Você está na página 1de 21

ARTE

2° ANO
RENASCIMENTO – PARTE 02
AULA 02
OBJETIVOS DA AULA
• Compreender a importância
cultural, social e humana do
Renascimento.
• Elencar o contexto histórico
do movimento artístico.
CONTEXTUALIZAÇÃO
Na aula de hoje iremos analisar o primeiro movimento
artístico pós Idade Média.
1) Você já ouviu falar em “Renascimento”?
2) Já ouviu falar no “Teto da Capela Sistina”?
3) No desenho animado “Tartarugas Ninjas”?
RENASCIMENTO
Se desenvolveu de 1300 a 1600.
Além de reviver a antiga cultura greco-romana,
foi o período histórico de incontáveis
realizações no campo das artes, e superaram a
herança clássica, e tornou o período de maior
avanço para a
humanidade.
RENASCIMENTO
O artista não vê mais o homem como um observador das
coisas de Deus e sim um mundo que expressa a Grandeza
desse Deus. Pensado como uma realidade compreendida
cientificamente.
Ocorreram progressos incontáveis nos campos das
artes, da literatura e das ciências, que superaram a
herança clássica.

SURGIMENTO DA BURGUESIA
1) Os valores Renascentistas marcaram...
a) o sentimento como princípio básico do
pensamento moderno.
b) a transição ao Capitalismo e a uma nova
classe econômica.
ALGUNS AVANÇOS TECNOLÓGICOS
IMPRENSA pelo alemão Gutenberg,
no século XV. Foi desenvolvido por
Volta do ano de 1430.

Caravela em 1255 e reestilizada


por volta de 1450, pelos
portugueses - Grandes Navegações.
ALGUNS AVANÇOS TECNOLÓGICOS
Teoria do Heliocentrismo pelo
polonês, Nicolau Copérnico (1473-
1543). Um modelo do Sistema Solar.
CONCEITO
Tchau teocentrismo.
“HOMEM CENTRO DE TUDO.”
(ANTROPOCENTRISMO)
Propunha a ressurreição consciente (o re-nascimento) do
passado, considerado agora como fonte de inspiração
e modelo de civilização.
O Renascimento foi um movimento que se expandiu
por quase toda a Europa. Sobre o tema, é correto
afirmar que:
a) Houve retorno aos ideais medievais e sua
concepção teocêntrica.
b) Os artistas buscaram apoio no
racional, valorizando o ser humano.
MECENATO
• Prática exercida pelos burgueses, sultões,
príncipes e papas, de financiar os artistas,
procurando mostrar o poderio da cidade e
ampliar o prestígio pessoal;

Papa Júlio II
Lourenço
de Médici
PINTURA RENASCENTISTA
✔Claro-escuro - contrastes.
✔Sfumato - gradientes entre os tons.
✔Escorço - mais efeito de perspectiva ao corpo
pintado ou esculpido.
✔Efeito Monalisa - Olhar para o observador.
✔Uso da tela e da tinta à óleo e Cavalete.
✔Realismo.
✔Criação de Espaços cenográficos.
“LAMNETAÇÃO SOBRE
CRISTO MORTOI”–
ANDREA MANTEGNA,
1470/74.
Detalhe da Obra
Mona Lisa de
da Vinci
CARACTERÍSTICAS
• Racionalidade – Busca da Razão
• Dignidade do Homem - Individualismo
• Reutilização das artes greco-romanas
• Rigor científico
• Nova Classe – Burguesia
CARACTERÍSTICAS
Surge a Perspectiva:
Diversas proporções que
têm entre si os objetos
vistos à distância.
Princípios da
Geometria/Matemática.
Perspectiva: técnica para desenho/pintura
na qual é capaz criar uma sensação de
profundidade.
ESCULTURA
✔Tanto a pintura como a escultura que antes
apareciam quase que exclusivamente como
detalhes de obras arquitetônicas, tornam-se
manifestações independentes.
✔Resgate da técnica do Contraposto
nas esculturas.
Contraposto: técnica de escultura
criada pelos gregos antigos séculos
antes do nascimento de Jesus Cristo.
Consiste em tentar fazer com que
todo o “peso” da escultura
permaneça em uma só perna. Isso
dá maior leveza e naturalidade à
obra.

CONTRAPOSTO
RESPONDENDO AO
2) As obras recapturaram o contraposto. Indique qual das
esculturas a seguir não usou esta técnica.
A B C
O QUE VIMOS NA AULA DE HOJE?

Analisamos a arte produzida no


Renascimento, compreendendo também a
importância deste período para a história
da humanidade.