Você está na página 1de 51

Avila e Jungles Planejamento e Controle de Projetos

Exercícios Propostos - 17
Este capítulo contém uma série de exercícios para aplicação c) Qual o tempo mínimo de execução considerando a
do conteúdo exposto nos capítulos anteriores. possibilidade de trabalho em dois turnos e a empresa dispor de
12 caminhões na frota própria.
Recomenda-se aos alunos a solução dos mesmos visando à
fixação e a proficiência do conteúdo da disciplina.
17.3 - Calcular o número de equipes a serem mobilizadas para a
execução da concretagem de uma laje com área de 930 m² e um
17.1 – Calcular: a) o tempo necessário à execução de reboco de volume de concreto orçado em 112 m³.
tetos e paredes internas de um edifício cuja área foi calculada em
12.300 m2. b) Qual o número de pedreiro caso seja exigida a Sua empresa adota como equipe, nos casos de
conclusão dos trabalhos em 60 dias? (586 dias/10 homens). concretagem, três serventes, um pedreiro, um carpinteiro, além de
um eletricista de apoio. Espalhamento e vibração do concreto
Observação: sua empresa, por experiência já consolidada, lançado: 0,35 h/m³.
sabe-se que um pedreiro produz 21 m2 de reboco por dia de
serviço, equivalente a oito horas de trabalho.

17.2 - Um serviço de aterro esta previsto para receber um volume


de 250 mil metros cúbicos de argila. Sabendo que o ciclo
operacional dos caminhões a serem utilizados equivale é de 15m3/
0,8 hora. Solicita-se:

a) O tempo, em dias, necessário para executar a obra com um


único caminhão;
b) Quantos caminhões serão necessários para cumprir um
contrato de quatro meses;

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 1 - 51
Avila e Jungles Planejamento e Controle de Projetos

17.4 - Dado os projetos representado pelas suas EAP’s, conforme


tabelas abaixo, solicita-se definir a rede PERT utilizando
métodos Americano e Francês.

Exercício 1
Atividade Dependência Atividade Dependência Atividade Dependência
A --- D A G B
B A E D H E
C A F C,E I F,G,H

Exercicio 2
Atividade Precedência Atividade Precedência Atividade Precedência
A --- D A,B G B,C
B --- E B,C H D,E,I
C --- F A,B I B

Exercicio 3
Atividade Precedência Atividade Precedência Atividade Precedência
A --- E A I F,G,A
B --- F B,D J F,G,A
C --- G C K E,J
D C H C L K,I
M L,H

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 2 - 51
Avila e Jungles Planejamento e Controle de Projetos

17.5 - Dado os projetos representado pelas suas EAP’s, conforme


tabelas abaixo, solicita-se:
- definir a rede PERT utilizando métodos Americano e
Francês.
- Definir os tempos dos eventos e do programa
- Calcular as folgas.

Exercicio 1
Ativid. Depend. Duração Ativid. Depend. Duração Ativid. Depend. Duração
A --- 2 E B 3 I F 3
B --- 4 F B 2 J L,K 5
C A 5 G F 1 K H,I 2
D B 4 H G,E 2 L C,D 3

Exercicio 2
Ativid. Depend. Duração Ativid. Depend. Duração Ativid. Depend. Duração
A --- 5 F B 10 ---
B --- 6 G B 4 K C,D 7
C A 5 H G 7 L F,G,I,J 10
D A 8 I D,E 7 M H 11
E B 4 J C,D 3 ---

Exercicio 3
Atividade Precedência Duração Atividade Precedência Duração Atividade Precedência Duração
A -- 4 I C 1 Q K 3
B --- 5 J D 3 R L 2
C A 4 K E 4 S R,M 1
D A 5 L F 6 T O,P,Q 7
E A 6 M G 4 U S,N 5
F B 7 N H 5 V T,U,X 3
G B 3 O I 3 X L 2
H B 2 P J 4

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 3 - 51
Avila & Jungles Planejamento & Controle

Exercicio 4
Atividade Precedência Duração Atividade Precedência Duração Atividade Precedência Duração
A --- 12 H G 15 P I 4
B A 13 I F,H 4 Q M 5
C --- 14 J B 4 R N,O 3
D --- 8 K E,B 7 S N,O 4
E C 7 L F,H 5 T Q 7
F D 5 M J 6 U P,S 8
G D 6 N J 9 V T,R,U 7
O L,K 12 X V 5

Exercicio 5
Atividade Precedência Duração Atividade Precedência Duração Atividade Precedência Duração
A --- 1 J D-E 2 S O 3
B --- 2 K J-G 3 T Q-W 10
C --- 3 L D-E 4 U R 11
D B 4 M J-G 4 V R 12
E B 3 N F-I-K 8 X S 2
F C 2 O H 7 Y T 3
G A 5 P H 6 Z U-V 2
H L-M-N 4 Q O 5 BK X-Y 1
I C 3 R P 4

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 4
Avila & Jungles Planejamento & Controle

Exercício 6
Folga Folga Folga Folga
Atividade. Depend. Duração TCI TTI TCF TTF
Total Livre Depen. Indep.
A -- 7
B -- 5
C -- 3
D C 2
E A 2
F D 6
G A,B,C 3
H A,B,C 9
I E 4
J E 3
K J 1
L H,I 3
M H,I 7
N F,G 4
O F,G 1
P L,N 3
Q O 7
R O 6
S R 3
T K,I,H 6
U T 5
V M,P,Q 2
X U,N 10
W M,P,Q 8
Z X,W,S 8

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 1
Avila & Jungles Planejamento & Controle

17.6 - Dado o projeto representado pelas atividades A, B, C,


D e E,

• Elabore o cronograma de mão-de-obra;


• Elabore o histograma de cada categoria de mão-de-obra, ATIVI DU Períodos de tempo (em dias corridos)
adotando gráfico de barras verticais; DAD RAÇ 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12
E ÃO
• Calcule o número de homens-horas (H-h) para cada
período e o total acumulado.
A 4
B 6
C 5
D 5
[6] [17]
E 5
[19]
(4) (9) (11)
C F
2 4 7
5
2
D K
[0] A [11] [15] [22]
5 (9) 3 (22)
(0) 4 (13)
G I
1 5 8 10
4 7

B [6] [17]
6 [11] J
(6) (11) (17) 5
E H
3 6 9
5 6

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 1
Avila & Jungles Planejamento & Controle

Duração

No. de equipes
Equipe básica

Produtividade
Quantidade
(em dias)
Atividade

a utilizar
Unidade

Equipe
CÁLCULO DO NÚMERO DE HOMENS-HORA
PERÍODOS

Adotado
Homens-Hora
Total 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

No Período

Acumulado

m2 / d
1935

1P+

2
1S
A m 80
4 m3 / d
368

3
2S

B m

CRONOGRAMA DE MÃO-DE-OBRA
8 m2 / d

Categoria Períodos de tempo (em dias corridos)


1C+
234

m2
1S

C
de
mão-de- 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12
obra
Pedreiro
kg / d
1A+
930

100
1S

D Kg
Carpinteiro
Armador
Servente
10 m / h
1700

3S

E M Efetivo /
Período

LEGENDA: P = pedreiro; S = servente; A = armador; C =


carpinteiro.

