Você está na página 1de 75

Livro Eletrônico

Aula 07

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas


- Pós-Edital
Décio Terror Filho

70220902461 - Lucas Nobre


Décio Terror Filho
Aula 07

Sintaxe da oração: termos da oração,


pontuação.

Sumário
O que é sintaxe? 2
1 - Regência .............................................................................................................................................3
2 Verbo intransitivo .............................................................................................................................. 9
3 Adjunto adverbial ............................................................................................................................
698715
10
1.3.1 Valores das locuções adverbiais ............................................................................................................................. 11
P ............................................................................................................. 16

4 Palavras denotativas.......................................................................................................................17
5 Objeto direto e objeto indireto .......................................................................................................21
6 Adjunto Adnominal e Complemento Nominal ...............................................................................26
6.1 Como distinguir o adjunto adnominal do complemento nominal............................................................................. 28

7 Predicativo .......................................................................................................................................36
8 Agente da passiva ...........................................................................................................................45
9 Aposto ..............................................................................................................................................47
10 Vocativo .........................................................................................................................................50
11 Elipse do verbo (vírgula vicária) ...................................................................................................54
O que devo tomar nota como mais importante?
Lista de questões
barito

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 1
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

Estudar a sintaxe da oração é imprescindível para que você tenha uma noção da pontuação
com alguns termos, da concordância e da regência.
A nossa intenção neste curso é que você não tenha que decorar nada. Assim, procure nesta
aula entender a estrutura da oração, porque isso vai fazer com que você possa aprofundar em
demais temas das aulas posteriores.

1 O QUE É SINTAXE?
Falaremos da sintaxe da oração, com a seguinte pergunta:
O que é sintaxe?
A sintaxe trabalha a relação das palavras dentro de uma oração. Cabe entender
basicamente que uma oração deve ter um verbo e este verbo normalmente se flexiona de acordo
com o sujeito (de quem se fala) e relaciona-se com o predicado (o que se fala), de acordo com a
transitividade.
Veja as frases a seguir para que fique tudo bem claro. Pautemo-nos na estrutura SVO

Agora, vamos identificar os principais termos da oração. Veja a relação do verbo dentro do
àN à à à à à à à à à à à à à à à
vocábulos posteriores para terem sentido na oração, por exemplo: realizou o quê?, duvidou de
quê?, enviou o quê? a quem?, tem o quê?
Assim, você vai notar que eles dependem dos termos subsequentes para terem sentido. Isso
ocorre porque o sentido deve transitar do verbo para o complemento. Por isso falamos que o
verbo é transitivo. Sozinho, não consegue transmitir todo o sentido, necessitando de um
à D à à à à à à à à à à à
à à à à à à à
Para facilitar o entendimento, podemos dizer que a preposição seria um obstáculo.
Havendo uma preposição, o trânsito é indireto. Retirando-se a preposição, o trânsito é livre, direto.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 2
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

E à à à à àE à à à àá à à à à à à
à à à à à àJ à à à à à àé indireto, pois o
trânsito está dificultado à à à à à à
J à à
à à à à à à à à à à à à à
à à VTD àN à à à à à à à à à , diz-se que
este verbo é transitivo indireto (VTI) e seu complemento é indireto. Na frase 3, há dois
complementos exigidos pelo verbo: um(direto) e outro(indireto).
A gramática dá o nome a todo complemento verbal de objeto, por isso o complemento
verbal direto é o objeto direto (OD) e o complemento verbal indireto é o objeto indireto(OI).

1 - REGÊNCIA

Como entendemos que a transitividade é uma exigência do verbo, pois necessita de um


à à à à à à à à à à à R à à à à à à
complemento. Se é um verbo que exige, é natural que a regência seja verbal. Há um capítulo na
gramática que trabalha só isso: Regência Verbal (reconhecimento da transitividade do verbo), a
qual aprofundaremos nas próximas aulas. Mas agora cabe apenas entender a estrutura abaixo.
Veja:

Regência Verbal
1. O candidato realizou a prova.
VTD + OD
2. duvidou do gabarito.
VTI + OI
3. enviou recursos à banca examinadora.
VTDI + OD + OI

Sujeito Predicado

Mas não é só o verbo que pode ser transitivo. Nome também pode ter transitividade.
Nomes como certeza, obediência, dúvida, longe, perto, fiel, etc são chamados de transitivos
porque necessitam de um complemento para terem sentido. Alguém tem certeza de algo, dúvida
de algo, obediência a alguém ou a algo. Alguém mora perto de outra pessoa ou longe dela. Alguém
é fiel a algo ou a alguém.
Estes nomes exigem transitividade, com isso há um complemento, o qual é chamado de
complemento nominal (CN).
Logicamente, há contextos em que o complemento não estará explícito na frase; por
exemplo, se queremos dizer que alguém reside muito distante, podemos dizer que ele mora longe.
N à à à à longe à à à à à à à à à à àeste

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 3
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

ficou implícito. Por isso não devemos decorar, mas entender o contexto, a funcionalidade. Se o
complemento não está explícito, não temos de identificá-lo.
Vimos que a regência verbal trata basicamente do complemento do verbo. Se há um nome
que exige complemento, então temos a Regência Nominal.
Veja a frase 4:

Regência Nominal

4. O candidato tem certeza de sua aprovação.


VTD + OD + CN

Sujeito Predicado

N à à à à à à à à à à à à à àáà à à à
à à à à à à à à à à certeza de sua
aprovação.
O estudo da Regência Nominal, na realidade, é realizado para descobrirmos quais
preposições iniciam o complemento nominal.
Então atente quanto à diferença da oração 3 (VTDI + OD + OI) para a 4 (VTD + OD + CN).
á à à à à àN à à à à à à à à à à
Então não há transitividade. Se quisermos uma estrutura posterior, naturalmente inseriremos uma
ou mais circunstâncias. A essas circunstâncias damos o nome de adjunto adverbial. Poderíamos
dizer que o candidato viajou a algum lugar, em determinado momento, o modo como viajou, a
causa da viagem. Tudo isso são circunstâncias, as quais possuem o valor de lugar, tempo, modo e
causa. Essas são as circunstâncias básicas, mas há mais e veremos isso adiante. Então veja como
ficaria:

O adjunto adverbial não ocorre só com verbo intransitivo, ele pode aparecer junto a qualquer
àP à à à à à à à à à à à à à à à
Na frase 4, poderíamos inserir o adjunto adverbial de causa à à à à
Essas 5 frases possuem verbos com transitividade (VTD, VTI, VTDI) e sem transitividade (VI).
Toda vez que, na oração, ocorrem esses tipos verbais, dizemos que eles são os núcleos (palavra
mais importante) do predicado, assim teremos os Predicados Verbais, com a seguinte estrutura:

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 4
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

Esse é o esquema básico, e nada impede de haver adjunto adverbial e complemento nominal
em todos eles.
Falta apenas um tipo de verbo: o de ligação.
Veja a frase 6: O candidato estava tranquilo.
O termo tranquilo à à à à Oà à à à à à à à à
àOà à à à à à à à à à à à à à à verbo
de ligação, e o termo que caracteriza o sujeito é chamado de predicativo.
O predicativo serve normalmente para caracterizar o sujeito e por isso se flexiona de acordo
à à“ à à à à à à à à à àáà à à
de um predicativo em relação ao sujeito damos o nome de Concordância Nominal. Na gramática,
há um capítulo só para a concordância nominal, e a flexão do predicativo em relação ao sujeito é
um dos pontos principais, mas isso veremos em nossas próximas aulas.
O predicativo sempre será núcleo do predicado, por causa disso seu predicado é chamado de
Predicado Nominal, com a seguinte estrutura:

O predicativo não ocorre somente no predicado nominal, ele também pode fazer parte do
predicado verbo-nominal; e isso será visto adiante. Por enquanto, é importante entender a
seguinte estrutura:

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 5
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

Concordância verbal
Regência verbal
1. O candidato realizou a prova.
VTD + OD
2. duvidou do gabarito.
VTI + OI
3. enviou recursos à banca examinadora. Predicado
VTDI + OD + OI
Verbal
Regência nominal
4. tem certeza de sua aprovação.
VTD + OD + CN
5. viajou.
VI
6. estava tranquilo. Predicado
VL + predicativo Nominal
Concordância nominal

Sujeito Predicado

É muito importante perceber que entre os termos básicos acima, não há vírgula.
Vamos praticar um pouco?!!!

1. (Marinha / EFOMM Oficial 2016)


Assinale a opção em que a expressão sublinhada NÃO cumpre a função de sujeito.
a) Nunca imaginei, entretanto, que chegaria um dia em que a pipoca iria me fazer sonhar.
b) Pois o fato é que, sob o ponto de vista do tamanho, os milhos da pipoca não podem (...)
c) E algo inesperado na minha mente aconteceu.
d) Terminado o estouro alegre da pipoca, no fundo da panela ficam os piruás (...)
e) (...) mas o fato é que houve alguém que teve a ideia de debulhar as espigas (...)
Comentário àN à àá à à à à à à à à à
N à àB à à à à à à à à à à
N à àC à à à à à à à à

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 6
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

N à àD à à à à à à à à
A alternativa (E) é a que devemos marcar, pois veremos na aula de concordância que o
à à à à à à à à à à à à àá à à à à
objeto direto.
Gabarito: E

2. (Aeronáutica / EEAer Sargento CTA 2017)


Assinale a alternativa em que o pronome em destaque não exerce a função de sujeito simples.
a) Combinam com tudo que você vestir.
b) Agora é você quem decide seu futuro.
c) Você nunca mais vai trabalhar nesta cidade.
d) Versatilidade no tamanho que você esperava.
Comentário àN à àá à à à à à à à àC à à à à à
à à à àD à à à à à
P à à à B à à à à à à à à à à à o de
à à à à à à à à à à
Gabarito: B

3. (Aeronáutica / CIAAR Primeiro-Tenente 2016)


C à à à à à àF àE àB à à à à àF àá à
lutaram àI à
Indique a frase a seguir cujo verbo em destaque possui a mesma tipologia sintática do
sublinhado anteriormente.
a) Não conheço essa pessoa.
b) As crianças são inteligentes.
c) Os gatos corriam no telhado.
d) Eles precisam de nossa ajuda.
Comentário: Na frase do pedido da questã à à à à à à à à à
à à à Cerca de 25 mil soldados da Força Expedicionária Brasileira além de homens da
F àá à à à à à à àI àá à à à à à à
intransitivo. Dessa forma, devemos encontrar uma alternativa que apresente um verbo
intransitivo.
N à àá à à à conheço à à à à à essa pessoa à à à à
N à àB à à à são à à à à à à à inteligentes à à àpredicativo.
N à àD à à à precisam à à à à à à à de nossa ajuda à à à
objeto indireto.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 7
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

á à à à Cà à à à à Os gatos à à à à corriam à à à
à à no telhado à à à à al de lugar.
Gabarito: C

4. (Aeronáutica / CIAAR Primeiro-Tenente 2016)


“ à à à à à à à à à à à à à
a) nocivo a pessoas cardíacas.
b) concordou em ir à rodoviária.
c) concordará com os seus pais.
d) estava ansioso para o concerto.
Comentário à N à à à à à à à à à à à à
à à à àá à à à à à à à à
também possua regência nominal.
A alternativ à á à à à à à à à à à à à
à à à
áà à Bà à à à à à à à à à à
à à à à à à à à à à à à à à à à à

áà àCà à à à à à à à à à à à
à à
áà à Dà à à à à à à à à à à à
complement à à à à
Bom, neste caso, há duas alternativas possíveis. Assim, devemos encontrar uma que se
à à à à à à à à à à à à à àC à à
alternativa (A) foi a única que possui um caso de regência nominal, em que o nome exigiu tal
preposição, esta é a correta.
Gabarito: A

5. (Exército / EsPCEx Cadete 2016)


Marque a alternativa em que os termos do período foram escritos na ordem direta.
[A] Em canoa furada eu não embarco.
[B] Sempre lutamos com os mesmos objetivos na educação.
[C] Todos os anos, a cena repetia-se na escola.
Dà N à à à à à à à à à à
[E] Um grande incêndio reduziu a floresta a cinzas mês passado.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 8
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

Comentário: Sabemos que a ordenam natural dos termos é sujeito, verbo, complemento verbal e
adjunto adverbial.
áà àá àBà àCà à à à à à à E à à à
“ à à T à à à à à à à
A alternativa (D) está errada, po à à à à à à à à à à à à à
à à à
áà àEà à à à à à à U à à à à à à à à
à à à à à à à à à à à à à à à à à
à à à à à à à à
Gabarito: E

2 VERBO INTRANSITIVO

Cabe agora aprofundarmos um pouco mais na relação dos termos para entendermos
melhor a pontuação. Para isso, vamos ver a aplicação do verbo intransitivo.
Intransitivo: Verbo que não exige complemento verbal.
Adoeci.
Fui à praia.
verbo intransitivo adjunto adverbial de lugar
predicado verbal

Na realidade, há dois tipos de verbos intransitivos.


O primeiro diz respeito àquele que não exige nenhum termo que complemente seu sentido,
à á à J à à U à à àE à à à à à
termo que os complete. Esse tipo de intransitividade mostra que o verbo por si só já transmite o
sentido necessário; podendo o autor acrescentar termos acessórios para transmitir mais clareza ou
à à à à à à à á à por causa do mau tempo à J à à
anteontem à à U à à àaqui à
Por outro lado, existe a intransitividade que necessita de um termo que produza sentido. Se
alguém diz que vai, tem que dizer que vai a algum lugar. Se alguém diz que voltou, tem que
continuar a fala mostrando de onde voltou. Por isso muita gente confunde esse tipo de
intransitividade com a transitividade indireta; mas há uma diferença muito grande, pois o termo
que completa o sentido deste tipo de intransitividade transmite normalmente circunstâncias de
lugar ou modo. Veja:
Vou a São Paulo. Vim de Manaus. Estou bem.
O objeto indireto apenas completa o sentido do verbo, ele não transmite valores
à à à à à à à à à à à à à“ àP à
àM à à àQ à à à à à à à à à ou modo, faz-se a
à O à C à ààá à à à àà àà àà àà

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 9
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

adjuntos adverbiais, que são demonstrados em sua maioria no uso das preposições, as quais serão
enfatizadas a seguir. Didaticamente, podemos dividir o adjunto adverbial em dois tipos:

3 ADJUNTO ADVERBIAL

Adjunto adverbial solto: O problema ocorreu, naquela tarde de sábado.


Adjunto adverbial preso: Eu estou bem.
Eu estou em São Paulo.
Eu vim de São Paulo.

