Você está na página 1de 68

as faces

Edição 423 •janeiro 2021


do infinito
Uma jornada pela
mente de Georg Cantor,
o matemático conturbado
que descobriu um infinito
maior que o infinito. p. 46
exemplar digital
Android e iPad

r$ 18,00

Esqueça os adoçantes artificiais. A nova arma da indústria alimentícia


são os açúcares de alta tecnologia, que foram redesenhados em
laboratório e prometem o mesmo gosto – com até 90% menos calorias. p. 20

p. 32 p. 54 p. 64 p. 40
os campos de a ciência real e se criassem A história do
concentração por trás um antídoto brasil contada
na china. do cinema. para a morte? pelos genes.
carta ao leitor editorial

Chegar é uma coisa,


ultrapassar é outra Fundada em 1950

VICTOR CIVITA
(1907-1990)
ROBERTO CIVITA
(1936-2013)

Publisher : Fábio Carvalho


Complicado. O Reino Unido, que estavam cobrando caro demais – nu-
deu o pontapé inicial na vacinação, ma amostra de que ignora a lei da
decidiu adiar a segunda dose. Todas oferta e da demanda, e o bom senso.
as vacinas que você vê no noticiário E não haverá muito o que colocar
requerem duas doses. A da Pfizer, nessas seringas tão cedo. A Fiocruz
primeira a ser adotada lá, exige um deve fabricar 210 milhões de doses
intervalo de até três semanas entre da vacina Oxford/AstraZeneca. Mas Diretor de Redação: Alexandre Versignassi Editor: Bruno Garattoni
as injeções. Mas Boris Johnson re- essa quantidade só deve ser atingida Editor assistente: Bruno Vaiano Repórteres: Guilherme Eler,
Maria Clara Rossini, Rafael Battaglia Editora de arte: Juliana
solveu aplicar a segunda só daqui a no segundo semestre. E claro: o imu- Krauss Designers: Anderson C.S. de Faria, Carlos Eduardo
Hara Estagiários: Bruno Carbinatto, Carolina Fioratti (texto),
seis meses. O governo britânico en- nizante requer duas aplicações, então Juliana Alencar, Natalia Sayuri (arte) Colaboração: Alexandre
Carvalho (revisão) Atendimento ao Leitor: Walkiria Giorgino
tendeu que não teria tempo de vaci- isso só cobre metade da população. Pool Administrativo: Mara Cristina Piola (coordenadora).

nar boa parte de sua população com O Instituto Butantan diz que terá 40
duas doses. A nova variante do ví- milhões de doses da chinesa Coro-
rus, 70% mais contagiosa, poderia navac ainda em janeiro. Mas o gover- www.superinteressante.com.br / superleitor@abril.com.br

colapsar o sistema de saúde deles no de São Paulo chegou a avaliar um PUBLICIDADE E PROJETOS ESPECIAIS Marcos Garcia Leal
antes disso. Então, em vez de dar adiamento da segunda injeção. (Diretor de Publicidade) (Alimentos, Bebidas, Beleza, Higiene,
Moda, Imobiliário, Decoração, Turismo, Varejo, Educação, Mídia
duas doses para menos gente, vão Seria ingênuo imaginar que o & Entretenimento, Financeiro, Mobilidade, Tecnologia, Telecom,

dar uma só para mais gente. maior programa de vacinação da Saúde e Serviços, Regionais e Governo) DIRETORIA DE MERCADO
Carlos Nogueira OPERAÇÕES EDITORIAIS E MARKETING
Bom, a dose dupla da vacina da história da humanidade seria um ca- MARCAS Andrea Abelleira BRANDED CONTENT, CRIAÇÃO E
VÍDEO João Pedro Maya PRODUTOS E PLATAFORMAS Guilherme
Pfizer tem 95% de eficácia. A única, minho suave, rápido. Ainda há mui- Valente DEDOC E ABRILPRESS Irvinng Lage ABRIL BIG DATA (Big
Data + Seo + Mkt Digital + Advertising) Sérgio Rosa
52%. Num primeiro momento, en- to o que fazer para que 2021 se tor-
tão, só metade de quem tomar vai ne mesmo o último ano da pande-
desenvolver anticorpos. E o consen- mia. O lado bom dessa história: há Redação e Correspondência: Av. Otaviano Alves de Lima, 4.400,
so é de que, para minar a pandemia dez meses, quando tudo começou, Freguesia do Ó, CEP 02909-900, São Paulo, SP. Tel. (11) 3037-2000.
Publicidade São Paulo e informações sobre representantes de
de fato, pelo menos 70% da popula- havia pânico. Falava-se numa onda publicidade no Brasil e no Exterior: www.publiabril.com.br, tel. 11
3037-2528 / 3037-4740 / 3037-3485. Licenciamento de conteúdo:
ção precisa estar imunizada. Pior: a global de saques de alimentos, no para adquirir os direitos de reprodução de textos e imagens acesse:

Pfizer diz que simplesmente não sa- fim da economia; muitos estavam licenciamentodeconteudo@abril.com.br

be se uma segunda dose após três certos de que o isolamento destrui-


meses pode ter algum efeito. Todas ria nossa sanidade mental. Mas não.
as pesquisas foram feitas usando o Seguimos de pé. Mais preocupados, SUPERINTERESSANTE edição nº 423 (ISSN 0104-178-9), ano 35,
nº1, é uma publi­ca­ção da Editora Abril 1987 G+J España S.A. “Muy
intervalo de três semanas. mais sozinhos, mais saudosos – em Interesante” (“Muito In­te­res­san­te”), Es­pa­nha. Edições anteriores: Venda
exclusiva em bancas, pelo preço da última edição em banca. Solicite ao
Nos EUA, não se cogita adiar a muitos casos, de luto. Mas segui- seu jornaleiro. Distribuída em todo o país pela Dinap S.A. Distribuidora
Nacional de Publicações, São Paulo. SUPERINTERESSANTE não admi­te
segunda dose. Mas o ritmo de vaci- mos. E agora a gente sabe que não publi­ci­da­de reda­cio­nal.

nação está abaixo do esperado. O entrega os pontos no primeiro assal-


governo tinha prometido 20 mi- to. Um bom 2021. E um feliz 2022.
lhões de vacinados até o final de Para assinar a revista: www.assineabril.com.br
Grande SP: 11 3347-2121
2020. Entregou 2,8 milhões, a um Demais localidades: 0800-775 2828
De 2ª a 6ª-feira das 8h às 22h

ritmo de 164 mil injeções por dia. Vendas Corporativas, projetos especiais e vendas em lote:

Em janeiro, essa média subiu bem,


assinaturacorporativa@abril.com.br

Serviços ao assinante: www.abrilsac.com.br


para 350 mil/dia. Ainda falta chão, Grande SP: 11 5087-2112
Demais localidades: 0800-775 2112
porém. Se dobrarem essa velocida- De 2ª a 6ª-feira das 8h às 22h

de, a vacinação nos EUA só termina Para baixar sua revista digital:
Acesse www.revistasdigitaisabril.com.br
em abril de 2022. IMPRESSA NA ESDEVA INDÚSTRIA GRÁFICA LTDA

Enquanto lá fora faltam doses, Av. Brasil, 1405, Poço Rico, CEP: 36020-110, Juiz de Fora - MG

aqui, você sabe, faltam seringas. Na


licitação que fez no final de dezem-
bro, o governo federal fechou a com-
pra de mer0s 7,9 milhões de unida- Alexandre Versignassi
des, quando a ideia era adquirir 331 D i r etor d e Re dação
milhões. Bolsonaro alegou que Alexandre.Versignassi@abril.com.br www.grupoabril.com.br
cardápio janeiro de 2021

Bem-vindo ao
20 Capa
Grande Hotel
Hilbert: infinitos
quartos. P. 46
A reinvenção
do açúcar
Uma nova geração de açúcares de alta
tecnologia promete adoçar o mesmo
que a sacarose comum com até 90%
menos calorias – e tirar os adoçantes
artificiais de campo.

32 Flashback nazista
Tortura, escravidão e lavagem cerebral:
a vida dos chineses muçulmanos detidos
em 380 campos de “reeducação”.

40 Projeto DNA do Brasil


O genoma dos brasileiros é um dos mais
diversos do mundo. Conheça a iniciativa
que vai mapeá-lo com precisão inédita.

46 O arquiteto da eternidade
Uma jornada pela mente do matemático
Georg Cantor, o gênio conturbado que
descobriu diferentes tamanhos de infinito.

54 Crânios nos bastidores


De Kubrick ao Universo Marvel, conheça
o trabalho dos cientistas que dão con-
sultoria a filmes e séries de Hollywood.

12 primo réptil
Fósseis descobertos no
essencial Brasil podem revelar mis-
terioso parente próximo
Número
incrível oráculo E se...
6 uma imagem... dos pterossauros. 58 para o alto e avante 64 quero ver negar
A busca por bênçãos Por que os foguetes decolam E se rolasse uma vacina
para 2021 no Templo na vertical? contra a morte?
Dourado, na Índia.

16 cobra kai (never dies)


Os novos episódios da série
de Karatê Kid já estão na
Netflix. Conheça os basti-
8 ... uma opinião dores do filme original. 60 os diferentões
Moradia popular: O que torna os números
só falta o Brasil 18 o som da plenitude primos tão especiais?

2
querer. O minifunil de silicone que
atenua ondas sonoras – e 63 toma, beth harmon
promete te acalmar. Como se virar em uma
milhões de va�
riantes genéticas
partida de xadrez?
supernovas 12 Enquanto isso... inéditas para a

10 o planeta agradece 14 3 notícias sobre


ciência foram
encontradas 59 pá pum última página
em apenas 1.700
A pandemia fez 2020 regis- 16 Pérolas do streaming brasileiros. 62 pensando bem... 66 pagador de promessas
trar 7% menos emissões de A real sobre as resoluções
gás carbônico que 2019. 19 VOcê decide p.42 62 lost in translation de Ano-Novo.

Capa | Foto Studio Oz


essencial uma imagem...

6 super janeiro 2021 Foto Hindustan Times / Getty Images


janeiro 2021 super 7
essencial ...uma opinião

na página anterior: Fiéis se reúnem na manhã de 1º de janeiro no Templo Doura-


do, a meca do sikhismo. O lugar fica em Amristar, na região de Punjab, extremo norte
da Índia. O sikhismo é uma religião recente para os padrões da Índia: surgiu no século
15, juntando elementos do hinduísmo e do islã, e hoje conta com 150 milhões de
seguidores. Os sikhs são monoteístas – ao contrário dos hindus, com seus 33 milhões
de divindades. E chamam seu deus de Waheguru (Professor Maravilhoso).

Moradia
popular:
Mais de 6 milhões
de famílias vivem
em favelas, cortiços
ou ocupações
ilegais. Isso não
aconteceu por

só falta o
acaso. É resultado
de políticas sociais
– que podem ser
mudadas.

Brasil querer
por Alexandre
Carvalho

S
“Saudosa maloca" é uma composição de 1951, de uma década
em que São Paulo, confundindo progresso com gentrificação, de-
moliu cortiços no centro da cidade, abrindo espaço para vistosos
arranha-céus. A canção de Adoniran Barbosa fala do lamento de
três moradores de um imóvel ocupado de forma irregular, que
um dia o verdadeiro dono resolveu pôr abaixo para construir um
edifício. “Peguemos todas nossas coisas/ E fumos pro meio da rua/
Apreciar a demolição”, canta o personagem, agora sem teto. “Cada
tauba que caía/ Doía no coração.”
Não tem como ser pequena essa dor. Mas ela parece não sensibilizar
o poder público no Brasil, onde há mais de 6 milhões de famílias
sem habitação adequada (1) – um déficit que atravessa governos sem

8 super janeiro 2021


Edição alexandre versignassi

a devida prioridade. Não se trata de pes-


soas em situação de rua (que são 222 mil Há quase 8 milhões de imóveis
no país (2)), mas de favelados, moradores
de cortiços ou ocupações ilegais, gente abandonados no país. 80%
sem banheiro próprio, amontoada em
cubículos e, na maioria das vezes, distan-
deles estão em áreas urbanas.
te da região central, onde se concentram
os serviços de saúde, educação e lazer.
Não dá para resolver o problema estabelecer em segurança num pré- tem um posto de saúde próximo, uma
sem antes admitir que esse déficit não dio que está carente de reformas. Um escola, um mercadinho, parque, Sesc...
vem de um terremoto ou um furacão. exemplo disso aconteceu em maio de Uma política habitacional consistente
A crise é fruto de políticas sistêmicas 2018, quando um curto-circuito em um precisa combinar diferentes estratégias.
de desigualdade social e elitismo. E não sistema elétrico improvisado provocou Além de construir casa onde não tem,
é de hoje. No começo do século 20, o um incêndio em um edifício ocupado os governos precisam melhorar o que
centro do Rio de Janeiro era recheado irregularmente no Largo do Paissandu, já existe: urbanizar favelas e reformar
de cortiços – tipo de habitação precá- em São Paulo. O prédio desabou e sete cortiços. Precisam ainda avançar na
ria que marcou a transição do período moradores morreram. regularização de assentamentos irre-
escravocrata para a jovem República. gulares. Está na lei, a 11.977/2009, que
O então prefeito Pereira Passos foi Tem jeito? estabelece “a ampliação do acesso à terra
convocado pelo presidente Rodrigues Claro que tem. Desde os anos 1980, o urbanizada pela população de baixa ren-
Alves para implantar uma grandiosa país possui um ordenamento jurídico da, com prioridade para sua permanência
reforma urbana (lembremos que o Rio urbanístico avançado. O artigo sexto da na área ocupada”. Essa legislação prevê
era o Distrito Federal) baseada em dois Constituição diz que a moradia é um o Estado intermediando conflitos entre
princípios: saneamento e modernidade. direito que o Estado precisa garantir a moradores e antigos donos, e ainda dá
Além de um cuidado inédito com água todo cidadão. Desde 2001, o Estatuto da prioridade à mulher no direito à posse.
e esgoto, surgiram as grandes aveni- Cidade trata da função social do imóvel Outro caminho é a locação social.
das, os lampiões foram substituídos (o direito a ele deve atender ao bem cole- Nesse sistema, o governo reforma edifí-
pela eletricidade e edifícios suntuosos tivo), visando a uma gestão mais demo- cios desabitados e os coloca para alugar
saíram do chão. Um projeto de “cidade crática dos municípios. Falta é vontade por um valor acessível às pessoas de
linda” que não era para todo mundo. política de fazer acontecer. E visão para baixa renda. É uma opção, aliás, que
Casebres e gente miserável destoavam se tocar de que a hora é agora. Com a rende parcerias com a iniciativa privada.
nesse cartão postal, e os cortiços foram pandemia, erguer e reformar imóveis Nova York, por exemplo, é uma referên-
demolidos sem dó – fazendo com que para a população mais pobre poderia cia nesse tipo de locação com subsídio.
a reforma ganhasse o apelido de “Bota fazer parte de um “New Deal” – conjunto No Bronx, o conjunto habitacional Ar-
Abaixo”. Essa limpeza social do centro de medidas implantado por Franklin D. bor House tem 124 apartamentos cons-
expulsou os mais pobres para os morros Roosevelt, presidente dos EUA de 1933 truídos por um consórcio privado num
que circundam o Rio, privando-os das a 1945 – para ressuscitar a economia. terreno doado pela prefeitura. A contra-
melhorias na rede de esgoto e no abas- Mobilizaria construtoras, geraria em- partida é alugar por preços abaixo da
tecimento de água – e dando impulso pregos, além de prover mais condições média, e só para trabalhadores pobres
à favelização carioca. para o isolamento social. Infelizmente, cadastrados – gente que estava à beira
Aqui no século 21, a especulação não temos um Roosevelt na presidência. do despejo em suas antigas residências.
imobiliária segue de mãos dadas com Também não basta ter um teto em Lei para tudo isso, existe. O Brasil
o descaso governamental. Por incrível cima de cada um dos quase 210 milhões só não faz a lição na hora de colocar
que pareça, no Brasil há mais casas sem de brasileiros. Segundo o Comitê dos em prática. Aqui, a política habitacio-
gente do que gente sem casa. São quase Direitos Econômicos, Sociais e Culturais nal – excetuando iniciativas pontuais
8 milhões de imóveis abandonados (3) da ONU, moradia adequada é um lugar – sempre foi voltada para aquecer o
– 80% deles em áreas urbanas. Proprie- salubre, seguro, com boa localização e mercado imobiliário. Mas é preciso que
tários largam prédios vazios, às vezes disponibilidade de serviços em seu en- os chefes do Executivo – seja na União,
por décadas, esperando uma valorização torno. Daí vem um dos pontos críticos Estados ou municípios – se lembrem
que pode vir com um metrô no bairro, do Minha Casa, Minha Vida. O projeto de que políticas públicas existem jus-
um shopping ou outras benfeitorias. É se concentrou em produzir novos con- tamente para atender à população de
na direção desses fantasmas de concreto juntos habitacionais, mas colocou muitos baixa renda. As classes média e alta se
que miram os movimentos populares em regiões periféricas. Ter uma casa com viram bem com a oferta formal do setor
organizados. Mas é também a esses privada e luz elétrica é bom, mas a situ- de imóveis. São elas, afinal, que a mão
locais que chegam os desorganizados, ação continua precária se você tem de invisível do mercado costuma alcançar.
que muitas vezes não conseguem se viajar três horas até o emprego, se não Não os personagens de Adoniran. S

(1) Fundação João Pinheiro. (2) Estimativa da População em Situação de Rua no Brasil. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).
(3) Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – PNAD. IBGE, 2015. janeiro 2021 super 9
supernovas
E d i ç ã o : G U I L H ER M E E L ER d e s i g n : c a r l o s E d u a r d o H a r a

Uma Índia a menos em carbono


Em 2020, o isolamento social e o lock- praticamente como se, em 2020, a Índia não
down fizeram a queda nas emissões tivesse lançado um metro cúbico sequer de
globais de CO2 ser recorde: foram 7% CO2 na atmosfera – ou quase metade da
a menos em relação a 2019. O núme- poluição produzida pelos Estados Unidos
ro aparece no relatório Global Car- em 2019 simplesmente não tivesse existido.
bon Budget 2020, feito por 85 cientis- A diminuição é bem mais expressiva
tas de universidades do mundo todo. que outras reduções notáveis das últimas
As emissões de CO2 fóssil ficaram na décadas, como os 500 milhões de toneladas
casa das 34 gigatoneladas – 2,4 bilhões de a menos nos anos de 1981 e 2009 ou os
toneladas a menos que no ano anterior. É 700 milhões cortados em 1992.
1
10 super janeiro 2021
sn. fatos

36
foi o número
de casos de Co-
vid-19 registrados
na Antártida no
final de dezembro
de 2020. O foco
de contágio foi a
base de pesquisa
chilena no conti-
nente, que desde
o início da pande-
mia era o único
livre de infecções.

A primeira 2

galáxia:
2

GN-z11
Sem gravidade, aranhas usam luz para tecer teias
É o que descobriu um experimento feito na ISS que investigou os aracnídeos por dois meses.
Astrônomos DA
Universidade de Pe- Um par de aranhas da espécie Trichonephila da mesma espécie na Terra. Teias feitas em
quim podem ter de- clavipes embarcou rumo à ISS para um experi- gravidade zero eram mais simétricas do que
tectado a explosão mento curioso. Um grupo de cientistas suíços e as tecidas por aqui – ou seja, seu centro estava
de raios gama mais americanos pretendia estudar como os bichos mais próximo do meio. Mas outra coisa chamou
antiga do Universo – produzem suas teias na ausência de gravida- atenção: as teias tinham formatos diferentes
fenômeno luminoso de. Na Terra, as T. clavipes constroem teias de se a luz do teto estava acesa ou apagada.
que ocorre quando forma assimétrica, com o centro próximo ao As fotos mostraram que aranhas não ti-
estrelas gigantes topo. Questão de estratégia: quando descansam nham uma posição de descanso preferida na
explodem em uma de cabeça para baixo, podem usar a gravidade ausência de luz. Quando a luz estava acesa, no
supernova. Segundo para se mover mais rapidamente até a presa. entanto, elas repousavam de cabeça para baixo,
estimativas, ela Mas e quando não há essa ajuda gravitacional? descendo para tecer suas teias. Isso quer dizer
aconteceu 400 mi- Usando 14,5 mil fotos produzidas em dois que, na falta de gravidade, a luz serviu para
lhões de anos após o meses, os cientistas analisaram 100 teias fa- fazê-las distinguir “acima” (a direção da luz) e
Big Bang, evento que bricadas pela dupla de aranhonautas – e as “abaixo” (contrária à luz) – algo que cientistas
deu origem ao Uni- compararam com aquelas feitas por aranhas não faziam ideia que fosse possível em aranhas.
verso há 13,8 bilhões
de anos. A explosão,
flagrada no Observa-
tório Keck, no Havaí,
confirma a galáxia “A hora de evitar um desastre é agora”
GN-z11 como a mais disse Karine Kleinhaus, pesquisadora da Stony Brook University, nos EUA, em comentário sobre o navio
velha já identificada petroleiro Safer. Abandonado no Mar Vermelho desde 2015, ele armazena cerca de 1 milhão de barris de
pela ciência. Ela petróleo. Um novo estudo, liderado por Kleinhaus, cobra pela ação da Organização Marítima Internacional,
está a 32 bilhões de órgão da ONU, ao apontar as consequências ambientais de um possível vazamento no local. Além de
anos-luz de distân- “prejudicar a saúde de milhões de pessoas de países na costa do Mar Vermelho”, um evento do tipo poderia
cia da Terra. dar fim a importantes recifes de corais da região, conhecidos por sua resistência a altas temperaturas.