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 2
Avila & Jungles Planejamento & Controle

17.7 - Dado o programa representado por suas atividades


solicita-se.
• Nomear as atividades na rede apresentada;
• Definir o caminho crítico da rede apresentada;
• Calcular as folgas da rede abaixo definida.
• Hierarquizar as atividades.
• Reprogramar as atividades visando evitar folgas
negativas.

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 3
Avila & Jungles Planejamento & Controle

Folga Folga Folga Folga Grau de


Atividade Dependência Duração TCI TTI TCF TTF
Total Dependente Independente Livre Prioridade

A --- 13
B --- 8
C B 5
D A 7
E A 5
F A,C 6
G B 4
H B 3
I F,G 7
J H 7
K D 3
L K 2
M K,E,I,J 3
N M 8
O A 5
P D 4
Q 0,P 5
R K 7
S R,Q 1
T S,L,N 13

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 4
Eng.º Civil Antonio Victorino Avila, MSc. Planejamento

17. 8 - Diagrama de Gantt e Fluxo de Caixa.

Dado o projeto caracterizado por suas atividades e pela


respectiva rede PERT, solicita-se os Diagramas de Gantt e o
Fluxo de Caixa para a programação intermediária, para:

a) Programação em PDI;
b) Programação em UDI;
c) Programação intermediária qualquer. 2

1 3 6

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos
Eng.º Civil Antonio Victorino Avila, MSc. Planejamento

Quadro 1 – Programação em PDI


F 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18
Ativid. D TCI TTI TCF TTF
TOTAL

A (1-2) 4 0 0 4 9 5
B (1-3) 3 0 0 3 3 0
C (1-4) 5 0 0 5 9 4
D (2-5) 2 4 9 11 11 5
E (3-5) 8 3 3 11 11 0
F (3-6) 6 3 3 18 18 9
G (4-6) 9 5 9 18 18 4
H (5-6) 7 11 11 18 18 0
Tempo em meses.
F = folga disponível entre o final da atividade, quando iniciada pela data mais cedo de início, até a sua data mais tarde de termino.

Quadro 2 – Programação em UDI


F 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18
Ativid. D TCI TTI TCF TTF
TOTAL

A (1-2) 4 0 0 4 9 5
B (1-3) 3 0 0 3 3 0
C (1-4) 5 0 0 5 9 4
D (2-5) 2 4 9 11 11 5
E (3-5) 8 3 3 11 11 0
F (3-6) 6 3 3 18 18 9
G (4-6) 9 5 9 18 18 4
H (5-6) 7 11 11 18 18 0

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos
Eng.º Civil Antonio Victorino Avila, MSc. Planejamento

Quadro 3 – Programação intermediária


FOLGA 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18
Ativid. D TCI TTI TCF TTF
TOTAL
A (1-2) 4 0 0 4 9 5
B (1-3) 3 0 0 3 3 0
C (1-4) 5 0 0 5 9 4
D (2-5) 2 4 9 11 11 5
E (3-5) 8 3 3 11 11 0
F (3-6) 6 3 3 18 18 9
G (4-6) 9 5 9 18 18 4
H (5-6) 7 11 11 18 18 0

Quadro 4 – Cronograma Físico Financeiro para a programação intermediária. Custo Total em R$ 10³
CUSTO
Atividade Cronograma 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18
$ 10³
Físico
A (1-2)
Financeiro 20
Físico
B (1-3)
Financeiro 24
Físico
C (1-4)
Financeiro 15
Físico
D (2-5)
Financeiro 16
Físico
E (3-5)
Financeiro 20
Físico
F (3-6)
Financeiro 18
Físico
G (4-6)
Financeiro 45
Físico
H (5-6)
Financeiro 42
Fluxo de caixa

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos
Eng.º Civil Antonio Victorino Avila, MSc. Planejamento

17.9 - Dado o projeto representado por suas atividades, elaborar:


- O cronograma físico;
- O diagrama PERT – tempo.
Obs: considerar o custo como proporcional ao tempo de construção.

Custo Total Folga


ATIVIDADE Duração TCI TTI TCF TTF
$ mil Total
A ( 1-2)* 20 5
B ( 1-3) 30 6
C ( 2-4) 15 5
D ( 2-5) 24 8
E (3-5) 24 4
F (3-7) 15 10
G (3-6) 16 4
H (6-8) 21 7
I (5-7) 28 7
J (4-7) 36 3
K (4-9) 49 7
L (7-9) 25 10
M (8-9) 121 11
* Os números apostos entre parêntesis indicam os eventos limitantes de cada atividade.

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos
Eng.° Civil Antonio Victorino Avila, MSc. Planejamento

17.10 - Dado o programa abaixo, pede-se: Observação:


a) Elaborar a rede PERT adotando o método - Não permitir folga entre atividades dependentes;
americano; - A produtividade expressa no quadro corresponde à
b) Elaborar a rede PERT adotando o método produção de uma equipe;
francês;
c) Elaborar o diagrama de Gantt.
d) Deseja-se saber qual a duração total do
programa quando forem alocadas duas
equipes para a realização dos trabalhos.

Volume Duração Duração


Atividade Dependência unidade Produtividade
de serviço 1 Equipe 2 Equipes
A -- 600 M3 150 M3/Sem
B -- 1.200 UN 400 UM/ Sem
C -- 5.200 M 1.300 M/ Sem
D A-B 1.500 M3 250 M3/ Sem
E B,C 20.000 M 4.000 M/ Sem
F A,B 9.450 M2 1.350 M2/ Sem
G B,C 512 UN 64 UN/ Sem
H D,E,I 18.900 M2 3.150 M2/ Sem
I B 6.408 M2 534 M2/ Sem
Obs: tempos em semanas

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 210


Engº. Civil. Antonio Victorino Avila, MSc. Planejamento

Diagrama de Gantt – tempo em semanas - mobilizando 1 Equipe


Sem
A
B
C
D
E
F
G
H
I

Diagrama de Gantt – tempo em semanas – mobilizando 2 Equipes.


Sem
A
B
C
D
E
F
G
H
I

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 211-51


Engº. Civil. Antonio Victorino Avila, MSc. Planejamento

17.11 – Caso da barragem de terra e enrrocamento.

Dado o projeto expresso por sua EAP e sabendo dados de produção e produtividade, pede-se:
a) Elaborar a rede Pert pelos métodos francês e americano;
b) Elaborar o diagrama de Gantt (em semanas);
c) A duração do processo de construção.

Volume Duração
Atividade Precedência unidade produtividade
serviço semanas
A – limpeza de fundação --- m² 328 m²/dia 8.200
B – cortina injeção --- m 150 m/dia 4.800
C – base da laje de vedação --- m² 300 m²/dia 2.445
D – regularização - concreto C m³ 130 m³/dia 2.975
E - concretagem de falha A m³ 250 m³/dia 837
F – consolidação taludes A,B,C un 50 un/dia 1.670
G – enrocamento pedra E m³ 685 m³/dia 7.500.000
H – paramento de concreto D m³ 200 m³/dia 122.000
I – coroamento - asfalto F,G,H m² 540 m²/dia 22.000
J - iluminação H, F un 17 un/dia 485
K – limpeza/entrega J.I m² 3.000 m²/dia 24.000

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 212-51


Engº. Civil. Antonio Victorino Avila, MSc. Planejamento

Cronograma de Barras – GANTT Tempo em semanas


Ativ
A
B
C
D
E
F
G
H
I
J

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 213-51


Eng.° Civil Antonio Victorino Avila, MSc.
Planejamento

17.12 - Compatibilização de Projetos.

