Você está na página 1de 3

26/02/2021 https://injectorservice.com.ua/html/map_sensor_diagnostics.

html

Sensores de pressão-vácuo

Sensor de pressão absoluta do coletor de admissão


Sensor de pressão absoluta do manifold (sensor MAP).

Quase todos os sistemas de gerenciamento do motor que não usam um sensor de fluxo
ar, equipado com um sensor de pressão absoluta no coletor de admissão (sensor
rarefação).

A aparência dos sensores de pressão absoluta.


Em tais sistemas, com base em dados sobre a pressão e temperatura do ar em
o coletor de admissão, a unidade de controle do motor calcula a massa de ar,
contido em cada centímetro cúbico do volume interno da entrada
colecionador. Em cada curso de admissão, o cilindro "suga" o ar rarefeito de
um coletor de admissão cujo volume é aproximadamente igual ao volume interno
3
cilindro do motor. Conhecer o volume interno do cilindro do motor
3
(em cm ) e preliminar
calculando a densidade do ar aspirado pelo cilindro (em g / cm ), a unidade de controle
o motor calcula a massa de ar (em gramas) que entra no cilindro durante
curso de ingestão. De acordo com a massa calculada de ar consumida pelo motor,
a unidade de controle do motor gera pulsos de controle do injetor de combustível
duração adequada, alcançando a preparação da mistura ar-combustível com
composição próxima à dada.
A precisão do cálculo da massa de ar consumida pelo motor por sua pressão e
a temperatura é baixa, pois o volume de ar consumido depende em grande parte
sobre o estado do grupo cilindro-pistão e o mecanismo de distribuição de gás. Portanto,
em sistemas de controle de motor semelhantes para garantir o cozimento
mistura ar-combustível com uma composição precisamente definida, um fator muito importante é
operacionalidade do funcionamento da sonda lambda.
Em muitos veículos, o sensor de vácuo é conectado à carroceria do veículo em
compartimento do motor, e seu encaixe de entrada é conectado ao volume interno da entrada
coletor por meio de um duto flexível.

www.injectorservice.com.ua 1

Sensores de pressão-vácuo

Independentemente da presença de um sensor de fluxo de ar no sistema de controle do motor,


em motores equipados com turbocompressor e / ou compressor, o sensor absoluto
A pressão do coletor de admissão (sensor de pressão / vácuo) é sempre usada.
Aqui, entre outras coisas, as leituras do sensor são usadas para medir e controlar
a quantidade de excesso de pressão gerada pelo turbocompressor e / ou mecânica
compressor. Este sensor geralmente é conectado diretamente ao coletor de admissão. NO
a caixa do sensor é muitas vezes um sensor de temperatura do ar de admissão embutido
colecionador.
Sensores de pressão podem ser instalados no veículo para medir
pressão no tanque de combustível, pressão no sistema EGR, pressão no sistema
ar condicionado no habitáculo, no sistema de travagem, nos pneus do carro ...

Princípio de funcionamento.
A maioria dos sensores de pressão automotivos convertem o valor
pressão na conexão de entrada do sensor para o valor correspondente da saída
Tensão. Existem sensores onde, dependendo da pressão de entrada, muda
frequência da tensão CA de saída (por exemplo, um sensor de pressão absoluta em
coletor de admissão feito por FORD).
Os sensores são usados como sensores de pressão no coletor de admissão.
pressão absoluta. Há uma câmara de vácuo dentro do sensor de pressão absoluta,
do qual o ar foi evacuado na fase de fabricação do sensor. Esse sensor "compara"
pressão na conexão de entrada com a pressão na câmara de vácuo - a partir desta diferença
pressão e o sinal de saída do sensor depende.

Diagrama de conexão do sensor de pressão absoluta.


