.
A água estagnada torna-se lamacenta:
um lamaçal de água estragada, um
lamaçal de água que pode causar doenças.
Água, facilmente leva pessoas com isto,
e facilmente a trzam de volta.
Deixe o doente retornara a acasa para tratamento
e renovar seu corpo e o renovar
o mau em seu caráter.
O homeme doente é cuidado por sua família.”
Então, o Awo perguntou: “O que há então,
de desagradável sobre isto ?
O homem sábio dobrou-se para Ifá, dizendo:
“Orunlima ! Iboru, Iboye, Iboshishe !
Então, eles dispersaram, e nunca novamente
viram a Morte como problema. Orinsalá é
quem nós chamamos Amuniwaye.

OYEKU-OFUN

“Levantanso-se”, o Awo Stick


Agegindanu, o Awo de Pepe,
lançava para uma pessoa saudável, que
não trabalhou tanto e nunca esteve mal.
Eles falaram que uma doença o paralizaria.
O ebo era fazer a doença vir e voltar novamente,
a doença não era de todo séria.
Ebo: um caracol, um peixe, algum óleo de plama
vinte mil cauris, e ewe (folha ou ovelha).

IWORI-OGBE

Todas as plantas são instruídas para sacrifícar,


em geral, são protegidas contra
seres que limpam (varrem) a face da Terra
através de tempestades.
O sacrifício era um galo e dois mil cauris.
As árvores diziam para eles que não tinham dinheiro.
O atori arbusto ofereceu o dinheiro e o galo.
O ariran grama e os elefantes da grama
ofereceram quatrocentos cauris cada.
Eshu tomou a oferenda nos céus, e relatou lá, que
só árvore tinha feito a oferenda.
Então, a tempestade veio e arrancou as árvores,
mas elefante da grama reclamou que ele tinha
oferecido quatrocentos cauris, ele atirou-se
ao chão e a tempestade passou sobre ele.
Passou longe, que bom, meu amigo !
Então, a tempestade curvou as cabeças
ou ariran grama e passou, inofensivamente por elas.
Chegando o atori arbusto, a tempestade cantou:
“Atori fez sacrifício completo e tempestade não irá matar atori.”
Seja flexível, atori ! Seja flexível oh atori !
Ifá diz que esta pessoa se curvará na tempestade
e sua flexibilidade evitará a tempestade,
que passará sem fazer dano.
Esteja preparado, meu amigo:
A tempestade está chegando.
Iwori estava lançando para verme da terra;
Ogbe estava lamçando para verme da terra.
Verme da terra fará ebó
em geral, para não cair em desgosto,
mas verme da terra recusou oferecer e ele sentiu mal.
Ifá diz aqui, que esta é uma pessoa
que sofre de desidratação crônica.
Esta pessoa beberá, no mínimo,
quatro copos de água a mais, todos os dias,
do que costuma beber.
E faremos bem, ficando longe do sol.
O ebo é uma galo, também oferecer
alguns ashes para proteger seu rosot de
tornar-se cinzento e se corpo de cair em mal.

“Iwori-Ogbe é capaz de comer;


Iwori-Ogbe é capaz de beber.”
Era um que lançava Ifá e disse
que algo seria dado para uma criança,
para evitar a doença da criança e a morte:
mingau de inhames (Yams?), uma galinha e
três mil e duzentos cauris.
Ifá diz que eles cozinhem muito inhame e galinha
chamem a criança junto e deixem o companheiro
da criança comer uma provisão de comida.
Ifá diz que uma criança doente se curará,
se uma festa for dada e uma refeição
com sopa de galinha para a criança
e seu pequeno amigo.
Ifá também diz que nos encontraremos
melhor equilíbrio para nós mesmos entre
vegetais e comida animal.
Os vegetarianos para quem este Odu cair
adicionarão alguma carne em seu menu;
as pessoas carnívoras não negligenciarão alimentos verdes.

“Coberta com calabash (?);


coberta com a chapa.” Era um
que lançava para Iwori, no dia
em que ele estava realizando
uma investigação criminal.
Eles disseram que o proprietário sobreviveria
e que o ladrão morreria
Ebo: um galo

IWORI-OYEKU

“Boa aflição, que situação “


Uma vez, nós tínhamos chegado, onde nós estamos
nós não iríamos até uma oferenda ter sido feita,
desejosamente e alegremente.
O Awo determinará qual é a oferenda
Sacrifício, em geral, para sobreviver, isto é
o que o Awo faz, e sem sacrifício
nós não procederemos adiante.
Indubitavelmente, você vê porque Ifá diz essas coisas.
“Uma guerra que será anunciada primeiro
munca mataria um homem coxo.” Estava lançando para Iwori
Eles disseram para preparar,
pois Morte estava em seu caminho. Mas....
se Iwori sacrificasse, Morte poderia ser evitada.
O sacrifício era uma calabash (?) de mingau de inhames (yams?)
misturado com óleo, boa porção de noz de cola
para dispersar-se entre os pobres, uma galinha,
um carneiro e 240.000 cauris
Iwori ouviu e fez o sacrifício.
Ifá fala aqui sobre a possibilidade de
morte prematura para esta pessoa
Sacrificar como prescrito acima.

IWORI-ODI

“Eu os tenho visto completamente” o Awo para Água;


“Um olho sóbrio vê o nariz” o Awo para.......
“Ele que senta completamente e faz graça para os outros”
“Ele vê o interior tão bem como o exterior.”
Lançava Ifá para Ajere, um corpo transparente
e lançava para Água e para Iokoje,
que senta completamente, no dia em que ele
preocupou-se sobre a perda de suas posses.
Eles eram instruídos para sacrificar
Ajere fez o sacrifício e os outros não
Ebo: uma roupa preta, uma roupa branca e 780 cauris.

IWORI-IROSUN

IWORI-OWONRIN

IWORI-OBARA

“O caminho exato, Olorum tem ordenado,


então, este sempre será” lançava Ifá para
Chumbo, Cobre e Ferro, três crianças da mesma mãe.
Eles eram instruídos a sacrificar, em geral,
para não se decomporem. Cobre sacrificou
e Chumbo sacrificou. Mas Ferro, o mais jovem
e mais tolo, disse que os Awos eram mentirosos,
e recusou-se a sacrificar.
Ele disse: “O caminho exato, Olorum tem ordenado,
então, este sempre será” porque é exatamente
o que os Awos disseram. Desde então, Ferro
quando enterrado por um espaço de quatro anos,
enferruja-se. Mas o sacrifício Cobre e Chumbo
fizeram, prevenindo-se da decomposição,
caso eles descansassem, igualmente no ventro de sua mãe,
que é a Terra, por muitos anos.
Ifá diz que três crianças da mesma mãe
precisam sacrificar, então, o último nascido não morrerá,
e os sobreviventes não terão que lamentar o mais jovem,
a criança desagradável, cuja língua é afiada
e que disputa, frequentemente.
O sacrifício é uma cabra macho, um pombo e 12.000 cauris.

Iworibarabara, Iworibarabara
estava lançando para ladrões e mentirosos,
no dia em que eles era odiados
porque eles falavam mentiras.
Eles eram instruídos a sacrificar
e a reprimir maus-feitos, em geral,
para prevenir terríveis problemas caindo sobre eles
O sacrifício era fartura de noz de cola,
óleo de palma, 44.000 cauris, e outras coisas
e também um tabu de más ações.
A noz de cola e o dinheiro devem ser dados aos pobres.
Os ladrões e mentirosos recusaram sacrificar,
E até hoje, ninguém é verdadeiro com eles.
Ifá diz que esta pessoas sacrificará, em geral,
para não ser confrontada com grande miséria.
Ebó: noz de cola, óleo de plama, 44.000 cauris e pombos.

IWORI-OKANRAN

Arimasaroka-Iwoge, o Awo de Orunmila


era um que lançva Ifá para Orunmila.
Eles falaram-lhe pra sacrificar, em geral,
para preveni-lo de problemas
com pessoas que vêm até ele para consultas.
“Falar descuidado, usualmente mata uma pessoa ignorante.
Nada existe que o babalawo não possa ver.
Nada existe que o babalawo não possa saber
Um Babalawo não pode se uma boca faladora (bla-bla-bla)”
O sacrificio: quatro caracóis, uma cabra e 3.200 cauris
Orunmila ouviu e fez o sacrifício
O ebo é quatro caracóis, uma cabra 820 cauris

“Uma pedra salta para atrás, após


ter golpeado a árvore”...estava lançando
para Otisengedi que ria descaradamente
das pessoas que estavam com problemas.
Eles informaram-lhe que problemas estavam em seu caminho
Se ele não parasse de rir das pessoas e dos problemas delas.
Ebo: Noz de cola, ratos, peixes, pombos e 620 cauris
para preveni,r extraordinariamente, tristezas, e
para possivelmente, prevenir de caso judicial
Otisengidi não fez o sacrifício.

“O inspetor de uma área inspeciona a área,


antes da cabra ver dormir, ela primeiro inspeciona o local;
se o local é amaldiçoado nós inspecionamos a cabra.”
Estava lançando para Makanju-que-não-age-com-pressa,
o respeitável andador lento.
Eles falaram-lhe que o que ele estava considerando iniciar
não lhe daria problemas, se ele sacrificasse.
O sacrifício era uma cabra, uma galinha, 8.000 cauris e remédios.
Pôr quato caracóis em água limpa para o cliente
beber e dizer-lhe que seus pensamentos
sempre conduzem a resultados: eles se materializarão.
Makanju ouviu e fez o sacrifício.

IWORI-OGUNDA

IWORI-OKA

IWORI-OTURA

IWORI-IRETE

Iwori-tejumo‟ hun-tiise‟ni
“Quando vocês são iniciados em Ifá
suas próprias mentes iniciarão vocês.”
Iwori-tejumo‟ hun-tiise‟ni
Awo ! Não escale uma palmeira com corda quebrada !
Iwori-tjumo‟ hun-tiise‟ni
Awo ! Não pule na água se você naõ pode nadar !
Iwori-tejumo‟ hun-tiise‟ni
Awo ! Não puxe uma faca na raiva !
Iwori-tejumo‟ hun-tiise‟ni
Awo ! Não vista o avental de Awo !
Iwori-tejumo‟ hun-tiise‟ni
Eles falaram-lhe para sacrificar um peixe da lama
3.200 cauris e ewe (folha ou carneiro)
Cozinhar o peixe com eso-leaves
para fazer uma sopa para o cliente.

IWORI-OSHE

IWORI-OFUN

ODI-OGBE

“Baba-akikitibi, Baba-akikitibi”
Estava lançando para Orunmila, no dia
em que Morte e Doença, ambos
queriam visitá-lo.
Eles disseram-lhe para fazer os dois,
Sigidi Amonu, cada com 200 eeru,
para que pudessemos substituir cravo-da-índia (?)
colocado entre eles: dando-lhe (machetes?) de madeira,
pegar em suas mãos e pôr noz-de-cola em suas bocas;
então, mataram uma cabra-macho e
despejaram o sangue sobre eles.
Puseram o primeiro deles para fora, em frente a porta;
puseram o outro para fora, atrás da porta da casa.
Orunmila mandou fazer sacrifício, ele agiu
de acordo com as instruções de Ifá.
Morte veio para frente da porta e cumprimentou Sigidi:
“Baba-akitibi, Baba-akitibi, por favor
dê um passo ao lado e deixe o Awo atravessar.”
Sigidi não falou, e Morte virou-se para fora.
Ela foi atrás da porta, e o acontecido repetiu-se.
Morte falhou e foi embora.
Isto é o que Orunmila preveniu
Morte e Doença entrando em sua casa.
Ifá diz que existe uma pessoa que está
completamente aberta para morte e doença,
porque não tomou as precauções correstas;
estaremos especialmente alertas para
as doenças sexuais. E Ifá diz existir
grande desassossego em nossa comunidade:
nós poremos nossos problemas diante de Eshu,
que preferimos ter ao nosso lado,
melhor do que nosso inimigo.
E Ifá diz que talvez, provavelmente, está pessoa
terá mais do que um Eshu.
Ebo: uma cabra

ODI-OYEKU

Idiyekuyekete lançava para Olori-oga,


o líder das pessoas.
Eles o instruiram a oferecer um lençol de pano branco,
que estava em sua casa, um lençol e 33.000 cauris.
Para que era o sacrifício ?
Era para prevenir Olori-oga,
de tornar-se um cadáver, naquele ano,
um cadáver que seria enrolado,
naquele mesmo lençol branco.
Eles cantaram e aplaudiram,
e bateram tambor, cantando:
“Ede Oyeye, o líder das pessoas
cobre a si mesmo com uma roupa branca.”
Ebo: roupa branca e um lençol.
ODI-IWORI

Se Eshu tentar deturpar o mundo,


é Ela quem o resiste.
Ela não recebe uma recompensa,
Ela não recebe noz-de-cola,
Ela encoraja os humanos à felicidade,
e cria vida longa.
Ele fez Odundun, o rei da licença;
Ele fez o oceano, o rei das águas;
Ele fez a lagoa, o sacerdote
Ela é bom, e puro como o cristal,
o primeiro radiante, limpo como uma estrela,
ele que reza, constantemente.

ODI-IROSUN

ODI-OWONRIN

Idiwonrinwonrin, Idiwonrinwonrin, estava lançando


para Tortoise, no dia em que ele era convidado
a sacrificar, em geral, para receber honra,
em todos os lugares ele iria contar suas histórias
interessantes e representá-las.
A oferenda era contas de coral, quatro pombos
e 800 cauris. Tortoise ouviu e fez o sacrifício.
Então, Tortoise tornou-se um ator famoso, e
um grande contador de histórias. Ele oferece
coral, em geral para entreter os outros.
Ele recebeu honra.
“Eu não morrerei. Eu devo viver.”
Estava lançando para Palmeira, no dia
em que ele recebeu instruções para sacrificar,
pois ele se situa firmemente na Terra
e escapa da morte.
O sacrifício era um carneiro, um sino (gong?)
44.000 cauris e ewe.
Palmeira ouviu e fez o sacrifício.
Ele estava garantido que se situaria firmemente
No local, tendo longa vida.
Ewe: lavar os ikins com a kuti-folha e
colocar o sino (gong?) sobre os ikins
A canção é como isto:
“Eu estou envergonhado para morrer,
em vez de morrer, tornei-me a kuti-folha.”
Cante esta canção quatro vezes, acompanhada
por batidas de gong. O cliente deverá banhar-se
com a água de kuti
Ebo: um carneiro, um sino (gong?), 44.000 cauris e ewe.

ODI-OBARA

“Edidi preocupa-lhes, Obara envolve-os”


...lançava para Árvore dentre arbustos e espinhos,
que era avisada para sacrificar, em geral,
para limpar seu caminho de todas as dificuldades,
e também, lançava para Palmeira, que também
era avisada a sacrificar: um (machete?), uma machadinha,
uma corda de escalar ou correia, um porco, um peixe-gato,
pombos, e claro, dinheiro: 18.000 cauris.
A Àrvore dentre arbustos e espinhos recusou-se
a oferecer, mas Palmeira ouviu e fez sacrifício.
Ewe estava preparada para Palmeira, e eles falaram-lhe
que ela não seria mais preocupada
com pequenas coisas, mas ficaria extremamente
irritada com arbusto e espinhos no bosque,
em torno de seus pés.
Eshu é sempre o lado que desejosamente sacrificamos.
Eshu falou ao fazendeiro que fosse e tivesse
cuidado com Palmeira, pois Eshu faria Palmeira
muito vantajosa para o fazendeiro.
O fazendeiro aceitou o aviso e
tratou com cuidado de Palmeira, removendo
toda a preocupação de arbustos e espinhos
ao redor dos pés, da velha Palmeira.
E Palmeira, por sua vez, entregou
bons produtos para as pessoas.
Tudo esta bem, quando acaba bem ! Ifá diz
que nós guardassemos bem nosso passos,
pois se nós não ouvirmos o que é falado para nós, aqui
Eshu fechará nosso futuro dourado de nós,
nosso destino abundante será fechado.
Ao contrário de Palmeira, a Árvore entre arbustos e espinhos,
Aguardou outros para resolver seu problema, sem
a necessidade de sacrifício. Esta árvore não tem
auto-disciplina para ir e oferecer.
Auto-disciplina, é o que Ifá fala aqui,
a necessidade de maior auto-disciplina. Seu oferecimento
será: um (machete?), uma machadinha, corda, um rato,
algum peixe e dinheiro equivalente a 1800 cauris.

Edidi, o Awo do Arbusto


Obara, o Awo da Casa,
ambos lançavam Ifá, dizendo-lhe
para sacrificar, em geral, para não ter
algum equívoco sórdido vindo sobre eles.
A oferenda era uma galinha e um galo,
uma cabra-macho e uma cabra fêmea e 20.000 cauris.
Edidi recusou sacrificar, mas Obara ofereceu.
Agora, esta era a hora de Edidi ir para a
sua casa, em Olofin, e sauda-los após um dia de trabalho na fazenda.
Foi dito para ele vir e fazer de sua sua noiva, sua esposa
pois ela estava em idade suficiente, de casar-se.
Mas, como infelizmente, sua noiva, de nome Obara
não amava tanto Edidi, chamando-o
de selvagem e de par suburbano. Ela perguntou:
“Por que eu me casaria com um homem selvagem, do bosque ?”
Edidi iniciou cortejando locamente Obara, mas
ela naõ poderia ficar à vista dele.
Finalmente, Edidi caiu em si e sacrificou
todas as coias que ele teria sacrificado anteriormente.
Imediatamente, após ele fazer suas oferendas,
Obara mudou sua opinião sobre ele,
e os dois estão casados, devidamente.
Tivesse Edidi recusado a sacrificar, ele
teria perdido a esposa. Sacrifício, de qualquer modo,
faz o relacionamento melhor.
Uma galinha, um galo, uma cabra-macho,
uma cabra-fêmea e 2000 cauris

“Não faça uma viagem


os Ancestrais proibem isto !”
...estava lançando para “Eu estou indo fazer uma viagem,
igualmente se o Ancestrais a proibirem”, no dia
em que ela teve um bom aviso,
mas não prestou atenção a ele.
Eles disseram: “Eu estou indo” para sacrificar,
Mas ela recusou sacrificar,
e retornou de sua viagem muito desgostosa
Após seu regresso, ela ainda não tinha aprendido algo.
O Egum diz que eles são batidos
e insultados por esta pessoa.
Esta pessoa deve parar de bater e insultar seu Egum,
porque eles baterão impiedosamente, em suas costas.
Ifá diz aqui que é uma pessoa que ficaria em casa
e trabalha ou estuda duro. E Ifá diz que
esta pessoa está atraindo sobre si mesma a fúria de seus Ancestrais,
e que esta pessoa não perceberia, em suas próprias
alucinações, o que acontece ou não
E se esta pessoa acredita que ela é (hexed?)
sim, mas só para si mesma. Oh garoto ! Oh garoto !, que
problemas esta pessoa é capaz de trazer para sua própria cabeça !
O Ori desta pessoa necessita urgentemente, de alimento
várias vezes, em curtos períodos, entre eles. Ifá diz
que o custo desse alimento será inferior
ao prejuízo que esta pessoa, de outro modo, fará
em suas bobagens e tolices.

ODI-OKANRAN

“A Palmeira por atravessar estradas


é cortada por muitos (machetes?)” e
“Duas pessoas não podem dormir sobre
um (duiker?) escondido.”....eram os primeiros que
lançavam para Olokum, no dia
eme que Olokum estava sofrendo uma perda.
Eles disseram que alguém sofreria uma perda,
naquele ano, e oh sim:
o sacrifício será: dois pombos e 10.000 cauris.
Então, logo após um certo tempo,
a vaca de Olokun morreu, e ela colocou a carcaça
embaixo de uma mortalha, exatamente como
ela teria feito com um ser humano.
Ela instruiu sua família a espalhar a notícia
de que ela, Olokum, tinha morrido e falou aos Awos
para virem e lançarem Ifá, exatamente como teria acontecido
se ela tivesse realmente morrido.
Quando os sacerdotes vieram, todos eles jogaram Ifá
menos um deles pretendendo descobrir a verdade:
todos disseram que agora que Olokun estava morta,
todas as coisas seriam corrigidas. Este,
um poderoso, disse que foi incompetência do Awo.
Então, a família de Olokum deu às costas aos Awos,
e perguntou se em algum lugar, havia um Awo
diferente, um bom Awo.
Eles responderam que só “Tail” (Rabo) era diferente.
Então, Tail foi convidado, ele lançou seu Ifá
e, prontamente declarou que Olokun não estava morta,
mas que somente, tinha sofrido uma perda
Então, Olokun veio de seu esconderijo
e apontou Tail seu Awo pessoal, porque
ele foi o único que tinha falado a verdade.
Tail, rapidamente, determinou sacrifício de Olokun:
duas cabras, um vestido e 50.000 cauris,
para não sofrer outra perda.
Olokun ouviu e fez o sacrifício
Então, ela falou a todos que aos seus Awos,
que sempre que eles fossem adivinhar,
eles teriam sempre Tail com eles.
E a partir daquele dia, todos os Babalawôs
tem uma asa de bruxa feita de rabo de vaca,
tal como o Oni de Ifé cxarrega consigo.
Eles todos cantaram uma canção em louvor a Tail:
“Eu estou indo para casa, apanhar meu Tail,
pois Tail é o que o rei de Ifé carrega.”