O planejamento de um complexo industrial-administrativo foi desenvolvido em três


módulos distintos e definidos pelas atividades abaixo. Montar a rede PERT-CPM do
planejamento integrado, definindo os tempos mais cedo e mais tarde de início das
atividades e o caminho crítico.
Sabe-se, contratualmente, existe uma folga inicial de três semanas.
Como marcos contratuais, as atividades B11 e C7; A8 e B4 devem ser concluídas nas
mesmas datas.

Módulo - 1
Atividade Dependência. Duração Atividade Dependência Duração
A1 --- 3 A8 A7 2
A2 A1 4 A9 A6 1
A3 A2 5 A10 A9;A1 5
A4 A3;A10 4 A11 A8;A6 7
A5 A4 5 A12 A3;A10 6
A6 --- 6 A13 A12;A11 9
A7 --- 9 A14 A5;A13 8

Módulo - 2
Atividade Dependência Duração Atividade Dependência Duração
B1 --- 3 B9 B2 9
B2 B1 4 B10 B8 7
B3 B2 2 B11 B9;B10 6
B4 B3 5 B12 B9;B11 9
B5 B4 3 B13 B4;B9 5
B6 B5 2 B14 B6 4
B7 --- 1 B15 B12;B13 3
B8 B7 4 B16 B14;B15 2

Módulo - 3
Atividade Dependência Duração Atividade Dependência Duração
C1 --- 1 C12 C11 9
C2 C1 2 C13 C7;C10 8
C3 C1 3 C14 C7;C10 5
C4 C2 7 C15 C14 3
C5 C4 3 C16 C13 1
C6 C5 2 C17 C13 2
C7 C6;C12 4 C18 C15 5
C8 C1;C2 3 C19 C16 4
C9 C3 2 C20 C17;C18 3
C10 C9 4 C21 C20 9
C11 C8 1 C22 C19 7

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos

210
Eng.° Civil Antonio Victorino Avila, MSc. Planejamento

17.13 – Compatibilização de Redes.

3 5
4 6 6
4
4 4 4
5 3 9
A
2 B 6
1 2 4 12
1 3

1 2 2 18
4
C M
D 12 N
2
6 3 2
4 3 4

3
2
7 4 6 7
1

Pede-se:
1º - Compatibilizar os processos de execuçao de projetos cujas Por exigibilidade contratual, os eventos: A-B; C-D e M-N são
redes foram elaboradas independentemente. definidos como datas “marco” devendo cada par estar concluído,
2º - Definir os tempos dos eventos e do programa total. respectivamente, em sua ultima data de término.

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 210


Engº. Civil. Antonio Victorino Avila, MSc. Planejamento

17.14 - Linha de Balanço.

Um conjunto residencial está previsto para ser construído em 12 O contrato prevê um tempo de mobilização de 20 dias.
meses, conforme o contrato a ser estabelecido. O conjunto será Os dados a seguir enumerados apresentam a formação do tempo
composto por 14 prédios de quatro pavimentos cada um, sendo base de construção de uma unidade.
que cada pavimento será constituído por quatro apartamentos,
cuja área global monta a 480 m2..

Item Serviço Prazo - dias Total


1. Fundação Escavação 5 25
Sapatas 10
Baldrame 8
Reaterro 2
2.Estrutura ( por laje) Formas 5 11
Armaduras 4
Concretagem 2
3.Alvenaria ( por pavimento) 5
4.Telhado 5
5.Instalação 6 (por andar)
6.Reboco Interno 4 ( por andar)
7.Reboco Externo 7 ( por fachada)
8.Pintura Interna 4 (por andar)
9.Pintura Externa 5 ( por fachada)
Tempo Total 73

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 216-51


Engº. Civil. Antonio Victorino Avila, MSc. Planejamento
17.15 - Dado o projeto abaixo caracterizado pela sua rede PERT e
pelos tempos de duração das atividades estimados por três
alternativas, calcular a probabilidade de que o mesmo possa ser
concluído em menos de 20 semanas.

Tempo
Atividade Dependência t(i) σ (i) 2
otimista médio pessimista
A --- 2 3 4
B --- 2 3 5
C --- 2 4 5
D C 3 5 6
E A 3 4 5
F A,B,C 3 3 4
G C 2 2 5
H D 5 7 8
I F,G,H 5 6 8

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 217-51


Eng.° Civil Antonio Victorino Avila, MSc. Planejamento

17.16 - PERT - Tempo. b) Determinar a data término do projeto;


c) Estabelecer o caminho crítico;
Considerando o projeto representado por suas atividades, cujas d) Qual a duração do projeto para que se tenha 85% de certeza
durações das atividades foram estimadas por três alternativas para a sua conclusão.
solicita-se: e) A probabilidade de o projeto ser concluído em 35 tempos.
a) Definir a rede PERT;

Tempo Tempo Tempo


Atividade Dependência
Mínimo Médio Máximo
A - 4 5 6
B - 4 6 7
C A 3 5 6
D A 7 8 9
E B 2 4 6
F B 7 10 12
G B 3 4 5
H G 6 7 9
I D,E 5 7 8
J C,D 1 3 4
K C,D 5 7 9
L F,G,I,J 7 10 14
M H 10 11 13

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 210


Eng.° Civil Antonio Victorino Avila, MSc. Planejamento

17.17 - PERT - Tempo. b) Determinar a data término do projeto;


c) Estabelecer o caminho crítico;
Considerando o projeto representado por suas atividades, cujas d) Qual a duração do projeto para que se tenha 90% de certeza
durações das atividades foram estimadas por três alternativas para a sua conclusão.
solicita-se:
a) Definir a rede PERT;

Atividade Precedência Menor Duração Duração Média Maior Duração


A --- 5 7 8
B --- 4 5 6
C A 5 8 9
D A 6 7 9
E A 4 6 6
F B 5 6 7
G B 8 9 11
H B 7 10 12
I C 3 4 5
J D 5 8 9
K E 8 9 11
L F 7 9 10
M G 3 3 4
N H 6 7 8
O I 10 12 14
P J 6 7 9
Q K 8 11 13
R L 10 14 15
S R;M 2 3 4
T O;P;Q 5 6 8
U S;N 4 6 7
V T;U;X 9 10 12
X L 8 9 11
Y S;N 8 10 12
Z O;P;Q 1 2 2

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 210


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos
17.18 - Caso das Concreteiras.

