Você está na página 1de 125

Digitally signed by CASA CIVIL:26752295000146

DN: c=BR, st=TO, l=PALMAS, o=ICP-Brasil, ou=Secretaria da


Receita Federal do Brasil - RFB, ou=ARSERPRO, ou=RFB e-
CNPJ A3, cn=CASA CIVIL:26752295000146
Date: 2021.03.22 21:40:39 -03'00'

Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 5812

II - monitorado o respectivo resultado pela chefia imediata, tendo


ATOS DO CHEFE DO PODER EXECUTIVO por propósito acompanhar e avaliar a efetividade dos serviços prestados,
incumbindo ao dirigente máximo do órgão ou entidade o acompanhamento
periódico de resultados.
DECRETO No 6.234, de 22 de março de 2021.
Art. 3o Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
Adota providências para o enfrentamento da Covid-19
no âmbito do Estado do Tocantins. Palácio Araguaia, em Palmas, aos 22 dias do mês de março
de 2021; 200o da Independência, 133o da República e 33o do Estado.
O GOVERNADOR DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso da
atribuição que lhe confere o art. 40, inciso II, da Constituição do Estado, MAURO CARLESSE
Governador do Estado
CONSIDERANDO a necessidade de se intensificarem os
cuidados quanto à circulação de pessoas, criando condições para que
permaneçam em ambiente domiciliar ao longo dos próximos dias de Rolf Costa Vidal
combate à disseminação do novo Coronavírus, Secretário-Chefe da Casa Civil

D E C R E T A:
ATO No 425 - NM.
Art. 1o É determinado aos agentes públicos da Administração Republicado para correção
Direta e Indireta do Poder Executivo Estadual que, no período de 23 a
31 de março de 2021, desempenhem a modalidade de trabalho remoto,
O GOVERNADOR DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso da
excetuando-se os casos em que os serviços prestados se mostrem
extremamente necessários, devendo ser os respectivos profissionais atribuição que lhe confere o art. 40, inciso X, da Constituição do Estado,
convocados ao labor presencial, mediante simplificada manifestação do resolve
dirigente máximo do órgão ou entidade da Administração Direta e Indireta
do Poder Executivo Estadual, com subsequente envio de relatório de NOMEAR
convocações à Secretaria da Administração.
para exercerem os cargos de provimento em comissão, com denominações
Art. 2o É recomendado aos Chefes de Poder Executivo Municipal e símbolos especificados, da Secretaria da Saúde:
que, adotando como parâmetro o Decreto Estadual 6.230, de 12 de março
de 2021, baixem seus respectivos atos no sentido de estabelecer a jornada 1. MATHEUS NOGUEIRA LIMA, Diretor de Contencioso - DAS-4;
de 6 horas diárias de trabalho nas unidades da Administração Pública
2. SÁVIO DE LIMA CARVALHO, Diretor Administrativo e Financeiro de
Municipal, incluindo-se a possibilidade de cumprimento mediante trabalho
Unidade Porte 1 - DAI-2;
remoto ou jornada híbrida - parte presencial e outra remota:
3. VAGNER ARAÚJO SILVA, Diretor Geral de Unidade Porte 1 - DAI-2.
I - atendido o critério de compatibilidade com as atribuições
do cargo ou função ocupados, assegurada a continuidade dos serviços Palácio Araguaia, em Palmas, aos 18 dias do mês de março
públicos, mediante autorização formal por parte da chefia imediata; e de 2021; 200o da Independência, 133o da República e 33o do Estado.

MAURO CARLESSE
SUMÁRIO Governador do Estado

ATOS DO CHEFE DO PODER EXECUTIVO 1 Rolf Costa Vidal


CASA CIVIL 3 Secretário-Chefe da Casa Civil
CONTROLADORIA-GERAL DO ESTADO 4
SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO 4
SECRETARIA DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E AQUICULTURA 5 ATO No 426.
SECRETARIA DA EDUCAÇÃO, JUVENTUDE E ESPORTES 5
O GOVERNADOR DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso da
SECRETARIA DA FAZENDA 6
atribuição que lhe confere o art. 40, inciso X, da Constituição do Estado,
SECRETARIA DA INDÚSTRIA, COMÉRCIO E SERVIÇOS 16 resolve
SECRETARIA DA INFRAESTRUTURA, CIDADES E HABITAÇÃO 16
SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS 16 TORNAR SEM EFEITO
SECRETARIA DA SAÚDE 16
SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA 30
o Ato no 408 - DSG, de 16 de março de 2021, publicado na edição 5.810 do
Diário Oficial do Estado, na parte em que designa SERVIO TULIO BRITO
ADAPEC 33
DAS NEVES para o exercício da Função Comissionada de Administração -
ADETUC 33
FCA-1, da Agência Tocantinense de Transportes e Obras - AGETO.
DETRAN 34
IGEPREV 35 Palácio Araguaia, em Palmas, aos 22 dias do mês de março
NATURATINS 38 de 2021; 200o da Independência, 133o da República e 33o do Estado.
JUCETINS 40
DEFENSORIA PÚBLICA 41
MAURO CARLESSE
Governador do Estado
TRIBUNAL DE CONTAS 44
PUBLICAÇÕES DOS MUNICÍPIOS 44
Rolf Costa Vidal
PUBLICAÇÕES PARTICULARES 47 Secretário-Chefe da Casa Civil
2 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

ATO No 427 - DSG. ATO No 434 - NM.

O GOVERNADOR DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso da O GOVERNADOR DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso da


atribuição que lhe confere o art. 40, inciso X, da Constituição do Estado, atribuição que lhe confere o art. 40, inciso X, da Constituição do Estado,
resolve resolve

NOMEAR
DESIGNAR
JOSÉ WILIAN CARVALHO NUNES para exercer o cargo de provimento
o servidor SÁVIO FLEURY DE OLIVEIRA BARBOSA, matrícula 11235284-1, em comissão de Assessor Comissionado IV - CA-4, da Secretaria da
para o exercício da Função Comissionada de Administração - FCA-1, na Administração, redistribuindo-o, até vacância, com o respectivo ocupante,
Agência Tocantinense de Transportes e Obras - AGETO. para a estrutura operacional da Fundação de Amparo à Pesquisa do
Estado do Tocantins - FAPT.
Palácio Araguaia, em Palmas, aos 22 dias do mês de março
de 2021; 200o da Independência, 133o da República e 33o do Estado. Palácio Araguaia, em Palmas, aos 22 dias do mês de março
de 2021; 200o da Independência, 133o da República e 33o do Estado.
MAURO CARLESSE
MAURO CARLESSE
Governador do Estado Governador do Estado
Rolf Costa Vidal Rolf Costa Vidal
Secretário-Chefe da Casa Civil Secretário-Chefe da Casa Civil

ATO No 428 - DSG. EXTRATO DO PRIMEIRO ADITIVO


AO TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA No 10/2019.
O GOVERNADOR DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso da
atribuição que lhe confere o art. 40, inciso X, da Constituição do Estado, No 19/2020.
PARTÍCIPES: Poder Executivo do Estado do Tocantins e
resolve Tribunal Regional do Trabalho 10a Região - TRT.
OBJETO: Prorrogação do prazo de vigência do Termo de Cooperação
DESIGNAR Técnica nº 10/2019.
VIGÊNCIA: de 1o de janeiro a 31 de dezembro de 2021.
o servidor AFRÂNIO VILAR FREIRE DE CARVALHO, matrícula 1079557-1, DATA DA ASSINATURA: 15 de outubro de 2020.
para o exercício da Função Comissionada Especial de Tecnologia da SIGNATÁRIOS: Mauro Carlesse, Governador do Estado, e Brasilino Santos
Informação - FCTI-3, da Agência de Tecnologia da Informação - ATI-TO. Ramos, Presidente do Tribunal Regional do Trabalho 10a Região - TRT.

Palácio Araguaia, em Palmas, aos 22 dias do mês de março


de 2021; 200o da Independência, 133o da República e 33o do Estado. EXTRATO DO QUARTO ADITIVO
AO TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA No 2/2017.
MAURO CARLESSE No 30/2020.
Governador do Estado PARTÍCIPES: Poder Executivo do Estado do Tocantins e
Poder Executivo do Município de Almas.
Rolf Costa Vidal OBJETO: Prorrogação do prazo de vigência do Termo de Cooperação
Secretário-Chefe da Casa Civil Técnica nº 2/2017.
VIGÊNCIA: de 1o de janeiro a 31 de dezembro de 2021.
DATA DA ASSINATURA: 19 de outubro de 2020.
ATO No 433 - NM. SIGNATÁRIOS: Mauro Carlesse, Governador do Estado, e Wagner
Nepomuceno Carvalho, Prefeito Municipal de Almas.
O GOVERNADOR DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso da
atribuição que lhe confere o art. 40, inciso X, da Constituição do Estado, EXTRATO DO PRIMEIRO ADITIVO
resolve AO TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA No 14/2019.

No 33/2020.
NOMEAR PARTÍCIPES: Poder Executivo do Estado do Tocantins e
Poder Executivo do Município de Araguaína.
DANILO DE AZEVEDO COSTA para exercer o cargo de Secretário OBJETO: Prorrogação do prazo de vigência do Termo de Cooperação
Executivo da Secretaria da Educação, Juventude e Esportes. Técnica nº 14/2019.
VIGÊNCIA: de 1o de janeiro a 31 de dezembro de 2021.
DATA DA ASSINATURA: 19 de outubro de 2020.
Palácio Araguaia, em Palmas, aos 22 dias do mês de março SIGNATÁRIOS: Mauro Carlesse, Governador do Estado, e Ronaldo Dimas
de 2021; 200o da Independência, 133o da República e 33o do Estado. Nogueira Pereira, Prefeito Municipal de Araguaína.

MAURO CARLESSE
EXTRATO DO SEGUNDO ADITIVO
Governador do Estado AO TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA No 19/2018.
Rolf Costa Vidal No 35/2020.
Secretário-Chefe da Casa Civil PARTÍCIPES: Poder Executivo do Estado do Tocantins e
Poder Executivo do Município de Cachoeirinha.
OBJETO: Prorrogação do prazo de vigência do Termo de Cooperação
Técnica nº 19/2018.
VIGÊNCIA: de 1o de janeiro a 31 de dezembro de 2021.
DATA DA ASSINATURA: 1o de dezembro de 2020.
SIGNATÁRIOS: Mauro Carlesse, Governador do Estado, e Paulo Macêdo
Damacena, Prefeito Municipal de Cachoeirinha.

EXTRATO DO TERCEIRO ADITIVO


AO TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA No 16/2017.

No 36/2020.
PARTÍCIPES: Poder Executivo do Estado do Tocantins e
Poder Executivo do Município de Itaporã do Tocantins.
OBJETO: Prorrogação do prazo de vigência do Termo de Cooperação
Técnica nº 16/2017.
VIGÊNCIA: de 1o de janeiro a 31 de dezembro de 2021.
DATA DA ASSINATURA: 1o de dezembro de 2020.
SIGNATÁRIOS: Mauro Carlesse, Governador do Estado, e José Rezende
Silva, Prefeito Municipal de Itaporã do Tocantins.
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 3
EXTRATO DO SEGUNDO ADITIVO EXTRATO DO TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA No 2/2021.
AO TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA No 18/2018.
No 2/2021.
PARTÍCIPES: Poder Executivo do Estado do Tocantins e,
N 41/2020.
o
Poder Executivo do Município de Itacajá.
PARTÍCIPES: Poder Executivo do Estado do Tocantins e OBJETO: Intercâmbio do conhecimento técnico específico para o
Poder Executivo do Município de Santa Maria do Tocantins. aperfeiçoamento das atribuições institucionais.
VIGÊNCIA: de 11 de janeiro a 31 de dezembro de 2021.
OBJETO: Prorrogação do prazo de vigência do Termo de Cooperação DATA DA ASSINATURA: 11 de janeiro de 2021.
Técnica nº 18/2018. SIGNATÁRIOS: Mauro Carlesse, Governador do Estado, e Maria
VIGÊNCIA: de 1o de janeiro a 31 de dezembro de 2021. Aparecida Lima Rocha Costa, Prefeita Municipal de Itacajá.
DATA DA ASSINATURA: 1o de dezembro de 2020.
SIGNATÁRIOS: Mauro Carlesse, Governador do Estado, e Itamar EXTRATO DO SEGUNDO ADITIVO
Barrachini, Prefeito Municipal de Santa Maria do Tocantins. AO TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA No 4/2019.
No 13/2021.
PARTÍCIPES: Poder Executivo do Estado do Tocantins e
EXTRATO DO PRIMEIRO ADITIVO Poder Executivo do Município de Itaguatins.
AO TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA No 1/2020. OBJETO: Prorrogação do prazo de vigência do Termo de Cooperação
Técnica nº 4/2019.
No 43/2020. VIGÊNCIA: de 10 de fevereiro de 2021 a 9 de fevereiro de 2022.
DATA DA ASSINATURA: 28 de janeiro de 2021.
PARTÍCIPES: Poder Executivo do Estado do Tocantins e SIGNATÁRIOS: Mauro Carlesse, Governador do Estado, e Maria Ivoneide
Poder Executivo do Município de Caseara. Matos Barreto, Prefeita Municipal de Itaguatins.
OBJETO: Prorrogação do prazo de vigência do Termo de Cooperação
Técnica nº 1/2020.
EXTRATO DO TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA No 18/2021.
VIGÊNCIA: de 1o de janeiro a 31 de dezembro de 2021.
DATA DA ASSINATURA: 1o de dezembro de 2020. No 18/2021.
SIGNATÁRIOS: Mauro Carlesse, Governador do Estado, e Ildislene PARTÍCIPES: Poder Executivo do Estado do Tocantins e
Bernardo da Silva Santana, Prefeita Municipal de Caseara. Poder Executivo do Município de Pindorama do Tocantins
OBJETO: Intercâmbio do conhecimento técnico específico para o
aperfeiçoamento das atribuições institucionais.
VIGÊNCIA: de 17 de fevereiro a 31 de dezembro de 2021.
EXTRATO DO SEGUNDO ADITIVO DATA DA ASSINATURA: 17 de fevereiro de 2021.
SIGNATÁRIOS: Mauro Carlesse, Governador do Estado, e Thiago Tapajós
AO TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA No 15/2018. Alves de Oliveira, Prefeito Municipal de Pindorama do Tocantins.
No 47/2020.
PARTÍCIPES: Poder Executivo do Estado do Tocantins e
Poder Executivo do Município de Araguacema. CASA CIVIL
OBJETO: Prorrogação do prazo de vigência do Termo de Cooperação
Técnica nº 15/2018.
VIGÊNCIA: de 1o de janeiro a 31 de dezembro de 2021. PORTARIA CCI No 475 - EX, de 22 de março de 2021.
DATA DA ASSINATURA: 1o de janeiro de 2021. O SECRETÁRIO-CHEFE DA CASA CIVIL, no uso da atribuição
SIGNATÁRIOS: Mauro Carlesse, Governador do Estado, e Marcus Vinicius que lhe confere o art. 1o, inciso I, do Decreto 2.919, de 2 de janeiro de
Moraes Martins, Prefeito Municipal de Araguacema. 2007, resolve
EXONERAR
EXTRATO DO TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA No 13/2020. AFRÂNIO VILAR FREIRE DE CARVALHO de suas funções, no cargo de
provimento em comissão de Gerente de Suporte e Manutenção - DAI-1,
N 55/2020.
o da Agência de Tecnologia da Informação - ATI-TO.
PARTÍCIPES: Poder Executivo do Estado do Tocantins e
Poder Executivo do Município de Lavandeira. Rolf Costa Vidal
Secretário-Chefe
OBJETO: Intercâmbio do conhecimento técnico específico para o
aperfeiçoamento das atribuições institucionais.
VIGÊNCIA: de 1o de janeiro a 31 de dezembro de 2021. PORTARIA CCI No 477 - EX, de 22 de março de 2021.
DATA DA ASSINATURA: 1o de janeiro de 2021.
SIGNATÁRIOS: Mauro Carlesse, Governador do Estado, e Roberto César O SECRETÁRIO-CHEFE DA CASA CIVIL, no uso da atribuição
que lhe confere o art. 1o, inciso I, do Decreto 2.919, de 2 de janeiro de
Ferreira de Oliveira, Prefeito Municipal de Lavandeira. 2007, resolve
E X O N E R A R, a pedido,
EXTRATO DO TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA No 17/2020.
ALICE MERI XAVIER DA SILVA de suas funções, no cargo de provimento
em comissão de Secretário-Geral - DAI-1, da Agência de Mineração do
No 59/2020. Estado do Tocantins - AMETO, a partir de 22 de março de 2021.
PARTÍCIPES: Poder Executivo do Estado do Tocantins e
Poder Executivo do Município de Pedro Afonso. Rolf Costa Vidal
OBJETO: Intercâmbio do conhecimento técnico específico para o Secretário-Chefe
aperfeiçoamento das atribuições institucionais.
VIGÊNCIA: de 1o de janeiro a 31 de dezembro de 2021. PORTARIA CCI No 479 - CSS, de 22 de março de 2021.
DATA DA ASSINATURA: 1o de janeiro de 2021.
SIGNATÁRIOS: Mauro Carlesse, Governador do Estado, e Joaquim O SECRETÁRIO-CHEFE DA CASA CIVIL, no uso da atribuição
Martins Pinheiro Filho, Prefeito Municipal de Pedro Afonso. que lhe confere o art. 42, §1o, inciso IV, da Constituição do Estado,
outorgada pelo Ato no 50, de 5 de janeiro de 2015, do Governador do
Estado, com fulcro no art. 23 da Lei 1.614, de 4 de outubro de 2005, e
no art. 106 da Lei 1.818, de 23 de agosto de 2007, e na conformidade do
EXTRATO DO TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA No 18/2020. Termo de Cooperação Técnica nº 4, de 1o de fevereiro de 2019, resolve

No 60/2020. MANTER
PARTÍCIPES: Poder Executivo do Estado do Tocantins e
cedido ao Município de Itaguatins o Operador de Microcomputador
Poder Executivo do Município de Taguatinga. ARNALDO VIEIRA DE MELO, matrícula 1078496-1, integrante do quadro
OBJETO: Intercâmbio do conhecimento técnico específico para o de pessoal do Poder Executivo, no período de 1o de janeiro a 31 de
aperfeiçoamento das atribuições institucionais. dezembro de 2021, com ônus para o requisitante, inclusive quanto ao
VIGÊNCIA: de 1o de janeiro a 31 de dezembro de 2021. recolhimento previdenciário em favor do IGEPREV-TOCANTINS, parcelas
DATA DA ASSINATURA: 1o de janeiro de 2021. referentes às pessoas natural e jurídica.
SIGNATÁRIOS: Mauro Carlesse, Governador do Estado, e Paulo Roberto Rolf Costa Vidal
Ribeiro, Prefeito Municipal de Taguatinga. Secretário-Chefe
4 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

PORTARIA CCI No 480 - EX, de 22 de março de 2021.


CONTROLADORIA-GERAL DO ESTADO
O SECRETÁRIO-CHEFE DA CASA CIVIL, no uso da atribuição
que lhe confere o art. 1o, inciso I, do Decreto 2.919, de 2 de janeiro de
2007, resolve
PORTARIA Nº 39/2021/GABSEC, DE 17 DE MARÇO DE 2021.
EXONERAR O SECRETÁRIO-CHEFE DA CONTROLADORIA-GERAL DO
ESTADO no uso das atribuições que lhe confere o art. 42, §1º, IV, da
NAZARETH MARTINS DE SOUZA de suas funções, no cargo de Vice- Constituição Estadual, combinado com a Lei 1.818, art. 86, de 23 de
Presidente Executiva do Instituto de Terras do Estado do Tocantins agosto de 2007,
- ITERTINS.
Considerando a necessidade da demanda do serviço, resolve,
Rolf Costa Vidal
SUSPENDER:
Secretário-Chefe
Art. 1º 10 (dez) dias de férias, do servidor JALLES MARTINS
PARENTE, nº funcional 1270664-2, CPF Nº XXX.XXX.XXX-50, Assessor
PORTARIA CCI N 481 - EX, de 22 de março de 2021.
o
de Controle Interno (FCACI-1), no período de 27/07/2020 a 05/08/2020,
referente ao período aquisitivo de 2018/2019, assegurando-lhe o direito
O SECRETÁRIO-CHEFE DA CASA CIVIL, no uso da atribuição de fruí-las no período futuro e oportuno para o servidor e a Administração.
que lhe confere o art. 1o, inciso I, do Decreto 2.919, de 2 de janeiro de
2007, resolve Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação,
retroagindo seus efeitos a partir de 27 de julho de 2020.
EXONERAR
SENIVAN ALMEIDA DE ARRUDA
de suas funções, nos cargos de provimento em comissão especificados, Secretário-chefe
da Secretaria da Educação, Juventude e Esportes:

1. DANILO DE AZEVEDO COSTA, Superintendente de Finanças - DAS-3; SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO


2. ROBSON VILA NOVA LOPES, Secretário Executivo - DAS-2.

Rolf Costa Vidal


Secretário-Chefe ATO DECLARATÓRIO DE EXTINÇÃO Nº 154/2021/GASEC/SECAD,
de 16 de março de 2021.

APOSTILA CCI No 29 - APT, de 22 de março de 2021. O SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO, no


uso de suas atribuições conferidas pelo art. 42, §1º, inciso IV, da
O SECRETÁRIO-CHEFE DA CASA CIVIL, no uso da atribuição Constituição do Estado e consoante o disposto no art. 6º, inciso II, da
que lhe confere o art. 42, §1o, inciso IV, da Constituição do Estado, e com Lei nº 3.422, de 08 de março de 2019 bem como do pedido constante do
fulcro no art. 1o do Decreto 2.919, de 2 de janeiro de 2007, resolve SGD: 2021/30559/036193, resolve:

AP O S T I LAR DECLARAR EXTINTOS, a pedido, sem aviso prévio, os Termos


de Compromisso de Serviço Público de Caráter Temporário, firmados com
a Portaria CCI no 408 - DISP, de 4 de março de 2021, publicada na edição os profissionais abaixo relacionados, lotados na Secretaria da Saúde.
5.803 do Diário Oficial do Estado, a fim de declarar retroativos a 13 de
janeiro de 2021 os efeitos da dispensa de LEUDE DA SILVA MARQUES. ORD Nº FUNC. CPF NOME FUNÇÃO Nº PROCESSO A PARTIR

01 11605782/2 XXX.XXX.811-92 ANA PAULA SILVA DE FARIA ENFERMEIRO 2021/23000/000694 31/12/2020


Rolf Costa Vidal GUILHERME HENRIQUE
02 11719990/1 XXX.XXX.191-92 MÉDICO 2021/23000/000698 23/01/2021
Secretário-Chefe MOREIRA AZEVEDO

03 11717866/1 XXX.XXX.711-42 LUZIA PEREIRA ALMEIDA TÉCNICO EM ENFERMAGEM 2021/23000/000704 01/02/2021

MARIA DAS GRAÇAS ARAUJO


APOSTILA CCI No 30 - APT, de 22 de março de 2021. 04 11693592/2 XXX.XXX.531-49
DE SENA
TÉCNICO EM ENFERMAGEM 2021/23000/000705 17/09/2020

MARIA HELENA BEZERRA DO


05 11706317/1 XXX.XXX.481-00 TÉCNICO EM ENFERMAGEM 2021/23000/000706 22/12/2020
O SECRETÁRIO-CHEFE DA CASA CIVIL, no uso da atribuição NASCIMENTO
que lhe confere o art. 42, §1o, inciso IV, da Constituição do Estado, e com 06 11718609/1 XXX.XXX.580-04 ROBERTA SCHOSSLER ORO FARMACÊUTICO 2021/23000/000708 01/12/2020
fulcro no art. 1o do Decreto 2.919, de 2 de janeiro de 2007, resolve 07 11624620/2 XXX.XXX.001-97 SAMUEL DIAS FERRACIOLLI ENFERMEIRO 2021/23000/000709 01/01/2021

AP O S T I LAR
BRUNO BARRETO CESARINO
a Portaria CCI no 397 - DISP, de 4 de março de 2021, publicada na Secretário de Estado da Administração
edição 5.801 do Diário Oficial do Estado, a fim de declarar retroativos a
1o de outubro de 2020 os efeitos da dispensa de DANIEL CORDEIRO
DE MORAIS. DESPACHO Nº 1919/2021/GASEC

Rolf Costa Vidal PROCESSO Nº: 2021/30550/001564


Secretário-Chefe INTERESSADO(A): HO-CHE-MIN SILVA VIEIRA
ASSUNTO: Afastamento para Exercício de Mandato Eletivo
CARGO: Assistente de Serviços de Saúde
APOSTILA CCI No 31 - APT, de 22 de março de 2021. NÚMERO FUNCIONAL: 881950/2
CPF: XXX.XXX.753-91
O SECRETÁRIO-CHEFE DA CASA CIVIL, no uso da atribuição ÓRGÃO: Secretaria da Saúde
que lhe confere o art. 42, §1o, inciso II, da Constituição do Estado, e com LOTAÇÃO: Hospital de Referência de Augustinópolis
fulcro no art. 1o do Decreto 2.919, de 2 de janeiro de 2007, resolve MUNICÍPIO: Augustinópolis

AP O S T I LAR Com base na documentação constante dos autos e nos termos


do art. 107, inciso II, da Lei nº 1.818, de 23 de agosto de 2007, CONCEDO
ao(à) servidor(a) Ho-Che-Min Silva Vieira, Afastamento para Exercício
a Portaria CCI no 75 - CSS, de 18 de janeiro de 2021, publicada na edição
do Mandato Eletivo de Prefeito do Município de Praia Norte, no período
5.767 do Diário Oficial do Estado, para declarar que a cessão do Militar de 01.01.2021 a 31.12.2024, com a opção pela remuneração do cargo
JENILSON ALVES DE CIRQUEIRA, matrícula 959471-1, ao Município referente ao presente mandato, implicando a desativação do cadastro
de Gurupi, se perfez com ônus para o requisitante, inclusive quanto ao financeiro do servidor(a) neste Executivo Estadual.
recolhimento previdenciário em favor do IGEPREV-TOCANTINS, parcelas
referentes às pessoas natural e jurídica, a partir de 1o de janeiro de 2021. Durante o período de afastamento, o servidor contribui para o
regime próprio de previdência como se em exercício estivesse, com base
Rolf Costa Vidal no §1º, do art. 107, da Lei nº 1.818/2007, devendo o Município adotar
Secretário-Chefe as providências legais referente ao respectivo repasse previdenciário.
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 5
Possuindo empréstimo pessoal consignado em folha de
pagamento, deverá dirigir-se com a maior brevidade possível à
SECRETARIA DA AGRICULTURA,
instituição financeira responsável, a fim de obter informações acerca dos PECUÁRIA E AQUICULTURA
procedimentos necessários à continuidade da quitação do débito existente.

Gabinete do Secretário da Administração, em Palmas, ao(s) 11 PORTARIA Nº 014/2021, de 16 de março de 2021.


de março de 2021.
O SECRETÁRIO EXECUTIVO DE ESTADO DA AGRICULTURA,
BRUNO BARRETO CESARINO
Secretário de Estado da Administração PECUÁRIA E AQUICULTURA, no uso de suas atribuições e consoante
o disposto ATO Nº 2.191 - NM, publicado no D.O.E. Nº 5.448, de 24 de
setembro de 2019, no uso da atribuição que lhe confere o inciso IV, do §1º,
DESPACHO Nº 1921/2021/GASEC do art. 42, da Constituição Estadual, c/c o art. 36, da Instrução Normativa
nº 3/2017, de 05 de setembro de 2017, em conformidade com o disposto
PROCESSO Nº: 2021/27000/000309
INTERESSADO(A): HÉLIO CARDOSO DE ALBUQUERQUE no art. 20, da Lei nº 1.818, de 23 de agosto de 2007,
ASSUNTO: Licença para Tratar de Interesses Particulares
CARGO: Assistente Administrativo RESOLVE:
NÚMERO FUNCIONAL: 11192585/1
CPF: XXX.XXX.791-15
Art. 1º HOMOLOGAR o resultado da Avaliação Especial
ÓRGÃO: Secretaria da Educação, Juventude e Esportes
LOTAÇÃO: Escola Estadual Jardim de Desempenho, do(s) servidor(es) público(s) lotado(s) nesta Pasta,
MUNICÍPIO: Novo Jardim conforme Anexo Único.
REGIONAL: Dianópolis
Art. 2º Esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação.
Acolhendo a informação prestada pela Diretoria de Gestão
Funcional, da Superintendência de Gestão e Desenvolvimento de
Pessoas, desta Pasta, e tendo em vista o que consta do processo, Palmas - TO, em 16 de março de 2021.
CONCEDO ao(à) servidor(a) Hélio Cardoso de Albuquerque, nos termos
do artigo 103, da Lei nº 1.818, de 23 de agosto de 2007, LICENÇA PARA Adenieux Rosa Santana
TRATAR DE INTERESSES PARTICULARES, sem remuneração, pelo Secretário Executivo
prazo de 03 (três) anos, no período de 04.03.2021 a 03.03.2024.

Nesse período, incumbirá ao(à) servidor(a) licenciado(a) o


pagamento das atribuições previdenciárias diretamente ao Instituto de ANEXO ÚNICO À PORTARIA Nº 014/2021,
Gestão Previdenciária do Estado do Tocantins (tanto a parte do próprio de 16 de março de 2021.
servidor como a patronal), por meio de requerimento formulado àquele
Instituto.
CPF Nº Funcional Servidor(a) Número da Etapa Nota

Possuindo empréstimo pessoal consignado em Folha de XXX.XXX.X31-68 11193360-2 RUTHYELE NOLETO PASSOS 3 138
Pagamento, deverá o(a) servidor(a) dirigir-se com a maior brevidade
possível à instituição financeira responsável, a fim de obter informações
acerca dos procedimentos necessários à continuidade da quitação do
débito existente. SECRETARIA DA EDUCAÇÃO,
Gabinete do Secretário da Administração, em Palmas, ao(s) 11 JUVENTUDE E ESPORTES
de março de 2021.

BRUNO BARRETO CESARINO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 2, DE 22 DE MARÇO DE 2021.


Secretário de Estado da Administração
Altera os artigos 16 e 17 da Instrução Normativa nº 1,
de 15 de janeiro de 2021, que estabelece critérios para
DESPACHO Nº 1924/2021/GASEC
a efetivação da matrícula de forma não presencial na
PROCESSO Nº: 2021/34490/000053 Rede Estadual de Ensino, para o ano letivo de 2021,
INTERESSADO(A): ATHILA DAMASCENO MARTINS e adota outras providências.
ASSUNTO: Licença para Tratar de Interesses Particulares
CARGO: Extensionista Rural
A SECRETÁRIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, JUVENTUDE E
NÚMERO FUNCIONAL: 11193433/1
CPF: XXX.XXX.851-09 ESPORTES, no uso das atribuições que lhe confere pelo artigo 42, §1º,
ÓRGÃO: Instituto de Desenvolvimento Rural do Estado do Tocantins inciso II, da Constituição do Estado, e,
LOTAÇÃO: Unidade Local de Execução de Serviços
MUNICÍPIO: Araguaína Considerando o Decreto nº 6.230, de 12 de março de 2021,
Acolhendo a informação prestada pela Diretoria de Gestão que estabelece medidas do enfrentamento da Covid-19, no Estado
Funcional, da Superintendência de Gestão e Desenvolvimento de do Tocantins, especificamente os artigos 4º, 5º e 7º, suspendendo as
Pessoas, desta Pasta, e tendo em vista o que consta do processo, atividades educacionais presenciais em estabelecimentos de ensino
CONCEDO ao(à) servidor(a) Athila Damasceno Martins, nos termos do públicos ou privados da educação básica, recomendando a adoção de
artigo 103, da Lei nº 1.818, de 23 de agosto de 2007, LICENÇA PARA medidas complementares necessárias ao enfrentamento da Covid-19,
TRATAR DE INTERESSES PARTICULARES, sem remuneração, pelo
prazo de 03 (três) anos, no período de 28.02.2021 a 27.02.2024. com a disponibilização de canais de comunicação que facilitem o contato
entre o cidadão e as diversas unidades estaduais de prestação de serviço
Nesse período, incumbirá ao(à) servidor(a) licenciado(a) o público no Estado do Tocantins, estabelece:
pagamento das atribuições previdenciárias diretamente ao Instituto de
Gestão Previdenciária do Estado do Tocantins (tanto a parte do próprio Art. 1º A Instrução Normativa nº 1, de 15 de janeiro de 2021,
servidor como a patronal), por meio de requerimento formulado àquele
Instituto. passa a vigorar com as seguintes alterações:

Possuindo empréstimo pessoal consignado em Folha de “Art. 16 O estudante ou seu responsável consultará por meio
Pagamento, deverá o(a) servidor(a) dirigir-se com a maior brevidade do site: www.seduc.to.gov.br ou do telefone: 0800-0635050,
possível à instituição financeira responsável, a fim de obter informações informando o número de protocolo recebido no ato da solicitação
acerca dos procedimentos necessários à continuidade da quitação do da pré-matrícula informatizada, para saber em qual unidade
débito existente. escolar foi alocado, a partir do dia 30 de março de 2021.

Gabinete do Secretário da Administração, em Palmas, ao(s) 11 Art. 17 O estudante ou seu responsável aguardará o contato da
de março de 2021.
unidade escolar em que foi alocado, para confirmar a matrícula
BRUNO BARRETO CESARINO de forma não presencial, por meio dos canais de comunicação
Secretário de Estado da Administração informados no cadastro de solicitação de pré-matrícula”.
6 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

Art. 2º Em decorrência da pandemia da Covid-19, todas as SUPERINTENDÊNCIA DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA


unidades escolares da Rede Estadual de Ensino efetuarão a confirmação
da matrícula dos estudantes de forma não presencial, por meio dos canais PORTARIA SEFAZ/SAT Nº 013, de 15 de março de 2021.
de comunicação disponíveis, de acordo com o cronograma indicado no
Anexo Único a esta Instrução Normativa. Dispõe sobre intimação para regularização cadastral.

Art. 3º A efetivação da matrícula por meio da assinatura do O SUPERINTENDENTE DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA,


estudante ou de seu responsável na ficha de matrícula e entrega de no uso da atribuição que lhe confere o art. 101, §4o do Regulamento do
cópia dos documentos comprobatórios, acontecerá por agendamento da ICMS, aprovado pelo Decreto 2.912, de 29 de dezembro de 2006,
unidade escolar, no decorrer do primeiro semestre de 2021, respeitando
os decretos estadual e municipal, as orientações e recomendações RESOLVE:
complementares dos órgãos competentes de saúde.
Art. 1o Intimar nos termos do §1º, do art. 101, do RICMS, os
Art. 4º Os casos omissos por esta Instrução Normativa serão contribuintes relacionados no Anexo Único, para, no prazo de dez dias
resolvidos pela Gestora da Pasta. da data de publicação desta Portaria, apresentarem à Delegacia Regional
de sua circunscrição, os documentos necessários à regularização de sua
ADRIANA DA COSTA PEREIRA AGUIAR inscrição no Cadastro de Contribuintes do ICMS.
Secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes
Parágrafo único. O contribuinte que não regularizar sua
ANEXO ÚNICO DESTA INSTRUÇÃO NORMATIVA situação cadastral, no prazo previsto, terá sua inscrição suspensa e seus
documentos fiscais considerados inidôneos.
CRONOGRAMA DE CONFIRMAÇÃO
NÃO PRESENCIAL DE MATRÍCULA Art. 2o Ao contribuinte do ICMS com inscrição suspensa é vedado
ANO LETIVO 2021 o trânsito com mercadorias e a autenticação de livros ou de documentos
fiscais, hipótese em que os documentos por ele emitidos, ou a ele
ETAPA PERÍODO PARA 2021 destinados, não terão efeitos fiscais, salvo como prova a favor do Fisco.
Publicação do resultado da pré-matrícula, por meio do site da Seduc: www.seduc.to.gov.br
30/03/2021
ou e pelo telefone: 0800-0635050. Art. 3o Os sócios ou titulares de empresas, cuja inscrição esteja
Confirmação da matrícula NÃO PRESENCIAL dos estudantes da Rede Estadual de Ensino
A partir de 31/03/2021 suspensa, são impedidos de requerer nova inscrição estadual enquanto
por meio de contato telefônico da unidade escolar em que foi alocado.
Assinatura do estudante ou de seu responsável na ficha de matrícula e entrega de cópia dos Por agendamento prévio da unidade escolar
perdurar a irregularidade cadastral.
documentos comprobatórios à Secretaria Escolar. no decorrer do primeiro semestre de 2021.
Art. 4o As Delegacias Regionais deverão informar à Diretoria de
Informações Econômico-Fiscais, da Superintendência de Administração
SECRETARIA DA FAZENDA Tributária, dentro do prazo fixado no art. 1o, acerca dos contribuintes
relacionados no Anexo que regularizarem sua situação cadastral perante
o Cadastro de Contribuintes do ICMS.

PORTARIA SEFAZ Nº 203/2021/GABSEC. Art. 5o Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
O SECRETÁRIO DE ESTADO DA FAZENDA, no uso da HELDER FRANCISCO DOS SANTOS
atribuição que lhe confere o art. 42, §1º, inciso I, da Constituição do
Superintendente
Estado do Tocantins, e consoante o disposto no art. 28, §2º, inciso II do
Decreto nº 6.046, de 10 de fevereiro de 2020, que dispõe sobre a execução
orçamentário - financeira do Poder Executivo para o exercício 2020, e
ANEXO ÚNICO À PORTARIA SEFAZ No 013,
Considerando ser imprescindível para o bom andamento de 15 de março de 2021.
das unidades regionais da Secretaria da Fazenda - SEFAZ-TO, nas 00954 DELEGACIA DA RECEITA DE ARAGUAÍNA
agências de atendimento de: Divinópolis, Goianorte, Pequizeiro, ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Monte do Carmo, Ponte Alta do Bom Jesus, Cariri do Tocantins, Dueré, Insc. Estadual Razão social Município
29.352.440-8 PAULO ROBERTO MORELI 1722081 WANDERLÂNDIA
Pindorama, Araguacema, Pium, Talismã, Jaú do Tocantins e nos postos Fundamentação legal
fiscais de Araguacema e Talismã, a contratação da empresa HIDRO ART. 51 INC. IV DA LEI 1287/01 C/C ART. 101 INC. II “M” DO RICMS

FORTE ADMINISTRAÇÃO E OPERAÇÃO LTDA, para prestação de Insc. Estadual Razão social Município
abastecimento de água potável; 29.443.684-7 TROPICALIA TURISMO EIRELI 1702109 ARAGUAÍNA
Fundamentação legal
ART. 51 INC. IV DA LEI 1287/01 C/C ART. 101 INC. II “M” DO RICMS - DEC. 2912/06
Considerando que a contratação da empresa HIDRO FORTE
Insc. Estadual Razão social Município
ADMINISTRAÇÃO E OPERAÇÃO LTDA, exime a necessidade de 29.443.685-5 TROPICALIA TURISMO EIRELI 1702109 ARAGUAÍNA
realização de procedimento licitatório, uma vez que a mesma possui Fundamentação legal
ART. 51 INC. IV DA LEI 1287/01 C/C ART. 101 INC. II “M” DO RICMS - DEC. 2912/06
exclusividade nos serviços dessa natureza, fls. 72/356 conforme
documentação acostada aos autos; Insc. Estadual Razão social Município
29.446.297-0 VALDIR SOARES FERREIRA 1715705 PALMEIRANTE
Fundamentação legal
Considerando, o Parecer Jurídico Nº 34/2021/ASSEJUR (SGD ART. 51 INC. IV DA LEI 1287/01 C/C ART. 101 INC. II “M” DO RICMS

Nº 2021/25009/12619), emitido pela Assessoria Jurídica desta Pasta;


00962 DELEGACIA DA RECEITA DE PARAISO
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Considerando, ainda toda a documentação acostada aos autos, Insc. Estadual Razão social Município
bem como o princípio da supremacia do interesse público; 29.395.332-5 HOME TEX & DECOR EIRELI-ME 1716109 PARAÍSO DO TOCANTINS
Fundamentação legal
ART. 51 INC. IV DA LEI 1287/01 C/C ART.101 INC. II “H” DO RICMS - DEC. 2912/06
RESOLVE:

Art. 1º INEXIGIR a realização de licitação, com fundamento PORTARIA SEFAZ/SAT Nº 014, de 15 de Março de 2021.
no caput do art. 25, da Lei nº 8.666/93 no valor estimado anual de
R$ 40.000,00 (quarenta mil reais), com vigência contratual por tempo Dispõe sobre a suspensão cadastral dos contribuintes
indeterminado, em favor da empresa HIDRO FORTE ADMINISTRAÇÃO que especifica.
E OPERAÇÃO LTDA inscrita no CNPJ Nº 04.911.091/0001-78, conforme
instrução do Processo Administrativo 2020/25000/000650. O SUPERINTENDENTE DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA,
no uso da atribuição que lhe confere o art. 101, §4o do Regulamento do
Gabinete do Secretário da Fazenda do Estado do Tocantins, ICMS, aprovado pelo Decreto 2.912, de 29 de dezembro de 2006,
em Palmas, 17/03/2021.
RESOLVE:
SANDRO HENRIQUE ARMANDO
Art. 1o Suspender o cadastro dos contribuintes relacionados
Secretário de Estado da Fazenda no Anexo Único.
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 7
Parágrafo único. Considera-se como data da suspensão, a SUPERINTENDÊNCIA DE COMPRAS E CENTRAL DE LICITAÇÕES
indicada no Anexo Único, no item “data do evento cadastral”.
AVISO DE ADIAMENTO Nº 011/2021
Art. 2o São inidôneos, os documentos fiscais de contribuinte cuja PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS
COMPRASNET Nº 008/2021
inscrição estadual esteja suspensa.
INSTITUTO NATUREZA DO TOCANTINS
Art. 3o Ao contribuinte do ICMS com inscrição suspensa é vedado PROCESSO Nº 2020/40310/00.287
o trânsito com mercadorias e a autenticação de livros ou de documentos
fiscais, hipótese em que os documentos por ele emitidos, ou a ele A Pregoeira da Superintendência de Compras e Central de
destinados, não terão efeitos fiscais, salvo como prova a favor do Fisco. Licitações comunica aos interessados o adiamento Sine Die da licitação
em epígrafe, que tem como objeto à Contratação de empresa especializada
Art. 4o Os sócios ou titulares de empresas, cuja inscrição esteja para gerenciamento de manutenção (preventiva e corretiva), através da
utilização de sistema via WEB própria da contratada, compreendendo
suspensa, são impedidos de requerer nova inscrição estadual enquanto orçamento dos materiais e serviços especializados de manutenção através
perdurar a irregularidade cadastral. de oficinas credenciadas pela contratada para atender a frota de veículos
oficiais (Rodoviário, Agrícola, Náutico e Aéreo), conforme solicitado no
Art. 5o Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. Ofício nº 355/2021/PRES/NATURATINS, em atendimento a recomendação
do Despacho nº 302/2021-RELT3.
HELDER FRANCISCO DOS SANTOS
Superintendente Palmas - TO, 17 de março de 2021.
MEIRE LEAL DOVIGO PEREIRA
Pregoeira
ANEXO ÚNICO À PORTARIA SEFAZ N 014, o

de 15 de Março de 2021.
CREDENCIAMENTO Nº 001/2019
00950 DELEGACIA DA RECEITA DE PALMAS PROCESSO Nº 2018/2300/03.378
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Insc. Estadual Razão social Município
29.461.738-8 GERALDO ANTONIO MARTINS 1720150 SÃO FÉLIX DO TOCANTINS SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO
Fundamentação legal
ART. 51 INC. IV DA LEI 1287/01 C/C ART. 101 INC. II “M” DO RICMS - DEC. 2912/06
Data da Portaria de Intimação Nº da Portaria de Intimação
A PRESIDENTE DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO
25/02/21 07/2021 DA SECRETARIA DA FAZENDA, no uso de suas atribuições, decide tornar
público o julgamento do pedido de Credenciamento, conforme documentos
00952 DELEGACIA DA RECEITA DE PEDRO AFONSO acostados aos autos, que tem por finalidade credenciar Pessoas Físicas
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ e/ou Jurídicas para realizar a prestação de serviços na área de saúde
Insc. Estadual Razão social Município
29.493.096-5 ALEXANDRE SEHNEM 1710904 ITAPIRATINS
e diagnósticos, hospitalares, de especialidades médicas, radioterapia,
Fundamentação legal oncologia, terapia renal substitutiva e demais utilidades previstas e
ART. 51 INC. IV DA LEI 1287/01 C/C ART. 101 INC. II “M” DO RICMS - DEC. 2912/06 atualizadas em rol de procedimentos constantes na tabela própria do
Data da Portaria de Intimação Nº da Portaria de Intimação
25/02/21 07/2021 PLANSAÚDE (TPPS), conforme segue:

00954 DELEGACIA DA RECEITA DE ARAGUAÍNA


CREDENCIADOS DEFERIDOS:
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Insc. Estadual Razão social Município DATA DA SOLICITAÇÃO
CNPJ CREDENCIADO CIDADE ESPECIALIDADE
29.078.155-8 ADINIL DE CASTRO E SILVA 1702109 ARAGUAÍNA DO CREDENCIAMENTO
Fundamentação legal
ART. 51 INC. IV DA LEI 1287/01 C/C ART. 101 INC. II “M” DO RICMS CLINICA MÉDICA & LABORATÓRIO Porto
04.367.576/0001-42 Laboratório 26/01/2020
Data da Portaria de Intimação Nº da Portaria de Intimação VALENTES LTDA Nacional/TO
25/02/21 07/2021 Clínica/Consultório
31.905.959/0001-08 HOME CARE CUIDADOS DE SAÚDE LTDA Gurupi/TO 20/11/2020
Isolado
00957 DELEGACIA DA RECEITA DE TAGUATINGA 36.188.358/0001-37 LETÍCIA APARECIDA DE SOUZA LTDA Palmas/TO Laboratório 17/02/2021
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
VIVENTI HOME CARE HOSPITAL
00991 DIRETORIA DE REGIMES ESPECIAIS 04.863.664/0006-40 Palmas/TO Home Care 23/12/2020
DOMICILIAR LTDA
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Insc. Estadual Razão social Município
29.413.212-0 SS COMERCIO DE COSMÉTICOS E PRODUTOS DE HIGIENE PESSOAL LTDA 3534401 OSASCO
Fundamentação legal DOS RECURSOS: Fica aberto o prazo de 03 (três) dias úteis
ART. 51 INC. IV DA LEI 1287/01 C/C ART. 101 INC. II “M” DO RICMS - DEC. 2912/06 para interposição de recurso, conforme item 14 do edital.
Data da Portaria de Intimação Nº da Portaria de Intimação
25/02/21 07/2021
Palmas - TO, 18 de março de 2021.
Insc. Estadual Razão social Município
29.451.974-2 TELEFÔNICA BRASIL S.A 5201405 APARECIDA DE GOIÂNIA
Fundamentação legal
MEIRE LEAL DOVIGO PEREIRA
ART. 51 INC. IV DA LEI 1287/01 C/C ART. 101 INC. II “M” DO RICMS - DEC. 2912/06 Presidente da Comissão Permanente de Licitação
Data da Portaria de Intimação Nº da Portaria de Intimação
25/02/21 07/2021

Insc. Estadual Razão social Município AVISO DE LICITAÇÃO


29.452.763-0 JEUNESSE BRASIL COMERCIAL LTDA 3550308 SÃO PAULO
Fundamentação legal
ART. 51 INC. IV DA LEI 1287/01 C/C ART. 101 INC. II “M” DO RICMS A SUPERINTENDÊNCIA DE COMPRAS E CENTRAL DE
Data da Portaria de Intimação Nº da Portaria de Intimação LICITAÇÃO DA SECRETARIA DA FAZENDA torna público que fará realizar
25/02/21 07/2021
as licitações abaixo. Demais informações poderão ser obtidas pelos fones:
Insc. Estadual Razão social Município (063) 3218-2363 e 3218-2531 ou no guichê da SCCL, em dias úteis das
29.455.332-0 SIKA S.A 5201405 APARECIDA DE GOIÂNIA
Fundamentação legal
8hs às 18hs. O edital estará disponível no site: www.sgl.to.gov.br e/ou
ART. 51 INC. IV DA LEI 1287/01 C/C ART. 101 INC. II “M” DO RICMS - DEC. 2912/06 www.comprasgovernamentais.gov.br.
Data da Portaria de Intimação Nº da Portaria de Intimação
25/02/21 07/2021
EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO SRP Nº 013/2021.
Insc. Estadual Razão social Município
29.473.578-0 ELECTROLUX DO BRASIL S/A 4106902 CURITIBA
Abertura dia 05.04.2021, às 14h00min (Horário de Brasília). Aquisição
Fundamentação legal de material permanente, consumo e contratação de serviços
ART. 51 INC. IV DA LEI 1287/01 C/C ART. 101 INC. II “M” DO RICMS - DEC. 2912/06
Data da Portaria de Intimação Nº da Portaria de Intimação
(switches, ativos de rede, treinamento e garantia). Visando atender as
25/02/21 07/2021 necessidades do DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DO
Insc. Estadual Razão social Município
TOCANTINS - DETRAN. Proc. 2020/32470/00287, Recurso: Próprio,
29.473.581-0 ELECTROLUX DO BRASIL S/A 4106902 CURITIBA Pregoeira: ETAPLESSE GONÇALVES CARVALHO.
Fundamentação legal
ART. 51 INC. IV DA LEI 1287/01 C/C ART. 101 INC. II “M” DO RICMS - DEC. 2912/06
Data da Portaria de Intimação Nº da Portaria de Intimação EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO SRP Nº 022/2021.
25/02/21 07/2021 Abertura dia 05.04.2021, às 09h00min (Horário de Brasília).
Insc. Estadual Razão social Município Contratação de Empresa especializada na solução integrada de
29.473.584-4 ELECTROLUX DO BRASIL S.A. 4125506 SÃO JOSE DOS PINHAIS
Fundamentação legal
monitoramento e rastreamento eletrônico de pessoas (sentenciadas e/
ART. 51 INC. IV DA LEI 1287/01 C/C ART. 101 INC. II “M” DO RICMS - DEC. 2912/06 ou submetida à medida cautelar). Visando atender as necessidades da
Data da Portaria de Intimação Nº da Portaria de Intimação
25/02/21 07/2021
SECRETARIA DA CIDADANIA E JUSTIÇA DO TOCANTINS - SECIJU.
Proc. 2020/17010/01016, Recurso: Tesouro Estadual e Fundo
Insc. Estadual Razão social Município
29.473.585-2 ELECTROLUX DO BRASIL S/A 3548906 SÃO CARLOS
Penitenciário, Pregoeira: DORCELINA MARIA TEIXEIRA.
Fundamentação legal
ART. 51 INC. IV DA LEI 1287/01 C/C ART. 101 INC. II “M” DO RICMS - DEC. 2912/06
Data da Portaria de Intimação Nº da Portaria de Intimação
A sessão pública ocorrerá no site: www.comprasgovernamentais.
25/02/21 07/2021 gov.br.
Insc. Estadual Razão social Município
29.480.837-0 CPFL COMERCIALIZAÇÃO BRASIL S.A. 3509502 CAMPINAS Palmas-TO, 18 de março de 2021.
Fundamentação legal
ART. 51 INC. IV DA LEI 1287/01 C/C ART. 101 INC. II “Z7” DO RICMS - DEC. 2912/06
Data da Portaria de Intimação Nº da Portaria de Intimação VIVIANNE FRANTZ B. DA SILVA
25/02/21 07/2021 Superintendente
8 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

SUPERINTENDÊNCIA DE CONTABILIDADE GERAL

Governo do Estado do Tocantins

ANEXO 2 - COMPARATIVO DA DESP. ORÇADA, AUTORIZADA E REALIZADA GERAL - até 02 / 2021

Natureza DESPESA AUTORIZADA DESPESA REALIZADA


SALDO
INICIAL ALTERAÇÕES TOTAL PAGA A PAGAR TOTAL ORÇAMENTÁRIO

317170 RATEIO PELA PARTICIPACAO EM CONSORCIO PUBLICO 679.718,00 0,00 679.718,00 0,00 0,00 0,00 679.718,00

319001 APOSENTADORIAS DO RPPS, RESERVA REMUNERADA E 1.259.431.672,00 0,00 1.259.431.672,00 94.176.478,06 111.015.835,93 205.192.313,99 1.054.239.358,01
REFORMAS DOS MILITARES
319003 PENSOES DO RPPS E DO MILITAR 129.701.417,00 140.000,00 129.841.417,00 9.512.723,88 9.496.869,24 19.009.593,12 110.831.823,88
319004 CONTRATACAO POR TEMPO DETERMINADO 449.177.500,00 14.653.907,00 463.831.407,00 94.112.813,56 5.606.209,96 99.719.023,52 364.112.383,48
319005 OUTROS BENEFICIOS PREVIDENCIARIOS DO SERVIDOR 259.530,00 0,00 259.530,00 0,00 0,00 0,00 259.530,00
OU DO MILITAR
319009 SALARIO-FAMILIA 21.000,00 0,00 21.000,00 0,00 0,00 0,00 21.000,00
319011 VENCIMENTOS E VANTAGENS FIXAS - PESSOAL CIVIL 2.762.694.246,00 -12.737.716,00 2.749.956.530,00 409.999.303,00 50.399.196,15 460.398.499,15 2.289.558.030,85
319012 VENCIMENTOS E VANTAGENS FIXAS - PESSOAL MILITAR 448.792.824,00 -1.450.000,00 447.342.824,00 63.254.358,72 1.206.660,07 64.461.018,79 382.881.805,21

319013 OBRIGACOES PATRONAIS 121.391.865,00 -16.931.000,00 104.460.865,00 9.130.043,56 5.184.034,89 14.314.078,45 90.146.786,55
319016 OUTRAS DESPESAS VARIAVEIS-PESSOAL CIVL 3.686.000,00 4.241,00 3.690.241,00 5.994,97 0,00 5.994,97 3.684.246,03
319091 SENTENCAS JUDICIAIS 70.429.488,00 0,00 70.429.488,00 235.840,74 264.691,31 500.532,05 69.928.955,95
319092 DESPESAS DE EXERCICIOS ANTERIORES 242.545.031,00 -24.032.125,00 218.512.906,00 45.392.389,85 6.173.442,35 51.565.832,20 166.947.073,80
319094 INDENIZACOES E RESTITUICOES TRABALHISTAS 55.537.201,00 1.160.000,00 56.697.201,00 12.868.034,72 1.168,06 12.869.202,78 43.827.998,22
319096 RESSARCIMENTO DE DESPESAS DE PESSOAL 2.142.642,00 -20.866,00 2.121.776,00 36.376,71 9.260,23 45.636,94 2.076.139,06
REQUISITADO
319113 OBRIGACOES PATRONAIS 509.170.239,00 50.915.500,00 560.085.739,00 43.476.149,52 40.314.239,51 83.790.389,03 476.295.349,97
319192 DESPESAS DE EXERCICIOS ANTERIORES 56.558.393,00 1.749.565,00 58.307.958,00 2.312.483,50 10.312.590,43 12.625.073,93 45.682.884,07
Total PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS 6.112.218.766,00 13.451.506,00 6.125.670.272,00 784.512.990,79 239.984.198,13 1.024.497.188,92 5.101.173.083,08
329021 JUROS SOBRE A DIVIDA POR CONTRATO 115.090.881,00 -4.225.138,00 110.865.743,00 9.224.075,61 174,43 9.224.250,04 101.641.492,96
329022 OUTROS ENCARGOS SOBRE A DIVIDA POR CONTRATO 0,00 4.225.138,00 4.225.138,00 2.412.568,21 0,00 2.412.568,21 1.812.569,79

329121 JUROS SOBRE A DIVIDA POR CONTRATO 60.635.799,00 0,00 60.635.799,00 19.419.742,79 0,00 19.419.742,79 41.216.056,21
Total JUROS E ENCARGOS DA DIVIDA 175.726.680,00 0,00 175.726.680,00 31.056.386,61 174,43 31.056.561,04 144.670.118,96
333039 OUTROS SERVICOS DE TERCEIROS - PESSOA JURIDICA 0,00 5.000,00 5.000,00 0,00 124,73 124,73 4.875,27

333092 DESPESAS DE EXERCICIOS ANTERIORES 0,00 127.530,00 127.530,00 0,00 0,00 0,00 127.530,00
334041 CONTRIBUICOES 88.274.448,00 -20.943.948,00 67.330.500,00 0,00 0,00 0,00 67.330.500,00
334092 DESPESAS DE EXERCICIOS ANTERIORES 1.414.700,00 -1.414.700,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
334141 CONTRIBUICOES 0,00 29.267.219,00 29.267.219,00 0,00 672.515,43 672.515,43 28.594.703,57
334192 DESPESAS DE EXERCICIOS ANTERIORES 0,00 30.611,00 30.611,00 30.610,91 0,00 30.610,91 0,09
335041 CONTRIBUICOES 20.650.000,00 -300.000,00 20.350.000,00 0,00 0,00 0,00 20.350.000,00
335042 AUXILIOS 4.000.000,00 -4.000.000,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
335043 SUBVENCOES SOCIAIS 105.531.388,00 4.000.000,00 109.531.388,00 1.777.628,20 2.892.623,40 4.670.251,60 104.861.136,40
337141 CONTRIBUICOES 1.000.000,00 0,00 1.000.000,00 0,00 0,00 0,00 1.000.000,00
337170 RATEIO PELA PARTICIPACAO EM CONSORCIO PUBLICO 6.893.328,00 0,00 6.893.328,00 0,00 0,00 0,00 6.893.328,00
339008 OUTROS BENEFICIOS ASSISTENCIAIS DO SERVIDOR E DO 24.359.860,00 3.720.420,00 28.080.280,00 4.152.403,45 9.762,38 4.162.165,83 23.918.114,17
MILITAR
339010 SEGURO DESEMPREGO E ABONO SALARIAL 10.000,00 0,00 10.000,00 0,00 0,00 0,00 10.000,00
339014 DIARIAS - CIVIL 40.939.623,00 -92.099,00 40.847.524,00 414.610,97 3.129.242,14 3.543.853,11 37.303.670,89
339015 DIARIAS - MILITAR 2.709.296,00 122.495,00 2.831.791,00 63.199,82 5.067,00 68.266,82 2.763.524,18
339018 AUXILIO FINANCEIRO A ESTUDANTES 7.083.318,00 -3.000,00 7.080.318,00 26.800,00 0,00 26.800,00 7.053.518,00
339020 AUXILIO FINANCEIRO A PESQUISADORES 3.231.767,00 0,00 3.231.767,00 0,00 0,00 0,00 3.231.767,00
339030 MATERIAL DE CONSUMO 351.834.795,00 -19.260.398,00 332.574.397,00 6.475.520,41 58.230.655,99 64.706.176,40 267.868.220,60
339031 PREMIACOES CULTURAIS, ARTISTICAS, CIENTIFICAS, 3.229.300,00 0,00 3.229.300,00 0,00 0,00 0,00 3.229.300,00
DESPORTIVAS E OUTRAS
339032 MATERIAL, BEM OU SERVICO PARA DISTRIBUICAO 59.928.416,00 -7.410.000,00 52.518.416,00 0,00 0,00 0,00 52.518.416,00
GRATUITA
339033 PASSAGENS E DESPESAS COM LOCOMOCAO 103.144.910,00 42.681,44 103.187.591,44 117.309,77 44.745.407,13 44.862.716,90 58.324.874,54
339034 OUTRAS DESPESAS DE PESSOAL DECORRENTES DE 20.000,00 0,00 20.000,00 0,00 0,00 0,00 20.000,00
CONTRATOS DE TERCEIRIZACAO
339035 SERVICOS DE CONSULTORIA 8.528.911,00 -12.532,00 8.516.379,00 37.246,61 382.285,66 419.532,27 8.096.846,73
339036 OUTROS SERVICOS DE TERCEIROS - PESSOA FISICA 34.168.768,00 34.289,96 34.203.057,96 762.734,02 2.601.835,29 3.364.569,31 30.838.488,65
339037 LOCACAO DE MAO-DE-OBRA 60.471.933,00 3.998.214,00 64.470.147,00 4.937.977,46 12.491.942,44 17.429.919,90 47.040.227,10
339039 OUTROS SERVICOS DE TERCEIROS - PESSOA JURIDICA 893.540.922,00 29.663.533,00 923.204.455,00 28.734.936,01 112.283.757,65 141.018.693,66 782.185.761,34
339040 SERVICOS DE TECNOLOGIA DA INFORMACAO E 116.429.147,00 -285.300,00 116.143.847,00 4.315.694,40 7.675.519,14 11.991.213,54 104.152.633,46
COMUNICACAO - PESSOA JURIDICA
339041 CONTRIBUICOES 67.839.775,00 -1.309.056,00 66.530.719,00 0,00 0,00 0,00 66.530.719,00
339042 AUXILIOS 60.000,00 0,00 60.000,00 0,00 0,00 0,00 60.000,00
339043 SUBVENCOES SOCIAIS 373.000,00 0,00 373.000,00 0,00 0,00 0,00 373.000,00
339045 SUBVENCOES ECONOMICAS 11.577.645,00 0,00 11.577.645,00 2.036.813,02 0,00 2.036.813,02 9.540.831,98
339046 AUXILIO-ALIMENTACAO 124.117.880,00 -30.000,00 124.087.880,00 20.598.297,70 9.617,50 20.607.915,20 103.479.964,80
339047 OBRIGACOES TRIBUTARIAS E CONTRIBUTIVAS 44.451.308,00 -2.063.008,00 42.388.300,00 12.761.327,37 5.068.232,34 17.829.559,71 24.558.740,29
339048 OUTROS AUXILIOS FINANCEIROS A PESSOAS FISICAS 5.357.794,00 -173.157,00 5.184.637,00 172.601,11 397.170,50 569.771,61 4.614.865,39
339049 AUXILIO-TRANSPORTE 1.396.299,00 29.817,00 1.426.116,00 71.416,21 11.718,22 83.134,43 1.342.981,57
339052 EQUIPAMENTOS E MATERIAL PERMANENTE 798.000,00 -243.000,00 555.000,00 0,00 0,00 0,00 555.000,00
339091 SENTENCAS JUDICIAIS 66.522.926,00 2.282.000,00 68.804.926,00 15.354.914,09 1.076.775,84 16.431.689,93 52.373.236,07
339092 DESPESAS DE EXERCICIOS ANTERIORES 207.559.628,00 35.021.251,60 242.580.879,60 79.252.379,65 18.726.959,87 97.979.339,52 144.601.540,08
339093 INDENIZACOES E RESTITUICOES 89.943.347,00 823.872,00 90.767.219,00 11.809.256,53 3.445.564,92 15.254.821,45 75.512.397,55
339094 INDENIZACOES E RESTITUICOES TRABALHISTAS 0,00 200.000,00 200.000,00 0,00 0,00 0,00 200.000,00
339095 INDENIZACAO PELA EXECUCAO DE TRABALHO DE CAMPO 17.994.000,00 0,00 17.994.000,00 0,00 2.025.515,40 2.025.515,40 15.968.484,60

