Você está na página 1de 30

T OLEDO

820 - Pesagem de Eixos


BALANÇA RODOVIÁRIA

MANUAL DE OPERAÇÃO

INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO

MOIM-820 PESAGEM DE EIXOS RE: 00-07-10


TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

Índice

01. Descrição Geral 03. Operação


A. Composição Externa ............................... 01-01/04 A. Indicador de Peso .................................... 03-01/02
B. Principais Características ........................ 01-04/04
04. Manutenção
02. Instalação A. Limpeza ................................................... 04-01/02
A. Identificação dos Desenhos Enviados B. Lubrificação .............................................. 04-01/02
aos Clientes ............................................. 02-01/18
C. Parte Mecânica ........................................ 04-01/02
B. Máquinas e Ferramentas ......................... 02-11/18
D. Parte Elétrica ........................................... 04-02/02
C. Requisitos da Instalação .......................... 02-12/18
D. Etapas da Instalação ............................... 02-14/18

Revisão 00 - 07 - 10 ( 01 - 01 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

Introdução

Este Manual consiste de um guia de trabalho para Técnicos treinados no CENTRO DE TREINAMENTO
TÉCNICO - C.T.T., fornecendo informações necessárias para ajudá-los na OPERAÇÃO, INSTALAÇÃO e MANUTENÇÃO
da Balança Rodoviária 820 - Pesagem de Eixos TOLEDO.

As informações contidas neste MANUAL são de propriedade exclusiva da TOLEDO DO BRASIL INDÚSTRIA DE
BALANÇAS LTDA., e não devem ser reproduzidas ou transmitidas a terceiros sem autorização prévia por escrito.

Solicitações de informações relativas a Treinamento Técnico, feitas por Clientes e cópias adicionais deste
MANUAL, serão atendidas através do seguinte endereço:

TOLEDO DO BRASIL INDÚSTRIA DE BALANÇAS LTDA.


CENTRO DE TREINAMENTO TÉCNICO
Rua Manoel Cremonesi, 01 - Jd. Belita
CEP. 09851-900 - S. Bernardo do Campo - SP
Telefone: (11) 4356-9178
Fax: (11) 4356-9465
e-mail:ctt@toledobrasil.com.br

ATENÇÃO
DESCONECTAR A BALANÇA DA REDE
ANTES DE EFETUAR QUALQUER TROCA
OU MANUTENÇÃO.

ADVERTÊNCIA
OBSERVAR AS PRECAUÇÕES PARA O
MANUSEIO DE EQUIPAMENTOS SENSÍVEIS
À ELETRICIDADE ESTÁTICA.

CONTROLE DE REVISÕES
SEÇ ÃO 1 SEÇ ÃO 2 SEÇ ÃO 3 SEÇ ÃO 4
00-07-10 00-07-10 00-07-10 00-07-10

Revisão 00 - 07 - 10 ( 01 - 01 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

01 Descrição Geral

A balança rodoviária 820 - Pesagem de Eixos é uma É destinada à pesagem de eixos de caminhões na saída
plataforma cuja estrutura possui perfis e chapas metálicas de plantas industriais, com o intuito de liberar um caminhão
junto a uma estrutura de concreto suspensa por células à rodovia, que esteja dentro dos limites de carga permitidos
de carga. É destinada a pesagens de eixos de caminhões por lei. Desta forma o usuário poderá:
de forma estática, ou seja, necessita que o veículo esteja • Controlar a carga máxima permitida para rodagem em
parado para efetuar a correta medição de sua massa. rodovias;
• Distribuir proporcionalmente a carga nos eixos;
• Utilizar ao máximo a capacidade de carga do caminhão.

A. COMPOSIÇÃO EXTERNA

Visão Geral - Vista Lateral do Equipamento

Caixa de Tampa de
Junção Inspeção

Célula de Carga Longarina Limitador

Revisão 00 - 07 - 10 01 - ( 01 / 04 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

As partes principais da balança são: 4. Borda Frontal

1. Conjunto da Longarina O conjunto do guarda-roda é utilizado para direcionar o


motorista na plataforma e orientá-lo a não permitir que a
A longarina é o principal elemento da estrutura da roda do caminhão ultrapasse a zona de pesagem. É
plataforma e tem como objetivo fornecer a estrutura importante notar que o mesmo não foi projetado para
mecânica necessária para suportar as forças exercidas resistir a impactos provenientes das rodas do veículo e
pelo caminhão e pelo seu próprio peso. No conjunto desta deve ser utilizado somente para orientação do caminhão
balança temos duas longarinas. sobre a plataforma. As figuras abaixo mostram os
elementos do conjunto do guarda-roda.