Você é o Engenheiro Responsável pela elaboração de proposta


visando o planejamento do aeroporto de Guarupés que está para Preço Capacidade Máxima
Fornecedor
ser ampliado, dado o incremento crescente da demanda de cargas US$/ m³ Diária
e passageiros. Schnell Beton 200,00 70 m³
Speed Concret 300,00 130 m³
Durante o período de construção está previsto o fechamento do
mesmo, implicando para a empresa concessionária de serviços
aéreos operadora do terminal, num prejuízo diário de US$
10.000,00.

Basicamente, a previsão dos serviços consiste em:

a) Terraplenagem, apresentando um volume de escavação e


3
aterro de 150.000 m a ser executado com a utilização de moto-
scrapers, cuja produção diária está prevista para ser de 1.500 m3.

Estes equipamentos serão adquiridos ao preço unitário de US$


500.000,00 e estima-se que, concluído o projeto, poderão ser
vendidos ao preço de US$ 400.000,00 por unidade.

b) Drenagem, a ser efetuada após a terraplenagem e com duração


prevista de 50 dias ao custo de US$ 900.000,00.
c) Pavimentação em concreto, no volume de 4.500 m3, cuja
execução só poderá ser efetuada concluída a drenagem.

O concreto poderá ser fornecido por duas empresas


especializadas, nas condições da tabela abaixo

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 220-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos
17.19 - Caso da Ponte.
b) Transitavam, diariamente, pela ponte derrubada, 1.100
Você é o chefe da assessoria de Planejamento da Secretaria de veículos. Dado o acidente, foi montado um sistema de balsas
Obras do Estado e esta estudando a execução de uma nova que vem onerando o Estado em R$ 98.000/dia.
ponte, sobre o Rio das Piranhas e situado na Região
Metropolitana, a ser implantada junto ao local de uma ponte c) Existem, na região, três fornecedores de brita, cujas condições
derrubada após a última enchente. comerciais são:
Custo
Seu objetivo é decidir qual a programação e os equipamentos a Fornecedor Capacidade de Produção
R$/dia
serem definidos para execução do empreendimento, de forma a Britex 15 m³/dia 45.000,00
realiza-lo a mínimo custo, sem redução de qualidade. Sóbrita 30 m³/dia 120.000,00
FortBrita 90 m³/dia 450.000,00
Para tanto, dispõe das seguintes informações:
d) O serviço de concretagem da superestrutura está orçado em
a) Orçamento e Planejamento dos Serviços:
R$ 6.000 por metro cúbico.
e) Havendo adição de aditivo, o concreto alcança sua tensão de
Duração
Serviço Dep. Custo R$ 10³ serviço em 15 dias. Porém, o serviço de concretagem sofrerá
Dias
um acréscimo de R$ 400,00/ metro cúbico.
A – Instalação do Canteiro --- 15 250
f) Foi apropriado um volume de 3.250 m³ para a estrutura de
B – Execução de Tubulões A 45 4.500
concreto.
C – Execução de Formas e
A 60 2.000
Andaimes
D – Execução de Armaduras A 30 6.000
E – Produção de brita p/ Tubulões Conforme
A Variável
= 900 m³ fornecedores
F – Concretagem dos Tubulões B.E 15 3.000
G – Execução da Superestrutura;
C,F 15 500
formas e andaimes
H – Produção de Brita p/ Conforme
E Variável
superestrutura = 2.250 m³ fornecedores
I – Montagem das Armaduras D,G 15 800
J – Concretagem da Superestrutura H,I 15 Conforme Aditivo
K – Período de Cura J Variável Conforme Aditivo
L – Desforma e desmobilização K 15 300

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 221-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos
17.20 - Considerando o projeto especificado abaixo, relativo a um
processo de licitação a ser efetuado por um órgão governamental. Duração Duração Custo Custo
Sua empresa esta interessada em participar deste processo. Para Ativid. Depend. Normal Acelerada Normal Acelerado
tanto, pergunta-se: qual a programação que voce recomenda? -meses- -meses- R$ mil R$ mil
A - 4 3 1.500,00 2.000,00
Você sabe que: B - 5 4 6.000,00 8.000,00
C - 5 4 9.000,00 10.500,00
• Os custos indiretos montam a R$ 1,2 milhões por mês; D A 9 7 2.400,00 3.000,00
• Ocorrendo atraso nos serviços, a multa é de R$2,0 milhões por E B 8 6 10.000,00 12.000,00
mês; F B 6 5 5.000,00 8.000,00
• O prazo solicitado em edital para a entrega dos trabalhos é de G C 12 9 6.000,00 7.500,00
H D;E 7 4 12.000,00 15.000,00
21 meses;
I F;G;H 5 4 6.000,00 9.000,00
• A programação disponível é dada a seguir:

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 222-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos

17.21 - Complexo Industrial.

O planejamento de um complexo industrial/administrativo foi Módulo-2


desenvolvido em três módulos distintos e definidos pelas Ativ. Dependência Duração Ativ Dependência Duração
atividades abaixo. B1 --- 3 B9 B2 9
B2 B1 4 B10 B8 7
Montar a rede PERT/CPM do planejamento integrado, B3 B2 2 B11 B9;B10 6
definindo os tempos mais cedo e mais tarde de início das B4 B3 5 B12 B9;B11 9
atividades e o caminho crítico, sabendo-se que: B5 B4 3 B13 B4;B9 5
B6 B5 2 B14 B6 4
a) Contratualmente existe uma folga inicial de três semanas.
B7 --- 1 B15 B12;B13 3
b) Existe uma restrição contratual estabelecendo que as seguintes B8 B7 4 B16 B14;B15 2
atividades devam ser concluídas nas mesmas datas: {B11 e C7};
{A8 e B4}.
Módulo-3
Ativ. Dependência Duração Ativ. Dependência Duração
Módulo-1 C1 --- 1 C12 C11 9
Ativ. Dependência. Duração Ativ. Dependência Duração C2 C1 2 C13 C7;C10 8
A1 --- 3 A8 A7 2 C3 C1 3 C14 C7;C10 5
A2 A1 4 A9 A6 1 C4 C2 7 C15 C14 3
A3 A2 5 A10 A9;A1 5 C5 C4 3 C16 C13 1
A4 A3;A10 4 A11 A8;A6 7 C6 C5 2 C17 C13 2
A5 A4 5 A12 A3;A10 6 C7 C6;C12 4 C18 C15 5
A6 --- 6 A13 A12;A11 9 C8 C1;C2 3 C19 C16 4
A7 --- 9 A14 A5;A13 8 C9 C3 2 C20 C17;C18 3
C10 C9 4 C21 C20 9
C11 C8 1 C22 C19 7

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 223-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos

