Você está na página 1de 12

ALUNO(A): / 05/2021

FRENTE: CALORIMETRIA
2022021
CONTEÚDO: TEMPERATURA/CALOR

1- (UERJ 2020) Com o aumento do efeito estufa, a temperatura, expressa na escala Fahrenheit,
chuva ácida pode atingir a temperatura de 250 ºC. Na corresponde a
escala Kelvin, esse valor de temperatura corresponde a) –102 ºF.
a: b) –68 ºF.
a) 212 c) –292 ºF.
b) 346 d) –324 ºF.
c) 482 e) –412 ºF.
d) 523
3- (FIP-Moc Medicina 2020/1) Um médico,
2- (Albert Einstein 2020) Leia o texto para responder à
fundamentando-se no fato de que, nos pulmões, o ar
questão.
atinge a temperatura do corpo e que, ao ser exalado,
A NASA anunciou para 2026 o início de uma missão
tem temperatura inferior à do corpo, indicou exames
muito esperada para explorar Titã, a maior lua de
Saturno: a missão Dragonfly. Titã é a única lua do
laboratoriais para um paciente com problemas
Sistema Solar que possui uma atmosfera significativa, respiratórios. Nesse laboratório, por meio de medições
onde haveria condições teóricas de geração de formas realizadas, obtiveram a função T(x) = 9,5 + 0,75x , em
rudimentares de vida. Essa missão será realizada por que T(x) representa a medida da temperatura do ar
um drone porque a atmosfera de Titã é bastante exalado pelo paciente, e x representa a medida da
densa, mais do que a da Terra, e a gravidade é muito temperatura do ambiente. Em certo momento, a
baixa, menor do que a da nossa Lua. medida da temperatura do ar exalado pelo paciente foi
(“NASA lançará drone para procurar sinais de vida na lua Titã”. 32º C.
www.inovacaotecnologica.com.br, 28.06.2019. Adaptado.)
Nesse momento, a medida da temperatura ambiente foi
O gráfico mostra a relação entre as temperaturas de igual a:
um mesmo corpo, lidas nas escalas Fahrenheit (θF) e a) 29,2º C.
Celsius (θC). b) 32,8º C.
c) 30º C.
d) 25° C.
e)31,6º C

4- (USS 2019/2) Na escala termométrica de Römer,


proposta pelo cientista Ole Römer, o ponto de fusão
do gelo é 8°R e o de ebulição da água é 60°C. A
relação entre as temperaturas na escala Celsius (tc) e
na escala Römer (tR) é:
Assim, sabendo que a temperatura média na superfície
de Titã é de aproximadamente –180 ºC, essa
e) A condução térmica pode ser observada no
a)
aquecimento de uma colher, à temperatura ambiente,
quando esta é colocada em contato com uma panela no
fogo, por certo intervalo de tempo.

b) 9- (UEMA 2018) Barreirinhas-MA é uma cidade


muito bela, conhecida pelos seus atrativos turísticos.
c) tc -25 = tR - 60 Dentre esses atrativos, um deles são as suas praias.
d) tc = tR + 60 Quando vamos às praias, ficamos expostos à radiação
solar UVA e UVB. Estes raios são nocivos à pele
5- (Unit-AL Medicina 2° Dia 2019/1) O ser humano é
capaz de manter uma temperatura corporal constante,
humana, por isso é essencial o uso de protetor solar.
independente do meio ambiente, sendo esta Os raios solares UVA e UVB chegam até a superfície
temperatura preservada num limite estreito de 33,0 a da Terra por meio de um mecanismo de transferência
42,0°C. A alteração dessa temperatura é considerada, de calor denominado
claramente, um indicador de doença, e o controle da a) compressão.
temperatura corporal se dá por um processo fisiológico b) convecção.
chamado termorregulação. c) irradiação.
Considerando-se que foi medida a temperatura de um d) condução.
paciente e se obteve a indicação de 40,0°C, então se e) dilatação.
fosse utilizado um termômetro na escala Fahrenheit, a
indicação correspondente, em °F, é igual a 10 – (FUVEST 2018) Um fabricante de acessórios de
a) 104,0 montanhismo quer projetar um colchão de espuma
b) 97,0 apropriado para ser utilizado por alpinistas em regiões
c) 84,0 frias. Considere que a taxa de transferência de calor ao
d) 78,0 solo por uma pessoa dormindo confortavelmente seja
e) 65,0 90 kcal/hora e que a transferência de calor entre a
pessoa e o solo se dê exclusivamente pelo mecanismo
6- (Unifor CE/02-Prova-Específica) A escala Reamur de de condução térmica através da espuma do colchão.
temperatura, que hoje está em desuso, adotava para
Nestas condições, o gráfico representa a taxa de
o ponto de gelo 0°R e para o ponto de vapor 80°R. A
transferência de calor, em J/s, através da espuma do
indicação que, nessa escala, corresponde a 86°F é
colchão, em função de sua espessura, em cm.
a) 16°R b) 20°R c) 24°R d) 36°R e) 48°R