Nervura

Pára-choque
Longarina

2. Travessa

São utilizadas quatro travessas em perfil UDC. Suas 5. Borda Lateral com Suporte
extremidades são fixadas nas longarinas com a finalidade
de fornecer maior rigidez e garantir a geometria da A borda lateral é uma estrutura metálica fixada nas
estrutura. longarinas através das cantoneiras. Sua principal
característica é o fechamento lateral dos módulos da laje
de concreto. São utilizadas duas bordas laterais com
suporte.

3. Borda Frontal e Lateral do Poço


Cantoneira
São utilizadas duas bordas frontais e duas bordas laterais
fixadas no poço. Têm como objetivo receber e amortecer
os impactos transversais e longitudinais, e limitar o 6. Célula de Carga
deslocamento transversal da plataforma junto à borda
frontal; além disso, protege o piso de concreto que está
ao lado da plataforma de pesagem.

Cantoneira

Chumbadores

Revisão 00 - 07 - 10 01 - ( 02 / 04 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

7. Conjunto das Castanhas 10. Caixa de Junção

A caixa de junção é responsável por receber os sinais de


todas as células de carga do sistema e enviar somente
um único sinal equivalente ao indicador. Através dela é
possível também regular os sinais recebidos pela célula
de carga em um determinado campo de tolerância.

8. Conjunto das Placas das Castanhas

11. Base da Célula

Existem 4 conjuntos de base, um para cada célula. São


formadas por uma chapa com 1’’ de espessura que
9. Batente contém furações para fixar a placa da castanha, alojar os
chumbadores (2 por base) e fixar o cabo de aterramento.
São utilizados quatro batentes. Dois deles servem para
limitar o movimento longitudinal e dois para limitar o
movimento transversal da plataforma. Sua função é receber
os choques dos batedores dacrometizados.

Chumbador

Fixação do
Cabo de
Aterramento

12. Conjunto da Tampa de Inspeção


Parafuso
Batedor Este conjunto está localizado exatamente no centro da
Plataforma de Pesagem. Tem como função facilitar o
acesso ao equipamento após a instalação da balança.
Este item é de fornecimento do cliente.

Revisão 00 - 07 - 10 01 - ( 03 / 04 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

13. Check Link 3. Condições Necessárias para o Correto


Funcionamento do Equipamento
O Check Link é um sistema que trava os movimentos
longitudinais e transversais da plataforma, sem que haja Para que o equipamento realize a medição correta da
agarramento. Desta forma, não haverá possibilidade do massa por eixo do caminhão, é necessário que algumas
caminhão “empurrar” a plataforma contra as paredes do condições sejam atendidas. Abaixo seguem tais
poço (fundações), ação que faria com que parte do peso condições:
do veículo fosse transferida à parede e não às células,
interferindo assim no resultado da pesagem. Com relação ao veículo:

. Deverá se aproximar à plataforma de pesagem com


velocidade baixa (máximo 5 km/h);
. Deverá estar parado no momento da pesagem;
. Deverá estar com o eixo, ou conjunto de eixo, a ser
pesado por completo em cima da plataforma;
. Veículos com carga líquida deverão aguardar a estabi-
lização do material para que seja realizada a pesagem.

Com relação ao condutor:

. Não deverá realizar movimentos bruscos de parada ou


de arrancada, pois poderá danificar a célula de carga e
interferir nos valores de pesagem;
. Deverá centralizar o caminhão com a pista, fazendo
com que todos os pneus do eixo ou conjunto estejam
em cima da plataforma;
B. PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS . Não poderá utilizar o freio de mão, exceto se parte do
veículo estiver em piso inclinado;
. Não é permitido nenhum tipo de deslocamento trans-
1. Características Gerais versal em cima da plataforma.

