Você está na página 1de 6

Escola Secundária da Portela

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PORTELA E Escola EB 2,3 Gaspar Correia


MOSCAVIDE TESTE
Escola EB1ESCRITO
Catela Gomes
Ficha Formativa – Funções sintáticas 2020/21 Agrupamento deEscola EB1/JI
Escolas Quintaeda
da Portela
Alegria
Moscavide
Escola EB1/JI Portela
Curso Profissional
Técnico de Desporto

FUNÇÕES SINTÁTICAS
Quadro-Síntese
Funções sintáticas ao nível da frase

- simples: Ele partiu para Paris


- composto: Ele e os amigos partiram para Paris
1. Sujeito Nulo - subentendido: [-] Partimos para Paris
- indeterminado: Diz-se que vai chover.
- nulo expletivo: [-] Escureceu; [-] Há gente na rua.

2. Predicado O Manuel partiu para Paris


3. Vocativo Manuel, vais de férias? / Vais de férias, Manuel?
4. Modificador (de frase)- expressa
opiniões, posições do locutor ou refere- Infelizmente, não vou sair ; Talvez vá à praia; Decerto que estás
se a áreas do saber errado; Esse raciocínio é matematicamente impossível.
Funções sintáticas internas ao grupo verbal
- direto: A Maria comprou uns ténis
1. Complemento - indireto: Ofereci uns ténis à Maria.
- oblíquo: Ela precisava de uns ténis.
- agente da passiva: Os ténis foram oferecidos pela avó
2. Predicativo - do sujeito: A Maria ficou doente.
- do complemento direto*1 : A Maria acha a avó muito querida
3. Modificador*2 ( verbal): indicações - A Maria estreou os ténis com satisfação;
de modo, tempo, lugar, causa… - A Maria estreou os ténis ontem;
- Vi a Maria com os novos ténis na discoteca;
- A Maria calçou os ténis novos porque perdeu os outros.
Funções sintáticas internas ao grupo nominal
- O desejo de poupar energia deve ser de todos.
- O quadro de Renoir é lindíssimo.
1. Complemento do nome*3
- A mãe da Maria é advogada.
- restritivo : - O chapéu azul é o meu;
- A rapariga que viste anda na minha escola;
- O carro da Ana é um Smart.
2. Modificador do nome*4 - apositivo: - A Terra, sobreaquecida, corre perigo;
- A Madeira, uma ilha lindíssima, atrai turistas;
- Este rio, que não está poluído, tem uma boa
praia fluvial.
Funções sintáticas internas ao grupo adjetival
- Ele ficou satisfeito com os resultados.
- O pintor está feliz por ter vendido os quadros.
1.Complemento do adjetivo*5
. Eles não são capazes de nos mentir
TESTE ESCRITO
Agrupamento de Escolas da Portela e
Moscavide
Curso Profissional
Técnico de Desporto

*1Predicativo do Complemento Direto


O predicativo do complemento direto é a função sintática desempenhada
pelo constituinte selecionado por um verbo transitivo-predicativo
(achar, nomear, considerar, declarar, designar, eleger, fazer, julgar,
supor, ter por, tornar, tratar...) que predica algo acerca do complemento
direto.
. O João considera este poeta um exemplo da Idade Média.
. Os Portugueses acham o fado maravilhoso.
. O júri considerou este filme interessante.
. Os alunos elegeram a Maria delegada.

*2 Modificador
Modificador: segmento que designa uma circunstância acessória da ação expressa na frase. Esse
constituinte (modificador) não é selecionado pelo verbo, podendo ser suprimido sem afetar a
gramaticalidade da frase. O modificador pode ser constituído por um advérbio (grupo adverbial), por um
nome (grupo nominal), por uma oração subordinada adverbial e pode ser introduzido por uma preposição.
Ex.: Ele leu o livro muito depressa.
Eles comeram o sorvete com apetite.
Nas férias do ano passado, fomos a um colóquio.
Felizmente, tudo acabou.
Aqui está muito frio.
Partiremos no próximo sábado.
Nós fizemos isso por tua causa.
Eles regressaram quando a chuva terminou.
Tivemos bons resultados porque nos preparámos.

