Você está na página 1de 40

QUARTA-FEIRA, 9 de março de 2011 | ano 34 nº 12138 director: José Ribeiro | director-adjunto: Filomeno Manaças •Kz 45,00

Woody Allen Florinda Cassanga Erikson Roberto


filma em Roma promove o ensino é homenageado
CULTURA|36 PROVÍNCIAS|32 DESPORTO|38

Lubango na construção DIA DA MULHER


Tributo em Luanda
às filhas da Nação

de casas pré-fabricadas O governador de Luanda rendeu


ontem homenagem às mulheres
angolanas, depositando uma coroa
de flores no monumento das heroí-
nas, em alusão ao Dia Internacio-
nal da Mulher, ontem assinalado.

unidade fabril foi inaugurada ontem e produz 25 moradias por semana Acompanhado por membros do
seu governo e dirigentes da OMA,
José Maria dos Santos disse que o
Uma fábrica de montagem de casas pré-fabricadas da empresa “Casa- de mais fábricas do género em todo o país”, afirmou. A unidade fabril, acto era um tributo às mulheres,
forma Angola” foi ontem inaugurada no Lubango, pelo secretário de com duas naves equipadas com tecnologia moderna, resultou de um in- que muito têm feito para o desen-
Estado da Habitação, Joaquim Silvestre. No acto da inauguração, aque- vestimento avultado e gerou, numa primeira fase, 20 postos de traba- volvimento do país. Política|4
le membro do Executivo disse que “esta é uma grande iniciativa priva- lhos, sobretudo jovens. Por semana, são produzidos painéis destinados
da” e contribui para a diminuição do défice habitacional. “Precisamos à montagem de 25 casas. Política|3
LOBITO
PARLAMENTO Escola modelo
PRAIA DO BISPO josé cola

Executivo na Bela Vista

fiscalizado Carnaval de Luanda Os alunos do bairro da Bela Vista,


da zona alta da cidade do Lobito,
têm uma escola modelo com 12 sa-

com eficácia
foi o “rei” da alegria
las que foi baptizada de “Escola 4
de Fevereiro”. A construção foi fi-
nanciada pelo Banco Africano de
Desenvolvimento e a nova escola
Os deputados do MPLA garantem tem capacidade para 1.600 alunos
que a actividade fiscalizadora dos em três turnos. ProVíncias|32
actos do Executivo vai ser mais efi-
caz, com a aprovação da proposta de Vice-Presidente da república e líder do Parlamento marcaram presença
revisão da Lei Orgânica da Assem-
bleia Nacional. A fiscalização dos cultura|37 NOVAS TECNOLOGIAS
Registo Criminal
deputados vai incidir, principal-
mente, sobre programas de impacto
sem falsificações
social destinados às populações. A
garantia é do chefe da bancada par-
lamentar do MPLA, Virgílio de
Fontes Pereira, em Benguela, no fi- Angola tem um novo modelo de
nal das Jornadas Parlamentares. Certificado do Registo Criminal.
Política|2 O director nacional do Arquivo de
Identificação, Irondino Muxiri,
afirmou, em entrevista exclusiva
LÍBIA ao Jornal de Angola, que o novo

Obama
modelo contém dispositivos de
segurança que não permitem a sua
falsificação. sociedade|31

é contra DESMINAGEM

pressões Áreas agrícolas


são prioritárias
A Casa Branca rejeitou a pressão de
alguns parlamentares norte-ameri- A Comissão Executiva de Desmi-
canos para intervir directamente na nagem este ano vai intensificar o
Líbia, dizendo que é preciso inicial- trabalho nas áreas agrícolas, mi-
mente entender quais são os resulta- neiras e turísticas e realizar cam-
dos de diversas alternativas milita- panhas de educação contra os ris-
res. “Seria prematuro enviar um cos de minas. Um relatório da co-
monte de armas para uma caixa pos- missão, ao qual o Jornal de Ango-
tal no leste da Líbia”, disse Jay Car- ECONOMIA REAL la teve acesso, refere que vai ser

Empresas têm apoio nos sectores estratégicos


ney, porta-voz da Casa Branca. dada outra prioridade à conclusão
“Não devemos meter os pés pelas das actividades de desminagem
mãos em termos das opções que es- das áreas fundiárias. Política|2
tamos a perseguir”. mundo|9 economia|10

PUBLICIDADE
2|PAÍS|PolÍticA| JORNAL DE ANgOLA•quarta-feira, 9 de março de 2011

Cunene e namiBe mais quilómetrOs de estradas livres de engenhOs


Administradores
são formados
Comissão intensifica remoção de minas
ELAUTÉRIO SILIPULENI | Ondjiva

Os programas de desenvolvi-
para facilitar o processo de reconstrução
mento integrado de gestão mu-
nicipal e de combate à pobreza
podem conhecer uma nova dinâ-
Brigadas caninas vão ser introduzidas nos trabalhos de desminagem
mica, com a municipalização A Comissão Executiva de Des- jOrnal de angOla

dos serviços públicos. Para o minagem vai, este ano, intensifi-


efeito, o Ministério da Adminis- car o trabalho nas áreas agríco-
tração do Território capacitou os las, mineiras e turísticas e reali-
administradores dos municípios zar campanhas de educação
do Cunene e do Namibe com contra os riscos de minas nas
uma acção formativa sobre pro- comunidades.
cedimentos administrativos. Um relatório da comissão, a que
O exercício da actividade ad- o Jornal de Angola teve acesso, re-
ministrativa e a prestação de ser- fere que vai ser dada outra priorida-
viços públicos nas administra- de à conclusão das actividades de
ções comunais das províncias do desminagem das áreas fundiárias
Cunene e do Namibe podem co- definidas pelos governos provin-
nhecer melhorias em breve. No ciais e satisfazer as necessidades
seminário regional, que encerrou pontuais dos sectores ministeriais,
domingo último, em Ondjiva governos provinciais, entre outras
(Cunene), os participantes ao en- instituições. O objectivo, de acordo
contro reconheceram os esforços com o relatório, é apoiar os diferen-
do Ministério da Administração tes agentes envolvidos na recons-
do Território na adaptação de mé- trução nacional e acelerar o proces-
todos, visando o fortalecimento so de desenvolvimento do país.
das comunas em todos os níveis, Para o trabalho, a comissão vai
de modo a continuar a realização introduzir o sistema de desmina-
de programas ligados à resolução gem canina, que consiste na utili-
dos problemas das populações, zação de cães devidamente treina-
com realce para o combate à fo- dos para localização dos enge- Conclusão das actividades de desminagem das áreas fundiárias definidas pelos governos provinciais é prioridade
me e pobreza nas comunidades. nhos explosivos, restando ao ho-
O administrador comunal da mem a missão de remoção e des- pobreza no país, indica o relatório. Foram ainda removidos 59.909 Outras 88 pessoas foram forma-
Baía dos Tigres, Ernesto Manuel truição dos mesmos. A Comissão Executiva de Desmi- engenhos explosivos não detona- das sobre técnicas básicas de sapa-
Tchihihavo, disse que os for- A comissão vai, também, ajustar nagem tem no terreno cerca de qua- dos, 554.682 quilogramas de mate- dor e 115 receberam noções de de-
mandos foram munidos de co- o número de efectivos das Briga- tro mil homens, distribuídos em 53 rial letal e recolhidos 1.788.134 molição e actualização operacio-
nhecimentos indispensáveis so- das de Desminagem e acompanhar brigadas manuais e duas mecaniza- quilos de metais diversos em todas nal, além de trabalhos de reparação
bre preparação correcta, forma- as actividades dos empreiteiros das, além de empresas privadas. as províncias de Angola, com ex- e manutenção dos equipamentos
ção e manifestação prática dos nas áreas a si adjudicadas. Outra cepção do Namibe. pesados.
actos administrativos. frente consiste na dinamização da Mais estradas limpas Registo também para alguns aci- Criada em Outubro de 2005, por
Durante cinco dias, os adminis- construção de três oficinas de re- dentes com engenhos explosivos, Decreto Presidencial, a Comissão
tradores receberam conhecimen- paração e manutenção dos meios Em 2010, foram limpos 1.047 que resultaram em oito mortos, 19 Executiva de Desminagem é o ór-
tos sobre “Noções gerais dos pro- usados no processo. quilómetros de estradas, 137 qui- feridos e três viaturas danificadas. gão operacional encarregado de as-
cedimentos administrativos”, O relatório indica que a activida- lómetros de extensão de linhas de segurar as acções que permitam a
“Sujeito e espécies de procedi- de de desminagem vem dar grande transporte de energia eléctrica de Reforço institucional inspecção, limpeza e o controlo da
mentos administrativos” e “Fases impacto à reconstrução nacional, alta tensão e 737 quilómetros de qualidade das áreas de reassenta-
do procedimento administrativo e uma vez que aumenta a extensão fibra óptica. No quadro do reforço da capaci- mento da população.
processo disciplinar”. das áreas agricultáveis, garantindo o No mesmo período, de acordo dade de intervenção das Brigadas Entre aqueles que a integram
No acto de encerramento, o vi- aumento do emprego à população. com o documento da Comissão de Desminagem, foram realizadas constam as Forças Armadas An-
ce-governador provincial para o Os trabalhos de desminagem as- Executiva de Desminagem, foram acções formativas para 397 espe- golanas, o Gabinete de Recons-
Sector Político e Social, Jeróni- seguram maior confiança à circula- sensibilizadas 9.072 pessoas con- cialistas em cursos de liderança, trução Nacional, o Instituto Na-
mo Haleinge defendeu a adop- ção de pessoas e bens, contribuindo tra os riscos de minas e removidas e pesquisa e controlo de qualidade, cional de Desminagem, a Polícia
ção de medidas necessárias para para o bem-estar socio-económico destruídas 5.512 minas, sendo manuseamento de equipamentos de Guarda Fronteiras de Angola,
servir bem as populações. e a diversificação da economia, um 4.989 anti-pessoal e 523 anti-tan- de desminagem mecanizada e ONGs e empresas privadas de
dos pilares do combate à fome e à que, em 17 províncias. gestão logística. Desminagem.

jOrnadas parlamentares temátiCas explOsivOs


Deputados fiscalizam programas de impacto social Descoberta bomba
em comuna do Bié
Os deputados do MPLA garan- jOrnal de angOla gais até à execução dos mesmos,
tem que a actividade fiscalizadora verificando não só a sua conformi- A quarta brigada de desminagem
dos actos do Executivo vai ser mais dade com a Constituição e com a dos serviços de apoio à Casa Mili-
eficaz, com a aprovação, em breve, lei, mas também a sua eficácia na tar da Presidência da República,
da Proposta de revisão da Lei Orgâ- satisfação das necessidades dos ci- descobriu no fim-de-semana uma
nica da Assembleia Nacional. dadãos”, referiu. bomba de morteiro de 62 milíme-
A fiscalização dos deputados vai Nas jornadas parlamentares te- tros não detonada, numa das princi-
incidir, principalmente, sobre pro- máticas participaram os ministros pais ruas da comuna do Kunje.
gramas de impacto social destinados da Saúde, José Van-Duném, da Segundo o chefe das operações da
às populações. A garantia é do chefe Agricultura, Desenvolvimento referida brigada, subtenente Alberti-
da bancada parlamentar do MPLA, Rural e Pescas, Afonso Pedro no Lucas, a descoberta do engenho
Virgílio de Fontes Pereira, domingo Canga, da Família e Promoção da deu-se numa altura em que os milita-
último, em Benguela, no final das IV Mulher, Genoveva Lino, que dis- res daquela brigada realizavam um
Jornadas Parlamentares. sertaram sobre a implementação passeio de rotina.
A maior bancada parlamentar dos programas relacionados com Albertino Lucas realçou que o
constituiu um grupo de assessores os respectivos sectores, tendo em objecto descoberto pode neutrali-
para apresentar, em breve, ao Par- conta o Programa de Combate à zar mais de 20 pessoas, devido ao
lamento a referida proposta de re- Pobreza em 2011, no caso especí- seu raio de acção. As pessoas e au-
visão da lei sobre o funcionamento fico de Benguela. tomobilistas circulavam na zona-
da Assembleia Nacional. O encontro, que contou com a sem notarem a existência de um ex-
Virgílio de Fontes Pereira disse presença do secretário-geral do plosivo, que na sua óptica foi colo-
que espera que até aos próximos MPLA, Julião Mateus Paulo “Dino cado durante o conflito armado.
dois meses a lei seja aprovada pela Matrosse”, membros do Bureau O oficial aventa a possibilidade
Assembleia Nacional, de maneira Político do MPLA e do Executivo, de existirem noutros locais mais
que a função de fiscalização do teve como oradores o constitucio- engenhos não detonados, realçan-
Parlamento à acção do Executivo nalista e docente universitário, do que, no final do ano passado, a
seja cada vez mais eficaz e condi- Raul Araújo, o deputado Joaquim quarta brigada de desminagem des-
zente com o sistema de governo vi- Carlos dos Reis Júnior e o jurista cobriu e destruiu uma bomba de 82
gente. Segundo o deputado, é pre- Presidente da bancada do MPLA Virgílio de Fontes Pereira (à esquerda) Mota Liz. milímetros num quintal.
ciso proceder a uma adequação do As IV jornadas parlamentares do Albertino Lucas pediu às popula-
sistema de normas da função polí- to, o que se deve clarificar na lei são ção, precisam ser desenvolvidas MPLA foram o segundo encontro ções do Kunje, e não só, para cola-
tica do Parlamento, que engloba a os mecanismos de operacionalida- em lei específica. “A fiscalização da bancada, depois de ter reunido borarem com as autoridades na
componente legislativa, de contro- de das funções de fiscalidade, que começa a partir do momento em para adequar à Constituição um pa- descoberta de campos minados e
lo e de fiscalização. Neste momen- embora esteja clara na Constitui- que se produzem os diplomas le- cote sobre o sistema judicial. outros esconderijos de armamento.
JoRnAL dE AngoLA•quarta-feira, 9 de março de 2011 PAÍS|Política|3

fomento hABitAcionAL sextA-feirA


Ano Judicial
Huíla tem fábrica de construção de casas abre em Luanda
unidade fabril emprega até finais do ano centenas de trabalhadores O ano judicial, em Luanda, abre
na próxima sexta-feira, em cerimó-
nia a ser realizada no Palácio Dona
ARÃo MARtinS | Lubango ArimAteiA BAptistA| LuBAngo Ana Joaquina. Este ano, a activida-
de dos magistrados judiciais e do
o secretário de Estado do Ur- Ministério Público foi reforçada
banismo e Habitação, Joaquim com a adequação da Lei do Conse-
Silvestre, inaugurou, ontem, na lho Superior da Magistratura Judi-
comuna da Eiwa, arredores da cial e da Lei do Conselho Superior
cidade do Lubango, província da da Magistratura do Ministério Pú-
Huíla, a fábrica de montagem de blico, aprovados pela Assembleia
casas pré-fabricadas da empre- Nacional, com a Constituição da
sa “Casaforma Angola”. República.
Joaquim Silvestre disse que a fá- No quadro do processo de con-
brica “é uma grande iniciativa pri- formação da actividade judicial à
vada”, por contribuir para a dimi- Constituição, foram igualmente al-
nuição do défice habitacional. teradas a Lei Orgânica do Tribunal
“Precisamos de mais fábricas do Supremo.
género em todo o país”, afirmou. As leis Orgânicas do Tribunal Su-
A unidade fabril, com duas naves premo, do Conselho Superior da
equipadas com tecnologia moder- Magistratura Judicial e do Conselho
na, resultou de um investimento Superior da Magistratura do Minis-
avultado e gerou, numa primeira tério Público estão conformadas
fase, 20 postos de trabalhos, sobre- com a Constituição da República,
tudo jovens. Por semana, podem depois de aprovadas por unanimida-
ser produzidos painéis destinadas à Jovens durante a montagem de casas que vão contribuir para a diminuição do défice habitacional na província da Huíla de pela Assembleia Nacional.
montagem de 25 casas. O Tribunal Supremo, instância
O presidente do conselho de ad- produção em série, a rapidez e a ArimAteiA BAptistA| LuBAngo judicial superior de jurisdição co-
ministração da Casaforma, João Pe- flexibilidade de construção, a dura- mum no país, tem agora autonomia
reira Massano, esclareceu que a fá- bilidade, a resistência ao fogo e aos administrativa e financeira, com
brica ocupa uma área de dez mil me- arremessos de materiais projectá- orçamento próprio inscrito no Or-
tros quadrados e, até finais do cor- veis, fazem do sistema construtivo çamento Geral do Estado.
rente ano, vai empregar 400 traba- da sua empresa uma tecnologia que O Conselho Superior da Magis-
lhadores. A unidade, disse, responde reduz no mínimo 20 por cento dos tratura Judicial regulamenta todo o
à preocupação do Executivo de solu- custos imputáveis ao sistema de processo de eleição dos três candi-
cionar o problema habitacional no construção tradicional. datos ao cargo de presidente e vice-
país. A Casaforma tem capacidade Caracterizou o Lubango como o presidente do Tribunal Supremo e é
para produzir casas do tipo T2 a T4. segundo pólo de desenvolvimento o órgão constitucional ao qual
“A nossa tecnologia e os nossos pro- habitacional do país, depois de compete a superior gestão e disci-
dutos possuem características úni- Luanda. As expectativas em rela- plina da magistratura judicial. Este
cas e oferecem grandes vantagens ção ao fomento habitacional na re- órgão é presidido pelo juiz-presi-
aos clientes”, sublinhou. gião continuam favoráveis ao de- dente do Tribunal Supremo.
João Massano afirmou que as ca- senvolvimento do negócio da em- O Conselho Superior da Magistra-
sas construídas na unidade fabril presa na província da Huíla. tura do Ministério Público é o órgão
têm muita aceitação em várias par- João Pereira Massano afirmou ao qual compete a superior gestão e
tes do mundo e há provas de que, que o novo cenário, criado pelo disciplina da magistratura do Minis-
com a aplicação desta tecnologia, é empreendimento, vai proporcionar tério Público, funcionando em ple-
possível criar habitação digna e du- uma enorme oportunidade para de- nário e em comissão permanente.
radoura, de forma célere e sustentá- senvolvimento de outros negócios, Em todo o país, decorrem ceri-
vel e com a qual se pode dar respos- com perspectivas a montante e a ju- mónias provinciais de abertura do
ta às expectativas criadas em rela- sante dos projectos. novo ano judicial. No Kwanza-
ção à habitação no país. Secretário de Estado do Urbanismo (ao centro) durante a visita às instalações fabris Norte, o ano judicial abriu sexta-
Reconheceu que a parceria pú- Fogos habitacionais feira última, em Ndalatando, com
blico privada é o único caminho se- catalogação de clientes, destinado a moradias. “Não temos apenas pai- um balanço sobre a actividade dos
guro para aumentar de forma expo- O presidente do conselho de ad- inventariar as suas necessidades, néis, mas também tijolos, seis pro- tribunais naquela província.
nencial a produção imobiliária, ministração da Casaforma anun- preferências, ideias e exigências. dutoras de brita e quatro de areia A juíza presidente do tribunal
tendo em conta a componente da ciou, também, a construção de oito Durante a inauguração da fábri- destinadas à construção civil. Por- provincial, Maria José Domingos
responsabilidade social que sem- mil fogos habitacionais na província ca, o governador da Huíla, Isaac dos tanto, há material para construir as Cristóvão Pacavira, afirmou que a
pre caracterizou a Casaforma e o da Huíla. João Pereira Massano dis- Anjos, informou que a província casas”, assegurou Isaac dos Anjos. província não têm casos de excesso
Governo Provincial da Huíla. se que, deste número, 500 casas já tem disponíveis mais de dois mi- O governador da Huíla acrescentou de prisão preventiva, fruto da cele-
O administrador da Casaforma estão a ser fabricadas e a empresa lhões de tijolos para a concretiza- que são necessários financiamentos ridade na instrução processual re-
sublinhou ainda que o carácter de lança, brevemente, um programa de ção de projectos de construção de porque “as casas são mais baratas”. gistada no ano passado.

troço que LigA o LuBAngo Ao nAmiBe ArimAteiA BAptistA| LuBAngo

Circulação é restabelecida na Leba


EStAniSLAU CoStA| Lubango do Fonseca, que constatou, sábado sistema de drenagem das águas
último, os estragos da serra da Le- pluviais instalado durante as obras
A circulação rodoviária no troço ba, considerou que o desprendi- de reabilitação do troço Namibe-
Lubango-Namibe, com 180 quiló- mento de blocos de pedra, aluimen- Lubango.
metros, foi restabelecida na tarde to e deslizamento de terra “repre- Fernando Fonseca anunciou a
de segunda-feira. A estrada esteve senta uma situação séria do ponto criação de um programa de emer-
intransitável desde finais da última de vista de engenharia”. gência para atender os eventuais
semana, em consequência do desli- Acompanhado do secretário de estragos causados às infra-estrutu-
zamento de terras e blocos de pedra Estado da Construção, José Joanes ras rodoviárias pelas enxurradas
da Serra da Leba e a destruição da André e do governador da Huíla, previstas para o corrente mês. O
ponte do Giraúl. Isaac dos Anjos, Fernando Fonseca programa vai optimizar os esfor-
O director provincial das Obras constatou a situação nas zonas mais ços, os equipamentos e meios à dis-
Públicas da Huíla, Rosário Ima críticas, que causaram o corte da cir- posição para dar resposta a várias
Panzo, aconselhou os automobilis- culação, desde sexta-feira, entre as situações.
tas a utilizarem a segunda ponte cidades do Lubango e Namibe. “Neste momento, a situação que
que dá para a Baía das Pipas, no rio Os blocos de pedra, terra e arbus- verifico é que com esforços combi-
Giraúl, na província do Namibe, tos projectadas na estrada que des- nados com o governo da província,
pelo facto da ponte principal estar truiram alguns troços do asfalto, a delegação provincial da Huíla das
ainda em obras. pequenas pontes, vedação de segu- Obras Públicas e algumas boas Uma equipa técnica chefiada pelo ministro Fernando Fonseca trabalhou na Serra da Leba
“Na ponte principal as construto- rança e sinalização já foram remo- vontades das empresas mobiliza-
ras procedem à retirada do entulho vidos pelas empresas de constru- das no terreno já foi possível resti- sentido de avaliação e testes das curraladas no troço é uma acção de
de solos arrastados pela correnteza ção civil em actividade desde sex- tuir grande parte do troço”, disse passagens hidráulicas. Disse, heroísmo. Sublinhou que só com
das águas, tendo deixado a estrutu- ta-feira última. Fernando Fonseca, na ocasião. igualmente, haver capacidade nas um diagnóstico conjunto do gover-
ra da ponte isolada, facto que im- Disse também que as linhas de Em seu entender, é urgente inter- províncias para se dar uma resposta no provincial e do Ministério será
possibilita, até ao momento, a pas- água que brotam da Leba, em con- vir-se em várias áreas, retirar o ma- positiva e patriótica, pois trabalhar possível encontrar-se um plano de
sagem de veículos ligeiros e de sequência das constantes chuvas terial depositado na via e nas en- em condições e situações deste ti- intervenção para posteriormente se
grande porte”, disse. O ministro do torrenciais que se abatem sobre a costas, tratar o material em perigo po, abrindo vias e criando condi- proteger toda a Serra de outras si-
Urbanismo e Construção, Fernan- região, estão a criar embaraços ao de desmoronamento, trabalhar no ções de salvamento de pessoas en- tuações.
4|PAÍS|PolÍticA| JornaL de anGoLa•Quarta-feira, 9 de março de 2011

ceLebração Do Dia internacionaL Da muLher

Angola rende homenagem às heroínas da pátria


governador de Luanda reconheceu o contributo das mulheres no desenvolvimento do país
nataCha roberto | DombeLe bernarDo rectora provincial da Família e Pro-
moção da Mulher, Maria Amadeu.
o governador de Luanda, José “A situação da mulher está a me-
Maria dos Santos, rendeu ontem lhorar, mas em termos de liderança
homenagem às mulheres ango- feminina a nível local, baixamos e
lanas, depositando uma coroa isto preocupa-nos, já que existem
de flores no monumento das he- muitas mulheres capazes de asse-
roínas, em alusão ao dia Interna- gurar a direcção de diferentes sec-
cional da Mulher, ontem assina- tores”, afirmou.
lado em todo o mundo. Maria Rosário Amadeu revelou
Acompanhado por membros do que, apesar do índice de liderança
seu governo e dirigentes da Organi- feminina baixar em quantidade, a
zação da Mulher Angolana (OMA), província registou um aumento em
José Maria dos Santos disse, no fi- qualidade, citando como exemplos
nal, que o acto era um tributo às mu- a existência de uma vice-governa-
lheres, que muito têm feito para o dora, Loti Nolika, uma delegada
desenvolvimento do país. provincial das Finanças e duas de-
Apontou o dia consagrado às canas de Faculdades.
mulheres como um momento his- Lamentou o baixo número de di-
tórico que lembra o papel das he- rectoras, administradoras munici-
roínas que lutaram pela libertação pais e comunais, além das poucas
nacional e pela conquista da Inde- nomeações de mulheres para os
pendência Nacional. “Hoje é um Cidadãs de várias organizações políticas e religiosas foram ontem manifestar o desejo de paz e estabilidade cargos de chefes de repartição e de
dia consagrado às mulheres e deve- secção. Considerou que existem na
mos estar solidários com elas pelos ganização da Mulher Angolana dade moral e cívica. Defendeu ain- te ser comemorado em tempo de província mulheres com compe-
seus feitos”, defendeu. (OMA) para os assuntos de desen- da a realização de trabalhos de fun- paz e reconstrução nacional. Esti- tência para ocupar cargos de che-
A secretária provincial da OMA, volvimento da mulher, Fernanda do para banir a violência domésti- veram no acto o segundo secretário fia, mas admitiu que muitas se ne-
Eulália Rocha, considerou a ceri- Baptista, ontem, em Caxito, na ca e outras imoralidades contra as provincial do MPLA no Bengo, Pe- gam a enfrentar os desafios.
mónia como um simbolismo im- abertura do acto político provincial mulheres. Além disso, referiu que reira Alfredo, membros da OMA, Quanto ao nível de escolaridade
portante para as mulheres que, a ca- do Dia Internacional da Mulher. urge a necessidade das mulheres JMPLA, militantes, simpatizantes da mulher na província, Maria
da dia, “conquistam espaço em vá- Fernanda Baptista sublinhou a construírem uma base sólida sus- e amigos da organização feminina. Amadeu considerou normal, pois
rios países do mundo”. necessidade das mulheres estarem tentada no amor ao próximo, uni- existem muitas licenciadas, bacha-
Realçou, com regozijo, o alcance em estado de alerta para contribuí- dade e reconciliação nacional, pa- Huambo réis, com frequência universitária,
dos níveis de formação académica rem positivamente para a mudança ra que as gerações vindouras pos- com cursos médios e outros níveis,
das mulheres que ao longo dos anos de comportamento e da defesa dos sam dar continuidade ao trabalho A província do Huambo regis- um bom indicador para a qualidade
têm atingido patamares altos para o direitos humanos. As mulheres desenvolvido. tou, nos últimos três anos, uma re- na liderança”.
desenvolvimento do país e igualda- abordaram o contexto da vida so- A secretária da OMA considerou dução de mulheres nos cargos de O governador do Huambo reco-
de de género. “Valeu a pena a luta pe- cio-político da mulher, a defesa a data de relevante importância pa- direcção e chefia nos diferentes ór- nheceu ontem o contributo e empe-
la emancipação e agora estarmos a dos princípios da ética e da integri- ra o povo angolano, pelo facto des- gãos do Estado, revelou ontem a di- nho das mulheres angolanas no al-
desfrutar a era do desenvolvimento, cance da paz e a sua participação na
com a consolidação da paz”, referiu. DombeLe bernarDo história do país, desde os primór-
A directora provincial da Família dios da luta de libertação nacional.
e Promoção da Mulher, Antónia Faustino Muteka, que endereçou
Ferreira, salientou que a cerimónia uma mensagem de felicitações por
pretendeu honrar as “nossas comba- ocasião do Dia Internacional da
tentes” que, desde jovens, lutaram Mulher, assinalado ontem, consi-
pela independência, união e eman- derou que a jornada “Março Mu-
cipação das gerações vindouras. lher”, além de ser um momento de
Adiantou ainda que vai começar festa, deve servir também de refle-
uma série de programas de seminá- xão e de formação para que as mu-
rios nas igrejas, ONG, instituições lheres possam aprender mais.
públicas e privadas e pessoas sin- Deste modo, lê-se ainda na men-
gulares, em prol das mulheres an- sagem, as mulheres são encoraja-
golanas. “Todos os angolanos as das a ter iniciativas, mantendo
devem considerar porque lutaram sempre vivo o espírito patriótico e
pela libertação de Angola, da qual a consciência de cidadania, incen-
todos os angolanos hoje benefi- tivando a cultura de tolerância, per-
ciam”, defendeu. dão e solidariedade.
Testemunharam a cerimónia,
membros da OMA, da Igreja Evan- Cabinda
gélica Reformada de Angola e Teo-
sófica Espírita, entre outras indivi- O governo de Cabinda enaltece
dualidades femininas. o papel da mulher na luta pela sua
As cinco heroínas nacionais liberdade, valorização e auto-afir-
Deolinda Rodrigues, Engrácia mação. Numa mensagem de feli-
Santos, Teresa Afonso, Irene Co- citações divulgada ontem em alu-
hen e Lucrécia Paim foram as pri- são ao Dia Internacional da Mu-
meiras mulheres enquadradas num lher, o governo liderado por Ma-
grupo militar de 100 elementos, de- Governador José Maria dos Santos e a ministra Genoveva Lino no largo erigido em homenagem às combatentes da liberdade wete João Baptista sublinha que o
vidamente treinadas para lutar con- 8 de Março constitui um acto de
tra o sistema colonial, na luta de li- homenagem a todas as mulheres
bertação nacional. mensagem que, dia após dia, lutam pela sua
Deolinda e companheiras parti- liberdade, valorização e auto-afir-
riam um mês depois, em Janeiro de
1967, para uma missão no interior
de Angola, passando pela Repúbli-
SADC reflecte sobre igualdade do género mação, prestando a sua singela re-
verência àquelas operárias têxteis
vítimas da sanha assassina.
ca do Zaire (actual República De- A Comunidade de Desenvolvi- reafirma que continua a seguir os realização dos compromissos a O documento refere que a luta
mocrática do Congo). Ao chega- mento da África Austral (SADC) princípios dos direitos humanos, nível dos Estados membros para pela emancipação da mulher, a sal-
rem à primeira Região Político Mi- apelou para uma profunda refle- igualdade do género e o fortaleci- benefício dos cidadãos da SADC. vaguarda dos seus direitos, deveres
litar, empreenderam o caminho de xão regional sobre a necessidade mento da mulher, em concordância A região, segundo a SADC, fez e a ocupação do seu merecido lugar
regresso, vindo a ser capturadas pe- de melhorar os esforços de concre- com o tratado da SADC, o Plano re- avanços significativos em direc- na sociedade, constituíram, ao lon-
la FNLA na localidade de Kamuna, tização do igualdade de género. gional estratégico indicativo, o Pro- ção aos seus objectivos de alcan- go dos anos, um verdadeiro desafio
em território congolês. Foram en- Numa mensagem divulgada na tocolo da SADC sobre educação e çar a igualdade de género em ma- para a sua afirmação.
carceradas em Kinkuzu e poste- sua página por ocasião do Dia In- ensino, Protocolo em ciência e tec- téria de educação. Os Estados O governo provincial de Cabinda
riormente assassinadas. ternacional da Mulher, a SADC nologia e o Protocolo da SADC so- membros assumiram o compro- enaltece o Executivo liderado pelo
considera “especial” as comemo- bre género e desenvolvimento. misso de criar leis que promovam Presidente José Eduardo dos San-
Caxito rações desta data, por marcar o A SADC, na defesa dos direitos o acesso igualitário à educação tos, que “tem dedicado uma espe-
centésimo aniversário da sua pro- das mulheres, conta com a parce- primária, secundária e terciária cial atenção à mulher com a reali-
As mulheres e a sociedade civil clamação. A organização enaltece ria de organizações como a União com base no protocolo da SADC zação de vários programas que vi-
devem promover acções que digni- a criação da entidade das Nações Africana, que tem um protocolo sobre educação e ensino. sam a sua real integração em ter-
fiquem a humanidade, lutando in- Unidas para a igualdade do géne- sobre os direitos das mulheres. A organização lamenta que o ín- mos de igualdade de oportunidades
cansavelmente no combate ao al- ro e o fortalecimento do papel da Segundo a SADC, estes instru- dice de analfabetismo nas mulheres e equilíbrio de género”.
coolismo, delinquência juvenil, pa- mulher no universo. mentos continuam a proporcionar da região seja mais elevado do que Destaca, neste domínio, o papel
ra uma Angola cada vez mais reno- A organização regional austral um quadro “muito claro” para a em qualquer parte do continente. da mulher como mãe geradora da
vada. O apelo é da secretária da Or- vida, educadora e trabalhadora.
JoRnaL DE angoLa•Quarta-feira, 9 de março de 2011 |eNtReVISta|5