. Utilização de células de carga digital MTX;


Com relação ao procedimento:
. Cabos blindados com dupla malha de aço inox;
. O veículo após pesado, não poderá permanecer sobre
. Sistema de proteção contra surtos de tensão; a plataforma de pesagem; devendo sair imediatamente
após a liberação por parte do operador;
. Grau de Proteção do Indicador: IP-67
Grau de Proteção da Plataforma: IP-68;
Com relação à pista:
. Menor custo com obra civil.
. A plataforma de pesagem da balança deverá estar exa-
tamente no mesmo plano da pista, dentro de erro máxi-
2. Versões do Equipamento mo de ± 3 mm;
. A pista de aproximação deverá estar nivelada e aplainada
O sistema de balanças rodoviárias 820 – Pesagem de antes e depois da plataforma em uma área que corres-
Eixos possui capacidade e tamanho de plataforma única. ponda ao comprimento do maior veículo.
Isto porque, independente do tamanho e peso do caminhão,
a pesagem sempre será feita por eixos ou em módulos;
desta forma, a balança rodoviária poderá ser aplicada para
qualquer modelo de caminhão. O sentido de tráfego
sempre será através do eixo longitudinal (4 m).

Revisão 00 - 07 - 10 01 - ( 04 / 04 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

02 Instalação

A. IDENTIFICAÇÃO DOS DESENHOS ENVIADOS AOS CLIENTES

Os desenhos de balanças rodoviárias enviados aos clientes podem ser identificados através da Intranet ou Site APP,
e no SAP, podemos identificar o desenho do Conjunto Geral.

Quando identificarmos os desenhos via Intranet ou SAP, solicitar ao CTT os respectivos arquivos eletrônicos por e-
mail ctt@toledobrasil.com.br. Pelo site APP, o download do arquivo é obtido diretamente do site.

Antes de iniciarmos a pesquisa, é imprescindível que tenhamos o número da OV eletrônica, ou seja, a OV implantada
no SAP. A OV preenchida pelo RPS no ato da venda (OV manual) não serve. Caso a filial tenha apenas essa OV, solicite
ao departamento de vendas da própria filial o número da OV eletrônica.

Exemplo de OV manual:

Revisão 00 - 07 - 10 02 - ( 1 / 18 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

1. Identificação dos Desenhos pela Intranet

1.1. Como consultar a AVS na Rede

De posse do número da OV eletrônica, consultar a planilha de controle de AVS disponível na rede \\man_server_1\Z-
Public\CONTROLE DE AVS - NÃO APAGAR. Abra a planilha correspondente ao ano de venda da balança, no nosso
caso utilizaremos a planilha "Controle de AVS 2009" como exemplo. Consultaremos a OV eletrônica nº 332928,
referente a OV manual ilustrada na página anterior.

a. Ao acessar o diretório \\man_server_1\Z-Public\CONTROLE DE AVS - NÃO APAGAR será exibida a seguinte tela:

b. Abrir a planilha referente ao ano de venda da balança;

c. Após abrir a planilha, pressionar simultaneamente as teclas Ctrl+L, será aberta a tela para localizar ou substituir
dados da planilha. Na tela aberta digite o número da OV que se pretende localizar;

Revisão 00 - 07 - 10 02 - ( 2 / 18 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

d. Com o número da AVS, acesse o diretório \\man_server_1\Z-Public e abra a pasta "Plantas XXXX", onde XXXX é
o ano de venda da balança. Abra o arquivo com o número da AVS localizado anteriormente na planilha.

e. Anotar o número do desenho de "Plano de Cargas/Layout das Fundações" e "Armação da Plataforma".

f. Precisaremos identificar o desenho do Conjunto Geral referente à balança vendida ao cliente. A identificação do
desenho se dará através da lista mestra de desenhos disponível na Intranet.

1.2. Como Acessar a Lista Mestra

a. Acessar a Intranet e clicar na opção "CTT – Assuntos Gerais". Depois, em "Lista Mestra de Desenhos".

Revisão 00 - 07 - 10 02 - ( 3 / 18 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

b. Ao abrir a "Lista Mestra de Desenhos", localize o desenho da fundação e armação da plataforma, já identificado na
AVS enviada ao cliente. Através desses números acharemos o desenho do Conjunto Geral da balança vendida ao
cliente.

Revisão 00 - 07 - 10 02 - ( 4 / 18 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

2. Identificação do Desenho do Conjunto Geral no SAP

a. Consulte no SAP o código da balança vendida ao cliente, transação MM03.

b. Digite o código da balança no campo "Material".

c. Será exibida uma tela com a descrição do material.

d. Visualização dos dados adicionais.

Revisão 00 - 07 - 10 02 - ( 5 / 18 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

3. Site APP

a. Abra o Internet Explorer e digite o endereço: www.toledobrasil.com.br/app.

b. Digitar o usuário de email Toledo e senha de acesso.

c. Será exibida uma tela com algumas das opções disponíveis de acesso.