Ilustrações (1) Felipe Del Rio (2) Augusto Zambonato janeiro 2021 super 11
sn. fatos

Caetano Veloso com-


partilhou sua rotina
de pilates com segui-
dores no Instagram.

enquanto
isso...
Por Guilherme Eler e
Carlos Eduardo Hara

Analisando o DNA de espigas


com 2 mil anos, cientistas
recriaram a história evolutiva
do milho nas Américas. (1)

Um estudo estimou 1,2


Fósseis brasileiros recriam origens dos pterossauros
milhão de barragens em rios Pequeno réptil que vivia por aqui pode ser parente mais próximo dos gigantes voadores.
pela Europa, quase o dobro
do que se imaginava. (2)
Fósseis de lagerpetídeos – pequenos Além disso, ambos os animais têm den-
répteis semelhantes a um lagarto – encon- tes com três cúspides (pontas). O comum
trados no Brasil indicam uma ancestrali- para jacarés e dinossauros, por exemplo,
dade comum com os pterossauros. Esse é ter apenas uma. Por fim, apesar dos
parentesco era desconhecido pela ciência lagerpetídeos não possuírem asas e não
até então. Max Larger, pesquisador da USP serem voadores, eles têm um antebraço e
envolvido no estudo, falou à Super sobre uma mão mais alongados do que o normal
Cientistas descobriram que a descoberta. para um réptil.
machos de grilo fazem furos
em folhas para amplificar sua Por que esse link foi feito só agora? O que Lagerpetídeos não voam. Como surgiu
voz, como um megafone. (3)
tínhamos antes eram fósseis incompletos, essa habilidade? O que diferencia os
como a região da bacia e dos membros pterossauros dos outros répteis são as
posteriores. Com os novos registros, co- asas. Elas são ligadas ao dedo anelar, que
meçamos a entender melhor a anatomia é tão grande quanto o próprio braço do
do bicho como um todo, com parte do animal. Pensávamos que, ao encontrar o an-
crânio, coluna e braços. Foi dessas par- tepassado do pterossauro, seria um animal
tes que ainda não eram conhecidas que com o dedo já alongado – mas ainda não o
A Jaxa, agência espacial extraímos as evidências de que eles são achamos. Porém, os lagerpetídeos viviam
japonesa, coletou amostras parentes dos pterossauros. em árvores, o que indica que a origem dos
de gás do asteroide Ryugu, a pterossauros pode estar nos animais pla-
10 milhões de quilômetros de
distância da Terra. (4)
Quais são essas evidências? Primeiro, nadores – esquilos voadores, por exemplo,
temos a ponta da mandíbula, que é afi- fazem parte desse grupo. Os lagerpetídeos
nada tanto nos pterossauros quanto nos não planavam, mas podem ajudar a explicar
Fontes (1) PNAS (2) Politecnico di Milano (3)
Proceedings of the Royal Society B (4) Jaxa. lagerpetídeos, como se fosse um bico. essa transição. Carolina Fioratti

12 super janeiro 2021 Ilustração Augusto Zambonato


Em 84 países, blasfemar é crime
Entre os anos de 2014 e 2018, 674 crimes de blasfêmia foram registrados em 41 países. O campeão em
prisões, investigações e punições com motivação religiosa é o Paquistão, responsável por 27% dos casos.

10 Kuwait (15)

5 Egito (44) 2 Irã (96) 3 Rússia (58)

8 Bangladesh (19)
9 Arábia
Saudita (16)
6 Indonésia (39)

4 Índia (51)

1 Paquistão (184)

Legenda 7 Iêmen (24)


# País (número de registros)
Registraram crimes de blasfêmia
1%
Blasfêmia é crime (mas não houve casos)
Sem leis que punem blasfêmia 3% 1%

7%

Falar ou agir contra uma os países do top 10, exceto Crimes de blasfêmia 7%
fé religiosa pode implicar Rússia, Indonésia e Índia, por crença religiosa*
punições severas – e até têm o islamismo como sua Islamismo
mesmo a morte – em religião principal – o islã é a Cristianismo 56%
diversos países. 84% dos religião de 56% dos acusa- Ateísmo 25%
crimes de blasfêmia entre dos. Advogados, intelectuais Fé Bahá’í
2014 e 2018 aconteceram e trabalhadores da imprensa Hinduísmo
na Ásia, em ilhas do Pacífico são alvo de quase a metade Budismo
ou no Oriente Médio. Todos das acusações de blasfêmia. Outra

Fonte “Relatório Violating rights: Enforcing the world’s blasphemy laws”, feito pela Comissão Internacional de Liberdade Religiosa. *Entre 342 dos 674 casos analisados no estudo.

119
foi o número de esqueletos encontrados em Huey Tzompantli, uma torre mortuária subterrâ-
nea construída por astecas na Cidade do México entre os anos de 1486 e 1502 – e investigada
pela ciência desde 2015. Após a descoberta, assinada por arqueólogos do Instituto de Antropo-
logia e História do México, o total de caveiras no local saltou para 600. Acredita-se que a tal
torre seja um anexo de um templo dedicado a Huitzilopochtli. O deus asteca do Sol, da guerra
e do sacrifício humano era muito cultuado na então capital do império asteca, Tenochtitlán –
atual território da Cidade do México.

janeiro 2021 super 13


sn. fatos

Walmart
3 notícias sobre quer
Camuflagem estrear
caminhão
Uma brancura indesejada, um verde chamativo e um par de asas furtivas. Rafael Battaglia autônomo
Após cumprirem
18 meses de
testes, em que
funcionaram sob
supervisão de
pilotos humanos,
os veículos sem
motorista do
Walmart poderão
estrear para
valer em 2021 nos
Estados Unidos.
Os caminhões
foram criados em
parceria com a
startup Gatik, e
já transportam
produtos entre
um depósito e

1. 2. 3.
um mercado
de Bentonville,
Arkansas, sepa-
rados por dois
quilômetros. Para
Falta de sincronia Esconde-esconde Fala que eu (não) te escuto 2021, os planos
A cor da pelagem das lebres- A Fritillaria delavayi é uma erva Morcegos identificam presas são expandir
da-montanha acompanha as usada na medicina tradicional usando ecolocalização (a ha-
as entregas ao
estações do ano: fica escura no chinesa há mais de 2 mil anos. bilidade de flagrar obstáculos
verão e branca no inverno. Na Ela existe em várias cores com ajuda do eco), o que Estado vizinho,
Escócia, contudo, as mudanças (marrom, cinza e verde) – e, torna camuflagens visuais Louisiana. Lá, os
climáticas reduziram a época de agora, os cientistas descobri- inúteis. Para escapar deles, caminhões sairão
neve ao longo das últimas déca- ram o porquê dessa variedade. certas mariposas têm asas de uma loja em
das. E, com isso, desregularam Em regiões onde a colheita é com uma camada de escamas
Nova Orleans e
essa adaptação. Agora, os bichos maior, a planta fica mais ca- que absorve som. Com isso, o
ficam ao menos 35 dias com pelo muflada. É por isso que, nesses sonar emitido pelos morcegos irão até um ponto
branco em um ambiente sem locais, há menos incidência do produz menos eco ao encostar de retirada em
neve – o que pode torná-los alvo tipo verde, que se destaca no nelas, dificultando a caçada – e Metairie – uma
fácil para predadores. (1) habitat montanhoso. (2) poupando a vida dos insetos. (3) distância de 32
quilômetros.

A busca por Meningite


Tuberculose
1889 1981 92 anos
1882 1927 45 anos
imunidade Ebola 1976 2019 43 anos
Veja Qua l o tempo Hepatite B 1965 1981 36 anos
en tr e a descoberta
do agen te causa dor Sarampo 1953 1963 10 anos
de um a doença e a Caxumba 1945 1949 4 anos
a provação de um a
vacina con tr a el a. Covid-19 2019 2020 11 meses

1880 1900 1920 1940 1960 1980 2000 2020

14 super janeiro 2021 Fonte Our World in Data


Não é bem
assim...
Notícias que
bombaram por
aí - mas não
são verdade

A notícia

Camelôs do
Rio de Janeiro
vendem vacina
contra Covid-19
O que ela dizia
Ambulantes do bairro
de Madureira, na zona
2 norte da capital cario-
ca, comercializavam
uma versão chinesa
do produto, ainda
Queimadas humanas destroem mais que as naturais não aprovada pela
Anvisa, por R$ 50. É
Além de avançarem mais rápido, elas também matam até três vezes mais árvores. o que afirmava uma
reportagem de um
veículo de imprensa
O último an0 foi marcado por uma sé- média, 1,83 km por dia – mais que o dobro local, baseada em uma
rie de queimadas florestais, sobretudo nos da velocidade de queimadas induzidas por foto e um depoimento
EUA, Austrália e Brasil. O clima seco faz descargas elétricas (0,83 km/dia). Eventos de um morador nas
aumentar os incêndios, mas ações humanas naturais matam de duas a três vezes menos redes sociais.
podem amplificar – e muito – os danos. árvores que os produzidos por humanos.
a verdade
Agora, um estudo americano descobriu O fogo, é claro, é o mesmo, seja causado O boato, repercutido
que queimadas causadas por humanos são por uma bituca de cigarro ou por um raio. por parte da imprensa,
mais destrutivas e se espalham mais rápi- A diferença é que incêndios naturais ocor- não pôde ser confirma-
do que as naturais. Cientistas compilaram rem sazonalmente, enquanto os humanos do. A única postagem
dados de satélite de 214 incêndios flores- podem causar queimadas a qualquer mo- sobre o suposto
produto foi apagada,
tais da Califórnia entre 2012 e 2018. Os mento – incluindo quando o clima é mais depois, pelo autor
provocados por humanos avançaram, em favorável para o espalhamento das chamas. da publicação. Uma
equipe de reportagem
da CNN Brasil que
visitou camelôs em
Madureira por dois dias
IA usa mensagens do Facebook para prever doenças psicológicas não achou evidências
de que o imunizante
Pessoas com depressão, esquizofrenia ou transtorno bipolar costumam dar indícios de seu fosse mesmo vendido
quadro de saúde nas redes sociais. Essa foi a hipótese investigada num novo estudo, publicado na ali. Após as denúncias,
revista NPJ Schizophrenia. Cientistas usaram inteligência artificial para analisar dados do Facebook Anvisa e Polícia Federal
abriram um inquérito
– como imagens e conversas no chat – de 223 voluntários. Investigando dados de 18 meses antes do para apurar a suposta
diagnóstico, o algoritmo apontou doenças psicológicas com 77% de acerto. Palavrões e expressões venda. Nada foi confir-
ligadas à percepção (ouvir, ver, sentir) foram indícios de doenças psicológicas no geral. Pessoas mado até agora.
com mudanças repentinas de humor também eram as que mais postavam fotos com tons de azul.

Ilustrações Augusto Zambonato Fontes (1) Lack of phenological shift leads to increased camouflage mismatch in mountain hares
(2) Commercial Harvesting Has Driven the Evolution of Camouflage in an Alpine Plant. (3) Moth wings are acoustic metamaterials janeiro 2021 super 15
sn. playlist

Pinta cerca. A 3ª temporada de Cobra Kai, que se passa 35 anos


depois de Karatê Kid, chegou à Netflix. Abaixo, seis

Encera carro coisas que você não sabia sobre Daniel LaRusso e cia.
Texto Rafael Battaglia Design Natalia Sayuri Lara

quase atores acidentes magia quase ficou licença


autobiografia considerados de percurso do cinema de fora poética

Na adolescência, Para o papel prin- Na cena da festa de Para a cena em Havia dúvidas se O Goju-ryu mistura
o roteirista Ro- cipal, entraram Halloween, William que Miyagi cap- Morita, comedian- movimentos fortes
bert Mark Kamen no páreo Robert Zabka (Johnny) tura uma mosca te de TV e califor- e suaves e tem
apanhou de va- Downey Jr., Nicolas acabou chutando com hashis, a niano de nascença, como mote o con-
lentões em Nova Cage e Charlie de verdade a cara primeira tentativa daria um bom sr. tra-ataque. Mas o
York. Depois da Sheen, ainda jovens de Ralph. Já Rob foi "desacelerar" os Miyagi. Mas o ator "chute da garça"
surra, conheceu o e pouco conheci- Garrison (Tommy, insetos colocando- usou suas memó- da luta final é pura
Goju-ryu, estilo de dos. Ralph Macchio um dos amigos -os na geladeira rias de criança para invenção de Kamen,
karatê desenvol- foi escolhido pela de Johnny) teve o – não rolou. Só criar o doce, porém que buscava um
vido em Okinawa magreza e falta de nariz quebrado por deu certo quando triste, sensei (ele golpe mais visual.
(Japão) pelo sen- coordenação para Fumio Demura, pegaram uma foi enviado para De fato, não faz
sei Chojun Miyagi lutar, o que com- mestre em karatê e daquelas bolinhas um dos campos de sentido: as mãos no
(1888-1953). Da ex- binava com o per- dublê de Pat Morita de roupa de lã para concentração man- alto ajudam pouco

Fontes: IMDb, Sports Illustrated.


periência, nasceu a sonagem. Crispin (sr. Miyagi). simular o bicho e o tidos pelos EUA no impulso, e o
ideia para escrever Glover, o George amarraram a uma durante a 2ª Guer- apoio em um só pé
Karatê Kid (1984). McFly de De Volta cordinha. Voilà. ra para japoneses e destrói o equilíbrio.
para o Futuro, foi descendentes). No
cotado para viver fim, foi indicado
Johnny Lawrence. ao Oscar.

CANAL CANAL
The School of Life The Sound Traveler
YouTube YouTube
Dá para mudar a própria Nova York, Paris, Rio. Egito,
Pérolas do personalidade? Por que
ficamos procurando defeitos
Japão, Islândia. Passeios por
vários cantos do mundo, com
streaming em nós mesmos? Existe algum
jeito realmente eficaz de frear
o áudio captado no sistema
binaural: que usa microfones
a ansiedade? Veja as respostas especiais, no formato das
da filosofia e da psicologia orelhas humanas. O resulta-
para essas e outras questões do é incrível: feche os olhos,
emocionais neste canal, criado e parece que você está lá.
pelo escritor Alain de Botton. Atenção: o efeito binaural só
Em inglês (ative as legendas). funciona em fones de ouvido.

16 super janeiro 2021 Fotos Reprodução/Divulgação


Edição Bruno Garattoni

Socialismo
versus O novo filme do Christopher Nolan “A
nazismo Em Tenet (“princípio", em inglês), o diretor imagina a criação de uma pandemia
A Alemanha conse-
tecnologia que permite inverter o fluxo do tempo. O resultado é uma
ficção científica intrincada, bem ao estilo de Interestelar e A Origem, com é o nosso
guiu se industrializar,
sequências grandiosas e geniais – e várias linhas narrativas simultâneas.
O filme foi lançado nos cinemas em novembro e agora chega ao streaming.
‘momento
mas não evoluiu politi-
camente: manteve leis Tenet. R$ 18,90. AppleTV+, Net NOW e UOL Play. Noé',
injustas e elitistas, que
empobreciam o povo –
contanto
que en-
e isso, somado à derrota
na 1 a Guerra Mundial,
desaguou numa revolu-
A história da mulher no Brasil contremos
ção de tons socialistas
em 1918. Neste livro
O machismo brasileiro e sua infeliz
tradição de violência doméstica são estru-
a Arca
ágil e fácil de ler, a his- turais – e têm raízes comuns com o regime dos laços
toriadora Isabel Loureiro
mostra como e por que
escravocrata e patriarcal montado pelos
portugueses (que chegaram a trazer para cá que nos
grupos conservadores
apoiaram o que viria a
as chamadas “órfãs do rei", moças tiradas
da Europa para se casar com imigrantes
unem",
ser o nazismo: queriam no Brasil). Partindo do Descobrimento, a
escreve o Papa
usá-lo para barrar mu- historiadora Mary Del Priore investiga as
Francisco neste livro
danças sociais. lutas e as conquistas das mulheres nos
em que reflete sobre o
últimos cinco séculos.
A Revolução Alemã ano de 2020, desen-
[1918-1923]. R$ 32. Sobreviventes e Guerreiras. R$ 54,90. volve suas ideias sobre
economia e política e
conta como faz para
não se desesperar com
a imensidão dos pro-
filme filme blemas do mundo:
Half Empty/ On the Rocks (2020) ele procura pensar
Half Full (2018) AppleTV+
em soluções concre-
Amazon Prime
Laura acha que está sendo tas para cada um e
Dois casais se encontram traída pelo marido e vai
para jantar e tomar um vinho. lembrar que a injus-
pedir conselhos ao pai, Felix:
Uma das mulheres está grávi- um alcoólatra que ignorou
tiça, a indiferença e o
da, não pode beber para não a infância da filha e agora egoísmo são exceções
prejudicar o feto, mas pega tenta se reaproximar dela anormais – não parte
uma tacinha mesmo assim. investigando o tal adultério. da natureza humana.
Essa imprudência desenca- Estrelado por Bill Murray e
deia uma série de ataques e dirigido por Sofia Coppola,
revelações entre os quatro, repetindo a parceria do me- Vamos Sonhar
com um final surpreendente. morável Lost in Translation. Juntos. R$ 34,90.

janeiro 2021 super 17


sn. tech

Um equalizador
Ele é uma mera pecinha de
silicone. Mas promete fazer coisas
surpreendentes: turbinar a audição,

para os ouvidos
tornando as músicas mais detalhadas,
e até deixar você mais calmo.
Texto Bruno Garattoni
Design Natalia Sayuri Lara

som direto
Normalmente, as ondas sonoras
batem nas paredes do canal
auditivo e reverberam ao entrar
no ouvido, gerando distorções.
Com o “funil”, isso não acontece:
elas entram de forma ordenada.

30
O gadget se chama Calmer, foi criado pela em- Normal
Corrigido
presa inglesa Flare Audio, e é uma pecinha que você 20
Volume (em decibéis)

insere nos ouvidos, como se fosse um fone – só que


10
é aberto no meio, como um funil. Ele atenua sons
de frequências que estimulam a amígdala , região 0
cerebral relacionada ao medo. Por isso, promete deixar
você mais calmo (daí seu nome). Eu usei o produto -10

por um mês, todos os dias, e não notei nenhuma me-


-20
lhora de humor – talvez porque já estivesse, em geral,
tranquilo. Mas constatei outro benefício prometido: o 63 125 250 500 1000 2000 4000 8000 16000

ato de ouvir música se torna mais prazeroso. Graves e Frequência (em Hertz)
agudos ficam mais intensos, e os sons médios ficam
bem mais nítidos. Você repara em detalhes que nunca frequênciaS corrigidaS
tinha ouvido. O efeito é imediatamente perceptível, A pecinha atenua as ondas sonoras entre 2.000 e
e surpreendente. O produto é bem confortável (você 8.000 Hertz, evitando que saturem o sistema auditivo.
até esquece que está usando) e custa 20 euros. O resultado é um som mais nítido e agradável.

Dissociable representations of the acoustic features and valence of aversive sounds. S Kumar e outros, Newcastle University, 2012.

18 super janeiro 2021 Fotos Reprodução/Divulgação


Edição bruno garattoni

Luz anti- você decide


coronavírus Os projetos mais
interessantes
(e surpreendentes)
A luminária Philips UV-C (R$ 1.299)
usa luz ultravioleta para desinfectar
do mundo do
ambientes de até 28 metros quadrados, crowdfunding
matando 99% dos vírus e bactérias.
Basta apertar um botão, sair do recinto e
aguardar o processo de esterilização, que
leva 15 a 45 minutos. O gadget desliga
automaticamente se detectar movimen-
to no ambiente (pois a luz UV-C pode
causar danos aos olhos e à pele).

