Você está na página 1de 6

América latina e Lutas Sociais

01 - (PUC RS/2000) c) Revolução Mexicana, revolução Cubana e


Entre as décadas finais do século XIX e o princípio do revolução Sandinista no século XX.
presente século, vários países latino-americanos d) Independência da Argentina, do Chile e do Uruguai
conheceram movimentos políticos que objetivavam no século XIX.
promover certas reformas no chamado Estado e) Guerra da Cisplatina, revoltas regenciais e Guerra
Oligárquico, podendo-se situar neste contexto os do Paraguai.
governos de Balmaceda, no Chile e de Battle Ordoñez,
no Uruguai, bem como o surgimento do radicalismo 04 - (UFPB/1996)
argentino. O surgimento do populismo, na América Latina, pode
Esses movimentos constituem as raízes históricas do ser concebido a partir do(a):
fenômeno político que se desenvolveria no século XX e a) sistema de poder, originado no processo de
que ficou conhecido como: independência das colônias ibéricas, no decorrer do
a) Reformismo pan-americano. século XIX.
b) Anarco-sindicalismo. b) organização sócio-econômica com
c) Populismo. predominância das atividades agro-exportadoras
d) Democracia cristã. e participação dos camponeses na esfera política.
e) Neoliberalismo. c) relação sócio-política entre o Estado, máquinas
partidárias e eleitores nos países de colonização
02 - (CESJF MG/2001) ibérica até 1930.
A colonização inglesa na América foi bastante original, d) regime político predominante no Brasil no
distinguindo-se do restante do continente americano. período getulista, e ausente nos países de língua
Até o século XVII, o território inglês ficou praticamente espanhola, onde predominou o caudilhismo.
abandonado. e) estrutura de poder, com base em lideranças
Com relação ao processo de emancipação política dos carismáticas, vigente nos países que transitaram
Estados Unidos é CORRETO afirmar: de economias agrárias para economias de
a) A Guerra dos Sete Anos (1756-1763) que foi travada industrialização tardias.
entre a Inglaterra e a França não tem qualquer
relação com o processo de emancipação política 05 - (UFPB/1997)
dos Estados Unidos. A hegemonia estadunidense, durante a Guerra Fria,
b) O processo de emancipação política dos Estados impôs compromissos políticos, econômicos e
Unidos não se relaciona ao contexto da crise do ideológicos ao bloco capitalista. Nos tempos atuais, os
antigo sistema colonial na América. Estados Unidos mantêm forte intervenção em algumas
c) A Declaração de Independência dos Estados Unidos áreas do globo, mesmo recebendo oposição na ONU.
foi profundamente influenciada pelas idéias Desta forma, o bloqueio econômico norte-americano a
iluministas. Cuba
d) O processo de emancipação política dos Estados a) demonstra alinhamento com a política da
Unidos não contribuiu para o agravamento da crise Comunidade Econômica Européia na América
do Antigo Regime na Europa Ocidental. Neste Latina.
sentido, os revolucionários franceses não foram b) obedece aos princípios da ONU sobre a
influenciados pelos ideais da independência dos autodeterminação dos povos.
Estados Unidos. c) procura derrubar o governo de Fidel e o socialismo
e) Mesmo derrotando a Inglaterra na guerra de cubano para restabelecer seu domínio naquela ilha
independência, os Estados Unidos não tiveram o do Caribe.
reconhecimento de sua independência pelos d) obedece à convenção sobre biodiversidade,
ingleses. Por isso, os principais países europeu, aprovada na ECO - 92, realizada no Rio de Janeiro.
dentre eles podemos destacar a França, isolaram os e) procura conquistar Cuba para o NAFTA (mercado
Estados Unidos das principais questões políticas comum da América do Norte), visto que aquele país
européias. detém altos níveis de educação e saúde.