7- (Unifor CE/janeiro) Uma certa massa de gás


perfeito sofre uma transformação isobárica e sua
temperatura varia de 293K para 543K. A variação da
temperatura do gás, nessa transformação, medida na
escala Fahrenheit, foi de
a) 250°
b) 273°
c) 300°
d) 385°
e) 450°
Considerando 1 cal = 4 J, a menor espessura do
8- (UPE 2º Fase 1º Dia SSA 2019) Sobre o estudo da colchão, em cm, para que a pessoa durma
confortavelmente é
Propagação do Calor, assinale a alternativa
CORRETA. a) 1,0.
a) A condução térmica pode ser observada em um b) 1,5.
balão provido de maçarico, para aquecer o ar em seu c) 2,2
interior, fazendo-o subir. d) 2,8
b) A condução térmica pode ser observada no estudo e) 3,9
meteorológico de frentes de ar quente e fria, nos
continentes, vindas do mar. 11- (UNICAMP 2019) Drones vêm sendo utilizados
c) A radiação térmica não afeta no processo de por empresas americanas para monitorar o ambiente
dilatação dos materiais na Terra, uma vez que a subaquático. Esses drones podem substituir
energia vem de muito longe, do Sol, fazendo-o perder mergulhadores, sendo capazes de realizar mergulhos
força. de até cinquenta metros de profundidade e operar por
d) A radiação térmica ocorre apenas do Sol para a até duas horas e meia.
Terra. Em nenhum outro evento da natureza, ocorre tal
situação.
III – Em um planeta hipotético em que não haja
fluidos, as transferências de calor só podem ocorrer
pelos processos de condução e radiação.
IV – Residências equipadas com janelas duplas (duas
placas de vidro separadas por um espaço com gás
argônio) podem contribuir para o conforto térmico do
local, uma vez que esse gás dificulta a propagação do
calor por condução.
Em relação às proposições analisadas, assinale a única
Leve em conta ainda os dados mostrados no gráfico alternativa cujos itens estão todos corretos:
anterior, referentes à temperatura da água (T) em a) I e II.
função da profundidade (d). Considere um volume b) I e III.
cilíndrico de água cuja base tem área A =2m2 a face c) II e III.
superior está na superfície a uma temperatura d) III e IV.
constante TA e a face inferior está a uma profundidade
d a uma temperatura constante TB como mostra a 13- (OBF Nivel 2 2015) Considerando o processo de
figura a seguir. Na situação estacionária, nas condução, tome uma barra de Liga 1 que está em
proximidades da superfície, a temperatura da água contato térmico com uma barra de Liga 2 com o
decai linearmente em função de d, de forma que a taxa mesmo comprimento e área. Para fins experimentais a
de transferência de calor por unidade de tempo (Φ), extremidade livre da barra de Liga1 é mantida à
por condução da face superior para a face inferior, é temperatura de 80oC e a extremidade livre da barra de
aproximadamente constante e dada Liga 2 é mantida a 30oC. Qual a temperatura
aproximada na junção, considerando o regime
por em que é a estacionário e que o meio externo não interfira no
condutiva térmica da água. Assim, a razão é processo? Considere k1 = 320 J/m.s.oC e k2= 440
constante para todos os pontos da região de queda J/m.s.oC, onde k e k2 são os coeficientes de
linear da temperatura da água mostrados no gráfico condutibilidade térmica das Ligas 1 e 2
apresentado. respectivamente. (Parte do texto adaptado:
Utilizando as temperaturas da água na superfície e na wikipedia.org/wiki/Condução térmica).
profundidade d do gráfico e a fórmula fornecida,
conclui-se que, na região de queda linear da
temperatura da água em função de d, Φ é igual a