Grande eXPoSIÇÃo aeronÁUTICa em JUnHo

Luanda acolhe feira internacional da aviação


mais de cinco mil pessoas são aguardadas na capital angolana
Domingos Dos santos| dombele bernardo brevemente os seus serviços no país, tores. O problema é que estamos um
a Diexim, a Fly 540 e Kenya Air- pouco limitados em termos de esco-
Luanda vai transformar-se, nos ways. Portanto, todas as companhias las de aviação, pois a única e a me-
dias 4 e 5 de Junho próximo, na angolanas e estrangeiras que operam lhor que temos aqui é a da Força Aé-
capital da aviação. mais de cinco no mercado nacional já foram convi- rea Nacional, localizada no Lobito,
mil pessoas são aguardadas na dadas e temos a sua confirmação. As província de Benguela. Tenho co-
capital angolana, para participa- mesmas estão motivadas a participar nhecimento da existência de outras
rem na primeira Feira internacio- na nossa feira. As agências de via- escolas que tentam fazer alguma
nal da aviação em angola (EXPo gens, como a Paccitur e a Tropicana, coisa. Há muita adesão. Temos um
aEREo angoLa), numa iniciati- umas das agências mais antigas do número muito grande de jovens a fa-
va da empresa FLY Emi, em parce- mercado, estão muito empolgadas zerem cursos de assistente de bordo
ria com a Força aérea nacional com a ideia da feira e já confirmaram no Brasil e em Portugal. A aeronáu-
(Fan). o director-geral da empre- também a sua presença. Este é um tica é um ramo que exige alguma
sa, Emerson Raposo, considerou, evento que vai merecer um grande formação específica para se poder
em entrevista ao Jornal de Ango- destaque. Estamos a prever trabalhar ser admitido, mas a verdade é que há
la, que a feira é uma oportunidade com o Instituto Nacional da Criança, muitos jovens com pretensões de
para o estabelecimento de parce- por causa das crianças. Todas as entrar nesse mundo dos aviões.
rias empresariais, lançamento de crianças que adquirirem os convites JA – Levar jovens a interessar-
novos produtos e do primeiro em- a partir das escolas têm um desconto se mais pela aviação vai ser tam-
prego. avaliada em mais de 400 significativo, na medida em que va- bém um dos objectivos da feira?
mil dólares, a feira vai ter a partici- mos estar no mês dedicado a elas. ER – Exactamente! E é por isso
pação de transportadoras aéreas Queremos ver a emoção delas ao es- que todos os expositores vão estar
nacionais e estrangeiras. tarem perto de todos aqueles aviões. abertos à recepção de candidaturas
Jornal de Angola - Como sur- JA – Um evento dessa natureza de quem esteja interessado a entrar
giu a ideia de organizar uma e com a campanha de publicidade para a aviação. O que nós pretende-
Exposição Internacional Aérea e marketing que vai ser feita, em mos é juntar o útil ao agradável. Ca-
em Angola? termos de adesão, quantas pessoas da stand vai ter um espaço onde vai
Emerson Raposo – Quero antes vocês esperam que venham a visi- receber os visitantes e os eventuais
dizer que sou uma pessoa apaixona- tar a feira durante os dois dias? candidatos a um emprego no ramo
da pela aviação. Tenho um contacto ER – Em função da ansiedade e da aviação. Os expositores vão po-
muito forte com a indústria aeronáu- da expectativa que vai ser criada der não responder na hora, mas vão
tica. Sou filho de pessoas que vive- pela campanha de marketing e pu- analisar os currículos. Obviamente,
ram da aviação, apesar de, infeliz- blicidade, nós estamos a prever vai ser a oportunidade do primeiro
mente, os meus pais já serem faleci- receber durante a exposição mais emprego para muita gente.
dos. Os meus tios também são pilo- de cinco mil pessoas. JA – Uma organização desse gé-
tos. Respondendo agora à sua per- Emerson Raposo quer levar as crianças a conhecerem o mundo mágico da aviação JA – Existe uma grande recla- nero exige muitos custos financei-
gunta, devo dizer que a ideia surge mação sobre os serviços presta- ros, meios materiais e mobiliza-
da necessidade de, nós angolanos, JA – A feira não vai ser apenas Migs de última geração e muitas ou- dos por algumas companhias aé- ção de pessoal. Vocês estão prepa-
mostrarmos ao mundo que somos uma simples exposição de aviões tras novidades. Isso tudo vai propor- reas. O que é que a organização rados para um projecto de tama-
capazes. A feira justifica-se, tam- que marcaram várias épocas da cionar uma emoção às pessoas que da feira tem para mostrar aos vi- nha envergadura?
bém, com o facto de Angola ter um história da aviação? visitarem a feira. Temos, também, sitantes neste capítulo? ER – Estamos preparados para
grande mercado de aviação, com a ER – A feira, em princípio, vai ser muita gente que já viajou, mas nunca ER – O público-alvo desses servi- essa grande realização. Obviamen-
necessidade de estabelecermos no- nos dias 4 e 5 de Junho, um mês co- entrou num avião executivo. Com ços vai fazer-se presente. Obvia- te, contamos com alguns apoios,
vos métodos, novos objectivos no nhecido como o da criança. Aprovei- esta feira, essa gente vai sentir aque- mente, muitos estão satisfeitos pelos que já estão garantidos. Estamos em
mercado de aviação interno, para tamos esta ocasião para oferecer às la emoção que é estar num avião des- serviços prestados pelas compa- negociações com outras entidades
que haja qualidade de serviço na nossas crianças a oportunidade de te tipo, vai sentir, entender a sua con- nhias aéreas e outros não. Mas isso é públicas e privadas. Em princípio,
aviação nacional. Este tipo de feira é voltarem a sonhar. Sabemos que, an- figuração. Mas temos outras activi- mesmo assim, não há lugar onde tu- esse é um projecto que arrancou
o local onde as companhias aéreas tigamente, quando se perguntava a dades que ainda estão em análise. do funcione perfeitamente. Mas com custos próprios e, na devida al-
podem estabelecer novos acordos de uma criança o que pretendia ser no JA – Para além da TAAG e da acreditamos que, a partir da realiza- tura, vamos anunciar as pessoas e
negócios e resolver divergências. futuro, muitas diziam que queriam Força Aérea Nacional, que ou- ção da feira, as coisas podem, even- empresas que aceitaram juntar-se a
JA – Como avalia a competitivi- ser pilotos. Então, queremos dar essa tras companhias vão estar pre- tualmente, mudar para melhor ou ter nós para a realização da feira.
dade no mercado da aviação? oportunidade às crianças de viverem sentes na feira? um começo para a mudança. Não JA – Em termos de custos fi-
ER - Estamos num mercado onde o sonho da aviação, de estarem den- ER – Estamos a contar com a par- podemos continuar no estado em nanceiros, em quanto está ava-
a competitividade, na minha opi- tro do avião, de um cockpit, e enten- ticipação de 60 transportadoras aé- que estamos! Os clientes vão ter a liada a feira?
nião, não é tomada de maneira leal, der o que é um avião, o serviço de reas e agências de viagem. Vamos ter oportunidade de manifestar as suas ER – Esse é um projecto avalia-
porque há pouca cooperação entre as hospedeira, as responsabilidades a participação da Sonair, do Grupo preocupações ou interesses quanto do em mais de 400 mil dólares. Só
companhias aéreas. Por exemplo, dos pilotos. Assim, as crianças vão Sonangol, das Linhas Aéreas de Mo- aos serviços prestados pelas compa- para ter uma ideia, em publicida-
uma determinada companhia cance- ter um motivo para sonhar, mesmo çambique (LAM), Transportadora nhias. Acredito que vamos ter um de vão ser investidos cerca de 100
la o seu voo e os passageiros ficam que não venham a ser pilotos ou hos- Aérea de Portugal (TAP) e da British bom feedback dos nossos visitantes, mil dólares. Vamos elaborar catá-
em terra! Num mundo moderno, nu- pedeiras. Aquele momento mágico Airways (Reino Unido), uma com- no sentido de que os passageiros logos vip e fazer a montagem dos
ma sociedade onde a aviação se faz vai proporcionar-lhes muitas emo- panhia muito conceituada e respeita- possam fazer pesquisas de outras stands. Quer dizer: é um projecto
presente de maneira correcta, você ções, vai ser uma coisa ímpar! Este é da a nível internacional, com a qual, companhias em que normalmente que vai ter um investimento muito
que cancela os seus voos, automati- também um dos nossos objectivos inclusive, estamos em negociações não estão habituados a viajar. alto, mas é obvio que esperamos
camente metade ou todos os passa- com a realização da feira, para além, para a publicação do evento numa JA – Acha que a indústria ter um retorno. Aliás, tudo o que é
geiros são transferidos para outra é claro, da necessidade de interligar das mais populares revistas dessa aeronáutica em Angola é sufi- relacionado com a aviação é mui-
companhia que os vai transportar pa- as companhias aéreas. companhia britânica. Vamos ter cientemente atractiva para que to caro. A aviação é chamada de
ra o mesmo destino. Quer dizer que JA – Que atracções os visitan- também a presença da Lufthansa, da os jovens sigam, por exemplo, o negócio de milionário, porque tu-
os clientes não ficam atirados à sua tes vão ter durante os dois dias Alemanha, da Brussels, da Bélgica, ramo da aviação? do parte apenas de milhões e não
sorte. Temos cá entidades que regu- da feira? da TAAG, a Angola Air Service, Pu- ER – Há muitos jovens interessa- de 300 mil dólares. É um negócio
lam a actividade aeronáutica no país. ER – Dentro do evento, vamos ma Air, uma companhia que vai abrir dos, tal como acontece noutros sec- de milhões que gera milhões.
Cada um faz o que pode, mas acho ter outras atracções, como um show
que esta feira vem para realçar este aéreo, em parceria com a Força Aé- dombele bernardo

tipo de situações, para haver acordos rea Nacional, acrobacias com


de negócios, analisarmos o nosso aviões que vêm da África do Sul,
mundo da aviação, criar novos pro- uma conferência de imprensa onde
dutos. Defendo, por exemplo, o con- vamos abordar assuntos que têm a
ceito de que sem aviação não temos ver com a gestão aeroportuária, o
turismo porque, para o desenvolvi- processo de certificação das com-
mento do turismo no país, precisa- panhias aéreas, a relação entre as
mos de criar pacotes, viagens e bi- transportadoras e as agências de
lhetes promocionais. Como vemos viagens e como as companhias aé-
na Europa, você paga um bilhete de reas podem promover o turismo,
passagem e viajam duas pessoas. colaborando com o Ministério da
JA – O que falta no nosso merca- Hotelaria e Turismo. Vamos ter
do para que esse tipo de incentivos também espectáculos musicais
seja concretizado? com vários artistas da nossa praça.
ER - Nós também podemos fazer JA – Que aviões as pessoas que
essas promoções, mas as pessoas visitarem a feira vão ter oportuni-
precisam de ser incentivadas para dade de ver?
que isso aconteça. Precisamos de ER – Vamos encontrar todo o tipo
despertar as operadoras nacionais e de aviões, desde comerciais, execu-
internacionais para que criem este ti- tivos e militares. Há muita gente que
po de produtos e serviços para os desconhece o equipamento da nossa
seus clientes em Angola, tal como Força Aérea Nacional, que neste
acontece noutras paragens. momento está bem actualizado, com Companhias angolanas e estrangeiras que operam no mercado nacional foram convidadas e já confirmaram a sua participação
6|oPiNiÃo| JornaL de angoLa•Quarta-feira, 9 de Março de 2011

editorial imagem do dia


CASIMIRO PEDRO

Um país organizado
Os jornalistas estrangeiros que por esta altura demandaram o país, alguns
sob o pretexto de que vinham fazer “reportagens sobre paisagens turísticas”,
numa justificação pouco convincente para a muita coincidência com o mo-
mento escolhido, viram as suas expectativas redondamente fracassadas. Por
outras palavras, vieram tosquiar lã, mas saem daqui tosquiados. Porque sim-
plesmente encontraram um país organizado e um povo sério que se entrega
ao trabalho e que, mais do que prestar atenção a “projectos de confusão”, está
empenhado em construir um futuro risonho para as gerações vindouras.
Por isso é que angolanos de todas as cores políticas saíram sábado à rua
de forma ordenada para reafirmar o seu empenho na defesa da paz, da es-
tabilidade e da reconstrução económica.
O balanço da marcha patriótica pela paz que mobilizou a nação, não po-
de ser mais elucidativo: todos queremos continuar a dar o nosso contribu-
to para um país organizado e próspero. Os milhões de angolanos que se
manifestaram, fizeram-no de forma que não restassem dúvidas a ninguém
de que a nossa determinação em construir um país em paz não pode ser
abalada por qualquer ameaça.
As ameaças do passado tiveram a resposta adequada e os angolanos es-
tão a mostrar que estão a colocar o país nos trilhos do progresso e que al-
mejam atingir patamares de organização elevados.
Desde que a guerra terminou, Angola conheceu avanços em vários domí-
nios. A organização da economia melhorou e fruto disso já foi possível liqui-
dar a maior parte da dívida externa acumulada durante o período de guerra.
A taxa de inflação está sob controlo e hoje não há grandes alterações no
câmbio da moeda nacional. A estabilidade macroeconómica abriu as por-
tas aos investimentos estrangeiros e o fluxo de capital que entra no país
por essa via conheceu um incremento considerável.
cartas do leitor
Angola é hoje um dos países que mais investimentos recebe e o mérito
está no facto de estar a realizar de forma séria transformações políticas, so-
ciais e económicas. A melhoria da legislação para atrair mais investimentos Dinheiro no futebol Venda ilegal de combustíveis em actividades perigosas, mesmo
é realçada como um ganho para o fomento das parcerias público-privadas e quando está em causa o ganha-pão
com forte participação do capital privado nacional e estrangeiro. Li o que o rei do futebol mun- A vida está difícil para muitas da família.
A reabilitação das estradas e de outras infra-estruturas é outro exemplo dial disse sobre o papel do dinhei- famílias, disso sabemos todos
apontado como um passo indispensável para interligar o país, o que já ro no futebol e gostei. nós. Mas nada justifica que recor- muhongo da SiLva | Malange
acontece, e para que as empresas produtoras de bens possam ter mercado De facto, colocar o vil metal em ramos a formas perigosas para
para expansão do comércio. primeiro lugar pode provocar sobrevivermos. O uso do telefone
Os bancos comerciais já têm agências ou representações em praticamente mais males que benefícios ao fute- O manuseio e a venda de com-
todo o país e em 2012 todos os municípios vão contar com serviços bancários. bol. O dinheiro no futebol tende a bustível, gás butano, metanol e ou- Amanhã, dia 10, será o aniver-
A produção agrícola foi retomada e o país investe agora nos circuitos de ser uma faca de dois gumes. Lem- tros líquidos inflamáveis em condi- sário do uso do telefone.
comercialização e de armazenamento, ao mesmo tempo que surgem no- brem-se que as Sagradas Escritu- ções ilegais não pode ser tolerado. Foi nesse dia que o inventor
vas fábricas e as propostas de criação de indústrias de transformação e ras dizem que “o amor ao dinheiro O incêndio de grandes propor- Alexander Graham Bell faz sua
conservação de produtos. é a raiz de todo o mal”. ções que aconteceu na zona da Cuca primeira experiência.
A reconstrução das cidades destruídas pela guerra é um facto indesmen- Acho que Pelé tem razão quan- não é o primeiro, nem vai ser o últi- Quase 200 anos depois, muitos
tível. O plano de construção de habitações sociais segue em marcha impa- do se opõe ao que chama de ob- mo. As pessoas devem estar vigilan- de nós não se imaginam a viver, tra-
rável praticamente em todo o país. sessão pelo dinheiro em detri- tes com os seus vizinhos, verdadei- balhar e ausentar da família sem
A construção de escolas, de centros de formação técnica e profissional, de mento do apego ao futebol. Em ros “vendedores da morte”. Eu não usar o telefone.
universidades e de hospitais segue ao ritmo da conquista do progresso. A Angola, feliz ou infelizmente, entendo como é possível numa zona A ciência evoluiu tanto que hoje
melhoria da circulação rodoviária e ferroviária a nível nacional é já um facto ainda não atingimos a fase doen- densamente habitada um irrespon- temos telefones móveis que, por
e o acesso aos transportes inter-provinciais permite viajar comodamente pe- tia das transacções astronómicas sável acumular oito mil litros de ga- sua vez, não param de conhecer ou-
lo país a preços módicos. O transporte rodoviário vai melhorar ainda mais no nosso futebol. solina e recipientes de plásticos. tras inovações.
porque várias empresas privadas estão apostadas em expandir o negócio. Em minha opinião, é bom que Acho que as penalizações para Tudo começou com o americano
O comboio já chega a Malange e os trabalhos dos Caminhos-de-Ferro passemos a pagar bem aos nossos este tipo de crime deviam ser altís- Bell. Nas sociedades modernas o
de Benguela e de Moçâmedes não pararam, apesar da crise económica e futebolistas. simas para desencorajar. No meu uso do telefone tem um efeito multi-
financeira internacional ter atrasado um pouco a sua marcha. Se fossem a Mas nunca devemos perder de bairro, há dois anos, uma vizinha plicador para o seu desenvolvimen-
esperar pela conferência internacional de doadores, os projectos de reabi- vista que a perspectiva de se des- que fazia o transbordo de gás buta- to. Pode dizer-se, sem medo de errar,
litação nem sequer tinham saído do papel. Tudo está a ser feito com di- frutar mais dos jogos e da verdade no tinha provocado um incêndio que o simples uso do telefone pode
nheiro do Estado angolano. futebolística devem estar acima fatal para ela e familiares. salvar a vida de milhares de pessoas.
No plano cultural e desportivo o país está em marcha. Também cuida- do dinheiro. O marido e vizinhos aconselha- O telefone serve hoje até para o
mos do espírito e a peregrinação aos vários santuários religiosos que o Não compreendo como é que é ram-na a deixar aquela actividade. funcionamento e expansão das
país tem é hoje possível e em melhores condições e os angolanos todos os possível dar-se tanta ênfase ao di- Ela dizia que já fazia aquilo há grandes empresas. Oxalá Angola
anos agradecem a Deus pela bênção da paz conquistada. nheiro em prejuízo da qualidade mais de dez anos, nunca tinha suce- tenha um rácio de telefone por pes-
Os ganhos não ficam por aqui. A valorização da mulher angolana é um técnica do jogador. dido nada de anormal, e não via soas suficiente para catapultar o
facto indesmentível. Há mais mulheres no Executivo e em cargos de di- Mas enfim, parece que deve- porque parar. nosso país para o desenvolvimento.
recção em instituições públicas e privadas. mos render-nos às regras do mer- O outro vizinho, ex-militar, re- Não tenho dúvidas de que quan-
A aprovação da Constituição foi saudada como um facto que reflecte, cado que terão penetrado a fundo corria à desmontagem de projéctil tos mais angolanos usarem telefo-
no plano jurídico-legal, um grande avanço em termos de pensamento polí- no futebol. alegadamente para retirar urânio. ne, maiores podem ser os índices
tico e de conhecimento daquilo que é o fenómeno do exercício do poder Parece que contra o dinheiro Um dia acabou por perder os mem- de desenvolvimento. Para isso tal-
nas democracias modernas. não há nada a fazer, particular- bros inferiores e hoje aconselha aos vez fosse necessário a existência de
Dentro de três anos Angola deve sair da lista dos países menos avança- mente quando tudo parece girar mais novos a terem cuidados com mais redes telefónicas para garantir
dos, fruto dos investimentos que está a realizar no combate à pobreza e à fo- em torno do dinheiro. objectos desconhecidos. As famí- uma maior cobertura.
me e no domínio da saúde e educação. Tudo isto está a acontecer num país lias deviam prestar mais atenção aos
que há oito anos estava em escombros. Fazer mais e melhor é impossível. Lourenço ngamadia | Luanda seus parentes quando se envolvem Luzia WabixiLa | Luanda

citaÇÕes
Rua Rainha Ginga, 12-26 | Caixa Postal 1312 - Luanda
Propriedade Redacção 333 33 69 |Telefone geral (PBX): 222 333 343
Fax: 222 336 073 | Telegramas: Proangola
E-mail: ednovembro.dg@nexus.ao

director: José Ribeiro; director-adjunto: Filomeno Manaças directores executivos: Manuel Feio, Gui-
lhermino Alberto, Kumuênho da Rosa; grande repórter: Luísa Rogério; reportagem: Pereira Dinis (editor- “À medida que essas pessoas se iam juntando no largo, foi surgindo no
chefe), Adalberto Ceita, Adelina Inácio, Alexa Sonhi, André da Costa, António Pedro, António Vitorino, César
André, Cristina da Silva, Domingos dos Santos, Filipe Eduardo, Fula Martins, Gabriel Bunga, Helma Reis, João mesmo local outro grupo de pessoas, com a intenção de dispersar esse grupo”
Sede: Rua Rainha Ginga, 12-26 | Caixa Postal 1312 - Luanda
Redacção 333 33 69 |Telefone geral (PBX): 222 333 343
Dias, João Pedro, Josina de Carvalho, Kílssia Ferreira, Rodrigues Cambala, Yara Simão; Editorias: Política: Jorge Bengue, superintendente-chefe e porta-voz do comando pro-
Cândido Bessa (editor-chefe), Santos Vilola (editor), Bernardino Manje, Fonseca Bengui, Garrido Fragoso; opi-
Fax: 222 336 073 | Telegramas: Proangola
E-mail: ednovembro.dg@nexus.ao
nião: Ambrósio Clemente (editor-chefe), Messias Constantino (sub-editor), Faustino Henrique; sociedade: vincial de Luanda da Polícia Nacional
Nhuca Júnior (editor-chefe), Isaquiel Cori (editor), Diogo Paixão (sub-editor), André dos Anjos, Carlos Alberto,
Edivaldo Cristóvão, Manuela Gomes, Walter António; regiões: Alberto Pegado (editor-chefe), Sérgio Chivaca
conselho de administração (editor), Augusto Cuteta, Joaquim Cabanje, Leonel Kassana; economia: Henrique Matos (editor-chefe), Cris- “Fomos então obrigados a proceder à recolha dessas pessoas, que foram le-
tóvão Neto (sub-editor), Armando Estrela, Graciete Mayer, Madalena José, Natacha Roberto; mundo: Bernardino
António José Ribeiro Fançony (editor-chefe), Altino Matos (sub-editor), Eleazar Van-Dúnem; desporto: Honorato Silva (editor-chefe), vadas para as esquadras da zona do Primeiro do Maio, para a quinta e segunda
(presidente) Amândio Clemente (sub-editor), António Cristóvão, Anaximandro Magalhães, Armindo Pereira, Teresa Luís; cul-
tura: António Bequengue (editor-chefe), Adriano Melo (sub-editor), Francisco Pedro (sub-editor), Manuel Al-
esquadras, e para o piquete da Direcção Provincial de Investigação Criminal”
administradores executivos bano, Mário Cohen, Roque Silva; gente e Fim-de-semana: António Cruz (editor-chefe), Edna Cauxeiro Idem
(sub-editora), Ferraz Neto (sub-editor), Rosalina Mateta (sub-editora), Béu Pombal, Caetano Júnior; Fotografia:
Catarina Vieira Dias Cunha Francisco Bernardo (editor-chefe), Rogério Tuti (sub-editor), Adérito Cortez, Dombele Bernardo, Domingos Ca-
Eduardo Minvu dência, João Gomes, José Cola, José Soares, Maria Augusta, Miqueias Machangongo, Mota Ambrósio, Nuno
Flash, Paulo Mulaza, Kindala Manuel, Santos Pedro; secretaria de redacção: Ana Inês (chefe), Job Maza
“Devemos honrar a mulher para que não se intimida perante a arrogân-
Filomeno Manaças Franco; correspondentes Provinciais: Adão Diogo (Lunda-Sul), Alberto Coelho (Cabinda), Baptista Marta cia de homens que querem ser vistos como seres superiores e lutam pelos
(Namibe), Silvino Paulo (Kwanza-Norte), Jaime Azulay (Benguela), Jesus Silva (Lobito), Estanislau Costa (Huíla),
Sara Fialho
João Mavinga (Zaire), Joaquim Aguiar (Lunda-Norte), José Bule (Uíge), Lourenço Manuel (Kuando-Kubango), seus direitos de forma honesta e digna”
Mateus Francisco João dos Santos Júnior Luís Pedro (Kwanza-Sul), Mário de Carvalho (Bié), Noé Jamba (Bengo), Quinito Kanhamei (Cunene), Samuel An-
tónio (Moxico), Fernando Cunha (Huambo) e Sérgio Vieira Dias (Malange); copy desk: José Ribeiro, Filomeno
Emanuela Vieira Lopes, ministra da Energia e Águas
José Alberto Domingos Manaças, Matias Adriano, Ambrósio Clemente, Osvaldo Gonçalves, Luciano Rocha, Guiomar Belo Marques, Jo-
administradores Não executivos
sefa Mateus. “O nosso papel é tentar fazer a mobilização de recursos internacional-
Victor Silva o Jornal de angola utiliza os serviços da aNgoP, aFP, reuters, eFe e Prensa latina mente e nos países em que estamos a trabalhar”
Mateus Morais de Brito Júnior
Publicidade: (+244) 222 337 690 | 222 333 466 Rui Gama Vaz, representante da OMS em Angola
jornal de angola•Quarta-feira, 9 de Março de 2011 |opiNião|7

TraNsformações políTicas em vários países

Egípcias correm o risco Luta e dor das mulheres


foram lembrados ontem
de serem marginalizadas
eFe| estavam ao lado dos homens, a exi- deixam de importar tanto. Quando
julie Charpentras | AFP

Com variadas manifestações


contra a violência conjugal e a
União Europeia (UE).
Na Grécia, onde o emprego das
mulheres sofreu o impacto da re-
cessão - há 17 por cento desem-
gir o fim da repressão política e a necessitam do Paquistão como alia- discriminação no mercado do tra- pregadas contra 11,6 de homens -
As mulheres correm novamente reivindicar uma reforma radical”. do, aceitam que o Governo paquista- balho, assim como homenagens foi celebrada uma mobilização na
o risco de ser marginalizadas e de “Tanto as mulheres como os ho- nês dê autonomia a regiões do país ao papel das mulheres nas revolu- praça central de Atenas.
não poderem participar da constru- mens sofreram sob estes Governos onde o sistema legal paralelo trata ções do norte da África, o mundo Na Itália, uma comissão do Se-
ção de um novo Egipto, após as re- repressivos, mas as mulheres tive- com total injustiça as mulheres”, diz. comemorou, ontem, o Dia Inter- nado deve a adoptar um projecto
voltas que acabaram com décadas ram que padecer, além disso, leis “E no Iraque – afirma – fazem nacional da Mulher. de lei que obriga as empresas a
de ditadura, advertiu a Amnistia In- discriminatórias e uma desigualdade alianças com milícias que nos seus Aproveitando a ocasião, o jor- nomear mulheres para, pelo me-
ternacional (AI). de género profundamente arraiga- momentos livres atacam e matam nal britânico The Guardian publi- nos, 30 por cento de lugares nos
No Dia Internacional da Mulher, da”, assinala a directora-geral da AI. activistas dos direitos da mulher”. cou uma lista das cem mulheres conselhos de administração.
a directora-geral do Programa de “A ninguém estranha, portanto, Brown lembra que há 100 anos mais inspiradoras do mundo, en- Na Grã-Bretanha, a cantora An-
Direito Internacional e Política da que as mulheres saíssem à rua. Que mais de um milhão de pessoas se tre as quais se encontra a presi- nie Lennox participou, com ou-
AI, Widney Brown, escreveu um aclamassem ruidosamente a queda manifestaram nas ruas da Europa dente brasileira Dilma Rousseff, tras actrizes, numa marcha, em
artigo de opinião no qual alerta que de Mubarak. no primeiro Dia Internacional da que figura ao lado de nomes como Londres, nas margens do Tamisa.
“por incrível que pareça (...), está- Mulher, para pedir o fim da discri- Margareth Thatcher, Aung San Em França, várias associações
se a negar às mulheres um papel na minação e que as mulheres tives- Suu Kyi, Angela Merkel, Hillary e federações feministas promove-
criação de um novo Egipto”. “As mulheres sem os mesmos direitos que os ho- Clinton e personalidades pop co- ram debates, exposições e mar-
“As mulheres são excluídas tanto mens. mo Madonna e Lady Gaga. chas sobre temas, como a violên-
pelo Governo Provisório como pela da Arábia Saudita, “Cem anos depois, a realidade é cia conjugal ou discriminações no
comunidade internacional. que as mulheres continuam a ter mercado do trabalho.
O novo comité nacional criado re- Tchechénia e Irão muito mais probabilidades de se- The Guardian O dia também recordou o papel
centemente para redigir a nova rem pobres”, explica. decisivo que tiveram as mulheres
Constituição egípcia é integrado só sofrem assédio “Têm mais probabilidades de ser publicou uma lista nas mudanças registradas na Tu-
por homens. Isto não é aceitável”, analfabetas. Ganham só 10 por nísia e no Egipto.
diz Brown. se não cumprirem cento do rendimento mundial, mas das cem mulheres "As mulheres tiveram um papel
Para ela, este comportamento realizam dois terços do trabalho crucial na activação das actuais
“denuncia um sentido de paterna- os códigos mundial. Produzem até 80 por cen- mais inspiradoras transformações na África do Nor-
lismo que bem conhecem as mulhe- to dos alimentos nos países em de- te. Em um clima de violência, se
res egípcias, que passaram décadas de indumentária senvolvimento, mas só são pro- do mundo comprometeram na luta pela mu-
a viver sob um Governo opressor prietárias de um por cento da ter- dança", afirmaram a chefe da di-
apoiado por Estados que suposta- religiosos ra”, acrescenta. Em Buenos Aires, um protesto plomacia europeia, Catherine As-
mente respeitam os direitos”. “As mulheres da Arábia Saudita, diante do Congresso argentino hton, e a vice-presidente da Co-
A responsável da AI realça que conservadores” Tchechénia e Irão sofrem assédio chamou a atenção sobre as mulhe- missão Europeia, Viviane Re-
todos os Governos “devem com- se não cumprirem os códigos de in- res vítimas da violência conjugal. ding, por ocasião do Dia Interna-
prometer-se com o respeito da Ou que quisessem acreditar na dumentária religiosos conservado- Sob o lema "Ninguém lhes dá cional da Mulher.
igualdade da mulher, na lei e na promessa de um novo amanhecer res. Na Bélgica, França e nalgumas atenção", a mobilização fez refe- Na Colômbia, onde as principais
prática” e adverte que “as mulheres na política egípcia. Mas ainda está partes da Espanha, as mulheres rência às mulheres que se atrevem a vítimas do conflito armado são as
só terão essa igualdade se partici- por se ver quanto vai mudar real- muçulmanas que os cumprirem, in- denunciar a violência familiar de mulheres – que também são as
parem activamente em todas as ne- mente para as mulheres no Egipto”, fringem agora a lei”, indica. que são vítimas, mas que não são principais vítimas da deslocação
gociações e decisões tomadas neste acrescenta. Além disso, as mulheres que lu- ouvidas pelas autoridades policiais. forçada e da violência sexual –, o
período de transição”. Brown é crítica dos Governos tam pela mudança “costumam de- As denúncias contra os crimes dia foi a ocasião para a abertura da
“Para que a promessa de mudan- ocidentais que “só parecem apoiar parar-se com o escárnio, os abusos do género e contra a impunidade delegação local da ONU Mulheres.
ça se transforme numa realidade no os direitos da mulher quando lhes ou algo pior. Em lugares como a foram as constantes das mobiliza- No Brasil, a primeira mulher pre-
Egipto e em todos os demais países convém” e denuncia que “estes di- Rússia, Filipinas, México e Nepal, ções em todo o mundo. sidente do país, Dilma Rousseff,
da região – e do mundo –, devem reitos sejam frequentemente utili- assassinaram-se activistas por falar Em Ancara e Istambul, milha- divulgou uma mensagem especial
sentar-se à mesa mulheres de diver- zados como trunfo nas negocia- em voz alta. res de mulheres manifestaram-se a falar do objectivo da sua política,
sas procedências e tendências polí- ções, na luta pelo controlo da agen- Na China, Bangladesh, Índia, para denunciar os "crimes de hon- a erradicação da pobreza extrema.
ticas, como sócias de pleno direi- da internacional”. Zimbabwe e muitos outros países, ra" e a violência de que são víti- Dilma afirmou que no Brasil a
to”, argumenta Brown. “Quando as negociações com os as mulheres são detidas e sofrem mas na Turquia, um país muçul- pobreza tem cara e "é feminina,
Nas revoltas dos últimos meses no talibãs parecem uma boa medida, tortura habitualmente”, acrescenta mano que quer fazer parte da está ligada às mulheres".
mundo árabe, lembra, “as mulheres de repente os direitos da mulher a directora da AI.

HoriZoNTes
Benjamim Formigo|

A complicada evolução da situação na Líbia


A evolução da situação na Líbia e que são danos colaterais uma vez do Direito de ser defendido como sentativo, têm apenas administra- EUA têm-na certamente pois os
as contradições da Comunidade In- que não existe uma oposição arma- uma permissão para que forças ções de transição. seus satélites já estão a recolher
ternacional deixam no ar as mais da em posições definidas. Em para- mandatadas pelo Conselho de Segu- O problema está em aberto e de imagens num território que há dé-
sérias dúvidas sobre o futuro. Não lelo sabe-se que existem grupos ar- rança possam intervir militarmente. difícil solução. O mais simples é o cadas mantêm sob observação. De
só na Líbia como no Mundo Árabe mados que atacam e ocupam cida- Pena é que o Conselho de Segu- uso apenas de forças da NATO a novo se levanta uma questão de
em geral. des. Portanto existe neste momento rança não use mais vezes o Capítu- partir de porta-aviões americanos, princípio e eventualmente retórica:
A Líbia entrou numa espécie de um ou vários movimentos arma- lo VII nos mandatos das Forças de que ainda levam dias a chegar. Um se os EUA não reconhecem o TPI
guerra civil. De um lado Kadhafi dos, ou que se armaram, contestan- Manutenção de Paz e as submeta só porta-aviões na esquadra do Me- como podem ter apoiado no Conse-
do outro não se conhece uma perso- do Kadahfi. ao Capítulo VI que apenas permite diterrâneo não é suficiente, tem de lho de Segurança a sua interven-
nalidade que possa ser interlocuto- Em termos de Direito Internacio- a reacção armada em autodefesa. ser reforçado com outras unidades ção? Não estou, nem de longe a de-
ra numa mediação do conflito. nal a situação é ainda mais compli- Ao invocar o “VII” a ONU abre as e outros meios. O tempo é escasso. fender que o TPI não investigue.
A intervenção militar, designa- cada. Queiramos ou não o Governo portas à legitimidade de uma inter- O “downside” desta opção, em- De facto nesta fase do campeonato
damente a interdição do espaço aé- líbio, no poder, é um Governo legí- venção. Contudo a redacção da Re- bora eventualmente suportada pelo até o deve fazer.
reo da Líbia é uma opção que não timo reconhecido pela ONU, e in- solução não mandata ninguém, diz Conselho de Segurança da ONU, é Estou apenas a salientar uma
pode ser considerada se não no âm- dividualmente pela generalidade apenas em termos gerais não ex- que pode vir a ser considerada a das muitas contradições que se
bito da NATO. Os europeus não dos Estados membros. O Conselho cluir o recurso a essa disposição. prazo como mais uma “cruzada” cruzam na ONU. Será que final-
dispõem de meios para aplicar essa de Segurança não aprovou uma Re- Ora a interdição do espaço aéreo pelos árabes em geral. Sobretudo mente Washington vai reconhecer
interdição, ao contrário do que su- solução firme, como fez noutras si- só pode ser feita a partir dos porta- porque depois da interdição do es- a competência do TPI e ter as suas
cedeu na intervenção da Europa no tuações. As sanções não têm qual- aviões norte-americanos. Só os Es- paço aéreo vem o envolvimento de próprias acções militares submeti-
Kosovo. No Kosovo os europeus quer efeito prático e apenas a invo- tados Unidos têm a capacidade pa- forças terrestres para ajudar a esta- das a essa fiscalização? Até agora
dispunham de bases aéreas no es- cação do Capítulo VII da Carta lhe ra aplicar essa medida. Se o fize- bilizar o país. Mas quem é o interlo- nunca o aceitaram exactamente
paço europeu de onde a aviação po- dá algum peso. rem a Administração Obama vai cutor da NATO/ONU nas actuais para que os seus militares não pos-
dia operar. Na Líbia a Europa, UE O Capítulo VII prevê que forças procurar uma coligação no seio da condições? A situação faz lembrar sam estar sujeitos a acusações de
ou não, não tem meios para aplicar da ONU ou mandatadas por esta NATO mas também o apoio da Li- em muito a intervenção no Iraque crimes de guerra e outros numa si-
essa decisão. possam fazer uso da força para a de- ga Árabe ou de países árabes ami- ou no Afeganistão. tuação de conflito.
Os contra-ataques do dirigente lí- fesa de populações ou o controlo de gos – os que neste momento estão O TPI considera investigar cri- Alguém tem de fazer alguma coi-
bio são violentos, de acordo com as uma situação de extrema violência também a ser alvo de contestação. mes contra a Humanidade na Líbia. sa para pôr termo aos combates e
informações que chegam. As popu- num teatro em que estejam envolvi- Claro que o Egipto e a Tunísia são Provavelmente há. Mas ao contrá- ajudar a regressar a paz e a seguran-
lações civis são atingidas no fogo. das forças de manutenção de paz. sempre possibilidades, mas não rio do que sucedeu nos Balcãs não ça. Falta saber quem, como, o quê e
Porém não é possível considerar Pode-se também interpretar à luz têm um Governo estável e repre- existe informação suficiente. Os com quem, ou contra quem.
8|mundo| JornAl de AnGolA•Quarta-feira, 9 de Março de 2011

ALERTA DAS NAÇÕES UNIDAS


REUTERS

Mudança climática e biocombustíveis


são ameaças para segurança alimentar
Preços elevados e voláteis dos alimentos são uma preocupação mundial
A mudança climática, que traz REUTERS

enchentes e estiagens, a demanda


crescente de biocombustíveis e po-
Pais vão poder contar com segundo herdeiro líticas nacionais para proteger o
mercado interno podem aumentar
fILHO ÚNICO o preço dos alimentos e ameaçar a