17.22 - Provão 2001 do MEC

Cronograma Físico Financeiro em %


mês
Item Serviço %
1 2 3 4 5 6 7
1 Serviços Iniciais 0,5 40 60
2 Serviços Gerais 7,0 10 10 20 20 20 10 10
3 Fundações 4,0 30 60 10
4 Estrutura 16,0 10 20 50 20
5 Instalações 24,0 10 15 20 20 20 15
6 Alvenarias 3,0 20 30 40 10
7 Revestimentos 10,0 5 20 30 40 5
8 Soleiras e Peitoris 0,5 5 20 30 40 5
9 Esquadrias e Ferragens 15,0 10 20 30 30 10
10 Pavimentações 6,5 10 30 30 30
11 Impermeabilizações 2,5 20 30 50
12 Pintura 3,0 10 40 50
13 Louças e Metais 4,5 50 50
14 Limpeza 3,0 40 60
- O serviço Instalações (item 5), foi realizado com uma economia
Uma das obras prediais da empresa em que você trabalha tem de 10% do valor para ele previsto;
valor total de custo previsto em R$ 2.000.000,00 (dois milhões de - Os demais itens se mantiveram inalterados.
reais).
Os percentuais de cada serviço da planilha orçamentária e o A partir desses dados, informe se a obra em questão gastou mais
cronograma físico-financeiro são os relacionados no quadro acima. ou menos que o previsto e qual o valor dessa diferença. Justifique,
a) Acompanhando os trabalhos de análise gerencial final da obra, apresentando os cálculos necessários.
você constatou que:
- Os serviços foram executados nos prazos do cronograma; Considere, nos seus cálculos, que, por critérios adotados, a
- No serviço fundações (item 3), houve uma despesa adicional aplicação dos juros se faz a partir da conclusão total do serviço e
de 20% do valor do item e, pelas normas adotadas na que as economias geradas ao longo da obra também só são
empresa, a gerência da obra fez um empréstimo desse valor computadas após o termino dos respectivos serviços.
junto a matriz , corrigido a juros simples de 5% ao mês;

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 224-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos
b) Para a realização do serviço Alvenarias (item 06), nos meses
04 e 05, foi programada a compra de uma carga fechada de
300 sacos de cimento de 50 kg de cimento, em cada um
desses meses.

Admitindo que o estoque no início do mês 04 é de 10 sacos,


informe se a compra é suficiente para a realização desta etapa do
serviço e se ela atende à determinação de que o estoque
transferido de um mês para outro não exceda a 120 sacos.

Justifique suas respostas considerando que:

- A obra teve um total de 20.000 m² de alvenaria;


- São consumidos 1,8 kg de cimento por m² de alvenaria;
- Não devem ser consideradas “perdas” no seu cálculo.

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 225-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos
17.23 - Provão 1997 do MEC. a) Qual atividade representa o maior custo em relação ao total?
Qual o seu valor percentual?
Você foi o engenheiro escolhido por sua empresa para
administrar a obra cujo cronograma físico-financeiro resumido b) Em que mês será atingido o custo de 60% do total da obra ?
encontra-se no quadro abaixo, o qual deverá ser adequadamente
preenchido. c) Que mês apresenta o maior custo? Qual o seu valor em reais?

Em encontro com seu supervisor, considerando a previsão do


cronograma, ele lhe fez as perguntas apresentadas a seguir:

Peso Custo Q1 M1 Q2 M2 Q3 M3 Q4 M4 Q5 M5
Atividade
% R$ mil % % % % % % % % % %
Fundações 100 180
Estruturas 25 75 50 150 25 75
Alvenaria 25 30 60 72 15 18
Instalações 10 18 20 36 50 90 20 36
Acabamentos 50 210 50 210
Total Simples
Total Acumulado
Considere:
Qn = Quantidade de serviço no mês “n”, em percentagem;
Mn = Valor do serviço no mês “n”, em R$ 10³.

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 226-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos
17.24 – Planejamento – Gerência.

Você esta analisando a proposta comercial visando a realização de


duas obras publicas que apresentam idênticas plantas, porém
realizadas em locais distintos.

Dispondo das informações abaixo e considerando que a logística


dos dois empreendimentos são distintas informes as
recomendações que você faria à gerência de sua empresa visando
executar os dois empreendimentos.

a) Prazo estabelecido em edital.......................................20 meses.


b) Prazo segundo tecnologia normalmente adotada........24 meses.
c) Multa por atraso contratual.......................... R$ 355.000,00/mês.
d) Margem de lucro sobre o total da proposta......................... 17%

f) Resultado da Análise de Compressão – Obra 1


Mês 24 23 22 21 20
Custo R$ 43,7 40,9 39,7 40,5 40,8
Valores em milhões de reais

g) Resultado da Análise de Compressão – Obra 2


Mês 24 23 22 21 20
Custo R$ 45,7 45,8 45,9 50 51,1
Valores em milhões de reais

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 227-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos

17.25 – Considerando a execução de um contrato de empreitada, b) Havendo atraso na conclusão dos serviços, é prevista uma
oriente qual será o comportamento gerencial de sua empresa. multa contratual de R$ 0,25 milhões por mês;
Elabore um gráfico para ilustrar seu ponto de vista, sabendo que: c) Havendo adiantamento no cronograma, é prevista uma
bonificação de R$ 0,25 milhões por mês.
d) Os custos externos são avaliados em R$ 0,41 milhões por
a) A previsão, contratual, de conclusão dos serviços é de 45 mês. Todos os valores são expressos em milhões.
meses;

Tempo Tempo Custo Custo Folga Custo


Ativ. Dep.
Normal Acelerado Normal Acelerado Total Marginal
A --- 9 7 5,0 7,4 1,20
B --- 12 9 10,8 13,5 0,90
C --- 12 9 7,0 9,4 0,80
D A 25 20 5,0 6,5 0,30
E A 10 9 4,8 5,4 0,60
F B;C 14 13 4,0 4,55 0,55
G C 8 7 3,2 3,4 0,20
H E;F 11 8 5,5 7,6 0,70
I G 10 8 2,4 3,4 0,50
K H;I 13 11 1,9 3,1 0,60

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 228-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos
1
17.26 - Estudo da Implantação de um viaduto.

Definir a programação mais econômica visando à participação na


licitação cujo objeto é a implantação de uma ponte/ viaduto com
extensão de 378 metros.

O empreendimento será executado em estrutura de


concreto armado e projetado para dispor de oito (08) vãos
sucessivos. O planejamento dos serviços prevê o avanço
simultâneo em duas frentes de serviço, visando concluir o
empreendimento no menor tempo possível.

Sabe-se que:

a) Os custos indiretos ou externos estão orçados em $ 100 mil por


mês.
b) O edital define a realização dos serviços em 20 meses,
havendo uma multa de $ 150 mil por mês de atraso.

Duração - meses Custos - $ mil


Macro Atividades Dependência
Normal Acelerada Normal Acelerado
A Projeto Executivo - 4 3 22 31
B Locação e Canteiro A 2 1 5 5
C Infra-estrutura – Frente 1 B 2 1 150 320
D Infra-estrutura – Frente 2 B 3 2 200 400
E Meso estrutura – Frente 1 C 6 4 500 610
F Meso estrutura – Frente 2 D 4 3 600 720
G Super estrutura – Frente 1 E 4 2 900 990
H Super estrutura – Frente 2 F 6 4 870 1040
I Acessos - Frente 1 G 2 1 200 340
J Acessos - Frente 2 H 2 2 180 350
K Pavimentação I;J 2 1 540 600
L Acabamentos - Iluminação k 2 2 90 110

1 Contribuição dos Engenheiros Carolina Banki e José Fabris.


PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 229-51
Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos

17.27 - Obra Rodoviária.