339098 COMPENSACOES AO RGPS 1.730.400,00 0,00 1.730.400,00 0,00 0,00 0,00 1.730.400,00
339048
339095 OUTROS AUXILIOSPELA
INDENIZACAO FINANCEIROS A PESSOAS
EXECUCAO FISICAS DE CAMPO
DE TRABALHO 5.357.794,00
17.994.000,00 -173.157,00 5.184.637,00 17.994.000,00
0,00 172.601,11 397.170,50
0,00 569.771,61
2.025.515,40 4.614.865,39
2.025.515,40 15.968
339091 SENTENCAS JUDICIAIS 66.522.926,00 2.282.000,00 68.804.926,00 15.354.914,09 1.076.775,84 16.431.689,93 52.373.236,07
339049 AUXILIO-TRANSPORTE 1.396.299,00 29.817,00 1.426.116,00 71.416,21 11.718,22 83.134,43 1.342.981,57
339092 DESPESAS DE EXERCICIOS ANTERIORES 207.559.628,00 35.021.251,60 242.580.879,60 79.252.379,65 18.726.959,87 97.979.339,52 144.601.540,08
339098
339052 COMPENSACOES
EQUIPAMENTOS AO RGPSPERMANENTE
E MATERIAL 1.730.400,00 -243.000,00
798.000,00 0,00555.000,00 1.730.400,00 0,00 0,00 0,00 0,00
0,00 0,00
555.000,00 1.730
339093 INDENIZACOES E RESTITUICOES 89.943.347,00 823.872,00 90.767.219,00 11.809.256,53 3.445.564,92 15.254.821,45 75.512.397,55
339139
339091
Ano 339094
XXXIII - OUTROS SERVICOS
SENTENCAS
Estado JUDICIAIS DE TERCEIROS - PESSOA JURIDICA
INDENIZACOESdo Tocantins,
E RESTITUICOES segunda-feira,66.522.926,00
TRABALHISTAS 22 de0,00 250.020,00 2.282.000,00
março de200.000,00
2021 0,00
200.000,00 DIÁRIO OFICIAL N 5812
68.804.926,00 250.020,00
15.354.914,09
0,00
0,00
1.076.775,84
0,00
o16.431.689,93
0,00
0,00
0,00
52.373.236,07
200.000,009 250
339092
339330 DESPESAS DE DE
MATERIAL EXERCICIOS
CONSUMO ANTERIORES 207.559.628,00
5.000.000,00 35.021.251,60 242.580.879,60
0,00 79.252.379,65
5.000.000,00 18.726.959,87
0,00 97.979.339,52
0,00 144.601.540,08
0,00 5.000
339095 INDENIZACAO PELA EXECUCAO DE TRABALHO DE CAMPO 17.994.000,00 0,00 17.994.000,00 0,00 2.025.515,40 2.025.515,40 15.968.484,60
339093 INDENIZACOES E RESTITUICOES 89.943.347,00 823.872,00 90.767.219,00 11.809.256,53 3.445.564,92 15.254.821,45 75.512.397,55
Total OUTRAS DESPESAS CORRENTES 2.582.366.852,00 51.828.736,00 2.634.195.588,00 193.903.677,71 275.882.292,97 469.785.970,68 2.164.409.6
339094
339098 INDENIZACOES EAO
COMPENSACOES RESTITUICOES
RGPS TRABALHISTAS 0,00
1.730.400,00 200.000,00
0,00 200.000,00
1.730.400,00 0,00
0,00 0,00 0,00 200.000,00
Total DESPESAS CORRENTES 8.870.312.298,00 65.280.242,00 8.935.592.540,00 1.009.473.055,11 0,00 515.866.665,530,00 1.730.400,00
1.525.339.720,64 7.410.252.8
339095
339139 INDENIZACAO
OUTROS PELA DE
SERVICOS EXECUCAO DE TRABALHO
TERCEIROS DE CAMPO
- PESSOA JURIDICA 17.994.000,00
250.020,00 0,00
0,00 17.994.000,00
250.020,00 0,00
0,00 2.025.515,40
0,00 2.025.515,40
0,00 15.968.484,60
250.020,00
444041 CONTRIBUICOES 100.000,00 0,00 100.000,00 0,00 0,00 0,00 100
339330 MATERIAL DE CONSUMO 5.000.000,00 0,00 5.000.000,00 0,00 0,00 0,00 5.000.000,00
444042
339098 AUXILIOS AO RGPS
COMPENSACOES 25.795.000,00
1.730.400,00 0,00 0,00
1.730.400,00 25.795.000,00 0,00 0,00 0,00 0,00
0,00 0,00
1.730.400,00 25.795
Total OUTRAS DESPESAS CORRENTES 2.582.366.852,00 51.828.736,00 2.634.195.588,00 193.903.677,71 275.882.292,97 469.785.970,68 2.164.409.617,32
339139
444051 OUTROS
OBRASSERVICOS DE TERCEIROS - PESSOA JURIDICA
E INSTALACOES 250.020,00
8.500.000,00 0,00 0,00250.020,00 8.500.000,00 0,00 0,00 0,00 0,00
0,00 250.020,00
0,00 8.500
Total DESPESAS CORRENTES 8.870.312.298,00 65.280.242,00 8.935.592.540,00 1.009.473.055,11 515.866.665,53 1.525.339.720,64 7.410.252.819,36
339330
445042 MATERIAL
AUXILIOSDE CONSUMO 5.000.000,00
10.840.000,00 0,00 5.000.000,00 10.840.000,00 0,00
0,00 0,00 0,00 0,00
0,00 5.000.000,00
0,00 10.840
444041 CONTRIBUICOES 100.000,00 0,00 100.000,00 0,00 0,00 0,00 100.000,00
Total
445051 OUTRAS
OBRAS DESPESAS CORRENTES
E INSTALACOES 2.582.366.852,00134.831,0051.828.736,00 2.634.195.588,00
0,00 193.903.677,71 275.882.292,97 469.785.970,68 2.164.409.617,32
444042 AUXILIOS 25.795.000,00 0,00 25.795.000,00 134.831,00 0,00 0,00 0,00 0,00
0,00 0,00
25.795.000,00 134
Total DESPESAS CORRENTES 8.870.312.298,00 65.280.242,00 8.935.592.540,00 1.009.473.055,11 515.866.665,53 1.525.339.720,64 7.410.252.819,36
447170
444051 RATEIO PELA PARTICIPACAO
OBRAS E INSTALACOES EM CONSORCIO PUBLICO 8.500.000,00 68.954,00 0,00 0,00
8.500.000,00 68.954,00 0,00 0,00 0,00 0,00
0,00 0,00
8.500.000,00 68
444041 CONTRIBUICOES 100.000,00 0,00 100.000,00 0,00 0,00 0,00 100.000,00
449014
445042 DIARIAS - CIVIL
AUXILIOS 10.840.000,00827.000,00 0,00 14.999,00
10.840.000,00 841.999,00 0,00 0,00 0,00 0,00
0,00 0,00
10.840.000,00 841
444042 AUXILIOS 25.795.000,00 0,00 25.795.000,00 0,00 0,00 0,00 25.795.000,00
445051
449020 OBRAS E INSTALACOES
AUXILIO FINANCEIRO A PESQUISADORES 134.831,00
1.800.000,00 0,00 0,00134.831,00 0,00 0,00 0,00 0,00 134.831,00
444051 OBRAS E INSTALACOES 8.500.000,00 0,00 8.500.000,00 1.800.000,00 0,00 0,00 0,00
0,00 0,00
8.500.000,00 1.800
447170
449030 RATEIO PELA PARTICIPACAO
MATERIAL DE CONSUMOEM CONSORCIO PUBLICO 68.954,00 0,00 68.954,00 0,00 0,00 0,00 68.954,00
445042 AUXILIOS 10.840.000,00210.908,00 0,00 45.648,80
10.840.000,00 256.556,80 0,00 0,00 0,00 45.648,80
0,00 45.648,80
10.840.000,00 210
449014
449033 DIARIAS - CIVILE DESPESAS COM LOCOMOCAO
PASSAGENS 827.000,00
7.675.947,00 14.999,00 0,00841.999,00 7.675.947,00 0,00 0,00
0,00 0,00 0,00
0,00 841.999,00
0,00 7.675
445051 OBRAS E INSTALACOES 134.831,00 0,00 134.831,00 0,00 0,00 134.831,00
449020 AUXILIO FINANCEIRO A PESQUISADORES 1.800.000,00 0,00 1.800.000,00 0,00
449035
447170 SERVICOS
RATEIO DE CONSULTORIA
PELA PARTICIPACAO EM CONSORCIO PUBLICO 82.414.890,00
68.954,00 0,00 -8.551,00 68.954,00 82.406.339,00 0,00 18.116,06 0,00
0,00
0,00
710.000,00
0,00
1.800.000,00
728.116,06
68.954,00 81.678
449030 MATERIAL DE CONSUMO 210.908,00 45.648,80 256.556,80 0,00 45.648,80 45.648,80 210.908,00
449039
449014 OUTROS
DIARIAS SERVICOS DE TERCEIROS - PESSOA JURIDICA
- CIVIL 13.432.524,00 14.999,00 -120.000,00841.999,00 13.312.524,00 0,00
827.000,00 0,00 0,00 0,00
0,00 0,00
841.999,00 13.312
449033 PASSAGENS E DESPESAS COM LOCOMOCAO 7.675.947,00 0,00 7.675.947,00 0,00 0,00 0,00 7.675.947,00
449020
449040 AUXILIO FINANCEIRO
SERVICOS A PESQUISADORES
DE TECNOLOGIA DA INFORMACAO E 1.800.000,00 0,00 1.800.000,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1.800.000,00
449035 SERVICOS DE CONSULTORIA 82.414.890,00692.696,00 -8.551,00 0,00
82.406.339,00 692.696,00 18.116,06 710.000,00 0,00
728.116,06 0,00
81.678.222,94 692
449030 MATERIAL DE CONSUMO
COMUNICACAO ? PESSOA JURIDICA 210.908,00 45.648,80 256.556,80 0,00 45.648,80 45.648,80 210.908,00
449039 OUTROS SERVICOS DE TERCEIROS - PESSOA JURIDICA 13.432.524,00 -120.000,00 13.312.524,00 0,00 0,00 0,00 13.312.524,00
449033
449047 PASSAGENS
OBRIGACOESE DESPESAS COM LOCOMOCAO
TRIBUTARIAS E CONTRIBUTIVAS 7.675.947,00 23.000,00 0,00 7.675.947,00
5.000,00 28.000,00 0,00 0,00 0,00 0,00
20.000,00 7.675.947,00
20.000,00 8
449040
449035 SERVICOS
SERVICOS DE TECNOLOGIA
CONSULTORIADA INFORMACAO E 692.696,00 0,00 692.696,00 0,00 0,00 0,00 692.696,00
449051 OBRAS EDEINSTALACOES 82.414.890,00
877.492.902,00 -8.551,00 82.406.339,00
6.632.140,00 18.116,06
884.125.042,00 710.000,00
157.446,03 728.116,06
29.041.569,39 81.678.222,94
29.199.015,42 854.926
COMUNICACAO ? PESSOA JURIDICA
449039
449052 OUTROS SERVICOS DE
EQUIPAMENTOS TERCEIROS PERMANENTE
E MATERIAL - PESSOA JURIDICA 13.432.524,00
303.658.780,00 -120.000,00 13.312.524,00 0,00 0,00 0,00 13.312.524,00
449047 OBRIGACOES TRIBUTARIAS E CONTRIBUTIVAS 23.000,00 5.000,00-1.092.352,80 28.000,00302.566.427,20 0,00 0,00
20.000,00 1.065.170,62
20.000,00 1.065.170,62
8.000,00 301.501
449040
449053
449051 SERVICOS
OBRAS DE TECNOLOGIA
APOSENTADORIAS
E INSTALACOES DA INFORMACAO
DO RGPS E
- AREA RURAL 692.696,00500.000,00 6.632.140,00
877.492.902,00 0,00 0,00692.696,00 500.000,00
884.125.042,00 0,00
157.446,03 0,00 0,00
29.041.569,39 0,00
0,00
29.199.015,42 692.696,00
0,00
854.926.026,58 500
COMUNICACAO ? PESSOA JURIDICA
449052
449061 EQUIPAMENTOS E MATERIAL
IMOVEISE PERMANENTE
AQUISICAOTRIBUTARIAS
DE 303.658.780,00200.000,00 -1.092.352,80 302.566.427,20
0,00 28.000,00 200.000,00 0,00 0,00 1.065.170,62
0,00 1.065.170,62
11.921,43 301.501.256,58
11.921,43 188
449047 OBRIGACOES CONTRIBUTIVAS 23.000,00 5.000,00 20.000,00 20.000,00 8.000,00
449053
449091 APOSENTADORIAS
SENTENCAS DO RGPS - AREA RURAL
JUDICIAIS 500.000,00 50.000,00 0,00 0,00500.000,00 50.000,00 0,00 0,00 0,00 0,00
0,00 500.000,00
0,00 50
449051 OBRAS E INSTALACOES 877.492.902,00 6.632.140,00 884.125.042,00 157.446,03 29.041.569,39 29.199.015,42 854.926.026,58
449061 AQUISICAO DE IMOVEIS 200.000,00 0,00 200.000,00 0,00 11.921,43 11.921,43 188.078,57
449092
449052 DESPESAS DEEEXERCICIOS
EQUIPAMENTOS ANTERIORES
MATERIAL PERMANENTE 27.362.000,00 -1.092.352,80
303.658.780,00 9.799.298,00
302.566.427,20 37.161.298,00 0,00 948.513,72
1.065.170,62 6.854.521,72
1.065.170,62 7.803.035,44
301.501.256,58 29.358
449091 SENTENCAS JUDICIAIS 50.000,00 0,00 50.000,00 0,00 0,00 0,00 50.000,00
449093
449053 INDENIZACOESDO
APOSENTADORIAS E RESTITUICOES
RGPS - AREA RURAL 500.000,00150.000,00 0,00 0,00500.000,00 150.000,00 0,00 0,00 0,00 0,00
0,00 0,00
500.000,00 150
449092 DESPESAS DE EXERCICIOS ANTERIORES 27.362.000,00 9.799.298,00 37.161.298,00 948.513,72 6.854.521,72 7.803.035,44 29.358.262,56
449061
449351 AQUISICAO
OBRAS E DE IMOVEIS
INSTALACOES 200.000,00573.000,00 0,00 0,00200.000,00 573.000,00 0,00 11.921,43
0,00 11.921,43
0,00 188.078,57
0,00 573
449093 INDENIZACOES E RESTITUICOES 150.000,00 0,00 150.000,00 0,00 0,00 0,00 150.000,00
449091
Total SENTENCAS JUDICIAIS
INVESTIMENTOS 50.000,00
1.362.502.432,00 0,00
15.276.182,00 50.000,00
1.377.778.614,00 0,00 0,00 1.124.075,81 0,00 37.748.831,96 0,00 50.000,00
38.872.907,77 1.338.905.7
449351 OBRAS E INSTALACOES 573.000,00 0,00 573.000,00 0,00 0,00 573.000,00
449092
459065 DESPESAS DE EXERCICIOS
CONSTITUICAO OU ANTERIORES
AUMENTO DE CAPITAL DE EMPRESAS 27.362.000,00
2.400.000,00 9.799.298,00 37.161.298,00 2.400.000,00
0,00 948.513,72 6.854.521,72
0,00 7.803.035,44
0,00 29.358.262,56
0,00 2.400
Total INVESTIMENTOS 1.362.502.432,00 15.276.182,00 1.377.778.614,00 1.124.075,81 37.748.831,96 38.872.907,77 1.338.905.706,23
449093 INDENIZACOES E RESTITUICOES 150.000,00 0,00 150.000,00 0,00 0,00 0,00 150.000,00
459065 CONSTITUICAO OU AUMENTO DE CAPITAL DE EMPRESAS 2.400.000,00 0,00 2.400.000,00 0,00 0,00 0,00 2.400.000,00
449351 OBRAS E INSTALACOES 573.000,00 0,00 573.000,00 0,00 0,00 0,00 573.000,00
459066 CONCESSAO DE EMPRESTIMOS E FINANCIAMENTOS 550.000,00 0,00 550.000,00 0,00 0,00 0,00 550
Total INVESTIMENTOS 1.362.502.432,00 15.276.182,00 1.377.778.614,00 1.124.075,81 37.748.831,96 38.872.907,77 1.338.905.706,23
Total
459066
459065 INVERSOES
CONCESSAO
CONSTITUICAO FINANCEIRAS
DE EMPRESTIMOS
OU
E FINANCIAMENTOS
AUMENTO DE CAPITAL DE EMPRESAS 2.950.000,00
550.000,00
2.400.000,00
0,00
0,00 0,00
2.400.000,002.950.000,00 0,00
550.000,00 0,00 0,00 0,00
0,00 0,00
0,00
0,00 0,00
550.000,00
2.400.000,00 2.950.0
Total
469071 INVERSOES
PRINCIPALFINANCEIRAS
DA DIVIDA CONTRATUAL RESGATADO 2.950.000,00
229.927.681,00 0,00 2.950.000,00230.001.912,00 0,00
74.231,00 16.281.279,110,00 0,00
2.568,78 2.950.000,00
16.283.847,89 213.718
469071 PRINCIPAL DA DIVIDA CONTRATUAL RESGATADO 229.927.681,00 74.231,00 230.001.912,00 16.281.279,11 2.568,78 16.283.847,89 213.718.064,11
469093
459066 INDENIZACOES
CONCESSAO E RESTITUICOES
DE EMPRESTIMOS E FINANCIAMENTOS 6.000.000,00
550.000,00 0,00 0,00550.000,00 6.000.000,00 0,00 0,00 0,00 0,00
0,00 0,00
550.000,00 6.000
469093
Total INDENIZACOES E RESTITUICOES
INVERSOES FINANCEIRAS 6.000.000,00
2.950.000,00 0,00
0,00 6.000.000,00
2.950.000,00 0,00 0,00 0,00 6.000.000,00
469171 PRINCIPAL DA DIVIDA CONTRATUAL RESGATADO 85.168.041,00 0,00 85.168.041,00 0,00 31.303.114,920,00 0,00
0,00 2.950.000,00
31.303.114,92 53.864
469171
469071 PRINCIPAL
PRINCIPAL DA
DA DIVIDA CONTRATUAL
DIVIDADA
CONTRATUAL RESGATADO 85.168.041,00 0,00 85.168.041,00 31.303.114,92 0,00 31.303.114,92 53.864.926,08
Total AMORTIZACAO DIVIDA RESGATADO 229.927.681,00
321.095.722,00 74.231,00 230.001.912,00
74.231,00 16.281.279,11
321.169.953,00 2.568,78
47.584.394,03 16.283.847,89
2.568,78 213.718.064,11
47.586.962,81 273.582.9
Total AMORTIZACAO DA DIVIDA 321.095.722,00 74.231,00 321.169.953,00 47.584.394,03 2.568,78 47.586.962,81 273.582.990,19
469093
Total INDENIZACOES
DESPESAS DE E RESTITUICOES
CAPITAL 6.000.000,00
1.686.548.154,00 0,00
15.350.413,00 6.000.000,00
1.701.898.567,00 0,00 48.708.469,84 0,00 37.751.400,74 0,00 6.000.000,00 1.615.438.6
86.459.870,58
Total DESPESAS DE CAPITAL 1.686.548.154,00 15.350.413,00 1.701.898.567,00 48.708.469,84 37.751.400,74 86.459.870,58 1.615.438.696,42
469171
999999 PRINCIPAL
RESERVA DADEDIVIDA CONTRATUAL RESGATADO
CONTINGENCIA 85.168.041,00 0,00-5.693.092,00
354.763.274,00 -5.693.092,00 85.168.041,00 31.303.114,92 0,00 31.303.114,92 53.864.926,08
999999 RESERVA DE CONTINGENCIA 354.763.274,00 349.070.182,00349.070.182,00 0,00 0,00 0,00 0,00
0,00 0,00
349.070.182,00 349.070
Total AMORTIZACAO DA DIVIDA 321.095.722,00 74.231,00 321.169.953,00 47.584.394,03 2.568,78 47.586.962,81 273.582.990,19
Total
Total RESERVA DE CONTINGENCIA
RESERVA DE CONTINGENCIA 354.763.274,00
354.763.274,00 -5.693.092,00
-5.693.092,00 349.070.182,00349.070.182,00 0,00 0,00 0,00 0,000,00 0,00
349.070.182,00 349.070.1
Total DESPESAS DE CAPITAL 1.686.548.154,00 15.350.413,00 1.701.898.567,00 48.708.469,84 37.751.400,74 86.459.870,58 1.615.438.696,42
Total
Total RESERVA
RESERVA DE DE CONTIGENCIA
CONTIGENCIA 354.763.274,00-5.693.092,00
354.763.274,00 -5.693.092,00
349.070.182,00349.070.182,00 0,00 0,00 0,00 0,000,00 0,00
349.070.182,00 349.070.1
999999 RESERVA DE CONTINGENCIA 354.763.274,00 -5.693.092,00 349.070.182,00 0,00 0,00 0,00 349.070.182,00
TOTALGERAL
TOTAL GERAL 10.911.623.726,00
10.911.623.726,00 74.937.563,00
74.937.563,00 10.986.561.289,00
10.986.561.289,00 1.058.181.524,951.058.181.524,95
553.618.066,27 553.618.066,27
1.611.799.591,22 1.611.799.591,22
9.374.761.697,78 9.374.761.6
Total RESERVA DE CONTINGENCIA 354.763.274,00 -5.693.092,00 349.070.182,00 0,00 0,00 0,00 349.070.182,00
Impresso em 17/03/2021 12:10 em 17/03/202
Impresso
Total RESERVA DE CONTIGENCIA 354.763.274,00 -5.693.092,00 349.070.182,00 0,00 0,00 0,00 349.070.182,00
TOTAL GERAL 10.911.623.726,00 74.937.563,00 10.986.561.289,00 1.058.181.524,95 553.618.066,27 1.611.799.591,22 9.374.761.697,78
Impresso em 17/03/2021 12:10

MAURÍCIO PARIZOTTO LOURENÇO SORAYMA SOARES DE ALMEIDA VIANA


MAURO CARLESSE SANDRO HENRIQUE ARMANDO
Superintendente daMAURÍCIO PARIZOTTO
Contabilidade Geral- LOURENÇO SORAYMA
Diretora de Demonstrações SOARES DE ALMEIDA VIANA
Contábeis
MAURO CARLESSE
Governador SANDRO
Secretário HENRIQUE ARMANDO
da Fazenda
Contador -Superintendente
CRC-TO 001582/Oda Contabilidade Geral- Diretora
Contadora - CRC-TO de Demonstrações Contábeis
001552/O
Governador Secretário da Fazenda
MAURÍCIO PARIZOTTOContador - CRC-TO 001582/O
LOURENÇO Contadora
SORAYMA SOARES DE ALMEIDA VIANA- CRC-TO 001552/O
MAURO CARLESSE SANDRO HENRIQUE ARMANDO
Superintendente da Contabilidade Geral- Diretora de Demonstrações Contábeis
Governador Secretário da Fazenda
Contador - CRC-TO 001582/O Contadora - CRC-TO 001552/O
Governo do Estado do Tocantins
ANEXO 10 - COMPARATIVO DA RECEITA PREVISTA COM AGoverno
REALIZADAdo Estado do Tocantins
(Sem fonte - Com Deduções Detalhadas - Consolidado) - 02/2021
Governo do Estado do Tocantins
ANEXO 10 - COMPARATIVO DA RECEITA PREVISTA COM A REALIZADA (Sem fonte - Com Deduções Detalhadas - Consolidado) - 02/2021
Código / Especificação Prevista Arrecadada Diferença
ANEXO 10 - COMPARATIVO DA RECEITA PREVISTA Inicial
Código / Especificação COM A REALIZADA (Sem fonte -NoCom
Atualizada
Prevista
DeduçõesAcumulada
Período Detalhadas
Arrecadada
- Consolidado)
No Período - 02/2021
Acumulada
Diferença
Receita Bruta 13.179.209.336,00 13.179.209.336,00 1.449.322.437,06 2.576.656.644,20 1.449.322.437,06 10.602.552.691,80
Código / Especificação Prevista
Inicial Atualizada Arrecadada
No Período Acumulada Diferença
No Período Acumulada
1113031100 IMPOSTO SOBRE A RENDA - RETIDO NA FONTE - 584.351.266,00 584.351.266,00 59.612.950,92 95.031.078,49 59.612.950,92 489.320.187,51
Receita Bruta TRABALHO - PRINCIPAL Inicial
13.179.209.336,00 Atualizada No Período1.449.322.437,06
13.179.209.336,00 Acumulada 2.576.656.644,20
No Período Acumulada
1.449.322.437,06 10.602.552.691,80
Receita Bruta
1113034100
1113031100 IMPOSTO SOBRE
IMPOSTO SOBRE A RENDA - RETIDO
A RENDA NA FONTE
- RETIDO - OUTROS
NA FONTE - 13.179.209.336,00
79.684.263,00 13.179.209.336,00
584.351.266,00 79.684.263,00 1.449.322.437,06 2.576.656.644,20
1.342.332,80 59.612.950,92
584.351.266,00 1.449.322.437,06
1.342.332,80 10.602.552.691,80
1.445.798,78 95.031.078,49 78.238.464,22
59.612.950,92 489.320.187,51
1113031100 IMPOSTO SOBRE
RENDIMENTOS
TRABALHO A RENDA - RETIDO NA FONTE -
-- PRINCIPAL
PRINCIPAL 584.351.266,00 584.351.266,00 59.612.950,92 95.031.078,49 59.612.950,92 489.320.187,51
1118012100
1113034100 TRABALHOIMPOSTO SOBRE
IMPOSTO A PROPRIEDADE
- PRINCIPAL
SOBRE DE VEICULOS
A RENDA - RETIDO NA FONTE - OUTROS 231.876.302,00
79.684.263,00231.876.302,00 9.563.306,06 1.342.332,80
79.684.263,00 47.168.092,16 9.563.306,06
1.445.798,78 184.708.209,84
1.342.332,80 78.238.464,22
1113034100 IMPOSTO SOBRE- APRINCIPAL
AUTOMOTORES RENDA - RETIDO NA FONTE - OUTROS 79.684.263,00 79.684.263,00 1.342.332,80 1.445.798,78 1.342.332,80 78.238.464,22
RENDIMENTOS - PRINCIPAL
1118012200 IMPOSTO SOBRE- PRINCIPAL
RENDIMENTOS A PROPRIEDADE DE VEICULOS 814.418,00 814.418,00 0,00 0,00 0,00 814.418,00
1118012100 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE DE VEICULOS 231.876.302,00 231.876.302,00 9.563.306,06 47.168.092,16 9.563.306,06 184.708.209,84
1118012100 IMPOSTO SOBRE- AMULTAS
AUTOMOTORES PROPRIEDADE
E JUROSDE VEICULOS 231.876.302,00 231.876.302,00 9.563.306,06 47.168.092,16 9.563.306,06 184.708.209,84
1118012300 AUTOMOTORES
IMPOSTO
AUTOMOTORES - PRINCIPAL DE VEICULOS
SOBRE- APRINCIPAL
PROPRIEDADE 50.406.090,00 50.406.090,00 4.645.943,43 6.095.358,38 4.645.943,43 44.310.731,62
1118012200 AUTOMOTORES
1118012200 IMPOSTO
IMPOSTO SOBRE
SOBRE A PROPRIEDADE
- ADIVIDA
PROPRIEDADE DE VEICULOS
ATIVA DE VEICULOS 814.418,00814.418,00 814.418,00 814.418,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
814.418,00 814.418,00
1118012400 AUTOMOTORES
IMPOSTO
AUTOMOTORES - MULTAS
SOBRE- AMULTAS
PROPRIEDADE E JUROS
E JUROS DE VEICULOS 1.558.951,00 1.558.951,00 0,00 0,00 0,00 1.558.951,00
1118012300 AUTOMOTORES
1118012300 IMPOSTO
IMPOSTO SOBRE
SOBRE A PROPRIEDADE
- ADIVIDA
PROPRIEDADE DEE VEICULOS
DE VEICULOS
ATIVA - MULTAS JUROS 50.406.090,00 50.406.090,00
50.406.090,00 50.406.090,00
4.645.943,43 4.645.943,43
6.095.358,38 6.095.358,38
4.645.943,43 4.645.943,43
44.310.731,62 44.310.731,62
1118012500 AUTOMOTORES
IMPOSTO
AUTOMOTORES - DIVIDA
SOBRE- ADIVIDA ATIVAATIVA
PROPRIEDADE DE VEÍCULOS 0,00 0,00 284.682,28 1.581.889,52 284.682,28 -1.581.889,52
1118012400 IMPOSTO
1118012400 AUTOMOTORES SOBRE
IMPOSTO - AMULTAS
SOBRE PROPRIEDADE
A PROPRIEDADEDE VEICULOS
DE VEICULOS 1.558.951,00
1.558.951,00 1.558.951,001.558.951,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1.558.951,00
0,00 1.558.951,00
1118012600 IMPOSTO SOBRE- ADIVIDA
AUTOMOTORES
AUTOMOTORES PROPRIEDADE DE VEÍCULOS
ATIVAATIVA
- DIVIDA - MULTAS E JUROS
- MULTAS E JUROS 0,00 0,00 71.968,89 326.127,30 71.968,89 -326.127,30
1118012500 IMPOSTO
1118012500 AUTOMOTORES SOBRE
IMPOSTO - AJUROS
SOBRE PROPRIEDADE
DE MORA DE VEÍCULOS
A PROPRIEDADE DE VEÍCULOS 0,00 0,00 0,00 0,00284.682,28 284.682,28
1.581.889,52 284.682,28
1.581.889,52 -1.581.889,52
284.682,28 -1.581.889,52
1118012700 IMPOSTO SOBRE- AMULTAS
AUTOMOTORES PROPRIEDADE DE VEÍCULOS 0,00 0,00 1.162.435,88 1.526.451,10 1.162.435,88 -1.526.451,10
AUTOMOTORES - MULTAS
1118012600 IMPOSTO SOBRE- ADÍVIDA
AUTOMOTORES PROPRIEDADE DE VEÍCULOS
ATIVA - MULTAS DA DÍVIDA 0,00 0,00 71.968,89 326.127,30 71.968,89 -326.127,30
1118012600 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE DE VEÍCULOS 0,00 0,00 71.968,89 326.127,30 71.968,89 -326.127,30
AUTOMOTORES - JUROS DE MORA
ATIVA
1118012700
1118012800 AUTOMOTORES
IMPOSTO - JUROS DE MORA
SOBRE A PROPRIEDADE DE VEÍCULOS 0,00 0,00 1.162.435,88
610.749,05 1.526.451,10
960.426,37 1.162.435,88
610.749,05 -1.526.451,10
-960.426,37
1118012700 AUTOMOTORES
IMPOSTO SOBRE- JUROS A PROPRIEDADE
DÍVIDA ATIVA
DE MORA DEDAVEÍCULOS
- MULTAS
DA DÍVIDA DÍVIDA
ATIVA 0,00 0,00 1.162.435,88 1.526.451,10 1.162.435,88 -1.526.451,10
AUTOMOTORES - DÍVIDA ATIVA - MULTAS DA DÍVIDA
ATIVA
1118012800 ATIVA SOBRE A PROPRIEDADE DE VEÍCULOS
IMPOSTO 0,00 0,00 610.749,05 960.426,37 610.749,05 -960.426,37
1118012800 AUTOMOTORES
IMPOSTO SOBRE- JUROS A PROPRIEDADE DE VEÍCULOS
DE MORA DA DÍVIDA ATIVA 0,00 0,00 610.749,05 960.426,37 610.749,05 -960.426,37
AUTOMOTORES - JUROS DE MORA DA DÍVIDA ATIVA
10 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

1118013100 IMPOSTO SOBRE TRANSMISSAO "CAUSA MORTIS" E 22.922.317,00 22.922.317,00 2.164.234,50 3.909.448,24 2.164.234,50 19.012.868,76
DOAÇÃO DE BENS E DIREITOS - PRINCIPAL
1118013200 IMPOSTO SOBRE TRANSMISSAO "CAUSA MORTIS" E 1.206.753,00 1.206.753,00 0,00 0,00 0,00 1.206.753,00
DOAÇÃO DE BENS E DIREITOS - MULTAS E JUROS
1118013300 IMPOSTO SOBRE TRANSMISSAO "CAUSA MORTIS" E 6.000,00 6.000,00 0,00 0,00 0,00 6.000,00
DOAÇÃO DE BENS E DIREITOS - DÍVIDA ATIVA
1118013500 IMPOSTOS SOBRE TRANSMISSÃO "CAUSA MORTIS" E 0,00 0,00 100.195,32 276.117,76 100.195,32 -276.117,76
DOAÇÃO DE BENS E DIREITOS - MULTAS
1118013600 IMPOSTOS SOBRE TRANSMISSÃO "CAUSA MORTIS" E 0,00 0,00 5.285,73 32.686,04 5.285,73 -32.686,04
DOAÇÃO DE BENS E DIREITOS - JUROS DE MORA

1118021100 IMPOSTO SOBRE OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO 3.090.807.955,00 3.090.807.955,00 412.266.140,75 782.073.538,15 412.266.140,75 2.308.734.416,85
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
COMUNICAÇÃO - PRINCIPAL
1118021200 IMPOSTO SOBRE OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO 8.448.066,00 8.448.066,00 953,33 1.668,67 953,33 8.446.397,33
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
COMUNICAÇÃO - MULTAS E JUROS DE MORA

1118021300 IMPOSTO SOBRE OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO 28.760.200,00 28.760.200,00 1.820.788,31 3.268.324,85 1.820.788,31 25.491.875,15
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
COMUNICAÇÃO - DÍVIDA ATIVA
1118021400 IMPOSTO SOBRE OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO 1.160.940,00 1.160.940,00 0,00 0,00 0,00 1.160.940,00
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
COMUNICAÇÃO - DÍVIDA ATIVA - MULTAS E JUROS DE
MORA

1118021500 IMPOSTO SOBRE OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO 0,00 0,00 526.171,91 1.064.796,39 526.171,91 -1.064.796,39
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
COMUNICAÇÃO - MULTAS

1118021600 IMPOSTO SOBRE OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO 0,00 0,00 212.188,02 363.516,88 212.188,02 -363.516,88
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
COMUNICAÇÃO - JUROS DE MORA

1118021700 IMPOSTO SOBRE OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO 2.782.381,00 2.782.381,00 46.842,16 249.485,32 46.842,16 2.532.895,68
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
COMUNICAÇÃO - DÍVIDA ATIVA - MULTA DA DÍVIDA

1118021800 IMPOSTO SOBRE OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO 0,00 0,00 23.791,61 183.364,15 23.791,61 -183.364,15
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
COMUNICAÇÃO - JUROS DE MORA DA DÍVIDA

1118022100 ADICIONAL ICMS - FUNDO ESTADUAL DE COMBATE A 65.974.581,00 65.974.581,00 6.511.729,06 13.285.710,39 6.511.729,06 52.688.870,61
POBREZA - PRINCIPAL
1118022500 ADICIONAL ICMS - FUNDO ESTADUAL DE COMBATE A 0,00 0,00 33,21 78,45 33,21 -78,45
POBREZA - MULTAS
1118022600 ADICIONAL ICMS - FUNDO ESTADUAL DE COMBATE A 0,00 0,00 45,62 65,52 45,62 -65,52
POBREZA - JUROS DE MORA
1121011100 TAXA DE INSPECAO, CONTROLE E FISCALIZACAO - 105.794.614,00 105.794.614,00 1.184.230,09 2.304.374,08 1.184.230,09 103.490.239,92
PRINCIPAL
1121011300 TAXA DE INSPECAO, CONTROLE E FISCALIZACAO - DIVIDA 230.000,00 230.000,00 0,00 0,00 0,00 230.000,00
ATIVA
1121041100 TAXA DE CONTROLE E FISCALIZACAO AMBIENTAL - 3.815.000,00 3.815.000,00 910.026,60 1.418.665,06 910.026,60 2.396.334,94
PRINCIPAL
1121051100 TAXA DE CONTROLE E FISCALIZACAO PESCA E 68.000,00 68.000,00 2.877,24 5.199,24 2.877,24 62.800,76
AQUICULTURA - PRINCIPAL
1122011100 TAXAS PELA PRESTACAO DE SERVICOS - PRINCIPAL 65.125.678,00 65.125.678,00 13.314.838,84 28.677.834,88 13.314.838,84 36.447.843,12
1122011500 TAXAS PELA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS - MULTAS 0,00 0,00 18,00 18,00 18,00 -18,00
1122021100 EMOLUMENTOS E CUSTAS JUDICIAIS - PRINCIPAL 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
1128011100 TAXA DE FISCALIZACAO DE VIGILANCIA SANITARIA - 0,00 0,00 20.200,00 31.700,00 20.200,00 -31.700,00
PRINCIPAL
1128011500 TAXA DE FISCALIZACAO DE VIGILANCIA SANITARIA - 0,00 0,00 0,00 1.600,00 0,00 -1.600,00
MULTAS
1128019100 TAXAS DE INSPECAO, CONTROLE E FISCALIZAÇÃO - 0,00 0,00 1.370,00 3.310,00 1.370,00 -3.310,00
OUTRAS - PRINCIPAL
1128021100 TAXAS JUDICIAIS - PRINCIPAL 11.606.045,00 11.606.045,00 0,00 0,00 0,00 11.606.045,00
1128022100 TAXAS EXTRAJUDICIAIS - PRINCIPAL 12.961.013,00 12.961.013,00 1.174.079,62 2.530.040,15 1.174.079,62 10.430.972,85
Total IMPOSTOS, TAXAS E CONTRIBUICOES DE 4.370.360.833,00 4.370.360.833,00 517.580.409,23 993.816.764,32 517.580.409,23 3.376.544.068,68
MELHORIA
1217011100 CONTRIBUICAO SOBRE A LOTERIA FEDERAL - PRINCIPAL 1.144.585,00 1.144.585,00 101.939,33 276.293,14 101.939,33 868.291,86

1218011100 CPSSS DO SERVIDOR CIVIL ATIVO - PRINCIPAL 348.700.000,00 348.700.000,00 44.668.690,90 50.806.862,93 44.668.690,90 297.893.137,07
1218012100 CPSSS DO SERVIDOR CIVIL INATIVO - PRINCIPAL 30.743.600,00 30.743.600,00 3.000.536,60 3.019.056,79 3.000.536,60 27.724.543,21
1218013100 CPSSS DO SERVIDOR CIVIL - PENSIONISTAS - PRINCIPAL 3.342.270,00 3.342.270,00 322.188,43 322.188,43 322.188,43 3.020.081,57

1218014100 CPSSS ORIUNDA DE SENTENCAS JUDICIAIS - SERVIDOR 450.000,00 450.000,00 7.022,39 29.748,70 7.022,39 420.251,30
CIVIL ATIVO - PRINCIPAL
1218015100 CPSSS ORIUNDA DE SENTENCAS JUDICIAIS - SERVIDOR 308.632,00 308.632,00 0,00 0,00 0,00 308.632,00
CIVIL INATIVO - PRINCIPAL
1218031100 CPSSS PATRONAL - SERVIDOR CIVIL ATIVO - PRINCIPAL 2.000.000,00 2.000.000,00 173.983,88 354.359,22 173.983,88 1.645.640,78

1218051100 CONTRIBUIÇÃO PARA O SPSM - MILITAR ATIVO - 45.600.000,00 45.600.000,00 4.041.511,28 4.042.180,26 4.041.511,28 41.557.819,74
PRINCIPAL
1218052100 CONTRIBUIÇÃO PARA O SPSM - MILITAR INATIVO - 23.019.860,00 23.019.860,00 3.306.614,56 3.319.403,95 3.306.614,56 19.700.456,05
PRINCIPAL
1218053100 CONTRIBUIÇÃO PARA O SPSM - PENSIONISTAS MILITARES 1.446.880,00 1.446.880,00 464.870,51 464.953,59 464.870,51 981.926,41
- PRINCIPAL
1219991100 DEMAIS CONTRIBUICOES SOCIAIS - PRINCIPAL 143.447.836,00 143.447.836,00 7.285.718,35 17.639.961,64 7.285.718,35 125.807.874,36
1220991100 OUTRAS CONTRIBUICOES ECONOMICAS - PRINCIPAL 48.203.187,00 48.203.187,00 3.739.613,81 8.755.373,87 3.739.613,81 39.447.813,13
1218031100 CPSSS PATRONAL - SERVIDOR CIVIL ATIVO - PRINCIPAL 2.000.000,00 2.000.000,00 173.983,88 354.359,22 173.983,88 1.645.640,78

1218051100 CONTRIBUIÇÃO PARA O SPSM - MILITAR ATIVO - 45.600.000,00 45.600.000,00 4.041.511,28 4.042.180,26 4.041.511,28 41.557.819,74
PRINCIPAL do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021
Ano XXXIII - Estado DIÁRIO OFICIAL No 5812 11
1218052100 CONTRIBUIÇÃO PARA O SPSM - MILITAR INATIVO - 23.019.860,00 23.019.860,00 3.306.614,56 3.319.403,95 3.306.614,56 19.700.456,05
PRINCIPAL
1218053100 CONTRIBUIÇÃO PARA O SPSM - PENSIONISTAS MILITARES 1.446.880,00 1.446.880,00 464.870,51 464.953,59 464.870,51 981.926,41
- PRINCIPAL
1219991100 DEMAIS CONTRIBUICOES SOCIAIS - PRINCIPAL 143.447.836,00 143.447.836,00 7.285.718,35 17.639.961,64 7.285.718,35 125.807.874,36
1220991100 OUTRAS CONTRIBUICOES ECONOMICAS - PRINCIPAL 48.203.187,00 48.203.187,00 3.739.613,81 8.755.373,87 3.739.613,81 39.447.813,13
1220991500 OUTRAS CONTRIBUIÇÕES ECONÔMICAS - MULTAS 0,00 0,00 1.383,50 1.955,33 1.383,50 -1.955,33
1220991600 OUTRAS CONTRIBUIÇÕES ECONÔMICAS - JUROS DE MORA 0,00 0,00 456,77 756,30 456,77 -756,30

Total CONTRIBUICOES 648.406.850,00 648.406.850,00 67.114.530,31 89.033.094,15 67.114.530,31 559.373.755,85


1310011100 ALUGUEIS E ARRENDAMENTOS - PRINCIPAL 213.579,00 213.579,00 10.398,31 27.094,72 10.398,31 186.484,28
1310021100 CONCESSÃO, PERMISSÃO, AUTORIZAÇÃO OU CESSÃO DO 13.700,00 13.700,00 721,92 1.222,71 721,92 12.477,29
DIREITO DE USO DE BENS ÍMOVEIS PÚBLICOS -
PRINCIPAL
1321001100 REMUNERACAO DE DEPOSITOS BANCARIOS - PRINCIPAL 17.552.329,00 17.552.329,00 1.880.960,46 3.666.337,16 1.880.960,46 13.885.991,84

1321004100 REMUNERACAO DOS RECURSOS DO REGIME PROPRIO DE 34.312.030,00 34.312.030,00 17.452.021,77 17.591.986,57 17.452.021,77 16.720.043,43
PREVIDENCIA SOCIAL - RPPS - PRINCIPAL
1322001100 DIVIDENDOS - PRINCIPAL 10.707.844,00 10.707.844,00 0,00 0,00 0,00 10.707.844,00
1339991100 OUTRAS DELEGACOES DE SERVICOS PUBLICOS - 2.200.000,00 2.200.000,00 134.395,06 663.239,31 134.395,06 1.536.760,69
PRINCIPAL
1349011100 COMPENSACOES AMBIENTAIS - PRINCIPAL 94.000,00 94.000,00 0,00 0,00 0,00 94.000,00
1360011100 CESSAO DO DIREITO DE OPERACIONALIZACAO DE 0,00 0,00 580.398,09 1.136.772,52 580.398,09 -1.136.772,52
PAGAMENTOS - PRINCIPAL
Total RECEITA PATRIMONIAL 65.093.482,00 65.093.482,00 20.058.895,61 23.086.652,99 20.058.895,61 42.006.829,01
1610011100 SERVICOS ADMINISTRATIVOS E COMERCIAIS GERAIS - 1.245.000,00 1.245.000,00 2.163.155,69 4.363.356,21 2.163.155,69 -3.118.356,21
PRINCIPAL
1610021100 INSCRIÇÃO EM CONCURSOS E PROCESSOS SELETIVOS - 16.320.072,00 16.320.072,00 1.424.761,00 2.878.259,00 1.424.761,00 13.441.813,00
PRINCIPAL
1610031100 SERVICOS DE REGISTRO, CERTIFICACAO E FISCALIZACAO - 5.161.000,00 5.161.000,00 620.248,70 1.176.773,89 620.248,70 3.984.226,11
PRINCIPAL
1640011100 RETORNO DE OPERACOES, JUROS E ENCARGOS 540.000,00 540.000,00 5.443,79 6.538,63 5.443,79 533.461,37
FINANCEIROS - PRINCIPAL
1690991100 OUTROS SERVICOS - PRINCIPAL 28.205.000,00 28.205.000,00 0,00 286,07 0,00 28.204.713,93
Total RECEITA DE SERVICOS 51.471.072,00 51.471.072,00 4.213.609,18 8.425.213,80 4.213.609,18 43.045.858,20
1718011100 COTA-PARTE DO FUNDO DE PARTICIPACAO DOS ESTADOS 4.103.034.311,00 4.103.034.311,00 560.227.877,17 1.005.964.808,06 560.227.877,17 3.097.069.502,94
E DO DISTRITO FEDERAL - PRINCIPAL
1718016100 COTA-PARTE DO IMPOSTO SOBRE PRODUTOS 5.115.541,00 5.115.541,00 803.046,05 1.784.763,56 803.046,05 3.330.777,44
INDUSTRIALIZADOS - ESTADOS EXPORTADORES DE
PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS - PRINCIPAL
1718017100 COTA-PARTE DA CONTRIBUICAO DE INTERVENCAO NO 16.000.000,00 16.000.000,00 0,00 1.962.901,24 0,00 14.037.098,76
DOMINIO ECONOMICO - PRINCIPAL
1718021100 COTA-PARTE DA COMPENSACAO FINANCEIRA DE 15.600.000,00 15.600.000,00 0,00 880.997,02 0,00 14.719.002,98
RECURSOS HIDRICOS - PRINCIPAL
1718022100 COTA-PARTE DA COMPENSACAO FINANCEIRA DE 1.277.772,00 1.277.772,00 206.502,03 324.295,43 206.502,03 953.476,57
RECURSOS MINERAIS - CFEM - PRINCIPAL
1718026100 COTA-PARTE DO FUNDO ESPECIAL DO PETROLEO ? FEP - 13.103.241,00 13.103.241,00 1.241.488,73 2.378.547,61 1.241.488,73 10.724.693,39
PRINCIPAL
1718031100 TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS DO SUS - ATENÇÃO 369.000,00 369.000,00 0,00 0,00 0,00 369.000,00
PRIMÁRIA - PRINCIPAL
1718032100 TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS DO SUS - ATENÇÃO 400.000.000,00 400.000.000,00 24.160.368,22 47.708.692,48 24.160.368,22 352.291.307,52
ESPECIALIZADA - PRINCIPAL
1718033100 TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS DO SUS - VIGILÂNCIA EM 9.000.000,00 9.000.000,00 516.724,36 1.413.052,92 516.724,36 7.586.947,08
SAÚDE - PRINCIPAL
1718034100 TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS DO SUS - ASSISTÊNCIA 3.820.000,00 3.820.000,00 51.380,30 51.380,30 51.380,30 3.768.619,70
FARMACÊUTICA - PRINCIPAL
1718035100 TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS DO SUS - GESTÃO DO SUS 540.000,00 540.000,00 0,00 0,00 0,00 540.000,00
- PRINCIPAL
1718039100 TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS DO SUS - OUTROS 0,00 0,00 0,00 15.674.224,56 0,00 -15.674.224,56
PROGRAMAS FINANCIADOS POR TRANSFERÊNCIAS FUNDO
A FUNDO - PRINCIPAL
1718051100 TRANSFERENCIAS DO SALARIO-EDUCACAO - PRINCIPAL 26.989.367,00 26.989.367,00 1.412.381,14 2.980.490,21 1.412.381,14 24.008.876,79

1718052100 TRANSFERÊNCIAS DIRETAS DO FNDE REFERENTES AO 395.582,00 395.582,00 0,00 0,00 0,00 395.582,00
PROGRAMA DINHEIRO DIRETO NA ESCOLA - PDDE -
PRINCIPAL
1718053100 TRANSFERÊNCIAS DIRETAS DO FNDE REFERENTES AO 20.592.624,00 20.592.624,00 2.769.523,20 2.769.523,20 2.769.523,20 17.823.100,80
PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTACAO ESCOLAR - PNAE
- PRINCIPAL
1718059100 OUTRAS TRANSFERENCIAS DIRETAS DO FUNDO 27.779.076,00 27.779.076,00 0,00 0,00 0,00 27.779.076,00
NACIONAL DO DESENVOLVIMENTO DA EDUCACAO - FNDE -
PRINCIPAL
1718061100 TRANSFERENCIA FINANCEIRA DO ICMS - DESONERAÇÃO - 1.218.191,00 1.218.191,00 0,00 0,00 0,00 1.218.191,00
L.C. N 87/96 - PRINCIPAL
1718101100 TRANSFERENCIAS DE CONVENIOS DA UNIAO PARA O 8.500.000,00 8.500.000,00 0,00 0,00 0,00 8.500.000,00
SISTEMA UNICO DE SAUDE - SUS - PRINCIPAL
1718102100 TRANSFERENCIAS DE CONVENIOS DA UNIAO DESTINADAS 385.091,00 385.091,00 0,00 0,00 0,00 385.091,00
A PROGRAMAS DE EDUCACAO - PRINCIPAL

1718105100 TRANSFERENCIAS DE CONVENIOS DA UNIAO DESTINADAS 36.700.000,00 36.700.000,00 0,00 0,00 0,00 36.700.000,00
A PROGRAMAS DE SANEAMENTO BASICO - PRINCIPAL

1718109100 OUTRAS TRANSFERENCIAS DE CONVENIOS DA UNIAO - 42.057.497,00 42.057.497,00 186.980,66 373.961,66 186.980,66 41.683.535,34
PRINCIPAL
1718121100 TRANSFERENCIAS DE RECURSOS DO FUNDO NACIONAL 1.866.000,00 1.866.000,00 28.199,39 28.199,39 28.199,39 1.837.800,61
DE ASSISTENCIA SOCIAL - FNAS - PRINCIPAL

1718991100 OUTRAS TRANSFERENCIAS DA UNIAO - PRINCIPAL 19.008.351,00 19.008.351,00 5.812.526,12 5.812.526,12 5.812.526,12 13.195.824,88
1740001100 TRANSFERENCIAS DE INSTITUICOES PRIVADAS - 514.500,00 514.500,00 509.780,27 509.780,27 509.780,27 4.719,73
PRINCIPAL
12 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

1748101100 OUTRAS TRANSFERENCIA DE INSTITUICOES PRIVADAS 5.037.000,00 5.037.000,00 17.720,00 35.440,00 17.720,00 5.001.560,00
PARA EST/DF/MUN - NAO ESPECIFICADA - PRINCIPAL
1750001100 TRANSFERENCIAS DE OUTRAS INSTITUICOES PUBLICAS - 2.981.513,00 2.981.513,00 0,00 0,00 0,00 2.981.513,00
PRINCIPAL
1758011100 TRANSFERÊNCIAS DE RECURSOS DO FUNDO DE 822.180.937,00 822.180.937,00 99.275.478,62 158.906.979,52 99.275.478,62 663.273.957,48
MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO
BÁSICA E DE VALORIZAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA
EDUCAÇÃO - FUNDEB - PRINCIPAL
1770001100 TRANSFERENCIAS DE PESSOAS FISICAS - PRINCIPAL 20.000,00 20.000,00 0,00 0,00 0,00 20.000,00
1778019100 OUTRAS TRANSFERENCIA DE PESSOAS FISICAS- 500.000,00 500.000,00 0,00 0,00 0,00 500.000,00
ESPECIFICAS DE E/DF/M - NAO ESPECIFICADOS
ANTERIORMENTE - PRINCIPAL
Total TRANSFERENCIAS CORRENTES 5.584.585.594,00 5.584.585.594,00 697.219.976,26 1.249.560.563,55 697.219.976,26 4.335.025.030,45
1910011100 MULTAS PREVISTAS EM LEGISLACAO ESPECIFICA - 48.340.977,00 48.340.977,00 2.992.749,58 5.153.326,49 2.992.749,58 43.187.650,51
PRINCIPAL
1910011200 MULTAS PREVISTAS EM LEGISLACAO ESPECIFICA - 30.000,00 30.000,00 749,14 11.716,20 749,14 18.283,80
MULTAS E JUROS
1910011500 MULTAS PREVISTAS EM LEGISLACAO ESPECIFICA- MULTAS 1.000.000,00 1.000.000,00 43.625,20 76.592,11 43.625,20 923.407,89

1910011600 MULTAS PREVISTAS EM LEGISLACAO ESPECIFICA- JUROS 10.000,00 10.000,00 1.514,93 1.514,93 1.514,93 8.485,07
DE MORA
1910041100 MULTAS PREVISTAS NA LEGISLACAO SOBRE DEFESA DOS 6.598.133,00 6.598.133,00 141.158,34 322.676,92 141.158,34 6.275.456,08
DIREITOS DIFUSOS - PRINCIPAL
1910041500 MULTAS PREVISTAS NA LEGISLACAO SOBRE DEFESA DOS 0,00 0,00 1.778,17 2.365,69 1.778,17 -2.365,69
DIREITOS DIFUSOS - MULTAS
1910041600 MULTAS PREVISTAS NA LEGISLACAO SOBRE DEFESA DOS 0,00 0,00 12.955,76 29.881,36 12.955,76 -29.881,36
DIREITOS DIFUSOS - JUROS DE MORA
1910061100 MULTAS ADMINISTRATIVAS POR DANOS AMBIENTAIS - 452.000,00 452.000,00 55.000,46 83.562,37 55.000,46 368.437,63
PRINCIPAL
1910071100 MULTAS APLICADAS PELOS TRIBUNAIS DE CONTAS - 385.000,00 385.000,00 126.298,90 243.978,29 126.298,90 141.021,71
PRINCIPAL
1910081100 MULTAS DECORRENTES DE SENTENÇAS JUDICIAIS - 0,00 0,00 4.520,67 20.928,77 4.520,67 -20.928,77
PRINCIPAL
1910091100 MULTAS E JUROS PREVISTOS EM CONTRATOS - PRINCIPAL 41.224,00 41.224,00 0,00 0,00 0,00 41.224,00

1921011100 INDENIZACOES POR DANOS CAUSADOS AO PATRIMONIO 2.000,00 2.000,00 0,00 0,00 0,00 2.000,00
PUBLICO - PRINCIPAL
1921991100 OUTRAS INDENIZACOES - PRINCIPAL 500.000,00 500.000,00 0,00 0,00 0,00 500.000,00
1922031100 RESTITUICAO DE BENEFICIOS PREVIDENCIARIOS - 500.000,00 500.000,00 21.886,49 22.011,49 21.886,49 477.988,51
PRINCIPAL
1922991100 OUTRAS RESTITUICOES - PRINCIPAL 411.199,00 411.199,00 318.059,62 529.475,56 318.059,62 -118.276,56
1923021100 RESSARCIMENTO DE CUSTOS - PRINCIPAL 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
1923991100 OUTROS RESSARCIMENTOS - PRINCIPAL 0,00 0,00 138.113,29 144.058,61 138.113,29 -144.058,61
1928029100 OUTRAS RESTITUIÇÕES - ESPECÍFICAS PARA 0,00 0,00 20.971,20 36.925,67 20.971,20 -36.925,67
ESTADOS/DF/MUNICÍPIOS - NÃO ESPECIFICADOS
ANTERIORMENTE - PRINCIPAL
1928031100 RESSARCIMENTOS - ESPECÍFICAS PARA 0,00 0,00 10.391,37 38.427,41 10.391,37 -38.427,41
ESTADOS/DF/MUNICÍPIOS - PRINCIPAL
1930021100 ALIENACAO DE BENS E MERCADORIAS APREENDIDOS - 13.278,00 13.278,00 0,00 0,00 0,00 13.278,00
PRINCIPAL
1990031100 COMPENSACOES FINANCEIRAS ENTRE O REGIME GERAL E 4.500.000,00 4.500.000,00 822.756,57 822.756,57 822.756,57 3.677.243,43
OS REGIMES PROPRIOS DE PREVIDENCA DOS
SERVIDORES - PRINCIPAL
1990122100 ONUS DE SUCUMBENCIA - PRINCIPAL 504.475,00 504.475,00 41.606,96 57.036,52 41.606,96 447.438,48
1990991100 OUTRAS RECEITAS - PRIMARIAS - PRINCIPAL 60.199.669,00 60.199.669,00 316.288,31 544.607,55 316.288,31 59.655.061,45
1990991300 OUTRAS RECEITAS - PRIMARIAS - DIVIDA ATIVA 780.110,00 780.110,00 485.689,64 928.008,00 485.689,64 -147.898,00
1990991400 OUTRAS RECEITAS - PRIMARIAS - DIVIDA ATIVA - MULTAS 6.696.415,00 6.696.415,00 0,00 0,00 0,00 6.696.415,00
E JUROS
1990991700 OUTRAS RECEITAS - PRIMARIAS - DIVIDA ATIVA - MULTAS 2.133,00 2.133,00 1.146,44 3.550,56 1.146,44 -1.417,56
DA DIVIDA ATIVA
1990991800 OUTRAS RECEITAS - PRIMARIAS - JUROS DE MORA DA 26.531,00 26.531,00 26.187,16 35.252,36 26.187,16 -8.721,36
DIVIDA ATIVA
1990992100 OUTRAS RECEITAS - FINANCEIRAS - PRINCIPAL 0,00 0,00 0,00 401,24 0,00 -401,24
Total OUTRAS RECEITAS CORRENTES 130.993.144,00 130.993.144,00 5.583.448,20 9.109.054,67 5.583.448,20 121.884.089,33
TOTAL RECEITAS CORRENTES 10.850.910.975,00 10.850.910.975,00 1.311.770.868,79 2.373.031.343,48 1.311.770.868,79 8.477.879.631,52
2112001100 OPERACOES DE CREDITO CONTRATUAIS - MERCADO 280.253.932,00 280.253.932,00 52.135.579,31 52.135.579,31 52.135.579,31 228.118.352,69
INTERNO - PRINCIPAL
2118012100 OPERACOES DE CREDITO INTERNAS PARA PROGRAMAS DE 125.000.000,00 125.000.000,00 0,00 0,00 0,00 125.000.000,00
SAUDE - PRINCIPAL
2122001100 OPERACOES DE CREDITO CONTRATUAIS - MERCADO 387.376.194,00 387.376.194,00 16.116.437,03 16.116.437,03 16.116.437,03 371.259.756,97
EXTERNO - PRINCIPAL
Total OPERACOES DE CREDITO 792.630.126,00 792.630.126,00 68.252.016,34 68.252.016,34 68.252.016,34 724.378.109,66
2213001100 ALIENACAO DE BENS MOVEIS E SEMOVENTES - PRINCIPAL 3.090.125,00 3.090.125,00 0,00 0,00 0,00 3.090.125,00

2220001100 ALIENACAO DE BENS IMOVEIS - PRINCIPAL 3.242.000,00 3.242.000,00 383.553,77 401.934,13 383.553,77 2.840.065,87
Total ALIENACAO DE BENS 6.332.125,00 6.332.125,00 383.553,77 401.934,13 383.553,77 5.930.190,87
2300061100 AMORTIZACAO DE EMPRESTIMOS CONTRATUAIS - 2.250.000,00 2.250.000,00 67.872,26 96.949,50 67.872,26 2.153.050,50
PRINCIPAL
Total AMORTIZACAO DE EMPRESTIMOS 2.250.000,00 2.250.000,00 67.872,26 96.949,50 67.872,26 2.153.050,50
2418034100 TRANSFERENCIA DE RECURSOS DO SUS - ASSISTENCIA 0,00 0,00 0,00 530.681,00 0,00 -530.681,00
FARMACEUTICA - PRINCIPAL
2418039100 TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS DO SUS - OUTROS 0,00 0,00 0,00 3.638.872,00 0,00 -3.638.872,00
PROGRAMAS FINANCIADOS POR TRANSFERÊNCIAS FUNDO
A FUNDO - PRINCIPAL
2418042100 TRANSFERÊNCIAS DE RECURSOS DO SISTEMA ÚNICO DE 40.000.000,00 40.000.000,00 0,00 933.876,00 0,00 39.066.124,00
SAÚDE - SUS DESTINADOS À ATENÇÃO ESPECIALIZADA -
PRINCIPAL
2418045100 TRANSFERÊNCIAS DE RECURSOS DO SISTEMA ÚNICO DE 4.300.000,00 4.300.000,00 0,00 0,00 0,00 4.300.000,00
SAÚDE - SUS DESTINADOS A GESTÃO DO SUS - PRINCIPAL

2418059100 OUTRAS TRANSFERENCIAS DESTINADAS A PROGRAMAS 40.000.213,00 40.000.213,00 0,00 0,00 0,00 40.000.213,00
DE EDUCACAO - PRINCIPAL
2418102100 TRANSFERENCIAS DE CONVENIO DA UNIAO DESTINADAS 35.107.426,00 35.107.426,00 0,00 0,00 0,00 35.107.426,00
A PROGRAMAS DE EDUCACAO - PRINCIPAL
PROGRAMAS FINANCIADOS POR TRANSFERÊNCIAS FUNDO
A FUNDO - PRINCIPAL
2418042100 TRANSFERÊNCIAS DE RECURSOS DO SISTEMA ÚNICO DE 40.000.000,00 40.000.000,00 0,00 933.876,00 0,00 39.066.124,00
SAÚDE - SUS DESTINADOS À ATENÇÃO ESPECIALIZADA -
Ano XXXIII - PRINCIPAL do Tocantins, segunda-feira,
Estado 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL N 5812 o
13
2418045100 TRANSFERÊNCIAS DE RECURSOS DO SISTEMA ÚNICO DE 4.300.000,00 4.300.000,00 0,00 0,00 0,00 4.300.000,00
SAÚDE - SUS DESTINADOS A GESTÃO DO SUS - PRINCIPAL

2418059100 OUTRAS TRANSFERENCIAS DESTINADAS A PROGRAMAS 40.000.213,00 40.000.213,00 0,00 0,00 0,00 40.000.213,00
DE EDUCACAO - PRINCIPAL
2418102100 TRANSFERENCIAS DE CONVENIO DA UNIAO DESTINADAS 35.107.426,00 35.107.426,00 0,00 0,00 0,00 35.107.426,00
A PROGRAMAS DE EDUCACAO - PRINCIPAL

2418109100 OUTRAS TRANSFERENCIAS DE CONVENIOS DA UNIAO - 80.081.159,00 80.081.159,00 0,00 0,00 0,00 80.081.159,00
PRINCIPAL
2418991100 OUTRAS TRANSFERENCIAS DA UNIAO - PRINCIPAL 23.338.533,00 23.338.533,00 0,00 0,00 0,00 23.338.533,00
2438109100 OUTRAS TRANSFERENCIAS DE CONVENIOS DOS 400.000,00 400.000,00 0,00 0,00 0,00 400.000,00
MUNICIPIOS - PRINCIPAL
2440001100 TRANSFERENCIAS DE INSTITUICOES PRIVADAS - 240.000,00 240.000,00 0,00 0,00 0,00 240.000,00
PRINCIPAL
2450001100 TRANSFERENCIAS DE OUTRAS INSTITUICOES PUBLICAS - 3.514.113,00 3.514.113,00 0,00 0,00 0,00 3.514.113,00
PRINCIPAL
Total TRANSFERENCIAS DE CAPITAL 226.981.444,00 226.981.444,00 0,00 5.103.429,00 0,00 221.878.015,00
TOTAL RECEITAS DE CAPITAL 1.028.193.695,00 1.028.193.695,00 68.703.442,37 73.854.328,97 68.703.442,37 954.339.366,03
7218031100 CPSSS PATRONAL - SERVIDOR CIVIL ATIVO - PRINCIPAL 622.166.258,00 622.166.258,00 34.840.894,03 67.698.447,08 34.840.894,03 554.467.810,92

7218031200 CPSSS PATRONAL - SERVIDOR CIVIL ATIVO - MULTAS E 3.638.313,00 3.638.313,00 0,00 0,00 0,00 3.638.313,00
JUROS
7218041100 CPSSS PATRONAL - PARCELAMENTOS - SERVIDOR CIVIL 467.379.702,00 467.379.702,00 15.651.557,46 31.303.114,92 15.651.557,46 436.076.587,08
ATIVO - PRINCIPAL
7218041200 CPSSS PATRONAL - PARCELAMENTOS - SERVIDOR CIVIL 78.141.026,00 78.141.026,00 9.857.913,79 19.419.742,79 9.857.913,79 58.721.283,21
ATIVO - MULTAS E JUROS DE MORA
7218071100 CONTRIBUICAO PATRONAL - MILITAR ATIVO - PRINCIPAL 96.260.000,00 96.260.000,00 1.246.187,11 1.247.609,57 1.246.187,11 95.012.390,43

7219991100 DEMAIS CONTRIBUICOES SOCIAIS - PRINCIPAL 32.519.367,00 32.519.367,00 7.245.540,50 10.096.021,38 7.245.540,50 22.423.345,62
Total CONTRIBUICOES 1.300.104.666,00 1.300.104.666,00 68.842.092,89 129.764.935,74 68.842.092,89 1.170.339.730,26
7990991100 OUTRAS RECEITAS - PRIMARIAS - PRINCIPAL 0,00 0,00 6.033,01 6.036,01 6.033,01 -6.036,01
Total OUTRAS RECEITAS CORRENTES 0,00 0,00 6.033,01 6.036,01 6.033,01 -6.036,01
TOTAL RECEITAS CORRENTES - INTRA ORCAMENTARIAS 1.300.104.666,00 1.300.104.666,00 68.848.125,90 129.770.971,75 68.848.125,90 1.170.333.694,25

Deduções -2.267.585.610,00 -2.267.585.610,00 -380.224.150,40 -675.594.256,14 -380.224.150,40 -1.591.991.353,86


Restituições -3.089.692,00 -3.089.692,00 -148.415.049,09 -199.263.440,17 -148.415.049,09 196.173.748,17
1118012100 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE DE VEICULOS -135.165,00 -135.165,00 -1.243.419,37 -3.066.541,24 -1.243.419,37 2.931.376,24
AUTOMOTORES - PRINCIPAL
1118012300 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE DE VEICULOS 0,00 0,00 -396,82 -396,82 -396,82 396,82
AUTOMOTORES - DIVIDA ATIVA
1118012700 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE DE VEÍCULOS 0,00 0,00 -175,63 -175,63 -175,63 175,63
AUTOMOTORES - DÍVIDA ATIVA - MULTAS DA DÍVIDA
ATIVA
1118013100 IMPOSTO SOBRE TRANSMISSAO "CAUSA MORTIS" E -179.758,00 -179.758,00 -11.605,73 -14.251,61 -11.605,73 -165.506,39
DOAÇÃO DE BENS E DIREITOS - PRINCIPAL
1118021100 IMPOSTO SOBRE OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO -656.633,00 -656.633,00 -143.414.656,62 -191.946.120,43 -143.414.656,62 191.289.487,43
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
COMUNICAÇÃO - PRINCIPAL
1118021500 IMPOSTO SOBRE OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO 0,00 0,00 -37,66 -37,66 -37,66 37,66
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
COMUNICAÇÃO - MULTAS
1118021600 IMPOSTO SOBRE OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO 0,00 0,00 -1,24 -1,24 -1,24 1,24
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
COMUNICAÇÃO - JUROS DE MORA

1121011100 TAXA DE INSPECAO, CONTROLE E FISCALIZACAO - -9.605,00 -9.605,00 -268,47 -268,47 -268,47 -9.336,53
PRINCIPAL
1122011100 TAXAS PELA PRESTACAO DE SERVICOS - PRINCIPAL 0,00 0,00 -15,00 -15,00 -15,00 15,00
Total IMPOSTOS, TAXAS E CONTRIBUICOES DE -981.161,00 -981.161,00 -144.670.576,54 -195.027.808,10 -144.670.576,54 194.046.647,10
MELHORIA
1218011100 CPSSS DO SERVIDOR CIVIL ATIVO - PRINCIPAL -1.000.000,00 -1.000.000,00 0,00 0,00 0,00 -1.000.000,00
1218012100 CPSSS DO SERVIDOR CIVIL INATIVO - PRINCIPAL -500.000,00 -500.000,00 0,00 0,00 0,00 -500.000,00
1218052100 CONTRIBUIÇÃO PARA O SPSM - MILITAR INATIVO - -50.000,00 -50.000,00 0,00 0,00 0,00 -50.000,00
PRINCIPAL
1218053100 CONTRIBUIÇÃO PARA O SPSM - PENSIONISTAS MILITARES -40.000,00 -40.000,00 0,00 0,00 0,00 -40.000,00
- PRINCIPAL
Total CONTRIBUICOES -1.590.000,00 -1.590.000,00 0,00 0,00 0,00 -1.590.000,00
1610031100 SERVICOS DE REGISTRO, CERTIFICACAO E FISCALIZACAO - 0,00 0,00 -3.930,29 -3.930,29 -3.930,29 3.930,29
PRINCIPAL
Total RECEITA DE SERVICOS 0,00 0,00 -3.930,29 -3.930,29 -3.930,29 3.930,29
1718017100 COTA-PARTE DA CONTRIBUICAO DE INTERVENCAO NO 0,00 0,00 0,00 -490.725,31 0,00 490.725,31
DOMINIO ECONOMICO - PRINCIPAL
Total TRANSFERENCIAS CORRENTES 0,00 0,00 0,00 -490.725,31 0,00 490.725,31
1910011100 MULTAS PREVISTAS EM LEGISLACAO ESPECIFICA - 0,00 0,00 -3.735.893,46 -3.735.893,46 -3.735.893,46 3.735.893,46
PRINCIPAL
1910071100 MULTAS APLICADAS PELOS TRIBUNAIS DE CONTAS - 0,00 0,00 0,00 -434,21 0,00 434,21
PRINCIPAL
1990991100 OUTRAS RECEITAS - PRIMARIAS - PRINCIPAL -518.531,00 -518.531,00 -4.648,80 -4.648,80 -4.648,80 -513.882,20
Total OUTRAS RECEITAS CORRENTES -518.531,00 -518.531,00 -3.740.542,26 -3.740.976,47 -3.740.542,26 3.222.445,47
Transferências Constitucionais e Legais a Municípios -926.596.650,00 -926.596.650,00 -75.617.244,21 -176.552.863,20 -75.617.244,21 -750.043.786,80
1118012100 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE DE VEICULOS -115.938.151,00 -115.938.151,00 -4.159.943,13 -22.050.774,31 -4.159.943,13 -93.887.376,69
AUTOMOTORES - PRINCIPAL
1118012200 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE DE VEICULOS -407.209,00 -407.209,00 0,00 0,00 0,00 -407.209,00
AUTOMOTORES - MULTAS E JUROS
1118012300 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE DE VEICULOS -25.203.045,00 -25.203.045,00 -2.322.772,39 -3.047.479,34 -2.322.772,39 -22.155.565,66
AUTOMOTORES - DIVIDA ATIVA
14 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

1118012400 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE DE VEICULOS -779.475,00 -779.475,00 0,00 0,00 0,00 -779.475,00
AUTOMOTORES - DIVIDA ATIVA - MULTAS E JUROS
1118012500 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE DE VEÍCULOS 0,00 0,00 -142.340,92 -790.943,95 -142.340,92 790.943,95
AUTOMOTORES - MULTAS
1118012600 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE DE VEÍCULOS 0,00 0,00 -35.984,18 -163.062,42 -35.984,18 163.062,42
AUTOMOTORES - JUROS DE MORA
1118012700 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE DE VEÍCULOS 0,00 0,00 -581.129,55 -763.136,95 -581.129,55 763.136,95
AUTOMOTORES - DÍVIDA ATIVA - MULTAS DA DÍVIDA
ATIVA
1118012800 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE DE VEÍCULOS 0,00 0,00 -305.373,66 -480.211,87 -305.373,66 480.211,87
AUTOMOTORES - JUROS DE MORA DA DÍVIDA ATIVA
1118021100 IMPOSTO SOBRE OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO -772.701.989,00 -772.701.989,00 -67.212.871,02 -147.531.854,05 -67.212.871,02 -625.170.134,95
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
COMUNICAÇÃO - PRINCIPAL
1118021200 IMPOSTO SOBRE OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO -2.112.016,00 -2.112.016,00 -238,29 -417,10 -238,29 -2.111.598,90
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
COMUNICAÇÃO - MULTAS E JUROS DE MORA

1118021300 IMPOSTO SOBRE OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO -7.190.050,00 -7.190.050,00 -455.197,08 -817.081,22 -455.197,08 -6.372.968,78
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
COMUNICAÇÃO - DÍVIDA ATIVA
1118021400 IMPOSTO SOBRE OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO -290.235,00 -290.235,00 0,00 0,00 0,00 -290.235,00
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
COMUNICAÇÃO - DÍVIDA ATIVA - MULTAS E JUROS DE
MORA
1118021500 IMPOSTO SOBRE OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO 0,00 0,00 -131.533,46 -266.189,58 -131.533,46 266.189,58
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
COMUNICAÇÃO - MULTAS
1118021600 IMPOSTO SOBRE OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO 0,00 0,00 -53.046,69 -90.878,70 -53.046,69 90.878,70
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
COMUNICAÇÃO - JUROS DE MORA

1118021700 IMPOSTO SOBRE OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO -695.595,00 -695.595,00 -11.710,55 -62.371,33 -11.710,55 -633.223,67
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
COMUNICAÇÃO - DÍVIDA ATIVA - MULTA DA DÍVIDA

1118021800 IMPOSTO SOBRE OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO 0,00 0,00 -5.947,88 -45.841,01 -5.947,88 45.841,01
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
COMUNICAÇÃO - JUROS DE MORA DA DÍVIDA