03 - (UFPB/1996) 06 - (UFPB/1998)
O campesinato foi um agente ativo na história da Sobre o processo de industrialização e integração latino-
América Latina, participando de transformações americanas, é verdadeira a afirmativa:
significativas em certos países. a) A resolução dos problemas sociais latino-
Neste sentido, fez-se presente nos seguintes americanos tem-se baseado em uma intensa
movimentos: industrialização, com uma conseqüente política de
a) Revolução de 1930 no Brasil e Peronismo na geração de empregos.
Argentina no século XX. b) A atual integração latino-americana enfrenta
b) Independência da Colômbia, do Peru e da Bolívia no problemas, em virtude da hegemonia norte- 1
século XIX.

1
www.historiaemfoco.com.br
América latina e Lutas Sociais
americana com sua postura de endurecimento nas promoveu absoluta nacionalização; liderança de
negociações da dívida externa. Zapata, representativa dos interesses dos grandes
c) A Aliança para o Progresso, de John Kennedy, visou proprietários rurais.
fortalecer economicamente a integração da c) reforma democrático-liberal, com manutenção do
América Latina, mediante trocas comerciais com a nacionalismo econômico; governo autoritário,
Europa, sem o aval norte-americano. representante do capital norte-americano; ligação
d) A recente industrialização nacionalista do Chile e de Zapata à estrutura latifundiária mexicana.
sua presença na geopolítica asiática converteram- d) ditadura em favor da estrutura latifundiária e da
no em país estratégico ao MERCOSUL, embora o subordinação ao capital norte-americano; governo
ingresso chileno neste bloco ainda esteja em curso. democrático-liberal, conservador da estrutura
e) O socialismo cubano, isolacionista frente aos sócio-econômica; movimento revolucionário com
Estados Unidos, foi forçado, nos anos 60 e 70, a transformação da estrutura agrária e nacionalismo
estabelecer uma política de integração com outros econômico.
países da América Latina. e) aproximação entre os diferentes grupos sociais
mexicanos, identificados com o meio rural;
07 - (UFPEL RS/1999) valorização das famílias de agricultores mexicanos
América Latina com a facilitação de créditos bancários; promoção
“As origens da primeira grande revolução pós- por Zapata de alianças com as oligarquias
independência desse México rebelde podem ser latifundiárias do país.
encontradas na ditadura do general Porfirio Diaz, que
esteve no poder de 1876 a 1911. 08 - (UFU MG/2000)
Nos quase 35 anos de ditadura, o capital norte- “A penetração norte-americana na economia açucareira
americano, que bem antes já havia tomado o Texas, a cubana se deu por meio de empréstimos hipotecários
Califórnia e outras regiões aos mexicanos, apoderou-se que, ao não serem saldados, colocavam a usina nas
completamente da economia mexicana (...), mãos do banco credor. Foi esse o caso da National City
permitindo, indiretamente, o aparecimento de uma Bank e do Chase National Bank, de Nova York que, já em
nova classe burguesa e de um novo tipo de proprietário 1937, controlavam 12 grandes engenhos dos 75 de
de terras. Esta camada, contrária à ditadura de Diaz, propriedade norte-americana. Estes respondiam por
professava uma ideologia democrático-liberal, como 73% da produção do açúcar cubano.”
arma contra a corrupção generalizada dos ´chegados ao BRUIT, Héctor H. Revoluções na América Latina. São Paulo.
ditador´. Mas, como costuma ocorrer com muitos Atual, 1988, p.64.
líderes liberais latino-americanos, esses opositores Considerando o contexto do movimento revolucionário
moderados, como o líder Francisco Madero, do Partido cubano, marque (V) para as afirmativas verdadeiras e (F)
Democrático, pretendiam uma moralização e uma para as falsas.
transformação sem muitas modificações na estrutura 01. Os Estados Unidos reconheceram a vitória da
do edifício. (...) revolução cubana, a fim de impedir o avanço da
Entre os chefes camponeses revoltosos, se destacou influência soviética na América, declarando apoio à
Emiliano Zapata, líder na luta contra os latifundiários (...) estatização das empresas estrangeiras e
no Sul do País. Em pouco tempo, mais de 20 mil homens, alimentando ainda mais o clima da Guerra Fria.
a famosa ´Legião da Morte´, os seguiam, combatendo as 02. Paraíso do turismo norte-americano, Havana, antes
forças porfiristas com fuzis ou com simples facões de da revolução, era a capital do jogo e da prostituição,
cortar cana.” enquanto a maioria da população vivia na miséria,
Fonte: Adaptado de: TOTA, Antônio Pedro & MARANHÃO, no analfabetismo e em uma situação de grande
Ricardo. Cem Anos de Zapata. violência e banditismo.
In: FARIAS, Ricardo et al. História, v.2, Belo Horizonte: Lê, 03. O regime cubano, após a revolução, não se tornou,
1993. p.125. de imediato, socialista, substituindo a reforma
Com base no texto e em seus conhecimentos, marque a agrária pela criação das granjas populares, a fim de
alternativa correta. evitar embargos comerciais dos Estados Unidos e
Porfírio Diaz, Madero e Zapata significaram, sua expulsão da OEA  Organização dos Estados
respectivamente, as propostas de: Americanos.
a) reforma profunda no sistema econômico, acabando 04. Após os episódios da Crise dos Mísseis e da invasão
com os latifúndios na estrutura agrária mexicana; da Baía dos Porcos, Cuba saiu fortalecida e desfez
representação por Madero dos interesses de uma sua aliança comercial, política e militar com a URSS,
elite urbana que atrelava a economia rural às permanecendo como membro da Organização dos
necessidades estrangeiras; defesa por Zapata de Estados Americanos.
uma melhor distribuição da riqueza agrária do país. 05. Antes da revolução, a burguesia cubana, produtora
b) ditadura com base de apoio nos latifundiários e no de açúcar, era subordinada aos interesses dos
capital externo; liderança com base camponesa, Estados Unidos que organizavam a produção 2
que efetuou uma reforma agrária radical e açucareira em Cuba, suprimindo a pequena