Digital, Carregador de mão


mas sem
pilha Identificador
As fechaduras eletrôni- de pássaros
kickstarter.com
cas são práticas (dispen-
sam chaves e podem ser Projeto Bird Buddy
controladas pela internet), O que é Um alimentador
mas têm um problemão. de pássaros que tira fotos
Se a pilha acabar, você fica O Unibank (US$ 120) é um power bank deles. Quando o bicho
preso do lado de fora. portátil com bateria de 5.000 mAh, su- pousa na casinha para
A Aflred ML2 (US$ 230) ficiente para recarregar um smartphone comer, o gadget captura
é diferente: ela é recarre- duas vezes. Nada demais, certo? Mas ele uma imagem e a envia
gada por um transmissor tem um truque interessante: seu modo para um app. Ele usa
sem fio, que é instalado manual, que movimenta um dínamo inteligência artificial para
dentro de casa e envia interno para gerar eletricidade. 90 identificar a qual espécie
eletricidade pelo ar, usan- segundos puxando a cordinha do apa- o passarinho pertence – e
do a tecnologia Wi-Charge, relho produzem energia suficiente para mostra essa informação
para a fechadura. alimentar um celular por até 25 minutos. junto com a foto dele.
Meta US$ 60 mil
Chance de rolar bbbb

O notebook do Um microscópio
no celular
Edward Snowden kickstarter.com
Projeto iMicro Q2
O que é Uma lente que
Ele se chama Librem, custa US$ 1.600 e transforma o smartphone
tem tela de 15”, sistema Linux e uma versão em microscópio. Segundo
modificada do chip Core i7 – sem os recursos de seus criadores, ela amplia
monitoramento criados pela Intel. A webcam, as imagens em 800x, o
o microfone e as antenas Wi-Fi e Bluetooth têm que é suficiente para ver
botões liga-desliga que os desconectam fisica- objetos de 1 micrômetro –
mente da placa-mãe. Tudo para garantir que o como os detalhes de um
notebook não está espionando você. É a máquina fio de cabelo ou os glóbu-
preferida do ex-analista Snowden, que revelou los vermelhos do sangue.
segredos dos EUA e hoje vive escondido na Rússia. Meta US$ 10 mil
Chance bbb

janeiro 2021 super 19


capa

a
reinvenção do

Esqueça os adoçantes artificiais. A nova arma


da indústria alimentícia são os açúcares de
alta tecnologia, que foram redesenhados em
laboratório e prometem o mesmo gosto do
açúcar comum – com 40% a 90% menos calorias.
açúcar

janeiro2021
janeiro 2021 super 21
super 21
Texto Nicola Twilley 
Foto Studio Oz 
Ilustrações Natalia Sayuri Lara
Design Juliana Krauss 
Edição e tradução Bruno Garattoni

30 g
é o consumo diário
Durante a semana, menos dele. O produto recomendado,
Eran Baniel sempre re- foi batizado de Incredo, segundo a OMS.
cebe três alertas no celu- uma referência à incredu-
lar, todos os dias às 10h, lidade envolvida: será que
12h e 15h: “hora da prova”. realmente dá para fazer
Hoje é segunda de manhã doces idênticos aos ori-
e estamos num complexo ginais colocando metade
de escritórios perto de Tel do açúcar?
Aviv, em Israel. Baniel está Na sede da empresa,
sentado a uma mesa, com todos os cantos estão
dois pratos de bolachas de abarrotados de gulo-
chocolate. Parecem iguais, seimas preparadas com
mas não são: o prato à es- Vários Incredo – cookies, cho-
querda contém a amostra países, colates, balas de goma,
792, e o da direita tem a inclusive o potes de creme de avelã.
Brasil, estão
amostra 431. Baniel toma começando
Em testes cegos condu-
um gole d’água, prova as a incluir ad- zidos por um instituto
bolachas e me convida a vertências independente, mais de
fazer o mesmo. A 431 me nos rótulos 2/3 dos consumidores
parece mais gostosa – um de produtos preferiram as bolachas
muito
pouco mais cremosa, tal- açucarados
com Incredo àquelas
vez –, mas não é isso que – e até preparadas com açúcar
ele está avaliando. As duas elevando os comum, e 74% disseram
bolachas foram feitas se- impostos que comprariam Nutella
guindo a mesma receita, sobre eles. feita com o novo produto.
mas uma delas contém Logo eles poderão fazer
40% menos açúcar. Baniel isso: neste ano, o Incredo
tem de descobrir qual é. começará a ser fabricado
Em 2014, ele fun- em escala industrial pela
dou a DouxMatok, uma Sudzucker, maior produ-
startup israelense que tora de açúcar da Europa,
agora está lançando seu e por uma grande empre-
primeiro produto: um sa dos EUA – cujo nome
açúcar modificado, que é mantido em segredo.
foi redesenhado para fi- O sigilo faz parte de
car mais doce e permite uma disputa entre mul-
preparar alimentos, como tinacionais, que estão
as bolachas que estamos investindo em pesquisa
comendo, usando muito e desenvolvimento para

22 super janeiro 2021


tentar alcançar uma me- um caso da década de
ta: continuar vendendo 1940, quando o açúcar
coisas doces num mundo era racionado em Israel.
que se mostra cada vez A vizinha dele pergun-
mais resistente ao açúcar. tou se Avraham, como
Nos EUA, as pessoas Muitos países come- químico, conseguiria um
consomem em média çaram a incluir adver- pouco de farinha de mi-
76 gramas de açúcar tências na comida in- lho, pois ela queria fazer
por dia – quase o dustrializada [no Brasil, um pudim. Ela achava
a regra começa a valer em que a consistência grossa
triplo do ideal. outubro] e até aumentar os e grudenta da farinha en-
impostos sobre os produ- volveria a língua, deixando
tos altamente açucarados. o pudim gostoso mesmo
Essas medidas parecem com bem pouco açúcar.
estar fazendo efeito. Com Avraham ajudou a vi-
a opinião pública se vol- zinha, e depois foi fazer
tando contra o açúcar, a o próprio pudim. Desco-
indústria de alimentos briu que ela estava certa:
39 g tem prometido reduzir quanto mais viscoso o
é a quantidade sua quantidade. O proble- pudim, mais doce ele fi-
presente num copo ma é que ele não é fácil cava. Então, para reduzir
de refrigerante. de substituir. Nenhuma a quantidade de açúcar,
das alternativas artificiais talvez o melhor cami-
criadas no último século nho fosse redesenhá-lo.
é tão irresistível, ou tão Quando você coloca algo
versátil, quanto o açúcar. doce na boca, a sua sali-
A imposição de novas va dissolve os cristais de
regras, a pressão das au- açúcar, mas só 20% deles
toridades e o sentimento se conectam aos recep-
do público criaram uma tores de sabor na língua.
espécie de pânico, e uma Todo o resto é simples-
onda de inovação, na in- mente engolido e desce
dústria. A corrida não é pela garganta – você
para criar um substituto consome aquelas calorias,
ao açúcar; é para dese- mas nem sente o sabor
nhar um novo açúcar. delas. Avraham começou
O método da Doux a estudar uma maneira de
Matok para reestruturar melhorar a conexão dos →

74
os cristais de açúcar foi
inventado pelo pai de
Eran, o químico indus-
trial Avraham Baniel.
Ele patenteou a técnica
em 2015, quando tinha
96 anos de idade; hoje
tem 101, e finalmente es-
tá aposentado. Avraham
começou a refletir sobre
o açúcar na década de
%
1990, quando trabalhou
como consultor para
uma empresa inglesa
de adoçante. O produto
estava vendendo mal, e das pessoas, em um
pesquisas mostraram que teste, aprovaram o
as crianças, em especial, sabor de Nutella feita
continuavam preferindo com Incredo, um
açúcar de verdade. Então açúcar modificado.
Avraham se lembrou de
cristais com os nossos e em 2014 fundaram a Chemical Senses Center,
receptores gustativos, DouxMatok (o nome sig- na Filadélfia, estudando
e passou a misturar sa- nifica “duplamente doce”, os mecanismos molecu-

a
carose (açúcar comum) em hebraico). lares por trás dos gostos
com outras substâncias. doces. Os humanos evolu-
Depois de algum tempo, íram num ambiente cheio
teve a ideia de usar sílica. de substâncias tóxicas, e
A sílica, ou dióxido de por isso são altamente
silício (SiO2), já é usada sensíveis a sabores que
pela indústria de ali- possam significar perigo.
mentos como “agente de Mas os venenos da natu- A saliva demora para
quebrar as moléculas
fluidez” (para evitar o em- reza geralmente não são de sacarose que
pedramento de farinhas, doces. Além disso, a coisa formam o açúcar.
por exemplo), e passa pelo mais doce que os homi- Por isso, apenas
sistema digestivo sem ser nídeos primitivos tinham 20% delas são de-
metabolizada. Cada grão- para comer eram as frutas. compostas na boca.
zinho de sílica é cinco ve- Hoje vivemos cercados
zes mais fino do que um por alimentos muito do-
fio de cabelo – invisível ces, mas nossos recepto-
a olho nu e indetectável Até o final do século 18, res ainda estão calibrados
pela língua. A DouxMa- quando a produção de para a delicada doçura de
tok inventou um processo açúcar começou a ser uma banana. “Seria bom
químico que gruda sílica mecanizada, a maioria se os receptores se tor-
nos cristais de açúcar. Eles das pessoas consumia nassem mais sensíveis,
continuam sendo 99% muito pouco dos cha- porque aí comeríamos
sacarose, mas a adição mados açúcares “livres”, menos açúcar”, diz Mar-
da sílica tem dois efeitos. que são adicionados aos golskee. “Mas isso ainda
Primeiro, ela se desprende alimentos. Um america- vai demorar mais algumas
do açúcar dentro da boca, no médio podia passar a centenas de milhares de
e isso aumenta a super- vida inteira sem comer anos, no mínimo.”
fície de contato entre a nenhum doce industriali- Essa discrepância en-
saliva e os cristais [veja zado, muito menos os io- tre os nossos receptores
infográfico na pág. 26]. gurtes, cereais matinais, gustativos, que são pouco
Além disso, os pontinhos bolachas e bebidas ado- sensíveis, e a alimenta-
onde a sílica estava gruda- çadas que encontramos ção ultradoce do mundo
da ficam “amorfos”, com nos supermercados. Hoje, moderno levou médicos
as moléculas de sacarose esse mesmo americano e gurus das dietas a re-
desordenadas – e, por isso, médio ingere nada menos comendar adoçantes ar-
se dissolvem muito mais que 19 colheres de chá, tificiais. O primeiro foi
facilmente na língua. Co- ou 76 gramas, de açúcar a sacarina, um derivado
mo é muito mais solúvel, “livre” por dia. É assim, do alcatrão que chegou
o Incredo satura rapida- também, porque nossos ao mercado no final do
mente as papilas gusta- receptores gustativos que século 19. Depois vieram
tivas, produzindo uma detectam o sabor doce vários outros, dos quais o
forte sensação de doçura. são menos sensíveis do mais famoso é o asparta- 20%
É mais ou menos como o que os outros. A língua me, lançado na década de
algodão-doce, cujo açúcar consegue detectar o sabor 1980. Os adoçantes foram
é derretido numa pane- amargo mesmo em bai- ganhando má reputação –
la – e, por isso, se torna xíssimas concentrações, muita gente acha o gosto
amorfo. Ele parece bem de poucas partes por mi- ruim, e que eles fazem mal
mais doce do que o cho- lhão – mas, para que um à saúde. Em 1951, quando
colate ou os refrigerantes, copo d’água fique doce, os refrigerantes e sobre-
por exemplo, mas contém precisamos colocar nele mesas diet começaram a
muito menos açúcar. uma colherada de açúcar. proliferar, o ciclamato foi
Avraham e Eran pa- “Faz sentido, é para banido pela FDA, porque
tentearam sua tecnologia, isso que o sistema foi causava câncer de bexi-
fecharam acordos com desenhado”, diz o biólo- ga em ratos. A sacarina
investidores e grandes go Robert Margolskee. também foi banida por
empresas de alimentos, Ele trabalha no Monell muitos anos, depois que

24 super janeiro 2021


8080%
alguns estudos preocu-
pantes surgiram na déca-
da de 1970. Hoje, o con-
senso é que os adoçantes
não são cancerígenos
nas quantidades em que
são consumidos.
Mas o sabor deles é um
desafio mais difícil de re-
solver. A sacarina é mais
doce que o açúcar, e o as-
partame também (quase
200 vezes mais), mas eles
não são clones do açúcar.
“Você sabe, inconscien-
temente, qual é o ‘perfil
temporal’ da sacarose”,
diz Russell Keast, cientis-
ta de alimentos da Deakin
University, na Austrália.
“A onda de sabor doce,
a duração do pico, o re-
O açúcar
não serve só
para adoçar.
Ele é fun-
damental
para a
consistência
dos bolos,
por exem-
do açúcar que
comemos é
engolido antes
mesmo que a
língua tenha
tempo de
detectar o sabor.

os fabricantes o utilizam
promiscuamente, até em
alimentos – como maio-
nese, pão e molho de
pimenta – que não são
doces. Já a sacarina deixa
as bolachas farinhentas, o
aspartame se decompõe
quando é aquecido, e os
bolos feitos com sucralo-
se não crescem. O açúcar
é simplesmente indis-
pensável para a culinária.
Mas a sacarose, que é
obtida da cana-de-açúcar
ou da beterraba, não é o
único tipo de açúcar. Ao
longo dos anos, cientis-
tas identificaram dúzias
de sacarídeos naturais:
todos são variações da es-
trutura básica do acúçar,
trogosto”, explica. Com a plo (se você uma matriz molecular
sucralose, por exemplo, tentar fazer de carbono, hidrogênio e
esse padrão é diferente, um usando oxigênio. Alguns desses
de um jeito que a maioria adoçante, açúcares são bem conhe-
ele não
das pessoas acha desagra- cresce).
cidos: além da lactose e
dável. E muitos adoçantes da frutose, existe a ami-
têm notas metálicas ou lose (presente no amido
amargas, que têm de ser das batatas, do trigo e
disfarçadas com outros do arroz) e a maltose (do
ingredientes. malte, um cereal). Eles
Além disso, nenhum são metabolizados como
substituto artificial re- açúcares, e por isso têm
produz as funções do os mesmos problemas
açúcar. Ele evita a for- nutricionais da sacarose.
mação de gelo no sorvete, Também existem açú-
dá volume às massas, cro- cares extremamente raros
cância a bolos e bolachas – encontrados em fontes
e viscosidade às bebidas; improváveis, como algas,
melhora a estabilidade de secreções de insetos, resi-
molhos, dá cremosidade na de árvores e até em me-
ao chocolate, e até aumen- teoritos. Alguns deles se
ta o prazo de validade de comportam de forma di-
certos produtos. Por isso, ferente nos nossos corpos, →
janeiro 2021 super 25
e isso levanta a esperança
de que possam ser capa-
zes de entregar a doçura
do açúcar comum sem sua
carga metabólica. Até bem
sabores quando você es-
tá gripado. “Isso acontece
porque ele [o Dolcia Pri-
ma] é 30% menos doce”,
explica Abigail Storms,
Os novos açúcares
Como são feitas as versões cria-
recentemente, sabia-se vice-presidente de ino- das pela israelense DouxMatok e
muito pouco sobre esses vação da empresa. “Mas pela Nestlé – e por que elas são
compostos. A pesquisa de tem 90% menos calorias.” mais doces que o açúcar comum.
açúcares raros deu um sal- Na verdade, explica ela,
to em 1991, quando Ken os primeiros testes re-
Izumori, um professor do velaram que o corpo não 1. O AÇÚCAR COMUM
departamento de agricul- consegue digerir a alulose São cristais de sacarose, que
demoram para se dissolver na
tura da Universidade de e simplesmente a excreta, boca. Por isso, você só sente
Kagawa, no Japão, desco- o que faz dela um produ- o sabor de 20% do acúçar que
briu uma enzima capaz de to de zero caloria. Mas a ingere. Todo o resto desce
mudar o ângulo de três FDA decidiu que ainda direto pela garganta, sem
átomos de carbono pre- não há estudos suficien- se conectar aos receptores
de sabor da língua.
sentes na frutose, e com tes para determinar o real
isso transformá-la num teor calórico do produto.
2. A SÍLICA
açúcar totalmente dife- Enquanto me mostra
A DouxMatok criou um pro-
rente: a alulose, que existe o departamento de testes cesso que insere nanogrãos de
naturalmente, embora em da empresa, o diretor de dióxido de silício (sílica) nos
quantidades minúsculas, A ideia da tecnologia da Tate & Lyle, cristais de sacarose. Quan-
nos figos e no xarope indústria é Jim Carr, me dá um cara- do você coloca esse açúcar
de bordo (maple syrup). modificar o melo feito com manteiga, na boca, os nanogrãos se
açúcar para soltam. Eles não têm gosto
Izumori passou 20 anos baunilha e alulose. Ele é e são imperceptíveis na boca.
que ele se
pesquisando micróbios do decompo- denso, grudento, delicio- São engolidos e passam pelo
mundo inteiro até achar nha mais fa- so – como um caramelo sistema digestivo sem serem
um que produzisse essa cilmente na comum. A alulose cara- metabolizados.
enzima. Ele o encontrou boca. Dessa meliza, cresce, estabiliza,
no chão, atrás do café forma, dá dá textura e crocância aos
para sentir
da universidade. o sabor de alimentos. “Ela se com- 3. A DIFERENÇA
A multinacional Tate & mais cristais porta como o açúcar, por- Normalmente, as moléculas
Lyle, que produz açúcar há de sacarose que é um”, diz Carr. Mas, de açúcar são alinhadas. Mas
– e o açúcar, nos pontos em que havia sílica,
mais de 100 anos, já co- mesmo se comportando e ela se soltou, o açúcar fica
meçou a vender alulose na prática, quase exatamente como a
se torna diferente, com as moléculas
para a indústria de ali- mais doce. sacarose na cozinha, esse dispostas de forma irregular.
mentos, com o nome de açúcar é alien o suficiente Por isso, a saliva consegue
Dolcia Prima. Na minha para passar pelo intestino quebrá-las mais depressa.
visita à sede da empresa, humano sem ser digerido
nos arredores de Chica- ou fermentado.
go, encontrei cientistas A Tate & Lyle criou um 4. O RESULTADO
fazendo bolachas doces método que usa milho Uma porcentagem maior da
para testar o produto. para produzir alulose, e sacarose consegue se conectar
Visualmente, o Dolcia isso torna o produto bara- às papilas gustativas presentes
Prima é idêntico ao açúcar to (embora não tão barato na ponta da língua. Por isso,
o açúcar da DouxMatok é
comum: um pouco menos quanto o açúcar comum). mais doce. Dá para preparar
brilhante, talvez, porque Apesar disso, a indústria e adoçar alimentos usando
os cristais de alulose têm alimentícia inicialmente 40% menos dele.
um formato diferente (são o encarou com cautela. A
bastões, não cubos como alulose precisa ser lista-
5. AÇÚCAR ESTRUTURADO
os cristais de sacarose). da como um “açúcar adi- A Nestlé criou uma técnica
Na boca, ele se compor- cionado” nos rótulos dos diferente: uma mistura de
ta mais ou menos como produtos, o que poderia açúcar, leite em pó e água é
a sacarose. Sua doçura afastar os consumidores. borrifada e secada numa câ-
cresce em intensidade e Então a Tate & Lyle pas- mara pressurizada. O resultado
são cristais amorfos e cheios
e depois permanece, mas sou cinco anos tentando de furinhos – que também
é um pouco mais fraca, convencer a FDA, com derretem mais rápido.
como acontece com os estudos independentes

26 super janeiro 2021


mostrando que a alulo-
se não aumentava o ní-
Existem duas manei- vel de glicose no sangue
ras de modificar os nem causava cáries. No
cristais de sacarose. ano passado, a agência
Mas a ideia é a mes-
ma: torná-los mais finalmente cedeu e deter-
“derretíveis”. minou que, nos rótulos,
a alulose não precisa ser
discriminada como um
açúcar. Aí a indústria
rapidamente procurou
a Tate & Lyle, querendo
incluir o Dolcia Prima em
seus produtos.
Antes de eu ir embora,
Storms e Carr me fazem
provar mais doces feitos
com alulose: sorvete,
cookies, bolachinhas e
uma barra de proteína
sabor blueberry, tão doce
que fez meus dentes do-
erem. “Você não precisa
comer inteira”, disse Carr
ao notar minha dificulda-
de. No caminho de volta
para o aeroporto, dei duas
trufas de alulose para o
motorista do meu táxi.
Ele comeu uma, gostou
(“hummm”) e disse que
ia guardar a outra para a
namorada. “Zero caloria?”,
me perguntou, incrédu-
lo. “Você tem certeza?”.
Assim que chegamos ao
aeroporto e eu saltei do
carro, vi o taxista pegar e

e
comer a outra trufa.

Em 2018, a gigante ali-


mentícia Nestlé lançou
um novo produto na Eu-
ropa, o Milkybar Wowso-
mes. Era uma barrinha de →
chocolate, branco ou co-
mum, que continha 30%
menos sacarose – porque
era feita com um novo
açúcar, “aerado e poro-
so”. A invenção da Nestlé
explora um princípio si-
milar ao do Incredo. Para
Com uma enzima,
criar um cristal de açú- é possível transfor-
car que se dissolve mais mar o açúcar das
facilmente na língua, os frutas, a frutose,
cientistas da empresa su- em alulose – que é
íça misturaram sacarose quase totalmente
livre de calorias.
com leite, borrifaram
um spray da mistura e
o secaram numa câmara
pressurizada. Olhando no
microscópio, cada grão-
zinho parece um queijo
suíço, com reentrâncias
e bolsas de ar que dimi-
nuem a quantidade de
sacarose por cristal.
Mas o Wowsomes não
vendeu bem, e a Nestlé
o tirou do mercado no
ano passado. Os con-
sumidores reclamaram
que a parte de dentro
era massuda e seca, não
derretia. Também disse-
ram que o Wowsomes era
muito caro. Ele custava
mais para fabricar que o
chocolate comum. Mas,
“psicologicamente, as
pessoas sentem que, se
você está tirando algo
de um produto, ele tem
de ser mais barato”, diz a
nutricionista Petra Klas-
sen-Wigger, do setor de
pesquisas da Nestlé. Ela
diz que a empresa pro-
vavelmente irá usar seu
açúcar redesenhado em
outros produtos, e tam-
bém está desenvolvendo
uma nova tecnologia de
redução de açúcar, que
será lançada este ano (os
detalhes são confiden-
ciais, mas ela é baseada
em fermentação).
Cada um dos açú-
cares alternativos tem
suas vantagens e des-
vantagens. A alulose da
Tate & Lyle tem menos

28 super janeiro 2021


Uma diferença

0.4
sutil (e crucial)
Processo químico converte açúcar
das frutas em outro tipo, que não
é metabolizado pelo corpo humano.