a) 20,4 oC
b) 32,8 oC
c) 42,2 oC
d) 51,1 oC
e) 58,8 oC

14- (UNIFOR 2ª Fase 2014/1) Em 2010 o Prêmio


a) 0,03 W. Nobel de Física foi dado a dois cientistas de origem
b) 0,05 W. russa, André Geim e Konstantin Novoselov, por
c) 0,40 W. descobrirem em 2004 o grafeno, uma forma
d) 1,20 W. revolucionária do grafite. O grafeno apresenta vários
aspectos positivo para a tecnologia de hoje, sendo uma
12- (UnirG 2018/1) O calor pode ser transferido de um delas o melhor condutor de calor. Analise as
local ou de um objeto para outro por meio de três afirmações abaixo sobre os processos de propagação
processos: condução, convecção e radiação. A respeito de calor.
do fenômeno de trocas de calor, analise as afirmativas I – Convecção: É o processo de transmissão de energia
a seguir: térmica feita de partícula para partícula sem que haja
I – Quando dois corpos sólidos de tamanho, massa e transporte de matéria de uma região para outra.
temperatura diferentes entram em contato, a energia II – Condução: É o processo de transmissão de energia
térmica é transferida, por condução, do objeto de térmica feita por meio do transporte da matéria de uma
massa maior para o objeto de massa menor. região para outra.
II – A energia transferida do Sol para a Terra se dá III – Radiação: É o processo que consiste na
pelo processo de propagação por convecção térmica, transmissão de energia térmica por meio de ondas
através de ondas eletromagnéticas. eletromagnéticas. Ocorre tanto no vácuo quanto em
outros meios materiais.
Analisando as afirmações, é CORRETO apenas o que e) 280 g.
se afirma em:
a) I 17- (ETEC 2020) Leia o texto para responder à
b) II questão
c) III Uma das consequências das trocas de calor, que
d) I e III ocorrem durante uma transformação química realizada
e) II e III em meio aquoso, é a variação de temperatura do
sistema. Se o sistema receber calor, esse sofrerá um
15- (UFAM PSC 2016/2) Quando necessário, utilize as aumento de temperatura e, se ceder calor, terá queda
constantes para a água: de temperatura.
𝜌 = 1,0𝑔 𝑐𝑚3; 𝑐 = 1,0𝑐𝑎ℓ 𝑔℃. Durante uma reação química realizada em meio
Quando necessário, adote o valor de 340𝑚 𝑠 para a aquoso, observa-se a variação da temperatura do
velocidade do som no ar. sistema de 22 ºC para 28 ºC.
Quando necessário, adote a equivalência: É possível calcular a quantidade de calor trocada em
1,0𝑐𝑎ℓ = 4,2 𝐽. um sistema por meio da relação matemática:
. Considere as seguintes afirmativas sobre os Q = m · c · ΔT. Essa relação é conhecida como a
mecanismos de transferência de calor: Equação Fundamental da Calorimetria e mostra que o
I. Em regime estacionário, a transferência de calor por calor trocado (Q) depende da massa (m), do calor
condução num material homogêneo é diretamente específico (c) e da variação de temperatura do corpo
proporcional à área da seção transversal, à diferença de (ΔT).
temperatura entre os extremos e inversamente Sabendo que a massa da solução referida no texto é
proporcional à espessura da camada considerada do 100 g e considerando o calor específico como 1 cal/g ·
material homogêneo. ºC, a quantidade de calor trocada nesse processo é
II. O processo de convecção ocorre em fluidos a) 60 calorias.
(líquidos e gases), e independe de o meio ser bom ou b) 600 calorias.
mal condutor de calor. c) 2 200 calorias.
III. A convecção atmosférica desempenha papel d) 2 800 calorias.
fundamental na formação de padrões climáticos e) 5 000 calorias.
globais e nas variações do tempo em curto prazo. Os
pilotos de asa delta procuram notar o comportamento 18- (FAMECA 2020) A figura mostra um trocador de
de pássaros como os urubus que usam as correntes de calor, cuja finalidade é propiciar a transferência de
convecção de ar quente (as térmicas) para ficarem por calor entre dois fluidos, no caso água e óleo,
mais tempo no ar. inicialmente a temperaturas diferentes.
IV. No processo de transferência de calor por radiação,
a energia é emitida por um corpo e se propaga até o
outro através do espaço que os separa. Este espaço não
precisa de matéria, ou seja, a radiação ocorre no vácuo,
além dos meios materiais.
Assinale a alternativa correto.
a) Somente as afirmativas I, II, e III estão corretas. Suponha que a água possua temperatura inicial de 20
b) Somente as afirmativas I, III e IV estão corretas. °C, flua pelo equipamento na razão de 100 kg/min e
c) Somente as afirmativas II, III e IV estão corretas. saia com temperatura de 40 °C. Admita que o óleo
entre no equipamento a 90 °C, flua na razão de 105
d) Somente as afirmativas II e IV estão corretas.
e) Todas as afirmativas estão corretas. kg/min e saia a 50 ºC.
Considerando que o calor específico da água seja 4,2 ×
16- (FAMERP 2020) Colocou-se certa massa de água 103 J/(kg ⋅ °C) e desprezando as perdas de calor dos
a 80 ºC em um recipiente de alumínio de massa 420 g fluidos para as diversas partes do equipamento, o calor
que estava à temperatura de 20 ºC. Após certo tempo, a específico do óleo vale
temperatura do conjunto atingiu o equilíbrio em 70 ºC. a) 3,2 × 103 J/(kg · ºC).
Considerando que a troca de calor ocorreu apenas b) 2,8 × 103 J/(kg · ºC).
entre a água e o recipiente, que não houve perda de c) 2,0 × 103 J/(kg · ºC).
calor para o ambiente e que os calores específicos do d) 3,6 × 103 J/(kg · ºC).
alumínio e da água sejam, respectivamente, iguais a e) 2,4 × 103 J/(kg · ºC).
9,0 × 102 J/(kg ⋅ ºC) e 4,2 × 103 J/(kg ⋅ ºC), a
quantidade de água colocada no recipiente foi 19- (UERJ 2018/2) Para explicar o princípio das trocas
de calor, um professor realiza uma experiência,
a) 220 g.
b) 450 g. misturando em um recipiente térmico 300 g de água a
c) 330 g. 80 °C com 200 g de água a 10 °C. Desprezadas as
d) 520 g. perdas de calor para o recipiente e para o meio externo,
a temperatura de equilíbrio térmico da mistura, em °C, manter o forno ligado por 14 min, verifica-se que a
é igual a: água atinge a temperatura de 50 °C. O forno é então
a) 52 desligado e dentro do vasilhame d'água é colocado um
b) 45 corpo de massa 1 kg e calor específico c = 0,2 cal/g
c) 35 .°C, à temperatura inicial de 0 °C. Despreze o calor
d) 28 necessário para aquecer o vasilhame e considere que
a potência fornecida pelo forno é continuamente
20- (Mackenzie Manhã 2019/1) Anelise lava a sua absorvida pelos corpos dentro dele. O tempo a mais
garrafa térmica com água filtrada, à temperatura de que será necessário manter o forno ligado, na mesma
potência, para que a temperatura de equilíbrio final do
20⁰C. Coloca então, na garrafa, uma porção de 200g de
conjunto retorne a 50 °C é:
café que acabara de coar, a uma temperatura inicial θ0.
a) 56 s
Considerando-se a capacidade térmica da garrafa 100
b) 60 s
cal/⁰C, o calor específico sensível do café 1,0 cal/g⁰C c) 70 s
e, após algum tempo, a temperatura de equilíbrio do d) 280 s
sistema garrafa/café ter atingido 60⁰C, pode-se afirmar e) 350 s
que o valor de θ0, em ⁰C, é
a) 30 24- (UFPR) Uma montanhista utiliza em suas
b) 40 escaladas uma caneca com massa igual a 100 g e feita
c) 60 de um material com calor específico de 910 J/(kg·ºC).
d) 70 Num certo momento, ela coloca 200 g de chá à
e) 80 temperatura inicial de 80 ºC em sua caneca, que se
encontra à temperatura ambiente de 10 ºC. Despreze
21- Pretende-se aquecer e ferver uma amostra de a troca de calor com o ambiente e considere que o
meio litro de água pura, mantida inicialmente na calor específico do chá é igual ao da água, isto é, 1,0
temperatura de 25 ºC, fazendo-se uso de um cal/(g·ºC). Determine a temperatura do chá após o
aquecedor elétrico com potência nominal de 1000 sistema ter atingido o equilíbrio térmico.
Watts. Sabendo-se que o volume de água a ser a) 78 °C
aquecido está acondicionado em um recipiente isolado b) 73 °C
do ambiente, cuja capacidade térmica vale 360 J/ºC e c) 63 °C
que o calor específico da água é igual a 4180 J/(kg d) 58 °C
ºC), o tempo necessário para iniciar o processo de e) 45 °C
vaporização da amostra de água é de
aproximadamente: 25- (UNESP – 2011/2) Uma bolsa térmica com 500 g
a) 3 minutos de água à temperatura inicial de 60 ºC é empregada
b) 30 minutos para tratamento da dor nas costas de um paciente.
c) 30 segundos Transcorrido um certo tempo desde o início do
d) 10 minutos tratamento, a temperatura da água contida na bolsa é
e) 1 hora de 40 ºC. Considerando que o calor específico da água
é 1 cal/(g·ºC), e supondo que 60% do calor cedido
22- Um jovem ao ser aprovado para estudar no IFCE, pela água foi absorvido pelo corpo do paciente, a
resolve fazer um churrasco e convidar seus amigos e quantidade de calorias recebidas pelo paciente no
familiares para um almoço. Ao colocar as latinhas de tratamento foi igual a
refrigerante no congelador, tem receio de que elas a) 2 000.
congelem e, por isso, deseja estimar o tempo para b) 4 000.
que atinjam a temperatura desejada. c) 6 000.
O tempo para que 10 latinhas de 330 ml de d) 8 000.
refrigerante sofram uma variação na temperatura de e) 10 000.
25ºC é aproximadamente:
Dados: 26- Uma barra de cobre com massa de 200 g,
-Fluxo de Calor total entre latinhas de refrigerante e o inicialmente a 230°C, é colocada dentro de um
congelador= 150cal/min. recipiente que contém 200 g de água, inicialmente a
-Densidade do refrigerante = 1g/ml 20°C. Sabendo que a temperatura final do equilíbrio
- Calor específico do refrigerante = 1 cal/gºC térmico é de 25°C e que o recipiente e a água
a) 2h02min encontram-se na mesma temperatura, determine a
b) 8h30min capacidade térmica do recipiente em cal/°C. DADOS:
c) 6h15min Calores específicos: cCOBRE = 0,03 cal/g°C; cÁGUA = 1
d) 3h05min cal/g°C
e) 9h10min a) 26 b) 36 c) 46 d) 56 e) 66