Revisão 00 - 07 - 10 02 - ( 6 / 18 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

d. Clique na opção "Download-Apoio" para filtrarmos nossa pesquisa.

e. Selecione a empresa e a OV da mesma.

f. Será aberto um link para visualização dos desenhos da empresa.

Revisão 00 - 07 - 10 02 - ( 7 / 18 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

Revisão 00 - 07 - 10 02 - ( 8 / 18 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

4. Acesso ao Site APP através do email recebido pelo sistema

Revisão 00 - 07 - 10 02 - ( 9 / 18 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

Revisão 00 - 07 - 10 02 - ( 10 / 18 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

B. MÁQUINAS E FERRAMENTAS

Para iniciar a instalação da balança serão necessárias


ferramentas e máquinas conforme a tabela abaixo:

Ferramenta Máquina

Descrição Qtde. Ilustração Descrição Qtde. Ilustração

Esmeril M anual (lixadeira) -


Chave de Fenda 6,5xL 1 S omente se necessári o para
r e m o ç ã o d e r e s p i ng o s d e 1
Chave de Fenda Cruzada solda e cortes na estrutura do
(Phillips) 10xL ou 3/8"xL cliente.

P unç ã o C e nt r a l i za d o r M áquina de solda - Pontear


1 c a lç o s e ntre a s b o rd a s
Padrão (espina) 1
f r o nt a i s , b o r d a s d o p o ç o e
longarinas.
N íve l d e M a n g u e i r a ,
1
mínimo de 6 metros M a ca co h i dr á u l i co 2 0 t -
Elevar a estrutura da balança
p a r a s ub s t i t ui r o s p i no s d e 2
E s q ua d r o m e t á l i c o d e i ns t a l a ç ã o p o r c é l ul a s d e
1
300mm carga.

R é g ua d e a l um íni o ,
1
mínimo de 1,2 metros

Nível de bolha padrão 1

Trena de 5 metros 1

Linha de 10 metros 1

Ma rc a d o r i nd us tri a l
1
padrão

Alicate Universal Padrão 1

Alicate de Corte Padrão 1

A l i c a t e D e s e nc a p a d o r
1
Padrão

C ha ve f i xa ( d e b o c a ) -
Tamanhos: 15/16", 1 1/8", 2
1 1/2"

Chave Hexagonal (Allen) -


1
Tamanhos: 1/4", 3/8"

Revisão 00 - 07 - 10 02 - ( 11 / 18 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

C. REQUISITOS DA INSTALAÇÃO A tomada que alimentará o Indicador deverá ser do tipo


tripolar universal e deverá estar de acordo com as
configurações indicadas na figura abaixo.
A balança rodoviária deve ser instalada em um poço
projetado para o equipamento, porém como é de
responsabilidade do cliente em construí-lo, a Toledo
fornece os desenhos da obra civil contendo as informações
necessárias para que o cliente o construa corretamente.
Abaixo na tabela segue a relação dos desenhos Toledo
CASO 1 2 CASO 1
das fundações, conjuntos gerais e ferragens.
FASE/NEUTRO 110 VCA 220 VCA FASE/FASE 220 VCA

FASE/TERRA 110 VCA 220 VCA FASE/TERRA 127 VCA


Código desenho Toledo
Plataforma Capacidade
NEUTRO/TERRA 5 VCA 5 VCA
(m) (kg)
Conj.Geral F u n d açõ es

4x3 60.000 6054862 6300169


2. Local de Instalação da Balança
Código desenho Toledo
Plataforma Capacidade A plataforma de pesagem deve possuir uma distância
(m) (kg) Piso Ligação mínima a redes de alta tensão e/ou cabines primárias
Ferragens
Articulado Elétrica conforme norma NBR 14039. A distância mínima varia de
acordo com tensão máxima encontrada na rede ou na
4x3 60.000 6052715 6054876 6052731
cabine. Segue a tabela e a figura para consulta.

Tensão
5 10 50 100 150 200
1. Linha de Alimentação (kV)

A ligação elétrica do equipamento deverá ser feita em uma D(m) 2 5 7 10 12 15


rede livre de transientes e corresponder à tensão
especificada na tabela abaixo. É preferido um circuito
independente para a alimentação do equipamento, porém
se o circuito também for utilizado por equipamentos
“pesados” (elevadores, alimentadores vibratórios, correias
transportadoras etc.) deverá ser utilizado um transformador
de isolação.