1. O AÇÚCAR COMUM
A matéria-prima do processo é a frutose,
o açúcar presente nas frutas. Ele é tão
calórico quanto a sacarose (o açúcar de
cana). Cada 1 grama contém 4 kcal.

2. UM OUTRO AÇÚCAR
Existe uma bactéria, a Pseudomonas sp,
capaz de converter a frutose em outro
açúcar: a alulose. Ele é quase idêntico à
frutose (só muda o ângulo de três átomos).
0,4
calorias que os produtos da
DouxMatok e da Nes-
tlé. Ela também pode
ser usada em bebidas,
enquanto os outros não
(pois a sacarose modi-
ficada se decompõe em
contato com a água). Mas,
se você substituir o açú-
car comum pela mesma
quantidade de alulose,
vai acabar excedendo os
limites permitidos pe-
la FDA na maioria dos
alimentos. Isso se deve
a uma particularidade
nas regras impostas pe-
la agência. Para evitar
que as pessoas ingiram
alulose acima da quanti-
dade diária considerada
A alulose já
foi liberada
pela FDA (a
Anvisa dos
EUA). Mas
a agência
decidiu
limitar a
quantidade
kcal
por grama é o
teor calórico da
alulose – 90%
menor que do
açúcar comum.

sabor estranho, doçura


retardada ou persistente
demais, sensação gelada
na boca ou consequências
digestivas indesejadas.
Já o produto da Doux
Matok não está sujei-
to a restrições da FDA,
porque é 99% sacarose.
Mas ele também exige
que as receitas sejam re-
formuladas. Se você tirar
as 57 colheres de chá de
açúcar presentes num
pote de Nutella, e subs-
tituí-las por 35 colheres
de Incredo, o pote vai
ficar nitidamente vazio.
E o creme seria doce o
suficiente, mas todas as
suas outras característi-
3. O SEGREDO segura, a FDA pegou esse dela per- cas estariam erradas.
Essa bactéria produz uma enzima, a limite e repartiu entre vá- mitida nos A chef Estella Belfer,
D-tagatose 3-epimerase, que converte o rias categorias de produto alimentos que é especialista em do-
açúcar. A substância pode ser isolada e – iogurte, cookies, doces, – e, por isso, ces e jurada do programa
usada, em fábricas, para produzir alulose. a substância
bebidas, etc. não poderá
de TV Bake-Off Israel, me
O resultado é que o substituir contou alguns dos desa-
nível de alulose permi- totalmente fios de cozinhar com o
tido em cada um desses o açúcar Incredo. “Fazer chocolate
alimentos acabou sen- comum. é fácil. Eu simplesmente
do significativamente substituo o açúcar por
4. A FABRICAÇÃO
menor. Na prática, isso uma quantidade menor
A empresa inglesa Tate & Lyle criou um
processo que isola a frutose do milho quer dizer que a alulo- [do Incredo]. E os cookies
e então a converte, usando a tal enzima se quase sempre terá de ficam até melhores, mais
da bactéria, para fabricar alulose. ser combinada a outros crocantes”, diz. “Mas em
ingredientes: farinha de bolos e cupcakes, aí tem
milho, para dar volume; uma arte envolvida.”
talvez um adoçante na- O açúcar é altamente
tural, como a estévia; e responsável pela textura
“álcoois de açúcar”, como macia e fofinha de um
5. O RESULTADO o xylitol e o erythritol. E bom bolo. O Incredo se
O corpo humano tem dificuldade em cada um desses ingre- comporta exatamente da
quebrar as moléculas de alulose. Por isso, dientes tem seus pró- mesma forma, mas vo-
esse açúcar fornece 90% menos calorias.
E tem o mesmo gosto do açúcar comum.
prios problemas, como cê usa uma quantidade →
janeiro 2021 super 29
75 75%
muito menor dele, e isso
cria problemas. Belfer diz
que conseguiu recuperar
as características dos bo-
los misturando outros
ingredientes ao Incredo,
como fibras solúveis e
proteínas vegetais, “mas
não é fácil”. Eran Baniel,
o CEO da DouxMatok,
diz que já viu muitos fa-
bricantes de alimentos
tendo dificuldades com o
produto, e agora só envia
amostras junto com um
funcionário da própria
empresa. “Nosso açúcar
precisa de uma babá”, diz.
Provo um dos bonitos
cookies feitos por Estella
com o novo açúcar, e te-
nho um momento de
preocupação. Biologica-
Se você for
cozinhar
com o
açúcar da
DouxMa-
tok, usará
uma quan-
tidade 40%
menor, pois
ele é mais
doce. Mas
dos alimentos
industrializados
contêm o
chamado “açúcar
livre”, ou seja,
adicionado pelos
fabricantes.

assim: ‘ei, vocês estão me


excitando por nada’”, diz
o biólogo Robert Margol-
skee. Mas ele explica que
o corpo humano tem um
mecanismo de segurança
para garantir que o nível
de insulina no sangue só
aumente quando o açúcar
cai na corrente sanguínea
(e não, apenas, quando ele
é detectado na língua).
Há outra questão. A
sacarose e os adoçantes
artificiais, mesmo em con-
centrações indetectáveis
pelas papilas gustativas,
estimulam áreas diferen-
tes do cérebro. E tipos
diferentes de açúcar inte-
ragem de maneiras distin-
tas com os micróbios do
sistema digestivo. Incrivel-
isso tem um
mente, a nossa capaci- problema: mente, nós temos recepto-
dade de sentir sabores desbalan- res de sabor doce não só
doces não existe apenas ceia toda na língua, mas em todo o
para dar prazer, mas tam- a receita. corpo. Vinte anos atrás,
bém preparar o resto do cientistas da Universida-
corpo para uma onda de de Liverpool encontra-
de açúcar: ao receber o ram receptores desse tipo,
sinal das papilas gusta- idênticos aos presentes na
tivas, o pâncreas começa boca, na parede do intes-
a produzir mais insulina. tino. De lá para cá, células
Quando esses processos receptoras de sabor tam-
param de funcionar como bém foram encontradas
deveriam, o resultado é em outras partes do trato
diabetes. Será que é uma gastrointestinal, no siste-
boa ideia ficar enganando ma nervoso, na pele, nos
o meu pâncreas, dizendo testículos e nos pulmões.
para ele se preparar para A ciência ainda não
uma certa quantidade de entende o funcionamento
açúcar, e depois entregar da maioria dessas célu-
só a metade? “Sim, o seu las. Yanina Pepino, pro-
pâncreas falaria algo fessora de nutrologia na

30 super janeiro 2021


Universidade de Illinois, até um dos malfadados E, se continuarmos na
me contou uma desco- Wowsomes, que conse- trajetória atual, metade
berta surpreendente. Em gui comprar num site. da população mundial
O açúcar estruturado, uma experiência recente, Recebi respostas como terá sobrepeso ou obe-
da Nestlé, foi rejei- os voluntários secreta- “isso está estragado?”, sidade até 2035. Um em
tado pelos consumi- ram menos insulina em “parece papelão” e “por cada seis americanos
dores europeus. Por resposta à glicose quando que o gosto é tão ácido?”. será diabético. Antes de
isso, a empresa está
desenvolvendo outra haviam provado sucralo- Mas duas das guloseimas se tornar CEO da Tate &
técnica – baseada na se antes. Simplesmente agradaram minhas visi- Lyle, o executivo Nick
fermentação. bochechar um líquido tas: os Wowsomes (“eu Hampton trabalhou na
com esse adoçante, sem comeria tranquilamente”) PepsiCo (dona da mar-
engolir, já era suficiente e os caramelos de alulose ca de salgadinhos Elma
para desregular os me- (“isso é um produto mul- Chips). Lá, ele conseguiu
canismos de insulina do timilionário!”). cortar em 50% a quan-
corpo. Yanina acredita Enquanto eu guardava tidade de sal nas bata-
que o sabor doce, tendo os doces que sobraram, tinhas fritas vendidas
calorias ou não, seja capaz pensei em todo o dinhei- na Inglaterra, ao longo
de afetar o metabolismo ro e a engenhosidade de um período de cinco
por si só. “Ele é um sinal científica colocados ne- anos, sem que os consu-
muito potente”, diz. “E les. E comecei a refletir: midores percebessem.
eu acho que nós estamos será que nós não pode- “Dá para fazer isso com
mirando no alvo errado ríamos, simplesmente, o açúcar também? Seria
quando tentamos criar comer menos açúcar? interessante”, diz.
produtos com o mesmo Os gatilhos biológicos Nos últimos anos,
nível de doçura, e sim- estudados por pesquisa- vários fabricantes con-
plesmente reduzir as dores como Margolskee seguiram reduzir o açú-
calorias.” O cientista de parecem incontornáveis, car dos cereais matinais
alimentos Russell Keast mas eles só viraram um sem prejudicar as vendas
pensa na mesma linha. problema quando o açú- dos produtos. Mas Mar-
“Toda vez que a gente car se tornou barato e golskee e seus colegas
tenta driblar a nossa bio- onipresente. A indústria encontraram indícios de
logia, vai haver danos co- de alimentos descobriu que satisfazer o desejo
laterais em algum lugar”, nossa queda para o do- humano pelo sabor doce
diz. Já Margolskee é mais ce, e a amplificou: hoje, talvez não seja tão fácil
otimista. “Eu acho que 75% de toda a comida quanto ajustar o nosso
daqui a cinco anos será industrializada contém uso de sal.
possível reduzir 80% a açúcar “livre”, adicionado. Assumindo que isso
90% do açúcar da co- seja possível, reduzir o te-

50
mida, e manter a mesma or de açúcar nos alimen-
sensação doce”, diz. “Não tos exigiria a cooperação
é um sonho impossível.” da indústria numa escala
Depois de experi- gigantesca, que nunca foi
mentar tantos produtos tentada. Mesmo os cien-
feitos com novos tipos tistas que estão tentan-
de açúcar, eu meio que do redesenhar o açúcar
perdi minha noção de admitem que o melhor
preferências alimenta-
res. Antes da pandemia, % caminho é ir reduzindo
os níveis dele aos pou-
quando recebi amigos cos, para recalibrar nosso
em casa para jantar, dei paladar – e as inovações
a eles amostras dos do- tecnológicas são uma
ces exóticos que eu tinha solução sofisticada, mas
guardado. Caramelos de temporária. Da mesma
alulose, um potinho de da população do
forma que o único bom
Nutella feita com Incre- mundo terá obesida- substituto para o açúcar é
do, uma versão limitada de ou sobrepeso até o próprio açúcar, a única
do Kit Kat, só vendida 2035, se mantiver a maneira de ingerir menos
no Japão, que é adoçada alimentação atual. açúcar, infelizmente, é co-
com polpa de cacau, e mer menos dele. S
sociedade

campos de
concentração na
Cerca de 1 milhão de chineses muçulmanos já foram mandados para um
dos 380 “campos de reeducação” construídos nos últimos anos. Há relatos
de tortura, trabalhos forçados, lavagem cerebral e até experiências médicas.

32 super janeiro 2021


M
China
Texto Tiago Cordeiro
e Bruno Garattoni
Ilustração Davi Augusto
Design Carlos Eduardo Hara
Mihrigul Tursun nas- onde foi novamente presa
ceu em 1989 na Região
Autônoma de Xinjiang,
no noroeste da China,
onde vivem 22 milhões
de pessoas. Doze milhões,
ela inclusive, são da etnia
em 2017: mais três me-
ses, divididos entre uma
cadeia e um hospital psi-
quiátrico. Em 2018, veio a
última – e pior – detenção.
Mihrigul foi levada para
uigur: um povo muçul- um “centro de reeducação”
mano cujo território foi construído pelo governo
ocupado pelos chineses chinês, onde ficou numa
no século 17 (“xinjiang” cela com mais 40 mulhe-
significa “nova frontei- res. Elas eram obrigadas
ra” em chinês). Quando a tomar comprimidos
Mihrigul tinha 12 anos, que as faziam desmaiar
se mudou para Guang- e um líquido branco que
zhou, no sul da China, causava efeitos estranhos
onde cursou o ensino – hemorragias em algu-
médio. Acabou ficando mas mulheres, e a inter-
por lá, onde fez faculdade rupção da menstruação
de economia e arrumou em outras. Mihrigul diz
emprego numa empresa que nove colegas de cela
que faz negócios com o morreram durante o tem-
Oriente Médio. Quando po em que ficou presa.
tinha 21 anos, ela viajou Ela chegou a ser levada
para o Egito, onde conhe- para uma sala de tortura,
ceu seu marido. Eles se onde foi eletrocutada.
casaram, Mihrigul teve Sob pressão do consula-
trigêmeos e ficou por lá do egípcio, as autorida-
até 2015, quando resol- des chinesas acabaram
veu voltar para a China, soltando Mihrigul após
levando os filhos. Foi pre- três meses. Mas havia
sa assim que chegou ao uma última armadilha.
país, sem saber o motivo. “Duas horas antes de me
As crianças foram levadas informarem que eu seria
pelas autoridades. Quan- solta, me deram uma inje-
do Mihrigul foi solta, três ção”, disse ela em depoi-
meses depois, descobriu mento ao Congresso dos
que uma delas havia EUA (país onde obteve
morrido, e as outras du- asilo e vive atualmente).
as tinham sinais de maus- Exames médicos revela-
tratos. Ela foi impedida ram que Mihrigul havia
de deixar a China e ficou sido esterilizada.
morando em Xinjiang, A China confirma que →

janeiro 2021 super 33


ela foi presa, suspeita de
os presos
A economista Mihrigul
ligações com terrorismo, Tursun, de 31 anos, foi presa
três vezes pelo governo
mas nega os maus-tratos chinês. Na última delas, foi
e torturas, e diz que seus
campos de reeducação
não são cadeias. “Os cen-
têm de tomar mandada para um dos
campos, onde ficou 90 dias.

tros de educação e treina-


mento em Xinjiang são remédios. sem
saber o motivo.
escolas, não ‘campos de
concentração’. Todos os
centros possuem depar-
tamentos médicos, que
oferecem serviços gratui- Depois dos atentados,
tamente aos trainees”, de- o país também foi im-
clarou um porta-voz do plantando um sistema de
governo ao jornal estatal hipervigilância na região,
Global Times. Segundo as onde aplica suas tecnolo-
autoridades, lá as pesso- gias mais modernas. Em
as aprendem mandarim dezembro de 2020, o jor-
e têm acesso a cursos de nal americano Washing-
requalificação profissio- ton Post teve acesso a um
nal. Mas essa versão não documento, assinado por
tem colado. Em outubro funcionários da empre-
de 2020, um grupo de 39 sa de telecomunicações
países liderado pela Ale- Huawei, que apresentava
manha fez um protesto às autoridades chinesas
na ONU, conclamando um novo tipo de inteli-
a China a “respeitar os
direitos humanos, par-
ticularmente os direitos
gência artificial: capaz
de analisar imagens de
câmeras em tempo real
22
milhões
quer controlar os uigures.
Mas não é fácil fazer isso
com milhões de pessoas
de pessoas pertencentes e reconhecer rostos ui- de pessoas sem incorrer em uma boa
a minorias religiosas e gures, para então alertar vivem na dose de violência – física
étnicas, especialmente a polícia sobre a presen- região de e psicológica.
Xinjiang, no
em Xinjiang e no Tibete”. ça de pessoas dessa etnia. noroeste da
Imagens de satélite ana- Em 2016 e 2017, a China China. Mais Culpados por existir
lisadas pela ONG Aus- convocou toda a popula- da metade, “No início de 2016, a polí-
tralian Strategic Policy ção de Xinjiang para exa- 12 milhões, cia começou a prender as
Institute revelam que (1) mes de rotina em postos são uigures: pessoas de noite, secreta-
um povo
há 380 campos do tipo, e de saúde da região. Mas islâmico
mente”, declarou a muçul-
outros 14 sendo constru- eles eram meio estranhos. perseguido mana Sayragul Sauytbay
ídos. Estima-se que mais Segundo o uigur Tahir por Pequim. ao jornal israelense Haa-
de 1 milhão de uigures Amin, que fez os exames retz. Ela nasceu e cresceu
já tenham passado pelos e os descreveu ao jornal em Xinjiang, onde se tor-
campos, cuja construção New York Times, os médi- nou professora, mas sua
foi acelerada em 2014, cos nem se preocuparam família é do Cazaquistão.
quando dois atentados em usar um estetoscópio “Em 2017, eles começaram
terroristas, em maio para checar seu coração. a pegar pessoas que ti-
e junho, deixaram 134 Mas, além de tirar uma nham parentes fora da
mortos e centenas de fe- amostra de sangue, co- China. Vieram até minha
ridos em Xinjiang. Além lheram as impressões casa, colocaram um saco
de espalhar pânico entre digitais, escanearam o na minha cabeça e me le-
a população da região, as rosto e gravaram a voz varam até o que parecia
ações foram uma afron- dele. Esse conjunto de uma cadeia.” Sauytbay
ta ao governo chinês – o informações físicas, ge- foi interrogada e libera-
presidente da China, Xi néticas e eletrônicas pode da, mas por poucos me-
Jinping, havia visitado a estar sendo usado para ses. “Em novembro, me
região em março, quan- alimentar um monstru- disseram para ir até um
do prometera enxotar os oso banco de dados, sem determinado endereço e
terroristas “como ratos”. igual no mundo. A China esperar a polícia por lá.” →

34 super janeiro 2021 (1) xjdp.aspi.org.au


Área para
receber visitas

Centro comunitário

Centro policial

Hospital

a prisão Edificações diversas

vista de cima
A estrutura de um dos centros
chineses, revelada por uma
imagem de satélite.

O campo fica na região de Xinjiang, Alojamentos de


no noroeste da China, e sua imagem alta segurança
foi capturada pela empresa america- (prisionais)
na Planet Labs, que opera satélites
de monitoramento para empresas
(no Google Maps, a imagem do local
foi perceptivelmente alterada, e não
mostra a área prisional). Torres de vigilância

janeiro 2021 super 35


conflito antigo Entenda as raízes da discórdia
entre a China e os uigures.

1. A origem Os uigures 2. A religião A partir do sé- 3. o domínio No século 4. a repressão Os uigures


surgiram há 6 mil anos, se culo 10, os uigures aderiram 17, a China ocupou terras se rebelaram em 2009
espalharam pela Ásia Central ao islamismo e adotaram uigures pela primeira vez. e novamente em 2014 –
e acabaram por se instalar seus costumes (incluindo Eles reassumiram o controle quando houve um atentado
na região do deserto de trajes, barbas, orações na em alguns momentos, como terrorista durante a visita
Taclamacã. Adaptados ao direção de Meca e dieta sem 1933 e 1944. Mas, desde de Xi Jinping, presidente da
lugar, com invernos abaixo de carne de porco). Chegaram a então, nunca mais foram China, à região. A partir daí,
zero, eles se acostumaram a formar impérios, reunindo ci- independentes. Hoje a área se a repressão aumentou: e
conviver com tentativas de dades-estado, especialmente chama “Região Autônoma de hoje há quase 400 “campos
expansão territorial chinesa. entre os séculos 9 e 11. Xinjiang”, e é parte da China. de reeducação” de uigures.

Rússia
Localização de alguns
dos campos em que
Cazaquistão
uigures são mantidos
Mongólia à força em Xinjiang.

xinjiang

China

Índia Região Autônoma de


Xinjiang, onde vivem
22 milhões de pessoas –
12 milhões de uigures.