Governo chinês
segurança alimentar a longo prazo,
alertou a Organização das Nações

revê posição
Unidas (ONU).
Os preços elevados e voláteis dos
alimentos são uma preocupação
O Governo chinês analisa a pos- mundial cada vez maior, e em parte
sibilidade de relaxar a política do também estimularam os protestos
“filho único”, implantada há 30 que derrubaram os governantes da
anos, para enfrentar problemas co- Tunísia e do Egipto este ano. Os
mo o envelhecimento da popula- impactos dos protestos são senti-
ção, destacaram assessores gover- dos pelo norte da África e no Médio
namentais que esta semana deba- Oriente, da Argélia ao Iémen.
tem em Pequim propostas para o Períodos de instabilidade de
período 2011-2015. preços não são uma novidade para
Cinco províncias avaliam permi- a agricultura, mas os choques re-
tir um segundo herdeiro, caso um centes de preço provocados pelo
dos pais seja filho único (actual- clima extremo e pelo uso cada vez
mente isto só é possível quando os maior de grãos para produzir
dois progenitores não têm irmãos), energia têm causado grande preo-
declarou ao jornal “South China cupação, salienta o Fundo das Na-
Morning Post” o delegado Li Ji- ções Unidas para Agricultura e Segundo estimativas nos próximos dez anos o preço dos alimentos vai aumentar acima da média dos da década passada
chun, que participa da plenária Alimentação (FAO).
anual da Conferência Consultiva “Há temores de que a volatilida- preço do petróleo e a realização de anos e permaneça na média em ní- abastecimento de alimentos, in-
Política do Povo Chinês (CCPPC), de de preços esteja a aumentar”, stocks pelos importadores iam veis acima dos da década passada, cluindo uma melhoria na regula-
principal órgão assessor estatal. indica a FAO no relatório “Estado atingir os já voláteis mercados de disse a agência na segunda-feira. ção e na transparência do mercado,
Propostas similares apresentadas dos Alimentos e da Agricultura”, cereais. A FAO salienta que é necessária assim como o estabelecimento de
em 2007 foram rechaçadas por te- publicado na segunda-feira. Estima-se que o preço dos ali- uma acção coordenada internacio- um stock de emergência e o forne-
mores de um aumento excessivo da A influência cada vez maior do mentos aumente nos próximos dez nal para garantir a segurança do cimento de redes de segurança.
população activa que não possa ser mercado de mercadorias e as “res-
absorvida pelo mercado de traba- postas contraproducentes da políti-
lho, mas a questão do envelheci- ca proteccionista (aos preços ele- REVELAÇÕES DO WIKILEAKS SOBRE OS EUA
mento dos chineses trouxe o assun- vados) podem exacerbar a volatili-
to novamente à tona, revelou ontem
o “South China Morning Post”.
Actualmente, 8,5 por cento da
dade do mercado internacional e
colocar em risco a segurança ali-
mentar mundial”, diz o documento.
Mercosul organização antinorte-americana
população chinesa tem mais de 65 A FAO, que tem sede em Roma, Os Estados Unidos conside- transformar numa organização rência intitulado "Uma perspec-
anos, mas caso a tendência actual já advertiu os países produtores de ram o Mercosul um organismo mais restritiva e antinorte-ameri- tiva do Cone Sul sobre a Influên-
seja mantida, esta percentagem alimentos contra a introdução de “antinorte-americano” e teme a cana”, refere um texto, que é o re- cia Chávez”.
poderia ser dobrada em 2030 (17,5 limites de exportação para prote- incorporação da Venezuela no sumo de uma reunião de embai- A entrada da Venezuela no Mer-
por cento). ger os mercados locais, à medida bloco formado pelo Brasil, Ar- xadores norte-americanos do Co- cosul continua bloqueada, apesar
A política do filho único foi im- que os preços dos alimentos no gentina, Paraguai e Uruguai, re- ne Sul realizada, no Rio de Janei- de ter sido assinado, em Março de
plantada no final de 1970 para tra- mundo pressionam para além dos fere uma nota do Wikileaks di- ro, em Maio de 2007. 2006, um protocolo de adesão,
var a superpopulação na China e, níveis que deflagraram as violen- vulgada, na segunda-feira, pelo Os diplomatas consideraram que, até agora, não entrou em vi-
segundo as estatísticas governa- tas revoltas em 2007 e 2008. jornal argentino “Página 12”. que a “entrada da Venezuela no gor porque um país associado pas-
mentais, conseguiu travar o cresci- O preço global dos alimentos “O Mercosul gradualmente foi Mercosul altera claramente o ba- sa a ser membro pleno quando
mento demográfico anual de 1,35 atingiu um recorde de alta em Fe- gradualmente deixando de ser lanço e a dinâmica da organiza- conta com a ratificação dos con-
milhão de novos habitantes por ano vereiro. Na semana passada, a uma união alfandegária para se ção”, diz o documento da confe- gressos de todos membros.
em 1980 para os 630 mil actuais. FAO advertiu que novas altas no

Proibida a entrada
de turistas no Tibete PROGRAMA NUCLEAR GUANTÁNAMO
Os turistas estrangeiros estão
proibidos de entrar no Tibete du- Irão preocupa Agência de Energia Casa Branca
rante o mês de Março devido prin-
cipalmente ao mau tempo, infor-
mou ontem a imprensa indepen-
O chefe da agência nuclear da
Organização das Nações Unidas
O Irão nega, ao contrário do que
diz o Ocidente, estar a tentar de-
informações da inteligência do
Ocidente que referem que o Irão
muda política
dente, citando o secretário do Parti- (ONU) disse, na segunda-feira, senvolver armas nucleares. O Go- desenvolve esforços para proces- Numa inversão de expectativas
do Comunista da China (PCC) na que informações recentes sobre o verno de Teerão garante que as ac- sar urânio, testar explosivos em al- sobre o encerramento da prisão de
região, Zhang Qingli. Irão se “somam às preocupações tividades atómicas têm o objecti- ta altitude e modernizar um cone de Guantánamo, a administração Oba-
“O clima no Tibete é extrema- sobre os possíveis aspectos milita- vo de produzir electricidade que míssil balístico para o transporte de ma retirou uma medida que conge-
mente frio. A neve cobre qualquer res do polémico programa nu- lhe permita exportar mais petróleo uma ogiva nuclear. O Irão afirma lava novos processos em tribunais
área da região, e não queremos um clear” daquele país. e gás. A AIEA investiga, há anos, que as acusações são falsas. militares e estabeleceu um processo
só incidente desagradável na nossa Yukiya Amano, director-geral para continuar a manter presos que
jurisdição. Por isso, consideramos a da Agência Internacional de Ener- AfP ainda não foram julgados.
segurança e a saúde dos viajantes”, gia Atómica (AIEA), afirmou ha- O Presidente norte-americano
assinalou Zhang, citado pelo diário ver “uma frustração crescente com disse que ordenou ao Departamen-
“South China Morning Post”. o que o organismo sediado em Vie- to de Defesa retirar uma ordem que
“O rigoroso Inverno e o tempo na considera a recusa do Irão em tinha suspendido a entrada de no-
gélido, a segurança dos turistas, o responder às acusações que pode vos processos sob a jurisdição de
número insuficiente de alojamen- estar a trabalhar para desenvolver tribunais militares na prisão. Oba-
tos e as massas atraídas pelas festi- um míssil nuclear”. ma tinha suspendido esses proces-
vidades são as razões para a restri- “Não dizemos que o Irão tenha sos quando anunciou a sua revisão
ção em Março”, acrescentou. um programa de armas nucleares, da política para detidos no local, no
O secretário do PCC no Tibete mas estamos preocupados e quere- início de 2009, logo após ter assu-
também assegurou que a região, à mos esclarecer o assunto”, referiu, mido o poder.
qual os turistas têm acesso apenas em conferência de imprensa. A Casa Branca anunciou que a
com uma autorização especial e Amano declarou que a AIEA re- revisão foi agora finalizada.
onde a entrada da imprensa estran- cebeu, desde o ano passado, algu- Também anunciou uma ordem
geira é proibida, estará em Março mas “informações que trouxeram executiva na segunda-feira, estabe-
repleta de tibetanos para celebrar o mais preocupação”, sugerindo, lecendo um processo para conti-
seu Ano Novo (Losar, em 5 de Mar- sem dar pormenores, que são sobre nuar a manter em Guantánamo al-
ço) ou para rezar em alguma das supostas actividades antes e depois guns detidos que nunca foram acu-
várias actividades religiosas. de 2004. As novas informações divulgadas recentemente levantam preocupações sobre o programa sados.
JornAL dE AngoLA•Quarta-feira, 9 de março de 2011 |mundo|9

Eua EsTudam alTErNaTIVas

Obama rejeita intervenção militar imediata


Envio de tropas terrestres é o cenário mais remoto dos consultores militares
A Casa Branca rejeitou na se- tivamente” discutida no âmbito da EUA, Robert Gates, reiterou na se- que vai ser submetido o mais rápi- membros do Conselho de Segu-
gunda-feira a pressão de alguns OTAN, e a possibilidade de forne- gunda-feira que qualquer interven- do possível aos 15 membros do rança parece delicada, segundo
parlamentares norte-americanos cer armas aos rebeldes também está ção na Líbia exigiria um amplo Conselho de Segurança da ONU. uma terceira fonte. Alguns países,
para intervir directamente na Lí- na agenda, afirmou o porta-voz. apoio internacional.“Neste mo- Há um sentimento de urgência. como China e Rússia, são reticen-
bia, dizendo que é preciso inicial- Brian Katulis, consultor infor- mento, há o sentimento de que qual- Não podemos deixar que a popu- tes a esta opção.
mente entender quais seriam os mal da Casa Branca, a respeito da quer acção deve resultar de uma lação seja esmagada sem fazer na- O ministro britânico das Rela-
resultados de diversas alternati- onda de rebeliões no mundo árabe, sanção internacional”, afirmou du- da”, afirmou uma fonte diplomáti- ções Exteriores, William Hague,
vas militares. disse que a Administração Obama rante uma viagem ao Afeganistão. ca sob anonimato. confirmou que a Grã-Bretanha es-
“Seria prematuro enviar um está de mãos atadas por causa da “Devem esperar algo sobre a Lí- tá a trabalhar num projecto de re-
monte de armas para uma caixa sua relutância em agir militarmen- Zona de exclusão aérea bia (sobre a zona de exclusão aé- solução que estabeleça uma zona
postal no leste da Líbia”, disse Jay te sem o apoio internacional. rea) nesta semana”, disse a mesma de exclusão aérea, mas disse que o
Carney, porta-voz da Casa Branca. Os apelos dos legisladores para França e Grã-Bretanha traba- fonte. “Depende do que acontecer texto necessita do apoio regional
“Não devemos meter os pés pelas uma acção mais incisiva poderia lham num projecto de resolução no local. Se houver graves viola- e de “uma base legal clara”.
mãos em termos das opções que criar “um pouco de pressão” sobre a do Conselho de Segurança das ções dos direitos humanos ou se Hague indicou que os rebeldes
estamos a perseguir”. Casa Branca, disse o especialista, Nações Unidas para impor uma mercenários estiverem envolvi- líbios “já pediram explicitamente
A Administração Obama enfren- mas isso não seria suficiente para zona de exclusão aérea na Líbia, dos” na violência registada na Lí- uma zona de exclusão aérea”.
ta fortes críticas, especialmente empurrar Washington para uma ac- que vai ser apresentado breve- bia, acrescentou.A adopção de A Liga Árabe transmitiu na se-
por parte de parlamentares repu- ção que o Governo considere peri- mente.“Os franceses e os britâni- uma nova resolução sobre uma zo- gunda-feira o seu apoio ao projec-
blicanos e comentaristas conserva- gosa.O secretário de Defesa dos cos estão a trabalhar num texto na de exclusão aérea pelos 15 to de resolução, anunciou o minis-
dores, devido à sua abordagem tério francês dos Negócios Es-
cautelosa à turbulência na Líbia, afP trangeiros, que evocou as mani-
mas assinalou que não vai tomar festações feitas neste sentido pelo
decisões apressadas que possam secretário-geral Amr Moussa ao
arrastar os EUA para uma nova ministro Alain Juppe.
guerra e alimentar o sentimento De Tripoli, o ministro líbio das
anti-americano no mundo. Relações Exteriores, Mussa Kus-
Outro grande obstáculo para o sa, acusou os Estados Unidos,
envolvimento norte-americano é Grã-Bretanha e França de “cons-
que as autoridades dos EUA ainda pirar” para dividir a Líbia.
estão a tentar identificar os princi- Por sua vez, o embaixador dos
pais actores dentro dos grupos de Estados Unidos na OTAN, Ivo
oposição que lutam para derrubar Daalder, afirmou que o seu país
o Presidente Muammar Kadhafi, considera “uma zona de exclusão
há 41 anos no poder. Os objectivos aérea como uma possibilidade” e
desses grupos não são claros, in- acrescentou que a actividade aé-
cluindo o tipo de governo que se rea das forças leais ao coronel
pode configurar caso Kadhafi caia, Kadhafi diminuiu depois de al-
dizem as autoridades. cançar o pico na semana passada.
O Presidente Barack Obama dis- Após uma reunião para discutir
se na segunda-feira que desejava as diferentes opções que existem
“enviar uma mensagem muito cla- para responder à violência regis-
ra para o povo líbio de que estare- tada na Líbia, o secretário-geral
mos ao seu lado diante da violên- da OTAN, Anders Fogh Rasmus-
cia injustificada e da contínua re- sen, advertiu que os ataques con-
pressão aos ideais democráticos tra populações civis na Líbia po-
que vemos lá”.A Casa Branca tem dem constituir “crimes contra a
dito que nenhuma opção foi des- humanidade” e afirmou que, se
cartada, mas na segunda-feira, pe- prosseguirem, a comunidade in-
la primeira vez, o Governo dos ternacional não poderá permane-
EUA salientou, ainda que de forma cer “passiva”.
vaga, as alternativas militares que O promotor do Tribunal Penal
estão a ser avançadas. Internacional (TPI), Luís Moreno
A hipótese mais remota é o envio Ocampo, abriu na semana passa-
de tropas terrestres, disse Carney a da uma investigação contra o líder
jornalistas. A adopção de uma zona líbio Muamar Kadhafi e pessoas
de exclusão aérea que impeça bom- próximas por supostos crimes
bardeios do regime contra os rebel- contra a humanidade relaciona-
des – ideia defendida por vários par- dos com a repressão da revolta
lamentares dos EUA – está a ser “ac- Estados Unidos da América ponderam o envio de tropas a Tripoli para travar a morte de civis provocada pelas tropas de Kadhafi desde 15 de Fevereiro.

ExPlOraçãO IlEGal dE chumbO Na NIGÉrIa


EGIPTO

Tribunal aprova proibição Envenenamento mata centenas de crianças O envenenamento por chumbo para os fetos ou bebés.“O organis-

de Mubarak deixar o país


afP

provocado pela exploração ilegal mo imaturo das crianças expostas a


de ouro matou, desde Novembro, solos e ferramentas contaminados
mais de 400 crianças no norte da tende a absorver rapidamente o
Um tribunal do Egipto confir- gados terem rejeitado defendê- Nigéria, anunciaram, na segunda- chumbo associado e nesse processo
mou, ontem, o congelamento lo.A decisão do Procurador-Geral feira, as autoridades daquele país. envenenam-nas, causando-lhes pa-
dos bens do ex-presidente Hos- foi tomada, tendo como base as Os novos dados sugerem que o ralisia e até a morte”, disse Muham-
ni Mubarak e de família e a denúncias que lhe chegaram so- número de vítimas fatais por causa mad Sani-Sidi, director-geral da
proibição de deixarem o país. bre a riqueza de Mubarak e da fa- desse problema no Estado de Zam- Agência Nacional de Gestão de
A agência de notícias Mena mília conseguida de forma ilícita. fara (norte) está acrescer, depois de Emergências, em nota divulgada na
disse que resolução foi anun- A ordem de congelamento in- a ONU ter alertado que a contami- segunda-feira.Um relatório da
ciada na primeira audiência ju- clui investimentos imobiliá- nação por chumbo na região já ha- ONU, feito este ano, com base nu-
dicial realizada para analisar o rios, dinheiro, acções e contas via causado a morte de, pelo me- ma missão conjunta de avaliação,
caso tratado, ontem, pelo Tribu- em bancos e em empresas de nos, 400 crianças entre Março e indica que, em algumas aldeias de
nal de Apelações do Cairo, que Mubarak, da mulher, dos dois Outubro do ano passado. Zamfara, foram encontrados no so-
confirmou a decisão tomada, filhos – Alaa e Gamal –, das no- A atracção pela extracção ilegal de lo níveis elevados de poluição por
em 28 de Fevereiro, pelo Procu- ras e dos netos mais novos. ouro é tal que agricultores pobres che- chumbo e que os de mercúrio no ar
rador-Geral egípcio, Abdel Ma- Mubarak mudou-se para a ci- gam a escavar a rocha com as pró- estavam quase 500 vezes acima do
guid Mahmoud. dade de Sharm el-Sheikh, na Pe- prias mãos, mas o minério retirado à limite aceitável.
O diário “Al-Ahram” noti- nínsula do Sinai, após anunciar volta das suas aldeias contém eleva- O relatório acrescenta que muitas
ciou que o juiz rejeitou um pe- a demissão, em 11 de Fevereiro, das concentrações de chumbo, conta- crianças, com menos de 5 anos, e
dido do advogado de Mubarak, após 18 dias de manifestações minando o ar, o solo e a água. vários adultos apresentaram exa-
Samir Sheshtawy, de adiamen- públicas contra o seu regime. O excesso de chumbo causa da- mes com “níveis extremamente al-
to da decisão por 24 horas. O actual Governo, chefiado nos irreparáveis aos sistemas ner- tos de chumbo no sangue”.
Sheshtawy aceitou, na segun- por militares, vai submeter a voso e reprodutivo e nos rins. É Uma amostra de água potável, refe-
da-feira, encarregar-se do caso Constituição do país a um re- especialmente nocivo em crian- re o documento, tinha uma presença de
Mubarak depois de vários advo- ferndo popular. ças pequenas e mulheres grávidas chumbo cerca de dez vezes superior ao
e lactantes, que passam o metal limite recomendado pela ONU. Em algumas zonas há poluição elevada
10|ECONOMIA| JOrnAl dE AngOlA•Quarta-feira, 9 de março de 2011

PROjEcTO DO mPLa

Empresas com apoio para tomar sectores estratégicos


CrIstóvãO nEtO | jORnaL DE angOLa empresa e licenciamento da acti-
vidade ocorra no mesmo dia da
Empresas angolanas podem solicitação e nos escritórios das
receber apoio institucional para administrações municipais.
abrirem negócios em pelo me- Auxilia também na selecção de
nos 16 sectores da economia na- equipas de gestão para áreas cha-
cional tradicionalmente explora- ve dos empreendimentos como
dos por empresas estrangeiras, contabilidade, finanças, recursos
de acordo com um projecto dis- humanos e operações.
cutido pelo mPlA, em fins de Fe-
vereiro, em luanda, num fórum Alteração da lei
consagrado ao fomento do em-
presariado nacional. A Lei de Fomento de Empresa-
O documento, ao qual o Jornal riado Nacional tem que passar por
de Angola teve acesso, prevê que uma revisão para que o projecto
“a empresas detidas maioritaria- apresentado pelo MPLA possa co-
mente por angolanos” deve ser da- meçar a ser aplicado.
do “tratamento privilegiado” para No projecto de fomento do em-
que entrem em sectores estratégi- presariado nacional, o MPLA atri-
cos, entre os quais o da energia bui esta responsabilidade ao Exe-
eléctrica e energias renováveis, gás cutivo, mas outros aspectos são
natural liquefeito, petróleo e da in- também atribuídos a partes envol-
dústria de ferro e aço. O sector de energia eléctrica faz parte do projecto destinado à maior abertura da economia aos empresários angolanos vidas como o BDA e a Sonangol.
O partido preconiza as mesmas É necessário um estudo sobre as
medidas em relação às indústrias O capital tem origem num Fundo vezes de ideias originais que care- ções. O documento indica que pa- fontes de financiamento do Fun-
de construção naval, produção de de Fomento do Empresariado Na- cem de suporte financeiro e de ges- ra os angolanos com capacidade do de Fomento do Empresariado
medicamentos genéricos, cimento cional, constituído por receitas ex- tão para singrar, sendo o financia- financeira, a sociedade gestora de Nacional, que carece de um pro-
e materiais de construção. Também traordinárias do petróleo e na pou- mento que mais estimula a partici- risco dá assistência técnica espe- grama estratégico e de planos
está incluída a construção de habi- pança fiscal que resulta da redução pação do investidor na gestão e or- cializada em matérias económi- executivos.
tações, o sector financeiro, a inves- do subsídio aos combustíveis. ganização do projecto empresarial. cas, jurídicas e financeiras com De acordo com o projecto do
tigação científica aplicada e as tec- O financiamento é dirigido a pro- vista a estruturar o grupo econó- partido, a Sociedade de Gestão de
nologias de informação. jectos empresariais em fase de con- Assessoria técnica mico, definir a estratégia, o mode- Capital de Risco, a mola impulsio-
Para a aplicação do projecto, o cepção e desenvolvimento, antes lo de negócio e de organização, a nadora da iniciativa, apenas vai
documento prevê a criação de uma mesmo da instalação do negócio, O documento estabelece como materializar o projecto empresa- ser criada quando todos os instru-
sociedade gestora de capital de ris- envolvendo apoio a estudos de missão da sociedade gestora de rial e a internacionalizar a activi- mentos estiverem criados.
co que venha a ser detida em “joint- mercado para determinar a viabili- risco a assessoria técnica, tomada dade. O documento aponta o papel do
venture” pelo Banco de Desenvol- dade de um produto ou serviço. de assento na gestão, treino de al- Para os angolanos sem capaci- Estado como sendo o de capital de
vimento Angolano (BDA), a So- Este investimento é o que ofere- ta administração, estruturação fi- dade financeira, a sociedade ges- risco, regulador e cliente, na medi-
nangol e bancos privados angola- ce mais desafios para a indústria do nanceira de projectos, acompa- tora de risco ajuda na criação de da em que assegura a procura na
nos seleccionados pelo Estado. Capital de Risco, partindo muitas nhamento e controlo de participa- condições para que o registo da fase inicial.

EsTaDOs uniDOs cOnsELHO TÉcnicO cOnsuLTiVO

Maioria dos economistas Serviço Nacional das Alfândegas


apoia a Reserva Federal reune responsáveis no Lubango
A maioria dos economistas norte- emergentes, não tem impacto. Os ArmAndO EstrElA | qualquer alteração de dados, a infor- da Delegação Aduaneira do Luban-
americanos acredita que o programa 15,8 por cento restantes afirmaram matização do registo de entrada e go.A agenda de trabalhos prevê ain-
de compra de títulos da Reserva Fe- que o programa está a causar danos O primeiro Conselho Técnico saída de viaturas nos principais pos- da um encontro com os despachan-
deral (FED, o Banco Central dos à economia. Consultivo do Serviço Nacional das tos fronteiriços, o seguro exigido nas tes oficiais e importadores, no qual
EUA) está a ajudar a dar suporte ao Em resposta à maior recessão das Alfândegas realiza-se na cidade do declarações dos meios de transporte as Alfândegas esperam novas contri-
crescimento dos Estados Unidos, últimas gerações, o FED reduziu a Lubango, província da Huíla, a par- e o mecanismo de controlo dos buições e sugestões da comunidade
embora muitos continuem cépticos, taxa de juros para zero e comprou tir de hoje até sexta-feira, com a fina- meios de transporte, para evitar a fu- empresarial, para reduzir e eliminar
revelou uma pesquisa divulgada na mais de dois triliões de dólares em tí- lidade de abordar temas relaciona- ga e o descaminho. os constrangimentos institucionais e
segunda-feira. tulos do Governo e títulos de hipote- dos com o impacto do campo de qua- À margem do Conselho Técnico os procedimentos desactualizados
A pesquisa da Associação Nacio- ca, num esforço para manter baixos lidade do Documento Único nas es- Consultivo, os directores regionais que têm afectado os operadores eco-
nal para Economia Empresarial os custos de empréstimos a longo tatísticas da instituição. das Alfândegas reúnem-se hoje na nómicos.
(NABE, na sigla em inglês), mostra prazo. A discordância aprofundou- A outra abordagem abrange os sua 16ª sessão, para abordar ques- Os encontros aduaneiros de con-
que 62,4 por cento dos economistas se quando os 263 membros do NA- constrangimentos causados pelo tões internas do Serviço Nacional certação são mais uma iniciativa le-
entrevistados acreditam que o plano BE foram questionados se o nível Código de Tratamento Aduaneiro das Alfândegas. Antes desse encon- vada a cabo pelas Alfândegas, em
de estímulos de 600 mil milhões de actual de acomodação monetária é 11/600, a obrigatoriedade de apre- tro, o ministro das Finanças, Carlos coordenação com o sector privado,
dólares do Banco Central está a fun- apropriado para a situação. Apenas sentação da carta do importador para Alberto Lopes, inaugura a nova sede para facilitar o comércio.
cionar. Outros 21,8 por cento vêem pouco mais da metade afirmou que a
que a prática, que foi criticada por política está satisfatória, enquanto
políticos conservadores e responsá- 40,9 por cento sente que ela está a cOnsumO inTERnO
veis de políticas de economias “estimular de mais a economia”.

PREÇO DO PETRÓLEO
Importações da China com previsões de subida
Ameaça de inflação visível
As importações da China devem “Os nossos princípios de política jORnaL DE angOLa

aumentar este ano e o excedente de comércio exterior para este ano


comercial deve diminuir, disse na passam por estabilizar as exporta-

nas economias emergentes


segunda-feira o ministro do Co- ções, promover a importação e re-
mércio, Chen Deming, em resposta duzir o excedente comercial”, dis-
aos apelos de vários países para se Chen Deming, citado pela Lusa.
que a China permita o aumento do O responsável espera este ano que
O presidente do Banco Central Jean-Claude Trichet, que avisou, consumo interno. o crescimento das importações “se-
Europeu (BCE) afirmou, na segun- na semana passada, que o BCE po- O Governo chinês está a preparar ja relativamente rápido”, acrescen-
da-feira, em Framkfurt, que as dia elevar as taxas de juros em para este ano a promoção dos gas- tou, ao mesmo tempo que afirma
pressões sobre os preços foram Abril, referiu agora que os preços tos dos consumidores, responden- que “o rácio do excedente em rela-
acentuadas pela última subida do dos alimentos registaram, em Fe- do às reivindicações dos Estados ção ao Produto Interno Bruto (PIB)
valor do petróleo. vereiro, uma subida recorde devido Unidos e de outros parceiros co- deve cair”. Ainda assim, a China
Jean-Claude Trichet, que presi- ao aumento dos custos dos grãos e à merciais que se queixam do contro- não “descarta a possibilidade de
dia a uma reunião do Banco de oferta limitada. lo do Governo face à moeda chine- ainda haver um excedente”.
Compensações Internacionais Os preços do petróleo no merca- sa, o yuan, e das barreiras à impor- O ministro do Comércio chinês
(BIS), disse que “a economia glo- do norte-americano atingiram, na tação. Durante uma conferência disse ainda que não há planos para
bal está pronta para um crescimen- segunda-feira, o nível mais alto em de imprensa após a sessão anual reduzir as exportações, que dão
to relativamente robusto”. dois anos e meio como reflexo das da Assembleia Legislativa chine- emprego a milhões de chineses na
“A ameaça da inflação é particu- preocupações quanto a uma possí- sa, Chen Deming não quis dar indústria. A China é o maior expor-
larmente visível nas economias vel interrupção no fornecimento uma previsão detalhada do co- tador mundial, estando os analistas
emergentes pela subida dos preços pela Líbia, devido à onda de insta- mércio, mas disse que Pequim ia a prever para este ano um exceden-
do petróleo e das matérias-pri- bilidade provocada pelos confron- tentar agilizar os procedimentos te comercial na ordem de 200 mil
mas”, frisou. tos armados nos últimos dias. de importação. milhões de dólares. Importações aumentaram na China
JOrnal de angOla•quarta-feira, 9 de março de 2011 |ECONOMIA|11

aniP aPresentou ProPosta de noVa lei defeitos de fabrico

Angolanos investem em força no país


armandO estrela| jornal de angola mia, em detrimento da indústria
Fabricantes
fazem recolha
de viaturas
com falhas
transformadora. Porém, admitiu
angola é um dos países africa- que em Angola tudo tem decorrido
nos mais bem sucedidos na atrac- com relativa normalidade.
ção do capital privado e, ao con- “Às vezes, as crises são também As fabricantes japonesas de
trário do que algumas fontes janelas de oportunidades, pois ob- viaturas Honda e Toyota e a
apontam, a nível da Comunidade rigam-nos a repensar políticas e americana Chrysler retiraram
de desenvolvimento da África instrumentos, refinar os instrumen- ontem milhares de automóveis
austral (sadC), angola e a África tos e a fazer uma melhor utilização nos Estados Unidos por diferen-
do sul são hoje as maiores refe- dos recursos que temos em Ango- tes problemas técnicos, indicou
rências internacionais para qual- la”, sublinhou, ao fazer uma leitura o site da Agência de Segurança
quer ambição em investimentos. cuidada da crise internacional, cu- Rodoviária dos Estados Unidos.
O presidente da Agência Nacional jos efeitos começaram a ser mais A Toyota retirou 22 mil veícu-
de Investimento Privado (ANIP), sentidos na última parte do ano de los dos anos 2008 a 2011, mais
Aguinaldo Jaime, admitiu na sema- 2008. Aguinaldo Jaime admitiu concretamente as carrinhas Tun-
na passada que, além da nota ante- que, mesmo em contra círculo com dra e Tacoma, e os seus jipes 4x4
rior, “o que pode deixar o povo ango- grande parte das economias a nível Cruiser e Sequoia, devido a fa-
lano muito satisfeito é saber que o global, o investimento privado em lhas no sistema de alerta de pres-
continente que mais investe no nos- Angola tem estado a aumentar. são dos pneus.
so país é justamente África e que, Adiantou que, em 2008, o investi- Por seu lado, a Honda retirou
dentro das nações africanas, quem mento privado angolano, fora do 36.656 carros modelo Civic dos
mais investe em Angola são os pró- sector petrolífero, atingiu 1,8 mil anos 2006 e 2007 por causa de
prios angolanos”. Os angolanos estão a investir em força para consolidar o desenvolvimento económico milhões de dólares norte-america- um problema com a bateria.
“Isto é positivo”, regozijou-se nos, um valor de investimentos no- A Chrysler retirou 20.459
Aguinaldo Jaime, quando falou das processo de investimento”. vestimento interno e que vai ser uma vos e fora do sector petrolífero que unidades do modelo Jeep
oportunidades de investimento em Por esse facto, a Agência Nacional espécie de Comité de Incentivos e subiu, em 2010, para 2,3 mil mi- Wrangler anos 2010 e 2011 por
Angola no fórum promovido pelo de Investimento Privado tem em Facilidades, reunindo-se regular- lhões de dólares dos Estados Uni- problemas de transmissão que
Serviço Nacional das Alfândegas, na perspectiva a criação de um meca- mente e decidindo concertadamente dos. Contados os grandes investi- podem provocar a perda do
semana passada, e que marcou a nismo “ad-hoc” para funcionar na que tipos de incentivos e de facilida- mentos de reposição, este valor al- controlo da direcção.
abertura da campanha de recolha de ANIP, no qual o Serviço Nacional des conceder a um certo projecto. cança a importância de 4,6 mil mi- Recorde-se que a Toyota foi
contribuições para a Pauta Aduanei- das Alfândegas e a Direcção Nacio- “Creio que vai ser relevante e vai lhões de dólares dos Estados Uni- obrigada a fazer recolha de cerca
ra do quadriénio 2012-2016. nal dos Impostos vão ser parte inte- eliminar muitas dessas disfunções dos, com 31 por cento do valor a ser de um 1,2 milhões de viaturas nos
Para o presidente da ANIP, há sim ractiva, no quadro de um conjunto que, às vezes, observamos e que direccionado para os sectores da in- Estados Unidos da América no
valores acrescidos nos debates em de outras estruturas a convidar. têm sido, paulatinamente, resolvi- dústria transformadora. ano passado, em consequência de
curso sobre a Pauta Aduaneira, por- Para tal, a direcção da ANIP pro- das através da concertação e do “Isto é motivo de satisfação, isto inúmeras falhas no sistema eléc-
que, notou, “as Alfândegas olham pôs uma nova Lei do Investimento diálogo entre as diversas partes en- significa que estamos no caminho trico, acelerador e, sobretudo,
para os produtos que têm uma classi- Privado, que pode ser aprovada nos volvidas”, afirmou o titular da certo. Não quero com isso dizer que nos travões, tendo sido obrigada
ficação pautal, independentemente próximos dias e pode começar a vi- ANIP.Do mesmo modo, Aguinaldo esteja tudo bem, mas significa que a pagar uma multa milionária
do destino final de um determinado gorar já dentro de 60 dias. Segundo Jaime realçou que o investimento as políticas do Executivo, no senti- aplicada pelas autoridades ame-
produto e, por sua vez, a ANIP enca- Aguinaldo Jaime, essa lei consagra mundial tem estado a deslocar-se do de atrair mais e melhores investi- ricanas.Na ocasião, o presidente
ra o produto como fazendo parte de uma estrutura que pode solucionar progressivamente para os serviços mentos, tem estado efectivamente da Toyota pediu desculpas.
uma finalidade mais vasta, que é o muitas controvérsias à volta do in- e para o sector primário da econo- a surtir o seu efeito”, acrescentou.

subida de Preço fórum económico mundial

OPEP atenta à situação do petróleo Brasil perde espaço


O ministro da Energia do Qatar,
Mohammed Saleh al-Sada, disse
no sector do turismo
grassa uma rebelião contra o líder
do país, que pode provocar uma
cado na mesa”. O petróleo está a
ser negociado acima de 100 dólares
na segunda-feira que a Organiza- grande subida nos preços. o barril no mercado internacional. Apesar de ser considerado o país tamento anterior, realizado em
ção dos Países Exportadores de Pe- Enquanto isso, o chefe de gabi- O Congresso tem pressionado a com a maior riqueza natural do 2009, apesar de ter mantido prati-
tróleo (OPEP) está a avaliar a situa- nete do Presidente Barack Obama, Administração Obama para consi- mundo, o Brasil não consegue ser camente a mesma nota.
ção do mercado de petróleo e a ne- Bill Daley, afirmou no domingo derar o uso de reservas de emergên- competitivo na indústria de turis- As piores avaliações foram obti-
cessidade de uma reunião, mas que a Administração Obama está a cia para acalmar temores de consu- mo e perde espaço para outras na- das em critérios como a infra-estru-
acrescentou que não há escassez no estudar a possibilidade de utilizar midores sobre os crescentes preços ções, deu a conhecer ontem o “ran- tura de transportes, a ausência de
fornecimento ao mercado. as reservas estratégicas norte-ame- da gasolina, que ameaçam atingir king” elaborado pelo Fórum Eco- trabalhadores qualificados e as re-
“O fornecimento e stocks (de pe- ricanas de petróleo como uma das quatro dólares por galão nos postos nómico Mundial. gras para o estabelecimento de ne-
tróleo) estão em níveis confortá- formas de aliviar os preços globais de abastecimento norte-america- O Brasil superou todos os 139 gócios no sector. O Brasil aparece
veis. Não há motivo para nervosis- da commodity. Falando ao progra- nos. Os altos preços do petróleo po- países analisados e marcou o pri- como um dos países onde mais
mo. Alguns países podem cobrir a ma televisivo da NBC “Meet the dem afectar a frágil recuperação da meiro lugar no quesito de riqueza tempo se leva para abrir uma em-
queda da produção líbia”, disse a Press”, Daley afirmou: “Estamos a economia norte-americana e atin- natural, principalmente pela diver- presa. O peso do crime e da vio-
jornalistas. As preocupações deri- analisar as opções. A questão das gir politicamente o Presidente Ba- sidade de espécies animais existen- lência também desfavorece o país
vam de uma possível interrupção reservas é uma das que estão a ser rack Obama, que se movimenta pa- tes, com a fauna mais rica do mun- lusófono.
no fornecimento pela Líbia, onde consideradas. Tudo está a ser colo- ra tentar a reeleição em 2012. do, além do número de lugares con- O Fórum Económico Mundial
siderados patrimónios da humani- destaca que a competitividade do
dade, da quantidade de áreas prote- Brasil nessa área fica abalada tam-
moçambique gidas e da qualidade do meio am- bém em razão dos elevados im-

Autoridade Tributária aumenta receita


biente. Mas ficou apenas com o postos que recaem sobre os trans-
52.º lugar na classificação geral do portes. O levantamento aponta a
ranking de competitividade no tu- alta taxa imposta nas passagens
rismo deste ano, perdendo sete po- aéreas e as tarifas cobradas pelos
A Autoridade Tributária (AT) de jornal de angola finda, em Maputo, na sequência da sições na comparação com o levan- aeroportos.
Moçambique arrecadou um pouco visita efectuada pelo Primeiro-
mais de 11, 5 mil milhões de meti- Ministro, Aires Ali, à instituição
cais (350 milhões de dólares) em re- que dirige, revelou que contribuí- Problemas orçamentais

Sócrates nega recurso


ceitas fiscais, de Janeiro a Fevereiro ram mais para a arrecadação, de
de 2011, o que corresponde a uma Janeiro a Fevereiro, os impostos
realização de 105 por cento face à sobre o rendimento de empresas e

ao Fundo Monetário
previsão de colecta da instituição singulares.
para os primeiros dois meses do Apesar de ter passado dos 18 para
ano. Estas receitas representam ain- 19, 6 por cento, de 2009 a 2010, o
da 15 por cento da receita global peso dos impostos colectados pela
prevista para 2011. Autoridade Tributária de Moçambi- Portugal perderia prestígio e dig- ma reunião política em Viseu, se-
Para o presente ano, a AT prevê ar- que continua abaixo da média da re- nidade se recorresse ao Fundo Mo- gundo a agência Lusa.
recadar um pouco para cima de 73 gião Austral de África, situada nos netário Internacional (FMI) para “Portugal não necessitará de aju-
mil milhões de meticais, o que cor- 22 por cento. De acordo com o pre- solucionar os problemas orçamen- da externa. Quando ouço líderes da
responde a um aumento de mais de sidente da Autoridade Tributária, o tais, afirmou o Primeiro-Ministro oposição afirmando que a o FMI
dez por cento da colecta de receitas país situa-se aproximadamente a 90 português, José Sócrates, na noite vai chegar, mais cedo ou mais tar-
do ano passado, que se fixou em cer- por cento da convergência regional. de segunda-feira. de, que a ajuda externa é inevitável
ca de 65,4 mil milhões de meticais A AT tem de continuar a alargar a “Portugal perderia prestígio e para o nosso país, digo que tudo
(2, 1 mil milhões de dólares). sua base tributária, para além de também a dignidade de poder apre- tem limites, porque acredito que,
O presidente da Autoridade Tri- atrair mais pessoas a pagarem im- sentar-se ao mundo como um país neste momento, todo o dirigente
butária de Moçambique, Rosário postos com vista a alcançar a con- que consegue solucionar os seus político tem a responsabilidade de
Fernandes, que falava na semana Os moçambicanos pagam os impostos vergência regional. problemas”, declarou Sócrates nu- confiar no povo português”, disse.
12|PUBLICIDADE| JORNAL DE ANGOLA•Quarta-feira, 9 de Março de 2011