Total 11 - IMPOSTOS, TAXAS E CONTRIBUICOES DE -925.317.765,00 -925.317.765,00 -75.418.088,80 -176.110.241,83 -75.418.088,80 -749.207.523,17
MELHORIA
1718016100 COTA-PARTE DO IMPOSTO SOBRE PRODUTOS -1.278.885,00 -1.278.885,00 -199.155,41 -442.621,37 -199.155,41 -836.263,63
INDUSTRIALIZADOS - ESTADOS EXPORTADORES DE
PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS - PRINCIPAL
Total 17 - TRANSFERENCIAS CORRENTES -1.278.885,00 -1.278.885,00 -199.155,41 -442.621,37 -199.155,41 -836.263,63
Deduções do Fundeb -1.337.899.268,00 -1.337.899.268,00 -156.151.856,79 -299.706.559,80 -156.151.856,79 -1.038.192.708,20
Dedução Fundeb das Receitas tributárias -516.281.437,00 -516.281.437,00 -43.985.824,44 -98.245.883,67 -43.985.824,44 -418.035.553,33
1118012100 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE DE VEICULOS -23.187.630,00 -23.187.630,00 -831.989,59 -4.410.157,59 -831.989,59 -18.777.472,41
AUTOMOTORES - PRINCIPAL
1118012200 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE DE VEICULOS -81.442,00 -81.442,00 0,00 0,00 0,00 -81.442,00
AUTOMOTORES - MULTAS E JUROS
1118012300 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE DE VEICULOS -5.040.609,00 -5.040.609,00 -464.555,94 -609.498,26 -464.555,94 -4.431.110,74
AUTOMOTORES - DIVIDA ATIVA
1118012400 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE DE VEICULOS -155.895,00 -155.895,00 0,00 0,00 0,00 -155.895,00
AUTOMOTORES - DIVIDA ATIVA - MULTAS E JUROS
1118012500 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE DE VEÍCULOS 0,00 0,00 -28.468,42 -158.189,85 -28.468,42 158.189,85
AUTOMOTORES - MULTAS
1118012600 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE DE VEÍCULOS 0,00 0,00 -7.197,09 -32.613,66 -7.197,09 32.613,66
AUTOMOTORES - JUROS DE MORA
1118012700 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE DE VEÍCULOS 0,00 0,00 -116.226,74 -152.628,60 -116.226,74 152.628,60
AUTOMOTORES - DÍVIDA ATIVA - MULTAS DA DÍVIDA
ATIVA
1118012800 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE DE VEÍCULOS 0,00 0,00 -61.075,68 -96.043,80 -61.075,68 96.043,80
AUTOMOTORES - JUROS DE MORA DA DÍVIDA ATIVA
1118013100 IMPOSTO SOBRE TRANSMISSAO "CAUSA MORTIS" E -4.584.463,00 -4.584.463,00 -430.525,73 -779.039,31 -430.525,73 -3.805.423,69
DOAÇÃO DE BENS E DIREITOS - PRINCIPAL
1118013200 IMPOSTO SOBRE TRANSMISSAO "CAUSA MORTIS" E -241.351,00 -241.351,00 0,00 0,00 0,00 -241.351,00
DOAÇÃO DE BENS E DIREITOS - MULTAS E JUROS
1118013300 IMPOSTO SOBRE TRANSMISSAO "CAUSA MORTIS" E -1.200,00 -1.200,00 0,00 0,00 0,00 -1.200,00
DOAÇÃO DE BENS E DIREITOS - DÍVIDA ATIVA
ATIVA
1118013100
IMPOSTO SOBRE TRANSMISSAO "CAUSA MORTIS" E -4.584.463,00 -4.584.463,00 -430.525,73 -779.039,31 -430.525,73 -3.805.423,69
1118012800
IMPOSTODE
DOAÇÃO SOBRE
BENSAEPROPRIEDADE DE VEÍCULOS
DIREITOS - PRINCIPAL 0,00 0,00 -61.075,68 -96.043,80 -61.075,68 96.043,80
1118013200 AUTOMOTORES
IMPOSTO SOBRE- TRANSMISSAO
JUROS DE MORA"CAUSA
DA DÍVIDA ATIVA
MORTIS" E -241.351,00 -241.351,00 0,00
DIÁRIO OFICIAL0,00 0,00
N-430.525,73
5812 -241.351,00
Ano 1118013100
XXXIII - Estado
IMPOSTODE do Tocantins,
SOBRE segunda-feira, 22 de-4.584.463,00
março de 2021-4.584.463,00 o
15
DOAÇÃO BENSTRANSMISSAO "CAUSA
E DIREITOS - MULTAS MORTIS"
E JUROS E -430.525,73 -779.039,31 -3.805.423,69
1118013300 DOAÇÃO
IMPOSTODE BENSTRANSMISSAO
SOBRE E DIREITOS - PRINCIPAL
"CAUSA MORTIS" E -1.200,00 -1.200,00 0,00 0,00 0,00 -1.200,00
1118013200 DOAÇÃO
IMPOSTODESOBRE
BENSTRANSMISSAO "CAUSA ATIVA
E DIREITOS - DÍVIDA MORTIS" E -241.351,00 -241.351,00 0,00 0,00 0,00 -241.351,00
1118013500 DOAÇÃO
IMPOSTOSDESOBRE
BENS ETRANSMISSÃO
DIREITOS - MULTAS
"CAUSAEMORTIS"
JUROS E 0,00 0,00 -20.039,06 -55.223,54 -20.039,06 55.223,54
1118013300 DOAÇÃO
IMPOSTODESOBRE
BENSTRANSMISSAO "CAUSA MORTIS" E
E DIREITOS - MULTAS -1.200,00 -1.200,00 0,00 0,00 0,00 -1.200,00
1118013600 DOAÇÃO
IMPOSTOSDESOBRE
BENS ETRANSMISSÃO
DIREITOS - DÍVIDA
"CAUSAATIVA
MORTIS" E 0,00 0,00 -1.057,15 -6.537,22 -1.057,15 6.537,22
1118013500 DOAÇÃO
IMPOSTOSDESOBRE
BENS E DIREITOS - JUROS DEMORTIS"
TRANSMISSÃO "CAUSA MORA E 0,00 0,00 -20.039,06 -55.223,54 -20.039,06 55.223,54
1118021100 DOAÇÃO
IMPOSTODE BENSOPERACOES
SOBRE E DIREITOSRELATIVAS
- MULTAS A CIRCULACAO -463.621.193,00 -463.621.193,00 -40.327.722,80 -88.519.113,06 -40.327.722,80 -375.102.079,94
1118013600 DE
IMPOSTOS SOBRE TRANSMISSÃO
MERCADORIAS "CAUSA DE
E SOBRE PRESTACOES MORTIS" E
SERVIÇOS 0,00 0,00 -1.057,15 -6.537,22 -1.057,15 6.537,22
DOAÇÃO DE BENS E DIREITOS - JUROS DE MORA
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
1118021100 COMUNICAÇÃO
IMPOSTO SOBRE- PRINCIPAL
OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO -463.621.193,00 -463.621.193,00 -40.327.722,80 -88.519.113,06 -40.327.722,80 -375.102.079,94
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
1118021200 IMPOSTO SOBRE OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO -1.267.210,00 -1.267.210,00 -143,02 -250,34 -143,02 -1.266.959,66
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
COMUNICAÇÃO - PRINCIPAL
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
1118021200 COMUNICAÇÃO
IMPOSTO SOBRE- MULTAS
OPERACOES RELATIVAS
E JUROS A CIRCULACAO
DE MORA -1.267.210,00 -1.267.210,00 -143,02 -250,34 -143,02 -1.266.959,66
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
1118021300 DE TRANSPORTE
IMPOSTO INTERESTADUAL
SOBRE OPERACOES EINTERMUNICIPAL
RELATIVAS E DE
A CIRCULACAO -4.314.030,00 -4.314.030,00 -273.118,23 -490.248,71 -273.118,23 -3.823.781,29
COMUNICAÇÃO
DE - MULTAS
MERCADORIAS E SOBREE JUROS DE MORA
PRESTACOES DE SERVIÇOS
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
1118021300 COMUNICAÇÃO
IMPOSTO SOBRE- DÍVIDA
OPERACOES
ATIVARELATIVAS A CIRCULACAO -4.314.030,00 -4.314.030,00 -273.118,23 -490.248,71 -273.118,23 -3.823.781,29
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
1118021400 DE
IMPOSTO SOBRE INTERESTADUAL
TRANSPORTE OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO
EINTERMUNICIPAL E DE -174.141,00 -174.141,00 0,00 0,00 0,00 -174.141,00
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES
COMUNICAÇÃO - DÍVIDA ATIVA DE SERVIÇOS
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
1118021400 COMUNICAÇÃO
IMPOSTO SOBRE- DÍVIDA
OPERACOES
ATIVARELATIVAS
- MULTAS AE CIRCULACAO
JUROS DE -174.141,00 -174.141,00 0,00 0,00 0,00 -174.141,00
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
MORA
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
1118021500 IMPOSTO SOBRE OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO 0,00 0,00 -78.920,23 -159.713,95 -78.920,23 159.713,95
COMUNICAÇÃO - DÍVIDA ATIVA - MULTAS E JUROS DE
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
MORA
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
1118021500 COMUNICAÇÃO
IMPOSTO SOBRE- MULTAS
OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO 0,00 0,00 -78.920,23 -159.713,95 -78.920,23 159.713,95
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
1118021600 DE
IMPOSTO SOBRE OPERACOES
TRANSPORTE RELATIVAS
INTERESTADUAL A CIRCULACAO
EINTERMUNICIPAL E DE 0,00 0,00 -31.828,08 -54.527,47 -31.828,08 54.527,47
DE MERCADORIAS
COMUNICAÇÃO E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
- MULTAS
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
1118021600 COMUNICAÇÃO
IMPOSTO SOBRE- JUROS
OPERACOES RELATIVAS A CIRCULACAO
DE MORA 0,00 0,00 -31.828,08 -54.527,47 -31.828,08 54.527,47
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
1118021700 DE TRANSPORTE
IMPOSTO SOBRE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL
OPERACOES RELATIVAS E DE
A CIRCULACAO -417.357,00 -417.357,00 -7.026,34 -37.422,82 -7.026,34 -379.934,18
COMUNICAÇÃO - JUROS DE MORA
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
1118021700 COMUNICAÇÃO
IMPOSTO SOBRE- DÍVIDA
OPERACOES
ATIVARELATIVAS A CIRCULACAO
- MULTA DA DÍVIDA -417.357,00 -417.357,00 -7.026,34 -37.422,82 -7.026,34 -379.934,18
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
1118021800 DE TRANSPORTE
IMPOSTO SOBRE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL
OPERACOES RELATIVAS E DE
A CIRCULACAO 0,00 0,00 -3.568,76 -27.504,64 -3.568,76 27.504,64
COMUNICAÇÃO - DÍVIDA ATIVA - MULTA DA DÍVIDA
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
DE TRANSPORTE INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL E DE
1118021800 COMUNICAÇÃO
IMPOSTO SOBRE- JUROS
OPERACOES RELATIVAS
DE MORA A CIRCULACAO
DA DÍVIDA 0,00 0,00 -3.568,76 -27.504,64 -3.568,76 27.504,64
DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTACOES DE SERVIÇOS
1118022100 DE TRANSPORTE
ADICIONAL ICMS INTERESTADUAL EINTERMUNICIPAL
- FUNDO ESTADUAL DE COMBATE A E DE -13.194.916,00 -13.194.916,00 -1.302.345,82 -2.657.142,07 -1.302.345,82 -10.537.773,93
COMUNICAÇÃO - JUROS DE MORA DA DÍVIDA
POBREZA - PRINCIPAL
1118022500 ADICIONAL ICMS - FUNDO ESTADUAL DE COMBATE A 0,00 0,00 -6,64 -15,69 -6,64 15,69
1118022100 POBREZA
ADICIONAL- MULTAS
ICMS - FUNDO ESTADUAL DE COMBATE A -13.194.916,00 -13.194.916,00 -1.302.345,82 -2.657.142,07 -1.302.345,82 -10.537.773,93
POBREZA - PRINCIPAL
1118022600 ADICIONAL ICMS - FUNDO ESTADUAL DE COMBATE A 0,00 0,00 -9,12 -13,09 -9,12 13,09
1118022500 POBREZA
ADICIONAL- JUROS
ICMS - DE
FUNDO
MORAESTADUAL DE COMBATE A 0,00 0,00 -6,64 -15,69 -6,64 15,69
Total POBREZA - MULTASTAXAS E CONTRIBUICOES DE
11 - IMPOSTOS, -516.281.437,00 -516.281.437,00 -43.985.824,44 -98.245.883,67 -43.985.824,44 -418.035.553,33
1118022600 ADICIONAL
MELHORIAICMS - FUNDO ESTADUAL DE COMBATE A 0,00 0,00 -9,12 -13,09 -9,12 13,09
POBREZA
Dedução Fundeb - JUROS DE MORA
de Transferências da União -821.617.831,00 -821.617.831,00 -112.166.032,35 -201.460.676,13 -112.166.032,35 -620.157.154,87
Total 11 - IMPOSTOS, TAXAS E CONTRIBUICOES DE -516.281.437,00 -516.281.437,00 -43.985.824,44 -98.245.883,67 -43.985.824,44 -418.035.553,33
1718011100 COTA-PARTE DO FUNDO DE PARTICIPACAO DOS ESTADOS -820.606.862,00 -820.606.862,00 -112.045.575,44 -201.192.961,60 -112.045.575,44 -619.413.900,40
MELHORIA
E DO DISTRITO FEDERAL - PRINCIPAL
Dedução Fundeb de Transferências da União -821.617.831,00 -821.617.831,00 -112.166.032,35 -201.460.676,13 -112.166.032,35 -620.157.154,87
1718016100 COTA-PARTE DO IMPOSTO SOBRE PRODUTOS -767.331,00 -767.331,00 -120.456,91 -267.714,53 -120.456,91 -499.616,47
1718011100 INDUSTRIALIZADOS
COTA-PARTE DO FUNDO DE PARTICIPACAO
- ESTADOS EXPORTADORESDOS ESTADOS
DE -820.606.862,00 -820.606.862,00 -112.045.575,44 -201.192.961,60 -112.045.575,44 -619.413.900,40
EPRODUTOS
DO DISTRITO FEDERAL - PRINCIPAL
INDUSTRIALIZADOS - PRINCIPAL
1718016100
1718061100 COTA-PARTE
TRANSFERENCIA DO IMPOSTO SOBRE
FINANCEIRA PRODUTOS
DO ICMS - DESONERAÇÃO - -767.331,00
-243.638,00 -767.331,00
-243.638,00 -120.456,91
0,00 -267.714,53
0,00 -120.456,91
0,00 -499.616,47
-243.638,00
INDUSTRIALIZADOS - ESTADOS EXPORTADORES DE
L.C. N 87/96 - PRINCIPAL
Total PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS
17 - TRANSFERENCIAS - PRINCIPAL
CORRENTES -821.617.831,00 -821.617.831,00 -112.166.032,35 -201.460.676,13 -112.166.032,35 -620.157.154,87
1718061100 TRANSFERENCIA FINANCEIRA DO ICMS - DESONERAÇÃO - -243.638,00 -243.638,00 0,00 0,00 0,00 -243.638,00
TOTAL 10.911.623.726,00 10.911.623.726,00 1.069.098.286,66 1.901.062.388,06 1.069.098.286,66 9.010.561.337,94
L.C. N 87/96 - PRINCIPAL
Impresso em 17/03/2021 12:19
Total 17 - TRANSFERENCIAS CORRENTES -821.617.831,00 -821.617.831,00 -112.166.032,35 -201.460.676,13 -112.166.032,35 -620.157.154,87
TOTAL 10.911.623.726,00 10.911.623.726,00 1.069.098.286,66 1.901.062.388,06 1.069.098.286,66 9.010.561.337,94
Impresso em 17/03/2021 12:19

MAURÍCIO PARIZOTTO LOURENÇO SORAYMA SOARES DE ALMEIDA VIANA


MAURO CARLESSE SANDRO HENRIQUE ARMANDO
Superintendente da Contabilidade Geral- Diretora de Demonstrações Contábeis
Governador Secretário da Fazenda
Contador - CRC-TO 001582/O Contadora - CRC-TO 001552/O
MAURÍCIO PARIZOTTO LOURENÇO SORAYMA SOARES DE ALMEIDA VIANA
MAURO CARLESSE SANDRO HENRIQUE ARMANDO
Superintendente da Contabilidade Geral- Diretora de Demonstrações Contábeis
Governador Secretário da Fazenda
Contador - CRC-TO 001582/O Contadora - CRC-TO 001552/O
16 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

SECRETARIA DA INDÚSTRIA, SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE


COMÉRCIO E SERVIÇOS E RECURSOS HÍDRICOS

PORTARIA Nº 21/2021/GABSEC/SICS, DE 12 DE MARÇO DE 2021. PORTARIA SEMARH Nº 31, DE 16 DE MARÇO DE 2021.

O Secretário de Estado da Indústria, Comércio e Serviços, no A SECRETÁRIA DO MEIO AMBIENTE E RECURSOS


uso das atribuições dispostas no §3º, do art. 27 da Constituição do Estado HÍDRICOS, no uso das atribuições que lhe conferem o art. 42, §1º, da
e consoante o disposto no Ato Governamental nº 18 - NM, publicado no Constituição do Estado, com fulcro no art. 3º, §2º, incisos I e II do Decreto
DOE nº 5.518, de 08/01/2020. nº 5.736, de 17 de novembro de 2017, e em conformidade com o teor do
disposto no art. 2º do Regimento Interno do Comitê Estadual de Proteção
RESOLVE: e Defesa dos Animais - Comitê Pró-Animais, publicado na Edição nº 5.146
do Diário Oficial do Estado, e
Art. 1º Designar o servidor abaixo identificado, para sem nenhum
prejuízo de suas atribuições normais, exercer o encargo de Fiscal de CONSIDERANDO os Atos nº 11 - NM, 26 - NM e 151 - NM,
Contrato, bem como designar o respectivo substituto, para os caso de publicados respectivamente, nas Edições nºs 5.761, 5.762 e 5.779 do
impedimento e afastamento legais do titular, do contrato elencado a seguir: Diário Oficial do Estado,
Número do Contrato Núm. do Processo Fiscal do Contrato Fiscal Substituto Objeto do Contrato
R E S O L V E:
Contratação de empresa
1/2021 Rozangeles Alves Neuzilene Conceição de
2021/19010/000007 especializada em prestação de
GABSEC Carvalho Moraes Gonçalves Silva
serviços de chaveiro e correlatos: Art. 1º O art. 1º da PORTARIA-SEMARH nº 35, de 12 de maio
de 2020, publicada na Edição nº 5.601 do Diário Oficial do Estado, de 15
de maio de 2020, passa a vigorar com a seguinte redação:
Art. 2º São atribuições do fiscal:

I - acompanhar e fiscalizar o fiel cumprimento do Contrato das “Art. 1º ........................................................................................


cláusulas apensadas; ....................................................................................................

II - anotar em registro próprio, em forma de relatório, as II - da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura:


irregularidades encontradas, as providências que determinam os Suplente: Romão Miranda Vidal;
incidentes verificados e o resultado dessas medidas, bem como informar ..................................................................................................
por escrito à Diretoria Administrativa e Financeira sobre tais eventos;
VI - do Instituto Natureza do Tocantins - NATURATINS:
III - determinar providências de retificação das irregularidades Suplente: Angelica Beatriz Correia Gonçalves;
encontradas e incidentes e imediatamente comunicar através de relatório
à Diretoria Administrativa e Financeira para ciência e apreciação das VII - do Batalhão de Polícia Militar Ambiental - BPMA:
providências; Titular: GLAUCIENE GONÇALVES DA SILVA FERREIRA;
Suplente: Adenilson Pereira Moreira.
IV - relatar o resultado das medidas retificadoras, de forma ....................................................................................................”
conclusiva ao prosseguimento ou não do contrato;
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação,
V - opinar sobre a oportunidade e conveniência de prorrogação retroagindo seus efeitos a 12 de março de 2021.
de vigência ou aditamento de objeto, com antecedência de 60 dias do
final da vigência, logo após, encaminhar para a Diretoria Administrativa GABINETE DA SECRETÁRIA DO MEIO AMBIENTE E
e Financeira para as devidas providências; RECURSOS HÍDRICOS, em Palmas - TO, aos 16 dias do mês de março
de 2021.
VI - responsabilizar-se pelas justificativas que se fizerem
necessárias em respostas a eventuais diligências dos órgãos de Controle MIYUKI HYASHIDA
Interno e Externo; Secretária
VII - atestar a realização dos serviços efetivamente prestados
e/ou recebimentos dos materiais;
SECRETARIA DA SAÚDE
VIII - observar a execução do contrato, dentro dos limites dos
créditos orçamentários para ele determinado;
PORTARIA Nº 91/2021/SES/GASEC.
IX - manifestar-se por escrito, mensalmente, em forma de
relatório juntado aos autos acerca da exequibilidade do referido ajuste O ordenador de despesas LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI,
contratual; Secretário de Estado da Saúde, assim designado nos termos do ATO
Nº 1.478 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado nº 5.361, de 21 de
X - exigir que o contratado repare, corrija, remova, construa ou
substitua, às suas expensas, no total ou em parte, o objeto do contrato maio de 2019 no uso de suas atribuições e na conformidade do Processo
em que se verificarem vícios, defeitos ou incorreções resultantes da Nº 2021/30550/001532,
execução ou de materiais empregados, nos termos e no art. 69 da Lei
Federal nº 8.666/93. RESOLVE:

Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data de sua assinatura. Autorizar a concessão de Adiantamento, de acordo com as
especificações a seguir:
ALDISON WISEMAN BARROS DE LYRA
Secretário de Estado da Indústria, Comércio e Serviços 1. SERVIDOR RESPONSÁVEL PELA APLICAÇÃO DOS
RECURSOS
SECRETARIA DA INFRAESTRUTURA, Responsável: Leonardo de Oliveira Toledo Silva CPF: XXX.XXX.XXX-49
CIDADES E HABITAÇÃO Endereço: XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX Bairro: XXXXXXX

Cidade: Palmas - TO CEP: XXXXXXX

EXTRATO DE ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA Telefone Particular: XXXXXXXXXX Telefone de trabalho: (63) 3218-7830

Cargo/Função: Diretor-Geral Matrícula: 1036955-8


ESPÉCIE: Acordo de Cooperação Técnica
PROCESSO: 2021 99911 00025
PARTÍCIPES: Estado do Tocantins por meio da Secretaria da Infraestrutura, 1.1 PLANO DE APLICAÇÃO
Cidades e Habitação - SEINF e Companhia Imobiliária de Participações,
Investimentos e Parcerias - TOCANTINS PARCERIAS CLASSIFICAÇÃO
NATUREZA DE DESPESA ESPECIFICAÇÃO VALOR R$
OBJETO: Modelagem econômica, financeira e jurídica da implantação, ORÇAMENTÁRIA

operação e gestão de mini usinas de produção de energia fotovoltaica 33.90.30 Material de Consumo 14.000,00
do Estado do Tocantins 33.90.39 O.S.T. Pessoa Jurídica 1.000,00
30550.10.302.1165.4113
PRAZO: 12 meses a iniciar da assinatura do presente Acordo
Serviços de T.I.C. - Pessoa
DATA DE ASSINATURA: 15/03/2021 33.90.40
Jurídica
2.000,00
SIGNATÁRIOS: Juliana Passarin - Secretaria - respondendo; Aleandro
TOTAL 17.000,00
Lacerda Gonçalves - Diretor/Presidente Tocantins Parcerias
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 17
1.2 VALOR DO ADIANTAMENTO: R$ 17.000,00 (dezessete PORTARIA Nº 93/2021/SES/GASEC.
mil reais).
O ordenador de despesas LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI,
1.2.1 VALOR PARA SAQUE: R$ 3.400,00 (três mil e Secretário de Estado da Saúde, assim designado nos termos do ATO
quatrocentos reais). Nº 1.478 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado nº 5.361, de 21 de
maio de 2019 no uso de suas atribuições e na conformidade do Processo
2. PRAZO DE APLICAÇÃO: fica estipulado o prazo de 90 Nº 2021/30550/001529,
(noventa) dias, contado a partir da disponibilização do limite no cartão
corporativo. RESOLVE:
3. PRAZO PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS: 30 (trinta) dias
Autorizar a concessão de Adiantamento, de acordo com as
após a expiração do prazo de aplicação.
especificações a seguir:
4. Ficam designados os servidores João Carlos Dias Medeiros,
Diretor Administrativo e Financeiro, CPF: XXX.XXX.XXX-21, Matrícula: 1. SERVIDOR RESPONSÁVEL PELA APLICAÇÃO DOS
1284606-2, e Vinícius Sousa Benvindo,Supervisor de Serviços RECURSOS
Operacionais, CPF: XXX.XXX.XXX-26, Matrícula: 11605831 para constatar
Responsável: João Carlos Dias Medeiros CPF: XXX.XXX.32-21
a veracidade e a legitimidade das despesas pagas com os recursos do
Endereço: XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX Bairro: XXXXXXXXX
adiantamento, por meio de carimbo no verso do documento comprobatório
Cidade: Palmas - TO CEP: XXXXXXXXX
da despesa, atestando que o material foi recebido ou o serviço prestado.
Telefone Particular: (63) XXXXXXXXX Telefone de trabalho: (63) 3218-7814

Palmas-TO, 18/02/2021. Cargo/Função: Diretor Administrativo e Financeiro Matrícula: 1284606-2

LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI 1.1 PLANO DE APLICAÇÃO


Secretário de Estado da Saúde
CLASSIFICAÇÃO
NATUREZA DE DESPESA ESPECIFICAÇÃO VALOR R$
ORÇAMENTÁRIA

PORTARIA Nº 92/2021/SES/GASEC. 33.90.30 Material de Consumo 14.000,00

30550.10.302.1165.4113 33.90.39 O.S.T. Pessoa Jurídica 1.000,00


O ordenador de despesas LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI, Serviços de T.I.C. - Pessoa
33.90.40 2.000,00
Secretário de Estado da Saúde, assim designado nos termos do ATO Jurídica
Nº 1.478 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado nº 5.361, de 21 de TOTAL 17.000,00
maio de 2019 no uso de suas atribuições e na conformidade do Processo
Nº 2021/30550/001531,
1.2 VALOR DO ADIANTAMENTO: R$ 17.000,00 (dezessete
RESOLVE: mil reais).

Autorizar a concessão de Adiantamento, de acordo com as 1.2.1 VALOR PARA SAQUE: R$ 3.400,00 (três mil e
especificações a seguir: quatrocentos reais).

1. SERVIDOR RESPONSÁVEL PELA APLICAÇÃO DOS 2. PRAZO DE APLICAÇÃO: fica estipulado o prazo de 90
RECURSOS (noventa) dias, contado a partir da disponibilização do limite no cartão
corporativo.
Responsável: Leonardo de Oliveira Toledo Silva CPF: XXX.XXX.XX1-49
Endereço: XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX Bairro: XXXXXXXXXX
3. PRAZO PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS: 30 (trinta) dias
Cidade: Palmas - TO CEP: XXXXXXXXX
após a expiração do prazo de aplicação.
Telefone Particular: (63) XXXXXXXXX Telefone de trabalho: (63) 3218-7830
Cargo/Função: Diretor-Geral Matrícula: 1036955-8
4. Ficam designados os servidores Leonardo de Oliveira Toledo Silva,
Diretor-Geral, CPF: XXX.XXX.XX1-49, Matrícula: 1036955/8, e Vinícius Sousa
1.1 PLANO DE APLICAÇÃO Benvindo,Supervisor de Serviços Operacionais, CPF: XXX.XXX.XX1-26,
Matrícula: 1160583-1 para constatar a veracidade e a legitimidade das
CLASSIFICAÇÃO
ORÇAMENTÁRIA
NATUREZA DE DESPESA ESPECIFICAÇÃO VALOR R$ despesas pagas com os recursos do adiantamento, por meio de carimbo
33.90.30 Material de Consumo 14.000,00 no verso do documento comprobatório da despesa, atestando que o
33.90.39 O.S.T. Pessoa Jurídica 2.000,00 material foi recebido ou o serviço prestado.
30550.10.302.1165.4113
Serviços de T.I.C. - Pessoa
33.90.40 1.000,00
Jurídica Palmas-TO, 18/02/2021.
TOTAL 17.000,00

LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI


1.2 VALOR DO ADIANTAMENTO: R$ 17.000,00 (dezessete Secretário de Estado da Saúde
mil reais).

1.2.1 VALOR PARA SAQUE: R$ 3.400,00 (três mil e PORTARIA Nº 94/2021/SES/GASEC.


quatrocentos reais).
O ordenador de despesas LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI,
2. PRAZO DE APLICAÇÃO: fica estipulado o prazo de 90 Secretário de Estado da Saúde, assim designado nos termos do ATO
(noventa) dias, contado a partir da disponibilização do limite no cartão Nº 1.478 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado nº 5.361, de 21 de
corporativo. maio de 2019 no uso de suas atribuições e na conformidade do Processo
Nº 2021/30550/001530,
3. PRAZO PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS: 30 (trinta) dias
após a expiração do prazo de aplicação. RESOLVE:
4. Ficam designados os servidores João Carlos Dias Medeiros,
Autorizar a concessão de Adiantamento, de acordo com as especificações
Diretor Administrativo e Financeiro, CPF: XXX.XXX.XX1-21, Matrícula:
a seguir:
1284606-2, e Vinícius Sousa Benvindo,Supervisor de Serviços
Operacionais, CPF: XXX.XXX.XX1-26, Matrícula: 11605831 para constatar
a veracidade e a legitimidade das despesas pagas com os recursos do 1. SERVIDOR RESPONSÁVEL PELA APLICAÇÃO DOS
adiantamento, por meio de carimbo no verso do documento comprobatório RECURSOS
da despesa, atestando que o material foi recebido ou o serviço prestado.
Responsável: João Carlos Dias Medeiros CPF: XXX.XXX.XXX-21
Endereço: XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX Bairro: XXXXXXXX
Palmas-TO, 18/02/2021.
Cidade: Palmas - TO CEP: XXXXXXXXX
Telefone particular: (63) XXXXXXXXX Telefone de trabalho: (63) 3218-7814
LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
Cargo/Função: Diretor Administrativo e Financeiro Matrícula: 1284606-2
Secretário de Estado da Saúde
18 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

1.1 PLANO DE APLICAÇÃO 4. Ficam designados os servidores Andreia Sousa Barbosa,


Assistente de Serviços de Saúde, matrícula nº 1139916-1, CPF
CLASSIFICAÇÃO
NATUREZA DE DESPESA ESPECIFICAÇÃO VALOR R$ nº XXX.XXX.XX1-29 e Polyana Maria Andrade Aires, Assistente de
ORÇAMENTÁRIA
Serviços em Saúde, matrícula nº 1056204-1, CPF nº XXX.XXX.XX1-91
33.90.30 Material de Consumo 14.000,00
para constatar a veracidade e a legitimidade das despesas pagas com os
30550.10.302.1165.4113
33.90.39 O.S.T. Pessoa Jurídica 1.000,00
recursos do adiantamento, por meio de carimbo no verso do documento
33.90.40
Serviços de T.I.C. - Pessoa
Jurídica
2.000,00 comprobatório da despesa, atestando que o material foi recebido ou o
serviço prestado.
TOTAL 17.000,00

Palmas-TO, 19/02/2021.
1.2 VALOR DO ADIANTAMENTO: R$ 17.000,00 (dezessete
mil reais). LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
Secretário de Estado da Saúde
1.2.1 VALOR PARA SAQUE: R$ 3.400,00 (três mil e
quatrocentos reais).
PORTARIA Nº 104/2021/SES/GASEC.
2. PRAZO DE APLICAÇÃO: fica estipulado o prazo de 90 O ordenador de despesas LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI,
(noventa) dias, contado a partir da disponibilização do limite no cartão Secretário de Estado da Saúde, assim designado nos termos do ATO
corporativo. Nº 1.478 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado nº 5.361, de 21 de
maio de 2019 no uso de suas atribuições e na conformidade do Processo
3. PRAZO PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS: 30 (trinta) dias Nº 2021/30550/001527,
após a expiração do prazo de aplicação.
RESOLVE:
4. Ficam designados os servidores Leonardo
de Oliveira Toledo Silva, Diretor-Geral, CPF: XXX.XXX.XX1-49, Autorizar a concessão de Adiantamento, de acordo com as especificações
Matrícula: 1036955/8, e Vinícius Sousa Benvindo, Supervisor a seguir:
de Serviços Operacionais, CPF: XXX.XXX.XX1-26,
1. SERVIDOR RESPONSÁVEL PELA APLICAÇÃO DOS
Matrícula: 1160583-1 para constatar a veracidade e a legitimidade das
RECURSOS
despesas pagas com os recursos do adiantamento, por meio de carimbo
no verso do documento comprobatório da despesa, atestando que o Responsável: Waldineide Pereira de França Duarte CPF: XXX.XXX.XXX-68
material foi recebido ou o serviço prestado. Endereço: XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX Bairro: XXXXXXXXXXX
Cidade: Palmas - TO CEP: XXXXXXXX
Palmas-TO, 18/02/2021. Telefone Particular.: (63) XXXXXXXXX Telefone De Trabalho: (63) 3218-7761
Cargo/Função: Diretora-Geral Matrícula: 11195606-2
LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
Secretário de Estado da Saúde 1.1 PLANO DE APLICAÇÃO
CLASSIFICAÇÃO
NATUREZA DE DESPESA ESPECIFICAÇÃO VALOR R$
ORÇAMENTÁRIA
PORTARIA Nº 101/2021/SES/GASEC.
33.90.30 Material de Consumo 11.000,00
30550.10.302.1165.4113
O ordenador de despesas LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI, 33.90.39 O.S.T. Pessoa Jurídica 3.000,00

Secretário de Estado da Saúde, assim designado nos termos do ATO TOTAL 14.000,00
Nº 1.478 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado nº 5.361, de 21 de
maio de 2019 no uso de suas atribuições e na conformidade do Processo 1.2 VALOR DO ADIANTAMENTO: R$ 14.000,00 (quatorze mil
Nº 2021/30550/001565, reais).
RESOLVE: 1.2.1 VALOR PARA SAQUE: R$ 2.800,00 (dois mil e oitocentos
reais) .
Autorizar a concessão de Adiantamento, de acordo com as especificações
a seguir: 2. PRAZO DE APLICAÇÃO: Fica estipulado o prazo de 90
(noventa) dias, contado a partir da disponibilização do limite no cartão
1. SERVIDOR RESPONSÁVEL PELA APLICAÇÃO DOS corporativo.
RECURSOS:
3. PRAZO PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS: 30 (trinta) dias
Responsável: Maria Eulinda Portilho de Souza CPF: XXX.XXX.XXX-20 após a expiração do prazo de aplicação.
Endereço: XXXXXXXXXXXXXXXXXXX Bairro: XXXXXXXXXX
Cidade: Dianópolis-TO CEP: XXXXXXXX 4. Ficam designados os servidores: Clebson Miranda Freires,
Telefone Particular: (63) XXXXXXXXX Telefone de trabalho: 63 3692 2510
Supervisor de Serviços Operacionais, FC-SSO-II, portador do CPF
Cargo/Função: Diretora-Geral Matrícula: 785249-2
nº XXX.XXX.XX1-81, Matrícula: 111690951 e Luzimar Alves Noronha
da Silva, Supervisor de Serviços Operacionais, FC-SSO-II, portador do
CPF nº XXX.XXX.XX1- 46, Matrícula: 111375501 para constatarem a
1.1 PLANO DE APLICAÇÃO veracidade e a legitimidade das despesas pagas com os recursos do
adiantamento, por meio de carimbo no verso do documento comprobatório
CLASSIFICAÇÃO
ORÇAMENTÁRIA
NATUREZA DE DESPESA ESPECIFICAÇÃO VALOR R$ da despesa, atestando que o material foi recebido ou o serviço prestado.
33.90.30 Material de Consumo 2.000,00
30550.10.302.1165.4113 Palmas-TO, 19/02/2021.
33.90.39 O.S.T. Pessoa Jurídica 12.000,00

TOTAL 14.000,00 LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI


Secretário de Estado da Saúde

1.2 VALOR DO ADIANTAMENTO: R$ 14.000,00 (quatorze mil


reais). PORTARIA Nº 106/2021/SES/GASEC.

1.2.1 VALOR PARA SAQUE: R$ 2.800,00 (dois mil e oitocentos O ordenador de despesas LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI,
reais). Secretário de Estado da Saúde, assim designado nos termos do ATO
Nº 1.478 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado nº 5.361, de 21 de
maio de 2019 no uso de suas atribuições e na conformidade do Processo
2. PRAZO DE APLICAÇÃO: fica estipulado o prazo de 90
nº 2021/30550/001554,
(noventa) dias, contado a partir da disponibilização do limite no cartão
corporativo. RESOLVE:

3. PRAZO PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS: 30 (trinta) dias Autorizar a concessão de Adiantamento, de acordo com as especificações
após a expiração do prazo de aplicação. a seguir:
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 19
1. SERVIDOR RESPONSÁVEL PELA APLICAÇÃO DOS 2. PRAZO DE APLICAÇÃO: fica estipulado o prazo de 90
RECURSOS (noventa) dias, contado a partir da disponibilização do limite no cartão
corporativo.
Responsável: Débora Petry CPF: XXX.XXX.XXX-53

Endereço: XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX Bairro: XXXXXXXX 3. PRAZO PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS: 30 (trinta) dias
Cidade: Palmas-TO CEP: XXXXXXXX após a expiração do prazo de aplicação.
Telefone Particular: XXXXXXX Telefone de trabalho: 3218-7712

Cargo/Função: Diretora-Geral Matrícula: 589539-3 4. Ficam designados os servidores Rivanildo de Sousa


Batista, Assistente de Serviços de Saúde, Matrícula: 976160-2,
CPF: XXX.XXX.XX1-53 e Confúcio José Andrade Aires, Assistente de
1.1 PLANO DE APLICAÇÃO
Serviços de Saúde, Matrícula: 11161019-1, CPF: XXX.XXX.XX1-91 para
CLASSIFICAÇÃO constatarem a veracidade e a legitimidade das despesas pagas com os
NATUREZA DE DESPESA ESPECIFICAÇÃO VALOR R$
ORÇAMENTÁRIA
recursos do adiantamento, por meio de carimbo no verso do documento
30550.10.302.1165.4113
33.90.30 Material de Consumo 15.000,00 comprobatório da despesa, atestando que o material foi recebido ou o
33.90.39 O.S.T. Pessoa Jurídica 2.000,00 serviço prestado.
TOTAL R$ 17.000,00
Palmas-TO, 19/02/2021.
1.2 VALOR DO ADIANTAMENTO: R$ 17.000,00 (Dezessete
mil reais). LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
Secretário de Estado da Saúd
1.2.1 VALOR PARA SAQUE: R$ 3.400,00 (Três mil e
quatrocentos reais).
PORTARIA Nº 108/2021/SES/GASEC.
2. PRAZO DE APLICAÇÃO: fica estipulado o prazo de 90
(noventa) dias, contado a partir da disponibilização do limite no cartão O ordenador de despesas LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI,
corporativo. Secretário de Estado da Saúde, assim designado nos termos do ATO
Nº 1.478 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado nº 5.361, de 21 de
3. PRAZO PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS: 30 (trinta) dias maio de 2019 no uso de suas atribuições e na conformidade do Processo
após a expiração do prazo de aplicação.
Nº 2021/30550/001553,
4. Ficam designados os servidores Rivanildo de Sousa
Batista, Assistente de Serviços de Saúde, Matrícula: 976160-2, RESOLVE:
CPF: XXX.XXX.XX1-53 e Confúcio José Andrade Aires, Assistente de
Serviços de Saúde, Matrícula: 11161019-1, CPF: XXX.XXX.XX1-91 para Autorizar a concessão de Adiantamento, de acordo com as especificações
constatarem a veracidade e a legitimidade das despesas pagas com os a seguir:
recursos do adiantamento, por meio de carimbo no verso do documento
comprobatório da despesa, atestando que o material foi recebido ou o 1. SERVIDOR RESPONSÁVEL PELA APLICAÇÃO DOS
serviço prestado. RECURSOS

Palmas-TO, 19/02/2021. Responsável: Almir Pereira da Silva CPF: XXX.XXX.XXX-15


Endereço: XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX Bairro: XXXXXXXXX

LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI Cidade: Palmas/TO CEP: XXXXXXX

Secretário de Estado da Saúde Telefone Particular: (63) XXXXXXXX Telefone de trabalho: (63) 3218-7744
Cargo/Função: Diretor Adm. e Financeiro Matrícula: 1105370-2

PORTARIA Nº 107/2021/SES/GASEC. 1.1 PLANO DE APLICAÇÃO


O ordenador de despesas LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI, CLASSIFICAÇÃO
NATUREZA DE DESPESA ESPECIFICAÇÃO VALOR R$
Secretário de Estado da Saúde, assim designado nos termos do ATO ORÇAMENTÁRIA
Nº 1.478 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado nº 5.361, de 21 de 30550.10.302.1165.4113 33.90.30 Material de Consumo 14.000,00
maio de 2019 no uso de suas atribuições e na conformidade do Processo TOTAL 14.000,00
nº 2021/30550/001555,

RESOLVE: 1.2 VALOR DO ADIANTAMENTO: R$ 14.000,00 (quatorze mil


reais).
Autorizar a concessão de Adiantamento, de acordo com as especificações
a seguir: 1.2.1 VALOR PARA SAQUE: R$ 2.800,00 (dois mil e oitocentos
reais).
1. SERVIDOR RESPONSÁVEL PELA APLICAÇÃO DOS
RECURSOS 2. PRAZO DE APLICAÇÃO: Fica estipulado o prazo de 90
Responsável: Fernando Pinheiro de Melo CPF: XXX.XXX.XXX-53
(noventa) dias, contado a partir da disponibilização do limite no cartão
Endereço: XXXXXXXXXXXXXXXXXXX Bairro: XXXXXXXXX
corporativo.
Cidade: Palmas-TO CEP: XXXXXXX
Telefone Particular: (63) XXXXXXX Telefone de trabalho: (63) 3218-7720 3. PRAZO PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS: 30 (trinta) dias
Cargo/Função: Diretor Administrativo e Financeiro Matrícula: 1088599-5 após a expiração do prazo de aplicação.

1.1 PLANO DE APLICAÇÃO 4. Ficam designados os servidores: Clebson Miranda Freires,


Supervisor de Serviços Operacionais, FC-SSO-II, portador do CPF
CLASSIFICAÇÃO
NATUREZA DE DESPESA ESPECIFICAÇÃO VALOR R$
nº XXX.XXX.XX1-81, Matrícula: 111690951 e Luzimar Alves Noronha da
ORÇAMENTÁRIA
Silva, Supervisor de Serviços Operacionais, FC-SSO-II, portador do CPF
30550.10.302.1165.4113
33.90.30 Material de Consumo 15.000,00
nº XXX.XXX.XX1-46, Matrícula: 111375501 para constatarem a veracidade
33.90.39 O.S.T. Pessoa Jurídica 2.000,00 e a legitimidade das despesas pagas com os recursos do adiantamento,
TOTAL R$ 17.000,00 por meio de carimbo no verso do documento comprobatório da despesa,
atestando que o material foi recebido ou o serviço prestado.
1.2 VALOR DO ADIANTAMENTO: R$ 17.000,00 (Dezessete
mil reais). Palmas-TO, 19/02/2021.

1.2.1 VALOR PARA SAQUE: R$ 3.400,00 (Três mil e LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
quatrocentos reais). Secretário de Estado da Saúde
20 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

PORTARIA Nº 109/2021/SES/GASEC. 1.1 PLANO DE APLICAÇÃO

O ordenador de despesas LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI, CLASSIFICAÇÃO


NATUREZA DE DESPESA ESPECIFICAÇÃO VALOR R$
ORÇAMENTÁRIA
Secretário de Estado da Saúde, assim designado nos termos do ATO
33.90.30 Material de Consumo 13.500,00
Nº 1.478 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado nº 5.361, de 21 de
33.90.39 O.S.T. Pessoa Jurídica 3.000,00
maio de 2019 no uso de suas atribuições e na conformidade do Processo 30550.10.302.1165.4113

Nº 2021/30550/001552, 33.90.40
Serv. de Tec. da Inform. e
Comun. - Pessoa Jurídica
500,00

TOTAL R$ 17.000,00
RESOLVE:

Autorizar a concessão de Adiantamento, de acordo com as especificações 1.2 VALOR DO ADIANTAMENTO: R$ 17.000,00 (dezessete
a seguir: mil reais).

1. SERVIDOR RESPONSÁVEL PELA APLICAÇÃO DOS 1.2.1 VALOR PARA SAQUE: R$ 3.400,00 (três mil e
RECURSOS quatrocentos reais).
Responsável: Almir Pereira da Silva CPF: XXX.XXX.XXX-15
Endereço: XXXXXXXXXXXXXXXXXXX Bairro: XXXXXXXX
2. PRAZO DE APLICAÇÃO: fica estipulado o prazo de 90
Cidade: Palmas/TO CEP: XXXXXXX
(noventa) dias, contado a partir da disponibilização do limite no cartão
Telefone Particular: (63) XXXXXXXX Telefone de trabalho: (63) 3218-7744 corporativo.
Cargo/Função: Diretor Adm. e Financeiro Matrícula: 1105370-2
3. PRAZO PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS: 30 (trinta) dias
1.1 PLANO DE APLICAÇÃO após a expiração do prazo de aplicação.

CLASSIFICAÇÃO
NATUREZA DE DESPESA ESPECIFICAÇÃO VALOR R$ 4. Ficam designados os servidores Fernando Prazeres da Silva,
ORÇAMENTÁRIA
CPF: XXX.XXX.XX1-20, Matrícula: 1066706/2, Inspetor de Serviços Fiscais
33.90.30 Material de Consumo 11.000,00
30550.10.302.1165.4113
33.90.39 O.S.T. Pessoa Jurídica 3.000,00
e Eliene Rodrigues de Sousa, CPF: XXX.XXX.XX1-59, Matrícula: 714607-1,
TOTAL 14.000,00
Assistente Administrativo para constatar a veracidade e a legitimidade
das despesas pagas com os recursos do adiantamento, por meio de
carimbo no verso do documento comprobatório da despesa, atestando
1.2 VALOR DO ADIANTAMENTO: R$ 14.000,00 (quatorze mil
que o material foi recebido ou o serviço prestado.
reais).

1.2.1 VALOR PARA SAQUE: R$ 2.800,00 (dois mil e oitocentos Palmas-TO, 19/02/2021.
reais).
LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
2. PRAZO DE APLICAÇÃO: Fica estipulado o prazo de 90 Secretário de Estado da Saúde
(noventa) dias, contado a partir da disponibilização do limite no cartão
corporativo.
PORTARIA Nº 117/2021/SES/GASEC.
3. PRAZO PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS: 30 (trinta) dias
após a expiração do prazo de aplicação. O ordenador de despesas LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI,
Secretário de Estado da Saúde, assim designado nos termos do ATO
4. Ficam designados os servidores: Clebson Miranda Freires, Nº 1.478 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado nº 5.361, de 21 de
Supervisor de Serviços Operacionais, FC-SSO-II, portador do CPF maio de 2019 no uso de suas atribuições e na conformidade do Processo
nº XXX.XXX.XX1-81, Matrícula: 111690951 e Luzimar Alves Noronha da Nº 2021/30550/001604,
Silva, Supervisor de Serviços Operacionais, FC-SSO-II, portador do CPF
nº XXX.XXX.XX1-46, Matrícula: 111375501 para constatarem a veracidade RESOLVE:
e a legitimidade das despesas pagas com os recursos do adiantamento,
por meio de carimbo no verso do documento comprobatório da despesa,
Autorizar a concessão de Adiantamento, de acordo com as especificações
atestando que o material foi recebido ou o serviço prestado.
a seguir:
Palmas-TO, 19/02/2021.
1. SERVIDOR RESPONSÁVEL PELA APLICAÇÃO DOS
LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI RECURSOS
Secretário de Estado da Saúde
Responsável: Hercules Guimarães da Silva CPF: XXX.XXX.XXX-49
Endereço: XXXXXXXXXXXXXXXX Bairro: XXXXXX
Cidade: Xambioá CEP: XXXXXX
PORTARIA Nº 111/2021/SES/GASEC. Telefone Particular: (63) XXXXXXX Telefone de trabalho: (63) 3473-1588
Cargo/Função: Diretor-Geral Matrícula: 11718820-1
O ordenador de despesas LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI,
Secretário de Estado da Saúde, assim designado nos termos do ATO
Nº 1.478 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado nº 5.361, de 21 de 1.1 PLANO DE APLICAÇÃO
maio de 2019 no uso de suas atribuições e na conformidade do Processo
CLASSIFICAÇÃO
nº 2021/30550/001526, ORÇAMENTÁRIA
NATUREZA DE DESPESA ESPECIFICAÇÃO VALOR R$

33.90.30 Material de Consumo 6.000,00


RESOLVE: 30550.10.302.1165.4113
33.90.39 O.S.T. Pessoa Jurídica 2.000,00

TOTAL 8.000,00
Autorizar a concessão de Adiantamento, de acordo com as especificações
a seguir:
1.2 VALOR DO ADIANTAMENTO: R$ 8.000,00 (oito mil reais).
1. SERVIDOR RESPONSÁVEL PELA APLICAÇÃO DOS
RECURSOS 1.2.1 VALOR PARA SAQUE: R$ 1.600,00 (um mil e seiscentos
reais).
Responsável: Fernando Bezerra da Mota CPF: XXX.XXX.XXX-72
Endereço: XXXXXXXXXXX Bairro: XXXXXXXXXX
Cidade: Gurupi - TO CEP: XXXXXXXX
2. PRAZO DE APLICAÇÃO: fica estipulado o prazo de 90
Telefone: (63) XXXXXXXXX Telefone de trabalho: (63) 3315-0238 (noventa) dias, contado a partir da disponibilização do limite no cartão
Cargo/Função: Diretor Administrativo e Financeiro Matrícula: 11455780-1 corporativo.
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 21
3. PRAZO PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS: 30 (trinta) dias 1. SERVIDOR RESPONSÁVEL PELA APLICAÇÃO DOS
após a expiração do prazo de aplicação. RECURSOS

4. Ficam designados os servidores Wilson Pereira Lima, Responsável: Suzane Almeida CPF: XXX.XXX.XXX-56
Matrícula: 866523-1, CPF: XXX.XXX.XX1-20 e Josimar Gomes Matos, Endereço: XXXXXXXXXXXXX Bairro: XXXXX
Matrícula: 909273-1, CPF: XXX.XXX.XX1-53, para constatar a veracidade
Cidade: Alvorada - TO CEP: XXXXXXX
e a legitimidade das despesas pagas com os recursos do adiantamento,
por meio de carimbo no verso do documento comprobatório da despesa, Telefone Particular: 55 (63) XXXXXXXXX Telefone de trabalho: (63) 3353-1839

atestando que o material foi recebido ou o serviço prestado. Cargo/Função: Diretora Administrativa Matrícula: 116861701

Palmas-TO, 24/02/2021.
1.1 PLANO DE APLICAÇÃO
LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
CLASSIFICAÇÃO
Secretário de Estado da Saúde ORÇAMENTÁRIA
NATUREZA DE DESPESA ESPECIFICAÇÃO VALOR R$

33.90.30 Material de Consumo 2.000,00


30550.10.302.1165.4113
PORTARIA Nº 122/2021/SES/GASEC. 33.90.39 O.S.T. Pessoa Jurídica 6.000,00

TOTAL 8.000,00
O ordenador de despesas LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI,
Secretário de Estado da Saúde, assim designado nos termos do ATO
1.2 VALOR DO ADIANTAMENTO: R$ 8.000,00 (Oito mil Reais).
Nº 1.478 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado nº 5.361, de 21 de
maio de 2019 no uso de suas atribuições e na conformidade do Processo
Nº 2021/30550/001712, 1.2.1 VALOR PARA SAQUE: R$ 1.600,00 (Hum mil e seiscentos
reais).
RESOLVE:
2. PRAZO DE APLICAÇÃO: fica estipulado o prazo de 90
Autorizar a concessão de Adiantamento, de acordo com as especificações (noventa) dias, contado a partir da disponibilização do limite no cartão
a seguir: corporativo.

1. SERVIDOR RESPONSÁVEL PELA APLICAÇÃO DOS 3. PRAZO PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS: 30 (trinta) dias
RECURSOS após a expiração do prazo de aplicação.
Responsável: Hercules Guimarães da Silva CPF: XXX.XXX.XXX-49
4. Ficam designadas as servidoras Wanes Ribeiro Lima,
Endereço: XXXXXXXXXXXXXXXXXX Bairro: XXXXX
Assistente Administrativa, Matrícula Funcional nº 450770-2, CPF
Cidade: Xambioá CEP: XXXXXXXX
Telefone Particular: (63) XXXXXXXXX Telefone de trabalho: (63)3473-1588
nº XXX.XXX.XX1-53 e Maria de Fátima Lopes Angotti, matrícula funcional
Cargo/Função: Diretor-Geral Matrícula: 11718820-1
nº 11896701, CPF: XXX.XXX.XX1-15 para constatar a veracidade e a
legitimidade das despesas pagas com os recursos do adiantamento, por
meio de carimbo no verso do documento comprobatório da despesa,
1.1 PLANO DE APLICAÇÃO atestando que o material foi recebido ou o serviço prestado.
CLASSIFICAÇÃO
NATUREZA DE DESPESA ESPECIFICAÇÃO VALOR R$
ORÇAMENTÁRIA Palmas-TO, 24/02/2021.
33.90.30 Material de Consumo 5.000,00
30550.10.302.1165.4113
33.90.39 O.S.T. Pessoa Jurídica 3.000,00 LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
TOTAL 8.000,00
Secretário de Estado da Saúde

1.2 VALOR DO ADIANTAMENTO: R$ 8.000,00 (oito mil reais). PORTARIA Nº 130/2021/SES/GASEC.


1.2.1 VALOR PARA SAQUE: R$ 1.600,00 (hum mil e seiscentos
O ordenador de despesas LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI,
reais).
Secretário de Estado da Saúde, assim designado nos termos do ATO
2. PRAZO DE APLICAÇÃO: fica estipulado o prazo de 90 Nº 1.478 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado nº 5.361, de 21 de
(noventa) dias, contado a partir da disponibilização do limite no cartão maio de 2019 no uso de suas atribuições e na conformidade do Processo
corporativo. Nº 2021/30550/001752,

3. PRAZO PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS: 30 (trinta) dias RESOLVE:


após a expiração do prazo de aplicação.
Autorizar a concessão de Adiantamento, de acordo com as especificações
4. Ficam designados os servidores Wilson Pereira Lima, Auxiliar a seguir:
de Serviços de Saúde, Matrícula: 866523-1, CPF: XXX.XXX.XX1-20 e
Lucidalva Ferreira Silva, Auxiliar de Serviços de Saúde, Matrícula: 1026771-1, 1. SERVIDOR RESPONSÁVEL PELA APLICAÇÃO DOS
CPF: XXX.XXX.XX3-53, para constatar a veracidade e a legitimidade das
RECURSOS
despesas pagas com os recursos do adiantamento, por meio de carimbo
no verso do documento comprobatório da despesa, atestando que o Responsável: Leandro Couto Carvalho CPF: XXX.XXX.XXX-78
material foi recebido ou o serviço prestado. Endereço: XXXXXXXXXX Bairro: XXXXXXXX
Cidade: DIANÓPOLIS/TO CEP: XXXXXXXX
Palmas-TO, 24/02/2021.
Telefone Particular: (63) XXXXXXXXX Telefone de trabalho: 3692-2899
Cargo/Função: Diretor Administrativo e Financeiro Matrícula: 88.605-2
LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
Secretário de Estado da Saúde
1.1 PLANO DE APLICAÇÃO
PORTARIA Nº 123/2021/SES/GASEC. CLASSIFICAÇÃO
NATUREZA DE DESPESA ESPECIFICAÇÃO VALOR R$
ORÇAMENTÁRIA

O ordenador de despesas LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI, 33.90.30 Material de Consumo 4.000,00

Secretário de Estado da Saúde, assim designado nos termos do ATO 30550.10.302.1165.4113


33.90.39 O.S.T. Pessoa Jurídica 10.000,00
Nº 1.478 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado nº 5.361, de 21 de TOTAL 14.000,00
maio de 2019 no uso de suas atribuições e na conformidade do Processo
Nº 2021/30550/001674,
1.2 VALOR DO ADIANTAMENTO: R$ 14.000,00 (Quatorze mil
RESOLVE: reais).

Autorizar a concessão de Adiantamento, de acordo com as especificações 1.2.1 VALOR PARA SAQUE: R$ 2.800,00 (Dois mil e oitocentos
a seguir: reais).
22 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

2. PRAZO DE APLICAÇÃO: fica estipulado o prazo de 90 PORTARIA Nº 140/2021/SES/GASEC.


(noventa) dias, contado a partir da disponibilização do limite no cartão
corporativo. O ordenador de despesas LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI,
Secretário de Estado da Saúde, assim designado nos termos do ATO
3. PRAZO PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS: 30 (trinta) dias Nº 1.478 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado nº 5.361, de 21 de
após a expiração do prazo de aplicação. maio de 2019 no uso de suas atribuições e na conformidade do Processo
Nº 2021/30550/001753,
4. Ficam designados os servidores: Wellington Costa Da Silva,
Assistente Administrativo, Matrícula: 990556-3, CPF: XXX.XXX.XX1-10 e RESOLVE:
Helber Dikson Costa Rodrigues, Assistente de Serviços de Saúde - 09-III-I,
Autorizar a concessão de Adiantamento, de acordo com as especificações
Matrícula: 147075-2, CPF: XXX.XXX.XX8-94, para constatar a veracidade
a seguir:
e a legitimidade das despesas pagas com os recursos do adiantamento,
por meio de carimbo no verso do documento comprobatório da despesa,
1. SERVIDOR RESPONSÁVEL PELA APLICAÇÃO DOS
atestando que o material foi recebido ou o serviço prestado.
RECURSOS
Palmas-TO, 25/02/2021. Responsável: Larissa de Almeida Landinho Neves CPF: XXX.XXX.XXX-65

Endereço: XXXXXXXXXX Bairro: XXXXXXXXXX


LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
Cidade: Arraias/TO CEP: XXXXXXX
Secretário de Estado da Saúde
Telefone Particular: (62) XXXXXXXXX Telefone de Trabalho: (63) 3653 1141

Cargo/Função: Diretora Administrativa e Financeira Matrícula: 11703873-2

PORTARIA Nº 139/2021/SES/GASEC.
1.1 PLANO DE APLICAÇÃO
O ordenador de despesas LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI,
Secretário de Estado da Saúde, assim designado nos termos do ATO CLASSIFICAÇÃO
ORÇAMENTÁRIA
NATUREZA DE DESPESA ESPECIFICAÇÃO VALOR R$
Nº 1.478 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado nº 5.361, de 21 de 33.90.30 Material de Consumo 3.500,00
maio de 2019 no uso de suas atribuições e na conformidade do Processo 30550.10.302.1165.4113 33.90.39 O.S.T. Pessoa Jurídica 3.500,00
Nº 2021/30550/001754, 33.90.40 Serviços de T.I.C. - Pessoa Jurídica 1.000,00
TOTAL 8.000,00
RESOLVE:
1.2 VALOR DO ADIANTAMENTO: R$ 8.000,00 (oito mil reais).
Autorizar a concessão de Adiantamento, de acordo com as especificações
a seguir: 1.2.1 VALOR PARA SAQUE: R$ 1.600,00 (hum mil e seiscentos
reais)
1. SERVIDOR RESPONSÁVEL PELA APLICAÇÃO DOS
RECURSOS 2. PRAZO DE APLICAÇÃO: fica estipulado o prazo de 90
(noventa) dias, contado a partir da disponibilização do limite no cartão
Responsável: Larissa de Almeida Landinho Neves CPF: XXX.XXX.XXX-65
corporativo.
Endereço: XXXXXXX Bairro: XXXXXXXXX
Cidade: Arraias/TO CEP: XXXXXXXX
3. PRAZO PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS: 30 (trinta) dias
Telefone Particular: (62) XXXXXXXXX Telefone de Trabalho: (63) 3653 1141
após a expiração do prazo de aplicação.
Cargo/Função:Diretora Administrativa e Financeira Matrícula: 11703873-2

4. Ficam designados os servidores Benaia Louize Guedes


1.1 PLANO DE APLICAÇÃO de Freitas, Enfermeira, Matrícula: 11558946-3, CPF: XXX.XXX.XX1-88
e Waldineia Ferreira de Oliveira, Auxiliarem Serviços de Saúde I, Matrícula:
CLASSIFICAÇÃO
ORÇAMENTÁRIA
NATUREZA DE DESPESA ESPECIFICAÇÃO VALOR R$ 1288520-4, CPF: XXX.XXX.XX1-87, para constatar a veracidade e a
33.90.30 Material de Consumo 3.500,00
legitimidade das despesas pagas com os recursos do adiantamento, por
30550.10.302.1165.4113 33.90.39 O.S.T. Pessoa Jurídica 3.500,00
meio de carimbo no verso do documento comprobatório da despesa,
33.90.40 Serviços de T.I.C. - Pessoa Jurídica 1.000,00
atestando que o material foi recebido ou o serviço prestado.
TOTAL 8.000,00
Palmas-TO, 26/02/2021.
1.2 VALOR DO ADIANTAMENTO: R$ 8.000,00 (oito mil reais). LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
Secretário de Estado da Saúde
1.2.1 VALOR PARA SAQUE: R$ 1.600,00 (hum mil e seiscentos
reais)
PORTARIA Nº 141/2021/SES/GASEC.
2. PRAZO DE APLICAÇÃO: fica estipulado o prazo de 90
(noventa) dias, contado a partir da disponibilização do limite no cartão O ordenador de despesas LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI,
corporativo. Secretário de Estado da Saúde, assim designado nos termos do ATO
Nº 1.478 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado nº 5.361, de 21 de
3. PRAZO PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS: 30 (trinta) dias maio de 2019 no uso de suas atribuições e na conformidade do Processo
após a expiração do prazo de aplicação. Nº 2021/30550/001673,

4. Ficam designados os servidores Benaia Louize Guedes RESOLVE:


de Freitas, Enfermeira, Matrícula: 11558946-3, CPF: XXX.XXX.XX1-88
Autorizar a concessão de Adiantamento, de acordo com as especificações
e Waldineia Ferreira de Oliveira, Auxiliarem Serviços de Saúde I, Matrícula:
a seguir:
1288520-4, CPF: XXX.XXX.XX1-87, para constatar a veracidade e a
legitimidade das despesas pagas com os recursos do adiantamento, por 1. SERVIDOR RESPONSÁVEL PELA APLICAÇÃO DOS
meio de carimbo no verso do documento comprobatório da despesa, RECURSOS
atestando que o material foi recebido ou o serviço prestado.
Responsável: Marcio Roberto Freire de Abreu Costa CPF: XXX.XXX.XXX-91

Palmas-TO, 26/02/2021. Endereço: XXXXXXXXXXXXX Bairro: XXXXXX


Cidade: Arraias/TO CEP: XXXXXX

LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI Telefone Particular: (63) XXXXXXXXXX Telefone de Trabalho: (63) 3653-1141

Secretário de Estado da Saúde Cargo/Função: Diretor-Geral Matrícula: 530405-5


Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 23
1.1 PLANO DE APLICAÇÃO PORTARIA Nº 145/2021/SES/GASEC.
CLASSIFICAÇÃO
ORÇAMENTÁRIA
NATUREZA DE DESPESA ESPECIFICAÇÃO VALOR R$ O ordenador de despesas LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI,
33.90.30 Material de Consumo 3.500,00
Secretário de Estado da Saúde, assim designado nos termos do ATO
33.90.39 O.S.T. Pessoa Jurídica 3.500,00
Nº 1.478 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado nº 5.361, de 21 de
30550.10.302.1165.4113
Serviços de T.I.C. - Pessoa
maio de 2019 no uso de suas atribuições e na conformidade do Processo
33.90.40
Jurídica
1.000,00
Nº 2021/30550/001750,
TOTAL 8.000,00
RESOLVE:
1.2 VALOR DO ADIANTAMENTO: R$ 8.000,00 (oito mil reais).
Autorizar a concessão de Adiantamento, de acordo com as especificações
1.2.1 VALOR PARA SAQUE: R$ 1.600,00 (hum mil e seiscentos a seguir:
reais)
1. SERVIDOR RESPONSÁVEL PELA APLICAÇÃO DOS
2. PRAZO DE APLICAÇÃO: fica estipulado o prazo de 90 RECURSOS
(noventa) dias, contado a partir da disponibilização do limite no cartão
corporativo. Responsável: CONSUELO APARECIDA JULIÃO FERNANDES CPF: XXX.XXX.XXX-15
Endereço: XXXXXXXXXX Bairro: XXXXXX
3. PRAZO PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS: 30 (trinta) dias
após a expiração do prazo de aplicação. Cidade: GUARAÍ CEP: XXXXXXXX
Telefone Particular: (63) XXXXXXXXX Telefone de trabalho: (63) 3464-8303
4. Ficam designados os servidores Benaia Louize Guedes de Cargo/Função: DIRETORA-GERAL Matrícula: 1217100-4
Freitas, Enfermeira, Matrícula: 11558946-3, CPF: XXX.XXX.XX1-88 e
Waldineia Ferreira de Oliveira, Auxiliar em Serviços de Saúde I, Matrícula:
1288520-4, CPF: XXX.XXX.XX1-87, para constatar a veracidade e a 1.1 PLANO DE APLICAÇÃO
legitimidade das despesas pagas com os recursos do adiantamento, por
CLASSIFICAÇÃO
meio de carimbo no verso do documento comprobatório da despesa, ORÇAMENTÁRIA
NATUREZA DE DESPESA ESPECIFICAÇÃO VALOR R$
atestando que o material foi recebido ou o serviço prestado. 33.90.30 Material de Consumo 10.000,00
30550.10.302.1165.4113
33.90.39 O.S.T. Pessoa Jurídica 4.000,00
Palmas-TO, 26/02/2021.
TOTAL 14.000,00
LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
Secretário de Estado da Saúde 1.2 VALOR DO ADIANTAMENTO: R$ 14.000,00 (Quatorze mil
reais).
PORTARIA Nº 142/2021/SES/GASEC.
1.2.1 VALOR PARA SAQUE: R$ 2.800,00 (Dois mil e oitocentos
O ordenador de despesas LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI, reais).
Secretário de Estado da Saúde, assim designado nos termos do ATO
Nº 1.478 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado nº 5.361, de 21 de 2. PRAZO DE APLICAÇÃO: fica estipulado o prazo de 90
maio de 2019 no uso de suas atribuições e na conformidade do Processo (noventa) dias, contado a partir da disponibilização do limite no cartão
Nº 2021/30550/001675, corporativo.
RESOLVE:
3. PRAZO PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS: 30 (trinta) dias
Autorizar a concessão de Adiantamento, de acordo com as especificações após a expiração do prazo de aplicação.
a seguir:
4. Ficam designados os servidores Joaquim Brito Damaceno,
1. SERVIDOR RESPONSÁVEL PELA APLICAÇÃO DOS Diretor Administrativo, matrícula nº 1155813-0, CPF nº XXX.XXX.XX1-20, e
RECURSOS Ingrid Daniele L. Pinage, Técnica de Enfermagem, matrícula nº 12243871,
Responsável: Marcio Roberto Freire de Abreu Costa CPF: XXX.XXX.XXX-91
CPF nº XXX.XXX.XX2-00 para constatar a veracidade e a legitimidade
Endereço: XXXXXXXXXXXXX Bairro: XXXXX
das despesas pagas com os recursos do adiantamento, por meio de
carimbo no verso do documento comprobatório da despesa, atestando
Cidade: Arraias/TO CEP: XXXXXXXX
que o material foi recebido ou o serviço prestado.
Telefone Particular: (63) XXXXXXXX Telefone de Trabalho: (63) 3653-1141
Cargo/Função: Diretor-Geral Matrícula: 530405-5
Palmas-TO, 26/02/2021.
1.1 PLANO DE APLICAÇÃO LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
CLASSIFICAÇÃO Secretário de Estado da Saúde
NATUREZA DE DESPESA ESPECIFICAÇÃO VALOR R$
ORÇAMENTÁRIA
33.90.30 Material de Consumo 3.500,00
30550.10.302.1165.4113 33.90.39 O.S.T. Pessoa Jurídica 3.500,00 PORTARIA Nº 176/2021/SES/GASEC, DE 09 DE MARÇO DE 2021.
33.90.40 Serviços de T.I.C. - Pessoa Jurídica 1.000,00
TOTAL 8.000,00 O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso das suas
atribuições, conferidas pelo art. 42, §1º, incisos I, II e IV da Constituição
1.2 VALOR DO ADIANTAMENTO: R$ 8.000,00 (oito mil reais). do Estado do Tocantins, e;

1.2.1 VALOR PARA SAQUE: R$ 1.600,00 (hum mil e seiscentos Considerando o Memorando nº 23/2021/SES/SPAS/DAF
reais) SGD: 2021/30559/10968 da Diretoria de Assistência Farmacêutica, datado
2. PRAZO DE APLICAÇÃO: fica estipulado o prazo de 90 de 26 de Janeiro de 2021, que solicita a substituição de Fiscal, Suplente
(noventa) dias, contado a partir da disponibilização do limite no cartão e Gestor do Contrato nº 098/2017, que tem como objeto Prestação de
corporativo. Serviços de Coleta Externa; Transporte Externo; Transporte de Resíduo
Perigoso Infectante por método de incineração, Resíduos do Grupo “A”
3. PRAZO PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS: 30 (trinta) dias e subgrupo A4 não necessitando de tratamento prévio, Químico, Perfuro
após a expiração do prazo de aplicação. cortante e Escarificastes e Disposição Final dos Resíduos de Serviços
4. Ficam designados os servidores Benaia Louize Guedes de Saúde após Tratamento em Aterro Industrial e/ou Sanitário Classe I,
de Freitas, Enfermeira, Matrícula: 11558946-3, CPF: XXX.XXX.XX1-88 gerados nos Estabelecimentos Assistenciais de Saúdes gestão e gerência
e Waldineia Ferreira de Oliveira, Auxiliar em Serviços de Saúde I, Matrícula: da SES/TO.
1288520-4, CPF: XXX.XXX.XX1-87, para constatar a veracidade e a
legitimidade das despesas pagas com os recursos do adiantamento, por RESOLVE:
meio de carimbo no verso do documento comprobatório da despesa,
atestando que o material foi recebido ou o serviço prestado.
Art. 1º Alterar a Portaria nº 551/2018/SES/GASEC, publicada
Palmas-TO, 26/02/2021. no Diário Oficial do Estado do Tocantins nº 5.190, de 03 de Setembro
de 2019 na parte que trata da designação de servidores, da Diretoria da
LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI Assistência Farmacêutica, para exercerem o encargo de fiscal do Contrato
Secretário de Estado da Saúde nº 176/2018, Processo nº 2018/30550/7861, que passará a ser:
24 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

I - Titular: Meiry Barros Araújo. Matrícula 911803-3. Art. 2º São atribuições do Fiscal de Contrato, dentro dos termos
das devidas legislações:
II - Suplente: Josilene Rodrigues Araújo. Matrícula 11716495-1.
I - acompanhar e fiscalizar o cumprimento das cláusulas
III - Gestor: Kédma Maria Carneiro. Matrícula 11483865-2. contratuais;

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. II - ter conhecimento pleno do contrato, do objeto e de todos os
serviços descritos no Projeto Básico e seus apensos e anotar em registro
próprio todas as ocorrências relacionadas à sua execução;
LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
Secretário de Estado da Saúde
III - esclarecer dúvidas do preposto/representante da Contratada
que estiverem sob a sua alçada, encaminhando problemas que surgirem
quando lhe faltar competência;
PORTARIA Nº 183/2021/SES/GASEC, DE 11 DE MARÇO DE 2021.
IV - realizar a medição dos serviços ou atestar a sua realização,
O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso das suas conforme a Nota de Empenho encaminhada à contratada pelo fiscal;
atribuições, conferidas pelo art. 42, §1º, incisos I, II e IV da Constituição
do Estado do Tocantins, e; V - receber e encaminhar as faturas, devidamente atestadas,
observando se a Nota Fiscal/fatura apresentada pela contratada refere-se
Considerando o Memorando nº 23/2021/SES/SPAS/DAF SGD: ao serviço que foi autorizado e efetivamente prestado no período;
2021/30559/10968 da Diretoria de Assistência Farmacêutica, datado de
26 de Janeiro de 2021, que solicita a substituição de Fiscal, Suplente VI - encaminhar por escrito questões relativas à prorrogação de
e Gestor do Contrato nº 098/2017, que tem como objeto a contratação contrato, que deve ser providenciada antes de seu término, congregando
de empresa especializada para a Prestação de Serviços de Locação de as justificativas competentes; à comunicação para abertura de nova
Equipamentos Reprográficos - Outsourcing de Impressoras. licitação, antes de findo o estoque de bens; ao pagamento de faturas
dentro do prazo; à comunicação à Secretaria de Saúde do Estado sobre
RESOLVE: quaisquer problemas detectados na prestação do serviço, que tenham
implicações no pagamento;
Art. 1º Alterar a Portaria nº 628/2019/SES/GASEC publicada VII - emitir parecer fundamentado e conclusivo, e solicitar
no Diário Oficial do Estado do Tocantins nº 5.467, de 21 de Outubro de emissão de Termo Aditivo quando for necessário proceder com alterações
2019 na parte que trata da designação de servidores, da Diretoria da contratuais;
Assistência Farmacêutica, para exercerem o encargo de fiscal do Contrato
nº 098/2017, Processo nº 2017/30550/1440, que passará a ser: VIII - fiscalizar a manutenção, pela contratada, das condições de
habilitação e qualificação, com a solicitação dos documentos necessários
I - Titular: Meiry Barros Araújo. Matrícula 911803-3. à avaliação;

II - Suplente: Josilene Rodrigues Araújo. Matrícula 11716495-1. IX - comunicar por escrito as irregularidades encontradas em
situações que se mostrem desconformes com o edital ou contrato e com
III - Gestor: Kédma Maria Carneiro. Matrícula 11483865-2. a Lei;

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. X - reunir, após o cumprimento do contrato, os documentos
pertinentes à obra/serviço e encaminhá-los à Secretaria Estadual de
LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI Saúde, a fim de que sejam arquivados para eventuais consultas;
Secretário de Estado da Saúde
Art. 3º A solicitação de substituição do Fiscal de Contrato e/ou
do Substituto deverá ser encaminhada a departamento de Arquitetura e
Engenharia dos Estabelecimentos de Saúde que, imediatamente, deverá
PORTARIA Nº 185/2021/SES/GASEC, DE 11 DE MARÇO DE 2021. adotar as devidas providências.