36 super janeiro 2021


os campos uma etnia que habita a
Ásia Central há mais de
6 mil anos. Atualmente,

têm aulas de vivem no Paquistão, no


Cazaquistão, no Quir-
guistão, no Uzbequistão

‘reeducação’ e e na Mongólia – mas


principalmente na Chi-

louvor à china.
na. Desde o século 10,
A professora Sayragul Sayu- são majoritariamente
tbay diz ter sido levada para islâmicos. Ao longo de
um dos campos, onde lecio-
nou mandarim e músicas de sua trajetória, essa etnia
teor político aos alunos – que de mais de 70 anos, que trombou com os chineses
usavam correntes nos pés. choravam sem parar”, em diferentes ocasiões.
lembrou. Um de seus alu- Por duas vezes, no século
nos era um dos homens 20, os uigures chegaram a
mais ricos da região onde ser independentes. A pri-
vivia. Ao fim de uma aula, meira delas foi entre no-
pediu a ela alguns segun- vembro de 1933 e abril de
dos para olhar pela janela, 1934. Quando, com apoio
para ver a luz do sol à qual do ditador socialista Josef
não tinha acesso da cela. Stalin, os uigures funda-
Desapareceu de um dia ram a República do Tur-
para o outro. Ela desco- questão Oriental, numa
briu depois que o homem extensa e montanhosa
morreu de hemorragia faixa de terra localizada
cerebral. Sidik também no extremo noroeste da
soube das cirurgias de China. A independência
esterilização realizadas foi retomada em 1944,

92%
Quatro homens aparece- foi convocada para dar em mulheres de idades mais uma vez com su-
ram, cobriram a cabeça aulas do idioma dentro variadas, de adolescen- porte da União Soviética,
dela com um saco e a co- de um dos campos, em dos chineses
tes a idosas. A professora interessada em manter
locaram num carro, que 2018. Ficou apavorada. pertencem acabou sendo deslocada uma república sob seu
rodou durante uma hora. Fazia anos que ela ouvia à etnia han. para outro campo de de- controle bem na fronteira
Ela havia sido levada para relatos de que vizinhos Eles são tenção. E aí, mesmo já com os chineses. Mas em
um dos campos de reedu- seus, uigures como ela, favorecidos tendo 50 anos de idade, 1949, quando Mao Tsé-
e costumam
cação, onde deveria ensi- eram detidos sem motivo obter os
também foi submetida a Tung chegou ao poder e
nar chinês aos detentos. aparente, e desapareciam melhores uma cirurgia de esteri- a China se tornou aliada
Sauytbay teve de assinar sem deixar rastros. “Uma empregos. lização. “Sangrei muito, dos soviéticos, o apoio
um documento aceitando colega viu o próprio pai, a Os uigures passei um mês no hospi- russo desapareceu e os
as regras do campo, que mãe e três irmãos serem são trata- tal.” Em 2019, ela acabou uigures voltaram a habitar
dos como
proibiam rir, chorar ou presos pela polícia. Eles cidadãos
conseguindo autorização um território controlado
conversar com os inter- ouviam que, para quem de segunda para ir embora da China, por Pequim. Oficialmen-
nos. “[O documento] dizia lê o Alcorão, a pena de classe. e hoje vive na Holanda. te, Xinjiang é uma região
que se eu não cumprisse prisão é de oito anos”, Há dezenas de de- autônoma. Status idênti-
minha tarefa, ou não obe- disse ela em entrevista ao poimentos como esses, co ao do Tibete, onde as
decesse, receberia a pena jornal francês Libération. coerentes entre si – os lideranças locais não têm
de morte.” Além de lecio- Na primeira aula, Sidik relatos contêm detalhes liberdade política nem
nar mandarim, Sauytbay notou que os alunos che- semelhantes, mesmo nos administrativa. Em Xin-
tinha de ensinar músicas garam com correntes nos casos de sobreviventes jiang, na prática, também
e slogans políticos aos pés. Ela começou com o que não se conhecem e não existe autonomia.
alunos. Em março de cumprimento tradicio- foram levados a campos Desde a década de
2018, ela foi liberada e nal muçulmano: salaam diferentes. A China ale- 1950, a China privile-
fugiu para o Cazaquistão. aleikum (“que a paz este- ga que está combatendo gia os cidadãos da etnia
Seu caso não é o ja sobre você”). Ninguém o terrorismo e tentando han, que hoje represen-
único. Qelbinur Sidik respondeu. Ela constatou integrar os uigures. Mas tam 92% do 1,39 bilhão
era uma professora de que não era permitido ex- tem uma história antiga de habitantes do país.
mandarim com 28 anos pressar nenhum sinal de de rivalidade com esse Os han costumam rece-
de experiência quando fé. “Encontrei senhores povo. Os uigures são ber melhores empregos →

janeiro 2021 super 37


e são escolhidos para
cargos de liderança. Os
uigures são tratados co-
os uigures vêm
mo cidadãos de segunda
classe, e também por isso
desejam a independência.
tendo menos
Essa intenção ficou mais
forte a partir de 2009, filhos. e podem
desaparecer.
quando eles realizaram
uma semana de protes-
tos, violentamente repri- 16 mil mesquitas, ou 65%
midos pelas autoridades do total existente na
região de Xinjiang, foram
chinesas, em Ürümqi, a nas duas maiores cidades depredadas ou destruídas
capital de Xinjiang. Após de Xinjiang tenha caído nos últimos anos.
os atentados terroristas 84% entre 2015 e 2018.
de 2014, o país proibiu Segundo ele, essa queda
o ensino do idioma ui- é resultado de uma ação
gur nas escolas e o uso estatal coordenada, que
de transporte coletivo envolve a colocação de
por homens com barbas e DIU (dispositivo contra-
mulheres com turbantes, ceptivo), abortos forçados
numa clara restrição da e cirurgias de esterili-
liberdade religiosa. zação. O relatório pro-
Em 2017, o Consórcio duzido pela Australian
Nacional de Jornalistas Strategic Policy Institu-
Investigativos (ICIJ) ob- te indica que boa parte
teve cinco documentos (2), das mesquitas da região
supostamente elabora-
dos pelo governo chinês,
que tratam dos campos
foram destruídas ou de-
predadas nos últimos
anos. Imagens de satéli-
84%
foi a queda
podem sair de lá. É para
o bem deles, e de vocês
também”. Os oficiais de-
de Xinjiang. Eles trazem te permitiram identificar na taxa de vem convencer os jovens
instruções sobre como que 16 mil mesquitas, ou natalidade com as seguintes afirma-
“evitar fugas”, “eliminar 65% do total, sofreram al- uigur entre ções: “Se seus familiares
2015 e 2018,
violações comportamen- gum tipo de ataque. segundo um
não passarem por estu-
tais” e “promover o arre- Mas, mesmo fazen- estudo pu- do e treinamento, nunca
pendimento e a confissão do tudo isso, o governo blicado nos vão entender os riscos da
dos estudantes”, deixando chinês não tem como EUA. Isso religiosidade extremista.
claro qual é o real pro- prender ou controlar 12 seria resul- Valorizem essa oportuni-
tado de um
pósito desses locais. Mas milhões de uigures. En- conjunto
dade de receber educação
os uigures também são tra em cena outra ferra- de ações gratuita que o partido e
duramente perseguidos menta: a comunicação. Os do governo o governo proporcionam,
fora deles. “A política de documentos obtidos pelo chinês. para que essas pessoas
esterilização não aconte- ICIJ revelam que as auto- erradiquem pensamen-
ce apenas nos campos de ridades temem a reação tos errados, e também
prisão, mas também nas dos estudantes universi- aprendam chinês e uma
áreas rurais”, diz Ablet tários uigures que vivem nova profissão”.
Bakir, presidente da em outros locais do país, De fato, em suas co-
Dutch Uyghur Human voltam para casa nas fé- municações públicas, o
Rights Foundation, uma rias e descobrem que su- governo chinês alega
ONG holandesa que aju- as famílias simplesmente que cada um dos pre-
da uigures. “É uma ação sumiram. Eles poderiam sos era um terrorista em
de Estado, com metas, se mobilizar e dar início potencial, que precisava
que vêm sendo atingi- a uma onda de manifes- passar por um centro de
das”, afirma. Em junho tações. Para evitar que educação e correção ca-
de 2020, o antropólogo isso ocorra, a orientação racterizado por práticas
alemão Adrian Zenz di- é dizer: “Seus pais foram moderadas – procurada
vulgou um relatório so- enviados para campos pela Super, a embaixada
bre o tema (3), estimando de reeducação. Eles não da China no Brasil não se
que a taxa de natalidade são criminosos, mas não manifestou sobre o tema.
(2) www.icij.org/investigations/china-cables/read-the-china-cables-documents/
(3) Sterilizations, IUDs, and Mandatory Birth Control: The CCP’s Campaign to Suppress
38 super janeiro 2021 Uyghur Birthrates in Xinjiang, Adrian Zenz, The Jamestown Foundation, 2020.
Mas foi só recentemente ‘transformação ideológica’
que Pequim passou a usar tenha sido completada”.
essa argumentação. Antes, Para conseguir a liber-
simplesmente negava que dade, precisam passar por
os campos existissem. testes que confirmem isso.
Em junho de 2019, de- “O objetivo é eliminar os
pois que um grupo de 22 uigures do território chi-
países, incluindo Canadá, nês, seja evitando que
França, Alemanha, Rei- nasçam novas pessoas
no Unido e Austrália, se da etnia, seja acabando
manifestou pela primeira com os hábitos dos locais.
vez sobre os campos de O que está acontecendo é
detenção, Pequim reagiu genocídio”, afirma.
divulgando uma carta de Mas não só. Os uigu-
defesa, assinada por em- res têm sido obrigados a
baixadores de 37 nações, fazer trabalhos forçados,
incluindo Rússia, Arábia inclusive em outras re-
Saudita, Nigéria e Coreia giões. Segundo a ONG
do Norte. Em fevereiro de Australian Strategic Po-
2020, a Organização das licy Institute, centenas de
Nações Unidas solicitou empresas chinesas esta-
acesso à região, a fim de riam se beneficiando des-
averiguar as acusações. sa mão de obra – gente
Não obteve nenhuma como Gulzira Auelkhan
resposta. Os Estados e Yerzhan Kurman, dois
Unidos impuseram san- uigures que teriam sido
ções ao secretário do levados para um centro
Partido Comunista de industrial na cidade de
Xinjiang, Chen Quanguo, Ghulja, em Xinjiang, on-
um membro do podero- de foram obrigados a tra-
so Politburo chinês, e a balhar em uma fábrica de
mais três autoridades. A luvas, recebendo apenas
medida impede quais- 20% do salário mínimo
quer empresas ou cida- vigente na região.
dãos norte-americanos O gerente da fábrica,
de fazer negócios com Wang Xinghua, conce-
as autoridades citadas, deu uma entrevista à TV
e também as proíbe de estatal chinesa, a que os
pisar nos EUA. pesquisadores do Austra-
É difícil acreditar na lian Strategic Policy Ins-
versão de Pequim, por- titute tiveram acesso. Na
que parece absurdo que gravação, ele diz: “Graças
haja 1 milhão de supostos ao apoio do governo, já
terroristas numa mesma recrutamos mais de 600
região. “Não existe ne- pessoas, e pretendemos
nhuma prova a respeito chegar a mil trabalha-
das afirmações do go- dores até o fim do ano.
verno chinês”, diz Ablet Com isso, geramos mais
Baki. “Os documentos de US$ 6 milhões em
vazados indicam que os vendas”. Enquanto não
detentos podem ser libe- consegue se livrar dos
rados, depois de um ou uigures, a China trata de
dois anos, desde que sua lucrar com eles. S
ciência

A história do brasil
contada pelos

genes
Texto Maria Clara Rossini
Ilustração Tayrine Cruz
Design Natalia Sayuri Lara
Edição Bruno Vaiano

80% dos genomas sequenciados até hoje no mun-


do são europeus. Mas um projeto chamado DNA do
Brasil quer mudar esse placar. A importância
disso não é só recontar nosso passado. É também
tornar a medicina do futuro mais igualitária.

40 super janeiro 2021


e
Em 2003, o Projeto Ge-
noma Humano comple-
tou o sequenciamento
do DNA de um ser hu-
mano pela primeira vez.
A façanha foi fruto de 13
anos de pesquisa e US$ 3
bilhões de investimento
– na ponta do lápis, essa
brincadeira saiu um dólar
por cada letra do código
genético de um único
indivíduo. Em reais, no
câmbio da época, isso dá
pouco mais que a verba
da USP inteira em um ano.
Mas o jogo virou rá-
pido: hoje, apenas du-
as décadas depois, já é
possível decifrar todo
o genoma de qualquer
mortal em 24 horas por
menos de US$ 500. Essa
pechincha é resultado
de um avanço estratos-
férico: um novo estojo
de técnicas conhecidas
pela sigla NGS (em por-
tuguês, “sequenciamento
de nova geração”). Graças
ao NGS, o Reino Unido
já sequenciou 100 mil
genomas, e mira em 500
mil até 2024. A Islândia
afirma já ter em mãos o
DNA exato de todos os
364 mil habitantes da
ilha. China e EUA tam-
bém estão investindo pe-
sado no sequenciamento. →

janeiro 2021 super 41


É promissor, mas o uma delas representa uma livro inteiro com letras a história de alguma po-
problema é que 80% dos moleculinha diferente: as que variam de pessoa para pulação. O Brasil, porém,
genomas estudados até bases nitrogenadas adenina, pessoa. Você pode ter um é um caso à parte – com
hoje são de indivíduos eu- timina, guanina e citosina. A na segunda letra da ter- a miscigenação maciça
ropeus ou de ascendência Bilhões delas, misturadas, ceira linha da página 123, de povos e a baixa com-
europeia (1). Essa falta de enfileiram-se como mi- enquanto seu amigo pode preensão do genoma de
variedade, você descobri- çangas de um longo colar ter um G no mesmo local. populações indígenas e
rá ao longo do texto, é um – o moleculão de DNA. A Europeus Esses pontos do DNA on- africanas, SNPs inéditos
empecilho para a ciência ordem em que as letras de há variação de letras podem brotar em qual-
e a saúde. Mas o panora- aparecem é o código ge- apresen- são chamados de SNPs, quer canto.
ma deve mudar a partir nético.“Sequenciamento” abreviação em inglês para E brotam: um projeto
da década de 2020, em significa decifrá-lo letra tam uma polimorfismo de nucleotídeo de sequenciamento ge-
parte graças a esforços
vindos daqui: o genoma
por letra. E não é fácil: es-
ticada, cada cópia do nos-
variedade único. Eles são a principal
forma de variação genéti-
nômico de 1,7 mil bra-
sileiros, concluído em
dos brasileiros, um dos so DNA mede 1,8 metro. genética ca entre indivíduos. 2020, revelou 2 milhões
mais diversos do mun- Impressas, todas as le- Na nossa metáfora, de variantes genéticas
do, está prestes a entrar tras do seu genoma pre- bem não dá para olhar um nunca vistas, que não
em campo com o proje-
to DNA do Brasil. Vamos
encheriam 1.250 livros
do tamanho de Game of
menor único livro e ignorar os
outros 1.249. Essas le-
estavam registradas em
nenhum banco de dados
conhecê-lo nas próximas Thrones. Só com letrinhas: que a de trinhas-chave surgem internacional. Algumas
páginas – começando pela GATTACATC... Ah: quase por mutações aleatórias dessas variantes estão
parte do DNA. todos os meus livros são africa- que não fazem questão de em trechos do DNA que
Você pode pensar no cópias dos seus, já que nos . se concentrar em apenas não têm função conhe-
código genético de cada 99,9% do genoma é idên- um volume: estão salpi- cida. Outras, em partes
indivíduo como o manual tico em todos os humanos. cadas aleatoriamente por plenamente operacionais:
de instruções para cons- Esse 0,1% que sobra todos eles. Já é possível os genes. Eles têm muita
truir e operar o organis- é considerável. Apesar prever onde esses SNPs história para contar, pois
mo. Ele é feito de um “al- de ser pouco perto dos aparecem mais e olhar di- mutações neles podem
fabeto com apenas quatro 1.250 volumes, ele ainda retamente aqueles pontos ter impacto prático na
letras: A, T, G e C. Cada equivale a mais de um para estudar as doenças e nossa sobrevivência.
Por exemplo: brasi-
leiros contemporâneos

aquarela do brasil Uma foto étnica de um dos DNAs podem ter herdado dos
ancestrais nativos genes
mais diversos do mundo.
que dão resistência a do-
enças que dizimariam
100%
outros povos. “Não é fácil
sobreviver na Amazônia
se você não for indígena.
Esses grupos estão há
75%
10 mil anos convivendo
com parasitas únicos. É
provável que haja algum
sinal de adaptação nos
50% genes deles”, diz Tábita
Hünemeier, geneticis-
ta da USP. Em suma: o
Brasil precisava de um
25%

O projeto DNA do Brasil já sequenciou o genoma de


1.500 brasileiros. No gráfico acima, cada linha verti-
cal representa um deles. As linhas são divididas em Sul da Europa África
cores que mostram qual porcentagem do genoma
de cada pessoa veio de quatro subdivisões étnicas. Indígena Norte da Europa*

*Nem todos os genes do norte da Europa chegaram ao Brasil necessariamente com imigrantes alemães
ou holandeses. Muitos vieram de carona em portugueses, espanhóis ou italianos que já haviam se
miscigenado na própria Europa.
42 super janeiro 2021
grande projeto, que desse de acordo com o DNA de
conta de abraçar particu- cada um de nós. Proble-
laridades como essa. O mas de saúde raros geral-
projeto DNA do Brasil foi mente são identificáveis
lançado no final de 2019 pela mudança de uma
mirando em 15 mil geno- única letra no genoma,
mas; hoje a meta passou enquanto as mais co-
para 100 mil. O sequen- muns – como diabetes e
ciamento em si é feito pe- hipertensão – aparecem
la Dasa (controladora do associadas a centenas ou
do Delboni e de outros milhares de SNPs, que
laboratórios nacionais). mudam conforme o gru-
Os dados são armaze- po étnico. Ou seja: quan-
nados e processados pela to mais comum a doença,
Google Cloud, e a análise maior precisa ser a base
fica a cargo dos cientis- de dados para identificá-
tas de universidades de -la e combatê-la. Os ban-
todo o País. Os doadores cos de genomas europeus
dos genomas vão de ri- são homogêneos demais
beirinhos amazônicos a para dar conta da misci-
moradores das capitais, genação brasileira.
passando por tribos in- O desafio fica especial-
dígenas isoladas e comu- mente cabeludo quando
nidades quilombolas. nos damos conta de que
O objetivo não é só o continente africano, que
recontar nossa história contribuiu com parcela
evolutiva, mas também razoável do nosso DNA,
melhorar a medicina do é esmagadoramente mais
presente: terapias e me- diverso que a Europa do
dicamentos vão se tor- ponto de vista genético. O
nar muito mais precisos sapiens surgiu na África
quando forem modelados há 300 mil anos, e o resto
da Terra foi ocupado por
um grupo que saiu de lá
há 70 mil anos. Todos os
humanos não africanos
descendem dessa onda
migratória. Logo, têm
uma variedade genética
muito inferior à dos afri-
canos. Um estudo pu-
blicado em 2020 com o
genoma de 426 africanos
de diferentes países lista
3 milhões de variantes
genéticas inéditas (2).

Relógio genético
Apesar de existirem do-
cumentos que eviden-
ciam a miscigenação no
Brasil desde a chegada de
Cabral, foi só a partir de
1750 que ela se tornou
frequente a ponto de
deixar uma marca inde-
lével no genoma brasi-
leiro. O meio do século
18 foi marcado pelo auge →
Fontes: Lygia da Veiga Pereira, geneticista e coordenadora do projeto DNA do Brasil; Iuri Ventura, biólogo
e coordenador de conteúdo do meuDNA; Ricardo di Lazzaro Filho, médico e fundador da Genera; Michele
Migliavacca, geneticista da GeneOne; Guilherme Yamamoto, geneticista e bioinformata da GeneOne.
janeiro 2021 super 43
do ciclo de extração de metades dos bisavós. Is- começou pelo atual ter- (mtDNA). Essa é uma
ouro em Minas Gerais, so significa que você tem ritório de Pernambu- porçãozinha do DNA
pelo desembarque de um quarto do DNA de co. A população desses que não fica no núcleo
um enorme número de cada avô, um oitavo do Estados e seus vizinhos da célula, mas em uma
imigrantes europeus, pela DNA de cada bisavô… A possui a maior quantida- estrutura externa ao nú-
escravização em massa de contribuição de cada ge- de de marcadores genéti- cleo chamada mitocôndria.
indígenas e pelo pico de ração se dilui pela metade cos africanos (4), diluídos No momento da concep-
chegada forçada de afri- conforme avançamos ru- mesmo em pessoas com ção do bebê, é o óvulo
canos ao Brasil (3). mo ao passado. fenótipo branco. que fornece a mitocôn-
O genoma é um ca-
lendário preciso, capaz
de mostrar a história
75% Se você, por exemplo,
é de uma linhagem ma-
joritariamente europeia
Além da miscigenação
principal entre portugue-
ses, indígenas e africanos,
dria – sem participação
do espermatozoide. Suas
mitocôndrias vieram da
de um povo com grau e apenas um dos seus é possível aferir a chega- sua mãe, que vieram da
matemático de exatidão. dos bisavós foi indígena, um da de outros imigrantes mãe da sua mãe, que vie-
Isso é possível porque os
geneticistas são capazes
cromos- oitavo do seu genoma será
indígena. Quanto meno-
europeus entre os sécu-
los 19 e 20. A população
ram da mãe da mãe...
O mtDNA também
de contar quantas gera- somos Y res são os trechos de DNA menos misturada é a de sofre mutações ao longo
ções atrás um determi- de uma etnia no genoma origem oriental, por ser dos milênios. Cada li-
nado trechinho de DNA brasilei- de alguém, mais antigo foi a mais recente: o último nhagem tem um mtDNA
característico de uma ros são o cruzamento que inseriu grande fluxo migratório diferente, e diferenças
linhagem foi encaixado esse DNA na linhagem. foi o de japoneses, que maiores significam que
em outra linhagem por europeus. Esse método permitiu começou só em 1908. duas populações se se-
um cruzamento. verificar, por exemplo, pararam há mais tempo
Funciona assim: re- que a miscigenação no Tal mãe, tal filha e acumularam diferenças.
cebemos metade do ma- Nordeste é mais antiga Um modo de verificar a Com amostras de 1.200
terial genético da mãe, e – algo esperado, dado origem geográfica da li- brasileiros, a equipe do
metade do pai. Eles, por que os colonizadores nhagem materna de al- projeto DNA do Brasil
sua vez, receberam suas atracaram originalmente guém sem precisar olhar revelou que, em média,
metades de nossos avós. no litoral baiano e que a o genoma inteiro é anali- 36% do nosso DNA mi-
Que receberam suas chegada de escravizados sar o DNA mitocondrial tocondrial vem de mu-
lheres africanas, e outros
34% de nativas america-

Geografia O DNA mitocondrial (mtDNA) é passado aos filhos só pela mãe. Pessoas da
mesma etnia tendem a ter mtDNAs do mesmo tipo. Conforme o ser humano
se espalhou pela Terra a partir da África, foram surgindo os tipos de mtDNA
nas. Os 30% restantes
abarcam a Europa e um
pouco da Ásia. Entenda,

materna existentes hoje. O tipo original está identificado pela letra L. Abaixo, a história
de quatro típicos mtDNAs brasileiros – e como eles chegaram aqui.*
no mapa abaixo, a origem
de alguns mtDNAs e sua
chegada ao Brasil.
Do lado dos homens
– que pode ser rastreado

c1
Haplogrupo C1
Presente em indígenas.
Chegou da Ásia há 15 mil
d4
anos via Estreito de Bering.
h
Haplogrupo L2
N Ficou restrito à África desde
m a origem da humanidade.
Chegou com as escravizadas.
L2 L3
c1 Haplogrupo H
Presente em europeias.
L Chegou com as portuguesas,
italianas, alemãs etc.