(1020)

(812)
|CLASSIFICADOS|13

1 2 IMÓVEIS 3 VIATURAS 4 DIVERSOS


JORNAL DE ANGOLA Quarta-feira, 9 de Março de 2011

Classificados IMÓVEISNISSAN Terrano, 5 portas,


A/C, 45 mil km, preço acessí-
Compra&Venda
vel. Telf: 923546813 (35816)
Arrendamento Novas&Usadas Negócios

1 2 4
IMOBILIÁRIO IMOBILIÁRIO VIATURA
SEMI-REBOQUE basculante,
marca Invep, 2 eixos, ano
TERRENO no centro da ci-
dade do Soyo c/12.000m²,
GERADORES 13 a 500 Kvas
Perkins, inglês, insonorização,
FAZEMOS e aplicamos por-
tas, janelas e divisórias em alu-
VENDE-SE ARRENDA-SE ENCOMENTA-SE 2009. Telfs.
935452512.
923423943,
(2582)
c/direito de superfície. Telfs:
927008830/935932340 (2485)
Ango-Rayan Group Internatio-
nal. Telfs. 923432367, 91250
mínio e tectos falsos. Telfs:
917754259/923410720 (2543)
APARTAMENTO T3, mobi- TOYOTA Olho-de-gato, último 9993. (2175) APRENDA inglês, aulas domi-
CASA c/piscina, 2 suites, 3 TODO tipo de assessores para PARABÓLICA montagem, as-
quartos, sala, cozinha america liado, c/área social Condomí- viaturas Americana, Europeia e modelo. Tls: 931043636, sistência 16.000, vendemos PARABÓLICA Kz 18.000,00 ciliares a empresas, particula-
nio Veneza Talatona, 4000. Telf: 923519697 (2576) temos HD, PVR, Extra-Viw, rep. res, aproveitem. Telfs:

3
na, anexo e 1quintal no Ben- Motores entrega 10 dias. Telfs. Dual PVR, fazemos deriva-
fica. Tl924780751 (2124) 924912728 (2538) 222398416/935251014 (2239) ções. Telf: 923492523. sr: sinais em cond. hotéis, pen- 925024579/914072326 (2546)
Romão. (2535) sões e temos Zap. Tlf:
CAMIÃO cisterna, Volvo nº 10, 937451210/ 912432002 (2250) ORIVERSÁRIA reparamos e
VIATURAS
ANDAR no 5º andar c/ 900m² CASA Vila Alice, 4 quartos, 2 22 mil LT, Toyota Avensis,
no Maculuso, no predio limpo, LOTE terreno c/2800m² a vende-mos ouro. Tls: 9234-
WC, quintal bom preço. Tls: couro, CD, 2006. Tl: KIT de padaria, gelado, gelo, 82552, 926988988
VENDE-SE
situação juridica legal, escritó- 912743649,931286288 923434743 (2572) 45.000m², no Porto Seco, picole, cabeleireiro. Tls: 923-
rio 935251014/222398416 Viana. Telf: 934625996 (2550) (2362)
(2554) 59622020,912512204 (2375)
(2101) 1 SKUTER e 4 motas Hondas LAVAGEM ao domicilio, so-
APARTAMENTO T3, Nova TOYOTA Yaris recém-chegado e cubas, P/festas ou restauran- VESTIDOS de noiva 2011 com GERADORES Perkins, Lister fais,tapeteis, cortinas, interio-

4
LOJA na Mutamba. Telfs. Vida, R/chão com marquise tes. Tl: 939105953 acessórios vários modelos ta- Inglês, insonorizados digital de res viaturas e colchões. Tls:
modelo 2008, barato. Telfs:

4
924052746. adicional, climatizado, Rua 50. (2525) manhos e preço de oferta. 3KVA HG 1000KVA. Telfs. 928974869 (2297)
(2467) Tls: 923461866/931562982 923573343/ 912332776 (2106) Lena. Telef: 923627135. 923343785. (2471)
DIVERSOS
(2557) CURSO de Informática todos os
(2223)
DIVERSOS
APARTAMENTO nos Coquei- módulos, já c/ Internet, Kz:
VENDE-SE
ros, T3, quinto andar. Telfs. LOJA com 150m2, rua da Liga CARINA E, A/C, jantes espe- CONTENTOR frigorifico de 40 te- 12.000, nos Coqueiros. Telf.:
NEGÓCIOS
924052746. (2468) Africana, 8 mil. Tl: 924248496 ciais, recém-chegado, bom lefone 923300569/912954462 923500202 (2378)
(2371) preço. Tls:923303422/ (2295)
CASA no Mussulo T3, primeira 926604492 (2161) CAMPAS em mármore e gra- CURSO: Hardware, Redes (Re-
VIVENDA T4 no Nova Vida, nito importadas, montagem in- TERRENO no Benfica 20x30m paração e interligação de Com-
linha. Telfs. 924052746. toda mobília.Telfs. 928055637. EDITAMOS e publicamos bo-
(2466) BMW X 5, versão americana cluída, entrega imediata. Telfs. no valor de Kz. 750.000.00. letim ou Jornal da sua em- putadores), nos Coqueiros. Telf.:
(2509) 2007, 7 lugares, cor verde, de 921662309. (2520) Telf. 924419245/935798423 923500202 (2373)
presa. Telfs. 914347261,
PRÉ-FABRICADOS, casas, ar- ESCRITÓRIO na Sagrada Fa- 32.000Km. Telef: 9233606 (2260) 915488989. (2405)
mazéns, coberturas em painel, 56/933348383. (2349) SOFÁS variedade modelos FAZEMOS Projectos residen-
mília, 280m2, área coberta, ciais e comerciais a bom preço.
sandwich, orçamento grátis. 335m2, quintal. Por 2.500.000/ em couro e tecido a partir de LG TV Plasmas 23, 32,42, 50 DESINFESTAÇÃO anti alér-
Telfs. 917591646. (2519) CAMIÃO Mitsubishi fuso, 135.000.00Kz.Tls.939212752, adquirindo ganha o suporte de gico sem sair, sem cheiro nem Telfs. 936134835. (2465)
mês. Telfs. 923575444 . (2514)
cistema 10 mil litro, matricula 939212757,924279875. (2039) parede de todas polegadas. desarrumar.Telfs: 922406158/
SUITES mobiladas, por dia, Tels: 923751438 /912319595 TEMOS palhaços, C/temas da
LD-17-99-AX. Telfs.

4
numa Guesthous no Macu- COMPUTADORES portáteis e 912228882 (2236) festa e pintura infantil. Tl:
DUAS casas no Lubango, lo- 923751548/924863481 (2522) de mesa HP, Toshiba e Acer , (2294)
calizadas no centro da cidade lusso. Telf: 923435102 (2501) 924191538 (2571)
60.000.Kz. Tls.939212752/939 PARABÓLICA cartão, monta- LAVAMOS ao domicílio sofás,
DIVERSOS
com mobílias. Tls: TOYOTA Land Cruiser, Fortu-
2 APARTAMENTOS, condo- ner, Prado, Sequoia, RAV 4. 212757, 924279875 (2040) gem, assistência, a Kz 17.000 cadeiras, tapetes, cortinas, in-
923633515,934121155 (2510) mínio Ginga Cristina e Vila do ,00. HD, PVR e Dual Viw. Tlfs:9 terior de viaturas e desinfesta-
OFERECE-SE
Telfs. 925289415. (2385) VESTIDOS de noiva, encontre
Estoril, ambas T3. Tl: 23050434/914287188Sr. Bru- ção anti-alérgico. Tls:9286480
APARTAMENTO T1, nos lotes, 931821873 (2561) aqui um dos seus sonhos, no- no. (2069) 07/917606962 (2217)
TOYOTA Rav4, azul (2006). vidades. Tels: 921014163
Bairro Prenda, luz e água. Telf: Tls: 919955736/918058910 PINTOR profissional pintura,
934126288 (2500) VIVENDA T3, na Ilha de (2244) GERADORES 13 à 1000 KVA, DESINFESTAÇÃO sem
(2445) Perkins e Lister Insonorizado cheiro, disponível aos sábados estuque e envernizamento.
Luanda. Tls: 919955736,
VIVENDAS e apartamentos, 918058910 (2447) VESTIDOS de noiva, chega- Beledear.Tls: 923320418/92 e domingos. Tls: Tls: 919955736/918058910
MITSUBISHI Canter Cabina ram novidades qualidades (2448)
no Talatona, Nova Vida e cen- Dupla, 3.500 Kg, própria p/ 3343142 (2442) 934536401,912844535 (2562)
tro de Luanda. Tls: 923326156, mais alta que o preço. D. Sni. SECRETÁRIA executiva com
GUEST-HOUSE, quartos, 80 construção civil ou mercado- Telf. 923321428 ( 2347)
918346615. (2366) ria. Telfs. 923217540, AR Condicionado , venda, ins- MATERIAL de cabelereiro 4 anos de experiência, procura
diária/mês negociável, Macu- talação, manuteção, TV (pronto a funcionar). Telfs. emprego em apartaime. Telef:
CASA C/ 2 QUARTOS, SALA, lusso. Telfs. 923724212, 923475486. (2518) PARABÓLICA completa da
multichoice, montagem, cartão Plasma, Estabilizadores de 5 á 922000303, 923519232. 924691985. (2390)
SUITE, COZINHA, wc, ÁREA 926166152. (2506) 2 VOLVOS FH12-380, c/molas, 25 KVAS. Telfa: 912216306/ (2521)
900M2. Telfs. 925372212. e assistência, 17.000,00kz, ASSISTENTE administrativo
1 volvo FH12, 420 cavalo temos PVR/Duplo. Tl: 923364064/ 912216305 (2552) c/vasta experiência sou licen-
(2511) CASA R/C, 1º andar, Vila-Alice, DECORAÇÃO de festas infan-
climatizada, água e luz. Telfs. macho c/molas recém-che- 924347786 (2555) TERRENO no Benfica com tis, animamos com palhaços, ciado, procuro emprego. Telf:
APARTAMENTOS T1, 3º 921782597. gado. Telf: 928317016 \(2541) área 2400m2, vedado na rua pintura facial. Tl: 931531881 923558839 (2527)
andar no Largo Serpa Pinto. PARABÓLICA multichoice
(2526) 4 TRAILLERS de 20 pés e 4 c/cartão, montagem e assis- 18, com casa e anexos. Telef: (2426) CONTABILIDADE geral, finan-
Telfs. 912056323, 923577821. 923603669/917762865. (2354)
APARTAMENTOS T1, T2 no traillers de 40 pés, recém-che- tência a 17.000kz, temos sis- ças, fiscalidade, administra-

4
(2524) DESINFESTAÇÃO sem
centro da cidade e vivendas tema duplo. Tl: 924615113 PARABÓLICA 17.000. Kz tem ção, inscrito Min. /Finanças.
VIVENDA T4, c/ anexo, pis- gados. Telf: 928317016 (2542) (2556) duplo, HD, PVR+Dual Wiu rep. Ava- cheiro, também disponivel aos Telfs. 923535096. (2584)
T4, Nova Vida e T3 Lar Pa- sábados e domingos. Tls: 928
DIVERSOS
cina, Condomínio Vila do Re- triota. Telfs. 923577821. JEEP Toyota, 4 runner total- rias do sinal f/ obras em cond. pen-
cife, Talatona, 1.000.000. Telf: TERRENO no Zango 4, sões, hoteis temos Zap. Tels: 293100,917822033 (2396)
(2525) mente equipado, jantes espe-
PRECISA-SE
924912728 (2540) ciais, A/C, leitor DVD e tela. 100/100 a bom preço. Tls: 923503933/ 912319595 (2233) DESINFESTAÇÃO sem
VIVENDA T4 no melhor ponto Telf: 934625996 (2549) 925505954/922353137 (2560) cheiro, disponível também aos
VIVENDA T4 em Condomínio do Alvalade suite, sala p/ vá- TERRENOS (20x30), zona do sábados e domingos. Tls:
SWITCHES, Roteadres, Pateh- Benfica. Tls: 919955736/91 CABELEIRA, aplicadora de
no Talatona. Telf: 928490534 rios ambientes, óptimo p/ es- JEEP Toyota, 4 runner a bom panel, Acess, Points, câmaras, 914448007/921541722 (2442) tissagem, silicone, manicure q
(2544) critório. Telfs. 912866038 8058910 (2446)
preço . Telf: 934625996 IP, Fibra, marca trendnet. Tls: saiba aplicar unhas de gele. Tl:
/923582961 (2348) MOINHO fuba bombo e milho, DESINFESTAÇÃO sem
(2548) 914522176,923721856 (2566) cheiro, anti-alérgico, não pre- 932023642 (2578)
APARTAMENTO T2, Rua CARRINHA de 5 tonelada fri- Diesel, com ignição e mani- COZINHEROS, adjunto de co-
OU arrenda-se vivenda T5, re- Ndunduma nª 184, prédio GERADORES Perkins, Lister, vela, 25 saco p/hora. Telf: cisa sair. Tels: 928648007/
parada, 2 pisos, no Alvalade. gorifica, marca Nissan Cabes- Honda e Cubota de 6,5 KVA a 917606962 (2207) zinha, mesa, bar, COPC, lim-
BFA. Tls: 914522176,92 tar sem matricula. Tl: 922799624 (2305) peza, grelha com exp. Tl:
Telf: 928490534 (2545) 3721856 (2567) 500 KVA. Telfs. 925139052. FAZEMOS serviços de táxi ao
933615376 (2083) (2394) VESTIDOS de noiva exclusi- 932023642 (2579)
EDIFICIO, C/3 pisos, P/escri- vos, nova colecção, todos ta- destino ou 24h. Tl: 923373517,
TOYOTA Corola, recém-che- 923482552, 926988988 (2363) CABELEIREIRA (O), mani-
tório habitação climatizada, no gado, 4.90.000kz, negociá- PLASMA LG, Sharp, Bravia e manhos, cores, acessórios. Tl: cure, esteticista para são na
VIVENDA T3, c/quintal p/ pis- S. Paulo. Tl: 923504354 veis. Tl: 928384715 Sony, de 26, 32, 42 e 50 pole- 923394895 (2369) FAZEMOS convites p/ casa- baixa. Entrada imediata. Tl:
cina, Condomínio Vila-Sol, Ta- (2568) (2553) gadas, c/ entrega. Tlf: mentos, aniversários, cerimó- 935027745 (2570)
latona 700.000. Telf: 937451210/ 912432002 (2249) RELÓGIO Ponto Biométrico p/
DUAS, casas uma no Futungo controle de funcionários. As- nias diversas. Telfs: BABA que vive nos arredores
924912728 (2539) e outra no Benfica. Tl: NISSAN Murano, 19.500 km, 222000382/933533982 (2474)
PARABÓLICA c/montagem sistência téc. garantida. Telfs do Kinaxixi. Telfs. 921429993,
929870324 (2577) DVD, jantes especiais. Tls: 923574054/923605702
VIVENDA T4, c/piscina, c/área 927763125,937920826 (2559) 16000Kz, assistência deriva- ORIVERSÁRIA reparamos e 935590520. (2583)
social, Condomínio Morro ções temos Dual, HD-PVR. /222401090 (2366) vende-mos ouro. Tls:
VIVENDA no Talatona, 7 sui- JOVEM c/ ensino médio curso
Bento, 3.300.000. Telf: tes, 2 salas, quintal para 6 car- CAMIONETA Jac, estampada. Telf: 936696324 sr: Júlio (2532) PARABÓLICA kit completo, a 923482552, 926988988 de informática, secretariado e
(2362)

4
924912728 (2536) ros, a 3 mit do Belas Shoping. Contacto telefónico: Kz 16.000, assistência, téc- contabilidade básica. Telfs.
PARABÓLICA Kit completo da nica, PVR Dual e f/ derivações
Tl: 923434743 (2573) 924412557 (2563) multichice, c/cartão, montagem e ELECTRICIDADE baixa e 912217086, 936196659.(2580)
em hotéis, pensões. Tl: média tensão p/indústria,
DIVERSOS
VIVENDA T5, c/área social, APARTAMENTO Ngola assistência c/cartão, montagem 923380811 Rosário (2173)
piscina, Condomínio Morro e assistência técnica 17.000Kz. construção civil e manutenção.
M`Bandi. Tls: 917676409, TOYOTA Carina E, 4 portas Tefs: 923610984/912319551
ALUGA-SE
Bento, 4.800.00. Telf: 928343043, 925315077 verde metalizado. Tls: Telfs: 923985271/ 917017570sr: 1 ESTALEIRO de 100X60, c/
924912728 (2537) Amílcar (2531) uma moradia c/ tudo. Tlf: (2534)
(2569) 923305167,914218273 (2564)
924557720 (2129) CANALIZAÇÃO oferecemos
MORADIA no S. Paulo, C/3 APARTAMENTO triplex, ave- DAIHATSUN Térios, cinzento VESTIDOS de noiva c/ aces- mão-de-obra especializada CADEIRAS, mesas, brinque-
quartos, 3 WC, pequeno quin- nida 4 de Fevereiro, quatro sui- metalizado com seguro, 8500 sórios, fatos, convites e brin- TERRENO na Auto-estrada de p/água, esgoto e desentupi- dos, pipoqueiras, aparta-
tal. Tl: 924388066 tes mobilado. Telefones. Km, 2.600.000.00. Telefone: des. telfs. 923304541, Cacuaco 300X300. Contacto: mento e manutenção. Telfs: mento.Tls: 923596220,9125
(2574) 918212077, 923315372 (2581) 923575444 (2480) 923404400, D. Liuba. (2585) 924557720 (2148) 923610984/912319551 (2533) 12204 (2280)

CONVOCATÓRIA CONVOCATÓRIA CONVOCATÓRIA


Nos termos do Artigo 397.º da Lei das Sociedades Comer- Nos termos do Artigo 397.º da Lei das Sociedades Co- Nos termos do Artigo 397.º da Lei das Sociedades Comerciais con-
ciais conjugado com o nº 1 do Artigo 14º do Estatuto da SO- merciais conjugado com o nº 1 do Artigo 13º do Estatuto jugado com o nº 1 do Artigo 14º do Estatuto da CAXITOREGA, S.A.
DEMAT, S.A. convocam-se os accionistas à 7ª Assembleia convocam-se os accionistas à 3ª Assembleia Geral Ordinária, a rea-
da SOGANGELAS, S.A. convocam-se os accionistas à 3ª lizar-se no dia 25 de Março de 2011, pelas 09H00, na sua Sede So-
Geral Ordinária, a realizar-se no dia 30 de Março de 2011, Assembleia Geral Ordinária, a realizar-se no dia 31 de cial, sita no Município de Caxito, Província do Bengo, com a seguinte
pelas 09H30, na sua Sede Social, sita em Capelongo, Pro- Março de 2011, pelas 09H00, na sua Sede Social, sita no Ordem de Trabalhos:
víncia da Huíla, com a seguinte ordem de Trabalhos: Município da Chibia, Província da Huíla, com a seguinte
Ordem de Trabalhos: 1- Aprovação da Acta da Segunda Assembleia-Geral Ordi-
1- Leitura e Aprovação da Acta Anterior; nária;
2- Analise e Aprovação do Relatório de Actividades de 1- Informação; 2- Relatório de Balanço das Actividades Realizadas em 2010;
2010; 2- Apresentação e Aprovação do Relatório de Activi- 3- Apresentação e Aprovação do Relatório de Contas do Ano
dades de 2010; 2010;
3- Programa de Actividades para o Ano 2011;
3- Programa de Actividades de 2011; 4- Apresentação e Aprovação do Programa de Trabalho para
4- Apresentação e Aprovação dos Relatórios de Con-
4- Apresentação e Aprovação do Relatório de Contas o Ano 2011;
tas de 2009 e 2010; de 2011;
5- Proposta de Novo Organigrama da SODEMAT, S.A.; 5- Eleição do Vice-Presidente da Assembleia-Geral e de Ad-
5- Eleição do Vogal para o Conselho Fiscal; ministrador;
6- Diversos. 6- Diversos. 6- Diversos.
Luanda, aos 2 de Março de 2011 Luanda, aos 2 de Março de 2011 Luanda, aos 2 de Março de 2011
O Presidente da Mesa da Assembleia-Geral O Presidente da Mesa da Assembleia-Geral O Presidente da Mesa da Assembleia-Geral
Eng.º Rafael Albino Eng.º Rafael Albino (1054)
Eng.º Rafael Albino
(1053) (1052)
14|PUBLICIDADE| JORNAL DE ANGOLA•Quarta-feira, 9 de Março de 2011

OPORTUNIDADES DE CARREIRA OPORTUNIDADES DE CARREIRA

A CABGOC (Cabinda Gulf Oil Company) é uma subsidiária da Chevron Corporation, uma das maio- A CABGOC (Cabinda Gulf Oil Company) é uma subsidiária da Chevron Corporation, uma
res companhias de energia a nível mundial, com negócios em cerca de 180 países. A CABGOC está das maiores companhias de energia a nível mundial, com negócios em cerca de 180 paí-
a expandir-se rapidamente e a entrar num período de significativo investimento de capital para im-
ses. A CABGOC está a expandir-se rapidamente e a entrar num período de significativo
pulsionar o crescimento da produção a longo prazo, e vem por este meio convidar todos os candi-
datos com qualificações, experiência e prática, eventualmente interessados na nossa empresa, a investimento de capital para impulsionar o crescimento da produção a longo prazo, e vem
apresentarem as suas candidaturas a emprego. por este meio convidar todos os candidatos com qualificações, experiência e prática,
eventualmente interessados na nossa empresa, a apresentarem as suas candidaturas a
emprego.
Engenheiro de Corrosão (Ref: 0266016703 )

Local de Trabalho: Malongo Superintendente de Logística (Ref. 0266016702)

Qualificações: Licenciatura em Engenharia de Petróloes, Mecânica, Química, Corrosão ou Materiais. Local de Trabalho: Malongo
Experiência: 15 anos em Engenharia de Equipamento fixo e inspeccão, cinco dos quais em Pro-
tecção Catódica na Indústria Petrolífera. Qualificações: Licenciatura em Gestão da Cadeia de Aprovisionamento, Logística, En-
genharia ou Comércio. Preferencialmente com o grau de Mestrado.
Aptidões:
Experiência: Mínimo de 15 anos na indústria petrolífera, 5 anos na área de cadeia de
Exige-se:
aprovisionamento e 5 anos na área de Logística ou em áreas afins.
• Experiência na área de equipamentos fixos e inspecção para a área de operações de produção ups-
tream ou de refinaria, com ênfase na inspecção baseada no risco. Aptidões:
• Experiência na elaboração de análises e avaliações pormenorizadas sobre inspecções em navios
pressurizados, tubagem e outros equipamentos fixos.
•Exige-se:
• Experiência em levantamentos sobre a protecção Catódica de equipamentos e estruturas a su-
perfície e no mar, como parte das responsabilidades no âmbito da Integridade do Património rela-
cionadas com a inspecção. • Experiência e competência na gestão de grupos.
• Deve realizar o Programa Anual de Levantamento (medição potencial) da Protecção Catódica • Capacidade comprovada de optimização de activos.
Drop-Cell na zona marítima em todas as construções de suporte e struturas de poços e protecção • Conhecimento dos princípios de segurança industrial.
catódica interna em navios de processos na zona marítima.
• Deve proceder a inspecção mensal das Unidades Rectificadoras de Transformação (TRU) e das • Boas conhecimentos na gestão de custos e orçamenta.
caixas de derivação em estruturas situadas na zona marítima. • Capacidade de elaborar e documentar processos e procedimentos.
• Proceder levantamentos mensais sobre a Protecção Catódica na zona marítima, caixas de deri- • Fluência em língua inglesa falada e escrita.
vação e Pontos de Testes. • Possuir excelentes conhecimentos de informática (Excel,Word, Outlook e Powerpoint,
• Capacidade de inserir dados relacionados com a CP no banco de dados VISIONS, a partir de todas
etc).
as instalações, navios, sistemas de tubagem, tanques, segmentos elevatórios e condutas.
• Experiência na planificação, execução e supervisão de tarefas.
• Fluência em língua inglesa falada e escrita. COMO APRESENTAR A CANDIDATURA:
• Possuir excelentes conhecimentos de informática (Excel,Word, Outlook e Powerpoint, etc).
Os candidatos interessados poderão enviar os seus currícula para os seguintes endere-
COMO APRESENTAR A CANDIDATURA:
Os candidatos interessados poderão enviar os seus currícula para os seguintes endereços: Avenida ços: Avenida Lenine, nº. 77 (em frente ao Instituto ISCED), em Luanda, ou para os es-
Lenine, nº. 77 (em frente ao Instituto ISCED), em Luanda, ou para os escritórios da CABGOC junto critórios da CABGOC junto ao Largo do Ambiente, em Cabinda.
ao Largo do Ambiente, em Cabinda. As candidaturas deverão ser entregues até o dia 12 de Março de 2011.
As candidaturas deverão ser entregues até o dia 12 de Março de 2011. Como alternativa, poderão ainda candidatar-se via Internet através da nossa página:
Como alternativa, poderão ainda candidatar-se via Internet através da nossa página:
www.chevroninangola.com.
www.chevroninangola.com
(103.592b) (103.592c)

OPORTUNIDADES DE CARREIRA OPORTUNIDADES DE CARREIRA

A CABGOC (Cabinda Gulf Oil Company) é uma subsidiária da Chevron Corporation, uma das A CABGOC (Cabinda Gulf Oil Company) é uma subsidiária da Chevron Corporation, uma das maiores companhias
de energia a nível mundial, com negócios em cerca de 180 países. A CABGOC está a expandir-se rapidamente e
maiores companhias de energia a nível mundial, com negócios em cerca de 180 países. A a entrar num período de significativo investimento de capital para impulsionar o crescimento da produção a longo
CABGOC está a expandir-se rapidamente e a entrar num período de significativo investimento prazo, e vem por este meio convidar todos os candidatos com qualificações, experiência e prática, eventualmente
de capital para impulsionar o crescimento da produção a longo prazo, e vem por este meio interessados na nossa empresa, a apresentarem as suas candidaturas a emprego.
convidar todos os candidatos com qualificações, experiência e prática, eventualmente interes-
Especialista de eProcurement (Ref : 0266016623)
sados na nossa empresa, a apresentarem as suas candidaturas a emprego.
Local de Trabalho: Luanda
Chefe da Equipa de Condutas – (Ref.02664219)
Qualificações: Possuir no mínimo o grau de bacharelato, com especialização em qualquer das seguintes áreas:
Cadeia de Abastecimentos, Finanças, Contabilidade ou Negócios.
Local de Trabalho: Malongo
Experiência: Mínimo de três anos de Experiência
Qualificações: Licenciatura em Engenharia Mecânica ou Metalúrgica. Possuir bons conheci-
Aptidões:
mentos sobre a integridade de património/equipamentos.
•Exige-se:
Experiência: Possuir no mínimo mais de 10 anos de experiência no ramo da engenharia de
instalações, sendo a experiência em supervisão uma mais-valia. • Gerir o fluxo do processo de contratos / alterações enviadas à equipa de Capacitação de Fornecedores pela
Equipa de Contratos.
• Actualizar os catálogos de forma oportuna e eficiente.
Aptidões: • Apoiar e gerir os processos de carregamento utilizando os Sistemas Ketera e JDE-1 para o cruzamento de refe-
rências de materiais.
•Exige(m)-se: • Trabalhar em coordenação com a Equipa de Finanças / Contratos de modo garantir a configuração e mapeamento
do livro de endereços e a prontidão dos contratos para a realização de transacções. Coordenar & realizar sessões
de orientação & capacitação de fornecedores com os responsáveis pelos contratos, Director de Categorias/Con-
•Conhecimentos sobre aplicativos do ASME VIII Div 1 e IX, ASME B31.3/4/8, API 510/570/RP sultores de Contratos e representantes de fornecedores.
2A /RP 17 e familiaridade com o API 579/580 e com a Gestão da Integridade dos Activos da • Dar formação a Fornecedores no tocante à elaboração de catálogos e aos sistemas Ketera e Ariba Buyer, (For-
SERIP/GU. mação dos utilizadores finais no que respeita aos materiais).
Gerir os Processos de Capacitação & de Gestão de Mudanças para as partes envolvidas a nível interno e externo.
•Conhecimentos sobre mecanismos de corrosão e aplicação de estratégias de mitigação da • Monitorizar as estatísticas mensais respeitantes aos fornecedores e à equipa de modo a garantir um bom de-
corrosão. sempenho.
•Experiência na área de instalações submarinas e inspecções de condutas (utilização de es- • Contactar as partes interessadas para a identificação de oportunidades relacionadas com fornecedores e melhorar
o processo de capacitação de fornecedores.
covilhão inteligente) constitui forte mais-valia.
• Fazer controlo SOX de fornecedores externos e recolher dados para análises SOX.
•Fluência em língua inglesa falada e escrita. • Desempenhar um papel fundamental na elaboração e execução de estratégias de utilização de catálogos.
• Possuir excelentes conhecimentos de informática (Excel,Word, Outlook e Powerpoint, etc). • Apoiar a implementação das ferramentas/módulos/testes de eProcurement para sistemas e interfaces novos e já
existentes.
• Dar apoio de Nível 1 às partes interessadas a nível externo.
COMO APRESENTAR A CANDIDATURA: • Fluência em língua inglesa falada e escrita.
• Possuir excelentes conhecimentos de informática (Excel,Word, Outlook e Powerpoint, etc).
Os candidatos interessados poderão enviar os seus currícula para os seguintes endereços:
Avenida Lenine, nº. 77 (em frente ao Instituto ISCED), em Luanda, ou para os escritórios da COMO APRESENTAR A CANDIDATURA:
Os candidatos interessados poderão enviar os seus currícula para os seguintes endereços: Avenida Lenine, nº. 77
CABGOC junto ao Largo do Ambiente, em Cabinda. (em frente ao Instituto ISCED), em Luanda, ou para os escritórios da CABGOC junto ao Largo do Ambiente, em
As candidaturas deverão ser entregues até o dia 12 de Março de 2011.Como alternativa, Cabinda.
poderão ainda candidatar-se via Internet através da Web site da Chevron: As candidaturas deverão ser entregues até o dia 15 de Março de 2011.
www.chevroninangola.com. Como alternativa, poderão ainda candidatar-se via Internet através da Web site da Chevron:
(103.592a) www.chevroninangola.com. (103.592)
JORNAL DE ANGOLA• Quarta-feira, 9 de Março de 2011 |PUBLICIDADE|15
16|PUBLICIDADE| JORNAL DE ANGOLA•Quarta-feira, 9 de Março de 2011

CONVOCATÓRIA PARA A REUNIÃO


DA ASSEMBLEIA-GERAL ANUAL
DO BANCO PRIVADO ATLÂNTICO
Recrutamento e Selecção de Pessoal
Nos termos do artigo 19.º dos Estatutos, convoca-se a Assembleia-Geral do
GTS gostaria de convidar candidatos para as seguintes aplicações: Banco Privado Atlântico, entidade matriculada na Conservatória do Registo Co-
Supervisor de manutenção. mercial de Luanda sob número 970-06, com o número de identificação fiscal
Exigência: 5401152540, para reunir no dia 31 de Março de 2011, pelas 18h:00, na sede so-
- Mínimo 5 anos de experiência profissional comprovada. cial sita no Lote 2 Chicala, Luanda, Angola, com a seguinte ordem de trabalhos:
- Habilidade comercial
- Capacidade de planeamento e organização de trabalho ORDEM DO DIA
- Forte dinâmica e espírito de equipa
1.Apreciar, discutir e deliberar sobre o relatório de gestão e as contas do exer-
Gestor de logística.
cício de 2010.
Exigência:
2.Apreciar, discutir e deliberar sobre a proposta de aplicação de resultados apu-
-Mínimo 5 anos de experiência
rados no exercício de 2010.
- Capacidade de planeamento e organização de trabalho
3.Proceder à apreciação geral da administração e fiscalização da sociedade no
-Fluência na língua inglesa
exercício de 2010.
- Domínio da informática na óptica do utilizador.
4.Aumento de capital.
Conhecimento na área de operações de manutenção 5.Outros.
Observação:
Fazer-se acompanhar com Curriculum Vitae/2 fotografias Luanda, aos 24 de Fevereiro de 2011
Contacto tel: 928502099/925068405
Das 08h00-16:00 O Presidente da Assembleia-Geral
E-mail: gts.maintenance@yahoo.com
(849)
António Assis (949)

(103.447)
(103.499)

ABANDONO DE TRABALHO

A Damer Gráficas SA, prestigiada empresa sediada em Talatona, que actua na área da in-
dústria gráfica, pretende recrutar: A Direcção de Recursos Humanos do Banco Millennium Angola,
Assistente de Facturação (M/F) S.A com sede na Av. Lénine nº 59, comunica ao Srº Nelson Artur
Para reforço da sua equipa administrativa, nomeadamente na área de controlo de factura-
Prata Marcos, ausente da empresa há mais de duas semanas
ção e contas correntes.
Pretendemos ser contactados por candidatos com o seguinte perfil: consecutivas, que se encontra em situação de Abandono de Tra-
• Experiência profissional na área financeira: elaboração de facturas, recibos e controlo de balho, se no prazo de três (3) dias úteis a contar da data desta
conta corrente de terceiros;
• Conhecimentos de Informática na óptica de utilizador, nomeadamente Microsoft Office;
publicação não justificar documentalmente as razões da sua au-
• Conhecimentos básicos na óptica do utilizador de softwares e sistemas integrados de ges- sência e a impossibilidade de ter cumprido a obrigação legal de in-
tão como Primavera, SAP, Sistrade, etc; (preferencial);
formação e de justificar a ausência, será o trabalhador considerado
•Metódico, organizado, empenhado e responsável;
• Assíduo; em situação de Abandono, ao abrigo da alínea c) do artigo 254º da
Funções: LGT. Nos termos da lei, o Abandono do Trabalho vale como resci-
Com reporte à Direcção Financeira, será responsável por:
• Emissão e controlo de facturação: emissão de facturas e controlo de toda a documentação
são do contrato de trabalho sem justa causa e sem aviso prévio e
anexa, validação, impressão e envio de facturas a terceiros; constitui o colaborador na obrigação de pagar à empresa uma in-
• Elaboração de recibos em aplicação informática existente para o efeito; demnização.
• Controlo de contas correntes de clientes, garantindo a sua exactidão;
• Gestão de arquivos;
• Elaboração de mapas e reports; A DIRECÇÃO DE RECURSOS HUMANOS
Os interessados deverão apresentar a sua candidatura nas nossas instalações:
Edifício Damer Gráficas, Talatona C58-GU15, por detrás do Belas Shopping, para entrega
de currículo e marcação de entrevista.
Ou enviar por e-mail: geral@damergrafica.co.ao
(885) (1021)
JORNAL DE ANGOLA• Quarta-feira, 9 de Março de 2011 |PUBLICIDADE|17

EMPRESA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NO RAMO PETROLÍFERO


No âmbito do desenvolvimento das suas actividades, pretende recrutar candidatos de nacionalidade angolana para preencher as
seguintes funções:
Engenheiros de Controlo de Sólidos de Perfuração Engenheiros de Fluidos de Perfuração
Requisitos:
 Licenciados em Engenharia ou Médio concluído, de preferência Mecânica,
Requisitos:
 Licenciados em Engenharia e Técnicos Médios de preferência Química e
Electromecânica e Electricidade Geologia
 10 anos de experiência em gestão de resíduos de perfuração e controlo de  10 anos de experiência no ramo petrolífero ;
 Boa capacidade de desempenho em equipe
 Conhecimentos sólidos de informática, nomeadamente do Microsoft Word,
sólidos;
 Experiência em Sondas (operador de controlo de sólidos ou engenheiro
Excel e Powerpoint;
 Disponibilidade para trabalhar em todas as regiões de Angola, nomeada-
para suporte técnico em Sondas);
 Boa capacidade de desempenho em equipe
 Conhecimentos sólidos de informática, nomeadamente do Microsoft Word,
mente Cabinda, Soyo e Luanda e em regime 28/28;
 Elevada capacidade de comunicação verbal e escrita
Excel e Powerpoint;  Fluência em Inglês e, com elevada capacidade de escrita;
 Conhecimentos dos regulamentos ambientais actuais para o Offshore e  Disponibilidade para trabalhar em Cabinda (Malongo), Soyo e ou Luanda)
Onshore;  Capacidade para lidar com sucesso em múltiplas actividades e trabalhar
 Disponibilidade para trabalhar em todas as regiões de Angola, nomeada- sob pressão, sendo essencial o cumprimento de prazos.
 Referências da última empresa onde trabalhou;
 Oferecem-se remunerações compatíveis com as funções acima descritas e
mente Cabinda, Soyo e Luanda e em regime 28/28;
 Fluência em Inglês e, com elevada capacidade de escrita;
 Elevada capacidade de comunicação verbal e escrita
experiência demonstrada, incluindo as regalias sociais presentemente em

 Disponibilidade para trabalhar em Cabinda (Malongo), Soyo e ou Luanda)


vigor na empresa e oportunidades de desenvolvimento pessoal e profissional.
 Disponibilidade para formação após a contratação, de acordo com as Nor-
 Referências da última empresa onde trabalhou; mas de Qualidade e Segurança ISO 9000/2000, OHSAS 18001, ISSO 14001 e
WHMIS, incluindo formação em Primeiros Socorros/CPR, Condução Defensiva
e Condução Pró-activa, conforme exigido pelo empregador;

Todas as candidaturas terão de incluir o Curriculum Vitae actualizado, fotocópia do BI e Certificados de Habilitações e Profissionais, e
deverão ser enviadas até 10 de Março de 2011 pelo endereço de email: anojhr@gmail.com
(854)

OPORTUNIDADES DE CARREIRA
ANÚNCIO DE VAGAS
A ONG italiana CUAMM, especializada na área
A CABGOC (Cabinda Gulf Oil Company) é uma subsidiária da Chevron Corporation, uma das da saúde, necessita urgente de:
maiores companhias de energia a nível mundial, com negócios em cerca de 180 países. A CABGOC
está a expandir-se rapidamente e a entrar num período de significativo investimento de capital para
impulsionar o crescimento da produção a longo prazo, e vem por este meio convidar todos os can- a) Contabilista/Logístico
didatos com qualificações, experiência e prática, eventualmente interessados na nossa empresa, a
apresentarem as suas candidaturas a emprego. Baseado em Luanda com cargos a nível nacional

Local de Trabalho: Malongo


Superintendente de Integridade e Fiabilidade do Património (Ref: 0266016701)
◦ Licenciatura em Administração e Contabilidade.
Requisitos:
Qualificações: Licenciatura em Engenharia de Petróleos, Química ou em áreas afins.
Experiência: Mínima de 20 anos na área de produção de petróleo e gás, 10 anos dos quais na área (Estudantes universitários deste ramo de licenciatura e com experiência
de processamento de gás são convidados a candidatar-se).
. ◦ Exige-se 2-3 anos de experiência em sectores não lucrativos.
◦ Bom domínio da contabilidade informatizada.
◦ Conhecimento do sistema contabilístico nacional e das ONG’s.
Aptidões:

• Experiência em especificações de conformidade com a Segurança de Processos, com base no API ◦ Fluência em Português (falado e escrito), Inglês e Italiano seria de mais
Exige-se:

14C e 30 CFR 250, e IEC-61511(Nível de Integridade de Segurança Industrial).


valia.
• Experiência na área de planificação empresarial estratégica e orçamento.
◦ Experiência comprovada em Logística de medicamentos e outros.
• Experiência em supervisão de operações offshore na indústria petrolífera.
• Bons conhecimentos de sistemas de gestão na área de Saúde, Ambiente e Segurança Industrial ◦ Espírito de responsabilidade.
(HES).
• Capacidade de trabalhar em regime de rotação 28/28 com o potencial para integrar a Comissão
de Gestão da Integridade e Fiabilidade do Património da Corporação.
b) 2 Contabilistas para Uíje e Chiulo-Cunene ( Requisitos da alínea a)

• Experiência na supervisão de programas de Saúde, Ambiente e Segurança Industrial (HES) que


incluam formação em segurança industrial, investigação e participação de iminências de inciden- ◦ Título de estudo de âmbito de Saúde Pública ou afins com competências
c) Chefe de Projecto UE baseado na Damba
tes, prontidão e resposta a emergências, reuniões e comunicações sobre segurança e iniciativas de
Administrativas e Gestão hospitalar.
melhorias de processos.
• Capacidade para assumir um papel numa equipa de gestão de emergências (EMT) para lidar com ◦ Experiência anterior em sectores não lucrativos.
incidentes relacionados com a indústria petrolífera. ◦ Capacidade de gestão de equipa de trabalho, flexibilidade e interacção.
• Fluência em língua inglesa falada e escrita. ◦ Manter boa relação e comunicação com parceiros.
• Possuir excelentes conhecimentos de informática (Excel,Word, Outlook e Powerpoint, etc). ◦ Bom domínio do Português e Italiano (falado e escrito)
◦ Língua Inglesa seria de mais valia.