Designa o servidor, Fabrício Dória Monteiro, Art. 4º Esta Portaria entra em vigor a partir da data de sua
CPF: XXX.XXX.XX1-50, CREA R.N.: 2412871337 publicação, revogando os dispositivos em contrário.
em substituição ao fiscal Paulo Chianca Silva,
CPF: XXX.XXX.XX1-00, CREA RNP 2413939318, do LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
Contrato nº 42/2020. Secretário de Estado da Saúde

O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE DO TOCANTINS,


no uso de suas atribuições legais, consoante o disposto no art. 42, §1º, PORTARIA Nº 186/2021/SES/GASEC, DE 11 DE MARÇO DE 2021.
incisos II e IV da Constituição do Estado do Tocantins e em conformidade
O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso das suas
com o art. 67 da Lei Federal nº 8.666/93.
atribuições, conferidas pelo art. 42, §1º, incisos I, II e IV da Constituição
do Estado do Tocantins, e;
RESOLVE:
Considerando o Memorando nº 23/2021/SES/SPAS/DAF SGD:
Art. 1º Designar os servidores nominados para, sem prejuízo de 2021/30559/10968 da Diretoria de Assistência Farmacêutica, datado de 26
suas atribuições normais, exercerem os encargos de Fiscal de Contrato de Janeiro de 2021, que solicita a substituição de Fiscal, Suplente e Gestor
e respectivo Substituto, para o caso de impedimento e afastamento legal do Contrato nº 04/2016, que tem como objeto manutenção de câmaras
do titular do contrato elencado a seguir: frias e refrigeradores para Assistência Farmacêutica e Estoque Regulador.

FISCAL DE CONTRATO: Fabrício Dória Monteiro, CPF: XXX.XXX.XX1-50, RESOLVE:


CREA R.N: 2412871337.
FISCAL ANTERIOR DE CONTRATO: Paulo Chianca Silva, Art. 1º Alterar a Portaria nº 258/2019/SES/GASEC publicada no
CPF: XXX.XXX.XX1-00, CREA RNP 2413939318. Diário Oficial do Estado do Tocantins nº 5.365, de 27 de Maio de 2019 na
NÚMERO DO CONTRATO: 42/2020; parte que trata da designação de servidores, da Diretoria da Assistência
PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº: 2017/30550/001861; Farmacêutica, para exercerem o encargo de fiscal do Contrato nº 04/2019,
OBJETO DO CONTRATO: O presente contrato tem por objeto a Processo nº 2019/30550/009237, que passará a ser:
contratação de empresa especializada para Reforma na ala de internação
I - Titular: Meiry Barros Araújo. Matrícula 911803-3.
e adequação da imaginologia para instalação do equipamento de
hemodinâmica no Hospital Geral de Palmas-TO.
II - Suplente: Josilene Rodrigues Araújo. Matrícula 11716495-1.
VALOR TOTAL DO CONTRATO: R$ 1.387.458,57 (UM MILHÃO
TREZENTOS E OITENTA E SETE MIL, QUATROCENTOS E CINQUENTA III - Gestor: Kédma Maria Carneiro. Matrícula 11483865-2.
E OITO REAIS E CINQUENTA E SETE CENTAVOS).
DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 10.302.1165.3055/10.302.1165.3099 Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
FONTES: 0225
CONTRATADA: AURIZON ENGENHARIA E CONSTRUÇÕES LTDA, LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
CNPJ Nº 17.141.202/0001-56. Secretário de Estado da Saúde
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 25
PORTARIA Nº 187/2021/SES/GASEC, DE 11 DE MARÇO DE 2021. RESOLVE:
Designa os servidores para exercer a função de fiscal Art. 1º Dispensar à realização de Procedimento Licitatório,
de contrato que tramita na Secretaria Estadual da nos termos do artigo 24, inciso IV, da Lei 8.666/93, em atendimento
Saúde do Estado do Tocantins e suas atribuições. de decisão liminar e sentença, visando à contratação da empresa
O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso de suas SÍNTESE COMERCIAL HOSPITALAR LTDA, inscrita sob o CNPJ
atribuições e com fundamento no disposto no art. 42, §1º, incisos I, II e nº 24.801.201/0001-56, para aquisição de PRÓTESE TOTAL DE
IV, da Constituição do Estadual, e; QUADRIL, em atendimento a demanda judicial, contida nos autos judiciais
nº 0000729-35.2019.827.2717, no valor de: R$ 51.000,00 (cinquenta e
Considerando os princípios constitucionais que regem a um mil reais) destinado ao atendimento de demanda judicial, referente
Administração Pública, consoante disposto no art. 37 da Constituição ao paciente MANOEL VIEIRA CARVALHO JUNIOR, contido no bojo do
Federal; Processo Administrativo nº 2021/30550/00676;
Considerando o art. 67, da Lei nº 8.666/93, de 21 de junho de
1993, que regulamenta o art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, Art. 2º Esta Portaria entra em vigor e produz efeitos na data de
institui normas para licitações e contratos da Administração Pública e dá sua publicação.
outras providências;
LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
Considerando o art. 13, Inciso IX, da Instrução Normativa Secretário de Estado da Saúde
nº 02/2008, de 07 de maio de 2008, do Tribunal de Contas do Estado
do Tocantins;
RESOLVE: PORTARIA Nº 237/2021/SES/SGPES/DGP/GGP,
DE 09 DE MARÇO DE 2021.
Art. 1º Designar os servidores abaixo relacionados para sem Republicada para correção
prejuízo de suas atribuições exercerem o cargo de fiscal do contrato,
conforme Processo a seguir: O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso de suas
atribuições legais, com fundamento no disposto no art. 42, §1º, incisos II
FISCAL DO SUPLENTE DO GESTOR DO
CONTRATO PROCESSO OBJETO CONTEMPLADO
CONTRATO CONTRATO CONTRATO e IV, da Constituição Estadual, e do disposto no art. 35, da Lei nº 1.818,
Baixa em Ata a
de 23 de agosto de 2007,
Prestação de Serviço Diretoria de Josilene
Meiry Barros Kédma Maria
118/2016 2016/30550/06523
de Manutenção
Corretiva e Preventiva
Assistência
Farmacêutica-
Araujo.
Rodrigues
Araújo.
Carneiro. Considerando a Instrução Normativa Geral Nº 02/2015, de 17
em Aparelhos de Ar Palmas
Mat: 911803-3
Mat: 11716495-1
Mat: 11483865 de setembro de 2015, resolve:
Condicionados.

REMOVER, por necessidade do serviço.


Art. 2º São atribuições do Fiscal:
Art. 1º O servidor MARCOS MARTINS BUENO, Museólogo,
I - acompanhar e fiscalizar o fiel cumprimento do contrato; matrícula nº 364608/2, CPF: XXX.XXX.XX1-68, do Hospital de Referência
de Dianópolis para o Gabinete do Secretário Executivo, retroativo a 01
II - anotar em registro próprio, em forma de relatório, as
irregularidades encontradas, as providências que determinou e o resultado de fevereiro de 2021.
das medidas;
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
III - opinar sobre a oportunidade e conveniência de prorrogação
de vigência ou aditamento do objeto; LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
Secretário de Estado da Saúde
IV - justificar ocorrências e promover o atendimento de
diligências dos órgãos de Controle Interno e Externo;
V - atestar a realização dos serviços efetivamente prestados PORTARIA Nº 324/2021/SES/SGPES/DGP/GGP,
nas condições estabelecidas no instrumento contratual e/ou recebimentos DE 16 DE MARÇO DE 2021.
dos materiais;
O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso de suas
VI - observar a execução do contrato, dentro dos limites dos atribuições legais e com fundamento no disposto no art. 42, §1º, incisos II
créditos orçamentários para ele determinados. e IV, da Constituição Estadual, resolve:
VII - notificar a contratada acerca dos possíveis
descumprimentos de obrigações pactuadas no contrato. Art. 1º LOTAR a servidora FABÍOLA SOARES VIEIRA, Auxiliar
Administrativo, matrícula nº 11222921/1, CPF: XXX.XXX.XX1-14, na
VIII - produzir relatórios fundamentados sobre as atividades Gerência de Gestão de Pessoas, retroativo a 23 de fevereiro de 2021.
executadas durante a fiscalização do contrato, e fazer remessa a
Corregedoria da Saúde para providencias cabíveis quanto a apuração Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
de responsabilidade da contratada.
Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
revogando dispositivos em contrário. Secretário de Estado da Saúde
LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
Secretário de Estado da Saúde PORTARIA Nº 298/2021/SES/SGPES/DGP/GGP,
DE 11 DE MARÇO DE 2021.
PORTARIA Nº 199/2021/SES/GASEC, DE 17 DE MARÇO DE 2021.
O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso de suas
O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE, designado pelo Ato atribuições legais, consoante o disposto no art. 42, §1º, incisos II e IV, da
Governamental de nº 1.478 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado Constituição Estadual, considerando o art. 129, da Lei 1.818, de 23 de
nº 5.361, de 21 de maio de 2019, consoante o disposto no art. 42, §1º, agosto de 2007, resolve:
incisos I, II, e IV, da Constituição do Estado.
Considerando a decisão exarada no bojo dos autos Art. 1º RETIFICAR a PORTARIA Nº 232/2021/SES/SGPES/
nº 0000729-35.2019.827.2717, a qual determina em suma: “(...) DEFIRO DGP/GGP, de 04 de março de 2021, publicada no Diário Oficial do Estado
O PEDIDO DE TUTELA DE URGÊNCIA, determinando ao ESTADO DO nº 5.805, de 10 de março de 2021, que CEDE a Secretaria Municipal de
TOCANTINS a obrigação de fazer, consistente em promover a realização Saúde de Tocantinópolis - TO, a partir de 18/02/2021 a 26/12/2022 ou
da cirurgia de ARTOPLASTIA TOTAL DE QUADRIL (DOIS LADOS) no ainda, até a superveniência de ato revogatório, os servidores relacionados
autor MANOEL VIEIRA DE CARVALHO JUNIOR, na rede pública (SUS), abaixo.
conforme relatórios e solicitações médicas juntados com a inicial, no prazo
máximo de 15 (quinze) dias, incluindo todos os materiais necessários e
solicitados pelo médico, (...).”; Onde se lê: a partir de 18/02/2021 a 26/12/2022, ou ainda até
a superveniência do ato revogatório.
Considerando a Justificativa do Gestor da Pasta quanto à
compra direta, emitida as folhas de nº 80/81. Leia-se: a partir de 05/02/2021 a 26/12/2022, ou ainda até a
superveniência do ato revogatório.
Considerando, ainda, o Parecer Jurídico “SAJ/SES/NDJ”
nº 12/2021, exarado pela Gerência do Núcleo de Demandas Judiciais,
devidamente homologado pelo Despacho/SES/GASEC nº 327/2021, no qual Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
se manifestam favoráveis a contratação da empresa SINTESE COMERCIAL
HOSPITALAR LTDA, inscrita sob o CNPJ nº 24.801.201/0001-56, LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
para aquisição de PRÓTESE TOTAL DE QUADRIL. Secretário de Estado da Saúde
26 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

PORTARIA Nº 325/2021/SES/SGPES/DGP/GGP, EXTRATO DO 4º TERMO DE ADITAMENTO


DE 16 DE MARÇO DE 2021. AO CONTRATO Nº 048/2017
O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso de suas
atribuições legais, consoante o disposto no art. 42, §1º, incisos II e IV, da PROCESSO: 2017.30550.009822
Constituição Estadual, considerando o art. 129, da Lei 1.818, de 23 de CONTRATANTE: SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE - SES
agosto de 2007, resolve: CONTRATADA: SR. EDUARDO JANONI TOLOMEI
OBJETO: O PRESENTE INSTRUMENTO VISA PRORROGAR O PRAZO
Art. 1º EXCLUIR da PORTARIA 2021/SES/SGPES/DGP/GGP
Nº 196, de 24 de fevereiro de 2021, publicada no Diário Oficial do Estado DO ALUDIDO CONTRATO, CONFORME DESCRIÇÃO ABAIXO:
nº 5.799, de 02 de março de 2021, o nome da servidora abaixo relacionada: FICA ALTERADA A CLÁUSULA DÉCIMA TERCEIRA - DA VIGÊNCIA,
PRORROGANDO POR MAIS 12 (DOZE) MESES O CONTRATO
ITEM NOME MATRÍCULA/ CPF CARGO
Nº 48/2017, PASSANDO A VIGÊNCIA A SER DE 21/03/2021 À 21/03/2022.
348706/1
01 Eline Coelho de Brito Meireles
XXX.XXX.XXX-78
Técnico em Enfermagem DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 10.305.1165.4113
FONTE: 0251
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. ELEMENTO DE DESPESAS: 33.90.39
VALOR: R$ 12.252,90 (DOZE MIL, DUZENTOS E CINQUENTA E DOIS
LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI REAIS E NOVENTA CENTAVOS).
Secretário de Estado da Saúde
DATA DA ASSINATURA: 18/03/2021
SIGNATÁRIOS: LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI - P/CONTRATANTE
PORTARIA Nº 327/2021/SES/SGPES/DGP/GGP, SR. EDUARDO JANONI TOLOMEI - P/CONTRATADA
DE 16 DE MARÇO DE 2021.
O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso de suas
atribuições legais, consoante o disposto no art. 42, §1º, incisos II e IV, da EXTRATO DO 4º TERMO DE ADITAMENTO
Constituição Estadual, considerando o art. 129, da Lei 1.818, de 23 de AO CONTRATO Nº 050/2017
agosto de 2007, resolve:
Art. 1º RETIFICAR a PORTARIA Nº 196/2021/SES/SGPES/DGP/ PROCESSO: 2017.30550.007211
GGP, de 24 de fevereiro de 2021, publicada no Diário Oficial do Estado CONTRATANTE: SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE - SES
nº 5.799, de 02 de março de 2021, que CEDE a Secretaria Municipal de CONTRATADA: SR. IVAN BEAUX
Saúde de Sítio Novo - TO, a partir de 18/02/2021 a 25/10/2022 ou ainda, OBJETO: O PRESENTE INSTRUMENTO TEM COMO OBJETO A
até a superveniência de ato revogatório, os servidores relacionados abaixo. PRORROGAÇÃO DE PRAZO E VALOR AO CONTRATO Nº 050/2017,
Onde se lê: a partir de 18/02/2021 a 25/10/2022, ou ainda até CONFORME DESCRIÇÃO ABAIXO:
a superveniência do ato revogatório. FICA ALTERADA A CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA - DO PRAZO DE
VIGÊNCIA, VISANDO PRORROGAR POR MAIS 12 (DOZE) MESES
Leia-se: a partir de 05/02/2021 a 25/10/2022, ou ainda até a O SUPRAMENCIONADO CONTRATO, DESTA FORMA, PASSA O
superveniência do ato revogatório. MENCIONADO CONTRATO A VIGER DE 21/03/2021 À 21/03/2022.
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 10.303.1165.4356
FONTE: 0102
LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI ELEMENTO DE DESPESAS: 33.90.36
Secretário de Estado da Saúde VALOR: R$ 182.520,00 (CENTO E OITENTA E DOIS MIL E QUINHENTOS
E VINTE REAIS).
PORTARIA Nº 329/2021/SES/SGPES/DGP/GGP, DATA DA ASSINATURA: 18/03/2021
DE 16 DE MARÇO DE 2021. SIGNATÁRIOS: LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI - P/CONTRATANTE
SR. IVAN BEAUX - P/CONTRATADA
O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso de suas
atribuições legais, consoante o disposto no art. 42, §1º, incisos II e IV, da
Constituição Estadual, considerando o art. 129, da Lei 1.818, de 23 de
agosto de 2007, resolve: COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

Art. 1º EXCLUIR da PORTARIA 2021/SES/SGPES/DGP/GGP ATA PARA REGISTRO DE PREÇOS


Nº 299, de 11 de março de 2021, publicada no Diário Oficial do Estado PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 141/2020
nº 5.809, de 16 de março de 2021, o nome da servidora abaixo relacionada: PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2020/30550/003052
MATRÍCULA/
ITEM NOME CARGO
CPF
434829/1
Considerando que o julgamento da licitação é MENOR PREÇO
01 Maria Vandecy Soares Ribeiro
XXX.XXX.XXX-00
Técnico em Enfermagem
e com base no Decreto Federal nº 7.892/2013 e Decreto Estadual
nº 6.081/2020 fica HOMOLOGADA e ADJUDICADA a Ata de Registro
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. de Preços, do PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS
nº 141/2020 da Secretaria da Saúde/TO, ao preço da empresa abaixo
LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
Secretário de Estado da Saúde relacionada e classificada no certame e demais discriminações, constante
em sua Proposta de Preços, anexada aos autos:

EXTRATO DO CONTRATO Nº 54/2020 EMPRESA: CRISTÁLIA PRODUTOS QUÍMICOS FARMACÊUTICOS


LTDA - CNPJ: 44.734.671/0001-51
PROCESSO: 2020.30550.000289
CONTRATO: 54/2020 VALOR VALOR TOTAL
ITEM QTD UND DISCRIMINAÇÃO MARCA
CONTRATANTE: SECRETARIA DA SAÚDE - SES UNITÁRIO R$ R$
CONTRATADA: PATRICIA MANGINELLI - HOSPCARE COMÉRCIO E CISATRACURIO 2 MG/ML
ASSISTÊNCIA TÉCNICA DE EQUIPAMENTOS MÉDICOS LTDA-ME. 15 8.190 AMPOLA SOLUÇÃO INJETÁVEL 5 ML CRISTÁLIA-CIS R$ 30,42 R$ 249.139,80
AMPOLA
OBJETO: O PRESENTE CONTRATO TEM COMO OBJETO A
CISATRACURIO 2 MG/ML
CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA PRESTAÇÃO 16 2.730 AMPOLA SOLUÇÃO INJETÁVEL 5 ML CRISTÁLIA-CIS R$ 30,42 R$ 83.046,60
DE SERVIÇOS DE LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS MÉDICOS AMPOLA
HOSPITALARES PARA HOSPITAL E MATERNIDADE DONA REGINA DANTROLENO 20 MG PO
FRASCO/ CRISTÁLIA-
VIGÊNCIA 26 176
AMPOLA
LIFILO INJETÁVEL + DILUENTE
DANTROLEN
R$ 174,95 R$ 30.791,20
O CONTRATO TERÁ VIGÊNCIA DE 12 (DOZE) MESES, PODENDO FRASCO-AMPOLA

A DURAÇÃO ESTENDER-SE PELO PRAZO DE ATÉ 48 (QUARENTA 27 58


FRASCO/
DANTROLENO 20 MG PO
LIFILO INJETÁVEL + DILUENTE
CRISTÁLIA-
R$ 174,95 R$ 10.147,10
E OITO) MESES APÓS O INICIO DA VIGÊNCIA DO CONTRATO, EM AMPOLA
FRASCO-AMPOLA
DANTROLEN
CONFORMIDADE DO ART. 57, INCISO IV DA LEI Nº 8.666, DE 21 DE VALOR TOTAL R$ 373.124,70
JULHO DE 1993.
DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA:.10.302.1165.4113
FONTE: 250 01. CONDIÇÕES GERAIS
ELEMENTO DE DESPESAS: 3.3.90.39
VALOR: R$ 285.480,00 (DUZENTOS E OITENTA E CINCO MIL 1.1. Prazo de validade:
QUATROCENTOS E OITENTA REAIS)
DATA DA ASSINATURA: 08/06/2020
SIGNATÁRIOS: LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI - P/CONTRATANTE a) A validade da Ata de Registro de Preços será de 12 (doze)
PATRICIA MANGINELLI - HOSPCARE COMÉRCIO E ASSISTÊNCIA meses, contados da publicação da respectiva ata, conforme o inciso III,
TÉCNICA DE EQUIPAMENTOS MÉDICOS LTDA-ME - P/CONTRATADA do §3º, do art. 15, da Lei Federal 8.666/1993.
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 27
1.2. Do local e prazo de entrega: a) As aquisições ou contratações adicionais, não poderão
exceder, por órgão ou entidade, a 50% (cinquenta por cento) dos
O local e prazo de entrega será na conformidade do Termo de quantitativos dos itens do instrumento convocatório e registrados na ata
Referência, anexo do Edital. de registro de preços para o órgão gerenciador e órgãos participantes;

1.3. Condições para contratação: b) O total de utilização de cada item não pode exceder ao dobro
do quantitativo inicialmente registrado, independentemente do número de
a) As aquisições ou contratações adicionais, não poderão órgãos não participantes que aderirem;
exceder, por órgão ou entidade, a 50% (cinquenta por cento) dos
quantitativos dos itens do instrumento convocatório e registrados na ata c) Desde que devidamente justificada a vantagem, a ata de
registro de preços, durante sua vigência, pode ser utilizada por qualquer
de registro de preços para o órgão gerenciador e órgãos participantes;
órgão ou entidade da Administração Pública que não tenha participado
do certame licitatório, mediante anuência do órgão gerenciador.
b) O total de utilização de cada item não pode exceder ao dobro
do quantitativo inicialmente registrado, independentemente do número de 1.4. Condições de gerais:
órgãos não participantes que aderirem;
a) As condições gerais do fornecimento, tais como os prazos
c) Desde que devidamente justificada a vantagem, a ata de para entrega e recebimento do objeto, as obrigações da Administração
registro de preços, durante sua vigência, pode ser utilizada por qualquer e do fornecedor registrado, penalidades e demais condições do ajuste,
órgão ou entidade da Administração Pública que não tenha participado encontram-se definidos no Termo de Referência, ANEXO AO EDITAL.
do certame licitatório, mediante anuência do órgão gerenciador.
b) É vedado efetuar acréscimos nos quantitativos fixados nesta
1.4. Condições de gerais: ata de registro de preços, inclusive o acréscimo de que trata o §1º, do
art. 65, da Lei nº 8.666/93.
a) As condições gerais do fornecimento, tais como os prazos
para entrega e recebimento do objeto, as obrigações da Administração 1.5. Das assinaturas:
e do fornecedor registrado, penalidades e demais condições do ajuste,
encontram-se definidos no Termo de Referência, ANEXO AO EDITAL. Para firmeza e validade do pactuado, a presente Ata foi lavrada
em vias de igual teor, que, depois de lida e achada em ordem, vai assinada
b) É vedado efetuar acréscimos nos quantitativos fixados nesta pelas partes.
ata de registro de preços, inclusive o acréscimo de que trata o §1º, do
art. 65, da Lei nº 8.666/93. Palmas - TO, 25 de fevereiro de 2021.

LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI


1.5. Das assinaturas:
Secretário de Estado da Saúde
Para firmeza e validade do pactuado, a presente Ata foi lavrada M MED COMERCIAL DE MEDICAMENTOS E PRODUTOS
em vias de igual teor, que, depois de lida e achada em ordem, vai assinada HOSPITALARES EIRELI
pelas partes. CNPJ: 28.387.424/0001-70
Palmas - TO, 25 de fevereiro de 2021.
ATA PARA REGISTRO DE PREÇOS
LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 141/2020
Secretário de Estado da Saúde PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2020/30550/003052

CRISTÁLIA PRODUTOS QUÍMICOS FARMACÊUTICOS LTDA Considerando que o julgamento da licitação é MENOR PREÇO
CNPJ: 44.734.671/0001-51 e com base no Decreto Federal nº 7.892/2013 e Decreto Estadual
nº 6.081/2020 fica HOMOLOGADA e ADJUDICADA a Ata de Registro
de Preços, do PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS
ATA PARA REGISTRO DE PREÇOS nº 141/2020 da Secretaria da Saúde/TO, ao preço da empresa abaixo
PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 141/2020 relacionada e classificada no certame e demais discriminações, constante
PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2020/30550/003052 em sua Proposta de Preços, anexada aos autos:

EMPRESA: MERCANTIL BARRETO COMERCIAL DE PRODUTOS


Considerando que o julgamento da licitação é MENOR PREÇO HOSPITALARES E SUPRIMENTOS LTDA - CNPJ: 15.031.173/0001-44
e com base no Decreto Federal nº 7.892/2013 e Decreto Estadual
nº 6.081/2020 fica HOMOLOGADA e ADJUDICADA a Ata de Registro VALOR VALOR TOTAL
ITEM QTD UND DISCRIMINAÇÃO MARCA
de Preços, do PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS UNITÁRIO R$ R$

nº 141/2020 da Secretaria da Saúde/TO, ao preço da empresa abaixo 3 1.872 FRASCO


ACIDO VALPROICO 50 MG/ML
HIPOLABOR R$ 4,95 R$ 9.266,40
XAROPE 100 ML FRASCO
relacionada e classificada no certame e demais discriminações, constante
ALPRAZOLAM 1 MG
em sua Proposta de Preços, anexada aos autos: 4 7.800 COMPRIMIDO
COMPRIMIDO
ZYDUS NIKKHO R$ 0,23 R$ 1.794,00

BIPERIDENO 2 MG
8 21.840 COMPRIMIDO CRISTALIA R$ 0,22 R$ 4.804,80
EMPRESA: M MED COMERCIAL DE MEDICAMENTOS E PRODUTOS COMPRIMIDO

HOSPITALARES EIRELI - CNPJ: 28.387.424/0001-70 CARBAMAZEPINA 20 MG/ML


13 780 FRASCO SUSPENSAO ORAL 100 ML SANVAL R$ 11,18 R$ 8.720,40
FRASCO
VALOR VALOR TOTAL
ITEM QTD UND DISCRIMINAÇÃO MARCA CLONAZEPAM 2 MG
UNITÁRIO R$ R$ 21 28.080 COMPRIMIDO GEOLAB R$ 0,09 R$ 2.527,20
COMPRIMIDO
ACIDO VALPROICO 250 MG
1 14.040 COMPRIMIDO ABBOTT R$ 0,27 R$ 3.790,80 CLORPROMAZINA 5 MG/ML
COMPRIMIDO
24 4.680 AMPOLA SOLUCAO INJETAVEL 5 ML HYPOFARMA R$ 1,28 R$ 5.990,40
ACIDO VALPROICO 500 MG AMPOLA
2 28.080 COMPRIMIDO ABBOTT R$ 0,59 R$ 16.567,20
COMPRIMIDO
DIAZEPAM 10 MG
30 46.800 COMPRIMIDO UNIÃO QUÍMICA R$ 0,13 R$ 6.084,00
VALOR TOTAL R$ 20.358,00 COMPRIMIDO
DIAZEPAM 5 MG
31 3.900 COMPRIMIDO UNIÃO QUÍMICA R$ 0,12 R$ 468,00
COMPRIMIDO
01. CONDIÇÕES GERAIS FENITOINA 100 MG
33 43.680 COMPRIMIDO HIPOLABOR R$ 0,21 R$ 9.172,80
COMPRIMIDO
1.1. Prazo de validade: FENITOINA 50 MG/ML
34 76.050 AMPOLA SOLUCAO INJETAVEL 5 ML HIPOLABOR R$ 2,20 R$ 167.310,00
AMPOLA
a) A validade da Ata de Registro de Preços será de 12 (doze) FENITOINA 50 MG/ML
meses, contados da publicação da respectiva ata, conforme o inciso III, 35 25.350 AMPOLA SOLUCAO INJETAVEL 5 ML HIPOLABOR R$ 2,20 R$ 55.770,00
do §3º, do art. 15, da Lei Federal 8.666/1993. AMPOLA
FENOBARBITAL 100 MG
36 23.400 COMPRIMIDO UNIÃO QUÍMICA R$ 0,22 R$ 5.148,00
COMPRIMIDO
1.2. Do local e prazo de entrega: FENOBARBITAL 40 MG/ML
38 1.092 FRASCO SOLUCAO ORAL GOTAS 20 UNIÃO QUÍMICA R$ 4,38 R$ 4.782,96
O local e prazo de entrega será na conformidade do Termo de ML FRASCO

Referência, anexo do Edital. 40 28.080 CÁPSULA


FLUOXETINA 20 MG
CAPSULA
HIPOLABOR R$ 0,13 R$ 3.650,40

VALOR TOTAL R$ 285.489,36


1.3. Condições para contratação:
28 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

01. CONDIÇÕES GERAIS EMPRESA: NSA DISTRIBUIDORA DE MEDICAMENTOS EIRELI


CNPJ: 34.729.047/0001-02
1.1. Prazo de validade:
VALOR VALOR TOTAL
ITEM QTD UND DISCRIMINAÇÃO MARCA
UNITÁRIO R$ R$

a) A validade da Ata de Registro de Preços será de 12 (doze) 17 11.700 COMPRIMIDO


CITALOPRAM 20 MG
EUROFARMA R$ 0,16 R$ 1.872,00
COMPRIMIDO
meses, contados da publicação da respectiva ata, conforme o inciso III, DEXMEDETOMIDINA
do §3º, do art. 15, da Lei Federal 8.666/1993. 28 25.740
FRASCO/
AMPOLA
100 MCG/ML SOLUCAO
INJETAVEL 2 ML FRASCO-
EUROFARMA R$ 21,95 R$ 564.993,00
AMPOLA
DEXMEDETOMIDINA
1.2. Do local e prazo de entrega: FRASCO/ 100 MCG/ML SOLUCAO
29 8.580 EUROFARMA R$ 21,95 R$ 188.331,00
AMPOLA INJETAVEL 2 ML FRASCO-
AMPOLA
O local e prazo de entrega será na conformidade do Termo de VALOR TOTAL R$ 755.196,00
Referência, anexo do Edital.

01. CONDIÇÕES GERAIS


1.3. Condições para contratação:

1.1. Prazo de validade:


a) As aquisições ou contratações adicionais, não poderão
exceder, por órgão ou entidade, a 50% (cinquenta por cento) dos
quantitativos dos itens do instrumento convocatório e registrados na ata a) A validade da Ata de Registro de Preços será de 12 (doze)
de registro de preços para o órgão gerenciador e órgãos participantes; meses, contados da publicação da respectiva ata, conforme o inciso III,
do §3º, do art. 15, da Lei Federal 8.666/1993.
b) O total de utilização de cada item não pode exceder ao dobro
do quantitativo inicialmente registrado, independentemente do número de 1.2. Do local e prazo de entrega:
órgãos não participantes que aderirem;
O local e prazo de entrega será na conformidade do Termo de
c) Desde que devidamente justificada a vantagem, a ata de Referência, anexo do Edital.
registro de preços, durante sua vigência, pode ser utilizada por qualquer
órgão ou entidade da Administração Pública que não tenha participado 1.3. Condições para contratação:
do certame licitatório, mediante anuência do órgão gerenciador.
a) As aquisições ou contratações adicionais, não poderão
1.4. Condições de gerais: exceder, por órgão ou entidade, a 50% (cinquenta por cento) dos
quantitativos dos itens do instrumento convocatório e registrados na ata
a) As condições gerais do fornecimento, tais como os prazos de registro de preços para o órgão gerenciador e órgãos participantes;
para entrega e recebimento do objeto, as obrigações da Administração
e do fornecedor registrado, penalidades e demais condições do ajuste, b) O total de utilização de cada item não pode exceder ao dobro
encontram-se definidos no Termo de Referência, ANEXO AO EDITAL. do quantitativo inicialmente registrado, independentemente do número de
órgãos não participantes que aderirem;
b) É vedado efetuar acréscimos nos quantitativos fixados nesta
ata de registro de preços, inclusive o acréscimo de que trata o §1º, do c) Desde que devidamente justificada a vantagem, a ata de
art. 65, da Lei nº 8.666/93. registro de preços, durante sua vigência, pode ser utilizada por qualquer
órgão ou entidade da Administração Pública que não tenha participado
1.5. Das assinaturas: do certame licitatório, mediante anuência do órgão gerenciador.

Para firmeza e validade do pactuado, a presente Ata foi lavrada 1.4. Condições de gerais:
em vias de igual teor, que, depois de lida e achada em ordem, vai assinada
pelas partes.
a) As condições gerais do fornecimento, tais como os prazos
para entrega e recebimento do objeto, as obrigações da Administração
Palmas - TO, 25 de fevereiro de 2021.
e do fornecedor registrado, penalidades e demais condições do ajuste,
encontram-se definidos no Termo de Referência, ANEXO AO EDITAL.
LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
Secretário de Estado da Saúde
b) É vedado efetuar acréscimos nos quantitativos fixados nesta
ata de registro de preços, inclusive o acréscimo de que trata o §1º, do
MERCANTIL BARRETO COMERCIAL DE PRODUTOS
art. 65, da Lei nº 8.666/93.
HOSPITALARES E SUPRIMENTOS LTDA
CNPJ: 15.031.173/0001-44
1.5. Das assinaturas:

ATA PARA REGISTRO DE PREÇOS Para firmeza e validade do pactuado, a presente Ata foi lavrada
PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 141/2020 em vias de igual teor, que, depois de lida e achada em ordem, vai assinada
PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2020/30550/003052 pelas partes.

Considerando que o julgamento da licitação é MENOR PREÇO Palmas - TO, 25 de fevereiro de 2021.
e com base no Decreto Federal nº 7.892/2013 e Decreto Estadual
nº 6.081/2020 fica HOMOLOGADA e ADJUDICADA a Ata de Registro LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
de Preços, do PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Secretário de Estado da Saúde
nº 141/2020 da Secretaria da Saúde/TO, ao preço da empresa abaixo
relacionada e classificada no certame e demais discriminações, constante NSA DISTRIBUIDORA DE MEDICAMENTOS EIRELI
em sua Proposta de Preços, anexada aos autos: CNPJ: 34.729.047/0001-02
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 29
ATA PARA REGISTRO DE PREÇOS AVISO DE RESULTADO DO PREGÃO
PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 141/2020 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 141/2020
PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2020/30550/003052
O Superintendente da Central de Licitação da Secretaria de
Considerando que o julgamento da licitação é MENOR PREÇO Estado da Saúde/TO torna público o Resultado do Pregão Eletrônico
e com base no Decreto Federal nº 7.892/2013 e Decreto Estadual Nº 141/2020 - Processo Administrativo Nº 2020/30550/003052, conforme
nº 6.081/2020 fica HOMOLOGADA e ADJUDICADA a Ata de Registro segue:
de Preços, do PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS
nº 141/2020 da Secretaria da Saúde/TO, ao preço da empresa abaixo MERCANTIL BARRETO COMERCIAL DE PRODUTOS HOSPITALARES
relacionada e classificada no certame e demais discriminações, constante E SUPRIMENTOS LTDA
CNPJ: 15.031.173/0001-44, o valor adjudicado: R$ 285.489,36.
em sua Proposta de Preços, anexada aos autos:
M M E D COM E RC I A L D E M E D I C A M E NTOS E P RODUTOS
EMPRESA: TERRA SUL COMÉRCIO DE MEDICAMENTOS LTDA
HOSPITALARES EIRELI
CNPJ: 32.364.822/0001-48
CNPJ: 28.387.424/0001-70, o valor adjudicado: R$ 20.358,00.
VALOR VALOR TOTAL
ITEM QTD UND DISCRIMINAÇÃO MARCA
UNITÁRIO R$ R$ TERRA SUL COMÉRCIO DE MEDICAMENTOS LTDA
12 39.000 COMPRIMIDO
CARBAMAZEPINA 200 MG
COMPRIMIDO
TEUTO R$ 0,41 R$ 15.990,00 CNPJ: 32.364.822/0001-48, o valor adjudicado: R$ 23.127,00.
CLOMIPRAMINA 25 MG
19 2.340 COMPRIMIDO LEGRAND R$ 1,01 R$ 2.363,40
COMPRIMIDO REVESTIDO NSA DISTRIBUIDORA DE MEDICAMENTOS EIRELI
20 1.872 FRASCO
CLONAZEPAM 2,5 MG/ML SOLUÇÃO
ORAL GOTAS 20 ML FRASCO
HIPOLABOR R$ 2,55 R$ 4.773,60 CNPJ: 34.729.047/0001-02, o valor adjudicado: R$ 755.196,00.
VALOR TOTAL R$ 23.127,00
CRISTÁLIA PRODUTOS QUÍMICOS FARMACÊUTICOS LTDA
CNPJ: 44.734.671/0001-51, o valor adjudicado: R$ 373.124,70.
01. CONDIÇÕES GERAIS
O valor total adjudicado: R$ 1.457.295,06. O resultado completo
1.1. Prazo de validade: encontra-se disponível no site: www.publinexo.com.br.

a) A validade da Ata de Registro de Preços será de 12 (doze) Palmas/TO, 25 de fevereiro de 2021.


meses, contados da publicação da respectiva ata, conforme o inciso III,
do §3º, do art. 15, da Lei Federal 8.666/1993. MAURÍCIO MATTOS MENDONÇA
Superintendente da Central de Licitação
1.2. Do local e prazo de entrega:

O local e prazo de entrega será na conformidade do Termo de


AVISO DE INTENÇÃO DE REGISTRO DE PREÇOS
Referência, anexo do Edital.
PROCESSO Nº 2021.30550.001441
1.3. Condições para contratação:
A COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DA SECRETARIA
a) As aquisições ou contratações adicionais, não poderão DE ESTADO DA SAÚDE DO ESTADO DO TOCANTINS na competência
exceder, por órgão ou entidade, a 50% (cinquenta por cento) dos de Órgão Gerenciador, conforme prevê o Decreto Federal Nº 7.892/2013,
quantitativos dos itens do instrumento convocatório e registrados na ata vem registrar Intenção de Registro de Preços para CONTRATAÇÃO DE
de registro de preços para o órgão gerenciador e órgãos participantes; EMPRESA ESPECIALIZADA EM SERVIÇO DE DIAGNOSTICO POR
IMAGEM PARA REALIZAÇÃO DE EXAMES DE PET SCAN - (PET CT),
b) O total de utilização de cada item não pode exceder ao dobro destinados aos Hospitais do Estado, mediante realização de licitação
do quantitativo inicialmente registrado, independentemente do número de pública na modalidade Pregão Eletrônico, do tipo menor preço, conforme
órgãos não participantes que aderirem; condições, especificações e quantitativos constantes do Termo de
Referência.
c) Desde que devidamente justificada a vantagem, a ata de
registro de preços, durante sua vigência, pode ser utilizada por qualquer Os órgãos que tiverem intenção de participar do referido Registro
órgão ou entidade da Administração Pública que não tenha participado de Preços, deverão encaminhar ofício para esta Comissão Permanente
do certame licitatório, mediante anuência do órgão gerenciador.
de Licitação manifestando seu interesse e concordância com o objeto a
ser licitado, devidamente acompanhado de:
1.4. Condições de gerais:
- Solicitação de Compras;
a) As condições gerais do fornecimento, tais como os prazos
- Termo de anuência ao Termo de Referência do Órgão
para entrega e recebimento do objeto, as obrigações da Administração Participante, aprovado pela autoridade competente;
e do fornecedor registrado, penalidades e demais condições do ajuste, - Orçamento estimado em planilhas de quantitativos e preços
encontram-se definidos no Termo de Referência, ANEXO AO EDITAL. unitários, amparados em pesquisa de mercado.

b) É vedado efetuar acréscimos nos quantitativos fixados nesta


O Termo de Referência deverá ser solicitado via e-mailairp.
ata de registro de preços, inclusive o acréscimo de que trata o §1º, do
sesauto@gmail.com.
art. 65, da Lei nº 8.666/93.

1.5. Das assinaturas: O prazo para manifestação de interesse em participar do


presente Registro é de 08 (oito) dias úteis após a publicação no Diário
Para firmeza e validade do pactuado, a presente Ata foi lavrada Oficial do Estado do Tocantins.
em vias de igual teor, que, depois de lida e achada em ordem, vai assinada
pelas partes. Maiores informações poderão ser obtidas na SES/CPL que fica
localizada na Av. NS 01, AANO, Praça dos Girassóis, s/n, Palmas/TO,
Palmas - TO, 25 de fevereiro de 2021. CEP: 77.015-007 ou através dos telefones: (063) 3218-1715/1722.
LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI
Palmas/TO, 22 de março de 2021.
Secretário de Estado da Saúde

TERRA SUL COMÉRCIO DE MEDICAMENTOS LTDA MAURÍCIO MATTOS MENDONÇA


CNPJ: 32.364.822/0001-48 Presidente da Comissão Permanente de Licitação
30 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

Aviso Reabertura do Pregão Eletrônico nº 188/2020


HORÁRIO DE BRASÍLIA SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA
A Secretaria de Estado da Saúde/TO, através da Comissão
Permanente de Licitação, torna público que às 08h30min do dia 09 de abril
de 2021 realizará a reabertura da licitação em tela, que visa a aquisição CONSELHO GESTOR DO SISTEMA DE INTELIGÊNCIA
de material de consumo (fixador externo dinâmico articulado mono lateral
(LRS), adulto e infantil), destinado ao Hospital Geral Público de Palmas, RESOLUÇÃO Nº 0001, DE 12 DE MARÇO DE 2021.
conforme especificações técnicas contidas no edital e seus anexos.
O edital retificado encontra-se disponível na internet, nos seguintes Regulamenta o Sistema de Inteligência de Segurança
sites: www.saude.to.gov.br e www.comprasgovernamentais.gov.br. Pública do Estado do Tocantins (SISP/TO), criado pelo
Informações pelos telefones: (63) 3218-1722/1715/3247. (Processo Decreto Estadual 6.197, de 9 de dezembro de 2020,
nº 2020/30550/003412). Pregoeiro(a): Weslaine Lacerda Ávila. e dá outras providências.

Palmas, 22 de Março de 2021. O CONSELHO GESTOR DO Sistema de Inteligência de


Segurança Pública do Estado do Tocantins, no uso de suas atribuições,
Maurício Mattos Mendonça e considerando disposto no art. 11, do Decreto nº 6197, de 09/12/2020,
Presidente da Comissão Permanente de Licitação
bem como o que decidido por unanimidade em reunião colegiada havida
no dia 12/03/2021,
Aviso Reabertura do Pregão Eletrônico nº 226/2020
HORÁRIO DE BRASÍLIA R E S O L V E:

A Secretaria de Estado da Saúde/TO, através da Comissão Art. 1º O presente instrumento regula o funcionamento do
Permanente de Licitação, torna público que às 08h30min do dia 12 de Sistema de Inteligência de Segurança Pública do Estado do Tocantins
abril de 2021 realizará a reabertura da licitação em tela, que visa o registro (SISP - TO) em conformidade com os princípios e diretrizes dispostos
de preços para eventual e provável aquisição de materiais hospitalares nas normas aplicáveis e, em especial, no Decreto nº 6.197, de 9 de
“agulha, cateter, dispositivo intravenoso”, destinados aos Hospitais do dezembro de 2020.
Estado, conforme especificações técnicas contidas no edital e seus
anexos. O edital retificado encontra-se disponível na internet, nos seguintes Das Diretrizes de Trabalho
sites: www.saude.to.gov.br e www.comprasgovernamentais.gov.br.
Informações pelos telefones: (63) 3218-1722/1715/3247. (Processo Art. 2º São diretrizes de trabalho do SISP-TO os princípios
nº 2018/30550/003362). Pregoeiro(a): Rubisléia Ramos Pereira Mesquita. da objetividade, precisão, simplicidade, oportunidade, imparcialidade,
compartimentação, confidencialidade, consenso, liderança situacional,
Palmas, 22 de Março de 2021.
flexibilidade, integração, integridade, interoperabilidade, controle e sigilo.
Maurício Mattos Mendonça
Presidente da Comissão Permanente de Licitação Parágrafo Único - Todos os membros do SISP/TO são
responsáveis pela preservação do sigilo dos dados, informações e
conhecimentos classificados a que tiverem acesso, de qualquer modo,
Aviso Reabertura do Pregão Eletrônico nº 271/2020 respeitadas as normas legais aplicáveis.
HORÁRIO DE BRASÍLIA
Da Rotina de Trabalho do SISP-TO
A Secretaria de Estado da Saúde/TO, através da Comissão
Permanente de Licitação, torna público que às 08h30min, do dia 12 de Art. 3º O SISP-TO reunir-se-á ordinariamente a cada 30 (trinta)
abril de 2021 realizará a reabertura da licitação em tela, que visa o registro dias e, extraordinariamente, mediante solicitação de qualquer um de seus
de preços para aquisição de materiais diversos, destinados aos hospitais membros, em casos graves e/ou urgentes que requeiram apreciação e/
do Estado, conforme especificações técnicas contidas no edital e seus ou deliberação imediata.
anexos. O edital retificado encontra-se disponível na internet, nos seguintes
sites: www.saude.to.gov.br e www.comprasgovernamentais.gov.br.
I - Serão lavradas atas de todas as reuniões ordinárias e
Informações pelos telefones: (63) 3218-1722/1715/3247. (Processo
nº 2019/30550/007511). Pregoeiro(a): Thiago Borges Silva. extraordinárias, as quais serão classificadas segundo o sigilo aplicável,
nos termos da legislação, e arquivadas pela Secretaria-Executiva.
Palmas, 22 de Março de 2021.
II - As convocações para reuniões ordinárias e extraordinárias
Maurício Mattos Mendonça serão encaminhadas pela Secretaria Executiva aos membros do SISP/TO
Presidente da Comissão Permanente de Licitação por meio físico, eletrônico ou aplicativos de mensagem, desde que sejam
hábeis e seguros à devida comunicação.

Dispensa de Licitação III - As reuniões do SISP/TO serão sempre iniciadas com a


Processo nº 2021/30550/002156 presença mínima da maioria simples dos integrantes do Conselho Gestor
do SISP/TO.
Recebimento das propostas até às 18:00 horas (dezoito horas)
do dia 26 de março de 2021 na Secretaria de Estado da Saúde - SEDE IV - Os Membros Especiais poderão participar das reuniões
do SISP por meio de seus representantes titulares ou suplentes, sem
A Secretaria de Estado da Saúde torna público e convida a
todos os interessados para participar da dispensa de licitação conforme direito a voto.
data e horário acima descritos, visando contratar, em caráter emergencial
de saúde pública, entidade de direito privado sem fins lucrativos, V - Em havendo necessidade de trato de assuntos classificados
qualificada como Organização Social de Saúde (OSS), no âmbito do de interesse específico de quaisquer membros do SISP/TO, estes poderão
Estado do Tocantins, para a implantação, gestão e operacionalização fazer requerimento específico de reunião extraordinária, dirigido ao
de Leitos de Terapia Intensiva Adulto, TIPO II, e Leitos de UTI Neonatal Presidente do Conselho Gestor, indicando quais Membros Especiais e/
destinados ao atendimento de pacientes com COVID-19, com suspeita e ou colaboradores poderão tomar parte da mesma, caso em que serão
com complicações pós COVID-19 no âmbito do Estado do Tocantins. O convocados nos termos deste regimento, lavrando-se ata a ser difundida
recebimento de proposta se dará via Protocolo da Secretaria da Saúde ou apenas aos participantes.
endereço eletrônico: saudeto.cotacao@gmail.com. O Termo de Referência
está disponível no site: www.saude.to.gov.br. A Secretaria de Estado da
VI - Os membros do SISP/TO poderão organizar-se em
Saúde - SEDE está localizada à Av. NS 01, AANO, Praça dos Girassóis,
S/N, Palmas/TO. comissões, câmeras temáticas, grupos de trabalho ou similares, de
níveis estratégicos, táticos e operacionais de inteligência de segurança
Palmas/TO, aos 19 dias do mês de março de 2021. pública, conforme o interesse e área de atuação, devendo eleger um
coordenador que representará o grupo para os fins necessários, e atuar
LUIZ EDGAR LEÃO TOLINI sempre em consonância com as diretrizes e orientações gerais de ação
Secretário de Estado da Saúde do Tocantins sistêmica aplicáveis.
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 31
Do Conselho Gestor do SISP-TO Parágrafo Único - Uma vez solicitadas voluntariamente as
adesões, ou confirmado formalmente o interesse das AI/UI convidadas,
Art. 4º O Conselho Gestor do SISP/TO tem natureza de órgão de o Conselho Gestor apreciará as manifestações respectivas na primeira
coordenação, colegiado, de caráter permanente, consultivo e deliberativo, reunião ordinária agendada, verificando se as mesmas atendem aos
cabendo-lhe coordenar, desenvolver e ajudar a promover, de maneira requisitos estabelecidos pelo Decreto Estadual 6.197/20 e, em sendo o
integrada, consensual, rápida, eficaz e eficiente, a execução de ações caso, confirmando a entrada no SISP/TO.
relativas à atividade de Inteligência de Segurança Pública no Estado do
Tocantins. Art. 7º Para os fins previstos no §2º, do art. 3º, do Decreto
Estadual 6.197/20, serão admitidas como evidência:
I - A coordenação do Conselho Gestor não implica em
subordinação hierárquica de quaisquer dos órgãos que o compõem, Comprovada experiência: Declaração de Tempo de Exercício
devendo ser respeitadas as atribuições legais, limites de competência, em Atividade de Inteligência, emitida pela AI/UI onde o profissional tenha
atribuições e liderança situacional de cada agência ou unidade integrante. desempenhado tais funções por, no mínimo, 01 (um) ano, ou documento
comprobatório equivalente; ou
II - As reuniões ordinárias do Conselho Gestor serão realizadas,
preferencialmente, a cada 15 (quinze) dias, podendo ou não coincidir
com as reuniões ordinárias do SISP/TO, conforme deliberação própria. Qualificação específica: Certificados de cursos específicos
voltados para a formação de amplo espectro em Inteligência, emitidos
III - O Conselho Gestor poderá realizar reuniões temáticas por Instituição de Ensino, membro do Sistema Brasileiro de Inteligência
para o trato de assuntos específicos, convidando para as mesmas (SISBIN) ou integrante do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP).
outros integrantes ou colaboradores do SISP/TO que tenham atuação
vinculada de qualquer modo, ou que possam auxiliar na condução de
§1º À Secretaria Executiva caberá verificar a adequação
ações relacionadas às matérias respectivas.
das nomeações de chefias de AI/UI de Membros Efetivos aos ditames
IV - As decisões do Conselho Gestor se darão por meio de normativos pertinentes, e o Conselho Gestor do SISP/TO, por sua
votação, sendo tomadas,quando não houver disposição regulamentar presidência, comunicará sigilosa e formalmente a Instituição de Origem
expressa em contrário, pela maioria simples de votos de seus Membros quando os profissionais nomeados não atenderem os requisitos
Efetivos, após regular processo de discussão entre os integrantes necessários, para os devidos fins.
participantes do SISP/TO, e sempre com o devido registro em atas
classificadas, conforme o caso.
§2º Os chefes das AI/UI dos Membros Efetivos do SISP/TO que,
V - Terão direito a voto no Conselho Gestor os representantes na data da publicação desta Resolução, não preencherem os requisitos
titulares das agências e unidades de inteligência efetivas, nos termos do necessários para ocupação de tais chefias, terão o prazo de 06 (seis)
art. 3º, I, do Decreto nº 6.197, de 9 de dezembro de 2020. meses para comprovação de participação em processo de qualificação
específica de que trata o inciso b) deste artigo.
VI - Em caso de impossibilidade previamente comunicada do
titular de Membro Efetivo do Conselho Gestor, os respectivos substitutos §3º O Conselho Gestor poderá ser previamente consultado
terão direito a voto nas reuniões de que trata este artigo.
pelas chefias ou comandos das Instituições às quais se subordinam as
VII - O Conselho Gestor poderá expedir Portarias, resoluções AI/UI integrantes do SISP/TO quanto às indicações para nomeações das
e ordens de serviço, destinadas a regular, exclusivamente no seu âmbito respectivas chefias, com trâmite sigiloso da documentação respectiva.
interno, as atividades cotidianas ou extraordinárias de operabilidade do
SISP/TO, as quais serão assinadas por sua presidência. Art. 8º A participação de outras pessoas, órgãos ou entidades no
SISP/TO ou quaisquer de suas comissões, câmeras temáticas, grupos de
VIII - As deliberações do Conselho Gestor poderão ser difundidas trabalho ou afins, na condição de “Membro Colaborador”, poderá ocorrer
na forma de Recomendações aos integrantes do SISP/TO, do Subsistema
por solicitação voluntária do interessado ou convite do Conselho Gestor,
de Inteligência de Segurança Pública, ou a outras autoridades estaduais
e/ou municipais do Tocantins, quando se tratar de assuntos relacionados, obedecidos os preceitos e requisitos previstos pelo Decreto 6.197/20, e
de qualquer modo, à atividade de inteligência de segurança pública. aplicando-se ao processo respectivo o trâmite prescrito pelos arts. 5º e
6º da presente Resolução.
Parágrafo Único - As Recomendações do SISP/TO deverão ser
sempre aprovadas por unanimidade dos membros do Conselho Gestor, §1º A participação de que trata este artigo será temporalmente
ouvidos os demais membros especiais e colaboradores, e poderão ter delimitada e prorrogável, conforme o caso,enquanto verificadas as
grau de sigilo atribuído conforme o caso.
condições justificadoras da colaboração, sempre aferidas em pareceres
IX - Compete ao Conselho Gestor decidir os casos omissos elaborados pela Secretaria Executiva e submetidos ao Conselho Gestor
relacionados ao funcionamento do SISP/TO, ouvidos os demais membros, para apreciação e decisão.
conforme o caso.
§2º Terminado o período da colaboração ajustada, serão
Dos Membros Especiais e Colaboradores do SISP/TO consideradas igualmente findas as relações respectivas, para todos os
fins, devendo a Secretaria Executiva do SISP/TO adotar as medidas
Art. 5º Compete ao Conselho Gestor do SISP/TO aprovar
as adesões e participações, voluntárias ou por convite, dos Membros de salvaguarda necessárias à preservação da integridade de dados,
Especiais do SISP/TO, referidos no art. 3º do Decreto Estadual 6.197/20, informações e conhecimentos gerados, em obediência às normas de
mediante aprovação da maioria simples dos seus membros em reunião ISP aplicáveis à espécie.
ordinária.
Art. 9º Em todo e qualquer caso, os Membros Especiais ou
§1º A exclusão de qualquer AI/UI Especial do SISP-TO, ou de Colaboradores terão sua entrada e participação no SISP/TO condicionada
algum de seus representantes, poderá ser proposta por quaisquer de seus
à disponibilização permanente e atualizada de bases de dados e/ou
membros, de forma justificada, e será decidida em reunião extraordinária
do Conselho Gestor, convocada exclusivamente para tal fim, com sistemas próprios, de interesse da inteligência de segurança pública
participação das AI/UI envolvidas e garantido amplo direito de defesa, estadual, que possam integrar a Base Integrada de Inteligência de
devendo tal decisão ser aprovada por unanimidade e registrada em ata Segurança Pública do Tocantins (BISP/TO).
classificada conforme o grau de sigilo necessário, de tudo comunicando-se
o órgão ou instituição de origem da AI/UI. Parágrafo Único - O Conselho Gestor, ao apreciar os processos
relacionados à entrada de Membros Efetivos e Colaboradores no SISP/TO,
Art. 6º As AI/UI Especiais poderão solicitar sua adesão ao SISP/TO
deverá avaliar expressamente as condições de disponibilização efetiva
a partir da publicação da presente Resolução, e a qualquer tempo,
mediante requerimento próprio firmado pelo titular do órgão ou instituição e relevância de, no mínimo, uma base de dados e/ou sistema próprio
a que pertençam, endereçado à presidência do Conselho Gestor. pertencentes ou geridas pelos respectivos interessados.
32 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

Da Presidência do Conselho Gestor do SISP-TO III - A concessão de credencial de segurança do SISP/TO aos
profissionais designados para os trabalhos respectivos será condicionada
Art. 10. A Presidência do Conselho Gestor obedecerá ao que ao preenchimento de formulário com dados pessoais e autorização para
dispõe o parágrafo único do art. 5º, do Decreto nº 6.197, de 9 de dezembro investigação social, que será realizada com o atendimento pleno das
de 2020, e será ocupada alternadamente a cada ano, a contar da data normas que regem a espécie.
de instalação formal do SISP/TO.
IV - Os credenciados deverão comprometer-se, mediante
Art. 11. Compete ao Presidente do Conselho Gestor: assinatura de termo próprio, a não revelar ou divulgar dados, informações
ou conhecimentos classificados dos quais tenham tido conhecimento no
I. Convocar e coordenar as reuniões do SISP/TO; exercício das funções desempenhadas junto ao SISP/TO, mesmo após
o seu desligamento.
II. Representar o SISP/TO;
Art. 16. O acesso, a divulgação e o tratamento de dados,
III. Assinar os atos formais do Conselho Gestor, em seu nome; informações e conhecimentos classificados somente poderão ser
concedidos à pessoa que tenha necessidade de conhecê-lo, e que possua
IV. Receber e organizar propostas de pontos de pautas para Credencial de Segurança na forma desta Resolução.
as reuniões;
I - A necessidade de conhecer, de que trata este artigo, decorre
Da Secretaria Executiva do Conselho Gestor do SISP/TO do efetivo exercício de cargo, função ou atividade.

Art. 12. A Secretaria Executiva do Conselho Gestor do SISP/TO II - O acesso concedido à determinada pessoa, deverá ser
será exercida nos termos do art. 7º, do Decreto 6.197/20, e será ocupada continuamente reavaliado pelo Conselho Gestor, que o cancelará tão
pelo titular da Agência Central de Inteligência de Segurança Pública da logo deixe de ser preenchida qualquer condição estabelecida para sua
Secretaria de Segurança Pública do Estado do Tocantins. concessão.

Art. 13. Compete ao Secretário Executivo do Conselho Gestor III - O acesso a assuntos classificados pelo Conselho Gestor
do SISP/TO: dependerá da função desempenhada pela pessoa e não de seu grau
hierárquico, posição ou precedência dentro do órgão a que pertence.
I. Auxiliar o Presidente do Conselho Gestor no desempenho de
suas atividades, representando o SISP/TO em caráter subsidiário; Art. 17. Os documentos do SISP/TO serão armazenados em
meios que ofereçam condições especiais de segurança orgânica, inclusive
II. Secretariar as reuniões e elaborar as respectivas atas e no que respeita à credencial de acesso e necessidade de conhecimento
Recomendações; dos profissionais encarregados da gestão respectiva.

III. Executar e coordenar as atividades administrativas do §1º Os meios eletrônicos de armazenamento de documento
SISP/TO; controlado, inclusive os dispositivos móveis, devem utilizar recursos
criptográficos adequados ao seu manuseio.
IV. Elaborar e expedir ofícios, comunicados, convocatórias,
ordens de serviço, publicações e demais expedientes de deliberação e §2º Os agentes responsáveis pela guarda ou custódia de dados,
encaminhamento do Conselho Gestor; informações ou conhecimentos classificados transmitirão formalmente
este acervo a seus substitutos, devidamente conferido, quando da
V. Elaborar, colher e salvaguardar Termos de Comprometimento passagem ou transferência de responsabilidade.
de Sigilo, Credenciais de Acesso, Formulários de Informações Funcionais
e demais documentos necessários à rotina de trabalho do Conselho §3º A transmissão de responsabilidade a que se refere
Gestor; o parágrafo anterior deverá ser formalizada por meio de termo de
transferência que deverá conter, no mínimo, os seguintes elementos:
VI. Promover o controle do recebimento e guarda de documentos
e materiais, no que couber; numeração sequencial e data;
identificação dos agentes públicos substituto e substituído;
VII. Apoiar o trabalho das comissões, câmeras temáticas, grupos identificação dos documentos ou termos de inventário a serem
de trabalho e afins; transferidos; e local e assinatura.

VIII. Coordenar, por meio das estruturas próprias da SIE/SSP/TO Art. 18. O acesso à informação classificada em qualquer grau
e outras que porventura venham a integrar o Sistema, a execução das de sigilo por pessoa não credenciada ou não autorizada por legislação
ações previstas no art. 7º, do Decreto 6.197, de 9 de dezembro de 2020, poderá, excepcionalmente, ser permitido mediante assinatura de Termo
respeitadas a autonomia funcional e liderança situacional dos envolvidos. de Compromisso de Manutenção de Sigilo - TCMS, pelo qual a pessoa se
obrigará a manter o sigilo da informação, sob pena de responsabilidade
Das Normas de Segurança e Confidencialidade penal, civil e administrativa, na forma da Lei.