Tensão de Alimentação do Indicador

Valor Mínimo Valor Máximo

Tensão (VCA) 93,5 264

Frequência (Hz ) 47 63

ATENÇÃO

Os valores da tensão aqui mencionados são relativos


somente ao Indicador (8540) e não contemplam
acessórios tais como impressoras, etc.

Revisão 00 - 07 - 10 02 - ( 12 / 18 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

3. Aterramento

Algumas informações referentes ao aterramento já se encontram em alguns desenhos do equipamento referente à obra
civil e demais detalhes serão descritos na 3° Etapa da Instalação. Porém, nós mostraremos um desenho meramente
ilustrativo para facilitar o entendimento do esquema geral de aterramento. Segue abaixo a figura com tais informações.

Revisão 00 - 07 - 10 02 - ( 13 / 18 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

D. ETAPAS DA INSTALAÇÃO Esquema de Traçagem

A montagem do equipamento se dá em várias etapas,


sendo elas:

1ª Etapa – Antes da Montagem


2ª Etapa – Instalação Mecânica e Civil
3ª Etapa – Instalação Elétrica
4ª Etapa – Ajustes e Testes com o Equipamento
5ª Etapa – Operação

1. 1° Etapa - Antes da Montagem

Antes de iniciar a montagem, verificar se as obrigações


prévias do cliente foram atendidas, se todas as peças
estão na obra e em boas condições, e se as ferramentas
necessárias estão disponíveis. Caso positivo, iniciar a 4. Fixe as placas inferiores da castanha nos conjuntos
instalação. Caso existir qualquer avaria no equipamento, dos chumbadores, e em seguida, insira a castanha
informar o cliente por escrito e aguardar a autorização do inferior;
mesmo para iniciar a montagem e/ou fazer reparos. Isto
se deve a eventual cobertura do seguro e pela necessidade 5. Aperte o parafuso de trava da castanha inferior, e em
da aprovação prévia do orçamento, por se tratar de um seguida, posicione o pino que substitui a célula de car-
serviço não prestado no escopo. ga para montagem junto da castanha superior e da pla-
ca superior da castanha;

2. 2° Etapa - Instalação Mecânica 6. Com a ajuda de um guindaste ou empilhadeira, posicione


as longarinas em cima das placas superiores das cas-
Após o poço ter sido construído pelo cliente, o técnico tanhas;
Toledo junto ao cliente inicia a instalação da balança,
seguindo as etapas abaixo: 7. Confira novamente o nivelamento das longarinas com a
ajuda do nível;
1. Posicione o conjunto de chumbadores nos seus respec-
tivos nichos, onde futuramente receberão o grouth para 8. Parafuse na longarina as bordas frontais, e em seguida,
fixação, e verifique o nivelamento entre eles através da as travessas;
mangueira de nível. Caso não estejam no mesmo nível,
faça o nivelamento entre eles com a ajuda de chapas 9. Com a ajuda do punção centralizador, centralize os
metálicas ou calços de madeira; furos das longarinas com os furos das placas superiores
das castanhas, e em seguida, parafuse-os;
2. Nivele cada conjunto de chumbadores com a ajuda de
um nível; 10.Nas placas superiores das castanhas localizadas nas
extremidades da plataforma (as 4 pontas da balança)
3. Com a ajuda da linha e do marcador industrial, alinhe existem pontos de solda. Solde-os neste momento.
o conjunto de chumbadores longitudinalmente, e em
seguida, confira a dimensão de suas diagonais deixando 11.Ajuste os parafusos dos limitadores longitudinais
as duas com as mesmas dimensões. Na figura abaixo respeitando a folga especificada no desenho de conjunto;
temos um exemplo de uma plataforma com 4 células
de carga sendo alinhadas; 12.As bordas frontais e laterais com suportes, assim co-
mo as bordas frontais e laterais do poço deverão ser
soldadas em campo por um técnico da Toledo, conforme
detalhado na vista em planta. Essas quatro bordas de-
verão ser esquadrejadas e pré-posicionadas somente
após a montagem da estrutura metálica da ponte de
pesagem e a respectiva centragem entre as bordas,
ponte de pesagem e bordas do poço.