Foi divulgada uma licitação tendo por objeto a realização Quadro I – serviços, produção e preços.
de uma obra rodoviária. Sua empresa deseja participar deste Serviços Volume Índice de
Preço unitário
processo licitatório. Para tanto, coube a Você definir: Previsto produção
1. Inst.Provisórias 3.280 m² 1.300 m²/mês 1.200,00 R$/m²
 O cronograma físico financeiro; 2. Rodovia
 O fluxo de caixa semanal; 2.1. Rocha 180.000 m³ 12 m³/hora 65,15 R$/m³
 O número de equipes a serem alocadas em cada serviço;
 Um histograma de mão de obra, considerando o número 2.2. Base 465.000 m³ 18 m3/hora 73,50 R$/m³
de equipes, expresso em base mensal. 2.3. Asfalto 38.000 m³ 70 m²/hora 1980,30 R/m²
Para o cumprimento da tarefa, são as seguintes as 3. Obras Arte
informações e instruções disponíveis: 722 un de
3.1.Estacas 3 estacas/dia R$ 78,50/m
9 metros
 Os índices de produção e os preços a serem praticados mobilização por equipamento R$ 14.980
por sua empresa estão incluídos no Quadro I. 3.2. Concreto 42.400 m³ 35 m³/dia 1.773,00 R$/m³
 A relação e o quantitativo dos serviços a serem
contratados bem como o cronograma básico de execução
divulgado pelo órgão licitante estão expressos,
respectivamente, nos Quadros I e II.
 As instalações provisórias referem-se à construção de
edificações pré-fabricadas e galpões para oficinas e
almoxarifados.

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 230-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos

Quadro II – Cronograma das Atividades


Tempo em Semanas
Serviços
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42

1.
Preliminares
2. Rodovia
2.1. Rocha
2.2. Base
2.3. Asfalto
3. Obras Arte
3.1.Estacas
3.2.
Concreto

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 231-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos

Para amparar o seu ponto de vista, trace um gráfico Tempo x IS.


17.28 - Caso das Estruturas.

Você foi encarregado de liberar recursos para o próximo


bimestre, isto é, os meses 11 e 12 relativos ao financiamento de
uma obra cujo cronograma contratual e cronograma de
acompanhamento estão abaixo considerados.

Comente da possibilidade de liberar recursos para a empresa


responsável pelo empreendimento, baseando-se nos índices de
produção relativos aos meses 6; 8 e 10.

Cronograma Planejado ou Contratual

Etapa Tipo mes1 mes2 mes3 mes4 mes5 mes6 mes7 mes8 mes9 mes10 mes11 mes12 mes13 mes14 mes15

1.- Físico 42% 48% 10% -


Terraplen. Finan 8 9 1,9
Físico 49,6% 50,4%
2.-Mobiliz.
Finan 6 6,1
3.- Estrut. Físico 20% 20% 20% 20% 20%
"A" Finan 5 5 5 5 5
4.- Estrut. Físico 40,3% 46,3% 13,4%
"B" Finan 6 6,9 2
5.- Estrut. Físico 11,9% 11,2% 11,2% 11,2% 11,2% 11,2% 11,2% 11,2% 6,2% 3,7%
"C" Finan 19,2 18 18 18 18 18 18 18 10 6
Físico 14,7% 10,7% 10,7% 10,7% 10,7% 10,7% 10,7% 10,7% 10,5%
6.- Acabam
Finan 7 5,1 5,1 5,1 5,1 5,1 5,1 5,1 5

Dispon.
8 15 19 31,1 25 23 30 23,1 23,1 23,1 23,1 15,1 11,1 5,1 5
Mês
Acumulado 8 23 42 73,1 98,1 121,1 151,1 174,2 197,3 220,4 243,5 258,6 269,7 274,8 279,8

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 232-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos

1ª Apropriação – Como Executado Pela Empresa 2ª Apropriação – Como Executado Pela Empresa
mês Tipo 1 2 3 4 5 6 Tipo 1 2 3 4 5 6 7 8
Físico 42% 48% 10% Físico 42% 48% 10%
1.Terraplen Finan
9 10 2 Finan. 9 10 2
.
49,60 50,40 49,60 50,40
Físico Físico
2.Mobilizaç % % % %
ão Finan
7 7,1 Finan. 7 7,1
.
Físico 20% 20% 20% 20% Físico 20% 20% 20% 20% 20%
3.Estrut.
Finan 6 6 7
"A" 6 6 6 6 Finan. 6 6
.
Físico 33,6% 33,6% 26,8% 6,0% Físico 33,6% 33,6% 26,8% 6,0%
4. Estrut.
Finan 5 2
"B" 5 5 5 2 Finan. 5 5
.
Físico 9,4% 7,4% 7,4% Físico 9,4% 7,4% 7,4% 6,8% 6,2%
5.Estrut.
Finan 15 15 15
"C" 15 15 15 Finan. 15 12
.
Físico Físico 6,2% 6,2%
6. Acabam. Finan 5
Finan. 5
.
Disp. Mês 9 17 20,1 26 26 23 9 17 20,1 26 26 23 27 17
Acumulado - 1 9 26 46,1 72,1 98,1 121,1 9 26 46,1 72,1 98,1 121,1 148,1 165,1

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 233-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos

3ª Apropriação - Cronograma Físico Financeiro como executado pela empresa construtora


mês Tipo 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13
Físico 42% 48% 10%
1.Terraplen
Finan. 9 10 2
Físico 49,60% 50,40%
2.Mobilização
Finan. 7 7,1
Físico 20% 20% 20% 20% 20%
3.Estrut. "A"
Finan. 6 6 6 6 7
Físico 33,6% 33,6% 26,8% 6,0%
4. Estrut. "B"
Finan. 5 5 5 2
Físico 9,4% 7,4% 7,4% 6,8% 6,2% 6,2% 6,2%
5.Estrut. "C"
Finan. 15 15 15 15 12 12 12
Físico 6,2% 6,2% 6,2% 6,2%
6. Acabam.
Finan. 5 5 5 5
Dispon. Mês 9 17 20,1 26 26 23 27 17 17 17
Acumulado - 3 9 26 46,1 72,1 98,1 121,1 148,1 165,1 182,1 199,1

