Você está na página 1de 28

SUS

SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE

Prof. Érico Valverde de Souza


Fisioterapeuta e Podólogo
professorericovalverde@gmail.com
Arcabouço Legal
Fundamentos Jurídicos
 Panorama Histórico da Saúde no Brasil.
 Constituição Federal 1988 –art. 196 ao 200.
 Lei Orgânica da Saúde
– Lei 8080/90 – Regulamentação do SUS
– Lei 8142/90 – Participação social no SUS

 Normas Operacionais Básicas - NOB


– 91 - Municipalização
– 92 – segue a mesma moldes da anterior.
– 93 – Descentralização – intensificou a Municipalização
– 96 – Equidade

 Normas Operacionais da Assistência a Saúde – NOAS


– 2001 – Plano Diretor de Regionalização
– 2002 – Gestão do Estado e prestadores de serviços alta e média
complexidade.
2  Pacto pela Saúde - 2006
professorericovalverde@gmail.com
Saúde: Um Conceito Amplo
1978 – I Conferência Internacional Sobre Cuidados em Saúde

 Completo Bem-Estar Físico, Mental e Social.


 Não é meramente ausência de doença,
 Levando a considerar a necessidade de
ações intersetoriais e interdisciplinares no
sentido de criar condições de vida
saudáveis.
– Moradia, educação, renda, alimentação,
saneamento básico, eco sistema saudável, paz,
recursos renováveis, justiça social e equidade.
3 – Lei Orgânica da Saúde – L.O.S 8080/90
Sistema Único de Saúde

 Marco histórico de surgimento do SUS:


– VIII Conferência Nacional de Saúde (1986)

 Saúde com direito de todos,


 Equidade e Integralidade das ações de saúde,
 Saúde como componente da seguridade social,
 Sistema público com comando único.

– Pré-constituinte da Saúde.

4 professorericovalverde@gmail.com
CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1988
TÍTULO VIII – Ordem social
CAPITULO II – Da seguridade Social
SESSÃO I – Disposições Gerais

 Art 194 – A seguridade social compreende um conjunto de


ações de iniciativa dos Poderes Públicos e da sociedade,
destinadas a assegurar os direitos relativos à saúde, à
previdência social e a assistência social.

– Sessão II – Saúde

 Art. 196 - A saúde é direito de todos e dever do Estado,


garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à
redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso
universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção,
proteção e recuperação.

5 professorericovalverde@gmail.com
Princípios Doutrinários ou Éticos

 UNIVERSALIDADE
– Saúde é direito de todos (CF)
– Acesso a todos os serviços de saúde.(L.O.S)
 EQUIDADE
– Diminuir as desigualdades.
– Princípio de Justiça social
 INTEGRALIDADE
– As ações de saúde devem ser combinadas e
voltadas para a prevenção, promoção e
reabilitação.
6 professorericovalverde@gmail.com
UNIVERSALIDADE

 É dever do Estado (Fed., Est., Munic., DF)


 Todos tem direito à saúde:
– Índios
– Cidadãos
– Pessoas carentes
– Estrangeiros ( desde que estejam em território
nacional)

7 professorericovalverde@gmail.com
EQUIDADE

 Diminuir as desigualdades.

 Tratar desigualmente os desiguais,


investindo mais aonde a carência é maior.

 Princípio de justiça social. Eu ofereço mais a


quem mais preciso diminuindo assim as
desigualdades existentes.
8 professorericovalverde@gmail.com
INTEGRALIDADE

 As ações de saúde devem ser organizadas,


visando a:

– Promoção – atenção primária à saúde

– Proteção - atenção secundária à saúde

– Recuperação – atenção terciária à saúde

9 professorericovalverde@gmail.com
INTEGRALIDADE

 As ações de saúde devem ser organizadas,


visando a:

– Promoção – atenção primária à saúde

– Proteção - atenção secundária à saúde

– Recuperação – atenção terciária à saúde

10 professorericovalverde@gmail.com
Promoção

 Atenção Primária a Saúde:


 Prevenção Primária
– Eliminar ou controlar as causas das doenças ou
agravos.

– Estimulo a hábitos saudáveis.

– Informações, orientações e educação para a


população.
11 professorericovalverde@gmail.com
Atenção Primária – Município
 Primeiro atendimento realizado por uma
Unidade Básica de Saúde – UBS.

– Postos de saúde – PSF / PACS

– Resolução dos problemas e maior prevalência e


significado social em cada comunidade.

– Baixo nível de complexidade


12 professorericovalverde@gmail.com
Proteção

 Atenção Secundária à Saúde

 Prevenção Secundária
– Prevenir riscos e exposições à doenças.
– Manter o estado de saúde.
 Ação de tratamento da água,
 Prevenir complicações de gravidez,
 Prevenir DST e AIDS / cárie dental / câncer de mama,
de próstata, de pulmão ...

