Você está na página 1de 4

Ano B / Solenidade / Branco Ano 41 - Nº 2448 - 24/12/2020

NATAL DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO / do império de Otaviano Augusto; / estando todo o
mundo em paz, / JESUS CRISTO, / ETERNO DEUS
MISSA DA NOITE / E FILHO DO ETERNO PAI, / querendo consagrar
o mundo / com sua piedosíssima vinda, / pelo
Espírito Santo concebido, / passados nove meses da
concepção, / em Belém da Judeia / NASCE, / feito
homem, da Virgem Maria. / NATAL DE NOSSO
SENHOR JESUS CRISTO, SEGUNDO A CARNE!

RITOS INICIAIS
1. CANTO DE ABERTURA
Aleluia, aleluia! / Glória a Deus nos altos céus! / E
na terra paz aos homens, / bem amados filhos seus.
1. Da flor plantada na terra / nasceu um fruto divino.
/ Um filho foi concebido, / o céu nos deu um
menino.
A. Cantai ao Senhor um canto 2. O “sim” da Virgem Maria / gerou a luz da
novo! Exultemos de alegria! esperança. / E Deus o mundo recria / na forma
Nesta noite santa do Natal de uma criança.
de Nosso Senhor Jesus Cristo, 3. Alegres como os pastores, / cantemos graças a
estamos reunidos ao redor do Deus. / Seu Filho vem, como pobre, / unir a terra
altar para celebrarmos o Filho e os céus.
de Deus, que se faz presente
no meio de nós. Por isso, 2. SAUDAÇÃO
com alegria, paz e corações S. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.
renovados, vamos celebrar o
T. Amém.
príncipe da paz. Na alegria deste
S. A graça e a paz de Deus, nosso Pai, e de Jesus
encontro fraterno, acolhamos a
Cristo, nosso Senhor, estejam convosco.
graça de Deus.
T. Bendito seja Deus, que nos reuniu no amor de
Cristo.
ANÚNCIO NATALINO
SUGESTÃO: O anúncio natalino pode ser proclamado 3. ATO PENITENCIAL
(cantado ou recitado), pelo presidente da celebração ou S. No início desta celebração eucarística, peçamos
por outra pessoa idônea, antes do início da celebração a conversão do coração, fonte de reconciliação com
propriamente dita. Após a procissão de entrada e o Deus e com os irmãos e irmãs. (Pausa) Confessemos
canto de abertura, procede-se ao anúncio. Logo após, os nossos pecados:
o padre saúda os fiéis e incensa o altar. Enquanto isso, Confesso a Deus todo-poderoso e a vós, irmãos e
pode-se entoar novamente um trecho do canto de irmãs, que pequei muitas vezes por pensamentos e
abertura. Segue-se a celebração como de costume. palavras, atos e omissões, por minha culpa, minha
S. Transcorridos inumeráveis séculos a partir da tão grande culpa. E peço à Virgem Maria, aos anjos
criação do mundo, / desde que Deus, no princípio, e santos e a vós, irmãos e irmãs, que rogueis por
/ criou o céu e a terra / e formou o ser humano à mim a Deus, nosso Senhor.
sua imagem; / transcorridos também muitos séculos
/ desde que o Altíssimo, / passado o dilúvio, / pôs S. Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós,
um arco nas nuvens, / sinal de aliança e de paz; perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida
/ no século vigésimo-primeiro / da migração de eterna.
Abraão, / nosso pai na fé, / de Ur dos Caldeus; / no T. Amém.
século décimo-terceiro / da saída do povo de Israel
do Egito, / conduzido por Moisés; / cerca de mil S. Senhor, tende piedade de nós.
anos da unção / de Davi como rei; / na sexagésima- T. Senhor, tende piedade de nós.
quinta semana, / conforme a profecia de Daniel; / S. Cristo, tende piedade de nós.
na centésima- / nonagésima-quarta Olimpíada; / no T. Cristo, tende piedade de nós.
setingentésimo- quinquagésimo-segundo ano / da S. Senhor, tende piedade de nós.
fundação de Roma; / no quadragésimo-segundo ano T. Senhor, tende piedade de nós.
