Você está na página 1de 15

Introdução:

Atualmente o sistema possui 3 rotinas de importação: Importação Padrão


(Utilitários/Importação/Importação Padrão), Importador
(Utilitários/Importação/Importador/Importar) e Importação Leiautes Antigos
(Utilitários/Importação/Importação Leiautes Antigos).

Portanto para iniciar a análise do erro na importação e identificar o motivo do mesmo, é


essencial ter ciência de qual rotina de importação o cliente está utilizando.

Segundo passo é identificar o leiaute que encontra-se o arquivo do cliente, abaixo segue as
estruturas dos principais leiautes utilizados na importação:

Arquivos no formato XML: NF-e, CT-e e leiautes de algumas prefeituras como Itajaí,
Florianópolis, Joinville e demais municípios que utilizam o sistema da Betha como gerenciador
(Itapema, Imbituba, etc).

Estrutura NF-e e CT-e: poderá sempre identificar abrindo o arquivo com um navegador de
internet (Internet Explorer, Mozilla Firefox, etc) e analisando a tag “mod” no começo do arquivo,
onde “55” sempre será uma Nota Fiscal Eletrônica e “57” para Conhecimento de Transporte
Eletrônico.
Arquivos no formato TXT: todos leiautes padrões da Domínio, NF-e, SPED Fiscal, SPED
PIS/COFINS, SINTEGRA, Ato Cotepe/CAT 52 e prefeituras como Blumenau e demais gerenciadas
pela IPM/Facility Mobile (Brusque, Rio dos Cedros, Timbó, Indaial).

Estrutura SPED Fiscal e SPED PIS/COFINS: já ocorreram vários casos de confusão entre os
leiautes do SPED Fiscal e SPED PIS/COFINS, qual a estrutura é a mesma, ou seja, separador PIPE
( | ), mas o que diferencia são os registros dentro do mesmo. Para definir de qual arquivo trata-se, no
registro inicial do arquivo já consegue-se decifrar pelo registro inicial dos dois arquivos. Para o
SPED Fiscal sempre possuíra o perfil do arquivo, ou seja, A ou B e já o PIS/COFINS não há este
tipo de informação, pois é perfil único, abaixo imagem:

Estrutura arquivo SINTEGRA: o arquivo do SINTEGRA será identificado também pela primeira
linha. Todos os arquivos do SINTEGRA serão iniciados com o registro “10” seguido pelo CNPJ da
empresa, abaixo imagem:

Estrutura Ato Cotepe 17/04 e CAT 52: o leiaute do Ato Cotepe 17/04 e CAT 52 possuem a mesma
estrutura e os mesmos registros, ou seja, os arquivos são iguais mudando apenas o nome. Para
identificar o arquivo também será utilizado o registro inicial. Como o arquivo do Ato Cotepe/CAT
52 é exclusivo para importação de reduções Z, todos os registros iniciarão por um identificador
iniciado por “E” (E01, E02, E05) seguido pelo “Número de Série” da máquina ECF, abaixo
imagem:

O terceiro e último passo para uma análise completa dos erros é solicitar todos os relatórios
gerados após a importação, sejam de “Registros a serem gravados”, “Advertências”, “Erros” e
“Críticas de Estrutura” e o conjunto de dados caso a rotina esteja sendo efetuada pelo Importador
(Utilitários/Importação/Importador/Importar).
Principais erros, motivo e solução:

Onde pode ocorrer: arquivos com estrutura em XML (NF-e e CT-e), através da importação pelo
Importador ou Importação Padrão.

Guia do erro: Críticas de Estruturas.

Erro: erro de estrutura do arquivo ao processar o XML para a importação, onde não foi possível
abrir o mesmo para a importação.

Motivo: arquivo XML corrompido no momento do envio ou na emissão do mesmo.

Solução: solicitar ao responsável pela emissão do arquivo que emita novamente o XML e caso seja
encaminhado por e-mail, compacte os mesmos para que não corra o risco de corromper novamente
no momento do envio.

Onde pode ocorrer: na importação de arquivo TXT ou XML pelo Importador, onde haja campo
para informação de acumulador na aba “Argumentos”.

Guia do erro: Erros

Erro: “Acumulador 0 não está cadastrado”

Motivo: o erro ocorre quando na aba “Argumentos” foi informado “0” para o relacionamento de
Acumulador x CFOP, porém o XML acusado no erro possui este CFOP para relacionamento.