Caro aluno, esta divisão dos adjuntos adverbiais é apenas didática, não é cobrada em prova
dessa forma, mas entendermos isso é importante para a pontuação. Veja que não é comum
vermos vírgula separando adjuntos adverbiais presos, como as três últimas frases. Já com o
adjunto adverbial solto, é natural inserir a vírgula. Veja:
O problema ocorreu, naquela tarde de sábado.
Adjunto adverbial: É o termo que modifica o verbo, o adjetivo ou o advérbio, atribuindo-
lhes uma circunstância qualquer. Abaixo listei para você o nome da palavra (morfologia) e a função
que esta palavra desempenha na oração (sintaxe).

morfologia artigo+substantivo verbo advérbio de


intensidade

Os atletas correram muito.


sintaxe adj adn + núcleo verbo adjunto
intransitivo adverbial de
intensidade
sujeito predicado verbal
período simples

morfologia pronome + verbo + adjetivo


substantivo advérbio
de intensidade

Seu projeto é muito interessante.


sintaxe adj adn + núcleo VL + adj Predicativo do
adverbial sujeito
de intensidade
sujeito predicado nominal
período simples

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 10
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

Observações:
a) O adjunto adverbial pode ser representado por um advérbio, uma locução adverbial ou
um pronome relativo (que será visto nas próximas aulas).
Deixei o embrulho aqui. (advérbio)
À noite conversaremos. (locução adverbial)
A empresa onde trabalhei faliu. (pronome relativo)

b) Pode ocorrer elipse da preposição antes de adjuntos adverbiais de tempo e modo:


Aquela noite, ela não veio. (Naquela noite)
Domingo ela estará aqui. (No domingo)
Ouvidos atentos, aproximei-me da porta. (De ouvidos atentos)

1.3.1 Valores das locuções adverbiais

Principais valores das locuções adverbiais, a depender da preposição e das locuções


prepositivas nocionais:

1. assunto:
sobre: conversar sobre política; falar sobre futebol.
quanto a: Não nos expressamos quanto à fatalidade do acidente.

2. causa:
a: morrer à fome; acordar aos gritos das crianças; voltar a pedido dos amigos.
ante: Ante os protestos, recuou da decisão. P à à à à à à à àD -se
ante a, ante o, e não *ante à, *ante ao.)
com: assustar-se com o trovão; ficar pobre com a inflação.
de: morrer de fome; tremer de medo; chorar de saudade.
devido a: Encontrou seu futuro, devido a muito esforço.
diante de: Diante de tais ofertas, não pude deixar de comprar.
em consequência de: Em consequência de seu estudo eficaz, passou em primeiro lugar.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 11
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

em virtude de: Em virtude de muitas vaias, o show foi interrompido.


em face de: O que o salvou, em face do perigo, foi sua habitual calma. (em virtude de)
graças a: Graças ao estudo, passou no concurso.
por: encontrar alguém por uma coincidência; foi preso por vadiagem
Esta preposição também pode ser entendida como em favor de: morrer pela pátria; lutar
pela liberdade; falar pelo réu. Assim, não deixa de possuir valor causal.

3. companhia:
com: ir ao cinema com alguém; regressar com amigos.

4. concessão (contraste, oposição)


apesar de: Foi à praia apesar do temporal.
Obs.: Ocorre quando há uma oposição em relação ao verbo. Não se vai, normalmente, à
praia em dia de temporal.
com: Com mais de 80 anos, ainda tem planos para o futuro.
malgrado: Malgrado a chuva, fomos ao passeio.

5. condição:
Sem: Sem o empréstimo, não construiremos a casa.

6. conformidade:
a: puxar ao pai; escrever ao modo clássico; sair à mãe.
conforme: Agiu conforme a situação.
por: tocar pela partitura; copiar pelo original.

7. lugar:
a: (destino - em correlação com a preposição de): de Santos a Guarujá; daqui a Salvador.
Obs.: Usa-se indiferentemente à/na página. Ex.: A notícia está à/na página 28 do jornal.
Usa-se ainda a páginas, mas não as páginas ou às páginas. Ex.: A notícia está a páginas 28 do
jornal.
ante: A verdade está ante nossos olhos;
até: indica o limite, o término de movimento, e, acompanhando substantivo com artigo
(definido ou indefinido), pode vir ou não seguida da preposição a:
Caminharam até a entrada do estacionamento.
ou
Caminharam até à entrada do estacionamento.
de: (relação de origem): vir de Madri.
desde: dormir desde lá até cá.
em: (estático): ficar em casa; o jantar está na mesa.
Observação:
O uso da prepos à em à à à à à à à à
coloquialidade (o que deve ser evitado na norma culta): chegar em casa, ir no supermercado,
voltar na escola, levar as crianças na praia, dar um pulo na farmácia, etc. O correto é: chegar a
casa; ir ao supermercado; voltar à escola; levar as crianças à praia; ir à farmácia.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 12
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

defronte: Ela mora defronte à igreja.


em frente a: Em frente à escola estava ele.
entre: os Pireneus estão entre a França e a Espanha; ficar entre os aprovados.
para: ir para Madri; apontar o dedo para o céu.
perante: (posição em frente); perante o juiz, negou o crime. [Não use à à à
à à àD à à à à O correto é àD à à à à
à à
por: ir por Bauru, morar por aqui.
sob: (posição inferior): ficar sob o viaduto.
sobre: (posição superior): o avião caiu sobre uma lavoura de arroz; flutuar sobre as ondas;
(direção): ir sobre o adversário.
trás: no português atual, a preposição trás não é usada isoladamente; atua, sempre, como
à à à à à à à para trás à à por trás à ficar para trás, chegar
por trás à à à à à à à (ficar por trás do muro).

8. modo:
a: bife à milanesa; jogar à Telê Santana.
com: andar com cuidado; tratar com carinho.
de: olhar alguém de frente, ficar de pé.
em: ir em turma, em bando, em pessoa; escrever em francês.
por: proceder à chamada de alunos por ordem alfabética; saber por alto o que aconteceu.
sem: indica a relação de ausência ou desacompanhamento: estar sem dinheiro;
sob: sair sob pretexto não convincente.

9. tempo:
com: (simultaneidade): o povo canta, com os soldados, o Hino Nacional; com o tempo os
frutos amadurecem.
de: dormir de dia, estudar de tarde, perambular de noite; de pequenino é que se torce o
pepino.
desde: desde ontem estou assim.
em: fazer a viagem em quatro horas; o fogo destruiu o edifício em minutos, no ano 2000.
entre: ela virá entre dez e onze horas.
para: ter água para dois dias apenas; para o ano irei a Salvador; lá para o final de
dezembro viajaremos.
por: estarei lá pelo Natal; viver por muitos anos; brincar só pela manhã.
sob: houve muito progresso no Brasil sob D. Pedro II.
Muitas vezes, numa locução, a preposiç à a à à à à à à à à à
acarrete prejuízo de construção ou de significado. Eis alguns exemplos: à/com exceção de, a/ em
meu ver, a/com muito custo, em frente a/de, rente a/com, à/na falta de, a/em favor de, em torno
a/de, junto a/com/de.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 13
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

6. (Aeronáutica / CIAAR Primeiro-Tenente 2016)


As expressões destacadas a seguir apresentam função modificadora em relação ao termo que
modificam. Dentre tais expressões, apenas uma delas possui expressão semântica diferente
das demais, indique-a:
a) áà à à à àno mundo todo à à
b) Na Inglaterra à à à à à à à à à à
c) à à à àao lado do presidente francês François Hollande à
d) M à à à à à nos dias seguintes, vítimas de queimaduras e radiação
à
Comentário: A questão mostra que os termos grifados são adjuntos adverbiais. Três possuem a
mesma circunstância e uma só tem sentido diferente, a qual devemos marcar.
As alternativas (A), (B à à C à à à à à à à à à ,
Na Inglaterra à à à à à à àF àH . Já a alternativa (D) apresenta
à à à à à à à . Assim, é esta a alternativa a ser marcada.
Gabarito: D

7. (Marinha / EFOMM Oficial 2016)


Fragmentos do texto: Imagino que a pobre pipoca, fechada dentro da panela, lá dentro
ficando cada vez mais quente, pense que sua hora chegou: vai morrer. De dentro de sua
casca dura, fechada em si mesma, ela não pode imaginar destino diferente. Não pode
imaginar a transformação que está sendo preparada. A pipoca não imagina aquilo de que ela
é capaz. Aí à à à à à à à à à à à à à à à
ela aparece como uma outra coisa, completamente diferente, que ela mesma nunca havia
sonhado. (...)
Lembrei-me do sentido religioso da pipoca. A pipoca tem sentido religioso? Pois tem.
Para os cristãos, religiosos são o pão e o vinho, que simbolizam o corpo e o sangue de Cristo,
a mistura de vida e alegria (porque vida, só vida, sem alegria, não é vida...). Pão e vinho
devem ser bebidos juntos. Vida e alegria devem existir juntas. Lembrei-me, então, de lição
que aprendi com a Mãe Stella, sábia poderosa do candomblé baiano: que a pipoca é a comida
sagrada do candomblé...
As expressões sublinhadas estabelecem uma noção de tempo, EXCETO a que aparece na
opção
a) De vez em quando eu até me até atrevo a cozinhar

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 14
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

b) Entretanto, dias atrás, conversando com uma paciente, ela mencionou a pipoca.
c) Lembrei-me, então, de lição que aprendi com a Mãe Stella, sábia poderosa do candomblé
(...)
d) Aí, sem aviso prévio, pelo poder do fogo, a grande transformação acontece: pum!
e) Repentinamente os grãos começaram a estourar, saltavam da panela com uma enorme
barulheira.
Comentário à F à à à à à à à à à D à à à à
à
T à à à à à à R à à tância de
modo, não de tempo. Note a pergunta: os grãos começaram a estourar como? A resposta é

I à à à à à à à à à à à à à à à
possamos entender que as ações que eles iniciam após a ocorrida na oração anterior, podendo
à à àV
A pipoca não imagina aquilo de que ela é capaz. Depois disso, sem aviso prévio, pelo poder do
fogo, a grande transformação acontece: pum!
Lembrei-me, depois disso, de lição que aprendi com a Mãe Stella, sábia poderosa do candomblé
(...)
Assim, confirmamos que a alternativa a ser marcada é a (E).
Gabarito: E

8. (Exército / EsPCEx Cadete 2015)


Leia a frase abaixo e assinale a alternativa que traduz, na sequência em que aparecem, as
circunstâncias grifadas.
Num átimo, cessou de todo o ruído das vozes e ele entrou a falar à vontade, calma e
decididamente
[A] tempo - intensidade - modo - modo - modo
[B] modo - inclusão - explanação - modo - modo
[C] tempo - intensidade - intensidade - modo - modo
[D] modo - intensidade - intensidade - modo - modo
[E] realce - intensidade - modo - afetividade - modo
Comentário à áà à à à àá à à à à à à
à à àá à à à à àadjunto adverbial de tempo.
áà à à à à à à à à à à à
como modo, mas as alternativas não deixam dúvida, ao só inserir as circunstâncias de intensidade
ou inclusão. Assim, cabe intensidade.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 15
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

A exp à à à à à à à à à à à à
Veja que podemos fazer a seguinte pergunta ao verbo: falar como?
Portanto, a alternativa (A) é a correta.
Gabarito: A

Vimos os valores semânticos dos adjuntos adverbiais e exercitamos, agora verificaremos a


pontuação.

1.3.2 P

É marcante nos adjuntos adverbiais a sua mobilidade posicional, pois este termo pode
movimentar-se para o início, para o meio ou para o fim da oração. Essa mobilidade é percebida nos
termos soltos, os quais não são exigidos pelo verbo, mas apenas ampliam o contexto com a
circunstância. Isso é notado principalmente nos advérbios de lugar, tempo e modo; nos advérbios
que modificam toda a oração (e não somente um termo); e nas locuções adverbiais:

O custo de vida é bem alto em Brasília.


Esta locução adverbial de lugar
Em Brasília, o custo de vida é bem alto. não é exigida pelo verbo, por
O custo de vida, em Brasília, é bem alto. isso se considera um termo
solto, o qual pode receber
O custo de vida é bem alto, em Brasília. vírgula. Compare com a
seguinte.

Prefeitos de várias cidades foram a Brasília. Esta locução adverbial de


A Brasília prefeitos de várias cidades foram. lugar é exigida pelo verbo,
por isso não se considera
Prefeitos de várias cidades a Brasília foram. termo solto, ela pode se
mover na oração, mas não
recebe vírgula.

Naturalmente, você já percebeu o problema.


Os advérbios referem-se a
Sim, eu sei. toda a oração.

Quando a locução adverbial solta (adjunto adverbial) for de grande extensão e estiver
antecipada da oração ou no meio dela, a vírgula será obrigatória. Se estiver no final, a vírgula será
facultativa.
Antes da última rodada, o time já se dizia campeão.
O time, antes da última rodada, já se dizia campeão.
O time já se dizia, antes da última rodada, campeão.
O time já se dizia campeão, antes da última rodada.
O time já se dizia campeão antes da última rodada.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 16
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

9. (Exército / EsPCEx 2013)


N à à áà gnação gótico, na literatura, associa- à à à à áà
à à à à à à à à à à à à
a) adjunto adverbial deslocado.
à à à à
c) vocativo no meio da oração.
d) adjunto adverbial de assunto.
e) complemento pleonástico.
Comentário: Vimos que o adjunto adverbial deslocado e de pequena extensão pode ser separado
à à à à à à à à à àá à à à à à à
(A).
Gabarito: A

4 PALAVRAS DENOTATIVAS

Há palavras semelhantes aos advérbios, mas que não constituem circunstâncias. São as
chamadas palavras denotativas. Veja algumas importantes.
1. Designação: eis:
Eis o homem!
Esta construção admite que o substantivo posterior seja substituído pelo pronome oblíquo
átono o, na forma Ei-lo!

2. Exclusão: exceto, senão, salvo, menos, tirante, exclusive, ou melhor etc.


Voltaram todos, menos André.
Roubaram tudo, salvo o telefone.

3. Limitação: só, apenas, somente, unicamente:


Só Deus é imortal. Apenas um livro foi vendido.
A possibilidade de cobrança em prova é na interpretação de texto. Quando se inserem as
palavras só, somente, apenas; há o recurso textual chamado palavra categórica. Ele transmite uma
ideia veemente do autor, que não abre caminhos para outra possibilidade. Isso dirige a
interpretação de texto. Veja:
Só o rico ganha. O dinheiro chega apenas à classe nobre.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 17
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

Compare com as estruturas sem essas palavras categóricas:


O rico ganha. O dinheiro chega à classe nobre.
Naturalmente, você observou que o sentido mudou significativamente. Na prova
normalmente o texto sugere algo de maneira geral, com a segunda construção. Já, na
interpretação de texto, a banca inclui a palavra categórica para o candidato perceber o erro.

4. Explicação, explanação ou exemplificação: a saber, por exemplo, isto é, como, ou melhor


etc.
Eram três irmãos, a saber, Pedro, Antônio e Gilberto.
Lá, no inverno, usa-se roupa pesada, como sobretudo e poncho.
Os elementos do mundo físico são quatro, a saber: terra, fogo, água e ar.
Esses valores são normalmente separados por vírgula ou dois-pontos. Pode-se ter em mente
que, quando se explica, quer-se ratificar, confirmar argumentos; então isso pode ser cobrado
numa interpretação de texto ou no uso da pontuação.

5. Inclusão: mesmo, além disso, ademais, até, também, inclusive, ainda, sobretudo, aliás etc.
Até o professor riu-se. Ninguém veio, mesmo o irmão.
I - Costumam-se ficar entre vírgulas as estruturas além disso, também, inclusive, ainda.
Normalmente a banca insere apenas uma das vírgulas e isso torna o texto errado.
Ele disse, inclusive que não viria hoje. (errado)
Ele disse, inclusive, que não viria hoje. (certo)

II Cumpre lembrar que não se pode confundir o valor de mesmo (inclusão), mesmo
(pronome demonstrativo de valor adjetivo), advérbio de afirmação/certeza e valor de
concessão/contraste.
O primeiro não se flexiona e pode ser substituído por até, inclusive:
Mesmo ela realizou as atividades.
O segundo flexiona-se e diz respeito a um reforço reflexivo, equivalendo a sozinha:
Ela mesma realizou as atividades.
O terceiro não se flexiona e serve para ratificar, confirmar uma ação, equivalendo-se a sim,
com certeza:
Ela realizou mesmo as atividades.
O quarto será visto mais detidamente nas orações subordinadas adverbiais concessivas. Ele
transmite contraste e faz subentender a conjunção embora, apesar de:
Mesmo sem falar, todos entenderam sua reprovação às opiniões.