4. HINO DE LOUVOR • O céu se rejubile e exulte a terra,/ aplauda o mar
Glória, glória! Anjos no céu / cantam todos seu amor! com o que vive em suas águas;/ os campos com
/ E na terra, homens de paz: / “Deus merece o louvor!” seus frutos rejubilem/ e exultem as florestas e as
1. Deus e Pai, nós vos louvamos, / adoramos, matas.
bendizemos, / damos glória ao vosso nome, / • Na presença do Senhor, pois ele vem,/ porque vem
vossos dons agradecemos. para julgar a terra inteira./ Governará o mundo
2. Senhor nosso Jesus Cristo, / Unigênito do Pai, / Vós, todo com justiça/ e os povos julgará com lealdade.
de Deus Cordeiro santo, / nossas culpas perdoai.
3. Vós, que estais junto do Pai / como nosso intercessor, 8. SEGUNDA LEITURA (Tt 2,11-14)
/ acolhei nossos pedidos, / atendei nosso clamor. Leitura da Carta de São Paulo a Tito.
4. Vós somente sois o Santo, / o Altíssimo, o Senhor, / Caríssimo, a graça de Deus se manifestou trazendo
com o Espírito Divino, / de Deus Pai no esplendor. salvação para todos os homens. Ela nos ensina a
abandonar a impiedade e as paixões mundanas e a
5. ORAÇÃO viver neste mundo com equilíbrio, justiça e piedade,
S. Oremos: (pausa) Ó Deus, que fizestes resplandecer aguardando a feliz esperança e a manifestação
esta noite santa com a claridade da verdadeira luz, da glória do nosso grande Deus e Salvador, Jesus
concedei que, tendo vislumbrado na terra este Cristo. Ele se entregou por nós, para nos resgatar de
mistério, possamos gozar no céu sua plenitude. toda maldade e purificar para si um povo que lhe
P.N.S.J.C. pertença e que se dedique a praticar o bem.
T. Amém. Palavra do Senhor.
T. Graças a Deus.
LITURGIA DA PALAVRA
9. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO
A. É Natal! O Evangelho de hoje Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia!
narra o grande acontecimento Eu vos trago a Boa Nova / de uma grande alegria: /
esperado por toda a humanidade: é que hoje vos nasceu / o Salvador, Cristo, o Senhor.
é Deus que nasce no meio dos
humildes. Abramos nosso coração 10. EVANGELHO (Lc 2,1-14)
para acolher a Palavra. S. O Senhor esteja convosco.
T. Ele está no meio de nós.
6. PRIMEIRA LEITURA (Is 9,1-6) S. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo
Leitura do Livro do Profeta Isaías. segundo Lucas.
O povo, que andava na escuridão, viu uma grande T. Glória a vós, Senhor.
luz; para os que habitavam nas sombras da morte, S. Aconteceu que, naqueles dias, César Augusto
uma luz resplandeceu. Fizeste crescer a alegria e publicou um decreto, ordenando o recenseamento
aumentaste a felicidade; todos se regozijam em tua de toda a terra. Esse primeiro recenseamento foi
presença como alegres ceifeiros na colheita, ou feito quando Quirino era governador da Síria.
como exaltados guerreiros ao dividirem os despojos. Todos iam registrar-se, cada um na sua cidade
Pois o jugo que oprimia o povo - a carga sobre os natal. Por ser da família e descendência de Davi,
ombros, o orgulho dos fiscais - tu os abateste como José subiu da cidade de Nazaré, na Galileia, até
na jornada de Madiã. Botas de tropa de assalto, a cidade de Davi, chamada Belém, na Judeia,
trajes manchados de sangue, tudo será queimado que estava grávida. Enquanto estavam em Belém,
e devorado pelas chamas. Porque nasceu para nós completaram-se os dias para o parto, e Maria deu
um menino, foi-nos dado um filho; ele traz aos à luz o seu filho primogênito. Ela o enfaixou e
ombros a marca da realeza; o nome que lhe foi colocou na manjedoura, pois não havia lugar para
dado é: Conselheiro admirável, Deus forte, Pai dos eles na hospedaria. Naquela região havia pastores
tempos futuros, Príncipe da paz. Grande será o seu que passavam a noite nos campos, tomando conta
reino e a paz não há de ter fim sobre o trono de do seu rebanho. Um anjo do Senhor apareceu aos
Davi e sobre o seu reinado, que ele irá consolidar e pastores, a glória do Senhor os envolveu em luz, e
confirmar em justiça e santidade, a partir de agora e eles ficaram com muito medo. O anjo, porém, disse
para todo o sempre. O amor zeloso do Senhor dos aos pastores: “Não tenhais medo! Eu vos anuncio
exércitos há de realizar essas coisas. uma grande alegria, que o será para todo o povo:
Palavra do Senhor. Hoje, na cidade de Davi, nasceu para vós um
T. Graças a Deus. Salvador, que é o Cristo Senhor. Isto vos servirá de
sinal: Encontrareis um recém-nascido envolvido em
7. SALMO RESPONSORIAL [Sl 95(96)] faixas e deitado numa manjedoura”. E, de repente,
Hoje nasceu para nós o Salvador, que é Cristo, o juntou-se ao anjo uma multidão da corte celeste.