Quando Olofin caiu mal,


pediram ao Awo para adivinhar,
e falar sobre sua doença.”
...eram os primeiros que lançavam Ifá, no dia
em que Olofin sentiu-se mal,
e pediram ao Awo para adivinhar,
e falr sobre sua doença.
“Você falará de Olofin”
O Awo disse parao mensageiro
“que ele deveria sacrificar seu empregado mais velho
para a principal árvore-Iroko de seu distrito,
para obter melhoras e estar completo novamente.”
O mensageiro correu a casa de Olofin,
mas chegando lá, ele deliberaddamente,
deturpou a mensagem e disse a Olofin,
que o Awo tinha dito, que ele sacrificasse
seu filho mais velho para a árvore-Iroko. Por que ?!!!
Como poderia uma coisa como esta acontecer ?
Bem, agora, os Awos não sabiam
que o próprio mensageiro era o empregado
mais velho de Olofin;
eles simplesmente, tinham lido o Odu
exatamente como o Awo dissera.
E o mensageiro, é claro, poderia não estar
disposto a perguntar a Olofin por sua própria morte.
Então, ele omitiu, deturpando sua mensagem
que era somente natural e humana.
Então, Olofin ia dar seu filho mais velho
para árvore-Iroko, enquanto sua esposa estivesse
fora, mas mulheres, como sabemos, são antes de tudo,
especiais para essas coisas.
Quando a mãe retornou para casa,
ela entendeu o que tinha acontecido,
imediatamente, foi ao Awo,
verificar se seu filho mais velho,
realmente, era o sacrifício !
O Awo, é claro, repudiou aquilo,
não era isto que ele tinha dito.
Eles informaram a mãe,
que tinham dito ao mensageiro,
que o empregado mais velho era o sacrifício.
Tão rápido quanto ela podia correr, a mulher
correu até a árvore-Iroko, ela correu
sobre sete colinas e atravessou sete vales.
Quando ela alcançou a sétima colina,
ela viu seu filho sendo amarrado à àrvore.
A árvore-Iroko é conhecida como Iroko Olojudo
Ela cantou, enquanto corria:
“Reremide, meu filho, espere por mim, Reremide.
Isto não é certo, sacrificar meu filho
para a árvore-Iroko, Reremide !”
Exatamente, quando eles iam matar seu filho
a mulher alcançou a árvore,
e contou a história,
e o garoto foi libertado.
Ele estalou seus dedos e gritou d alegria,
enquanto falava a sua mãe que ele não queria
ver seu pai de novo.
Enquantou sua mãe ajoelhou-se e suplicou,
o jovem rapaz deixou cair seus braços
e transformou-se em Agbe-birds (Agbe-pássaros)
Ele voou para dentro da coroa da árvore e cantou:
“A memória de meu pai está morta
para mim, toca um sino comigo, diariamente !”
E até o presente dia, Agbe-birds
canta exatamente esta canção
Ebo: quatro caracóis, 780 cauris, alguma folha
(folha de preferência ou folha de conforto)
esmagada em água, para lavar completamente
o corpo com ela.
ODI-OGUNDA

Orunmila diz que o assento de Ogum está deserto


Eu digo que o assento de Ogum está deserto.
Por que iremos à casa de Ogum,
se não encontraremos ninguém lá ?
A casa inteira está totalmente deserta.
Eles disseram que o caráter de Ogum
era completamente questionável !
Por isso, se todos nós, inclusive Ogum
Desejássemos que sua casa ficasse
cheia de pessoas e de risos,
como devia ser, o homem
precisaria sacrificar uma cabra
e adicionar 22.000 cauris e ewe.

ODI-OSA

ODI-IKA

ODI-OTURUPON

Osunsun, o Awo de Olerigbo


lançava para “Agressiva”, no dia
em que ela tentou ensinar ao Awo seu próprio negócio,
no dia em que também, confundiu
a tradição do local, de sua pequena vila
com as leis cósmicas. Ifá diz: Oh, queridos !
temos uma pessoa muito teimosa aqui,
com idéias pré-concebidas sobre
deveres e obrigações que vem em seu caminho.
Frequentemente, quando este Odu cai,
o cliente se recusa a acreditar
no Awo e nas palavras de Ifá.
Um Awo sábio, encerra a sessão.

ODI-OTURA

“Os olhos portegem a cabeça;


uma pequena coisa pode criar uma incrível miséria.”
Estava lançando para 165 árvores. O sacrifício
previniria que um perigoso forasteiro
os visitasse: quatro facas, óleo de palma,
cacau-manteiga e 18.000 cauris
estavam sendo dados. Eles ouviram,
mas a maior parte das árvores recusaram oferecer.
Palmeira deu metade. Peregun deu tudo.
Aqueles que fazem o adimu recebem ewe.
Por isto, parasitas nunca destruirão
Palmeira e nunca atacarão Peregun.
Parasitas teimosas que tentaram atacar Peregun
não sobreviveram. Adimu: quatro facas, óleo deplama,
cacau-manteiga e 18.000 cauris. Preparar alguma
ewe, em adição ao adimu.

ODI-OFUN

IROSUN-OGBE

IROSUN-OYEKU

“Por não conhecer o que temos feito,


terminamos por não fazer, exatamente, nada;
por não conhecer o que não teríamos feito,
cometemos o mesmo erro, novamente. “
estavam os primeiros lançando para Oshoosi, no dia
em que ele estava aborrecido com seu caminho. “Ele
tentaria ou não tentaria de novo, o que no passado,
só tinha lhe trazido problemas ?”
Eles disseram-lhe que não, igualmente o
burro não tropeça sobre a mesma pedra duas vezes, então
por que o Pai seria mais estúpido do que uma besta ?”
Bem, agora, Oshoosi não tinha resposta para isto.
O Pai foi instruído a não pegar
seu velho negócio, que com o tempo,
teria trazido-lhe problemas e muito pouco dinheiro
Eles disseram a Pai que não desse atenção aquelas pessoas,
que no passado, tinham desapontado-lhe, por vezes
seguidas. E eles instruíram Pai a queimar
uma pequena lamparina ou vela para Eshu, para ele
fechar, finalmente, as estradas que corriam em círculos,
e abrir uma nova, à frente, de boa sorte e abundância.
Ifá diz que nós temos aqui, uma pessoa
que está muito desapontada com as
pessoas com quem contava.
Ponha isto fora de sua mente, Ifá diz, e nunca
mais, pense neles novamente. Toda energia investida,
ruminando coisas velhas está pedida, que desperdício !
E Ifá diz que esta pessoas esta prestes a permitir
que eles mesmos, abusem dela novamente,
como no passado, quando outros colheram
os frutos do seu trabalho. Ifá diz que
esta situação, não se repetirá !
E Ifá diz que este cliente, em particular
Está preso obssessivamente, a essas pessoas,
Que no passado a usaram. Pare com isto !
Eles não são dignos de toda sua energia !
E Ifá diz (não terminamos ainda !)
que este ser humano estaria muito mais
num caminho espiritual do que em um caminho material,
especialmente, onde seu trabalho é afetado, então
se existe uma escolha (e sempre existe!), escolhemos
o lado espiritual, e não, como usual,
o lado material. Então, não lamente mais
sobre um amigo, que tornou-se um parasita,
ou sobre outro que desapontou-nos;
por pensar que tem havido poucas mudanças,
nós só reduzimos nossas próprias mudanças, e
estamos melhor sem o outro, E, se temos uma escolha
a longo prazo, e a curto prazo, nós pensaríamos
a longo prazo, pois a tendência que nos fez cair
não mudou ainda.
Então, pense à frente, o abuso será evitado !
O ebó é adimu para Eshu, e
dinheiro a ser determinado pelo Awo,
para retornar à rotina anterior.

IROSUN-IWORI

IROSUN-ODI

IROSUN-OWOMRIN

IROSUN-OBARA

“Um garotinho encontrou dinheiro,


e fez muito bom negócio !”
estava lançcando para Oyinbo.
Oyinbo era avisado a sacrificar
para vender muitos produtos.
A oferenda era sal equivalente a 200 cauris,
Uma galinha branca, um pombo branco e 20.000 cauris.
Oyinbo ouviu e fez o sacrifício.
Ele tornou-se rico
Ebo: sal, uma galinha branca, um pombo branco
e 20.000 cauris.

IROSUN-OGUNDA

“Awo em uma terra estrangeira


longe, longe de Ifé.”
Ifá estava lançando para “Conheço-isto-tudo”,
no dia em que ela quis
ensinar ao Awo as mágicas de seu próprio negócio.
“Conheço-tudo-isso”, que falou mais do que
ouviu, não sabia algo diferente de como aquelas
coisas seriam como ela pensava que sabia.
Eles a instruiram a fazer sacrifício, mas
“Conheço-tudo-isto” recusou sacrificar
e correu para fora, com raiva.
Ifá diz que temos um cliente
que tende a não acreditar nas palavras de Ifá,
como eles vem a Awo.
Nada existe que possamos fazer sobre isto.
Ifá diz que quando este Odum é lançado em terra
distante, fora da Mãe Àfrica, por um Awo branco
para um cliente negro, ou por um Awo negro para
um cliente branco, não existe caminho de comunicação,
pois o cliente teve uma percepção errada de como
Ifá e Orishá trabalham. Rápido: dâ algo para Eshu,
igualmente se você não acredita no Awo e
não quer oferecer algo diferente.
Nada pode ser feito de bom aqui, mas
uma menor parcela previne coisas piores.
Então, vá se você não foi ainda.

IROSUN-OSA

IROSUN-IKA

“O som do sino é ouvido


por sobre o mundo inteiro.” Estava lançando
para Orunmila, no dia em que
ele se preocupou com seu futuro.
Foi dito que o nome de Orunmila
seria ouvido sobre o mundo inteiro,
e que todas as pessoas fariam
o possivel para conhecê-lo.
Eles também disseram que ele viveria em paz.
Eles o instruiram para sacrificar para paz interior
A oferenda era um peixe da lama,
um pombo e 20.000cauris
Orunmila ouviu e fez o sacrif[icio
Ebo para ste cliente: peixe da lama,
Pombos e 2.000 cauris.

IROSUN-OTURUPON

Irosun esrava lançando para Abimoku


Oturupon estava lançando para Abimoku,
que era a mãe de abiku.
Eles instruiram Abimoku a sacrificar.
No futuro, Abimoku daria vida
a uma criança que viveria.
O sacrifício era uma tartaruga e 16.000 cauris.
Abimoku ouviu e fez o sacrifocio.
Eles a instruiram a mudar seu nome
para Mola que significa “uma criança
sobreviverá.” Isto é proibido, pois uma
tartaruga jovem não morre !
Ebo: uma tartaruga e 16.000 cauris

IROSUN-OTURA
Oluponla lançcava Ifá para o paciente de cama.
Ele estava dando aviso para sacrificar,
para não morrer, repentionamente.
O ebó é: um carneiro, quatro iku, 8.000 cauris
Moer ito-folha e a fruta de iku.
Fazer um cozido com a trataruga e cravo-da-índia,
e comer como remédio.

IROSUN-IRETE

Irosum estava lançando para Orunmila;


Irete estava lançando paraOrunmila.
Eles falaram-lhe que Orunmila
iniciaria pessoas em todo o mundo.
Eles falaram-lhe que ele sempre
será o líder do mundo.
Eles o instruiram a sacrificar uma galinha
tete-folha e 3.200 cauris.
Ele ouviu e fez o sacrifício.
Ebo: uma galinha, tete-folha e 780 cauris

IROSUN-OSHE

Orunmila disse: “isto vai melhorar “;


Eu digo: “Isto vai melhorar”;
ele disse: “Isto vai melhorar para o yam que cresce”;
Ele disse: “Isto vai melhorar”;
Eu digo: “Isto vai melhorar”;
ele disse: “Isto vai melhorara para o milho que cresce na espiga”:
Orunmila disse: “Isto vai melhorar”;
Eu digo: “isato vai melhorar”;
ele disse: “Isto vai melhorar para o campo,
onde uma colina cresce como chifre”;
Orunmila disse: “isto vai melhorar”;
Eu digo: “Isto vai melhorar”;
ele disse: “isto vai melhorar para a mulher estéril de Ifé,
que torna-se mãe de criança”
Dois pombos, dois galos, dois caracóis,
dois ratos e dois peixes com 2.400 cauris
é o sacrifício. Ifá diz que faremos algo que nos dará honra,
nos tornaremos pessoas honradas por fazermos isto.
Se é um assunto de negócios que entratemos
então, ganharemos honra através dele, e coisas
virão melhores para nós
A ewe para este verso é.............
a folha do “faça branco, faça branco) que é chamada
Evolvus Asidoides, a folha da árvore borracha africana
que é chamada Funtunmia Elastica e sabão.
Moeremos junto as cabeças de ambos os ratos,
e ambos os peixes, mataremos um pombo e
pressionaremos sua cabeça em cima do sabão,
que retorna em cima do mishmash no calabash
Tiramos Irosun Oshe do pó, e
jogaremos o pó dentro da calabash.
Usamos esta mistura para nos lavarmos.

IROSUN-OFUN

“Irosu‟fun, uma criança inocente nasce


Irosu‟fun devemos limpar a cabeça do cliente.”
Estava lançando para Orunmila, no dia
em que ele preocupou-se com seu futuro.
Eles disseram-lhe que a prosperidade
estava em seu caminho.
O sacrifício era um pombo e 2.000 cauris.
Orunmila ouviu e fez o sacrificio.

OWONRIN-OGBE

“Owonrin, o pai de Ifá


Ogbe, o pai de Opele,
Aramota é pai de Sango;
isto começa a brolhar, fogo
brilhando suavemente, e queimando
a fazenda, o brilho do sol,
intensamente queima a estrada.”
Lançvava para Orunmila, no dia
em que ele foi ao rio
limpar cabeças para ganho monetário.
Você não sabe que a cabeça
que é limpa por Orunmila
é a maior limpeza de todas ?

“Owonrin Sogbe, ooro teere,


o Awo da floresta profunda (secreta)
lançava para uma pessoa, no dia
em que esta pessoa estava cercada
por negatividade. Eu faço ebo
de pombos da casa,
que são as bruxas de dentro.
Eu faço ebo de pombos da fazenda,
que são as bruxas de fora.
Mal em pessoa, deixe-me sozinho !

OWONRIN-OYEKU

OWONRIN-IWORI

“Uma pessoa louca expôe sua loucura,


enquanto a pessoa está sorrindo.”
Estava lançando para Ojuogbebikan, no dia
em que ele sacrificaria para prevenir
sua mulher de enlouquecer ou, se ela
já estava louca, de tornar-se normal, novamente.
O sacrificio era quatro caracóis, 8.000cauris e ewe.
Ebo: quatro caracóis, 8.000 cauris e osipata-folha.
Ferver as folhas com os caracóis como uma sopa
para o doente, Se esta pessoa já está mal,
usar a casca do sapo-árvore. Tire a casca
da árvore com sol acima e sol abaixo, e enrole
com cravos dentro de um pequeno saco de ráfia.
Ponha este saquinho num pote de água fervendo.
Frequentemente, lave a pessoas com esta água, após
ter esfriado, claro !
Descasque o sapo-bark, esmague-o e faça
uma sopa com caracóis, para o paciente comer
uu beber regularmente. Desde que a água do
banho tenha evaporado, queime a lesma
aos pés do sapo-árvore.
Ebo: oito caracóis e 16.000 cauris, se
o paciente já está mal.

OWONRIN-ODI

OWONRIN-IROSUN

OWONRIN-OBARA

OWONRIN-OKANRAN

“Há um dia, um dia de alegria;


há outro dia, um dia de tristeza.”
Estava lançando para Palm Bird, na árvore de algodão
no dia em que ele quis saber
que tipo de dia era.
Ele perguntou: “Que dia é este ?”
Eles disseram-lhe que este é o dia
da alegria, de graça e de jogos, de abundância.
Eles disseram-lhe para sacrificar um pombo,
Uma calabash de massa de inhames, um
pote se sopa, vinho de plama e 3.200 cauris.
Ele ouviu e fez o sacrificio.

OWONRIN-OGUNDA

OWONRIN-OSA

OWONRIN-IKA

OWONRIN-OTURUPON

OWONRIN-OTURA
Tendo chegado onde estamos agora,
não procederemos até que tenhamos oferecido,
para nossa sobrevivência.
A situação para nosso contentamento,
só podemos proceder, após termos oferecido,
convenientemente e completamente,
uma soma de 22.000 cauris ao oráculo,
e após termos prometido dar
uma festa-jantar para nossa família
e para nossos amigos. Oh, mas você vê
porque Ifá fala-nos isto ?
“Ele percebe que está sendo tido (possuído)
e ele quer bater atás;
bom caráter não bate atrás
não quando é certo, isto que tem sido tido.”
Estava lançando para Ladida, no dia
Em que ele percebeu-se abandonado por muitos
e ele quis mostrar a eles !
“Eu puxei o castanheiro para fora do fogo, para eles”
Ladida queixou-se “e para ela, sim,
a primeira de lá, eu gastei muito dinheiro
para ajudá-la. E aqueles outros,
de lá, do outro caminho, eu carreguei
em minhas costas, nos dias em que eles não podiam andar.
E ele, e ela e tantos outros,
para todos eles eu estive disponível
quando eles precisaram de mim. Mas quando voltei
e pedi algumas coisas para eles: oh, estavam
sempre com muiotos problemas, e nunca era possível:
eles caluniaram-me diante de todos
aqueles de quem eu os defendia.
Não é a vez de dar a eles
um pedaço sadio de minha mente ?
O Awo agitou sua sábia cabeça antiga
e instruiu Ladida a rapidamente fazer
o oferecimento de uma festa e 22.000 cauris,
em vea de prosseguir fazendo coisas piores naquele caminho.
Ladida ouviu e fez o oferecimento, e
aquilo era exatamento o que o Awo tinha dito:
“Ele percebe que está sindo tido,
e ele quer bater atrás
bom caráter não bate atrás
não quando é certo, o que tem sido tido”
Estava lançando para Ladida, no dia
em que ele estava demente,
mas viu o erro em seu caminho, naquele momento.
Ifá diz que temos que fazer oferenda
para escapar da fúria daqueles
que temos ajudado, sem
recair a revanche sobre nós.
Saudações para oferenda
E para podermos rapidamente, subir acima
dessa situação.

OWONRIN-IRETE

“Não existe guerra no campo;


não existe conspiração na cidade.”
Lançava para Olofin Iwajo, no dia
em que ele preocupou-se com seu destino.
Eles falaram-lhe que ele seria um bom
oficial, e um bom governador. Eles falaram-lhe
para sacrificar, para que as alegrias de seus dias,
não fizessem as pessoas preguiçosas e loucas.
O sacrifício era 16 caracóis, um cão e 14.000 cauris.
Olofin Iwajo ouviu e fez o sacrifício.
Ebo: 16 caracóis, um cão e 16.000 cauris.

OWONRIN-OSHE

Owonrin Oshe estava lançando para Orunmila


Eles disseram-lhe que Orunmila, e
todas as pessoas de sua casa
nunca encontrariam um motivo para estarem tristes.
Eles disseram-lhes para sacrificar um pombo
e 3.200 cauris. Orunmila ouviu e fez o sacrifício.
Ebo: um pombo e 630 cauris.