Os candidatos interessados poderão enviar os seus currículos para os seguintes endereços: Avenida
COMO APRESENTAR A CANDIDATURA:

Lénine, nº. 77 (em frente ao Instituto ISCED), em Luanda, ou para os escritórios da CABGOC
◦ Encarregado pela reabilitação da estrutura do Hospital da Damba , das
d) Logístico baseado na Damba
junto ao Largo do Ambiente, em Cabinda.
As candidaturas deverão ser entregues até ao dia 12 de Março de 2011. Casas do pessoal e escritório do CUAMM.
Como alternativa, poderão ainda candidatar-se via Internet através da nossa página:
www.chevroninangola.com Os CVs deverão ser enviados para angola@cuamm.org
(103.592d) (937)
18|PUBLICIDADE| JORNAL DE ANGOLA•Quarta-feira, 9 de Março de 2011

ANGOLA
ANÚNCIO DE VAGAS

AUTO DE ABANDONO A Bauer Angola, Lda., no âmbito do seu plano de ex-

ABANDONO DE SERVIÇO
pansão pretende recrutar:

O Departamento dos Recursos Humanos da 2 Operadores de Pá Carregadora e Grua de Esteira


OPWAY ANGOLA, SA, informa ao trabalhador 2 Técnicos de Soldadura
A Translider, Lda vem, por este Requisitos:
meio, convocar o Sr. BERNARDO
abaixo mencionado, que se encontra em situação de
Abandono de Trabalho, pelo facto de não compare-

JOAQUIM a comparecer no escri-


• Nacionalidade Angolana
cer ao serviço há mais de duas semanas consecuti- • Domínio da língua Portuguesa

tório da empresa no prazo de 3


vas sem qualquer justificação. • Curso Médio ou Superior

pareça nos três dias útéis seguintes a esta publi-


Consideraremos o efectivo abandono caso não com- • Experiência profissional no ramo entre 2 a 3 anos

dias úteis a contar da presente


• Curricular Vitae detalhado e actualizado
cação justificando documentalmente a sua ausência • Fotocópias de certificados ou diplomas

data. Caso não compareça no


• Cópia do Bilhete de Identidade em dia.
nos termos do nº2/00 do art.º 254º da Lei Geral do
Trabalho. As candidaturas devem ser entregues na:

FERNANDO MUCAVI
prazo estipulado, a empresa consi- Rua Egas Moniz Casa# 5 A (a rua por detrás da Loja Martal)

E-mail: bauer.angola@maxnet.ao
Bairro da Maianga
derará a sua atitude como aban-
Telefone: 222 353972
Fax: 222 356273
Luanda, aos 23 de Fevereiro de 2011
dono definitivo de serviço, nos
termos do artigo 254º da LGT. Direcção dos Recursos Humanos
(963) (962)
Luanda, aos 7 de Fevereiro de 2011
(968)

Vendo Mesa de Snooker


A Krones Angola está a leiloar uma viatura de Marca
DODGE DAKOTA SLT, com menos de 2 anos de uso,
com a chapa de matrícula LD-50-91-CG, com apenas
Profissional em madeira,
com 3,10m x 1,70m, com
65.000 Kms, de cor cinza metalizada, motor impecável
A Sociedade de Gestão de Águas de Angola. S.A.R.L
comunica o seguinte trabalhador LUÍS FILIPE CAR-
(manutenções regulares e pontuais) com apenas pro-

armário e kit de tacos.


blemas de arranhões na chaparia.
Os interessados poderão vistoriar a viatura ou pedir mais
DOSO MATIAS, ausente há mais de (15) dias, que
Via A1, Complexo Empresarial Belas Business Park Tratar com Vinicius:
informações no seguinte endereço:
se encontra em situação de Abandono de Trabalho,
Edifício Luanda, 2º Andar - Escritório 202 B
Talatona Município da Samba, 933-340-488 / vmahet@gmail.com
pelo facto de estar ausente do seu local de trabalho

Luanda - Angola
sem qualquer justificação.
Informamos ao mesmo que deve, num prazo má-
As propostas serão feitas em envelope fechado indi- ximo de 3 (Três) dias úteis após a publicação
cando o endereço e contacto telefónico. deste anúncio, justificar documentalmente a razão
Lance mínimo: 14.000USD da ausência, caso não o faça consideraremos efec-
Condições de pagamento, 100% antecipado por tranferên- tivo Abandono de Trabalho à luz do disposto na alí-
cia ou depósito bancário na conta da Krones Angola Lda. nea C) nº2 do art. 254º da LGT
Prazo de recepção das ofertas: 1 a 14.03.2011
Prazo para anúnicio do vencedor: 15.03.2011 Luanda, aos 25 de Fevereiro de 2011.

Contacto para perguntas


A DIRECÇÃO DOS RECURSOS HUMANOS
(966)
+244 914 750 556
(924) (945)

ANGOLA

ANÚNCIO CONVOCATÓRIA ABANDONO DE TRABALHO

A Bauer Angola, Lda., faz saber a


Segundo as normas estatutárias, venho por este meio Por se encontrar ausente há mais de 15 dias conse-
convocar para a reunião da Assembleia Geral, a realizar-
se na Sede da Associação Instituto Piaget de Angola, no cação ao Empregador, a Administração da Empresa
cutivos do seu local de Serviço, sem qualquer justifi-

dia 28 de Março do corrente ano, pelas 9H30, todos os Consultório Médico “Jasmin Life Long”, comunica
todas as entidades que o Senhor
GEORG JOSEF TRŐSSER deixou nossos associados, com a seguinte ordem de trabalhos: a Senhora ANICA DIOGO DE CARVALHO, que será

1.Leitura da acta da reunião anterior;


de representar os interesses da em-
presa Bauer Angola, Lda. a partir do
no prazo de 3 dias úteis a contar da data desta pu-
declarada em situação de Abandono de Trabalho se

2.Admissão de novos associados para o preenchimento


blicação, não provar documentalmente as razões da
dia 16 de Dezembro de 2010, pelo dos lugares vagos deixados pelos dois associados fale-
sua ausência, bem como a impossibilidade de não
cidos;
3.Aprovação do Relatório de Actividades do Balanço e
ter cumprido, com a obrigatoriedade de informação e
qual esta não se responsabiliza por
justificação, nos termos do artigo 254º da Lei Geral
quais quer actos praticados pelo se- Contas de 2010;

nhor GEORG JOSEF TRŐSSER, em


4.Informações e outros assuntos.
do Trabalho.

Luanda, aos 24 de Fevereiro de 2011.


nome da Bauer Angola, Lda. Viana, aos 10 de Fevereiro de 2011

O Presidente da Assembleia Geral


A ADMINISTRAÇÃO

Dr. Lopo Fortunato Ferreira do Nascimento (Administrador)


DAMIÃO JOSÉ NARCISO
Luanda, aos 14 de Fevereiro de 2011.
(967) (1000) (976)
JORNAL DE ANGOLA• Quarta-feira, 9 de Março de 2011 |PUBLICIDADE|19

(103587a)

(103566b)
20|PUBLICIDADE| JORNAL DE ANGOLA• Quarta-feira, 9 de Março de 2011

(103.612)
JORNAL DE ANGOLA• Quarta-feira, 9 de Março de 2011 |PUBLICIDADE|21

(302858)
22|PUBLICIDADE| JORNAL DE ANGOLA•Quarta-feira, 9 de Março de 2011

ANÚNCIO DE UMA VAGA DE CONTABILISTA


Posto: Contabilista

Requisitos Necessários
- Ter formação superior de Gestão e Contabilidade
- Conhecimento na área de Auditoria é uma mais valia REPÚBLICA DE ANGOLA
- Domínio de Computador na Óptica do utilizador
- Cinco anos de experiência na Gestão e Contabilidade MINISTÉRIO DA JUSTIÇA
- Conhecimento na Língua Inglesa falada e escrita fluentemente TRIBUNAL PROVINCIAL DE LUANDA
- Capacidade em trabalhar sob pressão
- Possuir habilidades e capacidade de trabalhar em grupo Anúncio: 2ª Publicação
Processo nº 506/05-A1
Tarefas Principais
- Apoiar estrategicamente o Chefe da Missão na gestão dos recursos financei- =====DOUTORAAMÉLIACAMPEÃO, JUÍZADE DIREITO DOTRIBU-
ros NAL PROVINCIALDE LUANDA, SALADO CÍVELEADMINISTRATIVO
- Coordenação e harmonização do orçamento da Missão 3ª SECÇÃO.============================================
- Preparação de projectos de fluxos de valores, compilação de relatórios de =====Faz saber que, na Acção Declarativa de Condenação com Processo
despesa. Ordinário que corre pela 3ª Secção da Sala do Cível e Administrativo deste
- Efectuar pagamentos e responder questões de auditoria Tribunal, em que é Autora, ENSA - Seguros de Angola, SARL, com sede na
- Velar pelas reclamações de pagamentos Avenida 4 de Fevereiro, nº 93, representada pelo senhor Bernardo Makombe,
- Sugerir aos projectos do Escritório
são citados os Réus, JOAQUIM R. DE CARVALHO E FLORBELA M.I.
- Asseguar o funcionamento eficiente dos serviços administrativos em relação
as finanças. ALEXANDRE, residentes em Luanda e actualmente em parte incerta, para
- Providenciar apoio às diferentes áreas de trabalho desta Embaixada contestarem, querendo no prazo de 20 (vinte) dias, que começa a correr finda
a dilação de 30 (trinta) dias, contada da data da segunda e última publicação
Salário do anúncio.==============================================
Negociável =====Nesta acção, a Autora pede que se proceda a citação dos Réus, con-
forme tudo melhor consta do duplicado que se encontra à vossa disposição
Outros Subsídios no Cartório deste Tribunal, sito à Rua Amílcar Cabral nº 29, 3º andar em
Seguro de Saúde/Segurança Social/ Décimo Terceiro/Subsídio de Transportes Luanda, para lher ser entregue, querendo, com a advertência de que a falta
de contestação importa a confissão dos factos articulados pela Autora.=====
Data de Admissão =====Para constar se passou o presente anúncio e mais dois de igual teor,
O mais breve possível
que serão afixados nos lugares que a Lei designa.===================
OBS: O Curriculum Vitae e a foto deverá ser enviado para:
Luanda, aos 14 de Janeiro de 2011.
Rua Kwamme Nkrumah Edifício Maianga nº 31, 2º Andar - Luanda A Juíza de Direito O Ajudante de Escrivão
Amélia Campeão Luciano Júlio Kalei
Tel: 222 334187/339126/330593
(917) (906)

REPÚBLICA DE ANGOLA
GOVERNO DA PROVÍNCIA DO KWANZA-NORTE
GABINETE DE ESTUDOS E PLANEAMENTO

ANÚNCIO DE CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2011

1 - O GOVERNO DA PROVÍNCIA DO KWANZA-NORTE, no quadro da imple-


mentação do Programa de Investimentos Públicos anuncia que está aberto até às
15H00 do dia 16 de Março de 2011, o Concurso Público para a Empreitada de Re-
qualificação do Largo 1º de Maio, na Cidade de Ndalatando.

2 - Os termos de referência os quais se subordinarão as propostas poderão ser adquiri-


dos no Gabinete de Estudos e Planeamento-GEP do Governo Provincial do Kwanza-
Norte, sito na Rua do Hospital, na Cidade de Ndalatando, mediante o pagamento de Kz:
50.000.00 (Cinquenta Mil Kwanzas), não reembolsáveis.

3 - As informações adicionais sobre o Concurso poderão ser obtidas no endereço acima


referido.

GABINETE DE ESTUDOS E PLANEAMENTO-GEP DO GOVERNO PROVIN-


CIAL DO KWANZA-NORTE, EM NDATALANDO, AOS 15 DE FEVEREIRO
DE 2011.-
O DIRECTOR
GONÇALO RIBEIRO
(103.610 a)

PROJECTO

(51382) (804)
JORNAL DE ANGOLA• Quarta-feira, 9 de Março de 2011 |PUBLICIDADE|23

REPÚBLICA DE ANGOLA
MINISTÉRIO DA SAÚDE
CENTRO NACIONAL DE SANGUE
AVISO N.º001/CNS/2011

ABERTURA DE CONCURSO PÚBLICO DE INGRESSO

De acordo com o despacho dos Ministros da Administração Pública e Segurança Social e das Finanças, conjugado com o Despa-
cho nº 2 de 31/01/2011, de Sua Excelência Senhor Ministro da Saúde, está aberto o Concurso de Prova documental (Avaliação Cur-
ricular, Teórico e /ou Práticas, no prazo de 15 dias a contar da data da publicação do presente aviso nos órgãos de Comunicação
Social (Jornal de Angola e Rádio Nacional), para provimento de vagas nas categorias de:

Nº VAGA CATEGORIA REQUISITOS

04 Médico Assistente Especialista em Medicina


02 Interno Complementar I Licenciado em Medicina
09 Tec. Diag. E Terapêutica de 2ª classe Técnico Médio de Laboratório e técnico de Electromedicina
01 Enfermeiro Especialista do 1º escalão Licenciatura em Enfermagem
10 Enfermeiro geral do 1º escalão Curso médio de enfermagem
01 Enfermeiro graduado 1º escalão Curso médio de enfermagem
02 Téc. Superior de 2ª Classe Jurista e Engenheiro de Informática
01 Técnico de 3ª classe Bacharel em Contabilidade, Gestão, Secretariado, comunicação Social.
01 Técnico médio de 3ª classe Curso médio de Estatística, Informática, Gestão e Comunicação Social.
03 Assistente social Licenciatura em assistência social
03 Catalogadora de 3ª classe 10ª Classe, curso de informática
04 Copeiro de 3ª classe 8ª Classe
01 Roupeiro de 3ª classe 8ª Classe
01 Motorista Ligeiro de 2ª classe 8ª Classe
01 Operário qualificado de 2ª classe 8ª Classe, com formação em electricidade e cadeia de frio
01 Operário não qualificado de 2ª classe 8ª Classe
02 Fiel de Armazém de 3ª classe 8ª Classe, com conhecimento de informática.
01 Telefonistas de 2ª classe 10ª Classe boa apresentação e comunicação

Só poderão concorrer indivíduos com idade não inferior a 18 anos nem superior a Para as situações de ausência ou impedimento de qualquer dos membros fica de-
35 anos terminado:

Deverão ser entregues as candidaturas na Secretaria do Centro Nacional de Sangue 1 - Caberá o 1º Vogal substituir o Presidente do Júri nas suas ausências ou impedi-
(CNS) até ao dia 18 de Março de 2011, com os seguintes documentos: mentos.

• 1 - Requerimento dirigido a Sr.ª Directora do Centro Nacional de Sangue;


2 - Para substituir qualquer dos Vogais são indicados os seguintes Vogais suplentes:
• 2 - Fotocópia do B.I
• 3 - Fotocópia autenticada do Certificado de Habilitações Profissionais com as res-
pectivas notas (deve-se fazer acompanhar no acto da inscrição do original). a. 1 - Dr.ª Luísa Cambelela.... 1 º Vogal
• Curriculum Vitae
• Situação regularizada militar b. 2 - Dr. Simeão Chili

O corpo de Júri é constituído pelos seguintes membros; As provas versarão sobre as matérias nucleares de Formação, Especialização, legis-
lação sobre função pública informática e através de Entrevista. As listas provisórias
Técnicos Superiores e definitivas dos candidatos serão afixadas no placar informativo deste Serviço.
1. Dr.ª Luzia Fernandes Dias ..................Presidente do Júri Este concurso é aberto para prover os lugares das vagas existentes no Centro Na-
2. Dr.ª Eunice C. Pereira Manico..............1 º Vogal cional de Sangue. O concurso é valido por um período que vai de 6 meses a
3. Dr.ª Maria Alice F.G.Suzano ...............2º Vogal
2 anos contados a partir da data da publicação lista da final. A remuneração será
compatível com as tabelas salariais do regime geral da Função Pública e do regime
Técnicos Médios e Básicos
1. Dr.ª Luzia Fernandes Dias ..................Presidente do Júri especial de Carreiras do Sector da Saúde.
2. Sr.ª Maria de Fátima F. Dos Santos .....1º Vogal Luanda, aos 18 de Fevereiro de 2011. -
3. Sr. José Bartolomeu ............................2º Vogal
A DIRECTORA
Técnicos Médios, Administrativos e Pessoal de Apoio DR.ª LUZIA FERNANDES DIAS
(MÉDICA)
1. Dr.ª Luzia Fernandes Dias ..................Presidente do Júri
2. Sr.ª Angélica Baptista .........................1º Vogal Centro Nacional de Sangue-TELEF:912240061/912218678 Rua do I Congresso Hospi-
3. Sr.ª Célia Tomás ..................................3º Vogal tal Josina Machel (1º Andar –Consulta Externa) (1019)
24|PUBLICIDADE| JORNAL DE ANGOLA•Quarta-feira, 9 de Março de 2011

(918)

(1038)
JORNAL DE ANGOLA• Quarta-feira, 9 de Março de 2011 |PUBLICIDADE|25

REPÚBLICA DE ANGOLA
GOVERNO PROVINCIAL DE LUANDA
COMISSÃO DE JURI
CONCURSO DE ACESSO
AVISO N.º ________/2011
De acordo com o Despacho n.º 459/GAB.GOV/2011, de 22 de Fevereiro, de S.Exa Senhor Governador da Província de Luanda é aberto o Concurso Público de Acesso nas mo-
dalidades de avaliação curricular e conhecimentos teóricos e práticos para a promoção de 1.161 vagas, como espelha o quadro a seguir:

Grupo de Pessoal Carreira/ Categoria Vagas Vigilante Principal 2


g) Operária Encarregado 70
Assessor Principal 3 Operário não Qualificado de 1ª Classe 89
1º Assessor 6 Vigilante de 1ª Classe 1
a) Técnico Superior Assessor 6 Vigilante de 2ª Classe 2
Tecnico Superior Principal 8
Tecnico Superior de 1ª Classe 10 Total 1.161

Especialista Principal 8 Requisitos


b) Técnico Especialista de 1ª Classe 10 a) Ser funcionário do quadro do GPL, Administrações Municipais ou Comunais;
Especialista de 2ª Classe 14 b) Permanência nos termos da Lei, de um mínimo de tempo na categoria imediatamente inferior (3 anos);
Tecnico de 1ª Classe 16 c) Adequada classificação de serviço determinada pelas avaliações de desempenho;
Tecnico de 2ª Classe 20 d) Habilitações e qualificações profissionais necessárias.
Técnico Médio Principal de 1ª Classe 34 A admissão ao Concurso é solicitada a Sua Exa Senhor Governador da Província de Luanda, mediante requeri-
Educador Principal de 1ª Classe 1 mento acompanhado dos seguintes documentos:
c) Técnico Medio Técnico Médio Principal de 2ª Classe 38 a) Fotocópia do B.I.
Educador Principal de 2ª Classe 1 b) Fotocópia do Certificado de Habilitações Literárias autenticada;
Técnico Médio Principal de 3ª Classe 42 c) Curriculum vitae;
Técnico Médio de 1ª Classe 46 d) Cópia das avaliações de desempenho dos últimos 3 aos consecutivos.
Técnico Médios de 2ª Classe 50
Os candidatos deverão fazer a entrega dos documentos no prazo de 15 dias a contar da publicação deste Aviso,
Oficiais Administrativos Principais 55 nas respectivas áreas onde prestam serviço que por sua vez remetem o pedido ao Departamento de Recursos
1º Oficial Administrativo 60 Humanos da Secretaria do Governo.
2º Oficial Administrativo 64
d) Administrativos Activista Principal 1 O Júri nomeado por Despacho n.º 458/GAB.GOV/2011, de 22 de Fevereiro, de Sua Exa Senhor Governador de
3 Oficial Administrativo 68 Luanda, é composto pelos seguintes membros:
Aspirantes 70
Activista de 2ª Classe 3 Presidente: Graciano Domingos, Vice-Governador para Organização Administrativa
Vogal Efectivo: Maria Umba Adelaide Hilário, Secretária do Governo Provincial de Luanda;
e) Tesoureiros Tesoureiro Principal 5 Vogal efectiva: Cesarino Cláudio dos Santos Miguel, Assessor do Governador para o Sector Económico e Pro-
Tesoureira de 1ª Classe 10 dutivo;
Motorista de Pesado Principal 10
Motorista Pesado de 1ª Classe 12 Vogal Efectiva: Judite Manuela Cristóvão Cori, Chefe de Departamento de R.H;
f) Auxiliares Motorista Ligeiro Principal 15 Vogal Efectivo: Carlos Alberto Cavuquila, Director do Gabinete Jurídico;
Motorista Ligeiro de 1ª Classe 20 Vogal Suplente: Augusta dos Santos Dias, Directora Provincial da Assistência e Reinserção social;
Telefonista Principal 7 Vogal Suplente: Eduardo Costa Gabriel;
Telefonista de 1ª Classe 8 Vogal Suplente: Miguel Adão Silva, Director do Gabinete do Vice Governador para Organização Administrativa.
Auxiliar Administrativo Principal 15
Auxiliar Administrativo de 1ª Classe 20 “JUNTOS PARA O DESENVOLVIMENTO”
Auxiliar de Limpeza Principal 55
Auxiliar de Limpeza de 1ª Classe 60 www.gpl.gv.ao

Encarregado 50 O PRESIDENTE DO JÚRI


Operário Qualificado de 1ª Classe 76 (103.583)
GRACIANO DOMINGOS

REPÚBLICA DE ANGOLA
GOVERNO PROVINCIAL DE LUANDA
COMISSÃO DE JURI
CONCURSO DE INGRESSO
AVISO N.º ________/2011
De acordo com o Despacho n.º 460/GAB.GOV/2011, de 23 de Fevereiro, de S.Exa Senhor Governador da Província de Luanda é aberto o Concurso Público de Ingresso
nas modalidades de avaliação curricular e conhecimentos teóricos e práticos para o preenchimento de 660 vagas, como espelha o quadro a seguir:
20 Motoristas Ligeiros de 2ª classe 20
Quota CATEGORIAS Nº Vagas ESPECIALIDADES 40 Auxiliares Administrativos 2ª classe 40
2 Ambientalista 65 Auxiliares de Limpeza de 2ª classe 65
10 Arquitectos 70 Operários Qualificados de 2ª classe 70
4 Economistas 40 Activistas de 3ª classe 40
40 Técnicos Superiores 10 Engº C. Civil 60 Vigilantes de 3ª classe 60
de 2ª Classe 2 Engº Informático 80 Operários Não Qualificados de 2ª cl. 80
2 Gestão R.Humanos
4 Gestão/Administração A Admissão ao Concurso é solicitada à Sua Exa Senhor Governador da Província de Luanda, mediante
8 Juristas requerimento acompanhado dos seguintes documentos:
a) Fotocópia do B.I. b) Atestado médico; c) Certificado de Registo Criminal;
d) Fotocópia do Certificado de Habilitações Literárias autenticada;
20 Inspectores Superiores 5 Arquitectos e) Documento militar para os indivíduos do sexo masculino; f) Curriculum vitae.
de 2ª Classe 7 Economistas/Auditores
20 Assistentes Sociais de 3ª Classe 8 Engº C. Civil Requisitos Gerais
a) Ser cidadão Angolano com idade não inferior a 18 anos nem superior a 35 anos;
7 Economistas/Auditores b) Para os Técnicos Superiores de 2ª classe, Inspectores Superiores de 2ª classe e Assistentes Sociais,
20 Inspectores Técnicos de 3ª Classe 8 Engº C. Civil devem possuir Licenciatura;
5 Arquitectos c) Para os Técnicos de 3ª classe e Inspectores Técnicos de 3ª classe, devem possuir Bacharelato;
d) Para os Técnicos Médios de 3ª classe e Educadores Sociais, devem possuir Ensino Médio;
5 Arquitectura e) Para os Escriturários Dactilógrafos e Telefonistas, possuir 9ª classe;
f) Para os Motoristas, possuir carta de condução de ligeiros ou pesados profissionais;
2 Economia
20 Técnicos de 3ª Classe g) Para os Operários Qualificados de 2ª Classe, Auxiliares de Limpeza, possuir 6ª classe.
5 Construção Civil
2 Topografia Os candidatos deverão fazer a entrega dos documentos no prazo de 15 dias a contar da publicação
2 Historiador deste Aviso, nas Administrações Municipais da sua área de residência.
2 Psicologia
O Júri nomeado por Despacho n.º 458/GAB.GOV/2011, de 22 de Fevereiro de Sua Exa Senhor Gover-
2 Sociologia
nador de Luanda, é composto pelos seguintes membros:
8 Arquitectura Presidente: Graciano Domingos, Vice-Governador para Organização Administrativa
4 Economia Vogal efectivo: Maria Umba Adelaide Hilário, Secretaria do Governo Provincial de Luanda;
40 Técnicos Médios de 3ª Classe 8 Construção Civil Vogal efectiva: Cesarino Cláudio dos Santos Miguel, Assessor do Governador para o Sector Económico
8 Topografia e Produtivo;
4 Historiador Vogal efectiva: Judite Manuela Cristóvão Cori, Chefe de Departamento de R.H;
4 Psicologia Vogal Efectivo: Carlos Alberto Cavuquila, Director do Gabinete Jurídico;
4 Sociologia Vogal suplente: Augusta dos Santos Dias, Directora Provincial da Assistência e Reinserção social;
Vogal suplente: Eduardo Costa Gabriel;
Vogal Suplente: Miguel Adão Silva, Director do Gabinete do Vice-Governador para Organização Admi-
10 Economistas/Auditores
30 Sub Inspectores de 3ª classe nistrativa.
10 Engº C. Civil
10 Arquitectos “JUNTOS PARA O DESENVOLVIMENTO”
www.gpl.gv.ao
30 Educadores Sociais 30
50 Escriturários Dactilografos 50 O PRESIDENTE DO JÚRI
15 Motoristas Pesados de 2ª classe 15 GRACIANO DOMINGOS (103.583a)
26|NECROLOGIA|

  
JORNAL DE ANGOLA•Quarta-feira, 9 de Março de 2011

ANTÓNIO DA COSTA JÚNIOR ANTÓNIO DA COSTA JÚNIOR JOSÉ MANUEL


(Antoninho da Costa) (Antoninho da Costa) DE CARVALHO PITA
FALECEU DEDICATÓRIA FALECEU
Isabel da Costa (mãe), Conceição Gourgel (São), Miguel Gourgel (Lito), Teresa da Costa (Mana A família Pita Mª Amélia (mãe ausente), Aida, Filu, João, Afonso, Gino e Totó (irmãos au-


Quis o Senhor que fosses para junto dele mais cedo. Vamos pois respeitar,

 
Mãe), Jorge Gourgel (Jorgito), Ana Gourgel (Chita), Filomena Gourgel (Filó), António Gourgel sentes), Anabela, Buba, Sito, Cristina (irmãos), Zito, Tay, Tinha, Swana, Zayna, Zequinha e
(Paitota), Catarina Gourgel (Caty), João Gourgel (Jojoca) comunicam o falecimento do seu ente mas difícil será aceitar. Como é duro perder um ente-querido. JAJA será di- Lana (filhos) e demais familiares comunicam o falecimento de JOSÉ MANUEL DE CAR-
querido filho e irmão ANTÓNIO DA COSTA JÚNIOR (Antoninho da Costa), ocorrido no dia fícil suportar esse vazio, mas Deus assim quis, pois Ele é que dá a vida e so VALHO PITA, ocorrido em Londres, no dia 2/3/2011, por doença. O funeral realizar-se-á em
4/3/2011, por doença. O funeral realiza-se hoje, quarta-feira, dia 9, partindo o prestito fúnebre de Ele a retira. Dos teus sobrinhos que sempre te terão no coração. data a anunciar oportunamente. (1956)
sua residência na Terra Nova, Rua de Góa, para o cemitério de Santa Ana, às 10h00.