23- (FUVEST-SP) Num forno de microondas é colocado 27- Um conjunto de placas de aquecimento solar eleva
um vasilhame contendo 3 kg d'água a 10 °C. Após a temperatura da água de um reservatório de 500
litros de 20 ºC para 47 ºC em algumas horas. Se no m = 200 g, a uma temperatura de 30 °C, é colocada em
lugar das placas solares fosse usada uma resistência uma calorímetro junto a 150 g de gelo a 0 °C. Após atingir o
elétrica, quanta energia elétrica seria consumida para equilíbrio, dado que o calor específico da água é c = 1,0
cal/(g . °C) e o calor latente de fusão do gelo é L = 80cal/g,
produzir o mesmo aquecimento? Adote 1,0 kg/litro
calcule a temperatura final do sistema.
para a densidade e 4,0 kJ/(kg∙ ºC) para o calor
a) 10 °C b) 15 °C c) 0 °C d) 30 °C e) 60 °C
específico da água. Além disso, use 1 kWh = 103 W x
3.600 s = 3,6 x 106 J. 32- (Albert Einstein 2017/2) Quando necessário, adote:
a) 15 kWh. • módulo da aceleração da gravidade: 10 m.s-2
b) 26 kWh. • densidade do ar: 1,2 kg/m3
c) 40.000 kWh. • calor específico do ar: 0,24 cal.g-1. °C-1
d) 54.000 kWh • 1cal = 4,2 J
• permeabilidade magnética do meio: μ=4.π.10-7 T.m/A
28- G1 - IFSUL 2015) Em um calorímetro ideal, • valor de pi: π=3
misturam-se certa massa de água no estado sólido Nos veículos com motores refrigerados por meio líquido, o
(gelo) com certa massa de água no estado líquido. O aquecimento da cabine de passageiros é feito por meio da
comportamento da Temperatura (T) em função da troca de calor entre o duto que conduz o líquido de
Quantidade de Calor (Q) para essa mistura é arrefecimento que circula pelo motor e o ar externo. Ao
final, esse ar que se encontra aquecido, é lançado para o
representado no gráfico.
interior do veículo. Num dia frio, o ar externo, que está a
uma temperatura de 5°C, é lançado para o interior da
cabine, a 30°C, a uma taxa de 1,5L/s. Determine a potência
térmica aproximada, em watts, absorvida pelo ar nessa troca
de calor.