Revisão 00 - 07 - 10 02 - ( 14 / 18 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

13.Confira novamente o nivelamento da balança e corrija- 6. Os parafusos de fixação do sistema somente poderão
o se necessário. Efetue a correção com a ajuda de ser torqueados após certificar-se do perpendicularismo
calços metálicos ou de madeira embaixo do conjunto de todas as células de carga, do nivelamento de todos
do chumbador; os check-links e da eqüidistância entre a plataforma de
pesagem e a borda do poço (15 mm) em todo o seu
14.Insira o grouth e espere o tempo de cura parcial contorno;
(aproximadamente 24 horas);
7. Todos os parafusos deverão ser dacrometizados, e
15.Inspecione toda a estrutura verificando se todos os aqueles localizados nas sapatas deverão ser engraxa-
parafusos foram fixados, se não há nenhuma parte dos.
danificada, e se o espaçamento entre a borda frontal do
poço e a borda frontal atende ao especificado em
desenho; 2.2. Instalação do Limitador

16.Caso positivo, libere a estrutura para que o cliente 1. Os batentes somente poderão ser chumbados nas
construa a estrutura de concreto junto à plataforma; paredes frontais do poço após a montagem da ponte de
pesagem (plataforma), que deverá estar com a laje de
17.Após estar pronta a estrutura de concreto, e passado concreto, para que se facilite o ajuste dos parafusos
o tempo de cura (aproximadamente 21 dias), posicione (batedores);
o macaco hidráulico embaixo da longarina e próximo às
placas das castanhas. Sempre posicione o centro do 2. Os parafusos deverão estar a uma distância de 3 a 5
macaco hidráulico com o centro da alma da viga, mm do fundo do furo do batente, e a folga radial deverá
evitando assim dobrar / amassar a base da viga; ser constante em todo o perímetro da cabeça do bate-
dor;
18.Levante a longarina somente o necessário para que
seja possível substituir os pinos das células de carga 3. Marcar a posição dos batentes nas paredes e proceder
pelas próprias células de carga, porém antes de realizar a fixação dos chumbadores expansivos.
a troca, lubrifique as castanhas com a graxa específica
para este fim (código Toledo: 4670047). Realize esta
operação até substituir todos os pinos das células de 2.3. Comprimento da Pista
carga.

2.1. Instalação do Check Link

1. O sistema de limitadores (Check-links) deverá ser pré-


montado antes da concretagem da laje, para que a
marcação da posição de chumbamento das sapatas
possa ser feita nas paredes do poço; A dimensão A deverá atender ao comprimento do maior
veículo a ser pesado, que ficará a critério do cliente. As
2. Verificar o paralelismo entre a estrutura da balança e as medidas que podem ser tomadas como referência para a
paredes laterais; distância A são as seguintes:

3. Os Check-links deverão estar dentro de uma tolerância • Carreta Padrão (6 eixos): A = 15,5 m;
de nivelamento de ± 2 mm. As diferenças deverão ser • Romeu e Julieta: A = 18,5 m;
obrigatoriamente compensadas com os calços; • Treminhão/ Rodotrem: 28 m < A < 40 m.

4. As sapatas somente poderão ser concretadas ou grou-


teadas após certificar-se de que o sistema está nivelado
dentro da tolerância mencionada;

5. Os chumbadores deverão ser vinculados na malha da


armadura existente nas paredes. Na ausência ou insu-
ficiência da mesma, os pontos de engaste deverão ser
reforçados sob supervisão de um engenheiro responsável
ou através de consulta à engenharia de desenvolvimento;

Revisão 00 - 07 - 10 02 - ( 15 / 18 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

3. 3° Etapa - Instalação Elétrica

Após a instalação mecânica ser concluída, siga as etapas abaixo:

1. Conforme os diagramas das figuras abaixo; confira a instalação dos eletrodutos e acessórios para a passagem dos
cabos (a instalação é de responsabilidade do cliente) entre a caixa de junção e o indicador de pesagem, da haste
de aterramento e das tomadas para ligação do indicador. Utilize também o diagrama do Esquema de Aterramento
da página 13;

2. Interligue as células de carga à sua respectiva caixa de junção;

3. Interligue a cordoalha de aterramento na haste de aterramento e sua outra extremidade no DPS, deixando uma ponta
para que seja possível prendê-la ao eletroduto por onde passam os cabos de alimentação da rede elétrica; faça isso
com o uso de uma abraçadeira e por fim, conecte-o ao indicador;

4. Conecte o cabo da caixa de junção ao indicador;

5. Conecte a placa inferior da castanha na haste de aterramento;

6. Conecte o DPS à rede elétrica. A Toledo adota, para todas as instalações, o modelo de DPS 220 V, porém caso
seja conectado a uma rede elétrica de 110 V, não influenciará no seu correto funcionamento;