MARÍLIA MAGALHÃES LOPES GONÇALVES ERNESTO MARIA DA CONCEIÇÃO ALEIXO


FALECEU
DA SILVA CRUZ FERNANDES (Zita)
FALECEU
FALECEU

  
O colectivo de trabalhadores da Ledil-NCR cumprem o doloroso dever de comunicar o pas- Maria Antónia (esposa), Ernesto Gonçalves, Adriano, Fernanda, Mónica, Santos, Joaninha, Antónia dos Santos (Linda), Hemengarda (Mingota), Manuela Gourgel (Manuela), noras
samento físico da Srª. MARÍLIA MAGALHÃES LOPES DA SILVA CRUZ, mãe dos cole- Pedro, Manuel, Madalena, Lourença, Tininha, Tony e Marta Julião Ernesto (filhos), irmãos, pri- Pedro Calunga (genro) comunicam o falecimento da sua sogra MARIA DA CONCEIÇÃO
gas Mário Cruz e Paulo Cruz, ocorrido no dia 5/3/2011. Neste momento de dor a Ledil mos, sobrinhos, noras, genros e tias comunicam o falecimento de GONÇALVES ERNESTO, ALEIXO FERNANDES (Zita), ocorrido no passado dia 7/3/2011. O funeral realizar-se-á em
apresenta à família enlutada os seus mais profundos sentimentos de pesar. (1955) ocorrido no dia 7/3/2011. O funeral realiza-se no dia 10/3/2011, às 10h00, no cemitério de data a anunciar. (1966)
Sant’Ana. (1954)

WALTER DANILSON DA SILVA ADRIANO FELICIANO NADYR DE FÁTIMA NOBRE


RECORDAÇÃO DO 29º ANIVERSÁRIO MISSA DO 30º DIA
DE ALMEIDA FELICIANO DE CUNHA
NATALÍCO RECORDAÇÃO

  
Foi o dia que vieste ao mundo e estarias connosco a comemorar mais um ano de vida. Mas Os familiares de ADRIANO FELICIANO, comunicam que será rezada Missa do 30º Dia, em Irmã! Custa-me acreditar que já não tenho a tua presença. Tem sido muito difícil aceitar os factos. Vêem-me
infelizmente não é possível. Resta-nos apenas recordarmos com tristeza e saudade. Que a tua sua memória, hoje, dia 9/3/2011, às 18h00, na Igreja da Sagrada Família. (1963) as lágrimas, choro em silêncio, recordo-me de tudo, do percurso das nossas vidas, do que passamos juntos
alma descanse em paz é a consolação do teu pai João Domingues Ezequiel de Almeida. (1965) desde criança até a estes momentos dolorosos que culminou com a tua partida. Sinto-me só, mas fiquei com
tua bondade no coração. Só Deus sabe qual é nosso destino, quem somos nós? É Muito sofrimento, que es-
tejam na paz do Senhor! Das tuas queridas filhas Teresa Maria, Paula e netos. (1971)

JOÃO MEIRELES DE JESUS MARIA SALVADOR PATRÍCIO MARIA SALVADOR PATRÍCIO


FALECEU RECORDAÇÃO DO 2º ANO RECORDAÇÃO DO 2º ANO

  
Sebastião Simão e esposa, Isabel Simão, Joaquim Simão, Catarina Paiva e esposo, Estêvão Mesmo passados dois anos fora de nosso convívio, a saudade e o vazio permanecem. Re- Hoje, faz 2 anos que nos nossos corações a dor mora e a saudade permanece nós. Maria é
Simão, Paulo Simão, Mário Simão, Antónia Simão, Nvunda e Mizé comunicam o faleci- cordam-te com carinho teus padrinhos Zeca Tavares e Maria Alice Tavares. Que Deus te pro- lembrada por irmã Luzia Patrício Migu dos Prazer, sobrinhos, primos, demais familiares, ami-
mento do seu ente querido JOÃO MEIRELLES DE JESUS, ocorrido no dia 7/3/2011. O fu- teja e que a terra que te cobre seja leve. (1973) gos, filhos e filho Patrício Lukene Paticho. (1974)
neral realiza-se amanhã, dia 10/3/2011, às 10h0, no cemitério de Sant’Ana. (1972)

ANTÓNIO DA COSTA JÚNIOR ANTÓNIO ANDRÉ CARDOSO ANTÓNIO ANDRÉ CARDOSO


(Janguta) FILIPE FILIPE
FALECEU FALECEU FALECEU
Judith Filipe (esposa), Filomena Cardoso, Gabriela Cardoso, Hélder Cardoso, António Car-

  
O Conselho de Administração da ENANA-E.P., e o colectivo de trabalhadores comunicam o As famílias Silva Cardoso, André Januário, Dias dos Santos e Miranda Pinto comunicam o
falecimento do seu colega ANTÓNIO DA COSTA JÚNIOR (Janguta). O funeral realiza-se doso, Alexandre Cardoso, Marco Cardoso, António Cardoso Filipe, Natacha Cardoso da
Costa e Evandro Cardoso (filhos) participam o falecimento do seu ente querido ANTÓNIO falecimento do seu ente querido ANTÓNIO ANDRÉ CARDOSO FILIPE, ocorrido no dia
hoje, quarta-feira, dia 9 de Março de 2011, saindo o préstito fúnebre da Igreja de Cristo Rei, 7/3/2011, em Luanda, por doença. O funeral realizar-se-á em data a anunciar oportunamente.
sita no Bairro da Terra Nova, para o cemitério de Sant’Ana. (1959) ANDRÉ CARDOSO FILIPE, ocorrido no dia 7/3/2011, por doença. O funeral realizar-se-á
em data a anunciar oportunamente. (1960) (1961)

ADRIANO FELICIANO JÚLIA ELAVOKO DE JESUS WALQUEM CAMINDO ALPOIM


RECORDAÇÃO FALECEU
MIGUEL (Jú)
RECORDAÇÃO

  
Querido Titio! Trinta dias se passaram desde que nos deixaste. É difícil viver sem a tua pre- António Apoim e Esperança Camindo (pais) e irmãos comunicam o falecimento do seu ente
Querida Jú! Simultaneamente celebramos hoje o teu 37º Aniversário Natalício e o 5º Mês querido WALQUEM CAMINDO ALPOIM. O funeral realiza-se hoje, dia 10 de Março de
sença, apoio, amor carinho e segurança, próprio de um pai, tio e avô, presente em todas as desde que nos deixaste. Na imensidão da saudade que sentimos, pedimos a Deus que te guarde
horas, ajudando-nos, neste percurso de vida, nos mostrando que não estávamos sozinhos. 2011, às 9h00, partindo o préstito fúnebre da sua residência, sita na Viana (Vila), para o ce-
na sua glória. Recordam-te teus pais, irmãos, filhos, tios, primos e amigos. Que a tua alma mitério do Alto das Cruzes. (1969)
Obrigada querido tio, estarás sempre nos nossos corações. Descanse em paz. Dos teus so- descanse em paz. (1962)
brinhos Landa e Dino, netos Nury, Ninito e Nerissa. (1964)

WALQUEM CAMINDO ALPOIM MARIA DA CONCEIÇÃO MARIA DA CONCEIÇÃO ALEIXO


FALECEU
ALEIXO FERNANDES (Zita) FERNANDES GOURGEL (Zitocas)
FALECEU FALECEU

Carson Gourgel, Luís Gourgel (Catubinha), Ilisiário Gourgel (Pai Pequeno), Hélder Galau- Moreno Gourgel, Osvaldo Gourgel, Nádia Gourgel, Nady Gourgel, Putica Gourgel, Dany Gourgel,


Domingos Sebastião Camindo (Minguito), Engrácia Camindo (Chinha), Ester Camindo (Te-

 
tino Gourgel (Ducha), Astrigildo Gourgel (Mansé), Beny Gourgel, Antónia Calenga e Rita Betrol Gourgel, Evanilde Gourgel, Neza Gourgel, Dunela Gourgel, Giza Gourgel, Vanilson Gour-
linha), Sebastiana Camindo (Tiana) e Luzia Camindo (Giza) comunicam o falecimento do gel, Cimione Gourgel, Tatiana, Loyde, Bruna Gourgel, Flávia Gourgel, Flávio Gourgel, Ana Ca-
seu ente querido WALQUEM CAMINDO ALPOIM. O funeral realiza-se hoje, dia 10 de Fernandes (filhos) comunicam o falecimento da sua mãe MARIA DA CONCEIÇÃO
ALEIXO FERNANDES (Zita), ocorrido no dia 7 de Março de 2011. O funeral realizar-se-á lenga e Pedro Calenga (netos) comunicam o falecimento da sua avó MARIA DA CONCEIÇÃO
Março de 2011, às 9h00, partindo o préstito fúnebre da sua residência, sita na Viana (Vila), ALEIXO FERNANDES (Zita). O funeral realizar-se-á em data a anunciar oportunamente. (1968)
para o cemitério do Alto das Cruzes. (1970) em data a anunciar oportunamente. (1967)

ELISA EDUARDO CARDOSO LUÍSA CASIMIRO EMÍLIA MANSO


SEBASTIÃO (Esanilde)
FALECEU FALECEU FALECEU

As antigas companheiras da Luta Pela Libertação de Angola em Leopoldnille-Kinshasa e a


Os estudantes da Turma H1N1, Gestão de Recursos Humanos da Universidade Lusíada de Angola

 
Ana Margarida Casimiro (Guida) e filhos Lena, Gé, Gaby (ausente), Isaac e Chindo (au- OMA têm a honra de comunicar o falecimento da camarada EMÍLIA MANSO. O funeral
(Luanda), noite, cumprem o doloroso dever de comunicar o falecimento de ELISA EDUARDO CAR- sente) comunicam o falecimento da sua ente querida LUÍSA CASIMIRO, ocorrido no Lo-
DOSO SEBASTIÃO (Esanilde), ocorrido em Luanda, por doença. Neste momento de dor e conster- realiza-se amanhã, quinta-feira, dia 10/3/2011, ás 10h00, no cemitério de Sant’Ana. Que
bito. O funeral realiza-se no mesmo local. Paz à sua alma. (1978) Deus a tenha. (1977)
nação, apresentam à família enlutada os seus profundos sentimentos de pesar. O funeral realiza-se
hoje, dia 9/3/2011, às 10h00, no cemitério de Sant’Ana. (1975)

AVELINO DA SILVA AUGUSTO JOÃO MEIRELES DE JESUS JÚLIA MARIA ELAVOCO


(Vivi) (Mereiles) (Jú Miguel)
FALECEU RECORDAÇÃO RECORDAÇÃO

 
Joaquim Velhinho Augusto e Teresa Sebastião da Silva Augusto (pais), Cristina da Silva Au- Passou o dia das mulheres, pela 1ª vez não recebemos mensagens tuas, oh João, como dói,


Amiga! Hoje faz-nos lembrar o teu aniversário natalício, 9 de Março, o teu dia. Hoje fica
gusto, Conceição, Augusto, Cláudio Augusto, Hérder da Silva Augusto (irmãos) cumprem o você foi o nosso Luano, amigo, o nosso anjo da guarda, ficamos sem chão, não queremos apenas no sorriso das pessoas que te amaram muito. Recordam-te tuas amigas Buchinha,
doloroso dever de comunicar o falecimento do seu ente querido AVELINO DA SILVA AU- acreditar, tínhamos tantas esperanças, Meireles, essa facada foi forte de mais; está difícil, o Bela, Sandra Lina, Kelinha, Chivela, Isaura, Filipa e o Melhas. (1979)
GUSTO (Vivi), ocorrido no dia 7/3/2011, por acidente de viação. O funeral realizar-se-á em nosso consolo é saber que estás ao lado do Todo Poderoso, tuas primas de S. Paulo, como di-
data a anunciar oportunamente. (1976) zias: Ninha, Cary, Bebé e Nádia. (1981)

JOÃO MEIRELES DE JESUS ANDRÉ BENTO ANDRÉ CASIMIRO JOÃO CABEXICA


(Mereiles) CANGUEZEZE (Casi)
FALECEU
(Sr Bento; Ti André)
RECORDAÇÃO FALECEU
A família Costa Canguezeze comunica o falecimento do seu ente querido e tutor ANDRÉ

  
Tucha Bernardo, Antónia, Santos (tios), Joana Bernardo, Victor Bernardo, Catarina Bernardo, Jose- Joana Manuel Paulo (mãe), Deolinda Cabexica, Branca Cabexica Ernesto Cabexica, Vicente Cabe-
mar Bernardo, Lionia Bernardo, Vivaldo Bernardo, Geny Van-Duném, Mauro, Nádia, Tatiana,, Paulo, BENTO ANDRÉ CANGUEZEZE (Sr Bento; Ti André), ocorrido no dia 8/3/2011, às 6h40, xica, Elísio Cabexica Brito Cabexica (irmãos), Palucho, Edi, Gelson, Vânia (filhos), primos, sobri-
Bruno, Kika, Edna, Xavito, Maria Alice, Beto, Hélder, Sónia, Jandira cumprem o doloroso dever de na Clínica Girassol. O funeral realizar-se-á em data a anunciar oportunamente. Extensivo nhos e demais familiares cumprem o doloroso dever de comunicar o falecimento do seu ente querido
participar o falecimento do seu ente querido JOÃO MEIRELES DE JESUS (Meireles), ocorrido no para ex-colegas na Cooperação, Relações Exteriores, Cadastro, Instituto de Estradas de An- CASIMIRO JOÃO CABEXICA (Casi), ocorrido dia 8/3/2011, por doença. O funeral realizar-se-á
dia 7/3/2011. (1980) gola. (1983) em data a anunciar oportunamente. (302860 a)

FRANCISCO NDALA TOMÁS ANDRÉ BENTO ANDRÉ MANUEL CAETANO DA SILVA


CANGUEZEZE
FALECEU
CANHEGA (Lajinguza)
FALECEU
(Sr Bento; Ti André)
FALECEU

 
Manuela A. Costa Canguezeze, Bernardo Bento da Costa Canguezeze, Luís Bento Canguezeze, Cátia


Rosa Pegado (esposa), Fonseca Canhenga, Mingo Canhenga (irmãos) comunicam o falecimento do Violante António (mãe), Maria de Sousa, António da Silva, Domingas de Silva, Luzia da Silva, Rosa
Bento Canguezeze, Maria Bento Canguezeze, Ana Maria Bento André, Francisco Bento da Costa da Silva, Sebastiana da Silva, Santo António da Silva, Inês da silva (irmãos), Caetano da Silva, Mário
seu ente querido FRANCISCO TOMÁS CANHEGA (Lajinguza), ocorrido no dia 6/3/2011, por Canguezeze e Esperança Bento da Costa Canguezeze (filhos) comunicam o falecimento do seu pai
doença. O funeral realiza-se hoje, partindo o préstito fúnebre da sua residência no Bairro Popular, Silva, Bernarda da Silva, Nuno Silva, Paulino Silva, Renata Silva, Caetano da Silva, noras, netos e
ANDRÉ BENTO ANDRÉ CANGUEZEZE (Sr Bento; Ti André), ocorrido no dia 8/3/2011, às 6h40, demais familiares comunicam o falecimento de MANUEL CAETANO DA SILVA, ocorrido dia
Rua Olímpio Macuela, travessa A, às 10h00, para o cemitério de Sant’Ana. (1985) na Clínica Girassol. O funeral realizar-se-á em data a anunciar oportunamente. (1982) 8/3/2011. O funeral realizar-se-á em data a anunciar oportunamente. (1984)

JOÃO MEIRELES DE JESUS CRISTINA ADÃO RAFAEL CRISTINA ADÃO RAFAEL


RECORDAÇÃO FALECEU FALECEU

  
Marinela, Paula, Indira, Danilsa, Mohamed, Jerónimo, Leonardo, Francisca, Guitolvina, Manuela e Catarina Adão (irmã), Pedro, Henriques, Beto, Maria, Amália e Maria João e demais fami- Carlos da Silva Eloy Mª da Conceição Baptista, Nazaré Baptista (filho), Catarina Adão
Weza (filhos), pais, irmãos, netos, genros e demais familiares comunicam o falecimento de seu ente liares comunicam o falecimento de CRISTINA ADÃO RAFAEL. O funeral realiza-se ama- (irmã), Alice Eloy (nora) participam o falecimento de CRISTINA ADÃO RAFAEL. O fu-
querido JOÃO MEIRELES DE JESUS, ocorrido no dia 7/3/2011, por doença. O funeral realiza-se nhã, dia 9/3/2011, partindo o préstito fúnebre da sua residência, para o cemitério de Sant’Ana. neral realiza-se amanhã, dia 9/3/2011, partindo o préstito fúnebre da sua residência, para o
amanhã, quinta-feira, dia 10 de Março, às 10h00, no Cemitério de Santa´Ana, partindo o préstito fú- (1957) cemitério de Sant’Ana. (1958)
nebre da Igreja de Cristo Rei, na Terra Nova.

LUZIA GABRIELA DA COSTA LUZIA GABRIELA DA COSTA LUZIA GABRIELA DA COSTA


SOARES CAETANO SOARES CAETANO SOARES CAETANO
AGRADECIMENTO E MISSA DO 30º DIA AGRADECIMENTO E MISSA DO 30º DIA AGRADECIMENTO E MISSA DO 30º DIA
Madalena Cordeiro da Mata e filhos agradecem a todos quantos manifestaram o seu Luís João Soares da Silva Caetano, Carolina de Fátima Soares Caetano, José da Costa Soares Caetano,
Sebastião Soares da Silva, irmãos, filhos, sobrinhos e netos agradecem a todos quan- Maria Antonieta Soares Caetano, Filomena Gabriela Soares Caetano, Maurício de Jesus Soares Caetano,
tos manifestaram o seu sentimento de pesar pela morte da sua ente querida LUZIA GA- sentimento de pesar pela morte da sua ente querida LUZIA GABRIELA DA COSTA Maria Cristina Soares Caetano, Ana do Rosário Soares Caetano, sobrinhos e netos agradecem a todos
BRIELA DA COSTA SOARES CAETANO e comunicam que será rezada Missa do 30º SOARES CAETANO e comunicam que será rezada Missa do 30º Dia em memória à quantos manifestaram o seu sentimento de pesar pela morte da sua ente querida LUZIA GABRIELA DA

SERVIÇO NECROLÓGICO TODOS OS DIAS DAS 9H00 ÀS 18H00


Dia em memória à sua alma na quinta-feira, dia 10 de Março, às18H30, na Paróquia da sua alma na quinta-feira, dia 10 de Março, às18H30, na Paróquia da Sagrada Família, COSTA SOARES CAETANO e comunicam que será rezada Missa do 30º Dia em memória à sua alma
Sagrada Família, nesta cidade de Luanda. nesta cidade de Luanda. na quinta-feira, dia 10 de Março, às18H30, na Paróquia da Sagrada Família, nesta cidade de Luanda.
JORNAL DE ANGOLA• Quarta-feira, 9 de Março de 2011 |PUBLICIDADE|27

(103.577b)
28|PUBLICIDADE| JORNAL DE ANGOLA•Quarta-feira, 9 de Março de 2011

(749)
JORNAL DE ANGOLA• Quarta-feira, 9 de Março de 2011 |PUBLICIDADE|29

(1058)
30|sociedade| JORnAL de AngOLA•Quarta-feira, 9 de março de 2011

OFERTA DE UmA ONg jORNAl DE ANgOlA

Centro municipal de saúde


recebe material de limpeza
O Centro de Saúde Paz, no muni- cumprir as actividades programa-
cípio do Cazenga, em Luanda, re- das durante o “Março Mulher”.Pa-
cebeu na segunda-feira um lote de ra a responsável, este dia não pode
material de limpeza, numa acção passar em branco, pois surge a ne-
da União Social para o Desenvolvi- cessidade de se partilhar o sofri-
mento da Mulher Angolana em mento de muitas mulheres acama-
parceria com o Ministério da Famí- das e necessitando ajuda.
lia e Promoção da Mulher. O Centro de Saúde Paz é uma
Do lote doado consta detergen- unidade de referência, inaugurada
te, lixívia, sabão líquido, luvas e em Abril de 2004. A unidade tem la-
vassouras, numa acção incluída boratório, farmácia, puericultura,
na jornada comemorativa do Dia pré-natal, planeamento familiar, re-
Internacional da Mulher, que hoje hidratação oral, consultas infantis e
se assinala. uma sala de partos com capacidade
Na ocasião, a secretária-geral da de dez camas.O município do Ca-
ONG União Social para o Desen- zenga tem uma população estimada
volvimento da Mulher (USODE- em três milhões de habitantes, con-
MA), Francisca Kutagyala, que fez tando com as comunas de Tala-Ha-
a doação, disse que o objectivo é di, Cazenga e Hoji-ya-Henda.
jORNAl DE ANgOlA

Apesar dos constantes avisos, a população continua a não acatar as orientações da empresa de caminho-de-ferro de Luanda

DORmIA NA lINHA-FÉRREA

Homem trucidado por comboio


AndRé dA COstA | Uma das testemunhas, Inocên- quer resultado.O corpo trucidado
cia António, disse, ao Jornal de foi recolhido por especialistas da
Um comboio, que seguia em Angola, que, ao sair do quintal de Direcção Provincial de Investiga-
direcção a Viana, atropelou sua casa, viu a vítima a dormir na ção Criminal (DPIC).
mortalmente, na segunda-feira, via-férrea e tentou insistentemente O inspector Nestor Goubel, do
às 18h00, no bairro da Madeira, acordá-lo, mas que não conseguiu. Comando Provincial de Luanda
no município do Cazenga, junto O maquinista, pertencente aos da Polícia Nacional, afirmou que
à Frescangol, um homem que caminhos-de-ferro de Luanda, ao a vítima estava sem documentos
O município do Cazenga é um dos mais populosos da província de Luanda dormia na linha-férrea. vê-lo ainda apitou, mas sem qual- e, presumivelmente, embriagado.

lUANDA jORNAl DE ANgOlA OBITUÁRIO

Trabalho de tapa-buracos Morreu jornalista


da Rádio Benguela
arranca na área de Viana O jornalista da Emissora Provin-
cial de Benguela Carlos Alberto Pi-
A Unidade Técnica Comunitária lacionadas com a má conservação mentel, faleceu na madrugada de
de Viana iniciou o seu funciona- das vias, uma realidade que preo- segunda-feira no Hospital Geral de
mento segunda-feira com traba- cupa o seu organismo, já que Benguela, vítima de doença.
lhos de tapa-buracos nas princi- aquela via constitui um dos pontos Carlos Pimentel, que esteve liga-
pais ruas do município satélite de de acesso às estradas de Cabolom- do à RNA por mais de três décadas,
Viana, soube a Angop. bo, Benfica, Cacuaco e à vila sede nasceu na província do Kwanza-
O director técnico da instituição, de Viana.Sexta-feira, o governa- Sul em 1939. Até à sua morte, Car-
Jerónimo Miguel, garantiu que já dor de Luanda, José Maria dos los Pimentel foi membro de direc-
foi feito um trabalho de levanta- Santos, criou a Unidade Técnica ção do Estrela Clube 1º de Maio de
mento dos buracos existentes nas Provincial de Luta contra a Pobre- Benguela, além de presidente do
principais vias da municipalidade. za, que vai ser coordenada pelo vi- Comité Miss Benguela.
“Já fizemos o levantamento dos ce-governador para o sector Eco- Carlos Pimentel exerceu as fun-
locais onde existem buracos e que nómico, Miguel Ventura Catraio. ções de director das emissoras pro-
devem merecer a nossa interven- A Unidade Técnica Provincial vinciais do Kwanza-Sul, Bié, Ben-
ção imediata”, sublinhou o res- tem a responsabilidades de gerir e guela e regional do Lobito.
ponsável, apontando a via que li- acompanhar os programas munici- Os restos mortais do jornalista
ga ao Centro Médico Ana Paula pais em toda a província de Luanda. Carlos Alberto Pimentel são sepulta-
como uma das ruas que vão mere- A organização dos planos de dos em data a anunciar.
cer a atenção da administração lo- execução e capacitação e o relacio- Uma comissão para as cerimónias
cal por existir na área uma cratera namento com os parceiros sociais fúnebres, coordenada pela direcção
que impede a circulação normal na província devem ser também da provincial da Comunicação Social,
dos veículos.No bairro Zango, responsabilidade da unidade técni- foi criada pelo Governo Provincial
disse, existem outras situações re- ca de luta contra a pobreza. Os buracos existentes um pouco por Luanda vão desaparecer de Benguela.

ESTUDOS INTERNACIONAIS CONClUEm

Vínculos genéticos aumentam riscos de doenças cardíacas


Cientistas, anunciaram, no do- novos e mais eficazes, disseram. para o neutralizar", disse Themis- ligados ao estilo de vida, como ta- doença cardíaca ou ataque cardía-
mingo, ter identificado 13 novas As descobertas também sugerem tocles Assimes, da Escola de Medi- bagismo, consumo de álcool, ali- co e de 60 mil pessoas saudáveis.
variantes genéticas que elevam o que futuramente pode valer a pena cina da Universidade Stanford, nos mentação pouco saudável e falta Os pesquisadores disseram que os
risco de uma pessoa contrair mapear o perfil de variantes genéti- EUA. Themistocles Assimes, um de exercício físico, elevam o risco resultados mostram que do total
doenças cardíacas, a maior causa cas para problemas cardíacos de dos muitos cientistas de vários paí- de ataques cardíacos e acidentes de 23 variantes conhecidas, sete
de mortes no mundo, após uma pacientes, como parte do atendi- ses que participaram no estudo. vasculares cerebrais, mas os cien- estão ligadas aos níveis de coles-
série de estudos genéticos inter- mento clínico de rotina, com vista a De acordo com a Organização tistas têm também examinado ma- terol "mau", ou LDL, e um à hi-
nacionais de grande escala. oferecer planos mais personaliza- Mundial da Saúde (OMS), as doen- pas do DNA para identificar genes pertensão, ambos factores de risco
A descoberta de 13 variações ge- dos de prevenção ou tratamento. ças cardiovasculares provocam que possam elevar os riscos. Para para doenças cardíacas.
néticas até agora desconhecidas e a "Munidos dessa informação, 17,1 milhões de mortes por ano. este estudo, publicado no domin- Mas outras variantes não têm ne-
confirmação de outras dez devem provavelmente temos melhores Milhares de milhões de dólares go no periódico “Nature Gene- nhuma relação com factores de ris-
oferecer pistas para se perceber co- condições de identificar, mais ce- são gastos, anualmente, com apa- tics”, os pesquisadores examina- co cardiovascular conhecidos, o
mo se desenvolvem problemas do, as pessoas com elevado grau de relhos médicos e medicamentos ram os perfis genéticos completos que, disseram os cientistas, abre
cardíacos, como a doença arterial risco, podendo-se então tomar ra- para tratar essas doenças. de mais de 22 mil pessoas de ori- novas oportunidades para pesqui-
coronária, e permitir tratamentos pidamente as medidas necessárias Já foi comprovado que factores gem europeia com históricos de sas e descobertas.
JORNal DE aNgOla•Quarta-feira, 9 de março de 2011 |SOCIEDADE|31

noVo modelo de certificado do reGiSto criminal

“Estão digitalizados milhões de cadastros”


a afirmação é do director nacional do arquivo de identificação civil e criminal
DOMINgOs DOs saNtOs| do certificado e do código de valida- paulino damião anexados ao Certificado do Registo
ção, verificar a titularidade do Certi- Criminal todos os boletins das sen-
angola conta, desde o passado ficado do Registo Criminal. tenças lavradas pelo tribunal e que
dia 28 de Fevereiro, com um novo JA – Apesar da campanha de constam no seu cadastro criminal.
modelo de Certificado do Registo esclarecimento sobre o novo mo- JA – Quantos cadastros crimi-
Criminal. O director nacional do delo do Certificado do Registo nais a direcção nacional de Arqui-
arquivo de Identificação Civil e Criminal, ainda há instituições vo de Identificação Civil e Crimi-
Criminal, Irondino Muxiri, afir- que desconhecem o documento e nal tem digitalizado?
mou, em entrevista exclusiva ao têm estado a recusá-lo? IM – Temos neste momento di-
Jornal de angola, que o novo mo- IM – Tivemos conhecimento que gitalizados cerca de três milhões
delo contém dispositivos de se- algumas instituições têm estado a re- de cadastros criminais. É nessa
gurança que não permitem a sua cusar este novo modelo. Neste senti- base central de dados onde faze-
falsificação. Irondino Muxiri su- do, a Direcção Nacional do Arquivo mos a busca de todos aqueles que
blinha que, com este formato os de Identificação Civil e Criminal requerem o Certificado do Regis-
falsificadores têm os seus dias (DNAICC) decidiu reunir institui- to Criminal.
contados e que aquela direcção ções que recebem diariamente Certi- JA – Como é que a direcção na-
tem digitalizados cerca de três ficados do Registo Criminal. Con- cional de Arquivo de Identifica-
milhões de cadastros criminais. vocámos uma conferência informa- ção Civil e Criminal obtém esses
Jornal de Angola – O país con- tiva com as Embaixadas de Portugal, cadastros?
ta, desde o passado dia 28 de Feve- Estados Unidos da América, França, IM – Quando um determinado in-
reiro, com novo modelo do Certi- Brasil e Cabo-Verde em Angola e, a divíduo é condenado por este ou
ficado do Registo Criminal. Que nível das instituições públicas, o Mi- aquele crime, o tribunal envia para
motivos estiveram na base da nistério das Relações Exteriores, nós as actas da sentença. Se o cida-
criação desse novo modelo? particularmente a sua direcção dos dão em causa não tiver cadastro cri-
Irondino Muxiri – O que procu- Assuntos Consulares e departamen- minal, nós abrimos o seu cadastro e
rámos realizar com este novo mode- to do Registo e Notariado, o Minis- a partir daí ele passa a constar da
lo do Certificado do Registo Crimi- tério da Educação, as direcções na- nossa base central de dados.
nal são novos dispositivos de segu- cionais de Viação e Trânsito e de In- JA – Onde o cidadão deve re-
rança. De há algum tempo a esta vestigação Criminal, e os Serviços correr para obter o Certificado do
parte, o Certificado do Registo Cri- de Informação, onde esclarecemos Registo Criminal?
minal era impresso manualmente, o quais são os elementos de segurança IM – A solicitação do Certificado
que permitia que fosse facilmente que contém o novo Certificado do do Registo Criminal é feita em qual-
falsificado. Mas o Ministério da Registo Criminal. quer posto de emissão do Bilhete de
Justiça tem em curso um projecto de JA – Essa acção de esclareci- Identidade em Luanda e, a nível das
reformulação do processo de emis- mento vai continuar? Irondino Muxiri assegura que os falsificadores de documentos têm os dias contados províncias, nos departamentos pro-
são do Bilhete de Identidade e de IM – Vamos continuar a esclare- vinciais de Identificação Civil e Cri-
modernização do Certificado do cer as instituições e a população apenas apresentar o seu Bilhete de apenas mediante o número do Bi- minal. Este processo permite des-
Registo Criminal. É no âmbito des- em geral sobre o novo modelo do Identidade que, inserido no siste- lhete de Identidade ou o nome, mas congestionar o nosso departamento
se processo que o Ministério da Jus- Certificado do Registo Criminal, ma, emite todos os dados do re- por semelhança, aquilo a que cha- nacional de Identificação Civil e
tiça decidiu introduzir reformas ou mediante divulgação nos órgãos querente, o qual, passados uns mi- mamos pesquisa fonética. Entende- Criminal, porque no modelo ante-
melhorias no seu sistema informati- de informação e através de encon- nutos, recebe o seu Registo. Mas mos que pode acontecer que exis- rior apenas esse departamento tinha
zado. Daí que foi aprovado e publi- tros constantes com outras embai- notamos, em alguns casos, que tam nomes mais ou menos seme- competência para emitir o documen-
cado o despacho número 16A/10 da xadas e instituições públicas, por- muitos cidadãos não recebiam o lhantes e há até indivíduos com no- to. Aproveito a ocasião para infor-
ministra da Justiça, onde é aprovado que entendemos que deve ser do documento requerido. A que se mes iguais. Como existe esse risco mar que foi desactivado o nosso de-
o novo Modelo do Certificado do conhecimento geral o novo mode- deve essa situação? de um cidadão ter qualquer seme- partamento que funcionava na Rua
Registo Criminal. lo e os seus elementos de seguran- IM – O que se passa é o seguinte: lhança com quem tem cadastro cri- Rainha Jinga, junto ao Centro de Im-
JA – Na prática, quais são as di- ça para que os falsificadores não todos aqueles cidadãos que não têm minal, o seu Certificado do Registo prensa Aníbal de Melo. Por esta ra-
ferenças entre o novo modelo do tenham mais hipóteses de falsifi- cadastro criminal e que não têm Criminal não é emitido naquele mo- zão, quem se dirigir àquele local e
Certificado do Registo Criminal e car esse documento. qualquer semelhança com quem mento, mas é remetido para a nossa obter um Certificado de Registo Cri-
o anterior? JA – O novo Certificado do Re- tem cadastro criminal recebem o base central de dados, onde é feita a minal, nesse caso, o documento ob-
IM – Neste novo modelo do Cer- gisto Criminal é informatizado. Certificado do Registo Criminal na pesquisa avançada sobre a situação tido é falso, porque os nossos servi-
tificado do Registo Criminal consti- No acto de emissão, o cidadão deve hora. A nossa pesquisa não é feita exacta daquele indivíduo. Se detec- ços já não funcionam em tal local.
tuem elementos de segurança o pa- tarmos que ele não tem cadastro cri- JA – Como está a decorrer o
pel, que é totalmente diferente do adérito cortez minal, a nossa base central emite processo de emissão do novo mo-
anterior, que contém marcas de instruções via on-line para que, a delo do Certificado do Registo
água com ondas, um microtexto nas partir do posto, se emita o Certifica- Criminal nas províncias?
extremidades, um fundo com os do do Registo Criminal. É preciso IM – A informações que temos é
símbolos da República e um tipo de reter que só a nossa base central de de que o processo está a decorrer
impressão arco-íris, que são linhas dados é que tem informações exac- normalmente. Como estamos no
minúsculas estampadas no papel. tas sobre o cadastro criminal de princípio do processo de emissão do
Não é possível falsificar esse docu- quem quer que seja. novo modelo do Certificado do Re-
mento mediante uma fotocópia a JA – No caso de a base central gisto Criminal, temos estado a fazer
preto e branco ou a cores, porque ela detectar que o cidadão tem cadas- as afinações necessárias no sentido
não aparece com a impressão arco- tro criminal, não recebe o Registo de não haver constrangimentos na
íris. Além desses elementos, que Criminal? emissão desse documento. O siste-
qualquer entidade pode facilmente IM – Se na pesquisa avançada ma informatizado que foi montado
notar entre o modelo até então utili- constar que o cidadão tem cadastro permite que eu, a partir do meu
zado e o actual, temos também um criminal, a nossa base central dá ins- computador, possa controlar o nú-
portal na Internet que é o site truções via on-line ao posto para que mero de Bilhetes de Identidade e de
www.minjus.gov.ao, onde a institui- emita o certificado e anexe os bole- Certificados do Registo Criminal
ção que receber esse documento po- tins do cadastro. Se esta pessoa já foi emitidos em cada posto de Luanda e
de, mediante inserção dos números Novos dispositivos de segurança foram colocados no novo modelo de registo criminal condenada por vários crimes, são a nível das províncias.
afp

em eSpanHa

Imposta a redução de velocidade


para a economia de combustível
Os motoristas de Espanha tive- Trabalhadores do Estado passa- pensa economizar“, disse o taxista
ram, na segunda-feira, de desace- ram o fim-de-semana a substituir Jesús González. A multa por viola-
lerar os veículos para obedecer a placas nas estradas A reacção dos ção ao novo limite de velocidade é
um novo limite de velocidade que condutores foi mista. Alguns fes- de cem euros.
reduz o consumo de energia. tejaram a decisão por considerar Os que conduzirem acima dos 150
A notícia prevalece enquanto se que ela reduz o consumo e, possi- quilómetros por hora enfrentam san-
mantiver a situação na Líbia, dos velmente, também os acidentes, ções que podem implicar a apreen-
maiores produtores de petróleo. mas outros duvidam que a econo- são da carta de condução.
O limite máximo de velocidade mia justifique o maior tempo gas- A nova regra é válida até 30 de Ju-
nas estradas espanholas passou to ao volante. nho, mas pode ser prorrogada.
de 120 quilómetros por hora para “Não sei se realmente isso vai eco- A Espanha e outras nações depen-
110 quilómetros. nomizar o dinheiro que o Governo dem muito do petróleo da Líbia. O limite máximo de velocidade em Espanha é agora de 110 quilómetros por hora
32|províncias| Jornal dE angola•Quarta-feira, 9 de março de 2011

comBaTe ao analFaBeTismo na lunda-norTe


HuamBo
Áreas agrícolas
estão livres
Milhares de adultos aprendem a ler
arMando SaPalo|dundo
de minas
jornal de angola