Sabe-se que esse conjunto está submetido à pressão


de 1 atm, que o Calor Latente de Fusão do gelo é
LF=80cal/g, que o Calor Específico do Gelo é
cgelo=0,5cal/goC e que o Calor Específico da água é
cágua=1,0cal/goC. Qual é a massa de água no estado a) 20 b) 25 c) 45 d) 60
líquido no equilíbrio térmico?
A)50g B) 100g C) 150g D) 300g 33- (UNICAMP 2018) Materiais termoelétricos são aqueles
com alto potencial de transformar calor em energia elétrica.
A capacidade de conversão de calor em eletricidade é
29- Em um calorímetro de capacidade térmica
desprezível, foi misturado 1kg de água a 40 °C e 500 g
quantificada pela grandeza , que é adimensional e
de gelo a −10°C. Após o equilíbrio térmico, a massa função da temperatura T e das propriedades do material:
de água, em gramas, encontrada no calorímetro foi resistividade elétrica ρ, condutividade térmica κ, coeficiente
de: (Dados: calor específico da água = 1,0 cal / g °C; Seebeck S . O gráfico a seguir mostra ρ em função de T para
calor específico do gelo = 0,55 cal / g°C; calor latente certo material termoelétrico. Analisando o gráfico e
de fusão do gelo = 80,0 cal / g.) considerando κ = 2,0 W/(m×K) e S = 300 μV/K para esse
Dentre os pontos I, II, III, IV e V assinalados na material, a uma temperatura T = 300 K , conclui-se que a
figura, as linhas de ação das forças que atuam na Zero grandeza F desse material a essa temperatura vale
a) 645
b) 1.000
c) 1.221
d) 1.466

30- O gráfico abaixo mostra a variação de temperatura


de um corpo de 20g em função da quantidade de calor
a ele fornecida. Durante o processo, o corpo sofre
a) 0,003. b) 0,6. c) 0,9. d) 90.
uma transição de fase, passando do estado sólido para
o estado líquido. Assinale a alternativa correta:
A) a fusão do corpo ocorrerá a 100°C
se sua massa for de 40g
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11
B) o calor latente de fusão do corpo é de 10cal/g D C C A A C E C C B A
C) a 100°C, será iniciada, necessariamente, uma nova 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22
transição de fase
D) o calor latente de fusão do corpo é de 5cal/g D D C E B B C A E A E
E) a fusão do corpo ocorrerá a 50°C somente se sua massa 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33
for de 40g C B C C A C D D C C C
31- (Puc Rj 2010) Uma quantidade de água líquida de massa
deslocamento do ar da superfície que está mais fria
(mar)

1- (Enem cancelado 2009) Em grandes metrópoles,


devido a mudanças na superfície terrestre — asfalto e
concreto em excesso, por exemplo — formam-se ilhas
de calor. A resposta da atmosfera a esse fenômeno é
a precipitação convectiva. Isso explica a violência das
chuvas em São Paulo, onde as ilhas de calor chegam a À noite, ocorre um processo inverso ao que se verifica
ter 2 a 3 graus centígrados de diferença em relação ao durante o dia. Como a água leva mais tempo para
seu entorno. esquentar (de dia), mas também leva mais tempo para
Revista Terra da Gente. Ano 5, nº 60, Abril 2009 esfriar (à noite), o fenômeno noturno (brisa terrestre)
(adaptado). pode ser explicado da seguinte maneira:

As características físicas, tanto do material como da A) O ar que está sobre a água se aquece mais; ao
estrutura projetada de uma edificação, são a base subir, deixa uma área de baixa pressão, causando
para compreensão de resposta daquela tecnologia um deslocamento de ar do continente para o mar.
construtiva em termos de conforto ambiental. Nas B) O ar mais quente desce e se desloca do
mesmas condições ambientais (temperatura, umidade continente para a água, a qual não conseguiu reter
e pressão), uma quadra terá melhor conforto térmico calor durante o dia.
se C) O ar que está sobre o mar se esfria e dissolve-se
A) pavimentada com material de baixo calor na água; forma-se, assim, um centro de baixa
específico, pois quanto menor o calor específico de pressão, que atrai o ar quente do continente.
determinado material, menor será a variação térmica D) O ar que está sobre a água se esfria, criando um
sofrida pelo mesmo ao receber determinada centro de alta pressão que atrai massas de ar
quantidade de calor. continental.
B) pavimentada com material de baixa capacidade E) O ar sobre o solo, mais quente, é deslocado para
térmica, pois quanto menor a capacidade térmica de o mar, equilibrando a baixa temperatura do ar que
determinada estrutura, menor será a variação térmica está sobre o mar.
sofrida por ela ao receber determinada quantidade de
calor. 3- (ENEM – 2016) Num experimento, um professor
C) pavimentada com material de alta capacidade deixa duas bandejas de mesma massa, uma de
térmica, pois quanto maior a capacidade térmica de plástico e outra de alumínio, sobre a mesa do
determinada estrutura, menor será a variação térmica laboratório. Após algumas horas, ele pede aos alunos
sofrida por ela ao receber determinada quantidade de que avaliem a temperatura das duas bandejas, usando
calor para isso o tato. Seus alunos afirmaram,
D) possuir um sistema de vaporização, pois ambientes categoricamente, que a bandeja de alumínio encontra-
mais úmidos permitem uma mudança de temperatura se numa temperatura mais baixa. Intrigado, ele
lenta, já que o vapor d’água possui a capacidade de propõe uma segunda atividade, em que coloca um
armazenar calor sem grandes alterações térmicas, cubo de gelo sobre cada uma das bandejas, que estão
devido ao baixo calor específico da água (em relação à em equilíbrio térmico com o ambiente, e os questiona
madeira, por exemplo). em qual delas a taxa de derretimento do gelo será
E) possuir um sistema de sucção do vapor d’água, pois maior. O aluno que responder corretamente ao
ambientes mais secos permitem uma mudança de questionamento do professor dirá que o derretimento
temperatura lenta, já que o vapor d’água possui a ocorrerá
capacidade de armazenar calor sem grandes A) mais rapidamente na bandeja de alumínio, pois ela
alterações térmicas, devido ao baixo calor específico tem uma maior condutividade térmica que a de
da água (em relação à madeira, por exemplo). plástico.
B) mais rapidamente na bandeja de plástico, pois ela
2- (Enem 2002) Numa área de praia, a brisa marítima tem inicialmente uma temperatura mais alta que a de
é uma consequência da diferença no tempo de alumínio.
aquecimento do solo e da água, apesar de ambos C) mais rapidamente na bandeja de plástico, pois ela
estarem submetidos às mesmas condições de tem uma maior capacidade térmica que a de alumínio.
irradiação solar. No local (solo) que se aquece mais D) mais rapidamente na bandeja de alumínio, pois ela
rapidamente, o ar fica mais quente e sobe, deixando tem um calor específico menor que a de plástico.
uma área de baixa pressão, provocando o E) com a mesma rapidez nas duas bandejas, pois
apresentarão a mesma variação de temperatura.
4- (Enem 2013) Aquecedores solares usados em a)20 e 40.
residências têm o objetivo de elevar a temperatura da b)40 e 60.
água até 70 °C. No entanto, a temperatura ideal da c)60 e 80.
água para um banho é de 30 °C. Por isso, deve-se d)80 e 100.
misturar a água aquecida com a água à temperatura e)100 e 120.
ambiente de um outro reservatório, que se encontra a
25 °C. 8- (ENEM 2° Dia 2020) Os manuais de refrigerador
Qual a razão entre a massa de água quente e a massa apresentam a recomendação de que o equipamento
de água fria na mistura para um banho à temperatura não deve ser instalado próximo a fontes de calor,
ideal? como fogão e aquecedores, ou em local onde incida
A) 0,111. diretamente a luz do sol. A instalação em local
B) 0,125. inadequado prejudica o funcionamento do refrigerador
C) 0,357. e aumenta o consumo de energia.
D) 0,428. O não atendimento dessa recomendação resulta em
E) 0,833. aumento do consumo de energia porque
a) o fluxo de calor por condução no condensador
5- (ENEM 2ª Aplicação - 2° Dia 2017) O sofre considerável redução.
aproveitamento da luz solar como fonte de energia b) a temperatura da substância refrigerante no
renovável tem aumentado significativamente nos condensador diminui mais rapidamente.
últimos anos. Uma das aplicações e o aquecimento de c) o fluxo de calor promove significativa elevação da
água (págua = 1 kg/L) para uso residencial. Em um temperatura no interior do refrigerador.
local, a intensidade da radiação solar efetivamente d) a liquefação da substância refrigerante no
captada por um painel solar com área de 1 m2 e de condensador exige mais trabalho do compressor.
0,03 kW/m2. O valor do calor específico da água é e) as correntes de convecção nas proximidades do
igual 4,2 kJ/(kg ºC). Nessa situação, em quanto tempo condensador ocorrem com maior dificuldade.
é possível aquecer 1 litro de água de 20 ºC até 70 ºC?
9- (ENEM 2° Dia 2020) Mesmo para peixes de aquário,