13 professorericovalverde@gmail.com
Atenção Secundária - Estado

 Tratamento ambulatorial e pequenos


hospitais, que incorpora funções de nível
primário e acrescenta as de tratamento
especializado.
– Centros de Saúde, laboratórios, ambulatórios
especializados – maternidades, laboratório
Central

– Nível intermediário de complexidade.


14 professorericovalverde@gmail.com
Recuperação = Reabilitação

 Atenção Terciária à Saúde

 Prevenção Terciária
– Ações que evitem a morte da pessoa e
complicações da doença.

– Reparo de toda a seqüela (dano) deixada por


uma doença.

15 professorericovalverde@gmail.com
Atenção Terciária - Federal
 Grandes Hospitais gerais e especializados.
– Cirurgias cardíacas, transplantes, Tomografia,
ressonância magnética

 Alto nível de complexidade e de ponta

 Servindo de referência para os demais


programas, sistemas e serviços.
16 professorericovalverde@gmail.com
Princípios Doutrinários ou Éticos

 Universalidade
 Marco histórico do
 Equidade SUS:
– 1986 – VIII Conferência
Nacional de Saúde
 Integralidade
– Promoção
– Proteção
– Recuperação

17 professorericovalverde@gmail.com
CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1988
TÍTULO VIII – Ordem social
CAPITULO II – Da seguridade Social
SESSÃO II – Da Saúde

 Art. 197 - São de relevância pública as ações e serviços de saúde,


cabendo ao Poder Público dispor, nos termos da lei, sobre sua
regulamentação, fiscalização e controle, devendo sua execução ser
feita diretamente ou através de terceiros e, também, por pessoa física
ou jurídica de direito privado.

 Art. 198 – As ações e serviços públicos de saúde integram uma rede


regionalizada e hierarquizada e constituem um sistema único,
organizado de acordo com as seguintes diretrizes:
– I – Descentralização
– II – Atendimento Integral
– III – Participação da Comunidade

18 professorericovalverde@gmail.com
CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1988
TÍTULO VIII – Ordem social
CAPITULO II – Da seguridade Social
SESSÃO II – Da Saúde

 Art. 199 – A assistência a saúde é livre a iniciativa privada.


– Participação de forma complementar;
– Contrato de direito público ou convênio;
– Preferências; entidades filantrópicas e/ou sem fins
lucrativos;
– É vedado a destinação de recursos públicos para auxilios
ou subvenções a instituições privadas,
– É vedada a participação direta ou indireta de empresas de
capitais estrangeiros na assistência a saúde, salvo nos
casos previstos em lei.
 DOAÇÕES DE INSTITUIÇÕES INTERNACIONAIS –
L.O.S - 8080
19 professorericovalverde@gmail.com
CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1988
TÍTULO VIII – Ordem social
CAPITULO II – Da seguridade Social
SESSÃO II – Da Saúde

 Art. 200 – Ao S.U.S compete outras atribuições nos termos da


lei:
– Executar ações de Vigilância Sanitária,

– Executar ações de Vigilância Epidemiológica,

– Executar ações de Saúde do Trabalhador.

– Ordenar a formação de recursos humanos na área de saúde.

– ...

20 professorericovalverde@gmail.com
Vigilância Sanitária, Epidemiológica
e Saúde do Trabalhador – L.O.S 8080 - art.6
 VIGILÂNCIA SANITÁRIA –
– CONJUNTO DE AÇÕES CAPAZES DE ELIMINAR, DIMINUIR, PREVENIR
RISCOS À SAÚDE E DE INTERVIR NOS PROBLEMAS SANITÁRIOS
DECORENTES DO MEIO AMBIENTE, DA PRODUÇÃO E CIRCULAÇÃO DE
BENS E DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INTERESSE DA SAÚDE... – L.O.S
ART 6 - §1

 VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA
– CONJUNTO DE AÇÕES QUE PROPORCIONAM O CONHECIMENTO, A
DETECÇÃO OU PREVENÇÃO DE QUALQUER MUDANÇA NOS FATORES
DETERMINIANTES E CONDICIONANTES DE SAÚDE INDIVIDUAL E COLETIVA,
COM A FINALIDADE DE RECOMENDAR E ADOTAR AS MEDIDAS DE
PREVENÇÃO E CONTROLE DAS DOENÇAS OU AGRAVOS. §2

 SAÚDE DO TRABALHADOR
– CONJUNTO DE ATIVIDADES QUE SE DESTINA À PROMOÇÃO E PROTEÇÃO
DOS TRABALHADORES, ASSIM COMO A REABILITAÇÃO DOS
21 TRABALHADORES ADVINDOS DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO. §3
1) Questão de prova...