Unidade de controle do motor ECU .
1 O ponto de conexão do clipe crocodilo da ponta de prova do osciloscópio.
2 O ponto de conexão da ponta de prova do osciloscópio para obter
oscilogramas da tensão de saída do sensor.
3 Sensor de pressão absoluta.
quatro
Chave de ignição.
cincoBateria do acumulador.

www.injectorservice.com.ua 2

Sensores de pressão-vácuo

Normalmente, conforme a pressão absoluta no coletor de admissão diminui


(ou, em outras palavras, com um aumento no vácuo no coletor de admissão)
a tensão de saída do sensor diminui. M as existem sensores onde o vício
tensão de saída versus pressão de entrada é inversamente proporcional.
Sensores absolutos são usados como sensores de pressão atmosférica.
pressão. O sensor de pressão atmosférica pode ser projetado como um elemento separado
sistema de gerenciamento do motor, ou pode ser colocado diretamente dentro
alojamento da unidade de controle do motor.
Alguns veículos usam um sensor de pressão de combustível no trilho de combustível.

Falhas típicas do sensor


pressão absoluta no coletor de admissão.
Dependendo do dispositivo do sistema de gerenciamento do motor (presença ou
ausência de um sensor de fluxo de ar), o mau funcionamento do sensor pode levar a ambos
mudar a unidade de controle para o modo de operação de emergência e até mesmo para
incapacidade de ligar e operar o motor.
Sensores de pressão usados em sistemas modernos de controle de motor
tem uma confiabilidade muito alta. Na maioria dos casos, o motivo do erro
a operação do sensor de M AP no coletor de admissão é um mau funcionamento
conexão da conexão de entrada do sensor com o volume interno do coletor de admissão.
M uitas vezes, o duto flexível de conexão se quebra, com menos frequência ele "coca" (ou
tubo ou união no coletor de admissão). Portanto, ao realizar uma verificação
um sensor de pressão absoluta no coletor de admissão, é imperativo
verifique a capacidade de manutenção do gasoduto.
A necessidade de substituir o sensor às vezes surge devido a um mau funcionamento do sensor
temperatura do ar, que pode ser estruturalmente combinada com um sensor
pressão absoluta no coletor de admissão. No entanto, também existem casos
falha do próprio sensor de pressão absoluta.

Se necessário, o sensor pode ser verificado. Isto exige


fornecer uma conexão para a conexão do sensor de vários valores de pressão / vácuo em
limites permitidos para este sensor (ligando o motor, se possível,
ou outros meios auxiliares) enquanto monitora o sinal de saída
sensor.

www.injectorservice.com.ua 3

Sensores de pressão-vácuo

Oscilograma da tensão de saída de um sensor de pressão absoluta em serviço em


coletor de admissão. Partida do motor e marcha lenta sem carga.
A tensão de saída do sensor muda em proporção à pressão no
coletor de admissão. Neste caso, com o aumento do vácuo na entrada
coletor, a tensão de saída do sensor diminui.

https://injectorservice.com.ua/html/map_sensor_diagnostics.html 1/3
26/02/2021 https://injectorservice.com.ua/html/map_sensor_diagnostics.html

www.injectorservice.com.ua quatro

Sensores de pressão-vácuo

Características do sensor de pressão absoluta no coletor de admissão de produção


FORD tem a seguinte dependência:
- com a ignição ligada e o motor parado (vácuo na admissão
coletor está ausente) a frequência da tensão de saída do sensor é
cerca de 160 Hz;
- quando o motor, aquecido até a temperatura de operação, está em marcha lenta sem
carregar (o vácuo no coletor de admissão é ~ 0,65 Bar),
a frequência da tensão de saída do sensor é de cerca de 105 Hz;
- na velocidade do virabrequim aumentou para 3.000 rotações por minuto
motor em marcha lenta (a quantidade de vácuo no coletor de admissão
é ~ 0,7 Bar), a frequência da tensão de saída do sensor é de cerca
100 Hz.

Oscilograma da tensão de saída de um sensor de pressão absoluta em serviço em


coletor de admissão feito por FORD. A ignição está ligada, o motor está parado.

www.injectorservice.com.ua cinco

Sensores de pressão-vácuo

Sensor de pressão diferencial.