Solução: abrir o arquivo, identificar os CFOPs, repassar para o cliente os campos que deverão ser
preenchidos na aba “Argumentos” em relação aos CFOPs identificados e caso não haja o CFOP que
consta no arquivo, encaminhar um conjunto de dados que possua ou então solicitar a inclusão do
argumento para esse CFOP ao responsável pelos conjuntos de dados.

Onde pode ocorrer: na importação de arquivo TXT ou XML pelo Importador ou Importação
Padrão que possuam dados de PIS e COFINS nos produtos (SPED Fiscal, SPED PIS/COFINS, NF-
e XML).

Guia do erro: Erros

Erro: Para o produto 'XXX' com incidência não cumulativa e Vínculo de Crédito por Alíquota
Básica, a alíquota do PIS deve ser 1,65% e Para o produto 'XXX' com incidência não cumulativa e
Vínculo de Crédito por Alíquota Básica, a alíquota do COFINS deve ser 7,60%.

Motivo: o sistema acusa que a alíquota informada no arquivo não corresponde com os dados da aba
PIS/COFINS do cadastro do produto.
Solução: verificar se no arquivo as alíquotas de PIS e COFINS estão informadas (geralmente o erro
ocorre porque a alíquota informada é “0”). Caso no arquivo esteja correta a alíquota, acessar o
cadastro do produto e verificar se as informações de PIS e COFINS estão corretas, ou seja,
correspondendo o que consta no arquivo.

Onde pode ocorrer: na importação de qualquer tipo de arquivo de notas tanto pelo Importador
como pela Importação Padrão.

Guia do erro: Erros

Erro: “O acumulador 'X' não permite parcelar”

Motivo: o erro ocorre pois na importação do arquivo há informação de parcelas e o acumulador não
está configurado para gerar as mesmas.

Solução: acessar o menu Arquivos/Acumuladores, selecionar o acumulador e na aba “Notas”


marcar o campo “Gera parcelas nas notas” ou na configuração de importação, seja pelo Importador
(Argumentos) ou pela Importação Padrão (Arquivos/Configuração de Importação), informe um
acumulador que já esteja marcado o campo “Gera parcelas nas notas”.

Onde pode ocorrer: na importação de arquivo TXT ou XML pelo Importador ou Importação
Padrão que possuam dados de PIS e COFINS nos produtos (SPED Fiscal, SPED PIS/COFINS, NF-
e XML).

Guia do erro: Erros

Erro: Produto 'X' com tributação diferenciada de PIS (CST 04 a 99) sem Natureza da Receita
definida e Produto 'X' com tributação diferenciada de COFINS (CST 04 a 99) sem Natureza da
Receita definida.

Motivo: o erro ocorre pois no arquivo o produto possui um CST de PIS e COFINS entre 04 a 99 e
no seu cadastro não foi informado o campo “Natureza da Receita”, porém para o SPED
PIS/COFINS todos os produtos na saída com CST diferente de 01, 02 e 03 deverão possuir a
informação de “Natureza de Receita”.

Solução: acessar menu Arquivos, sub menu Produtos, na aba PIS/COFINS, sub aba Saídas e
informar o campo “Natureza da Receita” para este produto.

Onde pode ocorrer: na importação de arquivo TXT ou XML pelo Importador ou Importação
Padrão que contenha movimentação de produtos.

Guia do erro: Erros


Erro: O produto de código 'X' do estoque não está cadastrado e Não foi encontrado vigência para o
produto 'X'.

Motivo: o sistema identificou que o produto de código 'X' do arquivo não está cadastrado ou que o
produto não encontra-se numa vigência igual ou anterior ao período que está sendo importado.

Solução: acessar o menu Arquivos/Produtos e verificar se o produto está cadastrado, caso sim,
verificar o campo “Data cadastro” do mesmo, se estiver com uma data posterior ao período
importado, alterar para uma data igual ou anterior a mesma para que seja possível a importação
(caso sejam muitos produtos existe um comando SQL que altera esta data para a mesma do início
efetivo das atividades da empresa).

Onde pode ocorrer: na importação de arquivo TXT no leiaute do SINTEGRA (Importador) ou


SPED Fiscal (Importador e Importação Padrão).