OWONRIN-OFUN

“Certa vez, tivemos uma escolha, novamente,


escolheremos o bem e não o mal.”
Estava lançcando para Ode, no dia
em que ele era um homem de dois corações.
Havia Ode, um emprega do Osooshi
conhecido, mais propriamente, onde o Norte
estava, e onde o Sul brutamente estaria,
não totalmente familiarizado com as direções do Leste,
e razoavelmente bem orientado de onde
o Oeste seria encontrado.
Resumindo: Ode usualmente, sabia bem
onde ele estava se dirigindo.
Até o dia em que, pessoas que ele conhecia,
como o Oba e o Balogun, disseram-lhe:
“Não, não querido Ode, você está errado,
você está indo na direção errada ! Você está totalmente errado !”
Bem, este tipo de confusão de Ode, por aquelas pessoas,
Era o desconhecimento, não contavam com isto !
O resultado foi que ele não ousou ir a lugar nenhum.
Se ele quisesse viajar ao Norte, o que melhor conhecia,
Havia sempre alguém que dizia: “Não, bobo! Este é o Sul !”
E quando Ode pensou que estava se dirigindo ao Leste
(ele viu o sol brilhando lá !) lá sempre estava um sabe-tudo
que dizia que esta direção não era Leste, mas Oeste.
Ode estava se tornando um córrego podre, de águas estagnadas.
(como sabemos) mal-cheiro de início traz algo terrível !
Então, Ode consultou o Awo, e eles disseram-lhe
Para oferecer uma bússola, uma faca forte e 21.000 cauris
Ode ouviu e fez o sacrifício.
Após isto, a opinião das ouitras pessoas
Não confundiram mais Ode, e Eshu disse: “Olhe a bússola,
que você saberá onde é o Norte, e use a faca
para abrir uma caminho na floresta, a mesma
floresta que todas as pessoas diziam impenetrável.”
Ifá diz que coletaremos os fatos, só os fatos
e nada mais do que fatos; todas as coisas ,
especialemnte quando outros tentam fazer-nos acreditar,
são simplesmente, conjecturas, opinião ou preconceito.
Nós agiremos de acordo com os fatos, e unicamente
de acordo com nosso conhecimento deles. Saudações
para adimu, para prevenir de escolhas
que devemos fazer, trazendo-nos paralisação.
Saudações aos Awos e adimus e
permita-nos sobreviver a esta situação !

OBARA-OGBE

Obara lançava para Eko, o filho de Ajalorum.


Foi dito que as palavras de Eko
sempre serin decisivas.
Um carneiro era o sacrifício,
para as bêncãos da fama.
O sacrifício foi feito.
Ifá diz que a pessoa a quem
este Odu cair, terá grande
influência e importância neste mundo.
Ele viverá muito.
Ebo: um carneiro.

Ejida Totoda lançava para Timi Agbele,


o filho de Apon O Roko‟Ede
Eles disseram-lhe para fazer sacrif[icio
para pegar sua presa
sempre que ele fosse caçar
O ebo foi feito, e Timi Agbale
tornou-se um caçador bem sucedido
Ebo: sete cães e 1.400 cauris.

OBARA-OYEKU

Alukoso Oba, o rei, disse


que ele não serviria o rei, por longo tempo.
Obara Oyeku, você já ouviu coisa semelhante ?
Alu‟lu Oba, os reis tocadores, dizem
que les não servirão o rei, por muito tempo.
Obara Oyeku, você já ouviu coisa semelhante ?
Eru, a garota escrava, diz
Que ela nunca servirá seu dono.
Obara Oyeku, você já ouviu coisa semelhante ?
Qrunmila diz que Ifá tem sido acalmado com
uma galinha. Se acalmarmos Ifá com uma
galinha, Ifá aceitará nosso sacrifício, e porá
um fim nesta rebelião !

OBARA-IWORI

OBARA-ODI

“Um pequeno copo de água fria”


o Awo das mulheres
lançava para uma prostituta, que dormia
com todos os homens que econtrava.
Ela foi advertida, que o que ela fazia era perigoso,
pois a prostituição facilmente, acaba com sua honra
e é impossível prosperar através da prostituição.
El foi advertida a admitir sua ignorância
e sacrificar dois pombos, dois caracóis
cacau-manteiga, 8.000 cauris e ewe.
Moer eso-folha com iyere: ferver a mistura
com um caracol, como uma sopa para ela comer.
Pode também pegar um pouco de eso-folhas
e misturar cim cacau-manteiga e passar
em sua vagina, a eso-folha pode ser usada
como sabão, para banhos
Ebo: dois pombos, dois caracóis, cacau-manteiga
8.000 cauris e eso-folha. Moer as folhas
e ferver uma sopa com o caracol. Ou
amassar e misturar com sabão preto para banho.

OBARA-IROSUN

OBARA-OWONRIN

OBARA-OKANRAN

Obarakanran estava lançando para Papagaio


e falou para sacrificar paa preveni-lo
de tornar-se objeto da fúria de todos os outros pássaros
O oferecimento era milho, pimenta jacaré e 2.000 cauris.
Ifá diz que aqui trata-se deuma pessoa orgulhosa
de sua idade, de idéias preconcebidas sobre
como as coisas virão.
Eu digo a você, que realmente suas idéias são diferentes,
meu amigo ! Sacrificio, para que aquelas pessoas não possam
virarem contra você. E não virarem para suas costas
com raiva, quando você falou como as coisas realmente são.
Olhe, meu amigo, se você não é um ferreiro
você não deve tentar noldar o metal, e se
você não consegue escrever, não diga ao
escritor como fazer uma carta.
O costume de vocês de “cavar buracos”
Não são leis cósmicas, me amigo !
O adimu é espiga de milho, pimenta jacaré e 2.000 cauris.

“Nós precisamos por a enxada no sótão


e decidir sermos preguiçosos. Quando a frente
da perna que nós chamamos canela
comeu até satisfazer-se, o estoômago
avolumou-se na parte detrás da perna,
que nós chamamos barriga-da-perna.”
Era o primeiro que lançava Ifá para
Olopirigidi, no dia em que eles quis
Incobrir todo o mal com um pote,em sua sala.
Eles instruiram Olopirigidi a oferecer
12.000 cauris à direita;
12.000 cauris à esquerda;
12.000 cauris no meio, e então,
uma galinha preta, uma cabra preta e
um pombo preto, para não ver o mal em todos os lugares
e eles adicionaram um pote (caçarola) a ser oferecido.
Olopirigidi ouviu e fez todo o oferecimento.
Os divinoslevaram todas as oferendas, exceto o pote
1ue devolveram para Olopirigidi.
Eles falaram-lhe para por o pote de cabeça para baixo
em sua sala, para que todo mal
fosse capturado embaixo.
Olopirigidi tinha crianças, e Morte não levou-lhes,
nem Doença preocupou-se com eles. Todo
trabalho que Olopirigidi fez, ele administrou
acabar no mesmo dia. Olopirigidi
louvou os divinos, e os divinos louvaram Ifá,
porque o que foi dito tornou-se verdade:
“Nós precisamos por a enxada no sótão
e decidir sermos preguiçosos. Quando a frente
da perna que chamamos canela
come até satisfazer-se, o estômago
avolumou-se na parte detrás da perna,
que chamamos barriga da perna.”

Eram os primeiros que lançavam Ifá para


Olopirigidi, no diaem que ele quis
encobrir todo o mal com um pote em sua sala
Eles cantaram: “Pirigidi encobriu o mal com um pote
e nós não morreremos mais. Ifá encobriu o mal
com um pote, então teremos dinheiro.
Pirigidi encobriu o mal com um pote,
para termos crianças saudáveis. Ifá
encobriu o nal com um pote, e quando Morte
entrou, eme viu o secreto e deixou-nos.
Pirigidi encobriu o mal com um pote. Doença
entrou na casa, viu o segredo e deixou-nos.
Ifá encobriu o mal com um pote
para nós sermos abençoados. Pirigidi encobriu
o mal com um pote, então nós não morreremos.
Pirigidi e Ifá encobriram o mal com um pote.”
Ifá diz que ele trancará todo mal
fora do céu, então ele não poderá ser tocado
por nós na Terra. Esta pessoa precisa ir e sacrificar
para Obatala. Ifá diz
que a pessoa está disperdiçando seus esforços
tristemente, enquanto todo universo está estourando
com energia e disposição para ajudá-lo !
Esta pessoa precisa ser esclarecida sobre
o que ela quer perante os outros, mas especialmente.
perante si mesma ! Ela obterá o que quer
mas precisará tornar isto muio claro.
Este é um assunto de senso comum: a maior parte
dos problemas que esta pessoa te, Ifá diz, são
tão pequenos que podem ser encobertos e
colocados para fora com um pote.
Nós não inflamos nosso problemas eos fazemos
desnecessariamente maiores; nós os reduzimos
e deixamos que retomem suas minusculas propoeções.
Se nós terminamos alguma coisa, nós não
deixamos aborrecer-nos mais, pois Ifá diz
terminado é terminado, e nós estamos muito bom
atentos quando coisas ão feitas, em vez de
desperdiçar nossas energias com elas.
Ordem, limpeza, sistema, estrutura: isto é o que
esta pessoa precisa e nunca, nunca queixou-se ou
importunou: esta é a mensagem
Ifá diz: esta pessoa conhecerá a bênção e a
abubdância, quando adimo for dado a Obatala
E Ifá diz que esta pessoa precisa por um pote
de cabeça para baixo, em sua sala, para
capturar a negatividade.
Ifá diz que a negatividade então, ficará
no Orum, pois Olodumare concorda com isto.

OBARA-OGUNDA

“É apontando para o alto, que acertamos


nosso alvo a uma muito longa distância.”
Estava lançando para o caçador desprezado Oshoosi, no diae
Em que aconteceu de ele estar no lugra certo,
no tempo certo, trazendo proveito para si mesmo.
Estava Oshoosi vjajando para a floresta da cidade.
No meio de caminho, ele visitou uma pequena vila,
onde foi olhar num antigo bosque sagrado que, de qualquer modo
ninguém podia dirigí-lo até lá, por conta
de todas as pessoas terem esquecido,
onde o bosque sagrado se localizava.
Procurando por um longo espaço de vegetação na floresta
Oshoosi viu um funeral em andamento, passando,
e o seguiu, com bons modos, como as pessoas faziam.
“Quem está sendo enterrado ?” ele perguntou
e a resposta foi: “Uma criança, uma jovem
menina, que morreu repentinamente.
“Como disse” um caçador respondeu
“Por favor, deixe-me ver o seu rosto”
Quando Oshoosi ergueu um tipo de mortalha
e tocou a face da menina, ele viu
que elas moveu-se em reação ao toque.
Ele não estava inteiramente seguro, se ele
tivesse dado a vida de volta a menina, ou se
ela só estava em um momento de animação suspensa.
Ele ajudou, recuperando lentamente a criança pelos pés,
e acompanhou-a, regozijando-se com a família.
Então, Oshoosi novamente voltou
a procurar pela antiga floresta sagrada
mas desde que foi, ela foi para sempre:
ele nunca mais a encontrou.
“Oh, bem”...Oshossi disse:”se eu não tivesse
vindo para esta vila procurar a floresta sagrada,
eu nunca teria visto o funeral em andamento,
e a pobre menina teria sido enterrada viva !”
A partir daí, quando as pessoas visitavam Oshoosi
em sua casa, para encantos, amuletos, curas ou adivinhação
eles sempre saiam muito melhor do que antes.
E a questão, se eles fossem curados por Oshoosi,
ou o caçador simplesmente dissesse que eles
estavam saudáveis....bem, ninguém
preocupava-se mais com a questão.
Este é o resultado deste conto.
Pessoas de longe vieram ver Oshoosi,
pois que no exato momento em que precisavam dele
ele estava sempre lá: o homem certo,
no lugar certo, no tempo certo.
“É apontando para o alto, que acertamos
nosso alvo, a uma muito longa distância.”
Estava lançando para o caçador desprezado Oshoosi
no dia em que aconteceu dele estar no lugar certo,
no tempo certo, fazendo proveito para si próprio.
Adimu para esta pessoa: a roupa de seu corpo
para nunca mais ser exposto ao desprezo
das pessoas novamente e dinheiro
a ser determinado pelo awo.
OBARA-OSA

“Quando o feiticeiro me viu, ele perguntou quem eu era,


e eu disse: “eu sou o filho de Obara-Osa.”
Quando a Bruxa, Morte, Doença e Seu
me viram e perguntaram quem eu era, eu disse
a todos eles: “eu sou o filhos de Obara-Osa.”
O filho de Obara-Osa não corre;
o filho de Obara-Osa não morre;
ele nunca adoece. O filho de Obara-Osa
nunca tem um nome mau.”
Moer jakose-folhas junto com sabão preto.
Colocar a mistura em uma calabash (?) limpa e
atirar o pó da casac seca de erun-planta
ou do obo-planta, em cima disto.
Escreva Obara-Osa no pó e cante
“Quando o feiticeiro me viu e perguntou quem eu era
eu disse: “eu sou o filho de Obara-Osa.”
Quando a Bruxa, Morte, Doença e Seu
Me viram e perguntaram quem eu era, eu disse
para todos eles: “eu sou o filho de Obara-Osa.
O filho de Obara-Osa não corre;
o filho de Obara-Osa não morre;
ele nunca adoece. O filho de Obara-Osa
nunca tem um nome mau.”
Por a calabash em um grande tecido branco
e pendurar, se desejar, no teto.
O conteúdo deve ser usado para banho, é bom !

OBARA-IKA

Obara‟Ka estava lançando para Olubolaji


que estava dizendo que ele seria
uma pessoa importante, xim, importante
e amada por muitas pessoas, mas que
ele sacrificaria para prevenir a perda de propriedade.
O sacrifício era um pombo, uma galinha
uma tartaruga e 3.200 cauris.
Olubolaji ouviu e fez o sacrifício,
depois ele camtou:
“Eu estou em casa, eu estou na fazenda, Obara‟Ka
eu sou um homem feliz e venturoso, Obara‟Ka,
nós dançamos e regozijamos Obara‟Ka”
Ebo: um pombo, uma galinha, uma tartaruga e 780 cauris.

OBARA-OTURUPON

OBARA-OTURA

“Apapatiako, o rebelde levantador da fazenda”,


lançava para Galinha e suas frangas.
Eles disseram-lhes que um forte inimigo
estava em seu caminho para atacá-lo,
se eles deixassem a casa e fossem
para a fazenda, eles as perseguiriam,
mas se elas fizessem sacrifício, de qualquer modo,
Galinha e suas frangas, sobreviveriam.
Só muito poucas fizeram o sacrificio.
O sacrifício era um caracol, 3.200 cauris
e ewe. Moer owo-folhas, fazer tudo aquilo
e com o caracol, uma sopa,
e comer ou beber a sopa
Foi dito que falcão pode fazer
ao caracol nenhum dano: tudo ele
pode fazer, olhe para isto. Esta pessoa
será respeitada.

OBARA-IRETE

“Quando Obará cai


e, então, Irete cai, nós pensamos
imediatamente, em Orunmilá.”
Eram os primeiros que lançavam para Orunmilá,
e falaram-lhe para sacrificar,
para não encontar um enorme problema,
e também, por ser importante sempre,
onde estiver ou for.
O que devia ser sacrificado ?
Devia ser sacrificado um caracol,
uma roupa branca, 3.200 cauris e ewe.
Orunmilá ouviu e fez o sacrifício.
E, então, eles falaram-lhe que ele nunca
seria confrontado com algo acima de seu poder.
Orunmilá iniciou a si mesmo em Ifá
e sempre, e para sempre, ele
iniciaria outros em Ifá, ele
iniciaria todos estudantes de Ifá.
Ifá disse que esse Odú diz que esta pessoa
pode estar no caminho de Ifá.
O ebó é um caracol, uma roupa branca, 780 cauris e ewe.

“Eu lancei meus olhos em frente ao mundo


e percebi razão e inteligência;
Eu olhei a trilha que o mundo tinha deixado,
e percebi só miséria; então, eu enrolei
minha veste ao redor de mim e levei-a para fora, rápido,
já que o mundo todo estava me perseguindo.”
Eram os primeiros que lançavam para Orunmilá
no dia que Iku, Morte, procurou
coletar todos os Orisás.
Orunmilá perguntou: “Ele me levará ?”
Eles disseram-lhe para sacrificar um galo,
um carneiro e sete sacolas de cauris
e prepararam folhas para ele,
de nome Erunyantefe, e Iku
não mataria Orunmila, quue viveu
até alcançar uma idade muito longa.
E aquilo era exatamente o que o Awo dissera:
“Eu olho o futuro e vejo
razão, inteligência, e atrás de mim
nada, mas miséria e problemas, então eu tomei
minhas posses e atirei com
a filha do padre (?), como um homem possuído
como quem é caça de rapina.”
Eram os primeiros que lançavam para Orunmilá, no dia
que Iku procurava ganhar todos Orisás.
Saudações ao sacrifício aqui, para
nossa sobrevivência, desprezadamente mais apropriada.

OBARA-OSHE

Eles disseram: “Onde está meu pai ?”


Eu disse: “Meu pai está morto”
Eles disseram: “Onde está sua mãe ?”
Eu disse: “Minha mãe está em seu túmulo, e fala em voz alta.”
Eles perguntaram: “ De quem você é filho ?”
Eu disse: “Eu sou o filho de Obará-Oshe,
que depôs muitos reis e regras.”
Eu estava severamente maltratado, e lançava
esquerda e direita como a cabra que olha
à esquerda e à direita para comer.
O filho de Obara-Oshe nunca sofrerá.
Obara-Oshe nunca permitiria a seu filho
sofrer desnecessariamente
Ewe: moer eja- ou hariba-folhas
que tenha caído da árvore.
Colocar o pó em frente um caracol
e escrever Obara-Oshe nele.
Então, diga a invocação acima
e embrulhe o caracol com uma éça
de pano preto e linha preta.
Feche os olhos e lance o pequeno
pacote para fora, dentro de um arbusto.

OBARA-OFUN

OKANRAN-OGBE

Pandere-folu-omi-likiti, que é
o Pandere que salta dentro da água
estava lançando para Olikitun, o mais velho
dos filhos de Ewi, de Ado.
Seis galos e 12.000 caurios
seriam oferecidos. Olikitun fez a oferenda
Ele apontava o T‟ewise, que é o porta-voz do rei.
E quando seu pai insultou as pessoas
e foi destronado, Olikitun tornou-se rei.
Ifá diz que esta é uma lição para todos nós,
pois não podemos fazer coisas esúpidas para sempre.
Existe uma pessoa, Ifá diz
que nós todos vemos, mas
que mantém a si mesmo em alta conta.
Isto é bom para honrar nossos parentes e mais velhos,
mas algumas vezes, nós sabemos mais
e temos melhor visão (insights) sobre coisas
do que nossos mais velhos. Algumas vezes um mais velho
deve ser forçado a renunciar, pois tal é a vida.
Nós nos esforçamos para um bom caráter, então
odemos suceder os mais velhos.
Para que quem salta na água
não se afogue facilmente, mas
ao contrário, flutue sem nenhum esforço.

OKANRAN-OYEKU

Boa tristeza, olhe isto agora !


Primeiro vem Okanran, então vem Oyeku
Cuide de seu coração, tenha cuidado
para que ele não falhe a batida.
Seja cuidadoso, tmabém, diz Ifá
para que você não falhe em algo diferente,
para este cliente, Ifá diz
que algo está em perigo,
de ser totalmente contemplado do alto e falhar.
Ifá diz que em algum lugar em npossoa vida
uma fresta, um rombo, um buraco
está agora se desenvolvendo.
Respeito e vigilância são necessários !
Ifá diz para cuidar de pequenas coisas,
de uma minúscula coisa que pode
arruinar nossos planos. Pois existe um buraco (falha),
algo quebrando e se desenvolvendo
em nosso vida. Ifá diz
“Encha aquele buraco
encha o mais vazio.”
O mais vazio é temporário, mas
será preenchido, de qualquer modo
Coloque suas bases agora
E construa depois.

OKANRAN-IWORI

Ela estava aberta, Ela estava fechada


Lançava para Orunmilá, no dia
em que ele estava falando que todos os seus clientes
seriam curados e sarados novamente.
Ebo: rato, peixe, pombo, 18000 cauris
O ebó foi propriamente feito.

OKANRAN-ODI

Okanran primeiro, e então Odi


Ifá diz daquele que é recipiente (vaso),
onde a alma está guardada e protegida.
Ifá diz que uma bênção está vindo
do Grande Espírito, que mora dentro do cliente.
Mas, claro: nós não estamos sempre atentos,
mas todas as respostas estão esperando dentro de nós mesmos,
esperando que nós as deixemos sair !
Ifá diz que nós não amaldiçoaremos o futuro.
Ifá diz que nós não amaldiçoaremos a morte.
Depois de tudo: no final, nós todos somos um
Depois de tudo: no final, todas as coisas
estão relacionadas com todas as coisas.
Ifá diz que nós evitaremos
o egoísmo e o egocentrismo, porque
nós não somos o centro do univero.
Isto é só uma impressão no caminho; e todas as diferenças
dão a impressão de que as coisas são completamente diferentes !
Oh, sim ! O remédio contra o que está aborrecendo você
está no respeito pela vida e pela a morte.
Oh, sim ! e então, existe aquele tremor e agitação
como se nós fossemos um chocalho que chocalha constantemente,
Ifá diz que nossos nevos são como um tipo de agito
e que algo dentro de nós produz insegurança.
Nós temos um medo que volta e volta.
Ifá fala-nos para sacrificar,
para não nos tornarmos compeltamente paranóicos, sacrificar
então, para que nossa existência torne-se prazeirosa
Agora será interessante !
Então vamos imaginar para quem sacrificamos
e então, a oferenda certa, trará
o peso da balança novamente,
a balança entre a vida e a morte
e o futuro, a balança também
entre o nosso inteiror
e o exterior do universo.
Olá ? Nós ainda estamos lá ? Bom !
Nada é o assunto, exceto a velha contagem
que finalmente, precisa ser determinada, e a velha nota
que precisamos, finalmente pagar, que há muito tempo
nos tem sido dado como crédito. Inferno sangrento !
Começaremos ouvindo seu próprio Egun, pois
eles começam a ficar completamente irritados com você !
OKANRAN-IROSUN

“Não maldiga sua sorte, porque


você sabe exatamente o qeu já conquistou,
mas não sabe ainda, o que vai conseguir;
talvez você consiga seu caminho
e outro destino: pior !”
estes eram os primeiros que lançavam
para Impaciente, no dia
em que ele estava muito descontente
com sua sorte, seu destino.
Eles disseram-lhe para ter cuidado
e não ser apressado, porque ele
teria mudanças inconcebíveis em sua sorte ou destino,
com risco de produzir assuntos piores !
Ifá diz que ests cliente
não correrá em círculos, não se conduzirá
como uma cabra no fim da corda,
e que este cliente sorrirá
e simplesmente sobreviverá aos maus tempos,
para um bom porvir.
Olhe, Ifá diz, parece
que nada acontece, mas você não pode
esperar o trovão, quando o céu está azul,
e na estação da seca, a chuva não cai.
Use esse período de estagnação
criativamente, para reunir forças
para quando a tempestade vier.
Ifá diz: faça sacrifiício
para estar preparado a dançar
quando a música selvagem começar novamente.