6. Retificação: aliás, ou melhor, isto é, ou antes etc.


Comprei cinco, aliás, seis livros. Correu, isto é, voou até nossa casa.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 18
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

Para a banca é importante notar a ideia de correção ao que foi dito anteriormente e por isso
à à à à à à àN à à à à à à à à à
como explicação (ratificação), por isso deve-se ter muito cuidado com o contexto.

7. Situação: mas, então, pois, afinal, agora, etc.


Mas que felicidade. Então duvida que se falasse latim?
Pois não é que ele veio. Afinal, quem tem razão?
Posso mostrar-lhes o sítio; agora, vender eu não vendo.
áà à à à à à M à E à à P à à à à à à
oposição, conclusão e explicação, respectivamente. Pode-se notar claramente que não; estes
vocábulos apenas motivam o início do discurso, à à à à à H à
à à

8. Expletivo e realce: é que; lá, cá, só, ora, que, mesmo, embora.
Nós é que somos brasileiros. Eu sei lá!
Eu cá me arranjo. Vejam só que coisa!
Ora, decidamos logo o negócio. Oh! Que saudades que tenho!
É isso mesmo. Vá embora!
Normalmente as palavras expletivas ocorrem por motivo de ênfase e estilo; mas o vocábulo
à à à à à à à à à à à à à
entendida como conclusão.

9. Afetividade: felizmente, infelizmente, ainda bem:


Felizmente não me machuquei.
Ainda bem que o orador foi breve!

10. (Aeronáutica / EEAer Sargento CTA 2017)


Leia as frases:
I. Gostava de doces caramelizados da doçaria de Dona Dalva.
II. No shopping, vigiava-a com a discrição de um investigador profissional.
III. Entre livros e cadernos velhos, na estante, encontrou um bilhete da antiga namorada.
IV. Lembrava-se ainda do período de sua infância vivida naquela cidadezinha do interior do
Brasil.
Há objeto direto nas sentenças
a) I e IV

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 19
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

b) II e III
c) I e III
d) II e IV
Comentário àN à àI à à à à à à à à à à à à à
é o objeto indireto.
N à àII à à à à à à à à à à à à à
N à àIII à à à à à à à à à à à à à à à
objeto direto.
N à àIV à à à L à à à à à à à à à à à à
é o objeto indireto.
Como somente as frases II e III apresentam objeto direto, a alternativa correta é a (B).
Gabarito: B

11. (Aeronáutica / EEAer Sargento EAGS 2017)


Em que alternativa o pronome oblíquo em destaque tem função de objeto direto?
a) Rogo-te que fiques, meu pai!
b) Desesperada, a mãe confiou-nos a segurança de seu filho.
c) Qualidades não lhe faltavam para merecer o reconhecimento.
d) Ah! Quanta beleza! Por isso olhavam-na com tanta admiração.
Comentário àN à àá à à à R à à à à à à à à à à
à à à à à à à à à à à
N à àB à à à à à à à à à à à à à à
à à à à à à à à à
N à à C à à à à à à à à à à à à à à
indireto.
áà àDà à à à à à à à à à à à à à à à à
objeto direto.
Gabarito: D

12. (Exército / EsPCEx 2013)


Assinale a alternativa que contém um complemento verbal pleonástico.
a) Assistimos à missa e à festa.
b) As moedas, ele as trazia no fundo do bolso.
c) Deste modo, prejudicas-te e a ela.
d) Atentou contra a própria vida e dos passageiros.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 20
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

e) Técnica e habilidade sobram-lhe e aos adversários.


Comentário: Vimos que a composição do complemento verbal pleonástico ocorre com o
complemento normalmente separado por vírgula¹, e em seguida há o pronome com a mesma
função², referenciando esse termo anterior.
Assim, a alternativa correta é a (B).
As moedas¹, ele as² trazia no fundo do bolso.
N à à à à à à à à à à à à à à à à à
à à à à à à à à à à à à à
N à à á à à à á à à à à à à à à à à à
à à à à à
N à à B à à à à à à à D à à à à à
à à àá à à à à à à à à à àá à à à ém
prejudica alguém. Neste contexto, alguém prejudica a si mesmo e a outra pessoa.
Oà à à à à à à à à à à à à à à à à
Oà à à à à à à à à à à à à ção. Por isso,
o segundo termo é objeto direto preposicionado.
N à àD à à à á à à à à à à à à à à
à à à à à à à
N à à E à à à à à à à à à à à à à
à à à à à
Gabarito: B

5 OBJETO DIRETO E OBJETO INDIRETO

Objeto direto
Vimos que esse termo é o complemento de um verbo transitivo direto. Ele tem como núcleo
um substantivo ou palavra de valor substantivo.
Perdi os documentos.
N à à à à à à à à à à à à à à à à
um substantivo. O objeto direto se apresenta de diferentes formas.
I - Objeto direto pleonástico: Normalmente, por uma questão de ênfase, antecipa-se o
objeto, colocando-o no início da frase, e depois é repetido por meio de um pronome oblíquo
átono. A esse objeto repetido damos o nome de objeto pleonástico ou enfático. É muito comum
essa construção no diálogo, como um meio de o interlocutor retomar a fala do outro, emendando
a sua postura diante do fato:
- O que você acha desta roupa?
- Essa roupa, ninguém a quer.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 21
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

áà à E à à à à à à à à à à à à à à à
Neste caso, ocorre a vírgula.
II - Objeto direto preposicionado: aquele cuja preposição não é exigência do verbo, que é
transitivo direto, mas ocorre por ênfase, para se evitar ambiguidade ou por necessidade do próprio
complemento.
Amo a Deus. (ênfase)
Cumpri com a minha palavra. (ênfase)
Ele puxou da espada. (ênfase)
Aos mais desfavorecidos atingem essas medidas. (para evitar ambiguidade)
Ninguém entende a mim. à à à mim
Note que os verbos amar, cumprir, puxar, atingir e entender não regem preposição,
porque são transitivos diretos. Normalmente as provas perguntam se foram esses verbos que
exigiram a preposição, mas nesses casos não foram eles que a exigiram.
Nos três primeiros exemplos, perceba que pode haver a seguinte estrutura oracional: Amo
Deus; Cumpri a minha palavra; Ele puxou a espada. A inserção da preposição, então, não foi
exigida pelo verbo, ela apenas enfatiza o complemento.
N à à à à à à à à A à à à à à Aos mais
desfavorecidos à à à r teria dificuldade em identificar o sujeito (Essas medidas
atingiram os mais desfavorecidos ou os mais desfavorecidos atingiram essas medidas?). Essa
dupla possibilidade de interpretação é chamada de ambiguidade. Numa situação formal, deve-se
evitar essa ambiguidade para que o texto seja o mais claro possível.
No último exemplo, tem- à à à à à à à“ à à à à
à à à à à à à àI à à à à à à à
III - Objeto direto interno (ou cognato):
Foi visto que verbos intransitivos são aqueles que, por terem sentido completo, não
reclamam um complemento (objeto). É comum, no entanto, o emprego desses verbos com um
objeto, representado por um substantivo da mesma área semântica do verbo. Muitas vezes, o
complemento tem o radical do verbo:
Ele vive uma vida feliz. Dormi o sono dos justos.
O àsonhos mais lindos sonhei Eàrir o meu riso
Essas estruturas são admissíveis em composições de canções, poemas ou prosas com fundo
literário. Numa linguagem objetiva, com fundamentação argumentativa, essa construção deve ser
evitada.
IV O à à à à à à à à à à à à à
cumprem a função sintática de objeto direto: Comprei um carro (comprei-o.).
Objeto indireto
Complemento de um verbo transitivo indireto.
Necessitamos de apoio.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 22
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

Ele pode também ser pleonástico: repetição, por meio de um pronome oblíquo, do objeto
indireto.
Ao amigo, não lhe peça tal coisa.
áà à Ao amigo à à à à à à à à lhe à à à à à
pleonástico. Neste caso, a vírgula é obrigatória.
Oà à à à à à à à à à à à à
função sintática de objeto indireto:
Obedeço ao chefe (Obedeço-lhe).

13. (Marinha / EAM Marinheiro 2018)


E à E à à à à à à à à à à -se à má qualidade do
transporte público no Brasil, ao aumento da renda média do brasileiro nos últimos anos, à
redução de impostos por parte do Governo Federal sobre produtos industrializados[... à à
emprego das vírgulas justifica-se por:
(A) isolar adjuntos adverbiais.
(B) separar vocativo.
(C) introduzir oração adverbial concessiva.
(D) separar aposto enumerativo.
(E) separar termos de mesma função sintática.
Comentário à Oà à à à qualidade do transporte público no Brasil, ao aumento da renda
média do brasileiro nos últimos anos, à redução de impostos por parte do Governo Federal sobre
à à à à à à à à à à à à à à
vírgula. Assim, as vírgulas separam termos de mesma função sintática e a alternativa (E) é a
correta.
Gabarito: E

14. (Marinha / CFN Fuzileiro Naval 2017)


N à à V à à à à à à- linha 19 o complemento do verbo e termo
acessório são, respectivamente,
(A) objeto direto e objeto indireto.
(B) adjunto adverbial e complemento nominal.
(C) objeto direto e complemento nominal.
(D) objeto direto e adjunto adverbial.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 23
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

(E) objeto indireto e pronome demonstrativo.


Comentário àOà à V à à à à à à à à à à à à
Oà à à à à à à à à à à à à à à
lugar.
Assim, a alternativa correta é a (D).
Gabarito: D

15. (Aeronáutica / EEAer Sargento CTA 2017)


Assinale a frase em que o termo destacado não é objeto indireto.
a) Comparo o trabalho do professor com o mais precioso dos tesouros.
b) A veiculação de informações implica responsabilidade, e muitos não atentam para isso.
c) Não compete a vocês emitir opinião no que não lhes diz nenhum respeito.
d) Aos astros prometeu ele uma recompensa pela graça almejada.
Comentário àN à à á à à à C à à à à à à à à à
à à à à à à à à à à com o mais precioso dos tesouros à à à à
indireto.
áà à Bà à à à à à à à à à à à à à
à à de informações
N à àC à à à à à à à à a vocês à à objeto indireto.
N à à D à à à à à à à à Aos astros à à à à
indireto.
Gabarito: B

16. (Aeronáutica / EEAer Sargento EAGS 2017)


Oà à à à à à à à à à à à à adir
Viena, na Áustria. Durante a madrugada, deram o alarme, e o exército local conseguiu evitar
a invasão. Então o imperador da Áustria pediu aos padeiros que fizessem um pão que
tornasse o fato inesquecível. Assim nasceu o croissant, representando a lua crescente do
estandarte otomano
Possui função de objeto indireto, no texto acima, o termo
a) na Áustria.
b) aos padeiros.
c) o exército local.
d) do estandarte otomano.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 24
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

Comentário àáà à à à àB à à à à à à à à à nsitivo direto e


à à à à à à à à à à à à à à à à à
papel de objeto indireto.
N à à àã à à à à à à à à à à à à à à à
à à à à à à à à
Gabarito: B

17. (Exército / EsSA Sargento 2016)


Destaque a alternativa em que o termo sublinhado seja um objeto indireto:
A) Vou descobrir mundos.
B) Já tenho seis gatos em casa
C) Não recebo dinheiro há muito tempo.
D) Não quero que fiques triste.
E) Cantava para os amigos.
Comentário à N à à á à à à à à à à à à à à à
transitivo direto.
N à à B à à à à à à à à à à à à à transitivo
direto.
N à à C à à à à à à à à à à à à à
direto.
N à àD à à à à à à à à à à à à à à à
à à à à
A àEà à à à à à à C à à à à à à à à
àá à à à à à à à à à à à à à à
indireto.
Gabarito: E

18. (Exército / EsSA Sargento 2016)


Assinale a alternativa que analisa correta, sintática e respectivamente os termos destacados
à à à P -te todos os documentos à
A) Pronome oblíquo sujeito
B) Objeto direto objeto indireto
C) Objeto indireto objeto direto
D) Objeto direto sujeito
E) Objeto indireto - sujeito

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 25
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

Comentário àN à à à à à à à à à à à à à à à
forçou o verbo a se flexionar no plural.
T à à à à à à à à à à à à àV à ordem natural
os termos sintáticos:
Todos os documentos pertencem-te.
Sujeito + VTI + OI
Gabarito: E

19. (Exército / EsPCEx Cadete 2015)


Assinale a oração em que o termo ou expressão grifados exerce a função de Objeto Indireto.
[A] Cumprimentei-as respeitosamente.
[B] Perderam-na para sempre.
[C] Amava mais a ele que aos outros.
[D] Eu culpo a tudo e a todos.
[E] Obedeceu-lhe prontamente.
Comentário à N à à á à à à à à à à à à à à pois o
à C à à à
N à à B à à à à à à à à à à à à à à
P à à à àN à à à à à à à à à à à à à
nasalização, que é ref à à à à à à à à à à à
N à àCà àD à à à á à à à à à à à à à
à à à à à à à à à à à à àá à à termos
à à à à à à à à à
áà à Eà à à à à à à à à à à à à à à
à à à O
Gabarito: E

6 ADJUNTO ADNOMINAL E COMPLEMENTO NOMINAL

Adjunto adnominal
Todo termo sintático da oração necessita de um núcleo, constituído de um substantivo ou
palavra de valor substantivo. Esse núcleo pode ser caracterizado, determinado, modificado,
especificado, restringido por um termo, chamado de adjunto adnominal.
Esse termo pode ser representado por:
1) um artigo: O carro parou.
2) um pronome adjetivo: Encontrei meu relógio.
3) um numeral adjetivo: Recebi a segunda parcela.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 26
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

4) um adjetivo: Tive ali grandes amigos.


5) uma locução adjetiva: Tenho uma mesa de pedra.
As nossas primeiras experiências científicas fracassaram.
artigo pronome numeral substantivo adjetivo verbo intransitivo
adjuntos adnominais núcleo adj adnominal
Sujeito predicado

Complemento nominal
Como vimos no início da aula, a transitividade não é privilégio dos verbos: há também
nomes (substantivos, adjetivos e advérbios) transitivos. Isso significa que determinados
substantivos, adjetivos e advérbios se fazem acompanhar de complementos. Esses complementos
são chamados de complementos nominais e são sempre introduzidos por preposição:
1) complemento nominal de um substantivo:
Você fez uma boa leitura do texto.
sujeito VTD objeto direto complemento nominal
Predicado verbal

N à à à à leitura à à à à à à à ler à C à à à à à à
transitivo, o substantivo também fica transitivo.
Observe:
Você leu o texto.
sujeito VTD objeto direto
Predicado verbal
Compare: Júlia aproveitou o momento. (objeto direto)
Júlia tirou proveito do momento. (complemento nominal)

2) complemento nominal de um adjetivo:


Você precisa ser fiel aos seus ideais.
sujeito locução verbal de adjetivo na complemento nominal
ligação função de
predicativo
Predicado nominal
Q à à à à à à à à à à àá à à à à à à à à
necessita de complemento.