Art. 14. As áreas e instalações que compõem o Conselho Gestor Disposições Finais
e Secretaria Executiva, ou as áreas de funcionamento especialmente
designadas para o trabalho do SISP/TO serão protegidas por medidas Art. 19. A regulamentação da Base Integrada de Inteligência de
de segurança orgânica, tendo seu acesso restrito às pessoas autorizadas Segurança Pública do Tocantins (BISP/TO) e dos protocolos de gestão
pelas respectivas agências ou unidades de inteligência a que pertençam. de conhecimento de inteligência de segurança pública deverá ser feita
em resolução própria e exclusiva, a ser expedida pelo Conselho Gestor
Art. 15. Os profissionais designados por quaisquer membros ou no prazo e nas condições estabelecidas pelo Decreto Estadual 6.197/20.
colaboradores para os trabalhos do SISP/TO serão submetidos a processo
de credenciamento preliminar de segurança, conduzido pela Secretaria Art. 20. Os atos de natureza não sigilosa do Conselho Gestor
Executiva do Conselho Gestor do SISP/TO. do SISP/TO serão publicados, quando for o caso, em órgãos oficiais de
comunicação estadual.
I - Os profissionais de que trata este artigo serão previamente
indicados pelo representante da agência ou unidade de inteligência, órgão Art. 21. O SISP/TO terá brasão identificador próprio, conforme
ou entidade participante do SISP/TO e, em caso de veto preliminar, será modelo aprovado pelo Conselho Gestor em resolução específica.
feita comunicação com vistas à substituição do indicado;
Art. 22. Esta Resolução entra em vigor na data de sua
II - Caso a agência ou unidade de Inteligência, órgão ou publicação.
entidade participante do SISP/TO queira prosseguir com a indicação
preliminarmente vetada, será a mesma submetida formalmente à RÔMULO BERRÊDO
apreciação do Conselho Gestor, em reunião sigilosa extraordinária e Superintendente de Inteligência e Estratégia
exclusiva dos membros efetivos do SISP/TO, que decidirá em definitivo; Presidente do Conselho Gestor
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 33
VI - responsabilizar-se pelas justificativas que se fizerem
ADAPEC necessárias em respostas a eventuais diligências dos órgãos de Controle
Interno e Externo;

EXTRATO DO QUARTO TERMO ADITIVO VII - atestar a realização dos serviços efetivamente prestados
e/ou recebimentos dos materiais;
CONTRATO: Nº 009/2018.
PROCESSO: Nº 2018.34530.000015 VIII - observar a execução do contrato, dentro dos limites dos
LOCATÁRIO: AGÊNCIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA DO ESTADO DO créditos orçamentários para ele determinado;
TOCANTINS - ADAPEC/TO.
LOCADOR: AVELAR PARTICIPAÇÕES S/A. IX - manifestar-se por escrito, mensalmente, em forma de
OBJETO: Prorrogar o prazo de vigência ao Contrato, atualizar a dotação relatório juntado aos autos acerca da exequibilidade do referido ajuste
orçamentária para o exercício e reajustar o valor. contratual;
VALOR: R$ 11.000,00 (onze mil reais) mensais totalizando um valor de
R$ 132.000,00 (cento e trinta e dois mil reais) anual. X - exigir que o contratado repare, corrija, remova, construa ou
DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 34530.20.122.1148.4080 substitua, às suas expensas, no total ou em parte, o objeto do contrato
ELEMENTO DE DESPESA: 33.90.39 em que se verificarem vícios, defeitos ou incorreções resultantes da
FONTE: 0240. execução ou de materiais empregados, nos termos e no art. 69, da Lei
VIGÊNCIA: 20/03/2021 a 19/03/2022. Federal nº 8.666/93.
DATA DA ASSINATURA: 08/03/2021.
SIGNATÁRIOS: PAULO ANTONIO DE LIMA. Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
Presidente - ADAPEC/TOCANTINS.
AVELAR PARTICIPAÇÕES S/A. Jairo Soares Mariano
Proprietária do imóvel urbano. Presidente

EXTRATO DA NOTA DE EMPENHO


ADETUC
Processo nº: 2020/10820/000099
Nota de Empenho: nº 2021NE00042
PORTARIA Nº 33/2021/GABPRES/ADETUC, Contratante: Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia
DE 17 DE MARÇO DE 2021. Criativa.
Contratado: KG FERRAZ EIRELI ME
O PRESIDENTE DA AGÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DO CNPJ: 22.460.102/0001-22
TURISMO, CULTURA E ECONOMIA CRIATIVA - ADETUC, no uso das Objeto do Empenho: Água mineral - sem gás
atribuições que lhe conferem a Lei nº 3.421, de 08 de março de 2019 e Modalidade de Licitação: Dispensa de Licitação com base no art. 24,
ATO nº 153 - NM, de 02 de fevereiro de 2021, publicado no DOE edição inciso II, da Lei 8.666/93.
nº 5.779, de 02 de fevereiro de 2021; Valor do Empenho: R$ 270,00 (Duzentos e setenta reais).
Natureza da Despesa: 33.90.30
RESOLVE: Fonte de Recurso: 0100
Data da Assinatura: 24/02/2021
Art. 1º Designar os servidores abaixo identificados, para sem Vigência: 10 dias após a emissão da nota de empenho.
nenhum prejuízo de suas atribuições normais, exercerem o encargo de Signatários: Jairo Soares Mariano - Representante da Contratante
fiscal de Contrato, bem como, designar os respectivos substitutos, para Karulina Gomes Ferraz - Representante Legal da Contratada.
os casos de impedimentos e afastamentos legais do titular, dos contratos
elencados a seguir:

Número das Notas Número do


EXTRATO DA NOTA DE EMPENHO
Fiscal do Contrato Fiscal Substituto Objeto do Processo
de Empenhos Processo
2021NE00042
2020/10820/00099
Guilherme Pereira Rocha Lívia Barreto Amorim Aquisição de material de consumo, Processo nº: 2020/10820/000099
2021NE00043 Mat: 11605693-2 Mat: 1162845-5 expediente, copa e limpeza.
Número do Número do
Nota de Empenho nº: 2021NE00043
Fiscal do Contrato Fiscal Substituto Objeto do Processo
Contrato Processo Contratante: Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia
Victor Rodrigues de Sousa Lívia Barreto Amorim
Contratação de empresa especializada Criativa.
01/2021 2021/10820/00018 na prestação de serviços de locação de
Mat: 11600730-2 Mat: 1162845-5
veículo do tipo camionete Contratado: HEVERTON AUGUSTO CHAGAS COSTA
CNPJ: 22.739.115/0001-35
Objeto do Empenho: Açúcar cristal; Bloco adesivo post-it amarelo;
Art. 2º São atribuições do fiscal:
Cera líquida para piso - incolor; Cera líquida para piso vermelho; Copo
I - acompanhar e fiscalizar o fiel cumprimento do Contrato das descartável 200 ml; Copo descartável 80 ml; Desodorizador de ar spray;
cláusulas avençadas; Detergente para limpeza pesada; Filtro de água vazão 130 l/h; Fita adesiva
transparente 45 m x 45 mm; Limpador multiuso 500ml; Pano para limpeza
II - anotar em registro próprio, em forma de relatório, as 730 x 520 mm; Papel higiênico 300 m x 10; Papel toalha 220 x 200; Pilha
irregularidades encontradas, as providências que determinam os modelo AA; Pilha modelo AAA 3; Pincel marcador para quadro branco
incidentes verificados e o resultado dessas medidas, bem como, informar azul; Pincel marcador para quadro branco cor preta; Pincel marcador para
por escrito à Diretoria Administrativa e Financeira sobre tais eventos; quadro branco cor vermelho; Refil/filtro modelo 200 tamanho 7”; Refil/filtro
modelo 230 tamanho: 7”; Régua transparente 30 cm; Sabonete líquido
III - determinar providências de retificação das irregularidades 5 litros; Sabão em pó; Saco pra lixo 100L; Saco para lixo 200 L; Saco
encontradas e incidentes e imediatamente comunicar através de relatório para lixo 30; Saco para lixo 60 L; Tesoura aço inoxidável tamanho 8”.
à Diretoria Administrativa e Financeira para ciência e apreciação das Modalidade de Licitação: Dispensa de Licitação com base no art. 24,
providências; inciso II, da Lei 8.666/93.
Valor do Empenho: R$ 15.839,29 (Quinze mil, oitocentos e trinta e nove
IV - relatar o resultado das medidas retificadoras, de forma reais e vinte e nove centavos).
conclusiva ao prosseguimento ou não do contrato; Natureza da Despesa: 33.90.30
Fonte de Recurso: 0100
V - opinar sobre a oportunidade e conveniência de prorrogação Data da Assinatura: 24/02/2021
de vigência ou aditamento de objeto, com antecedência de 60 dias do Vigência: 10 dias após a emissão da nota de empenho.
final da vigência, logo após, encaminhar para a Diretoria Administrativa Signatários: Jairo Soares Mariano - Representante da Contratante
e Financeira para as devidas providências; Heverton Augusto Chagas Costa - Representante Legal da Contratada.
34 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

GCN6577/SP 01640980890 AGETO RE00370230 25/02/2021 16:00 6840-2


DETRAN GVH8564/TO 65825632115 AGETO RE00370231 25/02/2021 15:30 6823-1
GIU9G34/SP 18787448000162 AGETO RE00370310 25/02/2021 17:53 6823-1
QJE9858/SC 02904569000107 AGETO RE00370289 26/02/2021 10:20 6840-1
OGT5097/GO 32691205000157 AGETO RE00364420 26/02/2021 07:50 6831-1
EDITAL DE NOTIFICAÇÃO DE AUTUAÇÃO HBK7933/GO 00384200150 DETRAN TO00149133 25/02/2021 18:51 6599-2
DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO Nº 000954/2021 NJH9557/PA 05394752117 DETRAN TO00171203 26/02/2021 00:10 5010-0
NJH9557/PA 05394752117 DETRAN TO00171204 26/02/2021 00:10 6653-2
O Departamento Estadual de Trânsito, com base nas NJH9557/PA 05394752117 DETRAN TO00171205 26/02/2021 00:10 7340-0
competências elencadas nos arts. 21 e 281, da Lei 9.503/97 - CTB, e OLN4H18/TO 05516840112 DETRAN TO00179961 25/02/2021 17:15 7048-0
também nas disposições da Lei nº 9.873/99, resolve dar ciência dos QKJ2601/TO 90942663187 DETRAN TO00179962 26/02/2021 09:45 7048-1
respectivos Autos de Infração constantes do edital e estabelece o prazo OPD4220/MG 14524386000145 AGETO RE00337045 23/02/2021 21:53 5746-3
de 30 dias para interposição de recursos. Os dados das infrações de CUT9990/SP 08800999000165 AGETO RE00369738 24/02/2021 13:14 7633-2
trânsito estão na seguinte ordem: Placa/UF; CPF/CNPJ; Órgão Autuador; LVJ7722/PI 05802590000190 AGETO RE00369736 24/02/2021 13:50 6599-2
Nº Auto de Infração; Data do cometimento; Hora Cometimento e Código/ GNK5647/GO 89092821500 AGETO RE00366988 24/02/2021 09:17 7242-2
Desdobramento. Demais informações e segunda via das notificações CUT9990/SP 08800999000165 AGETO RE00369733 24/02/2021 12:52 6602-0
devem ser obtidas através do endereço eletrônico: multas@detran. CUT9990/SP 08800999000165 AGETO RE00369732 24/02/2021 12:52 6831-1
to.gov.br. RKW6J58/SC 09433294000110 AGETO RE00369731 24/02/2021 09:18 6823-1
PPX9218/ES 30689889000127 AGETO RE00369730 23/02/2021 16:43 6823-1
Nº Auto de Data do Hora do Código/
PLACA/UF CPF/CNPJ Órgão Autuador BWD5700/SP 13351211880 AGETO RE00369761 24/02/2021 17:10 6823-1
Infração cometimento cometimento Desdobramento
KDN6798/TO 33316309187 AGETO RE00369760 24/02/2021 15:17 6580-0
QKC5302/TO 27688712149 DETRAN TO02127596 25/02/2021 17:10 5010-0
QKE8963/TO 97605913168 AGETO RE00369759 24/02/2021 10:45 7633-2
OLI8437/TO 73532452120 DETRAN TO00261816 25/02/2021 17:05 7633-2
QWD6I62/TO 71235541169 AGETO RE00369758 24/02/2021 10:22 6270-0
NVW7058/TO 31612355000165 DETRAN TO00252870 25/02/2021 16:50 7366-2
PQH4370/TO 27404129000111 AGETO RE00369757 24/02/2021 10:20 6270-0
KCM5609/GO 80672760134 DETRAN TO00332238 25/02/2021 22:40 6599-2
QKJ1190/TO 58546308187 AGETO RE00369756 24/02/2021 10:15 7633-2
KCM5609/GO 80672760134 DETRAN TO00332239 25/02/2021 22:40 5010-0
DBL4293/MG 08603575000100 AGETO RE00369755 24/02/2021 10:28 6831-1
OLM2671/TO 01013935632 DETRAN TO01311732 25/02/2021 15:20 7633-2
PTB1986/MA 15116639000104 AGETO RE00369754 24/02/2021 09:25 6823-1
QKL4681/TO 79307973172 DETRAN TO00317343 25/02/2021 15:10 7633-1
NGV0210/TO 01456514105 AGETO RE00369745 25/02/2021 16:53 7633-2
QWE7D74/TO 33163622000190 DETRAN TO01519939 25/02/2021 16:12 5550-0
PBE0059/DF 37056132000145 AGETO RE00345599 25/02/2021 09:55 6068-2
JVV0C15/PI 02774219345 DETRAN TO01519940 25/02/2021 16:10 5550-0
PBE0059/DF 37056132000145 AGETO RE00345598 25/02/2021 09:55 7242-2
FHT7H12/MG 03033758681 DETRAN TO01519933 25/02/2021 14:50 5550-0
QVN3C65/PA 17995868000171 AGETO RE00364943 25/02/2021 21:00 5746-3
MXC0645/TO 04581624185 DETRAN TO01519934 25/02/2021 15:08 5550-0
QVN3C65/PA 17995868000171 AGETO RE00364955 25/02/2021 21:00 5835-0
MWD7432/TO 00335133177 DETRAN TO00974686 25/02/2021 18:40 5258-1
IVF4782/GO 10918532000166 AGETO RE00336990 25/02/2021 07:20 6823-1
PSR9331/MA 61668575353 DETRAN TO00974688 25/02/2021 18:40 5258-1
OLJ3616/TO 17702906804 AGETO RE00369744 25/02/2021 16:00 7633-2
OLL7464/TO 91975638115 DETRAN TO01297353 25/02/2021 17:00 5401-0
IZU9D58/RS 10412207000127 AGETO RE00369743 25/02/2021 14:51 6831-1
OLM2671/TO 01013935632 DETRAN TO00317328 25/02/2021 15:20 7633-2
MVR0833/TO 04727791170 DETRAN TO01173185 24/02/2021 11:12 7625-2
QWA1037/TO 11934410000126 DETRAN TO00252871 25/02/2021 17:19 7366-2
MML9606/TO 13240402000105 AGETO RE00369742 25/02/2021 13:40 7358-0
OLL8437/TO 36036218168 DETRAN TO00261817 25/02/2021 17:05 5185-1
PXB5257/MG 08928273000889 AGETO RE00369741 25/02/2021 13:15 7366-2
OYC0799/TO 24095680920 DETRAN TO00261853 25/02/2021 17:01 5185-1
HFD4620/MG 26300004000189 AGETO RE00369740 25/02/2021 13:06 7633-2
MXC0102/TO 80257763368 DETRAN TO00261814 25/02/2021 15:24 5738-0
MWY3958/TO 07091606825 AGETO RE00369739 25/02/2021 10:15 6270-0
PAG4550/DF 08688257191 DETRAN TO00261813 25/02/2021 15:24 5738-0
ONU0899/GO 07834767000165 AGETO RE00369764 25/02/2021 18:53 6823-1
OLK2391/TO 73780170272 DETRAN TO00252869 25/02/2021 15:24 5738-0
QKI0E67/TO 06494134157 AGETO RE00220277 25/02/2021 18:40 5010-0
OLI8437/TO 73532452120 DETRAN TO00261815 25/02/2021 17:05 6050-1
QKI0E67/TO 06494134157 AGETO RE00220278 25/02/2021 18:20 7340-0
OLN3C00/TO 00654053154 DETRAN TO00849169 26/02/2021 00:55 6530-0
QKM6849/TO 02496709170 AGETO RE00299081 25/02/2021 11:30 5967-0
MWD7432/TO 00335133177 DETRAN TO00974685 25/02/2021 18:40 6599-2
MWN3602/TO 02801118192 DETRAN TO01173189 24/02/2021 18:08 7048-1
MWD7432/TO 00335133177 DETRAN TO00974684 25/02/2021 18:40 5010-0
OYC2982/TO 22923863000173 DETRAN TO01173188 24/02/2021 17:04 5193-0
QKH1407/TO 90632150106 DETRAN TO00518259 26/02/2021 06:30 5010-0
MWL2613/TO 05412112501 DETRAN TO01173186 24/02/2021 11:15 7625-2
QKH1407/TO 90632150106 DETRAN TO00518260 26/02/2021 06:37 6912-0
OLJ2219/TO 01563350181 DETRAN TO01173184 24/02/2021 11:11 7625-1
MWS1493/TO 02962310109 DETRAN TO00090453 25/02/2021 18:20 6599-2
MVR3494/TO 63777118249 DETRAN TO00100634 23/02/2021 16:40 6599-2
OBW2I09/PA 11597498000138 AGETO RE00363152 25/02/2021 19:10 5746-1
MWG5341/TO 01773324179 DETRAN TO00100633 23/02/2021 18:20 7048-3
LWC3615/PA 11413208000159 AGETO RE00369299 25/02/2021 16:24 6823-1
ITQ5912/TO 30150191987 DETRAN TO00099954 23/02/2021 19:10 5541-2
PLF3284/BA 03097679000177 AGETO RE00371122 25/02/2021 17:27 6823-1
GKR5700/TO 07693875000165 DETRAN TO00101161 24/02/2021 15:30 5410-0
AUK4802/DF 27408620168 AGETO RE00369300 25/02/2021 17:28 6823-1
OTU3H09/TO 37809199234 DETRAN TO00091960 24/02/2021 10:45 6122-0
OHU3F09/RO 34764472000132 AGETO RE00380352 25/02/2021 18:08 6823-1
NGZ0409/TO 96889276191 DETRAN TO00099957 24/02/2021 10:44 5452-2
POR4324/CE 17874939000188 AGETO RE00371124 25/02/2021 19:12 6823-1
MBV3971/RS 35826503000103 DETRAN TO00101160 24/02/2021 08:20 5410-0
POR4324/CE 17874939000188 AGETO RE00371125 25/02/2021 19:12 5746-3
CNR2746/SP 13260259880 DETRAN TO00101159 24/02/2021 07:30 5410-0
IYX0925/RS 90580275000134 AGETO RE00380314 25/02/2021 20:00 5746-3
MWN7I40/TO 06063342117 DETRAN TO00101162 25/02/2021 20:30 6653-1
IYX0925/RS 90580275000134 AGETO RE00380315 25/02/2021 20:00 6971-0
QWF7B26/TO 60722169191 AGETO RE00379009 23/02/2021 14:01 5460-0
QRT6F40/PI 28517380000155 AGETO RE00371126 25/02/2021 21:20 5746-3
MVR8G14/TO 59657537134 DETRAN TO00257761 26/02/2021 07:50 6556-1
QRU2H54/PI 09494974000143 AGETO RE00380316 25/02/2021 21:20 5746-3
OLJ5597/TO 09413989000130 AGETO RE00379015 23/02/2021 10:37 6769-0
QRU2H54/PI 09494974000143 AGETO RE00380317 25/02/2021 21:20 6823-1
OLK1362/TO 24407713000132 AGETO RE00379016 23/02/2021 10:39 5185-2
QRU2H54/PI 09494974000143 AGETO RE00380318 25/02/2021 21:20 6971-0
QWF5B34/TO 06745904144 AGETO RE00379018 24/02/2021 19:00 5010-0
QRN8016/PI 28517380000155 AGETO RE00371127 25/02/2021 21:25 6823-1
MVR8G14/TO 59657537134 DETRAN TO00257760 26/02/2021 07:50 6599-2
QRN8016/PI 28517380000155 AGETO RE00371128 25/02/2021 21:25 5746-3
MWZ7035/TO 01028602111 DETRAN TO00257764 26/02/2021 08:30 6556-1
JGL8819/TO 00471822108 DETRAN TO00517656 26/02/2021 03:50 5452-1
MWZ7035/TO 01028602111 DETRAN TO00257763 26/02/2021 08:30 6599-2
NEW6600/TO 04333091136 DETRAN TO00517657 26/02/2021 04:50 7579-0
MVR2830/TO 84720107168 DETRAN TO00257758 26/02/2021 08:10 5010-0
NEW6600/TO 04333091136 DETRAN TO00517659 26/02/2021 04:50 5010-0
ARQ9679/GO 00795753152 AGETO RE00379017 24/02/2021 19:00 6599-2
MVR6186/TO 07436887000104 DETRAN TO00133682 26/02/2021 01:17 5169-1
EDB5385/TO 00977069141 AGETO RE00379164 25/02/2021 09:23 5967-0
MXG0278/TO 44908610363 DETRAN TO00133681 25/02/2021 20:12 5010-0
MXE7484/TO 03488989160 AGETO RE00379165 25/02/2021 16:20 5967-0
QWD6J45/TO 07635426109 DETRAN TO00171059 26/02/2021 04:00 5010-0
QKM0715/TO 98398270497 AGETO RE00373501 23/02/2021 14:38 7242-2
QET1739/PA 15097832000145 AGETO RE00380403 26/02/2021 08:21 5746-3
JFV3459/TO 00364238151 DETRAN TO00257765 26/02/2021 10:05 5428-3
AUD3950/MT 27800930000186 AGETO RE00368859 26/02/2021 09:20 6823-1
QKA8088/TO 25021692000185 AGETO RE00372991 24/02/2021 14:35 5967-0
QKC0B40/TO 14456346191 AGETO RE00377082 25/02/2021 15:32 7633-2
NWU6777/MA 00748671307 DETRAN TO00308622 25/02/2021 09:30 5010-0
QKI5588/TO 05083509130 AGETO RE00377083 25/02/2021 18:20 7242-2
NWU6777/MA 00748671307 DETRAN TO00308623 25/02/2021 09:30 6599-2
QKC1005/TO 76968936100 AGETO RE00377084 25/02/2021 18:21 7242-2
NTA9934/PA 87433346287 DETRAN TO00308626 25/02/2021 13:57 6599-2
EFN1092/TO 00623456133 AGETO RE00377085 25/02/2021 18:30 7242-2
MWV2635/TO 32808003153 DETRAN TO00138302 23/02/2021 21:50 6599-2
MVT4394/TO 20718772687 AGETO RE00377087 25/02/2021 18:05 7242-2
MWV2635/TO 32808003153 DETRAN TO00138303 23/02/2021 21:50 5010-0
QKL9303/TO 05860741000166 AGETO RE00370906 26/02/2021 08:50 6831-1
JVF1793/GO 00510628109 DETRAN TO00150049 18/02/2021 13:10 5410-0
DZC0242/TO 98286463153 AGETO RE00377088 25/02/2021 18:10 7242-2
JJR5988/DF 41041917104 DETRAN TO00307179 17/02/2021 17:20 6599-2
HSX3996/TO 88148939187 AGETO RE00377089 25/02/2021 18:15 7242-2
RML2F26/MG 16670085000155 DETRAN TO00135803 25/02/2021 00:40 6530-0
QKD7539/TO 01613982194 AGETO RE00376360 25/02/2021 15:00 7633-1
RML2F26/MG 16670085000155 DETRAN TO00135802 21/02/2021 23:20 6530-0
AZA6J39/TO 02078016144 AGETO RE00376362 26/02/2021 09:05 6580-0
JJR5988/DF 41041917104 DETRAN TO00307178 17/02/2021 17:20 5010-0
FOZ7070/SP 50290329000960 AGETO RE00376363 26/02/2021 09:40 7242-2
MWL6558/TO 32193764000137 DETRAN TO00138301 22/02/2021 11:10 7056-2
OYC4900/TO 02826516167 AGETO RE00376364 26/02/2021 09:59 7242-2
MWL6558/TO 32193764000137 DETRAN TO00150050 22/02/2021 11:10 5010-0
MRG9832/SP 20714327000132 AGETO RE00364419 25/02/2021 16:23 6823-1
RFS3A87/MG 04437534001455 DETRAN TO00209407 25/02/2021 08:21 7633-1
BUD1342/GO 04034042150 AGETO RE00370228 25/02/2021 14:30 6823-1
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 35
PORTARIA Nº 784, DE 16 DE MARÇO DE 2021.
IGEPREV
Dispõe sobre a retificação da portaria que concedeu
benefício de Aposentadoria por Invalidez da segurada
PORTARIA Nº 782, DE 16 DE MARÇO DE 2021. Dalvanira Xavier de Sousa Martins.

Dispõe sobre a retificação da portaria que concedeu O PRESIDENTE DO INSTITUTO DE GESTÃO PREVIDENCIÁRIA
benefício de Aposentadoria Voluntária por Tempo de DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso de suas atribuições legais que lhe
Contribuição da segurada Elizabete Cirqueira Aguiar. confere o art. 20, IX, da Lei nº 1.940, de 1º de julho de 2008, e

O PRESIDENTE DO INSTITUTO DE GESTÃO PREVIDENCIÁRIA CONSIDERANDO os termos da Portaria nº 1524/2019/GASEC,


DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso de suas atribuições legais que lhe de 23 de outubro de 2019, publicada no Diário Oficial do Estado nº 5.472,
confere o art. 20, IX, da Lei nº 1.940, de 1º de julho de 2008, e de 29 de outubro de 2019;
CONSIDERANDO os termos da Portaria nº 1680/2019/GASEC,
CONSIDERANDO a manifestação Jurídica da Douta
de 22 de novembro de 2019, publicada no Diário Oficial do Estado
Procuradoria-Geral do Estado, por meio do Parecer “SPA” nº 1.204, de 22
nº 5.491, de 26 de novembro de 2019;
de setembro de 2020, aprovado pelo Despacho “SCE/GAB” nº 1778, de 24
CONSIDERANDO a manifestação Jurídica da Douta de setembro de 2020, acolhido pelo Despacho nº 2706/2020/GABPRES,
Procuradoria-Geral do Estado, por meio do Parecer “SPA” nº 1.204, de 22 de 30 de setembro de 2020, e tendo em vista a manifestação da Diretoria
de setembro de 2020, aprovado pelo Despacho “SCE/GAB” nº 1778, de 24 de Previdência deste Instituto por meio do Despacho nº 713/2021, de 15
de setembro de 2020, acolhido pelo Despacho nº 2706/2020/GABPRES, de fevereiro de 2021;
de 30 de setembro de 2020, e tendo em vista a manifestação da Diretoria
de Previdência deste Instituto por meio do Despacho nº 675/2021, de 12 RESOLVE:
de fevereiro de 2021;
Art. 1º RETIFICAR a Portaria nº 501/AP, de 22 de junho de 2016,
RESOLVE: publicada no Diário Oficial do Estado nº 4.655, de 05 de julho de 2016, em
relação à segurada DALVANIRA XAVIER DE SOUSA MARTINS, apenas
Art. 1º RETIFICAR a Portaria nº 209, de 04 de fevereiro de 2019, para considerar os proventos correspondentes ao Nível III, Referência D,
publicada no Diário Oficial do Estado nº 5.295, de 07 de fevereiro de 2019, do cargo de Professor Assistente A, com base no que consta dos autos
em relação à segurada ELIZABETE CIRQUEIRA AGUIAR, apenas para nº 2020.04.00214R1.
considerar os proventos correspondentes ao Nível III, Referência E, do
cargo de Professor Normalista, com base no que consta dos autos nº
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação,
2020.04.205591R1.
retroagindo seus efeitos financeiros a 05 de julho de 2016.
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação,
retroagindo seus efeitos financeiros a partir de 07 de fevereiro de 2019. SHARLLES FERNANDO BEZERRA LIMA
Presidente
SHARLLES FERNANDO BEZERRA LIMA
Presidente
PORTARIA Nº 785, DE 16 DE MARÇO DE 2021.

PORTARIA Nº 783, DE 16 DE MARÇO DE 2021. Dispõe sobre a retificação da portaria que concedeu
benefício de Aposentadoria Voluntária por Tempo de
Dispõe sobre a retificação da portaria que concedeu Contribuição da segurada Bernadete da Silva Soares.
benefício de Aposentadoria Voluntária por Tempo de
Contribuição da segurada Mariluse Dias Noleto. O PRESIDENTE DO INSTITUTO DE GESTÃO PREVIDENCIÁRIA
DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso de suas atribuições legais que lhe
O PRESIDENTE DO INSTITUTO DE GESTÃO PREVIDENCIÁRIA confere o art. 20, IX, da Lei nº 1.940, de 1º de julho de 2008, e
DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso de suas atribuições legais que lhe
confere o art. 20, IX, da Lei nº 1.940, de 1º de julho de 2008, e
CONSIDERANDO os termos da Portaria nº 1417/2019/GASEC,
de 01 de outubro de 2019, publicada no Diário Oficial do Estado nº 5.460,
CONSIDERANDO os termos da Portaria nº 1437/2019/GASEC,
de 03 de outubro de 2019, publicada no Diário Oficial do Estado nº 5.460, de 10 de outubro de 2019;
de 10 de outubro de 2019;
CONSIDERANDO a manifestação Jurídica da Douta
CONSIDERANDO a manifestação Jurídica da Douta Procuradoria-Geral do Estado, por meio do Parecer “SPA” nº 1.204, de 22
Procuradoria-Geral do Estado, por meio do Parecer “SPA” nº 1.204, de 22 de setembro de 2020, aprovado pelo Despacho “SCE/GAB” nº 1778, de 24
de setembro de 2020, aprovado pelo Despacho “SCE/GAB” nº 1778, de 24 de setembro de 2020, acolhido pelo Despacho nº 2706/2020/GABPRES,
de setembro de 2020, acolhido pelo Despacho nº 2706/2020/GABPRES, de 30 de setembro de 2020, e tendo em vista a manifestação da Diretoria
de 30 de setembro de 2020, e tendo em vista a manifestação da Diretoria de Previdência deste Instituto por meio do Despacho nº 742/2021, de 16
de Previdência deste Instituto por meio do Despacho nº 712/2021, de 15 de fevereiro de 2021;
de fevereiro de 2021;
RESOLVE:
RESOLVE:
Art. 1º RETIFICAR a Portaria nº 57/AP, de 28 de janeiro de 2015,
Art. 1º RETIFICAR a Portaria nº 903/AP, de 21 de dezembro publicada no Diário Oficial do Estado nº 4.314, de 09 de fevereiro de 2015,
de 2015, publicada no Diário Oficial do Estado nº 4.536, de 11 de janeiro em relação à segurada BERNADETE DA SILVA SOARES, apenas para
de 2016, em relação à segurada MARILUSE DIAS NOLETO, apenas
considerar os proventos correspondentes ao Padrão IV, Referência L,
para considerar os proventos correspondentes ao Nível III, Referência D,
do cargo de Auxiliar de Serviços Gerais, com base no que consta dos
do cargo de Professor Normalista, com base no que consta dos autos
autos nº 2020.04.00791R1.
nº 2020.04.00957R2.

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação,
retroagindo seus efeitos financeiros a 11 de janeiro de 2016. retroagindo seus efeitos financeiros a partir de 09 de fevereiro de 2015.

SHARLLES FERNANDO BEZERRA LIMA SHARLLES FERNANDO BEZERRA LIMA


Presidente Presidente
36 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

PORTARIA Nº 786, DE 16 DE MARÇO DE 2021. CONSIDERANDO os termos da Portaria nº 1661/2019/GASEC,


de 18 de novembro de 2019, publicada no Diário Oficial do Estado
Dispõe sobre a retificação da portaria que concedeu nº 5.488, de 21 de novembro de 2019;
benefício de Aposentadoria Voluntária por Tempo de
Contribuição do segurado Marlene Pereira da Silva CONSIDERANDO a manifestação Jurídica da Douta
Alves. Procuradoria-Geral do Estado, por meio do Parecer “SPA” nº 1.204, de 22
de setembro de 2020, aprovado pelo Despacho “SCE/GAB” nº 1778, de 24
O PRESIDENTE DO INSTITUTO DE GESTÃO PREVIDENCIÁRIA de setembro de 2020, acolhido pelo Despacho nº 2706/2020/GABPRES,
DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso de suas atribuições legais que lhe de 30 de setembro de 2020, e tendo em vista a manifestação da Diretoria
confere o art. 20, IX, da Lei nº 1.940, de 1º de julho de 2008, e de Previdência deste Instituto por meio do Despacho nº 667/2021, de 12
de fevereiro de 2021;
CONSIDERANDO os termos da Portaria nº 1661/2019/GASEC,
de 18 de novembro de 2019, publicada no Diário Oficial do Estado RESOLVE:
nº 5.488, de 21 de novembro de 2019;
Art. 1º RETIFICAR a Portaria nº 1274, de 25 de setembro de
CONSIDERANDO a manifestação Jurídica da Douta 2018, publicada no Diário Oficial do Estado nº 5.209, de 01 de outubro
Procuradoria-Geral do Estado, por meio do Parecer “SPA” nº 1.204, de 22 de 2018, em relação à segurada MARIA SOARES DA SILVA, apenas
de setembro de 2020, aprovado pelo Despacho “SCE/GAB” nº 1778, de 24 para considerar os proventos correspondentes ao Nível II, Referência D,
de setembro de 2020, acolhido pelo Despacho nº 2706/2020/GABPRES, do cargo de Professor Normalista, com base no que consta dos autos
de 30 de setembro de 2020, e tendo em vista a manifestação da Diretoria nº 2020.04.204030R1.
de Previdência deste Instituto por meio do Despacho nº 706/2021, de 15
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação,
de fevereiro de 2021;
retroagindo seus efeitos financeiros a partir de 01 de outubro de 2018.
RESOLVE: SHARLLES FERNANDO BEZERRA LIMA
Presidente
Art. 1º RETIFICAR a Portaria nº 315/2018/GECORE/AP/SGD,
de 05 de março de 2018, publicada no Diário Oficial do Estado nº 5.068,
de 09 de março de 2018, em relação ao segurado MARLENE PEREIRA PORTARIA Nº 789, DE 16 DE MARÇO DE 2021.
DA SILVA ALVES, apenas para considerar os proventos correspondentes
ao Nível III, Referência D, do cargo de Professor Normalista, com base Dispõe sobre a retificação da portaria que concedeu
no que consta dos autos nº 2020.04.01660R1. benefício de Aposentadoria Voluntária por Tempo de
Contribuição da segurada Arcângela Borges Belfort
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, Queiroz.
retroagindo seus efeitos financeiros a 09 de março de 2018.
O PRESIDENTE DO INSTITUTO DE GESTÃO PREVIDENCIÁRIA
SHARLLES FERNANDO BEZERRA LIMA DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso de suas atribuições legais que lhe
Presidente confere o art. 20, IX, da Lei nº 1.940, de 1º de julho de 2008, e

CONSIDERANDO os termos da Portaria nº 1661/2019/GASEC,


PORTARIA Nº 787, DE 16 DE MARÇO DE 2021. de 18 de novembro de 2019, publicada no Diário Oficial do Estado
nº 5.488, de 21 de novembro de 2019;
Dispõe sobre a retificação da portaria que concedeu
benefício de Aposentadoria Voluntária por Tempo de CONSIDERANDO a manifestação Jurídica da Douta
Contribuição da segurada Ivone Corrêa da Silva. Procuradoria-Geral do Estado, por meio do Parecer “SPA” nº 1.204, de 22
de setembro de 2020, aprovado pelo Despacho “SCE/GAB” nº 1778, de 24
O PRESIDENTE DO INSTITUTO DE GESTÃO PREVIDENCIÁRIA de setembro de 2020, acolhido pelo Despacho nº 2706/2020/GABPRES,
DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso de suas atribuições legais que lhe de 30 de setembro de 2020, e tendo em vista a manifestação da Diretoria
confere o art. 20, IX, da Lei nº 1.940, de 1º de julho de 2008, e de Previdência deste Instituto por meio do Despacho nº 671/2021, de 12
de fevereiro de 2021;
CONSIDERANDO os termos da Portaria nº 1524/2019/GASEC,
RESOLVE:
de 23 de outubro de 2019, publicada no Diário Oficial do Estado nº 5.472,
de 29 de outubro de 2019;
Art. 1º RETIFICAR a Portaria nº 666, de 10 de maio de 2019,
publicada no Diário Oficial do Estado nº 5.355, de 10 de maio de 2019, em
CONSIDERANDO a manifestação Jurídica da Douta relação à segurada ARCÂNGELA BORGES BELFORT QUEIROZ, apenas
Procuradoria-Geral do Estado, por meio do Parecer “SPA” nº 1.204, de 22 para considerar os proventos correspondentes ao Nível III, Referência E,
de setembro de 2020, aprovado pelo Despacho “SCE/GAB” nº 1778, de 24 do cargo de Professor Normalista, com base no que consta dos autos
de setembro de 2020, acolhido pelo Despacho nº 2706/2020/GABPRES, nº 2020.04.206259R1.
de 30 de setembro de 2020, e tendo em vista a manifestação da Diretoria
de Previdência deste Instituto por meio do Despacho nº 674/2021, de 12 Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação,
de fevereiro de 2021; retroagindo seus efeitos financeiros a partir de 10 de maio de 2019.
RESOLVE: SHARLLES FERNANDO BEZERRA LIMA
Presidente
Art. 1º RETIFICAR a Portaria nº 783, de 26 de junho de 2019,
publicada no Diário Oficial do Estado nº 5.389, de 02 de julho de 2019, em
relação à segurada IVONE CORRÊA DA SILVA, apenas para considerar PORTARIA Nº 790, DE 16 DE MARÇO DE 2021.
os proventos correspondentes ao Nível II, Referência E, do cargo de
Professor da Educação Básica, com base no que consta dos autos Dispõe sobre a retificação da portaria que concedeu
nº 2020.04.206628R1. benefício de Aposentadoria por Invalidez da segurada
Marlene Pires de Araújo Silva.
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação,
retroagindo seus efeitos financeiros a partir de 02 de julho de 2019. O PRESIDENTE DO INSTITUTO DE GESTÃO PREVIDENCIÁRIA
DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso de suas atribuições legais que lhe
SHARLLES FERNANDO BEZERRA LIMA confere o art. 20, IX, da Lei nº 1.940, de 1º de julho de 2008, e
Presidente
CONSIDERANDO os termos da Portaria nº 1217/2019/GASEC,
de 21 de agosto de 2019, publicada no Diário Oficial do Estado nº 5.426,
PORTARIA Nº 788, DE 16 DE MARÇO DE 2021. de 23 de agosto de 2019;
Dispõe sobre a retificação da portaria que concedeu CONSIDERANDO a manifestação Jurídica da Douta
benefício de Aposentadoria Voluntária por Tempo de Procuradoria-Geral do Estado, por meio do Parecer “SPA” nº 1.204, de 22
Contribuição da segurada Maria Soares da Silva. de setembro de 2020, aprovado pelo Despacho “SCE/GAB” nº 1778, de 24
de setembro de 2020, acolhido pelo Despacho nº 2706/2020/GABPRES,
O PRESIDENTE DO INSTITUTO DE GESTÃO PREVIDENCIÁRIA de 30 de setembro de 2020, e tendo em vista a manifestação da Diretoria
DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso de suas atribuições legais que lhe de Previdência deste Instituto por meio do Despacho nº 690/2021, de 15
confere o art. 20, IX, da Lei nº 1.940, de 1º de julho de 2008, e de fevereiro de 2021;
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 37
RESOLVE: PORTARIA Nº 793, DE 16 DE MARÇO DE 2021.

Art. 1º RETIFICAR a Portaria nº 519/AP, de 28 de junho de 2016, Dispõe sobre a retificação da portaria que concedeu
publicada no Diário Oficial do Estado nº 4.652, de 01 de julho de 2016, benefício de Aposentadoria Voluntária por Tempo de
em relação à segurada MARLENE PIRES DE ARAÚJO SILVA, apenas
Contribuição da segurada Maria Zélia Pereira dos
para considerar os proventos correspondentes ao Nível III, Referência D,
do cargo de Professor Assistente A, com base no que consta dos autos Santos.
nº 2020.04.00216R1.
O PRESIDENTE DO INSTITUTO DE GESTÃO PREVIDENCIÁRIA
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso de suas atribuições legais que lhe
retroagindo seus efeitos financeiros a 01 de julho de 2016. confere o art. 20, IX, da Lei nº 1.940, de 1º de julho de 2008, e

SHARLLES FERNANDO BEZERRA LIMA CONSIDERANDO os termos da Portaria nº 1186/2019/GASEC,


Presidente de 15 de agosto de 2019, publicada no Diário Oficial do Estado nº 5.423,
de 20 de agosto de 2019;
PORTARIA Nº 791, DE 16 DE MARÇO DE 2021.
CONSIDERANDO a manifestação Jurídica da Douta
Dispõe sobre a retificação da portaria que concedeu Procuradoria-Geral do Estado, por meio do Parecer “SPA” nº 1.204, de 22
benefício de Aposentadoria por Invalidez da segurada de setembro de 2020, aprovado pelo Despacho “SCE/GAB” nº 1778, de 24
Emilia Maria Brandão de Azevedo. de setembro de 2020, acolhido pelo Despacho nº 2706/2020/GABPRES,
de 30 de setembro de 2020, e tendo em vista a manifestação da Diretoria
O PRESIDENTE DO INSTITUTO DE GESTÃO PREVIDENCIÁRIA de Previdência deste Instituto por meio do Despacho nº 705/2021, de 15
DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso de suas atribuições legais que lhe
de fevereiro de 2021;
confere o art. 20, IX, da Lei nº 1.940, de 1º de julho de 2008, e

CONSIDERANDO os termos da Portaria nº 1524/2019/GASEC, RESOLVE:


de 23 de outubro de 2019, publicada no Diário Oficial do Estado nº 5.472,
de 29 de outubro de 2019; Art. 1º RETIFICAR a Portaria nº 655, de 09 de maio de 2019,
publicada no Diário Oficial do Estado nº 5.355, de 10 de maio de 2019,
CONSIDERANDO a manifestação Jurídica da Douta em relação à segurada MARIA ZÉLIA PEREIRA DOS SANTOS, apenas
Procuradoria-Geral do Estado, por meio do Parecer “SPA” nº 1.204, de 22 para considerar os proventos correspondentes ao Nível III, Referência
de setembro de 2020, aprovado pelo Despacho “SCE/GAB” nº 1778, de 24
E, do cargo de Professor Normalista, com base no que consta dos autos
de setembro de 2020, acolhido pelo Despacho nº 2706/2020/GABPRES,
de 30 de setembro de 2020, e tendo em vista a manifestação da Diretoria nº 2020.04.206157R1.
de Previdência deste Instituto por meio do Despacho nº 695/2021, de 15
de fevereiro de 2021; Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação,
retroagindo seus efeitos financeiros a partir de 10 de maio de 2019.
RESOLVE:
SHARLLES FERNANDO BEZERRA LIMA
Art. 1º RETIFICAR a Portaria nº 341/AP, de 03 de maio de 2016, Presidente
publicada no Diário Oficial do Estado nº 4.615, de 06 de maio de 2016,
em relação à segurada EMILIA MARIA BRANDÃO DE AZEVEDO, apenas
para considerar os proventos correspondentes ao Nível II, Referência D,
do cargo de Professor Normalista, com base no que consta dos autos PROCESSO Nº: 2020.07.00671R2
nº 2020.04.00378R1. INTERESSADA: JOAQUINA MELO DA SILVA
ASSUNTO: REVISÃO DE APOSENTADORIA
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação,
retroagindo seus efeitos financeiros a 06 de maio de 2016. DESPACHO Nº 1050/2021/GABPRES
SHARLLES FERNANDO BEZERRA LIMA
Presidente O PRESIDENTE DO INSTITUTO DE GESTÃO PREVIDENCIÁRIA
DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso de suas atribuições legais, e com
base na documentação constante dos autos, resolve:
PORTARIA Nº 792, DE 16 DE MARÇO DE 2021.
I - INDEFERIR o pedido de Revisão de Aposentadoria, em
Dispõe sobre a retificação da portaria que concedeu razão do pedido ter sido implementado nos autos Nº 2019.04.00671R1,
benefício de Aposentadoria Voluntária por Tempo de por meio da Portaria Nº 922, de 20 de julho de 2020, publicada no Diário
Contribuição da segurada Irismar Alves Vieira.
Oficial do Estado Nº 5648, de 22 de julho de 2020.
O PRESIDENTE DO INSTITUTO DE GESTÃO PREVIDENCIÁRIA
DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso de suas atribuições legais que lhe GABINETE DA PRESIDÊNCIA DO INSTITUTO DE GESTÃO
confere o art. 20, IX, da Lei nº 1.940, de 1º de julho de 2008, e PREVIDENCIÁRIA DO ESTADO DO TOCANTINS, Palmas, aos 16 dias
do mês de março do ano de 2021.
CONSIDERANDO os termos da Portaria nº 1524/2019/GASEC,
de 23 de outubro de 2019, publicada no Diário Oficial do Estado nº 5.472, SHARLLES FERNANDO BEZERRA LIMA
de 29 de outubro de 2019; Presidente
CONSIDERANDO a manifestação Jurídica da Douta
Procuradoria-Geral do Estado, por meio do Parecer “SPA” nº 1.204, de 22
de setembro de 2020, aprovado pelo Despacho “SCE/GAB” nº 1778, de 24 EXTRATO DE TERMO DE CONVÊNIO Nº 03/2021
de setembro de 2020, acolhido pelo Despacho nº 2706/2020/GABPRES,
de 30 de setembro de 2020, e tendo em vista a manifestação da Diretoria CONVÊNIO Nº: 03/2021
de Previdência deste Instituto por meio do Despacho nº 703/2021, de 15 PROCESSO Nº: 2020.24830.004336
de fevereiro de 2021; CONVENENTE: Instituto de Gestão Previdenciária do Estado do Tocantins
- IGEPREV/TO.
RESOLVE:
CONVENIADO: Sindicato dos Oficiais de Justiça do Estado do Tocantins
Art. 1º RETIFICAR a Portaria nº 1380, de 24 de outubro de - SINDOJUS-TO
2018, publicada no Diário Oficial do Estado nº 5.230, de 05 de novembro OBJETO: Constituir a celebração do convênio, para lançamento de
de 2018, em relação à segurada IRISMAR ALVES VIEIRA, apenas para débitos em folha de pagamento, por meio do sistema de consignação
considerar os proventos correspondentes ao Nível III, Referência E, FENIXSOFT, referente a contribuições mensais de seus associados, e
do cargo de Professor Normalista, com base no que consta dos autos demais serviços oferecidos aos associados do SINDOJUS que estão
nº 2020.04.205397R1. vinculados ao IGEPREV.
VIGÊNCIA: 60 (sessenta) meses a partir da data da assinatura.
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação,
retroagindo seus efeitos financeiros a partir de 05 de novembro de 2018. DATA DA ASSINATURA: 17/03/2021.
SIGNATÁRIOS: Sharlles Fernando Bezerra Lima - Presidente do
SHARLLES FERNANDO BEZERRA LIMA IGEPREV-TO
Presidente Luana Gonçalves Rodrigues - Presidente do SINDOJUS - TO
38 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

RESOLVE:
NATURATINS
Art. 1º Criar o Núcleo de Conciliação Ambiental, com caráter
consultivo e deliberativo, visando à análise preliminar da autuação e a
PORTARIA NATURATINS Nº 19, DE 1º DE FEVEREIRO DE 2021. realização de audiência de conciliação ambiental, no âmbito do Instituto
Natureza do Tocantins - Naturatins.
O PRESIDENTE DO INSTITUTO NATUREZA DO TOCANTINS
- NATURATINS, no uso de suas atribuições, em conformidade com o Art. 2º São competências do Núcleo de Conciliação Ambiental/
Ato nº 26 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado - DOE nº 5.762, de NUCON:
11 de janeiro de 2021, consoante o disposto na Lei nº 1.818, de 23 de
agosto de 2007; I - Realizar a análise preliminar da autuação para:

CONSIDERANDO a Instrução Normativa SECAD nº 01, de 03 de a) convalidar de ofício o auto de infração que apresentar vício
julho de 2015, publicada no Diário Oficial do Estado nº 4.409 que dispõe sanável, por meio de despacho saneador, após o pronunciamento da
sobre a administração da frota de veículos pertencentes à Administração Assessoria Jurídica do Naturatins ou, conforme o caso, após manifestação
Pública Direta, Indireta, Autarquias e Fundações criadas ou mantidas ou instrução documental complementar, com especificação do ponto a
pelo Estado; e ser esclarecido ou mais bem instruído, por parte do agente autuante e/
ou de área técnica especializada;
CONSIDERANDO ainda o art. 20, inciso II, que regulamenta a
Ordem de Tráfego Específica e Portaria de Viagem, devidamente assinada b) declarar nulo o auto de infração que apresentar vício
pelo titular do órgão ou seu substituto, a que pertencer, insanável, por meio de despacho fundamentado, após o pronunciamento
do órgão da Assessoria Jurídica do Naturatins ou, conforme o caso, após
RESOLVE: manifestação ou instrução documental complementar, com especificação
do ponto a ser esclarecido ou mais bem instruído, por parte do agente
Art. 1º Designar a servidora SAMANDREIA SILVA MENEZES, autuante e/ou de área técnica especializada; e
Diretora de Administração e Finanças, para autorizar em Portaria de
Viagem, o deslocamento dos carros em viagens oficiais do Instituto c) decidir sobre a manutenção da aplicação das medidas
Natureza do Tocantins. administrativas de que trata o art. 101 e sobre a aplicação das demais
sanções de que trata o art. 3º, ambos do Decreto Federal nº 6.514, de
Art. 2º Revogam-se as disposições em contrário. 22 de julho de 2008;
Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação,
II - Realizar a audiência de conciliação ambiental para:
retroagindo seus efeitos à 15 de janeiro de 2021.

GABINETE DO PRESIDENTE DO INSTITUTO NATUREZA DO a) explanar ao autuado as razões de fato e de direito que
TOCANTINS, em Palmas - TO, ao 1º dia do mês de fevereiro de 2021. ensejaram a lavratura do auto de infração;

RENATO JAYME DA SILVA b) apresentar as soluções legais possíveis para encerrar o


Presidente processo, tais como o desconto para pagamento, o parcelamento e a
conversão da multa em serviços de preservação, melhoria e recuperação
da qualidade do meio ambiente;
PORTARIA NATURATINS Nº 44, DE 1º DE MARÇO DE 2021.
c) decidir sobre questões de ordem pública; e
Cria o Núcleo de Conciliação Ambiental/NUCON e
adota outras providências. d) homologar a opção do autuado por uma das soluções de
que trata a alínea “b”.
O PRESIDENTE DO INSTITUTO NATUREZA DO TOCANTINS
- NATURATINS, no uso de suas atribuições, em conformidade com o Ato III - Para os fins de que trata a alínea “c”, são questões de
nº 26 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado - DOE nº 5.762, de 11 ordem pública:
de janeiro de 2021;
a) incompetência do agente autuante para lavratura do auto
CONSIDERANDO o disposto na Lei nº 9.605, de 12 de fevereiro de infração;
de 1998, na Lei nº 8.005, de 22 de março de 1990, na Lei nº 9.784, de
29 de janeiro de 1999, na Lei nº 6.938, de 31 de agosto de 1981, no b) litispendência ou coisa julgada administrativa, consistente na
Decreto nº 6.514, de 22 de julho de 2008, na Lei Estadual nº 1.325, de 17 existência de autuação idêntica em razão da mesma conduta, objeto de
de abril de 2002, na Instrução Normativa Naturatins nº 02, de 10 de maio outro processo em curso ou definitivamente julgado;
de 2017 e demais instrumentos legais e normativos que estabelecem e
regulamentam as infrações administrativas ambientais; c) a análise de necessidade de reunião de processos relativos
a autos lavrados em decorrência de um mesmo fato ou em um mesmo
CONSIDERANDO a necessidade de disciplinar a atuação da local, grupo de infratores, inclusive pertinentes a uma mesma operação
autoridade ambiental na instauração do processo administrativo ambiental
de fiscalização;
sancionador e a aplicação de medidas e sanções de caráter ambiental,
bem como a defesa e o sistema administrativo recursal, além da cobrança
d) defeito de representação do advogado ou procurador;
dos créditos de natureza não tributária para com a Autarquia;
e) extinção da punibilidade, exclusivamente em face da
CONSIDERANDO os termos do art. 95-A do Decreto n. 6.514/08,
responsabilização pela infração administrativa, nas hipóteses previstas
bem como, a necessidade de criar e regulamentar o desenvolvimento das
legislação vigente; e
atividades de competência do Núcleo de Conciliação Ambiental/NUCON
no Instituto Natureza do Tocantins-Naturatins, objetivando cumprir com
as determinações legais aplicáveis à espécie; f) existência de vícios sanáveis ou insanáveis verificáveis
de plano, mediante análise dos autos ou de provas pré-constituídas
CONSIDERANDO a necessidade de garantir o espaço de apresentadas em audiência pelo autuado.
discussão para a apresentação de subsídios técnicos, no interesse
institucional e da conservação e preservação do meio ambiente, a Art. 3º A conciliação ambiental ocorrerá em audiência única,
formação de consensos, e adoção das medidas necessárias para a na qual serão praticados os atos previstos no inciso II do art. 2º, com
aplicação e uso dos recursos financeiros, sob a forma de conversão de vistas a encerrar o processo administrativo de apuração da infração
multa; e administrativa ambiental.

CONSIDERANDO a necessidade de disciplinar as conversões Art. 4º O Núcleo de Conciliação Ambiental será composto por,
de multa simples em serviços de preservação, melhoria e recuperação da no mínimo, dois servidores efetivos, sendo ao menos um deles integrante
qualidade do meio ambiente, bem como gerenciar e aplicar os recursos do órgão ou da entidade da administração pública estadual ambiental
convertidos, no âmbito deste órgão ambiental, responsável pela lavratura do auto de infração.
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 39
§1º Os trabalhos desenvolvidos no âmbito do Núcleo de PORTARIA NATURATINS Nº 55, DE 10 DE MARÇO DE 2021.
Conciliação Ambiental não poderão ser presididos e/ou conduzidos por
servidor integrante do setor responsável pela lavratura do auto de infração, O PRESIDENTE DO INSTITUTO NATUREZA DO TOCANTINS
tampouco do setor de julgamento de 1ª ou 2ª instância. - NATURATINS, no uso de suas atribuições, em conformidade com o Ato
nº 26 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado - DOE nº 5.762, de 11
§2º As reuniões ordinárias e/ou extraordinárias do Núcleo de de janeiro de 2021, consoante o disposto no art. 35, da Lei nº 1.818, de
Conciliação Ambiental/NUCON somente poderão ocorrer sob o quórum 23 de agosto de 2007,
mínimo de três membros, excluídos o Presidente e o Secretário.
RESOLVE:
Art. 5º Ficam designados para compor o Núcleo de Conciliação
Ambiental/NUCON do Instituto Natureza do Tocantins - Naturatins os Art. 1º REGULARIZAR a lotação no Sistema de Gestão de
Pessoal - ERGON, do servidor JOÃO LUIZ DE SOUZA, número funcional
titulares e suplentes designados abaixo:
53445-2, Motorista, constante na Gerência Geral de Administração para
Gerência de Análise e Licenciamento, desta Pasta, a partir desta data.
I - Presidente: Vice-Presidente Executivo do Naturatins;
Suplente: Secretário-Geral do Naturatins Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
II - Titular: Assessor Jurídico; GABINETE DO PRESIDENTE DO INSTITUTO NATUREZA DO
Suplente: Gerente da Câmara de Julgamento de Autos de TOCANTINS, em Palmas - TO, aos 10 dias do mês de março de 2021.
Infração;
RENATO JAYME DA SILVA
III - Titular: Diretor de Proteção e Qualidade Ambiental; Presidente
Suplente: Gerente de Fiscalização Ambiental ;

IV - Titular: Diretor de Licenciamento Ambiental; PORTARIA NATURATINS Nº 57, DE 15 DE MARÇO DE 2021.


Suplente: Gerente de Licenciamento Ambiental;
Determina a instauração de Sindicância Investigativa
V - Titular: Diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas; destinada à apurar responsabilidade por parte do
Suplente: Gerente de Unidades de Conservação; servidor de matrícula nº 1184750-2, quanto aos fatos
contidos no Oficio nº 004/2020, da Secretaria do Meio
VI - Secretário: Romina Silva Azevedo; Ambiente do Município de Arapoema/TO.
Suplente: Hélio de Assis Lôbo Curado.
O PRESIDENTE DO INSTITUTO NATUREZA DO TOCANTINS
§1º Ao Presidente do Núcleo de Conciliação Ambiental/NUCON - NATURATINS, no uso de suas atribuições, em conformidade com o
Ato nº 26 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado - DOE nº 5.762, de
compete, exclusivamente, o voto de qualidade, se for o caso.
11 de janeiro de 2021, consoante o disposto na Lei nº 1.818, de 23 de
agosto de 2007;
§2º Aos Membros competem, exclusivamente, as deliberações
e discussões acerca da conciliação e ainda, a respectiva manifestação CONSIDERANDO as informações contidas no Oficio
e voto. nº 004/2020 da Secretaria do Meio Ambiente do Município de Arapoema-TO;

§3º Ao Secretário, compete à condução dos trabalhos CONSIDERANDO que é dever da Administração Pública apurar
administrativos para o funcionamento do Núcleo de Conciliação Ambiental/ toda e qualquer conduta irregular dos seus servidores, respeitando os
NUCON. princípios basilares do processo administrativo, em especial a legalidade,
impessoalidade, moralidade, eficiência, bem como os princípios gerais
Art. 6º O Núcleo de Conciliação Ambiental/NUCON do Instituto do direito relativos ao contraditório e ampla defesa; e
Natureza do Tocantins - Naturatins designado no artigo anterior deverá
elaborar e apresentar à Presidência do Naturatins, no prazo de 90 CONSIDERANDO, que a Lei Estadual nº 1.818/2007, prevê que
(noventa) dias, a proposta de regulamentação do funcionamento das a responsabilidade do servidor por falta ou irregularidade praticada no
atividades do NUCON, para fins de edição do competente ato normativo. exercício do cargo, será apurada também por Sindicância,

Art. 7º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. RESOLVE:

Art. 1º Designar os servidores relacionados abaixo para


GABINETE DO PRESIDENTE DO INSTITUTO NATUREZA
formarem COMISSÃO DE SINDICÂNCIA, sob a presidência do primeiro:
DO TOCANTINS, em Palmas - TO, ao 1º dia do mês de março de 2021.
I - Luiz Carlos Teodoro, Gerente de Execução Orçamentária,
RENATO JAYME DA SILVA Finanças e Contábil, número funcional 695479-1;
Presidente
II - Ezio Alves Pereira, Gestor Público, número funcional
619106-1; e
PORTARIA NATURATINS Nº 53, DE 08 DE MARÇO DE 2021.
III - Dalmir sa Silva Jorge, Motorista, número funcional 323369-1.
O PRESIDENTE DO INSTITUTO NATUREZA DO TOCANTINS
- NATURATINS, no uso de suas atribuições, em conformidade com o Ato Art. 2º Ao presidente da Comissão de Sindicância, referida
nº 26 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado - DOE nº 5.762, de 11 no art. 1º, compete coordenar a formação e os trabalhos da Comissão.
de janeiro de 2021, consoante o disposto no art. 35, da Lei nº 1.818; de
23 de agosto de 2007, Art. 3º Para bem cumprir suas atribuições, a Comissão terá
livre acesso ao setor a ser investigado, bem como a toda documentação
R E S O L V E: necessária à elucidação dos fatos, podendo ainda colher quaisquer
depoimentos e demais provas que julgar pertinentes, bem como, os fatos
Art. 1º REGULARIZAR a lotação no Sistema de Gestão de conexos que emergirem no decorrer dos trabalhos.
Pessoal - ERGON, do servidor IDELVAN BARROS FARIAS, número
funcional 11689218-1, Auxiliar, constante na Gerência Geral de Art. 4º A Comissão ora designada terá o prazo de 30 (trinta) dias,
Administração para Gerência de Pesquisa e Informação da Biodiversidade, a contar da publicação desta Portaria para concluir a apuração dos fatos,
podendo ser prorrogado, caso a Comissão julgue necessário, conforme
desta pasta, a partir desta data.
o art. 166, §3º, da Lei Estadual nº 1.818/2007.
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. Art. 5º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
GABINETE DO PRESIDENTE DO INSTITUTO NATUREZA DO GABINETE DO PRESIDENTE DO INSTITUTO NATUREZA DO
TOCANTINS, em Palmas - TO, aos 08 dias do mês de março de 2021. TOCANTINS, em Palmas - TO, aos 15 dias do mês de março de 2021.

RENATO JAYME DA SILVA RENATO JAYME DA SILVA


Presidente Presidente
40 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

PORTARIA NATURATINS Nº 59, DE 17 DE MARÇO DE 2021. EXTRATO DO TERMO DE DOAÇÃO Nº 027/2020

Altera a composição da Câmara de Conversão de PROCESSO Nº 032/2020 TERMO DE DOAÇÃO Nº 027/2020 - REF:
Multas Ambientais. Termo de doação que entre si celebram o Instituto Natureza do Tocantins -
NATURATINS (DOADOR) e a Associação dos Praças Militares do Estado
O PRESIDENTE DO INSTITUTO NATUREZA DO TOCANTINS do Tocantins - APRA (DONATÁRIO).
- NATURATINS, no uso de suas atribuições, em conformidade com o Ato OBJETO: O presente Termo tem por objeto Proceder à doação de: 195
nº 26 - NM, publicado no Diário Oficial do Estado - DOE nº 5.762, de 11 (cento e noventa e cinco) unidades de vigotas, 68 (sessenta e oito)
de janeiro de 2021; unidades de caibros e 20 unidades de mourão em conformidade com o
Parecer de Avaliação de Bens Apreendidos nº 030/2020. VIGÊNCIA: O
CONSIDERANDO o disposto na Lei nº 9.605, de 12 de fevereiro prazo para o cumprimento das obrigações constantes neste Termo será
de 1998, na Lei nº 8.005, de 22 de março de 1990, na Lei nº 9.784, de o previsto no art. 5º, parágrafo único, da IN nº 03, de 21 de outubro de
29 de janeiro de 1999, na Lei nº 6.938, de 31 de agosto de 1981, no 2009. SIGNATÁRIOS: Presidente do Instituto Natureza do Tocantins -
Decreto nº 6.514, de 22 de julho de 2008, na Lei Estadual nº 1.325, de 17 NATURATINS (DOADOR). Presidente da Associação dos Praças Militares
de abril de 2002, na Instrução Normativa Naturatins nº 02, de 10 de maio do Estado do Tocantins - APRA - (DONATÁRIO). Palmas-TO, 15 de
de 2017 e demais instrumentos legais e normativos que estabelecem e novembro de 2020.
regulamentam as infrações administrativas ambientais;

CONSIDERANDO a necessidade de disciplinar a atuação da EXTRATO DO TERMO DE DOAÇÃO Nº 037/2020


autoridade ambiental na instauração do processo administrativo ambiental
sancionador e a aplicação de medidas e sanções de caráter ambiental, PROCESSO Nº 044/2020 TERMO DE DOAÇÃO Nº 037/2020 - REF:
bem como a defesa e o sistema administrativo recursal, além da cobrança Termo de doação que entre si celebram o Instituto Natureza do Tocantins
dos créditos de natureza não tributária para com a Autarquia; - NATURATINS (DOADOR) e a Fundação Universidade Federal do
Tocantins - UFT (DONATÁRIO).
CONSIDERANDO a necessidade de garantir o espaço de OBJETO: O presente Termo tem por objeto Proceder à doação de: 100
discussão para a apresentação de subsídios técnicos, no interesse (cem) metros de vigotas de madeira (5x14), 200 (duzentos) metros de
institucional e da conservação e preservação do meio ambiente, a vigotas de madeira (5x11) e 140 (cento e quarenta) metros de caibros
formação de consensos, e adoção das medidas necessárias para a (5x4) em conformidade com o Parecer de Avaliação de Bens Apreendidos
nº 041/2020. VIGÊNCIA: O prazo para o cumprimento das obrigações
aplicação e uso dos recursos financeiros, sob a forma de conversão de
constantes neste Termo será o previsto no art. 5º, parágrafo único, da IN
multa;
nº 03, de 21 de outubro de 2009. SIGNATÁRIOS: Presidente do Instituto
Natureza do Tocantins - NATURATINS (DOADOR). Reitor da Fundação
CONSIDERANDO a necessidade de disciplinar as conversões
Universidade Federal do Tocantins - UFT - (DONATÁRIO). Palmas-TO,
de multa simples em serviços de preservação, melhoria e recuperação da
24 de fevereiro de 2021.
qualidade do meio ambiente, bem como gerenciar e aplicar os recursos
convertidos, no âmbito deste órgão ambiental; e
EXTRATO DO TERMO DE DOAÇÃO Nº 038/2020
CONSIDERANDO a movimentação de servidores no âmbito do
Naturatins e dos demais órgãos integrantes do Poder Executivo estadual,
PROCESSO Nº 047/2020 TERMO DE DOAÇÃO Nº 038/2020 - REF:
Termo de doação que entre si celebram o Instituto Natureza do Tocantins
RESOLVE: - NATURATINS (DOADOR) e a Universidade Estadual do Tocantins -
UNITINS (DONATÁRIO).
Art. 1º O art. 2º, da Portaria Naturatins nº 160, de 06 de junho OBJETO: O presente Termo tem por objeto Proceder à doação de: 100
de 2019, publicada no Diário Oficial do Estado nº 5.376, de 11 de junho (cem) peças de estacas, 28 (vinte e oito) metros de vigotas, 50 (cinquenta)
de 2019, passa a vigorar com a seguinte alteração: metros de caibros, 6 (seis) peças de esteio/mourão, 12 (doze) peças de
vigota de 6x12 cm, 6 (seis) peças de vigotas de 6x12,12 (doze) peças
“Art. 2º......................................................................................: de caibros, 33 (trinta e três) peças de estacas de aproximadamente 2
metros e 25 (vinte e cinco) caibros de 5x5 cm em conformidade com o
I - Presidente: Diretor de Proteção e Qualidade Ambiental; Parecer de Avaliação de Bens Apreendidos nº 043/2020. VIGÊNCIA: O
Suplente: Cândido José dos Santos Neto. prazo para o cumprimento das obrigações constantes neste Termo será
o previsto no art. 5º, parágrafo único, da IN nº 03, de 21 de outubro de
II - Titular: Diretor de Licenciamento Ambiental; 2009. SIGNATÁRIOS: Presidente do Instituto Natureza do Tocantins -
Suplente: Deivid Sousa Silva. NATURATINS (DOADOR). Reitor da Universidade Estadual do Tocantins
- UNITINS - (DONATÁRIO). Palmas-TO, 24 de fevereiro de 2021.
III - Titular: Diretor Administrativo e Financeiro;
Suplente: Robson Cardoso Fernandes.

IV - Titular: Assessor Jurídico; JUCETINS


Suplente: Luana Alves Feitoza Wahlbrink Leobas.

V - Titular: Diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas; PORTARIA JUCETINS Nº 29/2021, DE 17 DE MARÇO DE 2021.
Suplente: Gilberto Iris de Oliveira.
DISPÕE SOBRE A HABILITAÇÃO DE TRADUTOR
VI - Titular: Gerente da Câmara de Julgamento de Autos de PÚBLICO AD HOC.
Infração;
Suplente: Maurício Dias de Souza.” (NR) A PRESIDENTE DA JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO
TOCANTINS - JUCETINS, no uso de suas atribuições legais que lhe
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. conferem os artigos 23 e 42, da Lei Federal nº 8.934, de 18 de novembro
de 1994, regulamentada pelo Decreto Federal nº 1.800, de 30 de janeiro
GABINETE DO PRESIDENTE DO INSTITUTO NATUREZA DO de 1996; Decreto nº 13.609, de 21/10/1943, na Instrução Normativa
TOCANTINS, em Palmas - TO, aos 17 dias do mês de março de 2021. nº 72 de 19/12/2019, do Departamento Nacional de Registro e Integração
- DREI, e pela competência que lhe fora atribuída pelo Ato Nº 1.911 - NM,
RENATO JAYME DA SILVA de 1º de agosto de 2019, publicado no DOE 5.410, de 1º de agosto de
Presidente 2019, resolve:
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 41
Considerando que o requerente comprovou o atendimento PORTARIA JUCETINS Nº 31/2021, DE 17 DE MARÇO DE 2021.
a todos os requisitos estabelecidos no art. 19 da referida Instrução
Normativa; A PRESIDENTE DA JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO
TOCANTINS - JUCETINS, no uso de suas atribuições legais, pela
Considerando, ainda, serem as Juntas Comerciais os órgãos competência que lhe fora atribuída pelo Ato nº 1.911 - NM, de 1º de
estaduais responsáveis pelos procedimentos referentes a Tradutores agosto de 2019, publicado no D.O.E nº 5.410, de 1º de agosto de 2019,
Públicos e Intérpretes Comerciais. e em conformidade do art. 86, da Lei nº 1.818, de 23 de agosto de 2007;

RESOLVE: RESOLVE:

Art. 1º Tornar público a habilitação do Tradutor Público Ad Hoc Art. 1º SUSPENDER por imperiosa necessidade da prestação
OSCAR EDUARDO PAEZ MANCHOLA, no idioma ESPANHOL, para um de serviços, a fruição das férias do servidor HELIVAN ARAÚJO LOPES,
único e exclusivo ato de realizar a tradução dos seguintes documentos: matrícula nº 11129751-1, CPF: XXX.XXX.X31-53, cargo de Gerente de
ANTECEDENTES CRIMINAIS, emitida pela República de Cuba, e o Planejamento e Convênios, previstas para o período de 15/03/2021 A
01/04/2021, referente ao período aquisitivo de 25/04/2019 a 24/04/2020,
PLANO TEMÁTICO DO CURSO DE MEDICINA (Histórico detalhado),
assegurando-lhe o direito de fruí-las em data oportuna e não prejudicial
emitido pela Universidade de Habana em nome de INDIRA LUIS
ao serviço público e ao servidor.
GOYTISOLO, conforme processo nº 21/020007-3, de 16 março de 2021.

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.


Art. 2º Esta Portaria entra em vigor a partir de sua publicação.

Palmas, 17 de março de 2021.


Palmas, 17 de março de 2021.
THAIS COELHO DE SOUZA AMARAL MONTEIRO
THAIS COELHO DE SOUZA AMARAL MONTEIRO
Presidente
Presidente

PORTARIA JUCETINS Nº 30/2021, DE 17 DE MARÇO DE 2021. DEFENSORIA PÚBLICA

DISPÕE SOBRE A HABILITAÇÃO DE TRADUTOR


PÚBLICO AD HOC. PORTARIA Nº 314, DE 18 DE MARÇO DE 2021.

A PRESIDENTE DA JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO O SUBDEFENSOR PÚBLICO-GERAL DO ESTADO DO


TOCANTINS - JUCETINS, no uso de suas atribuições legais que lhe TOCANTINS, no uso das atribuições que lhe confere o Ato nº 34/2021,
conferem os artigos 23 e 42, da Lei Federal nº 8.934, de 18 de novembro publicado no Diário Oficial nº 5.777, de 29 de janeiro de 2021;
de 1994, regulamentada pelo Decreto Federal nº 1.800, de 30 de janeiro
de 1996; Decreto nº 13.609, de 21/10/1943, na Instrução Normativa Considerando a necessidade de melhor instrumentalizar o
nº 72 de 19/12/2019, do Departamento Nacional de Registro e Integração funcionamento da Defensoria Pública do Estado do Tocantins,
- DREI, e pela competência que lhe fora atribuída pelo Ato Nº 1.911 - NM,
de 1º de agosto de 2019, publicado no DOE 5.410, de 1º de agosto de RESOLVE:
2019, resolve:
Art. 1º SUSPENDER em razão de licença para tratamento de
Considerando que a requerente comprovou o atendimento saúde, o período de 12/03/2021 a 20/03/2021, das férias da Defensora
a todos os requisitos estabelecidos no art. 19 da referida Instrução Pública de 2ª Classe, CARINA QUEIROZ DE FARIAS VIEIRA, matrícula nº
Normativa; 9082450, referente ao exercício 2021/2, concedidas por meio da Portaria
nº 254/2021, publicado no Diário Oficial nº 5.804, de 09 de março de 2021,
Considerando, ainda, serem as Juntas Comerciais os órgãos prevista para o período de 01/03/2021 a 20/03/2021, assegurando-lhe o
estaduais responsáveis pelos procedimentos referentes a Tradutores direito de usufruí-las no período de 26/03/2021 a 03/04/2021.
Públicos e Intérpretes Comerciais.
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data da sua assinatura,
RESOLVE: retroagindo seus efeitos a partir de 12 de março de 2021.