Mais de 10 mil adultos, na sua


JuStino Vitorino | Huambo maioria mulheres, aprenderam a
ler e escrever durante o ano pas-
Mais de 25 mil engenhos ex- sado, na província da lunda-
plosivos foram destruídos nos úl- norte, no âmbito do programa de
timos cinco anos na província do alfabetização e aceleração Es-
Huambo pela organização não- colar, em curso no país.
governamental britânica “The A chefe de secção do Ensino Pri-
Hello Trust”. mário e alfabetização da Direcção
Segundo o chefe de base das Provincial do Ministério da Educa-
operações da organização, no ção, Amélia Bianco, disse ao Jornal
Huambo, Aurélio José, 15.242 de Angola que 5.471 adultos foram
engenhos são minas anti pessoal, alfabetizados no módulo que corres-
45 minas anti tanque e 10.447 en- ponde à primeira e segunda classes,
genhos explosivos diversos. enquanto 4.703 frequentaram as au-
Aurélio José explicou que a or- las do segundo módulo que corres-
ganização britânica procedeu à ponde à terceira e quarta classes.
desminagem de uma área de mais Amélia Bianco recordou ainda
de três milhões de metros qua- que em 2009 foram alfabetizados
drados que agora estão aptas para na primeira e segunda classes
a agricultura. 8.461 alunos dos quais 3.540 ho-
“Os municípios de Tchindjen- mens, e 4.958 que estiveram matri-
je, Ukuma, Caála e Londuimbali culados na terceira e quarta classes.
são as áreas onde se concentra- Amélia Bianco informou que o
ram os especialistas da The Hal- processo de ensino e aprendiza- o enisno de adulto foi desenvolvido nas aldeias e povoações das diferentes comunas e circunscrições municipais da província
lo Trust por serem as mais mina- gem foi desenvolvido nas aldeias
das, mas agora as nossas aten- e povoações das diferentes comu- Amélia Bianco explicou que o Chitato, reconhece a importância enalteceu a participação e vontade
ções estão viradas para as locali- nas e circunscrições municipais Programa de Alfabetização e Ace- programa que visa combater o manifestada pelas mulheres que
dades do Sambo, no município da província. As autoridades do leração Escolar, consiste em atingir analfabetismo, firmando que uma deixaram o preconceito de lado,
da Tchicala-Tcholoanga e do sector da Educação registaram o os objectivos preconizados pelo mãe que sabe ler e escrever tem procurando superar o analfabetis-
Calicoqui, arredores da cidade aumento considerável do número Executivo que visam a redução mais probabilidades de orientar mo. Mas lamentou a fraca partici-
do Huambo”, realçou. de pessoas adultas que manifes- gradual do analfabetismo. Reco- convenientemente os filhos no pro- pação dos homens.
tam o interesse em aprender a ler nheceu a falta de material didácti- cesso de socialização.
jornal de angola e escrever. co, meios de transporte, dificulda- Aprender a ler e escrever reco- Falta de meios
O processo de alfabetização na des de acesso às zonas longínquas e nheceu Maria Muzombo, “ajuda a
Lunda-Norte envolve 300 alfabeti- a irregularidade no pagamento dos mulher a ter informações sobre co- Costa Kulissoho diz que a falta
zadores, dos quais 42 são mulhe- subsídios aos alfabetizadores. Mas mo prevenir-se de certas doenças de material didáctico e um subsídio
res. Estão abertas 417 salas, núme- assegurou que até ao final do pre- como HIV-SIDA malária e outras compatível ao corpo docente que
ro considerado insuficiente tendo sente ano, as previsões apontam que apoquentam a sociedade”. assegura o programa podem nos
em conta a grande adesão dos adul- para a alfabetização de 40 mil adul- Maria N´Gombe é aluna do pro- próximos anos comprometer o
tos ao programa, que se verifica so- tos em toda a província, sobretudo grama de alfabetização de adultos. bom andamento dos trabalhos.
bretudo nas comunidades rurais. mulheres, que apresentam maior Disse à nossa reportagem que “o “Este programa é muito impor-
índice de analfabetismo. Governo Provincial está a criar as tante porque sabendo ler e escrever.
Apoio das igrejas “Apesar das dificuldades que vive- condições para que aquelas pes- a pessoa consegue interpretar bem
mos, neste ano lectivo pretendemos soas que por várias razões não es- certos fenómenos sociais e permi-
Amélia Bianco reconheceu os alfabetizar mais adultos do que no tudaram pelo menos saibam ler”. tem ajudar a preparar a geração jo-
apoios prestados pela Igreja Católi- ano passado” garantiu Amélia Bian- Por isso, pediu a todos os adultos vem para o seu futuro.
ca e os serviços prisionais da Ca- co, revelando que a falta de um orça- “que deixem a vergonha e venham Por isso é importante criar condi-
canda que têm estado a ceder a suas mento específico para o programa de aqui aprender”. Maria N’Gombe já ções sociais para o êxito do progra-
instalações para que os adultos alfabetização tem estado a confinar consegue escrever o seu nome, o ma. Costa Kulissoho citou Agosti-
possam aprender a ler escrever. Os sua expansão às zonas recônditas nome dos filhos, do marido e dos nho Neto, dizendo que “alfabetizar
Sapador durante acção de desminagem apoios chegam igualmente da Maria Muzombo camponesa de seus pais. Costa Kulissoho, alfabe- é um dever revolucionário por isso
OMA e da JMPLA. 34 anos, residente no município do tizador do Município do Chitato, estamos a resistir às dificuldades”.
nicolau vasco|menongue

loBiTo

Alunos da Bela Vista com escola modelo


JESuS SilVa | loBiTo. baptizada 4 de Fevereiro. Financia- primário, com alunos desde a ini-
da pelo Banco Africano de Desen- ciação até à sexta classe.
Os alunos do bairro da Bela Vis- volvimento (BAD), o empreendi- O chefe da Repartição da Educa-
ta, da zona alta da cidade do Lobito, mento, com capacidade para alber- ção, Ciência e Tecnologia, Lino
têm agora para frequentar uma es- gar 1.600 alunos em três turnos, vai Passassy, sublinhou que a nova es-
cola modelo com 12 salas que foi funcionar no subsistema do ensino cola modelo vai funcionar no sub-
sistema do ensino primário, com
venâncio amaral|ondjiva alunos desde a iniciação à sexta
classe e foi concebida de modo a al-
bergar todos os alunos que vivem
nos arredores.
Segundo o administrador do Lo- Civis e militares da Frente Sul frequentam aulas de alfabetização no Kuando-Kubango
bito, Amaro Ricardo, explicou, as
crianças daquela zona estudavam menongue
em quintais, debaixo das árvores e
sentavam-se em latas de leite. “Ho-
je as condições são muito melhores
e os alunos vão poder assimilar,
FAA dão aulas ao pessoal civil
contrariamente ao passado recente. CarloS Paulino | menongue A oradora pediu a todos os efecti-
Os educandos vão estar num am- vos militares e civis que adiram às
biente diferente, já que a escola Ao todo, 60 pessoas, entre milita- campanhas de alfabetização para
possui carteiras confortáveis, qua- res e civis, do Comando da 5ª Divi- poderem ocupar cargos relevantes
dros, água potável, sala para os são da Frente Militar Sul das Forças nas Forças Armadas Angolanas ou
professores, gabinete do director, Armadas Angolanas destacado no noutros serviços.
sala de reuniões, secretaria, entre Kuando-Kubango, frequentam, em Florinda Cassanga lamentou que
outros equipamentos”, referiu. Menongue, aulas de alfabetização e as aulas de alfabetização e recupe-
Amaro Ricardo alertou os alunos recuperação do atraso escolar. ração do atraso escolar não possam
para a importância de preservação O facto foi revelado numa pales- ter o apoio da Direcção Provincial
da escola e os professores para uma tra sobre o “papel da mulher na so- da Educação, Ciência e Tecnologia
melhor postura. Anunciou que está ciedade”, realizada naquela unida- para o fornecimento de material di-
previsto para breve a conclusão e de militar, que teve como prelector dáctico. Esta situação, disse, tem
apetrechamento da escola Karl a directora da família e promoção criado alguns constrangimentos na
Marx, com mais 12 salas, uma ou- da mulher. administração das aulas.
tra com 24 e a Sagrada Esperança Florinda Cassanga disse que das O Executivo estabeleceu como
será equipada com novas carteiras, 60 pessoas que frequentam aulas meta o ano de 2015 para a erradica-
Membros da administração municipal durante visita às instalações da Escola 4 de Fevereiro computadores e gerador. de alfabetização, 40 são mulheres. ção do analfabetismo em todo o país.
JoRnAL de AnGoLA•Quarta-feira, 9 de Março de 2011 |provínciaS|33

surtO epiDÉMiCO Malange


Muitos partos
Casos de conjuntivite baixam em Cabinda na maternidade
de Caculama
Doença regrediu em função da campanha feita nos locais de trabalho e nos mercados
sÓnIA MARIA|Caculama
BeRnARdo CAPITA|Cabinda rafael tati | CaBinDa rafael tati | CaBinDa

A Maternidade do Hospital
o surto de conjuntivite regista- Municipal de Caculama regista
do, nos últimos dias, na provín- diariamente oito a dez partos, se-
cia de Cabinda diminuiu consi- gundo deu a conhecer neste fim-
deravelmente, disse, ontem, ao de-semana, ao Jornal Angola, Te-
Jornal de Angola, o chefe de de- resa João, chefe de repartição da-
partamento de saúde Pública e quele estabelecimento hospitalar.
Controlo de endemias. Teresa João disse que até aos
Cabinda, lembrou António Tati, quatro últimos dias de Fevereiro
foi afectado por um surto de conjun- foram registados 45 partos nor-
tivite, mas, felizmente, com o empe- mais. Aquela responsável disse
nho do sector da saúde e da popula- que a Maternidade do Hospital
ção, diminuíram os casos da doença. Municipal de Caculama tem rea-
Neste momento, referiu, obser- lizado acções de sensibilização
va-se uma regressão da epidemia, a junto das mulheres em idade fér-
julgar pelo número reduzido de til sobre as consequências do
pessoas com problemas de conjun- António Tati responsável da saúde Paciente é observada por um médico oftalmologista no Hospital Central de Cabinda aborto e os cuidados que devem
tivite que procuram os postos e ter durante o período de gestação.
centros médicos provinciais, muni- trabalho feito nos locais de traba- A conjuntivite que se regista de oftalmologia “, disse. Os mé- Ainda assim, disse, o número
cipais e comunais. lho, centros públicos, mercados e em Cabinda é viral, mas conside- dicos das urgências de várias uni- de casos de aborto tem vindo a
“Temos a certeza que a epidemia escolas. António Tati, com base rada benigna, dai, sublinhou, não dades hospitalares, entre os quais subir de forma assustadora. “Ve-
está controlada e que isto se deveu na estatística do fim-de-semana, ter causado graves complicações. o Hospital Central e a 28 de rificamos, com tristeza, que mui-
aos conselhos que transmitimos à anunciou que foram notificados 40 “Felizmente, até ao momento, Agosto, confirmaram, ao Jornal tas mulheres são reincidentes
população para se evitar a sua pro- casos, o que, referiu, mostra que a não detectamos nenhum caso de Angola, haver regressão da nessa prática e algumas acabam
gressão”, afirmou. situação está controlado e a popu- complicado que merecesse aten- doença, que nos primeiros do por morrer porque chegam ao
António Tati acrescentou que a lação a acatar os conselhos dos ser- ção especial e que tivesse de ser surto notificou mais de cinco mil hospital já na fase terminal, o que
doença diminuiu em função do viços de saúde. reencaminhado para os serviços casos. é muito triste”, lamentou.

Benguela Mawete jOãO Baptista

Centro de Saúde aberto na zona alta do Lobito Governador anuncia plano


Um Centro de Saúde, construído
de raiz, foi aberto segunda-feira no
bairro 17 de Setembro, na zona alta
jOrnal De angOla

de recuperação de edifícios
da cidade do Lobito, visando des- O governador da província de jOrnal De angOla

congestionar o Hospital Geral e le- Cabinda, Mawete João Baptista,


var os serviços essenciais básicos anunciou ontem, nesta cidade, que
junto das comunidades. o seu executivo vai criar e pôr em
O chefe da Repartição Municipal prática um programa tendente à re-
de Saúde do Lobito, Zeferino Joa- cuperação de algumas secretarias
quim, disse que a abertura daquela provinciais, cujos edifícios estão
unidade hospitalar traduz a vonta- em mau estado técnico.
de e o interesse do Executivo na re- O governador deu esta informa-
solução dos problemas mais can- ção no final de uma visita de cons-
dentes da população. tatação a algumas secretarias pro-
O centro, referiu, vai contar com vinciais sedeadas no município se-
serviços de urgência, ginecologia, de (Cabinda), tendo explicado que
obstetrícia, pediatria, clínica geral, a medida visa garantir a segurança
laboratório e hemoterapia, Progra- dos funcionários.
ma Alargado de Vacinação (PAV), Durante a visita, observou imó- Governante quer segurança no trabalho
estomatologia, RX, farmácia e uma veis com graves problemas de con-
morgue para conservar sete corpos. Unidade hospitalar conta com serviço de urgência e de várias especialidades médicas servação, sobretudo fissuras, alguns com os secretários de Estado os re-
Com capacidade de internamen- dos quais em risco de desabamento. sultados da visita, tendo em vista a
to para 24 doentes, o centro, segun- não possuía nenhum estabelecimen- as áreas de serviço com ambiente No final, explicou que a visita às se- tomada de medidas cautelares.
do Zeferino Joaquim, vai contar to hospitalar com condições para fa- climatizado, conta com cinco resi- cretarias provinciais lhe permitiu ter Mawete João Baptista visitou as
com cinco médicos, 51 técnicos e zer consultas internas e o surgimento dências já apetrechadas para aco- um conhecimento real de como os secretarias provinciais da Educa-
54 administrativos. deste centro veio, de certo modo, ali- modar os médicos que ali irão tra- departamentos do Estado funcio- ção, Energia e Águas, Geologia e
O administrador municipal do viar o grande problema que as popu- balhar, de modo a garantir a presen- nam e quem funciona nos mesmos. Minas, Comunicação Social, Ju-
Lobito, Amaro Segunda Ricardo, re- lações desta zona enfrentavam. O ça dos mesmos em casos de urgên- Acrescentou que vai analisar ventude e Desporto, Saúde, Traba-
conheceu que a zona alta da cidade novo centro de saúde possui todas cia no período diurno ou nocturno. com os seus vice-governadores e lho e Segurança Social.

HuaMBO
nO BiÉ

Escola Superior Politécnica Formação sobre regeneração dos solos Pelo menos 220 camponeses ção intensiva sobre regeneração Agricultura no Londuimbali, Eu-

realiza semana académica concluíram no município do Lon-


duimbali, 92 quilómetros a norte
da cidade do Huambo, uma forma-
dos solos, numa iniciativa da repar-
tição municipal da Agricultura.
Segundo o chefe da secção de
génio Lázaro, o evento, que termi-
nou segunda-feira, teve a duração
de dez dias e visou, entre outros ob-
Afonso BeLo |Cuito que ao entrarem para o ensino su- jectivos, capacitar os camponeses
perior vão à procura “do saber e jOrnal De angOla em técnicas de transformação de
A Escola Superior Politécnica não apenas de certificados”. solos e mecanismos de utilização
da Universidade José Eduardo Este ano, a escola superior ad- de compostos químicos em substi-
dos Santos realiza, desde segun- mitiu 120 novos alunos, 80 para o tuição de compostos orgânicos.
da-feira, a semana académica. curso de contabilidade e gestão Disse que os temas debatidos vão
O director da instituição, Ger- administrativa e 40 para o de en- permitir que os camponeses pos-
son Palhares, disse, ao nosso jor- fermagem geral. sam obter boas colheitas agrícolas
nal, que a realização da semana A Universidade José Eduardo e melhorar as suas culturas.
académica tem como finalidade dos Santos, criada a 12 de Maio Informou que a repartição muni-
informar os estudantes sobre as de 2009, corresponde à quinta re- cipal da Agricultura no Londuim-
linhas orientadoras do ensino su- gião académica do ensino supe- bali controla cinco associações e
perior e os regulamentos e discu- rior, englobando as províncias do quatro cooperativas, constituídas
tir o perfil de saída de cada um Huambo, Bié e Moxico. por 40 a 100 camponeses. Eugénio
dos cursos e o regime académico. Nesta região estudam cinco Lázaro afirmou que a acção forma-
Aos novos estudantes, pediu em- mil cidadãos, que estão a formar- tiva visou ainda despertar os parti-
penho na investigação, mudan- se nas especialidades de Enge- cipantes sobre a necessidade de di-
ças de comportamentos e atitu- nharia, Medicina, Direito, Peda- versificarem as suas culturas, apos-
des para se consciencializarem gogia e outros cursos. tando no cultivo de espécies que
Camponeses do Londuimbali aprenderam técnicas para aumentar a produção agrícola não demoram a produzir.
34 | ///

Lazer
Jornal de angola•Quarta-feira, 9 de Fevereiro de 2011

Curiosidades Cartoon aRManDO PululO

A irreverente Pop Art dos anos 60


Na década de 1960, os artistas defendem
uma arte popular (pop) que comunique di-
rectamente com o público através de sig-
nos e símbolos retirados do imaginário
que rodeia a cultura de massas e a vida
quotidiana. A defesa do popular traduz
uma atitude artística contrária ao hermetis-
mo da arte moderna. Nesse sentido, a arte
pop coloca-se na cena artística, que tem
lugar em fins da década de 1950, como um
dos movimentos que recusam a separação
arte/vida. E vai fazê-lo – esse um dos seus
traços característicos – pela incorporação das histórias aos quadradinhos, da
publicidade, das imagens televisivas e do cinema.
Uma das primeiras e mais famosas imagens daquilo a que o crítico britâni-
co Lawrence Alloway (1926 - 1990) chamaria de pop art é a colagem de Ri-
chard Hamilton (1922), O que Exatamente Torna os Lares de Hoje Tão Di-
Cruzadinhas Siga o gráfico
ferentes, Tão Atraentes, de 1956. Concebido como poster e ilustração para o
catálogo da exposição This Is Tomorrow [Este É o Amanhã] do Independent Preencha o crucigrama com as seguintes palavras: Siga o gráfico e descubra as pala-
Group de Londres, o quadro carrega temas e técnicas dominantes da nova Novo, país, obras, fábricas, edificação, executivo, civil, urbanismo. vras escondidas.
expressão artística. A composição de uma cena doméstica é feita com o au-
xílio de anúncios tirados de revistas de grande circulação. Nela, um casal A V I J E A X A M I A C
exibe-se com (e como) os atraentes objectos da vida moderna: televisão, as- R L O R U M M P R A M B
pirador, enlatados, produtos em embalagens vistosas etc. Os anúncios são A R I U Q V E P R A C A
retirados dos seus contextos e transpostos para a obra de arte, mas guardam S A T T R M O L E J A O
a memória de seu locus original. Ao aproximar arte e design comercial, o ar- A O A B E L C E C Ç A D
tista borra, propositadamente, as fronteiras entre a arte erudita e a arte popu- L H I G A M G E O N D O
lar, ou entre arte elevada e cultura de massas. A D O D O E T A A M R O
Em carta de 1957, Hamilton define os princípios centrais da nova sensibi-
lidade artística: trata-se de uma arte “popular, transitória, consumível, de
baixo custo, produzida em massa, jovem, espirituosa, sexy, apelativa, gla-
mourosa e um grande negócio”. Ao lado de Hamilton, os demais artistas e
críticos integrantes do Independent Group lançam as bases da nova forma de
expressão artística, que se aproveita das mudanças tecnológicas e da ampla
gama de possibilidades colocada pelo olhar moderno, que está no mundo -
ruas e casas - e não apenas em museus e galerias. Solução: colecção, viola, batuque, marimba.

Jodo dos números Anedotas Descubra as sete diferenças


casiMiRO PeDRO

Ache os resultados das seguintes questões:

25 + 78

B 64 - 25

C 23 X 4
A senhora apanha um táxi e indica
a direcção do hotel onde está hospe-

Jogo das letras dada. O taxista, por incrível que pa-


reça, não diz nada durante todo o
percurso, até que a senhora resolve
san caleia
fazer-lhe uma pergunta e toca leve-
Organize as letras e forme palavras, basta copiar letra por letra para as mente no ombro do motorista.
caixas vazias correspondendo ao seu determinado número. Ele grita, perde o controle do car-
ro e, por pouco, não provoca um
M U I S A C grande acidente! Com o carro sobre
1 2 4 3 6 5 8 7 10 9 1 2 3 4 5 6 7 8 9 a calçada, a senhora, assustadíssi-
ma, vira-se para o taxista e diz:
Ç
- Francamente, como é que eu
A D A N
4 2 1 5 3 2 6 8 9 1 2 3 4 5 6 7 8 9
ia saber que dirige tão distraído a
ponto de quase ter um ataque por
conta de um simples toque no
C A L A N A V R ombro?
1 5 8 7 4 2 6 3 9 1 2 3 4 5 6 7 8 9 - Não me leve a mal, minha se-
nhora, mas é que este é o meu pri-
O banco, a bola, o casaco, o adepto, a bandeira, o holofote, a camisola.
Solução:

G A R I M N A L
meiro dia como taxista!
4 7 3 5 1 6 2 8 9 3 1 2 3 4 5 6 7 8 9
Solução: Música; dança; Carnaval; marginal.
- E o que fazia antes disso? -
pergunta ela
- Durante 25 Anos fui motorista
Sopa de letras
eDna MussOlO
de carro funerário!

Labirinto ***************
Encontre as seguintes palavras: renda, rede e rasgar
N

A S A R A A R S R S S R S S A S S S A
No tribunal: R S S S A R A R
Ajude a gatinha encontrar a saída deste labirinto. R R S R S S R R S S S
Como o senhor matou a vítima,
sua esposa? S R S S R R E S S R R R R R R S R R S
- A chifradas, meritíssimo. S S S A S S N S R E D E R R S R S S S
- Absolvido. - Quais foram os
cúmplices no roubo? R A R S A R D R R A A R R S R S S S R
- Eu fiz tudo sozinho, senhor S R A R R A A S R R S S A S R R R A S
juiz. Hoje em dia há muitos safa- S R R A S R S S R R G S S S R S A S
S
dos desonestos por aí e a gente
não pode confiar em ninguém! S R S L R R R S S R R S A R S S R R A
- Membros do Júri, o réu é cul- S S A S E S R A R A A R A R E S R S A
pado ou inocente? A
S S L R S A S R S R S S S S R S A R
- Antes de o Júri responder,
uma multidão invade a sala e o lí- R S S R S A R R R R R S R R R A R S S
der grita: R S O S S R A R R S R S S S R S S S A
-Tanto faz, meritíssimo! Nós va-
mos linchá-lo de qualquer maneira! S A R S R R R R L R R R A R S A S M S
|35
JORnaL dE anGOLa•Quarta-feira, 9 de Março de 2011

EDITOR: ANTÓNIO CRUZ|


SUB-EDITOR: FERRAZ NETO|
Gente
afP

Parabéns Eulália Rocha josé cola


O restaurante do hotel 3G, josé cola

nas imediações do Bairro


Talatona, município da
Samba, em Luanda foi pe-
queno, no passado dia 4
de Março, para acolher o
61º aniversário de Maria
Eulália Rocha. Na ocasião
foram muitas as figuras pú-
blicas que marcaram pre-
sença, mas Eulália Rocha
contou com um apoio de
peso: a secretária para a
administração e finanças
do MPLA, Joana Lina e fa-
miliares. A primeira-secre-
tária provincial da OMA em
Luanda, recebeu vários
presentes e mimos. Gente
deseja a Eulália Rocha
john galiano
muitos anos de vida. Eulália Rocha teve como uma das convidadas especiais Joana Lina Familiares e amigos testemunharam o apagar da vela
mostra
criações
a comemoração dos “aviadores” Depois de uma semana polémica,
por causa das suas declarações
pró-Hitler, que o fizeram perder o
Foi com festa e champanhe que a equipa do Atlético Sport Aviação Taça de Angola. O ASA conta com cinco troféus desta competição no emprego na respeitada Casa Dior, o
(ASA) iniciou a temporada futebolística 2011. A agremiação afecta à seu palmares, tendo ganho o primeiro em 1996, sob o comando técni- estilista John Galliano mostrou as
companhia de bandeira nacional (TAAG), voou alto e venceu na tarde co de João Machado. Depois voltou a conquista-la consecutivamente criações da sua própria marca do-
de domingo último, no Estádio da Cidadela, em Luanda, o campeão em 2003, 2004 e 2005, às ordens de Bernardino Pedroto. Em 2006, a mingo último, em Paris. No entanto,
nacional Interclube, por 1-0, no jogo da segunda mão da Supertaça de formão aviadora venceu pela última vez este troféu. Volvidos cinco em vez de um desfile convencional,
Angola em Futebol. Com este triunfo, o ASA ganhou agora um novo anos, o título da Supertaça regressa à galeria do ASA. Agora, perante aconteceu apenas uma apresenta-
troféu. De recordar que o ASA chegou a esta final depois de vencer a tal conquista, só falta mesmo o Girabola 2011. ção das peças (somente 19 mode-
nuno flasH los), exclusivamente para compra-
dores e jornalistas, como se fazia
nas lojas de antigamente. Ele tinha
um horário reservado na semana
da moda de Paris, no domingo, às
17h00, mas optou por apresentar a
sua colecção noutro local e com for-
mato diferente: num salão no rico
distrito 16, na Rive Gauche. Outro
detalhe: o estilista não estava pre-
sente, registou a agência AP.

afP

joRnal dE angola

Erikson Roberto
dá cartas em África
O xadrezista Erikson Roberto deu cartas em África. De novo, o nome de
Angola está em alta no continente africano. O jovem Erikson Roberto
venceu e convenceu. Os seus feitos foram registados na cidade de East
London, África do Sul, durante o campeonato africano de juniores em xa- filme
drez. Gente sabe que com a vitória de Erikson Roberto a organização
atribui ao jovem o título de Mestre Internacional e a sua consequente in-
serção no grupo dos jogadores titulares de xadrez da FIDE, onde Ango-
crepúsculo
la passa a contar com nove Mestres Internacionais. Gente deseja ao jo-
vem Erikson muitas felicidades e êxitos na carreira desportiva. O jovem Erikson Roberto venceu e convenceu
salva Robert
Pattinson
Mãe de Paris Hilton quer a filha casada das dívidas
O actor Robert Pattinson estava
A mãe de Paris Hilton quer que ela se case. desempregado e endividado an-
Segundo Kathy, Paris já encontrou o ho- tes de fazer o filme “Crepúsculo”.
mem da sua vida: o seu actual namorado, Cy A informação foi dada pela directo-
Waits. “Eu gosto muito dele. É uma pessoa ra do filme, Catherine Hardwicke,
tão agradável, um homem doce e Paris real- que o escolheu para o papel de
mente parece feliz quando está com ele”, dis- Edward Cullen. “Vi algumas fotos,
se ela ao site “RadarOnLine”. Kathy acredita mas não tinha muita certeza”, con-
que Paris seria feliz como esposa de Cy. “Eu tou à revista “Newsweek”. “Ele ti-
sei que eles têm saído há pouco menos de nha sido despedido do seu último
um ano, mas acho que ela já esperou bas- trabalho, estava desempregado e
tante”, afirmou. Kathy disse ainda que na ac- endividado.” Ela diz que só teve a
tualidade é comum que as mulheres se ca- certeza de que ele seria a pessoa
sem depois dos 30 anos, e que tenham filhos certa para o papel do vampiro
até mesmo depois dos 40. “Sei que Paris quando fez o teste com Kristen
adoraria ter filhos. Ela será uma mãe incrível. Stewart, a Bella. A directora disse
Eu estava com ela na Macy’s, recentemente, que está feliz com a decisão de ter
havia mil pessoas lá, e as crianças aproxima- abandonado os filmes da franquia
ram-se, e ela ficou encantadfa”, relatou Kat- “Crepúsculo”. Responsável pelo
hy. Paris Hilton namora com Cy Waits desde primeiro filme da saga, diz que ao
meados de 2010. Recentemente o casal foi contrário do que se especula, não
visto a procura de alianças de noivado. foi demitida. “Pelo meu contrato, ti-
Paris e Kathy Hilton (mãe) O namorado Cy Waits nha o direito de recusar”, afirmou.
36|CULTURA| jORNAL DE ANGOLA•Quarta-feira, 9 de Março de 2011

após incÊndio
Realizador
Woody Allen
filma em Roma Uma das escolas atingidas pe-União Ilha do Governador reconstrói fantasias afp fantasias destruídos pelo fogo.
Woody Allen, depois de Lon- lo incêndio na Cidade do Samba Na última noite de desfiles no
dres, onde filmou “Match Point” em Fevereiro, a União da Ilha do sambódromo, Salgueiro e Beija-
(2005), Barcelona, “Vicky Cris- Governador conseguiu refazer Flor apresentaram-se em desta-
tina Barcelona” (2008), e Paris, as suas fantasias e levou ao que com o intuito de destronar a
o ainda não estreado “Midnight sambódromo, na avenida Mar- campeã de 2010, Unidos da Tiju-
in Paris”, escolheu Roma para quês de Sapucaí, um desfile ani- ca, até agora favorita à conquista
rodar o novo filme. mado, em que contou a evolu- do bicampeonato.
O realizador disse, ao jornal ção das espécies, ao abrir a últi- Assim como a escola do carna-
italiano “La Repubblica”, que ma noite do Carnaval do Rio nes- valesco Paulo Barros, o Salgueiro
Roma vai ser a quarta cidade eu- ta segunda-feira. inspirou-se no cinema e levou pa-
ropeia a servir de cenário a um A agremiação, que teve que re- ra a avenida um set de filmagem
trabalho seu. construir grande parte das suas no seu enredo “Salgueiro apre-
“Ainda não estou na fase de es- fantasias após o incidente, explo- senta: o Rio no cinema.”
crever o argumento, pelo que é rou a Teoria da Evolução, do bri- O sucesso do filme nacional
absurdo antecipar alguma coisa”, tânico Charles Darwin, com o “Tropa de Elite” esteve na bateria,
afirmou, avisando que não valia a samba “O mistério da vida” e le- que teve os ritmistas e a rainha Vi-
pena perguntarem nada sobre o vou à avenida um desfile colori- viane Araújo fardados como sol-
argumento e os actores porque é do, representando todos os tipos dados do Bope.
uma pessoa supersticiosa, que de vida, incluindo células, plantas Mocidade Independente do Pa-
não fala “antes do tempo certo”. e a evolução humana. dre Miguel, quarta escola da noi-
Woody Allen anunciou que Uma das promessas da escola an- te, inspirou o seu enredo na agri-
vai estar em Roma, no dia 26, tes do incêndio, um carro com uma cultura, e a Porto da Pedra esco-
com a sua banda de jazz – New aranha gigante, que se articulava lheu a directora de teatro Maria
Orleans Jazz Band – para um durante o desfile, foi refeita e des- Clara Machado para representar
concerto no Auditorium Conci- tacou-se na avenida. Noutro carro, na avenida o enredo “O sonho
liazione, a tocar clarinete. uma grande tartaruga dourada mo- Escola de samba conseguiu refazer as alegorias e levou segunda-feira ao sambodrómo sempre vem pra quem sonhar...”.
O realizador deixou no ar a vimentava-se, representando o ar- A tradicional Beija-Flor fechou
possibilidade de ficar a viver uns quipélago de Galápagos, funda- dado. A garra e o amor pela escola a perda de grande parte das fanta- o Carnaval na Marquês de Sapu-
tempos em Roma: “Em breve mental para os estudos de Darwin. não foram queimados. São 58 sias e alegorias, com o desfile so- caí com uma homenagem ao can-
posso mudar-me, por uns tem- “A União é festa o ano inteiro, anos da escola, meu muito obriga- bre a ilha de Y-Jurerê Mirim, em tor e compositor Roberto Carlos.
pos, com a minha família, para a com ou sem problemas. Vamos do. O show é esse”. referência à capital catarinense, O homenageado desfilou cercado
capital italiana”. mostrar superação e samba no Outra escola que sofreu com o Florianópolis. de crianças no último carro alegó-
O filme tem estreia marcada pé”, disse Nei Filardis, presidente incêndio do mês passado na Cidade A escola de samba de Duque de rico da escola de Nilópolis, próxi-
para 11 de Maio, abertura do da escola, que comemorou 58 do Samba, a Grande Rio, e que Caxias prestou homenagem aos mo de uma escultura de Jesus
Festival de Cannes. anos em plena avenida. “O nosso também está fora do concurso, co- funcionários do barracão, que Cristo - uma referência a um dos
sonho não foi queimado, só retar- mo Ilha e Portela, vai tentar superar trabalharam para refazer carros e sucessos do cantor.

benJaMin cÂndido cabinda

Kotukua Tumokina vence Carnaval


jOAqUIM SUAMI | cabinda foi eleita melhor rainha na classe convenceu o júri apresentando uma
ANTÓNIO CAPITÃO |uige adulta, tendo recebido como pré- indumentária a revelar a cultura
mio 100 mil kwanzas. A secretaria dos bakongo e uma coreografia as-
O grupo Kotukua Tumokina, do provincial da Cultura, coordenado- sente no estilo de dança “Kimbon-
bairro Lombo-Lombo, que exibiu ra da actividade, atribuiu como pré- guela”, na categoria de adultos.
o estilo de dança Mayeya, venceu mio ao primeiro classificado 700 O grupo, cuja exibição foi muito
ontem, em Cabinda, a edição 2011 mil kwanzas, ao segundo 500 mil e aplaudida pelas centenas de popu-
do Carnaval na classe de adultos, ao terceiro 400 mil. lares que acorreram ao largo de-
com 602 pontos. Teresa Mambo Gomes, respon- fronte do Palácio da Justiça, local
O grupo Máquinas de Merengue, sável do grupo Kotukua Tumokina, onde decorreu o desfile provincial,
do bairro Amílcar Cabral, ocupou a disse que o prémio é para o grupo interpretou uma canção a favor da
segunda posição, com 568 pontos, e uma recompensa aos esforços de unidade e reconstrução nacional.
o Kintueni Manguitukulo ficou em um mês de ensaios. Acrescentou Como vencedor da classe de
terceiro lugar, com 550 pontos. que o valor do prémio vai servir pa- adultos, o grupo Zombo Kanda re-
O Kotukua Tumokina revalidou ra pagar as bailarinas e para inves- cebeu 350 mil kwanzas. O segundo
o título, segundo o júri, por ter tir mais no grupo. classificado, o estreante Nzoji Ye-
apresentado melhor coreografia, O governador provincial de Ca- tu, com 713 pontos, teve direito a
Vencedor do Carnaval na Lunda-Norte ontem durante a sua exibição no largo 1º de Maio enredo, teatralização, capacidade binda, Mawete João Baptista, que 250 mil kwanzas, enquanto o ter-
de mobilização do público, bandei- assistiu ao desfile dos 17 grupos ceiro classificado, o grupo carna-
entrudo ra e indumentária. carnavalescos, disse que o governo valesco do município do Quimbe-

“Juventude do Lucapa”
O grupo Bana-Ndembama, que local vai continuar a apoiar a secre- le, que obteve 668,5 pontos, rece-
venceu o Carnaval infantil, teve a taria provincial da Cultura para que beu 200 mil kwanzas.
honra de abrir o desfile na classe de os valores, usos e costumes da re- Na classe infantil, o troféu foi para

triunfa na Lunda-Norte
adultos, em que participaram 17 gião sejam resgatados. o grupo Triunfo do Mbemba Ngan-
agremiações carnavalescas que go, que obteve 530 pontos, tendo re-
exibiram peças, cânticos, danças e Carnaval no Uíge cebido como prémio a quantia de
demonstrações dos usos e costu- 250 mil kwanzas. Os grupos Pombi-
ARMANDO SAPALO | dundo O desfile do Carnaval na Lun- mes da região. O grupo Zombo Kanda, de Ma- nhos da Paz e Esperança do Futuro,
da-Norte teve a participação de Madalena Mavinga, 24 anos, do quela do Zombo, venceu ontem o que somaram 525 e 450 pontos, res-
O grupo “Juventude do Luca- nove grupos carnavalescos. grupo carnavalesco Mamonso Carnaval na província do Uíge, ao pectivamente, ficaram na segunda e
pa” sagrou-se, ontem, na cidade Nthango, do bairro 4 de Fevereiro, totalizar 738,5 pontos. O grupo terceira posição. O segundo recebeu
do Dundo, vencedor da presente Classe Infantil 200 mil kwanzas e o terceiro teve di-
edição do carnaval da Lunda- antónio soares reito a 150 mil kwanzas.
Norte, na classe de adultos, reali- O grupo “Brilhos da Lunda”, do O presidente do júri, Dissengomo-
zado no largo 1º de Maio. município do Chitato, venceu o car- ka Sebastião Alexandre, considerou
O “Juventude do Lucapa”, que naval 2011 na classe infantil, com de fraca a participação este ano dos
totalizou 331 pontos, exibiu a 293 pontos, seguido dos “Maringa municípios na festa do Carnaval,
dança marimba e levou ao desfile do 1º de Maio (Chitato) e “KNT ”, tendo defendido a necessidade de se
dísticos e panfletos sobre a im- do município do Cambulo. promover campanhas de mobiliza-
portância da preservação e manu- Participaram no desfile infantil, ção, para que a festa de Carnaval seja
tenção da paz para uma convivên- 20 grupos. Para a avaliação dos mais abrangente nos próximos anos.
cia salutar entre os angolanos. grupos, o júri teve em considera- “Há muita cultura escondida nos
O detentor do título da edição ção, entre outros itens, a dança, municípios. Infelizmente, quando
2010 do carnaval, o grupo “Txa- canção, rainha e comandante. chega a época do Carnaval estas re-
co-Txetu”, do Chitato, ficou na O primeiro classificado recebeu giões não se fazem representar nes-
segunda posição, com 308 pon- 300 mil kwanzas, o segundo, 250 e ta manifestação cultural. Tem de
tos, seguido pelo União do 1º de terceiro, cem mil. As danças txianda, haver maior activismo cultural nos
Maio, do mesmo município, com marimba, katengalala e kandjendje municípios”, disse.
297 pontos. foram as que mais coloriram o palco Para além do município do Uíge,
O vencedor do desfile competi- do largo 1º de Maio, em pleno Dia In- participaram no desfile grupos car-
tivo do Carnaval na Lunda-Norte ternacional da Mulher. Estiveram navalescos dos municípios do Bun-
recebeu 400 mil kwanzas, o se- também presentes grupos de anima- go, Damba, Dange/Quitexe, Quim-
gundo, 300 mil e o terceiro, ção da Rádio Nacional, Deolinda bele, Maquela do Zombo, Milunga
250mil. Rodrigues, JMPLA e Saúde. Grupo carnavalesco Kotukua Tumokina do bairro Lombo-Lombo exibiu a dança Mayeya e Mucaba.
JoRNaL De aNGoLa•Quarta-feira, 9 de março de 2011 |CULTURA|37

maior maniFEsTaÇao CulTural


nova marGinal

Notas e detallhes de uma festa de Carnaval Polícia


garantiu
LUísa RoGéRio |
tranquilidade
roGério TuTi

após 33 anos de agostinho


Neto ter anunciado o recomeço No desfile dos 12 grupos de
das comemorações do Carnaval, adultos da classe A do Carnaval,
o povo comemorou ontem aque- realizado ontem, na Nova Mar-
la que é considerada a maior ma- ginal, em Luanda, foram desta-
nifestação cultural de angola. cados mil e quinhentos polícias
Num palco diferente da já tradi- para garantir a ordem, tranquili-
cional avenida 4 de Fevereiro, as dade e segurança dos foliões.
festividades emprestaram pela A informação foi avançada à
primeira vez um outro colorido à Angop pelo porta-voz da corpo-
chamada Marginal da Praia do ração, superintendente chefe
Bispo. ali, bem ao lado do Mau- Jorge Bengue, realçando que
soléu de agostinho Neto, sob a foi uma medida para garantir a
bênção da Kianda, os milhares maior segurança de quem se
de assistentes cantaram e dan- deslocou à Nova Marginal para
çaram o Carnaval. Voltaram ao assistir ao Entrudo.
nosso Carnaval. “A nossa missão visou garan-
Muito antes da hora programada tir a segurança não só aos fo-
para o início do desfile central a ní- liões, como também aos seus
vel da província de Luanda, os ca- bens”, explicou.
minhos dos luandenses já condu- Em termos de meios, avançou
ziam à nova Marginal. Cores garri- que a Polícia levou à Nova Mar-
das, disfarces insuspeitos e fanta- ginal todos os meios necessá-
sias reveladoras de imaginações rios para executar a sua tarefa
mil foram a tónica dominante. É sem qualquer problema.
Carnaval, vale tudo na hora do re- Para garantir que nada acon-
criar, desde a máscara do zorro ao tecesse, Jorge Bengue adiantou
mais arrojado traje de bessangana que a partir das 12 horas foram
como o daquela senhora de porte fechadas as ruas Dr. Agostinho
majestoso que, afinal, não é. Neto (que começa na Sonangol
No total, 12 grupos desfilaram pe- Pesquisa e Produção até ao
rante um público participativo e os Unidos da Caxindo desfilou na Marginal da Praia do Bispo hábitos e costumes de regiões africanos visando a revalidação do título Mausoléu), Rainha Nzinga, Jo-
atentos membros do júri. À seme- sé Pedro Tuca e toda extensão
lhança das edições anteriores, o de reencontro e reconstrução, cau- Como não se pode falar de Carna- Anselmo Ralph e Puto Português, a da Nova Marginal.
semba foi o género predominante. saram boa impressão, assim como val de Luanda sem guarda-chuvas, nova coqueluche do semba. Até al-
Mas nem por isso o som da kazukuta a recriação do feito heróico do 4 de faça chuva ou faça sol, estes tam- ta noite, continuaram a ouvir-se ba- paulino damião

e da kabetula foram menos intensas. Fevereiro que até teve direito a fo- bém sobressaíram no alto da sua tidas carnavalescas em diferentes
À forte batucada típica do carnaval go-de-artifício. imponência. Deslizares únicos que pontos da cidade. A sátira, as pia-
luandense, juntou-se o som das cor- Por um dia, reis e rainhas reina- perpetuam a imagem de figuras co- das entre grupos da Ingombota e do
netas que levantaram em vários mo- ram absolutos debaixo do sol es- mo a do eterno “Mestre Desliza” do Sambizanga, do Rangel e Kilamba
mentos o público das bancadas. caldante. Médicos e enfermeiros Kabocomeu mostraram que a conti- Kiaxi ou da Maianga atestaram a
O gingar e a passada patentes em compuseram uma corte típica ape- nuidade se manifesta através da vitalidade do Carnaval ao qual, ano
coreografias que se aprimoram nas do carnaval angolano, princi- passagem de testemunho às novas após ano, os angolanos regressam.
com o passar dos anos foram bem palmente do luandense. Alguns gerações, como a cena em que o Os vencedores da presente edi-
evidenciadas na 33ª edição do Car- comandantes fizerem ontem jus à menino pré-adolescente e o septua- ção do Carnaval de Luanda serão
naval. Se os axiluanda agradaram e designação, não só pelo desempe- genário dominaram os olhares. conhecidos hoje, às 10 horas, na
se superaram, a vibrante homena- nho artístico no asfalto quente, No final do desfile competitivo, LAASP, durante uma cerimónia
gem do “Caxinde” ao continente mas sobretudo pela capacidade de na Marginal da Praia do Bispo, os de contagem dos votos das três
berço da humanidade, desde o mobilização, qual maestro em or- blocos de animação anunciaram o classes. Hoje é “Quarta-feira ma- Polícia Nacional esteve em prontidão
Egipto faraónico até à actualidade questras gigantescas. encerramento apoteótico, com banzas”, dia dedicado as cinzas.