Guia do erro: Erros

Erro: Não é permitido importar Reduções Z sem as situações tributárias

Motivo: o sistema identificou que no arquivo não há situação tributária para aquela redução Z. A
situação tributária é o que define o tipo de tributação de cada operação da Redução Z.

Solução: quando tratar-se do arquivo do SINTEGRA: verificar se no arquivo possui algum registro
60A (Situação Tributária) para esse dia, caso não este é o motivo do erro, onde deverá verificar com
o responsável pela emissão para que seja corrigido. Se tratar-se de Redução Z sem movimento no
dia, ou seja, com o valor da venda bruta igual a “0”, deverá remover do arquivo o registro 60M
deste dia e lançar manualmente a redução Z sem movimento.
Quando tratar-se do arquivo do SPED Fiscal: verificar se no dia que ocorreu o erro possui os
registros C420 e C490 no arquivo, caso não, deverá solicitar ao responsável pela emissão do
arquivo a correção. Se tratar-se também de redução Z sem movimento, irá possuir apenas o registro
C405 com o valor da venda bruta zerada, deverá proceder do mesmo jeito, excluir este registro e
lançar manualmente a redução Z.

Onde pode ocorrer: na importação de arquivo TXT ou XML de notas de entrada que possua
informação de PIS e COFINS e pelo Importador.

Guia do erro: Erros

Erro: CST do PIS inválido, conteúdo 'XX' e CST da COFINS inválido, conteúdo 'XX'.

Motivo: o sistema identificou que o CST de PIS e COFINS informado no arquivo não corresponde
com o tipo de operação. Neste exemplo, o CST 49 é um CST para operações de saída.

Solução: caso tratar-se de um arquivo TXT, como SPED Fiscal ou SPED PIS/COFINS, deverá ser
solicitado ao responsável pela emissão do arquivo que efetue a correção no registro informando o
respectivo CST para as entradas. Caso seja um arquivo XML da NF-e, deverá solicitar ao
responsável pelos conjuntos de dados que efetue uma 'Regra' no mesmo efetuando a conversão do
CST de saída para o correspondente nas entradas, pois o XML do fornecedor sempre virá com o
CST de saída.

Onde pode ocorrer: na importação de arquivo TXT ou XML que possua registros de parcelas,
tanto pelo Importador como pela Importação Padrão.

Guia do erro: Erros

Erro: Data do vencimento da parcela 'DD/MM/AAAA' é menor que a data de emissão da nota 'DD/
MM/AAAA'.

Motivo: o erro ocorre pois no arquivo a data da parcela é inferior a data de emissão da nota.

Solução: solicitar ao responsável pela emissão do arquivo que corrija esta situação.

Onde pode ocorrer: na importação de arquivo XML ou TXT que possua movimentação de
produtos, através do Importador.

Guia do erro: Erros

Erro: O grupo do produto 'X' não está cadastrado.

Motivo: o erro ocorre pois o grupo do produto informado na aba “Argumentos” não está cadastrado
no sistema.

Solução: acessar o menu Arquivos/Grupos e efetuar o cadastro do grupo ou então na aba


“Argumentos” do Importador no campo 'Código do Grupo de Produtos' informar o código de um
grupo já cadastrado.

Onde pode ocorrer: na importação de arquivo XML ou TXT tanto pelo Importador como pela
Importação Padrão.

Guia do erro: Erros

Erro: Município do cliente inválido, conteúdo 'XXXXXXX'.

Motivo: ocorre pois não foi possível identificar o campo “Código do Município” nos dados do
cliente/fornecedor do arquivo.

Solução: acessar o menu Controle/Parâmetros/Personaliza/Geral e nos campos “Importação de


clientes/fornecedores” e “Importação de notas” alterar para “IBGE/RAIS”. A maioria dos arquivos
de importação utilizam o código de municípios da tabela do IBGE, com isso o sistema deverá estar
configurado para importar com este código.
Onde pode ocorrer: na importação de arquivo TXT ou XML que possua registros de parcelas,
tanto pelo Importador como pela Importação Padrão.

Guia do erro: Erros

Motivo: ocorre pois no arquivo há registros de parcelas porém o sistema não está preparado para
importar as mesmas.

Solução: acessar o menu Controle/Parâmetros/Personaliza/Opções/Geral e marcar o campo


“Controlar contas a pagar e receber”, após no menu Arquivos/Acumuladores marcar os
acumuladores à prazo para “Gerar parcelas” na aba “Notas”.