Senhor. Cantavam louvores a Deus, dizendo: “Glória a Deus
• Cantai ao Senhor Deus um canto novo,/ cantai ao no mais alto dos céus e paz na terra aos homens
Senhor Deus, ó terra inteira!/ Cantai e bendizei por ele amados”.
seu santo nome! Palavra da Salvação.
• Dia após dia anunciai sua salvação,/ manifestai T. Glória a vós, Senhor.
a sua glória entre as nações/ e entre os povos do
universo seus prodígios! 11. PROFISSÃO DE FÉ
12. PRECES DOS IRMÃOS S. O Senhor esteja convosco.
S. Irmãos e irmãs, nesta noite de Natal, em que T. Ele está no meio de nós.
apareceu a bondade de Deus, nosso Salvador, e S. Corações ao alto.
se manifestou o seu amor pela pessoa humana, T. O nosso coração está em Deus.
elevemos a Deus nossas orações, confiando, não S. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.
nos nossos méritos, mas na misericórdia divina. T. É nosso dever e nossa salvação.
S. Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever
L. Senhor, abençoai e protegei a vossa Igreja, corpo e salvação dar-vos graças, sempre e em todo lugar,
de Cristo, para que seja promotora da paz e da Senhor, Pai santo, Deus eterno e todo-poderoso. No
unidade, sempre testemunhando o Reino de Deus, mistério da encarnação de vosso Filho, nova luz da
nós vos pedimos. vossa glória brilhou para nós. E, reconhecendo a Jesus
T. Senhor, escutai a nossa prece. como Deus visível a nossos olhos, aprendemos a amar
L. Senhor, que a celebração do Natal motive nele a divindade que não vemos. Por ele, os anjos
ações permanentes de caridade em favor dos mais celebram vossa grandeza e os santos proclamam vossa
necessitados, nós vos pedimos: glória. Concedei-nos também a nós associar-nos a seus
T. Senhor, escutai a nossa prece. louvores, cantando (dizendo) a uma só voz:
L. Senhor, por todos nós aqui presentes, para que T. Santo, Santo, Santo...
não nos deixemos levar pelo individualismo e S. Na verdade, vós sois santo, ó Deus do universo, e
consumismo e que façamos do Natal uma autêntica tudo o que criastes proclama o vosso louvor, porque,
festa cristã, nós vos pedimos: por Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso, e pela
T. Senhor, escutai a nossa prece. força do Espírito Santo, dais vida e santidade a todas
as coisas e não cessais de reunir o vosso povo, para
(Preces da comunidade) que vos ofereça em toda parte, do nascer ao pôr-
S. Senhor nosso Deus, fazei que as súplicas de do-sol, um sacrifício perfeito.
vossos fieis vos sejam agradáveis pela intercessão da T. Santificai e reuni o vosso povo!
Virgem Maria, que mereceu trazer o Homem-Deus S. Por isso, nós vos suplicamos: santificai pelo Espírito
em seu seio imaculado. P.C.N.S. Santo as oferendas que vos apresentamos para serem
T. Amém. consagradas, a fim de que se tornem o Corpo e o
Sangue de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso,
LITURGIA EUCARÍSTICA que nos mandou celebrar este mistério.