união 10 dE dEZEmbro Fora do dEsFilE CompETiTivo praia do bispo


Comandante Pedro Vidal marca abertura Novo cenário agrada foliões
FRaNCisCo PeDRo | paulino damião mÁrio CoHEn | se que mais importante do que as
palavras é dançar o Carnaval, razão
O grupo União 10 de Dezembro, Várias figuras políticas aplaudi- pela qual esteve ontem na tribuna
comandado por Pedro Vidal – de ram ontem a escolha da Marginal VIP para assistir a mais uma edição
fato vermelho, chapéu e luvas da Praia do Bispo para a realização da manifestação cultural conside-
brancas – juntou, ontem, bailarinos da 33ª edição do Carnaval de Luan- rada a maior do povo angolano.
e instrumentistas do Bloco de Ani- da, devido à beleza que o local dis- O empresário Bento Kangamba
mação Sol para a abertura do desfi- põe e às condições consideradas disse que mesmo com a mudança
le central do Entrudo em Luanda. propícias para actos do género. de cenário a festa levou à Praia do
No novo cenário, a Marginal da Falando ontem à reportagem do Bispo milhares de foliões. Realçou
Praia do Bispo, o União 10 de De- Jornal de Angola, a vice-governa- o facto da própria assistência fazer
zembro dançou a 33ª edição do dora para a área social e coordena- igualmente a festa ao dançar o Car-
Carnaval, demonstrando que a ho- dora do Carnaval de Luanda, Jove- naval nas bancadas. “A marginal
menagem feita, este ano, ao grupo lina Imperial, disse que a mudança da Praia do Bispo tem tudo para re-
pelo Governo foi merecida. de local se deveu a obras que estão ceber a realização de futuras edi-
O público rendeu-se às acroba- a ser realizadas na Marginal de ções do Carnaval”.
cias do comandante Pedro Vidal Luanda, cenário habitual da festa. Afirmou que a capital ganha
que conduziu a exibição dos fo- Jovelina Imperial reconheceu que mais um espaço privilegiado que
liões. A corte era formada por seis o palco da Praia do Bispo reúne óp- vem juntar-se à velha Marginal de
elementos, igual número das alas timas condições para a realização da Luanda, razão pela qual o palco pa-
paralelas constituída por bailari- Grupo União 10 de Dezembro foi homenageado pela organização do Carnaval de Luanda maior manifestação cultural do po- ra a realização do Carnaval deixará
nos, cujas vestes não se limitaram vo luandense. Explicou que os des- de ser um problema.
à cultura luandense, como a dos vermelho, branco e com flores. outros grupos. Sobre a actuação de files das classes C (infantil) e B paulino damião

pescadores e das peixeiras, mas Desta forma, o público viu dançar outros comandantes, que o estão a (adulto) realizados no sábado e do-
também à de povos de outras re- um 10 de Dezembro bem diferente imitar, Pedro Vidal disse que, deste mingo serviram para testar se a pista
giões de Angola. do habitual. modo, o Carnaval perde toda a gra- da Praia do Bispo está em condições
Pedro Vidal disse preocupar-se Sem tempo limite de dança, ao ça, deixando de ter inovação. de ser, no futuro, o grande palco pa-
bastante com a coreografia (dança), contrário dos grupos que competi- O aspecto positivo, na sua opi- ra o desfile do Carnaval de Luanda.
elemento que, geralmente, é visível ram, limitados a 25 minutos, o 10 nião, “é o sinal que, ao longo dos A vice-governadora frisou que
pela exibição da corte – rei, rainha, de Dezembro soube tirar o melhor anos”, em que dançou Carnaval, após a conclusão das obras da Mar-
príncipe e princesa – e pelas mulhe- proveito do desfile. Além do co- criou “algo valioso”. ginal de Luanda a realização do
res das alas que se vestem de vari- mandante, a corte prendeu, tam- Para o comandante que no dia 23 Carnaval na capital pode voltar a
nas, saias compridas com avental. bém, a atenção do público durante de Fevereiro viu o seu grupo reco- descer a Avenida 4 de Fevereiro.
Desta vez, além de ter dado nova a exibição. nhecido pelo Governo, o facto de “Hoje estamos aqui, vamos assistir
dinâmica à dança, evitando muitos Ainda no esquema das inova- outros comandantes imitarem os à festa do Carnaval e vamos todos
rodopios, Pedro Vidal investiu no ções, junto dos bailarinos o grupo seus "truques" significa que contri- dançar, porque as condições estão
colorido das varinas, trocando os fez-se acompanhar de quatro enfer- buiu para a evolução do Carnaval. criadas”, garantiu.
tecidos de cetim com excesso de meiras ao invés de duas ou mesmo “Fico triste, mas sinto-me, tam- Joana Lina, segunda vice-presi-
colorido pelos panos de algodão uma, conforme se apresentam os bém, orgulhoso por isso”, rematou. dente da Assembleia Nacional, dis- Luandenses festejaram euforicamente
38|desporto| JoRnAl DE AngolA•Quarta-feira, 9 de março de 2011

dr TaÇa de angola em BaSQUeTeBol SÉnior maSCUlino

1º de Agosto e Inter têm tarefa difícil


AnAXIMAnDRo MAgAlHÃES | jornal de angola

ASA-1º de Agosto e Interclube-


Promade de Cabinda, hoje às
18h00, nos Pavilhões do Co-
DEnM e 28 de Fevereiro, respec-
tivamente, são as partidas mais
apetecíveis e equilibradas da pri-
Ministério dos Desportos reconhece feito meira-mão dos quartos-de-final
da Taça de Angola em basquete-
afriCano de XadreZ bol seniores masculinos.

Erikson Roberto A ronda reserva ainda para hoje,


à mesma hora, o Petro de Luanda-

recebe distinção Santos FC, no Pavilhão Gimnodes-


portivo da Cidadela, e Recreativo
do Libolo-Universidade Lusíada,
O Ministério da Juventude e no Pavilhão Anexo nº II.
Desportos (MJD) vai homenagear, Tratando-se de jogos a eliminar,
esta semana, o xadrezista Erikson embora disputados a duas mãos, o
Roberto pela conquista do nono desafio entre aviadores e militares,
Campeonato Africano em Junio- orientados tecnicamente por Car-
res, disputado na África do Sul, los Diniz e Luís Magalhães, ante-
disse, ontem, à Angop, o director vê-se de desfecho imprevisível,
Nacional dos Desportos. Raimun- tendo em conta que as equipas me-
do Ricardo afirmou que o título nos cotadas se aproveitam de com- Candidatos à conquista do ceptro são obrigados a ultrapassar opositores na segunda competição do calendário basquetebolístico
conquistado por Erikson Roberto petições como esta, da taça, para
resulta do esforço que o Ministério surpreender, e tentar conquistar um dores, dois norte-americanos, e os Ainda assim, a equipa de Luan- pontos. Por aqui, é crível que Al-
da Juventude e Desportos realiza, troféu na temporada, de modo a postes Francisco Jordão e Victor da, pelo naipe de jogadores de berto Babo, Petro, e Raul Duarte,
“principalmente na criação de con- elevar o moral do grupo. Muzadi, vai tentar surpreender os que dispõe, é, à partida, candida- Libolo, aproveitem para dar mais
dições condignas para as delega- Ciente das dificuldades que o ad- campeões nacionais e finalistas ta ao triunfo com a naturalidade alguns minutos de competição aos
ções que participam nas competi- versário lhes colocará, os rubro e vencidos da última edição da Taça que se impõe. jogadores menos utilizados.
ções internacionais”. negros, com um plantel homogé- de Angola. Tarefas facilitadas nesta ronda A segunda-mão é jogada a 11
O MJD, garantiu, vai continuar a neo e cuja capacidade de sofrimen- Na eventualidade de não conse- têm o Petro e o Libolo, vencedor da do corrente. As meias-finais jo-
apoiar a modalidade, sobretudo na to e para dar a volta às adversidades guir, perder por poucos pontos será Taça de Angola o ano passado, que gam-se entre os dias 15 e 18 do
aquisição de material desportivo. é sobejamente reconhecida, têm determinante para encarar o jogo defrontam o Santos e Lusíada, res- mês em curso.
Uma das principais apostas do certamente bem definida as estraté- da segunda-mão. pectivamente. O vencedor do Petro-Santos de-
MJD, referiu, consiste na continui- gias e tácticas a utilizar para deitar Por sua vez, o Interclube, que na Sem desprimor para os respecti- fronta, nas meias-finais, o vence-
dade de se expandir a prática de xa- por terra os intentos da equipa do primeira volta perdeu diante do vos opositores, tanto uma quanto dor do Interclube-Promade, en-
drez nas escolas, pois é uma disci- aeroporto. Promade de Cabinda, entra sob outra equipa, vão, com certeza, su- quanto o do 1º de Agosto-ASA jo-
plina curricular. Na lógica das probabilidades, os alerta para não ser surpreendido plantar os santistas e estudantes. ga com a equipa que sair do Libo-
Erikson Roberto, do Estrela da agostinos são favoritos à vitória novamente. Os polícias, comanda- Nos confrontos entre si esta épo- lo-Lusíada.
Terra Nova, ao vencer o Campeo- desta noite. Para tal, terão de jogar dos por José Carlos Guimarães, ca, os dois antagonistas foram co- A final, a disputar a duas mãos,
nato Africano, atinge a categoria de à imagem daquilo a que habitua- apostam forte nesta edição da Taça, piosamente derrotados sem dó nem realiza-se entre os dias 19 e 22 de
Mestre Internacional, elevando pa- ram os amantes da modalidade. à semelhança da formação de Ca- piedade por petrolíferos e libolen- Abril. Em caso de igualdade, recor-
ra nove o número de angolanos Sem pressão do seu lado, o ASA, binda, orientada por Alberto de ses. A diferença pontual nestes en- re-se a uma finalíssima, dia 24 do
com o mesmo título. agora reforçado com quatro joga- Carvalho “Ginguba”. contros foi sempre superior a 20 mesmo mês.

jornal de angola

ClUBe alVi-negro do HUamBo Cria CondiÇÕeS

Petro prepara regresso ao Girabola


O vice-presidente executivo do facto de terem sido formados no nior masculina, tendo alegado na
Petro do Huambo, José Mulusi, Petro do Huambo, e que neste mo- altura que a decisão visava reorga-
disse segunda-feira à Angop, que a mento estão a disputar o torneio nizar o clube, quer na vertente ad-
direcção do clube está a preparar- Girabairro para ganharem traquejo ministrativa quer financeira, e per-
se administrativa e financeiramen- e rodagem competitiva. mitir que durante o período de au-
te para em 2012 a equipa de fute- “A nossa equipa, que vai em sência na alta competição fosse
bol regressar à alta competição, 2012 disputar o torneio de apura- formado um plantel com atletas lo-
após dois anos de ausência por de- mento à I Divisão, é uma mescla cais, identificados com a história
cisão própria. de juniores desta época e da passa- dos alvi-negros.
Segundo disse o dirigente des- da, mas com habilidades técnicas e Fundado a 5 de Janeiro de 1980,
portivo, o clube registou nestes tácticas para dignificar e honrar o na sequência da fusão entre as equi-
dois anos progressos significativos nome do clube”, frisou. pas locais do Atlético de Nova Lis-
na gestão dos recursos financeiros, Sublinhou que a meta da direc- boa e o Desportivo Sonangol, o Pe-
organização administrativa interna ção do clube é regressar ao Girabo- tro do Huambo, que em 2004 parti-
e recuperação das suas principais la dentro dos próximos três anos, cipou numa competição africana,
infra-estruturas sociais, situação mas não colocou de parte a possi- teve como melhor classificação o
que motivou os dirigentes dos alvi- bilidade de o conjunto entrar em terceiro lugar, obtido em 1984,
negros a perspectivarem o retorno 2012 no torneio de apuramento 1988, 2002 e 2003, além de ter sido
à alta competição futebolística. com ambição de lutar pela ascen- finalista vencido da primeira edi-
José Mulusi afirmou que o clube são ao Campeonato Nacional da I ção da Taça de Angola, em 1982.
está a preparar um plantel de fute- Divisão, Girabola. Em 31 anos de existência, dispu-
bolistas jovens que se identificam A direcção do Petro do Huambo tou a II Divisão em três ocasiões
Petrolíferos do Planalto Central dão primazia a atletas identificados com a sua mística com o nome da agremiação, pelo extinguiu em 2009 a sua equipa sé- (1982, 2006 e 2009).

fim de ConTraTo PiloTo alemÃo indiferenTe aoS deSaireS


Adriano e Roma
chegam a acordo
Villeneuve questiona motivação de Schumacher
Jacques Villeneuve, campeão do está em forma e rápido. Levou al- demasiado altas e afirma: dernos, ninguém vê nada, as banca-
O brasileiro Adriano e a Roma che- Mundo da Fórmula 1 em 1997, ques- gum tempo, mas não foi muito “Schumacher desiludiu”. das estão muito longe da pista e não
garam ontem a acordo para a rescisão tionou a motivação do heptacam- mau. Mas qual a sua real motiva- “Todos pensaram que ele seria um há qualquer noção de velocidade,
mútua do contrato que ligava o avança- peão Michael Schumacher para con- ção? No ano passado ele sorria e fi- segundo mais rápido que Nico Ros- os espectadores não conseguem
do ao clube romano até Junho de 2013, tinuar a correr na Fórmula 1 em 2011. cava satisfeito mesmo depois de berg (companheiro na Mercedes), perceber os riscos dos pilotos”.
confirmando-se, deste modo, o cenário Para o canadiano, Schumacher um mau resultado”, questiona o an- mas quando ele estava na Ferrari era Em relação à nova época, Ville-
que há muito era falado em Itália. desde que regressou mostrou-se in- tigo piloto ao jornal francês apenas um décimo melhor que Ru- neuve aposta em Fernando Alonso.
“Chegámos a um acordo para a res- diferente a tudo o que aconteça, seja “L’Equipe”. bens Barrichello. Com este tempo, “Ele é um touro espanhol e nada
cisão do contrato comAdriano, víncu- positivo ou negativo, considerando Villeneuve, que venceu o alemão as pessoas meteram na cabeça que pode pará-lo. Tira sempre o melhor
lo que terminava em Junho de 2013”, mesmo que o alemão “ficava satis- em 1997, analisa que, apesar de es- um décimo era um segundo”. de cada situação e mostrou que po-
pode ler-se no site oficial da Roma. feito até com os maus resultados” na tar em forma e continuar rápido, as Villeneuve aproveitou para lan- de vencer com um carro médio,
Adriano foi contratado no Verão passa- última época. “Acompanhei com expectativas do piloto da Mercedes çar críticas aos novos traçados de bem como levar a equipa para fren-
do e não apontou qualquer golo. atenção o seu regresso e ele ainda ao regressar à competição eram Fórmula 1: “Nestes circuitos mo- te por si só”.
JOrNAl de ANGOlA•Quarta-feira, 9 de Março de 2011 |desporto|39

CAMPEONATO NACIONAl dE FUTEBOl dA I dIVISÃO


NO MARSElHA

Comandante dos polícias prevê equilíbrio Jovem francesa


acusa Brandão
O técnico do Interclube disse,
de abuso sexual
PAUlO MUlAzA

ontem, à imprensa, após a primei-


ra sessão de treino no estádio 22
de Junho, que o Girabola-2011 Brandão, avançado brasileiro
vai ser difícil devido aos reforços do Marselha, foi detido por
das equipas para esta época. uma alegada agressão sexual a
“O Girabola vai ser muito equili- uma jovem, segundo avançou
brado, este campeonato é mais difí- ontem a imprensa francesa.
cil do que o anterior porque as equi- O jogador foi detido em sua
pas reforçaram-se bastante e há casa, em Cassis, nos arredores de
muitos investimentos,” afirmou Marselha, depois de uma jovem
Álvaro Magalhães o ter acusado de violação no seu
A formação do Ministério Interior carro, no passado dia 1, após
joga, no sábado, às 15h30, no Estádio uma noite numa discoteca de
Nacional de Ombaka, em Benguela, Aix-en-Provence.
com o 1º de Agosto, em partida pon- O clube reagiu na madrugada
tuável para a primeira jornada. de ontem com um curto comuni-
Os militares, que partem no sába- cado. “O OM foi informado esta
do, de manhã, para Benguela, cum- manhã pelo jogador Brandão da
prem o segundo de três jogos de casti- sua incapacidade para estar pre-
go, que os impede de actuar em casa. sente no clube, hoje. O Olympi-
O castigo deve-se a escaramuças que não fará qualquer comentá-
registadas, na época passada, na rio sobre este assunto de carác-
partida com o Kabuscorp. ter privado e recorda a necessi-
O Girabola começa na sexta-fei- dade de respeito pela presunção
ra, às 18h00, no estádio dos Coquei- Formação do Ministério do Interior está apostada em iniciar a defesa do título com a conquista dos três pontos na primeira ronda da prova de inocência”. A Polícia, por seu
ros, na capital, com o jogo Benfica lado, anunciou a abertura de um
de Luanda-FC Bravos do Maquis. da. Não se ganha o campeonato no O Interclube trabalha apenas ho- sagens e repouso aconselhado pelo inquérito preliminar.
Sobre o desafio com os militares, primeiro jogo, vamos tentar ser a je em regime bidiário (manhã e tar- corpo clínico. Brandão, de 30 anos, chegou
Álvaro Magalhães disse que vai equipa mais regular,” referiu. de) no Rocha Pinto, onde começa a O avançado Patrick está recupe- ao Marselha em Dezembro de
enfrentar um candidato ao título, O português mostrou-se preocu- esboçar os pormenores da partida e rado do problema da virilha e ontem 2008, proveniente dos ucrania-
mas que espera ter um conjunto pado com algumas baixas de forma longe do olhar da imprensa. treinou sem limitações com os cole- nos do Shakhtar Donetsk. Na
forte para o jogo. desportiva dos jogadores mais in- Álvaro Magalhães recuperou, gas durante cerca de duas horas. época passada somou oito golos
“O Interclube vai começar do ze- fluentes da sua equipa, mas evitou ontem, de manhã, os jogadores da A equipa médica dos Polícias ga- em 30 jogos da liga francesa,
ro e contra uma equipa que é candi- particularizar os casos. fatiga do desafio de domingo. rantiu à imprensa que o “capitão” mas esta época soma apenas um
data ao título, uma das principais “Este ano vamos procurar iniciar No aspecto clínico, o extremo Minguito está apto para o desafio golo nas 19 partidas em que
favoritas, pelo investimento que o campeonato com muita confian- Kadima, que ascendeu esta tempo- de sábado, em Benguela. O médio participou, outro na Taça de
fez em reforços de qualidade. É ça e recuperar rapidamente alguns rada à equipa principal, queixa-se contraiu a lesão na coxa esquerda França e outros dois nas compe-
uma formação forte e com adeptos jogadores que ainda não estão na de algumas dores no joelho direito. no estágio, realizado em Janeiro, tições europeias.
fantásticos, mas é a primeira jorna- melhor forma desportista”, disse. O jogador está a fazer apenas mas- no Brasil.

PAUlO MUlAzA dRUlOVIC PROMETE RECUPERAR MÍSTICA dO ClUBE

Equipa militar aposta no clássico


ArMINdO PereIrA| PAUlO MUlAzA

O 1º de Agosto regressa hoje, às


15h30, ao campo do RI 20, para
preparar o jogo de estreia no Gira-
bola, no sábado, diante do Inter-
clube, campeão em título.
Apesar do encontro estar agen-
dado para a cidade de Benguela,
no Estádio de Ombaka, os milita-
res pretendem começar com vitó-
ria a luta pela conquista do título
que foge das suas hostes desde
2006, ano que superou a concor-
rência sob comando de Jan Brou-
wer. Para a presente época, Lju-
binko Drulovic prometeu recupe-
rar a mística do clube central das
Forças Armadas Angolanas, com a Jogadores que estiveram ao serviço dos Palancas Negras no CHAN disputam lugar no onze
Minguito acelera a recuperação para ajudar os colegas no desafio com os rubro e negros conquista do troféu.
A jogar na condição de dono da ca- a recuperação de Mingo Bille, Da- presidente para o futebol.
PARA O JOGO EM BENGUElA sa, o 1º de Agosto actua fora de Luan- ni Massunguna, Chiwe e João Álvaro Queiroz “Sanção” diri-
da, em função do castigo imposto pe- Martins, que se encontravam sob gente afirmou que o recinto para a

Campeão está moralizado lo concelho de disciplina da Federa-


ção Angolana de Futebol, devido a
desacatos protagonizados pelos seus
cuidados do departamento clínico.
Face à proximidade do encontro e à
recuperação dos jogadores, a partida
disputa do encontro ainda não está
definido. “O 1º de Agosto solicitou
o Estádio de Ombaka por ser o que
ANTÓNIO CrISTÓVÃO| timo desafio”. Joãozinho, ex-de- adeptos, na recta final da época tran- amistosa com o Progresso do Sambi- maior capacidade tem para acolher
fesa central do 1º de Agosto, pro- sacta, frente ao Kabuscorp do Palan- zanga para apresentação do plantel um encontro desta dimensão, mas
Os atletas do Interclube garanti- meteu dar o máximo para vencer a ca, no Estádio da Cidadela. aos sócios e adeptos foi adiada. A di- ainda não temos a confirmação”.
ram, ontem, à imprensa, que estão antiga equipa: Satisfeito com o desempenho recção do 1º de Agosto vai apresen- “ Mas foi o recinto que solicita-
moralizados para o desafio de sá- “Vou reencontrar alguns colegas dos jogadores contratados para re- tar a equipa no derby diante dos po- mos, uma vez que há muitos adeptos
bado, em Benguela, a contar para a com quem joguei durante muitos forçar o plantel, embora ainda não lícias, uma vez que está prevista a que se deslocam de Luanda para
primeira jornada do Girabola, mas anos, mas agora estou a representar tenha definido o onze que vai de- deslocação de numerosos adeptos Benguela, quer do 1º de Agosto, quer
reconhecem as dificuldades que os o Interclube e vou procurar dar o frontar os polícias, Drulovic pas- rubro e negros a Benguela, como do Interclube, sem contar com os re-
esperam diante do 1º de Agosto. máximo para sair vencedor”. sou a ter menos preocupações face disse, ao nosso jornal, o seu vice- sidentes daquela cidade ”, referiu.
O médio Nari disse que se está a O central sublinhou que os mili-
trabalhar para ganhar ao conjunto tares têm em Benguela uma grande
do Rio Seco: “Estamos a preparar- falange de apoio. ÁGUIAS dA lUz AlTERNAM VITÓRIAS E dERROTAS
nos bem para o jogo de sábado. O “Vai ser um jogo difícil, mas
desafio vai ser muito difícil porque
o 1º de Agosto está moralizado e
também quer uma vitória”.
vamos procurar começar com
êxito a defesa do título”, disse, re-
conhecendo:
Benfica de Lisboa há um ano sem empates
Paty, o outro médio do Interclube, “Vamos ter muitas dificuldades O Benfica de Lisboa pode cum- primeira-mão dos oitavos-de-final Das 40 vitórias, 24 foram para o
também reconheceu dificuldades: em Benguela porque o 1º de Agosto prir, na quinta-feira, na Luz, fren- da Liga Europa. Maxi Pereira e campeonato de Portugal, onde se
“É um jogo bastante difícil, já tem lá muitos apoiantes”. te ao Paris Saint-Germain, um Ben Arfa marcaram os golos. registou, igualmente, o maior nú-
que conta para a primeira jornada O médio Zé Augusto disse que se ano sem empates em todas as pro- Desde então, segundo o levanta- mero de derrotas, isto é, seis, cinco
do campeonato. O Interclube é o sente bem na formação da Polícia vas, num total de 52 jogos oficiais mento de dados efectuado pela das quais já esta temporada.
campeão nacional e sabemos das Nacional: disputados. agência Lusa, os encarnados soma- Na Liga, o último empate data de
dificuldades que nos esperam, “Estou a representar o Interclube O último empate foi em 11 de ram 40 vitórias e 12 derrotas, sendo 6 de Fevereiro de 2010, quando não
mas vamos para o jogo com a ca- e defrontar o 1º de Agosto é um or- Março de 2010, em casa, frente ao que na Taça de Portugal e na Taça foi além de um 1-1, no estádio do
beça erguida para realizar um óp- gulho. Vamos tentar vencer o jogo”. Marselha, também a contar para a da Liga só sabem o que é vencer. Bonfim, em Setúbal.
40 Jornal de angola•Quarta-feira, 9 de Março de 2011

Costa do MarFiM inaMet adverte


Chuvas fortes

Gbagbo procura controlar em previsão


O INAMET anunciou a existência de
um sistema de baixas pressões com

exportação de cacau e café


grandes perturbações climáticas que,
nas próximas 48 horas, podem in-
fluenciar e criar grande instabilidade
no estado do tempo sobre as províncias
do Bengo, Luanda, Kwanza-Sul e Ben-
guela. O INAMETprevê, a partir do dia
10 de Março pela manhã, tarde e princí-
o governo nomeado pelo Pre- Bruto (PIB). A Costa do Marfim é da-feira num ataque de rebeldes feridos, muitos desabrigados, in- pio da noite, períodos de chuvas fortes,
sidente da Costa do Marfim, lau- o maior produtor de cacau do mun- contra uma área favorável ao pre- cluindo 700 pessoas que estão sob com ou sem trovoadas, nas quatro pro-
rent gbagbo, anunciou que se do e o bloqueio às exportações de- sidente Laurent Gbagbo. protecção da Igreja Católica”, afir- víncias, mas com maior incidência para
reserva o direito exclusivo da cretado por Alassane Ouattara pro- De acordo com o ministério do ma o comunicado oficial. Luanda, Bengo e Kwanza-Sul. A previ-
compra e exportação de cacau e vocou um aumento dos preços nos Interior, o vilarejo de Anokua Ku- Desde Fevereiro, a violência au- são de precipitação do INAMET é igual
café, dois principais produtos do mercados internacionais. teh, situado no município de Abo- mentou na região de Abobo, com ou superior a 50 milímetros em 24 ho-
país, cuja venda no exterior alas- Sobre a violência no país, o Go- bo, foi atacado por rebeldes. “O confrontos entre as forças oficiais ras, o que representa um grande risco
sane ouattara tenta controlar. verno informou que três pessoas ataque criminoso, infelizmente, de Laurent Gbagbo e militantes para a população residente nestas pro-
Com o decreto do Presidente morreram na madrugada de segun- provocou três mortes e deixou 30 aliados a Alassane Ouattara. víncias e para as infra-estruturas.
Gbagbo, divulgado ontem em
Abidjan, a Costa do Marfim volta
ao regime anterior a 2000, quando adp “banqUeiro dos Pobres”
o Estado tinha um fundo de estabi-
lização dos preços dos produtos tribunal de recurso
agrícolas que lhe permitiu contro-
lar todo o processo de comerciali- confirma demissão
zação do café e do cacau.
A ordem é uma resposta à inten- A justiça de Bangladesh confir-
ção de Ouattara, considerado por mou ontem a demissão de Muham-
alguns países presidente eleito, de mad Yunus, Prémio Nobel da Paz e
proibir as exportações de café e ca- pioneiro dos microcréditos, do Gra-
cau, para asfixiar financeiramente meen Bank, o banco de microcrédi-
as forças armadas nacionais, co- tos que ele próprio fundou há mais
mandadas por Gbagbo, que sofre de 30 anos. “Yunus continuou no
de um embargo comercial do Oci- cargo sem base legal e por isto o seu
dente sobre esses produtos. pedido é negado”, declarou o juiz do
O Governo chefiado por Laurent tribunal de recurso, Muhamad
Gbagbo, na Presidência desde Mamtaj Udin Ahmed.
2000, espera recuperar o controlo A 2 de Março, dia do anúncio da
neste sector vital da economia da demissão, Muzammel Huq, presi-
Costa do Marfim, que representa dente do banco, afirmou que Yunus,
40 por cento das receitas do país e de 70 anos, violou uma cláusula do
20 por cento do Produto Interno estatuto de fundação do Grameen
Produtores de cacau da Costa do Marfim atribuem os prejuízos que estão a sofrer às sanções aplicadas pela União europeia Bank, que data de 1983, em referên-
cia às condições da nomeação do di-
rector geral. Yunus, considerado um
brilhante economista, fundou em
nigÉria brasileiro brandão 1976 o banco Grameen, primeiro do

Jogador do Marselha é preso


mundo que concedeu microcréditos
opositor acusado a pessoas totalmente insolventes.

de fazer atentado
FaMília real
Abdluahi Lado, um candidato
do partido da oposição Congresso
para a Mudança Progressiva
(CPC) à Câmara da Assembleia do
Estado do Níger, no norte da Nigé-
por causa de agressão sexual
o atacante brasileiro brandão, que de Marselha (OM) divulgou uma investigação preliminar. “O
William e noiva
visitam belfast
ria, foi acusado de cumplicidade do clube olympique de Marse- um breve comunicado em que evi- Olimpique de Marselha foi infor- O príncipe William e a sua noiva,
no atentado da semana passada lha, foi preso ontem por causa de ta fazer comentários sobre o caso. mado esta manhã pelo jogador Kate Middleton, desembarcaram
que fez pelo menos 10 mortos e um suposto caso de agressão A procuradoria francesa abriu Brandão da sua impossibilidade ontem em Belfast para a primeira
vários feridos. sexual contra uma jovem, infor- de se apresentar ao clube hoje. O visita conjunta à Irlanda do Norte,
O atentado ocorreu durante um mou o jornal desportivo francês reuters Olympique de Marselha não fará cercados por um grande dispositi-
comício do Partido Popular De- “l’Équipe”, publicado em Paris. nenhum comentário sobre este as- vo de segurança.
mocrático (PDP, no poder) em Su- O jogador foi detido na sua casa sunto de carácter privado e lembra A sete semanas do casamento, o
leja. Na audiência, o magistrado em Cassis, próximo de Marselha, a necessidade do respeito da pre- futuro casal real foi recebido por
Tanko Muhammad ordenou a de- depois de uma jovem o ter acusado sunção de inocência”, indica a no- uma pequena multidão entusias-
tenção provisória de Abdluahi La- de violentá-la no seu carro quando ta do clube. mada na câmara municipal da cida-
do até 18 de Abril - dois dias após a o atacante a levava para casa depo- No dia seguinte em que ocorreu a de. A visita de Kate, 29 anos, e Wi-
eleição em que ele deve participar. pis de sair de uma casa nocturna em agressão, Brandão discutiu com lliam, 28, dura apenas um dia. A
Abdluahi Lado deve responder Aix-en-Provence, na noite do dia 1 um apoiante durante o treino. polícia isolou as áreas visitadas pe-
perante a justiça por seis delitos de de Março. “Brandão é catastrófico”, gritou o lo casal e atiradores de elite foram
homicídio, ferimentos, agressão, Em declarações ao “L’Équipe”, adepto ao brasileiro. Logo depois, postos em pontos estratégicos na
distúrbio da ordem pública, inti- a advogada de Brandão, Patricia o jogador respondeu: “cala a boca”, capital desta província britânica
midação criminal e posse de armas Clusan, disse que o seu cliente ne- como foi divulgado num vídeo do que, apesar dos acordos de paz de
nocivas e mortais. ga os factos. “O jogador nega ab- jornal “La Provence”. 1998, que acabaram com três déca-
A imprensa nigeriana informou solutamente a agressão sexual”, Brandão, de 30 anos, chegou ao das de violência entre católicos re-
ontem em Lagos que quatro outros disse a advogada, que acrescentou Olympique de Marselha em De- publicanos e protestantes leais à
suspeitos de agirem em cumplici- que “Brandão é uma celebridade zembro de 2008, transferido do coroa britânica, ainda regista epi-
dade com Lado estão em fuga. em Marselha”. O clube Olympi- Jogador nega ter violentado a jovem Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. sódios de violência esporádica.
PUbliCidade

FUtebol
Kaká ausente por lesão no joelho
O meio-campista brasileiro Ka- Racing de Santander. A equipa
ká, do Real Madrid, vai ficar 15 médica do clube Real Madrid re-
dias sem jogar devido a “um ligei- comendou que o jogador brasilei-
ro edema na parte lateral externa ro fique ausente dos relvados por
do seu joelho esquerdo”, infor- um período de duas semanas.
mou um boletim médico divulga- O “craque” brasileiro, portanto,
do ontem no site oficial do clube não vai disputar as partidas do
madrileno. Real Madrid contra o Hércules e o
Depois do jogo do Real Madrid Atlético de Madrid, para o Cam-
com o Deportivo La Coruña, Ka- peonato Espanhol, e o jogo contra
ká queixou-se de dores no joelho a equipa francesa do Olympique
esquerdo, que o impediram de ser de Lyon, para a Liga dos Cam-
escalado para o desafio contra o peões da Europa.

Interesses relacionados