3) Complemento nominal de advérbio:


Você mora perto de Maria.
Sujeito verbo intransitivo advérbio na função de complemento
adjunto adverbial de nominal
lugar
Predicado verbal
N à à à à perto à à à à à perto de algo ou de alguém.
Podemos dizer que o complemento nominal é mais uma função substantiva da oração: nos casos
citados anteriormente, o núcleo dos complementos é um substantivo (texto, ideais, Maria).
Pronomes e numerais substantivos, assim como qualquer palavra substantivada, podem
à à àO à à à lhe à à à à à à
oração seguinte:

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 27
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

Não posso ser-lhe fiel: já empenhei minha palavra com outra pessoa.
(fiel a alguém)
Observe que o complemento nominal não se relaciona diretamente com o verbo da oração,
e sim com um nome que pode desempenhar as mais diversas funções.
A realização do projeto é necessária à população carente.
Adj. núcleo complemento VL predicativo do complemento nominal
Adn nominal sujeito
sujeito predicado nominal

É natural confundirmos, na estrutura sintática, os termos adjunto adnominal com o


complemento nominal. Assim, é necessário abordarmos a diferença entre eles para uma melhor
compreensão da sintaxe e da semântica.

6 Como distinguir o adjunto adnominal do complemento nominal

O adjunto adnominal formado por uma locução adjetiva pode ser confundido com o
complemento nominal. Normalmente não haverá dúvida, pois, segundo o que foi visto, o adjunto
adnominal é constituído de vocábulo de valor restritivo que caracteriza o núcleo do termo de que
faz parte. Já o complemento nominal é termo que completa o sentido de um nome. Há dúvida
quando os dois termos são preposicionados. Por exemplo:
A leitura do livro é instigante. A leitura do aluno foi boa.
Para percebermos a diferença, é importante passarmos por três critérios:

1º critério:
Adjunto adnominal: Complemento nominal:
O termo preposicionado caracteriza o O termo preposicionado complementa um
substantivo. substantivo, adjetivo ou advérbio.
á à à à à Estava cheio de problemas , M à à de você , logo no
primeiro à à à à à à à à à à à à à
à à à à à à à à à à

2º critério:
Adjunto adnominal: Complemento nominal:
O substantivo caracterizado pode ser concreto O substantivo complementado deve ser
ou abstrato. abstrato.
Sabendo-se que um substantivo abstrato normalmente é o nome de uma ação (corrida,
pesca) ou de uma característica (tristeza, igualdade) e que o substantivo concreto é o nome de um
à à à à à à à àN à à Trouxe copos de
vidro à Vi a casa de pedra à à à à à à à à à à à à
à à à à à à à ivamente.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 28
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

3º critério:
Adjunto adnominal: Complemento nominal:
O termo preposicionado é agente. O termo preposicionado é paciente.
Este último normalmente é o cobrado em prova. Se os termos abaixo sublinhados são
agentes, automaticamente serão os adjuntos adnominais. Se pacientes, serão complementos
nominais. Veja:
Adjuntos adnominais:
O amor de mãe é especial. (agente: a mãe ama)
A invenção do cientista mudou o mundo. (agente: o cientista inventou)
A leitura do aluno foi boa. (agente: o aluno leu)

Complementos nominais:
O amor à mãe também é especial. paciente: a mãe é amada)
A invenção do rádio mudou o mundo. (paciente: o rádio foi inventado)
A leitura do livro é instigante. (paciente: o livro é lido)

20. (Aeronáutica / EEAer Sargento EAGS 2018)


Os investimentos da iniciativa privada em saúde deveriam ser proporcionais aos lucros de
cada empresa.
Os termos destacados classificam-se, respectivamente, em:
a) complemento nominal - adjunto adnominal
b) adjunto adnominal - complemento nominal
c) adjunto adnominal - predicativo
d) predicativo - adjunto adnominal
Comentário àC à à à à à à à à à à à à
abstrato. Assim, já partimos para o terceiro critério.
N à à à à à em valor agente (a iniciativa privada investe). Assim, tal
termo preposicionado é o adjunto adnominal.
Oà à à à à àá à à à
Por isso, a alternativa correta é a (B).
Gabarito: B

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 29
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

21. (Aeronáutica / CIAAR Primeiro-Tenente 2017)


Indique se é verdadeiro (V) ou falso (F) o que se afirma sobre a função sintática das
expressões e dos termos grifados.
( ) N à à à àoportunidades para que você leia muitos textos literários
à Objeto direto
( ) U à à à àuma porção de letras impressas, até que o leitor se aproprie do que
à à à Predicativo do sujeito
( ) Oà desenvolvimento das competências profissionais dos educadores passa
necessariamente pela ampliação do universo de conhecimentos e pela reflexão sobre a
à à- Sujeito simples
( ) áà à à à à à à à à à à àda sua boca. Ou se eu a disser dentro
à à à à Adjunto adnominal
De acordo com as afirmações, assinale a sequência correta.
a) (V); (F); (V); (F).
b) (V); (V); (F); (F).
c) (F); (V); (V); (F).
d) (V); (F); (F); (V).
Comentário à áà à à à à à à à à à à à à
à à à à àdireto. Assim, já eliminamos a alternativa (C).
áà à à à àà à à à à à à à à à à à
à à à à é o predicativo. Assim, também eliminamos as alternativas (A) e
(D) e já sabemos que a alternativa correta é a (B).
C à à à à àE à à à à à à à à
apenas o núcleo do sujeito, mas a questão pede o sujeito, o termo completo. Por isso a banca não
admite esta identificação como a c àN à à à à à à à à das
à à à à à à à à
áà à à à à à à à à à à à à à à à
à à à
Gabarito: B

22. (Aeronáutica / EEAer Sargento CTA 2017)


Analise os termos em destaque e coloque AA para adjunto adnominal e CN para
complemento nominal. Em seguida, assinale a sequência correta.
( ) Um cordão de lâmpadas coloridas cortava a rua principal em ziguezague. (Ganymédes
José)
( ) Para que literatura? Para termos o direito ao sonho e a garantia da realidade. (Olga de
Sá)

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 30
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

( ) Sonho ser acessível e desejável para todos uma vida simples e natural, de corpo e de
espírito. (Albert Einstein)
a) AA, AA e CN
b) AA, CN e CN
c) CN, AA e AA
d) CN, CN e AA
Comentário à N à à à à à à à àá à à à de
lâmpadas à à à à àC à à à à àCà àD
N à à à à à à à à à à à à àá à à à
ao sonho à à à à
N à à à à à à à à à à à à à
Dessa forma, a alternativa correta é a (B).
Gabarito: B

23. (Aeronáutica / EEAer Sargento EAGS 2017)


Leia:
1 - A extinção de grandes áreas de vegetação no Brasil ocorre, em muitos casos, devido a
queimadas provocadas pelo próprio nativo.
2 - Durante o inverno, as pousadas de Maromba, Visconde de Mauá e Maringá ficam cheias
de turistas.
3 - A aldeia dos tupinambás fica perto da área litorânea para facilitar o contato com o mar.
Sobre os termos destacados acima, é correto afirmar que
a) há apenas dois complementos nominais.
b) há apenas dois adjuntos adnominais.
c) todos são complementos nominais.
d) todos são adjuntos adnominais.
Comentário àOà à à à à à à à de grandes áreas de vegetação à
tem valor paciente. Assim, conforme o critério número 3, tal expressão preposicionada é
complemento nominal.
A ex à de turistas à à à à àá à à à à à à
complemento nominal.
áà à da área litorânea à à à à àá à à à à
1, é complemento nominal.
Portanto, a alternativa (C) é a correta.
Gabarito: C

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 31
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

24. (Aeronáutica / EEAer Sargento EAGS 2017)


Leia:
I. A euforia e o calor daquela noite expulsaram da sala o silêncio.
II. Naquela noite, sob o calor da euforia, o silêncio partiu.
Os termos destacados, nos textos acima, são, na sequência,
a) adjunto adnominal / adjunto adnominal.
b) adjunto adverbial / adjunto adnominal.
c) adjunto adnominal / adjunto adverbial.
d) adjunto adverbial / adjunto adverbial.
Comentário à N à àIà à à à à à à à à à
Assim, é o adjunto adnominal.
N à àII à à à N à à à à à à à
Assim, a alternativa (C) é a correta.
Gabarito: C

25. (Aeronáutica / CIAAR Primeiro-Tenente 2016)


A mesma classificação sintática do termo destacado a seguir: E à à à à à
desvendaria os segredos do céu àpode ser identificada também em:
à F àao cinema à
à F àao lado da igreja
à F à à à àdo hospital
à E à à àde uma grande área industrial
Comentário àáà à à à à à à à à àá à à
ter dúvida entre tal expressão ser um complemento nominal ou adjunto adnominal.
Como vimos no critério 3, quando o termo preposicionado se liga ao substantivo abstrato,
se tal termo tiver valor de agente, será adjunto adnominal; se tiver valor paciente, será
complemento nominal.
C à à à à à à à à à à à à à à à à à
adjunto adnominal.
Portanto, devemos encontrar uma alternativa que apresente adjunto adnominal.
N à àá à à à ao cinema à à à à à à àL -se de que
à à à à à à à à F à F à aonde? A resposta é
justamente o à à

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 32
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

N à àB à à à ao lado da igreja à à à à à à àL -se de


que podemos fazer a seguinte pergunta ao verbo Ficamos: Ficamos onde? A resposta é justamente
à à ao lado da igreja
A alternativa (C) à à à à à à médicos à à à à à à à
critério 2, quando o termo preposicionado se ligar a um substantivo concreto, caracterizando-o,
será adjunto adnominal.
N à àD à à à à de uma grande área industrial à à à
à à à perto àá à à à à à à à à à
que tal termo preposicionado é o complemento nominal.
Gabarito: C

26. (Aeronáutica / EEAer Sargento 2016)


Marque a opção que apresenta, em destaque, complemento nominal.
a) Referi-me aos mesmos alunos de sempre.
b) Lute pela justiça, mas não se esqueça do amor.
c) A luta contra o ócio começa com a coragem de agir.
d) Lutava, frequentemente, contra o mal de suas ações.
Comentário: Esta questão foi bem tranquila, pois pediu o complemento nominal e apresentou
somente uma alternativa em que o termo preposicionado se ligava a nome, que foi a alternativa
(C): A luta contra o ócio.
As demais alternativas apresentam um termo preposicionado ligado a verbo. Assim, são
complementos verbais.
Oà à aos mesmos alunos à do amor à à contra o mal à à à à
à à à Referi à esqueça à à Lutava
Gabarito: C

27. (Aeronáutica / EEAer Sargento 2016)


Marque a opção em que o termo em destaque não modifica um substantivo.
a) E nesse dia então/ vai dar na primeira edição/ cena de sangue num bar da Avenida São
João. (Paulo Vanzolini)
b) As margens plácidas do Ipiranga ouviram o brado retumbante de um povo heroico.
(Joaquim Osório Duque Estrada)
c) Alguma coisa acontece no meu coração/que só quando cruza a Ipiranga com a avenida
São João. (Caetano Veloso)
d) Gostava do Ipiranga quando ele ainda era um riacho bucólico e despoluído.
Comentário: Outra questão bem tranquila, pois pediu o termo que não se liga ao substantivo. Fica
à à à à à do Ipiranga à à àD à à à à à à à à à à

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 33
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

à à à à à G àá à à à à à
adnominal.
N à à á à à à àá à“ àJ à à adjunto adnominal e caracteriza o
à à
N à à B à à à àI à à adjunto adnominal e caracteriza o substantivo
à
Na alternativa (C), o à à à à adjunto adnominal e determina o
à à
Gabarito: D

28. (Exército / EsPCEx Cadete 2014)


Assinale a alternativa que contém a expressão cuja classificação sintática é a mesma da
sublinhada na frase abaixo.
E a uma verdadeira casa de ensino
[A] aviso do ministro
[B] defesa da pátria
[C] perdão da injúria
[D] temor da trovoada
[E] disputa dos papéis
Comentário: Pelo critério 2 da diferenciação do adjunto adnominal para o complemento nominal,
vimos que, quando o termo preposicionado se referir a um substantivo concreto, ele o está
à à à à àD à à à à à à à à
à à à à
Agora, devemos encontrar, dentre as alternativas, outra expressão que seja adjunto
adnominal.
áà à áà à à à à à à à à à à à à
à à à à à à à à à à à à à à à à
(o ministro avisou).
Nas altern àB àC àDà àE à à à à à à à à
à à à à à à à à à à à à à à à
injúria é perdoada, a trovoada é temida, os papéis são disputados. Assim, também pelo critério 3,
sabemos que os termos preposicionados são complementos nominais.
Gabarito: A

29. (Exército / EsPCEx 2013)


Evadiu-se do acampamento durante uma tempestade terrível.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 34
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

Assinale a alternativa cujo fragmento sublinhado possui a mesma classificação sintática do


à à à à à
a) Bastou um telefonema para deixá-lo arrasado.
b) Bastou uma tacada mais forte para derrubá-lo.
c) Bastou um aceno para enchê-lo de esperanças.
d) Bastou a composição de um trecho para consagrá-lo.
e) Bastou um elogio do chefe para reanimá-lo.
Comentário àOà à à à àterrível à à à à à à à à
à à à à à à à à à à à à à à à
adnominais.
Assim, devemos marcar a alternativa em que a palavra sublinhada ocupe a função sintática
de adjunto adnominal.
N à à á à à à à - à à à à à -
nominal, pois apresenta o verbo transitivo direto e o predica à à à
N à à B à à à à à à à à à à à à à
B
N à àC à à à à à à à à à à à à à à
à à à à à à ào objeto indireto.
N à àD à à à à à à à à à à à B
áà à Eà à à à à à à à à à à à à à
à à à à àC à à o critério 3, o adjunto adnominal
tem valor de agente em relação ao substantivo abstrato (o chefe elogia).
Gabarito: E

30. (Exército / EsPCEx 2013)


A oração que apresenta complemento nominal é:
a) O povo necessita de alimentos.
b) Caminhar a pé lhe era saudável.
c) O cigarro prejudica o organismo.
d) O castelo estava cercado de inimigos.
e) As terras foram desapropriadas pelo governo.
Comentário à áà à áà à à à à à à à à à
à à à à à à à à à à
áà à Bà à à à à à à à à à à à à à à à
à à à à à à à à

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 35
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

áà àCà à à à à à à à é transitivo
à à à Oà à à à à à à à à à à
A alternativa (D) não apresenta complemento nominal, pois há a locução verbal da voz
à à à à à Oà à à à à à à à à agente da passiva.
P à à à à à à à à à àV
O castelo estava cercado por inimigos.
A alternativa (E) não apresenta complemento nominal, pois há a locução verbal da voz
à à à à à áà à à à à à à à à à à à
passiva.
Gabarito: B

31. (Aeronáutica / EEAer Controlador de Tráfego Aéreo 2016)


I. Lembrou-se da pátria com saudades e desejou sentir novamente os aromas de sua terra
e de sua gente.
II. A defesa da pátria é o princípio da existência do militarismo.
Assinale a alternativa que apresenta correta afirmação sobre os termos destacados nas frases
I e II.
a) As frases I e II apresentam em destaque adjuntos adnominais.
b) As frases I e II apresentam em destaque complementos nominais.
c) A frase I apresenta em destaque um objeto indireto e a frase II apresenta em destaque
um complemento nominal.
d) A frase I apresenta em destaque um objeto indireto e a frase II apresenta em destaque
um adjunto adnominal.
Comentário àN à àI à à à - à à à à à à à à à à à à
indireto.
N à à II à à à à à à à à à à à à à à à
pátria é defendida). Assim, o termo em negrito é o complemento nominal.
Com base nisso, a alternativa correta é a (C).
Gabarito: C

7 PREDICATIVO

Esse termo se liga ao sujeito ou ao objeto, atribuindo-lhes uma qualidade ou estado. É


representado por diferentes classes gramaticais, como adjetivo, substantivo, numeral e pronome.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 36
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

A seguir, perceba os pares com predicação nominal e predicação verbal, respectivamente.