Gabinete do Subdefensor Público-Geral da Defensoria Pública


Art. 1º Tornar público a habilitação da Tradutora Pública
do Estado do Tocantins, em Palmas, aos 18 dias do mês de março de 2021.
Ad Hoc ANA CLARA SANTOS MOURA, no idioma INGLÊS, para um
único e exclusivo ato de realizar as traduções dos seguintes documentos:
PEDRO ALEXANDRE CONCEIÇÃO AIRES GONÇALVES
CERTIFICADO DE CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO emitido
Subdefensor Público-Geral
pelo CENTRO DE ENSINO MÉDIO FÉLIX CAMOA, DIPLOMA DE
GRADUAÇÃO emitido pelo INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE
ANTONIO CARLOS PORTO LTDA e DIPLOMA DE PÓS-GRADUAÇÃO
PORTARIA Nº 315, DE 18 DE MARÇO DE 2021.
emitido pela FACULDADE DE TECNOLOGIA EQUIPE DARWIN, em nome
de ANDRÉIA ARRUDA SANTOS, conforme processo nº 21/020134-8, de
O SUBDEFENSOR PÚBLICO-GERAL DO ESTADO DO
17 março de 2021. TOCANTINS, no uso das atribuições que lhe confere o Ato nº 34/2021,
publicado no Diário Oficial nº 5.777, de 29 de janeiro de 2021;
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor a partir de sua publicação.
Considerando que lhe compete a autorização de acumulações
Palmas, 17 de março de 2021. e substituições no âmbito da Defensoria Pública do Estado do Tocantins;

THAIS COELHO DE SOUZA AMARAL MONTEIRO Considerando a necessidade de melhor instrumentalizar o


Presidente funcionamento da Defensoria Pública do Estado do Tocantins,
42 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

RESOLVE: CONSIDERANDO  que compete ao Defensor Público-Geral


oportunizar aos Defensores Públicos de 1ª Classe concorrer à titularidade
Art. 1º DESIGNAR o Defensor Público de 2ª Classe ELSON do Órgão de Atuação vago;
STECCA SANTANA, para substituir, sem prejuízo de suas funções, a
Defensora Pública de 2ª Classe CARINA QUEIROZ DE FARIAS VIEIRA, CONSIDERANDO que à remoção aplica-se como critério de
em suas atribuições na Defensoria Pública de Novo Acordo - TO, em classificação e desempate a antiguidade na respectiva Classe;
razão de licença para tratamento de saúde, no período de 12 a 25 de
março de 2021. RESOLVE:

Art. 2º REVOGAR a partir de 12 de março de 2021, os efeitos Art. 1º Fixar o prazo de 05 (cinco) dias ininterruptos para que
da Portaria nº 259 de 05 de março de 2021, publicada no Diário Oficial as Defensoras e Defensores Públicos de 1ª Classe interessados no
nº 5.804, de 09 de março de 2021. provimento da vaga abaixo relacionada manifestem-se, nos termos do art. 51,
da Lei Complementar Estadual nº 55/2009, mediante encaminhamento
Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data de sua assinatura, de requerimento ao Defensor Público-Geral, via correio eletrônico, com
retroagindo seus efeitos a partir de 12 de março de 2021.
aviso de recebimento, para gabinete@defensoria.to.def.br:

Gabinete do Subdefensor Público-Geral da Defensoria Pública ÓRGÃO DE ATUAÇÃO ÓRGÃO DE EXECUÇÃO

do Estado do Tocantins, em Palmas, aos 18 dias do mês de março de 2021. 1


11ª Defensoria Pública de Precatória e Vara de Violência Doméstica - Núcleo Regional da
Defensoria Pública de Gurupi -TO
01 vaga

PEDRO ALEXANDRE CONCEIÇÃO AIRES GONÇALVES Documento assinado eletronicamente por Estellamaris Postal, Defensor Público-Geral, em 15/03/2021, às 17:45, conforme art. 1º, III, “b”,
Subdefensor Público-Geral da Lei 11.419/2006.
A autenticidade do documento pode ser conferida no site http://sei.defensoria.to.def.br/sei/verifica.php informando o código verificador 0542067 e
o código CRC 23DC631F.

PORTARIA Nº 316, DE 18 DE MARÇO DE 2021.


ANEXO
O SUBDEFENSOR PÚBLICO-GERAL DO ESTADO DO
TOCANTINS, no uso das atribuições que lhe confere o Ato nº 34/2021, EXCELENTÍSSIMA SENHORA DEFENSORA PÚBLICA-GERAL
publicado no Diário Oficial nº 5.777, de 29 de janeiro de 2021;
REQUERENTE
CLASSE POSSE EXERCÍCIO MATRÍCULA
Considerando que lhe compete a autorização de acumulações LOTAÇÃO
e substituições no âmbito da Defensoria Pública do Estado do Tocantins; RG ÓRGÃO EXPEDIDOR CPF
O Requerente, acima qualificado, nos termos do Edital nº 032/2021 postula concorrer à remoção para o Órgão de Atuação abaixo especificado:

Considerando a necessidade de melhor instrumentalizar o 11ª Defensoria Pública de Precatória e Vara de Violência Doméstica - Núcleo Regional da Defensoria Pública de Gurupi -TO
__________________________, _______ de ___________________ de 2021.
funcionamento da Defensoria Pública do Estado do Tocantins,
Assinatura do Requerente

RESOLVE:

Art. 1º DESIGNAR o Defensor Público de 2ª Classe ELSON EDITAL DE ABERTURA Nº 033, DE 15 de MARÇO DE 2021.
STECCA SANTANA, para substituir, sem prejuízo de suas funções, a
Defensora Pública de 2ª Classe CARINA QUEIROZ DE FARIAS VIEIRA, A  DEFENSORA PÚBLICA-GERAL DO ESTADO DO
em suas atribuições na Defensoria Pública de Novo Acordo - TO, em razão TOCANTINS, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela Lei
de férias legais autorizadas por meio da Portaria 314/2021, referente ao Complementar Federal nº 80, de 12 de janeiro de 1994, Lei Complementar
exercício de 2021/2, no período de 26 de março a 03 de abril de 2021. Estadual nº 55, de 27 de maio de 2009 e Regimento Interno da Defensoria
Pública do Estado do Tocantins; 
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua assinatura.
CONSIDERANDO a vacância da 1ª Defensoria Pública do
Gabinete do Subdefensor Público-Geral da Defensoria Pública Tribunal Do Júri - Núcleo Regional da Defensoria Pública de Gurupi -TO,
do Estado do Tocantins, em Palmas, aos 18 dias do mês de março de 2021. em razão do resultado do concurso de remoção inaugurado pelo Edital 
nº  017/2021, publicado no Diário Oficial do Estado do Tocantins nº 5.783,
PEDRO ALEXANDRE CONCEIÇÃO AIRES GONÇALVES de 08 de fevereiro de 2021, acostado aos autos Sei nº 21.0.00000159-4;
Subdefensor Público-Geral
CONSIDERANDO que compete ao Defensor Público-Geral
oportunizar aos Defensores Públicos de 1ª Classe concorrer à titularidade
EDITAL DE ABERTURA Nº 032, DE 15 de MARÇO DE 2021.
do Órgão de Atuação vago;

A  DEFENSORA PÚBLICA-GERAL DO ESTADO DO


CONSIDERANDO que à remoção aplica-se como critério de
TOCANTINS, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela Lei
classificação e desempate a antiguidade na respectiva Classe;
Complementar Federal nº 80, de 12 de janeiro de 1994, Lei Complementar
Estadual nº 55, de 27 de maio de 2009 e Regimento Interno da Defensoria
RESOLVE:
Pública do Estado do Tocantins; 

Art. 1º Fixar o prazo de 05 (cinco) dias ininterruptos para que


CONSIDERANDO a vacância da 11ª Defensoria Pública de
Precatória e Vara de Violência Doméstica - Núcleo Regional da Defensoria as Defensoras e Defensores Públicos de 1ª Classe interessados no
Pública de Gurupi -TO, em razão do resultado do concurso de remoção provimento da vaga abaixo relacionada manifestem-se, nos termos do
inaugurado pelo Edital  nº  019/2021, publicado no Diário Oficial do Estado art. 51, da Lei Complementar Estadual nº 55/2009, mediante
do Tocantins nº 5.783, de 08 de fevereiro de 2021, acostado aos autos encaminhamento de requerimento ao Defensor Público-Geral, via correio
Sei nº 21.0.00000159-4; eletrônico, com aviso de recebimento, para gabinete@defensoria.to.def.br:
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 43

ÓRGÃO DE ATUAÇÃO ÓRGÃO DE EXECUÇÃO AUTOS-CSDP Nº 485/2021


1 1ª Defensoria Pública do Tribunal Do Júri - Núcleo Regional da Defensoria Pública de Gurupi -TO 01 vaga ASSUNTO: CONSULTA. ACUMULAÇÕES ENTRE CLASSES DISTINTAS.
Documento assinado eletronicamente por Estellamaris Postal, Defensor Público-Geral, em 15/03/2021, às 17:46, conforme art. 1º, III, “b”, CONSULENTE: CONSELHEIRO JOSÉ ALVES MACIEL
da Lei 11.419/2006.
RELATOR: CONSELHEIRO ARTHUR LUIZ PÁDUA MARQUES
A autenticidade do documento pode ser conferida no site http://sei.defensoria.to.def.br/sei/verifica.php informando o código verificador 0542072 e
o código CRC 38320ACD.
EMENTA: CONSULTA. ACUMULAÇÃO ENTRE CLASSES
DISTINTAS. INEXISTÊNCIA DE VEDAÇÃO LEGAL. ART. 62 DA LC
ANEXO Nº 55/2009. DIVISÃO DE ATRIBUIÇÕES. ART. 4º, XII. DESIGNAÇÃO
PELO DEFENSOR PÚBLICO-GERAL PARA ATUAÇÃO EM JUIZOS
EXCELENTÍSSIMA SENHORA DEFENSORA PÚBLICA-GERAL OU TRIBUNAIS DIVERSOS DA LOTAÇÃO ORIGINAL DO MEMBRO.
POSSIBILIDADE DE DESIGNAÇÃO DE MEMBROS DA CLASSE
REQUERENTE ESPECIAL. 1 - Não há vedação legal para acumulação de funções entre
CLASSE POSSE EXERCÍCIO MATRÍCULA Defensorias de classes distintas. 2 - Existência apenas de uma divisão
LOTAÇÃO de atribuições das classes descrita pelo art. 62. 3 - Possibilidade de
RG ÓRGÃO EXPEDIDOR CPF designação pelo Defensor Público-Geral de membro, inclusive da Classe
O Requerente, acima qualificado, nos termos do Edital nº 033/2021 postula concorrer à remoção para o Órgão de Atuação abaixo especificado: Especial, para acumular função em Defensoria de classe distinta, em ato
1ª Defensoria Pública do Tribunal Do Júri - Núcleo Regional da Defensoria Pública de Gurupi -TO
motivado. 4 - Mitigação da regra do art. 62 permitida pelo art. 4º, XII da
__________________________, _______ de ___________________ de 2021. Lc nº 55/2009.
Assinatura do Requerente
DECISÃO: Vistos, relatados e discutidos estes autos, o Egrégio
Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado do Tocantins
decide, por unanimidade, acompanhar as respostas trazidas no voto do
CONSELHO SUPERIOR Conselheiro Arthur Luiz nos questionamentos ‘1’, ‘2’ e ‘4’ da Consulta, bem
como acompanha a resposta trazida em voto divergente pelo Conselheiro
AUTOS-CSDP Nº 479/2020 Fabrício Brito, no questionamento ‘3’, restando assim aprovado: “1. Existe
alguma vedação legal para acumulação de funções entre Defensorias de
ASSUNTO: PROPOSTA DE RESOLUÇÃO. CRITÉRIOS DE APLICAÇÃO
classes distintas? R. NÃO. Conforme motivação acima, o artigo 62 optou
DO INSTITUTO “ORDEM DE CLASSIFICAÇÃO” E “LISTA DE
por estabelecer uma regra de divisão de atribuições entre os órgãos de
CLASSIFICADOS”. LCE Nº 55/2009. atuação que laboram em primeiro e segundo graus, tendo como parâmetro,
PROPONENTE: CONSELHEIRA SUPLENTE DENIZE SOUZA LEITE as divisões de competência jurisdicional. Lado outro, no artigo 4º, XII, a
RELATOR: CONSELHEIRO FABRÍCIO DIAS BRAGA DE SOUZA mesma LC 55/09 que estabeleceu a regra de distribuição de atribuições em
órgãos jurisdicionais específicos, mitigou a regra, trazendo a possibilidade
EMENTA: PROPOSTA DE RESOLUÇÃO. CRITÉRIOS DE justificada de que defensores públicos atuarem em juízos ou Tribunais
diversos de sua lotação. Vale ressaltar a importância da interpretação
APLICAÇÃO DO INSTITUTO “ORDEM DE CLASSIFICAÇÃO” E “LISTA
teleológica dos dispositivos (ex. as vezes não tem que acumula; as vezes
DE CLASSIFICADOS”. ALTERNÂNCIA E PROPORCIONALIDADE.
não tem quem faz júri; as vezes não tem quem defenda o grupo; as vezes
POLÍTICA DE COTAS RACIAIS. DESNECESSIDADE DE CRIAÇÃO DE para a defesa técnica de grupos sociais vulneráveis, há necessidade de
NOVA RESOLUÇÃO. VIGÊNCIA DA LEI Nº 55/2009 E RESOLUÇÃO- uma atuação mais especializada ou estratégica). 2. Sendo negativa a
CSDP Nº 147/2016. DEFINIÇÃO DE CRITÉRIOS EM EDITAL OU resposta ao primeiro questionamento e diante da vacância de órgãos de
REGULAMENTO ESPECÍFICO DE CADA CONCURSO. NÃO atuação em Comarcas de 1ª, 2ª e 3ª entrância, somada a inexistência
ACOLHIMENTO DA PROPOSTA. 1 - Criação de nova resolução com de Defensores Substitutos, é possível a acumulação dessas funções
critérios de alternância e proporcionalidade para serem aplicados na por Defensores da classe especial? R: SIM. Assim como é possível que
Defensores Públicos de 1ª e 2ª classe, atuar em Tribunal diverso de sua
ordem de classificação e lista de classificados. 2 - Política de cotas
lotação quando houver justificativa (ato motivado). FRISO: art. 4º Incumbe
raciais. 3 - Desnecessário haja visto a LC nº 55/2009 e a Resolução-CSDP ao Defensor Público-Geral: XII - designar, em ato motivado, Defensor
nº 147/2016 regulamentarem a matéria. 4 - Cabe ao Conselho Superior Público para atuar em processos, Juízos, Tribunais ou Ofícios diversos
estabelecer, em regulamento específico ou edital de cada concurso, a dos de sua lotação; 3. Quais as situações de excepcionalidade justificam
alternância na ordem de classificação e o quantitativo das cotas raciais. a acumulação de função em classes distintas pelos Defensores da classe
5 - Proposta de Resolução rejeitada. especial? R. Não existem situações excepcionais predefinidas em Lei e
em nenhum outro ato normativo. Porém, nos casos de designação de
membro para atuação em órgão já provido, deve haver a oitiva prévia do
DECISÃO: Vistos, relatados e discutidos estes autos, o Egrégio
titular, em respeito ao princípio do defensor natural. Para essa pergunta
Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado do Tocantins
também se aplica a resposta anterior, já que a regra é atuar nos juízos
decide, por maioria dos votos, pela rejeição da presente matéria, sob e tribunais conforme o art. 62, porém, ao DPG cabe a designação para
os fundamentos trazidos no voto divergente do Dr. Arthur Luiz, o qual processos, juízos, Tribunais ou ofícios diversos; 4. Em se tratando de
entendeu pela “rejeição da presente Proposta de Resolução, considerando atuação perante o Tribunal do Júri, há alguma vedação para que o
a existência de Lei e Resolução-CSDP nº 147/2016, a qual instituiu a Defensor de classe especial o faça? R: Não há proibição legal para
política de cotas raciais, não tendo assim, razão para criação de nova Defensor Público de classe especial fazer defesa em plenário de júri e de
resolução, bem como há necessidade de definição de lista de classificação igual forma, não há proibição de que o Defensor Público de 2ª e 1ª classe
atuem em Tribunais, desde que, conforme motivação acima, o legislador
e alternância das cotas em edital específico de cada concurso ou no
no art. 62, optou por estabelecer uma regra de divisão de atribuições entre
regulamento de cada concurso, frisando que é atribuição do CSDP definir os órgãos de atuação que laboram em primeiro e segundo graus, tendo
a alternância e quantitativo das cotas raciais, porém, é em regulamento como parâmetro, as divisões de competência jurisdicional. Lado outro, no
específico ou edital de cada concurso”. Acompanharam o voto divergente artigo 4º, XII, a mesma LC 55/09 que estabeleceu a regra de distribuição
do Dr. Arthur Luiz os Conselheiros Pedro Alexandre, Irisneide Ferreira de atribuições em órgãos jurisdicionais específicos, excepcionou e mitigou
e Maria do Carmo Cota. Presentes na Sessão os Conselheiros Pedro a regra, trazendo a possibilidade justificada de que defensores públicos
atuarem em processos, juízos ou Tribunais diversos de sua lotação.”
Alexandre C. A. Gonçalves, Vice-Presidente; Irisneide Ferreira dos Santos,
Presentes na Sessão os Conselheiros Pedro Alexandre C. A. Gonçalves,
Corregedora-Geral; Maria Do Carmo Cota, Fabrício Silva Brito, Arthur Vice-Presidente; Irisneide Ferreira dos Santos, Corregedora-Geral; Maria
Luiz Pádua Marques, José Alves Maciel e Fabrício Dias Braga de Sousa. Do Carmo Cota, Fabrício Silva Brito, Arthur Luiz Pádua Marques, José
Presente ainda o Presidente da ADPETO, Doutor Guilherme Vilela Ivo Alves Maciel e Fabrício Dias Braga de Sousa. Presente ainda o Presidente
Dias. Presidiu a sessão a Excelentíssima Senhora Estellamaris Postal, da ADPETO, Doutor Guilherme Vilela Ivo Dias. Presidiu a sessão a
Presidente do Conselho Superior da Defensoria Pública. Excelentíssima Senhora Estellamaris Postal, Presidente do Conselho
Superior da Defensoria Pública.
Palmas-TO, 15 de março de 2021.
Palmas - TO, 15 de março de 2021.

ESTELLAMARIS POSTAL ESTELLAMARIS POSTAL


Presidente do CSDP Presidente do CSDP
44 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

TRIBUNAL DE CONTAS PUBLICAÇÕES DOS MUNICÍPIOS

EDITAL DE NOTIFICAÇÃO Nº 1/2021/RELT3-COCAR ALIANÇA DO TOCANTINS

Expediente nº 589/2021 - Entidade: Prefeitura Municipal de FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE


Cachoeirinha - TO - Assunto: Expediente - Controle Concomitante
Licitações/Contratos Acerca do Processo SICAO-LCO nº 18/2021 EXTRATO DO TERMO DE ADESÃO
Objetivando Aquisição de Material de Limpeza e Utensílios, visando À ATA DA REGISTRO DE PREÇO
atender necessidades das Secretarias da Prefeitura. Nos termos do
Despacho nº 288/2020 do Gabinete da Terceira Relatoria, em atenção TERMO ADITIVO Nº 01/2020 REALINHAMENTO/REAJUSTE
ao disposto no artigo 5º, LV, da Constituição Federal, que assegura o DE PREÇO DO CONTRATO Nº 038/2020 - PREGÃO PRESENCIAL SRP
contraditório e a ampla defesa, e em conformidade com a Lei Orgânica nº 001/2020 - PREGÃO PRESENCIAL SRP nº 001/2020 - PROCESSO
ADMINISTRATIVO Nº: 405/2020 - CONTRATO Nº 035/2021 - FMS.
nº 1.284/2001, artigos 32, 33 e 34 e ao Regimento Interno do TCE/TO,
Considerando o aceite de adesão do Fundo Municipal de Saúde de
artigo 205, inciso V, Instrução Normativa nº 001/2012, fica, pelo presente Peixe - TO, órgão gerenciador da ata, a análise da Comissão Permanente
Edital, NOTIFICO o Senhor Paulo Macedo Damascena, Prefeito Municipal de Licitação e do Parecer Jurídico favorável à adesão da referida ata,
de Cachoeirinha, para que nos termos do referido expediente, e caso objetivando a Contratação de empresa para eventual, futura e parcelada
queira, no prazo de 15 (quinze) dias da publicação deste, manifestar aquisição de medicamentos e materiais hospitalares para reabastecimento
e/ou apresentar documentos acerca dos fatos apontados nos autos e dos estoques da farmácia básica do município de Aliança do Tocantins - TO.
no citado Despacho, ficando advertido dos efeitos da revelia, ou seja, Acato na Íntegra. CONTRATANTE: FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE
de que a falta de manifestação implicará em se tornarem verdadeiros DE ALIANÇA DO TOCANTINS - TO - CONTRATADA: FARMAVITTA
os fatos conforme constam nos autos, sujeitando-se o responsável às DIST. MEDICAMENTOS EIRELI - ME, pessoa jurídica de direito privado,
inscrita no CNPJ sob o nº 23.330.128/0001-19, com sede na QD. 501 Sul,
sanções previstas em Lei e no RITCE/TO, cientificando-o, ainda, de que
Avenida NS 01, Lote 21, Salas 10 e 11, Plano Diretor Sul, Palmas - TO.
os autos estarão à sua disposição, durante o mencionado prazo, somente VALOR: R$ 7.441.262,64 (sete milhões, quatrocentos e quarenta e um
no Sistema E-Contas através do endereço eletrônico: app.tce.to.gov.br/ mil, duzentos e sessenta e dois reais e sessenta e quatro centavos). O
sicop. Para esclarecimentos de dúvidas, em relação ao presente edital, valor do termo aditivo para cobrir as despesas relativas o Reequilíbrio
entrar em contato na Coordenadoria de Diligências (fone: 63-3232-5878) Econômico Financeiro dos preços do contrato, será o valor total de R$
deste TCE/TO, localizado na Avenida Teotônio Segurado - ACSU - NE 10 1.046.846,90 (um milhão, quarenta e seis mil oitocentos e quarenta e
- Conjunto 01 - Lotes 01 e 02, com expediente das 12 às 18 horas. Palmas, seis reais e noventa centavos), referente aos itens da planilha em anexos
Capital do Estado do Tocantins, aos 16 dias do mês de dezembro de 2020, ao processo.
Diretoria Geral de Controle Externo - Diligência. Eu, Ana Rosa Guimarães
Aliança do Tocantins - TO, 16 de Março de 2021.
Fonseca, Técnico de Controle Externo, digitei e conferi.
Josiel Antônio Berticelli
Conselheiro José Wagner Praxedes Gestor do Fundo Municipal de Saúde
Relator

ALVORADA
EDITAL DE NOTIFICAÇÃO Nº 2/2021/RELT3-COCAR
EXTRATO DO CONTRATO DE DISPENSA Nº 007/2021/ADM
Expediente nº 589/2021 - Entidade: Prefeitura Municipal de
Cachoeirinha - TO - Assunto: Expediente - Controle Concomitante DISPENSA Nº 007/2021/ADM| PROCESSO ADMINISTRATIVO
Licitações/Contratos Acerca do Processo SICAO-LCO nº 18/2021 Nº 039/2021/ADM
Objetivando Aquisição de Material de Limpeza e Utensílios, visando OBJETO: CONTRATAÇÃO DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL PARA
atender necessidades das Secretarias da Prefeitura. Nos termos do SER ALMOXARIFADO, ATENDENDO AS NECESSIDADES NO
ARQUIVAMENTO DE DOCUMENTOS E MATERIAIS. CONTRATANTE:
Despacho nº 288/2020 do Gabinete da Terceira Relatoria, em atenção
MUNICÍPIO DE ALVORADA/TO - CNPJ sob nº 01.800.242/0001-22,
ao disposto no artigo 5º, LV, da Constituição Federal, que assegura o
CONTRATADO: WILMAR MEDRADO DE ABREU, CPF sob
contraditório e a ampla defesa, e em conformidade com a Lei Orgânica nº 598.337.181-91. VALOR TOTAL: R$ 11.000,00. VIGÊNCIA: 03/03/2021
nº 1.284/2001, artigos 32, 33 e 34 e ao Regimento Interno do TCE/TO, artigo à 31/12/202.
205, inciso V, Instrução Normativa nº 001/2012, fica, pelo presente Edital,
NOTIFICO o Senhor Francisco Alves Faustino Filho, Pregoeiro, para que Alvorada/TO, aos 18 dias do mês de março de 2021.
nos termos do referido expediente, e caso queira, no prazo de 15 (quinze)
dias da publicação deste, manifestar e/ou apresentar documentos acerca PAULO ANTÔNIO DE LIMA SEGUNDO
dos fatos apontados nos autos e no citado Despacho, ficando advertido Prefeito do Município de Alvorada/TO
dos efeitos da revelia, ou seja, de que a falta de manifestação implicará
em se tornarem verdadeiros os fatos conforme constam nos autos,
FUNDO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
sujeitando-se o responsável às sanções previstas em Lei e no RITCE/TO,
cientificando-o, ainda, de que os autos estarão à sua disposição, AVISO DE LICITAÇÃO
durante o mencionado prazo, somente no Sistema E-Contas através PREGÃO PRESENCIAL Nº 003/2021/FME - SRP
do endereço eletrônico: app.tce.to.gov.br/sicop. Para esclarecimentos PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 012/2021/FME - SRP
de dúvidas, em relação ao presente edital, entrar em contato na
Coordenadoria de Diligências (fone: 63-3232-5878) deste TCE/TO, Fundo Municipal de Educação de Alvorada/TO, através
localizado na Avenida Teotônio Segurado - ACSU - NE 10 - Conjunto 01 da Comissão Permanente de Licitação - CPL torna público que fará
realizar na sala de reunião do CRAS, situada na Rua 07 de Setembro,
- Lotes 01 e 02, com expediente das 12 às 18 horas. Palmas, Capital do
S/N, Centro, Alvorada/TO, PREGÃO PRESENCIAL Nº 003/2021/FME/
Estado do Tocantins, aos 16 dias do mês de dezembro de 2020, Diretoria SRP, PROCESSO LICITATÓRIO 004/2021/FME a ser realizado no dia
Geral de Controle Externo - Diligência. Eu, Ana Rosa Guimarães Fonseca, 01/04/2021, às 08h:30m, tipo MENOR PREÇO POR ITEM visando a
Técnico de Controle Externo, digitei e conferi. REGISTRO DE PREÇOS PARA FUTURA, EVENTUAL E PARCELADA
CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA NA PRESTAÇÃO DE
Conselheiro José Wagner Praxedes SERVIÇOS DE INTERNET VIA FIBRA ÓPTICA PARA ATENDER A REDE
Relator MUNICIPAL DE ENSINO DE ALVORADA/TO.
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 45
O edital e seus anexos estão disponíveis no site oficial da FORMOSO DO ARAGUAIA
Prefeitura Municipal de Alvorada/TO, através do endereço eletrônico: www.
alvorada.to.gov.br ou através do e-mail: prefeituraalvoradacpl@gmail.com,
de segunda à sexta-feira, e informações através do fone: (63) 3353-2482. AVISO DE PREGÃO PRESENCIAL nº 002/2021

Alvorada/TO, aos 18 dias do mês de março de 2021. A Comissão de Licitação da Prefeitura Municipal de Formoso
do Araguaia/TO, torna público que fará realizar sob a égide da Lei
nº 8.666/93, de 21 de junho de 1993, e suas posteriores alterações, Pregão
RHAFAELA GUERRA TAKAHASHI Presencial nº 002/2021(PROC. ADM 2021/232) que se realizará dia 06 de
Presidente da Comissão Permanente de Licitação abril de 2021, às 08h30min, na sala da Comissão Permanente de Licitação,
na sede da Prefeitura de Formoso do Araguaia-TO, localizada na Avenida
Hermínio Azevedo Soares, nº 150, centro, com objetivo de aquisição de
Fundo Municipal de Saúde lâmpadas para Iluminação pública através de Registro de Preços para
suprir as necessidades das Secretarias de Infraestrutura. A cópia do Edital
AVISO DE LICITAÇÃO e seus anexos estarão disponíveis aos interessados, das 07h00min às
PREGÃO PRESENCIAL Nº 003/2021/FMS 13h00min de segunda a sexta-feira na sede do Município de Formoso
PROCESSO ADMINISTRATIVO 067/2021/FMS do Araguaia-TO, bem como através do site: www.formosodoaraguaia.
to.gov.br/transparencia.
Fundo Municipal de Saúde de Alvorada/TO, através da
Comissão Permanente de Licitação - CPL torna público que fará realizar Formoso do Araguaia - TO, 18 de Março de 2021.
na sala de reunião do CRAS, situada na Rua 07 de Setembro, S/N, Centro,
Alvorada/TO, PREGÃO PRESENCIAL Nº 003/2021/FMS, a ser realizado LUIZ GONZAGA RODRIGUES DA MOTA
no dia 01/04/2021, às 14h:30m, tipo MENOR PREÇO POR ITEM visando PREGOEIRO OFICIAL
a CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA NA PRESTAÇÃO
DE SERVIÇO DE INTERNET VIA FIBRA ÓPTICA, PARA ATENDER
AS NECESSIDADES DO FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE. O edital e PREGÃO ELETRÔNICO 001/2021- REPUBLICADO
seus anexos estão disponíveis no site oficial da Prefeitura Municipal de
Alvorada/TO, através do endereço eletrônico: www.alvorada.to.gov.br A Comissão de Licitação da Prefeitura Municipal de Formoso
ou através do e-mail: prefeituraalvoradacpl@gmail.com, de segunda à do Araguaia/TO torna público que fará realizar sob a égide da Lei
sexta-feira, e informações através do fone: (63) 3353-2482. nº 10.520/2002, e da Lei nº 8.666/93, de 21 de junho de 1993, e suas
posteriores alterações, a abertura do Pregão Eletrônico nº 001/2021-
REPUBLICADO (PROC. ADM 2021/355) que se realizará dia 12 de Abril
Alvorada/TO, aos 18 dias do mês de março de 2021. de 2021, às 08h30min, para aquisição de 01 veículo zero km, (veículo
de passeio 5 lugares) para o atendimento da demanda de usuários que
RHAFAELA GUERRA TAKAHASHI necessitam de locomoção, visando a estruturação da rede de atendimento
Presidente da Comissão Permanente de Licitação do fundo municipal de saúde de Formoso do Araguaia-TO.
A l i c i t a ç ã o s e r á r e a l i z a d a a t r a v é s d o s i t e : w w w.
CARIRI DO TOCANTINS portaldecompraspublicas.com.br e cópia do Edital e seus anexos
estarão disponíveis aos interessados, das 07h00min às 13h00min de
segunda a sexta-feira na sede do Município de Formoso do Araguaia-TO,
FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE na Av. Hermínio Azevedo Soares, nº 150, centro, pelo fone: (63) 3357-2893,
bem como através do site: www.formosodoaraguaia.to.gov.br/
EXTRATO DE CONTRATO Nº 005/2021 transparencia.
Disp. - COVID 19 - DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº 004/2021. Firmado Formoso do Araguaia - TO, 18 de Março de 2021.
em 17/03/2021, entre o FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE CARIRI
DO TOCANTINS - TO, CNPJ nº 12.308.833/0001-01, com sede à Rua LUIZ GONZAGA RODRIGUES DA MOTA
Julieta Zeferina de Oliveira, s/nº, centro, CEP: 77453-000 Cariri do PREGOEIRO OFICIAL
Tocantins - TO e a empresa­FISIOMED COMÉRCIO E DISTRIBUIDORA
DE PRODUTOS MÉDICOS E HOSPITALARES LTDA, inscrita no
CNPJ Nº 07.201.743/0001-79, com sede na Av. Pará, nº 1.487, AVISO DE EXTRATO DE CONTRATO
Qd. 11, Lt. 16 (parte) Centro, Gurupi - TO, CEP: 77.403-010; Valor
Total: R$ 50.240,00 (cinquenta mil, duzentos e quarenta reais). Objeto: Contrato: 006/2021.
Aquisição de Testes Rápidos para diagnóstico da Covid-19, em caráter Processo Administrativo nº 530/2021
de urgência para o enfrentamento da emergência de saúde pública Vinculação a inexigibilidade de licitação nº 005/2021.
causada pelo Novo Coronavírus, nos Termos do Anexo I. Dotação: Contratante: Município de Formoso do Araguaia - TO.
0002.0150.10.301.0025.2077 - APOIO AO ENFRENTAMENTO Contratada: NP CAPACITAÇÃO E SOLUÇÕES LTDA.
CORONAVÍRUS - COVID-19 - 3.3.90.30 - MATERIAL DE CONSUMO - CNPJ: 07.797.967/0001-95.
0040.00.000 ASPS - 0401.00.777 - TRANSFERÊNCIAS FUNDO A FUNDO Objeto: Contratação de empresa especializada para prestação de serviço
DE RECURSOS DO SUS PROVENIENTES DO GOVERNO FEDERAL de Assinatura Anual, de ferramenta de pesquisa e comparação de preços
- BLOCO DE CUSTEIO - CORONAVÍRUS (COVID-19) - 0401.00.000 praticados pela Administração Pública - Banco de Preços.
- TRANSFERÊNCIAS FUNDO A FUNDO DE RECURSOS DO SUS Data da Assinatura: 12 de março de 2021.
PROVENIENTES DO GOVERNO FEDERAL - BLOCO DE CUSTEIO. Período: 17/03/2021 a 16/03/2022.
Fundamento Legal: Lei Federal Nº 8.666/93 e suas alterações posteriores; Dotação Orçamentária: 0007.04.122.0002.2036, Natureza: 3.3.90.39
Processo Administrativo nº 285/2021. Vigência: 17/03/2021 a 17/04/2021. Fonte: 10
Signatários: Heno Rodrigues da Silva - Prefeito do Município de Formoso
Ordenadora: Sra Vanessa Vancetto Nazato. do Araguaia-TO.
Representante da Contratada: Rudimar Barbosa dos Reis.
CRIXÁS DO TOCANTINS Formoso do Araguaia - TO, 18 de Março de 2021.

AVISO DE LICITAÇÃO Heno Rodrigues da Silva


Prefeito de Formoso do Araguaia
O MUNICÍPIO DE CRIXÁS DO TOCANTINS, torna público que
fará realizar na sala de reunião da Comissão Permanente de Licitação - OLIVEIRA DE FÁTIMA
CPL, na Sede da Prefeitura Municipal de Crixás do Tocantins, Av. Marechal
Rondon, s/n, Centro - Crixás do Tocantins - TO, CEP: 77.463-000:
FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE
PREGÃO ELETRÔNICO Nº 002/2021 - para o dia 05 de
abril de 2021 às 12:00 horas, tipo MENOR PREÇO POR ITEM, ATO AVISO DE LICITAÇÃO
objetivando a REGISTRO DE PREÇOS PARA FUTURA AQUISIÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 001/2021
DE 01 (UM) VEÍCULO RODOVIÁRIA REFERENTE A CONVÊNIO
Nº 902249/2020 - MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL O Fundo de Saúde do Município de Oliveira de Fátima - TO,
- SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DA AMAZÔNIA - torna público que fará realizar no dia 02 do mês de Abril de 2021, às 10:00
SUDAM, CONFORME ESPECIFICAÇÕES CONTIDAS NO ANEXO I horas na sala da Comissão Permanente de Licitação - CPL, licitação na
- TERMO DE REFERÊNCIA. Retirada do Edital Junto a Comissão de modalidade PREGÃO PRESENCIAL, tipo menor preço por item, visando
a AQUISIÇÃO DE VEÍCULO TIPO AMBULÂNCIA PARA O FUNDO DE
Licitações, das 07:00 às 13:00, de segunda a sexta-feira, através do site: SAÚDE DE OLIVEIRA DE FÁTIMA.
www.crixas.to.gov.br e informação através do fone: (63) 3352-1140, e-mail:
licitacaocrixas2017@hotmail.com. Maiores informações através do Fone: (63) 3335-1169, das
07:00 às 12:00 horas, de segunda a sexta-feira ou pelo site: www.
Crixás do Tocantins - TO, 16 de Março de 2021. oliveiradefatima.to.gov.br.
MARINEZ OLIVEIRA MARINHO LEANDRO DIAS DA SILVA
Pregoeira Pregoeiro
46 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

PALMEIRANTE Art. 2º Publique-se este decreto legislativo no Diário Oficial do


Estado, no mural da Câmara Municipal e no mural da Prefeitura.
AVISO DE LICITAÇÃO
Art. 3º Sejam expedidos ofícios para:
O Município de Palmeirante, comunica aos interessados que fará
I. Ao Presidente do Tribunal Regional Eleitoral encaminhando
realizar na sede deste Órgão, situado à Rua 07 de Setembro, s/n, Centro
cópia do decreto legislativo e respectiva ata;
- Palmeirante - TO - CEP: 77.798-000, Licitação Pública na modalidade
“Pregão Presencial”, visando à contratação e/ou compra, de acordo com
II. Ao Procurador-Geral do Ministério Público do Estado do
as disposições contidas no Edital correspondente, na Lei 10.520/2002 e
subsidiariamente a Lei Federal nº 8.666/93. Tocantins, Eleitoral encaminhando cópia do decreto legislativo e respectiva
ata;
Objeto: Registro de preço visando à aquisição de combustíveis para
atender a frota de veículos do município e a serviço, através do Gabinete III. Ao Procurador da República atuando na Justiça Eleitoral
do Prefeito, Secretarias Municipais e os Fundos de Assistência Social, do Estado do Tocantins, encaminhando cópia do decreto legislativo e
Educação e de Saúde, de Palmeirante - TO, como constam das condições respectiva ata;
definidas no TERMO DE REFERÊNCIA e MINUTA DA ATA DE REGISTRO
DE PREÇO, todos anexos a este edital. Modalidade: Pregão Presencial IV. Ao Presidente do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins,
para Registro de Preço nº 01/2021. TIPO: Menor preço. JULGAMENTO Eleitoral encaminhando cópia do decreto legislativo e respectiva ata.
Menor preço por item. FORMA E REGIME DE EXECUÇÃO: Execução
Indireta. Abertura: 05 de abril de 2021, às 11:00 (onze horas). Art. 4º Este Decreto entra em vigor nesta data, revogando-se
qualquer disposição em contrário.
Objeto: Registro de preço visando à aquisição de peças mecânicas, peças
elétricas e acessórios para frota de veículos do município, através do Publique-se. Registre-se. Cumpra-se. Após, arquive-se cópia
Gabinete do Prefeito, Secretarias Municipais e os Fundos de Assistência deste, inclusive no processo respectivo.
Social, Educação e de Saúde, de Palmeirante - TO, como constam das
condições definidas no TERMO DE REFERÊNCIA e MINUTA DA ATA RAIMUNDO BENTO ALVES QUEIROZ
DE REGISTRO DE PREÇO todos anexo a este edital. Modalidade: Presidente
Pregão Presencial para Registro de Preço nº 02/2021. TIPO: Menor
preço. JULGAMENTO Menor preço por item. FORMA E REGIME DE
EXECUÇÃO: Execução Indireta. Abertura: 05 de abril de 2021, às 14:00 DECRETO LEGISLATIVO Nº 17/2021.
(quatorze horas).
Palmeirante, 08 de março de 2021.
Objeto: Registro de preço visando à aquisição de pneus, câmara de ar,
recapagem e duplagem de pneus para frota de veículos do município,
APROVA as contas consolidadas do senhor MANOEL
através do Gabinete do Prefeito, Secretarias Municipais e os Fundos de
DE OLIVEIRA PLINIO, ex-prefeito do Município de
Assistência Social, Educação e de Saúde, de Palmeirante - TO, como
Palmeirante/TO, referente suas contas do exercício
constam das condições definidas no TERMO DE REFERÊNCIA, e
2015 e dá outras providências.
MINUTA DA ATA DE REGISTRO DE PREÇO todos anexo a este edital.
Modalidade: Pregão Presencial Para Registro de Preço nº 03/2021. TIPO:
Menor preço. JULGAMENTO Menor preço por item. FORMA E REGIME O PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE PALMEIRANTE,
DE EXECUÇÃO: Execução Indireta. Abertura: 05 de abril de 2021, às ESTADO DO TOCANTINS, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS
16:00 (dezesseis horas). E CONSTITUCIONAIS, E CONSIDERANDO DECISÃO DO SOBERANO
PLENÁRIO, EDITA E PROMULGA O SEGUINTE DECRETO:
Os interessados poderão obter cópia dos respectivos Pregões
Presencial em até 02 (dois) dias uteis antes ao da abertura desta licitação Art. 1º Ficam APROVADAS as contas consolidadas do senhor
PESSOALMENTE, munidos de Pendrive para gravação da planilha da Manoel de Oliveira Plinio, ex-prefeito do Município de Palmeirante/TO,
Proposta de Preço. Maiores informações poderão ser dadas no endereço referente suas contas do exercício 2015, nos termos da decisão proferida
citado, pelo telefone: (63) 3493-1276, e-mail: licitacao@palmeirante.to.gov.br, no julgamento ocorrido no dia 08/03/2021.
ou ainda pelo site: www.palmeirante.to.gov.br, de segunda a sexta-feira,
no horário de 08:00 (oito horas) as 12:00 (doze) horas: Art. 2º Publique-se este decreto legislativo no Diário Oficial do
Estado, no mural da Câmara Municipal e no mural da Prefeitura.
Palmeirante - TO, 18 de Março de 2021.
Art. 3º Sejam expedidos ofícios para:
Raimundo Brandão dos Santos
Prefeito Municipal I. Ao Presidente do Tribunal Regional Eleitoral encaminhando
cópia do decreto legislativo e respectiva ata;

CÂMARA MUNICIPAL II. Ao Procurador-Geral do Ministério Público do Estado do


Tocantins, Eleitoral encaminhando cópia do decreto legislativo e respectiva
DECRETO LEGISLATIVO Nº 16/2021.
ata;
Palmeirante, 08 de março de 2021.
III. Ao Procurador da República atuando na Justiça Eleitoral
APROVA as contas consolidadas do senhor MANOEL do Estado do Tocantins, encaminhando cópia do decreto legislativo e
DE OLIVEIRA PLINIO, ex-prefeito do Município de respectiva ata;
Palmeirante/TO, referente suas contas do exercício
2014 e dá outras providências. IV. Ao Presidente do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins,
Eleitoral encaminhando cópia do decreto legislativo e respectiva ata.
O PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE PALMEIRANTE,
ESTADO DO TOCANTINS, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS Art. 4º Este Decreto entra em vigor nesta data, revogando-se
E CONSTITUCIONAIS, E CONSIDERANDO DECISÃO DO SOBERANO qualquer disposição em contrário.
PLENÁRIO, EDITA E PROMULGA O SEGUINTE DECRETO:
Publique-se. Registre-se. Cumpra-se. Após, arquive-se cópia
Art. 1º Ficam APROVADAS as contas consolidadas do senhor deste, inclusive no processo respectivo.
Manoel de Oliveira Plinio, ex-prefeito do Município de Palmeirante/TO,
referente suas contas do exercício 2014, nos termos da decisão proferida RAIMUNDO BENTO ALVES QUEIROZ
no julgamento ocorrido no dia 08/03/2021. Presidente
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 47
DECRETO LEGISLATIVO Nº 18/2021. PREGÃO PRESENCIAL Nº 002/2021 - SRP

Palmeirante, 08 de março de 2021. Órgão demandante: Prefeitura Municipal de São Félix do


Tocantins. Órgãos Participantes: Fundos Municipais de Assistência
APROVA as contas consolidadas do senhor MANOEL Social e Fundo Municipal da Educação e Fundo Municipal de Saúde.
DE OLIVEIRA PLINIO, ex-prefeito do Município de Processo licitatório nº 028/2021 do tipo menor preço por item, visando a
Palmeirante/TO, referente suas contas do exercício Contratação de empresa especializada para aquisição de combustível,
2016 e dá outras providências. com o objetivo de atender as necessidades existente. Data 02/04/2020.
Horário 09h00min.
O PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE PALMEIRANTE,
ESTADO DO TOCANTINS, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS São Félix do Tocantins - TO, 18 de Março de 2021.
E CONSTITUCIONAIS, E CONSIDERANDO DECISÃO DO SOBERANO
PLENÁRIO, EDITA E PROMULGA O SEGUINTE DECRETO: Talitha Gomes Ferreira
Pregoeira
Art. 1º Ficam APROVADAS as contas consolidadas do senhor
Manoel de Oliveira Plinio, ex-prefeito do Município de Palmeirante/TO,
referente suas contas do exercício 2016, nos termos da decisão proferida
no julgamento ocorrido no dia 08/03/2021. PUBLICAÇÕES PARTICULARES
Art. 2º Publique-se este decreto legislativo no Diário Oficial do
Estado, no mural da Câmara Municipal e no mural da Prefeitura. EDITAL DE COMUNICAÇÃO
Art. 3º Sejam expedidos ofícios para: ANTONIO COELHO SOBRINHO, portador do CPF nº 505.599.403-78,
torna público que requereu junto ao NATURATINS, a emissão da Licença
I. Ao Presidente do Tribunal Regional Eleitoral encaminhando Prévia (LP), Licença de Instalação (LI) e Licença de Operação (LO) para
cópia do decreto legislativo e respectiva ata; a atividade de Bovinocultura e a Declaração de Uso Insignificante de
Recursos Hídricos (DUI), localizado na FAZENDA MELÃO; com endereço
II. Ao Procurador-Geral do Ministério Público do Estado do na FAZENDA Desmembrada da Gleba nº 40, Começa o Perímetro no
Tocantins, Eleitoral encaminhando cópia do decreto legislativo e respectiva Marco nº 21, Zona Rural, registrada sob MATRÍCULA Nº 0000017,
ata; FICHA 001/002 DO LIVRO 2, situada no município de Filadélfia - TO. O
empreendimento se enquadra nas Resoluções CONAMA Nº 001/86 e
III. Ao Procurador da República atuando na Justiça Eleitoral 237/97 e Resolução COEMA 07/2005, que dispõe sobre o Licenciamento
do Estado do Tocantins, encaminhando cópia do decreto legislativo e Ambiental.
respectiva ata;

IV. Ao Presidente do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins, AVISO DE COTAÇÃO PRÉVIA


Eleitoral encaminhando cópia do decreto legislativo e respectiva ata.
A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Colinas
Art. 4º Este Decreto entra em vigor nesta data, revogando-se do Tocantins vem por meio da Comissão Permanente de Licitação
qualquer disposição em contrário. Cotação de Preço, tornar público que realizará Cotação Prévia edital
nº 001/2021, do tipo MENOR PREÇO POR ITEM, com prazo limite 30 de
Publique-se. Registre-se. Cumpra-se. Após, arquive-se cópia
março de 2021, às 17h30min (dezessete horas e trinta minutos) horário de
deste, inclusive no processo respectivo.
Brasília, com a finalidade de Aquisição de Equipamentos, na Reabilitação
Visual, conforme convênio nº 904863/2020, proveniente de programa
RAIMUNDO BENTO ALVES QUEIROZ
Presidente do Ministério da Saúde. O Edital segue disponível no sitio eletrônico:
cercolinas.com.br e/ou através do e-mail: cer@cercolinas.com.br.

SANDOLÂNDIA Colinas do Tocantins - TO, 19 de março de 2021.

Neusa Maria dos Santos


FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE Presidente da Comissão Permanente de Licitação
Portaria/APAE nº 01/2021
AVISO DE PUBLICAÇÃO
CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 004/2021-FMS
EDITAL DE COMUNICAÇÃO
O FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE SANDOLÂNDIA - TO
por meio da Comissão Permanente de Licitação da Prefeitura Municipal O Auto Posto Coimbra LTDA, CNPJ: 36.990.794/0001-25, torna
expede o presente Edital de Chamamento Público Nº 004/2021-FMS e público que requereu ao Instituto Natureza do Tocantins - NATURATINS,
torna público aos interessados que a partir do dia 30 de março de 2021, a Renovação da Licença de Operação (LO) para a atividade de comércio
das 7h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00 haverá Credenciamento de varejista de combustíveis e lubrificantes, sito na Av. Araguaia, Qd-97, Lote 02
Pessoas Físicas ou Jurídicas para prestação de serviços no centro de no Município de Araguatins - TO. O empreendimento se enquadra nas
atendimento PARA O ENFRENTAMENTO DO COVID-19, junto aos Resoluções CONAMA Nº 001/86 e 237/97, que dispõe sobre Impacto
usuários do SUS residentes em Sandolândia, conforme Anexo I. O Edital Ambiental.
está disponível no site oficial www.sandolandia.to.gov.br ou através do
e-mail: cpl.sandolandiato@gmail.com de segunda a sexta-feira. Mais
informações através do telefone: (63) 3394-1418, das 7h00m às 13h00m. EDITAL DE COMUNICAÇÃO
Sandolândia - TO, 17 de Março de 2021.
O Delcides Luiz de Almeida Júnior, inscrito no CPF: 019.013.248-50,
torna público que requereu ao Instituto Natureza do Tocantins
LAIANE PERES MELLO
Presidente da CPL/Decreto Nº 005/2021 (NATURATINS), as Licenças Prévia (LP), de Instalação (LI) e de Operação
(LO) para exercer a atividade de Obra Civil Não Linear (11 Barramentos),
na Fazenda São Luiz, no município de Sucupira - TO. O empreendimento
SÃO FÉLIX DO TOCANTINS se enquadra nas Resoluções do CONAMA nº 237/1997 e COEMA
nº 007/2005, que dispõem sobre Licenciamento Ambiental da atividade.

AVISO DE REPUBLICAÇÃO DE LICITAÇÃO


EDITAL DE COMUNICAÇÃO
A Comissão Permanente de Licitação da Prefeitura Municipal
de São Félix do Tocantins - TO, torna público que fará realizar em EDIVANIR BALBINO ALVES, CPF: 799.390.741-15, torna
suas dependências, sito à Avenida Dr. Rubinho, QD. 29, LOTE 11 - público que requereu ao Instituto Natureza do Tocantins - Naturatins, a
Telefax: (0xx63) 3576-1096, CEP: 77.605-000, na sala da Comissão, Renovação da Licença de Operação - RLO, para a atividade de Lavra a
os procedimentos licitatórios abaixo mencionados, os editais e seus céu aberto com guia de utilização, instalado na chácara boa esperança,
respectivos anexos estarão disponíveis no endereço retro mencionado ou no município de Araguatins do Tocantins - TO. O empreendimento
no sítio do município <http://www.saofelix.to.gov.br/>, maiores informações se enquadra na Resolução CONAMA 237/97, Resolução CONAMA
estarão disponíveis pelo telefone: 0XX63 3576-1096 ou ainda pelo e-mail: nº 001/86 e Resolução COEMA 07/2005, que dispõe sobre o Licenciamento
licitasaofelix2021@gmail.com. Ambiental desta atividade.
48 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

EDITAL DE COMUNICAÇÃO EDITAL DE COMUNICAÇÃO

A empresa DFP COMERCIAL EIRELI - ME, CNPJ nº A senhora SILVANA DE ANDRADE XAVIER portadora do
22.794.235/0001-35, torna público que requereu ao Instituto Natureza RG: 3092691 SSP/PE, CPF: 490.835.034-53, torna público que requereu
do Tocantins - NATURATINS, renovação da Licença de Operação para a à Fundação de Meio Ambiente de Palmas, as Licenças Prévia (LMP) e de
atividade de limpa fossa, com endereço na 1112 Sul, Alameda 08, QI-F, Instalação (LMI) para atividade de Pecuária Semi-Extensiva, Agricultura e
Obra Civil na Fazenda Bom Pastor, com endereço na TO-365, Zona Rural,
Lote 15. O empreendimento se enquadra nas Resoluções CONAMA
Palmas-TO. O empreendimento se enquadra nas Resoluções CONAMA
001/86 e 237/90, que dispõem sobre Licença Ambiental.
nº 001/86 e 237/97, na Lei Municipal 1011/2001 e Decreto Municipal
244/2002, que dispõem sobre o Licenciamento Ambiental.

EDITAL DE COMUNICAÇÃO
EDITAL DE COMUNICAÇÃO
NORTE LIGAS EXTRAÇÃO DE MINÉRIOS DE FERRO
LTDA, CNPJ: 36.578.267/0001-08, torna público que requereu junto ao O Sr. Vinicius Fernandes Oliveira, CPF nº 009.137.381-66,
INSTITUTO NATUREZA DO TOCANTINS - NATURATINS, as Licenças proprietário do estabelecimento VINI CAR LAVAJATO cujo
Prévia, de Instalação e de Operação com a finalidade de Guia de Utilização CNPJ nº 36.990.140/0001-00, localizado na Qd. ARSO 111, Av. LO 25,
- GU para Minério de Manganês, na Fazenda Serrinha, em Zona Rural de Lote 11, CEP: 77.017-080, Palmas-TO, torna público que requereu à
Colmeia - TO. O empreendimento se enquadra nas Resoluções CONAMA Fundação Municipal de Meio Ambiente de Palmas, as Licenças Prévia
Nº 010/09 e COEMA Nº 07/05. (LP), de Instalação (LI) e de Operação (LO) para os serviços de lava jato
do seu empreendimento. Ressalta que o empreendimento se enquadra
na Resolução CONAMA Nº 237/97 e Resolução COEMA Nº 07/2005, que
dispõem sobre o Licenciamento Ambiental.
EDITAL DE COMUNICAÇÃO

A empresa REUNIDAS JATOBAZINHO AGRONEGÓCIOS PEDRA GRANDE S/A


LTDA, CNPJ: 29.922.527/0001-55, torna público que requereu ao Instituto CNPJ/MF nº 02.835.678/0001-10 - NIRE 17300000965
Natureza do Tocantins - Naturatins, a Licença Prévia, de Instalação e
Operação para a atividade de pecuária, com endereço na Fazenda Barra EDITAL DE CONVOCAÇÃO
Pesada, Arraias-TO. O empreendimento se enquadra nas Resoluções PARA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA
CONAMA nº 001/86 e 237/97, Lei Municipal 1011/2011 e Decreto Municipal
244/2002, que dispõe sobre o Licenciamento Ambiental. Pelo presente Edital, ficam convocados os senhores acionistas
da PEDRA GRANDE S/A, para reunirem-se em sua sede social
estabelecida na Rodovia TO 245 - km 87 - Lotes 07, 08 e 10 - Loteamento
Piabanha - Zona Rural - Lizarda - TO, CEP: 77.630-000, no dia 09 de abril
EDITAL DE COMUNICAÇÃO
de 2021, as 14:00 (quatorze) horas, a fim de apreciarem e deliberarem
sobre a seguinte ordem do dia:
A empresa REUNIDAS JATOBAZINHO AGRONEGÓCIOS
LTDA, CNPJ: 29.922.527/0001-55, torna público que requereu ao Instituto ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA:
Natureza do Tocantins - Naturatins, a Licença Prévia, de Instalação
e Operação para a atividade de pecuária, com endereço na Fazenda (a) Tomar as contas dos administradores, examinar, discutir e
Jacarezinho, Arraias-TO. O empreendimento se enquadra nas Resoluções votar o Relatório da Administração e as Demonstrações Financeiras e
CONAMA nº 001/86 e 237/97, Lei Municipal 1011/2011 e Decreto Municipal Contábeis do exercício social encerrado em 31/12/2020;
244/2002, que dispõe sobre o Licenciamento Ambiental.
(b) Deliberar sobre a remuneração dos administradores.

EDITAL DE COMUNICAÇÃO Lizarda - TO, 16 de Março de 2021

Sônia Tiggemann
A empresa REUNIDAS JATOBAZINHO AGRONEGÓCIOS
Presidente
LTDA, CNPJ: 29.922.527/0001-55, torna público que requereu ao Instituto
Natureza do Tocantins - Naturatins, a Licença Prévia, de Instalação e
Operação para a atividade de pecuária, com endereço na Fazenda Jacaré COOPERATIVA DE TRABALHO EDUCACIONAL DE PAIS E
dos Mouras, Arraias-TO. O empreendimento se enquadra nas Resoluções PROFESSORES DE ARRAIAS - CEPAR - CNPJ 04.169.080/0001-64
CONAMA nº 001/86 e 237/97, Lei Municipal 1011/2011 e Decreto Municipal NIRE 17-4-0000184-0
244/2002, que dispõe sobre o Licenciamento Ambiental.
ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA
EDITAL DE CONVOCAÇÃO
EDITAL DE COMUNICAÇÃO
A Presidente da Cooperativa de Trabalho Educacional de Pais
O Sr. Rosmar Rodrigues Alvarenga, CPF: 471.883.756-15, e Professores de Arraias - CEPAR, CNPJ Nº 04.169.080/0001-64, de
torna público que requereu ao NATURATINS: LP, LI e LO para a atividade acordo o Estatuto Social da Cooperativa, convoca os 70 associados em
condições de votar, para reunirem em Assembleia Geral Ordinária, na
agropecuária agricultura de sequeiro e DUI, localizada na Fazenda
modalidade virtual - online, através da plataforma Google Meet - link de
Jerusalém, Parte do Lote 12 do Loteamento 01 Gameleira, Zona Rural
acesso: https://meet.google.com/tro-deag-oss, a realizar-se dia 31/03/202,
do município de Miracema - TO. O empreendimento se enquadra nas em 1ª Convocação às 17h:00min (dezessete) horas, com a presença de
Resoluções CONAMA nº 001/86 e 237/97 e COEMA 007/2005. 2/3 (dois terços) dos associados; em segunda convocação às 18h:00min
(dezoito) horas, com a presença de metade mais 01 (um) dos associados;
e em terceira e última convocação às 19h:00min (dezenove) horas, com
EDITAL DE COMUNICAÇÃO a presença de no mínimo 10 (dez) associados para deliberarem sobre a
seguinte ordem do dia:
A Companhia de Saneamento do Tocantins - SANEATINS, inscrita
no CNPJ nº 25.089.509/0001-83, torna público que requereu ao Instituto 1) Prestação de contas dos órgãos de administração
Natureza do Tocantins - Naturatins, a renovação da Licença de Operação acompanhada de parecer do Conselho Fiscal;
(LO) do Sistema de Abastecimento de Água (SAA) de Natividade - TO, 2) Destinação das sobras apuradas ou rateio das perdas;
cujo empreendimento se enquadra nas Resoluções CONAMA nº 237/97 3) Eleição dos componentes do Conselho de Administração, do
e COEMA nº 007/05. Conselho Fiscal e Conselho Pedagógico;
4) Assuntos Gerais.
Palmas - TO, 17 de Março de 2021. Arraias - TO, 18 de Março de 2021.
Thadeu Antônio Almeida de Oliveira Pinto Cristiane Hermelinda Castro Gáspio Santos
Diretor Presidente Presidente
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 49

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

Relatório da Administração
A Administração da Energisa Tocantins - Distribuidora de Energia S/A (“Energisa Tocantins”, “ETO” ou “Companhia”)
apresenta os fatos e eventos marcantes do exercício de 2020, acompanhados das Demonstrações Financeiras
correspondentes, preparadas de acordo com os Padrões Internacionais de Demonstrações Financeiras (International
Financial Reporting Standards - IFRS). Essas demonstrações foram revisadas e aprovadas pelo Conselho de Administração
e pela Diretoria em 11 de março de 2021.
1. Considerações gerais
A Companhia atende:

TO

618 mil 84 1,6 milhão 277.720 1.901 139


Clientes Cativos Clientes Livres de Habitantes Km2 Colaboradores Municípios
1.307 próprios e
594 terceirizados

Ao longo de 2020, os ativos operacionais da Companhia tiveram a seguinte evolução:


Descrição do ativo 2020 2019 Acréscimo
Subestações - nº 104 103 +1
Capacidade instalada nas subestações - MVA 1.571 1.562 +9
Linhas de transmissão - km 2.815 2.815 -
Redes de distribuição - km 98.615 97.984 + 631
Transformadores instalados nas redes de distribuição - nº 82.475 81.969 + 506
Capacidade instalada nas redes de distribuição (próprias) - MVA 1.638 1.592 + 46
Nota: Os dados são passíveis de recontabilizações.
2. Desempenho econômico-financeiro
2.1. Destaques: Resume-se a seguir o desempenho econômico-financeiro da Companhia:
Descrição 2020 2019 Variação %
Resultados - R$ milhões
Receita Operacional Bruta 2.067,3 2.319,1 - 10,9
Receita Operacional Bruta, sem receita de construção 1.920,8 1.985,1 - 3,2
Receita Operacional Líquida 1.453,0 1.696,3 - 14,3
Receita Operacional Líquida, sem receita de construção 1.306,6 1.362,3 - 4,1
Resultado antes das Receitas e Despesas Financeiras (EBIT) 273,7 264,7 + 3,4
EBITDA 369,9 344,3 + 7,4
EBITDA Ajustado 399,3 369,0 + 8,2
Resultado financeiro (10,5) (47,4) - 77,9
Lucro Líquido 206,6 178,4 + 15,8
Indicadores Financeiros - R$ milhões
Ativo Total 3.322,6 2.807,2 + 18,4
Caixa/Equivalentes de Caixa/Aplicações Financeiras 471,9 144,0 + 227,7
Patrimônio Líquido 925,3 753,7 + 22,8
Endividamento Líquido 823,2 1.093,8 - 24,7
Indicadores Operacionais
Número de Consumidores Cativos (mil) 618,1 599,6 + 3,1
Vendas de energia a consumidores cativos - (GWh) (1) 2.158,7 2.176,1 - 0,8
Vendas de energia a consumidores cativos + livres - (GWh) (1) 2.453,2 2.418,1 + 1,5
Indicador Relativo
EBITDA Ajustado/Receita Líquida (%) (2) 27,5 21,8 + 5,7 p.p.
(1)
Os dados são passíveis de recontabilizações de energia realizadas pela CCEE. | EBITDA Ajustado: EBITDA mais
(2)

acréscimos moratórios de contas de energia.