2
www.historiaemfoco.com.br
América latina e Lutas Sociais
propriedade e gerando a formação de numeroso O texto acima refere-se ao movimento revolucionário
proletariado rural. latino-americano, vitorioso no final da década de
cinqüenta, conhecido por:
09 - (UFU MG/2002) a) Revolução Mexicana.
“Exatos 50 anos após sua morte, Eva Duarte de Perón, b) Revolta Farroupilha.
ou simplesmente Evita a primeira-dama Argentina que c) Revolução Sandinista.
se tornou praticamente uma santa para os d) Revolução Cubana.
“descamisados” argentinos de outra época – perdeu e) Revolta Montonera.
importância ideológica dentro do Partido Justicialista
(peronista) por ser o ícone de uma Argentina que já não 11 - (UNIUBE MG/2002)
existe mais.” “Nenhum branco, qualquer que seja sua nação, colocará
Folha de São Paulo, 26 de julho de 2002, p. A14. os pés neste território com o título de dono ou
O trecho acima, ao falar de uma “Argentina que já não proprietário; e não poderá no futuro adquirir
existe mais”, faz referência aos anos 40 e 50 do século propriedades alguma.”
XX quando o peronismo assumiu o poder no país. Artigo XII, da Constituição de 1805 do Haiti.
Assinale a alternativa que estabelece corretamente a Sobre o processo de independência do Haiti, é correto
contraposição entre a “Argentina que já não existe afirmar que:
mais” e a atual. a) a vitória da luta de negros e indígenas, contra a
a) Durante o governo de Perón, o assistencialismo dominação colonialista, deveu-se à política
desenvolvido por Evita, ao distribuir roupas, assumida por Napoleão Bonaparte, que se
alimentos e remédios aos pobres e trabalhadores, posicionou contra a existência de colônia e a favor
foi um dos mecanismos utilizados para cooptar e da igualdade entre os povos.
controlar o operariado. Nos últimos anos, com a b) foi um amplo movimento que surgiu das
adoção de uma política neoliberal, o Estado contradições sociais existentes na colônia de São
afastou-se das intervenções nas relações de Domingos, envolvendo rebeliões de escravos e a
trabalho. luta dos mulatos para acabar com a opressão
b) Para desenvolver sua política de industrialização da escravista, a exploração colonialista e conquistar a
Argentina, Perón rompeu com o nacionalismo até igualdade anunciada pela Revolução Francesa.
então vigente, atraindo capitais internacionais que c) foi um movimento organizado e comandado pelas
foram investidos na exploração e minerais, petróleo elites coloniais contra as restrições impostas pela
e serviços públicos. Atualmente, a política metrópole, excluindo as populações escravas e
neoliberal adotada optou pela internacionalização mulatas de qualquer participação política nas lutas
do sistema financeiro, preservando o nacionalismo pela independência.
em setores básicos da economia. d) o apoio decisivo da Igreja Católica à revolta dos
c) A “Argentina que já não existe mais” faz referência escravos, mulatos e mestiços teve como
ao período da história do país em que a democracia, contrapartida a extinção de práticas culturais de
a liberdade sindical e a igualdade na distribuição de resistência, típicas do período colonial, como a
renda foram implantadas, beneficiando desse prática religiosa do voduísmo e o uso de idioma
modo os trabalhadores em detrimento aos créole.
empresários. A partir dos anos 90, houve a
concentração de renda e o autoritarismo nas 12 - (UNIUBE MG/2002)
relações políticas. Em 1982, a Argentina entrou em guerra com a Inglaterra
d) Ao se apresentar como protetor dos pela posse das Ilhas Malvinas, ocupadas pelos ingleses
“descamisados” e dos trabalhadores, o governo de desde 1833. Esta guerra, que durou 74 dias, pode ser
Perón passou a sofrer a oposição das classes relacionada ao fim da ditadura militar na Argentina,
médias, do empresariado e da Igreja, receosos de porque:
que fosse instalado, no país, o socialismo. a) provocou a interrupção do período de estabilidade
Atualmente, os trabalhadores lutam pela geração econômica, política e social produzida nos governos
de empregos, destruídos pela política econômica militares, iniciando uma crise nacional que levou a
adotada. burguesia, os sindicatos e a Igreja a retirarem o seu
apoio à política dos generais.
10 - (UMC SP/2000) b) para suspender o bloqueio econômico-financeiro
Em 1953 havia aproximadamente cinqüenta mil imposto pela OTAN e Estados Unidos, que isolava o
camponeses na Sierra Maestra, mas três anos depois, país da comunidade internacional, o Congresso
quando ali se instalaram os guerrilheiros, esse número Nacional se viu obrigado a eleger um civil para a
era bastante elevado. A miséria e a espoliação a que Presidência, afastando os militares.
eram submetidos esses camponeses faziam da província c) para aceitar a rendição dos generais argentinos, a
de Oriente a região onde era mais acentuada a Inglaterra exigiu que fossem realizadas eleições 3
disposição de revolta contra a ditadura de Batista.’’