Onde pode ocorrer: na importação de qualquer tipo de arquivo de notas tanto pelo Importador
como pela Importação Padrão.

Guia do erro: Erros

Motivo: o erro ocorre pois o CFOP do arquivo (1.555) não está definido no acumulador definido
para o mesmo.

Solução: acessar o menu Arquivos/Acumuladores, selecionar o acumulador acusado no erro e na


aba “CFOP” incluir o CFOP 1.555 ou então desmarcar o campo “Discriminar CFOP no
lançamento” para que o acumulador possa ser lançado com qualquer CFOP.

Onde pode ocorrer: na importação do arquivo XML da NF-e pelo Importador.

Guia do erro: Críticas de Estruturas

Motivo: o erro ocorre pois as tags 'vBCST' e 'vICMSST' do leiaute encontram-se diferentes das do
arquivo que está sendo importado. É apenas uma “Advertência” nas críticas de estrutura, qual não
impede que os arquivos sejam importados, porém os mesmos serão importados sem os valores de
base de cálculo e valor do imposto do imposto 9-SUBTRI, portanto tem que ser corrigido.

Solução: ajustar no leiaute do conjunto de dados para a tag correta do arquivo, para isso acessar o
menu Utilitários/Importação/Importador/Leiautes, selecionar o leiaute do conjunto de dados
selecionado, clicar no campo 'Registros...', selecionar o registro 'Tributação pelo ICMS 60 - ICMS
cobrado anteriormente por substit' e nas tag's “vBCST” e “vICMSST” alterar para “vBCSTRet” e
“vICMSSTRet”, que são as tag's definidas no leiaute do arquivo. Abaixo imagem demonstrando:
Onde pode ocorrer: na importação do arquivo XML da NF-e ou CT-e pelo Importador.

Guia do erro: Críticas de Estruturas

Erro: A empresa a ser importada 'X' é diferente da atualmente ativa 'X'.

Motivo: o erro ocorre pois no conjunto de dados está definido para efetuar o reconhecimento da
empresa que está importando pelo CNPJ. Nesse caso o CNPJ do emitente (importação de saídas
e/ou entradas próprias) ou destinatário (importação de entradas) está diferente do informado no
cadastro da empresa.

Solução: para esta situação há algumas situações a mais a serem observadas. Quando tratar-se de
uma saída verificar o CNPJ do EMITENTE do arquivo e analisar se trata-se do mesmo no menu
Controle/Empresas, quando for uma entrada, verificar o CNPJ do DESTINATÁRIO do XML.
Também verificar o conjunto de dados utilizado, onde poderá estar importando uma nota de
ENTRADA e estar utilizando um conjunto de dados para SAÍDAS e vice-versa.
Onde pode ocorrer: importação de arquivo TXT de reduções Z pelo leiaute do SPED Fiscal ou
SINTEGRA através do Importador ou pela Importação Padrão.

Guia do erro: Erros

Erro: O valor do campo 'COO – Contador de Ordem de Operação Final' 'XXXX' não pode ser
inferior ao valor do campo 'COO – Contador de Ordem de Operação Inicial' 'XXXX'.

Motivo: o erro ocorre pois o sistema identifica que o COO Inicial da Redução Z (COO Final da
Redução do dia anterior + 1) é maior que o COO Final.

Solução: no arquivo do SPED Fiscal verificar o registro C405, no campo 05 o valor informado e
comparar com o registro C405 da redução Z do dia anterior (geralmente os valores dos campo 04-
CONTADOR DE REDUÇÃO Z e 05-COO FINAL são gerados trocados). Solicitar ao responsável
pela emissão do arquivo para que efetue a correção. No arquivo do SINTEGRA verificar o registro
60M, nas posições 37-42 e 43-48, onde também deverá comparar com o 60M da redução Z do dia
anterior e demonstrar para o cliente que os valores foram gerados incorretamente, solicitando que
entre em contato com o responsável pela emissão para a correção.

Onde pode ocorrer: na importação do arquivo TXT de reduções Z do SPED Fiscal através do
Importador Padrão.