Haplogrupo D4
Presente em asiáticas.
Chegou a partir de 1908 com
japonesas, coreanas etc.
*Aqui, ilustramos apenas alguns dentre centenas de haplogrupos. É uma simplificação: pessoas de uma mesma etnia
possuem diferentes haplogrupos entre si, e um mesmo haplogrupo pode aparecer em mais de uma população.

44 super janeiro 2021


pelo cromossomo Y de pequenas flutuações. para isso, precisamos
maneira análoga ao que Embora essa conclusão garantir que pessoas de
acontece com a mito- apareça em estudos da todas as etnias e faixas
côndria, já que apenas área há duas décadas, sua de renda tenham acesso
homens o possuem –, divulgação pela grande ao sequenciamento. Esse
esse equilíbrio não se mídia nunca havia ge- também é o único meio
mantém: 75% das linha- rado tanta repercussão de garantir que todos te-
gens paternas brasileiras como neste ano, em que nham acesso a futuros
são europeias, 14,5% afri- a notícia foi amplamente medicamentos, talhados
canas e 0,5% indígenas. compartilhada nas redes sob medida para o geno-
Os re s ul t ado s re -
fletem a miscigenação
assimétrica e o passado
70% sociais: “Em 2000, os
dados eram os mesmos,
mas a sociedade era outra
ma de cada paciente.
Com o sequenciamen-
to cada vez mais acessível,
violento do Brasil. Ficam das [...] Não dá para dissociar a comunidade científica
evidentes três coisas: o a história da biologia”, diz internacional se defron-
massacre dos homens linhagens Tábita Hünemeier. ta nas próximas décadas
indígenas, o fato de
que homens africanos
maternas Historiadores sempre
analisam documentos
com uma escolha: gerar
uma forma inédita de
tinham poucas oportu- são afri- cientes de que a história desigualdade na área da
nidades de gerar filhos, é escrita pelos vencedores. saúde ou impedir que ela
e os muitos estupros das canas ou Os genes talvez sejam as surja. Para os pesquisa-
mulheres negras e nati-
vas pelos colonizadores.
indígenas. únicas testemunhas neu-
tras do passado. Mas os
dores brasileiros, não há
opção senão combatê-la
Esse padrão não é ex- geneticistas não são. desde já. Afinal, mes-
clusivo do Brasil. O DNA Análises de DNA po- mo o mais branco entre
mitocondrial indígena e dem preencher lacunas nós provavelmente tem
o cromossomo Y euro- do passado que a do- ancestrais negros e in-
peu são maioria em toda cumentação, sozinha, dígenas. Os genes não
a América Latina, com n ão c on s e g ue. Ma s, toleram racismo: se um
brasileiro ficar para trás,
todos ficam. S

Fontes: (1) Siurgo, G. et al. “The Missing Diversity in Human Genetic Studies”; (2) Choudhury, A. et al. “High-depth African genomes inform human
migration and health”; (3) Gouveia MH. et al. “Origins, Admixture Dynamics, and Homogenization of the African Gene Pool in the Americas”; (4) Giolo, S. et
al. “Brazilian urban population genetic structure reveals a high degree of admixture”; livro O Gene Egoísta, de Richard Dawkins.
janeiro 2021 super 45
Matemática

fa c e s
i a s AS

r

GRAND

Texto Bruno Vaiano


Ilustração Yann Valber
Design Carlos Eduardo Hara

46 super janeIro 2021


do inf
ini
to

HILBERT

Em 1891, o matemático Georg Cantor provou que alguns infinitos são maiores que outros – e que
os maiores infinitos se escondem nos vãos entre os números, e não além deles. Sua descoberta seria
eternizada em um conto de fadas sobre um hotel impossível, com um número sem fim de quartos.

janeIro 2021 super 47


Converge
ou diverge?
“Séries” são somas de infinitos termos. Algu-
mas dessas somas são convergentes: o resulta-
É o paraíso do coro- 1 vai para o quarto 2. A do se aproxima de um número chamado limite,
navírus: o Grande Hotel do quarto 2, para o quar- sem jamais alcançá-lo. Outras são divergentes e
Hilbert, um hotel com to 4. A do quarto 3, para dão um resultado infinito. Conheça uma de cada.
infinitos quartos, todos o quarto 6. O procedi- 1. A série harmônica
ocupados. O recepcio- mento libera a totalidade Até onde dá para empilhar livros em uma mesa de
nista, satisfeito, põe dos quartos ímpares, que modo que eles avancem além da beirada? Infinitamente.
uma plaquinha em cima também são infinitos. E Basta o primeiro livro ficar metade para fora. O segundo,
um terço... E assim por diante.
do balcão: “Não há vagas”. assim Cantor acomoda
Eis que, em meio a uma todos os velhinhos. 1/2
forte chuva, um viajante Em qualquer sequência 1/3
1/4
cruza a porta pedindo de números consecuti- 1/5
abrigo. Estão prestes a vos, metade deles serão 1/6

recusá-lo quando o ze- pares e metade, ímpares.
lador – um certo Georg Como hóspedes vão Essa é a série harmônica (½ + ⅓ + ¼…). Ela é diver-
Cantor – diz: “Tudo bem. caber em metade dos gente. Embora as frações fiquem cada vez menores,
A gente dá um jeito”. quartos em que cabiam o resultado da soma é infinito. Com infinitos livros, a
pilha se estenderia infinitamente além da beirada.
Para resolver o impas- antes? Bem, metade do
se, Cantor pede a todos os infinito é infinito. E o do-
hóspedes que se mudem bro também. No Grande
um quarto para frente. O Hotel Hilbert, “metade” e
do quarto 1 vai para o “dobro” não existem. De
quarto 2. O do quarto 2, fato, infinito vezes infi-
para o quarto 3... Isso libe- nito também dá infinito:
ra o primeiro quarto para mesmo infinitos ônibus
o viajante, sem desalojar com infinitos hóspedes
ninguém que já estava lá. caberiam no hotel.
Fosse este um hotel co- Na vida real, Cantor
mum, o cliente do último não foi zelador. Foi um
quarto não teria para onde matemático alemão do
ir. Mas o hotel é infinito. final do século 19. E a
Não existe último quarto; historinha do hotel não
sempre há um depois. é um devaneio da Super:
Então chega um ôni- era a maneira como ou-
bus de excursão infini- tro matemático, o inglês
to, lotado com infinitos David Hilbert, explicava
aposentados. Cantor tem o trabalho de Cantor em
uma ideia: passar todos palestras. Daí “Grande
os hóspedes para quartos Hotel Hilbert”.
pares. A pessoa do quarto Existe uma maneira de

48 super janeiro 2021


A série harmô- pupilos de Pitágoras,
nica permitiria mostrou ao mestre e aos
empilhar blocos
para construir colegas que a raiz qua-
um trampolim drada de dois (√2) é um
que avançasse número irracional – cujas
infinitamente casas decimais continu-
2. O paradoxo da dicotomia além da beira
Este é um dos paradoxos do grego Zeno.
am para sempre e não
da piscina. Os
A ideia é que, para andar uma distância blocos não de- seguem nenhum padrão
– digamos, 2 m –, você precisa andar sabariam: ficam –, ele foi lançado ao Mar
metade dela (1 m). E para andar metade, equilibrados. Mediterrâneo com um
você precisa andar um quarto (0,5 m). E peso amarrado aos pés.
para andar um quarto… Isso é represen-
tado pela soma: 1 + ½ + ¼ + ⅛ + … = 2.
vencer a dinâmica do ho- A contemplação do
tel? Alguma quantidade infinito pelo ser huma-
Na vida real, é fácil percorrer 2 m. Mas, de pessoas que ele não no começa aproximada-
no papel, é impossível realizar uma conseguiria hospedar mente 500 anos antes
soma infinita. Podemos só nos aproxi- com nenhum truque en- de Cristo com uma lista
mar somando cada vez mais frações.
Eis uma série convergente. A soma das
genhoso? Sim, existe. Há de paradoxos propostos
quatro primeiras frações dá 1,875. Das dois tipos de infinito: um pelo grego Zeno de Eleia,
seis primeiras, 1,968. Das oito primeiras, que cabe no hotel, outro que chegou até nós indi-
1,971. A soma de infinitas frações que não. A descoberta do retamente pelos escritos
dará precisamente 2. infinito que não cabe foi de Aristóteles. Um deles,
a grande contribuição de o paradoxo da dicotomia,
Cantor à matemática. Fa- diz o seguinte: para uma
laremos dela mais adiante. pessoa percorrer uma
O entusiasmo de Hil- distância de 2 m, ela
bert com o trabalho de precisa antes percorrer
Cantor foi a exceção, não metade disso, que dá 1 m.
a regra. Os matemáticos Mas para percorrer m, ela
1/2 da época não eram cabeça precisa percorrer metade,
aberta o suficiente para que dá 0,5 m. Para per-
aceitar conclusões tão correr 0,5 m, ela precisa
contraintuitivas. Henri percorrer metade, que dá
Poincaré disse que as 0,25 m...
ideias de Cantor eram De fato, para percor-
“uma enfermidade, uma rer qualquer distância é
doença perversa da qual preciso primeiro vencer
os matemáticos, algum a metade dessa distância.
dia, hão de ser curados”. Como toda distância tem
Leopold Kronecker, um uma metade, todo deslo-
ex-professor de Cantor, camento entre um ponto
chamou-o de “charlatão” A e um ponto B envolve
e “corruptor da juven- completar um número
tude”. Ele apanhou tan- infinito de tarefas. Esse
1/4 to que teve um colapso é o paradoxo: embora se-
nervoso aos 39 anos, em ja impossível completar
1884. Passou o resto da infinitas tarefas em um
vida sufocado por uma tempo finito, sabemos do
depressão profunda e cotidiano que qualquer
morreu internado em um consegue andar do
um hospital psiquiátrico. ponto A ao ponto B.
Esse é um exemplo da-
1/8 Séries infinitas quilo que os matemáticos
Para entender o drama, batizaram mais tarde co-
precisamos dar alguns mo série convergente. Nes-
passos atrás na história. se caso, temos uma soma
1/16 Cantor não foi a primei- de infinitas frações (meio,
1/32 ra vítima da intolerância
ao infinito. Diz a lenda:
quarto, oitavo, sempre a
metade da metade) que
... quando Hipaso, um dos ficam cada vez menores: →
2m
janeiro 2021 super 49
1 + ½ + ¼ + 1/8… Mas o re- 250 anos depois, Can- Mesmo lotado, em um hotel
sultado dessa soma é uma tor reformulou a ideia de infinito sempre cabe mais um
hóspede. Basta que todos se
distância finita e banal: 2. Galileu em termos de con- mudem um quarto para frente.
Daí o nome “convergen- juntos. A palavra está sen- O hóspede do último quarto
te”: uma série com infini- do usada na acepção mais não ficará desalojado, pois não
tos termos que converge óbvia possível: uma cole- há um último quarto.
em um valor finito. ção de itens, como quatro
Perceba que, quanto cachorros no quintal, cin-
mais termos você adicio- co bananas na fruteira etc.
na na soma, mais você se Cantor chamou a quanti-
aproxima do 2, mas ele é dade de elementos de um
um limite inalcançável – conjunto de cardinalidade.
como a cenoura pendura- Pegue um conjunto
da na vara de pescar, que com cinco crianças e
o burrinho tenta morder outro com as cinco mães
e não consegue. 1 + 0,5 dessas crianças. Cada
dá 1,5. Adicione 0,25 e criança tem uma mãe, o
temos 1,75. Adicione que significa que os dois
0,125 e temos 1,875. conjuntos podem ser pa-
reados. A noção de pare-
Diferentes, mas iguais amento é importante por
Outra grande contribui- causa do seguinte: quan-
ção ao estudo do infini- do nós contamos alguma
to vem na forma de um coisa – tipo o número de
paradoxo contido no cães em um quintal – es-
último livro de Galileu tamos fazendo o equiva-
Galilei, Duas Novas Ciên- lente a parear o conjunto
cias, publicado em 1638. de cães com o conjunto
Galileu começa com a dos números naturais.
constatação básica de Você atribui o número 1
que todo número pode ao vira-lata caramelo, o
ser elevado ao quadrado número 2 ao pitbull, o
– ou seja, multiplicado número 3 ao chihuahua...
por si mesmo. Como os Você poderia parear
números naturais (1, 2, para sempre, caso hou-
3…) são infinitos, então vesse infinitos cães,
também existem infini- porque o conjunto dos
tos quadrados. números naturais tem
cardinalidade infinita:
12 = 1 1, 2, 3, 4, 5, 6… Cantor
22 = 4 chamou essa cardinali-
32 = 9 dade infinita de alef zero
(“alef” é a primeira letra
Nossa intuição diz que do alfabeto hebraico – e
os quadrados formam é só um nome. Poderia
um grupo menor que os chamar Jairo, mas Cantor
números naturais. Mas deu um toque mítico).
se todo número tem o
seu quadrado, então Todo número
precisam existir infini- pode ser
tos quadrados também. elevado ao
É como se existissem quadrado.
menos cachorros do Isso significa
que existem
que donos, mas mesmo infinitos qua-
assim cada dono tivesse drados, mesmo
um cachorro só para si. que pareçam
Como pode dois grupos existir menos
serem infinitos se um é quadrados do
que números
maior que o outro? naturais.

50 super janeiro 2021


O ponto é: se você tem e podem ser pareados
um conjunto infinito elemento por elemento
qualquer em mãos e ele – mesmo que um pareça,
pode ser pareado com em princípio, o dobro do
os naturais – ou seja, se outro. É só intercalar po-
os cachorros podem ser sitivos e negativos:
contados em princípio,
ignorando o fato de que 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7…
a contagem continua para
sempre –, então a cardina- 0, -1, 1, -2, 2, -3, 3...
lidade desse conjunto será
a mesma dos naturais: alef Vamos precisar de al-
zero. Serão infinitos do go maior que os inteiros.
mesmo tamanho, mesmo Tem? Tem. O conjunto
que não pareçam. dos números racionais,
Esse é o processo de que inclui os números
pensamento do zelador com vírgula. Não quais-
do Grande Hotel Hilbert: quer números com vírgu-
ele sabe que, enquanto pu-la: só aqueles que a gente
der atribuir um número consegue obter por meio
específico a cada hóspede de frações, que são divi-
recém-chegado – ou seja, sões entre dois números
enquanto puder contar, inteiros. Tipo 0,5, que é
ainda que seja impossível o resultado da fração ½ .
contar até o infinito –, ha-
Ou 0,25, que é ¼. O no-
verá vagas. Pois qualquer me “racional” vem do fato
conjunto infinito contávelde que a palavra “razão”
tem a mesma cardinalida- pode ser usada como um
de alef zero, que é a capa-
sinônimo de “divisão”.

Dois tamanhos cidade do hotel. E assim


surge a armadilha: existe
Será que dá para enu-
merar todas as frações

de infinito algum conjunto infinito


que não pode ser conta-
do? Cuja cardinalidade é
que existem e declarar
que elas também são alef
zero? Acredite: dá. É só
O infinito é familiar a todos nós: seria o resultado de ficar
contando para sempre: 1, 2, 3, 4, 5… No século 19, Georg Cantor
maior que alef zero? fazer uma tabela infini-
provou que existe um infinito maior do que esse: o contínuo, que é ta com todas as frações,
impossível de contar. É lá que se escondem o Pi e outros números O arranha-céu como a que você vê a se-
decimais infinitos e desordenados: os números transcendentais. A única maneira de res- guir, e então percorrê-la
ponder a essa pergunta cortando as diagonais
é escalar o Everest da (percorrer uma linha de
matemática em busca cada vez não rola, porque
de conjuntos imensos a primeira linha nunca
Infinitos
contáveis < infinito
incontável – na ilustração ao lado, terminaria para você pas-
há um mapa para ajudar. sar para a próxima).
Números reais Do mesmo jeito que o
Todos os números
conjunto dos quadrados 1/1 ½ 1/3 1/4 1/5 ...
perfeitos (1, 4, 9…) está 2/1 2/2 2/3 2/4 2/5 ...
dentro do conjunto dos 3/1 3/2 3/3 3/4 3/5 ...
Números racionais Números Irracionais números naturais (1, 2, 4/1 4/2 4/3 4/4 4/5 ...
Podem ser representados Não podem ser representados
por frações por frações 3…), o conjunto dos na- 5/1 5/2 5/3 5/4 5/5 ...
turais está dentro de um
conjunto maior, o dos nú- Hora de subir mais
Números frações
meros inteiros – que além um andar. Existem nú-
inteiros 1/2,2/3,3/4… dos positivos inclui tam- meros com vírgula que
…-1, 0, 1, 2… bém o zero e os núme- não podem ser expressos
ros negativos. Mas esses por frações? Com certe-
Números dois infinitos, de manei- za. É o caso do terror de
raízes números
naturais √2, √3, √5… transceNdentais ra decepcionante, têm a Pitágoras, a raiz de dois,
0, 1, 2, 3… Ex.: π, e, Ω mesma cardinalidade que segue para sempre: →

janeiro 2021 super 51


1,41421356237... Não
existe nenhum número
série infinita. Leibniz,
por exemplo, calculou o
A prova
dividido por outro nú-
mero que dê raiz de dois.
π usando essa aqui:
do continuum
Como não há uma ra- 1 - 1/3 + 1/5 - 1/7 + 1/9 - 1/11... É impossível listar todos os números com vírgu-
zão (ou seja, uma fração) = π/4 la (os decimais): você sempre acabará deixando
para representá-la, ela é infinitos números de fora, mesmo que já tenha
chamada de número ir- O π recebe tanta aten- contado infinitos deles. Cantor provou isso de
racional. A raiz de dois ção porque é uma exceção: uma maneira elegante, que explicamos a seguir.
é um número irracional um número transcenden- 1. Existe uma quantidade infinita de números
razoavelmente bonzinho, tal que é útil para nós, es- decimais. Escolha alguns aleatórios, como
diga-se, já que ele pode sencial para a geometria fizemos na tabela na direita da página. Essa
ser obtido por meio da re- de círculos ou esferas. π lista continuará infinitamente tanto para baixo
solução de uma equação. está oculto em tudo que quanto para o lado (pois eles podem ter
infinitos dígitos).
Existem muitas equações é redondo. E quanto aos
(no Ensino Médio, inclu- demais transcendentais?
sive) em que o “x” miste- Um número trans-
rioso é a raiz de dois. cendental qualquer tem
A porca só torceu o ra- infinitas casas decimais
bo mesmo quando Can- depois da vírgula – e
tor percebeu que a maior qualquer casa pode ser
parte dos números com ocupada aleatoriamente
casas decimais infinitas por qualquer dígito de
jamais vão surgir como um a nove, sem padrão
resultado de uma equa- algum. Isso significa que
ção. Estão fora do alcance existem infinitas combi-
tanto das frações quanto nações possíveis. Infini-
das incógnitas comuns. tos números transcen-
Esses monstrinhos rece- dentais como o π, cada
beram o nome de núme- um com uma sequência
ros transcendentais. Nesse única e infinita de dígi-
caso não se trata apenas tos. Como esses núme-
de um nome. Eles trans- ros têm casas decimais
cendem mesmo a imagi- infinitas, eles podem ser
nação e, juntos, formam o infinitamente pequenos.
equivalente matemático Do mesmo jeito que não
de um deserto inóspito – existe um maior número
mais vasto que todo o ter- de todos, não existe um
reno percorrido até aqui. menor número de todos.
Imagine a linha de to-
Além da muralha dos os números formada
O número transcenden- por vários cones, espaça-
tal mais famoso é o π dos de metro em metro,
(pi), que podemos obter distribuídos ao longo de
apenas por aproxima- um deserto. O primeiro
ção. 3,14159265359... cone representa o 1, o
os matemáticos calculam segundo, o 2 e assim por
cada vez mais casas de- diante. Entre esses cones,
cimais, mas nunca vão colocamos no chão pe-
chegar ao final: já se co- quenos papéis com as
nhecem 31 trilhões de frações – os números
dígitos, e eles não seguem racionais, como 0,5 ou
nenhuma lógica detec- 0,25. Nessa metáfora, os
tável. Aqui, voltamos às transcendentais são co-
séries infinitas do grego mo a areia: um pó fino
Zeno, porque um dos que preenche unifor-
poucos jeitos de se obter memente os vãos entre
números transcendentais os números. Trata-se de
é justamente usar uma uma areia especialmente