7. Conecte as interfaces de comunicação com os demais equipamentos (se existirem);

8. Conecte o indicador à rede elétrica;

9. Conecte os acessórios a rede elétrica (se existirem).

Diagrama Elétrico 1 - Eletroduto para cabo da caixa de junção

Revisão 00 - 07 - 10 02 - ( 16 / 18 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

Diagrama Elétrico 2 - Haste de Aterramento

Cabine de
Pesagem

Máx. 3m Cordoalha de
aterramento. Este
ponto deverá ser ligado
ao DPS e ao eletroduto
da alimentação elétrica.
20 cm
Caixa de Inspeção

Eletroduto
Galvanizado

10 cm Haste de Aterramento

Diagrama Elétrico 3 - Cabo do DPS

Comprimento máximo
do cabo = 0,5 metros

Revisão 00 - 07 - 10 02 - ( 17 / 18 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

Diagrama Elétrico 4 - Vista interna da cabine de pesagem

Indicador

Cabo de alimentação do
DPS. Ligar na primeira
tomada vinda da rede Cabo de interligação
entre caixa de junção
e o indicador

DPS

Cabo de alimentação
Cordoalha de do indicador
aterramento
30 cm

Piso da Cabine

4. 4° Etapa - Ajustes e Testes com o equipamento 5. 5° Etapa - Entrega do equipamento


(término da instalação)
1. Ligue o Indicador de peso.
1. Após todos os ajustes e testes feitos com a balança,
2. Com a ajuda da unidade móvel de calibração ou lote de inicie a operação junto com o operador e instrua-o
pesos padrão, faça o ajuste da balança. sobre o modo de operação.

3. Após o ajuste da balança ser efetuado, remova a uni 2. Com a instalação concluída, faça os relatórios pertinen
dade móvel de calibração e/ou pesos-padrão da plata tes, tais como: Relatório de Serviço, Relatório de Insta
forma. lação e Entrega e Certificado de Conformidade (caso
seja necessário), e considere entregue o equipamento
4. Lacre a caixa de junção e o indicador. ao cliente.

5. É comum na instalação ocorrer pequenos riscos e/ou 3. Caso haja automação na balança, utilize o Manual de
pequenas batidas no equipamento, e caso isso ocorra, Automação (Guardian ou 8540).
retoque as partes danificadas.

NOTA

Para efetuar os ajustes e testes referentes ao indicador da


balança, consulte o manual do mesmo.

Revisão 00 - 07 - 10 02 - ( 18 / 18 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

03 Operação

A. INDICADOR DE PESO

É através do indicador que todas as configurações são


realizadas, e é ele o responsável por toda a operação do
equipamento. Nele se encontram também as interfaces
de comunicação para com os demais dispositivos. O
indicador que acompanha a balança rodoviária é o modelo
8540 Gráfico. A forma de utilização desse indicador assim
como suas características elétricas encontram-se em
seu respectivo MOIM (Manual de Operação, Instalação e
Manutenção).

Revisão 00 - 07 - 10 03 - ( 01 / 02 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

PARA SUAS ANOTAÇÕES

Revisão 00 - 07 - 10 03 - ( 02 / 02 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

04 Manutenção

C. PARTE MECÂNICA
ATENÇÃO
DESCONECTAR A BALANÇA DA REDE
ANTES DE EFETUAR QUALQUER TROCA 1. Limitadores
OU MANUTENÇÃO
Os limitadores devem ser ajustados periodicamente
A D V E R T Ê N C I A! conforme o desenho de conjunto geral da balança.

OBSERVAR AS PRECAUÇÕES PARA O


MANUSEIO DE EQUIPAMENTOS SENSÍVEIS 2. Cuidados Diversos
À ELETRICIDADE ESTÁTICA.
Deve-se atentar para as aplicações que envolvam
ambientes hostis ao equipamento, tais como: Indústria de
A. LIMPEZA fertilizantes, químicas, aterros sanitários, instalações
litorâneas e afins, que requerem cuidados adicionais com
relação à pintura, células de carga, estrutura metálica e
A estrutura mecânica da balança pode ser limpa com limitadores.
jatos d’água de baixa pressão com temperaturas não
superiores a 40 ºC, podem ainda ser utilizadas vassouras, Caso o técnico constate corrosão em qualquer desses
escovas e outros utensílios desde que não danifiquem o itens, o cliente deverá ser informado. Esta informação
acabamento da estrutura (pintura). Para o Indicador de deverá constar no Relatório de Serviço, identificando se
peso, utilize um pano macio e úmido para ajudar na apresentaremos orçamento para reforma ou se o cliente
limpeza. se responsabilizará pelo reparo.