Nestes exemplos, note que o grupo à esquerda é constituído de verbos de ligação mais os
predicativos. É fácil perceber o predicativo, pois basta o sujeito flexionar-se no plural, que o
predicativo também se flexionará, pois este caracteriza aquele. Já no grupo da direita, há
predicação verbal. Os vocábulos que vêm após os verbos não se flexionam por causa do sujeito,
pois são complementos verbais ou adjuntos adverbiais:

O candidato está tranquilo. O candidato está na sala.


Os candidatos estão tranquilos. Os candidatos estão na sala.
Bom filho torna-se bom pai. Bom filho torna a casa.
Bons filhos tornam-se bons pais. Bons filhos tornam a casa.
A aula permanece difícil. A aula permanecerá no feriado.
As aulas permanecem difíceis. As aulas permanecerão no feriado.
Ela ficou triste. Ela ficou na praia.
Elas ficaram tristes. Elas ficaram na praia.
O paciente acha-se acamado. O estudante achou o local de prova.
Os pacientes acham-se acamados. Os estudantes acharam o local de prova.

Predicados nominais Predicados verbais

Agora, veremos o predicado verbo-nominal. Ele é composto do predicado verbal, o qual


possui como núcleo um verbo transitivo ou intransitivo, mais um predicativo do sujeito ou do
objeto, os quais veremos mais especificamente.
I - Predicativo do sujeito (pode ocorrer num predicado nominal ou verbo-nominal)
A estrutura do predicado nominal é: verbo de ligação mais predicativo. Assim,

Ele continua enfermo.


Eu sou feliz.
Minha vida é maravilhosa.
sujeito Verbo de predicativo do sujeito
ligação
predicado nominal

A estrutura do predicado verbo-nominal é:

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 37
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

Predicado
verbo-nominal

O predicativo é constituído de adjetivo restritivo, que acumula uma característica chamada


de transitória, pois depende da ação verbal para produzir o sentido desejado. Veja:

Ela confirmou temerosa o crime.


sujeito VTD predicativo do objeto
sujeito direto
predicado verbo-nominal

Durante ou após o ato de confirmar, ela ficou temerosa. Isso é a característica transitória do
sujeito. Esta característica pode se deslocar na oração, desde que se separe por vírgula para não se
confundir com o adjunto adnominal:
Ela, temerosa, confirmou o crime.
Temerosa, ela confirmou o crime.
Ela confirmou o crime temerosa.

Sabendo-se que o adjunto adnominal é o termo adjetivo de valor restritivo que está junto
ao núcleo, note que a vírgula foi necessária nos dois primeiros exemplos para não se confundir
à à à à à à à à à à à à à ujeito
àN à à à à à à à à à à à à à à
à à à à à à à à à à à à à à à
do núcleo do sujeito.

II - Predicativo do objeto direto (só pode ocorrer no predicado verbo-nominal)


Carlos deixou Ana zangada.
sujeito VTD OD predicativo do
OD
predicado verbo-nominal

D à à à à à à à à à à à deixar. Por isso é


transitória.

III - Predicativo do objeto indireto (só pode ocorrer no predicado verbo-nominal)

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 38
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

Gosto de meu filho sempre limpo


VTI OI adjunto predicativo
adverbial do OI
de tempo
predicado verbo-nominal
Note que o predicativo pode ser introduzido por preposição:
Chamei-o de louco.

32. (Aeronáutica / EEAer Sargento EAGS 2018)


Com relação aos tipos de predicado, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta
quanto à classificação dos predicados das orações abaixo.
1 Os alunos foram informados da situação.
2 Os candidatos saíram da sala confiantes.
3 O professor parece despreocupado.
a) Predicado Nominal Predicado Verbo-Nominal Predicado Verbal
b) Predicado Verbal Predicado Nominal Predicado Verbo-Nominal
c) Predicado Verbal Predicado Verbo-Nominal Predicado Nominal
d) Predicado Verbo-Nominal Predicado Verbal Predicado Nominal
Comentário àN à à à à à à à à à à à à à à
à Oà à à à à à à àá à à à
N à à à à à à Oà à à à à à à à
à à à à à à à à à à à à à à à à
predicado verbo-nominal.
Assim, já sabemos que a alternativa (C) é a correta.
N à à à à à à à à à à à à à à
sujeito, dentro de um predicado nominal.
Gabarito: C

33. (Aeronáutica / EEAer Sargento EAGS 2018)


Com relação aos termos destacados, coloque (V) para verdadeiro e (F) para falso. Em seguida,
assinale a alternativa que apresenta a sequência correta.
( ) É imprescindível que o governante do país adote duas diretrizes: distribuição de renda e
melhoria do ensino público. (Aposto)
( ) Sua inteligência deixou perplexos seus amigos. (Adjunto Adnominal)

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 39
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

( ) Audaciosos, os dois culpados denunciaram os envolvidos no crime. (Aposto)


( ) Ouvidos atentos, aproximei-me da porta. (Adjunto Adverbial)
a) F - V - V - F
b) V - F - F - V
c) V - F - V - V
d) F - V - F - V
Comentário àáà à à à à à à à à à à à
à à àá à à àV.
A segunda oração apresenta o predicativo do objeto direto, e não adjunto adnominal. Note
à à à à à à à à àá à à àF.
A terceira oração apresenta o predicativo do sujeito, dentro de um predicado verbo-
nominal, e ele está deslocado de sua posição normal. Por isso, está separado por vírgula. Na ordem
normal teríamos a seguinte construção:
Os dois culpados denunciaram os envolvidos no crime e eram audaciosos.
Assim, devemos marcar F.
Notamos na quarta oração que alguém se aproximou da porta de ouvidos atentos. Assim,
à à à à à à à
Portanto, tal termo é o adjunto adverbial de modo e percebemos a omissão da preposição
àP à à àV e a alternativa correta é a (B).
Gabarito: B

34. (Aeronáutica / EEAer Sargento CTA 2017)


Leia:
A conversa corre alegre. (Ciro dos Anjos)
Aprendi novas palavras e tornei outras mais belas. (Drummond)
Os adjetivos grifados nos versos acima classificam-se respectivamente como predicativo
a) do sujeito e do objeto.
b) do sujeito e do sujeito.
c) do objeto e do objeto.
d) do objeto e do sujeito.
Comentário: O ad à à à à à à à áà àá à à à à à
sujeito e já podemos eliminar as alternativas (C) e (D).
Oà à à - à à à à à àá à à à à à
objeto direto e a alternativa (A) é a correta.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 40
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

Gabarito: A

35. (Aeronáutica / EEAer Sargento CTA 2017)


Assinale a alternativa em que não há predicado verbo-nominal.
a) Elas admiravam as encantadas luzes da Cidade Eterna.
b) Elas admiravam as luzes da Cidade Eterna encantadas.
c) Encantadas, elas admiravam as luzes da Cidade Eterna.
d) Elas admiravam, encantadas, as luzes da Cidade Eterna.
Comentário: A questão pede, na realidade, a diferença entre o predicativo e o adjunto adnominal.
C à à à à à à sabemos que o predicado é verbal. Se
houvesse verbo de ligação, o predicado seria nominal.
N à à à à à à à à E à à à à
adnominal (fazendo parte de um termo da oração) ou predicativo do sujeito.
Notamos na alternativa (B) que o predicativo do sujeito se encontra no final da oração, isto
é, na sua posição natural. Nas alternativas (C) e (D), houve um deslocamento desse termo, por isso
à àC à à à à à à à à à predicativo, ocorre
predicado verbo-nominal nessas alternativas.
P à à à à à á à à à à à à à à à
à à à à à àá à à à à à à à à à
à à à àC àE àD à à à à à à à à à à
predicado verbal.
Por conseguinte, a alternativa (A) é a que deve ser marcada.
Gabarito: A

36. (Aeronáutica / EEAer Sargento EAGS 2017)


Há predicativo do sujeito em qual alternativa?
a) O silêncio ensurdecedor até agredia os ouvidos naquela calma manhã.
b) Naquela triste manhã de primavera, a chuva caía fria sobre a cidade.
c) Alegres e saltitantes sabiás faziam festa sobre a branca areia da praia.
d) O rei da floresta, naquela tarde, julgou o cãozinho inocente pelo sumiço do gato.
Comentário à N à à á à à à à à à à à à
à à à à à
A alternativa (B) é a correta, pois a oraçã à à à à à à à à à à
à à à à à à à à à à à à à à à à
á à à à à à à à à à à à à à à à -
nominal.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 41
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

Na alternat àC à à à à à à à à à à à

Na alternativa (D), também ocorre o predicado verbo- à à à à à


à à à à à à à à à à à à à o objeto, e não do
sujeito, como pediu a questão.
Gabarito: C

37. (Aeronáutica / EEAer Sargento EAGS 2017)


Assinale a alternativa que classifica, respectivamente, os predicados das frases abaixo.
1 - A justificativa do aluno parecia plausível.
2 - O professor considerou plausível a justificativa do aluno.
3 - Finalmente, o professor considerou a justificativa do aluno.
a) nominal, verbo-nominal, verbal
b) verbo-nominal, nominal, verbal
c) verbal, nominal, nominal
d) nominal, verbal, nominal
Comentário: Na à à à à à A justificativa do aluno à à à à à
parecia à à à à à à plausível à á à à à à C à à
eliminamos as alternativas (B) e (C).
N à à à à à
à Oà à à à à à à à à
à à à à à à à à à à à à à àá à à à
verbo-nominal e a alternativa (A) é a correta.
N à à à à à à à à à à à à à à
à à àá à à à
Gabarito: A

38. (Aeronáutica / EEAer Sargento EAGS 2017)


Assinale a alternativa em que os termos destacados estão corretamente classificados.
a) O encontro dos jovens foi emocionante. (predicativo do sujeito)
b) O sótão daquela velha mansão está cheio de morcegos. (predicativo do objeto)
c) Meu pai e meu avô achavam ótimo qualquer filme de terror. (predicativo do objeto)
d) Teu silêncio gélido fulmina meu coração já cansado de gritar por teu amor. (predicativo
do sujeito)
Comentário àáà àáà à à à à à à à à àN à à à
à à à à à à à à à à à

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 42
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

A alternativa (B) está e à à à à à à à à à à


à à àá à à à à à à à
áà à Cà à à à à à à à à à à à à
à à à à à à à à à à à à à
áà àDà à à à à à à à à
Gabarito: C

39. (Aeronáutica / EEAer Controlador de Tráfego Aéreo 2016)


Relacione as colunas e, em seguida, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:
I. Predicado Verbal
II. Predicado Nominal
III. Predicado Verbo-nominal
( ) Receava que eu me tornasse rancorosa.
( ) As irmãs saíram da missa assustadas.
( ) Da janela da igreja, os padres assistiam à cena.
a) II I III
b) III I II
c) I III II
d) II III I
Comentário à N à à à à à à à à à à à à à à à
à à à àá à à à
N à à áà à à à à à à à à áà à à à
à à à à à à à à à à à à à à
àá à à à -nominal.
N à à D à à à à à à à à à à à djunto adverbial de lugar
D à à à à à à à àà à à à à à à à à
à à àá à à à à
Dessa forma, temos a sequência II, III e I, por isso a alternativa (D) é a correta.
Gabarito: D

40. (Aeronáutica / EEAer Sargento da Aeronáutica 2016)


Leia:
N à à à à à
Cavernas altas, onde o mar se esconde,
Lá donde as ondas saem furibundas

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 43
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

Os termos destacados no texto exercem, respectivamente, a função de


a) predicativo do objeto e predicativo do sujeito.
b) adjunto adnominal e predicativo do sujeito.
c) predicativo do sujeito e adjunto adnominal.
d) predicativo do objeto e adjunto adnominal.
Comentário à N à à C à altas à à à à C à à à à à
à à à à à à à à à à
N à à Lá donde as ondas saem furibundas à à à à à à à à
à à à à à à à à à Neste caso, há um predicado
verbo-nominal.
Assim, a alternativa correta é a (B).
Gabarito: B

41. (Exército / EsPCEx Cadete 2016)


Assinale a alternativa que classifica corretamente a sequência de predicados das orações
abaixo.
- Soa um toque áspero de trompa.
- Os estudantes saem das aulas cansados.
- Toda aquela dedicação deixava-o insensível.
- Em Iporanga existem belíssimas grutas.
- Devido às chuvas, os rios estavam cheios.
- Eram sólidos e bons os móveis.
[A] VERBAL; VERBO-NOMINAL; VERBO-NOMINAL; VERBAL; NOMINAL; NOMINAL
[B] VERBAL; VERBAL; VERBO-NOMINAL; NOMINAL; VERBO-NOMINAL; NOMINAL
[C] NOMINAL; VERBAL; VERBO-NOMINAL; VERBAL; NOMINAL; VERBO-NOMINAL
[D] VERBO-NOMINAL; VERBAL; NOMINAL; VERBAL; VERBO-NOMINAL; NOMINAL
[E] NOMINAL; VERBAL; VERBAL; NOMINAL; NOMINAL; VERBO-NOMINAL
Comentário: Como se pede a sequência do tipo de predicado, é interessante você abordar os
predicados mais simples, aqueles de que você tem certeza. Dessa forma, pode eliminar
alternativas e chegar à correta sem muitos problemas.
Veja como as três últimas orações da sequência são mais tranquilas de analisar:
N à à E àI à à à à à à à à à à
à à à à à à à E àI àá à à redicado verbal.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 44
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

N à à Dà à à à à à à à à à à à à
à à à à à à à à à à à à à D à à à
Assim, temos certeza de que há predicado nominal.
N à à E à à à à à à à à à à à E à à à
à à à à à à à à àá à à à à à à à
nominal.
Dessa forma, pegando as orações mais simples, sabemos que a sequência das três orações
finais é: predicado verbal, predicado nominal e predicado nominal.
Com isso, eliminamos as alternativas (B), (C), (D) e (E), sobrando a (A) como a correta.
Agora, para fins didáticos, vamos analisar as demais orações.
N à à “ à à à à à à à à à à à à à à à
à à à “ àD à à à à à
N à à Oà à à à à à à à à Oà à à à
à à à à à à à à à à à à à à
à à à à à à à à à à à à à à à à à à à
predicativo do sujeito, num predicado que possui verbo intransitivo e predicativo (sem verbo de
ligação). Assim, há predicado verbo-nominal.
N à à T à à à - à à à à à T à à
à à à à à à à à à à à à à à à à

Gabarito: A

8 AGENTE DA PASSIVA

Este termo será mais explorado na próxima aula, quando falaremos das vozes verbais. Cabe
aqui perceber que ele é quem pratica a ação verbal quando o verbo está na voz passiva analítica. É
introduzido pelas preposições por (e suas contrações) ou, mais raramente, de:
A grama foi aparada pelo jardineiro. (voz passiva)
A casa estava cercada de ladrões. (voz passiva)