a) 490 s b) 2 800 s c) 6 300 s d) 7 000 s como o peixe arco-íris, a temperatura da água fora da
e) 9 800 s faixa ideal (26 °C a 28 °C), bem como sua variação
brusca, pode afetar a saúde do animal. Para manter a
6- (ENEM 1° Dia 2010) Com o objetivo de se testar a temperatura da água dentro do aquário na média
eficiência de fornos de micro-ondas, planejou-se o desejada, utilizam- se dispositivos de aquecimento
aquecimento em 10 ºC de amostras de diferentes com termostato. Por exemplo, para um aquário de 50
substâncias, cada uma com determinada massa, em L, pode-se utilizar um sistema de aquecimento de 50
cinco fornos de marcas distintas. Nesse teste, cada W otimizado para suprir sua taxa de resfriamento.
forno operou à potência máxima. O forno mais Essa taxa pode ser considerada praticamente
eficiente foi aquele que constante, já que a temperatura externa ao aquário é
a) forneceu a maior quantidade de energia às mantida pelas estufas. Utilize para a água o calor
amostras. específico 4,0 kJ kg-1 K-1 e a densidade 1 kg L-1.
b) cedeu energia à amostra de maior massa em mais Se o sistema de aquecimento for desligado por 1 h,
tempo. qual o valor mais próximo para à redução da
c) forneceu a maior quantidade de energia em menos temperatura da água do aquário?
tempo.
d) cedeu energia à amostra de menor calor específico a) 4,0 °C b) 3,6 °C c) 0,9 °C d) 0,6 °C e) 0,3°C
mais lentamente.
e) forneceu a menor quantidade de energia às 10- (ENEM 2° Dia 2019) Em uma aula experimental de
amostras em menos tempo. calorimetria, uma professora queimou 2,5 g de
castanha-de-caju crua para aquecer 350 g de água,
7- (ENEM 2006) A Terra é cercada pelo vácuo espacial em um recipiente apropriado para diminuir as perdas
e, assim, ela só perde energia ao irradiá-la para o de calor. Com base na leitura da tabela nutricional a
espaço. O aquecimento global que se verifica hoje seguir e da medida da temperatura da água, após a
decorre de pequeno desequilíbrio energético, de cerca queima total do combustível, ela concluiu que 50% da
de 0,3%, entre a energia que a Terra recebe do Sol e energia disponível foi aproveitada. O calor específico
a energia irradiada a cada segundo, algo em torno de da água é 1 cal g-1 °C-1, e sua temperatura inicial era
1 W/m2. Isso significa que a Terra acumula, de 20 ºC.
anualmente, cerca de 1,6 × 1022 J.
Considere que a energia necessária para transformar 1
kg de gelo a 0 ºC em água líquida seja igual a 3,2 ×
105 J. Se toda a energia acumulada anualmente fosse
usada para derreter o gelo nos polos (a 0 ºC), a
quantidade de gelo derretida anualmente, em trilhões
de toneladas, estaria entre
Qual foi a temperatura da água, em grau Celsius, de 4 000 W, consumo máximo mensal de 21,6 kWh e
medida ao final do experimento? vazão máxima de 3 L/min. Em um mês, durante os
a) 25 banhos, esse chuveiro foi usado com vazão máxima,
b) 27 consumindo o valor máximo de energia especificado.
c) 45 O calor específico da água e de 4 200 J/(kg ºC) e sua
d) 50 densidade e igual a 1 kg/L.
e) 70 A variação da temperatura da água usada nesses
banhos foi mais próxima de
11- (ENEM 2° Dia 2019) O objetivo de recipientes a) 16 ºC.
isolantes térmicos é minimizar as trocas de calor com b) 19 ºC.
o ambiente externo. Essa troca de calor é proporcional c) 37 ºC.
à condutividade térmica k e à área interna das faces d) 57 ºC.
do recipiente, bem como à diferença de temperatura e) 60 ºC.
entre o ambiente externo e o interior do recipiente,
além de ser inversamente proporcional à espessura 14- (ENEM 1ª Aplicação - 1° Dia 2016) Durante a
das faces. A fim de avaliar a qualidade de dois primeira fase do projeto de uma usina de geração de
recipientes A (40 cm x 40 cm x 40 cm) e B (60 cm x energia elétrica, os engenheiros da equipe de
40 cm x 40 cm) de faces de mesma espessura, uma avaliação de impactos ambientais procuram saber se
estudante compara suas condutividades térmicas kA e esse projeto está de acordo com as normas
kB. Para isso suspende, dentro de cada recipiente, ambientais. A nova planta estará localizada à beira de
blocos idênticos de gelo a 0°C, de modo que suas um rio, cuja temperatura média da água é de 25 °C, e
superfícies estejam em contato apenas com o ar. Após usará a sua água somente para refrigeração. O projeto
um intervalo de tempo, ela abre os recipientes pretende que a usina opere com 1,0 MW de potência
enquanto ambos ainda contêm um pouco de gelo e elétrica e, em razão de restrições técnicas, o dobro
verifica que a massa de gelo que se fundiu no dessa potência será dissipada por seu sistema de
recipiente B foi o dobro da que se fundiu no recipiente arrefecimento, na forma de calor. Para atender a
A. resolução número 430, de 13 de maio de 2011, do
A razão kA/kB é mais próxima de Conselho Nacional do Meio Ambiente, com uma ampla
a) 0,50. margem de segurança, os engenheiros determinaram
b) 0,67. que a água só poderá ser devolvida ao rio com um
c) 0,75. aumento de temperatura de, no máximo, 3 °C em
d) 1,33. relação à temperatura da água do rio captada pelo
e) 2,00. sistema de arrefecimento. Considere o calor específico
da água igual a 4 kJ/(kg °C).
12- (ENEM 1ª Aplicação - 2° Dia 2017) No manual Para atender essa determinação, o valor mínimo do
fornecido pelo fabricante de uma ducha elétrica de fluxo de água, em kg/s, para a refrigeração da usina
220 V é apresentado um gráfico com a variação da deve ser mais próximo de
temperatura da água em função da vazão para três a) 42.
condições (morno, quente e superquente). Na b) 84.
condição superquente, a potência dissipada é de 6 500 c) 167.
W. Considere o calor específico da água igual a 4 200 d) 250.
J/(kg °C) e densidade da água igual a 1 kg/L. e) 500.