Guia do erro: Erros

Erro: Acumulador não informado para a operação 'Nome da Situação Tributária' (Tributado
ICMS, Substituição Tributária ICMS, Não Incidência ICMS, Isentos ICMS, Acréscimos ICMS,
Descontos ICMS, Cancelamentos ICMS, Tributado ISSQN, Não Incidência ISSQN, Isentos ISSQN,
Acréscimos ISSQN, Descontos ISSQN e Cancelamentos ISSQN).

Motivo: ocorre pois na configuração de importação de Reduções Z não foi relacionado um


Acumulador x CFOP conforme definido no registro C490 da redução Z.

Solução: verificar no arquivo a linha acusada no erro, será um registro C490, verificar os campos
02-CST e 03-CFOP. O sistema irá identificar a “Situação Tributária” pelo CST do ICMS informado
no registro C490, conforme relacionamento abaixo:

000 – Tributado ICMS


010 – Tributado ICMS
020 – Tributado ICMS
030 – Isento ICMS
040 – Isento ICMS
041 – Não Incidência ICMS
050 – Não Incidência ICMS
051 – Não Incidência ICMS
060 – Substituição Tributária ICMS
070 – Tributado ICMS
090 – Não Incidência ICMS
Identificada a situação tributária deverá informar o campo 03-CFOP na configuração de importação
na respectiva situação tributária. Exemplo:

|C490|060|5102| --> Deverá informar na configuração: Substituição Tributária ICMS – CFOP 5.102

|C490|000|5102| --> Deverá informar na configuração: Tributado ICMS – CFOP 5.102

|C490|040|5102| --> Deverá informar na configuração: Isento ICMS – CFOP 5.102

|C490|060|5405| --> Deverá informar na configuração: Substituição Tributária ICMS – CFOP 5.405

Onde pode ocorrer: na importação do arquivo do SPED Fiscal através do Importador.

Guia do erro: Críticas de Estruturas

Erro: Erro formatando campo: O conteúdo 'XXX' do campo 'Número do Endereço' não é do tipo
numérico.

Motivo: este erro ocorre pois no registro 0150 do arquivo do SPED Fiscal foi informado um
caractere alfanumérico para o campo 'Número do Endereço', porém o sistema só aceita números no
cadastro de clientes/fornecedores.

Solução: para esta situação deverá ajustar o arquivo nas linhas que ocorrem o erro apagando os
caracteres alfanuméricos do campo para que seja possível importar. Caso possua a informação
“S/N” ou “SN”, poderá deixar o campo 'em branco' ( || ) que será importado sem o campo número.

Onde pode ocorrer: na importação do arquivo do SPED Fiscal através do Importador.

Guia do erro: Erros

Erro: A tabela estrangeira 'Retorna o código do Fornecedor' não obteve retornos. Será retornado o
valor padrão '0' e Fornecedor 0,00 não está cadastrado.

Motivo: este erro ocorre pois não foi possível identificar o fornecedor/cliente da nota.

Solução: este erro é decorrente da crítica de estrutura referente ao “Número do Endereço”


informada acima, como o sistema não conseguiu gravar os dados do fornecedor devido ao número
do endereço estar incorreto, também irá ocorrer erro ao tentar gravar a nota, pois o fornecedor não
foi importado. Corrigindo o erro do número do endereço este também será corrigido.
Onde pode ocorrer: na importação de arquivo TXT ou XML que possua movimentação de
produtos, tanto pelo Importador como pela Importação Padrão.

Guia do erro: Erros

Motivo: o erro ocorre pois a “Unidade” do produto do arquivo difere da unidade do produto que já
está cadastrado no sistema.

Solução: há soluções variadas dependendo o tipo de arquivo que o cliente possui. Caso seja um
arquivo do SPED Fiscal ou SPED PIS/COFINS, deverá ser verificado se o registro 0220 foi gerado
logo abaixo do 0200 referente ao cadastro do produto com o respectivo fator de conversão para que
a importação ocorra sem erros. Caso seja um arquivo XML da NF-e ou então um arquivo do
SINTEGRA, deverá solicitar ao responsável por gerar o arquivo que gere a mesma unidade do
produto já cadastrado no sistema ou então acessar estes produtos no menu Arquivos/Produtos,
marcar o campo “Unidade inventariada diferente da comercializada” e na aba “Unidades
Comercializadas” informar a unidade do arquivo e seu respectivo fator de conversão, com isso será
possível lançar tanto com a unidade de compra (inventariada) como a unidade de venda
(comercializada).