42. (Marinha / Marinha Oficial CMV 2017)


Assinale a alternativa em que o termo sublinhado NÃO cumpre a função de sujeito.
a) Mas para navegar não basta sonhar. É preciso saber.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 45
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

b) Disse certo o poeta à N à à à à à à à à à à à


c) É preciso sonhar para se decidir sobre o destino da navegação.
d) Naus e navegação têm sido uma das mais poderosas imagens na mente dos poetas.
e) O meu sonho para a educação foi dito por Bachelard (...)
Comentário: Sabendo-se que o sujeito é termo não preposicionado, notamos q à por Bachelard à
não é sujeito. Na realidade, é o agente da passiva e a alternativa (E) é a que deve ser marcada.
N à àá à à à à à
N à àB à à à à à à D
N à àC à à à à à Éà
N à àD à N à à à à à à à
Gabarito: E

43. (Exército / EsPCEx Cadete 2017)


Assinale o período que contém agente da passiva:
a) O Brasil é responsável por uma das mais altas taxas de reincidência criminal em todo o
mundo.
b) Há pouquíssimos programas educacionais e laborais para os detentos.
c) A comida é oferecida pela prisão, mas é preparada pelos próprios detentos.
d) Situação contrária é encontrada na Noruega.
e) A reincidência é de cerca de 16% entre os homicidas, estupradores e traficantes que por
ali passaram.
Comentário: Para haver o agente da passiva, há necessidade de que a oração esteja na voz passiva
à à à à à àT à à à à à à à à
Sempre que suspeitarmos de haver uma voz passiva com seu agente, devemos transpor
para a voz ativa para certificação.
N à àá à à à à à à à à à à àá à à
há locução verbal da voz passiva.
Na alternativa (B), à à à à à àá à à à
áà à Cà à à à à à à à à à à à à à à à
à à à à à à à à à à à à à à à
respectivamente. Note que podemos transpor a voz passiva em ativa, e o agente da passiva passa
a sujeito agente. Compare:
A comida é oferecida pela prisão, mas é preparada pelos próprios detentos.
A prisão oferece comida, mas os próprios detentos preparam.
A alternativa (D) apresenta voz passiva, porém não há agente da passiva.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 46
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

áà à Eà à à à à à à à à à à à à à
passiva.
Gabarito: C

44. (Aeronáutica / EEAer Sargento EAGS 2017)


O termo destacado é agente da passiva em que alternativa?
a) O poeta saiu cantando seus versos de norte a sul, naquela noite escura e fria.
b) A sua história de luta e resistência emocionou a todos daquela plateia.
c) O interesse daquele poeta pelas histórias em quadrinhos levou-o à escrita.
d) Naquela noite, o contador de histórias foi aplaudido de pé por aquela plateia.
Comentário àN à àá à à à à à à à à à à à à
N à àB à à à à à à à à àN à à à à à
substantivo concreto.
N à à C à à à à à à à à à à
à à
áà àDà à à à à à à à à à à à à à à
do agent à à à à à àN à à à à à à à à à
para confirmação:
Naquela noite, aquela plateia aplaudiu de pé o contador de histórias.
Gabarito: D

9 APOSTO

É um termo que amplia, explica, desenvolve ou resume o conteúdo de outro termo. O


aposto classifica-se em:
I explicativo:
Raquel, contadora da firma, está viajando.
Só queria algo: apoio.
Um trabalho tua monografia foi premiado.
Obs.: O aposto explicativo pode vir com vírgulas, travessões, parênteses ou dois-pontos.

II - enumerativo ou distributivo:
Ganhei dois presentes: uma joia especial e um livro raro.
Suas reivindicações incluíam muitas coisas: melhor salário, melhores condições de
trabalho, assistência médica extensiva a familiares.
Obs.: O aposto enumerativo é antecedido por dois-pontos. Isso cai muito em prova.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 47
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

III - resumitivo ou recapitulativo:


Glória, poder, dinheiro, tudo passa.
O à Oà à à à à à à à à à à tudo. É
termo também antecedido de vírgula.

IV - especificativo ou apelativo:
O compositor Chico Buarque é também um excelente escritor.
O estado é cortado pelo rio São Francisco.
O aposto especificativo, que não pede sinais de pontuação, indica o nome de alguém ou
algo dito anteriormente.
Observação:
O aposto também pode se referir a uma oração:
Esforcei-me bastante, o que causou muita alegria em todos.
Obs.: Palavras como o, coisa, fato etc. podem referir-se a toda uma oração.

45. Aeronáutica / EEAer Sargento CTA 2017)


Assinale a alternativa em que o termo em destaque classifica-se como aposto.
a) Roma e Cartago tiveram origem pouco menos que simultânea e evolução quase paralela.
b) A história apresenta Roma e Cartago como duas repúblicas bem semelhantes na origem
e na evolução.
c) A origem e a evolução de Roma e de Cartago foram quase que simultâneas e paralelas.
d) As duas repúblicas, Roma e Cartago, tinham origem pouco menos que simultânea e
evolução quase paralela.
Comentário à áà à Dà à à à à Roma e Cartago à à à à à à áà
à
N à àá à à à à à à à à à à
N à àB à à à à à à à à à à à
Na alternativa (C), tal expressão ocupa a função de adjunto adnominal e caracteriza os
à à à à à
Gabarito: D

46. (Aeronáutica / EEAer Sargento EAGS 2017)

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 48
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

Em todas as alternativas há aposto, exceto em uma. Assinale-a.


a) Aqui está a mercadoria perdida: batata, cebola e alho.
b) O poeta Mário de Andrade participou da Semana de Arte Moderna.
c) Tiradentes, que fica em Minas Gerais, é a mais simpática das cidades históricas.
d) Ouro Preto, a antiga Vila Rica do período da mineração, recebe milhares de visitantes
todos os anos.
Comentário àN à àá à à à à à à à à à à
N à àB à à à M à àá à à à à à à
A alternativa (C) é a que devemos marcar, poi à à à à à àM àG à à
valor explicativo, mas veremos que ela é uma oração adjetiva explicativa, e não um aposto.
N à à D à à à à àV àR à à à à à à à à
explicativo.
Gabarito: C

47. (Aeronáutica / EEAer Sargento Topografia 2016)


Assinale a alternativa que não contém aposto.
a) É sabido, pela história, que os índios, povo nativo da Ilha de Vera Cruz, primeiro nome do
nosso Brasil, transmitiram muito de sua cultura e costumes aos portugueses.
b) O Futurismo, movimento lançado pelo poeta italiano Marinetti em 1909, propunha a
destruição do passado e a exaltação da vida moderna.
c) E à à“ à à
Cobrai-a e não queirais, Pastor Divino,
P à à à à à à àGà àM à
à C à à à à à à à à à à à à à à à
há um recurso valiosíssimo: gente, como a caixa de supermercado, a bibliotecária e os
frequentadores de shopping cen àR àW
Comentário àáà àáà à à à à à à àI à àV àC à
à à à à àB
áà à Bà à à à à à à à à à
Marinetti e à
A alternativa (C) é a que não apresenta o aposto, pois os termos isolados por vírgula
“ à à P àD à à à à à à à à
áà à Dà à à à à à à à à à à os
à à à à à à à à à à à à
à àN à à à à à à à à à à

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 49
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

Gabarito: C

48. (Marinha / EFOMM Oficial 2016)


Ao longo do texto o autor se vale de diferentes tipos de aposto. Assinale a única opção em
que NÃO se encontra essa construção sintática:
a) Sabedor das minhas limitações e competências, nunca escrevi como chef.
b) A pipoca, milho mirrado, grãos redondos e duros, me pareceu uma simples molecagem,
brincadeira deliciosa (...)
c) Lembrei-me, então, de lição que aprendi com a Mãe Stella, sábia poderosa do candomblé
(...)
d) Já escrevi sobre as mais variadas entidades do mundo da cozinha: cebolas, ora-pro-nóbis,
picadinho de carne com tomate feijão e arroz, bacalhoada, suflês, sopas, churrascos.
e) Meu amigo William, extraordinário professor-pesquisador da Unicamp, especializou-se
(...)
Comentário à áà à áà à à à à à àN à à à à Sabedor das
minhas limitações e competências à à à à à àá à à à à à
sujeito, dentro de um predicado verbo-nominal. Note que podemos entender que alguém é
sabedor das suas limitações e competências e não escreveu como chef.
Na alternativa (B), o à à à à à à à à à
Assim, é aposto explicativo.
N à àC à à à à à à à à à à
N à àD à à à à -pro-nóbis, picadinho de carne com tomate feijão e
à à à à à à à à
N à àE à à à à - à àU à à à à
explicativo.
Gabarito: A

VOCATIVO

O nome vocativo nos faz pensar em várias p à à à à à à à à


àevocar, convocar, evocação, vocação. Vocativo é justamente o nome do termo sintático
que serve para nomear um interlocutor a que se dirige a palavra. É um termo independente: não
faz parte do sujeito nem do predicado, de valor exclamativo, muitas vezes confundido com o
aposto, pois exige vírgulas. Pode aparecer em posições variadas na frase.
Márcia, pegue o seu exemplar.
Veja, menina, aquela árvore.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 50
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

Estamos aqui, papai.


Nessas orações, os termos destacados são vocativos: indicam e nomeiam o interlocutor a
que se está dirigindo a palavra. Numa oração como a primeira, não se deve confundir o vocativo
M à à à à à à à à à à

49. (Aeronáutica / EEAer Sargento CTA 2017)


Assinale a alternativa em que o termo em destaque classifica-se como vocativo.
a) Não é ninguém, é o padeiro! (Rubem Braga)
b) Você está criando mal esta criança. Faz-lhe muitos mimos, está lhe dando nervos...
(Lima Barreto)
c) Pois então eu digo... a senhora não sabe... eu... eu lhe quero... muito bem. (Manuel
Antônio de Almeida)
d) Lorena! Descalça nessas pedras! ela se espanta. As solas dos pés não estão doendo?
(Lygia Fagundes Telles)
Comentário: O vocativo é o termo que representa o chamamento de alguém. Assim, a alternativa
correta é a (D).
N à àá à à à à à à à à à
N à àB à à à à à à à
N à àC à à à à à à à à à à
Gabarito: D

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 51
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

50. (Marinha / CFN Fuzileiro Naval 2017)

N à à “ à à à à à à à à àmãe à à à à
pode ser classificada como
(A) aposto.
(B) sujeito.
(C) predicado.
(D) agente da passiva.
(E) vocativo.
Comentário à Oà à à à à à à àá à à à à à
para destacar o vocativo.
Portanto, a alternativa(E) é a correta.
Gabarito: E

51. (FCC / PM AC Soldado 2017)

(WALKER, Mort. Recruta Zero. Disponível em: http://cultura.estadao.com.br)


O emprego da vírgula em Zero, quero a trincheira ali! tem a função de destacar o vocativo na
oração, assim como na frase:

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 52
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

(A) Se os senhores precisarem de algo, chamem nossos comissários de bordo, que lhes
atenderão prontamente.
(B) O avião irá decolar, os senhores devem permanecer com os cintos de segurança atados
durante a viagem.
(C) Em caso de emergência, os senhores terão duas saídas, uma na parte dianteira e outra na
parte traseira da aeronave.
(D) Senhores, permaneçam em seus assentos enquanto as luzes de suas cabines estiverem
apagadas.
(E) Nós, comissários e pilotos, esperamos que os senhores apreciem nosso serviço de bordo.
Comentário à áà à à à ) à à à à à à ara separar o
vocativo, termo que transmite noção de chamamento. O mesmo ocorre na alternativa (D), pois
“ à à à à à à
A alternativa (A) está errada. Veremos nas aulas posteriores que a oração subordinada
adverbial anteci à “ à à à à à à à à à à àá à à
à à à à à à à à à à à à
vírgula.
A alternativa (B) está errada. Veremos nas próximas aulas que as orações coordenadas
assindéticas são separadas por vírgula.
A alternativa (C) está errada, pois a primeira vírgula separa o adjunto adverbial antecipado
E à à à à à à à à à à à
A alternativa (E) está errada, pois as duas vírgulas separam o aposto explicativo intercalado
à à
Gabarito: D

52. (IADES / CRESS-MG Auxiliar Administrativo 2016)


Assinale a alternativa cuja oração apresenta um termo com a mesma função sintática do
vocábulo destacado no perí à Machistas à
a) Machistas, vocês não passarão!
b) Não passarão machistas!
c) Não passarão, machistas!
d) As pessoas que são machistas não passarão!
e) Vocês, machistas, não passarão!
Comentário à N à à M à à à à à M à à à àá à
à à à à à à M à à à à
N à àá àCà àE à M à à à à à à à à à
que houve um chamamento.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 53
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

A alternativa (B) é à à à à à à à à à à à à
à à à à
N à àD à à à à à à à à à
Gabarito: B

53. (COPEVE-UFAL / Prefeitura Maceió AL Assistente 2016)

Levando em conta a frase da imagem, assinale a alternativa que apresenta a correta função
à à à à à à à à à à à à
a) Aposto.
b) Vocativo.
c) Adjunto adnominal.
d) Complemento verbal.
e) Complemento nominal.
Comentário à Oà à à à à à à à à à à à à à
à U à àá à à à à à à àáà à à
Gabarito: A

ELIPSE DO VERBO (VÍRGULA VICÁRIA)

É lícito suprimir o verbo ou outra palavra, os quais estejam facilmente subentendidos no


contexto:
Nós falamos de fatos concretos e vocês, de hipóteses remotas.
(= e vocês falam de hipóteses remotas)
As ruas estão esburacadas; os postes, sem luz.
(= os postes estão sem luz)

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 54
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

54. (FGV / TJ RJ Técnico 2015)


QUANTO FALTA PARA O DESASTRE?
Verão de 2015. As filas para pegar água se espalham por vários bairros. Famílias carregam
baldes e aguardam a chegada dos caminhões-pipa. Nos canos e nas torneiras, nem uma gota.
O rodízio no abastecimento força lugares com grandes aglomerações, como shopping centers
e faculdades, a fechar. As chuvas abundantes da estação não vieram, as obras em andamento
tardarão a ter efeito e o desperdício continuou alto. Por isso, São Paulo e várias cidades
vizinhas, que formam a maior região metropolitana do país, entram na mais grave crise de
à à à à Época, 16/06/2014)
Uma das regras de emprego da vírgula é para marcar a omissão de uma forma verbal; o
segmento abaixo em que isso ocorre no texto é:
(A) N à à à à à à à à
(B) Oà à à à à à à à à à à
à à à à à
(C) á à à à à à à à à à à à à à er
à à à à à à
(D) P à à“ àP à à à à à
(E) à à à à à à à à à à à à à à à
à à
Comentário: A primeira vírgula do texto à à à à à àV àNos canos e
nas torneiras, (não há) nem uma gota. É claro que a vírgula coincidentemente também sinaliza a
à à à à N à à à à .
A segunda e terceira vírgulas do texto à à à à como shopping
centers e faculdades
A quarta vírgula marca a enumeração de orações. Veremos isso na aula de orações
coordenadas.
áà à à à à à à P à àáà à à à à à ra
à à à à à à que formam a maior região metropolitana do
país àV à à à à à à à
Assim, a alternativa (A) é a correta.
Gabarito: A

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 55
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

2 O QUE DEVO TOMAR NOTA COMO MAIS IMPORTANTE?


 Lembre-se da estrutura básica da oração:

Predicado
verbo-nominal

 Atente ao complemento nominal:


Adjetivo que exige complemento nominal: fiel a ela.
Advérbio que exige complemento: perto de você.
Substantivo abstrato que exige complemento: construção do prédio.
 Observe que entre sujeito, verbo e complementos não há vírgula.
 O adjunto adverbial solto admite a vírgula no final do período. Quando antecipado ou
intercalado e de grande extensão, a(s) vírgula(s) é(são) obrigatória(s).
 O aposto explicativo e o comentário do autor podem ser separados por vírgulas, travessões
ou parênteses:
Xxxxxxx, explicação, xxxxxxx.
Xxxxxxx explicação xxxxxxx.
Xxxxxxx(explicação) xxxxxxx.
Quando em final de período, a vírgula, o travessão e os parênteses podem substituídos por
dois-pontos.
Xxxxxxx, explicação.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 56
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

Xxxxxxx explicação.
Xxxxxxx(explicação).
Xxxxxxx: explicação.
Até a próxima aula.
Abraço.
Terror.