*3Complemento do nome
Complemento do nome: constituinte que completa a significação do nome a que
respeita. É constituído por um grupo preposicional (oracional ou não oracional) e,
mais raramente, por um adjetivo (grupo adjetival).
Ex.: O amor ao próximo é defendido pelas pessoas de bem.
A visita à exposição decorreu muito bem.
O facto de teres ido à exposição agradou ao professor.
A revista científica contém artigos interessantes.
a) Nomes que pedem complemento do nome:
1. nomes formados a partir de verbos ou que herdam/conservam a ação dos verbos:
-a compra da casa; -a descida de impostos; a invasão da Polónia; - a construção da
ponte; a descoberta do Brasil; a ida ao Parlamento; a viagem a África.
TESTE ESCRITO
Agrupamento de Escolas da Portela e
Moscavide
Curso Profissional
Técnico de Desporto

2. nomes que exprimem sentimentos, emoções, atitudes ou ações dirigidas ou em


honra de algo ou alguém, ou que exigem a referência a um destinatário ou a um
objetivo:
-o ódio à injustiça; a ideia de mudança; o medo de avançar; a vontade de colaborar;
o adeus às armas; o orgulho nos resultados.
3. nomes que exprimem significados relacionais, como
3.1. relações sociais ou de parentesco – mãe do Manuel; colega do João; amigo dos
nossos filhos; cunhado do meu marido; patrão do Leonel; tio do Miguel;
3.2. cargos sociais ou profissionais: diretor da escola; ministro da Educação; porteiro
do prédio;
3.3. relações de parte-todo: perna da mesa; palma da mão; bico da caneta; fatia de
pão; sul do país; capítulo do livro; episódio da novela;
3.4. propriedades de pessoas ou coisas: a altura do Manuel; o preço da fruta; a
idade dos alunos; o conteúdo da caixa; o contorno do rosto; o peso da encomenda;
3.5. autoria ou tema: quadro de Picasso; conto de Alexandre Herculano; estátua do
Marquês de Pombal; retrato de criança; busto de deusa; sinfonia de Mozart;
3.6. impressões sensoriais: sabor a mel; cheiro a perfume; som de oboé.

*4 Modificador do nome
Modificador do nome: constituinte que permite atribuir uma característica a um
nome. Esse constituinte é facultativo, isto é, a frase não fica agramatical nem
incompreensível se o modificador do nome for suprimido. O Modificador do Nome
pode ser restritivo ou apositivo.
Ex.: As flores amarelas ficam bem na decoração.
Gosto de flores sem folhas.
D. Dinis, o Lavrador, tinha uma apreciada cultura.

Modificador restritivo do nome: constituinte pelo qual se limita, se restringe a


referência do nome que modifica. Surge normalmente à direita do nome. Pode ser
constituído por um adjetivo (grupo adjetival), por um grupo preposicional ou por
uma oração subordinada adjetiva relativa restritiva.
Ex.: Gato escaldado da água fria tem medo.
As crianças contam histórias fantásticas e maravilhosas.
Os ousados piratas metiam medo aos navegadores.
As praias exóticas agradam sempre aos turistas.
As casas com garagem são mais caras.
Os livros do João estão na biblioteca. (o constituinte que determina a posse é um modificador do nome
restritivo).
Herdei o carro amarelo.
TESTE ESCRITO
Agrupamento de Escolas da Portela e
Moscavide
Curso Profissional
Técnico de Desporto

Os livros que se dedicam a viagens agradam-me sempre.


O cachorro cuja dona é minha amiga parece triste.
O livro de que falaste está esgotado.

Modificador apositivo do nome: constituinte através do qual se dá uma informação


adicional sobre o nome, sendo sempre colocado depois do nome e entre vírgulas
(ou entre vírgula e ponto, se estiver no final da frase). É constituído por um grupo
nominal, por um grupo adjetival, por um grupo preposicional ou por uma oração
subordinada adjetiva relativa explicativa.
Ex.: O Manuel, um aprendiz de escritor, tem uma imaginação poderosa.
Aquelas estudantes, por sinal muito dedicadas, têm sempre resultados excelentes.
O João, que aprende inglês apenas há 3 anos, já mantém uma conversa com um inglês.
Esta praia, onde passo férias desde criança, é tão grande!
Eu, que tanto me esforcei, cheguei em último lugar.