Caso aconteça alguma avaria na estrutura, gerada por


qualquer motivo, identificar as partes danificadas e emitir
B. LUBRIFICAÇÃO orçamento para o reparo.

Instruir ao cliente que nunca se deve realizar qualquer tipo


No momento da montagem, as células de carga juntamente de solda na estrutura da plataforma após a balança ter
com as castanhas, recebem a aplicação de graxa conforme sido liberada para uso, pois isto pode queimar as células
já mencionado na 2° Etapa de Instalação na seção 2. de carga e/ou as caixas de junção e passagem.
A graxa deve ser reaplicada após um período de 6 meses.
Caso o técnico note ausência da mesma nas castanhas
no momento de reaplicá-la, deverá constar em relatório e
o cliente deve ser avisado que a manutenção deverá ser
feita em períodos menores.

Revisão 00 - 07 - 10 04 - ( 01 / 02 )
TOLEDO 820 Pesagem de Eixos

D. PARTE ELÉTRICA

Recomenda-se que anualmente se faça uma inspeção


visual nos cabos das células de carga e em todo o sistema
de aterramento, quanto a corrosão, terminais de
aterramento soltos ou quebrados e vedação das caixas de
junção/passagem.

O DPS (Dispositivo de Proteção contra Surtos) é um


dispositivo que possui um indicador de quando deve ser
substituído. No caso do modelo utilizado, o LED verde se
apaga indicando a necessária substituição do mesmo.

Revisão 00 - 07 - 10 04 - ( 02 / 02 )
TOLEDO DO BRASIL
BELÉM, PA ....................... TEL. (91) 3182-8900 MARINGÁ, PR .................. TEL. (44) 3306-8400
......................................... FAX (91) 3182-8950 ......................................... FAX (44) 3306-8450
BELO HORIZONTE, MG .... TEL. (31) 3326-9700 RECIFE, PE............. ........... TEL. (81) 3878-8300
......................................... FAX (31) 3326-9750 ......................................... FAX (81) 3878-8350
CAMPO GRANDE, MS ...... TEL. (67) 3303-9600 RIBEIRÃO PRETO, SP ....... TEL. (16) 3968-4800
......................................... FAX (67) 3303-9650 ......................................... FAX (16) 3968-4850
CANOAS, RS ................... TEL. (51) 3406-7500 RIO DE JANEIRO, RJ ....... TEL. (21) 3544-7700
......................................... FAX (51) 3406-7550 ......................................... FAX (21) 3544-7750
CHAPECÓ, SC .................. TEL. (49) 3312-8800 SANTOS, SP .................... TEL. (13) 2202-7900
......................................... FAX (49) 3312-8850 ......................................... FAX (13) 2202-7950
CUIABÁ, MT ..................... TEL. (65) 3928-9400 S. B. DO CAMPO, SP ........ TEL. (11) 4356-9000
......................................... FAX (65) 3928-9450 ......................................... FAX (11) 4356-9465
CURITIBA, PR........ ............ TEL. (41) 3521-8500 S. J. DOS CAMPOS, SP ... TEL. (12) 3203-8700
......................................... FAX (41) 3521-8550 ......................................... FAX (12) 3203-8750
FORTALEZA, CE .............. TEL. (85) 3391-8100 UBERLÂNDIA ................... TEL. (34) 3303-9500
......................................... FAX (85) 3391-8150 ......................................... FAX. (34) 3303-9550
GOIÂNIA, GO ................... TEL. (62) 3612-8200 VALINHOS, SP ................. TEL. (19) 3829-5800
......................................... FAX (62) 3612-8250 ......................................... FAX. (19) 3829-5810
LAURO DE FREITAS, BA . TEL. (71) 3505-9800 VITÓRIA, ES ..................... TEL. (27) 3182-9900
......................................... FAX (71) 3505-9850 ......................................... FAX. (27) 3182-9950
MANAUS, AM .................. TEL. (92) 3212-8600
......................................... FAX (92) 3212-8650

TOLEDO é uma marca registrada da Mettler-Toledo, Inc., de Columbus, Ohio, USA.

R. MANOEL CREMONESI, 01, JD. BELITA - TEL (11) 4356-9000 - CEP 09851-900 - S. BERNARDO DO CAMPO - SP - BRASIL
site: www.toledobrasil.com.br e-mail: ind@toledobrasil.com.br

Você também pode gostar