 FCC – Para melhorar o sistema de saúde


pública, um importante evento e colocou
como meta a criação do SUS (Sistema Único
de Saúde). Trata-se do (a):
– A)V Conferência Nacional de Saúde – 1980
– B) VIII Conferência Nacional de Saúde – 1986
– C) IV Congresso Mundial de Saúde Pública de 1990
– D) Conferência Nacional de Medicina – 1977
– E) XVII Congresso Paulista de Saúde

22 professorericovalverde@gmail.com
2)Questão de Prova...

 Ministério da Saúde (2003) - V ou F:


 ( ) Com base nos princípios da universalidade e da
equidade, somente os trabalhadores urbanos e
rurais, com carteira assinada, empregados e
trabalhadores em empresas públicas e privadas
devem ter acesso garantido a todos os níveis de
atenção á Saúde.

23 professorericovalverde@gmail.com
3) Questões de Prova...
 São objetivos do SUS:
a) identificação de fatores que condicionem à saúde;
b) política financeira de incentivo à saúde;
c) ação de ordem social que vise arrecadação de recursos;
d) identificação de fatores condicionantes e determinantes, formulação
de política de saúde promovida no campo social e econômico,
assistência às pessoas por ações de promoção proteção e
recuperação da saúde;

 O SUS foi desenvolvido em razão do artigo 198 da Constituição


Federal, com base nos seguintes princípios, exceto:
a) Universalidade;
b) Igualdade;
c) Participação da comunidade;
d) Regionalização e hierarquização da rede de serviços de saúde;
e) Capacidade econômica dos municípios.
24 professorericovalverde@gmail.com
4) Questões de Prova...

 V ou F :
– ( )Na sessão II, do Título VIII, da Constituição da República, o art.
198 estabelece o SUS com um sistema hierarquizado e
regionalizado, que será organizado com base nos princípios da
descentralização, do atendimento integral e da participação da
comunidade.

– ( ) As diretrizes de descentralização, de atendimento integral e de


participação da comunidade que orientam o SUS foram
estabelecidos pelas Conferências de Saúde organizadas após a
promulgação da constituição federal de 1988, e portanto não
estão contempladas neste documento.

25 professorericovalverde@gmail.com
5) Questão de Prova...
 São princípios correlacionados ao SUS:

a) Universalidade, pessoalidade e legalidade;


b) Universalidade, igualdade e equidade;
c) Igualdade, legalidade e pessoalidade;
d) Universalidade, pessoalidade e equidade.

 É correto afirmar que a direção do Sistema Único de Saúde será


exercida em cada esfera de governo pelos seguintes órgãos:
a) Presidência da República, Governo do Estado e Prefeitura
Municipal;
b) Ministério da Saúde, Secretaria do Estado de Saúde e Secretaria
Municipal de Saúde;
c) Conselho Nacional de Saúde, Conselho Estadual de Saúde e
Conselho Municipal de Saúde;
d) Ministério do Trabalho e Previdência Social, Secretaria do Estado
da Saúde e Secretaria Municipal de Trabalho e Ação Social.
26
6) Questões de Prova...
 Tradicionalmente, os princípios do SUS são divididos em éticos
e operacionais. Dentre as alternativas abaixo, assinale a que
contemple somente princípios éticos:
– A) Hierarquização e Universalidade
– B) Regionalização e Equidade
– C) Descentralização e Regionalização
– D) Integralidade e Equidade
– E) Resolubilidade e Universalidade

 São princípios operacionais do SUS:


– A) Hierarquização e Universalidade
– B) Regionalização e Equidade
– C) Descentralização e Regionalização
– D) Integralidade e Equidade
27 – E) Resolutividade e Universalidade
professorericovalverde@gmail.com
7) Questões de Prova...
 “Tratar de forma desigual os Desiguais, para atingir a igualdade.”
Esta afirmação está contmeplada pelo seguinte princípio do SUS:
– A) Universalidade
– B) Equidade
– C) Integralidade
– D) Regionalização
– E) Descentralização

 São princípios e diretrizes do SUS, exceto:


a) Integralidade da assistência, entendida como um conjunto articulado
e contínuo de ações e serviços.
b) Organização dos serviços públicos de modo a evitar duplicidade de
meios para os mesmos fins.
c) Capacidade de resolução dos serviços somente ao nível federal.
d) Universalidade de acesso aos serviços de saúde em todos os níveis
de assistência.
28 professorericovalverde@gmail.com

Você também pode gostar