3. Desempenho operacional
3.1. Mercado de energia: Em 2020, as vendas de energia elétrica a consumidores finais (mercado cativo), localizados
na área de concessão da Companhia, somadas à energia associada aos consumidores livres (TUSD), totalizaram 2.453,2
continua ...
50 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

GWh, aumento de 1,5% em relação a 2019. No 4T20, destacaram-se os consumos na classe residencial, com crescimento
de 13,9% (+ 38,1 GWh), impulsionado pelo clima quente e seco na região; e rural, com alta de 18,7% (+25,3 GWh),
puxado pela produção na avicultura e cultura da soja e arroz. A composição do mercado nos últimos trimestre e exercício
foi a seguinte:
Descrição Trimestre Exercício
Valores em GWh 4T20 4T19 Var. % 2020 2019 Var. %
Residencial 312,7 274,6 + 13,9 1.121,9 1.050,3 + 6,8
Industrial 81,9 73,0 + 12,1 325,7 324,4 + 0,4
Cativo Industrial 18,9 21,4 - 11,6 92,3 130,6 - 29,3
Livre Industrial 63,0 51,6 + 21,9 233,4 193,9 + 20,4
Comercial 109,9 113,6 - 3,3 410,4 443,6 - 7,5
Cativo Comercial 96,8 103,2 - 6,2 368,7 400,0 - 7,8
Livre Comercial 13,1 10,5 + 25,5 41,7 43,6 - 4,4
Rural 64,7 54,6 + 18,7 264,2 234,9 + 12,5
Cativo Rural 63,3 53,4 + 18,6 258,8 230,4 + 12,4
Livre Rural 1,4 1,2 + 22,3 5,3 4,5 + 19,2
Outros 85,7 94,8 - 9,6 331,0 364,9 - 9,3
Cativo Outros 79,7 94,8 - 15,9 317,0 364,9 - 13,1
Livre Outros 6,0 0,0 - 14,0 0,0 -
1 Vendas de energia no mercado cativo 571,4 547,4 + 4,4 2.158,7 2.176,1 - 0,8
2 Energia associada aos consumidores livres (TUSD) 83,5 63,3 + 32,0 294,5 241,9 + 21,7
3 Mercado cativo + TUSD (1+2) 654,9 610,6 + 7,3 2.453,2 2.418,1 + 1,5
4 Fornecimento não faturado -7,9 -4,5 + 74,4 3,5 6,4 - 44,9
5 Mercado cativo + TUSD + fornecimento não faturado (3+4) 647,1 606,1 + 6,8 2.456,7 2.424,4 + 1,3
Nota: Os dados são passíveis de recontabilizações de energia realizadas pela CCEE.
O gráfico, a seguir, apresenta a evolução do mercado de energia elétrica, cativo e livre, em GWh da Companhia, nos
últimos cinco anos:
+1,5%

2.317 2.418 2.453


2.187 2.245
64 152 213 242 294

2.176 2.159
2.123 2.093 2.105

2016 2017 2018 2019 2020

Livre Cativo

A Companhia encerrou o ano com 618.062 unidades consumidoras cativas, número 3,1% superior ao registrado no fim
de 2019 e com 84 consumidores livres.
3.2. Perdas de energia elétrica (“perdas”): A Companhia repete os bons resultados e consolidam a trajetória abaixo dos
seus limites regulatórios. Veja a seguir as perdas totais de energia elétrica, em GWh e em percentual.
Últimos 12 meses
Perdas Técnicas (%) Perdas Não-Técnicas (%) Perdas Totais (%)
ANEEL
dez/19 set/20 dez/20 dez/19 set/20 dez/20 dez/19 set/20 dez/20
11,47 11,03 10,94 1,15 1,71 1,50 12,61 12,74 12,45 13,91
Perdas Técnicas Perdas Não-Técnicas Perdas Totais
dez/19 set/20 dez/20 dez/19 set/20 dez/20 dez/19 set/20 dez/20 Var.(%)
320,5 309,7 312,3 32,1 48,1 42,9 352,6 357,8 355,2 - 0,7
(1) Variação dezembro de 2020/dezembro de 2020.
Nota: Os dados são passíveis de recontabilizações de energia realizadas pela Câmara de Comercialização de Energia
Elétrica (CCEE).
O gráfico, a seguir, apresenta as perdas totais de energia elétrica, em GWh e em percentual da Companhia nos últimos
cinco anos:
continua ...
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 51
continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

14,9
14,0 13,9 14.0 13,9
14,0
13,0 13,3 12,6 12,5

381
356 353 355
336

Dez/16 Dez/17 Dez/18 Dez/19 Dez/20

Perdas Totais (GWh) Limite (%) Perdas Totais (%)

3.3. Gestão da Inadimplência - 3.3.1. Taxa de Inadimplência: A taxa de inadimplência dos consumidores, medida pela
relação percentual entre a soma da provisão para perdas esperadas de créditos de liquidação duvidosa (“PPECLD”) e o
fornecimento faturado da Companhia no período de 12 meses, é apresentada a seguir:
Indicador de PPECLD (% últimos 12 meses)
Em 12 meses (%)
PPECLD Variação Dez /20 (sem Variação
(% do Fornecimento faturado) dez/20 dez/19 em p.p. PPECLD Covid) em p.p.
ETO 0,98 0,44 0,54 0,68 0,24
3.3.2. Taxa de Arrecadação: A taxa de arrecadação da Companhia, representada pela arrecadação dos últimos 12
meses sobre ao faturamento bruto do mesmo período, é apresentada a seguir:
Em 12 meses (%)
Taxa de Arrecadação (%) dez/20 dez/19 Variação em p. p.
ETO 97,39 97,73 - 0,35
3.4. Indicadores de qualidade dos serviços - DEC e FEC: A Companhia apresentou redução do DEC de 3,55 horas
quando comparado a dezembro de 2019, enquanto o FEC se manteve no mesmo patamar do ano anterior. Nos últimos
seis anos, esses indicadores apresentaram a seguinte evolução:
Indicador DEC Indicador DEC

30,28 22,53
28,47
27,19 25,92 20,49
24,68 19,33
23,55 18,01
16,75
15,67

-16,5%

33,22 0,0%
33,24 27,98 23,09 21,55 16,09
18,00 14,47 12,72
9,37 7,90 7,90

2015 2016 2017 2018 2019 2020 2015 2016 2017 2018 2019 2020
DEC (horas) Limite Regulatório FEC (vezes) Limite Regulatório

4. Desempenho Financeiro

4.1. Receita Operacional: Em 2020, a Companhia apresentou receita operacional bruta, sem a receita de construção
que é atribuída margem zero, de R$ 1.920,8 milhões contra R$ 1.985,1 milhões registrados em 2019, redução de 3,2%
(R$ 64,2 milhões). A receita operacional líquida, também deduzida da receita de construção, também apresentou queda
de 4,1% (R$ 55,7 milhões) no período, para R$ 1.306,6 milhões. A seguir, as receitas operacionais por classe de consumo:
continua ...
52 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

Trimestre Exercício
Descrição 4T20 4T19 Var. % 2020 2019 Var. %
(+) Receita de energia elétrica (mercado cativo) 471,5 424,9 + 11,0 1.649,1 1.630,3 + 1,2
üResidencial 269,8 225,5 + 19,6 898,7 845,2 + 6,3
üIndustrial 15,5 16,5 - 6,2 69,5 86,4 - 19,5
üComercial 87,9 89,7 - 1,9 317,7 341,8 - 7,0
üRural 43,2 33,2 + 29,9 157,9 132,7 + 19,0
üOutras classes 55,1 60,0 - 8,2 205,3 224,1 - 8,4
(+) Suprimento de energia elétrica 19,3 12,0 + 61,1 51,2 139,4 - 63,3
(+) Fornecimento não faturado líquido 1,3 (0,4) - 24,2 18,7 + 29,8
(+) Disponibilidade do sistema elétrico 16,9 12,9 + 30,9 60,4 48,4 + 24,8
(+) Receitas de construção 33,7 117,6 - 71,3 146,4 334,0 - 56,2
(+) Constituição e amortização - CVA 24,2 (9,6) - 7,9 (12,0) -
(+) Subvenções vinculadas aos serviços concedidos 33,8 26,4 + 27,9 141,0 113,8 + 23,9
(+) Ativo financeiro indenizável da concessão 1,0 7,8 - 86,6 5,2 40,7 - 87,3
(+) Outras receitas 0,4 1,8 - 79,2 (18,1) 5,9 -
(=) Receita bruta 602,0 593,5 + 1,4 2.067,3 2.319,1 - 10,9
(-) Impostos sobre vendas 159,8 138,3 + 15,5 560,3 540,2 + 3,7
(-) Deduções Bandeiras Tarifárias (1,3) 2,7 - (2,1) 2,2 -
(-) Encargos setoriais 14,8 12,4 + 19,1 56,1 80,4 - 30,2
(=) Receita líquida 428,8 440,0 - 2,6 1.453,0 1.696,3 - 14,3
(-) Receitas de construção 33,7 117,6 - 71,3 146,4 334,0 - 56,2
(=) Receita líquida, sem receitas de construção 395,1 322,4 + 22,5 1.306,6 1.362,3 - 4,1
Foram determinantes para esse desempenho: i) Crescimento de 11,0% (R$ 46,6 milhões) nas receitas no mercado cativo
no 4T20 em relação ao 4T19 (redução de 1,2% ou R$ 18,8 milhões em 2020 sobre 2019); ii) Acréscimo de 61,1% (R$ 7,3
milhões) no suprimento de energia elétrica a outras concessionárias em relação ao 4T19 (redução de 63,3% ou R$ 88,2
milhões em 2020 sobre 2019); iii) Aumento de 30,9% (R$ 4,0 milhões) na receita bruta de disponibilidade do sistema
elétrico (TUSD) em relação ao 4T19 (aumento de 24,8% ou R$ 12,0 milhões em 2020 sobre 2019); e iv) Redução de
86,6% (R$ 6,8 milhões) na remuneração do ativo financeiro indenizável da concessão no 4T20 em relação ao 4T19
(decréscimo de 87,3% ou R$ 35,6 milhões em 2020 sobre 2019).
4.2. Despesas operacionais: As despesas operacionais, excluindo os custos de construção, totalizaram R$ 3.846,3 milhões
em 2020 e R$ 1.150,5 milhões no 4T20, aumentos de 11,8% (R$ 406,3 milhões) e 27,3% (R$ 246,9 milhões) respectivamente,
quando comparado com os mesmos períodos de 2019. Desse total, as despesas com PMSO (Pessoal, Material, Serviços e
Outros) registraram redução de 3,3% (R$ 5,3 milhões), totalizando R$ 155,5 milhões no 4T20. No acumulado essas despesas
totalizaram R$ 523,9 milhões, decréscimo de 9,2% (R$ 52,9 milhões) ante os R$ 576,8 milhões registrados no 2019. A
seguir, a composição das despesas operacionais da Companhia:
Composição das despesas operacionais Trimestre Exercício
Valores em R$ milhões 4T20 4T19 Var. % 2020 2019 Var. %
1 Custos e Despesas não controláveis 204,2 165,8 + 23,2 645,7 734,9 - 12,1
1.1 Energia comprada 179,7 150,8 + 19,2 565,1 679,7 - 16,9
1.2 Transporte de potência elétrica 24,6 15,1 + 63,3 80,6 55,2 + 45,9
2 Custos e Despesas controláveis 84,9 85,1 - 0,3 274,6 272,7 + 0,7
2.1 PMSO 86,1 85,9 + 0,2 261,1 280,6 - 7,0
2.1.1 Pessoal 46,2 39,5 + 16,9 121,2 118,3 + 2,5
2.1.2 Fundo de pensão (2,4) 0,4 - 0,5 3,4 - 85,6
2.1.3 Material 5,2 4,9 + 6,3 20,4 22,6 - 9,7
2.1.4 Serviços de terceiros 25,9 29,0 - 10,8 96,3 112,4 - 14,3
2.1.5 Outras 11,3 12,2 - 7,2 22,7 24,0 - 5,8
üMultas e compensações 0,1 2,1 - 95,2 1,6 4,4 - 63,6
üContingências (liquidação de ações cíveis) 2,3 1,7 + 33,1 3,7 4,5 - 16,7
üOutros 8,9 8,3 + 6,5 17,3 15,2 + 14,3
2.2 Provisões/Reversões (1,2) (0,8) + 43,1 13,5 (7,9) -
2.2.1 Contingências (2,0) (1,0) + 105,7 (3,2) (15,3) - 78,8
2.2.2 Devedores duvidosos 0,9 0,2 + 392,6 16,7 7,3 + 128,2
3 Demais receitas/despesas 22,4 26,2 - 14,6 112,6 90,0 + 25,1
3.1 Depreciação e amortização 21,1 21,3 - 1,2 96,2 79,6 + 20,8
3.2 Outras receitas/despesas 1,3 4,9 - 73,0 16,4 10,4 + 58,5
Total Custos e Despesas Operacionais (1+2+3, s/ construção) 311,5 277,2 + 12,4 1.032,9 1.097,6 - 5,9
Custo de construção (*) 33,7 117,6 - 71,3 146,4 334,0 - 56,2
Total Custos e Despesas Operacionais (1+2+3, c/ construção) 345,2 394,8 - 12,6 1.179,3 1.431,6 - 17,6
continua ...
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 53
continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

(*) Os custos de construção estão representados pelo mesmo montante em receita de construção. Tais valores são de
reconhecimento obrigatório pela ICPC 01 - Contratos de Concessão e correspondem aos custos de construção de obras
de ativos da concessão de distribuição de energia elétrica, sendo o custo de construção igual à receita de construção.
4.3. Lucro líquido e geração de caixa: A evolução do lucro líquido e da geração de caixa da Companhia é a seguinte:

Composição da Geração de Caixa Trimestre Exercício


Valores em R$ milhões 4T20 4T19 Var. % Var. R$ 2020 2019 Var. % Var. R$

(=) Lucro Líquido 80,0 32,5 + 146,2 47,5 206,6 178,4 + 15,8 28,2
(-) Contribuição social e imposto de renda (1,8) (5,4) - 67,4 3,6 (56,6) (39,0) + 45,3 (17,7)
(-) Resultado financeiro (1,8) (7,3) - 76,0 5,6 (10,5) (47,4) - 77,9 36,9
(-) Depreciação e amortização (21,1) (21,3) - 1,2 0,3 (96,2) (79,6) + 20,8 (16,6)
(=) Geração de caixa (EBITDA) 104,6 66,6 + 57,1 38,0 369,9 344,3 + 7,4 25,5
(+) Receita de acréscimos moratórios 10,2 6,8 + 50,8 3,4 29,5 24,6 + 19,7 4,8
(=) Geração ajustada de caixa
(EBITDA Ajustado) 114,8 73,3 + 56,6 41,5 399,3 369,0 + 8,2 30,4
Margem do EBITDA Ajustado (%) 26,8 16,7 + 10,1 p.p. 27,5 21,8 + 5,7 p.p.
5. Estrutura de capital
5.1. Caixa e Endividamento: A posição consolidada de caixa, equivalentes de caixa, aplicações financeiras e créditos
setoriais totalizou R$ 458,2 milhões em dezembro, frente aos R$ 339,5 milhões registrados em setembro de 2020.
Ressalte-se que os referidos saldos incluem os créditos referentes à Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) e
Conta de Compensação dos Valores da Parcela A (CVA), que apresentaram juntas saldos negativos de R$ 13,7 milhões
em dezembro, contra R$ 31,1 milhões em setembro de 2020. Em 31 de dezembro de 2020, a dívida líquida, deduzida dos
créditos setoriais, foi de R$ 823,2 milhões, contra R$ 939,7 milhões em setembro de 2020. Consequentemente, a relação
dívida líquida por EBITDA Ajustado passou de 2,6 vezes em setembro para 2,1 vezes em dezembro de 2020. A seguir, as
dívidas de curto e longo prazo da Companhia nos últimos três períodos:
Descrição
Valores em R$ milhões 31/12/2020 30/09/2020 31/12/2019

Circulante 389,4 395,3 55,2


Empréstimos e financiamentos 514,6 559,6 4,0
Debêntures 44,9 47,7 45,7
Encargos de dívidas 2,3 5,9 2,1
Benefícios pós emprego 3,3 4,1 4,1
Instrumentos financeiros derivativos líquidos (175,7) (222,0) (0,6)
Não Circulante 892,0 883,9 1.202,1
Empréstimos e financiamentos 59,4 65,1 434,8
Debêntures 903,0 865,9 860,2
Benefícios pós emprego 27,6 37,9 34,8
Instrumentos financeiros derivativos líquidos (98,0) (85,0) (127,7)
Total das dívidas 1.281,4 1.279,2 1.257,3
(-) Disponibilidades financeiras 471,9 370,5 144,0
Total das dívidas líquidas 809,5 908,7 1.113,3
(-) Créditos CDE (subvenção tarifária e baixa renda) 25,0 22,1 21,5
(-) Créditos CVA (38,7) (53,2) (2,0)
Total das dívidas líquidas deduzidas de créditos setoriais 823,2 939,7 1.093,8

Indicador relativo

Dívida líquida / EBITDA Ajustado 12 meses (1) 2,1 2,6 3,0


(1)
EBITDA Ajustado = EBITDA + Receitas de acréscimos moratórios.
continua ...
54 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

Evolução da alvancagem
Dívida líquida (R$ milhões) e dívida líquida/EBITDA Ajustado 12 meses (vezes)
3,3
3,0 3,1

2,6
2,1
1.093,8 1.105,9
1.066,3
939,7
823,2

Dez/19 Mar/20 Jun/20 Set/20 Dez/20

Dívida líquida Dívida líquida / EBITDA Ajustado

5.2. Cronograma de amortização das dívidas: O cronograma de amortização dos empréstimos, financiamentos,
encargos de dívidas e debêntures consolidados, em 31 de dezembro de 2020, vis-à-vis o caixa, está representado pelo
gráfico abaixo:
Cronograma de amortização da dívida bancária e de emissão
(R$ milhões)
541,8
458,2

383,6

162,2
157,9
96,7 97,2
64,8

Dezembro 2021 2022 2023 2024 2025 2026 Após


2020 2027

Caixa | Aplicações Financeiras | Créditos Setoriais Dívidas

6. Investimentos
A Companhia investiu R$ 173,7 milhões em 2020, redução de 50,6% em relação ao ano anterior. No quarto trimestre do ano, o
valor chegou a R$ 35,5 milhões, contra 125,5 milhões no mesmo período do ano anterior. Essa redução ocorreu devido à
revisão estratégica do plano de investimentos do Grupo Energisa para adaptação aos efeitos da pandemia da Covid-19. Nesse
sentido, foram preservados investimentos essenciais para a continuidade das operações, e postergados, de forma prudente,
projetos menos prioritários, visando à proteção ao caixa e à gestão de liquidez da Companhia. A composição dos investimentos
foi a seguinte:
Descrição Trimestre Exercício
Valores em R$ milhões 4T20 4T19 Var. % 2020 2019 Var. %
Ativo Elétrico 27,9 102,1 - 72,7 118,2 339,6 - 65,2
Obrigações Especiais 3,7 9,5 - 61,1 44,5 (13,0) -
Ativo não Elétrico 3,9 13,9 - 71,9 11,0 25,1 - 56,2
Total dos Investimentos 35,5 125,5 - 71,7 173,7 351,7 - 50,6
(*) As “Obrigações Especiais” são recursos aportados pela União, Estados, Municípios e Consumidores para a concessão e não
compõe a Base de Remuneração Regulatória da distribuidora. ü Novo ponto de conexão com a Rede Básica (230/138kV) em
Palmas; ü Ampliação da automação e modernização da telecomunicação de toda a empresa; ü Ampliação da capacidade
instalada em duas subestações, com o acréscimo de 27,5MVA (SE Augustinópolis, SE Gurupi I e SE Colinas); ü Instalação de
mais um grupo gerador em São Félix e religadores automáticos, para melhoria na qualidade da energia fornecida na região do
Jalapão; ü Novas tecnologias de proteção e recomposição do sistema, com a instalação de indicador de falta de energia,
religadores e seccionalizadores automáticos, totalizando 317 novos equipamentos; ü Obras em linhas de distribuição de Média
Tensão, com a implantação de 6 novos alimentadores bem como melhorias/ reformas em alimentadores existentes; ü Obras de
atendimento ao mercado, com a ligação de novos clientes.
continua ...
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 55
continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

7. Dividendos
Com base nos resultados alcançados pela Companhia em 2020, o Conselho de Administração irá propor à Assembleia Geral a
distribuição de dividendos no montante de R$ 41,7 milhões (R$ 63,9218312 por ação), Foi aprovado pelo Conselho da
Administração, na reunião realizada em 11 de março de 2021, o pagamento de dividendo complementar, no montante de R$
41,7 milhões, equivalente a R$ 63,9218312 por ação ordinária e preferencial, que serão pagos a partir do dia 12 de março de
2021.
8. Gestão de pessoas
A gestão do capital humano é uma das alavancas para a perenidade dos negócios. A Empresa encerrou 2020 com 1.307
colaboradores próprios e 594 contratados de terceiros, não considerando os empregados das empresas prestadoras de serviços
ligadas à construção.
A atuação é pautada por um modelo de Gestão por Competências, desdobrado em ações de desenvolvimento de colaboradores
em todos os níveis, das equipes de campo aos líderes e futuros líderes. No ano, foram investidos R$ 406,8 mil em treinamento
e educação, com a média de 51,6 horas por empregado de cargos operacionais. Com o cenário de pandemia, foi fundamental
a Educativa Online, plataforma de capacitação por meio de trilhas para incentivar o autodesenvolvimento. Em 2020, diante dos
impactos da Covid-19, a Energisa acionou um Comitê Central de Crise, para avaliar de forma contínua os possíveis impactos e
a eficácia das medidas adotadas. Entre as principais iniciativas na área de Gente estiveram: ü Adoção de regime de home office
para colaboradores em funções administrativas ü Turnos alternados dos colaboradores em campo, para evitar aglomerações; ü
Separação em “bolhas” das equipes de projetos em construção e realização de testes frequentes, bem como investimentos
adicionais em alojamentos e transportes; ü Canal de telemedicina, com atendimento por telefone, 24 horas por dia, e cartilhas
de orientação; ü Rígidos protocolos de segurança, reforço na higienização dos ambientes de trabalho; ü Aplicação da Medida
Provisória 936/2020 - suspensão temporária de contrato de trabalho e redução de jornada e salário - a áreas menos críticas à
operação dos negócios, para 28% do quadro de pessoal, por tempo determinado com garantia de emprego e complementação
salarial paga pela Companhia; ü Corte na remuneração de executivos e do Conselho de Administração em 25% por três meses.
9. Saúde e segurança
Segurança é um valor inegociável para a Energisa Tocantins, que endereça iniciativas para a prevenção de acidentes, melhoria
de indicadores e de uma cultura baseada no comportamento seguro. No ano, houve expressiva redução taxa de gravidade de
acidentes da força de trabalho (próprios e terceiros), que caiu de 1.039,51 no ano anterior para 13,44. A taxa de frequência
(próprios e terceiros) passou de 4,43 em 2019 para 6,56 em 2020. Não ocorreu nenhum óbito no ano. A principal iniciativa
envolve o projeto Operar Seguro, que tem foco em reconhecer riscos e identificar barreiras comportamentais, bem como
oportunidades de melhorias operacionais que garantam maior segurança. Também são realizados workshops com lideranças e
palestras com colaboradores e um Comitê Executivo de Saúde e Segurança garante que diretores e líderes abordem questões
estratégicas de saúde e segurança. Todos os colaboradores e contratados de terceiros devem seguir as Regras de Ouro, um
conjunto de procedimentos a observar em qualquer tarefa. Em 2020, foi realizado um curso com informações sobre segurança
ao conduzir os veículos e a nova telemetria do Grupo, quais as responsabilidades do condutor, detalhes sobre os equipamentos
instalados e na frota. Realizados na plataforma de em sino a distância, os cursos contemplaram dados sobre o aplicativo
disponível para monitoramento e melhorias no comportamento ao volante, entre outros temas. Está em desenvolvimento um
projeto de realidade virtual, cujo objetivo é que eletricistas adquiram conhecimento inicial de forma a mitigar o risco atrelado ao
trabalho. E para saúde e qualidade de vida e bem-estar dos colaboradores, há o Programa Viva Energia, com os pilares de
Saúde Ocupacional, Saúde Assistencial e Qualidade de Vida. O primeiro inclui ginástica laboral, campanhas para a promoção
da saúde e prevenção de doenças, assim como monitoramento de exames periódicos. Em Saúde Assistencial são concedidos
benefícios a portadores de doenças crônicas e de câncer. E o pilar Qualidade de Vida promove atividades que contribuem para
saúde e bem-estar, como musculação e natação, por meio de parceria com academias em todo o território nacional. Em 2020,
com o cenário de pandemia, foi dada atenção especial ao aspecto de saúde mental dos colaboradores.
10. Responsabilidade socioambiental
A sustentabilidade está incorporada à estratégia da Energisa Tocantins, pela consciência de seu potencial de impacto sobre a
sociedade e o meio ambiente, com o apoio de um modelo de negócio que visa a geração de valor para todos os seus públicos
de relacionamento. Esse direcionamento permite à Companhia captar as oportunidades do setor e contribuir com o
desenvolvimento sustentável. Como reforço à sua estratégia, em 2020 o Grupo Energisa passou a integrar a Rede Brasil do
Pacto Global, iniciativa da Nações Unidas (ONU) que fornece diretrizes para iniciativas que contribuam para impulsionar a
sustentabilidade e a cidadania. Como empresa signatária, tem como compromisso contribuir para o alcance dos Objetivos de
Desenvolvimento Sustentável (ODS), que integram a Agenda 2030.
Também em 2020, o Grupo passou a fazer da Plataforma de Ação pelo Clima, da Rede Brasil do Pacto Global, norteado pelo
ODS 7 (energia limpa e acessível) e pelo ODS 13 ação contra a mudança global do clima), por meio do atividades e projetos
direcionados para a mitigação e adaptação a esse desafio.
continua ...
56 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

10.1. Eficiência energética: A Companhia investiu R$ 4,2 milhões em 2020 em projetos de eficiência energética, que
beneficiaram 4.303 unidades consumidoras e permitiram economizar 2.831 MWh/ano, energia suficiente para abastecer durante
um ano aproximadamente 3,2 mil residências com consumo médio mensal de 200 kWh. O Programa de Eficiência Energética
(PEE) é apoiado pelo projeto Nossa Energia, um conjunto de iniciativas para o combate ao desperdício de energia em
comunidades de baixa renda, órgãos públicos e hospitais. Incluem substituição de lâmpadas incandescentes por fluorescentes
compactas ou LED e doação de equipamentos eficientes (como refrigeradores e aparelhos de ar-condicionado), adequação das
instalações elétricas internas, e palestras sobre o uso racional da energia elétrica. Já o projeto Energia em Foco beneficia
órgãos públicos, incluindo iluminação urbana, e instituições de saúde. Em 2020 houve a conclusão das obras de eficiência
energética no Hospital do Amor, em Palmas. O projeto contemplou a instalação de 1.039 lâmpadas LED e uma usina de energia
solar com 175 painéis, com capacidade de geração de 63 kWp, que proporciona economia de 150,21 MWh/ano. Também houve
a conclusão de melhorias no Hospital Maternidade Dona Regina, com a troca de 355 lâmpadas, 23 novos condicionadores de
ar e a instalação de usina de geração fotovoltaica com capacidade de geração de 60,84 kWp (economia de 219,79 MWh/ano).
Na Secretaria de Segurança Pública, foi realizada a troca de 866 lâmpadas e nove condicionadores de ar, que devem levar à
economia de 87,5 MWh/ano. Em parceria com as prefeituras do município de Palmas e Colina do Tocantins, foram trocadas 665
luminárias para LED. O 2º Pelotão de Polícia Militar Ambiental de Jardim e o Paço Municipal de Campo Grande também foram
contemplados com troca de iluminação e equipamentos de refrigeração.
10.2. Projetos socioculturais: Diante dos impactos da pandemia e atenta às demandas da sociedade, o Grupo Energisa criou
o Energia do Bem, uma iniciativa de mobilização nacional contou com doação de alimentos e material de limpeza e higiene
pessoal para instituições beneficentes. Houve doação de máscaras do tipo N95 a hospitais, assim como de recursos para
viabilizar a aquisição de ventiladores pulmonares. Outras iniciativas foram a parceria com clientes para arrecadar doações nas
faturas de energia para o Hospital do Amor, de Palmas, e uma doação para Programa Pátria Amada Mirim, que tem como
objetivo capacitar crianças da rede pública para os desafios da sustentabilidade. Os projetos socioculturais são executados com
o apoio da Fundação Ormeo Junqueira Botelho, que atua na análise técnica e cultural dos projetos patrocinados e é responsável
pela gestão de espaços culturais mantidos em Minas Gerais, no Rio de Janeiro, na Paraíba e no Mato Grosso do Sul. Em 2020,
em razão do distanciamento social devido à Covid-19, esses espaços foram fechados para o público a partir do mês de março.
A programação do ano foi toda virtual, com três projetos realizados online: A Escrita da Luz, um concurso de fotografias para
estimular pré-adolescentes a enviar fotos captadas por celulares; Galeria Virtual da Usina Cultural Nova Friburgo, com duas
mostras coletiva de artistas; e vídeos documentais Pessoas criativas, ideias inspiradoras, que registrou projetos de leopoldinenses
sobre folclore, literatura, cinema, música, quadrinhos, teatro e preservação patrimonial.
10.3. Iniciativas ambientais: A atuação da Energisa Tocantins é orientada por uma Política de Meio Ambiente, Saúde e
Segurança, que compreende diretrizes de responsabilidade no convívio com o meio ambiente e uso eficiente de recursos
naturais. Os impactos são mitigados por meio de programas e práticas que compõem o Sistema de Gestão de Meio Ambiente,
Aspectos Sociais, Saúde e Segurança (SGMASS), uma ferramenta compatível com as normas ISO 14001 e ISO 45001 e que
fornece os subsídios para o adequado monitoramento dos aspectos socioambientais e de saúde e segurança. A Companhia
conta com uma área de Meio Ambiente responsável pelos processos de gestão e de licenciamento dos empreendimentos. Em
2020, foi contratada uma plataforma digital para monitorar e atualizar mensalmente a legislação ambiental (federal, estadual e
municipal), além da execução de serviços de assessoria para gerenciamento de requisitos legais. Em 2020, com o objetivo de
estruturar o processo de controle da vegetação, foi desenvolvida uma ferramenta simplificada para auxiliar nas atividades de
contratação de limpezas de faixas de servidão onde estão instaladas redes elétricas. A partir do mapeamento dos alimentadores
e dos tipos de vegetação, são inseridos dados referentes a limpezas já executadas (data de execução, se é tronco ou ramal). A
ferramenta permite mapear os locais onde há necessidade de limpeza, onde houve execução e evidencia, por meio de um
semáforo de controle, o período de uma nova intervenção. O programa informa a quilometragem de qualquer área selecionada
e os tipos de vegetação a ela associada. Para proteger a biodiversidade, são utilizados cabos isolados nas redes em que a
arborização pode ser mais afetada pelo contato com a baixa-tensão energizada. De forma a evitar podas indesejáveis e preservar
o equilíbrio ecológico, cabos protegidos são instalados redes de média-tensão que têm proximidades com arborização.
continua ...
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 57
continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

Nos casos em que há necessidade de corte de vegetação, há ações de reposição florestal para recompor a vegetação, em linha
com a legislação ambiental vigente, como forma de compensar a supressão executada durante as obras. Para o controle de
emissões de gases de efeito estufa dos carros da frota é adotada telemetria com acompanhamento em tempo real e realizadas
campanhas de conscientização na redução da velocidade, o que também contribui com a diminuição de emissões. Os veículos
a diesel têm filtro de partícula (catalizadores) e os veículos pesados utilizam o produto ARLA para reduzir monóxido de carbono.
São construídas bacias coletoras de óleo e caixas separadoras água/óleo nos transformadores de força de subestações, assim
como monitorado o teor de PCB (ascarel) para evitar a contaminação por esse óleo que está presente em 3% desses equipamentos
(seis transformadores). A Companhia desenvolve ação de descontaminação até 2025, atendendo à legislação. Na gestão de
resíduos, há coleta seletiva e repasse de materiais na unidade administrativa central para a Cooperativa de Produção de
recicláveis do Tocantins, em Palmas. A ação proporciona material selecionado e de qualidade, contribuindo com a renda familiar
destas famílias. Outros resíduos, como pneus e baterias automotivas substituídas são deixados nos revendedores, que os
encaminham para os respectivos fabricantes. Já os resíduos oriundos de podas de árvores são doados como adubo no viveiro
da cidade de Palmas.
11. Serviços prestados pelo auditor independente
A remuneração total dos auditores independentes Ernst & Young Auditores Independentes pelos serviços prestados de revisão
contábil das demonstrações financeiras para a Companhia em 2020 foi de R$ 1.071 mil. A política de contratação adotada pela
Companhia atende aos princípios que preservam a independência do auditor, de acordo com as normas vigentes, que
determinam, principalmente, que o auditor não deve auditar seu próprio trabalho, nem exercer funções gerenciais para seu
cliente ou promover os seus interesses.
A Administração.
BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2020 e 2019
(Em milhares de reais)
Nota 2020 2019
Ativo
Circulante
Caixa e equivalente de caixa ............................................................................................ 5.1 105.608 16.223
Aplicações financeiras no mercado aberto e recursos vinculados .................................... 5.2 366.252 127.768
Consumidores e concessionárias ..................................................................................... 6 290.295 227.731
Títulos de créditos a receber ............................................................................................. 7 3.075 5.916
Estoques............................................................................................................................ 13.822 17.129
Tributos a recuperar .......................................................................................................... 8 52.624 81.167
Ativos financeiros setoriais ................................................................................................ 10 35.703 57.272
Instrumentos financeiros derivativos ................................................................................. 34 175.691 2.524
Outros créditos .................................................................................................................. 11 59.145 54.729
Total do circulante ............................................................................................................ 1.102.215 590.459
Não circulante
Realizável a longo prazo
Consumidores e concessionárias ..................................................................................... 6 92.792 80.825
Títulos de créditos a receber ............................................................................................. 7 3.095 3.173
Tributos a recuperar .......................................................................................................... 8 299.646 268.486
Créditos tributários ............................................................................................................ 13 - 1.880
Ativo financeiro indenizável da concessão ........................................................................ 14 40.155 28.297
Ativos financeiros setoriais ................................................................................................ 10 2.468 17.397
Depósitos Judiciais ............................................................................................................ 24 15.491 17.530
Instrumentos financeiros derivativos ................................................................................. 34 98.040 127.731
Outros créditos .................................................................................................................. 11 8.223 7.301
Ativo Contratual - Infraestrutura em construção ................................................................ 15 46.991 111.866
Investimentos .................................................................................................................... 390 91
Imobilizado ........................................................................................................................ 16 18.003 10.136
Intangível ........................................................................................................................... 17 1.595.090 1.542.014
Total do não circulante .................................................................................................... 2.220.384 2.216.727
Total do ativo .................................................................................................................... 3.322.599 2.807.186
continua ...
58 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

Nota 2020 2019


Passivo
Circulante
Fornecedores ........................................................................................................ 18 122.525 106.934
Encargos de Dívida ............................................................................................... 19 2.303 2.094
Empréstimos e financiamentos ............................................................................. 19 514.630 3.984
Debêntures ............................................................................................................ 20 44.866 45.693
Impostos e contribuições sociais ........................................................................... 22 48.260 44.466
Dividendos a pagar ............................................................................................... 27.6 41.652 -
Obrigações estimadas ........................................................................................... 9.830 9.185
Contribuição de iluminação publica ....................................................................... 6.795 6.003
Encargos setoriais ................................................................................................. 25.1 18.513 22.414
Passivos financeiros setoriais ............................................................................... 10 71.687 31.522
Incorporação de redes .......................................................................................... 25.2 4.748 1.079
Instrumento Financeiro derivativo ......................................................................... 34 - 1.887
Benefícios pós-emprego ....................................................................................... 35 3.335 4.095
Arrendamentos operacionais ................................................................................ 21 3.118 3.567
Outros Passivos .................................................................................................... 26 24.835 16.644
Total do circulante ................................................................................................ 917.097 299.567
Não circulante
Fornecedores ........................................................................................................ 18 6.997 6.644
Empréstimos e financiamentos ............................................................................. 19 59.421 434.765
Debêntures ............................................................................................................ 20 902.997 860.226
Impostos e contribuições sociais ........................................................................... 22 91.143 75.757
Impostos e contribuições sociais diferidos ............................................................ 13 51.909 -
Provisões para riscos trabalhistas, cíveis, fiscais e regulatórios ........................... 24 46.441 47.510
Encargos setoriais ................................................................................................. 25.1 26.492 24.868
Passivos financeiros setoriais ............................................................................... 10 5.203 45.110
Benefícios pós-emprego ....................................................................................... 35 27.578 34.815
Arrendamentos operacionais ................................................................................ 21 3.973 3.965
Efeitos da Redução do ICMS na base de cálculo do Pis e Cofins ........................ 23 248.380 210.476
Outros Passivos ................................................................................................... 26 9.658 9.735
Total do não circulante ........................................................................................ 1.480.192 1.753.871
Patrimônio líquido
Capital social ......................................................................................................... 27.1 532.190 532.190
Reservas de capital ............................................................................................... 27.2 44.036 43.081
Reservas de lucros ................................................................................................ 27.3 a 27.5 367.051 200.394
Ajuste de Avaliação Patrimonial ............................................................................ 27.8 - 1.715
Outros resultados abrangentes ............................................................................. 27.7 (17.967) (23.632)
Total do patrimônio líquido ................................................................................. 925.310 753.748
Total do passivo e patrimônio líquido ................................................................ 3.322.599 2.807.186
As notas explicativas são parte integrante das demonstrações financeiras.
DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO ABRANGENTE PARA OS EXERCÍCIOS FINDOS
EM 31 DE DEZEMBRO DE 2020 E 2019 (Em milhares de reais)
Nota 2020 2019
Lucro líquido do exercício ...................................................................................................... 206.594 178.354
Itens que não serão reclassificados para a demonstração do resultado
Outros resultados abrangentes ................................................................................................ 27.7 5.665 (10.664)
Total de outros resultados abrangentes do exercício ......................................................... 212.259 167.690
As notas explicativas são parte integrante das demonstrações financeiras.
continua ...
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 59
continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO PARA OS EXERCÍCIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2020 e 2019


(Em milhares de reais, exceto o lucro líquido por ação)
Nota 2020 2019
Receita operacional líquida ................................................................................... 28 1.452.988 1.696.276
Custo do serviço de energia elétrica ..................................................................... 29 (645.697) (734.897)
Custos de operação e dos serviços prestados...................................................... 29 (423.406) (600.956)
Lucro bruto .......................................................................................................... 383.885 360.423
Despesas gerais e administrativas ........................................................................ 29 (93.771) (85.368)
Outras receitas ...................................................................................................... 30 14.118 13.513
Outras despesas ................................................................................................... 30 (30.539) (23.873)
Resultado antes das receitas e despesas financeiras e impostos................. 273.693 264.695
Receita financeira .................................................................................................. 31 48.177 93.269
Despesas financeiras ............................................................................................ 31 (58.653) (140.650)
Despesas financeiras líquidas ........................................................................... (10.476) (47.381)
Lucro antes dos impostos .................................................................................. 263.217 217.314
Imposto de renda e contribuição social corrente ................................................... 13 (5.749) (16.050)
Imposto de renda e contribuição social diferido .................................................... 13 (50.874) (22.910)
Lucro líquido do exercício .................................................................................. 206.594 178.354
Lucro básico e diluído ação ordinária - R$ ....................................................... 32 316,86 273,36
Lucro básico e diluído ação preferencial - R$ .................................................. 32 316,86 273,83
As notas explicativas são parte integrante das demonstrações financeiras.
DEMONSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO - DVA PARA OS EXERCÍCIOS FINDOS
EM 31 DE DEZEMBRO DE 2020 E 2019 (Em milhares de reais)
Geração do valor adicionado: Nota 2020 2019
Receitas
Receitas de vendas de energia elétrica e serviços ...................................................... 28 1.922.958 1.982.909
Outras receitas ............................................................................................................. 30 14.118 13.513
Receitas relativas a construção de ativos próprios ...................................................... 29 e 31 146.934 334.969
Provisão para perdas esperadas de créditos de liquidação duvidosa ......................... 29 (16.722) (7.327)
(-) Insumos adquiridos de terceiros
Custo da energia elétrica vendida ................................................................................ 710.018 808.001
Materiais e serviços de terceiros .................................................................................. 127.679 140.572
Outros custos operacionais .......................................................................................... 183.931 357.754
1.021.628 1.306.327
Valor adicionado bruto................................................................................................ 1.045.660 1.017.737
Amortização................................................................................................................... 96.185 79.634
Valor adicionado líquido ............................................................................................. 949.475 938.103
Valor adicionado recebido em transferência
Receitas financeiras ..................................................................................................... 31 50.519 97.889
Valor adicionado total a distribuir.............................................................................. 999.994 1.035.992
Distribuição do valor adicionado:
Pessoal
Remuneração direta .................................................................................................... 69.205 69.975
Benefícios .................................................................................................................... 30.016 28.258
FGTS ........................................................................................................................... 5.651 6.283
Impostos, taxas e contribuições
Federais ...................................................................................................................... 183.874 168.639
Estaduais ..................................................................................................................... 387.219 360.910
Municipais ................................................................................................................... 1.459 1.435
Obrigações intrassetoriais ........................................................................................... 56.127 80.390
Remuneração de capitais de terceiros .....................................................................
Juros ............................................................................................................................ 59.159 141.620
Aluguéis ....................................................................................................................... 690 128
Remuneração de capitais próprios
Dividendos ................................................................................................................... 27.6 41.652 105.824
Reserva legal .............................................................................................................. 27.3 10.330 8.918
Reserva de incentivos fiscal (imposto de renda)......................................................... 27.4 31.370 32.426
Realização da reavaliação liquida tributos .................................................................. 27.8 (1.715) (4.284)
Retenção de lucros ..................................................................................................... 27.5 124.957 35.470
999.994 1.035.992
As notas explicativas são parte integrante das demonstrações financeiras. continua ...
60 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA PARA OS EXERCÍCIOS FINDOS


EM 31 DE DEZEMBRO DE 2020 E 2019 (Em milhares de reais)
Atividades operacionais .............................................................................................. Nota 2020 2019
Lucro líquido do exercício ............................................................................................. 206.594 178.354
Imposto de renda e contribuição social corrente e diferido ........................................... 13 56.623 38.960
Despesas com juros, variações monetárias e cambiais - liquidas ................................ 196.216 95.070
Valor justo do ativo financeiro indenizável da concessão ............................................. 14 (5.176) (40.739)
Depreciação e Amortização .......................................................................................... 29 96.187 79.634
Provisão para perdas esperadas de créditos de liquidação duvidosa .......................... 29 16.722 7.327
Provisões para riscos trabalhistas, cíveis, fiscais e regulatórios ................................... 29 6.514 (2.599)
Perda na alienação de bens do intangível .................................................................... 30 24.462 12.558
Marcação a Mercado da Dívida .................................................................................... 19 e 31 1.226 23.765
Marcação a Mercado de derivativos ............................................................................. 31 (1.251) (23.888)
Instrumento Financeiros Derivativos ............................................................................. 31 (155.375) (21.362)
Programa de remuneração variável (ILP) ..................................................................... 12 955 327
Variações nas contas do ativo circulante e não circulante
(Aumento) de consumidores e concessionárias ........................................................... 6 (90.606) (49.738)
Diminuição de títulos e créditos a receber .................................................................... 7 2.474 1.030
Diminuição de estoques ................................................................................................ 3.307 2.117
Diminuição de depósitos judiciais ................................................................................. 24 3.052 5.712
Diminuição de tributos a recuperar ............................................................................... 8 37.438 2.379
Diminuição de ativos financeiros setoriais .................................................................... 10 38.752 10.698
Recebimentos Despacho - CONTA COVID................................................................... 36.560 -
(Aumento) de outros créditos ......................................................................................... (38.413) (10.757)
Variações nas contas do passivo circulante e não circulante .................................
Aumento de fornecedores ............................................................................................. 18 27.039 13.786
Aumento de encargos setoriais ..................................................................................... 6.419 2.981
Aumento de impostos e contribuições sociais .............................................................. 30.453 38.964
Imposto de renda e contribuição social pagos .............................................................. (9.632) (21.951)
(Diminuição) Aumento de passivos financeiros setoriais .............................................. 10 (35.712) 5.014
Processos fiscais, cíveis, trabalhistas e regulatórios pagos ......................................... (9.755) (12.656)
Aumento de outras contas a pagar ............................................................................... 9.039 6.480
Caixa líquido gerado nas atividades operacionais ................................................... 454.112 341.466
Atividades de investimentos
Aplicações financeiras no mercado aberto e recursos vinculados ................................ (232.409) 145.126
Aplicações no ativo contratual - Infraestrutura em construção, imobilizado e intangível 15,16 e 17 (134.168) (342.226)
Alienação de bens do imobilizado e intangível ............................................................. 16 e 17 24.223 22.245
Caixa líquido consumido nas atividades de investimentos ..................................... (342.354) (174.855)
Atividades de financiamento
Novos empréstimos, financiamentos e debêntures ...................................................... 19 e 20 78.086 398.597
Pagamentos de empréstimos, financiamentos e debêntures - principal ....................... 19 e 20 (42.992) (337.079)
Pagamentos de empréstimos, financiamentos e debêntures - juros ............................ 19 e 20 (61.586) (90.408)
Recebimento (pagamento) liquidação de Instrumentos Financeiros Derivativos ......... 9.430 (9.812)
Pagamentos de parcelamentos taxas regulamentares ................................................. - (4.896)
Pagamento de incorporação de redes .......................................................................... 25.2 (3.428) (4.976)
Pagamento por Arrendamento Financeiro Mercantil ..................................................... (1.882) (3.055)
Pagamentos de dividendos ........................................................................................... 27.6 (1) (118.024)
Caixa líquido (consumido) nas atividades de financiamento .................................. (22.373) (169.653)
Variação liquida do caixa ............................................................................................. 89.385 (3.042)
Caixa mais equivalentes de caixa iniciais ..................................................................... 5 16.223 19.265
Caixa mais equivalentes de caixa finais ........................................................................ 5 105.608 16.223
Variação liquida do caixa ............................................................................................. 89.385 (3.042)
As notas explicativas são parte integrante das demonstrações financeiras.
continua ...
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 61
continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

DEMONSTRAÇÃO DAS MUTAÇÕES DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO PARA OS EXERCÍCIOS FINDOS EM


31 DE DEZEMBRO DE 2020 E 2019 (Em milhares de reais)
Reservas de Lucros
Reserva de Divi-
redução de dendos Ajuste Outros
Reser- incentivo adici- de Ava- resul-
Reser- Re- va de Reten- fiscal onais Lucros liação tados
Capital vas de serva Investi- ção de (imposto pro- acumu- Patri- abran-
Nota social Capital legal mento lucros de renda) postos lados monial gentes Total
Saldos em 01 janeiro de 2019.... 532.190 42.754 33.894 73.723 30.861 15.963 16.910 - 5.999 (12.968) 739.326
Pagamento de dividendos com
reserva de lucros .......................... - - - - (30.861) - - - - - (30.861)
Pagamento de dividendos ............ - - - - - - (16.910) - - - (16.910)
Realização da reserva
de reavaliação ............................. 27.8 - - - - - - - 6.491 (6.491) - -
Tributos sobre realização
da reserva de reavaliação ........... 27.8 - - - - - - - (2.207) 2.207 - -
Programa de remuneração
variável (ILP) ............................... 27.2 - 327 - - - - - - - - 327
Lucro líquido do exercício............. - - - - - - - 178.354 - - 178.354
Proposta de destinação
do Lucro Líquido:
Reserva Legal ............................. 27.3 - - 8.918 - - - - (8.918) - - -
Reserva de incentivos fiscal
(imposto de renda) ...................... 27.4 - - - - - 32.426 - (32.426) - - -
Dividendos................................... 27.6 - - - - - - - (105.824) - - (105.824)
Reserva de lucros ....................... 27.5 - - - - 35.470 - - (35.470) - - -
Outros resultados abrangentes,
líquidos de tributos ......................
Ganhos e perdas atuariais -
benefícios pós emprego .............. 27.7 - - - - - - - - - (16.158) (16.158)
Tributos sobre ganhos e perdas
atuariais - benefícios
pós emprego ............................. 27.7 - - - - - - - - - 5.494 5.494
Saldos em 31 de dezembro
de 2019 ....................................... 532.190 43.081 42.812 73.723 35.470 48.389 - - 1.715 (23.632) 753.748
Realização da reserva
de reavaliação ............................. 27.8 - - - - - - - 2.599 (2.599) - -
Tributos sobre realização
da reserva de reavaliação ........... 27.8 - - - - - - - (884) 884 - -
Programa de remuneração
variável (ILP) ............................... 27.2 - 955 - - - - - - - - 955
Lucro líquido do exercício............. - - - - - - - 206.594 - - 206.594
Proposta de destinação
do Lucro Líquido:
Reserva Legal ............................. 27.3 - - 10.330 - - - (10.330) - - -
Reserva de incentivos fiscal
(imposto de renda) ...................... 27.4 - - - - - 31.370 (31.370) - - -
Dividendos................................... 27.6 - - - - - (41.652) - - (41.652)
Reserva de lucros ....................... 27.5 - - - - 124.957 - - (124.957) - - -
Outros resultados abrangentes ....
Ganhos e perdas atuariais -
benefícios pós emprego .............. 27.7 - - - - - - - - - 8.581 8.581
Tributos sobre ganhos e perdas
atuariais - benefícios
pós emprego .............................. 27.7 - - - - - - - - - (2.916) (2.916)
Saldos em 31 dezembro de 2020 532.190 44.036 53.142 73.723 160.427 79.759 - - - (17.967) 925.310
As notas explicativas são parte integrante das demonstrações financeiras.
continua ...
62 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

BALANÇO SOCIAL ANUAL - 2020 (Em milhares de reais)


1 - Base de Cálculo 2020 2019
Receita líquida (RL) 1.452.988 1.696.276
Resultado operacional (RO) 263.217 217.314
Folha de pagamento bruta (FPB) 104.886 101.716
% sobre % sobre % sobre % sobre
2 - Indicadores Sociais Internos Valor FPB RL Valor FPB RL
Alimentação 16.221 15,47% 1,12% 15.576 15,31% 0,92%
Encargos sociais compulsórios 22.474 21,43% 1,55% 23.384 22,99% 1,38%
Previdência privada 486 0,46% 0,03% 3.420 3,36% 0,20%
Saúde 11.820 11,27% 0,81% 11.072 10,89% 0,65%
Segurança e saúde no trabalho 3.880 3,70% 0,27% 5.220 5,13% 0,31%
Educação 92 0,09% 0,01% 117 0,12% 0,01%
Cultura - 0,00% 0,00% - 0,00% 0,00%
Capacitação e desenvolvimento profissional 701 0,67% 0,05% 809 0,80% 0,05%
Creches ou auxílio-creche 177 0,17% 0,01% 199 0,20% 0,01%
Participação nos lucros ou resultados 14.011 13,36% 0,96% 10.226 10,05% 0,60%
Outros 2.044 1,95% 0,14% 1.489 1,46% 0,09%
Total - Indicadores sociais internos 71.906 68,57% 4,95% 71.512 70,31% 4,22%
% sobre % sobre % sobre % sobre
3 - Indicadores Sociais Externos Valor RO RL Valor RO RL
Educação 354 0,13% 0,02% 1.174 0,54% 0,07%
Cultura 615 0,23% 0,04% 700 0,32% 0,04%
Saúde e saneamento - 0,00% 0,00% - 0,00% 0,00%
Esporte 88 0,03% 0,01% 135 0,06% 0,01%
Combate à fome e segurança alimentar - 0,00% 0,00% - 0,00% 0,00%
Outros 495 0,19% 0,03% 378 0,17% 0,02%
Total das contribuições para a sociedade 1.552 0,58% 0,10% 2.387 1,09% 0,14%
Tributos (excluídos encargos sociais) 550.078 208,98% 37,86% 507.600 233,58% 29,92%
Total - Indicadores sociais externos 551.630 209,56% 37,96% 509.987 234,67% 30,06%
% sobre % sobre % sobre % sobre
4 - Indicadores Ambientais Valor RO RL Valor RO RL
Investimentos relacionados com a produção/
operação da empresa 46.493 17,66% 3,20% 25.487 11,73% 1,50%
Investimentos em programas e/ou projetos
externos 37 0,01% 0,00% - 0,00% 0,00%
Total dos investimentos em meio
ambiente 46.530 17,67% 3,20% 25.487 11,73% 1,50%
Quanto ao estabelecimento de “metas
anuais” para minimizar resíduos, o consumo
em geral na produção/ operação e aumentar ( x ) não possui metas ( ) cumpre de ( x ) não possui metas ( ) cumpre
a eficácia na utilização de recursos naturais, 51 a 75% ( ) cumpre de 0 a 50% ( ) de 51 a 75% ( ) cumpre de 0 a 50%
a empresa cumpre de 76 a 100% ( ) cumpre de 76 a 100%
5 - Indicadores do Corpo Funcional 2020 2019
Nº de empregados(as) ao final do período 1.307 1.322
Nº de admissões durante o período 68 183
Nº de empregados(as) terceirizados(as) 594 703
Nº de estagiários(as) 9 13
Nº de empregados(as) acima de 45 anos 124 111
Nº de mulheres que trabalham na empresa 122 125
% de cargos de chefia ocupados por
mulheres 13,79% 17,24%
Nº de negros(as) que trabalham na empresa 982 987

continua ...
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 63
continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

% de cargos de chefia ocupados por


negros(as) 34,48% 31,03%
Nº de portadores(as) de deficiência ou
necessidades especiais 43 45
6 - Informações relevantes quanto ao
exercício da cidadania empresarial 2020 Metas 2021
Relação entre a maior e a menor
remuneração na empresa 41,95 41,95
Número total de acidentes de trabalho 4 3
Os projetos sociais e ambientais ( ) todos(as) ( ) todos(as)
desenvolvidos pela empresa foram definidos (x ) direção e empre- (x ) direção e empre-
por: ( ) direção gerências gados(as) ( ) direção gerências gados(as)
( ) todos(as) (x) ( ) todos(as)
Os padrões de segurança e salubridade no ( x ) direção empre- (x ) todos(as) direção e empre- (x ) todos(as)
ambiente de trabalho foram definidos por: e gerências gados(as) + Cipa gerências gados(as) + Cipa
Quanto à liberdade sindical, ao direito de
negociação coletiva e à representação ( x) segue as ( x) segue as
interna dos(as) trabalhadores(as), a ( ) não se
normas da ( ) incentiva e ( ) não se normas da ( ) incentiva
empresa: envolve OIT segue a OIT envolve OIT e segue a OIT
(x ) todos(as) (x ) todos(as)
( ) direção e empre- ( ) direção e empre-
A previdência privada contempla: ( ) direção gerências gados(as) ( ) direção gerências gados(as)
(x ) todos(as) (x ) todos(as)
A participação dos lucros ou resultados ( ) direção e empre- ( ) direção e empre-
contempla: ( ) direção gerências gados(as) ( ) direção gerências gados(as)
Na seleção dos fornecedores, os mesmos ( ) não
padrões éticos e de responsabilidade social ( ) não são ( ) são ( X ) são são consi- ( ) são ( x ) são
e ambiental adotados pela empresa: considerados sugeridos exigidos derados sugeridos exigidos
Quanto à participação de empregados(as)
em programas de trabalho voluntário, a ( ) não se ( ) organiza e ( ) não se ( ) organiza e
empresa: envolve ( X ) apoia incentiva envolve ( x ) apoiará incentiva
na
Número total de reclamações e críticas de na empresa no Procon na Justiça empresa no Procon na Justiça
consumidores(as): 282.631 140 787 268.499 240 1.184
na
% de reclamações e críticas atendidas na empresa no Procon na Justiça empresa no Procon na Justiça
ou solucionadas: 100% 39% 31% 100% 41% 32%
Valor adicionado total a distribuir
(em mil R$): Em 2020: 999.994 Em 2019: 1.035.992
63% governo 11% colaboradores(as) 59% governo 10%
4% acionistas 6% terceiros 16% colaboradores(as) 14% acionistas
Distribuição do Valor Adicionado (DVA): retido 13% terceiros 4% retido
7 - Outras Informações 2020 2019
7) Investimentos sociais
7.1 - Programa Luz para Todos
7.1.1 - Investimento da União - 2.109
7.1.2 - Investimento do Estado - -
7.1.3 - Investimento do Município - -
7.1.4 - Investimento da Concessionária - 1.135
Total - Programa Luz para Todos
(7.1.1 a 7.1.4) - 3.244
7.2 - Programa de eficiência Energética 4.234 8.963
7.3 - Programa de Pesquisa e
Desenvolvimento 2.933 4.446
Total dos investimentos sociais (7.1 a 7.3) 7.167 16.653

continua ...
64 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

Notas explicativas às demonstrações financeiras para o exercício findo em 31 de dezembro de 2020


(Em milhares de reais, exceto quando indicado ao contrário)
1. Contexto operacional
A Energisa Tocantins - Distribuidora de Energia S/A (“Companhia” ou “Energisa Tocantins”) é uma sociedade por ações
de capital fechado, concessionária distribuidora de energia elétrica, sob o controle acionário da empresa Rede Energia
Participações S.A. (“REDE”), que por sua vez é integrante do Grupo Energisa, que atua na distribuição de energia elétrica
e sua concessão abrange todo o Estado do Tocantins, com 277.621 km², atendendo 618.146 consumidores em 139
municípios, tendo suas atividades regulamentadas e fiscalizadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL,
vinculada ao Ministério de Minas e Energia - MME. A Companhia possui sede na cidade de Palmas, Estado do Tocantins.
1.1. Contrato de concessão de distribuição de energia elétrica: Em 06 de dezembro de 2019 a Companhia assinou o
Sexto Termo Aditivo ao Contrato de Concessão, o que concedeu à Companhia a prorrogação do prazo, por mais 30 anos,
para distribuição de energia elétrica aos 139 municípios no Estado do Tocantins, sendo o novo vencimento em 31 de
dezembro de 2049. O aditivo foi formalizado de acordo com o Despacho da Ministra de Estado de Minas e Energia,
Substituta, de 23 de outubro de 2019, na Lei nº 12.783 de 11 de janeiro de 2013, no Decreto nº 7.805 de 14 e setembro
de 2012 e no Decreto nº 8.461 de 02 de junho de 2015. O novo aditivo exigiu da Companhia atendimento aos seguintes
critérios: I - eficiência com relação à qualidade do serviço prestado; II - eficiência com relação à gestão econômico-
financeira; III - racionalidade operacional e econômica; e IV - modicidade tarifária. O alcance dos referidos indicadores
será monitorado pelos Órgãos reguladores, podendo haver penalidades na eventualidade de não atingimentos dos
mesmos. Com o novo aditivo que prorrogou o prazo de concessão até 2049, a infraestrutura da concessão, registrado
pela companhia como ativo financeiro indenizável da concessão até a assinatura do referido aditivo, foi transferido para
o ativo intangível, uma vez que sua recuperação se dará pelo fornecimento de energia elétrica na área da concessão e
tais ativos serão amortizados pela sua vida útil remanescente, considerando o novo prazo da concessão. O contrato de
concessão do serviço público de distribuição de energia elétrica contém cláusulas específicas que garantem o direito à
indenização do valor residual dos bens vinculados ao serviço no final da concessão. Para efeito da reversão, consideram-
se bens vinculados aqueles efetivamente utilizados na prestação do serviço. As obrigações da concessionária, previstas
no contrato de concessão do serviço público de distribuição de energia elétrica são: I - Operar e manter as instalações de
modo a assegurar a continuidade e a eficiência do Serviço Regulado, a segurança das pessoas e a conservação dos bens
e instalações e fornecer energia elétrica a consumidores localizados em sua área de concessão, nos níveis de qualidade
e continuidade estabelecidos em legislação específica; II - Realizar as obras necessárias à prestação dos serviços
concedidos, reposição de bens, e operar a infraestrutura de forma a assegurar a regularidade, continuidade, eficiência,
segurança e modicidade das tarifas, em conformidade com as normas técnicas e legais específicas; III - Organizar e
manter controle patrimonial dos bens e instalações vinculados à concessão e zelar por sua integridade providenciando
que aqueles que, por razões de ordem técnica, sejam essenciais à garantia e confiabilidade do sistema elétrico, estejam
sempre adequadamente garantidos por seguro sendo vedado à concessionária alienar ou conceder em garantia tais bens
sem a prévia e expressa autorização do agente regulador; IV - Atender a todas as obrigações de natureza fiscal, trabalhista,
previdenciária e regulatória, inclusive prestando contas aos consumidores; V - Implementar medidas que objetivem o
combate ao desperdício de energia, por meio de programas de redução de consumo de energia e inovações; VI - Submeter
à prévia aprovação da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) alterações nas posições acionárias que impliquem
em mudanças de controle. Na hipótese de transferência de ações representativas do controle acionário, o novo controlador
deverá assinar termo de anuência e submissão às cláusulas do contrato de concessão e às normas legais e regulamentares
da concessão; e VII - Manter o acervo documental auditável, em conformidade com as normas vigentes; A concessão
poderá ser extinta pelo término do contrato, encampação do serviço, caducidade, rescisão, irregularidades ou falência da
concessionária, podendo ser prorrogada, mediante requerimento da concessionária e a critério exclusivo do Poder
Concedente - Ministério de Minas e Energia - MME As informações referentes a reajustes, revisões tarifárias e outros
assuntos regulatórios, ativos e passivos financeiros setoriais, ativo financeiro indenizável da concessão, ativos vinculados
à concessão e a receita de construção da infraestrutura, estão apresentadas nas notas explicativas nº 9, 10, 14, 15, 17 e
28, respectivamente. 1.2. Efeitos do COVID-19: Em 11 de março de 2020, a Organização Mundial da Saúde (OMS)
declarou o surto de COVID-19 como uma pandemia, dado os vários casos de contágio ao redor do mundo. A grande
capacidade de disseminação do vírus fez com que as autoridades de diversos países adotassem o distanciamento físico
como medida de contenção do vírus, medida essa também adotada no Brasil. Houve impacto significativo na economia
global, tendo em vista a interrupção ou desaceleração da cadeia de suprimentos e o aumento significativo da incerteza
econômica, considerando o aumento na volatilidade dos preços dos ativos, das taxas de câmbio e a queda das taxas de
juros de longo prazo. As principais economias do Mundo e os principais blocos econômicos vêm adotando pacotes de
estímulos econômicos expressivos para superar os efeitos econômicos produzidos pela pandemia. No Brasil, os Poderes
Executivo e Legislativo da União publicaram diversos atos normativos para prevenir e conter a pandemia, assim como
mitigar os respectivos impactos na economia, com destaque para o Decreto Legislativo nº 6, publicado em 20 de março
continua ...
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 65
continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

de 2020, que declara o estado de calamidade pública. Os governos estaduais e municipais também publicaram diversos
atos normativos buscando restringir a livre circulação de pessoas e as atividades comerciais e de serviços, além de
viabilizar investimentos emergenciais na área da saúde. Em 25 de março de 2020, a ANEEL publicou a Resolução
Normativa nº 878/2020 em resposta às medidas de isolamento social e restrição à mobilidade, e autorizou a flexibilização
de algumas obrigações do contrato de concessão que foram prorrogadas até 31 de dezembro de 2020, tendo restringido
a suspensão do fornecimento de energia para clientes residenciais baixa renda e de unidades consumidoras que utilizam
equipamentos especiais. As medidas de isolamento, combinado com as restrições a suspensão de fornecimento em
razão de inadimplência a determinados grupos de consumidores, inicialmente provocaram queda no consumo e na
arrecadação da Companhia, entretanto tem sido observado recuperação das atividades econômicas que tem contribuído
na melhoria dos dois fatores. a. Impactos observados no exercício findo em 31 de dezembro de 2020: A pandemia
da COVID-19 no Brasil produziu impactos sentidos pelos diversos agentes sociais e econômicos. Na Companhia os
maiores impactos foram aqueles relacionados ao fornecimento de energia elétrica, devido à retração do mercado
consumidor, e ao incremento da inadimplência, agravada pelo impedimento do corte no fornecimento de energia elétrica.
Esses efeitos impactaram diretamente o fluxo de arrecadação, com reflexo nas provisões para perdas esperadas de
créditos de liquidação duvidosa (PPECLD). Por outro lado, a Conta COVID tem neutralizado em parte os efeitos dos
eventos no fluxo de caixa da Companhia e contribuído para atenuar as tarifas dos consumidores enquanto durar a
pandemia. A Companhia realizou os cálculos de perdas esperadas com o aumento da inadimplência, baseado em suas
melhoras estimativas, tendo apurado o montante de R$5.140, reconhecidos a partir de março de 2020 na demonstração
do resultado do exercício. A implementação das ações para aumentar a eficiência na cobrança das contas de energia em
atraso, destacando-se o aumento do volume de envio de SMS, telecobrança, negativação e e-mails e realizando
campanhas de conscientização relacionadas à importância da manutenção dos pagamentos e, divulgação de planos de
parcelamentos dos débitos aos clientes e facilitando o acesso às negociações por meio digital, tem produzidos efeitos
positivos que contribuíram sensivelmente na redução das provisões de perdas esperadas. A Companhia segue
acompanhando os efeitos da retração econômica, bem como das ações governamentais de proteção ao consumidor para
refletir de forma tempestiva a realização de seu contas a receber, o qual foi ajustado para considerar as perdas esperadas
em 31 de dezembro de 2020. b. Sobrecontratação de energia elétrica: O cenário da pandemia tem levado a
sobrecontratação do setor de distribuição no Brasil à níveis acima do regulatório devido, sobretudo, a retração da economia
brasileira. A Companhia segue atenta e monitorando os níveis de sobrecontratação no intuito de efetuar ações rápidas e
tempestivas a fim de minimizar os riscos inerentes a esta exposição. Neste sentido, destaca-se que dentre as medidas
elaboradas pelo Poder Executivo para contenção dos efeitos da pandemia, foi publicado o Decreto 10.350/2020 que,
dentre outros, alterou a redação do Decreto 5.163/2004 de modo a reconhecer a redução de carga decorrente dos efeitos
da pandemia da COVID-19 apurada conforme regulação da ANEEL como exposição contratual involuntária de modo a
mitigar os efeitos da sobrecontratação. Esta medida ainda será detalhada por meio de normatização a ser publicada pela
ANEEL. c. Equilíbrio econômico-financeiro da concessão: A ANEEL, por meio da Medida Provisória nº 950/2020
regulamentada pelo Decreto nº 10.350/2020 e com base no contrato de concessão de distribuição de energia elétrica,
reconheceu que os impactos causados pela pandemia COVID-19 são factíveis de avaliação do equilíbrio contratual. Com
a publicação da Resolução Normativa nº 885, divulgada no diário oficial em 23 de junho de 2020 foi estabelecido o
processo de discussão pública acerca do equilíbrio dos contratos, instaurado a partir de agosto de 2020. A Companhia
não reconheceu ativo financeiro setorial de RTE, referente ao equilíbrio contratual, em suas demonstrações financeiras.
d. Medidas operacionais e financeiras adotadas para enfrentamento e acompanhamento da pandemia: Atenta aos
efeitos causados pela pandemia na economia global e, notadamente na economia do Brasil, a Companhia adotou medidas
preventivas necessárias para minimizar tais efeitos em seus negócios, dentre as quais destacam-se: 1.1. Pessoas; •
Criação de um Comitê de Crise para avaliar de forma contínua os possíveis impactos e a eficácia das medidas adotadas
pela Companhia além de monitorar todas as determinações das autoridades competentes; • Disponibilização de um canal
de atendimento de saúde telefônico (Telemedicina) 24 horas por dia a todos os colaboradores e distribuição de máscaras
para os colaboradores que atuam diretamente em contato com o público; • Criação de um canal de comunicação “Saúde
em Foco” com dicas e orientações sobre os cuidados contra a COVID19 para colaboradores e familiares; • Afastamento
domiciliar monitorado em casos de colaboradores que apresentem os sintomas da COVID-19, testagem ampla para todos
os casos suspeitos por sintomas ou contato com pessoas testado positivo; • Regime de teletrabalho para colaboradores
cuja função possibilite esta modalidade de trabalho e capacitação da liderança e dos colaboradores para desenvolver
habilidades para o trabalho remoto. Ações de engajamento e saúde mental para líderes e colaboradores durante a
pandemia; • Para os profissionais onde a modalidade do teletrabalho não foi possível, foram adotados sistema de
revezamento com turnos alternados para evitar exposição a aglomerações; • Suspensão das viagens internacionais e
nacionais, exceção em casos de extrema necessidade; • Reforço na higienização dos ambientes de trabalho, sinalização
dos espaços para garantir o respeito ao distanciamento social. Estabelecimento de monitoramento de temperatura nas
entradas das sedes e bases operacionais. Implantação de site responsivo para monitorar casos suspeitos, através de
questionário de sintomas; • Redução da jornada de trabalho em 25% e suspensão temporária do contrato de trabalho para
continua ...
66 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

parte dos colaboradores como medida de prevenção ao emprego seguindo as orientações da Medida Provisória nº
936/2020, aplicada durante o período de abril a agosto de 2020. Em 06 de julho, a MP nº 936 foi transformada na Lei nº
14.020, que autoriza a redução de jornada e de salários e a suspensão dos contratos enquanto durar o estado de
calamidade pública decretado até 31 de dezembro de 2020. A última mudança que impacta na conhecida MP nº 936,
agora Lei nº 14.020, foi publicada no DOU do dia 24 de agosto de 2020. Trata-se do Decreto nº 10.470, que prorroga mais
uma vez os prazos para celebrar acordos de redução proporcional de jornada de trabalho e de salário, bem como de
suspensão temporária de contrato de trabalho e para efetuar o pagamento dos benefícios emergenciais da Lei 14.020.
1.2. Sociedade: A Grupo Energisa criou o movimento Energia do Bem, iniciativa de mobilização nacional que inclui
diferentes ações no Estado de Mato Grosso. As principais ações são: • Doação de máscaras para hospitais e Sebrae; •
Apoio para a capacitação profissional com abertura de 100 mil vagas em cursos de educação a distância, em parceria
com o CNI e Senai, voltados a competências da indústria 4.0; • Disponibilidade de carros de som e ações em rádios locais
como forma de comunicação mais efetiva quanto a ações de prevenção a pandemia em cidades com baixo IDH; •
Aquisição de ventiladores para doação à hospitais; • Reforma elétrica do Hemocentro de Palmas; • Doação de R$150
para a Fiocruz na campanha “Unidos contra a COVID-19” no intuito de auxiliar a instituição na produção de testes rápidos
para o diagnóstico da doença; e • Doação de R$90 para a Unesco com o objetivo de viabilizar o combate a fome
distribuindo toneladas de cestas básicas para famílias em situação de vulnerabilidade social. 1.3. Financeiras: • Revisão
do Plano de Investimentos para o ano de 2020 onde de forma prudente diante dos cenários de incertezas, a Companhia
optou por postergar investimentos na ordem de R$43.700, ressaltando que foram preservados os investimentos essenciais
para a continuidade das operações. As obras em andamento não sofreram impactos relevantes; • Redução das despesas
gerenciáveis entre 7% a 12% do volume registrado em 2019; • Contratação de novos empréstimos com liquidação de
outros que possuíam vencimentos ao longo do exercício de 2020; • Revisado o planejamento estratégico, a Companhia
sensibilizou suas premissas quanto o valor recuperável dos ativos em função dos novos cenários da pandemia, todavia,
não foram identificados impactos relevantes em nossas demonstrações financeiras; • Medidas de Assistência
Governamental: (i) postergação do recolhimento do Pis e Cofins e da contribuição previdenciária patronal das competências
de março, abril e maio para os meses de agosto, outubro e novembro de 2020, no montante de R$24.105, recolhidos; (ii)
postergação do recolhimento do FGTS das competências de março, abril e maio para pagamento em 6 parcelas iniciando
em julho de 2020, no montante de R$1.090, recolhidos; (iii) postergação da compensação ao consumidor pela violação
dos limites de DEC e FEC dos meses de março a junho de 2020, no montante de R$2.018, compensados entre os meses
de agosto a outubro de 2020; e (iv) determinação do desconto de 100% do consumo de energia elétrica até 220 KWh/mês
no período de 01 de abril a 30 de junho de 2020 e prorrogado até 31 de julho de 2020 em que a Companhia será ressarcida
integralmente pelos recursos originários da conta CDE. • Adesão a Conta COVID: a Companhia aderiu Conta COVID
implementada através da Resolução Aneel n° 885, de 23 de junho de 2020 que dispôs critérios e procedimentos para a
gestão dos recursos, estabelecendo limites de captação por distribuidora, fundamentados na perda de arrecadação e
mercado de cada agente de distribuição. O principal objetivo da instituição da Conta COVID, decorrente da pandemia, foi
postergar para até 5 anos os aumentos nas contas de energia que seriam cobrados em até 1 ano, e também, garantir a
liquidez das concessionárias de distribuição que estão impactadas principalmente pela queda de demanda e inadimplência,
blindando os demais agentes do setor elétrico. Até 31 de dezembro de 2020 foram recebidos o montante de R$36.560 de
recursos da Conta COVID. A Companhia segue comprometida com a segurança de seus colaboradores, clientes, parceiros,
acionistas e das comunidades na região onde atua, bem como é orientada pela transparência e pelas boas práticas de
governança corporativa.
2. Apresentação das demonstrações financeiras
2.1. Declaração de conformidade: As demonstrações financeiras foram elaboradas e estão sendo apresentadas de
acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil e com a Normais Internacionais de Relatório Financeiro (“IFRS”)
emitidas pelo International Accounting Standards Board (“IASB”), que compreendem os pronunciamentos contábeis,
interpretações e orientações emitidos pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis (“CPC”) e, quando aplicáveis, as
regulamentações do órgão regulador, a Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL. Adicionalmente, a Administração
considerou as orientações emanadas da Orientação OCPC 07, emitida pelo CPC em novembro de 2014, na elaboração
das suas demonstrações financeiras de forma que todas as informações relevantes próprias das demonstrações
financeiras, estão divulgadas e correspondem ao que é utilizado na gestão da Companhia. A Companhia avaliou suas
operações à luz do cenário de pandemia da COVID-19 ocorrido no exercício de 2020, conforme detalhado na nota
explicativa 1.2, e concluiu que não há impactos significativos em suas atividades, portanto, a Administração continua a
adotar a base contábil de continuidade operacional na elaboração de suas demonstrações financeiras. A emissão das
demonstrações financeiras foi autorizada pelo Conselho de Administração em 11 de março de 2021. 2.2. Moeda funcional
e base de mensuração: As demonstrações financeiras são apresentadas em Real, que é a moeda funcional da
Companhia. As transações em moeda estrangeira foram convertidas para a moeda funcional pela taxa de câmbio da data
em que as transações foram realizadas. Os saldos de ativos e passivos monetários em moeda estrangeira são reavaliados
continua ...
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 67
continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

