Você está na página 1de 2

FÍSICA - REVISÃO

1. Um frasco contém 20g de água a 0°C. Em seu interior é colocado um objeto de 50g de alumínio
a 80°C. Os calores específicos da água e do alumínio são respectivamente 1,0cal/g°C e
0,10cal/g°C.
Supondo não haver trocas de calor com o frasco e com o meio ambiente, a temperatura de
equilíbrio desta mistura será:
a) 60°C
b) 16°C
c) 40°C
d) 32°C
e) 10°C

2. Um corpo de massa 100g ao receber 2400 cal varia sua temperatura de 20°C para 60°C, sem
variar seu estado de agregação. O calor específico da substância que constitui esse corpo, nesse
intervalo de temperatura, é:
a) 0,2 cal/g.°C.
b) 0,3 cal/g.°C.
c) 0,4 cal/g.°C.
d) 0,6 cal/g.°C.
e) 0,7 cal/g.°C.

3. Um gás ideal sofre uma expansão isotérmica, seguida de uma compressão adiabática. A variação
total da energia interna do gás poderia ser nula se, dentre as opções abaixo, a transformação
seguinte fosse uma:
a) compressão isocórica
b) expansão isocórica
c) expansão isobárica
d) compressão isobárica
e) compressão isotérmica

4. A figura acima representa duas isotérmicas em


que certa massa gasosa, inicialmente no estado
A, sofre uma transformação atingindo o estado
B, que por sua vez sofre uma transformação,
atingindo o estado C. A temperatura TA e o
volume VA são iguais a

a) 200 K e5 .
b) 300 K e2 .
c) 400 K e4 .
d) 500 K e2 .
e) 500 K e4 .
FÍSICA - REVISÃO
5. A primeira lei da termodinâmica para sistemas fechados foi originalmente comprovada pela observação
empírica, no entanto é hoje considerada como a definição de calor através da lei da conservação da
energia e da definição de trabalho em termos de mudanças nos parâmetros externos de um sistema. Com
base nos conhecimentos sobre a Termodinâmica, é correto afirmar:
a) A energia interna de uma amostra de um gás ideal é função da pressão e da temperatura absoluta.
b) Ao receber uma quantidade de calor Q igual a 48,0 J, um gás realiza um trabalho igual a 16,0 J,
tendo uma variação da energia interna do sistema igual 64,0 J.
c) Quando se fornece a um sistema certa quantidade de energia Q, esta energia pode ser usada apenas
para o sistema realizar trabalho.
d) Nos processos cíclicos, a energia interna não varia, pois volume, pressão e temperatura são iguais no
estado inicial e final.
e) A energia interna, o trabalho realizado e a quantidade de calor recebida ou cedida independem do
processo que leva o sistema do estado inicial A até um estado final B.

6. Um cilindro com pistão, de volume igual a 2,0 litros, contém um gás ideal. O gás é comprimido
adiabaticamente sob pressão média de 1000N/m2 até que o volume atinja o valor de 0,20
litros. A variação da energia interna do gás, em J, durante a compressão é:
a) 1,8
b) 2,0
c) 200
d) 1800
e) 2000

7. Um mol de um gás ideal diatômico à temperatura de 27ºC ocupa um volume V1 = 16,4 litros
quando submetido a uma pressão P1 = 1,50 atm. Este gás executa o processo cíclico A → B →
C → A indicado na figura. Se a pressão no ponto B é três vezes maior do que a pressão no
ponto A e o processo B → C é isotérmico, é correto afirmar que:

a) A temperatura no ponto B é de 600 K.


b) O sistema libera calor no processo A → B e
absorve calor no processo C → A.
c) O trabalho realizado pelo gás, por ciclo, tem o
valor de 49,2 J.
d) A variação da energia interna por ciclo é nula.

8. Em uma transformação isobárica, a pressão do gás é _______, e sua energia interna aumenta
se a diferença entre ______ e _______ for _________.
a) constante, calor, trabalho, nula.
b) constante, calor, trabalho, negativa.
c) variável, calor, trabalho, positiva.
d) constante, trabalho, calor, negativa.
e) constante, calor, trabalho, positiva.

9. A respeito da primeira lei da Termodinâmica, marque a alternativa incorreta:


a) Em uma transformação isotérmica, a variação da energia interna é nula.
b) A primeira lei da Termodinâmica trata da conservação da energia.
c) Em uma transformação isocórica, não haverá realização de trabalho.
d) Em uma transformação adiabática, o trabalho será realizado sobre gás quando a variação da
energia interna é positiva.
e) A primeira lei da Termodinâmica diz que o calor fornecido a um gás é igual à soma do
trabalho realizado pelo gás e a sua variação da energia interna.