OKANRAN-OWONRIN

Ele que diz: “Permita-lhe fazer o mal “


prefere o mal,
ele que diz: “Permita-lhe ser cruel”
prefere pessoas cruéis.
Ifá era lançado para pessoas em dificuldades,
que era aquilo que tinham feito, mas não queriam ouvir,
aquele que diz que Orunmilá é cheio de ................
eh.........advertindo, mas quem, entretanto,
ainda faz tudo quanto eles querem fazer.
Eles fazem mal, eles fazem coisas más,
as coisas do mundo são boas para eles.
Isto foi falado para Orunmilá, que disse :
“De qualquer modo, isto pode ser alcançado, a vingança vem,
rolando como as ondas do oceano, calmamente,
envolvendo todas as coisas.
Quando a vingança vier,
eles todos fugirão.
Um sacrifício precisa ser feito para
prevenir o mal e a crueldade de entrar em nós,
para nosso semelhante não zombar de nós, no final.
O sacrifício é dezesseis caracóis, óleo de palma e 18.000 cauris.
Eles ouviram e fizeram o sacrifício.

OKANRAN-OBARA

Bem, agora, meus amigos, se você vir Okanran cair,


para a direita, e Obará cair para a esquerda,
então, um temporal está vindo para você, tanto
no sentido literal como metafórico.
Ifá diz que com a chuva do temporal, cairão as bênçãos,
uma bênção virá para esta pessoa dos Céus.
Ifá diz que o Iponri desta pessoa está olhando
para ela, procurando.
Ifá diz que esta pessoa trabalhará ativamente
para alinhar a si mesma com seu Iponri.
Ifá diz também, que esta pessoa aprende o duro caminho,
batendo sua cabeça contra a parede.
Obstinado, teimoso, cabeçudo, nós chamamos.
Bem, agora tomamos a dura estrada
se você não quiser seguir
uma fácil ! Esta é sua chance.
A coisa principal é que ocê, eventualmente, chega
ao gol de seu destino.
Quando Okanran cair, acompanhado de Obará
então, o ritmo multiplicado correrá atrás de nós,
e subidas e descidas se seguirão, em seguida;
abaixe a mão e o tambor soa;
levante a mão e há silêncio
Esta pessoa aprenderá, Ifá diz,
quando mostrar a mão dura
e quando mostrar a primeira mão suave.
Tenha sua cabeça limpa, para melhorar
a qualidade de seus sonhos.

OKANRAN-OGUNDA

Saudações para Okanra e Ogunda


que cai nesta sequência, exatamente.
“Um bom galo sabe quando cantar,
um bom pênis sabe quando levantar;
um bom galo sabe exatamente, quando canta
para fazer o pênis cansado, que adormecido
levantar em tempo e glória.”
estes eram os primeiros que lançavam Ifá
para “Pênis cansado”, no dia
em que ele não sabia se
levantaria ou não levantaria
Esta era a questão.
Ifá diz que este é o tempo certo
para levantar e recber
com respeito ao assunto consultado a Ifá
Ifá instrui este cliente
a fazer sacrifício
para não falhar, quando for repentinamente
e urgentemente chamado para
realização de algo, propriamente.
Este cliente deve sacrificar
para acordar refeito pela manhã,
pois o trabalho está esperando.

OKANRAN-OSA

Okanran-Osa fala do conhecinebto de quando lutar, conhecendo quando correr e


conhecendo quando negociar.
Quando Okanran-Osá vier com Irê, algumas das palavras chaves são: força de reação,
forças bem direcionadas, uniformidade interior, autocontrole, erotismo, confiança e
autoconfiança, regeneração e autoconcentração.
Quando Okanran-Osa vier com Ibi, algumas palavras-chaves são: perigo, dispersão,
vulnerabilidade, escurecimento espiritual, obssessão, manias.

OKANRAN-IKA

Quando Okanran cai e Iká cai,


Ifá fala das “Idosas da Noite”
Ifá diz que uma bênção está vindo
de destreza, competência e mestrado
de uma certa arte secreta. Seja cuidadoso
contra aqueles que são guardadores de seus segredos,
porque ele não podem abalar seus poderes.
Evite ser ridicularizado ou desprezado.
O melhor remédio contra os que estão aborrecendo você
é ser silencioso sobre seus segredos,
falar com a língua dos céus,
esta é a mensagem. Ifá diz
que alguém está planejando fazer algo,
que ainda não está totalmente claro,
mas que você já tem reconhecido
os sintomas, não identificando ainda a causa.
Nós precisamos sacrificar para
que aqueles sinais distantes sejam entendidos.
Sacrifíque, então, que você pode descansar
Facilmente, em sua própria cama.

OKANRAN-OTURUPON

“Ninguém sabe o que o mundo trará amanhã;


o dia seguinte é um mistério.” Lançava para
Olakulehin Mosebola, que era instruído
a sacrificar, porque um final viria
para sofrimento dela, e para ela
dar vida novamente, a todas as crianças mortas.
Ela ouviu e fez o sacrifício.
Eles disseram que se o frango de alguma galinha morre,
a galinha dará vida a todos os frangos novamente.
Ebo: uma galinha, um pombo, um caracol e dinheiro.

OKANRAN-OTURA

“O pincípio: “O-que-você-faz-por-mim-eu-farei-por-você”
sempre achamos difícil de conduzir
uma discussão, a um final satisfatório.”
Lançava Ifá para Olukoya, no dia
em que eles disseram-lhe que sacrificasse
para prevenir uma discussão entre
ele e sua querida família, de arruinar as relações e a amizade.
O sacrifício era quatro frangos
algum óleo de plama e 1.600 cauris.
Olukoya ouviu e fez o sacrifício.

Okanran estava lançando para líder das serpentes.


Oturá estava ançando para líderes das serpentes.
que era avisado que não se comprometesse
numa luta, para não levar o resultado
em perdas para seus amigos entre eles, sua própria família.
Se o líder das serpentes gostasse
de estar sempre no bom caminho com sua família,
ele ofereceria veneno e flecha,
uma aljava, remédio perigoso,
uma cabra e 2.000 cauris.
O líder das serpentes ouviu, mas
sendo escorregadio, recusou ofertar.
Como resultado, serpente nunca seria
uma espécie, em frente as outraas.
O ebó para esta pessoa será
Folhas, uma flecha numa aljava
maus remédios, uma cabra e dinheiro.

OKANRAN-IRETE

Okanran-Ate lançava para Egungun-árvore


que era instruído a sacrificar
Egungun-árvore recusou sacrificar, dizendo
que ele também era grande, para poder suportar
as outras árvores.
Ebo: 16 pombos e algum dinheiro, então
isto não cairá, e não terá outras árvores para suportar.

OKANRAN-OSHE

“Se você não souber o que fazer consigo mesmo,


como pode qualquer pessoa diferente, falar isto a você ?
eram os primeiros que lançavam para
meu Pai Oshoosi, no dia
em que ele obteve 401 instruções conflitantes,
sobre como ele esperava agir.
Havia Oshoosi: como poderia
ele nunca aparecer aqui ?
Uma pessoa disse: “Faça isto !”,
Enquanto a outra disse: “Faça aquilo !”
é estranhamente suficiente “isto” ou “aquilo”.
Pai disse para si mesmo: “Se eu não souber
o que fazer de mim mesmo, como pode
qualquer pessoa diferente, falar-me o que fazer ?”
Bem agora, isto faz sentido, claro.
Então, Oshoosi tomou seu arco e flecha e foi caçar.
Como sempre, uma pessoa disse: “Vá por aqui !”,
Enquanto a outra disse: “Vá por ali !”,
onde na primeira mudança de opinião
rapidamente disseram: “Vá por ali !”,
que deu em uma segunda péssoa
para redirecionar: “Vá por aqui !”
Pai Oshoosi estando completamente farto de tantos absurdos
Replicou: “Até que você, finalmente imagine
tudo o que é, o que você quer ou significa
eu irei pelo meu próprio caminho, segundo meu próprio nariz,
até eu chegar onde a brincadeira está escondida.”
“Algo diferente ? Não, não existe
algo diferente,” então a dispuita continuou
sem Pai Oshoosi, que trotou
alegremente dentro da floresta e ouviu
ecoando atrás dele, ainda o conheço-tudo-isso:
“Mire para o alto”. Não, mire embaixo !”
“Não, certamente mire alto !”
“Não, claro que mire embaixo !”
Oshoosi encolheu seus ombros, apontou
seu arco, exatamente onde ele mesmo
pensou que apontaria, e claro
todas as suas flechas encontraram seus alvos.
Eles que tentaram ensinar Oshoosi como atirar,
são como um homem explicando para uma mulher.
Pai dançou e regozijou, louvando o Awo
que, por sua vez, louvou Ifá, porque
sua adivinhação tinha falado a verdade.
“Se você não souber o que fazer consigo mesmo,
como pode qualquer pessoa diferente, falar a você ?”
Aqueles eram os primeiros que lançavam Ifá
Para meu Pai Oshoosi, no dia
que ele obteve 401 instruções conflitantes
sobre o que fazer, no dia
que ele deixou seus avisadores disputando atrás dele
e veio livre e bem sucedido, novamente.

OKANRAN-OFUN

“Se uma pessoa tem sofrido adversidades


por um longo tempo, isto mudará em prosperidade.”
Era lançado para Okanran-Abasewolu
que é “Ele-que-entra-na-cidade-com-trabalho”
que era instruído para sacrificar um pombo,
um frango e 1.200 cauris.
Ele ouviu e fez o sacrifício
Ebo: um pombo, uma galinha e dinheiro
então, ele pode unir-se à riqueza.

OGUNDA-OGBE

“Kanrangbada-Akara-ngbada !
Eu estou na casa de Owa
Deixe novo dinheiro encontrar-me
Deixe novas mulheres encontrar-me
Deixe novas crianças encontrar-me
Quando uma nova criança vê Alakara,
lança fora a peça de yam
Ogundasoriref‟Ogbe, de-me prosperidade !”
Remédio: comer seis bolos de feijão fresco ou akara-fule
e o iyerosun no qual Ogundasoriref‟Ogbe
tem sido feito, e sobre o qual
o rezador acima tem dito. Use esse remédio
primeiro devendo estar imaculadamente vestido
e sentado sobre boa esteira.

OGUNDA-OYEKU

“Enikan da casa de obara-gbaradodo-gbaradodo”


lançava para “Entrada da Estrada para casa”, no dia
em que ele andava direto para família.
Eles instruiram-lhe a sacrificar
para nunca ficar sozinho novamente:
quatro pombos e 3.000 cauris
Entrada da Estrada ouviu e fez o sacrifício.
Entrada da Estrada sempre se regozijará em ver muitas pessoas ao redor dele.
O ebó é quatro pombos e 3.200 cauris.
OGUNDA-IWORI

“Sucesso no comércio, lucros nos negócios !”


início de uma possibilidade de negócios no mundo.
“Ogum provê um negócio proveitoso
e nós estamos poderosamente agradados.”
Lançava para um bebê recém-nascido
que atraía muitos presentes (dádivas)
O Awo disse que algo seria sacrificado
para o bebê ter vida longa e boa prosperidade,
e para a criança continuar progredindo na comunidade.
Ebo: um carneiro, roupa branca, pobos e 44.000 cauris.

“Ogunda é o Awo de agba-tocador


Iwori é o Awo de ipese-tocador de Ifá
uma guerra em andamento é anunciada
pelo toque de agba-tambor e o ipese-tambor
não é mais uma guerra secreta, a guerra
se tornou agora, uma guerra de reis.
Estava lançando para homem preto, que
ficou para fora.
Ficou até o momento de saudar Eshu, bem.........
Eshu tomará conta de suas boas coisas.
Pare agora, e saúde Eshu.

OGUNDA-ODI

Ogum decidiu fazer uma viagem.


Ele arrumou sua bagagem.
Orunmila disse que a viagem de Ogum
seria prazeirosa, e que
ele retornaria satisfeito para casa.
O sacrifício era um galo
óleo de palma, noz de cola e 44.000 cauris
Ogum ouviu e fez o sacrifício.

OGUNDA-IROSUN

“Ogunda não faz ofensa,


Ogunda não causa dor
não é bom punir Ogunda !”
eram os primeiros que lançavam para Olowo
no dia em que ele estava falando
em fazer sacrifício para
não ser punido ao longo de toda sua vida.
Eles disseram-lhe que nunca em sua vida
Olowo seria punido.
“Qual é o sacrifício ?”
Olowo perguntou muito feliz.
Um pombo, um carneiro, 4.400 cauris
Olowo ouviu e fez o sacrifício.
Sempre honrar e respeitar as outras pessoas
é o melhor para não ser punido
o filho de homem hontado.
Uma árvore é honrada
em sua forma complicada;
albinos são honrados por causa de Obatala
Todos vocês, honrem-me !

OGUNDA-OWONRIN

Marca de Ogunda-Owonrin em iyerosun


e chamamos Ifá, deste modo: “Ogunda‟Wonrin !”
Permita a luta, eu lutarei honradamente
Após a luta, o leão é o vitorioso
Após a luta, o trovão é o vitorioso
Ogunda ! Você que os lança ao chão,
quando luta, o dia inteiro, em todos os lugares,
permita que minha luta seja honrada. Ajaguyi
Pôr o iyerosun no óleo de plama e lamber
antes de ir para o campo de batalhas,
ou moer iron juntos
com pele de leopardo ou couro
e atari com raio
marcar Ogunda‟Owonrin nisto
e invocar como instruído.
Esfregar na cabeça
antes de ir para luta.
Competidores, a arte marcial
de Ogum, faz bem iindo com isto.

OGUNDA-OKANRAN

“Ogunda-Okanran, Okanran-kangun-kange
era lançado para Egungun, no dia
em que ele não lucrou nenhum dinheiro com seu negócio.
Eles disseram-lhe que no mesmo ano,
no final, tornaria para seu sofrimento.
Ele ofereceria uma cesta cheia de noz de cola
e um pacote de chicotes.
Ele ouviu e fez o adimu.
Ifá diz que o final deste ano trará um sofrimento.

OGUNDA-OSA

Ogunda‟as estava lançando para um bebê recém-nascido.


Eles disseram que um sacrifício seria feito
para fazer o bebê viver, e deixá-lo
alegre no mundo. O sacrifício era uma guinea-ave
um pombo e 24.000 cauros
Eles ouviram e fizeram o sacrifício.

OGUNDA-IKA

Orunmilá diz: “Ogunda‟Ka !”


Eu digo: “Ogunda‟Ka !”
Ifá era lancado para Omotade
Eles nos falaram para esmolar a Orunmila
porque Omotade não seria
contado entre os ladrões.
O sacrifício era quatro galinhas, ratos,
peixes,, óleo de plama e 8.000 cauris.
Omotade ouviu e fez o sacrifício.

OGUNDA-OTURUPON

“Ogum enviou prosperidade à casa de Oturupon”


lancava para as pessoas de Ifé-Ooye, no dia
em que eles estavam aborrecidos sobre suas prosperidades.
Eles disseram que um ano de riquezas estava chegando
um ano de prosperidade, um ano
de doação de vida a muitas crianças.
Eles sacrificariam dez pombos,
dez galinhas e 20.000 cauris,
para não lutar novamente.
Eles ouviram e fizeram o sacrifício
Ebo: dez pombos e algum dinheiro.

OGUNDA-OTURA

“Eu sou muito limpo” lançava para “Pedra na água”


no dia em que “Pedra” estava com grande medo de desgostos.
Eles a instruiram a não temer desgostos,
mas sacrificar para não cair doente.
Eles também falaram-lhe para sacrificar,
para permanecer em seu lugar, pois
pedras na água são frequentemente movidas pela correnteza.
O sacrifício era um caracol, um pombo
3.200 cauris e folhas
Ela ouviu e fez o sacrifício,
E permaneceu livre de desgostos e doenças
Ebo: um caracol, um pombo, dinheiro e folha.

OGUNDA-IRETE
“Se nós quisermos falar uma mentira, temos que ser inteligentes;
se nós quisermos falar uma verdade, temos que ser pacientes;
uma pessoa inteligente não engana a outra !”
era o primeiro que lançava pra Ogum, no dia
em que Ogum tornava-se o Awo do mercado de mulheres.
O ebó foi feito. Desde que o Awo de Egungun
Escondesse seu rosto, para que as mulheres não o vissem.
Ebo: uma máscara, um cão

OGUNDA-OSHE

Eguntan‟Se lançava para Orunmila Alade


No dia em que ele estava com sérios problemas.
Orunmilá era falafo que ele honraria
seu próprio Ori com um pombo
Ebo: um pombo, um cão, óleo de palma e folha.
A folha precisa ser usada para banho.

OGUNDA-OFUN

“Ogunda dá o objeto ao proprietário,


se você não der o objeto ao proprietário,
eu o tomarei de você com discussão e violência,
apesar de eu não ir a sua casa para disputá-lo.”
Lançava para Viajante, no dia
em que ele dormiria na casa de um grande homem.
Falaram-lhe para sacrificar, para
que ele não perdesse suas posses,
para o grande senhor da terra. O sacrifício era
uma galinha, 12.000 cauris e afi-folhas.
Moer junto tagiri e eesin-folhas
com sabão preto e o valor de 1.200 cauris,
pôr em um canto da casa
e deixar o sangue da galinha gotejar sobre isto.
Usar para banho.

OSA-OGBE

“A armadilha matou o cão, mas não teve tempo para comê-lo.”


“A armadilha matou o carneiro, mas não teve tempo para comê-lo.”
“Atimumu matou a cabra-macho, mas não teve tempo para comê-la.”
Eshu-Odara me permitiu levar meus tesouros para casa
Oferecimento: óleo de palma sobre Eshu, ou no chão
dentro ou fora da casa desta pessoa.

OSA-OYEKU

Osayeku vem aqui, correndo,


e vem correndo, lá, Morte desaparecerá
da cabeça de alguns.
Era lançado para Galho de árvore, no dia
em que ele estava para ser arrancado por um forte vento.
O sacrifício era fazer: o vento vir
mas o Galho ficar no lugar.
Ebo: uma tartaruga, um pombo e algum dinheiro
Ifá diz que o dia da tempestade
já pode ter chegado. Esta pessoa teve
o primeiro sinal da tempestade vindoura,
não há um segundo a perder.
Esta pessoa oferece certo, agora !

OSA-IROSUN

“Como é um dia
raramente é o próximo dia;
isto é porque o Awo
consulta Ifá regularmente.”
Lançava para Osá, de quem o pai possuia vinte escravos;
e para Iwori, de quem o pai possuia 30 escravos,
o que significava que Osá devia-lhe respeito, no dia
em que ambos choravam porque não tinham prosperidade
e não podiam prever nada de bom em seus futuros.
Aquilo mudaria, sacrificando para prosperidade,
para dinheiro, para crianças e para todas as coisas.
Oito pombos, oito galinhas, oito sacolas de cauris.
Ambos ouviram e fizeram o sacrifício
Eles deram folhas, que os habilitaria
a enriquecer, como os Awos tinham dito.
Toda semana nós consuiltamos Ifá
porque como é hoje
raramente será amanhã, e quem
tem intestino para dizer que o Awo
lucraria um salário decente ? Bem ?
Osá ve dinheiro. Iwori faz riqueza
E quem disee que os Awos
seriam sempre pobres ? Bem ?