Onde pode ocorrer: importação de arquivo TXT ou XML através da Importação Padrão.

Guia do erro: Erros

Motivo: o erro ocorre pois na configuração de importação do arquivo pela Importação Padrão não
foi definido algum CFOP com relação de Modelo da NF x Operação x CFOP.

Solução: no arquivo do SPED Fiscal deverá verificar 3 situações nos registros C100 e C190 da nota
que ocorre o problema : 1-Modelo da Nota (Campo 05 do registro C100 - 01, 08, 22, 23, 55, etc), 2-
Indicador de Pagamento (Campo 13 do registro C100 – 0-À vista, 1-À prazo e 9-Outros) e 3-CFOP
(Campo 03 do registro C190). Após estas 3 operações deverá definir as mesmas na configuração de
importação, ou seja, informando o modelo, operação e CFOP que consta no arquivo. No arquivo
XML da NF-e deverá atentar-se apenas para a “Operação” e o “CFOP”.

Onde pode ocorrer: na importação do arquivo TXT do SPED PIS/COFINS e SPED Fiscal através
do Importador ou Importação Padrão.

Guia do erro: Erros

Motivo: o erro ocorre pois no registro C100, campo 09-CHAVE NF-e, não foi informada a Chave
NF-e.

Solução: verificar com o responsável pela emissão do arquivo para que seja informada a chave.
Onde pode ocorrer: na importação de arquivo TXT do SPED Fiscal ou SPED PIS/COFINS pelo
Importador ou pela Importação Padrão.

Guia do erro: Erros

Motivo: o erro acima ocorre nos documentos cancelados informados no arquivo.

Solução: no Importador, no conjunto de dados do SPED Fiscal possui os Argumentos “CFOP para
Documento Cancelado Entradas” e “CFOP para Documentos Cancelado Saídas” foi informado um
CFOP para operação “Estadual” porém nos argumentos “Código do Cliente para Consumidor
Final” e “Código do Fornecedor para Documento Cancelado” foi informado o código de
cliente/fornecedor de fora do estado, com isso é retornado o erro. O mesmo ocorre na Importação
Padrão para o arquivo do SPED Fiscal e SPED PIS/COFINS, porém a configuração ocorre no menu
Arquivos/Configuração de Importação/SPED Fiscal ou SPED PIS/COFINS/Saídas ou
Entradas/Geral, no quadro “Documentos Cancelados”.

Onde pode ocorrer: na importação do arquivo TXT tanto pelo Importador como pela Importação
Padrão.

Guia de erro: Críticas de Estruturas

Motivo: o erro ocorre pois o valor informado no campo “Valor do ICMS” (neste exemplo, podendo
ser qualquer campo “Decimal” do arquivo) foi informado o ponto ( . ) como separador de milhar.

Solução: acessar a linha do erro e remover este separador de milhar, pois conforme leiautes TXT's
disponíveis para a importação campos decimais deverão ser gerados apenas com separadores
decimais igual a vírgula e sem separadores de milhar.

Onde pode ocorrer: importação de arquivo TXT de reduções Z do SPED Fiscal pelo Importador.

Guia de erro: Críticas de Estruturas

Motivo: a “Advertência” (não impede a gravação dos dados, porém grava o lançamento com a
“Situação Tributária” da ECF incorretamente) ocorre pois o sistema não conseguiu retornar a
situação tributária informada no arquivo (Registro C420 do SPED Fiscal).

Solução: deverá ser solicitado o conjunto de dados utilizado, verificar a linha que ocorre o erro,
será encaminhado ao registro C420 da situação tributária que o sistema não conseguiu retornar
corretamente, no menu Utilitários/Importação/Importador/Leiautes, selecionar o leiaute do conjunto
de dados selecionado, clicar em “Equivalências...”, selecionar a equivalência de código 3 (Situações
Tributárias ECF Sped), irá possuir 3 colunas no quadro “Valores equivalentes”: No leiaute,
Equivalente no sistema e Descrição. O campo “No leiaute” representa o valor que consta no registro
C420 do arquivo, o campo “Equivalente no sistema” refere-se ao valor que o sistema irá retornar
para gravar na redução Z quando identificada a situação tributária do leiaute e “Descrição” apenas
informar a descrição da situação tributária. Com isso basta clicar em “Incluir” e informar na coluna
“No leiaute” a informação do campo 02 do registro C420, na coluna “Equivalente no sistema”
deverá informar qual situação tributária será retornada e informar a descrição da situação tributária
no campo “Descrição”. Exemplo:

Tributado ICMS 12%


|C420|01T1200|350,00|1||

No leiaute: 01T1200
Equivalente no sistema: 1200
Descrição: 12%

Substituição Tributária ICMS:


|C420|F2|50,00|2||

No leiaute: F2
Equivalente no sistema: F
Descrição: Substituição Tributária

Demais situações tributárias equivalentes no sistema:

0700 – 7% ICMS
1700 – 17% ICMS
1800 – 18% ICMS
2500 – 25% ICMS
I – Isento ICMS
N – Não Incidência ICMS
CANC – Cancelamentos ICMS
DESC – Descontos ICMS
ISS – Tributado ISS

Onde pode ocorrer: importação do arquivo XML da NF-e através do Importador.

Guia do erro: Críticas de Estruturas

Erro: Não foi identificada nenhuma definição de dados para o registro “Identificação da NF-e”.

Motivo: o sistema acusa erro de estrutura do arquivo XML pois na importação foi selecionado um
conjunto de dados para importação de Saídas, porém foram selecionados arquivos de entradas
próprias para a importação.
Solução: selecionar o conjunto de dados para a importação de entradas próprias ao invés do
conjunto de dados para saídas. Esta situação ocorre quando o escritório possui uma pasta com todos
os arquivos XML encaminhado pelo cliente, sem saber que há arquivos de entradas próprias
(devoluções, notas de importação e etc) seleciona todas e efetua a importação, como a estrutura dos
arquivos são diferentes acaba ocorrendo estas críticas na estrutura. Estas críticas não impedirão que
as notas de saída sejam gravadas e para que não ocorra basta separar as notas em duas pastas, uma
para as entradas próprias e outra para as saídas.

Onde pode ocorrer: na importação do arquivo TXT ou XML da NF-e que possua produtos
tributando PIS/COFINS pela unidade de medida, na Importação Padrão e no Importador.

Guia do erro: Erros

Erro: Produto 'X' tributado com alíquota por unidade de medida para PIS sem a Tabela definida e
Produto 'X' tributado com alíquota por unidade de medida para COFINS sem a Tabela definida.

Motivo: o erro ocorre quando a empresa possui tributação nas saídas pela unidade de medida para
PIS e COFINS e no produto não está definido que o mesmo deverá tributar por esta forma.

Solução: caso o produto já esteja cadastrado, deverá acessar o menu


Arquivos/Produtos/PIS/COFINS/Saídas, marcar o campo “Débito por unidade de medida”,
informar algum percentual e gravar (o percentual será indiferente pois sempre será considerado os
valores do arquivo importado, a não ser que sejam efetuados lançamentos manuais também, nesse
caso o percentual informado deverá ser o da tabela 4.3.11 das tabelas de códigos do SPED
http://www1.receita.fazenda.gov.br/sistemas/efd-contribuicoes/tabela-
codigos/Tabela_4_3_11_Versao_105.doc). Caso o produto não esteja cadastrado, deverá efetuar
duas importações para gravar os produtos, efetuar o mesmo procedimento acima e logo após efetuar
novamente a importação.

Onde pode ocorrer: importação do arquivo TXT ou XML que possuam dados de PIS e COFINS,
pelo Importador e pela Importação Padrão.

Guia do erro: Erros

Erro: Para o produto 'X' com incidência não cumulativa e CST 01 a alíquota do PIS deve ser 1,65%
e Para o produto 'X' com incidência não cumulativa e CST 01 a alíquota da COFINS deve ser
7,60%

Motivo: o erro ocorre pois no arquivo que está sendo importado as alíquotas de PIS e COFINS
estão informadas com outro percentual ou então não informada para o CST 01.

Solução: deverá solicitar ao responsável pela emissão do arquivo para que gere as alíquotas corretas
ao gerar o arquivo ou uma paliativa para o cliente será desmarcar nos Parâmetros a opção “Calcular
PIS e COFINS conforme escrituração digital – EFD PIS/COFINS”, efetuar a importação, voltar a
marcar e atualizar os produtos pelo menu Utilitários.

Lucian Ortolan – Domínio Sistemas - UNFLN

Você também pode gostar