T. Santificai nossa oferenda, ó Senhor!
A. Jesus nasceu entre os pobres e no S. Na noite em que ia ser entregue, ele tomou o pão,
meio deles encontra acolhida; e é no deu graças e o partiu e deu a seus discípulos, dizendo:
meio dos humildes que vem ao nosso TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO,
encontro. Com os sinais simples do QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS.
pão e do vinho, apresentamos ao S. Do mesmo modo, ao fim da ceia, ele tomou o
Senhor a nossa vida. cálice em suas mãos, deu graças novamente e o deu
a seus discípulos, dizendo:
13. APRESENTAÇÃO DOS DONS TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO
Longe, distante de casa / o menino nasceu: / dor e MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA
alegria tão juntas / nosso Deus conheceu. ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E
1. Então chegaram pastores, / trazendo o suor do POR TODOS PARA REMISSÃO DOS PECADOS.
trabalho, / simples na pobreza, / num sorriso o FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM.
mais nobre agasalho. S. Eis o mistério da fé!
2. Então os sábios partiram: / humilde, insistente T. Anunciamos, Senhor, a vossa morte e proclamamos
procura. / Longe dos palácios, / manjedoura foi a vossa ressurreição. Vinde, Senhor Jesus!
berço e ternura. S. Celebrando agora, ó Pai, a memória do vosso
3. E nós também acorremos, / quem pode esquecer Filho, da sua paixão que nos salva, da sua gloriosa
o menino? / Quis morar conosco, / desvelou-nos ressurreição e da sua ascensão ao céu e enquanto
o nosso destino. esperamos a sua nova vinda, nós vos oferecemos em
ação de graças este sacrifício de vida e santidade.
14. ORAI, IRMÃOS E IRMÃS... T. Recebei, ó Senhor, a nossa oferta!
T. Receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício, S. Olhai com bondade a oferenda da vossa Igreja,
para a glória do seu nome, para nosso bem e de reconhecei o sacrifício que nos reconcilia convosco e
toda a santa Igreja. concedei que, alimentando-nos com o Corpo e o Sangue
S. Acolhei, ó Deus, a oferenda da festa de hoje, na do vosso Filho, sejamos repletos do Espírito Santo e nos
qual o céu e a terra trocam seus dons, e dai-nos tornemos em Cristo um só corpo e um só espírito.
participar da divindade daquele que uniu a vós a T. Fazei de nós um só corpo e um só espírito!
nossa humanidade. P.C.N.S. S. Que ele faça de nós uma oferenda perfeita para
T. Amém. alcançarmos a vida eterna com os vossos santos: a
Virgem Maria, Mãe de Deus; São José, seu esposo;
15. ORAÇÃO EUCARÍSTICA III os vossos Apóstolos e Mártires, e todos os santos, que
Prefácio do Natal do Senhor, I (Missal, p.410) não cessam de interceder por nós na vossa presença.
“O Cristo, luz do mundo” T. Fazei de nós uma perfeita oferenda!
S. E agora, nós vos suplicamos, ó Pai, que este S. Aquele que anunciou aos pastores pelo Anjo a
sacrifício da nossa reconciliação estenda a paz e grande alegria do nascimento do Salvador derrame
a salvação ao mundo inteiro. Confirmai na fé e na em vossos corações a sua alegria e vos torne
caridade a vossa Igreja, enquanto caminha neste mensageiros do Evangelho.
mundo: o vosso servo o papa Francisco, o nosso T. Amém.
bispo Pedro, com os bispos do mundo inteiro, o S. Aquele que, pela encarnação de seu Filho, uniu
clero e todo o povo que conquistastes. a terra ao céu, vos conceda sua paz e seu amor e
T. Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja! vos torne participantes da Igreja celeste.
S. Atendei às preces da vossa família, que está T. Amém.
aqui, na vossa presença. Reuni em vós, Pai de S. Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai e Filho e
misericórdia, todos os vossos filhos e filhas dispersos Espírito Santo.
pelo mundo inteiro. T. Amém.
T. Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos!
S. Acolhei com bondade no vosso reino os nossos 20. CANTO
irmãos e irmãs que partiram desta vida e todos os 1. Cristãos, vinde todos, com alegres cantos. / Ó vinde,
que morreram na vossa amizade. Unidos a eles, ó vinde até Belém. / Vede, nascido, vosso rei eterno.
esperamos também nós saciar-nos eternamente da Ó vinde, adoremos! Ó vinde, adoremos! / Ó vinde,
vossa glória, por Cristo, Senhor nosso. adoremos o Salvador!
T. A todos saciai com vossa glória. 2. Humildes pastores deixam seu rebanho / e alegres
S. Por Ele dais ao mundo todo bem e toda graça. acorrem ao rei do céu. / Nós, igualmente, cheios
S. Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a vós, Deus de alegria.