52 super janeiro 2021


2. Agora corte essa lista na diagonal: 1 0,4 2 3 1 … Cada número Irônico é que, apenas
pegue o primeiro dígito do primeiro 2 1,8 4 8 4 … se dissolve no alguns anos depois, tam-
número, o segundo dígito do segundo 3 3,5 8 7 7 … seguinte, num
número, o terceiro dígito do terceiro bém na Alemanha, o fí-
4 8,3 1 2 9 … degradê de infi-
número e assim por diante. 5 1,7 2 5 8 … nitos números sico Max Planck se deu
6 5,0 4 3 7 … menores. O conta de que a natureza
3. Monte um novo número usando Hotel Hilbert, não é bem um continuum.
essa seleção. E agora some um a todos 0,8 8 2 8 … dos infinitos No nível microscópico,
os dígitos desse número. Você obterá acessíveis a
um número novo, que não está na sua +1 em todos a realidade é como uma
nós, se apoia
lista. Sabemos que não está porque ele os dígitos num infinito foto: fica pixelada. Quan-
tem pelo menos um dígito diferente de inexplorado e do os físicos lidam com
todos os outros números que estão lá. 1,9 9 3 9 … muito maior. quantidades minúsculas
de energia, elas vêm em
4. Mas eu não posso adicionar esse
número na lista? Pode. Mas aí bastaria fina – uma areia infinita- pacotinhos de tamanho
repetir o processo para encontrar um mente fina –, pois entre fixo, que não podem ser
outro número que não está lá. A diago- quaisquer dois números, subdivididos. O menor
nalização ocorre para sempre. E temos não importa o quão pe- intervalo de tamanho
aí mais uma face do infinito. quenos eles sejam, ainda que as equações da física
caberão infinitos grãos, atual conseguem sondar
um para cada número equivale a 0,0000000
transcendental. Um pe- 0000000000000000
daço qualquer do infini- 0000000016 cm. É o
to é igualmente infinito. chamado comprimento
Assim Cantor chegou de Planck. Beleza: são
ao fim de sua busca. Esse 33 casas decimais, mas
é um infinito incontável, não são infinitas. Nin-
que não cabe no Grande guém sabe se o próximo
Hotel Hilbert: não impor- avanço teórico irá além
ta o quão engenhoso seja desse limite ou se ele é
seu método para listar os intransponível.
transcendentais, sempre Por muito tempo, os
há como gerar um novo físicos pensaram que o
transcendental que não mundo real fosse contí-
está na lista, o que sem- nuo, enquanto os mate-
pre frustrará a tentativa máticos sequer suspei-
de contagem. E sem al- tavam dos incontáveis
guma contagem não há grãos de areia que se
como liberar novos quar- escondiam debaixo de
tos. Nós descrevemos seus narizes. No fim,
esse método no box ao calhou que era o contrá-
lado. É a prova por diago- rio: graças a Planck, hoje
nalização de Cantor, uma sabemos que, no nível
das mais belas e simples das menores partículas,
da matemática. a natureza salta degraus.
O que Cantor está di- Já Cantor vislumbrou,
zendo é que a linha dos com sua imaginação, esse
números não é como domínio minúsculo, lili-
uma escada com degraus putiano, que nem nossas
– com distâncias fixas se- melhores equações con-
parando o 1 do 2, o 2 do seguem acessar. “Do para-
3, o 3 do 4. Ela na verdade íso que Cantor criou, nin-
é uma rampa. A linha dos guém poderá nos expul-
números é um contínuo, sar”, escreveu Hilbert. De
em que cada número se fato: o Universo pode até
dissolve no seguinte, num ser infinitamente grande.
degradê de infinitos nú- Mas ele não é maior que
meros menores. De fato, os números entre os mi-
Cantor chamou de conti- límetros de uma régua
nuum esse infinito maior escolar. O infinito cabe
que o infinito comum. em todos nós. S

janeiro 2021 super 53


Cultura

ajuda dos
Univer-
sitários
Do 2001 de Kubrick ao Universo Marvel,
conheça o trabalho dos cientistas consultores de
Hollywood – que tornam roteiros mais precisos,
melhoram a representação dos pesquisadores na
tela e, de vez em quando, preveem o futuro.
O
ceu como uma típica criança nerd: jo-
gava Super Nintendo, assistia a Jornada
nas Estrelas e se divertia com desafios
matemáticos – muitos deles, inclusive,
montados por sua avó.
Texto Rafael Battaglia
Ilustração Thobias Daneluz
Design Juliana Alencar
Edição Bruno Vaiano

O grego Spyridon Michalakis cres- viajar no tempo (prefira buracos de mi-


nhoca). Mas é importante que, no con-
texto do enredo, isso não pareça uma
forçação de barra completa. Não é raro,
então, que roteiristas, produtores e di-
retores trabalhem junto com cientistas
Conforme crescia, o interesse pelos como Spiros para tornar suas histó-
números aumentava, e Spiros – o ape- rias mais sólidas. Não só na Marvel:
lido da criança prodígio – participou em toda a indústria.
de várias olimpíadas internacionais de Essa relação entre ciência e entre-
matemática. Em 1999, ele se mudou pa- tenimento não é de hoje. Há, inclusive,
ra os EUA para estudar matemática e organizações que facilitam a busca por
ciências da computação no MIT. consultores especializados. Uma his-
Hoje, Spiros trabalha no Instituto tória que começa para valer em 1968.
de Tecnologia da Califórnia (Caltech),
onde pesquisa mecânica quântica – a A consagração do sci-fi
área da física que estuda o mundo na Quando o francês Georges Méliès lan-
escala das partículas subatômicas, em çou Viagem à Lua (1902), considerado
que as leis convencionais de Newton primeira ficção científica do cinema,
não se aplicam. Mas a ciência de verdade o gênero já estava consolidado na li-
é apenas uma de suas ocupações. teratura. Méliès, inclusive, se baseou
Desde 2013, ele colabora frequente- no livro Da Terra à Lua, de Júlio Verne.
mente como consultor de ciência em O escritor francês não precisava de
Hollywood. Spiros é uma das mentes consultor. Entendia bastante de ci-
por trás do Reino Quântico, um domí- ência. Imaginou a ida de astronautas
nio imaginário que foi apresentado em à Lua a bordo de um projétil, que é
Homem-Formiga (2015) e que aparece mais ou menos o que acontece hoje (a
em outros filmes do Universo Marvel. grande diferença é que a cápsula seria
O Reino Quântico dos filmes não é disparada por um canhão – como mal
um lugar separado, com CEP próprio. existia o conceito de foguete na época,
Ele é só a aparência microscópica do a ideia era razoável).
mesmíssimo mundo que já conhecemos. Bom, nas primeiras décadas do sé-
É a maneira como os personagens veem culo 20, a literatura foi além de apenas
as coisas quando encolhem até ficarem imaginar os avanços tecnológicos e
menores do que um átomo. passou a debater como eles impacta-
Como as leis da física quântica real riam a sociedade – para o bem e para o
são mesmo bizarras, os roteiristas da mal. Essa tendência chegou ao cinema
Marvel se aproveitam de conceitos des- nos anos 1960, acompanhada de avan-
sa área para justificar feitos impossíveis ços nos efeitos especiais que elevaram o
– Capitão América e cia. apelam para o sci-fi ao primeiro escalão de Hollywood.
Reino Quântico para viajar no tempo O principal responsável pelo sal-
e salvar o dia em Vingadores: Ultimato to foi o diretor Stanley Kubrick. Em
(2019). Claro, é tudo ficção. Encolher 1964, ele se juntou a Arthur C. Clarke,
não é realmente uma forma realista de um dos maiores autores de sci-fi da →

janeiro 2021 super 55


história, para criar simultaneamente mentira que ainda encontra crédulos.
o livro e o roteiro de 2001 – Uma Nada mal para um diretor que tinha
Odisseia no Espaço. Kubrick era medo de viajar de avião.
metódico e obsessivo (mais tarde, gra-
varia 127 takes de uma única cena de Ponte da amizade
O Iluminado). Então foi atrás de diversos Hoje, os cineastas não precisam caçar
especialistas para ajudá-lo. cientistas por conta própria. Essa ponte
“Queríamos criar algo realista e plau- é facilitada pela Science & Entertain-
sível, que não se tornasse obsoleto com ment Exchange, criada em 2008 pela
os acontecimentos dos anos seguintes”, Academia Nacional de Ciências dos
escreveu Clarke em 1999, em referência EUA. Eles realizam seminários para
aos programas espaciais americano e apresentar conceitos científicos para
soviético. Para isso, Kubrick buscou re- roteiristas e produtores – e atender às
forços direto na fonte: contratou dois demandas dos estúdios, indicando espe-
ex-funcionários da Nasa, Frederick cialistas ideais para cada tipo de projeto.
Ordway e Harry Lange. A organização mantém na internet
Lange era um engenheiro aeroes- um banco com mais de 2,4 mil cientistas
pacial e trabalhava projetando novos cadastrados, dispostos a oferecer con-
sistemas de propulsão e navegação. Já sultoria. Entre 2008 e 2017, estima-se
Ordway, que mantinha uma consultoria que a Exchange tenha ajudado 1.800
aeroespacial, era o cara dos contatinhos: produções. Foi por intermédio dela que,
com a sua ajuda, a produção do filme em 2014, Spiros foi parar nos estúdios
teve acesso a mais de 65 organizações, Pinewood, em Atlanta, onde a Marvel
entre universidades e empresas. Ele costuma gravar os seus filmes. No pri-
também fez a ponte entre Kubrick e meiro dia, ele passou cinco horas em
a dupla formada por Louis Leakey e uma sala de conferências com a equi-
seu filho, Richard – dois paleoantro- pe de Homem-Formiga e Paul Rudd, o
pólogos que criaram os hominídeos ator que interpreta o herói.
da primeira parte do filme. Os seres, Inicialmente, eles queriam entender
diga-se, reconstroem o Homo habilis, apenas o que aconteceria caso alguém
de 2 milhões de anos atrás – seres encolhesse muito. “Eu disse que não
que tinham sido descobertos pelo seria de grande ajuda para questões
próprio Louis em 1962. biológicas, mas podia ensiná-los algu-
Kubrick também arranjou acordos mas coisas de física quântica”, contou
com IBM, General Electric, Honeywell Spiros em uma conversa com a Super.
e Pan Am: elas revelaram tecnologias “Stan Lee era um grande entusiasta
e designs conceituais que tinham na da ciência, mas as histórias que ele
gaveta – em troca, ganharam publi- criou na Marvel usam conceitos dos
cidade em 2001. O filme virou uma anos 1960 e 1970. De lá para cá, muita
espécie de feira de inovação. Em uma coisa mudou.”
cena, os astronautas do filme jantam A equipe de efeitos especiais também
lendo e assistindo o noticiário em seus ouviu os seus conselhos. Afinal, para
“news pads” – aparelhos indiscerníveis criar o Reino Quântico, não havia ne-
do iPad (veja ao lado). nhuma imagem de referência. Partículas
2001 foi também o primeiro sci-fi subatômicas são menores que o com-
a apresentar um mecanismo plausível primento das ondas da luz – e, portanto,
para gerar gravidade artificial dentro incapazes de refleti-las para formar uma
de uma espaçonave. O cenário da sala foto. Além disso, uma partícula qualquer
giratória presente na nave Discovery não tem, por exemplo, posição definida
levou seis meses para ser construído. no espaço: as equações permitem cal-
A produção saiu em 1968 e virou um cular apenas a porcentagem de chan-
clássico instantâneo. Os efeitos espe- ce de que ela esteja aqui ou acolá. De
ciais, que levaram o Oscar, convencem que forma representar artisticamente
até hoje. Aliás, o visual do longa, alia- o mundo nessa escala inacessível e in-
do à precisão científica, impressionou certa? “Como a física quântica altera a
tanto que, em 1969, quando a Apollo nossa própria concepção de realidade,
11 chegou à Lua, correu o boato de sugeri que os efeitos simulassem um
que a Nasa havia chamado Kubrick caleidoscópio ou uma viagem psicodé-
para gravar um falso pouso – uma lica”, disse. “Uma bad trip de LSD.”
Fontes: livro Lab Coats in Hollywood: Science, Scientists, and Cine-
ma, de David Kirby; vídeo “The hotline Hollywood calls for science
advice”, do Vox, e sites British Film Institute, Physics World e Wired.

56 super janeiro 2021


Spiros continua a colaborar com a
Marvel – e virou amigo de Rudd. Em
2016, o cientista ajudou o ator em um
vídeo cômico para promover um evento
da Caltech. Ali, Rudd desafia Stephen
Hawking para uma partida de “xadrez
quântico”. Trata-se de uma variante do
jogo em que uma peça tem uma certa
probabilidade de estar ou não em di-
versas casas – e você só descobre a casa
em que ela realmente está caso a peça
interaja com outra. Uma forma engraça-
dinha de explicar as incertezas do mundo
microscópico.

Via de mão dupla


Spiros também fez amizade com Keanu
Reeves após colaborar com a comédia de
viagem no tempo Bill e Ted. Contudo, a
consultoria de ciência costuma ser bem
menos glamourosa: é um trabalho de
bastidor, geralmente resolvido em algu-
mas horas de ligação com os roteiristas.
Os cientistas não ganham dinheiro.
Claro, há exceções. Às vezes, o roteiro
precisa tanto dos consultores que eles
passam a ter papel vital no desenvolvi-
mento do filme. É o caso de Interestelar
(2014), de Christopher Nolan, que contou
com o Nobel de Física Kip Thorne como
um dos produtores executivos.
Não são apenas os filmes que se be-
neficiam dessa relação. A Exchange
também busca popularizar o conhe-
cimento científico e melhorar o modo
como pesquisadores são representados
no cinema. Uma preocupação válida
porque isso dita a maneira como as
pessoas comuns imaginam cientistas.
Por exemplo: entre 1966 e 1977,
um estudo nos EUA pediu a crianças
Em 2001 – que pensassem na figura de um cien-
tista e o desenhassem. Das quase 5

Uma odisseia mil ilustrações, apenas 0,6% mostrava


uma mulher. O estudo se repetiu nas

no espaço,
décadas seguintes, e a proporção hoje
está em 28%. Bom, mas ainda longe da
realidade: no Brasil, 49% dos artigos
Kubrick imagi� científicos já são escritos por mulheres.
Um bom jeito de quebrar estereótipos

nou um tablet machistas é justamente mostrar mu-


lheres cientistas na TV e no cinema.

42 anos antes
Com a onda de negação da ciência,
que tanto afeta o combate à pandemia,
nunca foi tão importante trazer pesqui-
do lançamen� sadores para o palco central da cultura
pop. A bola que Kubrick lançou em 1968
to do ipad. já passou de 2001 – vamos torcer para
que nunca pare de rolar. S

janeiro 2021 super 57


oráculo
ilustrações cath gomes Edição Bruno Vaiano design juliana Alencar
5
toneladas de combustível
por segundo. Era o con-
sumo, na decolagem, do
aparato de lançamento dos
ônibus espaciais da Nasa. 1

Por que os
Para chegar rápido às camadas mais altas da atmos-
fera – onde o ar rarefeito oferece menos resistência, o
que economiza combustível (afinal, combustível pesa.
Quanto mais vazio o tanque decola, melhor). Segundos

foguetes
após a decolagem, quando o foguete já ganhou uma
altitude razoável, ele começa a se inclinar para o lado. O
objetivo agora é ganhar velocidade horizontal, tangente
à superfície do planeta. Essa velocidade é o mais impor-

decolam
tante: se a nave não estiver indo rápido o suficiente para
o lado – a velocidade mínima são 8 km/s –, ela cai de
volta mesmo que tenha subido um bocado. Isso é porque
todo objeto em órbita na verdade está caindo na Terra.

na vertical?
Ele só dá a volta em torno do planeta em vez de bater no
chão porque está tão rápido que a curva que ele percorre
para cair é mais aberta que a circunferência do globo.
Como se você arremessasse uma bolinha para frente
@jeancarlomeira, via Instagram com tanta força que ela sumisse atrás do horizonte. 2

58 super janeiro 2021


Um adulto de 30 cm teria a voz mais
aguda ou soaria normal?
@carmenelcgoncalves, via Instagram

Vamos primeiro ignorar o fato de que um ser humano comum com 30 cm é


uma impossibilidade biológica. Legal: desde que as pregas vocais e os demais
órgãos envolvidos na fala desse liliputiano fossem proporcionalmente meno-
res, sua voz seria aguda, como a de um bebê. Sabemos disso intuitivamente:
em uma orquestra, o instrumento de cordas mais agudo (o violino) é também
o menor, e o mais grave (o contrabaixo) é o maior. Cordas mais curtas e de
calibre menor vibram mais rápido – isto é, em uma frequência mais alta – e
produzem ondas de comprimento menor, que ressoam bem dentro das
caixas igualmente menores desses instrumentos. Comprimento menor e
frequência alta são o que identificamos como “agudo”. Essa mesma lógica
dos instrumentos se aplica ao nosso aparelho fonador. (3)

Se monarcas de dois países se Se a Netflix não vende ingresso,


pá pum encontram, qual é a etiqueta como calcula se uma série com-
para se cumprimentarem? pensou o orçamento?
@tocafonabeijos, via Instagram @cynthianunes_, via Instagram

Não há um protocolo universal- Quando uma plataforma de streaming


Qual foi o maior nú- mente aceito – o mais comum é um planeja uma série, há um cálculo de audiên-
mero de instrumentos aperto de mãos. Os monarcas são cia potencial. Não é toda produção que terá
diferentes tocados em considerados chefes de Estado, assim o alcance de um Stranger Things – e tudo bem,
uma mesma música? como os presidentes e primeiros- desde que ela não custe o mesmo que um
Bruno Vaiano, editor ministros, então não há hierarquia Stranger Things. O orçamento é proporcional
da Super entre eles. Um nobre não é obrigado ao número de espectadores que se espera
315. (4) a seguir a etiqueta do país do outro. atrair. Quando sai a primeira temporada, a
Muitos nobres europeus são parentes Netflix compara a audiência real com essa
número incrível
próximos, o que torna os encontros projeção. Se não bater a meta, adeus: está
informais: A rainha Elizabeth 2a do cancelada. Algumas séries que não estouram

12
Reino Unido, por exemplo, é prima da continuam porque batem as próprias metas,
rainha Margrethe 2a, da Dinamarca. mais humildes. Por exemplo: a comédia Grace
Quando um chefe de Estado demons- e Frankie, da Netflix, está longe de ser um dos
tra respeito pelas tradições de um maiores hits da plataforma, mas segue firme
estados europeus ainda monarca, isso pode ser interpretado rumo à sétima e derradeira temporada. O
são monarquias. A repú- como uma demonstração de fraque- fato é que audiência cria boca a boca. Isso traz
blica mais antiga é San za: conservadores criticaram Obama novos assinantes e mantém os antigos. Em
Marino, desde 301 d.C. por se curvar diante do imperador 2019, a Netflix investiu US$ 15,3 bilhões em
japonês em 2009. (6) conteúdo, e faturou US$ 20,1 bilhões.