*5Complemento do adjetivo
1. O complemento do adjetivo é uma função sintática interna ao grupo adjetival
(grupo de palavras que tem como núcleo um adjetivo).
. A música desta banda é agradável de ouvir.
2. O complemento do adjetivo é selecionado por um adjetivo. Pode ser:
● obrigatório (sem ele a frase não tem sentido completo):
. Os astronautas estavam desejosos de viajar.
. *Os astronautas estavam desejosos. (construção agramatical)
● opcional (a sua presença é facultativa na frase):
. O treinador estava satisfeito com o resultado.
. O treinador estava satisfeito. (o complemento do adjetivo está implícito e pode ser
recuperado pelo contexto)
3. O complemento do adjetivo surge à direita do adjetivo.
4.O complemento do adjetivo pode ser desempenhado por grupos preposicionais,
que podem ser:
. constituintes frásicos:
. Os médicos estão apreensivos com a epidemia.
. Estou convicto do meu sucesso porque estudei muito.
. orações:
. Os alunos estão ansiosos por receberem os resultados do exercício.
. O poeta sentia-se recompensado por ter recebido aquele prémio.
5. Alguns dos adjetivos que, dependendo do contexto frásico em que surgem, podem
selecionar complemento do adjetivo são os seguintes:
aborrecido (com) desleal (a) indeciso (em)
TESTE ESCRITO
Agrupamento de Escolas da Portela e
Moscavide
Curso Profissional
Técnico de Desporto

apto (para) difícil (de) nocivo (a)


atento (a) digno (de) orgulhoso (de)
capaz (de) doente (por) parecido (com)
certo (de) estranho (a) preocupado (com)
consciente (de) fiel (a) propício (a)
contente (com) hábil (em) receoso (de)
contrário (a) hostil (a) solícito (com)
convencido (de) imune (a) surpreendido (com)
desejoso (de) incapaz (de) útil (a)
desiludido (com)

Exercícios – Classifique a função sintática dos constituintes sublinhados:


1. Os alunos estão desejosos de recomeçar as aulas. _________________________________

2. Por unanimidade, os alunos consideraram Camões o maior poeta português. ____________

3. O João ficou apto para o atletismo federado. ______________________________________

4. Os primos dos meus avós chegam amanhã. ________________________________________

5. As pernas da mesa têm de ser reforçadas._________________________________________

6. A imagem de Lisboa ao amanhecer não se traduz por palavras.________________________

7. A sociedade apelou à solidariedade._____________________________________________

8. Este livro que me ofereceste é muito interessante.__________________________________

9. Eu julgo-o muito importante.___________________________________________________

10. As bibliotecas são úteis para o desenvolvimento da sociedade._______________________

11. É provável que este ano seja decisivo. __________________________________________

12. Acredita, tu és capaz de obter grandes resultados. _________________________________

13. É provável que obtenhas o melhor resultado de sempre.____________________________

14. É certo que a arte nos surpreende.______________________________________________

15. Este autor é responsável pela minha devoção à leitura.______________________________

16. Todos os jovens se encontram receosos da situação.________________________________


TESTE ESCRITO
Agrupamento de Escolas da Portela e
Moscavide
Curso Profissional
Técnico de Desporto

17. A árvore que plantei no quintal já deu os primeiros frutos.___________________________

18. Dizem que a peça de teatro terá sido imaginada por alguns jovens.____________________

19. Ele imaginou-nos arrependidos de tal ato._______________________________________

20. Ele atribuiu-vos uma enorme responsabilidade. Não podem descuidá-la._______________

21. Ele anda muito devagar! Fiquei quieta a vê-lo chegar...______________________________

22. Recordarei para sempre a imagem de Lisboa vista do alto!___________________________

23. A Joana descende de uma família aristocrática.____________________________________

24. Todos os jovens gostam de festas!______________________________________________

25. Todos consideramos esta turma muito especial!___________________________________

Bom trabalho!