Em alguns sistemas de controle do motor, para medir a quantidade de
sistema EGR (Recirculação de Gases de Escape) gasto gases, aplicado
sensor de pressão diferencial. O sensor de pressão diferencial é diferente de
o sensor de pressão absoluta pela presença de dois acessórios - a câmara interna do sensor não é
selado e conectado a uma segunda conexão adicional. Deste modo,
um sensor de pressão diferencial compara a pressão na entrada
acessórios; a saída do transmissor é proporcional a essa diferença de pressão.
O sistema EGR serve para reduzir a quantidade emitida pelo motor em
atmosfera de óxidos de nitrogênio prejudiciais. O sistema EGR fornece alguns dos gases de escape para
coletor de admissão, agitando a mistura ar-combustível com os gases de exaustão. Por
devido a isso, a temperatura de combustão da mistura ar-combustível diminui e, como consequência,
a quantidade de óxidos de nitrogênio emitida pelo motor para a atmosfera é reduzida.
M edição da quantidade de fluxo de gases de exaustão da válvula EGR para a entrada
o coletor usando um sensor de pressão diferencial é
Da seguinte maneira. No tubo de ramificação que conecta a saída da válvula EGR à entrada
manifold, há uma constrição calibrada. Esta constrição cria um leve
obstrução dos gases de escape fluindo através do tubo, como resultado do qual a pressão
gases antes da constrição é ligeiramente maior do que a pressão do gás por trás da constrição. Que
quanto maior a quantidade de gás de escape fluindo através da constrição, maior
há uma diferença de pressão entre os gases antes e depois da constrição. Encaixes de entrada
sensor de pressão diferencial conectado ao tubo da válvula EGR - uma conexão
conectado à cavidade para um estreitamento calibrado, e o segundo encaixe é conectado à cavidade
por trás da constrição calibrada. Com um aumento no fluxo de gases de escape da válvula EGR para
o coletor de admissão, a diferença na pressão fornecida aos acessórios de admissão aumenta
sensor de pressão diferencial, o sensor converte esta diferença de pressão em
Tensão. Assim, a tensão de saída do sensor de pressão diferencial é
acaba sendo proporcional ao valor do fluxo de gases de exaustão da válvula EGR para
coletor de admissão do motor.

www.injectorservice.com.ua 6

Sensores de pressão-vácuo

Anexo 1.
Características de alguns sensores MAP.
Sob pressão GM , V FORD, Hz
mmHg. Barra

0 0 4,80 156 ... 159


25,7 0,034 4,52
51,4 0,067 4,46
77,1 0,103 4,26
102,8 0,137 4,06
128,5 0,171 3,88 141 ... 143

154,2 0,206 3,66


179,9 0,240 3,50
205,6 0,274 3,30
231,3 0,308 3,10
257 0,343 2,94 127 ... 130
282,7 0,377 2,76
308,4 0,411 2,54

334,1 0,445 2,36


359,8 0,480 2,20
385,5 0,514 2,00 114 ... 117
411,2 0,548 1,80
436,9 0,582 1,62
462,6 0,617 1,42 108 ... 109
488,3 0,651 1,20

514 0,685 1,10 102 ... 104


539,7 0,720 0,88
565,4 0,754 0,66

www.injectorservice.com.ua 7

Sensores de pressão-vácuo

Apêndice 2.
Uma tabela de conversões de unidades de pressão de um sistema para outro.
kPa mmHg milibar PSI
1 atm. 101.325 760 1013,25 14,6960
1 kPa 1 7.50062 dez 0,145038
1 mm Hg 0,133322 1 1,33322 0,0193368
https://injectorservice.com.ua/html/map_sensor_diagnostics.html 2/3
26/02/2021 https://injectorservice.com.ua/html/map_sensor_diagnostics.html
1 milibar 0,1 0,75062 1 0,0145038
1 PSI 6,89473 51,7148 68,9473 1
-8
Coluna de água de 1 mm0,009806 0,07355 9,8 * 18 0,0014223

www.injectorservice.com.ua 8

Abra a versão completa em formato PDF - 192 KB

Para visualizar os materiais em formato * .pdf , você precisa do Adobe Reader ,


que pode ser baixado do site do fabricante www.adobe.com .

https://injectorservice.com.ua/html/map_sensor_diagnostics.html 3/3