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 234-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos
capacidade para 200 pessoas cada um, Escritórios de
Administração, Cabinas para imprensa, etc.
17.29 - Planejamento de Conjunto Olímpico Poliesportivo.
B - Conjunto Olímpico para natação e saltos ornamentais.
Capacidade para 4 mil pessoas. Uma piscina olímpica. Um
Você foi contratado (a) pelo COB para elaborar, tanque de salto. 03 piscinas semi-olímpicas destinadas a
coordenar e controlar a implantação de um complexo treinos e aquecimento de atletas, todas térmicas;
poliesportivo a ser utilizado nas Olimpíadas de 2004, a ocorrer Vestiários para 10 equipes de 20 pessoas cada; Duas
em seu Estado. Para tanto, o presidente do COB lhe deu o Lanchonetes com capacidade para 150 pessoas cada;
ESBOÇO anexo, composto por quatro programas básicos. Sala de Imprensa e Conferências, etc.
Como sua atribuição primeira, lhe coube definir o macro
planejamento do empreendimento, segundo o programa abaixo.
C - Estádio de exportes poli – esportivo, com previsão de
utilização de cobertura executada em estrutura metálica.
A importância da definição do macro planejamento é que
Capacidade para 10 mil pessoas. Uma churrascaria e duas
ele ordenará toda a programação desse importante
lanchonetes no interior das instalações. Alojamentos para
empreendimento, pois a tecnologia a ser adotada no processo
hospedar quatro delegações, com banheiro coletivo para
de construção deverá propiciar o cumprimento dos prazos de
cada um deles, e mais 12 apartamentos para alojar
construção segundo nele estabelecido.
árbitros. Centro Administrativo com escritório panorâmico.
Palco para eventos. Camarins para doze artistas. Dois
Para tanto solicita-se:
elevadores. Etc.
a) A definição de 15 (quinze) macro atividades e as respectivas D – Estacionamento para 10 mil veículos, quatro guaritas de
precedências, necessárias a estabelecer o cumprimento das entrada para controle do conjunto; duas lanchonetes a
demais atividades e contratações do empreendimento; serem implantadas em diagonais do conjunto com seis
b) O estabelecimento de um gráfico de Gantt (Cronograma lojas anexas cada uma, edifício destinado a receber uma
Mestre) conexo às atividades acima; delegacia e controle de segurança externos.

I - Programa do Empreendimento: II – Condições Gerenciais:

A - Estádio de Futebol, Atletismo e Grandes Eventos. II.1 - Duração do programa, 21 meses;


Capacidade para 50 mil espectadores. II.2 - O planejamento deve possibilitar a elaboração das
Um Restaurante Panorâmico com capacidade para 350 edificações principais com projetos e execução realizados por
pessoas, seis Lanchonetes, oito elevadores; Instalações empresas distintas;
para abrigar seis delegações compostas por 25 pessoas;
Centro Comercial no Térreo; Dois anfiteatros com

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 235-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos
II.3 - Há necessidade de um grande serviço de terraplenagem
para definir os patamares onde serão implantados os grandes
ginásios de esporte.

Metodologia de Macro Planejamento:

1º - Relacionar as macro-atividades;
2º - Separar as macro atividades relativas à engenharia do
processo daquelas integrantes da engenharia do produto;
3º - Correlacionar as macro-atividades;
4º - Definir o tempo de duração ( contratual ou político) de cada
macro-atividade;
5º - Como princípio, procurar estabelecer o maior número
possível de atividades a serem executadas em paralelo
(simultaneamente), visando reduzir o tempo total do
programa.

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 236-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos

Lanchonete
Comercio

Futebol Natação Estádio


Esportes

Lanchonete
Comercio Seg./Administ.

Rua: 38,70 m

Rua: 0,00 m

4.700,00 m

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 237-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos

Diagrama de Gantt – Programa Geral do Complexo Poli Esportivo Olímpico


ATIVIDADE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 238-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos

17.30 – Urbanização – Novo Bairro. d) Edificações previstas para serem construídos: 6 mil casas
de 72 m²; 4 mil casas de 64 m²; dois cinemas; um centro
Efetue o macro planejamento ( nível estratégico), do comercial comportando 50 lojas e um supermercado; um
empreendimento relativo à implantação de um bairro residencial hospital para 200 leitos, uma escola básica, duas creches;
anexo ao Distrito Industrial. e) Equipamentos urbanos: quatro praças e um ginásio de
Exprima o macro planejamento em um diagrama de Gantt. esportes;
a) Efetue, no máximo 18 (quinze macro atividades); f) As ruas serão asfaltadas;
b) O prazo para implantação do empreendimento é de 36 g) Instalação de rede elétrica em alta e baixa tensão;
meses; h) Instalação de rede de distribuição de água e estação de
c) O local esta desimpedido para construção, medindo, captação. Além de serviço de tratamento e coleta de esgoto
aproximadamente, 10 x 17 mil metros. sanitário.

BR 101

Ponte

Rio
Cavernoso
10.000 m

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 239-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos

Atividade mês

Metodologia de Macro Planejamento:

1º - Relacionar as macro-atividades;
2º - Separar as macro atividades relativas à engenharia do processo daquelas integrantes da engenharia do produto;
3º - Correlacionar as macro-atividades;
4º - Definir o tempo de duração ( contratual ou político) de cada macro-atividade;
5º - Como princípio, procurar estabelecer o maior número possível de atividades a serem executadas em paralelo
(simultaneamente), visando reduzir o tempo total do programa.

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 240-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos

17.31 – Macro Planejamento - Centro de Comercio e Eventos.

Vista Frontal do Centro de Comercio e Eventos


Sem escala

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 1-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos

Elabore o planejamento de 1º nível, também denominado de gerencial ou macro planejamento, para um centro de comércio e
eventos composto, basicamente, de três estruturas. Sua empresa foi contratada para desenvolver o projeto e a supervisão da execução do
empreendimento em questão.

- O Programa :
a) Hotel – com 21 pavimentos, loby e sobreloja. Cada pavimento tipo comportando 21 suites. Dois restaurantes, um no atico e outro
na sobreloja, cinco salas de reunião e garagem para 400 veículos.
b) Centro de Comércio – torre com 25 pavimentos tipo, cada pavimento com 25 metros de diâmetro; no térreo café e central de
informações; Na sobreloja estão previstas cinco salas de eventos. No subsololo, em dois níveis, estão previstas duas mil vagas
para automóveis.
c) Shoping contendo 100 lojas comerciais, uma praça de alimentaação e sete cinemas.
d) Um centro de controle e administração do complexo;
e) Prazo de execução: 25 meses. O hotel deverá estar concluído cinco meses antes das demais estruturas.
f) Elabore o gráfico de Gantt básico, em no máximo 20 atividades, visando permitir o planejamento de cada estrutura singular.

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 2-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos

- Procedimentos para Macro Planejamento:

1º - Relacionar as macro-atividades;
2º - Separar as macro atividades relativas a engenharia do processo daquelas integrantes da engenharia do produto;
3º - Correlacionar as macro-atividades;
4º - Definir o tempo de duração ( contratual ou político) de cada macro-atividade;
5º - Como princípio, procurar estabelecer o maior número possível de atividades a serem executadas em paralelo (simultaneamente),
visando reduzir o tempo total do programa.