OUTRO DADO
RELEVANTE SEM
NENHUMA LIGAÇÃO Por que os olhos Não tem a ver com o sono, necessariamente. Os olhos são revestidos

12
ardem quando por uma camada de lágrimas, que os mantêm úmidos e lubrificados.
estamos com sono? Piscamos ao longo do dia para espalhar esse líquido por todo o globo
@hugobuenoneto, via ocular e lavar partículas de sujeira para os cantos. Quando estamos
Instagram concentrados diante de uma fonte de luz – como é o caso dos traba-
lhadores de escritório, que ficam com a cara enfiada no PC e no celular
milhões de meninas com
menos de 18 anos são –, piscamos com 66% menos frequência que o ideal. O líquido evapora
forçadas a se casar todos mais rápido do que é reposto e os olhos ardem. Ao final do dia, os olhos
os anos pelo mundo. (5) clamam por um período fechados para recompor a película. (7)

Reportagem: Bruno Carbinatto, Carolina Fioratti, Maria Clara Rossini, Rafael Battaglia. Fontes: (1) Nasa; (2) livro What if? Serious Scientific Answers to Absurd Hypothetical
Questions, de Randall Munroe; (3) Regis Faria, especialista em Acústica Musical da USP de Ribeirão Preto; (4) Guinness World Records; (5) girlsnotbrides.org; (6) Filipe
Nicoletti Ribeiro, doutorando em História Social na USP; (7) Lísia Aoki, oftalmologista do Hospital das Clínicas da USP, em São Paulo, e Universidade do Iowa. janeiro 2021 super 59
oráculo

Há evidências de que existam


universos paralelos?
@paulosantanna_, via Instagram

Não. Universos paralelos são apenas possibilidades que emergem das duas
teorias que os físicos usam atualmente para descrever o Universo, a mecânica
quântica e a relatividade geral. As equações dessas teorias são extremamente
confiáveis e fazem previsões precisas sobre o mundo real, confirmadas por
experimentos de laboratório e observações astronômicas. Ao longo do século
20, certas maneiras de resolver ou interpretar essas equações levaram repetida-
mente (e por caminhos diferentes) à previsão de que existem outros universos.
Como a matemática faz um trabalho excepcional descrevendo as coisas que são
acessíveis a nós, os físicos dão a ela uma chance de descrever também o que
não podemos ver – e assim é possível levar a hipótese de universos paralelos a
sério, até que apareçam provas do contrário. Caso o Universo seja infinito, por
exemplo – e isso é bastante provável –, todas as configurações de átomos serão
forçadas a se repetir em algum momento, e haverá infinitas Terras idênticas à
nossa ou muito parecidas, localizadas a distâncias imensas. Viu só? Partindo
de uma premissa com boas chances de ser verdadeira, dá até para concluir que
existem mundos iguais ao nosso – habitados por cópias nossas. (1)

Por que em muitas séries cada O que torna os


episódio tem um diretor diferente? números primos lista
@pecorarojr, via Instagram tão especiais? Quais monarcas
@titodocarmo, via reinaram por
Para manter as engrenagens rodando. O ritmo de Instagram menos tempo?
uma série de TV é muito mais intenso que o de um filme. En-
quanto o diretor de um episódio está gravando, o de outro Números primos só
está em pré-produção – escolhendo locações, fazendo reu- podem ser divididos por si
Os itens 1 e 3 abdicaram (o 3
niões com roteiristas e produtores e selecionando atores. mesmos e por um, como era mulher; a avó tentou fazê-
Quando chegar a vez de ele filmar, o diretor que já gravou 2, 3, 5, 7 e 11. A primeira la passar por homem para
entra em pós-produção (edição, efeitos especiais e por aí anomalia é que eles são assumir, mas não rolou). O 2,
vai). Diferentemente do que acontece no cinema, em que infinitos. Não importa o o 4 e o 6 foram assassinados.
o diretor dá a palavra final, o responsável por manter a uni- tamanho de um primo – o
dade criativa das séries é o showrunner (em inglês, “quem maior já encontrado tem Luís 19
1 França, 1830.
faz o show andar”). Ele é um produtor que com frequência 17,4 milhões de dígitos –,
acumula as responsabilidades de criador e roteirista-chefe sempre haverá um próxi- Entre 15 e 20 minutos.
do programa. Nos últimos anos, muitos showrunners se mo que é maior ainda. A Luís Filipe
tornaram famosos, e multimilionários, como Shonda segunda estranheza é que 2 Portugal, 1908.
Rhimes (Grey’s Anatomy, How to Get Away with Murder) e todo número que não é 20 minutos.
Ryan Murphy (Glee, American Horror Story). (2). primo pode ser obtido pela nome Desconhecido
multiplicação de primos. 3 China, 528.
Tipo o 12 (2 x 3 x 3) ou o Menos de 5 horas.
2.244.354 (2 x 3 x 7 x 53,437). Wanyan Chenglin
Isso os torna importantes 4 China, 1234.
PERGUNTE para aplicações práticas, 12 horas.
AO ORÁCULO como a criptografia.
5
Miguel 2º
Escreva para Por fim: não há método Rússia, 1917.
oraculo@abril.com.br para prever qual será o 16 horas.
mencionando sua cidade e próximo primo. A distri- Min Shin Saw
Estado – ou mande a pergunta buição deles é, para todos 6 Mianmar, 1167.
via direct no Instagram.
os efeitos, aleatória. (3). 18 horas.

60 super janeiro 2021


Só acredito Aviões são São. E quanto mais curto o voo, pior, porque
o avião queima combustível com muito mais

vendo tão poluentes intensidade na decolagem do que na fase de cru-


zeiro. Ou seja: se for para sair do chão, é melhor
passar o maior tempo possível no alto. No gráfico
assim? abaixo, você vê quantos gramas de gás carbônico
por quilômetro um viajante injeta na atmosfera
conforme o meio de transporte.
Voo
doméstico
Fonte: Our World in Data. Os dados foram colhidos na Inglaterra, que depende muito de matrizes energéticas não renováveis, como carvão e gás. O Brasil,

260 255 g de CO2

240
que usa majoritariamente hidrelétricas, tem uma eletricidade em média mais limpa, o que diminui o impacto ambiental dos trens elétricos.

220 Carro
(gasolina)
192 g de CO2 Carro
200 (diesel)
171 g de CO2
180
Voo
internacional
160
150 g de CO2

140
ônibus
motocicleta rodoviário
103 g de CO2 105 g de CO2
120 carro (gasolina,
2 passageiros)
100 96 g de CO2

80

ferrovia
60 41 g de CO2

40
balsa
19 g de CO2
20

Por que as garrafas de vinho têm 750 ml, e não 1 l? Você fala métrico?
@maismatematicacriativa, via Instagram

Como sempre, a culpa é de uma divergência entre o sistema métrico


de unidades e o sistema imperial inglês, mais antigo. No século 19,
o Reino Unido era o principal importador de vinhos franceses, e os
ingleses gostavam de usar o galão (gallon) – que equivalia a 4,546
litros. Ou 4,5 l para arredondar. Por causa disso, os franceses ado- Em 1999, a sonda Colombo confundiu Em 1983, um voo da
Mars Climate Orbi- milhas árabes com Air Canada decolou
taram caixas com seis garrafas de 750 ml, que, somadas, dão o tal
ter se espatifou em milhas romanas ao com metade do
galão. Conveniente para os britânicos, que podiam cobrar a caixa Marte porque o sof- calcular a circunfe- combustível por um
por galão, e para a turminha de Bordeaux, que usava um valor não tware foi programado rência da Terra. Esse erro de conversão.
tão quebrado. A conversão funcionava ainda melhor para a venda parte em métrico, erro o levou acidental- Ele precisou fazer um
em barris de 50 galões (225 l, que rendem 300 garrafas). (4) parte em imperial. mente ao Caribe. (5) . pouso de emergência.

Fontes: (1) livro A Realidade Oculta, Brian Greene; (2) vídeo “Why Do Most Shows Have Different Directors Each Episode”, do canal The Joe Campea
Show; (3) texto “Is there a formula for finding primes? Do primes follow a pattern?” no blog Ask a Mathematician; (4) Avina Marketing and Communi-
cation, Concha y Toro; (5) artigo “Another look at Eratosthenes and Posidonius’ determinations of the Earth’s circumference”, de Irene Fischer. janeiro 2021 super 61
oráculo

Existem gatos e Por que as roupas usadas


cachorros com na sala de cirurgia são
deficiência intelectual? sempre azuis ou verdes?
@carlafelixx84, via @pecorarojr, via Instagram
Instagram
Porque são cores opostas ao
Existem problemas equiva- vermelho. Os médicos e enfer-
lentes. Se o seu pet se torna meiros passam muito tempo
violento repentinamente, não olhando para sangue e órgãos, o
entra em êxtase ao ouvir a pala- que tira a sensibilidade da visão
vra “passear” e continua a fazer para as nuances do vermelho e
as necessidades no lugar errado do rosa. Olhar para o verde ou o
após um severo treinamento azul de vez em quando dá uma
com o jornal, você talvez deva calibrada nas retinas e aumenta
levá-lo ao veterinário. Casos o contraste. Antes de 1900, o
graves deixam pouca margem padrão era branco. Ajuda com
para dúvida, já que o cãozinho a limpeza, é claro, mais caiu em

Existe um
não late nem anda. Problemas desuso porque, após encarar
assim podem ser culpa, por o vermelho por muito tempo,
exemplo, de uma hidrocefalia os profissionais enxergam a
(acúmulo de água no crânio) ou cor oposta – um verde meio

computador
lisencefalia (uma malformação turquesa – quando olham para
do cérebro). Gatos, por sua vez, o branco. Essa mancha de cor
costumam apresentar déficit de oposta é chamada de pós-ima-
memória: o bichano se esquiva gem negativa. Teste em casa: fixe

que nunca foi


de alguns obstáculos para en- os olhos no cabeçalho da Super
trar em um quarto e depois não e depois olhe para uma folha de
lembra como faz para sair. (2). papel branca. (3)

desligado?
@nathanprat4, via Instagram lost in Como um sapo
sob a casca do coco
translation
Sim. Bons candidatos a computadores ligados há mais tempo
são os circuitos das sondas Voyager 1 e 2, lançadas em 1977,
Origem Malásia katak di
há 43 anos. Elas coletam dados ininterruptamente desde
então. Ambas saíram do Sistema Solar e já se encontram no bawah
espaço interestelar. Os recados da Voyager 1, a mais distante,
demoram 19 horas para alcançar nosso planeta. Elas usam
computadores extremamente simples para os padrões atuais,
tempurung
com três componentes básicos duplicados, para que um possa Quando alguém possui uma visão de mundo limitada
devido à falta de contato com pessoas e ideias diferentes.
descansar desligado enquanto o outro trabalha. (1)

Puxe a orelha dele. Para Aristó-


pensando Um amigo teles, a amizade desinteressada é a
mais pura das relações humanas. A
bem... meu se afastou paixão pelo crush pode até ser mais
fulminante e instintiva, mas pre-
Filósofos de desde que cisa amadurecer na forma de uma
ontem opinam em
assuntos de hoje
começou a amizade sólida para perdurar. Nada
dará certo se você não for amigo do
por Bruno Vaiano namorar. Aristóteles seu cônjuge – ou se abandonar os
E agora? 385 a.C. - 322 a.C. amigos que já tem em prol dele.

62 super janeiro 2021 Imagens Wikimedia Commons / Divulgação


manual Como se virar em uma
partida de xadrez
por Rafael
Battaglia

Comece pelo meio Pese sacrifícios


As jogadas iniciais A rainha vale mais que
(ou aberturas) mais a torre, que vale mais
comuns são feitas que os cavalos e bis-
com os peões do rei pos, que valem mais
e da dama. Assim, que os peões. Isso
você domina o centro não tem a ver com
do tabuleiro e abre pontuação – tem a ver
espaço para mover com utilidade mesmo.
cavalos e bispos. As Se for para sacrificar
brancas sempre co- uma peça, sempre
meçam; com as pretas, tente conceder uma
você fica na retranca, de menor valor para
esperando um erro capturar uma de
do adversário. maior valor.

pega-trouxa Faça o roque


Em apenas quatro lan- O roque é uma troca
ces, o Mate do Pastor de posições entre o rei
é uma armadilha para e qualquer uma das
novatos. Ele consiste torres – que coloca a
em forçar a barra com torre em jogo, mais
um ataque ao peão perto do centro, e
das pretas da casa de quebra protege
f7, que é defendido o rei. Faça-o cedo, e
apenas pelo rei. O não como última
Fontes: site Chess.com e Marius van Riemsdijk, árbitro internacional

jeito mais seguro de alternativa. Lembre-


se defender é jogar um se que não pode haver
peão na casa g6, o que nenhuma peça entre
força a rainha inimiga torre e rei – e o rei não
a recuar. pode estar em xeque.
de xadrez. Agradecimento: Mateus Getlinger.

Para saber mais FAQ enxadrista

O que é um gambito? O que é uma siciliana? Onde posso treinar? Tem YouTuber disso?
É um sacrifício para obter uma Um tipo de defesa na qual, se No Chess.com – seja no site ou Mas é claro. Em português, o
vantagem de posicionamento. as brancas começarem com um no app. Você pode jogar online, canal Raffael Chess dá dicas de
No gambito da rainha, as brancas peão na casa e4, as pretas avan- assistir a tutoriais e revisar suas jogadas e faz análises de partidas
abrem mão de um peão para çam um peão na casa c5. É uma partidas com auxílio do computa- e enxadristas famosos. Bom para
dominar o centro. jogada considerada agressiva. dor, que explica seus erros. se aprofundar.

Deixe rolar, ele não vai con- Papo reto com ele: A ideia de
seguir tirar a fixação pelo crush que o cônjuge é uma alma gêmea –
da cabeça. Somos programados capaz de preencher sozinho nossas
para buscar sexo e perpetuar a necessidades emocionais – apaga
espécie. O amor é uma ilusão nossa independência e personalida-
biológica que desmonta nossa de. Isso é especialmente nocivo para
rotina e borra a percepção ra- as mulheres, já que historicamente
cional. O jeito é esperar o auge homens são encorajados a buscar
Arthur Schopenhauer da paixão passar. E torcer para
Simone de beauvoir interesses e ambições fora da relação
1788 - 1860 tudo voltar ao normal. 1908 - 1986 (como carreira, hobbies e amigos). (4).
Fontes: (1) Nasa; (2) Tamara Larianne Cleto, Marcos Pereira e Carlos Gabriel Dias, veterinários consultores da Soft Care e da Pet Society; (3)
Fernando Soares de Lima, engenheiro do Laboratório de Têxteis Técnicos do IPT; (4) livros Ética a Nicômaco, de Aristóteles; O Mundo como
Vontade e Representação, de Arthur Schopenhauer; O Segundo Sexo, de Simone de Beauvoir. janeiro 2021 super 63
e se... realidades paralelas
Texto Fábio Marton e
Alexandre Versignassi

E se rolasse uma
vacina contra a morte?
A palavra “vacina” não é a mais Estamos falando de um produto com
precisa, já que o envelhecimento (assim demanda garantida. Um bilhão de dóla-
como a morte, sua última consequência) res, então, é um bom chute. De acordo
é parte da vida, não algo a ser curado. com a consultoria Wealth X, há 2.604
Seja como for, reverter o envelhecimento bilionários no mundo neste momento.
é a maior utopia da medicina. O mais Vamos supor que vários deles topassem A vida eterna
legal é que não se trata de algo tão ina- transformar uma parte de sua fortuna seria um tédio?
Provavelmente não.
tingível quanto parece. Alguns animais em vida eterna. Esses seriam os primei-
têm o que se chama “senescência ne- ros imortais – eles e seus entes queridos:
gligível” – eles nunca ficam realmente Jeff Bezos (US$ 180 bi) poderia pagar
velhos. Hidras são efetivamente imor- tratamentos de imortalidade até para
tais. Elas não envelhecem. Só morrem os peixes que tem no aquário.
se forem destruídas fisicamente. Entre Bacana, né? Claro que não. Uma coi-
os animais mais próximos, os vertebra- sa é ouvir que Jeff Bezos ganha US$
dos, tubarões-da-groenlândia compro- 9 milhões por minuto. Outra é saber
vadamente vivem mais de 400 anos – o que, diferentemente de você, ele nunca experiência. E, se o cérebro estiver zero
dobro das tartarugas, que são o exemplo terá que se encontrar com o destino bala, você vai continuar se apaixonando,
mais recorrente de longevidade. final. Perde-se o grande equalizador tendo novos filhos – arrumando razões
As células dos indivíduos mais ve- da humanidade: a morte. E teria início para viver, em suma.
lhos fazem o mesmo que as das mais a maior sensação de desigualdade da Não fica nisso. O cérebro não trabalha
novas: reproduzem-se e renovam-se o história – que poderia causar revoltas só com argumentos racionais. Ele se guia
tempo todo. Com o tempo, o acúmulo igualmente sem paralelo. A imortalidade, por um amálgama de instintos incons-
de defeitos na química do organismo, no ironicamente, causaria mortes. cientes. E o instinto de sobrevivência é
DNA e em órgãos acaba tornando essa Bom, depois que a AstraZeneca, ou praticamente invencível. Ele tende a se
renovação cada vez menos eficiente. Mas a Pfizer, ou seja lá quem desenvolvesse impor sobre qualquer crença ou opinião
não é um processo de uma via só: o DNA a coisa, colhesse seu lucro trilionário, o que você tenha sobre a “utilidade” da
humano tem métodos de autorreparo. tratamento chegaria aos sistemas pú- morte. Como disse Woody Allen quando
Só que uma hora os danos se acumulam blicos de saúde. Isso acabaria com as lhe perguntaram se ele pretendia alcan-
com mais rapidez do que os consertos. revoltas motivadas pela desigualdade, çar a imortalidade por meio de sua obra.
Se de alguma forma pudéssemos mas não com outra: a dos religiosos, que Ele respondeu: “Não. Pretendo alcançar
acelerar esse reparo do DNA, teríamos certamente veriam a vacina da imorta- a imortalidade não morrendo mesmo”.
pessoas “imortais”. As aspas estão aí lidade como uma afronta aos desígnios Como seria, então, esse mundo de
porque bastaria atravessar a rua sem divinos. E não é preciso ter religião para Woody Allens? Primeiro, seria o fim
olhar para perder a tal imortalidade. Mas ser contra a ideia. As pessoas costumam do senso de urgência. Por mais que a
o envelhecimento deixaria de existir. imaginar o “tédio” de uma vida eterna. consciência da finitude nem exista nos
E aí começam os problemas. Num Mas provavelmente isso não seria mais jovens, a vida é feita de etapas. Um
primeiro momento, os remédios da vida problema: a água num rio nunca é a adolescente sabe que não pode demorar
eterna não estariam no SUS. Quem de- mesma, afinal. Visitar Paris hoje ou há demais para entrar numa universidade.
senvolver vai cobrar caro. O quão caro? 50 anos definitivamente não é a mesma Um analista numa empresa tem plena

64 super janeiro 2021


consciência de que há uma faixa etária na casa de uma em um milhão. Mesmo Hoje mesmo os casais têm menos
limite para conseguir uma promoção pa- assim, eles fazem em média 110 vítimas filhos do que antes. Numa cultura que
ra gerente. Um profissional na casa dos fatais por ano no Brasil. Entre 2000 e visse bebês como uma ameaça ecológica,
50 anos sabe que, se perder o emprego, 2019, foram 2.194 óbitos. talvez a própria ideia de ter filhos sumis-
dificilmente conseguirá uma recolocação. Ou seja: o Pelé eterno do nosso exem- se dos planos da maioria. Sim, produzir
A vida é um videogame: vem em fases. plo, mais hora, menos hora, morreria filhos é um instinto profundo também.
A vida eterna não. Vamos supor que em algum acidente. Mesmo se desse a Mas ele se manifesta mais na vontade de
a nossa vacina contra o envelhecimen- sorte de passar séculos sem uma batida fazer sexo do que na ânsia da parentalida-
to conserte o DNA de todo mundo. O de carro, uma queda de avião ou um de. E a parte sexual, com toda a população
auge biológico acontece por volta dos tropeço fatal dentro do box do banheiro, mundial tendo a mesma tenra idade, seria,
23 anos. Dali em diante, por mais que o rei seria levado por um raio. para dizer o mínimo, dionisíaca.
você ainda tenha muito a amadurecer, Também haveria a armadilha demo- Precisaríamos de crianças para as-
é ladeira abaixo: começa o envelheci- gráfica. Muita gente nascendo e pou- sumir o lugar de quem morresse em
mento. Nossa vacina, então, faria todo quíssimas pessoas morrendo significa- acidentes, claro. Mas sem dúvida: ha-
mundo voltar a esse auge. ria um crescimento da população até um veria poucas delas por aí. A imensa
Nos esportes, seria uma maravilha. nível insustentável. Entre 1979 e 2015 a maioria da população seria formada
Um Pelé da vida poderia tomá-la e vol- China da vida real impôs a “política do por gente centenária, ainda que com
tar a jogar. Para sempre. filho único” para conter o crescimen- corpinho de 23. E o resultado seria uma
Mas o para sempre sempre acaba. E to de sua população – aumentando os certa estagnação no mundo das ideias.
quem diz não é só o Renato Russo. É impostos de quem tivesse mais de uma Sem o ímpeto transformador que só
a estatística. Quanto mais tempo você criança. Num mundo com poucas mor- os mais jovens têm de fato, viveríamos
vive, maior é a chance de se envolver tes e com toda a população mantida para num mundo conservador. Para sempre.
num acidente. A possibilidade de ser sempre numa faixa etária produtiva, não E fica a pergunta: para você, isso seria
atingido por um raio, por exemplo, fica faltariam leis anticoncepcionais. uma utopia ou uma distopia? S

Foto malerapaso / Getty images janeiro 2021 super 65


última página desculpa qualquer coisa e até logo

Ano novo...
…vida nova. Um estudo sueco sobre promessas de Ano-Novo analisou 1.062 volun-
tários. Mês a mês, eles avaliaram seu sucesso numa escala de 0% a 100% – sendo 0%
“Abandonei minhas metas por completo” e 100% “Estou seguindo tudo como
planejado”. Veja mais. Infográfico Juliana Alencar, Juliana Krauss e Guilherme Eler

etc. e tal

principais
Neste grupo
estão metas como
comprar menos, or-
metas ganizar as finanças,
maneirar na bebida,

melho r
r
Come

13%
melhorar a deco-
20
Pe

ração, investir em
%
rd

hobbies ou noivar.

13 *
os
er

%
tr
pe

ou
so

to
en l
v i m s oa
ol es 9%
nv p
se
De
de 5%
saú
r a r a /sono
ho al
33% Mel ment %
dos 4
o/estu
fazer exercícios Trabalh
Parar de fumar 3%

taxa de sucesso
novembro
fevereiro

dezembro
setembro
outubro

a cada mÊs
janeiro

agosto
março

junho
julho
abril
maio

0% 100%

,7% %
54 ,2 4%
66
%

, 90%
%

69
88,8
,7

10%
73

%
,6
71

%
,1
71

,9%

%
,6

,8
%

67
73

,4

80
,1 %
74

% 80
%
75

20

Somar ou sumir?
Quem tentou incluir
%

70

hábitos à rotina rela-


30

tou, em média, 59%


de sucesso ao final
do ano. Já no grupo
40%

60%

dos que pretendiam


50%

deixar de lado um
hábito, esse número
foi de 47%.
Fonte: “A large-scale experiment on New Year’s resolutions: Approach-oriented goals
are more successful than avoidance-oriented goals”

66 super janeiro 2021

Você também pode gostar