OSA-ODI

“O caminho para Osá não está aberto; o caminho para Osá está bloqueado.”
Era lançado para Osá, que encontrava
capacitado a ir a algum lugar.
Ifá diz que o sacrifício deve ser feito, para abrir o caminho de Osá:
Uma lanterna de barro, óleo de palma, 800 cauris e folhas
Moer okro-folhas com sabão para banho.
A lanterna precisa ser iluminada
quando a oferenda for feita.
OSA-IROSUN

“Todos que tem dinheiro


são capazes de comprar coisas boas.”
Era lançado para Eeka-Alaje.
Eles disseram-lhe que ele seria próspero
e teria muitas crianças
quatro galinhas e 3.200 cauris
serao oferecidos. Ele ouviu
e fez o sacrifício
Ebo: quatro galinhas e 780 cauris

OSA-OWONRIN

Osá-Owonrin aponta para insconsciência de correr para fora de problemas ou


escândalos. O cliente pode encontrar, inesperadamente, mudanças desagradáveis em
relacionamentos.
Se Osá-Owonrin vier com Irê, algumas palavras-chaves são: sucesso social,
energia, prosperidade, novos começos, previsões, força de reação, erotismo, bom
direcionamento de poder, catalizador para regeneração. Se Osá-Owonrin vier com Ibi,
algumas palavras-chaves são: rispidez, ganância, pobreza, decadência, perigo,
desarmonia, compulsão, vulnerabilidade, estupidez e traição.

OSA-OBARA

“Covardes entregam-se a miséria.”


Lançava para Cabaça, no dia
em que ele estava dependendo da mulher
e de uma criança pequena.
Oh, sim ! eles falaram-lhe para sacrificar
um pombo, uma galinha e cauris
em favor de não ser abandonado
por aqueles que foram seus admiradores
em seus dias de fama e glória.
Cabaça ouviu, mas não ofereceu.

“Osá retornou rápido depois de ter corrido,


ele retornou para sua casa.”
Você la ! Voltou rápido !
Uma pequena criança precisa correr rápido
da eesin-fazenda.
Você lá ! Voltou rápido !
Prepare folha para dividir seis partes de kola
Tome seis eesin-folhas brancas
Escreva Osá-Obara no iyerosun
da bandeja de Ifá.
Então, cante alto e sonoro
a invocação que dei-lhe, intercalando
o nome da pessoa fugitiva.
Então, espalhe algum iyerosun
no eesin-folha, com uma das
seis partes de kola, e leve
pra Eshu, que mora fora
do portão da cidade.
Você repetirá isto seis vezes,
percebendo, por conta
que são seis partes de kola.
Isto trará o fugitivo de volta para casa.
O fato agradável sobre este Ifá é que
como o fugitivo pode estar longe, ele não
pode ajudar ouvindo seu nome
quando este é cantado na invocação.
Eesin-folha, peça de noz de kola,
pequena porção de iyerosun.
Usar seis vezes é suficiente
Para, satisfatoriamente, terminar esta operação.
Depois de você ter feito estas coisas
lubrificar Eshu, generosamente, com algum óleo .

OSA-OKANRAN

“Ele que não pode carregar insultos, não


construirá sua casa em local distante.”
Era lançado para Caracol, no dia
em que eles falaram-lhe para sacrificar uma tartaruga
e 1.800 cauris. Caracol sacrificou
e eles informaram-lhe que ele
conquistaria paz e calma em sua casa,
que ele estava indo construir.
Isto é dito porque pessoas nunca são rápidas
na casa de Caracol, e porque
ninguém chora na casa de tartaruga.

OSA-OGUNDA

Um alto Aaja disse que ele previa uma guerra


O sacrifício prescrito não foi feito.
Sete dias depois, a guerra quebrou tudo
Olibara tinha fugido da cidade
Ebo: um carneiro e dinheiro.

OSA-IKA

“Palavras faladas secretamente, se tornarão públicas


e o mundo oculto será aberto às pessoas.”
Era lançado para Ayekogbeje, no dia
em que um bom amigo, fez público um segredo pessoal
Uma pessoa confiável trairá um segredo.
Eles falaram-lhe para sacrificar,
para não fazer algo vergonhoso em segredo,
e para seu segredo não tornar-se público
O sacrifício era um caracol, óleo de palma,
manteiga de cacau, um pomo, 6600 cauris e folha
Ele ouviu e fez o sacrifício.
Para você, meu amigo, a oferenda é
um caracol, oleo de palma, manteiga de cacau
um pombo, 630 cauris e folha.

OSA-OTURUPON

Osá-Oturupon refere-se a incapacidade de criar vida, infertilidade e inabilidade


para viver uma longa vida. Sacrifício para estender sua vida, para que desfrute
longevidade e um sacrifício para Ogum poder resolver o problema da infertilidade. Se
você quer ter um bebê: sacrifício correto para Ogum agora, e o resto do trabalho é para
você e seu parceiro.

OSA-OTURA

“Osá reuniu-se a Otura no caminho,


e o corpo de Oturá tornou-se muito frio. “
Era lançado para Pombo, que estava falando
que todos os kugares do mundo seriam
muito aprazíveis para pombos.
Pombo fez o ebo correto
e desde aquele dia, pombos
vivem em todos os lugares. Ebo:
etu, nos de cola e dinheiro.

OSA-IRETE

“Se um que dorme sozinho


também tem o infortúnio de dormir mau,
só Olorum pode acordá-lo.”
Eram os primeiros que lançavam
Ifá para o Estrangeiro, no dia
em que o Estrangeiro, foi para os campos
de Eluju, para ir e viver lá.
Eles falaram-lhe que seria fácil para ele
Carregar sua carga, para sua nova casa.c
Eles falaram-lhe para sacrificar para
encontrar alguém que fizesse isto para ele,
ajudá-lo a carregar sua carga sobre sua cabeça.
“Sim, sim” Estrangeiro disse, “mas diga-me:
o que pode ser sacrificaddo ?”
O sacrifício é uma galinha
3.200 cauris e folha feita de olusesaju,
prssionando estas folhas na água,
para banho com sabão. Estrangeiro
oh, Estrangeiro nesta terra !
Estrangeiro ouviu cuidadosamente
E fez o sacrifício.
O Estrangeiro foi pára os campos
preparando sua carga, mas
olhando à esquerad e à direita
olhando atrás e à frente
em todos os lugares ele olhava e não viu
um que o ajudasse.
Então, os Ventos dos Céus vieram
e tiveram piedade de Estrangeiro que, após tudo
tinha oferecido corretamente
e o ajudaram a carregar sua carga.
Ele disse: “Esta carga é agora a carga de Olorum,
um crédulo ! Efufulele, portanto, ajude-me
a colocar esta carga em minha cabeça, Efufulele
Você não conhece, meu amigo,
você não os compreende, depois de tudo,
que aqueles que não tendo humano para ajudar
precisam colocar toda sua verdade em Olorum ?”
Você não sabe isto, meu amigo ?

OSA-OSHE

“Osa-she, Orin-she, a criança segue o modelo do pai.”


Era o primeiro que lançava para Oluigbo e Oluodan. Ambos
foram instruídos a sacrificar uma cabra,
mas só Oluigbo sacrificou.
Eels falaram a Oluigbo que todas as coiss boas
viriam em suas mãos,
e que as pessoas viriam a eles
pedindo-lhe por coisas boas.
Ebo: uma cabra.

OSA-OFUN

“Osa estava viajando e encontrou Ofun em seu caminho.”


Lançava para Pessoa, no dia em que ele estava
viajando para outro país. O ebo foi feito
Pessoa fez uma viagem feliz. Ebo:
4 pombos, 4 galinhas e algum dinheiro.

IKA-OGBE

Oritoteere, o Awo da floresta, lançava para Adiloye,


No dia em que ela lamentou, porque não tinha crianças.
Eles a instruiram a sacrificar dois carneiros e 12.000 cauris.
Ela ouviu e fez o sacrifício.
Ela tornou-se muito rica e teve muitas crianças.
Ela cantou: “Deiloye d‟opagum
“vejo muitas crianças atrás de mim
vejo muitas crianças atrás de mim.”
Ebo: dois carneiros e 44.000 cauris.

IKA-OYEKU

Iká-Oyeku da uma solução aos males da infertilidade e induz a maior afirmação


no caráter do cliente. Quando Iká-Oyeku ca, um rompimento ou deteriorização pode ser
restaurado. Em Iká-Oyeku com Irê, algumas palavras-chaves são: ordem social,
estrutura divina, habilidades técnicas, inteligência, inspiração, consciência,
descendência e transformação. Quando este Odu vier com Ibi, algumas palavras-chaves
são: doenças, auto-engano, decomposiçãp, escurecimento espiritual, incompetência,
mortalidade, falta de criatividade, depressão.

IKA-IWORI

“Okakaraka, a cabeça da Morte”, estava lançando para Ika,


que tomou conta de uma pessoa doente, em sua casa
Esta pessoa certamente, morreria.
Eles falaram a Ika para sacrificar, para que outros em sua casa
não fossem infectados pela pessoa doente:
uma cabra, uma galinha, algum alcool e folha.
Moer a folha e misturar com oleo de palma,
usar a pasta resultante para esfregar no corpo.

IKA-ODI

“Quer um homem seja simplesmente liberal,


ou quer seja justo e também liberalmente simples,
em ambos os casos, ele frequentemente, será mentiroso também.”
Lançava Ifá para Agba tambor, no dia
em que ele pensou, que ele estaria com problemas.
Eles instruiram-lhe a sacrificar
para não ser punido severamente, e para
não andar diretamente para a armadilha do problema.
“O que era que sacrificaria ?” Eles disseram
para Agba tambor ofertar dez ovos, manteiga
pedras de trovão, 44.000 cauris e folha
Moer oriji-folha e olusesaju com pimenta preta
e fazer uma sopa com os ovos, escorregando lentamente
uma pedra de trovão para dentro da fervura do caldo e deixar esfriar.
O caldo será tomado como primeira coisa, pela manhã
sendo bom remédio !”
Agba tambor recusou sacrificar, e desde então
ele é batido todo o tempo, sonoramente !

“Quando um jovem garoto desavergonhado


encontra um velho Awo, o garoto bate (com ritmo) nele;
no encontro de um velho doutor de ervas,
ele punia as Idosas pesadamente
sempre que ele via um velho sacerdote Musselina,
ajoelhando no chão para rezar,
ele bateria nele, inconscientemente. “
eram os primeiros que lançavam para “Desobediente”
que disse que ninguém poderia ensinar-lhe uma coisa.
“Por que isto ? Você não sabe
que a criança que bate nos velhos
sacerdotes Musselina rezando, encarará
logo sua própria morte prematura ?
Pois morrem rapidamente, suas vidas
serão realmente encurtadas,
muito rapidamente, realmente.

IKA-IROSUN

“Louvem todos”, o Awo de Irosun.


Lançava Ifá para Irosun, no dia
em que ele estava preocupado com seu futuro.
Irosun foi convidado a sacrificar,
para viver um longa vida no mundo.
O sacrifício era um carneiro
Erva chamada pepereku e 3200 cauris.
Ele ouviu e fez o sacrifício.
Eles concluiram: Pepereku vevi muito.
Ebo: 1 carneiro, pepereku e 780 cauris.

IKA-OWONRIN

Ika-Owonrin aponta para a necessidade de evitar ações apressadas, para não


arrependermos mais tarde. Quando Ika-Irosun vier com Irê, lagumas das palavras-
chaves são: sucesso social, prosperidade, previsão, novos começos, habilidade écnica,
inspiração, criatividade, transformação e descendência. Quando o Odu vier com Ibi,
algumas palavras-chaves são: doenças, decomposição, inabilidade, falta de criatividade,
ganância, decadência, pobreza e desarmonia.

IKA-OBARA

“Ande rápido que nos estamos indo a tempo,


Voe rápido, que nós estamos voltando a tempo.
Lançava para Kite que repartia com Pombo, no dia
m que ambos preocuparam-se sobre ser ou não ser popular com os homens.
Eles falaram para fazer sacrifício
para ser amado por todos os seres humanos.
O ebo era oito caracois, 16.000 cauris e folha.
Eles ouviram e não sacrificaram
O pombo se sentiu muito desamado
Ebo: oito caracois, 1600 cauris e folha.
IKA-OKANRAN

Ika estava lançando para Eka


Okanran estava lançando para Eka,
Que foi avisado que
Morte estava no caminho para sua casa,
em virtude de suas más ações.
Se Eka não quizesse ser morto
ele sacrificaria um carneiro
e uma roupa preta de seu corpo.
Ele também pararia de ser mau,
e vestiria só roupa branca.
a partir daquele momento.
Eka ouviu e recusou a oferecer.
Ifá diz que esta pessoas deve desistir
de fazer coisas más,
e ele melhorará seu caráter nojento.
Ele será instruído para
sempre vestir roupas branca.
O ebo é uma cabra e roupa preta
que o cliente esta vestindo.

IKA-OGUNDA

“Algo doloroso que é feito para nós


nós não devemos fazer para outros.”
Estava lançando para Ogum, no dia
Que ele estava lutando todos os dias
e quebrando muitas armas.
A oferenda era feita, e eles
falaram-lhe para parar de lutar.
Adimu: pena de guinea-ave
inheiro e folha.

IKA-OSA

“O mundo é frio. Nós estamos permitindo


as pessoas más deixarem a cidade.”
Era lançado para Jokoje, no dia
em que ele estava muito mau e precisava descansar.
Eles disseram que, se Jokoje procurava
ter paz e calma, ele ofereceria
uma roupa verde, um pombo, um carneiro e 20.000 cauris
Jokoje ouviu e fez o sacrificio
Eles disseram que ele usaria a roupa verde.
Ebo: uma roupa preta, um pombo
um carneiro e dinheiro. A roupa será usada
sempre que precisar descansar. E teríamos
em mente que verde e preto são chamados
a mesma cor, aqui e la.
IKA-OTURUPON

“ A tartaruga se beneficia da cabaça sobre suas costas,


o animal Irere tem um tórax muito grande,
um velho redemoinho frequentemente corta o topo
da árvore Iroko, com muitas folhas.”
Era lançado para “Senhoria”, senhora de terra,
que tinha construído uma casa com dezesseis quartos.
Eles instruiram-na a sacrificar,
para encontrar uma pessoa boa e confiável
que impedisse os ladrôes de roubarem sua propriedade,
o que, indubitavelmente, a perturbaria muito.
O sacrifício era 16 pombos, 2 patos,
16 caracóis, 32.000 cauris e folha.
A senhoria recusou sacrificar.
Ela disse que ela não precisava preocupar-se,
pois de onde um adrão viria, para roubar
seus pertences dos dezesseis quartos ?
Obalufon procurou casar-se com ela, mas ela recusou.
Osanyn procurou casar-se com ela, mas ela recusou.
Ogum tentou, mas ela recusou.
Orunmila tentou, mas ela recusou.
A senhoria costumava dormir nos dezesseis quartos,
Então, aquele não mau homem, a agarraria.
Ela cuidadosamente trancou todas as portas da casa,
durante à noite, antes de ir para cama.
No dia que Orunmilá quis envergonhar a mulher,
com seu Irofa em sua mão e palavras de Ifá em sua boca,
Orunmila abriu todas as portas e alcançou a mulher.
Durante todas as coisas que Orunmila fez
para a mulher e par a casa, ninguém acordou.
Ela olhou para seu corpo e viu o que era feito dele,
e não sabia quem tinha feito isto com ela.
Ela perguntou aos guardas da casa, mas
todos eles não souberam contar, porque tinham dormido
a noite toda até pela manhã.
Ela ordenou que todas as crianças da casa fossem para fora,
e fez barulho com o sino , xingou e praguejou o homem
que tinha estado em sua casa, naquela noite,
fazendo coisas más.
Eles disseram que eles podiam e falaram onde eles podiam,
mas ninguém reagiu de modo algum.
Muito cedo, na manhã seguinte, Orunmila foi com seus amigos
tocando sino e cantando:
“Xingamento mata o xingador, awerepepe
praga mata o praguejante, awerepepe.”
Quando a mulher compreendeu que tinha sido Orunmila,
que tinha tentado casar-se com ela, ela chamou-o
e falou-lhe que só ele podia ser seu marido,
e que ele viria para sua casa.
O significado desta história é que
quando este Odu é lançado durante a cerimônia de nomeção
de uma garota, os pais são avisados que esta garota
precisa tornar-se esposa do babalawo.
Ela conduzirá uma vida próspera, e
dando paz e calma a sua vida,
e casará com o babalawo.
O ebo: 16 pombos, 2 patos, 16 caracóis,
16 unidades de dinheiro e folha

IKA-OTURA

Ika-Otura, o coletor, o associador,


ajude-me a ganhar dinheiro. Ajude-me
a ter uma esposa. Ajude-me a ter
crianças. Venha e traga todas as coisas boas
juntas em minha casa. Remédio:
Escreva Ika-Otura no iyerosun,
cante a invocação acima,
use isto para marcar a cabeça,
ou ponha em oleo e coma.
Prosperidade é parte
do destino desta pessoa.

IKA-IRETE

Ika era lançado para Awofusi;


Irete era lançado para Awofusi.
Eles disseram-lhe que por onde ele fosse
boas coisas o encontrariam
Eles instruiram-lhe a sacrificar
Um pombo, um frango, 12.000 cauris e folha.
Queimar a cabeça de uma cobra
com olusesoju-folhas e eso-folhas
misturar o pó com sabão
e usar para banho
Awofusi ouviu
e fez o sacrifício.

IKA-OSHE

Ikase, Ikase era lançado para Osikeleke


no dia em que ele surpreendeu-se
que seria pobre para o resto de sua vida.
Eles disseram-lhe que ele seria muito pobre em sua vida.
Então ele perguntou o que ele sacrificaria,
para não ser pobre em sua vida.
Disseram-lhe para sacrificar seis pombos
noz-de-cola e abundância, todos maus remédios
de sua casa e de sua fazenda e folha.
Ele ouviu, mas recusou sacrificar.
IKA-OFUN

Ika era lançado para Tartaruga


Ofun era lançado para Tartaruga
que falava que ele sacrificaria
para aqueles que lhe deviam dinheiro
finalmente e totalmente pagassem seus débitos.
O sacrifício era um pombo, 2.000 cauris e folha.
Esfregar a parte dianterira da cabeça com eesin-folhas brancas,
então queime as folhas com atare pimenta
e use essa mistura para marcar a cabeça.
Salve o remédio em ado, que é
uma minúscula cabaçacoberta com etu-cloth
use isto quando você for cobrar dinheiro
de seus devedores.

OTURUPON-OGBE

“O mascarado Oturu veste a cabaça;


o mascarado Oturu veste o barril (ou tambor)”
era lançado para o Acrobata, no dia
em que ele lucrou 2.000 cauris no seu show,
no dia também, em que ele realizou seu show,
e mais tarde, fez sexo com
a esposa de Olofin, no primeiro Otu-Ife.
Eles o capturaram,
o Obá ordenou sua execução.
No caminho, para o local da execução,
O acrobata transformou-se em Agemo,
um Orisha. Oh, sim, havia Oturu
que viajava para Otu-Ife
para apresentar seu show.
O olofin observou
que ele não sabia como todas as suas esposas
tinham, de repente, engravidado.
Ele considerou um mistério
uma ocorrência completamente extraordinária
e também algo suspeito.
Ele consultou os Awos, que falaram-lhe
para levar 2.000 cauris e convidar
Oturu, o acrobata, paa dar um show.
Quando o acrobata chegou, ele deu
um show espetacular, e tornou-se
o favorito das pessoas.
Sim, provavelmente um pedaço a mais
do favorito, porque tornou-se claro
muito claro, que era ele
que tinha dormido com a esposa do Oba.
Eles o agarraram, e foram
Instruídos para mata-lo.
Quando os chefes procediam para executá-lo
eles tiveram uma enorme surpresa.
porque ele tinha se transformado em Agemo !!!!
Naquele momento, eles compreenderam
que era impossível sequir
a ordem do rei. Ifá diz
que esta pessoa tem um lugar
e função claras na sociedade, e se
ele usar seu cérebro, só um pouco, nada
ficará em seu caminho. Ifá também diz
que alguma precaução sexual pode ser
aconselhavel, porque frequentemente, tudo está bem
quando acaba bem, mas algumas vezes
não acaba nada bem !!!!

OTURUPON-OYEKU

“Okebeebee, o Awo do mundo,


lançava para o ayo jogo e
para as crianças.
Eles disseram-lhe que eles sempre
jogariam o ayo jogo
Jogando com crianças
um pode compartilhar suas alegrias.”
Isto era lançado para um homem rico
que era muito infeliz.
A oferenda é
uma cabaça de massa de inhames,
um pote de sopa, diversos tipos de comidas
2.000 cauris e
semear ayo com sua tabua de jogo.
Convidar pessoas em sua casa
para jogar o jogo do ayo com você.
para fazer a tristeza desaparecer
e para evitar a morte.
“Uma grande confusão, amigos de baralho de cartas”
lançava para Baralho de Cartas, no dia
em que um Homem Rico quis jogar
com crianças. Ifá diz
que nós só imitaremos as crianças
na alegria, e que Homem Rico
estava falando em seu lugar.
Ifá falo a Baralho de cartas para oferecer
para receber alegria.
Deixe que as pessoas venham e comam com você
joguem o jogo de cartas, para fazer
suas tristezas e preocupações desaparecerem.
A oferenda é uma cabaça de massa de inhames,
um prato de sopa, muitos tipos de comida
2.000 cauris e um baralho de cartas.
OTURUPON-IWORI

Agberupon lançava para Maize.