Pai todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, 3. O Deus invisível de eterna grandeza, sob véus
toda a honra e toda a glória, agora e para sempre. de humildade, podemos ver. / Deus pequenino,
T. Amém. / Deus envolto em faixas!
4. Nasceu em pobreza, repousando em palhas. /
16. RITO DA COMUNHÃO O nosso afeto lhe vamos dar. Tanto amou-nos! /
A. O Verbo se fez carne e vimos sua glória. Quem não há de amá-lo?
17. CANTO DE COMUNHÃO NOSSO NATAL
Deus nos espera em Belém, / sabe da fome que O Natal é sempre um tempo de alegria e suave
temos. / Vamos à Casa do pão, / lá nosso irmão esperança em meio aos dramas humanos do dia a dia.
nós veremos. No Natal celebramos o fato histórico do nascimento
1. Toda bondade de Deus / desde o começo vigora. de Jesus, o Filho de Deus, mas, indo além, celebramos
/ Felizes todos os povos: / hoje conosco ele mora! o mistério da encarnação: em Jesus Deus veio morar
entre nós!
2. Foram Maria e José / os escolhidos da vida, / que O Verbo se fez carne (Jo 1,14). Não só no passado
viram felicidade / em se entregar sem medida. isto aconteceu, mas continua acontecendo porque Jesus
3. Anjos cantaram por lá / cantos de plena alegria: / se torna presente em cada Eucaristia, na vida de cada
e quem se fez vigilante / viu que o Menino sorria. cristão e na Salvação que Ele opera no mundo. O Natal
4. Longe uma estrela brilhou / e nos chamou para é o ponto da partida de tudo o que Cristo realizou para
nossa salvação. O Natal é o princípio da Igreja e da
perto. / E quem buscou a verdade / viu que há solidariedade entre nós.
bem mais que deserto. O Filho de Deus assumiu o que é nosso para nos
5. Justo e piedoso ancião / teve consolo em seu braços: / dar o que é seu. Assim o Natal nos indica o desejo
e quem a luz procurava / pôde seguir os seus passos. de Deus de fazer de nós, em Jesus Cristo, seus filhos
6. Eis a nossa paz, nosso bem! / Que a humanidade adotivos: filhos no Filho. A espiritualidade do Natal é a
espiritualidade da adoção como filhos de Deus.
se esmere / em ter olhar, gesto e passo / postos Contemplemos a humildade e a pobreza de Jesus
no Amor que a prefere. no presépio. Mas também abramos os olhos para ver a
dignidade que Ele confere a cada ser humano. Natal é festa
18. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO da dignidade do ser humano, pois Deus se tornou um deles.
S. Oremos: (pausa) Senhor nosso Deus, ao Nosso natal seja o natal do coração aberto para
celebrarmos com alegria o Natal do nosso Salvador, acolher Jesus e nele todos os irmãos
e irmãs, em especial os mais pobres.
dai-nos alcançar por uma vida santa seu eterno Com carinho de pai e pastor
convívio. P.C.N.S. abençoo a todos, desejando um FELIZ
T. Amém. NATAL!

+Dom Pedro Carlos Cipollini


RITOS FINAIS Bispo de Santo André
19. BÊNÇÃO E DESPEDIDA
S. O Senhor esteja convosco. COMISSÃO DIOCESANA DE LITURGIA - Equipe de Redação ABC
T. Ele está no meio de nós. Litúrgico - Praça do Carmo, 36 - 09010-020 - Santo André / SP
S. O Deus de infinita bondade, que, pela encarnação Responsável: Pe. Guilherme Franco Octaviano - Revisão: Mário Gurgel
do seu Filho, expulsou as trevas do mundo e, com - Ilustrações: Antônio de P. Luz - Diagramação: Fábio Crepaldi
- Cantos: Setor Música - Jornalista Responsável: Fábio Sales (MTB
seu glorioso nascimento, transfigurou esta noite 59633) - Tiragem: 80 mil - Impressão: www.aarte.com.br - Contato:
santa, expulse dos vossos corações as trevas dos abcliturgico@diocesesa.org.br
vícios e vos transfigure com a luz das virtudes.
T. Amém. www.diocesesa.org.br /DioceseDeSantoAndre

Você também pode gostar