3 LISTA DE QUESTÕES

1. (Marinha / EFOMM Oficial 2016)


Assinale a opção em que a expressão sublinhada NÃO cumpre a função de sujeito.
a) Nunca imaginei, entretanto, que chegaria um dia em que a pipoca iria me fazer sonhar.
b) Pois o fato é que, sob o ponto de vista do tamanho, os milhos da pipoca não podem (...)
c) E algo inesperado na minha mente aconteceu.
d) Terminado o estouro alegre da pipoca, no fundo da panela ficam os piruás (...)
e) (...) mas o fato é que houve alguém que teve a ideia de debulhar as espigas (...)
2. (Aeronáutica / EEAer Sargento CTA 2017)
Assinale a alternativa em que o pronome em destaque não exerce a função de sujeito
simples.
a) Combinam com tudo que você vestir.
b) Agora é você quem decide seu futuro.
c) Você nunca mais vai trabalhar nesta cidade.
d) Versatilidade no tamanho que você esperava.
3. (Aeronáutica / CIAAR Primeiro-Tenente 2016)
C à à à il soldados da Força Expedicionária Brasileira além de homens da Força Aérea
lutaram àI à
Indique a frase a seguir cujo verbo em destaque possui a mesma tipologia sintática do
sublinhado anteriormente.
a) Não conheço essa pessoa.
b) As crianças são inteligentes.
c) Os gatos corriam no telhado.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 57
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

d) Eles precisam de nossa ajuda.


4. (Aeronáutica / CIAAR Primeiro-Tenente 2016)
“ à à à à à à à à à à à à à
a) nocivo a pessoas cardíacas.
b) concordou em ir à rodoviária.
c) concordará com os seus pais.
d) estava ansioso para o concerto.
5. (Exército / EsPCEx Cadete 2016)
Marque a alternativa em que os termos do período foram escritos na ordem direta.
[A] Em canoa furada eu não embarco.
[B] Sempre lutamos com os mesmos objetivos na educação.
[C] Todos os anos, a cena repetia-se na escola.
Dà N à à à à à à à à à à
[E] Um grande incêndio reduziu a floresta a cinzas mês passado.
6. (Aeronáutica / CIAAR Primeiro-Tenente 2016)
As expressões destacadas a seguir apresentam função modificadora em relação ao termo que
modificam. Dentre tais expressões, apenas uma delas possui expressão semântica diferente
das demais, indique-a:
a) áà à à à àno mundo todo, à
b) Na Inglaterra à à à à à à à à à à
c) à à à àao lado do presidente francês François Hollande à
d) M à à à à à nos dias seguintes, vítimas de queimaduras e radiação
nuc à
7. (Marinha / EFOMM Oficial 2016)
Fragmentos do texto: Imagino que a pobre pipoca, fechada dentro da panela, lá dentro
ficando cada vez mais quente, pense que sua hora chegou: vai morrer. De dentro de sua
casca dura, fechada em si mesma, ela não pode imaginar destino diferente. Não pode
imaginar a transformação que está sendo preparada. A pipoca não imagina aquilo de que ela
é capaz. Aí à à à à à à à à à à à à à à à
ela aparece como uma outra coisa, completamente diferente, que ela mesma nunca havia
sonhado. (...)
Lembrei-me do sentido religioso da pipoca. A pipoca tem sentido religioso? Pois tem.
Para os cristãos, religiosos são o pão e o vinho, que simbolizam o corpo e o sangue de Cristo,
a mistura de vida e alegria (porque vida, só vida, sem alegria, não é vida...). Pão e vinho
devem ser bebidos juntos. Vida e alegria devem existir juntas. Lembrei-me, então, de lição

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 58
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

que aprendi com a Mãe Stella, sábia poderosa do candomblé baiano: que a pipoca é a comida
sagrada do candomblé...
As expressões sublinhadas estabelecem uma noção de tempo, EXCETO a que aparece na
opção
a) De vez em quando eu até me até atrevo a cozinhar
b) Entretanto, dias atrás, conversando com uma paciente, ela mencionou a pipoca.
c) Lembrei-me, então, de lição que aprendi com a Mãe Stella, sábia poderosa do candomblé
(...)
d) Aí, sem aviso prévio, pelo poder do fogo, a grande transformação acontece: pum!
e) Repentinamente os grãos começaram a estourar, saltavam da panela com uma enorme
barulheira.
8. (Exército / EsPCEx Cadete 2015)
Leia a frase abaixo e assinale a alternativa que traduz, na sequência em que aparecem, as
circunstâncias grifadas.
Num átimo, cessou de todo o ruído das vozes e ele entrou a falar à vontade, calma e
decididamente
[A] tempo - intensidade - modo - modo - modo
[B] modo - inclusão - explanação - modo - modo
[C] tempo - intensidade - intensidade - modo - modo
[D] modo - intensidade - intensidade - modo - modo
[E] realce - intensidade - modo - afetividade - modo
9. (Exército / EsPCEx 2013)
N à à áà à à à à - à à à à áà
à à à à à à à à à à à à
a) adjunto adverbial deslocado.
à à à à
c) vocativo no meio da oração.
d) adjunto adverbial de assunto.
e) complemento pleonástico.
10. (Aeronáutica / EEAer Sargento CTA 2017)
Leia as frases:
I. Gostava de doces caramelizados da doçaria de Dona Dalva.
II. No shopping, vigiava-a com a discrição de um investigador profissional.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 59
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

III. Entre livros e cadernos velhos, na estante, encontrou um bilhete da antiga namorada.
IV. Lembrava-se ainda do período de sua infância vivida naquela cidadezinha do interior do
Brasil.
Há objeto direto nas sentenças
a) I e IV
b) II e III
c) I e III
d) II e IV
11. (Aeronáutica / EEAer Sargento EAGS 2017)
Em que alternativa o pronome oblíquo em destaque tem função de objeto direto?
a) Rogo-te que fiques, meu pai!
b) Desesperada, a mãe confiou-nos a segurança de seu filho.
c) Qualidades não lhe faltavam para merecer o reconhecimento.
d) Ah! Quanta beleza! Por isso olhavam-na com tanta admiração.
12. (Exército / EsPCEx 2013)
Assinale a alternativa que contém um complemento verbal pleonástico.
a) Assistimos à missa e à festa.
b) As moedas, ele as trazia no fundo do bolso.
c) Deste modo, prejudicas-te e a ela.
d) Atentou contra a própria vida e dos passageiros.
e) Técnica e habilidade sobram-lhe e aos adversários.
13. (Marinha / EAM Marinheiro 2018)
E à E à à à uso de veículos como carros e motos deve-se à má qualidade do
transporte público no Brasil, ao aumento da renda média do brasileiro nos últimos anos, à
à à à à à àG àF à à à à à
emprego das vírgulas justifica-se por:
(A) isolar adjuntos adverbiais.
(B) separar vocativo.
(C) introduzir oração adverbial concessiva.
(D) separar aposto enumerativo.
(E) separar termos de mesma função sintática.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 60
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

14. (Marinha / CFN Fuzileiro Naval 2017)


N à à V à à à à à- linha 19 o complemento do verbo e termo
acessório são, respectivamente,
(A) objeto direto e objeto indireto.
(B) adjunto adverbial e complemento nominal.
(C) objeto direto e complemento nominal.
(D) objeto direto e adjunto adverbial.
(E) objeto indireto e pronome demonstrativo.
15. (Aeronáutica / EEAer Sargento CTA 2017)
Assinale a frase em que o termo destacado não é objeto indireto.
a) Comparo o trabalho do professor com o mais precioso dos tesouros.
b) A veiculação de informações implica responsabilidade, e muitos não atentam para isso.
c) Não compete a vocês emitir opinião no que não lhes diz nenhum respeito.
d) Aos astros prometeu ele uma recompensa pela graça almejada.
16. (Aeronáutica / EEAer Sargento EAGS 2017)
Oà à à à à à à à à à à à à à
Viena, na Áustria. Durante a madrugada, deram o alarme, e o exército local conseguiu evitar
a invasão. Então o imperador da Áustria pediu aos padeiros que fizessem um pão que
tornasse o fato inesquecível. Assim nasceu o croissant, representando a lua crescente do
estandarte otomano
Possui função de objeto indireto, no texto acima, o termo
a) na Áustria.
b) aos padeiros.
c) o exército local.
d) do estandarte otomano.
17. (Exército / EsSA Sargento 2016)
Destaque a alternativa em que o termo sublinhado seja um objeto indireto:
A) Vou descobrir mundos.
B) Já tenho seis gatos em casa
C) Não recebo dinheiro há muito tempo.
D) Não quero que fiques triste.
E) Cantava para os amigos.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 61
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

18. (Exército / EsSA Sargento 2016)


Assinale a alternativa que analisa correta, sintática e respectivamente os termos destacados
à à à P -te todos os documentos à
A) Pronome oblíquo sujeito
B) Objeto direto objeto indireto
C) Objeto indireto objeto direto
D) Objeto direto sujeito
E) Objeto indireto - sujeito
19. (Exército / EsPCEx Cadete 2015)
Assinale a oração em que o termo ou expressão grifados exerce a função de Objeto Indireto.
[A] Cumprimentei-as respeitosamente.
[B] Perderam-na para sempre.
[C] Amava mais a ele que aos outros.
[D] Eu culpo a tudo e a todos.
[E] Obedeceu-lhe prontamente.
20. (Aeronáutica / EEAer Sargento EAGS 2018)
Os investimentos da iniciativa privada em saúde deveriam ser proporcionais aos lucros de
cada empresa.
Os termos destacados classificam-se, respectivamente, em:
a) complemento nominal - adjunto adnominal
b) adjunto adnominal - complemento nominal
c) adjunto adnominal - predicativo
d) predicativo - adjunto adnominal
21. (Aeronáutica / CIAAR Primeiro-Tenente 2017)
Indique se é verdadeiro (V) ou falso (F) o que se afirma sobre a função sintática das
expressões e dos termos grifados.
( ) N à à à àoportunidades para que você leia muitos textos literários
à Objeto direto
( ) U à à à àuma porção de letras impressas, até que o leitor se aproprie do que
à à à Predicativo do sujeito
( ) Oà desenvolvimento das competências profissionais dos educadores passa
necessariamente pela ampliação do universo de conhecimentos e pela reflexão sobre a
à à- Sujeito simples

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 62
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

( ) áà à à à à à à à à à à àda sua boca. Ou se eu a disser dentro


à à à à Adjunto adnominal
De acordo com as afirmações, assinale a sequência correta.
a) (V); (F); (V); (F).
b) (V); (V); (F); (F).
c) (F); (V); (V); (F).
d) (V); (F); (F); (V).
22. (Aeronáutica / EEAer Sargento CTA 2017)
Analise os termos em destaque e coloque AA para adjunto adnominal e CN para
complemento nominal. Em seguida, assinale a sequência correta.
( ) Um cordão de lâmpadas coloridas cortava a rua principal em ziguezague. (Ganymédes
José)
( ) Para que literatura? Para termos o direito ao sonho e a garantia da realidade. (Olga de
Sá)
( ) Sonho ser acessível e desejável para todos uma vida simples e natural, de corpo e de
espírito. (Albert Einstein)
a) AA, AA e CN
b) AA, CN e CN
c) CN, AA e AA
d) CN, CN e AA
23. (Aeronáutica / EEAer Sargento EAGS 2017)
Leia:
1 - A extinção de grandes áreas de vegetação no Brasil ocorre, em muitos casos, devido a
queimadas provocadas pelo próprio nativo.
2 - Durante o inverno, as pousadas de Maromba, Visconde de Mauá e Maringá ficam cheias
de turistas.
3 - A aldeia dos tupinambás fica perto da área litorânea para facilitar o contato com o mar.
Sobre os termos destacados acima, é correto afirmar que
a) há apenas dois complementos nominais.
b) há apenas dois adjuntos adnominais.
c) todos são complementos nominais.
d) todos são adjuntos adnominais.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 63
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

24. (Aeronáutica / EEAer Sargento EAGS 2017)


Leia:
I. A euforia e o calor daquela noite expulsaram da sala o silêncio.
II. Naquela noite, sob o calor da euforia, o silêncio partiu.
Os termos destacados, nos textos acima, são, na sequência,
a) adjunto adnominal / adjunto adnominal.
b) adjunto adverbial / adjunto adnominal.
c) adjunto adnominal / adjunto adverbial.
d) adjunto adverbial / adjunto adverbial.
25. (Aeronáutica / CIAAR Primeiro-Tenente 2016)
A mesma classificação sintática do termo destacado a seguir: E , pobre de mim, não
desvendaria os segredos do céu àpode ser identificada também em:
à F àao cinema à
à F àao lado da igreja
à F à à à àdo hospital
à E à à àde uma grande área industrial
26. (Aeronáutica / EEAer Sargento 2016)
Marque a opção que apresenta, em destaque, complemento nominal.
a) Referi-me aos mesmos alunos de sempre.
b) Lute pela justiça, mas não se esqueça do amor.
c) A luta contra o ócio começa com a coragem de agir.
d) Lutava, frequentemente, contra o mal de suas ações.
27. (Aeronáutica / EEAer Sargento 2016)
Marque a opção em que o termo em destaque não modifica um substantivo.
a) E nesse dia então/ vai dar na primeira edição/ cena de sangue num bar da Avenida São
João. (Paulo Vanzolini)
b) As margens plácidas do Ipiranga ouviram o brado retumbante de um povo heroico.
(Joaquim Osório Duque Estrada)
c) Alguma coisa acontece no meu coração/que só quando cruza a Ipiranga com a avenida
São João. (Caetano Veloso)
d) Gostava do Ipiranga quando ele ainda era um riacho bucólico e despoluído.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 64
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

28. (Exército / EsPCEx Cadete 2014)