3
www.historiaemfoco.com.br
América latina e Lutas Sociais
livres para a presidência da república, sendo então deste continente. Participaram ativamente da Operação
o civil Carlos Menem. Condor os seguintes países:
d) a derrota para o ingleses não apenas enfraqueceu a) Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai;
as Forças Armadas, como também serviu de b) Argentina, Bolívia e Chile;
impulso para o aprofundamento das manifestações c) Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai;
populares contra a ditadura militar, que havia d) Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Peru e Paraguai;
mergulhado o país numa grave crise econômica, e) Brasil, Bolívia, Chile e Paraguai.
política e social.
15 - (FGV/2000)
13 - (UPE/2004) “Estoy aqui de passagem/ Sei que adiantei/ Um dia vou
“A soberania de um povo não se discute; ela é defendida morrer/ De susto, de bala ou vício/ No precipício de
de armas na mão.” luzes/ Entre saudades, soluço/ Eu vou morrer de bruços/
Resposta de Augusto César Sandino à Longan Feland, Nos braços de uma mulher/ Mas apaixonado ainda/
General norte-americano que proponha negociações. Dentro dos braços da camponesa/ Guerrilheira,
ALEGRIA, C; FLAKOLL, D.J. Nicarágua. p. 81. manequim/ Ai de mim/ Nos braços de quem me queira/
Na segunda metade do século XX, a América Latina Soy loco por ti, América/ Soy loco por ti de amores.”
experimentou muitos conflitos sociais e lutas armadas, Soy loco por ti, América,Gilberto Gil/Capinam, 1968.
principalmente com a participação de grupos A década de 1960 foi marcada por uma intensa
revolucionários. movimentação política e cultural na qual a participação
Esses grupos mantiveram, como pressupostos dos jovens foi decisiva e registrada em diversos países
ideológicos, correntes do pensamento marxista, do mundo.
importadas da Europa. A esse respeito, é correto afirmar:
Sobre esses pressupostos, podemos dizer que: a) A contestação foi essencialmente econômica e
00. na década de 90, na região de Chiapas no México, secundariamente política e cultural, como pode ser
os zapatistas tomaram várias cidades e exemplificado pela Revolução Cultural chinesa e
reivindicaram pão, saúde, educação, autonomia e pela revolta dos estudantes na França, em 1968,
paz para os camponeses da região, além de movimentos contrários a qualquer culto a
protestarem contra o Nafta, acordo comercial que personalidades.
abriu as fronteiras do México para os Estados b) A vitória da Revolução Cubana não influenciou a
Unidos. juventude latino-americana devido ao embargo
01. na Nicarágua, o sandinismo governou por mais de econômico e à política de isolamento sustentada
20 anos e implantou uma ditadura socialista, mas, pelos Estados Unidos contra o regime de Fidel
pressionado pelo processo de globalização, Castro.
retrocedeu ao regime democrático desde 1995. c) A juventude estudantil brasileira manteve-se
02. em Cuba, apesar das pressões internacionais, o distante do processo político até o final de 1968,
governo não dá sinais para uma ampla abertura, quando passou a organizar diversas manifestações
porém o regime ficou mais brando com a anistia aos de massas contra o regime militar.
presos políticos e com a abolição da pena de morte d) A América Latina tornou-se uma das únicas regiões
de seus artigos da Constituição. não contaminadas pela Guerra Fria, graças ao
03. no Peru, os grupos Sendero Luminoso e seu estabelecimento de ditaduras militares e regimes
principal expoente Abimael Gusmán continuam nacionalistas refratários a qualquer vinculação com
enfrentando o governo através da tática de guerra os Estados Unidos ou com o bloco soviético.
de guerrilhas e de atentados nas principais cidades e) Liberdade sexual, contracultura, revolução social,
do país. apologia à juventude e oposição à Guerra do Vietnã
04. na Colômbia, os Estados Unidos tentaram derrubar foram elementos da contestação dos anos
a Frente Armada Revolucionária Colombiana - sessenta.
FARC, porém o grupo se mantém forte, dominando
cerca de cinqüenta por cento do interior do país, 16 - (UFTM MG/2004)
alicerçados pela sua política de seqüestros e pela Em 1970, as eleições presidenciais do Chile foram
sua exploração do tráfico de drogas. vencidas pelo socialista Salvador Allende, candidato da
Aliança Popular, uma aliança de esquerda que
14 - (FGV/2000) aglutinava comunistas, socialistas e cristãos
Operação Condor foi o nome dado ao plano integrado progressistas.
de repressão aos opositores das ditaduras militares-civis Logo em seu primeiro ano de governo, Allende
implantadas na América Latina durante os anos 60 e 70. nacionalizou as minas de cobre, as siderúrgicas, as
Este operativo transnacional, dos serviços de minas de carvão e salitre, as telecomunicações, os
inteligência e das polícias políticas, foi responsável por bancos, as ferrovias, a exploração de petróleo e a
muitas prisões ilegais, torturas, seqüestros e produção de energia elétrica. 4
desaparecimentos de cidadãos de diferentes países