Eles a instruiram para sacrificar
para ter segurança na entrega de seu bebê, que
ela poderia perder.
O sacrifício era um pombo, 3200 cauris, um cinto e folha.
Ela ouviu e recusou sacrificar.
Ifá diz que esta pessoa deve ser muito cuidadosa
com o que faz e empreende.

OTURUPON-ODI

O mundo é bonito, o céu é deslumbrante.


Oduduwa avisou as pessoas do mundo
para retornarem a ele, por reencarnação.
As crianças recusam ir. E os mais velhos
Também recusaram ir. Nós perguntamos porque.
Eles responderam francamente: “Isto não é fácil
ir para os céus e então voltar.”
De qualquer modo, eles teriam ido encontrar Oduduwa.
Orunmila diz: “Céu é bonito, a casa da beleza.”
Oduduwa nunca quis viver em um lugar desprezível.
Orisha é sempre encontrado só em lugares bonitos.
Todos que são chamados devem responder ao chamado.
Uma mãe não chama sua criança para sofrer.
As pessoas desse mindo estão ainda hesitando.
Estão avisadas para sacrificar, então o véu
da escuridão, será levado para fora deles
e eles virão da escuridão para a luz.
Quando eles estão trabalhando eles semprem olham
para os céus e alegram-se com o brilho do sol, enquanto trabalham.
A oferenda é 16 pedaços de pedra de giz,
uma peça de roupa branca, 16.000 cauris e folha.
Se a oferenda prescrita é feita
eles estarão fora do sangue.
Este é um tabu sobre menstrução.
Eles recusaram sacrificar.

OTURUPON-IROSUN

Alguns dos conceitos metafísicos gerais sobre Oturupon-Irosun com Ibi, são
inteiramente interessantes. O Odu com esta orientação fala do mau aviso ou maior
atenção do cliente, sendo indubitavelmente atraído para metas, e a perseguição disto,
que vem sendo imposto por outros, em vez de pelo próprio cliente. Com este Odu
correndo, existe um risco real de sucesso, que o cliente alcança, sendo comente FALSO
sucesso, que são obtidos através de métodos desonestos. Existe também muita
tendência para olhar por orientação e perguntar fora de si mesmo, e Ifá fala a ela de
alguma culpabilidade. Quando sobre influência de Oturupon-Irosun a energia que flui
do cliente está bloqueada (e o Ibi indica que isto certamente se prolongará ) existe uma
perda de propósito e direção, igualmente se extendendo, que se tornará uma dificuldade
para o cliente, fazer uso positivo dos ciclos da natureza. Eu aprefeiçoei a declaração em
alguma coisa como: o cliente pode tentar ir esquiar no gelo no verão e mergulhar no
inverno. Confusão e eventual falha de planos são o resultado de perdas de propósito e
direção. O cliente tende a ser assunto de repetição, modelos ciclicos, de que ele
percebe ser incapaz de escapar. Medida incorreta ou ação incorreta conduzem a
resultado negativo. Tendo o trabalho errado e tendo escolhido uma totalidade de erros,
que podem consuzir a falhas e pobreza. O cliente não está suficientemente
falimiarizado com os caminhos da natureza, e a pressa para compensar estas faltas,
conduz a conflitos entre o cliente e outras pessoas. Algumas das palavras chaves aqui
são: repetição, perda de direção, má medida, falso sucesso, conflitos e maus avisos e
metas erradas.

Batata Amarela, o Awo da bondade,


lançava para Oturupon, no dia
em que ele estava indo casar-se com Irosun.
Eles disseram-lhe que ele teria muitas crianças,
os netos desse casamento,
e que este seria um bom casamento.
Abundância de nos-de-cola, uma galinha e 3200 cauris
era o sacrificio. Eles ouviram e sacrificaram.
Ebo: noz-de-cola, uma galinha w 780 cauris

“Oturupon‟rosun desfruta grande fama”


lançava para Delumo, no dia
em que ela foi advertida que seu marido
lhe daria muito desassossego.
Entretanto, se Delumo sacrificasse
seu marido daria a ela, por outro lado
paz interior.
O sacrificio era dois caracóis
e 44.000 cauris. Ela ouviu
e fez o sacrificio.
Então, foi estabelecido
Que dois caracois nunca lutaM.
Ebo: dois caracois e 4.400 cauris

OTURUPON-OWONRIN

“Dinheiro me vê e segue-me, Oturupon-Owonrin,


uma esposa me vê e segue-me, Oturupon-Owonrin,
uma criança me vê e segue-me, Oturupon-Owomrin.”
Era lançado para Olasibo Atepamosi Kolamalelo,
que era avisado para fazer sacrificio, então
sua honra e bom nome não o deixariam.
O sacrificio era um carneiro e 4200 cauris.
Ele ouviu e fez o sacrificio.

OTURUPON-OBARA

“Honra vem, honra retorna, estava lançando para Yiamooke.


Eles falaram que sua criança teria saúde,
mas que isto não queria ficar com ela,
após ela crescer. O sacrificio
era um pombo e 1200 cauris.
Ela ouviu e fez o sacrificio.
Ebo: dois pombos, ejigbeere-folha, e folha.

OTURUPON-OKANRAN

“Criança é tão importante quanto prosperidade


eu estou feliz com qualquer acontecimento,
eu terei alguém para representar-me.”
lançava para Efunbumbi, significando
“Giz pode me dar isto”,
no dia em que ela quis crianças.
Eles disseram a ela que ela teria muitas crianças,
mas que ela devia sacrificar para a criança
que ela já carregava em suas costas, não tornar-se
um criminoso quando crescesse. O sacrificio
era um pombo, 44.000 cauris e folha.
Ela recusou sacrificar. Tivesse ela sacrificado,
teria sido falado para levar a criança a um banho
usando olusesaju-folhas e eso-folhas, pressionadas
na água e misturada com sabão preto
para uso da criança, quando ela fosse mais velha.
Ebo: um pombo, dinheiro e folha.

Oturupon Konran, Oturupon Koran


era lançado para Orunmila, no dia
que dois de seus inimigos, queixaram-se sobre ele para Eshu
e pediram a esta personalidade para ajuda-los a matar Orunmila.
Os divinos instruiram Orunmila a sacrificar,
duas cabaças, duas galinhas e 480 cauris.
Orunmila ouviu e fez o sacrificio.
Ele amarrou as duas cabaças em seus ombros,
e foi em seu caminho, sacrificar no santuário de Eshu.
Enquanto ele estava em seu caminho, as cabaças se uniram
Uma contra a outra, como dizendo: “Eu matarei Okanran,
eu matarei Oturupon” e foram uma sobre a outra.
Isto ocorreu ao longo do caminho, até que Orunmila
Aproximou-se do santuário de Eshu, os seus dois inimigos
ouviram o que as cabaças diziam, eles começaram
a se preocupar com o que aconteceria se Orunmila os visse.
porque também pensaram que não tinham sido vistos, ainda
eles já estavam perigosamente ameaçados.
Eles decidiram correr antes que Orunmila
alcançasse o santuário de Eshu. Isto é o que Orunmila fez
para ter a vitória sobre seus inimigos. Facil, é !
Ebo: duas cabaças, duas galinhas velhas e 480 cauris
OTURUPON-OGUNDA

Oturupon Eguntan era lançado para Orunmila


no dia em que ele quis ter uma criança.
Eles disseram que o esposa de Orunmila estaria grávida
e que ela teria uma bebê.
Eles instruiram Orunmila para sacrificar
para que o tempo da criança
fosse um tempo melhor para ele,
para a criança vir em um bom tempo.
O sacrificio era uma galinha grande,
uma cabra, 66.000 cauris.
Orunmila ouviu e fez o sacrificio.
Ebo: uma galinha grande, uma cabra e dinheiro.

OTURUPON-OSA

“Em cima e embaixo” lançava para Konkon,


a rã, no dia em que sua criança
causou problemas para ele, e se
tornou impossivel para ele descansar.
Eles falaram-lhe para sacrificar, para
que a criança recém-nascida não desse aos mais velhos
nem desassossego nem problemas.
O sacrificio era um morteiro da floresta,
um caracol, oleo de palma em abundancia
32.000 cauris e folha.
Jokoje e esse. Entretanto,
Konkon Maiykan recusou sacrificar.

Oturupon Osa era lançado para pessoas


da cidade de Ilara, no dia
em que a guerra estava ameçando as crianças
da cidade. Eles disseram-lhes
que todas as crianças que estavam nascendo naquele ano
seriam carregadas sobre as costas de suas mães,
enquanto essas mães estivessem fugindo do campo de batalhas.
As pessoas perguntaram o que elas sacrificariam
Eles falaram que o sacrificio era
Oleo de plama, bananas maduras, manteiga de cacau, ifen-folhas
jokoje-folhas, woro-folhas e 42.000 cauris.
Eles recusaram sacrificare as crianças sofreram.

OTURUPON-IKA

Ifá sera lançado para Dejugbe, no dia


em que ele quis curar seu braça ferido.
Eles disseram que se Dejugbe quisesse curar seu braço ferido,
ele sacrificaria dois pombos,
duas galinhas, 8.000 cauris e folha.
Moer itapara-folhas completamente
misturar com sabão e óleo de palma
e esfregar esta mistura no corpo.
Dejugbe puviou e fez o sacrifício.

OTURUPON-OTURA

“O vento não pode soprar poeira para o topo da árvore Iroko;


o vento não pode cavar um buraco e enchê-lo com folhas caídas.”
...era lançado para Orunmila, no dia em que ele disse
que queria saber que recompensa as divindades
dariam a ele, pelos dias em que ele as tinha
libertado de Olodumare.
Todas a divindades disseram que não havia nada
qe elas dessem a ele, e que elas
vriam para ele, se ele quisesse saber
que dia é bom para elas, para fazer
algo que eles queiram fazer.
Esta é uma história triste. Ifá diz
qe aqui é uma pessoa que tem feito
a outra pessoa um serviço muito grande, mas
não receberá nada em troca disso, talvez
uma pequena palavra de agradecimento,

OTURA-IRETE

Oturupon-Irete era lançado para a mãe de Adepon,


n dia em que ela estava preocupada com suas crianças.
O sacrifício não foi feito. A criança adoeceu.
Ebo: duas galinhas pretas, dois galos pretos e folha.

OTURUPON-OSHE

Oturupon‟Se era lançado para Pequena Àrvore, no dia


e que Pequena Àrvore teve um novo bebê.
Eles disseram que mãe e criança seriam pobres,
ese eles não quisessem sofrer pobreza, eles sacrificariam
seis pombos, seis galinhas, 12.000 cauris e folha.
A árvore é chamada de Àrvore Pimenta.
O sacrifício não foi feito e os frutos
d Àrvore Pimenta foram levados dela.
Ebo: seis pombos,seis galinhas, seis vezes 2.000 cauris e folha.

OTURUPON-OFUN

Oturupon-Fun era lançado para Senhor da Terra.


Eles falaram-lhe que logo ele receberia,
umestranho total, uma mulher com seu bebê.
Eles falaram-lhe para sacrificar, para ela
Entrar em sua casa com pés venturosos.
O ebó era dois pombos e 4.400 cauris.
Senhor da Terra ouviu e fez o sacrifício
E a mulher trouxe prosperidade para sua casa.
Ebo: dois pombos e 420 cauris.

OTURA-OGBE

“Quando o peito está cheio, ele pode trazer alívio.


Vinho de Palma ? Eu posso fazer fluir.
Tudo o que pode existir dilatando, fluirá.
Toda pressão que é desejada eu posso fornecer.
Eu posso suprimir tremores de frio.
Um pano, se você o quer liso e sem dobras
Bem, você só me chamará e tecerá (imaginará) isto.
...era lançado para Shango, criança de fogo, no dia
em que ele estava casando com Oya.
Eles instruiram-lhe a sacrificar
Para que ele e Oya nunca se separarem
E vivessem juntos por muito tempo.
Mas Shango resoluto recusou sacrificar.
Depois de algum tempo, ele adoeceu e morreu
E Oya estava chorando.
Pessoas reuniram-se para consolar aqui:
”Você não tem chorado o bastante ?”
Só havia um que a entendeu, e disse:
“Deixem-na sozinha.”
O que deve acontecer, deve acontecer
E o que é feito, é feito.”
Era Eshu quem trazia-lhes infortúnio.
Por isto os awos disseram:
“Mandem embora, deixem fluir.
Levantem e batam
Façam liso, façam plano.
...lançava Ifá para Shango, quando ele queimava
de desejo de casar com Oyá.
Sacrifíque e você viverá para sempre
Sacrifique e ela será fiel a você
Deixe ser então, deixe ser então.
Eshu murmurou, Eshu
Construiu barreiras
Eshu, o destruidor de casamentos
Oya, ela que tornou-se um rio,
Ela sofreu.

“Alukerese anda diretamente


e não rasteja todo
...era lançado para Olokun-Sonde
que assentou um paciente no mundo
e viu a vida passar por ela.
Quando Olokun era ainda muito pequena.
Eles falaram para sacrificar, quando sua vida
Parecesse sem valor para ela
Eles falaram-lhe que ela seria grande.
Dezesseis potes de água, dois carneiros
E 32.000 cauris era o sacrifício
Olokun-Sonde ouviu e fez o sacrifício.
Ela tornou-se a rainha das águas correntes.
Ebo: 16 potes de água, 2 carneiros, 3200 cauris.

OTURA-OYEKU

F‟Orilaku, o Awo de Otu


Otu a homem-balsa.
Eles disseram-lhe que uma mulher
Junto com outros passageiros,
Viriam a bordo de seu barco.
A mulhe era muito bonita
E Otu iria querer casar com ela.
Melhor: se ele pedisse para casar com ela
Ela aceitaria sua proposta.
O nome dessa mulher era Oye.
Eles disseram-lhe para sacrificar muito rapidamente
Para prevenir que Eshu, em fazendo sua
Proposta a mulher, pudesse
Tornar-se o caso de sua morte.
O oferecimento era muito óleo de palma
24.000 cauris e folha.
Esmague olusesaju-folhas e eso-folhas
Em água e misture-as juntas
Com sabão para banha.
Otu recusou a oferecer pois ele pensou
Que fazer sacrificio previamente era suficiente.
Ele insistiu no casamento com a bela mulher.

F‟orilaku, o Awo de Otu


E o próprio Otu, ambos disseram
Que uma mulher quereria velejar com ele
A mulher daria uma boa esposa, de nome Oye.
Otu faria ebo pra Eshu, para que o relacionamento
Chegasse ao casamento.
Ele não fez o sacrifício e Otu
Lamenta sua decisção, ainda.
Oferecimento: óleo de palma, 60 cauris
Olusesaju-folhas e eso-folhas
Pressionadas no sabão.

OTURA-IWORI

“Nós não devemos beber sopa quente, porque estamos com fome,
nós não devemos beber sopa quente estando com pressa.”
...se nós bebermos sopa quente porque estamos com fome,
nós queimaremos nossas bocas.” Lançava para Akinsuyi
eles disseram-lhe que este ano
era um ano de prosperidade,
que ele poderia estar certo de prosperidade.
ele sacrificaria uma cabra, uma galinha,
um rato, um peixe e 18.000 cauris.
Eles ouviram e fizeram o sacrifício.
Ebo: uma cabra, uma galinha, um rato, um peixe e 1.800 cauris.

OTURA-ODI

Alvorada era o primeiro que lançava para Adi, no dia


No dia em que Adi quis casar com Sol acima. Eles disseram
Que ele sempre tremeria à vista de sua esposa
O ebo era três galos e 6.600 cauris.
Ele recusou sacrificar.

OTURA-IROSUN

“Otura estava descansando, Irosun estava descansando.”


...era o primeiro que lançava para Olu-Iwo, no dia
no dia em que sua família esta com a alma inquieta.
Olu-Iwo e sua mulherforam tranquilizados
que eles teriam paz interior. Um pombo
e 44.000 cauris era o sacrifício.
Ele ouviu e fez o sacrifício.

OTURA-OWONRIN

“Eu tomarei isto, ninguém perguntará por isto.”


...era lançado para Otu, no dia
em que ele quis casar com Apetebi.
Eles disseram que ninguém
Viria perguntar-lhe por dinheiro. Ebo: dois pombos.

OTURA-OBARA

“Otura gosta disto, Obara gosta daquilo.”


...era lançado para duas crianças da mesme mãe
e ambos sacrificariam para
levar seus negócios a um bom final.
Uma parte sacrificou e outra não.
Sobre aqueles que sacrificaram, nís dissemos:
“Os negócios estão perfeitamente em ordem.”
Enquanto nós desprezarmos os recusadores, dizendo:
“Eles estão sem valor
Otura é sem valor, Obara é sem valor.”
4 pombos e 8.000 cauris é o sacrifício.
Ifá diz que duas crianças da mesma mãe,
Sacrificarão para serem capazes
De trabalhar juntas, então as pessoas não dirão
Que eles são sem valor.

OTURA-OKANRAN

“Otura‟Kanran, a cidade está calma.”


Um encantamento era feito para Alafura, que sentiu
Que ele estava acima de suspeitas.
Eles disseram que os animais da floresta
Nunca disputam com o leopardo.
Aqueles pássaros da floresta
Nunca disputam com o falcão
Que o ser humano nunca disputará comigo
Sobre meu carater, nem nunca
Disputarão comigo sobre o meu trabalho.
Pessoas não matam cães porque eles latem
Nemfazem ele matarem carneiros, porque eles
Fazem juntas na extremidade das cabeças.
Pessoas nunca iniciarão um caso judicial contra mim.
Escreva o Odu na pena de um pássaro cardeal
E cante a invocação. Ponha o Odu no óleo de palma
Que deve ser lambido quando há um caso judicial.

OTURA-OGUNDA

Eles me teêm feito muitos danos, então eu não os conheço como boas pessoas.
Eu naõ estou sujo; eles não podem ter vitória sobre mim;
Eles maldizem e praguejem contra mim, e desejam-me muito mal.
Otura-Eguntam falou-me para não ser medroso
E não ter medo deles.
Ele prometeu melhorar meu caminho
Para eu ter uma vida melhor.
Ele disse que minha vida será prospera
Este é Otura-guntam que tem clareado minha cabeça para mim.
Então nenhuma praga, madição, encantamento ou mal desejado me influenciará.
Folhas: queime juntos olusesaju-folhas e algum ifen-folhas
E eso-folhas. Misture o pó com sabão preto
Ponha o sabão em uma cabaça. Respingue algum iyerosun
No sabão, escreva o Odu nele e cante
A invocação acima, então banhe-se com o sabão.

OTURA-OSA

“Eu não estou co medo, eu não estou assustado


meu corpo está muito frio.” Lançava para Olokun
no dia em que o oceano quis estar
muito calmo. Eles disseram para Olokun sacrificar
para seu corpo estar muito frio.
O sacrificio era uma cabaça com oleo de palma,
Uma cabaça de semente de oleo de palma, um caracol,
Uma ovelha, um pombo, um carneiro, um axe de trovão
44.000 cauris e folha.
Olokun ouviu e fez o sacrificio.

OTURA-IKA

“Orunmila disse: „Otura-Ka‟, eu digo: „Otura-Ka‟”


Eles perguntarm o que Otura estava contando
Orunmila disse que Otura estava contando dinheiro
...lançava para Ile-sanmi,no dia qu ele era terrivelmente pobre
Eles disseram-lhe que seu ano de fortuna tinha chegado
Eles instruiram-no a sacrificar quatro pombos e 3.200 cauris
Ele ouviu e fez o sacrificio. Ebo: quatro pombos.

OTURA-OTURUPON

Otura-Tutu era lançado para Olubolade, no dia


que ele quis tomar uma esposa. Havia Olubolade
eles falaram-lhe que ele teria uma esposa,
que daria-lhe muitas crianças.
Eles instruiram-lhe a sacrificar
para as crianças não serem mudas.
O sacrificio era um galo e uma galinha
Dois pombos, duas guinea-aves e 8.000 cauris
Ele ouviu e fez o sacrificio
Foi isto que eles disseram: “As aves
de guinea-ave nunca são mudas.
Não existe dia que o galo não cante.”
Ebo: um galinha, um galo e 2000 curis

OTURA-IRETE

Otura era lançado, Irete era lançado


para o Ewi, da cidade deAdo.
Ele era o novo rei entronado.
Eles disseram que tanto quanto Ewi
pudesse oferecer, não haveria guerra
e mal-entendidos, durante seu reinado.
O sacrificio era duas guinea-ave
e dois ou quatro pombos brancos.
O Ewi ouviu e fez o sacrificio.
Ebo: duas guinea-aves, dois pombos brancos
e 11.ooo cauris.

