Você está na página 1de 3

Lupa Calc.

ENGENHARIA ECONÔMICA
CCE1030_A1_201908194693_V3

Aluno: MATHEUS MAGALHAES MAVIGNIER Matr.: 201908194693

Disc.: ENGENHARIA ECONÔMICA 2020.2 (G) / EX

Prezado (a) Aluno(a),

Você fará agora seu TESTE DE CONHECIMENTO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será
composto de questões de múltipla escolha.

Após responde cada questão, você terá acesso ao gabarito comentado e/ou à explicação da mesma. Aproveite para se familiarizar com este modelo de
questões que será usado na sua AV e AVS.

1. Em relação ao conceito de Juros Simples podemos afirmar que:

JUROS (J) é a soma do capital (C) no tempo (n), dividido por uma taxa de juros (i).

O cálculo do montante de JUROS (J), independe do período de tempo (n ) em que o capital se aplica.

JUROS (J) é a diferença entre capital (C) e tempo (n), descontado a uma taxa de juros (i).

Capital (C) é uma taxa de aplicação de jurosl (J), que varia logaritimicamente no tempo ( t ).

JUROS (J) é a remuneração pela aplicação do capital (C), durante um certo período de tempo (n), a uma taxa de juros (i).

Explicação:

Valor Futuro = Valor Presente + Valor Presente * i * n

onde Valor Presente = C

Juros = J = Valor Presente * i * n = C * i * n

O Juros Simples do Período é o último termo desta equação, onde é o Valor presente vezes a taxa de juros e vezes o tempo.

Assim, juros também pode ser definido como a diferença entre o valor futuro e o valor presente.

2. Comprei um imóvel por R$700.000,00 a juros compostos de 2,5% ao mês. Um mês após a contratação, paguei R$150.000,00, dois meses após esse
primeiro pagamento, paguei outra parcela de R$ 50.000,00 e, dois meses após esse segundo pagamento, liquidei integralmente a dívida. O valor desse
terceiro e último pagamento foi de (em R$):

580.888,54
589.098,65

560.765,32
573.882,57
560.887,56

Explicação:

VPe = VP1 + VP2 + VP3, Onde:

VPe = Valor Presente da compra

VP1 = Valor Presente do pagamento no tempo 1

VP2 = Valor Presente do pagamento no tempo 2

VP3 = Valor Presente do pagamento no tempo 3

VP = VF / (1 + i)n

Assim,

VP1 = 150.000 / (1 + 0,025)1 → VP1 = 146.341,46

VP2 = 50.000 / (1 + 0,025)3→ VP2 = 46.429,97

VPe = VP1 + VP2 + VP3

700.000 = 146.341,46 + 46.429,97 + VP3

VP3 = 507.228,57

A questão pede o valor do terceiro pagamento na data que ocorreu, logo,

VF3 = 507.228,57 * (1 + 0,025)5 → VF3 = R$ 573.882,57

3. Qual opção de resposta apresenta o valor mais aproximado do montante correspondente a um capital de R$ 2.000,00, aplicado a juros compostos, à
uma taxa de 12% a.a., durante 3 anos, com freqüência de capitalização anual?

R$1.752,00
R$2.100,00

R$2.500,00
R$2.810,00

R$3.501,00

4. Qual deverá ser a aplicação de um investidor que deseja receber R$ 8.000,00, em 3 anos, a uma taxa de juros composto de 1 % ao mês?

R$ 8.590,35
R$ 5.100,36

R$ 6.120,00
R$ 4.892,25

R$ 5.591,40

5. Uma loja vende um equipamento por R$ 6.000,00 à vista. Ou então a prazo da seguinte forma: dois pagamentos iguais de R$ 3.000,00, para
vencimento em 30 e 60 dias respectivamente e uma entrada paga no ato da compra. Se a taxa de juros composta cobrada pela loja for de 4% a.m.,
qual deverá ser o valor da entrada?

R$ 751,45

R$ 341,72

R$ 580,29
R$ 435,62

R$ 658,28

6. Paguei um empréstimo de R$80.000,00 à Juros Compostos, à uma taxa de 1% ao bimestre. Ao final de 12 meses, deverei pagar quanto só de Juros?

R$9.784,12

R$5.557,10

R$5.645,32
R$4.921,61

R$4.800,00

Explicação:

M = 80.000 . (1 + 0,01)6 = 84.921,61 Aproximadamente.

Como, J = M - C = R$4.921,61 Aproximadamente.

7. Comprei um imóvel por R$300.000,00 a juros compostos de 1,5% ao mês. Um mês após a contratação, paguei R$150.000,00, dois meses após esse
primeiro pagamento, paguei outra parcela de R$ 50.000,00 e, dois meses após esse segundo pagamento, liquidei integralmente a dívida. O valor desse
terceiro e último pagamento foi de (em R$):

110.453,66

115.555,44

120.789,21
112.469,42

117.876,35

Explicação:

VPe = VP1 + VP2 + VP3, Onde:

VPe = Valor Presente da compra

VP1 = Valor Presente do pagamento no tempo 1

VP2 = Valor Presente do pagamento no tempo 2

VP3 = Valor Presente do pagamento no tempo 3

VP = VF / (1 + i)n

Assim,

VP1 = 150.000 / (1 + 0,015)1 → VP1 = 147.783,25

VP2 = 50.000 / (1 + 0,015)3→ VP2 = 47.815,85

VPe = VP1 + VP2 + VP3

300.000 = 147.783,25 + 47.815,85 + VP3

VP3 = 104.400,90

A questão pede o valor do terceiro pagamento na data que ocorreu, logo,

VF3 = 104.400,90 * (1 + 0,015)5 → VF3 = R$ 112.469,42

8. Um capital de R$ 2000 é aplicado a juros compostos de 10% ao mês. Depois de 3 meses de capitalização sme que houvesse qualquer retirada, o
detentor desse montante faz um saque de R$ 562 e o restante continua a ser capitalizado nas mesmas condições. Dois meses após essa retirada, o
valor acumulado na aplicação é:

R$ 2.480

R$ 2.466

R$ 2.500
R$ 2.626

R$ 2.541

Explicação:

M = 2000*(1,1)^3 = 2662 - 562 = 2100.

MFinal = 2100*(1,1)^2 = 2541.

Não Respondida Não Gravada Gravada

Exercício inciado em 22/10/2020 16:31:32.