Assinale a alternativa que contém a expressão cuja classificação sintática é a mesma da
sublinhada na frase abaixo.
E à à à àde ensino
[A] aviso do ministro
[B] defesa da pátria
[C] perdão da injúria
[D] temor da trovoada
[E] disputa dos papéis
29. (Exército / EsPCEx 2013)
Evadiu-se do acampamento durante uma tempestade terrível.
Assinale a alternativa cujo fragmento sublinhado possui a mesma classificação sintática do
à à à à à
a) Bastou um telefonema para deixá-lo arrasado.
b) Bastou uma tacada mais forte para derrubá-lo.
c) Bastou um aceno para enchê-lo de esperanças.
d) Bastou a composição de um trecho para consagrá-lo.
e) Bastou um elogio do chefe para reanimá-lo.
30. (Exército / EsPCEx 2013)
A oração que apresenta complemento nominal é:
a) O povo necessita de alimentos.
b) Caminhar a pé lhe era saudável.
c) O cigarro prejudica o organismo.
d) O castelo estava cercado de inimigos.
e) As terras foram desapropriadas pelo governo.
31. (Aeronáutica / EEAer Controlador de Tráfego Aéreo 2016)
I. Lembrou-se da pátria com saudades e desejou sentir novamente os aromas de sua terra
e de sua gente.
II. A defesa da pátria é o princípio da existência do militarismo.
Assinale a alternativa que apresenta correta afirmação sobre os termos destacados nas frases
I e II.
a) As frases I e II apresentam em destaque adjuntos adnominais.
b) As frases I e II apresentam em destaque complementos nominais.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 65
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

c) A frase I apresenta em destaque um objeto indireto e a frase II apresenta em destaque


um complemento nominal.
d) A frase I apresenta em destaque um objeto indireto e a frase II apresenta em destaque
um adjunto adnominal.
32. (Aeronáutica / EEAer Sargento EAGS 2018)
Com relação aos tipos de predicado, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta
quanto à classificação dos predicados das orações abaixo.
1 Os alunos foram informados da situação.
2 Os candidatos saíram da sala confiantes.
3 O professor parece despreocupado.
a) Predicado Nominal Predicado Verbo-Nominal Predicado Verbal
b) Predicado Verbal Predicado Nominal Predicado Verbo-Nominal
c) Predicado Verbal Predicado Verbo-Nominal Predicado Nominal
d) Predicado Verbo-Nominal Predicado Verbal Predicado Nominal
33. (Aeronáutica / EEAer Sargento EAGS 2018)
Com relação aos termos destacados, coloque (V) para verdadeiro e (F) para falso. Em seguida,
assinale a alternativa que apresenta a sequência correta.
( ) É imprescindível que o governante do país adote duas diretrizes: distribuição de renda e
melhoria do ensino público. (Aposto)
( ) Sua inteligência deixou perplexos seus amigos. (Adjunto Adnominal)
( ) Audaciosos, os dois culpados denunciaram os envolvidos no crime. (Aposto)
( ) Ouvidos atentos, aproximei-me da porta. (Adjunto Adverbial)
a) F - V - V - F
b) V - F - F - V
c) V - F - V - V
d) F - V - F - V
34. (Aeronáutica / EEAer Sargento CTA 2017)
Leia:
A conversa corre alegre. (Ciro dos Anjos)
Aprendi novas palavras e tornei outras mais belas. (Drummond)
Os adjetivos grifados nos versos acima classificam-se respectivamente como predicativo
a) do sujeito e do objeto.
b) do sujeito e do sujeito.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 66
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

c) do objeto e do objeto.
d) do objeto e do sujeito.
35. (Aeronáutica / EEAer Sargento CTA 2017)
Assinale a alternativa em que não há predicado verbo-nominal.
a) Elas admiravam as encantadas luzes da Cidade Eterna.
b) Elas admiravam as luzes da Cidade Eterna encantadas.
c) Encantadas, elas admiravam as luzes da Cidade Eterna.
d) Elas admiravam, encantadas, as luzes da Cidade Eterna.
36. (Aeronáutica / EEAer Sargento EAGS 2017)
Há predicativo do sujeito em qual alternativa?
a) O silêncio ensurdecedor até agredia os ouvidos naquela calma manhã.
b) Naquela triste manhã de primavera, a chuva caía fria sobre a cidade.
c) Alegres e saltitantes sabiás faziam festa sobre a branca areia da praia.
d) O rei da floresta, naquela tarde, julgou o cãozinho inocente pelo sumiço do gato.
37. (Aeronáutica / EEAer Sargento EAGS 2017)
Assinale a alternativa que classifica, respectivamente, os predicados das frases abaixo.
1 - A justificativa do aluno parecia plausível.
2 - O professor considerou plausível a justificativa do aluno.
3 - Finalmente, o professor considerou a justificativa do aluno.
a) nominal, verbo-nominal, verbal
b) verbo-nominal, nominal, verbal
c) verbal, nominal, nominal
d) nominal, verbal, nominal
38. (Aeronáutica / EEAer Sargento EAGS 2017)
Assinale a alternativa em que os termos destacados estão corretamente classificados.
a) O encontro dos jovens foi emocionante. (predicativo do sujeito)
b) O sótão daquela velha mansão está cheio de morcegos. (predicativo do objeto)
c) Meu pai e meu avô achavam ótimo qualquer filme de terror. (predicativo do objeto)
d) Teu silêncio gélido fulmina meu coração já cansado de gritar por teu amor. (predicativo
do sujeito)

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 67
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

39. (Aeronáutica / EEAer Controlador de Tráfego Aéreo 2016)


Relacione as colunas e, em seguida, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:
I. Predicado Verbal
II. Predicado Nominal
III. Predicado Verbo-nominal
( ) Receava que eu me tornasse rancorosa.
( ) As irmãs saíram da missa assustadas.
( ) Da janela da igreja, os padres assistiam à cena.
a) II I III
b) III I II
c) I III II
d) II III I
40. (Aeronáutica / EEAer Sargento da Aeronáutica 2016)
Leia:
N à à à à à
Cavernas altas, onde o mar se esconde,
Lá donde as ondas saem furibundas
Os termos destacados no texto exercem, respectivamente, a função de
a) predicativo do objeto e predicativo do sujeito.
b) adjunto adnominal e predicativo do sujeito.
c) predicativo do sujeito e adjunto adnominal.
d) predicativo do objeto e adjunto adnominal.
41. (Exército / EsPCEx Cadete 2016)
Assinale a alternativa que classifica corretamente a sequência de predicados das orações
abaixo.
- Soa um toque áspero de trompa.
- Os estudantes saem das aulas cansados.
- Toda aquela dedicação deixava-o insensível.
- Em Iporanga existem belíssimas grutas.
- Devido às chuvas, os rios estavam cheios.
- Eram sólidos e bons os móveis.
[A] VERBAL; VERBO-NOMINAL; VERBO-NOMINAL; VERBAL; NOMINAL; NOMINAL

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 68
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

[B] VERBAL; VERBAL; VERBO-NOMINAL; NOMINAL; VERBO-NOMINAL; NOMINAL


[C] NOMINAL; VERBAL; VERBO-NOMINAL; VERBAL; NOMINAL; VERBO-NOMINAL
[D] VERBO-NOMINAL; VERBAL; NOMINAL; VERBAL; VERBO-NOMINAL; NOMINAL
[E] NOMINAL; VERBAL; VERBAL; NOMINAL; NOMINAL; VERBO-NOMINAL
42. (Marinha / Marinha Oficial CMV 2017)
Assinale a alternativa em que o termo sublinhado NÃO cumpre a função de sujeito.
a) Mas para navegar não basta sonhar. É preciso saber.
b) Disse certo o poeta à N à à à à à à à à à à à
c) É preciso sonhar para se decidir sobre o destino da navegação.
d) Naus e navegação têm sido uma das mais poderosas imagens na mente dos poetas.
==aa95b==

e) O meu sonho para a educação foi dito por Bachelard (...)


43. (Exército / EsPCEx Cadete 2017)
Assinale o período que contém agente da passiva:
a) O Brasil é responsável por uma das mais altas taxas de reincidência criminal em todo o
mundo.
b) Há pouquíssimos programas educacionais e laborais para os detentos.
c) A comida é oferecida pela prisão, mas é preparada pelos próprios detentos.
d) Situação contrária é encontrada na Noruega.
e) A reincidência é de cerca de 16% entre os homicidas, estupradores e traficantes que por
ali passaram.
44. (Aeronáutica / EEAer Sargento EAGS 2017)
O termo destacado é agente da passiva em que alternativa?
a) O poeta saiu cantando seus versos de norte a sul, naquela noite escura e fria.
b) A sua história de luta e resistência emocionou a todos daquela plateia.
c) O interesse daquele poeta pelas histórias em quadrinhos levou-o à escrita.
d) Naquela noite, o contador de histórias foi aplaudido de pé por aquela plateia.
45. Aeronáutica / EEAer Sargento CTA 2017)
Assinale a alternativa em que o termo em destaque classifica-se como aposto.
a) Roma e Cartago tiveram origem pouco menos que simultânea e evolução quase paralela.
b) A história apresenta Roma e Cartago como duas repúblicas bem semelhantes na origem
e na evolução.
c) A origem e a evolução de Roma e de Cartago foram quase que simultâneas e paralelas.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 69
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

d) As duas repúblicas, Roma e Cartago, tinham origem pouco menos que simultânea e
evolução quase paralela.
46. (Aeronáutica / EEAer Sargento EAGS 2017)
Em todas as alternativas há aposto, exceto em uma. Assinale-a.
a) Aqui está a mercadoria perdida: batata, cebola e alho.
b) O poeta Mário de Andrade participou da Semana de Arte Moderna.
c) Tiradentes, que fica em Minas Gerais, é a mais simpática das cidades históricas.
d) Ouro Preto, a antiga Vila Rica do período da mineração, recebe milhares de visitantes
todos os anos.
47. (Aeronáutica / EEAer Sargento Topografia 2016)
Assinale a alternativa que não contém aposto.
a) É sabido, pela história, que os índios, povo nativo da Ilha de Vera Cruz, primeiro nome do
nosso Brasil, transmitiram muito de sua cultura e costumes aos portugueses.
b) O Futurismo, movimento lançado pelo poeta italiano Marinetti em 1909, propunha a
destruição do passado e a exaltação da vida moderna.
c) E à à“ à à
Cobrai-a e não queirais, Pastor Divino,
P à à à à à à àGà àM à
à C à à à à à à à à à à à à à à à
há um recurso valiosíssimo: gente, como a caixa de supermercado, a bibliotecária e os
frequentadores de shopping cen àR àW
48. (Marinha / EFOMM Oficial 2016)
Ao longo do texto o autor se vale de diferentes tipos de aposto. Assinale a única opção em
que NÃO se encontra essa construção sintática:
a) Sabedor das minhas limitações e competências, nunca escrevi como chef.
b) A pipoca, milho mirrado, grãos redondos e duros, me pareceu uma simples molecagem,
brincadeira deliciosa (...)
c) Lembrei-me, então, de lição que aprendi com a Mãe Stella, sábia poderosa do candomblé
(...)
d) Já escrevi sobre as mais variadas entidades do mundo da cozinha: cebolas, ora-pro-nóbis,
picadinho de carne com tomate feijão e arroz, bacalhoada, suflês, sopas, churrascos.
e) Meu amigo William, extraordinário professor-pesquisador da Unicamp, especializou-se
(...)

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 70
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

49. (Aeronáutica / EEAer Sargento CTA 2017)


Assinale a alternativa em que o termo em destaque classifica-se como vocativo.
a) Não é ninguém, é o padeiro! (Rubem Braga)
b) Você está criando mal esta criança. Faz-lhe muitos mimos, está lhe dando nervos...
(Lima Barreto)
c) Pois então eu digo... a senhora não sabe... eu... eu lhe quero... muito bem. (Manuel
Antônio de Almeida)
d) Lorena! Descalça nessas pedras! ela se espanta. As solas dos pés não estão doendo?
(Lygia Fagundes Telles)
50. (Marinha / CFN Fuzileiro Naval 2017)

N à à “ à à à à à à à à àmãe à à à à
pode ser classificada como
(A) aposto.
(B) sujeito.
(C) predicado.
(D) agente da passiva.
(E) vocativo.

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 71
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

51. (FCC / PM AC Soldado 2017)

(WALKER, Mort. Recruta Zero. Disponível em: http://cultura.estadao.com.br)


O emprego da vírgula em Zero, quero a trincheira ali! tem a função de destacar o vocativo na
oração, assim como na frase:
(A) Se os senhores precisarem de algo, chamem nossos comissários de bordo, que lhes
atenderão prontamente.
(B) O avião irá decolar, os senhores devem permanecer com os cintos de segurança atados
durante a viagem.
(C) Em caso de emergência, os senhores terão duas saídas, uma na parte dianteira e outra na
parte traseira da aeronave.
(D) Senhores, permaneçam em seus assentos enquanto as luzes de suas cabines estiverem
apagadas.
(E) Nós, comissários e pilotos, esperamos que os senhores apreciem nosso serviço de bordo.
52. (IADES / CRESS-MG Auxiliar Administrativo 2016)
Assinale a alternativa cuja oração apresenta um termo com a mesma função sintática do
à à à à Machistas à
a) Machistas, vocês não passarão!
b) Não passarão machistas!
c) Não passarão, machistas!
d) As pessoas que são machistas não passarão!
e) Vocês, machistas, não passarão!

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 72
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

53. (COPEVE-UFAL / Prefeitura Maceió AL Assistente 2016)

Levando em conta a frase da imagem, assinale a alternativa que apresenta a correta função
sintática do ter à à à à à à à à à à
a) Aposto.
b) Vocativo.
c) Adjunto adnominal.
d) Complemento verbal.
e) Complemento nominal.
54. (FGV / TJ RJ Técnico 2015)
QUANTO FALTA PARA O DESASTRE?
Verão de 2015. As filas para pegar água se espalham por vários bairros. Famílias carregam
baldes e aguardam a chegada dos caminhões-pipa. Nos canos e nas torneiras, nem uma gota.
O rodízio no abastecimento força lugares com grandes aglomerações, como shopping centers
e faculdades, a fechar. As chuvas abundantes da estação não vieram, as obras em andamento
tardarão a ter efeito e o desperdício continuou alto. Por isso, São Paulo e várias cidades
vizinhas, que formam a maior região metropolitana do país, entram na mais grave crise de
à àda história. (Época, 16/06/2014)
Uma das regras de emprego da vírgula é para marcar a omissão de uma forma verbal; o
segmento abaixo em que isso ocorre no texto é:
(A) N à à à à à à à à
(B) Oà à à à à ares com grandes aglomerações, como shopping
à à à à à
(C) á à à à à à à à à à à à à à à
à à à à à à
(D) P à à“ àP à à à à à

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 73
70220902461 - Lucas Nobre
Décio Terror Filho
Aula 07
698715

(E) à à à à à à à à à à à à à à à
à à

4 GABARITO

1.
2. E 20. E 38. A
3. B 21. B 39. C
4. C 22. B 40. D
5. A 23. B 41. B
6. E 24. C 42. A
7. D 25. C 43. E
8. E 26. C 44. C
9. A 27. C 45. D
10. A 28. D 46. D
11. B 29. A 47. C
12. D 30. E 48. C
13. B 31. B 49. A
14. E 32. C 50. D
15. D 33. C 51. E
16. B 34. B 52. D
17. B 35. A 53. B
18. E 36. A 54. A
19. E 37. C 55. A

Meu amigo, minha amiga!


Obrigado por ter acompanhado esta aula até o fim!
Pode ter certeza de que sua dedicação valerá a pena!
Se você está gostando da aula, dê um alô no WhatsApp abaixo!
Se quiser fazer sugestões, críticas, observações, isso também
ajudará bastante na formulação dos nossos cursos!
Um grande abraço!
Décio Terror

(32) 98447 5981

Português p/ Escola de Sargentos das Armas (EsSA) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 74
70220902461 - Lucas Nobre