15- (ENEM 2ª Aplicação - 1° Dia 2016) Num dia em


que a temperatura ambiente é de 37 °C, uma pessoa,
com essa mesma temperatura corporal, repousa à
sombra. Para regular sua temperatura corporal e
mantê-la constante, a pessoa libera calor através da
evaporação do suor. Considere que a potência
necessária para manter seu metabolismo é 120 W e
que, nessas condições, 20% dessa energia é dissipada
Com base nas informações dadas, a potência na pelo suor, cujo calor de vaporização é igual ao da
condição morno corresponde a que fração da potência água (540 cal/g). Utilize 1 cal igual a 4 J.
na condição superquente? Após duas horas nessa situação, que quantidade de
a) 1/3. água essa pessoa deve ingerir para repor a perda pela
b) 1/5. transpiração?
c) 3/5. a) 0,08 g
d) 3/8. b) 0,44 g
e) 5/8. c) 1,30 g
d) 1,80 g
13- (ENEM 2ª Aplicação - 2° Dia 2017) As e) 80,0 g
especificações de um chuveiro elétrico são: potência
16- (ENEM 2ª Aplicação - 1° Dia 2016) Nos dias frios,
é comum ouvir expressões como: “Esta roupa é
quentinha” ou então “Feche a janela para o frio não
entrar”. As expressões do senso comum utilizadas
estão em desacordo com o conceito de calor da
termodinâmica. A roupa não é “quentinha”, muito
menos o frio “entra” pela janela. Para atribuir uma categoria a um modelo de garrafa
A utilização das expressões “roupa é quentinha” e térmica, são preparadas e misturadas, em uma
“para o frio não entrar” é inadequada, pois o(a) garrafa, duas amostras de água, uma a 10 °C e outra
a 40 °C, na proporção de um terço de água fria para
a) roupa absorve a temperatura do corpo da pessoa, dois terços de água quente. A garrafa é fechada. Seis
e o frio não entra pela janela, o calor é que sai por horas depois, abre-se a garrafa e mede-se a
ela. temperatura da água, obtendo-se 16 °C.
b) roupa não fornece calor por ser um isolante Qual selo deveria ser posto na garrafa térmica
térmico, e o frio não entra pela janela, pois é a testada?
temperatura da sala que sai por ela. a) A
c) roupa não é uma fonte de temperatura, e o frio b) B
não pode entrar pela janela, pois o calor está contido c) C
na sala, logo o calor é que sai por ela. d) D
d) calor não está contido num corpo, sendo uma e) E
forma de energia em trânsito de um corpo de maior
temperatura para outro de menor temperatura.
e) calor está contido no corpo da pessoa, e não na 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
roupa, sendo uma forma de temperatura em trânsito C A A B D C B D C C
de um corpo mais quente para um corpo mais frio.
11 12 13 14 15 16 17 18
17- (ENEM 1° Dia 2015) As altas temperaturas de
B D B C E D A D
combustão e o atrito entre suas peças móveis são
alguns dos fatores que provocam o aquecimento dos
motores à combustão interna. Para evitar o
superaquecimento e consequentes danos a esses
motores, foram desenvolvidos os atuais sistemas de
refrigeração, em que um fluido arrefecedor com
propriedades especiais circula pelo interior do motor,
absorvendo o calor que, ao passar pelo radiador, é
transferido para a atmosfera.
Qual propriedade o fluido arrefecedor deve possuir
para cumprir seu objetivo com maior eficiência?
a) Alto calor específico.
b) Alto calor latente de fusão.
c) Baixa condutividade térmica.
d) Baixa temperatura de ebulição.
e) Alto coeficiente de dilatação térmica.

18- (ENEM 1° Dia 2015) Uma garrafa térmica tem


como função evitar a troca de calor entre o líquido
nela contido e o ambiente, mantendo a temperatura
de seu conteúdo constante. Uma forma de orientar os
consumidores na compra de uma garrafa térmica seria
criar um selo de qualidade, como se faz atualmente
para informar o consumo de energia de
eletrodomésticos. O selo identificaria cinco categorias
e informaria a variação de temperatura do conteúdo
da garrafa, depois de decorridas seis horas de seu
fechamento, por meio de uma porcentagem do valor
inicial da temperatura de equilíbrio do líquido na
garrafa. O quadro apresenta as categorias e os
intervalos de variação percentual da temperatura.

Você também pode gostar