para a moeda funcional da Companhia pela taxa de câmbio na data base dos balanços. Os ganhos e as perdas cambiais
resultantes da atualização desses ativos e passivos são reconhecidos como receitas e despesas financeiras no resultado.
As demonstrações financeiras foram preparadas com base no custo histórico, exceto por determinados instrumentos
financeiros mensurados pelos seus valores justos quando requeridos nas normas, conforme detalhado na nota explicativa
nº 34. 2.3. Julgamentos, estimativas e premissas: A elaboração das demonstrações financeiras, de acordo com as
práticas contábeis adotadas no Brasil e com as Normas Internacionais de Relatório Financeiro (“IFRS”) emitidas pelo
International Accounting Standards Board - IASB, requer que a Administração faça o uso de julgamentos, estimativas e
premissas que afetam os valores reportados de ativos e passivos, receitas e despesas. Os resultados de determinadas
transações, quando de sua efetiva realização em exercícios subsequentes, podem diferir dessas estimativas. As revisões
das estimativas contábeis são reconhecidas no exercício em que são revisadas e nos exercícios futuros afetados. As
principais estimativas e julgamentos relacionados às demonstrações financeiras referem-se ao registro dos efeitos
decorrentes de: I - Nota explicativa nº 6 - Consumidores e concessionárias (fornecimento de energia elétrica não faturada)
e Provisão perdas esperadas de crédito de liquidação duvidosa; II - Nota explicativa nº 10 - Ativos e passivos financeiros
setoriais; III - Nota explicativa nº 13 - Créditos tributários; IV - Nota explicativa nº 14 - Ativo financeiro indenizável da
concessão; V - Nota explicativa nº 16 - Imobilizado VI - Nota explicativa nº 17 - Intangível VII - Nota explicativa nº 24 -
Provisões para riscos trabalhistas, cíveis, fiscais e regulatórias; VIII - Nota explicativa nº 29 - Custo de energia elétrica
comprada para revenda; IX - Nota explicativa nº 34 - Instrumentos financeiros e gerenciamento de riscos; e X - Nota
explicativa nº 35 - Benefícios pós-emprego.
3. Resumo das principais políticas contábeis
As principais políticas contábeis têm sido aplicadas de maneira consistente a todos os exercícios apresentados nestas
demonstrações financeira. 3.1. Principais políticas contábeis - a. Caixa e equivalentes de caixa - os equivalentes de
caixa são mantidos com a finalidade de atender compromissos de caixa de curto prazo, e não para investimento ou outros
fins. A Companhia considera equivalentes de caixa uma aplicação financeira de conversibilidade imediata em um montante
conhecido de caixa e estando sujeita a um insignificante risco de mudança de valor. Por conseguinte, um investimento,
normalmente, se qualifica como equivalente de caixa quando tem vencimento de curto prazo, por exemplo, três meses ou
menos, a contar da data da contratação; b. Instrumentos financeiros - Ativos financeiros: Reconhecimento inicial e
mensuração - são classificados no reconhecimento inicial, como subsequentemente mensurados ao custo amortizado ao
valor justo por meio de outros resultados abrangentes e ao valor justo por meio do resultado acrescido dos custos de
transação, no caso de um ativo financeiro não mensurado ao valor justo por meio do resultado. A classificação dos ativos
financeiros no reconhecimento inicial depende das características dos fluxos de caixa contratuais do ativo financeiro e do
modelo de negócios para a gestão destes ativos financeiros. Para que um ativo financeiro seja classificado e mensurado
pelo custo amortizado ou pelo valor justo por meio de outros resultados abrangentes, ele precisa gerar fluxos de caixa
que sejam “exclusivamente pagamentos de principal e de juros” sobre o valor do principal em aberto. Esta avaliação é
executada a nível de cada instrumento. As aquisições ou alienação de ativos financeiros que exigem a entrega de ativos
dentro de um prazo estabelecido por regulamento ou convenção no mercado são reconhecidas na data da negociação,
ou seja, a data em que a Companhia se comprometeu a comprar ou vender o ativo. Um ativo financeiro não é mais
reconhecido quando os direitos contratuais aos fluxos de caixa do ativo expiram, ou quando a Companhia transfere os
direitos ao recebimento dos fluxos de caixa contratuais sobre um ativo financeiro em uma transação no qual, essencialmente,
todos os riscos e benefícios da titularidade do ativo financeiro são transferidos. Mensuração subsequente - para fins de
mensuração subsequente, os ativos financeiros são classificados em ativos financeiros ao custo amortizado (instrumentos
de dívida); ativos financeiros ao valor justo por meio de outros resultados abrangentes com reclassificação de ganhos e
perdas acumulados (instrumentos de dívida); ativos financeiros designados ao valor justo por meio de outros resultados
abrangentes, sem reclassificação de ganhos e perdas acumulados no momento de seu desreconhecimento (instrumentos
patrimoniais); e ativos financeiros ao valor justo por meio do resultado. A Companhia mensura os ativos financeiros ao
custo amortizado se o ativo financeiro for mantido dentro de modelo de negócios cujo objetivo seja manter ativos financeiros
com o fim de receber fluxos de caixa contratuais, e os termos contratuais do ativo financeiro derem origem, em datas
especificadas, a fluxos de caixa que constituam, exclusivamente, pagamentos de principal e juros sobre o valor do
principal em aberto. Os ativos financeiros ao custo amortizado são subsequentemente mensurados usando o método de
juros efetivos e estão sujeitos a redução ao valor recuperável. Ganhos e perdas são reconhecidos no resultado quando o
ativo é baixado, modificado ou apresenta redução ao valor recuperável. Quanto aos instrumentos de dívida a Companhia
avalia ao valor justo por meio de outros resultados abrangentes se o ativo financeiro for mantido dentro de modelo de
negócios cujo objetivo seja manter ativos financeiros com o fim de receber fluxos de caixa contratuais, e se os termos
contratuais do ativo financeiro derem origem, em determinadas datas especificas, a fluxos de caixa que constituam,
exclusivamente, pagamentos de principal e juros sobre o valor do principal em aberto. Para os instrumentos de dívida ao
valor justo por meio de outros resultados abrangentes, a receita de juros, a reavaliação cambial e as perdas ou reversões
de redução ao valor recuperável são reconhecidas na demonstração do resultado e calculadas da mesma maneira que
continua ...
68 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

para os ativos financeiros mensurados pelo custo amortizado. As alterações restantes no valor justo são reconhecidas em
outros resultados abrangentes. No momento do desreconhecimento, a mudança acumulada do valor justo reconhecida
em outros resultados abrangentes é reclassificada para resultado. Segue abaixo resumo da classificação e mensuração
- CPC 48/IFRS 9:
Classificação e Mensuração - CPC 48/IFRS 9
Estes ativos são mensurados ao custo amortizado utilizando o método dos juros efetivo. O custo
Ativos financeiros a amortizado é reduzido por perdas por impairment. A receita de juros, ganhos e perdas cambiais e
custo amortizado impairment são reconhecidas no resultado. Qualquer ganho ou perda no desreconhecimento é
registrado no resultado.
Ativos financeiros Esses ativos são mensurados ao valor justo. O resultado líquido, incluindo juros ou receita de
mensurados a VJR dividendos, é reconhecido no resultado.
Esses ativos são mensurados ao valor justo. Os rendimentos de juros calculados utilizando o
método dos juros efetivo, ganhos e perdas cambiais e impairment são reconhecidos no resultado.
Outros resultados líquidos são reconhecidos em ORA. No reconhecimento inicial de um
Instrumentos de
investimento em um instrumento patrimonial que não seja mantido para negociação, poderá optar
dívida ao VJORA
irrevogavelmente por apresentar alterações subsequentes no valor justo do investimento em ORA.
Esta escolha é feita para cada investimento. No desreconhecimento, o resultado acumulado em
ORA é reclassificado para o resultado.
Esses ativos são mensurados ao valor justo. Os dividendos são reconhecidos como ganho no
Instrumentos
resultado, a menos que o dividendo represente claramente uma recuperação de parte do custo do
patrimoniais ao
investimento. Outros resultados líquidos são reconhecidos em ORA e nunca são reclassificados
VJORA
para o resultado.
Avaliação do modelo de negócio: A Companhia realiza uma avaliação do objetivo do modelo de negócios em que um
ativo financeiro é mantido em carteira por refletir melhor a maneira pela qual o negócio é gerido e as informações são
fornecidas à Administração. As informações consideradas incluem (i) as políticas e objetivos estipulados para a carteira e
o funcionamento prático dessas políticas que inclui a questão de saber se a estratégia da Administração tem como foco
a obtenção de receitas de juros contratuais, a manutenção de um determinado perfil de taxa de juros, a correspondência
entre a duração dos ativos financeiros e a duração de passivos relacionados ou saídas esperadas de caixa, ou a realização
de fluxos de caixa por meio da venda de ativos; (ii) como o desempenho da carteira é avaliado e reportado à Administração
da Sociedade; (iii) os riscos que afetam o desempenho do modelo de negócios (e o ativo financeiro mantido naquele
modelo de negócios) e a maneira como aqueles riscos são gerenciados; (iv) como os gerentes do negócio são remunerados
- por exemplo, se a remuneração é baseada no valor justo dos ativos geridos ou nos fluxos de caixa contratuais obtidos;
e (v) a frequência, o volume e o momento das vendas de ativos financeiros nos períodos anteriores, os motivos de tais
vendas e suas expectativas sobre vendas futuras. As transferências de ativos financeiros para terceiros em transações
que não se qualificam para o desreconhecimento não são consideradas vendas, de maneira consistente com o
reconhecimento contínuo dos ativos da Companhia. Os ativos financeiros mantidos para negociação ou gerenciados com
desempenho avaliado com base no valor justo são mensurados ao valor justo por meio do resultado. Avaliação sobre se
os fluxos de caixa contratuais são somente pagamentos de principal e de juros. Para fins de avaliação dos fluxos de caixa
contratuais, o principal é definido como o valor do custo do ativo financeiro no reconhecimento inicial. Os juros são
definidos como uma contraprestação pelo valor do dinheiro no tempo e pelo risco de crédito associado ao valor principal
em aberto durante um determinado período de tempo e pelos outros riscos e custos básicos de empréstimos (por exemplo,
risco de liquidez e custos administrativos), assim como uma margem de lucro. A Companhia considera os termos contratuais
do instrumento para avaliar se os fluxos de caixa contratuais são somente pagamentos do principal e de juros. Isso inclui
a avaliação sobre se o ativo financeiro contém um termo contratual que poderia mudar o momento ou o valor dos fluxos
de caixa contratuais de forma que ele não atenderia essa condição. Ao fazer essa avaliação, é considerado os eventos
contingentes que modifiquem o valor ou a época dos fluxos de caixa; os termos que possam ajustar a taxa contratual,
incluindo taxas variáveis; o pré-pagamento e a prorrogação do prazo; e os termos que limitam o acesso da Companhia a
fluxos de caixa de ativos específicos baseados na performance de um ativo. Redução ao valor recuperável de ativos
financeiros: Divulgações adicionais referentes à redução ao valor recuperável de ativos financeiros são também
fornecidas nas seguintes notas explicativas: • Divulgações para premissas significativas - nota explicativa nº 2.3; • Clientes,
consumidores e concessionárias - nota explicativa nº 6; e • Instrumentos financeiros e gerenciamento de risco - nota
explicativa nº 33. A Companhia reconhece uma provisão para perdas de crédito esperadas para todos os instrumentos de
dívida não detidos pelo valor justo por meio do resultado. As perdas de crédito esperadas baseiam-se na diferença entre
os fluxos de caixa contratuais devidos de acordo com o contrato e todos os fluxos de caixa que a Companhia espera
receber, descontados a uma taxa de juros efetiva que se aproxime da taxa original da transação. Os fluxos de caixa
esperados incluirão fluxos de caixa da venda de garantias detidas ou outras melhorias de crédito que sejam integrantes
dos termos contratuais. As perdas de crédito esperadas são reconhecidas em duas etapas. Para as exposições de crédito
continua ...
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 69
continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

para as quais não houve aumento significativo no risco de crédito desde o reconhecimento inicial, as perdas de crédito
esperadas são provisionadas para perdas de crédito resultantes de eventos de inadimplência possíveis nos próximos 12
meses (perda de crédito esperada de 12 meses). Para as exposições de crédito para as quais houve um aumento
significativo no risco de crédito desde o reconhecimento inicial, é necessária uma provisão para perdas de crédito
esperadas durante a vida remanescente da exposição, independentemente do momento da inadimplência. Para o contas
a receber de clientes e o ativo de contrato, a Companhia aplica uma abordagem simplificada no cálculo das perdas de
crédito esperadas. Portanto, a Companhia não acompanha as alterações no risco de crédito, mas reconhece uma provisão
para perdas com base em perdas de crédito esperadas vitalícias em cada data-base. A Companhia estabeleceu uma
matriz de provisões que se baseia em sua experiência histórica de perdas de crédito, como métrica para a mensuração
das perdas esperadas, condições futuras relevantes de inadimplência também são analisadas pela Companhia para
cálculo final das perdas esperadas. Passivos financeiros: São mensurados ao custo amortizado utilizando o método de
juros efetivos. Em 31 de dezembro de 2019, compreendem empréstimos, financiamentos e debêntures, arrendamentos
operacionais, saldos a pagar a fornecedores e outras contas a pagar. Reconhecimento inicial e mensuração - os passivos
financeiros são classificados, no reconhecimento inicial, como passivos financeiros ao valor justo por meio do resultado,
passivo financeiro ao custo amortizado, ou como derivativos designados como instrumentos de hedge em um hedge
efetivo, conforme apropriado. Todos os passivos financeiros são mensurados inicialmente ao seu valor justo, mais ou
menos, no caso de passivo financeiro que não seja ao valor justo por meio do resultado, os custos de transação que
sejam diretamente atribuíveis à emissão do passivo financeiro. Mensuração subsequente - a mensuração de passivos
financeiros é como segue: Passivos financeiros ao valor justo por meio do resultado - os passivos financeiros ao
valor justo por meio do resultado incluem passivos financeiros para negociação e passivos financeiros designados no
reconhecimento inicial ao valor justo por meio do resultado. Passivos financeiros são classificados como mantidos para
negociação se forem incorridos para fins de recompra no curto prazo. Esta categoria também inclui instrumentos financeiros
derivativos contratados que não são designados como instrumentos de hedge nas relações de hedge definidas pelo CPC
48. Derivativos embutidos separados também são classificados como mantidos para negociação a menos que sejam
designados como instrumentos de hedge eficazes. Ganhos ou perdas em passivos para negociação são reconhecidos na
demonstração do resultado. Os passivos financeiros designados no reconhecimento inicial ao valor justo por meio do
resultado são designados na data inicial de reconhecimento, e somente se os critérios do CPC 48 forem atendidos. A
Companhia não designou nenhum passivo financeiro ao valor justo por meio do resultado. Passivo financeiro ao custo
amortizado - - Após o reconhecimento inicial, debêntures emitidas, empréstimos e financiamentos contraídos e concedidos
sujeitos a juros são mensurados subsequentemente pelo custo amortizado, utilizando o método da taxa de juros efetiva.
Ganhos e perdas são reconhecidos no resultado quando os passivos são baixados, bem como pelo processo de
amortização da taxa de juros efetiva. O custo amortizado é calculado levando em consideração qualquer deságio ou ágio
na aquisição e taxas ou custos que são parte integrante do método da taxa de juros efetiva. A amortização pelo método
da taxa de juros efetiva é incluída como despesa financeira na demonstração do resultado. Essa categoria geralmente se
aplica a empréstimos e financiamentos concedidos e contraídos, sujeitos a juros. Desreconhecimento: Um passivo
financeiro é baixado quando a obrigação sob o passivo é extinta, ou seja, quando a obrigação especificada no contrato
for liquidada, cancelada ou expirar. Quando um passivo financeiro existente é substituído por outro do mesmo mutuante
em termos substancialmente diferentes, ou os termos de um passivo existente são substancialmente modificados, tal
troca ou modificação é tratada como o desreconhecimento do passivo original e o reconhecimento de um novo passivo.
A diferença nos respectivos valores contábeis é reconhecida na demonstração do resultado. Compensação de
instrumentos financeiros: Ativos e passivos financeiros são compensados e o valor líquido é apresentado no balanço
patrimonial quando há um direito legalmente aplicável de compensar os valores reconhecidos e há a intenção de liquidá-
los em uma base líquida ou realizar o ativo e liquidar o passivo simultaneamente. Instrumentos financeiros derivativos:
As operações com instrumentos financeiros derivativos, contratadas pela Companhia, resumem-se em “Swap”, que visa
exclusivamente à proteção contra riscos cambiais associados a posições no balanço patrimonial, aquisição de bens para
o ativo intangível e ativo imobilizado. São mensurados ao seu valor justo, com as variações registradas contra o resultado
do exercício, exceto quando designadas em uma contabilidade de “hedge” de fluxo de caixa, cujas variações no valor
justo são reconhecidas em “outros resultados abrangente” no patrimônio líquido. O valor justo dos instrumentos financeiros
derivativos é calculado por empresa especializada e independente na gestão de risco de caixa e dívida, de modo que é
procedido monitoramento diário sobre o comportamento dos principais indicadores macroeconômicos e seus impactos
nos resultados, em especial nas operações de derivativos. Instrumentos financeiros derivativos e contabilidade de
“hedge”: A Companhia designa certos instrumentos de “hedge” relacionados a risco com variação cambial e taxa de
juros dos empréstimos como “hedge” de valor justo. No início da relação de “hedge”, a Companhia documenta a relação
entre o instrumento de “hedge” e o item objeto de “hedge” de acordo com os objetivos da gestão de riscos e estratégia
financeira. Adicionalmente, no início do “hedge” e de maneira continuada, a Companhia e documenta se o instrumento de
“hedge” usado é altamente efetivo na compensação das mudanças de valor justo ou fluxo de caixa do item objeto de
“hedge”, atribuível ao risco sujeito a “hedge”. A nota explicativa nº 34, traz mais detalhes sobre o valor justo dos instrumentos
continua ...
70 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

derivativos utilizados para fins de “hedge”. A documentação inclui a identificação do instrumento de “hedge”, do item
protegido, da natureza do risco que está sendo protegido e de como a entidade avalia se a relação de proteção atende
os requisitos de efetividade de “hedge” (incluindo sua análise das fontes de inefetividade de “hedge” e como determinar
o índice de “hedge”). Um relacionamento de “hedge” se qualifica para contabilidade de “hedge” se atender todos os
seguintes requisitos de efetividade: • Existe relação econômica entre o item protegido e o instrumento de “hedge”. • O
efeito de risco de crédito não influencia as alterações no valor que resultam desta relação econômica. • O índice de
“hedge” da relação de proteção é o mesmo que aquele resultante da quantidade do item protegido que a entidade
efetivamente protege e a quantidade do instrumento de “hedge” que a entidade efetivamente utiliza para proteger esta
quantidade de item protegido. Os “hedges” que atendem a todos os critérios de qualificação para contabilidade de “hedge”
são registrados conforme descrito abaixo: “Hedges” de valor justo: a mudança no valor justo de um instrumento de
“hedge” é reconhecida na demonstração do resultado como outras despesas. A mudança no valor justo do item objeto de
“hedge” atribuível ao risco coberto é registrada como parte do valor contábil do item protegido e é também reconhecida
na demonstração do resultado como outras despesas. Para “hedges” de valor justo relacionados a itens mensurados ao
custo amortizado, qualquer ajuste ao valor contábil é amortizado por meio do resultado durante o prazo remanescente do
“hedge”, utilizando o método da taxa de juros efetiva. A amortização da taxa de juros efetiva pode ser iniciada assim que
exista um ajuste e, no mais tardar, quando o item protegido deixar de ser ajustado por alterações no seu valor justo
atribuíveis ao risco coberto. Se o item objeto de “hedge” for desreconhecido, o valor justo não amortizado é reconhecido
imediatamente no resultado. Quando um compromisso firme não reconhecido é designado como um item protegido, a
mudança acumulada subsequente no valor justo do compromisso firme atribuível ao risco protegido é reconhecida como
um ativo ou passivo com reconhecimento do ganho ou perda correspondente no resultado; c. Consumidores e
concessionárias - inclui o fornecimento de energia elétrica faturada e não faturada, esta última apurada por estimativa e
reconhecida pelo regime de competência, até o encerramento das demonstrações financeiras. A provisão para perdas
esperadas com créditos de liquidação duvidosa é constituída com base na perda esperada, utilizando uma abordagem
simplificada de reconhecimento, em taxas de perdas históricas, probabilidade futura de inadimplência e na melhor
expectativa da administração. d. Estoques - estão valorizados ao custo médio da aquisição e não excedem os seus
custos de aquisição ou seus valores de realização; e. Ativos e passivos financeiros setoriais - referem-se aos ativos e
passivos decorrentes das diferenças temporárias entre os custos homologados da Parcela A e outros componentes
financeiros, que são incluídos nas tarifas no início do período tarifário e aqueles que são efetivamente incorridos ao longo
do período de vigência da tarifa. Essa diferença constitui um direito a receber da Companhia sempre que os custos
homologados e incluídos na tarifa são inferiores aos custos efetivamente incorridos, ou uma obrigação quando os custos
homologados são superiores aos custos incorridos. Esses valores são efetivamente liquidados por ocasião dos próximos
períodos tarifários ou, em caso de extinção da concessão com a existência de saldos apurados que não tenham sidos
recuperados, serão incluídos na base de indenização já prevista quando da extinção por qualquer motivo da concessão;
f. Ativo financeiro indenizável da concessão - corresponde ao contrato de concessão do serviço público de distribuição
de energia elétrica firmado entre o Poder concedente e a Companhia, no qual estabelecem e determinam para o segmento
de distribuição de energia elétrica que a parcela estimada do capital investido na infraestrutura do serviço público que não
será totalmente amortizada até o final da concessão, será um direito incondicional de receber dinheiro ou outro ativo
financeiro do poder Concedente, a título de indenização pela reversão da infraestrutura. Os contratos de concessão das
distribuidoras de energia elétrica indicam que ao final da concessão os ativos vinculados a infraestrutura serão revertidos
ao Poder Concedente mediante o pagamento de indenização, que o preço praticado é regulado através de mecanismo
de tarifas de acordo com as fórmulas paramétricas de parcela A e B e das revisões tarifárias periódicas para cobrir os
custos, amortizar investimentos e a remuneração do capital investido. Dispondo a parcela estimada dos investimentos
realizados e não amortizados ou depreciados até o final da concessão classificada como um ativo financeiro por ser um
direito incondicional de receber caixa ou outro ativo financeiro diretamente do poder concedente. As características do
contrato de concessão fornecem a Administração base para entendimento de que as condições para aplicação da
Interpretação Técnica ICPC 01 (IFRIC 12) - Contratos de Concessão para as Distribuidoras, está atendido de forma a
refletir o negócio de distribuição de energia elétrica. Os ativos financeiros relacionados ao contrato da concessão de
distribuição são classificados e mensurados a valor justo por meio de resultado, onde, para o segmento de distribuição,
foram valorizados com base na BRR - Base de Remuneração Regulatória, conceito de valor de reposição, que é o critério
utilizado pela ANEEL para determinar a tarifa de energia das distribuidoras, bem como, é reconhecida a remuneração da
parcela dos ativos que compõe a base de remuneração, inclusive da parcela ainda não homologada pela ANEEL, sendo
que esta última é calculada com base em estimativas, considerando, além do IPCA, expectativa de glosas baseado na
experiência da Administração e no histórico de glosas em homologações anteriores, o que reflete a melhor estimativa de
valor justo do ativo. A Companhia contabiliza a atualização do ativo financeiro indenizável da concessão no grupo de
receitas operacionais por refletir com mais propriedade o modelo de seu negócio de distribuição de energia elétrica e
melhor apresentar sua posição patrimonial e o seu desempenho, corroborado no parágrafo 23 do OCPC 05 - Contrato de
Concessão. Esses ativos estão detalhados na nota explicativa no 14. Em dezembro de 2019 por ter sido concluído o
continua ...
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 71
continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

processo de renovação da concessão, por mais 30 anos, tendo o novo vencimento de encerramento da concessão em
31 de dezembro de 2049, a Companhia efetuou novos cálculos do ativo financeiro, transferindo para o intangível o saldo
correspondente aos bens vinculados a concessão que serão amortizados de acordo com o novo prazo deferido pelo
poder concedente. g. Ativo contratual - Infraestrutura em construção - o ativo contratual é o direito à contraprestação
em troca de bens ou serviços transferidos ao cliente. Conforme determinado pelo CPC 47 - Receita de contrato com
cliente, os bens vinculados à concessão em construção, registrados de acordo com o escopo do ICPC 01 (R1) - Contratos
da Concessão (“ICPC 01”), devem ser classificados como ativo contratual em face da Companhia ter o direito de cobrar
pelos serviços prestados aos consumidores dos serviços públicos ou receber dinheiro ou outro ativo financeiro, pela
reversão da infraestrutura do serviço público, apenas após a transferência dos bens em construção (ativo contratual) para
intangível da concessão, onde a natureza da remuneração paga pelo Poder Concedente ao concessionário é determinada
de acordo com os termos do contrato de concessão; h. Imobilizado - Itens do imobilizado são mensurados pelo custo
histórico de aquisição ou construção, deduzido de depreciação acumulada e perdas de redução ao valor recuperável
(impairment) acumuladas, quando aplicável. O custo inclui gastos que são diretamente atribuíveis à aquisição de um
ativo. O custo de ativos construídos pela própria Companhia inclui: • O custo de materiais e mão de obra direta;
• Quaisquer outros custos para colocar o ativo no local em condições necessárias para que sejam capazes de operar na
sua plenitude; • Os custos de desmontagem e de restauração do local onde estes ativos estão localizados; e • Custos de
empréstimos sobre ativos qualificáveis. Quando partes de um item do imobilizado têm diferentes vidas úteis, elas são
registradas como itens individuais (componentes principais) de imobilizado. Ganhos e perdas na alienação de um item do
imobilizado (apurados pela diferença entre os recursos advindos da alienação e o valor contábil do imobilizado), são
reconhecidos em outras receitas/ despesas operacionais na demonstração do resultado do exercício. Depreciação: Itens
do ativo imobilizado são depreciados pelo método linear no resultado do exercício baseado na vida útil econômica
estimada de cada componente e/ou de acordo com o prazo de concessão/autorização; i. Intangível - compreendem,
principalmente, os ativos referentes ao contrato de concessão do serviço público, direito de uso CPC 06 (R2) e softwares.
São mensurados pelo custo total de aquisição, menos as despesas de amortização, essas são baseadas no padrão de
consumo dos benefícios esperados durante o prazo da concessão, e perdas acumuladas por redução ao valor recuperável,
quando aplicável; j. Arrendamentos: os contratos são avaliados, se o mesmo é ou contém um arrendamento, ou seja,
se o contrato transmite o direito de controlar o uso de um ativo identificado por um período de tempo em troca de
contraprestação. Neste caso, a Companhia reconhece os passivos de arrendamento para efetuar pagamentos de
arrendamento e ativos de direito de uso que representam o direito de uso dos ativos subjacentes. No entanto, como
permitido pela norma contábil vigente, CPC 06 (R2), para os pagamentos de arrendamento de curto prazo (contratos com
vigência inferior a 12 meses) e de arrendamentos de ativos de baixo valor (máximo de USD 5.000) são reconhecidos
como despesa pelo método linear ao longo do prazo do arrendamento. - Ativos de direito de uso: os ativos de direito de
uso são reconhecidos na data de início do arrendamento a valor presente. Os ativos de direito de uso são mensurados
ao custo, deduzidos de qualquer depreciação acumulada e perdas por redução ao valor recuperável, e ajustados por
qualquer nova remensuração dos passivos de arrendamento. Os ativos de direito de uso são depreciados linearmente,
pelo menor período entre o prazo do arrendamento e a vida útil estimada dos ativos. - Passivo de arrendamento: os
passivos de arrendamento são reconhecidos na data de início do arrendamento a valor presente dos pagamentos do
arrendamento a serem realizados durante o contrato. Após a data de início, o valor do passivo de arrendamento é
aumentado para refletir o acréscimo de juros e reduzido para os pagamentos de arrendamento efetuados. Além disso, o
valor do passivo de arrendamento é remensurado se houver modificação, alteração de prazo ou uma mudança de valor
das parcelas; k. Juros e encargos financeiros - são capitalizados às obras em curso com base na taxa média efetiva
de captação, limitado a taxa WACC regulatório de acordo com os procedimentos de capitalização estabelecidos no
normativo contábil (CPC 20); l. Redução a valor recuperável - Ativo não financeiro: A Administração da Companhia
revisa o valor contábil líquido de seus ativos tangíveis e intangíveis com objetivo de avaliar eventos ou mudanças nas
circunstâncias econômicas operacionais ou tecnológicas para determinar se há alguma indicação de que tais ativos
sofreram alguma perda por redução ao valor recuperável. Se houver tal indicação, o montante recuperável do ativo é
estimado com a finalidade de mensurar o montante dessa perda, se houver. Quando não for possível estimar o montante
recuperável de um ativo individualmente, a Companhia calcula o montante recuperável da unidade geradora de caixa à
qual pertence o ativo. Quando uma base de alocação razoável e consistente pode ser identificada, os ativos corporativos
também são alocados às unidades geradoras de caixa individuais ou ao menor grupo de unidades geradoras de caixa
para o qual uma base de alocação razoável e consistente possa ser identificada. Para fins de avaliação do valor recuperável
dos ativos através do valor em uso, utiliza-se o menor grupo de ativos para o qual existem fluxos de caixa identificáveis
separadamente (unidades geradoras de caixa - UGC). Uma perda é reconhecida na demonstração do resultado, pelo
montante em que o valor contábil do ativo ultrapasse seu valor recuperável. Uma perda do valor recuperável anteriormente
reconhecida é revertida caso - tiver ocorrido uma mudança nos pressupostos utilizados para determinar o valor recuperável
do ativo ou UGCs, desde quando a última perda do valor recuperável foi reconhecida. A reversão é limitada para que o
valor contábil do ativo não exceda o seu valor recuperável, nem o valor contábil que teria sido determinado, líquido de
continua ...
72 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

depreciação, se nenhuma perda do valor recuperável tivesse sido reconhecida no ativo em exercícios anteriores. Essa
reversão é reconhecida na demonstração dos resultados, caso aplicável. Os seguintes critérios são aplicados na avaliação
do valor recuperável dos seguintes ativos: • Ativos intangíveis: os ativos intangíveis com vida útil indefinida são testados
em relação a perda por redução ao valor recuperável anualmente na data do encerramento do exercício, individualmente
ou em nível da unidade geradora de caixa, conforme o caso, ou quando as circunstancias indicarem perda por desvalorização
do valor contábil. • Avaliação do valor em uso: as principais premissas usadas na estimativa do valor em uso são: (i)
Receitas - as receitas são projetadas considerando o crescimento da base de clientes, a evolução das receitas do
mercado e a participação da Companhia neste mercado; (ii) Custos e despesas operacionais - os custos e despesas
variáveis são projetados de acordo com a dinâmica da base de clientes, e os custos fixos são projetados em linha com o
desempenho histórico da Companhia, bem como com o crescimento histórico das receitas; e (iii) Investimentos de
capital - os investimentos em bens de capital são estimados considerando a infraestrutura tecnológica necessária para
viabilizar a oferta da energia e dos serviços. As premissas principais são fundamentadas com base em projeções do
mercado, no desempenho histórico da Companhia, nas premissas macroeconômicas e são documentadas e aprovadas
pela Administração da Companhia. Os testes de recuperação dos ativos intangíveis da Companhia não resultaram na
necessidade de reconhecimento de perdas para os exercícios findos em 2020 e 2019, em face de que o valor recuperável
excede o seu valor contábil na data da avaliação; m. Empréstimos, financiamentos e debêntures - são demonstrados
pelo valor líquido dos custos de transação incorridos e são subsequentemente mensurados ao custo amortizado usando
o método da taxa de juros efetiva; Os empréstimos e financiamentos em moeda estrangeira que possuem operações de
swap foram reconhecidos pelo valor justo através do resultado do exercício; n. Derivativos - os instrumentos financeiros
derivativos para proteger riscos relativos a moedas estrangeiras e de taxa de juros. Os derivativos são reconhecidos
inicialmente pelo seu valor justo e os custos de transação atribuíveis são reconhecidos no resultado quando incorridos.
Posteriormente ao reconhecimento inicial, os derivativos são mensurados pelo valor justo e as alterações são contabilizadas
no resultado do exercício. Suas características estão demonstradas na nota explicativa nº 34; o. Imposto de renda e
contribuição social - compreendem os impostos de renda e contribuição social correntes e diferidos. Os tributos correntes
são mensurados ao valor esperado a ser pago às autoridades fiscais, utilizando as alíquotas aplicáveis, enquanto o
imposto diferido é contabilizado no resultado do exercício a menos que esteja relacionado a itens registrados em outros
resultados abrangentes no patrimônio líquido. O imposto diferido é reconhecido com relação às diferenças temporárias
entre os valores de ativo e passivo para fins contábeis e os correspondentes valores usados para fins de tributação. O
imposto de renda foi calculado à alíquota de 15% sobre o lucro tributável, acrescido do adicional de 10% sobre o lucro
tributável excedente de R$ 240 mil. A contribuição social foi calculada à alíquota de 9%. Embora os ativos e os passivos
fiscais correntes sejam reconhecidos e mensurados separadamente, a compensação no balanço patrimonial está sujeita
aos critérios similares àqueles estabelecidos para os instrumentos financeiros. A Companhia tem normalmente o direito
legalmente executável de compensar o ativo fiscal corrente contra um passivo fiscal corrente quando eles se relacionarem
com tributos sobre o lucro lançados pela mesma autoridade tributária e a legislação tributária permitir que a entidade faça
ou receba um único pagamento líquido. O imposto de renda e a contribuição social diferidos (“tributos diferidos”) são
reconhecidos sobre as diferenças temporárias na data do balanço entre os saldos de ativos e passivos. Conforme
orientações do ICPC 22 - Tributos sobre o Lucro, a Companhia avalia se é provável que uma autoridade tributária aceitará
um tratamento tributário incerto. Se concluído que a posição não será aceita, o efeito da incerteza será refletido no
resultado do exercício. Em 31 de dezembro de 2020, não há incerteza quanto aos tratamentos tributários sobre o lucro
apurado pela Companhia; p. Incentivos fiscais SUDAM - como há segurança de que as condições estabelecidas para
fruição do benefício serão cumpridas, os incentivos fiscais recebidos são reconhecidos no resultado do exercício e
destinados à reserva de lucros específica, na qual são mantidos até sua capitalização (vide nota explicativa nº 13); q.
Provisões - uma provisão é reconhecida no balanço patrimonial quando a Companhia possui uma obrigação legal ou
constituída como resultado de um evento passado, e é provável que um recurso econômico seja requerido para saldar a
obrigação. As provisões são registradas tendo como base as melhores estimativas do risco envolvido. Os passivos
relacionados a causas judiciais estão provisionados por valores julgados suficientes pelos administradores e assessores
jurídicos para fazer face aos desfechos desfavoráveis; r. Ajuste a valor presente - determinados títulos a receber são
ajustados ao valor presente com base em taxas de juros específicas, que refletem a natureza desses ativos no que tange
a prazo, risco, moeda, condição de recebimento, nas datas das respectivas transações; s. Dividendos - os dividendos
declarados com montantes superiores aos dividendos mínimos obrigatórios, após o exercício contábil a que se refere as
demonstrações financeiras, por não se constituírem uma obrigação presente, são apresentados destacados no patrimônio
líquido, não sendo constituído o respectivo passivo até a sua efetiva aprovação; t. Receita Operacional - as receitas são
reconhecidas quando representar a transferência (ou promessa) de bens ou serviços a clientes de forma a refletir a
consideração de qual montante espera trocar por aqueles bens ou serviços. O IFRS 15 / CPC 47 estabelece um modelo
para o reconhecimento da receita que considera cinco etapas: (i) identificação do contrato com o cliente; (ii) identificação
da obrigação de desempenho definida no contrato; (iii) determinação do preço da transação; (iv) alocação do preço da
transação às obrigações de desempenho do contrato e (v) reconhecimento da receita se e quando a empresa cumprir as
continua ...
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 73
continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

obrigações de desempenho. Desta forma, a receita é reconhecida somente quando (ou se) a obrigação de desempenho
for cumprida, ou seja, quando o “controle” dos bens ou serviços de uma determinada operação é efetivamente transferido
ao cliente. A receita operacional é composta pela receita de fornecimento de energia elétrica faturada e não faturada,
receita de construção, receitas de uso dos sistemas elétricos de distribuição (TUSD), venda de energia na CCEE, receita
de CVA e outras receitas relacionadas a serviços prestados. A receita de distribuição de energia elétrica é reconhecida no
momento em que a energia é fornecida e seu reconhecimento é realizado de forma mensal com emissão das faturas de
contas de energia elétrica conforme prevê o calendário de medição. A receita não faturada é apurada em base estimada,
até a data do balanço, reconhecida pelo regime de competência, tendo por base o consumo médio diário individualizado,
entre a data da última leitura e a data do encerramento do mês. A receita de construção corresponde às receitas e custos
durante o período de construção da infraestrutura utilizada na prestação de serviço de distribuição de energia elétrica. As
obras são terceirizadas e, neste contexto, a Administração entende que essa atividade gera uma margem muito reduzida
não justificando gastos adicionais para mensuração e controle dos mesmos. As receitas de uso dos sistemas elétricos de
distribuição (TUSD) recebidas pela Companhia de outras concessionárias e consumidores livres que utilizam a sua rede
de distribuição são contabilizadas no mês que os serviços de rede são prestados. Os registros das operações de compra
e venda de energia na CCEE estão reconhecidos pelo regime de competência de acordo com informações divulgadas por
aquela entidade ou por estimativa da Administração. Adicionalmente, a receita de CVA e outros itens componentes é
reconhecida no resultado quando os custos efetivamente incorridos forem diferentes daqueles incorporados à tarifa de
distribuição de energia. A receita com subvenção governamental somente é reconhecida quando houver razoável
segurança de que esses montantes serão recebidos. São registradas no resultado dos exercícios em que nos quais a
Companhia reconhece como receita os descontos concedidos relacionados à subvenção baixa renda bem como outros
descontos tarifários. As subvenções recebidas via aporte da Conta de Desenvolvimento Energético (“CDE”) nota explicativa
nº 11 referem-se à compensação de descontos concedidos com a finalidade de oferecer suporte financeiro imediato. u.
Benefícios pós-emprego - plano de suplementação de aposentadoria e pensões - a obrigação líquida da Companhia
quanto aos planos de benefícios previdenciários nas modalidades Benefício Definido (BD) e Contribuição Definida (CD)
é calculada individualmente para cada plano através da estimativa do valor do benefício futuro que os empregados
auferiram como retorno pelos serviços prestados no exercício atual e em exercícios anteriores, descontado ao seu valor
presente. Quaisquer custos de serviços passados não reconhecidos e os valores justos de quaisquer ativos dos planos
são deduzidos. A taxa de desconto é o rendimento apresentado na data de apresentação das demonstrações financeiras
para os títulos de dívida e cujas datas de vencimento se aproximem das condições das obrigações da Companhia e que
sejam denominadas na mesma moeda na qual os benefícios têm expectativa de serem pagos. O cálculo é realizado
anualmente por um atuário qualificado através do método de crédito unitário projetado. Quando o cálculo resulta em um
benefício, o ativo a ser reconhecido é limitado ao total de quaisquer custos de serviços passados não reconhecidos e o
valor presente dos benefícios econômicos disponíveis na forma de reembolsos futuros do plano ou redução nas futuras
contribuições aos planos. Para calcular o valor presente dos benefícios econômicos, consideração é dada para quaisquer
exigências de custeio mínimas que se aplicam a qualquer plano. Um benefício econômico está disponível se ele for
realizável durante a vida do plano, ou na liquidação dos passivos do plano. A Companhia patrocina, plano de assistência
médica e hospitalar aos colaboradores que efetuam contribuição fixa para o plano, em atendimento a Lei 9.656/98 (que
dispõe sobre os planos e seguros privados de assistência à saúde). Conforme previsão dos artigos 30º e 31º da Lei, será
garantido o direito à extensão do plano de assistência médica no qual o participante tenha direito enquanto empregado
ativo. Os ganhos e perdas atuariais são contabilizados diretamente em outros resultados abrangentes, liquido de tributos,
diretamente no patrimônio líquido; v. Demais ativos e passivos (circulante e não circulante) - os demais ativos e
passivos estão demonstrados pelos valores conhecidos ou calculáveis, acrescidos, quando aplicável, dos correspondentes
rendimentos/encargos incorridos até a data do balanço; e w. Demonstração do valor adicionado - preparada com base
em informações obtidas dos registros contábeis, de acordo com o pronunciamento técnico NBC TG 09/CPC 09 -
Demonstração do Valor Adicionado. Tem por finalidade evidenciar a riqueza criada pela Companhia e sua distribuição
durante determinado período e é apresentada conforme requerido pela legislação societária brasileira, como parte
suplementar às demonstrações financeiras. 3.2. Novos pronunciamentos contábeis emitidos pelo CPC- Comitê de
Pronunciamentos Contábeis e pelo IASB - International Accounting Standards Board (i) Normas e interpretações
novas e revisadas já emitidas pelo CPC, e ainda não adotadas pela Companhia:
continua ...
74 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

Aplicação obrigatória:
Exercícios anuais com início
Normas Descrição em ou após
IFRS 17 Contratos de seguros 1º de janeiro de 2023
Alterações ao IAS 1 ....... Classificação de passivos como circulante ou não circulante 1º de janeiro de 2023
(ii) Outros pronunciamentos novos ou revisados aplicados pela primeira vez em 2020, os quais não tiveram
impacto nas demonstrações financeiras da Companhia:
Aplicação obrigatória:
Exercícios anuais com início
Normas Descrição em ou após
IAS 1 / CPC 26: Apresentação Altera a definição de “material”, estabelecendo que
das demonstrações contábeis uma informação distorcida é material se poderia ser
e IAS 8 / CPC 23: Políticas razoavelmente esperado que influencie as decisões
contábeis, Mudança de tomadas pelos usuários primários das demonstrações
estimativa e Retificação de erro financeiras. 1º de janeiro de 2020
Estabelece novos requerimentos para determinar se
uma transação deve ser reconhecida como uma
IFRS 3/ CPC 15: Combinação aquisição de negócio ou como uma aquisição de
de Negócios ativos. 1º de janeiro de 2020
IFRS 9 / CPC 48: Instrumentos
Financeiros; FRS 7 / CPC 40:
Instrumentos Financeiros - Inclusão de exceções temporárias aos requerimentos
Evidenciação e IAS 39 / CPC atuais da contabilidade de hedge para neutralizar os
38: Instrumentos Financeiros - efeitos das incertezas causadas pela reforma da taxa
Reconhecimento e de juros referenciais (IBOR).
Mensuração 1º de janeiro de 2020
Requerimentos com o objetivo de facilitar para os
arrendatários a contabilização de eventuais
concessões obtidas nos contratos em decorrência da
IFRS 16 / CPC 06 (R2): COVID-19, tais como perdão, suspensão ou mesmo
Arrendamentos reduções temporárias de pagamentos. 1º de janeiro de 2020
A Companhia também avaliou os demais pronunciamentos contábeis emitidos, alterados e/ou substituídos, mas que
ainda não efetivos para o exercício e não identificou qualquer impacto ou alterações nas demonstrações financeiras da
Companhia.
4. Informações por segmento
Um segmento operacional é um componente que desenvolve atividades de negócio das quais pode obter receitas e
incorrer em despesas, incluindo receitas e despesas relacionadas com transações com outros componentes da Companhia.
Todos os resultados operacionais dos segmentos são revistos frequentemente pela Administração para decisões sobre
os recursos a serem alocados ao segmento e para avaliação de seu desempenho, e para o qual estão disponíveis nas
demonstrações financeiras. Os resultados de segmentos que são reportados à Administração incluem itens diretamente
atribuíveis ao segmento, bem como aqueles que podem ser alocados em bases razoáveis. A Companhia atua somente
no segmento de distribuição de energia elétrica em 139 municípios do Estado do Tocantins, e sua demonstração de
resultado reflete essa atividade.
5. Caixa e equivalente de caixa, aplicações financeiras no mercado aberto e recursos vinculados
5.1. Caixa e equivalente de caixa: A carteira de aplicações financeiras é constituída de Operações Compromissadas e
Certificados de Depósito Bancário (CDB’s). A rentabilidade média ponderada da carteira em 2020 equivale a 106,6% do
CDI (102,5% do CDI em 2019).
continua ...
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 75
continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

Descrição ............................................................................................................................................ 2020 2019


Caixa e depósitos bancários à vista ................................................................................................. 19.284 11.331
Aplicações financeiras de liquidez imediata: .................................................................................. 86.324 4.892
Certificados de Depósito Bancário (CDB’s)......................................................................................... 86.324 -
Operações Compromissadas .............................................................................................................. - 4.892
Total de caixa e equivalentes de caixa - circulante (1)...................................................................... 105.608 16.223
(1) As aplicações financeiras apresentadas possuem liquidez diária e são resgatáveis pela taxa de contratação.
5.2. Aplicações no mercado aberto e recursos vinculados: A carteira de aplicações financeiras é formada, principalmente,
por Fundos de Investimentos Exclusivos, compostos por diversos ativos visando melhor rentabilidade com o menor nível
de risco, tais como: títulos de renda fixa, títulos públicos, operações compromissadas, Certificado de Depósito Bancário
(CDB’s), entre outros. A rentabilidade média ponderada da carteira em 2020 equivale a 82,7% do CDI (107,8% do CDI em
2019).

Descrição 2020 2019


Certificado de Depósito Bancário (CDB) .............................................................................................. 101 20
Fundo de Investimento ......................................................................................................................... - 23.755
Fundo de Investimentos Exclusivos (1).................................................................................................. 366.151 103.993
Certificados de Depósito Bancário (CDB) ........................................................................................... 4.745 2.362
Cédula de Crédito Bancário (CCB) ..................................................................................................... 388 265
Operações Compromissadas .............................................................................................................. - 11.651
Títulos públicos ................................................................................................................................... 35.513 22.535
Fundo Multimercado ............................................................................................................................ 1.418 -
Fundo de Renda Fixa .......................................................................................................................... 80.783 20.026
Letra Financeira do Tesouro (LFT) ...................................................................................................... 78.037 44.223
Letra Financeira (LF) ........................................................................................................................... 19.132 35
Letra Financeira (LFS) ........................................................................................................................ 78.018 -
Letra Financeira (LTN)......................................................................................................................... 3.247 874
Nota do Tesouro Nacional (NTNB) ...................................................................................................... 60.211 2.022
Nota do Tesouro Nacional (NTNF) ...................................................................................................... 4.659 -
Total de aplicações no mercado aberto e recursos vinculados - circulante .............................. 366.252 127.768
(2)

(1) Fundo de investimentos exclusivos - inclui aplicações em CDB, CCB, Compromissadas, Fundos de Renda Fixa,
Títulos Públicos, Fundo Multimercado, LFT, LF, LFS, LTN, NTNB e NTNF são remuneradas 113,5% (105,2% em 2019) do
CDI Fundo FI Energisa e 63,5% (115,7% em 2019) do CDI Fundo Zona da Mata. (2) Inclui R$101 (R$23.775 em 2019)
referente a recursos vinculados.

2020 2019
Programa Luz para todos .......................................................................................................................... - 23.755
Conselho Consumidor ............................................................................................................................... 101 -
Outros ........................................................................................................................................................ - 20
Total .......................................................................................................................................................... 101 23.775

6. Consumidores e concessionárias

Englobam, principalmente, o fornecimento de energia elétrica faturada e não faturada, esta última apurada por estimativa
reconhecida pelo regime de competência, tendo por base o consumo médio diário individualizado, entre a data da última
leitura e a data do encerramento das demonstrações financeiras.
continua ...
76 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

Saldos a vencer Saldos vencidos Total


Até 60 Mais de Até 90 91 a 181 a Há mais de
dias 60 dias dias 180 dias 360 dias 360 dias PPECLD (2) 2020 2019
Valores correntes:
Residencial ........................... 34.266 - 43.909 4.116 258 851 (6.916) 76.484 63.655
Industrial ............................... 8.213 - 921 202 489 1.741 (1.741) 9.825 12.991
Comercial ............................. 19.310 - 6.759 627 319 1.725 (2.044) 26.696 27.846
Rural ..................................... 11.569 - 5.396 691 612 216 (443) 18.041 14.198
Poder público........................ 9.702 - 2.980 291 308 334 (334) 13.281 14.553
Iluminação pública ................ 4.035 - 2.281 210 140 1.053 (1.798) 5.921 4.639
Serviço público ..................... 3.529 - 270 60 18 - (24) 3.853 3.977
Fornecimento não faturado .. 96.662 - - - - - - 96.662 72.443
Arrecadação Processo
Classificação ....................... 1.981 - - - - - - 1.981 2.090
Valores renegociados:
Residencial ........................... 4.871 10.404 2.764 455 473 3.070 (5.973) 16.064 4.179
Industrial ............................... 455 717 141 64 320 1.659 (2.180) 1.176 1.957
Comercial ............................. 1.171 2.183 662 131 209 1.120 (1.878) 3.598 1.502
Rural ..................................... 722 1.108 291 73 98 287 (680) 1.899 1.867
Poder público........................ 374 2.379 244 49 64 65 (229) 2.946 3.063
Iluminação pública ................ 87 7 71 20 - - (20) 165 59
Serviço público ..................... 88 285 35 - - 2 (2) 408 289
(-) Ajuste valor Presente(1) .... (24) (311) - - - - - (335) (466)
Subtotal -clientes................ 197.011 16.772 66.724 6.989 3.308 12.123 (24.262) 278.665 228.842
Suprimento Energia -
Moeda Nacional (3) ............... 14.614 - - - - 1.976 - 16.590 7.717
Outros (4) ............................... 148 - 43.338 8.412 171 37.051 (1.288) 87.832 71.997
Total ..................................... 211.773 16.772 110.062 15.401 3.479 51.150 (25.550) 383.087 308.556
Circulante ............................. 290.295 227.731
Não Circulante ...................... 92.792 80.825
(1) Ajuste a valor presente: calculado para os contratos renegociados sem a incidência de juros e/ou para aqueles com taxa
de juros de IPCA ou IGPM. Para o desconto a valor presente foi utilizado a taxa média anual de CDI 1,90% a.a. (4,60 a.a.
em 2019). (2) Provisão para perdas esperadas de créditos de liquidação duvidosa - é constituída com base na perda
esperada, utilizando uma abordagem simplificada de reconhecimento, em taxas de perdas históricas, probabilidade futura
de inadimplência e na melhor expectativa da administração. Na constituição de perdas esperadas, inclui-se variáveis de
probabilidade futura de inadimplência agravadas pelo cenário da pandemia do COVID-19 onde a suspensão do fornecimento
de energia elétrica pelas concessionárias foi proibida pelo regulador ao longo do exercício como uma medida de proteção
aos consumidores dado o caráter essencial do consumo de energia elétrica. Embora a previsão aponte um aumento da
inadimplência, quando comparado com o mesmo período de 2019, a expectativa é de que esta variável possua alcance
limitado de impacto nas análises de perdas esperadas, uma vez que as concessionárias passaram a ter a possibilidade de
suspensão da energia a partir de 01 de janeiro de 2021. Outros fatores como as medidas de auxílio as concessionárias
sinalizadas pelo regulador como contrapartida ao socorro dado aos consumidores, aumento da arrecadação originada
pelas medidas adotadas pelas controladas distribuidoras de energia elétrica que vem demonstrar a recuperação gradual
das atividades econômicas, contribuíram em muito pelas apurações das perdas no período. Em resumo, além da base
histórica como métrica para a mensuração das perdas esperadas condições futuras relevantes de inadimplência também
são analisadas pela Companhia para cálculo final das perdas esperadas. Segue movimentação das provisões:
2020 2019
Saldo inicial - circulante - 2019 e 2018 .................................................................................................. 19.999 19.321
Provisões constituídas no exercício (*) ..................................................................................................... 16.722 7.327
Baixa/reversão de contas de energia elétrica - incobráveis ...................................................................... (8.415) (6.649)
Saldo final - circulante - 2020 e 2019 ..................................................................................................... 28.306 19.999
Consumidores e concessionárias.............................................................................................................. 25.550 17.759
Títulos de créditos a receber ..................................................................................................................... 2.756 2.240
(*) Do total de perdas esperadas com créditos de liquidação duvidosa apuradas no exercício findo em 31 de dezembro de
2020 de R$16.722 (R$7.327 em 2019) cerca de R$5.140 são referentes aos impactos do COVID-19. (3) Inclui energia
vendida na Câmara de Comercialização de Energia Elétrica - CCEE.
continua ...
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 77
continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

Composição do saldo da CCEE 2020 2019


Créditos a vencer .................................................................................................................................. 14.614 5.741
Créditos vinculados a liminares ............................................................................................................. 1.976 1.976
Sub-total créditos CCEE (*) ................................................................................................................ 16.590 7.717
(-) Aquisições de energia na CCEE ....................................................................................................... (40.153) (18.741)
(-) Encargos de serviços do sistema ..................................................................................................... (3.849) (150)
Total débitos CCEE ............................................................................................................................. (27.412) (11.174)
(*) Créditos vinculados a liminares - os valores que se encontram vinculados a liminares podem estar sujeitos à modificação,
dependendo de decisão dos processos judiciais em andamento. Essas empresas, não incluídas na área do racionamento,
obtiveram liminar que torna sem efeito o Despacho nº 288 da ANEEL, de 16 de maio de 2002, que objetivou o esclarecimento
às empresas do setor sobre o tratamento e a forma de aplicação de determinadas regras de contabilização do MAE
(atualmente CCEE), incluídas no Acordo Geral do Setor Elétrico. O pleito dessas empresas envolve a comercialização da
cota-parte de Itaipu no submercado Sudeste/Centro-Oeste durante o período de racionamento de 2001 a 2002, quando
havia discrepância significativa de preços na energia de curto prazo entre os submercados. A Companhia não constituiu
provisão para perdas esperadas de créditos de liquidação duvidosa sobre os saldos vinculados às referidas liminares, por
entender que os valores serão integralmente recebidos seja dos devedores que questionaram os créditos judicialmente
ou de outras empresas que vierem a ser indicadas pela CCEE. (4) Outros: inclui serviços taxados e outros valores a
receber e/ou a pagar ao consumidores. A Companhia possui R$87.352 (R$72.855 em 2019) referente ao ICMS incidente
sobre a TUSD, suspenso por liminares, em contrapartida o valor é contabilizado na rubrica de Imposto sobre circulação
de mercadorias e serviços - ICMS em impostos e contribuições sociais no passivo não circulante.
7. Títulos de créditos a receber
2020 2019
Precatório de Prefeituras (1) ........................................................................................................................ 5.700 8.088
Outros títulos a receber (2) .......................................................................................................................... 3.292 3.378
Provisão para perdas esperadas de créditos de liquidação duvidosa ....................................................... (2.756) (2.240)
(-) AVP - Precatórios ................................................................................................................................... (66) (137)
Total ........................................................................................................................................................... 6.170 9.089
Circulante ................................................................................................................................................... 3.075 5.916
Não circulante............................................................................................................................................. 3.095 3.173
(1) Referem-se a títulos precatórios de Prefeituras, que após condenação judicial definitiva dos devedores, houve a
expedição dos precatórios conforme ordem emanada do Poder Judiciário, e expedição de requisições de pagamentos,
para cobrar dos municípios dívidas relacionadas a débitos de contas de energia elétrica. Todos os processos tiveram
instrução processual finalizada, transitada em julgado, por consequência os precatórios foram formados conforme segue:
Prefeituras 2020 2019
Paraíso ........................................................................................................................................................ - 1.527
Taguatinga ................................................................................................................................................... 2.957 3.945
Divinópolis (*) ................................................................................................................................................ 258 258
Miranorte ..................................................................................................................................................... - 386
Porto Nacional (*) .......................................................................................................................................... 651 651
Sitio Novo (*) ................................................................................................................................................. 771 771
Santa Fé do Araguaia (*) .............................................................................................................................. 773 260
Outras (*) ..................................................................................................................................................... 290 290
Total ............................................................................................................................................................ 5.700 8.088
(*) Os valores estão integralmente provisionados e serão revertidos ao resultado do exercício a medida da realização dos
recebimentos. (2) Inclui créditos de contas de energia elétrica vencidas e não pagas, no montante de R$3.292 (R$3.029
em 2019), decorrentes de ação de cobrança ajuizada contra o devedor Itafós Mineração S/A, julgada procedente e
transitada em julgado, sendo que os créditos da Energisa Tocantins foram integralmente habilitados nos autos do Processo
de Recuperação Extrajudicial da devedora nº 0000459-40.2016.827.2709, homologado em 29 de agosto de 2016, e
tramita perante a 1ª Vara Cível de Arraias - TO. Em 31 de dezembro de 2020, os vencimentos dos títulos de créditos são:
2020(*)
Vencidos ................................................................................................................................................................. 1.871
2021........................................................................................................................................................................ 1.217
2022........................................................................................................................................................................ 259
2023........................................................................................................................................................................ 1.422
2024 em diante ....................................................................................................................................................... 4.157
Total ........................................................................................................................................................................ 8.926
(*) Apresentado líquido do ajuste a valor presente. continua ...
78 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

8. Tributos a recuperar
2020 2019
Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços - ICMS ............................................................... 22.498 29.508
Imposto de Renda de Pessoa Jurídica - IRPJ........................................................................................ 35.315 60.972
Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido - CSLL ................................................................................ 7.659 9.690
Contribuição ao PIS e a COFINS ........................................................................................................... 26.443 23.061
Efeitos da Redução do ICMS na base de Cálculo Pis e Cofins(1)........................................................... 250.926 212.704
Outros ..................................................................................................................................................... 9.429 13.718
Total ....................................................................................................................................................... 352.270 349.653
Circulante ............................................................................................................................................... 52.624 81.167
Não circulante......................................................................................................................................... 299.646 268.486
(1) A Companhia possui em dezembro de 2020 créditos de PIS e de COFINS a recuperar de R$250.926 (R$212.704 em
2019), referente a exclusão do ICMS na base de cálculo após ação transitada em julgado, calculados baseado na melhor
estimativa da Administração. No exercício, foram adicionados novos valores de créditos da ordem de R$32.762 (R$166.577
em 2019). Os valores foram devidamente atualizados pela aplicação da variação da taxa Selic, que resultou em mais
R$5.460 (R$46.126 em 2019), contabilizados em outras receitas financeiras na demonstração do resultado do exercício.
A Companhia estabelecerá procedimentos de recuperação de créditos tributários de acordo com as normas legais, tão
logo finalize suas apurações, conforme nota explicativa nº 23 Os demais itens referem-se a créditos tributários de saldos
negativos de Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro, ICMS sobre aquisição de bens para o ativo intangível
e imobilizado e/ou recolhimentos de impostos e contribuições efetuadas a maior, que serão recuperados ou compensados
com apurações de tributos em exercícios posteriores, de acordo com a forma prevista na legislação tributária vigente
aplicável.
9. Reajuste, Revisão tarifária e outros assuntos regulatórios
9.1. Reajuste tarifário: Os valores das tarifas serão reajustados em periodicidade anual e a receita da concessionária
será dividida em duas parcelas: Parcela A (composta pelos custos não gerenciáveis) e Parcela B (custos operacionais
eficientes e custos de capital). O reajuste tarifário anual tem o objetivo de repassar os custos não gerenciáveis e atualizar
monetariamente os custos gerenciáveis. 9.2. Revisão tarifária: A revisão tarifária periódica ocorre a cada 4 anos e neste
processo, a ANEEL procede ao recálculo das tarifas, considerando as alterações na estrutura de custos e mercado da
concessionária, estimulando a eficiência e a modicidade das tarifas. Os reajustes e as revisões são mecanismos de
atualização tarifária, ambos previstos no contrato de concessão. A Concessionária também pode solicitar uma revisão
extraordinária sempre que algum evento provoque significativo desequilíbrio econômico-financeiro da concessão. A
ANEEL, por meio da Resolução Homologatória nº 2.720, de 30 de junho de 2020 e Nota Técnica no 109/2020-SGT/
ANEEL de 25 de junho de 2020, homologou o resultado da quinta revisão tarifária periódica da Companhia, em vigor
desde 04 de julho de 2020. O impacto tarifário médio percebido pelos consumidores foi um aumento médio de 7,17%. 9.3.
Bandeira tarifária: A partir de 2015, as contas de energia passaram a trazer o sistema de Bandeiras Tarifárias. As
Bandeiras Tarifárias têm como finalidade sinalizar aos consumidores as condições de geração de energia elétrica no
Sistema Interligado Nacional - SIN, por meio da cobrança de valor adicional à Tarifa de Energia - TE. O sistema de
Bandeiras Tarifárias é representado por: Bandeira Tarifária Verde; Bandeira Tarifária Amarela; e Bandeira Tarifária
Vermelha, segregada em Patamar 1 e 2. A Bandeira Tarifária Verde indica condições favoráveis de geração de energia,
não implicando acréscimo tarifário. A Bandeira Tarifária Amarela indica condições de geração menos favoráveis. A tarifa
sofre acréscimo de R$1,00 para cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumido no mês. A partir de junho de 2019 o acréscimo
da tarifa passou a ser de R$1,50 para cada 100 quilowatt-hora (kWh). Em novembro de 2019 passa a ser R$ 1,34 para
cada 100 quilowatt-hora (kWh). A Bandeira Tarifária Vermelha indica condições ainda mais custosas de geração. Essa
bandeira é dividida em dois patamares, quais sejam: Patamar 1: com a aplicação de uma tarifa de R$3,00 para cada 100
quilowatt-hora (kWh) consumido no mês. A partir de junho de 2019 o acréscimo da tarifa passou a ser de R$4,00 para
cada 100 quilowatt-hora (kWh). Em novembro de 2019 passa a ser R$ 4,16 para cada 100 quilowatt-hora (kWh). Patamar
2: com aplicação de uma tarifa de R$5,00 para cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumido no mês. A partir de junho de
2019 o acréscimo da tarifa passou a ser de R$6,00 para cada 100 quilowatt-hora (kWh). Em novembro de 2019 passa a
ser R$ 6,24 para cada 100 quilowatt-hora (kWh). Em 21 de maio de 2019, a ANEEL, através da Resolução Homologatória
n°2.551, com vigência a partir de junho/2019, aprovou a alteração dos valores da Bandeiras Tarifárias Amarela e Vermelha
- Patamar 1 e Patamar 2, conforme mencionado acima. Por meio da Resolução Homologatória nº 2.628, de 22 de outubro
de 2019, a ANEEL alterou os valores da Bandeiras Tarifárias Amarela e Vermelha - Patamar 1 e Patamar 2, a partir da
competência novembro, conforme mencionado acima. Em função da pandemia, da COVID-19 a Agência Nacional de
Energia Elétrica (ANEEL), em 26 de maio de 2020 em Reunião Pública da Diretoria, divulgou medida emergencial para
aliviar a conta de energia elétrica dos consumidores e auxiliar o setor elétrico em meio ao cenário atual, decidindo manter
continua ...
Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021 DIÁRIO OFICIAL No 5812 79
continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

a bandeira verde acionada até 31 de dezembro de 2020. Contudo, em reunião extraordinária ocorrida em 30 de novembro
de 2020, a ANEEL decidiu reativar o sistema de bandeiras para o mês de dezembro de 2020 em razão da queda no nível
dos reservatórios das hidrelétricas associado a retomada do consumo de energia. Em 2020 e 2019 as bandeiras tarifárias
vigoraram da seguinte forma:
2020 2019
Janeiro ................................................................................................. Amarela Verde
Fevereiro ............................................................................................. Verde Verde
Março................................................................................................... Verde Verde
Abril ..................................................................................................... Verde Verde
Maio ..................................................................................................... Verde Amarela
Junho ................................................................................................... Verde Verde
Julho .................................................................................................... Verde Amarela
Agosto ................................................................................................. Verde Vermelha Patamar I
Setembro ............................................................................................. Verde Vermelha Patamar I
Outubro................................................................................................ Verde Amarela
Novembro ............................................................................................ Verde Vermelha Patamar I
Dezembro ............................................................................................ Vermelha Patamar 2 Amarela
9.4 Outros assuntos regulatórios - sobrecontratação: A sobrecontratação das distribuidoras do Grupo Energisa é
decorrente, principalmente, da obrigatoriedade que foi imposta às concessionárias de energia elétrica de adquirir energia
no Leilão A-1 de 2015 e da migração de clientes especiais para o Ambiente de Contratação Livre (ACL). Independentemente
da sua necessidade, as distribuidoras de energia elétrica do país estavam sujeitas à aquisição obrigatória de um mínimo
de 96% dos seus Montantes de Reposição no último leilão de 2015, sendo que o descumprimento dessa regra configuraria
riscos alheios à gestão dos agentes, inclusive com a imposição de prejuízos às controladas, distribuidora de energia
elétrica, oriundos de atividade não remunerada (a aquisição de energia). O Poder Concedente, diante do cenário de maior
retração da economia e da renda, e, por conseguinte, da carga atendida pelos agentes de distribuição, editou o Decreto
n° 8.828/16, alterando a obrigação de aquisição do montante mínimo obrigatório para futuros leilões, quando desnecessária.
Quanto ao passado, foram mantidas as discussões e análise do tema junto aos agentes. Da mesma forma, com relação
à migração de clientes especiais do mercado cativo para o mercado livre, a ANEEL alterou a regulamentação permitindo
a devolução da energia a eles correspondente, a partir de leilão A-1 de 2016. Não sendo possível a redução dos contratos
existentes uma vez que esta possibilidade não estava clara para o vendedor no edital dos leilões anteriores, resta o
reconhecimento destas sobras como involuntárias. Por isso, o Grupo Energisa, recorreu a ANEEL para que essa
sobrecontratação seja reconhecida como involuntária, afastando-se os prejuízos das controladas, distribuidoras de
energia elétrica. Em reunião da Diretoria da ANEEL, realizada em 25 de abril de 2017, o regulador definiu que a aprovação
da involuntariedade de cada distribuidora será avaliada individualmente, considerando o máximo esforço para atingimento
do nível de cobertura contratual, conforme previsto na Resolução Normativa 453/2011. Cabe destacar que os processos
administrativos abertos pelas empresas do setor de energia elétrica não foram deliberados pela ANEEL, e nem mesmo
do Despacho ANEEL nº 2.508/2020 pode ser considerado como conclusivo, uma vez que seu mérito será avaliado pela
Diretoria da Agência. • Os valores envolvidos de perda da Companhia montam em R$3.121 (R$3.121 em 2019) que
deverão ser compensados. A Companhia não apresentou excedente ao limite regulatório (100% e 105%) no exercício
mantendo-se, portanto, dentro do limite regulatório.
10. Ativos e passivos financeiros setoriais
Referem-se aos ativos e passivos decorrentes das diferenças temporárias entre os custos homologados pela Parcela A e
outros componentes financeiros, que são incluídos nas tarifas no início do período tarifário e aqueles efetivamente
incorridos ao longo do período de vigência da tarifa. Os valores são realizados quando do início da vigência de outros
períodos tarifários ou extinção de concessão com saldos apurados e não recuperados, os quais serão incluídos na base
de indenização. Os valores reconhecidos de ativos e passivos financeiros setoriais tiveram a contrapartida a receita de
venda de bens e serviços. Os aditivos contratuais emitidos pela Aneel, veem garantir que os valores de CVA e outros itens
financeiros serão incorporados no cálculo da indenização, quando da extinção da concessão. A Companhia contabilizou
as variações destes custos como ativos e passivos financeiros setoriais, conforme demonstrado a seguir:
continua ...
80 DIÁRIO OFICIAL No 5812 Ano XXXIII - Estado do Tocantins, segunda-feira, 22 de março de 2021

continuação...

ENERGISA TOCANTINS - DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A


CNPJ/MF nº 25.086.034/0001-71

Receita Resultado Valores Valores


Operacional Adesão Financeiro em em Não
Saldo Amor- CONTA Remu- Transfe- Saldo Amor- Const- Circu- circu-
Ativos financeiros setoriais em 2019 Adição tização COVID (ix) neração rência em 2020 tização ituição lante lante
Itens da Parcela A (i)
Energia elétrica comprada
para revenda ............................ 41.805 (10.361) (24.642) (33.256) (584) 27.038 - - - - -
Programa Incentivo Fontes
Alternativas de Energia -
PROINFA................................. 860 - (820) 1.201 9 86 1.336 - 1.336 1.336 -
Transporte de Energia Elétrica
Rede Básica ............................. 3.882 4.011 (2.648) (3.733) 19 10 1.541 1.035 506 1.035 506
Encargos de serviços do
sistema - ESS........................... - 3.622 - 24.975 210 (4.395) 24.412 - 24.412 23.416 996
Conta de Desenvolvimento
Energético - CDE ..................... 5.948 1.347 (4.765) (5.699) 50 5.856 2.737 2.737 - 2.737 -
Componentes financeiros ......
Sobrecontratação de
energia (ii) ................................ - 1.424 - (4.026) (40) 2.642 - - - - -
CUSD ........................................ 211 1.253 (226) - 4 - 1.242 20 1.222 621 621
Exposição de submercados ...... 20.455 6.451 (18.279) (15.267) 8 10.249 3.617 3.617