OTURA-OSHE

“Oyere, a mais alta palmeira”, lançava para Otu, no dia


em que ele estaria indo para a guerra perto da cidade de Ajase.
Eles falaram-lhe par sacrificar para vencer a batalha:
duas cabras-machos e 44.000 cauris. Otu ouviu
e fez o sacrificio, e ele venceu a batalha.
Ebo: duas cabras-machos e algum dinheiro.

“Oshe tinha feito mala eles”


lançava para pessoas de Oyo, no dia
em que o mal viria em seus caminhos.
Eles estavam instruindo para sacrificar
um certo de esuru, sabão, uma ovelha
um pombo, uma galinha e 20.000 cauris
Eles ouviram e todos sacrificaram
Coisas infelizes não aconteciam mais
o sabão tinha lavado todos os seus problemas
Ebo: uma ovelha, um pombo, um frango e algum dinheiro

OTURA-OFUN

“Ele dispersou-os e lançava-os para fora”


era lançado para Olofin-Iwatuka, no dia
em que ele considerava realizar más ações.
O ebo era fazer Olofin não
tornar-se uma pessoa má e as pessoas
de sua cidade não se afastarem dele.
Ebo: uma cabra, oito frangos, óleo e kolejo-folhas

IRETE-OGBE

Orunmila disse que a morte


do homem velho tem seis causas.
Eu confessei ser ignorante sopbre isto
então, ele podia compartilhar sua sabedoria comigo.
Ele disse que as causas são as seguintes:
não comendo, não bebendo, não dormindo, não descansando
não movendo os instestinos, não urinando.
Ifá recusou cura-lo disto tudo
se ele não fizer ebo.
O ebo é: cabra-macho e 22.000 cauris.

IRETE-OYEKU

Irete-Oyeku enfatiza a necessidade de iniciação e rigorosa conduta moral.


Quando este Odu aparece frequentemente, o cliente tem sido no passado, um tipo de
auto-absorvedor ou auto-obssessor, que agora ameaça influenciar negativamente sua
vida. Quando este Odu vier com Irê algumas palavras-chaves são: estrutura divina,
inteligência, consciência, ordem social, fidelidade, justiça, racionalização, auto-sacrifício
para entendimento racional. Quando este Odu vier com Ibi algumas palavras-chaves
são: depressão, mortalidade, escurecimento espiritual, auto-decepção, paralizia mental,
obssessiva necessidade de análise, também muito auto-sacrificio, desequilíbrio,
injustiça.
IRETE-IWORI

“Guerra espolia o mundo,


conspirações arruinam as pessoas.”
Lançava para Olofin-Iwatuka, no dia
em que ele estava preparando-se para a guerra.
Olofin era advertido para ter vitória sobre seus inimigos
Sacrificaria dezesseis ovos, uma ovelha, uma cabra-macho,
um galo, 22.000 cauris e folha
Olofin ouviu, mas ele não sacrificou.
Ele foi para a guerra.
Ebo: 16 ovos, uma cabra-macho,
um galo, 22.000 cauris e folha.

IRETE-ODI

“Um homem mais idoso senta confortavelmente


assim como se ergue novamente;
ele mantém um caminhar fixado.”
Lançava para Pedra de Moinho, que não
Queria erguer-se de onde estava assentada.
Eles a instruiram a sacrificar
dois pombos, 4.400 cauris
e gbegbe-folhas. Ela ouviu
e ela fez o sacrificio.
A pedra de Moinho é sempre
carregada por outros.

IRETE-IROSUN

Irete-Rosu lançava Ifá para Olofin


e era falado par sacrificar, por conta
dificuldades imprevistas. Um pombo branco
uma galinha n]branca e 2.400 cauris
era o sacrificio.

IRETE-OWONRIN

Irete era lançado para Orunmila


Owonrin era lançado para Orunmila, no dia
em que as pessoas conspiravam contra ele.
Eles informaram-no que todoas aqueles que
conspiravam contra ele, seriam golpeados
por vergonhas e tristezas, que seus nomes
não seriam mais honrados, e nunca ouviriam por sua vez,
mas quem ele sempre ouviria o nome de Orunmila
falado com honra neste mundo.
Este mundo sempre conheceria o nome de Orunmila.
O sacrificio era um carneiro, uma guinea-ave
e 3.200 cauris. Orunmila ouviu
e fez o sacrificio. Ebo:
um carneiro, uma guinea-ave e 630 cauris.

IRETE-OBARA

“Ninguém está além das leis do rei;


ninguém está além da influência de Tete.”
Era lançado para Orunmila Alade, no dia
em que ele encontrou-se cercado de inimigos
O sacrificio era uma cabra-macho e 6.600 cauris
Orunmila ouviu e fez o sacrificio
Ebo: uma cabra-macho e 620 cauris.

IRETE-OKANRAN

Irete-Okanran adverte contra uma possível conspiração contra o cliente, ou


possível segredo. Quando Irete-Okanran vier com Irê algumas palavras chaves são:
concentração em si mesmo, confiança, auto-confiança, auto-controle, unidade interior,
lealdade, Justiça , racionalidade, auto-sacrificio correto, análise.
Quando Irete Okanran vier com Ibi, algumas das palavras-chaves são: manias,
Emudecimento, escurecimento espiritual, dispersão, paralizia mental, tendência
obssessiva para análise, muito auto-sacrificio, injustiça, falta de equilíbrio.

IRETE-OGUNDA

“Prosperidade tem estado fora de meu alcance.”


...lançava para Orunmila, o rei, no dia
em que ele estava com problemas secretos. Eles disseram
que o ano de prosperidade tinha chegado.
Eles instruiram-no a sacrificar um pombo,
um frango, uma pequena lagosta de rio e 2.000 cauris.
Ele ouviu e fez o sacrificio.

IRETE-OSA

Irete era lançado para Aduroja-Abayako


Osa era lançado para Aduroja-Abayako
no dia em que ele estava encontrando seus inimigos
Eles falaram-lhe para ir e sacrificar
para ser capaz de dominar seus inimigos.
O sacirficio era uma ovelha, uma galo
e 22.000 cauris. Ele ouviu
e fez o sacrificio. Eles disseram
que Aduroja-Abayako conquistaria
seus inimigos. Ebo: uma ovelha, um galo
e algum dinheiro.
IRETE-IKA

Irete era lançado para Orunmila;


Ika era lançado para Orunmila,
no dia em que ele estava procurando por trabalho.
Eles disseram que Orunmila sempre estaria ocupado
fazendo o trabalho de Awo, e que as pessoas
chamariam por ele em todo o mund.
Para fazer o trabalho de Awo para elas.
Eles o instruiram a sacrificar
quatro pombos e 8000 cauris.
Ele ouviu e fez o sacrificio
Orunmila não tem estado sem trabalho
desde então. Ebo: quatro pombos e dinheiro

IRETE-OTURUPON

“O Python mora na casa de seus pais


e tem seu próprio veneno em sua boca.
O Boa mora na casa de seus pais
e tem sua prórpria vingança.
A honra que nos damos ao elefante
é a razão que, apresar de não ser larga
ele tem uma boca grande.Eyo é a qualidade
da jovem folha da palmeira.”
...era lançado para Obatala Oseere-Igbo,
que senta-se em um lugar, e
será comido pelo 400 Irunmoles.
Ele disse que se ele desse um deles,
e isto não era tirá-los fora, todos os outros
repreenderiam um.
Ele sacrificou um galo
20.000 cauris e folha.

IRETE-OTURA

“Vida é para sempre,


a pele do bebê é macia;
um rio corre rápido;
um riacho corre lentamente.”
...era lançado pra pessoas no céu
e para pessoas que estavam vivas.
Pessoas no céu e pessoas vivas.
Ifá diz que quando acordamos
nós diremos bom-dia.
Não saudando outras pessoas
é sinal de inimizade.
Ifá, hoje eu acordo e digo:
“Permita a oferenda ser aceita.”
Orunmila, hoje eu acordo edigo:
“Permita dar a oferenda para vida longa.”
Ifá, hoje eu acordo e digo:
“Permita que meus sacerdotes venham com verdades.”
Ifá, eu desejo hoje, um bom-dia a você,
por favor, faça minha vida doce.
Orunmila, eu acordo hoje com boa saúde.
Ifá, você acorda, o leopardo que
faz a luta motalmente;
Ifa, você acorda hoje
com boa saúde; criança de Olire;
Ifa, você acorda hoje bem, cheio de força.
Ifa, você acorda hoje, com boa saúde,
dono de vinhode palma abundante.
que não precisa comer óleo preto, pois adim
é tabu de Ifá e de todos seus seguidores;
Ifa, você acorda hoje bem
dono de muitas carnes, que
não temos ossos para comer.
Ifa, você acorda hoje com boa saude,
dono de delicioso ekuru, na cidade de Ido
Ifa, você acorda hoje bem
você que toma vida tanta na ilimunação como no algodão
Ifá, você acorda em boa saude hoje.
o orifício da orelha não é amplo o suficiente
para duas pessoas passarem juntas.
Ifá, você acorda bem hoje,
são os orifícios das orelhas suficientes
para duas pessoas passarem juntas.
Eu teria sentido-os com água, e então
teria posto meus dedos dentro deles,
para levar a água de casa.
Ifá, você acorda hoje em boa saude.
bata-me no braço e faça-me rico.
Ifa, você acorda bem hoje, bom-dia
Ifa, você acorda hoje com boa saude
Olokun-ranmu-ranmu, que vive à margem
Ifa, você acorda hoje bem,
ele que é o primeiro a colher quiabo
é também o primeiro a colher berinjela
Ifa, você acorda hoje em boa saude
ele que é o primeiro a colher berinjela;
é também o primeiro a colher ororo
da sofinni-árvore.
Ifa, não deixe isto tornar-se longo, antes abencoe-me
Ifa, não deixeisto tornar-se longo, antes me faça próspero,
Pois da‟noniti erva nunca adia
efetivamente. Ifa
não deixe tornar-me pobre, antes abençoe-me,
para nunca haver um final, fazendo sacrifício.
Minha prosperidade torna-se agora como efun
boas pessoas vem de longe para ver-me, boas pessoas
você precisa fazer-me rico com seu dinheiro;
boas pessoas vem de longe para ver-me e honrar-me
boas pessoas. Você precisa vir e fazer-me rico
com seu dinheiro, boas pessoas vem de longe
para ver-me e honrar-me, boas pessoas.
Ifa, por favor, se eu tenho insultado você: perdoe-me
duzentas são as folhas do perdão
a folha orijin, permite as pessoas
perdoarem-me dos meus pecados, meus enganos,
e minhas trapaças, duzentas folhas de orijin.
Para que quando o galo cantar pela manhã
seu canto que habilita as pessoas
q tem perdido seus caminhos, encontrem seus caminhos
de volta para a vila, boas pessoas
venham de longe, horrar-me
com seu dinheiro, boas pessoas.
Irete-Otura. Ifa diz que ele
me fará rico em minha vida, Ifa
diz que ele mefará rico.
Irete-Otura.

IRETE-OSHE

F‟orilaku, F‟olrilaku, F‟orilaku


Agbonboniwonran, Agbomnboniwonran, Agbonboniwonran
Ekun Amomonibuu, Ekun Amomonibuu, Ekun Amomonibuu
ele que cai dentro de Eshu-espinho
será picado por Eshu-espinho.
Ele que colidi com Eshu
Eshu o ferirá.
Esta pessoa precida de Eshu-Odara,
na forma de um pedaço de laterita
Ewe: tome a pedra de laterita, três facas
novas feitas por ferreiro local, casca de
ipara-árvore, pedaços de casca ou pequenos pedaços
de diversas plantas espinhosas e árvores,
pedaços de trepadeiras espinhosas. Ponha tudo nun pote.
Moa a casca de ipara até ficar um pó, coloque
em frente ao pote, escreva Irete-Oshe nele
e cante a invocação acima. Coloque o pó
no pote, que contenha água previamente.
Cubra e feche o pote com lama ou ashe molhado.
Abra após sete dias e use para banho.
Isto NÃO será repetido.

IRETE-OFUN

Irete era lançado para Orunmila


Ofun era lançado para Orunmila
Eles disseram que Orunmila
teria muitos clientes.
Muitos viriam recber Ifá;
muitos viriam para iniciação;
muitos viriam para adivinhação.
Eles falaram0lhe para sacrificar um pombo,
uma galinha, e 220.000 cauris.
Orunmila ouviu e fez o sacrifício.
Ifa diz que esta pessoa, como Awo, terá
Muitos clientes; pessoas virão de longe
para orientação espiritual e ajuda. Ebo:
um pombo, uma galinha e 6.000 cauris.

OSHE-OGBE

Arinnaperanje-Esse, o gato vive em pobreza,


mas ele ainda é feliz.
Orunmila diz: “ Isto é sábio
sofrer no início
e ser próspero no final.”
Uma cabra deve ser sacrificada para Orunmila.
Ele disse que elescomeram, mas não deram
nada para Igaliyere comer;
Eles bebem e não dão nada
para Igaliyere beber.
Igaliyere vendou os olhos deles
Igaliyere é quem nos chamamos Eshu.
Ebo: uma cabra para Orunmila
e nós não esqueceremos de Eshu.

OSHE-OYEKU

Ajisegiri Anikansekusunwon lançava para Oshe


que era convidado a sacrificar
para tornar-se popular, e não ser pobre.
Eles disseram-lhe para oferecer uma cabra, óleo de palma
uma cabaça, manteiga d cacau, 3200 cauris efolha.
Moer a casca da raiz de iroyin-árvore,
com a parte de dentro do fruto de aridan,
misturar com sabão preto, pondo
algum óleo de palma e manteiga de cacau
embaixo da cabaça. Este remédio é para banho.
Oshe ouviu e fez a oferenda.

OSHE-IWORI

“Tuletule-Ega, que é canário construiu


e destruiu sua própria tenda.” Lançava para Olufijabi,
no dia em que ele estava furioso e demoliu sua própria casa.
Eles disseram-lhe para sacrificar, para que
sua casa não fosse destruída:
um caracol, manteiga de cacau, óleo de palma, 16.000 cauris e folha.
Ele ouviu, mas não sacrificou. Tivesse ele sacrificado
eles teriam falado a ele para comer bananas maduras
com frequência.
e despejar óleo de palma em seu Eshu Elegbara,
e manteiga de cacau em seu Ifá. O ebo:
um caracol, manteiga de cacau, pequenas bananas maduras
e 16.000 cauris, pra que a casa desta pessoa
não caia em pedaços. Esta pessoa deve comer bananas
e colocar manteiga de cacau em Ifá.

OSHE-ODI

“O caminho certo e o caminho errado”


...era lançado para “Eu sou tão preciosa, eu não quero”
no dia em que ela ignorou todos os bons avisos,
desperdiçando o dinheiro do marido e o seu próprio,
não dando atenção para Ifa, nem Orisha, e tomou
sua própria estrada, que infelizmente
conduziu para aqui e agora. Ifá diz: Oh, mas esta própria estrada
não é a sua melhor estrada. Ouça Ifá !
Ifa diz que “Eu sou tão preciosa, eu não quero”
simplesmente significa que você também é preguiçoso para fazer
aquelas coisas que são parte de seu melhor destino.
Ifa diz que este Odu fala de
uma falta dolorosa ou auto-disciplina. E Ifa diz
que você tem muitas opções, muitas possibilidades,
muitas qualidades ! Resumindo: faça sacrificio
para realização de seu melhor destino.

OSHE-IROSUN

“A batalha é infeliz e dolorosa,


a cidade é miserávele triste” era lançado
para Oshe, no dia em que ele estava infeliz
e tinha muiito pouca alegria na vida.
Eles disseram-lhe para sacrificar
para ser feliz em toda sua longa vida
e para sempre correr para coisas prazerosas
ao invés de coisas más. O oferecimento era um sino,
abundância de noz-de-cola, uma grande bacia de pure de inhame,
uma bacia de sopa, 2.000 cauris e folha.
Oshe recusou a sacrificar.

“Ele que tem muitas crianças” era o primeiro


que lançava para Galo e Galinha.
A ave seria muito produtiva no futuro,
se eles fizessem, o que eles estavam falando
sacrificar uma cabra e 20.000 cauris. Galo e Galinha
ouviram e fizeram o sacrificio.

OSHE-OWONRIN
“Eu estou chocado, o Awo da Terra,
eu estou cansado, o Awo dos Céus, eram os primeiros
que lançavam para Pokolaka, no dia em que ele foi
curar Parede doente. Eles falaram-lhe para sacrificar
para que Parede não morresse em suas mãos.
O sacrificio era 3 galos e 6.600 cauris.
Ele ouviu, mas recusou sacrificar. Pokolaka
é quem nos chamamos “galho bifurcado” ou “vara”.
Ifa diz que esta pessoa teria obrigação de curar algu~em,
mas que ele não tem cumprido essa obrigação.
Ebo: 3 galos e 630 cauris.

“Pressione e lave com isto;


pressione e então, lave com isto.”
...era lançado para Recebendo Fim, que estava
recebendo fim de muitos encantamentos e maldições.
Eles pressionaram Oshe-Owonrin no iyerosun
e puseram num pote largo; eles adicio naram grande quantidade
de raiz da árvore ito e abundância
de eeru-fruto; eles adicionaram água e cobriram
o pote, misturando ashes com a água, para
selar a tampa durante sete dias.
Então, Recebendo Fim abriu o pote no sétimo dia
e usou o conteúdo para banho. Oh, sim, o banho
previne todas as pragas, maldições e encantamentos,
fazendo, ao invés disso, que você seja abençoado
em seu caminho.

OSHE-OBARA

Oshe-Obara era lançado para bebê recém-nascido


e seus pais eram avisados a sacrificar
para que a criança quando crescesse, não sofresse
falta das coisas boas e
para a criança ter uma vida pacífica.
O oferecimento era peixe-aro, 2.400 cauris e folha,
então, a criança teria uma vida bem-sucedida.

OSHE-OKANRAN

“Você não gosta disto, eu não gosto disto;


cam da floresta vermelho andava por si mesmo.”
...ra o primeiro que lançava para uma pessoa infeliz
que era instruida a sacrificar
para ter uma companhia. O sacrificio era
dois frangos e dois bonés ou cahecóis de cabeça
200 cauris e folha. Infelizmente
a pessoa infeliz recusou sacrificar

Sasamura era o primeiro


que lançava para Oshekoran
que estava falando que ele teria inimigos,
mas que triunfaria sobre eles,
e que ele os aborreceria. O sacrificio era
uma tartaruga, efun que é giz branco
osun que é camwood vermelho, 24.000cauris
e folha. Ele ouviu e fez o sacrifício.

OSHE-OGUNDA

“Lá vem o fim da pobreza,


lá vem o fim do sofrimento.”
...era o primeiro que lançava para Toto, no dia
em que eles o instruiram a sacrificar
para ser rico por toda sua longa vida.
O sacrificio era um pombo, uma ovelha
um frango e 22.000 cauris
Toto ouviu e fez o sacrificio.

OSHE-OSA

“Um homem corajoso é reconhecido


por suas habilidade em lutar, e também
por suas habilidades em evadir-se.”
...era lançado para Tartaruga.
Eles disseram-lhe para sacrificar
para não se ver envolvido em uma luta e morrer,
mas, por outro lado, ser respeitado em todos os lugares.
O oferecimento era noz-de-kola amarga, sal
sementes de ayo, um galo e 3200 cauris.
Tartaruga ouviu e fez o sacrificio,
e eles deram-lhe folhas.
Eles falaram-lhe que as palavras de sua boca
nunca irritariam as pessoas do mundo.
As pessoas do mundo sempre estariam
procurando por dinheiro e sal.
Quando vemos a tartaruga
não precisamos de cudgel (?)

OSHE-IKA

Oshe-Kaa era lançado para Deyunlenu Abowoserin, no dia


em que eles falaram-lhe para sacrificar, para não ser nomeado
por pecadores, num mau dia que estava se aproximando.
O oferecimento consistia de oito ovos, um galho mastigado que
ele usava 1.600 cauris. Ele ouviu
mas não ofereceu, não sacrificou.

Oshe-Ka era lançado para Deyunlenu Abowoserin, no dia


em que ele era acusado injustamente, por algumas coisas que ele não tinha feito.
Eles disseram-lhe para oferecer oito ovos, seu próprio galho mastigado
e dinheiro. Aye, Deyunlenu Abowoserim ouviu
e fez a oferenda, antes que a acusação fosse dita.
Eles nunca falaram, obrigado à oferenda.