4
www.historiaemfoco.com.br
América latina e Lutas Sociais
Além disso, aumentou o salário dos trabalhadores, e) fracassou de uma forma geral, pois terminou com o
reduziu o analfabetismo e deu início a uma reforma autoritarismo e as desigualdades sociais que havia
agrária. anteriormente.
(Alceu Pazzinato e Maria Helena Senise, História Moderna e
Contemporânea) 19 - (UFAC/2004)
Tais medidas provocaram, em 1973, A década de 1960 foi marcada por um abrangente e
a) uma reação de setores da Aliança Popular, que diversificado conjunto de movimentos de cunho
levou o general Augusto Pinochet ao poder. político, social, cultural, entre outros, pautados,
b) um golpe militar apoiado pelo governo norte- fundamentalmente na luta pela igualdade humana.
americano, que deu início a uma ditadura. Dentre eles, ganhou impulso um, que provocaria
c) a oposição da aliança de esquerda ao presidente intensas e profundas transformações na cultura do
Allende, gerando a guerra suja. mundo ocidental.
d) uma guerra civil que opôs socialistas e peronistas, Esse movimento foi o:
com a vitória destes últimos. a) Indígena.
e) o respaldo do governo brasileiro a Salvador Allende, b) Feminista.
contra a tentativa golpista dos militares. c) Gay.
d) Negro.
17 - (FUVEST SP/2004) e) Hippie.
“Os militares latino-americanos já provaram ser a maior
força coesiva de que se dispõe para assegurar a ordem
pública e apoiar governos resolutos na tentativa de
manter a segurança interna. As Forças Armadas da
América Latina, atuando em conjunto com a polícia e
outras forças de segurança, ajudaram a pôr cobro a
desordens e greves, a conter ou eliminar terroristas e
guerrilhas e desencorajar todos os que se sentiam
tentados a apelar para a violência a fim de derrubar o
governo.”
Relatório do Comitê de Negócios Estrangeiros do
Congresso dos Estados Unidos, 1967.
Tendo por base as afirmações do Relatório, responda:
a) A que situação histórica se refere o texto? Dê um
exemplo.
b) Qual o papel atribuído aos militares pelo Comitê?
Explique sua resposta.

