Você está na página 1de 17

WBA0239_V1.

0
Armazenagem, Gestão de
Transportes e Distribuição
Tema 01 – O papel da gestão da
distribuição na cadeia de suprimentos
Bloco 1

Adm. Esp. João Paulo Lopez


Sumário

• Apresentação inicial
• Objetivos
• Papel das áreas internas da empresa no
desempenho da gestão da distribuição
• Papel das áreas externas da empresa no
desempenho da gestão da distribuição
Sumário

• Principais Ferramentas de Tecnologia da


Informação utilizadas na gestão da
distribuição
• Considerações finais
Apresentação inicial

• Situar a distribuição no contexto de SCM.


• Abordar aspectos de compromisso de toda a
cadeia e setores.
• Abordar aspectos de ver a distribuição não
somente como produto final, mas também
insumos.
• Abordar o aspecto de “visão holística” dos
processos de SCM.
Objetivos

• Conceituar os principais elementos.


• Abordar aspectos de gestão quanto à
gestão de serviços logísticos terceirizados.
• Refletir sobre integração sistêmica e
potencial exploração da sinergia entre os
diversos sistemas e processos.
Objetivos

• Apresentar algumas das principais


ferramentas de TI.
• Demonstrar a importância da boa gestão
da distribuição na cadeia de suprimentos
para o sucesso na implantação da filosofia
“Just in Time”.
Papel das áreas internas da
empresa no desempenho da
gestão da distribuição
• Segundo Slack (1999), “todas as partes
de qualquer empresa têm seus próprios
papéis a desempenhar para se chegar ao
sucesso”.
• Destacar materiais em todas as áreas da
empresa.
Papel das áreas internas da
empresa no desempenho da
gestão da distribuição
• Destacar a importância de outros setores
no processo:
§ Compras / Engenharias (lotes /
Prazos/ formas de entrega).
§ Marketing Canais de Distribuição /
E-Commerce.
§ T I.
§ Planejamento e até manutenção!
Armazenagem, Gestão de
Transportes e Distribuição
Tema 01 – O papel da gestão da
distribuição na cadeia de suprimentos
Bloco 2

Adm. Esp. João Paulo Lopez


Papel das áreas internas da
empresa no desempenho da
gestão da distribuição
• Quando colocamos o termo “áreas
externas” não estamos tratando
exclusivamente de áreas fisicamente
separadas das instalações da empresa,
mas sim àquelas relacionadas com
armazenagem e movimentação dos
materiais e não com as respectivas áreas
produtivas.
Papel das áreas internas da
empresa no desempenho da
gestão da distribuição
• Almoxarifados.
• Armazéns e setores de Expedição.
• Operadores Logísticos.
• Transportadoras.
Processos de Terceirização

• Sinergia.
• Sazonalidades.
• Custos.
Processos de Terceirização

• Especialização em processos específicos


– Operações de
Armazém/Transportes/Importações
(processos aduaneiros)/Distribuição
capilar (e-commerce)
• Aspectos para integração – Protocolos
específicos e contratuais.
Principais Ferramentas de T. I.
utilizadas na gestão da distribuição
• ERPs.
• Rastreamento.
• Webservices e meios de comunicação.
• Roteirização.
• TMS.
• “Inteligência Logística”.
Considerações finais

• A boa gestão do processo de distribuição/


imagem da empresa/bom atendimento
das necessidades dos clientes.
• Envolve vários elementos, dentro e fora
das empresas/integração.
• Velocidade dos avanços tecnológicos tem
reduzido a vida útil de muitos
produtos/diminuição ciclo de vida - celular.
Considerações finais

• Evolução tecnológica das ferramentas de


TI – rastreamento/“webservices”.
• Custos e prazos acordados com o
cliente/qualidade dos serviços de
distribuição.
• Processos de terceirização de operações
logísticas.

Você também pode gostar