“Oshe estava conquistando o mundo” lançava para Orunmila


no dia em que ele era ameaçado por seus inimigos.
Eles disseram que Orunmila dominaria todos seus inimigos,
e em qualquer lugar do mundo, eles viveriam ou viajariam.
Eles o instruiram a sacrificar um cordeiro e um pino de trovão
e 22.0000 cauris. Orunmila ouviu e fez o sacrificio.
É por isto que Oshe domina todos seus inimigos.

OSHE-OTURUPON

Oshe-Oturupon era lançado para Olu nla, no dia


em que sua criança foi para a guerra. Eles disseram-lhe
que sua criança bateria e conquistaria
todos conspiradores e inimigos, mas que ele
sacrificaria um cudgel, um carneiro, um galo, 22.000 cauris.
Olu nla ouviu e fez o sacrificio.

OSHE-OFUN

“Orunmila diz: “ Arode”, eu digo: “Arode”


...era lançado para crianças pequenas
que foram para o mundo
mas estavam sendo devolvidas pelo guarda do portão,
então, elas morriam na infância.
Pergunta: “Por que ?” Era porque
elas não esperaram Orunmila.
Orunmila perguntou a um masculino e uma feminina,
por quem eles estavam esperando
e eles disseram: “Por Orunmila”
Ele disse: “Bem, então sigam-me.”
E então, eles seguiram Orunmila até o portão
e o porteiro quis envia-los de volta
Orunmila interviu e pagou
240 cauris por cada criança.
Esta é a soma que nós pagamos hoje
como resgate para um novo bebê.

OFUN-OGBE

“A árvore-Rere, árvore da floresta;


árvore-Rere, a árvore dos campos,
Peregum tremulante.”, o Awo de Esumeri,
era o primeiro que lançavanpara Ofun, no dia
que Ofun estava vindo bater Oshe para morte.
Bem, agora ! Ofun era fortemente avisado
a fazer sacrificio para Ogbe
sobreviver a batida. O que era o sacrificio ?
um carneiro. Ofun ouviu e fez o sacrificio.
E, então acontence que Ofun venceu a luta,
e que o batido Ogbe estava vivo.
Ifa diz que uma luta, ou um sério problema
está vindo. O ebo é um carneiro

“Ofun estava roncando adormecido, Aja esta


roncando adormecido.”
...era lançado para Tartaruga, no dia
em que ele foi ao mercado com monstros
com fantasmas perturbadores e espiritos.
Eles disseram-lhe para sacrificar, e então
ele seria capaz de voltar em paz:
três galos, 6.600 cauris
e alguma lagosta, era o sacrificio..
A Tartaruga ouviu e fez o sacrificio.
Ele fez uma viagem segura até o mercado
e administrou o retorno em paz.
Ebo: 3 galos, 66.000 cauris e lagosta

OFUN-OYEKU

Nós também chamamos este Odu de Ofun-Tena,


que siginifica Odu pressiona Estrada,
impressiona e imprime, que significa, por sua vez,
Ofun lança, Ofun faz adivinhação.
“Ofun coberto com roupas completamente impressionantes
que o fazem ver como uma grande volta na montanha.”
...lançava para Idosas Mulheres Adoradoras
exatamente, no dia,
em que elas estavam ambas
vivendo em pobreza e dor.
Ela tomou sua enxada, foi para fora
juntou raízes e verduras.
Mas ela estava vindo para o bom,
o certo, o muito melhor dos lugares ?
“Oh sim, você está !” estava repetindo, “mas,fçam
um sacrificio de pombos, e uma cutlass
e 26 grandes sacolas de cauris.
Ela ouviu e fez o sacrificio correto.
e voltou para sua fazenda.
com certeza e confiança, pois não é
o sacrificio que ajuda ?
Não fazendo oferenda nunca teria judado umalama.
O que você diria ?
Não é verdade, meu amigo ?
Chegando no local,
Onde ela juntou a lenha
ela viu um tronco de árvore chorar
a sobra da árvore.
“Oh, bem, qual é a novidade !
eu cavrei e pegarei isto !
Isto é bom para muito fogo !” disse a Mulher Idosa
Estranhamente, seus músculos puxaram o tronco
para fora da crosta da terra, e ah !
o que estava embaixo dele ? Ela olhou
e viu um buraco negro e profundo
completamente cheio de dinheiro.
A Velha Mulher Adoradora começou a cavar o dinheiro
e esqueceu totalmente o que fizera de início.
Pensou no assunto: daquele dia em diante
ela era rica, uma pessoa muito prospera
Ela dançou, cantou e louvou
o grupo de babalawos
que anteriormente, naquele dia,
tinham dito: “ Ofun, bem vestido
luz vem do alto da escuridão;
do lado longinquo da montanha.”
...eles eram os primeiros que lançavam
para nossos protagonistas,
quem foi pegar lenha
ao invés, encontrou prosperidade
foi para casa uma mulher própera
imensuravelmente rica.
Ela cantou: “Isto é de Ofun
que eu recebi minhas riquezas
o buraco era embaixo
de um tronco de árvore: ninguém sabia !”
Eu não conheço isto,
mas ainda encontro o tesouro
na esplendida casa de Ofun
e levo para casa comigo.
A viagem era muito curta
que eu podia ter esperado.
Esta curta viagem, pensou,
trouxe inesperada prosperidade.
Minha viagem era curta, melhor,
eu não perdi, mas ganhei.
Agora que ele sabe o caminho
para lançar a corrente de Ifá
ele não sabe a estrada
para a cidade de Ofa, tão bem.
E ele que sabe a estrada
para Ofa, não pode lançar Ifa
então, faça a sua mente
seja qual for dos dois,
você encontrará o caminho: Ifá
ou Ofa. Um deles.
Vazio é cheio, onde o tesouro pode ser encontrado
ir ao buraco, a montanha
Ser esperto o bastante para escolher
para não: você não pode fazer ambos.
Somente para aquele que não
cuida onde seus caminhos terminarão
isto deve ser dito, que cada
e toda estrada fará.
Mas se você tem um objetivo
(também chamado destino)
o final é o seguinte:
então, sabiamente escolha a estrada
que leva você lá. Isto é tudo.

OFUN-IWORI

“Honra me alcançará” esrava lançando para Dinheiro


no dia em que Dinheiro estava preocupada
porque as pessoas não a respeitavam
Dinheiro era avisada a sacrificar,
para que a pessoas do muindo
sempre, constantemente,
estivessem procurando por ela.
Dinheiro ouviu e fez o scrifício.
No dia, Dinheiro estava furiosa
e foi para o rio acalmar-se.
Todas as pessoas vieram procurar por ela,
no leiro do rio.
Sim, as pessoas estavam se preparando
para mergulhar no leito do rio.
Adimu: feijão branco, sal
Mel e 20.ooo cauris.

OFUN-ODI

“Ofun pôs um limite para bondade,


Waragba, age rápido para
para Ofun não matar-nos.”
....era o primeiro que lançava
para Olori-Oga, no dia
em que ele limitou sua bondade
somente para sua própria família.
O Awo disse que aqueles
que limitam bondade para sua própria casa,
nunca receberão bondade deles,
em nenhum outro lugar, fora. Eles disseram:
“Sacrifique um pombo, uma ovelha
abundância de noz-de-cola e 20.000 curis
para dar a bondade, uma chance
de finalmente, entrar em sua casa.”
Ifa diz que nós trabalharemos
pesadamente e confiantemente, mesmo
estando longe daqueles que nos rodeiam.
e abusaremos de sua bondade.
Claro, sermos bons para nós mesmos está correto,
mas ouça Ifa e pergunte o que exatamente
será bom para nós. E se nós não encontrarmos
bondadeem nós mesmos, podemos procurar
fora para sempre, e nunca encontraremos.
E então, aconteceu exatamente
omo o Awo disse:
“Ofun pôs um limite na bondade,
Waragba, age rápido para
Ofun não matr-nos !”
...era o primeiro que lançava
para Olori-Oga, no dia
em que ele limitou sua bondade
pra sua família.

Ifá era lançado pa “Este não é meu defeito”,


no dia em que ela recusou
ouvir Ifa. Eles instruiram “Este não é meu defeito” a sacrificar.
Eles disseram que seu sacrificio consistiria
em fazer coisas que ela odiava fazer.
“Este não é o meu defeito” imediatamente lamentou
e queixou-se pesadamente: “Vestir uma roupa branca
em minha cabeça ? Nunca !
Aprender como lançar cauris ?
Nunca ! Aprendendo, estudando, eu ?!
De jeito nenhum ! Nunca !”
“Este não é o meu defeito” recusou
fazer o sacrificio pedido
Então, loucura veio e tomou-a
em seu domínio atormentado. Para onde
Ifá naõ pode ajudar, porque não ouviu
e não fez o sacrifício, louca emboscada.
Fazer ebó é o que ajuda as pessoas;
não fazendo ebó, o ser humano
nunca terá ajuda.
Então, conte suas bênçãose
Faça sacrifício.

“Uma escada descansa em ambas as pontas:


uma sobre o chão, e outra
inclina-se contra a casa;
um inseto pica
com a menor parte do corpo.”
...era o primeiro que lançava
Ifá para Odudua Aterigbeji, no dia
em que ele faria ebo, para
chamar uma criança para a Terra
O sacrifício era feito. É por isto,
que todo ser humano é chamado
Omo Odudua, que é
Crianças de Odudua

OFUN-IROSUN
Ofun-Irosun instrui a sacrificar para renovar a tristeza e conduzir a uma longa e
feliz vida. Se o cliente está considerando um novo relacionamento íntimo, este Odu
tende a estar encorajando o assunto.
Quando Ofun-Irosun vier com Irê, algumas palavras-chaves são: recompensa,
modelo e forma, abubdância, paz, bom tempo, poder, defesa, liberdade, entendimento e
saúde. Se o Odu vier com Ibi, algumas palavras-chaves são: ignorância,
inconsequência, dominação por outros, doenças, mau tempo, pobreza, obsessão, mau
direcionamento das forças, conflitos e fraquezas.

OFUN-OWONRIN

“Ofum dá isto para nós para mimarmos, dá isto para termos cuidado.”
...era lançado para Odudua, que faria o bem
em todos os lugares do mundo.
Ele disse que fazer o bem sobre todo o mundo
é a melhor prova de ter um bom caráter.
Esta é a base do bom caráter.
Eles disseram que parte do mundo não o agradeceria.
Alguns não compreenderiam que ele estava fazendo o bem,
eles não compreenderiam que as coisas boas vem de Odudua.
Eles não saberiam como usá-las
Ele disse que um pai só pode dar coisas boas as suas crianças.
Uma mãe só pode dar coisas boas as suas crianças.
Eles instruiram Odudua a sacrificar, e então
todas as coisas dadas aos outros, mas não apreciada por eles
retornariam para Odudua. O sacrifício era
um pombo, uma tartaruga de rio, 16.00 cauris
e folha. Ele ouviu e fez o sacrifício.
“Ofun deu a eles para serem mimados
Ofun deu a eles para gargalhar com isto.”
...era lançado para Olakami, no dia
em que era falado que Olodumare
só traria-lhe coisas boas.
Eles falaram-lhe para sacrificar
para seus inimigos não terem poder sobre ele,
não roubarem-lhe suas posses. O sacrifício era
três facas, três galos e 6.000 cauris.
Olakami ouviu e fez o sacrifício.

“Ele que dá boas coisas aos difamadores,


não contava em receber agradecimentos.”
...era lançado para Temilomo,no dia
em que ele quis ter uma criança, junto com
(para todas as pessoas) a pessoas que era a fonte
da difamação sobre o bom e velho Temilomo !
O ebo era feito: uma galinha, um pombo, 730 cauris.

OFUN-OBARA

Ofun era lançado para Olu-Ota


Obara era lançado para Olu-Ota,
que estava falando que muitas pessoas
se aproximariam dele, e que ele
se tornaria muito rico.
Eles instruiram-lha a sacrificar
contra coisas más.
O sacrifício era quatro pombos
44.000 cauris e folha.
Olu-Ota ouviu
e fez o sacrifício.
Esta pessoa para quem
este Odu cair, oferecerá
quatro pombos, 44.000 cauris e folha.

“Ofun deu Obara,


Obara mostra bondade
para o ingrato.”
...lançava Ifá para um homem
que era informado que
certamente, a mulherpor quem
ele estava muito afeiçoado, estava planejando
roubá-lo e deixá-lo.
Eles falaram-lhe para oferecer
uma cabra-macho, óleo de palma,
noz-de-cola e folha.
“Ofun deu Obara”
era o Awo que lançava
para um homem cujas posses
estavam sendo perdidas para um enganador.
Eles falaram-lhe para oferecer
uma cabra-macho, oleo de palma e folha
para não ser enganado por Eshu,
submetendo-se ao desejo
de enganadores.

OFUN-OKANRAN

“Ofun-Konran, nós estamos procurando pela casa


da muito bem-banhada pessoa de Oloseawsefin,
então a beleza de Ofun não desaparecerá. “
...era lançado para Milho, no dia
em que Milho estava sofrendo.
Ebo: um pombo branco, dinheiro e folha.
O sacrifício foi feito.

“O leopardo estava procurando por uma luta


no meio do dia.” Lançava para Orunmila,
no dia em que eles enviaram Morte para ele,
levando-o para o céu, para Eshinrinmogbo.
“Eu não encontro Olorun, quando vou caminhando;
como um sino de cobre soando: „ro-goro-goro‟;
não procuro Orisha;
eu não respondo o chamado de Olorun;
um sino sem tocador não responde
ao chamado dos Orishas.”
Ifá diz haver uma pessoa para quem muitas pessoas
fazem encantamentos e maldições contra ela, tentando
ligá-la ao seu local com magia, fazendo
mal contra seu futuro. IFá diz que
eles estão fazendo em vão, que eles não
serão capazes de retê-la. Dos Céus, Olodumare
tem enviado esta pessoa, e ele viverá o bastante
para ver todos aqueles morrerem, que agora fazem
maldições e encantamentos contra ele.

OFUN-OGUNDA

Ofun-Ogunda refere-se as consequências da má conduta moral e a recusa em


fazer o sacrifício necessário. Muitos clientes para quem este Odu cai estão envolvidos
ou querem estar envolvidos com um relacionamento sexual potencialmente perigoso.
Se Ofun-Ogunda vier com Irê, algumas das palavras-chaves são: esclarecimento,
poder de resistência, iniciação, poder, defesa contra inimigos, liberdade, modelo e
forma, saúde e entendimento.
Se este Odu vier com Ibi, algumas palavras-chaves são: confusão, doenças,
destruição, inconsequência, insatisfação, ignorância, fraqueza, obsessão, mau
direcionamento de energias, dominação por aoutros.

OFUN-OSA

Ofun-Osa sugere que toda a vida da pessoa ficará de cabeça para baixo, sem
esclarecimento espiritual, de como classificar o caminho de desordem. No momento,
todas as coisas parecem completamente boas e róseas, mas existem alguns desastres
vindos em nossa direção.
Se Ofun-Osa vier com Irê, algumas das palavras-chaves são: força de reação, bom
direcionamento das forças, erotismo vital, regeneração, defesa bem-sucedida,
tenacidade, liberdade. Modelo, saúde e entendimento.
Se este Odu vier com Ibi, algumas palavras-chaves são: perigo, vulnerabilidade,
traição, estupidz, fraqueza, obsessão, mau direcionamento das energias, dominação por
outros, doenças, inconsequências, ignorância.

OFUN-IKA

“Ofun entende Ika, Ika entende Ofun;


jovens folhas de palmeira fazem o corpo de Ogum Tiele.”
e “Este éo mosquito que faz a trilha
para a chuva” lançava para Ogum Preto, no dia
em que ele era advertido contra a cidade de Gbendugbendu.
para uma infrutífera guerra do alto de Ijamo,
que teria muitas crianças.
Se nós sacrificarmos contra impotência
20.000 cauris serão a oferenda
e uma galinha branca. Ifá diz
que estamos virando de cabeça para baixo,
sim, nós estamos: isto não é o mosquito que faz
uma trilha para chuva, mas quando a chuva vier
de repente, o mosquito aparece. Ifá diz
que existe uma pessoa que terá cianças,
mas elas não serão suas próprias crianças....ele é impotente !
Ifá diz que existe uma pessoa fazendo guerra
mas não conseguirá vencer: só parece que ele vence.
Ifá diz que nós estamos avaliando um caso
totalmente errado. Orisha tambem diz que se
este homem é impotente, ebo deve ser feito
para Ogum: 20.000 cauris e um galo branco.

OFUN-OTURUPON

Ofun-Oturupon tende a indicar fertilidade, mas também a necessidade de


sacrificar pra manter a luta e dominação fora do relacionamento. De fato, um
relacionamento ou negócio precisa de força positiva para ter florescimento. Se isto
florescer, o tempo para pensar sobre crianças está chegango.

Ofun era lançado para Obatala Oseere-Igbo;


Oturupon er lançado para Obatala Oseere-Igbo,
que estava falando que ele terima muitas crianças.
Considerando que Obatala Oseere-Igbo era um homem,
Esse tipo de acontecimento o surpreendeu, mas hey:
As palavras de Ofá são frequentemente como criptogramas a
está acima de nosso entendimento o que elas realmente significam.
De qualquer modo, o mundo todo vem a ele pedir por crianças
“Ah !” Obatala Oseere-Igbo disse: “então, essas crianças
serão nascidas de outros, e eu serei só o bom Espírito
que torna isso possível para elas. Aye, eu pensei
que vocês fizessem todo tipo de indicação de que sou femiminino,
mas eu não sou !”
Isto tendo sido esclarecido, a eterna confusão que deriva
da linguagem yorubá não especificar pronomes para o
masculino e o feminino, Obatala concordou: “Sim, haverá
muitas crianças e Orunmilá as ensinará.”
A Obatala era falado para sacrificar, para que Orunmila
se alegrasse com essas palavras de ensinamento às crianças.
Ele sacrificou dinheiro, sal, algum pombo e 42.000 cauris.

Ofun-Oturupon era lançado para uma mulher


que estava procurando por um bom marido.
Eles são raros, você sabe, e Ifá avisa que o marido
com quem iria se casar era um homem violento, que
bateria nela regularmente....a menos que ela sacrificasse
uma “aika”, que é um animal que vive na floresta,
dois caracóis por conta dos caracóis nunca lutarem entre si
e 32.000 cauris. A muher ouviu, mas não sacrificou.
Ela disse que seu futuro marido teria muito boa figura
para querer lutar com alguém: ele não espoliaria seu bom perfil
com um olho preto ou um queixo quebrado.
Ifá diz: Um bom perfil ou figura (looking) não deve lutar
então não espoliará o perfil de outros
Abo: uma “aika”, dois caracóis e 32.000 cauris.

OFUN-OTURA

Ofun-Otura enfatiza fortemente, o aconselhamento ou preferivelmente, a


necessidade de sacrificar para estabilizar um relacionamento. O parceiro atual do
cliente, ou em amor ou em negócios, é o correto por um longo tempo.

Areremare, Areremare, lançava para Olowu,


no dia em que ele não quis viver
muito distante da fazenda. Eles disseram
que todas as coisas estavam em ordem para Olowu,
mas que ele teria que fazer sacrifício
para não seu um homem de fazenda, ou
“ara oko”, que também significa:
um local de opressão. Bem, agora, o sacrifício
prescrito era três carneiros, três enxadas,
(que não significa o mesmo na América
que o sugerido aqui)
três machetes e 6.000 cauris.
Olowu ouviu e fez o sacrificio,
e ele estava capacitado a fazer muitas outras coisas
do que fazia na fazenda e ser um oprimido.

OFUN-IRETE

Ofun era lançado para Água, Irte era lançado para Água,
que recebeu uma mensagem que ele sacrificaria
para que ninguém nunca fosse capaz
de conspirar contra ele ou boicotá-lo.
O oferecimento era sal, óleo de palma, um pombo
uma tartaruga, uma roupa de etu e 3.200 cauris.
Ele ouviu e fez o sacrifício
Eles disseram: quem quer que aja
como um inimigo de Água
morrerá prematuramente.
A roupa de etu é para o cliente
cobrir seu corpo, ou para o Awo
Vestir qdo fizer o sacrifício.
Ifá diz que todas aspessoas que se tornarem
inimigos desta pessoa
morrerão prematuramente.
OFUN-OSHE

Ofun-Oshe fala de vingança e adverte sobre danos. Aqueles que tntam bloquear o
progresso do cliente, darão um salto para atrás em si mesmos.
Quando Ofun-Oshe vier com Irê, algumas palavras-chaves são: chances conforme
alta mora, crises controladas, complemento, harmonia interior, poder, defesa,
tenacidade, liberdade, modelo e forma, saúde e entendimento
Quando este Odue vier com Ibi, algumas palavras-chaves são: catástrofes,
estagnação, peda de poder e energia, obsessão, força má direcionada, dominação por
outros, doença, incomsequência e ignorância.

127 páginas
=============T H E ==========E N D ===================

Traduzido por:
Damaris Andrade de Medeiros
Dofona da Osun - Dânda Cilafé