18 - (UESPI/2004)
“No dia 2 de dezembro de 1956, o iate Granma
desembarcava clandestinamente na ilha um grupo de
80 revolucionários decididos a pôr fim à ditadura de
Fulgêncio Batista, que, com interrupções, governava o
país desde 1934. Instalaram-se, então, em Sierra
Maestra, de onde desencadearam ofensiva contra o
exército nacional, e conquistaram adesão da
população”
(Eduado Valladares e Márcia Berbel, Revoluções do
século XX).
O texto acima refere-se à Revolução Cubana, que:
a) conseguiu instalar o socialismo em Cuba,
superando as desigualdades sociais e construindo
uma sociedade pluripartidária.
b) mudou a sociedade cubana em muitos aspectos,
mas enfrentou dificuldades para sobreviver
economicamente.
c) conseguiu instalar o socialismo em Cuba, mas não
teve a solidariedade de outros povos que eram
também socialistas.
d) sobreviveu às pressões dos Estados Unidos, com 5
quem tem atualmente boas relações diplomáticas.

5
www.historiaemfoco.com.br
América latina e Lutas Sociais
GABARITO:

1) Gab: C

2) Gab: E

3) Gab:C

4) Gab: E

5) Gab: C

6) Gab: B

7) Gab: D

8) Gab: FVFFV

9) Gab: B

10) Gab: D

11) Gab: B

12) Gab: D

13) Gab: VFFFV

14) Gab: A

15) Gab: E

16) Gab: B

17) Gab:
a) A situação histórica referida é o apoio dos EUA às
ditaduras anticomunistas da América Latina no
contexto da Guerra Fria. Entre os exemplos da
política norte-americana do período, pode-se
mencionar o apoio dado ao movimento militar
brasileiro, vitorioso em 1964, ou ao golpe chileno
de 1973, que conduziu o general Augusto Pinochet
ao poder.
b) O papel dos militares estaria relacionado à
manutenção da ordem e ao combate à subversão
política contrária aos interesses dos governos
aliados aos EUA.
Essa política começou a ser estruturada na década
de 1950 e acentuou-se após a revolução cubana
(1959) e a posterior aproximação de Cuba com a
URSS, iniciada em 1962.

18) Gab: B

19) Gab: B

6
www.historiaemfoco.com.br

Você também pode gostar