Ativid. Cronograma Físico


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 1 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 3-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 4-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos

7. CUKIERMAN, Zigmundo S. O Modelo PERT/CPM Aplicado


a Projetos. Editora. Rio. 1977.
Referências Bibliográficas
8. DACOREGIO, Frederico. Planejamento de Obras e Análise
de Desempenho. Monografia submetida ao Departamento
1. ASSUMPÇÃO, Jose Francisco P. FUGAZZA, Antônio E. C.
de Engenharia Civil da Universidade Federal de Santa
Uso de Redes de Precedências para Planejamento da
Catarina. Florianópolis. SC. 2004.
Produção de Edifícios: VII Encontro Nacional de Tecnologia
do Ambiente Construído. Anais. Universidade Federal de
9. DE OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças. Planejamento
Santa Catarina Florianópolis, SC. 1998.
Estratégico - Conceitos, Metodologia e Práticas. Editor
Atlas. São Paulo. SP. 8º edição.
2. AVILA, Antonio Victorino, JUNGLES, Antonio Edésio.
Apostilha de Planejamento e Controle de Obras – ECV
5318. Curso de Engenharia Civil. Domínio: 10. DEUTSCH, Karl W. Política e Governo. Editora
www.petecv.ecv.ufsc.br. Departamento de Engenharia Civil. Universidade de Brasília. Brasília. DF. 1979.
UFSC. Florianópolis. SC. 2.003.
11. HEINECK, Luiz F. – Curvas de agregação de recursos no
planejamento e controle de edificações: aplicações a obras
3. .................................., Gerenciamento na Construção Civil. e programas de construção. Caderno Técnico. Porto Alegre.
Editora Argos. Chapecó. SC. 2006. UFRGS. Porto Alegre. RS. 1989.

12. ...............................- Inventário de aplicações da Curva S


4. BLOOM, Howard M. Design for manufacturing and the life no gerenciamento de produção civil: uma aplicação no
cycle in Design Theory 88ª eds. Sandra L. Newsome, W.R. controle de empreendimentos, in anais do 10º ENEGEP, v2,
Spillers, and Susan Finger. New York: Springer-Verlag, pg. 736-741. UFMG. Belo Horizonte. MG. 1990.
1989.
5. CARVALHO, Horácio Martins. Introdução à Teoria do 13. HILLIER, Frederick S. & LIEBERMANN, Gerald J.
Planejamento. Editora Brasiliense. Operations Research. Holden-Day, Inc. San Francisco.
EUA.1974.
6. CASAROTTO, Rosangela M. – Análise das curvas de
agregação de recursos de pequenos edifícios em 14. HOARE, H.R. “Administração de Projetos Aplicando Análise
Florianópolis, Santa Catarina. Dissertação de Mestrado. de Redes (PERT/ CPM)”. McGraw-Hill do Brasil. São Paulo.
Florianópolis. UFSC. 1995. 1976.

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 5-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos
15. HENDRICKSON, Chris & TUNG, Au. Project Management modelo de controle da qualidade total nas Centrais Elétricas
for Construction Willian J.Hall Editor. 1989. de Santa Catarina - CELESC. Dissertação de Mestrado.
Universidade Federal de Santa Catarina. 1999.
16. JUNGLES, Antonio Edesio; AVILA, Antonio Victorino.
Gerenciamento na Construção Civil. Editora Argos. 23. MARTINS, Petrônio, G., LAUGENI, Fernamdo P.
Chapecó. SC. 2006. Administração da Produção. Ed. Saraiva. 2 ed. São Paulo.
2004
17. KNOLSEISEN Patrícia C. Compatibilização do Orçamento
com o Planejamento do Processo de Trabalho para Obras 24. MAXIMIANO, Antônio Cesar Amaru. Da escola científica à
de Edificações. Dissertação de Mestrado. Departamento de competitividade na economia globalizada.
Engenharia Civil. Universidade Federal de Santa Catarina. 2. ed. São Paulo. Atlas, 2000.
Florianópólis. SC. 2003.
25. MATIOLA, Israel, SILVA, Jean R. - Técnicas de
18. KOSKELA, Lauri. Application of the New Production Gerenciamento Aplicadas a um Empreendimento
Philosophy to Construction. Technical Report 72. Stanford Imobiliário. Monografia. Departamento de Engenharia Civil.
University. EUA.1992. UFSC. Florianópolis. SC. 2003.

19. LAUFER, Alexander; TUCKER, R. L. - Construction 26. MENDES JR, Ricardo - Um Modelo Computacional para o
Planning Really Doing its job? A Critical Examination of Planejamento da Construção de Edifícios de Múltiplos
Focus, Role and Process. Construction Management and Pavimentos com Linha de Balanço. XV Encontro Nacional
Economics. EUA may 1987. de Tecnologia do Ambiente Construído, Rio de Janeiro
Anais. Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de
20. LOSSO, Iseu R., ARAUJO, Hércules Nunes. - Aplicação do janeiro, RJ. 1995.
Método da Linha de Balanço: Estudo de Caso. Anais do VI
Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente de Trabalho 27. MESEGUER, Álvaro G. - Controle E Garantia Da Qualidade
Construído – ANTAC. Universidade Federal do Rio de Na Construção. SINDUSCON São Paulo. São Paulo. SP.
Janeiro. Rio de Janeiro. RJ. 1995. 1991.

21. LIMMER, Carl V. - Planejamento, Orçamentação e Controle 28. MOITEUX, Colbert Demaria. - Administração de Projetos.
de Projetos e Obras. Livros Técnicos e Científicos Editora Editora Interciência. Rio de Janeiro. RJ. 1979.
S.A. Rio de Janeiro, RJ.1997.
29. NASSIF, Luis - Poetas e Construtores. Jornal Folha de São
22. MAY, Paulo R. - A implantação de modelos de gestão em Paulo. São Paulo. SP. Edição de 15.12.1995.
uma empresa pública: o modelo de gestão participativa e o

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 6-51


Avila & Jungles Planejamento & Controle de Empreendimentos
30. PMBOK – Project Management Body of Knoledge – http://www.anp.gov.br/doc/notas_tecnicas/Nota_Tecnica_AN
Portugues. Project Management Institute. Minas Gerais P_007_1999.pdf
Brasil Chapter. 2000.

31. SILVEIRA, Guilherme da - CPM/PERT. Curso de Pesquisa


Operacional. Departamento de Pesquisa Operacional. PUC.
Rio de Janeiro. RJ. 1979.

32. SNYDER, James C. CATANESE, Anthony - Introdução à


Arquitetura. Editora Campus. Rio de Janeiro. RJ. 1984.

33. TUBINO, Dalvio Ferrari; Manual de Planejamento e Controle


da Produção. 2 ª ed – Editora Atlas. São Paulo, SP. 2000.

34. VARGAS, Ricardo. Project 2003. Brasport Livros e


Multimídia Ltda. Rio de Janeiro. RJ. 2004.

35. VASCONCELLOS FILHO, Paulo de. Planejamento e


Controle. Livros Técnicos e Científicos Editora Ltda. Rio de
Janeiro.1981.

36. VASCONCELLOS FILHO, Paulo de & MACHADO, Antonio


de Matos V. Planejamento Estratégico. Livros Técnicos e
Científicos Editora Ltda. Rio de Janeiro.1979.

37. VALERIANO, Dalton l. Gerencia em Projetos – Pesquisa,


Desenvolvimento e Engenharia. Makron Books, São Paulo.
SP. 1998.

38. VEIGA, José Eli da. Jornal Valor Econômico. Editora Valor
Econômico S. A. São Paulo. SP. 04.09.2007

39. VIEIRA, Daniela C., Krause, Gilson G. et all. Project


Finance. Agencia Nacional do Petroleo. Agosto/1999. Site:

PlnjArq~aula17~Exercícios Propostos 7-51

Você também pode gostar